Page 90

VIGAS

PAREDES

CHAPAS FURADAS

EXTERIOR

ANCORANTES

EDIFÍCIOS DE MADEIRA - FORÇAS HORIZONTAIS Uma gama completa de junções para paredes e edifícios está apta a oferecer a solução ideal para todo e qualquer tipo de acção sob tensão e de exigência projectual. Na fase de projectação de um edifício, é necessário levar em conta o seu comportamento quer para acções do tipo vertical quer para acções do tipo horizontal, como o vento e o sisma. Estas últimas podem ser esquematizadas, de maneira simplificada, como actuantes ao nível dos planos horizontais dos edifícios. Portanto, para se garantir um óptimo desempenho de um edifício de madeira diante de um sisma, levando-se em conta todas as modalidades de ruptura, é fundamental uma correcta projectação de todos os sistemas de ligação.

POSSÍVEIS MODALIDADES DE RUPTURA

DISTRIBUIÇÃO DAS TENSÕES

As acções horizontais em correspondência com os soalhos geram, dentro do edifício, forças de corte e de tracção entre os vários elementos estruturais; tais forças deverão ser absorvidas por idóneas ligações oportunamente dimensionadas e instaladas.

forças de tracção F1 forças de corte F2,3

130

Para realizar uma adequada projectação estrutural, é importante que o projectista conheça o real comportamento experimental em termos quer de rigidez (para a avaliação da deformabilidade do edifício) quer de ductilidade (para uma correcta escolha do factor de estrutura q).

Profile for Rothoblaas

Chapas e ligadores para madeira - pt  

New catalogue - "Plates and connectors for wood"

Chapas e ligadores para madeira - pt  

New catalogue - "Plates and connectors for wood"