Issuu on Google+


O

E S P AÇ O R O U N D T H E C O R N E R D ES T I N A - S E A O A C O LH I M EN T O E A C ES S O G R A T UI T O S D E NO V O S P R O J E C T O S DA S M AI S D I V E R S AS P R Á T I C AS A RT ÍS T I C AS C O NT E M P O R ÂN E AS .

A N U A LM E NT E ,

A T R A V ÉS D A P U B LI C A Ç Ã O DE U M A NÚ N C IO , C O N V I DA M O S P R O G R AM A DO R E S , C U R A D O R ES E A R T I S T AS A A P R ES E NT A R A S S UA S P RO P O S T AS D E I NT E R V E N Ç ÃO / A C Ç Ã O .

O Round the Corner é um espaço expositivo localizado no Teatro da Trindade, propriedade da Fundação Inatel desde 1967. Tendo sido em tempos usado como quiosque de jornais e revistas, o espaço encontrava-se subaproveitado, reduzindo-se a um depósito de materiais de manutenção. O nome alude sobretudo à localização e à arquitectura do lugar, mas revela também um empenho na acessibilidade e proximidade, uma vontade de encontro, de diálogo e partilha. Pretende-se que este seja, em muitos sentidos, um lugar “ao virar da esquina”. Por uma questão de transparência e tendo presente o propósito de abrir este espaço a propostas e linguagens diversas, optámos pela abertura anual de um processo de selecção de propostas, convidando programadores culturais, curadores e artistas a conceber, planear e produzir um conjunto de exposições, garantindo assim a pluralidade e a multiplicidade de abordagens que têm sido tão bem recebidas pelo público e pela comunidade artística nacional e internacional. A comunicação da abertura do processo de candidaturas faz-se por meio da publicação de um anúncio na imprensa semanal e pela divulgação através das redes sociais, com um período de recepção de cerca de três meses, decorrendo habitualmente de Julho a Setembro, sendo sempre relativo ao ano seguinte.


LOCALIZAÇÃO

O EDIFÍCIO

DO

TEATRO

DA

TRINDADE

O Teatro da Trindade localiza-se em Lisboa, na zona do Chiado, freguesia do Sacramento. Foi construído em 1866 por Francisco Palha de Faria Lacerda, escritor e dramaturgo, com projecto de arquitectura da autoria de Miguel Evaristo de Lima Pinto. Em 1962 a FNAT (Fundação Nacional para a Alegria no Trabalho), organismo a que sucedeu a actual Fundação INATEL, adquiriu o edifício do Teatro da Trindade. Em 1967 foram realizadas obras de remodelação, com projecto da autoria de Maria José Salavisa. No ano de 1991 fizeram-se obras profundas de renovação e restauro de todo o edifício - foram criadas novas dependências para os serviços administrativos e o palco, camarins e zonas de serviço foram reequipados. A sala de ensaios existente foi convertida em sala-estúdio, o que permitiu criar um espaço para apresentação de peças experimentalistas e de novas estéticas. Em 2009 procedeu-se ao restauro e recuperação das fachadas, à substituição do telhado e ao reequipamento das zonas de apoio aos espaços públicos, restituindo à cidade, de novo brilhante, um dos seus mais emblemáticos edifícios. Em 2012 fizeram-se novas obras de requalificação do interior do teatro, dotando-o das mais modernas estruturas.

http://roundthecornertt.blogspot.pt


BASES

DE ACTUAÇÃO DO ESPAÇO

ROUND

THE

CORNER:

Na actualidade as práticas artísticas parecem ter agudizado a distância entre quem as produz e quem as recepciona, o que originou um distanciamento que é, para muitos, inultrapassável, gerando afastamento e desinteresse e afectando também, de muitas maneiras, a missão do artista e a produção / recepção dos seus trabalhos. A somar a estes factores, verifica-se não só que existe um número cada vez maior de artistas mas também uma produção mais acelerada e prolífica, o que dificulta a missão dos tradicionais espaços de exposição, que se revelam insuficientes para as necessidades verificáveis. Sendo um meio privilegiado de percepção e de reformulação da realidade, a arte tem um papel social de valor inestimável, sobretudo tendo em conta os tempos que atravessamos. É por isso de primordial importância dar lugar e relevo aos artistas, pois eles são os anunciadores, os mensageiros que têm como missão a (difícil) simplificação das questões mais complexas, traduzindo-as em formas mais facilmente apreensíveis pelas pessoas. Pretende-se que o espaço Round the Corner seja uma solução possível para algumas destas questões, provendo sobretudo a uma maior aproximação e acessibilidade entre produção e fruição, garantindo simultaneamente a gratuitidade desse processo. Optou-se por uma forma de trabalho que tem por base um princípio de colaboração entre as partes envolvidas, reduzindo custos e optimizando os recursos existentes, para benefício de todos. Tal somente é possível com o envolvimento responsável dos utilizadores do espaço, pelo que foram estabelecidas algumas normas de utilização:

          

O utilizador é responsável pelo financiamento do seu projecto expositivo. O material necessário para a exposição, a sua angariação e guarda, é da responsabilidade do utilizador. A produção e montagem da exposição é da responsabilidade do utilizador. Os projectos expositivos carecem de aprovação prévia da Direcção Cultural da Fundação Inatel. Sempre que haja necessidade de alterações estas devem ser comunicadas para aprovação. Cabe ao utilizador garantir a guarda do espaço durante o período de abertura ao público. Todas as soluções de fixação do material expositivo devem ser acordadas com a Direcção Cultural da Fundação Inatel, de forma a assegurar a integridade do espaço e as melhores condições de exposição. O utilizador pode requisitar algumas ferramentas para montagem (escadote, martelo, etc) junto da portaria do Teatro da Trindade, devolvendo o material no mesmo local, assim que este já não seja necessário. O estado de conservação da sala deve ser mantido nas mesmas condições em que for entregue ao utilizador. A Direcção Cultural da Fundação Inatel é responsável pela divulgação junto da imprensa generalista e especializada. A exposição é divulgada na internet através do blog da sala. A partir da informação publicada no blog, procede-se também à divulgação nas redes sociais. A Direcção Cultural da Fundação Inatel é responsável pela produção das folhas de sala que estão disponíveis durante a exposição. Caso haja lugar à produção de outros suportes gráficos ou visuais, da exclusiva responsabilidade do utilizador, devem ser requisitadas à Direcção Cultural da Fundação Inatel as normas gráficas para inserção dos logótipos da Sala Round the Corner e da Fundação Inatel.


MAPA

RUA NOVA

DA

TRINDADE, 9

F

2715-311 LISBOA

GPS: N 38ยบ 42' 42.23'' ,W 9ยบ 8' 30.98''

METRO - BAIXA / CHIAD O BUS - 58, 202, 790, 28E


Planta do Round the Corner



O espaço Round the Corner