Page 1

Revista final.indd 1

12/07/2017 20:47:45


Revista final.indd 2

12/07/2017 20:47:45


Editorial Caro (a) Amigo (a), Chegados ao Verão que é, por excelência, um período de alegria, festividades, reencontros, e convívios com os nossos familiares, amigos e comunidade, aproveito para desejar uma ótima estadia aos que neste período regressam e aos que vêm até Celorico de Basto para desfrutar deste lindo concelho e conhecer as suas boas gentes. Que nesta altura do ano, em que as pessoas tanto convivem e se aproximam, consigamos renovar as nossas forças, para enfrentar as contrariedades e alcançar os desafios que se deparam nas nossas vidas. Saibamos de forma positiva e construtiva, fomentar uma sociedade cada vez mais solidária e amiga, onde todos tenham o seu espaço e em especial os mais frágeis que sejam tratados com respeito e dignidade.

Um abraço com amizade,

Joaquim Monteiro da Mota e Silva Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 3

3

12/07/2017 20:47:47


DESTAQUES

Próximo passo fazer a ligação da Variante à EN210 entre Lordelo e Canedo/Corgo

Ligação à A7 mais próxima de ser executada “Parceria bem estruturada entre governo e município aumenta coesão territorial” Celorico de Basto recebeu no dia 03 de março o Primeiro-Ministro, António Costa, para a cerimónia de assinatura do Acordo para a Execução da Variante entre Lordelo e Canedo/Corgo, uma obra financiada em 6 ME pelo governo e 2,3 ME pelo Município de Celorico de Basto. Serão 5km de troço que colocará Celorico de Basto mais próximo da A7 ficando a faltar 4,7 kms.

4

Revista final.indd 4

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:47:47


Joaquim Mota e Silva, presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto ressalvou a importância desta obra. “Hoje ajudamos a fazer Portugal, a ligação da Variante à A7 é para cumprir e executar. O Estado assume a sua parte de 6ME e nós, o Município, assumimos a nossa de 2,3ME. É uma ligação legítima que será fundamental para a ligação à A7. É um passo dado com muito esforço com o quadro complexo em que vivemos tendo em conta o orçamento de Estado e as suas limitações”. Joaquim Mota e Silva fez um retrato do concelho no setor industrial e turístico afirmando que “a distância do Parque Empresarial para a A7 encurta 12 kms o que é fundamental para incrementar ainda mais o crescimento de um parque que tem vindo a crescer em empresas e em emprego, temos um centro de formação de calçado e três novas empresas que se irão fixar ainda este ano, sendo já necessário mão-de-obra”. Afirmando que “esta obra chega na hora certa, com o setor do turismo com uma grande pujança e crescimento com projetos em curso, com novos hotéis e alojamento rural, sendo certo que em poucos anos teremos mais de 700 quartos no concelho. Um setor que trará milhões de euros de rendimentos contribuindo fortemente para o crescimento da economia local”. Na “casa” de Marcelo Rebelo de Sousa, o Primeiro-Ministro iniciou o seu discurso a lembrar que “a uma semana de celebrar um ano de mandato do Presidente da República Portuguesa é na sua casa que elogio a forma de trabalhar de Marcelo Rebelo de Sousa que tem tido uma atitude

que muito beneficia o país. Continuando que “celebrar este acordo para esta estrada é uma vantagem deste bom ambiente político. Hoje, juntamos esforços, com recursos do Estado e com recursos do Município, para executar esta estrada de 5kms, e aproxima Celorico de ver cumprida a tão desejada ligação à A7 fundamental para a coesão e desenvolvimento de toda a região das terras de Basto”. António Costa disse terem encerrado o ciclo da criação da rede viária com o Túnel do Marão, mas “estas pequenas obras de 3, 5 ou 7 kms são fundamentais para, neste caso, unir o concelho a infraestruturas fundamentais para permitir um crescimento mais coeso do território”. Também o Ministro do Planeamento e das Infraestruras, Pedro Marques, fez questão de reforçar que “ é da coesão territorial que aqui falamos em Celorico de Basto. As estradas não serão tudo na coesão do território como referiu o presidente do Município, muito tem sido feito neste aspeto, mas há ligações de troços de rodovia que fazem toda a diferença. É preciso avaliar e priorizar o que é necessário, e é preciso fazer este investimento e, em parceria com o município vamos fazendo o caminho e esse troço vai agora avançar. O nosso compromisso com a coesão territorial visa políticas de proximidade fazendo com que os que cá vivem tenham qualidade de vida e os que vêm de fora tenham as melhores condições”. O Acordo de Execução da Variante entre Lordelo e Canedo/ Corgo foi assinado entre a Câmara Municipal e as Estradas de Portugal tendo sido homologado pelo Secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme Martins. A cerimónia contou com uma série de individualidades realçando-se ainda a presença do Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 5

5

12/07/2017 20:47:48


Celorico de Basto assina protocolo para a Cidadania e Igualdade de Género “Trabalhamos para que homens e mulheres sejam tratados de forma igual à sua escala e medida” A Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Catarina Marcelino, foi recebida no dia 03 de fevereiro, na Câmara Municipal de Celorico de Basto para homologar um protocolo celebrado entre a Câmara Municipal e a CIG – Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género. A abrir a sessão o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, disse que “é preciso trabalhar proativamente para que as pessoas tendo em conta o seu credo, sexo, religião, carências económicas dificuldades físicas e/ou psicológicas, não sejam marginalizadas, ostracizadas e constrangidas, estabelecendo politicas que não afastem as pessoas mas que criem igualdade de oportunidades”. Joaquim Mota e Silva esclareceu que este protocolo “cria e promove ferramentas e mecanismos que vão ajudar muitas pessoas que precisam ser ajudadas de forma pormenorizada, discreta e particular com o devido tratamento, dando respostas às necessidades locais em estreita parceria com os serviços regionais e nacionais” destacou. O autarca realçou diferentes tipo de maus tratos dando principal enfoque às pessoas portadoras de deficiência. “Temos que nos questionar de forma sistemática. Todos os que sofrem de violência devem ser protegidos, as mulheres, os homens, as crianças, os idosos, mas os que sofrem de algum tipo de deficiência, devem também, e cada vez mais, ser protegidos e apoiados”. A assinatura do protocolo foi da responsabilidade do presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto e do Delegado Regional do Norte para a Cidadania e Igualdade, Manuel Albano.

6

Revista final.indd 6

Terminada a assinatura por parte dos intervenientes, o protocolo foi então, homologado pela Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade. Um protocolo que inclui a promoção da igualdade entre homens e mulheres e igualdade de oportunidades independentemente da ascendência, sexo, raça, língua, religião, território de origem, situação económica… Esclarecendo que uma efetiva igualdade entre homens e mulheres é uma dimensão fundamental da proteção e promoção dos direitos do ser humano e constitui um forte indicador da qualidade da democracia. A secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade frisou que “o tempo em que as preocupações dos autarcas se baseavam em aspetos materiais já passou, agora a prioridade são as pessoas e as respostas imateriais inerentes ao seu bem-estar. A desigualdade afeta homens e mulheres por isso, temos que trabalhar para que todos tenham a mesma igualdade de oportunidade”. Catarina Marcelino frisou a necessidade de existir “uma estratégia regional criando uma rede de parceiros para que a vitima de violência possa ter uma resposta mais protetiva”. O Município de Celorico de Basto lançou também, na ocasião, o Gabinete Girassol de apoio à Vitima de Violência Doméstica e de Género, baseado no protocolo assinado nessa manhã e que procura proporcionar às vítimas de violência doméstica e de género respostas em situações de crise e de emergência. Uma resposta social reconhecida pela Secretária de Estado que fez uma alusão ao número de mortos causados pela violência doméstica e a necessidade destes gabinetes para a proteção e salvaguarda das vítimas.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:47:48


