Issuu on Google+

ANO ROTÁRIO 2011/2012 – LAVRAS(MG), MARÇO/2012 ÓRGÃO INFORMATIVO MENSAL DO ROTARY CLUB DE LAVRAS – DISTRITO 4560

Reuniões às segundas-feiras 19h30

MARÇO ANO ROTÁRIO 2011/2012

Detalhes da ‘foto da capa’ na última página Av. Dra. Dâmina, nº 28 – 37200-000 – Lavras – MG – Brasil E-mail: rotaryclubdelavras@gmail.com - Tel. (35)9844-9636 Clube Registrado no RI sob o nº 8223


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

2

Queridos companheiros e companheiras, Estimada Família Rotária,

“Não pense que o amor, para ser genuíno, tenha que ser extraordinário. O que é preciso é amarmos sem nos cansarmos de fazê-lo.”

Estamos no nono mês do ano rotário, já nos preparando para o nosso grande encontro na CONFERÊNCIA DO ENVOLVIMENTO onde desfrutaremos de momentos de companheirismo, troca de experiências, conhecimento rotário e com certeza entretenimento. Isto nos motiva a agirmos com determinação, sustentados pelo compromisso de servirmos cada vez mais ao nosso Distrito 4.560 e condicioná-lo à realização de nossas metas primordiais. Temos admitido muitos novos companheiros e companheiras em nossos clubes, porém eis que somos também responsáveis em reter os que já conquistamos. Nossos desafios portanto, estão apenas começando. Vamos insistir no aumento do nosso quadro associativo convidando novas pessoas a desfrutarem do que Rotary nos oferece. Congratulamos com o Rotary Divinópolis Leste que alcançou o patamar de 51 (cinquenta e um) associados impulsionados


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

3

pelo dinâmico presidente Deusdete de Oliveira Campos que vem fomentando os apelos de nossa Governadoria e alcança, nesta marca extraordinária, um grande feito que há muitos anos não apreciávamos em nosso distrito. Nós também podemos chegar lá se determinarmos que evoluiremos unindo esforços objetivando alcançarmos o alvo almejado. Cabe a cada um de nós fazer acontecer e eu conto com vocês. No Rotary março é o Mês da Alfabetização, época em que enfatizamos a importância da alfabetização e da educação no nosso Serviço Humanitário constando o papel crucial que ela desempenha para uma vida saudável e produtiva. É este o nosso desafio para os próximos anos: atender àqueles que não podem ler e escrever, sejam crianças ou adultos, excluídos de inúmeras informações, ensejando que façam parte de uma sociedade participativa através da alfabetização que em sua rigidez significa inclusão e poder. Podemos, no Rotary, fazer muito pela educação de forma direta envolvendo-se e preocupando-se com a alfabetização em seu sentido mais amplo, não apenas atendendo ao analfabeto, mas também tendo em mente que o mundo de hoje pede e exige maiores conhecimentos e melhores qualificações, especialmente no campo da educação, sendo o conhecimento a única forma que permitirá uma verdadeira integração de todos em mundo melhor. Março também nos remete a valorização dos nossos jovens e destina-se às comemorações durante a “Semana Mundial de Rotaract”. Em nosso Distrito temos 16 Rotaract Clubes dos quais podemos nos orgulhar pelos inúmeros exemplos de idealismo, determinação e de prestação de serviços junto às comunidades. A juventude, ao ser elevada ao nível de Avenida de Serviços, deixou de ser foco de um simples programa para tornar-se um foco de ações em toda nossa organização. Os Rotaract Clubes têm suas atividades organizadas em torno da amizade e da prestação de serviços e ganham novos conhecimentos e habilidades que promovem o seu desenvolvimento pessoal e nos garante que serão os rotarianos de futuro, participativos e dinâmicos, fazendo questão de expor seus ideias e visões.


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

4

Dedicamos especial apreço às mulheres do nosso Distrito por trazerem força e vitalidade aos Rotary Clubes. A admissão de mulheres ao quadro associativo representa o maior impulso para o crescimento de Rotary nos últimos tempos. Atualmente são parte integrante dos mais importantes círculos profissionais e de negócios da maioria das comunidades e devemos reconhecer que trouxeram uma nova perspectiva para o Rotary com seu entusiamo, competência e diversificados talentos. Nesta oportunidade quero manifestar a minha saudação carinhosa às mulheres que compõem o quadro associativo dos nossos cinquenta e nove clubes, às senhoras da ASR (Casa da Amizade), às rotaractianas, interactianas e esposas de rotarianos pelo Dia Internacional da Mulher e pela inegável contribuição e apoio ao serviço rotário. Dedico a todas as mulheres uma das mais profundas reflexões da grande mulher Madre Tereza de Calcutá, que passou no mundo semeando a paz e o amor, cumprimentando cada uma particularmente com votos de saúde e paz. “Não pense que o amor, para ser genuíno, tenha que ser extraordinário. O que é preciso é amarmos sem nos cansarmos de fazê-lo.” “Se desejamos que uma mensagem de amor seja ouvida, ela tem que ser enviada. Para mantermos uma lâmpada acesa, temos de colocar o óleo nela”. Que Deus os abençoe e oriente-as. Um forte abraço,

Fabiano Antônio de Souza Governador do Distrito 4560

Líderes: quais os maiores erros que esses profissionais cometem?

B

oa parte dos profissionais quer chefiar. Subir de posição e liderar uma equipe, porém, não é uma tarefa tão simples e requer o desenvolvimento de diversas competências. Vale a pena, portanto, identificar quais os

maiores erros que os líderes cometem, para evitá-los e ser um chefe de sucesso. Para começar, líder é aquele profissional que inspira a sua equipe, fazendo com que eles se sintam parte de algo e não apenas


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

meros funcionários que têm a obrigação de entregar as demandas. “Ele faz com que as pessoas trabalhem por vontade própria e não que entreguem porque o chefe mandou”, avalia o gerente geral de vendas da SalesWays no Brasil, Enio Klein.

5

O feedback público Se o gestor quiser criticar algum membro da sua equipe, ele não deve fazer publicamente. Antigamente havia um pensamento, entre a maioria dos chefes, de que a crítica em público servia para alertar os demais funcionários, mas isso não existe mais, conforme explica Mônica. Na prática, se o chefe der uma bronca ou cobrar mais eficiência de um profissional na frente dos outros funcionários, ele só vai gerar um sentimento de revolta na equipe. “Os funcionários pensam assim: se ele fez isso, vai fazer comigo também”, diz Mônica. Dessa forma, o líder desmotiva a pessoa que recebeu a crítica e ainda Essa é uma das principais ca- instaura o medo nos demais racterísticas dos líderes, ou seja, membros da equipe. eles conseguem motivar e inspirar as pessoas de tal forma, que elas não se sentem empregados obedecendo um chefe, mas sim profissionais que fazem parte de um grande objetivo. Essa, inclusive, é uma característica que diferencia os simples chefes dos grandes líderes. As lideranças, porém, nunca são Esquecer os perfeitas. Pensando nisso, a direpequenos detalhes tora de recursos humanos da RaMônica ainda comenta que dix, Mônica Paiva, citou uma série muitos chefes só parabenizam os de falhas que podem ser observa- grandes feitos e a entrega e finalidas na atuação dos líderes. Confi- zação dos grandes projetos, esra: quecendo os pequenos detalhes,


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

os pequenos trabalhos e as pequenas entregas. Na ânsia por conquistar grandes números e grande feitos, eles se esquecem de notar os detalhes. O fato é que reconhecer os trabalhos menores mostra para a equipe que o chefe está atento ao trabalho dos funcionários; isso, inclusive, cria um saudável ciclo. Ou seja, ao ser reconhecido pelas pequenas entregas, os funcionários vão sempre querer fazer mais e melhor, pois entendem que seu chefe está notando seu trabalho. Elogiando

Na mesma linha do item anterior, elogiar um membro da equipe na frente dos demais é uma atitude bastante positiva, mas que nem sempre é tomada. “Com isso, o chefe mostra para os demais que sabe reconhecer o bom trabalho”. Ao fazer isso, ele também estará dando dicas de como quer que o trabalho seja feito. “Se ele elogia um trabalho, os outros funcionários entendem o que o chefe entende como bom”, diz Mônica.

6

Quem contratar Ao contratar um profissional, o gestor também pode errar. Não é recomendado contratar pessoas iguais a você nem evitar contratar aquelas que são tecnicamente melhores. De acordo com Mônica, o gestor não deve escolher um profissional que tem habilidades exatamente iguais às suas, nem que tenha um perfil muito parecido.

Na prática, é importante aproveitar a diversidade, ou seja, se o gestor for mais extrovertido e expansivo, vale a pena contratar um profissional que seja introvertido. “Você acaba aprendendo a lidar melhor com as diversidades”, diz Mônica. Além disso, não se deve ter medo de contratar profissionais muito qualificados, pelo receito de que um dia irão roubar seu lugar. O líder deve se preocupar em criar sucessores, caso con-


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

trário, ele também não vai sair do lugar. Qualidade de vida Por fim, o líder deve aprender a viver, equilibrando as diversas esferas da vida. “Um gestor que não sabe cuidar muito de sua qualidade de vida, acaba sobrecarre-

O

7

gando os outros funcionários”, diz Mônica. Nesse sentido, ele deve ser um exemplo para sua equipe. Se o líder trabalha até às 22h todos os dias, sua equipe se sente na obrigação de ficar também.

domínio das letras transforma a vida de uma pessoa. Saber ler e escrever, algo corriqueiro para muitos de nós e ao qual nem damos tanta importância, pode abrir as portas de um emprego, gerar fonte de renda estável e dar esperança de futuro melhor àqueles que lutam para sair do ciclo da pobreza. Com base nisto, há mais de duas décadas o Rotary tem promovido a alfabetização e a Fundação Rotária tem fornecido milhões de dólares para financiar projetos nesta área.

InfoMoney


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

8

Março é o Mês da Alfabetização no Rotary, momento de analisar o que os clubes podem fazer para aumentar a taxa de alfabetização local e internacionalmente. Menos de 30% da população mundial sabe ler e escrever, sendo que a grande maioria de analfabetos é formada por mulheres e meninas, as quais, por sua vez, deixam de ensinar seus filhos a ler e escrever perpetuando, assim, este ciclo infame. Mesmo nos países ricos podemos encontrar escolas que não estão conseguindo ensinar o básico para os alunos, e há muitos adultos cujas habilidades de escrita e leitura não são suficientes para contribuir positivamente à sociedade. O programa de Subsídios Humanitários da Fundação financia projetos mundo afora, ajudando muitas pessoas a obter as habilidades básicas necessárias e possibilitando a distribuição de livros, materiais escolares, computadores e equipamentos de uso escolar. Com o apoio da Fundação, há clubes recuperando escolas que enfrentam problemas de forma que possam prosperar e desenvolver programas pelo método CLE de ensino, o qual já provou sua eficácia na Tailândia e em muitos outros países. Sabendo que alfabetização abre as portas de empregos e dá segurança econômica, usemos os recursos da Fundação para proporcionar algo tão essencial, que é a alfabetização. Jonathan Majiyagbe Presidente 2002-03 do ROTARY INTERNATIONAL


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

9

ROTARY CLUB DE LAVRAS – DISTRITO 4560 PRESIDENTE DO ROTARY INTERNATIONAL: KALYAN BANERJEE GOVERNADOR DO DISTRITO 4560: FABIANO ANTÔNIO DE SOUZA GOVERNADOR ASSISTENTE – ÁREA 4: EMERSON NONATO SILVA

QUADRO DIRETIVO E ADMINISTRATIVO CONSELHO DIRETOR

PRESIDENTE: Antônio Adolfo Corsini Gattini Sbampato VICE-PRESIDENTE: Wagner Nogueira 1° SECRETÁRIO: Renato Paiva 2° SECRETÁRIO: João Márcio de Carvalho Rios 3º SECRETÁRIO: José Altair Rosa Botelho 1° TESOUREIRO: Adejar Alvarenga 2º TESOUREIRO: Hebe Oliveira Dinalli DIRETORES DE PROTOCOLO: Vanda Amâncio Bezerra Mendes, Valdir Curi e Ana Tereza de Mendonça Viveiros

COMISSÕES PERMANENTES

COMISSÃO DE ADMINISTRAÇÃO DO CLUBE: Sebastião Mello de Oliveira COMISSÃO DE IMAGEM PÚBLICA DO ROTARY: Geraldo Bertolucci Júnior COMISSÃO DE ADMISSÃO: Lauro Antônio Fernandes de Souza COMISSÃO DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA: Ricardo Augusto Barbosa COMISSÃO DE PROJETOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS: Wagner Nogueira e Emerson Nonato Silva

