Page 1

Presidente de Rotary International 2002-03 - Bhichai Rattakul Governador do Distrito 4430 2002-03 - Valdemar Lopes Armesto Presidente do RCSP-Tatuapé 2002-03 - Antônio Sampaio Teixeira

Informativo Semanal - Número 8 De 03/09/02 a10/09/02

Precisamos divulgar Rotary Prezados Companheiros. Na edição desta noite do Jornal Nacional foi sugerido que os espectadores visitassem o site e vissem as organizações com credibilidade que atuam com voluntários. Ao fazê-lo, vi a omissão do nome do Rotary dentre os que integram a lista da Globo. Por isso, resolvi enviar a seguinte mensagem aos editores: "Prezado Editor. Será proveitoso para os espectadores do Jornal Nacional, ver o nome do Rotary International incluído dentre aqueles mencionados como instituições com credibilidade, que atuam com voluntários. A título de informação, Rotary, no Brasil, surge em 1923, sendo o Rotary Club do Rio de Janeiro o primeiro dentre todos os países de língua portuguesa, em todo o Mundo. Hoje existem Rotary Clubs em todas as cidades Brasileiras, com uma extensa folha de serviços prestados por líderes voluntários em favor das comunidades locais e mundial. E mais: também trabalhos com voluntários não rotarianos, dando a oportunidade para que todo o cidadão possa participar de nossos projetos humanitários. Para maiores informações, sugerimos visitar os site www.joper.padrao.com.br e, de lá, visitar os sites oficiais de Rotary, no Brasil e no Mundo. Agradeço pela atenção e aguardo a oportunidade de ver o nome do Rotary incluído dentre os apresentados na matéria. Saudações rotárias do Joper Padrão do Espírito Santo -Gov. 2001-2002 do Distrito 4570 do Rotary International"

A manifestação da opinião dos Rotarianos pode influenciar editores de veículos, como o Jornal Nacional, a perceberem que esse tipo de omissão, é percebida e repudiada. Talvez, assim, venham a ter uma atitude diferente, e mais adequada, diante de nossa organização. Abraço fraterno do Joper Padrão

E-mail enviado pelo comp. Paulo R. F. Veras - Pres. da Com. Relações Públicas do D-4.430 Exercício 2.002/03

Reuniões às Terças feiras às 20:30hs. - (Sede própria) R. Diamante Preto,290 - Tatuapé/São Paulo Fone/Fax: 6191-2159 - 03405-000 E-mail: rotary.club@terra.com.br - site: www.rotarybrasil.org.br/rcsptatuape Expediente da Secretaria: 2a,4 a,5 a e 6as. Feiras das 8:00 às 12:00hs e, às 3as. Feiras das 13:00 às 17:00hs.


CONSELHO DIRETOR 2002/2003 PRESIDENTE: Antônio Sampaio Teixeira 1o. Vice-Presidente: Paulo Rossi Pinto 2o. Vice-Presidente: Ignácio Mikalkenas Filho 1o. Secretário: Minoru Ueta 2o. Secretário: Antônio Chiarotto Filho 1o Tesoureiro: Norberto C. Gavranich Pancera 2o. Tesoureiro: João Gavranich 1o Dir. Protocolo: Sidney Bergamaschi 2o.Dir. Protocolo: Edson Dias Lamas 3o.Dir. Protocolo: José Coelho Filho Comissão de Serviços Internos: Eugênio Guadagnoli Comissão de Serviços Profissionais: João Perez Filho Comissão de Serviços à Comunidade: Gerson Soares Silva Comissão de Serviços Internacionais: Américo Fabri Comissão de Atividades Pró-Juventude / Nova Geração: Ricardo Pereira Thomaz Último Presidente: Roberto Massaru Watanabe Futuro Presidente: Takeyoshi Teruya Comissão do Boletim: Fernando Dias Aguiar Jr.