Celorico de Basto imparável no crescimento industrial Fixação de empresas para responder à procura de trabalho no concelho O presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, visitou, no dia 9 de março, a unidade de calçado instalado no Parque Empresarial de Crespos. A unidade integra o grupo carité que contempla 2 unidades a laborar no Parque Empresarial de Carvalho, criando 60 postos de trabalho. “Sentimos, de facto, que Celorico de Basto está a crescer cada vez mais na área industrial atraindo cada vez mais unidades fabris aos parques empresariais do concelho. Um crescimento que tem sido fundamental para o desenvolvimento da região colmatando de forma sustentada o desemprego sendo já necessária mão-de-obra vinda de fora” disse o presidente da Câmara Municipal. Esta unidade de calçado, agora instalada no Parque empresarial de Crespos, é o reflexo da atitude proactiva do município e das partes envolvidas. “O facto de termos um centro de formação do calçado instalado em Celorico de Basto é também fundamental para atrair mão-de-obra não qualificada que poderá, terminada a formação, ingressar nesta e em outras unidades instaladas no concelho. Estes mecanismos de parceria têm sido muito profícuos no desenvolvimento da nossa indústria local” realçou. Neste momento, esta unidade fabril dispõe a laborar a linha de costura, posteriormente será instalada a linha de corte e a linha de pré-costura. Isaura Costa, encarregada da linha de costura, a trabalhar na “arte do calçado” desde os 16 anos, disse que “o mais interessante desta arte é ver os funcionários a evoluir na arte. A minha vida sempre foi a trabalhar no calçado”.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 7

7

12/07/2017 20:47:49


Também no setor do Calçado, no dia 2 de maio, o Presidente da Câmara Municipal visitou a Cruzatendência a laborar há 3 semanas no concelho. Uma fábrica que irá criar mais 30 postos de trabalho. “A instalação desta unidade fabril em Celorico é sinal do dinamismo instalado na indústria neste concelho. Temos vindo a apoiar a fixação de empresas de forma bem estruturada o que tem sido visível no crescimento dos parques industriais locais e na diminuição crescente do desemprego no concelho” disse o presidente da autarquia. A empresa em causa é uma filial da fábrica instalada em Felgueiras, a Cruzatendência, a laborar há cerca de 40 anos, que viu em Celorico de Basto a oportunidade para alargar a indústria fabril. “São estes apoios facultados pelo Município de Celorico de Basto que nos levaram a abrir uma filial em Celorico, são apoios fundamentais para a instalação da unidade, sem os quais seria impraticável. Ao mesmo tempo contamos com um centro de formação do calçado que nos facilitará o recrutamento de colaboradores já conhecedores da arte” disse Mauro Lopes, sócio da empresa. Mauro Lopes disse ainda que a unidade trabalha na linha de corte e costura e contempla, neste momento, 15 funcionários. O objetivo é chegar aos 30 funcionários numa empresa que exporta 100% do calçado produzido. “Agora estamos a fazer umas botas que irão para a Noruega”.

8

Revista final.indd 8

Uma das normas para instalação destas unidades fabris exigidas pelo Município centra-se no recrutamento de funcionários que deverão ser, preferencialmente, do concelho.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:47:49


40 postos de trabalho para quadros superiores qualificados “Inovação para os jovens qualificados” Foi assinado, no dia 04 de maio, um protocolo entre a Câmara Municipal de Celorico de Basto, a Qualidade de Basto, EM, e o grupo Dosapac S.A. que visa fixação desta empresa no Parque Empresarial de Basto, Zona Industrial de Crespos, e a criação de 40 postos de trabalho para quadros superiores qualificados. “Proporcionamos as melhores condições técnicas e físicas às empresas que se queiram fixar no concelho e sentimos que é uma aposta ganha, um apoio fundamental para que empresas como a Dosapac Scientia veja em Celorico de Basto o espaço geográfico ideal para investir” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. Ao mesmo tempo, o autarca mostrou que o Município está a desenvolver todos os esforços para tornar concelho cada vez mais apetecível para o investimento em diversas áreas de desenvolvimento possibilitando emprego também a jovens licenciados que poderão fixar-se no concelho e exercer as funções para as quais estudaram. “Temos vindo a fixar muitas empresas em Celorico de Basto mas este salto de qualidade é crucial porque vamos poder ter os nossos jovens licenciados a trabalhar no seu concelho na área em que se formaram. De facto, é uma área que pretendemos incrementar cada vez mais, com a fixação desta e de outras empresas,” reforçou.

O grupo Dosapac S.A. através da empresa Dosapac Scientia vai fazer um investimento na ordem de 1,2 Milhões € e criar 40 novos postos de trabalhos direcionados a quadros superiores qualificados na área de Biologia, Química, Informática, Ambiente, Ciências Agrárias. Dosapac Scientia, foi aqui representada pelo administrador, José Martins da Mota, uma empresa que direciona a sua atividade à Engenharia e técnicas afins, comércio, assistência técnica, montagem, representações, formação e consultoria na área de controlo de fluídos, energia e meio ambiente, nomeadamente estudos de impacto ambiental e projetos de despoluição.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 9

9

12/07/2017 20:47:50


Município procede à requalificação e melhoramento de do concelho, resultam na aposta estratégica da autarquia espaços públicos A Câmara Municipal de Celorico de Basto está a proceder à requalificação e melhoramento de alguns espaços públicos que se encontravam, por diversos fatores, carentes de intervenção.

na manutenção de espaços públicos e equipamentos municipais, num investimento global de cerca de 1,5 milhões de euros.

Um investimento na ordem 1,5 milhões de euros. Em visita às diversas obras de requalificação, Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara Municipal, observou a necessidade de dotar aqueles espaços com as condições devidas para a adequada utilização de pessoas e bens. “Temos espaços públicos que, pelo uso diário, com a passagem de veículos pesados e circulação excessiva, se encontram em estado de degradação. Achamos que não podíamos deixar estes espaços neste estado por mais tempo. Tivemos que proceder a uma intervenção, bem pensada e planeada, que permitisse que estes espaços contenham as melhores condições de circulação para todos” disse. O autarca reforçou ainda que “são obras dispendiosas mas necessárias”. Por outro lado, o Município está a realizar várias obras de melhoramento de diversas infraestruturas no concelho, procurando dotá-las de melhores condições para a utilização da comunidade. As intervenções em causa , efetuadas em vários pontos

10

Revista final.indd 10

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:47:50


“Idosos de Celorico conviveram numa celebração antecipada do Natal”.

O Município de Celorico de Basto, através dos Serviços de Ação Social e Saúde, celebrou o Natal com cerca de 800 idosos que se reuniram, no dia 10 de dezembro, no mesmo espaço, pavilhão Gimnodesportivo da EB 2,3/S, para um convívio de Natal. “Hoje é um dia de celebração, num mês tão bonito, em que celebramos o Natal, em que celebramos a alegria, a pertença, o estarmos juntos e olharmos uns para os outros de forma igual. Hoje renovamos a nossa vontade de seguir em frente em família, com espirito de concórdia e construtivo, sempre apoiados nos que nos estão mais próximos. É importante que sintam que têm ao vosso lado um ombro amigo” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, durante a cerimónia eucarística. “A nossa vida é um pouquinho cheio de intensidade, tal como dizia a minha avó, um pouquinho que passa depressa... Na alegria é tudo fácil mas quantos de nós passam por momentos difíceis e pensam em desistir, em dizer já chega, basta. Mas quando está difícil há sempre algo mais forte que nos faz seguir, acreditar, a nossa fé, a nossa coragem, os que estão mais próximos de nós” disse.