AVENIDAS DE SERVIÇOS AVENIDA DE SERVIÇOS INTERNOS PRESIDENTE: João Márcio de Carvalho Rios COMISSÃO DE PROGRAMAS: Valdir Curi e Geraldo Bertolucci Júnior COMISSÃO DE REVISTA: João Márcio de Carvalho Rios COMISSÃO DE CLASSIFICAÇÕES: João Márcio de Carvalho Rios COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO DO QUADRO SOCIAL: Geraldo Bertolucci Júnior e Walter de Assis Toledo Júnior COMISSÃO DE FREQUÊNCIA: Acir Pimenta e EGD João Márcio de Carvalho Rios COMISSÃO DE COMPANHEIRISMO: Walter de Assis Toledo Júnior e Neisson de Oliveira Costa COMISSÃO DE BOLETIM: Geraldo Bertolucci Júnior COMISSÃO DE PATRIMÔNIO: Lauro Antônio Fernandes de Souza e EGD Gabriel de Siqueira Lopes COMISSÃO DE RETENÇÃO E DE RECRUTAMENTO DE COMPANHEIROS: Sérgio Augusto Pedroso e Carlos Alberto de Carvalho COMISSÃO DE RELAÇÕES PÚBLICAS DO ROTARY: Emerson Nonato Silva e Valdir Curi

AVENIDA DE SERVIÇOS À COMUNIDADE

PRESIDENTE: Sérgio Augusto Pedroso COMISSÃO DE PARCERIA NO SERVIR: Emerson Nonato Silva COMISSÃO DE PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE: Wagner Nogueira COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO HUMANO: Sílvio Tadeu da Silva COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO COMUNITÁRIO: Evaldo Lucas

AVENIDA DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS

PRESIDENTE: Alysson Massote Carvalho COMISSÃO DE RECONHECIMENTO PROFISSIONAL: Walter de Assis Toledo Júnior COMISSÃO DE ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL: Vanda Amâncio Bezerra Mendes COMISSÃO DE CONSCIENTIZAÇÃO PROFISSIONAL: Sebastião de Assis Vilela COMISSÃO DA PROVA QUÁDRUPLA: Renato Paiva

AVENIDA DE SERVIÇOS INTERNACIONAIS

PRESIDENTE: Ricardo Augusto Barbosa COMISSÃO DE INTERCÂMBIO DE JOVENS: Ricardo Augusto Barbosa COMISSÃO DE SERVIÇOS À COMUNIDADE MUNDIAL: Marcelo de Castro Leal

AVENIDA DE SERVIÇOS ÀS NOVAS GERAÇÕES

PRESIDENTE: Emerson Nonato Silva COMISSÃO DE SUPORTE AO ROTARACT: Emerson Nonato Silva e Geraldo Bertolucci Júnior COMISSÃO DE SUPORTE AO ROTARY KIDS: Walter de Assis Toledo Júnior COMISSÃO DE CRIAÇÃO DO INTERACT: Emerson Nonato Silva COMISSÃO DE COMUNICAÇÃO ÀS NOVAS GERAÇÕES: Geraldo Bertolucci Júnior

COMISSÕES ESPECIAIS

ASSESSOR ESPECIAL DA PRESIDÊNCIA: EGD Oswaldo Louzada Serra ASSESSOR ESPECIAL DA PRESIDÊNCIA PARA O IGE: Ricardo Augusto Barbosa BANCO DE CADEIRAS DE RODAS: Sérgio Augusto Pedroso e Geraldo Bertolucci Júnior COMISSÃO DE LEGALIZAÇÃO DA NOVA SEDE: Walter de Assis Toledo Júnior, Adejar Alvarenga, Lauro Antônio Fernandes de Souza e João Godinho Sampaio COMISSÃO DE EVENTOS PARA A NOVA SEDE: João Batista de Oliveira e Walter de Assis Toledo Júnior CERIMONIAL DA ALIMENTAÇÃO E BEM ESTAR: Todos os companheiros em sistema de rodízio OUT DOOR: Sérgio Augusto Pedroso COMISSÃO DO RECONHECIMENTO ACADÊMICO: Emerson Nonato Silva, EGD João Márcio de Carvalho Rios e Valdir Curi COMISSÃO DO FESTIVAL DO SORVETE: Sebastião de Assis Vilela, Ricardo Augusto Barbosa, Wagner Nogueira e Sílvio Tadeu da Silva COMISSÃO DO BANCO DE LEITE HUMANO: Ricardo Augusto Barbosa, Lauro Antônio Fernandes de Souza e Evaldo Lucas COMISSÃO ESPECIAL DE EXPANSÃO: Wagner Nogueira, Emerson Nonato Silva e Renato Paiva

COMISSÕES DE SUPORTE

CONSELHO DE GOVERNADORES: Oswaldo Louzada Serra, Gabriel de Siqueira Lopes e João Márcio de Carvalho Rios PAST PRESIDENT: Walter de Assis Toledo Júnior PRESIDENTE ELEITO: 2012/2013: Walter de Assis Toledo Jr.

RODA DA AMIZADE

PRESIDENTE DA RODA DA AMIZADE DO ROTARY CLUB DE LAVRAS: Ana Luíza de Carvalho Toledo

ADDRESSES & PHONES - ENDEREÇOS E TELEFONES PARA CORRESPONDÊNCIAS E BOLETINS: ROTARY CLUB DE LAVRAS/COMISSÃO DE BOLETIM: GERALDO BERTOLUCCI JÚNIOR - RUA SÍLVIO MODESTO DE SOUZA, Nº 209 – BAIRRO NOVA LAVRAS - TEL: (035)3822-3594 (035)8855-9436 - 37200-000 - LAVRAS - MINAS GERAIS - BRAZIL - E-mail: bertolucci@superig.com.br


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

10

VIGÉSIMA-NONA REUNIÃO DO ANO ROTÁRIO 2011/2012 VIGÉSIMA-SEXTA DA GESTÃO DO COMP. ANTÔNIO ADOLFO SBAMPATO N° 2.768 DESDE A FUNDAÇÃO. DIA 06 DE FEVEREIRO DE 2012 Aos seis dias do mês de fevereiro de 2012, às 19h50, o Diretor de Protocolo Valdir Curi anunciou a mesa diretora assim constituída: o Presidente Antônio Adolfo, o companheiro honorário João Godinho Sampaio e a VicePresidente do Rotaract Club de Lavras Talita Nassur. Aberta a reunião com a saudação à Bandeira Nacional, seguiu-se a mensagem inicial apresentada pela rotaractiana Talita Nassur. O Diretor de Protocolo saudou os membros da mesa, os companheiros presentes e os visitantes. O Secretário, EGD João Márcio, sem correspondências recebidas para informar, valeu-se da oportunidade para dar detalhes do incidente que ocorreu com ele, durante sua viagem a Caldas Novas, colocando assim seus companheiros a par do ocorrido e agradecendo os telefonemas recebidos. O companheiro Tesoureiro Adejar colocou-se à disposição dos companheiros para os acertos financeiros que se fizerem necessários. Pelo companheirismo, o companheiro Junior Toledo informou os aniversariantes e as datas festivas do período, assim como detalhes do último Café Rotário realizado no dia 3 de fevereiro; também convidou para mais um companheirismo informal, na próxima quarta-feira, no Edifício dos Comerciários. Logo após, o companheiro Emerson apresentou mais detalhes dos preparativos para a próxima Corrida Rústica Rotary International, destacando que toda correspondência referente a esse evento já foi entregue às entidades parceiras e participantes. A seguir, o companheiro Renato Paiva apresentou, dentro do projeto “Soluço Rotário”, informações históricas esclarecendo detalhes importantes e características do ano rotário, de uma forma bem didática. Em seguida, o companheiro Sílvio, que esteve visitando as obras para o Banco de Leite Materno, que estiveram interrompidas em face das fortes chuvas que caíram no final de dezembro e início de janeiro, apresentou informações da retomada desse trabalho, acreditando que estarão prontas até o final desse mês; em face disso, surgiu a possibilidade de que sua inauguração possa ser no dia 08 de março, quando se comemora o “dia internacional da mulher”... Em seus minutos finais, o Presidente abordou a questão; da rifa do carro, feita pelo Distrito, informando que o Clube recebeu 199 bilhetes o que deflagrou um debate, que resultou na decisão de que o Clube devolvesse 74 desses bilhetes, mantendo o compromisso de sempre com o Distrito de responsabilizar por cinco bilhetes para cada sócio; também chamou a atenção para as premiações distritais e de Rotary International relacionadas com projetos e atividades no decorrer do ano rotário, pedindo que cada sócio se inteire das condições para tais premiações e colabore para que o Clube reúna condições de receber tais reconhecimentos; essa questão despertou um proveitoso debate sobre possibilidades de novos projetos de subsídios equivalentes que o Clube possa propor; agradeceu a presença dos companheiros e companheiras; agradeceu, de forma especial, ao companheiro Acir que se responsabilizou pela preparação do jantar desta noite; em seguida, encerrou, às 20h45, esta reunião, que teve a freqüência provisória de 80%, com a tradicional saudação á Bandeira Nacional. E para constar eu, João Márcio de Carvalho Rios, Secretário, lavrei a presente ata que vai por mim assinada. João Márcio de Carvalho Rios


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

11

Nas fotos acima, de cima para baixa, da esquerda para a direita: Mesa diretora formada pelo presidente Antônio Adolfo Sbampato, entremeado pela rotaractiana Talita Nassur (vice-presidente do RCT Lavras) e pelo Comp. João Godinho Sampaio. A seguir flagramos o Comp. Valdir Curi pelo protocolo e a Compª. Talita, que proferiu a mensagem inicial. A secretaria e a tesouraria foram apresentadas pelos companheiros EGD João Márcio e Adejar Alvarenga, respectivamente. Pelo expediente do companheirismo atual o Comp. Júnior Toledo, a seguir temos o Comp. GA Emerson Nonato Silva, pela Av. de Serviços à Comunidade, o Comp. Renato Paiva no ‘Soluço Rotário’ e o Comp. Sílvio Tadeu da Silva, que esteve visitando o prédio do Banco de Leite Materno, que então ultimava sua construção. Todas as fotos você confere no facebook CLICANDO AQUI.


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

06/03

COMP. SEBASTIÃO MELLO DE OLIVEIRA – TATÃO 17/03 COMP. SEBASTIÃO DE ASSIS VILELA 22/03 COMP. ANTÔNIO ADOLFO CORSINI GATTINI SBAMPATO 26/03 COMP. EGD JOÃO MÁRCIO DE CARVALHO RIOS

01/03 03/03 12/03 12/03 14/03 14/03 15/03 15/03 16/03 17/03 19/03 19/03 21/03 22/03 23/03 23/03

TIAGO – FILHO DO COMP. HON. ROBERTO ALVARENGA E PAULA JÚNIOR – FILHO DO COMP. EGD JOÃO MÁRCIO E NILDA DONA CONCEIÇÃO – MÃE DO COMP. JÚNIOR TOLEDO GABRIELA – NETA DO COMP. ACIR PIMENTA FLÁVIA – ESPOSA DO COMP. EVALDO LUCAS GABRIEL – FILHO DO COMP. RENATO PAIVA E PATRÍCIA CASAMENTO DO COMP. RENATO PAIVA E PATRÍCIA CARLOS HENRIQUE – FILHO DO COMP. CARLOS ALBERTO E DARLENE GUILHERME – NETO DA COMPª. HEBE OLIVEIRA DINALLI CASAMENTO DO COMP. JÚNIOR TOLEDO E ANA LUÍZA SR. JOSÉ VICENTE – PAI DO COMP. WAGNER NOGUEIRA JOSÉ HENRIQUE – GENRO DO COMP. EGD GABRIEL E MARIA STELLA GUSTAVO – FILHO DO COMP. ADEJAR E MARIA AMÉLIA HIGOR – SOBRINHO DO COMP. EMERSON NONATO SILVA THIAGO – NETO DO COMP. TATÃO E MARÍLIA EVERTON – FILHO DO COMP. HON. JOÃO BATISTA DE OLIVEIRA

12


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12 27/03 27/03 30/03 30/03 31/03 31/03

13

DONA IDA – MÃE DO COMP. ANTÔNIO ADOLFO ANNA CLARA – NETA DO COMP. TATÃO E MARÍLIA CACILDA MÁRCIA– FILHA DO COMP. EGD JOÃO MÁRCIO E NILDA LUDMILA – FILHA DA COMPª. VANDA AMÂNCIO BEZERRA MENDES NILDA – ESPOSA DO COMP. EGD JOÃO MÁRCIO MARCELO – FILHO DO COMP. TATÃO E MARÍLIA