REUNIÃO DE HOJE: 03/09/2002. Tema: Assembléia Geral Extraordinária Eleição Presidente 2003-04. REUNIÃO ANTERIOR: 27/08/2002. Transferida para RCSP-Belém Visita Oficial do Governador ESTATÍSTICA: Companheiros presentes.........20 Troféu de maior caravana feminina PRÓXIMAS REUNIÕES: 10-09-02- Fórum de Serviços Pró-Juventude Moderador: Ricardo Thomaz EXPEDIENTE DA SECRETARIA: Boletins recebidos: Rotary Club Dois Vizinhos CARTAS RECEBIDAS: * Do Dr. Francisco Bustamante, Presidente da Associação dos Advogados do Tatuapé, parabenizando o novo Conselho Diretor * Do Comp. Raimundo Nonato Batista, presidente RCSP-Vila Formosa, convidando-nos para palestra de 09-09, sobre o “Sistema de Pagamentos Brasileiro”. COORDENADORES DA COZINHA: 03/09/02- Jonas Gonçalves de Oliveira 10/09/02- João Gavranich 17/09/02- José Augusto Veras da Silva 24/09/02- José Cláudio de Almeida Barros 01/10/02- José Coelho Filho ANIVERSARIANTES: De 03 à 09/09 04/09- Maria Valéria, filha de Edgard e Cecília; 06/09- Elizabeth Comino Aguiar VISITAS DE COMPANHEIROS 08-08-José Ramos Pereira- RCSP-Itaquera 15-08-José Ramos Pereira- RCSP-Itaquera 19/08-José Ramos Pereira- RCSP-V. Formosa. 21/08-Roberto Massaru Watanabe-RCSP-Penha 22-08-Roberto Massaru Watanabe- Água Rasa 22/08-Antônio Sampaio Teixeira- RCSP-Itaquera 23/08-Antônio Sampaio Teixeira- RCSP-Moóca. 26/08-Antônio Sampaio Teixeira-RCSP-V. Formosa, 19/08-Takeyoshi Teruya- RCSP-V. Formosa 21-08-Horacilio Melro- RCSP-Penha 21-08-Horacilio Melro- RC Guarulhos

EFEMÉRIDES: SETEMBRO/ Mês das Atividades Pró-Juventude.

03/09- Dia do repórter fotográfico; 03/09- Dia do guarda civil; 05/09- Dia da Amazônia 05/09- Dia do oficial da farmácia; 06/09- Dia da juventude brasileira; 06/09- Dia do barbeiro; 06/09- Dia do Hino Nacional; 07/09- Independência do Brasil- Feriado; 08/09- Dia nacional da alfabetização; 09/09- Dia do veterinário; 09/09- Dia do técnico de administração; 09/09- Independência da Bulgária; 09/09- Dia do cego; VISITAS OFICIAIS DO GOVERNADOR

03/09/02 Terça 05/09/02 Quinta 09/09/02 Segunda 10/09/02 Terça

Vila Prudente Itaquaquecetuba Jardim São Paulo Mogi das Cruzes - Oeste

COMPANHEIROS SÃO NOTÍCIAS; * No próximo dia 9/09, o comp. Jonas Gonçalves de Oliveira proferirá palestra no RC Parque São Lucas com o tema: "O representante Comercial e o Vínculo Empregatício. Campanha Nacional dos Selos A Campanha dos Selos está em andamento, e está a espera de novas contribuições dos companheiros. O comp. Paulo Rossi Pinto já contribuiu com 1941 selos, seguido do comp. Bordin que doou 56.

A Macarronada realizada no último dia 30/08, em nossa sede, teve um sucesso absoluto. Quem lá estêve participou de um ótimo companheirismo e degustou uma saborosa macarronada que foi coordenada pela Maria do Carmo Thomaz. Um total de 83 pessoas compareceram, dentre elas 27 companheiros, 23 assertianas e 33 convidados. Aos organizadores, as nossas felicitações.


ROTARACT * Rotaractianos foram para a FEBEM ??? É, exatamente... A convite de Antônio Romero , Diretor da unidade 5 do complexo da FEBEM os rotaractianos : Cláudio , Tatiana , Fábio , Vanessa, Carlos , Carla , Leandro e Rodrigo foram conhecer de perto as reais necessidades desta instituição. Realmente, a recepção foi muito calorosa tanto por parte dos re-educandos, quanto pelo Diretor da unidade, que de maneira muito cordial apresentou cada pavilhão, apontando detalhadamente as precariedades da sua unidade que, lamentavelmente, não são poucas. A FEBEM encontra-se em um prédio muito antigo, com sérios problemas quanto as instalações : fiação elétrica, que corre a céu aberto , falta de claridade nas salas de aula , banheiros com infiltrações , camas sem colchões e a falta de material para a construção de uma parede, que dividirá a sala de música com a sala destinada ao ensino de informática . Infelizmente, as cenas vistas não foram as mais agradáveis, no entanto o momento de maior descontração da visita, foi quando um dos re-educandos presenteou o Rotaract Tatuapé, com um das peças de artesanato confeccionada por eles próprios. Peça esta, muito bonita por sinal! Recebemos, outrossim, nesta visita, um ofício, assinado pelo Diretor geral da FEBEM -SP, fazendo algumas solicitações , a qual na medida do possível, tentaremos colaborar.