AÇÃO SOCIAL + SAÚDE

Convívio de Natal Sénior reuniu idosos do concelho

Usualmente, os idosos presentes na iniciativa recebem, no término do almoço, uma lembrança produzida na íntegra pelos funcionários da Câmara Amiga e este ano não foi exceção, os idosos foram agraciados com um anjo feito de forma artesanal. “Esta é uma festa muito agradável, eu gosto muito, pela alegria, pelo convívio e pela devoção. Eu venho sempre e divirto-me muito, adoro cantar e estar com tanta gente divertida” disse Francelina Torres, idosa presente.

O Convívio de Natal Sénior iniciou com uma cerimónia eucarística presidida pelo Arcipreste de Celorico de Basto, o padre Albano Costa, e coadjuvado pelo padre Carlos Macedo e pelo padre Parcidio Rodrigues. A cerimónia foi alegremente cantada pelos técnicos da Câmara Amiga. Seguiu-se o almoço convívio com iguarias características da época Natalícia. A tarde foi animada com música popular. “Esta atividade decorre há 7 anos a esta parte e é sempre muito participativa. Nota-se que os nossos idosos gostam e participam com alegria e com devoção neste convívio” disse a coordenadora dos Serviços de Ação Social e Saúde do Município de Celorico de Basto. “Os nossos técnicos empenham-se para dar o melhor aos nossos idosos, fazem-no com gosto, com dedicação, é umas das atividades que envolve todos os técnicos que integram os serviços da ação social do município” realçou.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 11

11

12/07/2017 20:47:51


A CPCJ de Celorico de Basto apresentou à comunidade o projeto “Tecer a prevenção”

A

Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Celorico de Basto apresentou no dia 8 de abril o projeto “Tecer a Prevenção” numa cerimónia que contou com a presença de várias entidades, locais e nacionais, com competência em matéria de infância e juventude. A ação foi presidida pelo presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, e contou com a presença do presidente da Comissão Nacional, Armando Leandro. A abrir a sessão o presidente da Câmara Municipal disse que “esta é uma iniciativa de louvar, desenvolver um programa sobre uma temática tão importante como a prevenção dos maus tratos na infância. Um programa que inclui toda a comunidade desde as entidades de primeira linha, aos pais e encarregados de educação até às próprias crianças” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto. Joaquim Mota e Silva salientou a importância desta entidade que “faz um trabalho meticuloso, bem estruturado, baseado na discrição e na seriedade, que zela, em primeiro plano, pelo bem-estar das crianças, para que cresçam saudáveis em ambiente familiar. A apresentação deste projeto demonstra o empenho desta entidade em estar mais próxima da população, com uma comunicação mais abrangente desenvolvida em estreita parceria com as entidades de 1ª linha consciencializando um maior número de pessoas para uma temática tão importante” realçou o autarca. No mesmo sentido, Nélida Mota Campos, presidente da CPCJ de Celorico de Basto, fez o retrato da CPCJ local, que conta com 13 anos de existência, com uma apresentação breve, indo de encontro ao projeto apresentado neste fórum de participação diversificada mas, sobretudo, com profissionais cujas funções contemplam a investigação e/ou intervenção com crianças e jovens, muitas vezes em risco ou perigo e suas famílias, “procurando assim colocar a criança como sujeito de direitos, dando-lhe centralidade no sistema de promoção e proteção.”

três anos, havendo já ações calendarizadas. Fizemos o levantamento das principais problemáticas que põem em causa os direitos das crianças e é nessas que vamos investir, procurando envolver toda a comunidade, porque cada cidadão é responsável pelo crescimento saudável das nossas crianças” refletiu. A apresentação do projeto/plano estratégico local de promoção e proteção dos direitos da criança, com ações para o triénio 2017 – 2019, foi da responsabilidade de José Sousa e Albertina Moreira, comissários da modalidade alargada da comissão tendo culminado com a leitura do poema de Fernando Pessoa “Olha-me rindo uma criança”. A mentora nacional e orientadora do projeto em Celorico de Basto, Noémia Bandeira, enviou a sua mensagem, partilhada por Fernanda Almeida, da coordenação regional da CPCJ. A terminar a sessão o presidente da Comissão Nacional, Juiz Conselheiro Armando Leandro, felicitou a CPCJ pelo trabalho desenvolvido, mostrando-se positivamente agradado com os objetivos e as responsabilidades inerentes ao projeto. “ Quero felicitar todas as entidades presentes mas sobretudo a comunidade de Celorico de Basto, porque todo o cidadão está implícito neste projeto. Esta Comissão veio mostrar que é momento de presente com um sentido enorme de futuro, visível com esta ideia clara de que sem qualidade na infância não teremos qualidade humana. Tudo o que respeita à criança é nossa missão essencial se queremos um desenvolvimento de qualidade temos que agir para que tenha uma infância de qualidade onde estejam salvaguardados os seus direitos” realçou.

Enquanto representante da Câmara Municipal, onde a comissão tem a sua sede, agradeceu todo o apoio logístico, recursos humanos e financeiros disponibilizados pela autarquia para o bom funcionamento desta CPCJ, expressando o seu apreço pelo trabalho sério e empenhado dos representantes das entidades nacionais e locais que necessariamente compõe a CPCJ de Celorico de Basto, realçando também a camaradagem e espírito de equipa que norteia esta comissão. “Este projeto inclui toda a comunidade, busca a prevenção, a sensibilização, procura salvaguardar o bem-estar das crianças. É um trabalho para levar adiante durante os próximos

12

Revista final.indd 12

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:47:51


Conselho Local de Ação Social, CLAS, reuniu no Salão nobre dos Paços do Concelho As entidades constituintes do CLAS reuniram, no dia 23 de março, no salão nobre do Município de Celorico de Basto, tendo a rede social apresentado os vários pontos da ordem de trabalhos.

A

reunião foi presidida pelo presidente do CLAS, Joaquim Mota e Silva, e contou com a presença dos vários responsáveis pelos diversos agentes de intervenção social concelhios públicos e

privados.

A abrir a sessão foi apresentado o plano de execução do CLDS3G em 2016 nos vários eixos de intervenção tendo sido aprovado por unanimidade a proposta de ajustamento com os encargos relativos aos recursos humanos, devido à não aprovação de 2 das 24 ações propostas pelo CLDS3G, e o reajustamento dos destinatários das ações propostas diminuindo o número inicialmente aprovado em CLAS. De seguida deu-se uma apresentação do relatório anual da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Celorico de Basto, um ponto meramente informativo tendo sido indicado um total de 124 processos acompanhados pela entidade com apenas 3 situações em que foi despoletado um procedimento de urgência. Durante a sessão foram requeridas por diversas IPSS parecer do CLAS para criação e alargamento de respostas sociais que implicam obras de readaptação e reajuste de espaços, os pedidos de parecer foram apresentados individualmente a todos os elementos do plenário pelo representante de cada entidade. Refira-se a criação de um Centro de Dia para 40 utentes para a Associação Social de Sta. Maria de Borba da Montanha, uma proposta de criação de ATL para 150 utentes no Centro Social Bento XVI em parceria ativa com as Juntas de Freguesia da área da abrangência da instituição, e o alargamento das instalações para albergar mais idosos na valência de lar passando de 53 utentes para 80 utentes. Foi ainda apresentada uma proposta para criação de centro de dia para 40 utentes no Centro Social e Paroquial Divino Salvador de Ribas, o Centro Social e Paroquial de Molares propôs criar um centro de Dia para 20 utentes e ampliar as instalações do lar, com obras de adaptação, podendo passar de 31 utentes para 37 utentes. A Associação de Solidariedade Social de Basto apresentou também um pedido de parecer para Centro de Dia para 20 utentes precisando apenas de readaptar o refeitório com equipamento complementar para fazer face a esta resposta, não sendo necessárias obras para reabilitar o espaço. Por último, foi apresentada