31/03/74 COMP. LAURO A. FERNANDES DE SOUZA – 38 ANOS 09/03/09 COMP. ACIR PIMENTA – 03 ANOS

Acompanhe mais um artigo do professor Diego Nascimento, do Instituto Presbiteriano Gammon, colaborador do boletim Rotary Lavras:

Faça alguma coisa Desde a infância tive várias oportunidades de participar de trabalhos escolares em grupo. Tradicionalmente alguns colegas sempre estavam envolvidos com as atividades e pesquisas; os outros apenas observavam e não faziam questão de colaborar com as ideias. Agiam como espectadores, não demonstrando qualquer reação ao projeto. No mercado de trabalho podemos encontrar personagens com essas características. Você faz parte de qual grupo? Em uma de suas falas à Revista Você S.A, o empresário Abílio Diniz disse: "Competência, capacidade de organização, proatividade, preocupação com gestão de pessoas, estruturação de processos e de trabalho são essenciais em um profissional capacitado." Invista em sua carreira! Não apenas assista, participe! * Diego Nascimento é Jornalista, pós-graduado em Comunicação Empresarial - Marketing e Gestão de Empresas. Atua como Gerente de Apoio Educacional do Instituto Presbiteriano Gammon, Consultor e Professor Universitário da Fagammon em Lavras (MG). Trabalhou de 2001 a 2010 na Faepe/Ufla


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

14

ÍNDIA DEIXOU DE SER UM PAÍS ENDÊMICO

A

Organização Mundial de Saúde removeu oficialmente a Índia da lista de países endêmicos da pólio. O Ministro da Saúde e do Bem-Estar da Família da Índia, Ghulam Nabi Azad, fez o anúncio no evento sobre a pólio ocorrido no dia 25 de fevereiro em Nova Delhi. Azad disse que foi informado da boa notícia diretamente diretamente pela diretora-geral da OMS, Dra. Margaret Chan. "É satisfatório saber que completamos um ano sem registrar nenhum caso da doença no país", disse o primeiro-ministro Manmohan Singh durante o evento, organizado pelo governo da Índia e pelo Rotary International. "Isso nos dá a certeza de que podemos finalmente erradicar a pólio não só na Índia, mas no mundo inteiro." O último caso registrado na Índia foi o de uma menina de 2 anos, no dia 13 de janeiro de 2011, em West Bengal. Antes do país ser certificado como livre da pólio, deve primeiro passar mais dois anos sem registrar nenhum caso da doença, que continua endêmica em três países: Afeganistão, Nigéria e Paquistão. Vacina oral bivalente Até 2009, a Índia respondia por quase metade do número de casos de pólio no mundo. Um dos fatores mais importantes desse sucesso tem sido o uso da vacina oral antipólio bivalente, que é eficaz contra ambos os tipos remanescentes do vírus. Outro fator tem sido o rigoroso monitoramento, que ajudou a reduzir pa-


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

15

ra menos de 1% o número de crianças que deixam de ser vacinadas durante os Dias Nacionais de Imunização, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. Desde 1988 o Rotary tem sido um dos líderes na Iniciativa Global de Erradicação da Pólio ao lado da OMS, Unicef e Centro Norte-Americano de Controle e Prevenção de Doenças. A Fundação Bill e Melinda Gates também é chave nessa iniciativa. Vestindo seus coletes e bonés amarelos, os cerca de 119.000 rotarianos da Índia têm ajudado a vacinar crianças, organizar acampamentos pró-saúde e conscientizar a população sobre a pólio, com a distribuição de banners, bonés, gibis e outros itens. Apoio global de rotarianos "Com o apoio de nossos irmãos e irmãs em Rotary no mundo todo, os rotarianos indianos trabalharam mês a mês na realização de Dias Nacionais de Imunização, levando a vacina oral antipólio a milhões de crianças", afirmou o presidente do Rotary International, Kalyan Banerjee, do Rotary Club de Vapi, Índia. "Como indiano, estou muito orgulhoso do que o Rotary conquistou, porém, sabemos que esse não é o fim de nosso trabalho. O Rotary e seus parceiros devem continuar a imunizar crianças na Índia e em outros países até que o objetivo fi nal de um mundo livre da pólio seja alcançado". "Um ano inteiro sem um caso da pólio na Índia é um passo significativo rumo a um mundo livre da doença; um exemplo do que pode ser feito não importa qual seja o problema a ser enfrentado", disse Robert S. Scott, presidente da Comissão Internacional Pólio Plus do Rotary. "Os rotarianos da Índia estão e devem estar orgulhosos de seu empenho em todos os sentidos, pois sem eles, o mundo não teria alcançando esse marco." Deepak Kapur, de Nova Delhi, é responsável pelo programa de erradicação da pólio do Rotary na Índia e reconhece o empenho do Ministério da Saúde do


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

16

país nesta batalha. Até então, o governo indiano gastou mais de US$1,2 milhão em atividades em prol da erradicação da doença. "O apoio governamental para derrotarmos a pólio, e temos a sorte de ter um governo que é nosso maior pro motor nessa empreitada", afirma Deepak. .

PEDALANDO PELO FIM DA PÓLIO

M O ex-governador Ernie Montagne e sua esposa, Sally, comemoram na linha de chegada.

ais de 80 rotarianos, familiares e amigos do Rotary vindos de dez estados americanos e quatro países participaram do El Tour de Tucson, evento realizado em novembro que arrecadou mais de US$100.000 para o Desafio do Rotary. O grupo estava entre os mais de 8.500 ciclistas que pedalaram em apoio a 20 organizações sem fins lucrativos. O evento, realizado anualmente, é patrocinado pelo Centro Médico da Universidade do Arizona.


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

17

Os participantes percorreram distâncias de 42, 60, 85 e 111 milhas, enquanto rotarianos e amigos do Rotary ficaram responsáveis pela distribuição de água aos ciclistas. Dois membros de uma equipe de IGE do Distrito 2450 participaram do evento e os outros integrantes ajudaram nos pontos de apoio. "Os rotarianos garantiram que cada ciclista fosse recebido com um sorriso, água e ajuda", disse Gary Hirsch, do Rotary Club de Tucson. "Pela primeira vez colocamos um estande na linha de chegada para os ciclistas pararem e aprenderem mais sobre o Rotary.”

RAID EM FORTALEZA PELA ERRADICAÇÃO DA PÓLIO

E

m dezembro passado os rotarianos do Rotary Club de Fortaleza, liderados, dentre outros, pelo coordenador regional da Fundação Rotária, Comp. EGD Henrique Vasconcelos, organizaram um rally em Fortaleza (distrito 4490) e arrecadaram US$10 mil para a erradicação da pólio. Uma caravana de 68 carros percorreu cerca de 72 km, indo de Fortaleza à Praia das Fontes. Segundo o Comp. Henrique Vasconcelos, os carros, com adesivos promocionais End Polio Now, pareciam outdoors ambulantes. No dia seguinte ao rally houve doação de cadeiras de rodas, alimentos e redes que servem de camas às pessoas carentes da região. Além disso, os rotarianos providenciaram assistência médica e dentária gratuita. Veja os registros:


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

18

TRIGÉSIMA REUNIÃO DO ANO ROTÁRIO 2011/2012 VIGÉSIMA-SEGUNDA DA GESTÃO DO COMP. ANTÔNIO ADOLFO SBAMPATO N° 2.769 DESDE A FUNDAÇÃO. DIA 13 DE FEVEREIRO DE 2012 Aos treze dias do mês de fevereiro de 2012, às 19h55, a Diretora de Protocolo Vanda Amâncio Bezerra Mendes anunciou a mesa diretora assim constituída: Presidente Antônio Adolfo, companheiro Sílvio Tadeu da Silva e o companheiro honorário João Batista de Oliveira. Aberta a reunião com a saudação à Bandeira Nacional, seguiu-se a mensagem inicial apresentada pelo rotaractiano Arthur Ramos. A Diretora de Protocolo saudou os membros da mesa, os companheiros presentes e os visitantes. O Secretário, EGD João Márcio, informou o recebimento de convite do Presidente do Senado Federal para a sessão solene especial em comemoração aos 107 anos de fundação de Rotary International; também informou do recebimento do Brasil Rotário de fevereiro, distribuindo-o, em seguida para os companheiros presentes. O companheiro Tesoureiro Adejar colocou-se à disposição dos companheiros para os acertos financeiros que se fizerem necessários. Pelo companheirismo, o companheiro Junior Toledo informou os aniversariantes e as datas festivas do período, assim como detalhes do último Café Rotário realizado no dia 10 de fevereiro; dentre as datas festivas, destacou os aniversários de fundação dos Rotary Clubs de Pouso Alegre-Sul, de Brasópolis e de Monsenhor Paulo e, finalmente, convidou para mais um companheirismo informal, na próxima quarta-feira, no Edifício dos Comerciários. Logo após, o companheiro Tatão, leu uma homenagem ao companheiro EGD Lousada, publicada por um ex-aluno seu no jornal Tribuna de Lavras, identificado apenas por suas iniciais: V.C.R. A seguir, o companheiro Emerson, da Avenida de Serviços à Comunidade, apresentou mais informações sobre os preparativos para a IV Corrida Rústica Rotary International, esclarecendo que as camisas especiais estão em fase final de confecção, solicitando que os companheiros interessados nelas, manifestam-se junto a ele; finalmente, lembrou que a campanha dos selos usados foi reativada, solicitando que os companheiros procurem participar entregando a ele os selos usados que conseguirem. Em seguida, o companheiro Lauro, dentro do projeto “Soluço Rotário”, leu uma matéria especial em comemoração ao 107º aniversário de R.I., destacando detalhes dessa existência, principais serviços prestados e os principais fatos históricos dessa instituição, bem como os seus programas e os da Fundação Rotária, os quais são suas ferramentas mais importantes na prestação de serviços humanitários e na busca pela compreensão e pela paz mundial. Em seus minutos finais, o Presidente apresentou um quadro com os xerox reduzidos da escritura de doação do Edifício dos Comerciários e do respectivo registro, preparado pelo companheiro Lauro, para ficar devidamente exposto em nossa Sede; esclareceu que o Festival do Sorvete será realizado no dia 17 de março próximo; apresentou a senhorita Michele, sua convidada para esta reunião, que quer conhecer melhor Rotary uma vez que se interessa em candidatar-se ao próximo IGE; distribuiu, entre os companheiros, os bilhetes da rifa do carro do Distrito, conforme decidido na reunião passada; informou que a próxima reunião ordinária está cancelada, conforme decisão anterior da Assembléia Geral do Clube; antes de encerrar, solicitou a observação de um minuto de silêncio em homenagem póstuma a senhora Jane Romaniello, falecida hoje pela manhã; agradeceu a presença dos companheiros e companheiras; agradeceu, de forma especial, ao companheiro Acir que se responsabilizou pela preparação do jantar desta noite; em seguida, encerrou, às 21h00, esta reunião, que teve a freqüência provisória de 92%, com a tradicional saudação á Bandeira Nacional. E para constar eu, João Márcio de Carvalho Rios, Secretário, lavrei a presente ata que vai por mim assinada. João Márcio de Carvalho Rios


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

19


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

20

Na página anterior e acima, os registros do encontro de 13 de fevereiro que celebrou os 107 anos de RI. Mesa diretora contendo os dois aniversariantes da semana: Comp. João Batista de Oliveira (15/02) e Comp. Sílvio Tadeu da Silva (13/02), pelo protocolo a Compª. Vanda Amâncio Bezerra Mendes; a mensagem inicila foi proferida pelo Comp. Arthur Ramos Oliveira do Rotaract Club de Lavras; a secretaria foi feita pelo Comp. EGD João Márcio e a tesouraria pelo Comp. Adejar Alvarenga; o Comp. Júnior Toledo cumpriu os compromissos do companheirismo; a seguir o Comp. Tatão fez a leitura de uma merecida homenagem ao Comp. EGD Louzada e publicada na imprensa local; visitando o nosso clube, a nova rotaractiana Nathaly Baldansi; na tribuna o Comp. GA Emerson Nonato Silva; também visitando o clube uma candidata ao IGE; homenageando os 107 anos do RI o Comp. Lauro Fernandes pronunciou-se com muita eloquência; outro momento especial foi a entrega de uma moldura contendo as cópias reduzidas da escritura da sede do Edif. Clube dos Comerciários; finalizando, a comemoração do aniversário de João e Sílvio, com direito a bolo e tudo. O completo elenco dos registros deste encontro você confere no facebook CLICANDO AQUI.