* Novos companheiros : Em clima de muita descontração, e muita desafinação, na voz do nosso presidente Fernando Dória (brincadeirinha), foram empossados, neste ultimo sábado, na danceteria/Videokê Arccadia, dois novos sócios: Rodrigo Martins Domingues , 22 anos , estudante do 4º ano de administração de empresas da Universidade São Judas Tadeu e analista de finanças da BrasilPrev.( foi efetivado hoje! Veja como o Rotaract abre portas...) e; Leandro Januário Oliveira, 23 anos, estudante do 5º ano de Direito da Universidade Cidade de São Paulo e executivo de Contas da Marsh Companies. * Semana da Pátria : Em virtude da comemoração do feriado de 07 de setembro , não haverá, no próximo sábado, a habitual reunião do Rotaract Tatuapé. * No entanto já está confirmada para a semana subsequente ao feriado (14/09), a palestra de Prevenção a Doenças Sexualmente Transmissíveis no Complexo CDHU- Cangaíba. Palestra, destinada a toda população residente, será ministrada pela Sr.a Cintia Donine Adriane, enfermeira do posto de saúde da região, muito conhecida pelos moradores. Embora havendo a palestra de prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis no Complexo CDHU-Cangaíba no sábado dia 14/09 , que contará com a presença da maioria dos rotaractianos , a tradicional reunião do Rotaract Tatuapé ocorrerá normalmente, às 17:30 , onde você é o nosso principal convidado.

MUDAR OU MANTER: QUE FAZER? Uma característica própria dos cronologicamente mais jovens é a valorização da mudança em qualquer atividade. A criatividade presente junto à energia da juventude solicita que a mudança do que aí está seja exercida. Em contra-partida, os cronologicamente mais idosos, apoiados em suas vivências, valorizam o manter a coisa como está sem alteração. Mudar? Manter? O que fazer? Sabemos que a idéia sempre se antecipa à alteração da estrutura. A Idéia apresentando a característica da fluidez, a Estrutura a da rigidez! Este mesmo tipo de conflito é encontrado em entidades como, por exemplo, uma sociedade que possua membros com tempos diferentes de convivência dentro dela. Este caso independe da idade cronológica, apenas do tempo de filiação do associado. Se estivermos atentos, podemos citar como caso típico o nosso Club rotário. Todos reconhecemos que o mundo em que vivemos é dinâmico e que para acompanhá-lo e sobreviver, devemos mudar! Podemos perguntar, mas mudar em tudo? Não! Mudar em tudo seria gerar o caos, a desorganização, conviver com o completo descontrole e nós precisamos do já conhecido, do já organizado, enfim, de poder manter um certo grau de estabilidade. Então, onde mudar? A solução é mudar o que pode ser mudado, o que é acidental, aquilo que, em sendo diferente, em nada altera ou descaracteriza o que está sendo mudado. Necessitamos, contudo, de manter o essencial, aquilo que nos caracteriza como um Club rotário. Manter aquilo que é universal, palavra cujo sentido é “aquilo que vale em qualquer tempo ou lugar”, de modo a ser reconhecido sempre e a qualquer tempo e em todo lugar! Podemos nos reunir em almoço, em jantar, só com um coquetel ou sem nada e