a proposta de adaptação e reaproveitamento do espaço da Associação de Solidariedade de Sto. André de Codessoso - Centro Social Manuel António da Mota podendo passar de uma capacidade de 41 utentes para 50 utentes. Todas as propostas apresentadas foram aprovadas por unanimidade pelas entidades constituintes do CLAS. Todos os constituintes do CLAS receberam o plano de ação da Rede que contempla várias ações promovidas de acordo com o dinamismo de cada entidade. Um plano que se desenvolve de 2015 a 2020, espelhando as ações concretas a dinamizar em 2017 . A explicação do programa foi feita pelo presidente do CLAS tendo referido que “o programa exige que a entidade coordenadora e as mediadoras tenham condições para acondicionar os bens alimentares, quer a frio quer à temperatura ambiente, assim como a sua distribuição nas melhores condições e em tempo oportuno, exigências que muitas IPSS´S não conseguem suportar. É um programa complementar aos programas existentes e necessita de uma equipa de trabalho que diagnostique convenientemente a situação das pessoas, atribuindo-lhe apoios sociais se necessário, para que possam receber estes alimentos, acondicioná-los e confecioná-los” disse. No final da reunião os presentes foram informados pela coordenadora dos Serviços Sociais e de Saúde da Câmara Municipal, Helena Martinho, da reestruturação dos critérios para formular candidaturas para os diferentes acordos com a Segurança Social, o programa PROCOOP, considerando a taxa de cobertura, a capacidade da resposta, o tempo de espera e a sustentabilidade como critérios fundamentais.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 13

13

12/07/2017 20:47:51


Idosos do Celorico a Mexer cantaram belas melodias de Natal

O

s Coros de Natal do Celorico a Mexer, uma das atividades de Natal que conta com os idosos como protagonistas, decorreram, no dia 16 de dezembro, no cineteatro dos Bombeiros Voluntários Celoricenses. Pelo palco passaram as mais belas músicas de Natal cantadas melodiosamente pelos idosos que integram o programa.

“Os Coros de Natal do Celorico a Mexer apresentam-se como mais um momento de convívio entre os idosos do nosso concelho. Trata-se de uma ação recorrente que procura valorizar sempre e cada vez mais estes “jovens”. De facto, este Município desenvolve ao longo do mês de dezembro uma série de iniciativas voltadas para a quadra natalícia. Promovemos eventos direcionados a todas as faixas etárias” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. Pelo palco do cineteatro passaram 13 canções de Natal ensaiadas nos locais de animação pelos professores de educação musical e pelos animadores. A coordenadora dos Serviços de Ação Social e Saúde do Município, Helena Martinho, fez questão de salientar a importância destes mecanismos de pertença numa altura tão sensível como o Natal. “Vê-los assim felizes, integrados, a cantar com alma e coração, a serem os protagonistas desta festa dá-nos a certeza que estamos a ir no caminho certo. Hoje, tivemos 13 grupos a subir ao palco mas poderíamos ter 15 ou 20, mas é a necessidade de fazerem coisas em conjunto que mais sobressai e se eles gostam de trabalhar uns com outros grupos, nós só temos que incentivar e arranjar mecanismos para que isso seja possível”. De facto, a maioria dos coros eram compostos por mais do que um grupo que preferiram ensaiar a música em conjunto. Pelo palco passou a música “Linda Noite”, “Alegrem-se os Céus e a Terra”, “Nasceu Jesus”, “Já Nasceu”, “É Natal de Jesus”, “Ó Luz de Deus”, “É Natal é Natal”, “Vamos ao Presépio”, “Cantemos à porfia”, “É Natal”, “Natal de Boas Festas”, “Natal” e por fim, “o Menino do Tambor”. O cineteatro encheu para assistir aos Coros de Natal do Celorico a Mexer.

14

Revista final.indd 14

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:47:52


Coop Jovem apresentado aos jovens Jovens desempregados de Celorico de Basto ficaram, no dia 17 de janeiro, mais elucidados sobre o programa Coop Jovem, numa ação que decorreu auditório da Quinta do Prado resultado da parceria entre o programa CLDS 3G – Contrato Local de Desenvolvimento Social Geração Eco, o IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional e a Câmara Municipal de Celorico de Basto.

O Coop Jovem é um programa de Apoio ao Empreendedorismo Cooperativo que apoia a concretização de um negócio coletivo, facilitando o desenvolvimento de competências e a criação do próprio emprego. Destinase a jovens, entre os 18 e os 29 anos, com pelo menos o 9º ano de escolaridade, detentores de uma ideia de negócio composta entre três a nove cooperadores ou à criação de uma nova secção em cooperativas agrícolas já existentes. Toda a explicação do projeto foi facultada pela CASES – Cooperativa António Sérgio para a Economia Social, entidade que gere esta medida pública. Filipe Costinha, o técnico da Cases, focou dois aspetos cruciais na procura de emprego, “se pretenderem todos ficar por Celorico têm de perceber que é impossível criar, na área de formação, emprego para toda a gente por isso, ou alargamos o espetro de procura e saímos da nossa zona de conforto ou desenvolvemos um projeto, de forma gradual, para tentar criar o nosso próprio posto de trabalho, e é aqui que se foca o Coop Jovem” disse. O Coop Jovem faculta vários apoios para a formação da cooperativa nomeadamente, uma bolsa que poderá ter a duração máxima de 6 meses, apoiar o desenvolvimento do projeto cooperativo, apoio técnico, mentoria, formação e acompanhamento, possibilita o acesso a crédito ao

investimento, e o apoio à criação e instalação no valor até 15000€, não reembolsável. A Coordenadora dos Serviços Sociais e de Saúde, Helena Martinho Costa, na abertura da sessão, realçou a importância do programa na criação do próprio emprego. “A preocupação central do Presidente da Câmara Municipal, é que a Câmara com base numa parceria ativa, tenha um papel de facilitador, de proporcionar momentos de informação e de debate, sessões de trabalho com entidades e organismos que trabalham estas questões para que as pessoas possam estar devidamente informadas e esclarecidas sobre soluções de empregabilidade em especial para os jovens que estão inativos e precisam de uma orientação”. Os jovens interessados deverão submeter a candidatura da ideia ou projeto ao Coop Jovem que irá avaliar, estudar e viabilizar a mesma para criação do próprio emprego. Após aprovação da ideia os jovens contarão com os apoios facultados pela medida pública.

Banco Local de Voluntariado realizou Campanha de Natal O Banco Local de Voluntariado de Celorico de Basto desenvolveu uma campanha de Natal de angariação de bens alimentares nos estabelecimentos comerciais do concelho. Ação decorreu nos dias 18 e 19 de dezembro e contou com a participação de mais de 36 voluntários. “Enquanto executivo municipal procuramos atuar, sempre, no sentido de criar as melhores condições de vida para todos, fomentando a criação de emprego, formação e apoios aos mais desprotegidos para que possam viver com dignidade” disse o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Nesta altura do ano as pessoas estão mais solidárias para situações de dificuldade extrema e são generosas permitindo assim, que o BLV possa cumprir a sua missão e seguindo todos os protocolos, ajudar quem mais precisa” realçou.