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

S

21

eus amigos e colegas de trabalho sabem que você é rotariano? Você fala sobre os trabalhos do seu clube? Você sabia que ao falarmos sobre nosso envolvimento com o Rotary estamos projetando a imagem e ampliando a conscientização pública sobre a organização? É dever de todo rotariano falar sobre o que o Rotary é, e faz. Conforme apontou uma pesquisa sobre imagem pública feita em 2010, as pessoas sabem mais sobre o Rotary e o veem como uma organização "de bem" quando conhecem um rotariano. Isto é apenas um dos aspectos que podem moldar como clubes e distritos promovem Rotary. A pesquisa foi feita com 1.000 pessoas em cada um dos países (Argentina, Austrália, Alemanha, Japão, África do Sul e EUA), visando entender qual era o conhecimento e a opinião pública sobre a organização. Os resultados são consistentes com os da pesquisa de 2006, indicando que os respondentes já tinham ouvido falar de Rotary, mas não sabiam exatamente o que o Rotary faz.


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

22

Pauline Leung, coordenadora de imagem pública do Rotary diz que acontece muito dos rotarianos fazerem muita coisa ao mesmo tempo, e sem querer acabam confundindo o público. "Deve haver uniformidade nas atividades de promoção do Rotary, e os rotarianos devem ser treinados para expressar claramente nossa posição no mundo, visão, valores e áreas de enfoque."

Conscientização alta, familiaridade baixa O levantamento mostrou que a conscientização sobre o Rotary varia entre países e culturas. Dos seis países, a Austrália teve a proporção mais alta de respondentes (95%) que disseram conhecer o Rotary, e a Alemanha, a mais baixa (34%). Mas saber da existência do Rotary não significa que a pessoa saiba o que o Rotary faz. Dentre os australianos que disseram conhecer o Rotary, somente 35% disseram estar familiarizados com a organização. Na África do Sul, 80% dos respondentes indicaram saber que o Rotary existe, mas somente 23% disseram saber um pouco do que a organização faz. O relatório da pesquisa concluiu que os trabalhos de promoção de imagem pública devem ser específicos a cada país, e que o aumento da conscientização não é suficiente para que o público associe o Rotary com seus bons trabalhos, ou para gerar envolvimento comunitário. Aspectos demográficos são determinantes. Considerando idade, sexo e níveis educacional e de renda, 67% dos respondentes japoneses de 40 anos ou mais ouviram falar do Rotary, enquanto apenas 38% com menos de 40. Na Argentina, 63% das pessoas de alto poder aquisitivo tinham ouvido falar do Rotary, comparado a somente 20% daqueles de renda mais baixa. Os clubes têm que identificar as maneiras de atrair o interesse de jovens profissionais.

Percepção pública e doação A opinião pública dos rotarianos difere um pouco do que os rotarianos acham de si mesmos. Mais de 65% dos respondentes veem os rotarianos como caridosos, pessoas de respeito que se importam com o próximo, mas só 26% associam mulheres com o Rotary, que é metade dos 50% que associam a organização a homens, revelando que a maior parte acha que somos uma organização mais dominada por homens. Há de ser feito um trabalho melhor para divulgar que mulheres são mais do que bem vindas ao Rotary. O interesse em contribuir tempo e dinheiro a um Rotary Club varia conforme o país. Este interesse é maior na África do Sul (49%) e baixo no Japão (10%). A idade também faz diferença. Os rotarianos precisam adaptar seu marketing para divulgar as iniciativas do clube em si. O interesse público em se associar a um Rotary Club é baixo. Somente 16% dos respondentes disseram que provavelmente se associariam, e mais de 59% disseram o contrário. Nos Estados Unidos, as mulheres são menos interessadas em se associar.

Semelhanças

Há semelhanças entre grupos de enfoque feitos em 2008 e 2010. Os 40 grupos incluíram não rotarianos em cidades onde o Rotary está tendo declínio em seu quadro associativo. Leia mais sobre os resultados da edição de outubro/novembro de 2010 do Curtas do Quadro Associativo, ou leia o relatório completo.


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

23

“Como cada clube é independente quanto aos serviços que querem prestar, o público fica sem saber exatamente o que fazemos”, diz Pauline. “Os resultados das pesquisas reforçam a importância de se ter uma mensagem uniforme.” O 1,2 milhão de rotarianos são o maior patrimônio da organização. Eis alguns recursos para clubes e distritos promoverem o Rotary:  Dicas para atividades de destaque.  Saiba como pedir um Subsídio para Relações Públicas.  Encontre seu coordenador de imagem pública.  Saiba como planejar uma iluminação Elimine a Pólio Agora.  Veja melhores práticas em recrutamento e retenção.  Leia Seja um Clube Dinâmico: Seu Plano de Liderança de Clube.  Leia o Guia para Desenvolvimento do Quadro Social e as Ferramentas de Avaliação do Clube.  Use os recursos para desenvolvimento do quadro associativo.  Veja como identificar e reter associados.

ESTA LOGO BOMBOU!!!

Para celebrar os 107 anos de fundação do RI, resolvemos dar uma singela contribuição à imagem pública da instituição e elaboramos esta logomarca, que foi publicada em nossa página no facebook. É bom notar que esta logo tem até mesmo o “DNA” da nossa logo, a dos 57 anos (o fundo é idêntico). Acontece que surpreendentemente esta logomarca “bombou” na rede social, virando até foto de capa de algumas páginas. No próximo boletim vamos divulgar os números aproximados, mas, é possível que tenhamos chegado a quase 1.000 compartilhamentos, já que ocorreram muitos ‘compartilhamentos’ de ‘compartilhamentos’. É o Rotary Club de Lavras fazendo ‘escola’ na divulgação da imagem pública do RI.


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

01/03

02/03

03/03

04/03 05/03

06/03 07/03

08/03

09/03

10/03 11/03 12/03

13/03 14/03

15/03

17/03

MÊS DA ALFABETIZAÇÃO ANIVERSÁRIO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO - RJ INSTITUIÇÃO DO CRUZADO (1986) DATA NACIONAL DO PARAGUAI DIA INTERNACIONAL DA PROTEÇÃO CIVIL 1923 – MORRE RUY BARBOSA – JURISTA, DIPLOMATA, POLÍTICO E ESCRITOR DIA DO ROTARY CLUB DE OURO FINO – ADMITIDO AO RI EM 02/03/2004 DIA DO ROTARY CLUB DE MATEUS LEME-CENTRO – ADMITIDO AO RI EM 02/03/2010 DIA NACIONAL DO TURISMO 1993 – MORRE ALBERT SABIN, MÉDICO PESQUISADOR POLONÊS, CRIADOR DA VACINA ORAL CONTRA A POLIMIELITE 1923 - A REVISTA TIME (EUA) É PUBLICADA PELA PRIMEIRA VEZ DIA DO METEOROLOGISTA 1910 – NASCIA O MINEIRO TANCREDO DE ALMEIDA NEVES DIA MUNDIAL DA ORAÇÃO DIA DO FILATELISTA BRASILEIRO 1887 - NASCIA HEITOR VILLA-LOBOS, COMPOSITOR BRASILEIRO DIA DA INTEGRAÇÃO COOPERATIVISTA DIA DA MÚSICA CLÁSSICA DIA MUNDIAL DA ORAÇÃO DIA DOS FUZILEIROS NAVAIS 1876 - ALEXANDER GRAHAM BELL PATENTEIA UMA INVENÇÃO, QUE ELE CHAMA DE TELEFONE DIA INTERNACIONAL DA MULHER 1808 - DESEMBARCA NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO A FAMÍLIA REAL PORTUGUESA E A SUA CORTE, VINDA DE LISBOA DIA DE SÃO DOMINGOS SÁVIO 1500 - A ARMADA DE PEDRO ÁLVARES CABRAL DEIXA LISBOA, SUPOSTAMENTE RUMO A CALECUTE, VIAGEM QUE RESULTA NA DESCOBERTA DO BRASIL JÁ SOB O DOMÍNIO PORTUGUÊS, SEGUNDO OTRATADO DE TORDESILHAS DIA DO SOGRO DIA DO TELEFONE DIA INTERNACIONAL DAS VÍTIMAS DO TERRORISMO INÍCIO DA SEMANA MUNDIAL DO ROTARACT – DE 11 A 17 DE MARÇO DIA DO ROTARY CLUB DE CRUZÍLIA - ADMITIDO AO RI EM 12/03/1969 DIA DO BIBLIOTECÁRIO DIA DO INDUSTRIAL DO CAFÉ DIA DO ROTARACT DIA NACIONAL DA POESIA 1847 – NASCIA O POETA CASTRO ALVES DIA DO VENDEDOR DE LIVROS DIA DOS CARECAS DIA MUNDIAL DO CONSUMIDOR DIA DA ESCOLA DIA INTERNACIONAL CONTRA A VIOLÊNCIA POLICIAL DIA DO ROTARY CLUB DE PAINS – ADMITIDO AO RI EM 17/03/1969 DIA INTERNACIONAL DA MARINHA

24


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12 18/03

19/03

20/03 21/03

22/03

23/03 24/03 25/03

26/03 27/03

28/03 29/03 31/03

1955 – MORRE AOS 66 ANOS O ROTARIANO ARMANDO DE ARRUDA PEREIRA – PRIMEIRO LATINO-AMERICANO A OCUPAR A PRESIDÊNCIA DO ROTARY INTERNATIONAL DIA DO CONSERTADOR DIA MUNDIAL DO ARTESÃO (ONU) DIA DO DIPLOMATA DIA DO CARPINTEIRO DIA DO MARCENEIRO DIA DE SÃO JOSÉ 3ª INSTITUIÇÃO DO CRUZEIRO (1990) INÍCIO DO OUTONO DIA DA AGRICULTURA DIA NACIONAL DA TERRA DIA INTERN. PARA ELIMINAÇÃO DA DISCRIMINAÇÃO RACIAL DIA INTERNACIONAL DA SÍNDROME DE DOWN DIA INTERNACIONAL DA FLORESTA DIA UNIVERSAL DO TEATRO DIA MUNDIAL DA POESIA - UNESCO DIA MUNDIAL DA INFÂNCIA - UNICEF DIA MUNDIAL DO SONO - OMS DIA DO ROTARY DE ITAÚNA-CIDADE EDUCATIVA - ADMITIDO AO RI EM 22/03/1985 DIA DO ROTARY DE ITAÚNA – CIDADE UNIVERSITÁRIA - ADMITIDO AO RI EM 22/03/1985 DIA MUNDIAL DA ÁGUA DIA DO METEOROLOGISTA DIA MUNDIAL DA METEOROLOGIA DIA MUNDIAL DO COMBATE À TUBERCULOSE ANUNCIAÇÃO DO ANJO E ENCARNAÇÃO DO VERBO ANIVERSÁRIO DA UNIÃO EUROPÉIA – CRIADA EM 1957 1824 - O IMPERADOR DOM PEDRO I APROVA A PRIMEIRA CONSTITUIÇÃO DO BRASIL DIA DO CACAU DIA DO MERCOSUL DIA INTERNACIONAL DO TEATRO DIA MUNDIAL DO SERVIÇO SOCIAL DIA DO CIRCO DIA DO DIAGRAMADOR DIA DO REVISOR DIA DO ROTARY CLUB DE FORMIGA – ADMITIDO AO RI EM 29/03/1966 1549 – CHEGADA AO BRASIL DOS 1ºS JESUÍTAS MISSIONÁRIOS DIA DA INTEGRAÇÃO NACIONAL DIA DA SAÚDE E NUTRIÇÃO DIA DA DOUTRINA ESPÍRITA

25


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

SAÚDE SIM, DOENÇA NÃO Por: Dom Anuar Battisti Arcebispo de Maringá

"Quem permanece por muito tempo próximo das pessoas que sofrem, conhece a angústia e as lágrimas, mas também o milagre da alegria, fruto do amor" (Bento XVI). A dor e o sofrimento acompanham o ser humano do nascer até o declinar da vida. Não fomos criados para o sofrimento, nosso Deus não é masoquista, que sente prazer ao ver o ser humano sofrer, nosso Deus é o Deus da vida. "Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância" (Jo 15). Dizer que a doença é vontade de Deus é mentira. A doença é coisa da gente, é de natureza humana e não divina. Em nenhum momento da vida humana podem os dizer que Deus quis a morte. Muitas vezes a gente se depara com afirmações do tipo: "foi vontade de Deus que acontecesse aquele acidente... foi vontade de Deus que aquela pessoa