em absoluto se alterará a essência de uma reunião ordinária rotária, porém nunca poderemos fazer uma reunião rotária, entre outras coisas, sem uma abertura e um encerramento pelo presidente ou por um seu substituto temporário. Isso é essencial, é universal, reconhecido por todos como parte do protocolo de uma reunião rotária. Recentemente, ouvimos, em nossa tribuna, a nossa última jovem intercambiada dizer que as reuniões em que ela participou no exterior eram muito diferentes da nossa. Essa afirmação já nos indicava que ela confundia o que é acidental com o que é essencial! Em sua defesa, porém, ela não tinha obrigação alguma de saber! Devido à dinamicidade do mundo, de tempos em tempos nossos políticos se reúnem para alterar a nossa Carta Magna, a Constituição. Porém para não perder a sua essência, a nossa Constituição possui cláusulas ditas “Cláusulas Pétreas”, às quais a ninguém é dado o direito de alterá-las. Cláusula Pétrea, por definição, é um dispositivo constitucional, insuscetível de revogação! Tem como objetivo impedir inovações temerárias em assuntos cruciais para a cidadania e o Estado. Ex: Não se pode abolir os direitos e garantias individuais! Qualquer Rotary Club, ou mesmo uma reunião rotária, também possui suas “cláusulas pétreas”, as quais não podem ser revogadas ou alteradas sob pena de se descaracterizar o que seja um Rotary Club ou uma reunião rotária. Cláusulas pétreas rotárias, entre tantas outras, são o lugar número 1 (um) e a presença do sino que na reunião preanuncia a fala presidencial! Há uma forte componente simbólica ligando-os ao presidente, sem possibilidade de alteração! Ao entrarmos em qualquer reunião rotária, em qualquer parte do mundo, sem conhecer alguém ou conhecer a língua, sem que ninguém nos conte, saberemos quem é o presidente da reunião. Basta olhar para quem ocupa o lugar número 1(um)! Cláusula pétrea rotária! Da mesma forma, o lugar número 2 (dois) pertence ao chamado “orador da noite”! A ninguém mais é dado o direito de se sentar nesse lugar, a não ser o orador da noite, se orador houver. Após o presidente, o orador é a pessoa de maior prestígio e destaque de uma reunião rotária. Se nem um governador poderá se sentar no lugar número 2 (dois) se houver um orador da noite, muito menos um presidente de outro Club rotário! Inconcebível é o caso em que, em uma mesa diretora de uma reunião rotária, por conter poucos lugares e havendo orador da noite, se convide, ainda que por delicadeza, para sentar-se no lugar número 2 (dois), uma companheira rotariana de outro Club. “Cláusula pétrea” rotária ferida! Se queremos ser criativos, esse é o momento, optando-se por novas soluções, possibilitando alterações, mas evitando-se mudar o que não pode ser mudado. Aumentar o número de lugares da mesa diretora, ou qualquer outra solução, para que uma companheira ou uma senhora convidada não fique na ponta da mesa, boa mudança. Nunca, porém, descaracterizar aquilo que marca e destaca o orador da noite, em qualquer lugar do mundo! Essa mudança jamais poderá ocorrer! “Cláusula pétrea” rotária! Comp. Edgard Garcia do Souto