O BLV realiza duas campanhas anuais deste âmbito mas no natal é sempre melhor recebido como realçou o técnico do BLV, Pedro Moura. “ As pessoas são sempre recetivas a esta iniciativa, mas é de realçar que nesta campanha foram especialmente generosas. É também importante ressalvar a generosidade dos 36 voluntários que abraçam, esta causa com empenho” realçou. As superfícies comerciais aderiram à iniciativa e permitiram a recolha dos bens alimentares que possibilitaram restabelecer o stock. Com esta campanha o BLV vêse novamente possibilitado, mediante indicações da Segurança Social, a ajudar os que mais precisam.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 15

15

12/07/2017 20:47:52


“Voluntaria-te! - Eu vou…” Voluntariado chega aos idosos do concelho Nos dias 27 e 28 de abril, o Banco Local de Voluntariado e o CLDS 3G Geração Eco promoveram uma ação de formação inicial em voluntariado junto dos alunos do Agrupamento de Escolas, com o intuito de os integrar no projeto “Voluntaria-te! – Eu vou” que visa programar visitas aos idosos isolados do concelho.

que vivem mais isolados, quer geograficamente quer por falta de retaguarda familiar. Uma forma grandiosa de voluntariado” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. Alguns dos jovens que integram este projeto já participaram anteriormente em outras ações de voluntariado promovidos pelo BLV. “Grande parte destes jovens já participou em outras ações de voluntariado e agora vão participar numa ação completamente nova para nós mas que será, por certo, muito gratificante. Queremos que os idosos do nosso concelho se sintam protegidos e acarinhados, sintam que não estão sozinhos” disse Pedro Moura, técnico do BLV.

O

CLDS 3G Geração Eco, promovido pelo Município de Celorico de Basto, o Banco Local de Voluntariado de Celorico de Basto, as juntas de freguesias do concelho e a GNR uniram esforços para, em uníssono, chegar mais perto dos idosos isolados, numa ação que conta com a participação ativa de voluntários. “Estas ações são uma mais-valia para aproximar gerações e para salvaguardar os nossos idosos

Gabinete Girassol do Município de Celorico de Basto apresenta rede integrada I Encontro entre grupos de trabalho de intervenção na violência doméstica para discussão de experiências de uma resposta integrada e multidisciplinar A rede que integra o Gabinete Girassol de Celorico de Basto recebeu, no dia 8 de junho, a equipa de Intervenção Violência Doméstica Familiar de Coimbra para troca experiências com um rede que está no terreno desde 1995. A abrir a sessão foi apresentado o Gabinete Girassol que existe em Celorico de Basto desde 2016 e que agora consolida a rede para poder dar uma resposta integrada e multidisciplinar. Os objetivos deste programa foram apresentados à rede, quais as respostas e quais os projetos para o futuro com indicação do Plano Municipal Contra a Violência Doméstica e de género. A Conselheira Municipal para a igualdade de Género e Coordenadora dos Serviços Sociais e de Saúde do Município, Helena Martinho, vê este encontro como uma “partilha de experiências de quem trabalha as questões da violência doméstica e de género de forma sistemática, com respostas integradas e multidisciplinares e que nos deixam um conhecimento abrangente sobre a forma de atuar, a interação da rede, a sustentabilidade da rede, o trabalho em equipa, as dificuldades sentidas na interação com a vítima, com o agressor” disse. Helena Martinho reforçou que “após o diagnóstico do problema é preciso que cada um, que integra a rede, tenha o sentido de missão bem

16

Revista final.indd 16

vincado e perceba qual o plano de ação a seguir”. Reforçou a importância das parcerias neste processo, estando presentes os representantes das entidades locais ACES, Segurança Social, IEFP- Centro de Emprego de Amarante, Procuradora – adjunta do DIAP, Ordem dos Advogados, GNR e CPCJ. A Conselheira Municipal para a Igualdade de Género agradeceu a vinda desta rede a Celorico de Basto e a rica partilha de experiências. A equipa de intervenção Violência Familiar de Coimbra, apresentou-se e contou a sua história desde a fundação tendo salientado o “respeito e o trabalho de parceria, como fatores primordiais para atingir maior eficácia e melhores resultados” no trabalho desenvolvido. A criação do projeto SOS Mulher e a Casa da mãe foram os primeiros projetos a ser implementados. Referiram também que a criação do regulamento interno foi fundamental para perceber “quem somos e para onde vamos”.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:47:53


Férias “Arte na Vida” durante as férias da Páscoa De 5 a 13 de abril, o programa CLDS 3G Geração Eco, em parceria com a Câmara Municipal de Celorico de Basto e as juntas de freguesia de Agilde, Borba da Montanha, Fervença, Moreira do Castelo e a União de Freguesias de Carvalho e Basto S. Tecla e o Agrupamento de Escolas, promoveu a atividade férias “Arte na Vida” que contempla cerca de 81 crianças.

Durante este período também o Centro Cultural Recreativo de Gandarela de Basto promoveu o Campo de Férias em parceria com o agrupamento de Escolas e a Junta de Freguesia de S. Clemente. Várias atividades foram facultadas às crianças que integraram o campo de férias.

O

objetivo desta ação centrou-se na promoção da salvaguarda das crianças durante o período de férias da Páscoa.

“A iniciativa não é nova e procura apoiar as famílias durante o período de férias escolares das crianças e jovens muitas vezes, não coincidentes com as férias dos pais ou encarregados de educação. O objetivo é criar mecanismos que os salvaguardem com atividades lúdicas e de conhecimento que lhes proporcionam momentos divertidos sempre orientados por técnicos devidamente credenciados” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. O autarca referiu ainda que “a iniciativa cobre sobretudo a parte alta do concelho pela falta, neste momento, de outras opções neste sentido, que salvaguardem as crianças durante o período de férias”. “A ação de 5 a 13 de abril e contemplou múltiplas atividades sobretudo no concelho de Celorico de Basto. De facto, procuramos com este programa facultar às crianças e jovens inscritos, umas férias de Páscoa divertidas com muitas ações direcionas para o desporto, para o conhecimento onde não falte a interação intergeracional e um conhecimento mais extenso do próprio concelho” referiu o Coordenador do Programa CLDS 3G, Manuel Maria Afonso. Durante esse período, as crianças participaram na tradicional cozedura do pão, uma atividade intergeracional, fizeram um passeio pela Rora dos Moinhos de Moreira do Castelo, visitaram o Castelo de Arnoia, fizeram uma caminhada pela Ecopista, passeios a cavalo no hipódromo Municipal, visitaram o centro Histórico de Braga e muito mais.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 17

17

12/07/2017 20:47:53


“Humanos cuidam” sensibiliza para os cuidados a ter com as crianças “É preciso cuidar bem das nossas crianças” Campanha da CPCJ “Crie laços… Não maltrate… Cuide!” esteve na rua durante o mês de abril com laços azuis espalhados pelo concelho. “Humanos cuidam” veio reforçar a campanha da CPCJ

A

Câmara Municipal de Celorico de Basto, o CLDS 3G Geração Eco e a CPCJ uniram-se para, em pleno mês da luta contra os maus tratos na infância, tornar a campanha ainda mais visivel e despertar consciências para a problemática, por isso, inspirados na campanha “The Polished Man” desenvolveram uma ação semelhante com slogan “Humanos Cuidam” e pintaram uma unha de azul. A ação decorreu, no dia 13 de abril, junto das crianças que integram o programa “Férias Arte na Vida”. “Esta iniciativa é algo que veio despertar ainda mais as consciências para a necessidade de cuidar bem das nossas crianças. São campanhas meramente simbólicas que visam despertar, sensibilizar, consciencializar e sobretudo, mostrar que estamos muito atentos e cientes de que é urgente unirmo-nos para proporcionar às nossas crianças uma infância de qualidade para que se tornem adultos felizes e “humanos que cuidam”, disse o presidente da