26


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

27

morresse de tal doença...é vontade de Deus que aquela pessoa sofra porque deve pagar os seus pecados". Nosso Deus não é vingativo, que busca desforra diante do mal cometido. Nosso Deus odeia o pecado, mas ama o pecador. "Eu não quero a morte do pecador e sim que ele se converta e viva" (Ez 18,23). O Senhor Jesus nunca deixou de atender o clamor, fosse de quem fosse. A palavra do Senhor foi sempre em defesa da vida. "Levanta-te a tua fé te salvou" (Lc 17,10). "Se tu queres podes curar-me. Eu quero fique curado" ( Mc 1,40-41). A Campanha da Fraternidade deste ano não quer justificar a doença e muito menos colocar panos quentes na situação da saúde de nosso povo mais necessita do. Pelo contrário. O grande objetivo é: "refletir sobre a realidade da saúde no Brasil em vista de uma vida saudável, suscitando o espírito fraterno e comunitário das pessoas na atenção aos doentes e mobilizar por melhorias no sistema público de saúde". Ninguém quer condenar ninguém e muito menos jogar pedras contra o telhado do vizinho, mas também não se quer fechar os olhos diante da realidade. A Campanha da Fraternidade entende o ser humano como uma unidade de corpo e alma. "Ao paralisar o corpo, a doença impede o espírito a voar. Ao mesmo tempo em que experimentamos a unidade, de outro lado a profunda ruptura. A doença é um forte convite à reconciliação e à harmonização com nosso próprio ser" (Texto base nº 12). O Guia da Pastoral da Saúde na América Latina diz que: "a saúde é afirmação da vida, em suas múltiplas incid ncias, e um direito fundamental que os Estados devem garantir". O mesmo documento assim define a saúde como "um processo harmonioso de bem estar físico, psíquico, social e espiritual, e não apenas ausência de doença, processo que capacita o ser humano a cumprir a missão que Deus lhe destinou, de acordo com a etapa e a condição de vida em que se encontra" (Texto base nº 14). A saúde é um conjunto de fatores humanos que devem entrar em harmonia, desde alimentação, educação, trabalho, remuneração, as relações interpessoais, a qualidade de vida, a dimensão espiritual da fé, enfim o equilíbrio humano e sobrenatural da vida. Nosso desejo é ver concretizada a da Palavra de Deus: "Que a saúde se difunda sobre a terra" (Eclo 38,8). E para que isso aconteça cada qual deve fazer a sua parte. Os indivíduos como primeiros responsáveis. Os municípios, os Estados e a Nação, através dos organismos competentes, não podem deixar de medir esforços e criar políticas públicas que venham ao encontro das necessidades do povo. Por isso: Saúde sim. Doença não.


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

28

A maioria dos rotarianos nunca compareceu a uma conferência distrital do Rotary. Ainda não experimentaram uni dos mais agradáveis e recompensadores privilégios da associação com o Rotary. A conferência distrital é direcionada a todos os sócios dos clubes e aos seus cônjuges, e não apenas aos dirigentes dos clubes e membros das comissões. O objetivo da Conferência Distrital é fomentar o companheirismo, oferecer a oportunidade de divertimento e de se escutar oradores inspirados e participar do debate daqueles assuntos que faz a associação com o Rotary valer a pena. Cada pessoa que comparecer a uma conferência distrital descobre que ser rotariano é ainda mais recompensador devido às novas experiências, visões internas e conhecimentos de outras pessoas durante a Conferência. Aqueles que comparecem a rima Conferência sempre comparecem às demais.


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

29

Cada um dos mais de 500 distritos do Rotary realiza anualmente uma conferência. Estes encontros são considerados tão importantes que o Presidente do Rotary International seleciona um rotariano como seu representante pessoal para comparecer e deixar a sua mensagem durante a conferência. Este programa sempre inclui diversas atrações especiais, debates interessantes e programas inspiradores. Na Conferência do Envolvimento, que se realizará entre os dias 17 e 20 de maio próximos, na paradisíaca Caxambu, o representante do presidente do RI, Kalyan Banerjee, será o EDRI Hipólito Sérgio Ferreira, que lá estará conosco para compartilhar de toda a sua experiência rotária, além de nos deixar a mensagem oficial do presidente. Um dos benefícios inesperados do comparecimento à conferência é a oportunidade de se aumentar o conhecimento com os seus companheiros de clube em um ambiente bastante informal. Amizades duradouras crescem com as horas de companheirismo compartilhadas durante a conferência distrital. Portanto, companheiro, portanto, companheira, programe-se para desfrutar de momentos únicos e inesquecíveis na Conferência do Envolvimento. O Gov. Fabiano e sua esposa Magali nos esperam com ansiedade, com alegria, com motivação, para fazermos um brinde à mágica de mais um ano rotário repleto de realizações em prol do companheirismo e da prestação de serviços comunitários. Vamos para Caxambu. A cidade nos espera!!!


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

30

FAÇA JÁ A SUA RESERVA NOS HOTÉIS CREDENCIADOS:

ROTARY INTERNATIONAL DISTRITO 4560 CONFERÊNCIA DO ENVOLVIMENTO Caxambu - 17 a 20 de maio de 2012 Relação de hotéis participantes do pool da Conferência Distrital HOTÉIS

DIÁRIAS (com pensão completa)

HOTEL GLÓRIA SEDE DO EVENTO Av. Camilo Soares, 590 Tel.: (35) 3341-9200 Site: www.hotelgloriacaxmbu.com.br E-Mail: reservas@hotelgloriacaxambu.com.br

Apartamento Standard

Apartamento Luxo

Single: R$240,00 Duplo: R$270,00

Single: R$290,00 Duplo: R$ 324,00

HOTEL LOPES Rua João Constantino, 48 Tel.: (35) 3341-9500 Site: www.hotellopes.com.br E-mail: hlopes@hotellopes.com.br

Apartamento Standard

Apartamento Luxo

Single: R$240,00 Duplo: R$270,00

Single: R$290,00 Duplo: R$ 324,00

PALACE HOTEL Rua Dr. Viotti, 567 Tel.: (35) 3341-9400 Site: www.palacehotel.com.br E-mail: reservas@palacehotel.com.br

Apartamento Standard

Apartamento Luxo

Single: R$240,00 Duplo: R$270,00

Single: R$290,00 Duplo: R$ 324,00

HOTEL CAXAMBU Rua Major Penha, 345 Tel.: (35) 3341-9300 Site: www.hotelcaxambu.com.br E-mail: gerencia@hotelcaxambu.com.br

Apartamento Standard

Apartamento Luxo

Single: R$240,00 Duplo: R$270,00

Single: R$290,00 Duplo: R$ 324,00

HOTEL UNIÃO Rua João pessoa 284-centro Tel (35)3341-3333 Site : .www.hoteluniao.com.br E-mail: uniao@hoteluniao.com.br

Apartamento Standard

Apartamento Luxo

Single: R$240,00 Duplo: R$270,00

Single: R$290,00 Duplo: R$ 324,00

HOTEL BRAGANÇA Rua Antônio Miguel Arnaut, 34 Tel: (35) 3341-3952 / 3341-3366 Site: www.hotelbragnca.com.br E-mail: gerencia@hotelbraganca.com.br

Apartamento Standard

Apartamento Luxo

Single: R$240,00 Duplo: R$270,00

Single: R$290,00 Duplo: R$ 324,00


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

O

31

Banco de Cadeiras de Rodas do Rotary Club de Lavras continua com seu trabalho comunitário a pleno vapor. São 303 cadeiras de rodas e de banho. Todas elas emprestadas em regime de comodato. O giro mensal destes equipamentos é grandioso e executado de forma graciosa pelo Comp. Sérgio Pedroso, que disponibiliza os funcionários de seu posto de abastecimento para dar suporte ao movimento – quase diário – de devolução e empréstimo de cadeiras àqueles que lá acorrem. Um outro braço encampado pelo BCR, que é o de construção de casas a famílias necessitadas, já se prepara para mais uma empreitada, a fim de prover mais uma família desta necessidade. Há poucos dias foi a entidade procurada por um homem que empreendia uma campanha de arrecadação de pequenas somas financeiras com a finalidade de comprar para sua esposa uma cadeira de rodas um pouco mais especial que as convencionais. Este homem, de nome Cláudio, foi até a entidade, não para pedir uma cadeira, mas para pedir uma contribuição à sua empreitada. Pois bem, após uma sindicância feita pelo BCR, constatou-se que realmente o apelo daquele homem era mesmo pertinente, sua esposa, de nome Rosângela, há três anos vem lutando contra uma doença degenerativa dos ossos, o que já lhe remeteu ao uso constante de cadeira de rodas, uma vez que, pelo avanço da doença, já não consegue mais andar e nem mesmo se sustentar em pé. O casal vive numa casa de fundos com apenas 4 cômodos e não tem condições financeiras para compra o equipamento. Assim, sensibilizados com a situação, decidimos, na qualidade de diretores da entidade, adquirir uma cadeira especial para Rosângela, que poderá utilizá-la enquanto for neces-


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

32

sário. A cadeira, que é sempre conduzida por Cláudio, esposo de Rosângela, é mais confortável, com pneus de ar e assento e encosto mais encorpados. Conforme nos relatou Rosângela, a cadeira convencional estava lhe provocando muitas dores, afetando a região do quadril e os rins. Dia 28 de fevereiro passado, a cadeira comprada diretamente do fabricante CDS – Cadeiras de Rodas (cujo proprietário é também rotariano e como tal, vende cadeiras a um preço diferenciado aos seus companheiros) foi entregue ao casal, que não se conteve de felicidade e emoção, uma vez que a campanha empreendida pelo marido ainda se encontrava longe de um desfecho. A pouca soma ajuntada por ambos restou por ser direcionada à compra de fraldas geriátricas e medicamentos que Rosângela sistematicamente toma, a fim de manter a doença – que é progressiva – um pouco mais estabilizada. Assim, o BCR, um dos braços humanitários do Rotary Club de Lavras, vai cumprindo com sua missão, dando um pouco mais de alento a seres humanos que muitas vezes pouca ou nenhuma perspectiva tem. No outro dia, ou seja, no dia 29 de fevereiro, o casal Cláudio e Rosângela fez questão de vir nos visitar, agradecer pessoalmente ao BCR e mostrar o quanto a cadeira estava sendo útil. Rosângela, apesar da situação, é uma pessoa bastante ativa e comunicativa e vem tentando manter um certo ritmo de vida comunitária, ajudada sempre pelo marido, procura participar dos movimentos de sua igreja no Bairro Nova Lavras, inclusive participando semanalmente das missas de sua paróquia.

ESTE MÊS DE MARÇO será um mês especial para os adeptos dos Cafés da Manhã Rotário: estaremos completando 3 anos de uma convivência sadia, repleta de companheirismo e amizade interclubes. Foi numa manhã do dia 13 de março de 2009, onde se encontraram na Casa do Pão os companheiros Marcos Antônio Cherezi, Emerson Nonato Silva, EGD Juventino Júlio de Souza e o saudoso Carlos Frederico Hermeto Bueno. Ali eles saboreavam um


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

33

legítimo café da manhã, conversavam amenidades e diversos assuntos rotários. Era uma sexta-feira e aquela reunião, embora informal, estava tão produtiva que num dado momento os companheiros Cherezi e Emerson (Corguinho) propuseram ‘institucionalizar’ aquele encontro que seria realizado, então, todas as sextas-feiras pela manhã. Cada um dos idealizadores ficaria incumbido de motivar, em seus respectivos clubes, os demais rotarianos a comparecer ao Café da Manhã Rotário. A ideia foi logo referendada pelos companheiros EGD Juventino e Carlos Hermeto, que a consideraram magnífica e passaram também a motivar seus companheiros ao comparecimento. Assim nasceu o CAFÉ DA MANHÃ ROTÁRIO. Nestes 3 anos muitos companheiros já passaram pelo mesmo, assim como governadores e EGD’s. Por várias vezes contamos com a presença do casal EGD Murillo Affonso Ferreira e Norma, que vinha de Bom Sucesso só para desfrutar conosco daqueles momentos de companheirismo, que O primeiro encontro ocorrido no dia 13 de março de 2009. Os dois idealizadores, embora curtos eram companheiros Emerson Nonato e Marcos Cherezi, além do saudoso Comp. Carlos motivadores e extreFrederico Hermeto Bueno e o Comp. EGD Juventino Júlio de Souza. mamente salutares. Companheiros de outras cidades já nos deram a alegria do compartilhamento destas inesquecíveis manhãs, como por exemplo o Comp. Paulo Sérgio Azevedo, do Rotary Club de Itajubá, o Comp. José Antônio Sanches, do Rotary Club de Três Corações. Sem contar a família Couto: Alair, Maria Luíza e Cleurice, do Rotary Club de Bom Despacho-Arraial (distrito 4760), que por três vezes já compareceu aos nossos encontros. Desde 2009 todos os governadores em suas visitas oficiais não tem deixado de passar pelo nosso encontro matinal das sextas-feiras. Some-se a estes vários cônjuges de rotarianos, amigos, convidados e visitantes. Já fizemos escola: o Rotary Club de Jales-Grandes Lagos (distrito 4480) também realiza Cafés da Manhã esporádicos, assim como o Rotary de Itaúna, que no mês passado realizou o seu primeiro encontro. Há pouco ficamos sabendo pela Compª. Lília Ramos do Rotary Club de Feira de Santana (distrito 4390) que lá também eles tem se encontrado nas manhãs de terça-feira. Já inovamos em nossos Cafés. Através de nossos encontros, dos R$5,00 cobrados per capita, R$2,50 são revertidos a um caixa que já rendeu uma contribuição de mil dólares rotários à Fundação Rotária e que resultou em dois títulos Paul Harris e duas safiras, quando a-