NOME ANTÔNIO EDGAR FERNANDO GERSON INÁCIO JONAS NELSON PAULO RICARDO

SIGNIFICADO DOS NOMES SIGNIFICADO NOME (Latim) O que não tem preço (Teutônico) Próspero, lanceiro (Teutônico) Ousado, alto (Hebraico) Peregrino, estrangeiro

(latim) Ardente (hebraico) Pomba (anglo-saxão) Filho de campeão (latim) De baixa estatura (anglo-saxão) Rei poderoso

BENJAMIM EDSON FRANCISCO GILBERTO JOÃO JOSÉ OTÁVIO PEDRO ROBERTO

SIGNIFICADO (Hebraico) Filho da mãe direita (Anglo-saxão) Filho de Eduardo (Latim) Francês, homem livre (Anglo-saxão) Refém brilhante (Hebraico) Deus é gracioso (Hebraico) Aquele que acrescente (Latim) Oitavo filho (Grego e Latim) Rocha (Anglo-saxão) Brilhante na glória

Fonte: Guia dos Curiosos

CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO A vacinação é um dos meios mais eficazes de se evitar certos tipos de doenças Por Bárbara Juneck Todo pai sabe o quanto é importante prezar pela saúde de suas crianças, e quando chega a época da vacinação não se pode descuidar. As vacinas foram feitas para prevenir doenças consideradas mais graves e evitar que o pimpolho passe por um tratamento doloroso depois, quando a doença já se instalou em seu corpinho. Pensando nesse aspecto é que o governo promove as Campanhas Nacionais de Vacinação. Normalmente, são realizadas durante um sábado, período integral, em que os pais levam as crianças para tomar a vacina daquela campanha específica e para fazer uma atualização da carteira de vacinação da criança. Essa atitude dos pais ou responsáveis é indispensável para o crescimento saudável de seus filhos. Um bom exemplo disso, foi a campanha que aconteceu no dia 24 de Agosto: a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite. 4521 crianças foram vacinadas nos postos de saúde da região. A campanha foi prorrogada até o dia 30. O posto de saúde localizado na Rua Antonio Camardo, 678 – Tatuapé - esteve responsável por 6 locais de vacinação: um no próprio posto, na Biblioteca Hans Christian Anderson, na EEPSG Prof. Paulo Novaes de Carvalho, no Parque do Piqueri, do Rotary Tatuapé e no Shopping Tatuapé. Normalmente, esse tipo de serviço ocorre anualmente nos meses de junho e agosto. “A novidade nessa campanha de vacinação foi a inclusão do posto no Shopping Metrô Tatuapé. Foram distribuídas 287 doses no local. Outro detalhe considerável é que essa campanha serviu também para colocar em ordem a carteira de vacinação de muitas crianças, a chamada Campanha da Multivacinação”, conta a enfermeira Melian Sudo, responsável pela campanha na região. Um destaque importante dessa campanha foi a colaboração integral dos membros do Rotary Tatuapé. A unidade de vacinação instalada sob sua supervisão na Praça Silvio Romero foi responsável por 489 doses da vacina, mais de 10% do total de crianças vacinadas no Tatuapé. Os rotarianos da região participaram em tudo, visitaram os outros postos no intuito de ajudar na campanha, cumprindo também as metas que eram: fornecimento de lanches (atendendo ao pedido da direção do posto de saúde), organizando o posto na Praça e providenciando bexigas e balas para as crianças, amenizando assim um pouco do nervosismo pelo qual muitas delas se encontravam. Procure sempre o posto de saúde mais próximo de sua casa Para saber maiores informações sobre as Campanhas Nacionais de Vacinação e quais as vacinas que seu filho deve tomar em cada fase de sua vida. Centro de Saúde II - Vila Santo Estevão - R. Antônio Camardo, 678 Rotary Club Tatuapé - Rua Diamante Preto, 290 Colaboraçõo comp. Gerson Soares Silva - Pres. Com. Serviços à Comunidade

A oportunidade Havia uma indústria de calçados (poderia ser do Brasil), que desenvolveu um projeto de exportação de sapatos, para a Índia. Em seguida, mandou dois de seus consultores, a pontos diferentes daquele país, para fazer as primeiras observações do potencial daquele futuro mercado. Depois de alguns dias de pesquisas, um dos consultores enviou o seguinte fax para a direção da indústria: "SENHORES, CANCELEM O PROJETO DE EXPORTAÇÃO DE SAPATOS PARA A ÍNDIA. AQUI NINGUÉM USA SAPATOS".

Sem saber desse fax enviado pelo primeiro consultor, alguns dias depois o outro consultor mandou o seu: "SENHORES, TRIPLIQUEM O PROJETO DA EXPORTAÇÃO DE SAPATOS PARA A ÍNDIA. AQUI NINGUÉM USA SAPATOS AINDA."

Conclusão: a situação significava um tremendo obstáculo para um dos consultores e uma fantástica oportunidade para o outro. Da mesma forma, tudo na vida pode ser visto com enfoques e maneiras diferentes... A sabedoria popular traduz essa situação com a seguinte frase: "OS TRISTES ACHAM QUE O VENTO GEME; OS ALEGRES ACHAM QUE ELE CANTA."

O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos. A maneira como encaramos a vida faz toda a diferença. Autoria desconhecida


PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL O processo de Independência do Brasil não foi pacífico, como a maioria do povo pensa, houve muitas guerras e revoluções antes de 1822, mas nenhuma delas teve sucesso, as principais são: INCONFIDÊNCIA MINEIRA A Inconfidência Mineira foi sem dúvida uma revolução curta, mas importante, não só por ser a primeira, mas por ter influenciado outras tentativas. Inspirados no movimento revolucionário de independência dos colonos ingleses da América do Norte (1776) fazendeiros, funcionários da Câmara de Vila Rica e contrabandistas iniciaram um revolta em 1789. Tiradentes era encarregado de obter apoio militar e popular à revolta. Os "inconfidentes", de Minas Gerais, pretendiam proclamar uma república, independente de Portugal. Quando o movimento chegava ao seu ponto crucial Joaquim Silvério dos Reis o denunciou ao Visconde de Barbacena que, imediatamente, ordenou a prisão de Tiradentes, em maio de 1789, sendo condenado a morte no dia 21 de abril de 1792. Os demais inconfidentes foram submetidos à um processo legal que terminou em 1792. CONJURAÇÃO BAIANA A Conjuração Baiana ocorreu em 1798. A revolução começou na cidade de Salvador, as principais causas foram a falta de alimentos e de produtos importados da Europa. Os revolucionários baianos eram republicanos, entre seus líderes havia sapateiros, escravos, alfaiates etc. Por isso, a conjuração baiana é também chamada de "Revolta dos Alfaiates", pois estes participavam em grande número. Eles pregavam a liberdade de comércio. Os ideais dos revolucionários baianos eram diferentes dos sustentados pela elite mineira. Eles pregavam a liberdade de comércio e apoiavam uma revolução contra a sociedade escravista da colônia. O mesmo fato que aconteceu em Minas aconteceu na Bahia, quando um participante do movimento, José da Veiga, denunciou a revolução as autoridades, que a separação política de Portugal, mas logo os líderes foram mortos e a revolução abafada. Para evitar mais revoltas, Dom João VI elevou o Brasil a reino unido a Portugal e Algarves. INSURREIÇÃO PERNAMBUCANA A última tentativa de independência do Brasil, que falhou foi em 1817, é a chamada Insurreição Pernambucana. A cidade de Recife, que antes era rica e próspera, viveu uma crise econômica, pois o ouro, o açúcar, entre outros, estavam em baixa, com isso os fazendeiros, comerciantes, cidadãos de classe média, resumindo, a parte importante da população de Recife, ficaram bravos com os altos impostos, inflação, os comerciantes estrangeiros, que eram considerados exploradores pelos seus privilégios etc. Além disso, pelo porto da cidade, não entravam apenas produtos, mais também idéias liberais. Ao contrário das outras duas, esta conseguiu instalar um governo republicano, durante dois meses e doze dias. Os membros desta revolução, originada em Recife, eram padres, artesãos, soldados, proprietários rurais e até senhores de engenhos. A tentativa de reação do Governo falhou e os republicanos obrigaram a abdicar o poder. Um governo provisório foi instalado no dia 7 de março. Logo forças reais militares ordenadas por D.João VI, vinda da Bahia e Rio de Janeiro, fizeram um cerco sobre o porto e a cidade de Recife esmagando as tropas revolucionárias.

A Independência do Brasil Alguns poucos atos de rebeldia contra o domínio português ocorreram aqui no Brasil, nos séculos XVII e XVIII. Eram protestos contra os impostos, contra o monopólio e seus abusos, e até demando entre pessoas nascidas no Brasil e em Portugal, como as Guerras dos Emboabas e Mascates. De fato existiam rivalidades entre os brasileiros natos e os portugueses vindos do Reino. O sentimento de nativismo crescia e se tornou forte em Pernambuco e outras regiões do Nordeste. O exemplo da independência dos Estados Unidos, e das idéias revolucionárias, fizeram com que alguns homens cultos de Minas gerais tentassem um movimento de emancipação. Mas fracassou ( 1789 ). Ocorreu também a Revolução Pernambucana ( 1817 ) de tendências republicanas, que foi abafada. Outra conspiração malogrou na Bahia ( 1789 ). D.João VI deixou, em 1821, o Rio de Janeiro e foi para Portugal a chamado das Cortes Portuguesas. Os deputados portugueses sonhavam em restaurar o antigo poderio de Portugal e restabelecer o sistema colonial no Brasil. As Cortes quiseram retirar certas regalias que D.João VI havia concedido ao Brasil e aos brasileiros. E certas medidas tomadas pelos parlamentares feriam a autoridade do príncipe D.Pedro, herdeiro do trono português e que D.João VI deixara governando o Brasil, na qualidade de regente. D.Pedro decidiu contrariar as Cortes e passou para o lado dos brasileiros. E frontalmente desobedeceu a uma ordem de Portugal, pedindo-lhe que voltasse. A partir desse dia, o príncipe comportou-se como se fosse o soberano de uma nação independente: convocou tropas, fez compras no estrangeiro, contratou navios de guerra e oficiais de marinha inglesa e, em meados de 1822, convocou uma Assembléia Constituinte para dar leis próprias ao Brasil. Praticamente, o Brasil encontrava-se desligado de Portugal. Essa separação tornou-se definitiva com o grito de "Independência ou Morte", proferido por D.Pedro, a 7 de setembro de 1822. Houveram tentativas de repressão, por parte dos portugueses, que foram imediatamente repelidas. site:500 anos de Brasil


Boletin nº 08  

Administração Antonio Sampaio Teixeira

Boletin nº 08  

Administração Antonio Sampaio Teixeira

Advertisement