18

Revista final.indd 18

Câmara Municipal, Joaquim Mota e Silva, no lançamento da ação. De forma simbólica todos os presentes, presidente da autarquia, técnicos do CLDS 3G Geração Eco e comissários da CPCJ, pintaram uma unha de azul assim como as crianças do programa e distribuiram autocolantes da iniciativa “Crie laços… Não maltrate… cuide!”. “Queriamos que as nossas crianças, que felizmente, são bem cuidadas, percebessem que existem muitas crianças que sofrem de maus tratos de variadissima ordem e que percebessem também que as entidades locais estão atentas e tudo farão para que todas as crianças tenham um crescimento o mais saudável possível” realçou Manuel Maria Afonso, Coordenador do Programa CLDS 3G Geração Eco. A ideia desta ação surgiu da campanha “The Polish Man” que tem por intuito consciencializar e arrecadar fundos para combater a violência fisíca e sexual dos menores de 18 anos.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:47:54


Tertúlias de Amor marcam as celebrações do S. Valentim De 13 a 16 de fevereiro, os idosos de Celorico de Basto celebraram o S. Valentim com as tradicionais “Tertúlias de Amor”. A ação decorreu no auditório do Prado e contou com a participação de todos os idosos que integram o programa Celorico a Mexer. De forma informal e divertida a iniciativa procurou recordar os grandes clássicos românticos da música portuguesa e, ao mesmo tempo, levar os idosos a relembrar as mais românticas histórias das suas vidas. “Celebramos o Amor, seja ele qual for, e celebramos sobretudo, a necessidade de afeto, a necessidade de abraços longos, da ternura das mãos que se enlaçam, das histórias que se contam e que se ouvem com tanta atenção. Proporcionamos aos nossos idosos a hipótese de recordar, com histórias maravilhosas que nos encantam” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

contou com os restantes grupos do Celorico a Mexer e com muita animação e alegria na tradicional Tertúlia de Amor. Helena Martinho, Coordenadora dos Serviços de Ação Social e Saúde do Município reforçou a necessidade dos afetos em todas as alturas da vida. “Queremos, com estas celebrações, que se divirtam que se sintam acarinhados, que vivenciem momentos únicos feitos propositadamente para vocês. Recordar é viver, já dizia a canção, por isso recordem com ternura e vivam sempre rodeados de carinho”.

No primeiro dia de tertúlia estiveram os idosos do grupo do Corgo, do grupo de Gagos e Molares, do grupo de Gémeos, do grupo de Sta. Tecla e Infesta e do grupo de Vale de Bouro. Durante a tarde, passaram pelo palco do auditório do Prado músicas de vários intérpretes portugueses nomeadamente “Jardins Proibidos” de Paulo Gonzo, o “Autocarro do Amor” de Jorge Ferreira, o “Pica do 7” de António Zambujo entre outras. As tertúlias proporcionaram momentos únicos aos intervenientes e à plateia que se deliciou com as histórias contadas. No dia 14 de fevereiro, dia de S. Valentim, as Tertúlias de Amor contaram com a presença do grupo de Codessoso, o grupo de Moreira do castelo, o grupo de Carvalho, o grupo de Arnoia, o grupo de Veade e o grupo de Borba da Montanha de acordo com a ordem de atuação. No palco foram interpretados vários clássicos como o “primeiro beijo” de Rui Veloso, “Azar na Praia” de Nel Monteiro e “Amor de Água Fresca” da Dina. E como habitualmente as tertúlias encheram a sala de animação e alegria com histórias de amor contadas na 1ª pessoa. No dia 15 de fevereiro o palco foi do grupo de Caçarilhe e Ourilhe, do grupo do Rego, do grupo de Agilde, do grupo de Britelo e do grupo de Fervença tendo sido interpretadas músicas como “Nini dos meus 15 anos” de Paulo de Carvalho, a “Desfolhada” de Simone de Oliveira, “Maravilhoso Coração” de Marco Paulo. E por fim, no último dia de atividade, a iniciativa, aberta ao público,

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 19

19

12/07/2017 20:47:55


Via Sacra ao vivo contou com a presença de centenas de fiéis

A

Via Sacra ao vivo teve lugar no Parque Urbano do Freixieiro, no dia 9 de abril, em pleno Domingo de Ramos, e contou com a presença de muitos fiéis a participar e assistir a este momento

Freixieiro. A Via Sacra integra a Quaresma, Período do ano litúrgico que antecede a Páscoa Cristã, e que representa o tempo da penitência, de oração e de conversão.

religioso.

“Bem-haja o Arciprestado e a Câmara Amiga pela dedicação e empenho na organização desta Via Sacra, e bem hajam todos os figurantes que expressam o amor que têm em participar em iniciativas tão importantes como esta. É já uma tradição realizar a Via Sacra em Celorico de Basto, um momento de fé que nos comove, que nos faz pensar, que nos faz refletir na vida” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva no final das cerimónias. O autarca aproveitou o momento para desejar uma Santa Páscoa a todos os presentes depois deste tempo de preparação e de reflexão. A ação foi dirigida pelo arcipreste de Celorico de Basto, Padre Albano Costa estando também presentes outros párocos do arciprestado que quiseram participar nestas cerimónias “tão bonitas”. Os serviços de ação social e Saúde da Câmara Municipal de Celorico de Basto trataram de todos os pormenores para que a Via Sacra decorresse em conformidade. “A Via Sacra é uma iniciativa muito específica que exige muito pormenor. Os nossos técnicos articularam para que o percurso retrata-se minimamente o percurso feito por Jesus desde a condenação até ao monte calvário” disse Helena Martinho, coordenadora dos Serviços. “É também importante referir que a maioria dos figurantes que participaram na encenação são idosos que integram o programa Celorico a Mexer que vêm esta ação com muita fé e muita devoção tendo em conta as personagens bíblicas que interpretam” referiu. De facto, em Celorico de Basto a Via Sacra ao vivo conta sobretudo, na interpretação das personagens, com os idosos e os animadores que integram o programa Celorico a Mexer. O percurso escolhido temse mantido igual aos anos transatos, pela beleza e pelas características próprias, o Parque Urbano do

20

Revista final.indd 20

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:47:56


IPDJ divulgou programas para jovens O IPDJ em parceria com o CLDS 3G Geração Eco, programa promovido pelo Município de Celorico de Basto, desenvolveram uma ação de divulgação no Salão Nobre dos Paços do Concelho, para esclarecer as associações dos programas do IPDJ direcionados aos jovens. A ação centrou-se no programa OTL, Ocupação de Tempos Livres, com candidaturas abertas para jovens e entidades promotoras, um programa que segundo as técnicas “visa promover a ocupação dos tempos livres dos jovens, orientando-os para o desempenho de atividades ocupacionais”. Um programa calendarizado como de curta duração e de longa duração e com bolsa atribuída ao jovem que usufrua do mesmo. Foi ainda apresentado o programa “Empreende Já” para jovens dos 18 aos 29 anos, inscritos IEFP, a residir em Portugal e com escolaridade mínima obrigatória, e que permite a aquisição de formação, tutoria, bolsa mensal no valor de 591,71€ e a possibilidade de aceder a 10000€ caso existe a concretização de uma ideia de negócio. E o programa “garantia Jovem”, destinado a jovens até aos 30 anos e tem 3 grandes objetivos, aumentar as qualificações dos jovens, facilitar a entrada dos jovens no mercado de trabalho e reduzir o desemprego jovem. No final da sessão o Vereador da Educação e da Cultura, Fernando Peixoto, reforçou junto das entidades presentes “a oportunidade que estes programas oferecem às entidades promotoras para o desenvolvimento das suas atividades de verão, mas sobretudo aos jovens na ocupação dos tempos livres”. Adiantou que a “preocupação da Câmara Municipal é dar a conhecer a todos a informação para acesso a estas candidaturas”.