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

34

proveitamos a campanha da ‘contribuição em dobro instituída pelo RI. Elaboramos um ‘Diploma de Companheiro do Café’, conferido a amigos e frequentadores do encontro e funcionários e funcionárias da Casa do Pão, que todos as sextas-feiras nos atendem com simpatia e dedicação. Enfim, nosso Café da Manhã Rotário já se consolidou, já se institucionalizou, é uma realidade palpável, concreta e que veio pra nunca mais terminar, assim esperamos. Acesse nossa página no facebook e veja o elenco de fotografias dos vários encontros ocorridos, clicando aqui. Aos idealizadores do Café, companheiros Emerson Nonato Silva e Marcos Cherezi, referendados de pronto pelo EGD Juventino Júlio de Souza e pelo inesquecível Carlos Hermeto, fica o nosso agradecimento e reconhecimento pela ‘clarividência’ que resultou na criação de nosso Café da Manhã Rotário. No próximo dia 16 de março faremos um encontro especial para marcar os três anos de institucionalização do nosso Café e voltaremos abordar o assunto no próximo boletim. Por ora, além das fotos históricas que publicamos acima, fique com os últimos encontros realizados no mês de fevereiro:

Dia 03/02/2012. Da esquerda para a direita: A partir da esquerda: Sérgio Augusto Pedroso, Walter Toledo Júnior, Acir Pimenta, João Batista de Oliveira, Valdir Curi, Geraldo Bertolucci Júnior, Alysson Massote Carvalho, Sebastião de Assis Vilela, Wilson Costa, Emerson Nonato Silva, Sélem Vilela de Oliveira, Lourenço Ricardo


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

35

Dia 10/02/2012. A partir da esquerda: Lourenço Ricardo, Valdir Curi, Adejar Alvarenga, Wilson Costa, EGD Juventino Júlio de Souza, Sélem Vilela de Oliveira, Emerson Nonato Silva, Walter Toledo Júnior,Raquel Isnard Moulin, Cleide Lopes, Adriane Coutinho Barbosa Bandeira, Marcos Cherezi

Dia 17/02/2012. Da esquerda para a direita: Maria Luísa e Alair Couto (RC Bom Despacho-Arraial), Valdir Curi, EGD Juventino Júlio de Souza, Acir Pimenta, Sebastião de Assis Vilela, Geraldo Bertolucci Júnior, Emerson Nonato Silva, Cleurice Couto (RC Bom Despacho-Arraial) e Walter Toledo Júnior


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

36

Dia 25/02/2012. A partir da esquerda. Assentados: Sélem Vilela de Oliveira, Marcos Cherezi, Wilson Costa, Adejar Alvarenga. Em pé: Lourenço Ricardo, Geraldo Bertolucci Júnior, Valdir Curi, Walter Toledo Júnior, GA Emerson Nonato Silva

A QUARTA-FEIRA, dia 15 de fevereiro, na sede ‘Edif. Clube dos Comerciários’ tivemos um ingrediente a mais: comemoramos novamente os aniversários dos companheiros Sílvio Tadeu da Silva (que foi na segunda-feira, dia 13) e João Batista de Oliveira (no próprio dia 15). O nosso já tradicional companheirismo das quartas-feiras, desta vez contou até com música ao vivo através da dupla Mateus e Paulinho. Foi mais uma noite das mais descontraídas, com direito ao tradicional ‘Parabéns Pra Você’ e ao final um animado ‘caraokê’. De quebra ainda saboreamos um delicioso ‘galopé’ (galo com pé de porco) especialmente preparado pelo amigo José Marcos Alvarenga. RECESSO Os encontros das quartas-feiras estão por ora suspensos em função de que um dos seus principais organizadores (o esteio das quartas), Comp. Sílvio Tadeu da Silva, encontrar-se em convalescência de uma cirurgia no joelho que, diga-se de passagem foi muito bem-sucedida. Dentro de mais alguns dias retornaremos, com certeza, aos companheirismos das quartasfeiras. Na próxima página fique com dois registros do encontro do dia 15 de fevereiro:


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

37

Acima, da esquerda para a direita: Neisson Costa, Ana Luíza Toledo, Alysson Massote Carvalho, José Marcos Alvarenga, Hebe Dinalli, Regina Souza, Paulinho, Sílvio Tadeu da Silva e esposa Dora, Lauro Fernandes de Souza, Zito, Acir Pimenta, Voltarelli, Sérgio Pedroso, Mateus, Júnior Toledo e João Batista de Oliveira. Ao lado: a dupla Carlinhos e Paulinho que animou a noite.

OS CARNAVAIS ROTÁRIOS, pelo menos de alguns companheiros, realmente foram rotários, ou seja, desfrutamos de momentos de muita alegria reunindo famílias rotárias em locais sadios e agradáveis. Foi o caso de Júnior Toledo e família, que reuniu outras duas famílias Neisson Oliveira Costa e Sílvio Tadeu da Silva, rumando para a fazenda do primeiro lá no alto da Serra da Mantiqueira, mais precisamente em Liberdade, perto de sua cidade natal


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

38

Bom Jardim de Minas. Lá as três famílias se enclausuraram, tomando leite no pé da vaca, comendo muito churrasco e tomando, vez ou outra, uma pinguinha pra ‘esquentar o gogó’. Outros acabaram por desfrutar de descontraídas tardes no Condomínio Ilha dos Ipês, no rincão do Comp. Sérgio Pedroso, onde a cervejinha teve seu lugar, sempre acompanhada de carne no espeto e passeios de chalana pelo Lago do Funil, até a famosa Gruta de Santo Antônio. Foi o caso de Sebastião de Assis Vilela, Wagner Nogueira, Renato Paiva, Geraldo Bertolucci Júnior e suas respectivas famílias, que se juntaram aos familiares do Comp. Sérgio Pedroso, além de amigos e familiares. Separamos algumas fotos, as duas primeiras da fazenda do Comp. Júnior Toledo, as demais, dos passeios de chalana durante o carnaval. Acompanhe:


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

39


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

40

Acompanhe mais uma crônica do nosso colaborador, ‘médico das letras, escritor e excompanheiro do Rotary Club Lavras-Sul, Paulo Rodarte:

Ou seria: rico ri à-toa? Mas, raciocinando sob outro prisma, rir fica mais populesco. Sorrir denota certa cultura. Não a cultura de milho, cana, capim, ou similares, de que vacas sempre apreciam. Acredito ser proibido não buscar a felicidade. Assim como cercear a liberdade. Bem como ir contra o murmúrio do vento. Ou o lamento de alguém apaixonado que vê esvair-se pela saudade o rastro da mulher a quem amou profundamente. Rir, sorrir, smile, rire, reir, spassarsela, e por tantos idiomas se permitem esboçar o mesmo gesto, com o abrir de boca, enfileirar os dentes (se os tiver), se tornar simpático aos que não se acostumam a sorrir, pessoas que estão sempre de boca trancada, por um motivo qualquer. Rir à bandeiras desfraldadas nada custa. No máximo, quem assiste ao riso pode ver o quanto faz falta o trabalho do dentista. Profissional da saúde que pode não saber sorrir. Mas, caso soubesse da importância do seu mourejar, destrancaria de dentro dele os dentes, se não possível uma dentadura sorridente, feita por um colega protético, outro especialista importante como dor de dente na missão espinhosamente lírica de um bom dentista. Muitos dizem que o riso cura mais do que mil remédios. Mais ainda que um milhão de boticões. Seria verdade? Penso afirmativo. Um amigo simplório, de uma singeleza de colibri beijando a flor, me disse rir da própria desgraça. Quando a sogra morreu, mulher que lhe infernizava a droga de vida, no mesmo momento em que um recôndito sorriso lhe brotava sistemático na dobra dos lábios, como estava no velório, não suportou a felicidade incontida, e riu a plenos alvéolos. Riu tanto que percebeu escorrer pelo cano das calças, um riozinho de água amarela, conhecida por xixi. Desde aí a mulher, filha da sogra, dele se apartou. Foi mais um bom motivo para voltar a sorrir. Motivos vários explicam o sorriso. Um bolo de aniversário do menino que ganhou uma bicicletinha de rodinha amarela. Um beijinho doce, que foi ele quem trouxe de presente pra mim. Um abraço apertado, um suspiro bem dado, de amor pra quem? Pode ser pra você.


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

41

Esse conhecido novo, rico por vocação e predestinação, recém casado com uma loura inteligente (exceção), desde quando o conheci era um risonho ensaboado. Ria de tudo. Não chorava por quase nada. Ria da enxada que nunca lhe passou pelas mãos. Ria da foice que o foiceiro lhe contou como era. Ria dos calos que nunca teve. Ria dos vinhos que custavam mais que dez salários mínimos. Ria das ruas de Paris. Por onde andava sempre. Um dia os pilhei, ele e família, na dobra do almoço, onde se podia ver desde Foie Grass, ou caviar de boa ninhada de ovos de salmão, passando por um bacalhau mais obeso que a pobre Marieta, obesa mórbida que acabou morrendo de over-dose de gordura, em volta da mesa redonda, maior que a da Távola Redonda. Onde o Rei Artur se reunia com seus cavaleiros quadrados. Enquanto eu passava célere rumo ao trabalho a família risonha brindava alegremente. Era um vinho rosé mais caro que o cavalo branco que comprou Napoleão Bonaparte. Num dia de cavalos gordos. Na pressa que ia, era mais de uma e meia de uma tarde quente como a de hoje, ao esperar apressado meu cafezinho expressamente proibido aos que tem pressa, ao ver a comemoração entusiasmada, perguntei o motivo da tal. Foi o mesmo amigo novo, personalidade querida na Terra da Garoa, quem me respondeu com a taça de cristal levantada: “estamos brindando ao meu primeiro exame de próstata. Meu médico disse que estou ótimo. Temos dois motivos a brindar: não gostei do tal exame, e, em segundo lugar, ele me disse que minha próstata ainda não cresceu. Como eu...”. Como tinha alguns enfermos a cuidar, algumas próstatas me esperavam, pedilhe emprestada uma taça. Com a solene promessa de não a quebrar no lugar por onde entra acanhado o meu dedo duro e enxerido.


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

42

TRIGÉSIMA-PRIMEIRA REUNIÃO DO ANO ROTÁRIO 2011/2012 VIGÉSIMA-QUINTA DA GESTÃO DO COMP. ANTÔNIO ADOLFO SBAMPATO N° 2.770 DESDE A FUNDAÇÃO. DIA 27 DE FEVEREIRO DE 2012 Aos vinte e sete dias do mês de fevereiro de 2012, às 20h00, o Diretor de Protocolo Valdir Curi, anunciou a mesa diretora assim constituída: Presidente Antônio Adolfo, companheiro EGD Louzada e os companheiros do Rotary de Lavras-Sul Virgílio Bandeira e Lourenço de Oliveira. Aberta a reunião com a saudação à Bandeira Nacional, seguiu-se a mensagem inicial apresentada pelo companheiro Wagner Nogueira. O Diretor de Protocolo saudou os membros da mesa, os companheiros presentes e os convidados e visitantes. O Secretário, EGD João Márcio, informou o recebimento de mensagem do Deputado Estadual Fábio Cherem, cumprimentando pelo 107º aniversário de Rotary International; também destacou notícia sobre o próximo IGE na Carta Mensal de fevereiro; finalmente deu ciência dos protocolos de cozinha do próximo mês de março. O companheiro Tesoureiro Adejar informou do pagamento das percapitas de RI e do Distrito e colocou-se à disposição dos companheiros para os acertos financeiros que se fizerem necessários. Pelo companheirismo, o companheiro Junior Toledo informou os aniversariantes e as datas festivas do período, dentre elas o aniversário de fundação do Rotary Club de Ouro Fino, assim como detalhes dos dois últimos Cafés Rotários; destacou que o companheiro Valdir Curi, no último dia 23 de fevereiro esteve no Programa do radialista Renato Corrêa, quando falou sobre o 107º aniversário de Rotary International; finalmente informou das perspectivas de companheirismos domiciliares para o mês de março. Logo após, o companheiro Emerson, da Avenida de Serviços à Comunidade, apresentou mais informações sobre os preparativos para a IV Corrida Rústica Rotary International, esclarecendo alguns detalhes e apresentando o cartaz relativo a esse evento. Em seguida, o companheiro Valdir assumiu a coordenação das homenagens profissionais desta noite; inicialmente apresentou o senhor Evaristo da Costa Ribeiro Junior, ex-expedicionário da FEB, o que foi ilustrado pela apresentação de um clip sobre aspectos da atuação da FEB na Itália, preparado pelo companheiro Bertolucci; logo após, o homenageado recebeu um Diploma de Honra ao Mérito, entregue pelo EGD Oswaldo Louzada; na continuação, o companheiro Bertolucci apresentou o senhor Ari Pacheco, antigo funcionário do Edifício “Serra da Bocaina”, que ocupa já há alguns anos, a função de Zelador desse prédio; o homenageado recebeu seu Diploma de Mérito Profissional do EGD João Márcio, momento que suscitou a manifestação do senhor Alberto Colombo, atual Síndico desse condomínio, que destacou valores desse senhor, como funcionário e como cidadão. O companheiro Lourenço, do Rotary de Lavras-Sul assumiu a tribuna para apresentar um relato do resultado financeiro dos “Cafés Rotários” realizados nesses quase três anos: as doações enviadas para a Fundação Rotária, resultaram em duas safiras, uma das quais foi entregue ao companheiro Emerson, um dos participantes pioneiros e mais entusiasmados com esse encontro semanal. O companheiro Virgílio, também presente e como Governador Indicado 2013/14, informou que já está formando sua equipe e que conta com a colaboração dos companheiros deste Clube e também apresentou mais detalhes sobre a outorga de safiras. Em seus minutos finais, o Presidente manifestou sua alegria com as homenagens prestadas hoje; reiterou convite para a efetiva participação dos companheiros no Festival de Sorvete do dia 17 de março próximo, tanto na venda dos respectivos ingressos, como na realização desse evento; apresentou consulta do Governador Eleito Aristides Beraldo Garcia sobre a Secretaria Distrital, mas ninguém se manifestou; agradeceu a presença de todos, companheiros, convidados e visitantes e, em especial, ao companheiro Adejar, pela responsabilidade da preparação do jantar desta noite; em seguida, encerrou, às 21h10, esta reunião, que teve a freqüência provisória


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

43

de 72%, com a tradicional saudação á Bandeira Nacional. E para constar eu, João Márcio de Carvalho Rios, Secretário, lavrei a presente ata que vai por mim assinada. João Márcio de Carvalho Rios


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

44

Na página anterior e nesta, de cima para baixo, a partir da esquerda: mesa diretora composta pelo EGD Louzada, presidente Antônio Adolfo Sbampato, GDI Virgílio Bandeira e Comp. Lourenço Ricardo (Lavras-Sul); os expedientes da noite: Wagner Nogueira com a mensagem inicila, EGD João Márcio pela secretaria, Ana Luíza pela Roda da Amizade e Júnior Toledo no companheirismo; a seguir Comp. Valdir Curi apresentando o primeiro homenageado da noite, ex-pracinha Evaristo da Costa Ribeiro Júnior e seus familiares; na próxima foto o segundo homenageado, o zelador Ari Pacheco e seus familiares; a seguir temos o síndico do Edif. Serra da Bocaina, Alberto Colombo, ratificando e enriquecendo a distinção a Ari Pacheco; em seguida outro solene momento: a entrega da insígnia Companheiro Paul Harris com uma safira ao Comp. GA Emerson Nonato Silva; fechando a de fotos temos o Comp. GDI 2013/14 Virgílio Bandeira informando da formação de sua equipe e explicando a importância da safira destinada ao Comp. GA Emerson Nonato. Todas as fotos da noite você acessa CLICANDO AQUI.


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

45

Na importante reunião onde homenageamos a FEB na pessoa do ex-combatente Evaristo da Costa Ribeiro Júnior e o zelador Ari Pacheco, o Rotary Club de Lavras exibiu um vídeo especialmente produzido para distinguir a saga daqueles heroicos soldados que partiram do Brasil rumo à Europa para se juntar à força aliada e derrotar os nazifascistas. Este clipe encontra-se hospedado no Youtube e pode ser acessado CLICANDO AQUI. Vale a pena assistir ao vídeo, muito rico em imagens da época e que retrata muito bem a luta destes bravos pracinhas.

E

m sessão especial em homenagem aos 107 anos do Rotary Internacional, segunda-feira, dia 27 de fevereiro, o senador Valdir Raupp (PMDB-RO) destacou o trabalho de mais de 1 milhão de rotarianos em 168 países no combate à fome e ao analfabetismo e em defesa da saúde da população. Raupp, que propôs a homenagem, disse que uma das iniciativas mais importantes do Rotary é a luta para a erradicação total da po-


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

46

liomielite. Desde a instituição do programa Pólio Plus, em 1985, conforme o senador, mais de 2 bilhões de crianças foram imunizadas. Para se ter uma noção, esse número equivale a quase um terço de toda a população mundial nos dias de hoje. Fui informado, pelo secretário internacional, de que na Índia, que tem 1,3 bilhão de habitantes, a poliomielite já está erradicada. E são poucos os países do mundo, apenas três, em que ainda não foi totalmente erradicada acrescentou. UNIDADES Na abertura da sessão, o senador Waldemir Moka (PMDB-MS) afirmou que o Rotary tem no Brasil 38 distritos, mais de 2,3 mil unidades rotárias e aproximadamente 53 mil rotarianos. O nosso país é o terceiro em número de clubes e o quinto em termos de sócios - ressaltou. Também a senadora Ana Amélia (PP-RS) destacou a forte presença do Rotary no Brasil, a partir da inauguração da primeira unidade, no Rio de Janeiro, em 1922, ano da celebração do centenário da Independência. Ana Amélia disse que, em dez anos, o Rotary executou mais de 2 milhões de projetos humanitários, com investimento superior a US$ 10 bilhões. Ela destacou o projeto visando à erradicação da pólio no mundo.


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

47

ANALFABETISMO O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) sugeriu ao Rotary que, além de combater a poliomielite, lute pela "erradicação da tragédia mundial do analfabetismo de adultos". De acordo com o parlamentar, os 800 milhões de adultos que não sabem ler, no mundo, têm dificuldades para se locomover nas cidades e obter empregos. Segundo ele, são vítimas também da "tortura do constrangimento". O analfabeto não olha para a gente de cabeça erguida. Ele olha para baixo, com certa humildade decorrente de não ser parte do mundo moderno. Por isso, eu quero lançar o desafio de o Rotary liderar uma campanha mundial pela erradicação do analfabetismo. MUDANÇA O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) fez uma conclamação aos "homens e mulheres de bem", entre os quais destacou os rotarianos, a lutarem para que o Brasil "de fato" mude para melhor. Depois de afirmar que não devemos esperar só pelas autoridades, o parlamentar citou uma frase de Martin Luther King: "O que mais preocupa não é o grito ou a ousadia dos maus, mas, sim, o silêncio dos bons". Falaram também na sessão o secretário-geral do Rotary Internacional, John Hewko; o diretor do Rotary International, José Figueiredo Antiório; o governador do distrito 4530 Júlio César Pimentel; e o governador do Rotary da Amazônia, Arno Voigt.

 

ALMOÇO DE CONFRATERNIZAÇÃO O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) fez uma conclamação aos "homens e mulheres de bem", entre os quais destacou os rotarianos, a lutarem para que o Brasil "de fato" mude para melhor. Após a importante sessão no Senado Federal, os rotarianos presentes participaram de um almoço de confraternização, realizado na Fundação de Rotarianos de Brasília. Foi, sem dúvida, uma data histórica para o rotarismo nacional e mundial. Caso queira ver a íntegra dos pronunciamentos feitos, clique nos links a seguir: Senador VALDIR RAUPP Senador CRISTÓVAM BUARQUE


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12      

48

Senadora ANA AMÉLIA LEMOS Senador MOZARILDO CAVALCANTI Diretor JOSÉ ANTÔNIO FIGUEIREDO ANTIÓRIO Secretario Geral do RI JOHN P. HEWKO Governador ARNO VOIGT do ditrito 4720 Governador JÚLIO CÉSAR PIMENTEL, do Distrito 4530 . (Informações compiladas da Agência Senado) O completo elenco fotográfico da sessão no Senado Federal e do almoço de confraternização você acessa em nossa página no facebook CLICANDO AQUI.

Queridos irmãos e irmãs em Rotary,

Na minha mensagem de julho citei um ditado de Mohandas K. Gandhi que diz: “Seja a mudança que você deseja ver no mundo”. Desde então, tenho tido oportunidades incríveis de viajar pelo mundo rotário e ver como os rotarianos estão pondo estas palavras em prática. Para efetuar uma mudança positiva, utilizamos nosso conhecimento e recursos para resolver problemas. Porém, quando se trata de resolver problemas humanitários de uma maneira definitiva, os conhecimentos, ideias e recursos não são suficientes para garantir um bom resultado. Temos que nos lembrar de outra coisa muito importante: a sustentabilidade. Uma solução sustentável é aquela que seguirá dando bons resultados mesmo depois que os rotarianos que propuseram e facilitaram o projeto se forem. Isso significa que, mesmo que o projeto tenha vindo do Rotary originalmente, a comunidade será responsável por ele. Quando a peça de uma bomba d’água se quebra, há um processo para consertá-la. Se capacitada, a comunidade se encarregará do


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

49

procedimento para consertar a bomba sem buscar a ajuda do Rotary. O primeiro passo em direção à sustentabilidade é determinar a necessidade. Um exemplo é o problema de gás de cozinha, comum em grande parte dos países em desenvolvimento. Em muitas regiões, os fornos solares são uma solução maravilhosa, pois são baratos, dependem de uma fonte de energia gratuita que não polui ou se esgota, e são simples de usar e de manter. Porém, antes de entrarmos em uma comunidade e tentar resolver seus problemas de energia através de fornos solares, temos que compreender plenamente a situação e olhar além do problema. Talvez os alimentos locais precisem ser cozidos a uma temperatura mais alta do que o forno solar pode proporcionar, ou talvez vente muito na área, o que impedirá o uso de fornos solares. Pode ser que seja tradicional na região começar a cozinhar antes do amanhecer. Se não levarmos em consideração estes problemas, os painéis solares podem acabar sendo usados como material para reparar telhados ou manter seco o alimento de animais em vez de serem usados para cozinhar, que seria o objetivo original do projeto. Se estivermos tentando trazer mudanças, não basta dizer: “Meu método é o melhor”. Temos que ouvir e observar - não apenas falar. Só podemos ajudar aos outros se estivermos com a mente aberta e tivermos o conhecimento, empenho e perseverança necessários para cumprir o que prometemos. Kalyan Banerjee Presidente do RI – 2011/2012

8 DE MARÇO: DIA INTERNACIONAL DA MULHER

O

Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

50

os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho. A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano. Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas). OBJETIVO DA DATA Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história. CONQUISTAS DAS MULHERES BRASILEIRAS Podemos dizer que o dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira. Nesta data foi instituído o voto feminino. As mulheres conquistavam, depois de muitos anos de reivindicações e dis-


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

51

cussões, o direito de votar e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo. MARCOS DAS CONQUISTAS DAS MULHERES NA HISTÓRIA -1788 - o político e filósofo francês Condorcet reivindica direitos de participação política, emprego e educação para as mulheres. -1840 - Lucrécia Mott luta pela igualdade de direitos para mulheres e negros dos Estados Unidos. -1859 - surge na Rússia, na cidade de São Petersburgo, um movimento de luta pelos direitos das mulheres. -1862 - durante as eleições municipais, as mulheres podem votar pela primeira vez na Suécia. -1865 - na Alemanha, Louise Otto, cria a Associação Geral das Mulheres Alemãs. -1866 - No Reino Unido, o economista John S. Mill escreve exigindo o direito de voto para as mulheres inglesas. -1869 - é criada nos Estados Unidos a Associação Nacional para o Sufrágio das Mulheres. -1870 - Na França, as mulheres passam a ter acesso aos cursos de Medicina. -1874 - criada no Japão a primeira escola normal para moças. -1878 - criada na Rússia uma Universidade Feminina. -1901 - o deputado francês René Viviani defende o direito de voto das mulheres.