Para além das informações dadas pelo IPDJ, o CLDS 3G Geração Eco tem a missão de apoiar as associações caso tenham dúvidas relativamente aos programas apresentados.

Hidroginástica regressou ao programa Celorico a Mexer Em Celorico de Basto, os idosos que integram o programa Celorico a Mexer voltaram a ter aulas de Hidroginástica. A atividade iniciou no dia 13 de janeiro, na Piscina Municipal. Uma das atividades físicas mais acarinhadas pelos idosos voltou a fazer parte do seu plano de atividades. “A hidroginástica apresenta múltiplos benefícios para a saúde e não podia ser descurada junto destas faixas etárias. As infraestruturas existentes são para benefício de toda a população e estamos atentos às necessidades imediatas de cada um, por isso, articulamos esforços, através dos nossos serviços de ação social e saúde, para proporcionar aos nossos idosos esta atividade que tão bem lhes proporciona” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

A 1ª aula de hidroginástica foi monitorizada por uma professora de educação física do programa Celorico a Mexer, Vera Pereira, e contou com um número reduzido de idosos por causa das doenças inerentes ao frio. “É incrível como os idosos gostam desta atividade, nota-se pela disponibilidade com que fazem os exercícios, sempre adequados ao grupo. Estou certa de que, a curto prazo sentirão os benefícios da prática desta atividade” realçou a monitora.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 21

21

12/07/2017 20:47:57


Marchas populares “Tradições, animação e folia protagonizadas pelo Celorico a Mexer”

A

Praça Albino Alves Pereira recebeu, no dia 4 de junho, as marchas populares do Celorico a Mexer. Foram 16 marchas a arrancar com as festividades alusivas aos santos populares e que deixaram toda a plateia rendida às coreografias, aos trajes e às letras das músicas. “É uma satisfação imensa ver esta alegria e esta boa disposição em mais uma grande festa protagonizada pelos nossos idosos que integram o programa Celorico a Mexer. Damos a arranque às festas populares e como usualmente assistimos a um espetáculo muito bem conseguido com coreografias e músicas originais, fruto do trabalho de todos os colaboradores e utentes que fazem com que este programa seja tão bem sucedido” disse o presidente da Camara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. O autarca agradeceu o empenho de todos e mostrou-se regozijado pelo trabalho apresentado. “É muito importante que toda a gente saiba o trabalho que vocês desenvolvem nos locais de animação, é importante também que os idosos mostrem que são capazes de fazer coisas tão bonitas e com tanta dedicação, nós só temos que assistir e aplaudir o resultado final”. Nesta edição das marchas populares, idosos e técnicos desenvolveram a letra e cantaram-na com músicas adaptadas das tradicionais marchas populares. Cada grupo aplicou na letra apresentada características próprias de cada freguesia, indo de encontro às tradições, com rimas bem conseguidas. As coreografias foram ensaiadas nos locais de animação e mostraram a agilidade dos idosos. As roupas também foram produzidas pelos idosos com adereços próprios com referência às camélias, à vinha, à fruta da época, aos produtos derivados da agricultura… Toda esta composição proporcionou um espetáculo único a todos os presentes.

22

Revista final.indd 22

A desfilar, pela ordem de atuação, esteve a marcha de Moreira do Castelo, a marcha de Carvalho, a marcha de Codessoso, a marcha de Britelo, a marcha de Corgo e Veade, a marcha de Nespereira e Basto S. Clemente, a marcha de Rego e Caçarilhe, a marcha de Ribas, a marcha de Gagos, Ourilhe e Molares, a marcha de Agilde e Borba da Montanha, a marcha de Fervença, a marcha de Cerdeira e Vacaria, a marcha de Vale de Bouro e Gémeos, a marcha de Arnoia, Infesta e Basto Sta. Tecla, a marcha de Canedo de Basto e a marcha dos animadores, professores, técnicos da Câmara Amiga e CLDS 3G.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:47:57


Um mês dedicado ao coração Com o objetivo de consciencializar para os problemas cardiovasculares, o Município de Celorico de Basto em Parceria com a UCC Mãos Amigas, através da UMS, promoveram um mês de atividades dedicadas ao coração. Heart Run - Corrida e Caminhada, Showcooking “Alimentação Saudável”, rastreios na UMS e aulas de aeróbica preencheram um mês de intensa atividade. “Ao longo do mês atuamos para promover comportamentos saudáveis na população é dar-lhes bem-estar físico e psíquico e, apesar destas ações acontecerem apenas uma vez no ano nota-se que as pessoas estão cada vez mais conscientes da importância de complementar uma alimentação saudável com a prática recorrente de exercício físico” disse o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. As atividades promovidas aconteceram na sequência de responder ao apelo feito pela Fundação Portuguesa de Cardiologia que durante o mês de maio incentivou à promoção de iniciativas direcionadas ao tema “o Coração no Deporto”. Durante o mês, a Unidade Móvel de Saúde proporcionou aos utentes rastreios com a avaliação da tensão arterial, triglicerídeos, colesterol, peso, perímetro abdominal.

No dia 19 de maio foi promovido um Showcooking “alimentação saudável” em parceria com a Escola Profissional de Fermil, Celorico de Basto, com o chef Luís Lapeira a mostrar aos presentes, crianças e idosos, como é fácil confecionar uma alimentação saudável com os nutrientes necessários. Apresentou um cocktail de frutas variadas com iogurte natural e granola, e falou da “moda” dos sumos “detox”. Também a nutricionista Isabel Mendes esclareceu para a necessidade de tomar o pequeno-almoço realçando que, a ausência desta refeição traz inúmeros malefícios para a saúde sobretudo, no desenvolvimento cognitivo. No dia 27 decorreu a Heart Run, corrida e/ou caminhada pelo coração com mais de 200 participantes, uma iniciativa que se tem vindo a tornar usual nas comemorações de “Maio mês do coração”, decorrendo pelo 4º ano consecutivo. Este ano a prova foi apadrinhada pela Atleta Dulce Félix.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 23

23

12/07/2017 20:47:57


A corrida/caminhada pelo coração tem um percurso em formato coração com uma extensão de 7,3 kms sem grandes declives. “As pessoas começam a perceber a importância da prática desportiva para reduzir consideravelmente problemas cardiovasculares. Paralelamente ao exercício físico regular é fundamental que as pessoas façam rastreios, e tenham uma alimentação equilibrada” disse Joana Teixeira, técnica da UMS.

Ao longo do mês, decorrem aulas de aeróbica no Agrupamento de Escolas dirigidas aos alunos do 2º,3º ciclos e secundário. Durante esta edição de 2 maio mês do coração” procurou-se evidenciar os benefícios da prática desportiva e da alimentação saudável para evitar problemas cardiovasculares.