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

52

NOSSA HOMENAGEM ÀS MULHERES:

Teus braços Fortes braços Num longo abraço A me envolver Teus lábios Doces lábios Fonte de beijos Muitos beijos, pra me aquecer Quanta coisa emana de ti, doce criatura Amor...carinho...ternura Tudo que me liga a teu ser, mulher Tia...mãe...avó... Irmã...neta...filha... Guerreira...companheira... Tu que me namoras, me compreendes Que me incentivas, me repreendes E jamais me deixas só. Tu que és dar e receber, Que com a mesma humildade Sabes perdoar e esquecer. Santa ou pecadora Ingênua ou sedutora Não importa! Serás sempre uma rainha Uma intercessora...uma fada madrinha... Aquela que na minha aflição, chamo Laura...Priscila...Mary...Maria José... A todas, admiro e amo Santas criaturas Anjos de candura Walter Pereira Pimentel Simplesmente mulher!


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

U

ma nova ferramenta comunitária foi entregue à comunidade lavrense no Dia Internacional da Mulher: 08 de março: o Banco de Leite ‘Elza Murad Avayou’.

53

A iniciativa do Rotary Club se constitui em mais um exemplo de ação compartilhada em benefício da população, principalmente da saúde infantil, demonstrando preocupação social e servindo de estímulo


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

para êxito das políticas de incentivo ao aleitamento materno.

O PROJETO O projeto teve início no ano rotário 2007/2008, gestão do Comp. Valdir Curi, onde, em visita ao Rotary Club de Lavras, o diretor da AMIRH-Associação de Amparo Materno-Infantil Rosa Haddad, médico Hélio Haddad, propôs a criação de um Banco de Leite Materno. A ideia foi imediatamente acolhida pelo clube, que se comprometeria a prover o equipamento através de um Projeto de Subsídios Equivalentes, enquanto que por parte da AMIRH seria disponibilizada a estrutura física, bem como o material humano (médicos e enfermeiros) para a manutenção do Banco de Leite. Todos os equipamentos necessários ao Banco de Leite foram adquiridos pelo clube através deste projeto, tendo como clube parceiro o Rotary Club de Edwardsville, no estado de Illinois, Estados Unidos. A parceria decorreu da visita do Grupo de IGE dos EUA, em 2008, quando o líder daquele grupo, o Comp. John Maikes, levou até seu distrito, o 6460, nossa propositura, que foi abraçada de imediato pelos companheiros daquele distrito. Posteriormente, sensibilizado com a importância do projeto e diante de dificuldades de adaptação da estrutura física da AMIRH, o poder público municipal de Lavras, através da prefeita Jussara Menicucci de Oliveira restou por acolher, assumir e construir um espaço totalmente adequado para o funcionamento desta ferramenta comunitária, inclusive, atendendo a todas as exigências da Anvisa. A princípio projetava-se o funcionamento do Banco de Leite nas dependências do Centro Viva Vida, contudo, entraves burocráticos exigiram a construção do prédio exclusivo para o mesmo. Recursos da ordem de R$100 mil foram alocados pela administração municipal de Lavras.

54

Através de campanhas e parcerias – três edições do Festival do Sorvete e a última delas, a 2ª Festa da Cultura ÍtaloBrasileira, em parceria com a Ong NIEH (Núcleo de Informação e Expressão Holística), foram alocados recursos da ordem de 15.000 dólares rotários que, convertidos em moeda nacional, somaram R$31 mil, à época. Com este recurso, foram comprados todos os equipamentos necessários para a consolidação deste sonho da comunidade lavrense. Assim, o Banco de Leite ‘Elza Murad Avayou’ passa a funcionar, a partir do dia 8 de março, anexo ao Centro Viva Vida, mas num ambiente todo separado e apropriado, o que garantirá uma melhor assistência à comunidade. O apoio da administração municipal restou por ser o maior aval para que o projeto se consolidasse, uma vez que os equipamentos foram adquiridos e disponibilizados, permanecendo embalados e guardados até a finalização da obra que ora se inaugura.

FINALIDADE O Banco de Leite Materno de Lavras terá como finalidade efetuar a coleta de leite humano das mães doadoras e incentivar o aleitamento materno na comunidade.

OBJETIVOS • Incentivar o aleitamento materno; • Coletar o leite humano nas residências das mães doadoras cadastradas no banco de leite da cidade de Lavras; • Prestar orientação em educação, saúde e segurança.

MISSÃO Desenvolver ações de apoio à amamentação, com atividades assistenciais e educativas, visando o bem-estar do binômio


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

mãe/filho e, paralelamente, processar e analisar o leite humano doado.

O QUE SERÁ? O Banco de Leite será um centro especializado na orientação e assistência ao binômio mãe e filho em aleitamento materno, e na preparação de leite humano em condições adequadas ao consumo de crianças necessitadas, que por diferentes razões estão impossibilitadas de receber o leite das próprias mães, e que dele necessitam de forma prioritária. Este leite coletado passará por modernos processos de esterilização e pasteurização, ficando acondicionado em locais apropriados e serão distribuídos às mães que eventualmente encontrem dificuldade na amamentação de seus filhos recémnascidos. O leite humano é o único alimento capaz de oferecer todos os nutrientes na quantidade exata de que o bebê precisa. Ele garante o melhor crescimento e desenvolvimento, não existindo nenhum outro alimento capaz de substituí-lo. Ele é tão completo que nos primeiros 6 (seis) meses de vida, o bebê não precisa de outro alimento a não ser o leite materno.

POPULAÇÃO ALVO - Prematuros; - Recém-nascidos de baixo peso; - Crianças cujas mães, que por motivos diversos, não podem amamentar.

A CERIMÔNIA DE INAUGURAÇÃO Várias autoridades compareceram ao evento e vários foram os pronunciamentos. Pelo Rotary Club de Lavras usou da palavra o presidente Antônio Adolfo e pelo distrito 4560 pronunciou-se o Comp. Gov. Fabiano Antônio de Souza, que carinhosamente se deslocou de Itapecerica, juntamente com a

55

coordenadora distrital Magali Beralda e a diretora de protocolo do distrito, Compª. Lígia Melo. Vários companheiros do RC Lavras estiveram presentes, assim como também do nosso co-irmão Lavras-Sul. Representando a família da saudosa Elza Murad Avayou, ex-membro da Roda da Amizade do Rotary Club de Lavras, compareceu seu filho, Munir Murad que, carregado de emoção, lembrou aos presentes aquela figura maravilhosa que era a sua mãe. Ela não tinha como passar despercebida, sempre muito bem maquiada, ornamentada com belíssimas jóias, sempre trazia nos lábios a alegria de viver. Essas qualidades realmente não morrem nunca, ficam eternizadas em nossos corações, e agora tem seu nome para sempre no Banco de Leite no Centro Viva Vida, em Lavras. Munir falou que certas vidas às vezes parecem como um esplêndido transatlântico, enorme, cheio de luzes, algo muito fantástico, mas que depois que ele passa não deixa rastros. Mas, sua mãe Dona Elza Murad Avayou, deixou uma história muito marcante para os filhos e para a nossa cidade. A prefeita Jussara Menicucci disse que buscavam um nome que tivesse uma ligação com Lavras, com o Rotary e que transmitisse alegria e uma enorme vontade de viver. Assim, foi sugerido pelo médico Hélio Haddad o nome de dona Elza Murad Avayou. Esse é o nome! Afirmou Jussara Menicucci.

PARCERIA EM PROL DA VIDA Com esta parceria, o distrito 6460, através do Rotary Club de Edwardsville/EUA, a Fundação Rotária, a AMIRHAssociação de Amparo Materno-Infantil Rosa Haddad, com o apoio do FDUC – Fundo Distrital de Utilização Controlada,


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

Ong NIEH – Núcleo de Informação e Expressão Holística, o Rotary Club de Lavras consolida mais um passo em favor da comunidade e pela vida, fazendo com que sua

56

filosofia, seu lema “DAR DE SI, ANTES DE PENSAR EM SI”, mais uma vez seja o norte, a direção de todas as suas ações de prestação de serviço.

Veja, abaixo, os principais flagrantes da marcante cerimônia, todas as fotos você confere clicando aqui:


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

57


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

58

VEM AÍ A SEMANA MUNDIAL DO ROTARACT

Todo

ano, rotaractianos e rotarianos de todo o mundo celebram a Semana Mundial do Rotaract durante a semana de 13 de março, em comemoração à fundação do primeiro Rotaract Club nos EUA, em 1968, sendo assim, a Semana Mundial do Rotaract será celebrada entre os dias 11 e 17 de março. Seria muito bom que nosso clube dedicasse uma de suas reuniões aos rotaractianos do Rotaract Club de Lavras, que exercem um invejável trabalho em nossa comunidade. O Rotaract Club de Lavras foi recriado em 2008 e tem nosso clube como ‘padrinho’, suas reuniões ocorrem todos os domingos às 18 horas. Os jovens lavrenses são um exemplo a ser seguido pelos demais Rotaract Clubs do distrito e do Brasil, pois estão sempre atentos e envolvidos em ações e campanhas comunitárias, além de sempre dar um considerável suporte às iniciativas de seu clube padrinho. A Semana Mundial do Rotaract é uma grande oportunidade para celebrar o sucesso e a importância do programa e divulgar à comunidade os excelentes trabalhos realizados por estes bravos guerreiros do bem.

ATIVIDADES COMPARTILHADAS

Assim sendo, aqui vão algumas sugestões para que o Rotaract Club de Lavras e o clube padrinho, Rotary Club de Lavras promovam daqui pra frente, visando prestigiar e também se valer do grande suporte sempre oferecidos pelos rotaractianos:  Conduzir um projeto conjunto com o Rotary Club de Lavras.  Planejar um dia de alfabetização e realizá-lo anualmente.  Convidar ainda mais rotaractianos para participar das reuniões do Rotary Club de Lavras e vice-versa.  Fazer apresentações sobre o Rotaract nas escolas da rede municipal e estadual.


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12       

59

Divulgar o Rotaract na mídia local. Realizar um evento de captação de recursos em prol do Desafio 200 Milhões do Rotary. Incentivar a promoção cruzada entre Rotaract, Intercâmbio de Jovens, RYLA, Interact e outras organizações com programas pró-juventude na comunidade. Fazer parceria com um Rotaract Club internacional. Estabelecer programas de orientação entre rotaractianos e rotarianos. Apresentar o Rotaract a associados potenciais, convidando-os para participarem de uma reunião ou projeto. Incluir o Rotaract nas campanhas e atividades do clube, como já fazemos com o Festival do Sorvete.

41ª CONFERÊNCIA DISTRITAL DE 17 a 20 de MAIO de 2012


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

60


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

61

Charge de Duke Jornal ‘O Tempo’

Época: Anos 40/50 – Pça. Dr. Augusto Silva, vendo-se o Ponto de Taxi ainda existente até hoje, mas não com carros tão charmosos. Esta foto foi uma contribuição de Maria Adélia Possato

Até o mês que vem...............................................................................................Comp. Bertolucci


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

62

AGRADECEM AOS ÓRGÃOS DE IMPRENSA LAVRENSES E REGIONAIS A DIVULGAÇÃO GRATUITA DE SEUS VÍDEOS E ÁUDIOS INSTITUCIONAIS, BEM COMO DE SUAS REUNIÕES E EVENTOS COMUNITÁRIOS


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

63


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

É neste próximo domingo!!!

64


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

65


BOLETIM MENSAL ‘ROTARY LAVRAS’ – MARÇO – ANO ROTÁRIO 2011/12

A inauguração do Banco de Leite Elza Murad Avayou ocorrida neste dia 08 de março de 2012 – Dia Internacional da Mulher, marcou mais uma etapa na vida do Rotary Club de Lavras. Fruto de um Projeto de Subsídios Equivalentes, em parceria com a AMIRH, Prefeitura Municipal de Lavras, Rotary Club de Edwardsville/EUA, distrito 6460 do RI e Ong NIEH, entregamos mais uma importante ferramenta comunitária à sociedade lavrense.

66


Março/2012 - BOLETIM ROTARY LAVRAS