24

Revista final.indd 24

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:47:59


CULTURA

XIV Festa Internacional das Camélias trouxe milhares de pessoas ao concelho “Património natural cada vez mais valorizado” “Estamos muito satisfeitos com o resultado de todo o trabalho em volta da marca “Celorico de Basto Capital das camélias”

Os três grandes dias da Festa Internacional das Camélias decorreram no fim-de-semana, de 17 a 19 de março, e contaram com a presença de milhares de pessoas a circular pelo concelho e pela vila de Celorico de Basto.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 25

25

12/07/2017 20:47:59


“É de facto uma alegria ver tanta gente em Celorico de Basto para participar na Festa Internacional das Camélias. Foi uma festa que cresceu substancialmente e que nos coloca com uma responsabilidade acrescida agora que somos a Capital das Camélias” disse o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Só podemos estar gratos pela participação generalizada da população local, incluindo o agrupamento de escolas, instituições e empresas locais, que se empenharam em decorar as ruas e em tornar a nossa vila ainda mais florida”. O autarca agradeceu também a participação de todos nas diferentes atividades desenvolvidas ao longo desta festa nomeadamente os murais, o desfile temático, o mercado, os espantalhos, a exposição/concurso de camélias, o desfile de moda e muitas outras ações promovidas em paralelo. Joaquim Mota e Silva caracterizou esta festa como a mais internacional de todas. “A Capital das Camélias está finalmente no mapa daqueles que gostam, produzem e colecionam camélias e neste ponto não posso deixar de realçar a presença de tantos espanhóis provenientes da Galiza que participaram ativamente nesta festa sobretudo, na exposição/concurso e no mercado das camélias”. Concluiu dizendo que “não podíamos estar mais satisfeitos, tivemos milhares de visitantes e sentimos que o comércio local tem dificuldade em acolher todos estes turistas, tal a afluência. O nosso alojamento e restauração esteve completamente lotado sinal de que o destino “Celorico de Basto Capital das Camélias” está a ganhar notoriedade e a

26

Revista final.indd 26

tornar-se roteiro de eleição para muitos turistas. A XIV edição da Festa Internacional das Camélias iniciou na sexta-feira com uma receção simbólica que incluiu momentos de poesia e recebeu os participantes do raid das Camélias. No sábado, dia 19, foi destaque a abertura da Exposição/Concurso de Camélias que premiou o melhor Cultivar de Origem Portuguesa atribuído a Panagiotis Giannelos de Sto. Tirso, o melhor Conjunto de Camélias com o 1º prémio para Pilar Bargiela da Galiza, Espanha, o 2º prémio foi para José Freire da Galiza, Espanha e o 3º prémio foi entregue à Casa das Camélias de Boiro A Corunha, Espanha. O prémio de Melhor exemplar de Camélia Japónica foi atribuído à Camélias de Basto – Turismo Rural de Celorico de Basto, o prémio de Melhor Exemplar de Camélia TReticulata foi atribuído a Fernando Vila Gómez – Vilagarcia de Arousa, Espanha. E o prémio de Melhor Exemplar de Camélia Hibrida foi atribuído à Casa do Souto em Seidões, Fafe. No que respeita à decoração de mesas com camélias o 1º prémio desta categoria foi atribuído à Afectos – Organização de Eventos em Mondim de Basto, o 2º prémio foi para a Casa do Campo de Celorico de Basto e o 3º prémio foi atribuído ao Grupo Coral de Britelo de Celorico de Basto. À noite decorreu o desfile de moda para eleição da Rainha e da Princesa das Camélias. No domingo a festa continuou ao rubro com um desfile temático protagonizado pelo Agrupamento de Escolas, pela Escola Profissional de

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:47:59


Fermil, Celorico de Basto, pela Santa Casa da Misericórdia, pela Associação de Solidariedade Social de Basto e por outras entidades que se quiseram associar. Neste dia foi ainda destaque o programa da TVI “Somos Portugal” que procurou mostrar as especificidades da Festa Internacional das Camélias. Recordar ainda que durante este fim-de-semana teve lugar o III Raid das Camélias promovido pela Emotions, visitas aos jardins de Camélias, e a Caminhada das Camélias organizada pela associação Basto Move.te.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 27

27

12/07/2017 20:48:00


“Monumental” mural de graffiti engrandece “a Capital das Camélias” “Criatividade, imaginação e arte que “casam” com a Capital das Camélias” No dia 20 de janeiro, Celorico de Basto lançou oficialmente um mês dedicado às camélias, o mês de março, com uma obra de arte produzida no âmbito do Café Cultural-Residência Artística. “Este é um painel grandioso que destaca um património natural que nos identifica e que queremos valorizar, incrementar e tornar um dos pontos de atração turística do concelho” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, aquando da fotografia de grupo junto à obra. “Temos aqui um trabalho muito bem conseguido produzido por um grande artista, o Francisco Camilo, associado à camélia, um símbolo do concelho e da região, onde é destaque a figura feminina, a cor, o contraste. É também preciso referir que a residência artística pretende promover a cultura em Celorico de Basto em diferentes áreas como o teatro, artes plásticas, a dança, a música, e muito mais, numa oferta generalizada para quem cá vive e para quem nos visita”. Joaquim Mota e Silva observou ainda a pertinência desta iniciativa e a interação criada com a população. “Durante as semanas em que decorre a residência artística, sobretudo em alturas de menor atividade, é importante ressalvar a qualidade dos artistas que nos visitam e que ficam connosco durante um período de tempo, e principalmente a interação criada com a população local, os artistas e os curiosos que gostariam de experimentar a arte. O resultado final é absolutamente incrível e ficamos com marcas muito positivas da estadia destes artistas” frisou.

Recordar ainda as observações do artista plástico Francisco Camilo que descreveu a obra como um “esboço da Camélia acoplado à figura humana”. O artista realçou que lhe foi proposto “a criação de uma série de murais e que culminaria com um mural “grandioso” dedicado a uma dos marcos naturais de Celorico de Basto, a Camélia”. De forma simbólica o presidente da Câmara Municipal, colaboradores do município e todos os que quiseram comparecer, fizeram uma fotografia de grupo em frente ao “Grandioso” Mural de Graffiti, como forma de lançamento de um mês dedicado às Camélias.

Conferência “Camélias – Património e Potencial” encerrou mês dedicado às camélias No dia 31 de março, a Capital das Camélias apresentou a última iniciativa de um mês dedicado às Camélias, encerrando com a conferência “Camélias – Património e Potencial”. Foram ainda entregues diplomas e prémios de concursos promovidos pela autarquia no âmbito das camélias. “Foi um mês intenso de atividades que procurou valorizar este património natural e torná-lo como referência deste concelho. Durante este período passaram por Celorico de Basto milhares de visitantes entre os quais colecionadores e produtores de camélias que quiseram conhecer de perto a Capital das Camélias” disse o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Estamos definitivamente na Rota das Camélias pelas nossas características próprias mas também pelo trabalho que tem vindo a ser desenvolvido por todos ao longo destes últimos anos sempre no sentido de valorizar este património natural e este concelho” realçou.

do Blogue “Castro Manco”, Joaquim Gonçalves, que falou da história e da memória dos “grandiosos” jardins de camélias, geometricamente ornamentos e característicos desta região. Foram ainda entregues os diplomas de participação de vários concursos nomeadamente o concurso gastronómico, o desfile de moda para eleição da princesa e da rainha das camélias e o concurso de “Montras decoradas com camélias”. O mês das camélias culminou com um verde de honra para todos os convidados.

Este mês encerrou com uma conferência moderada pelo diretor de departamento da Câmara Municipal de Celorico de Basto, José Peixoto Lima e teve como orador, o autor

28

Revista final.indd 28

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:48:00


“Músicas da Revolução” e “Cartas da Guerra” nas comemorações do 25 de Abril Celorico de Basto celebrou o 25 de Abril com as “Músicas da Revolução”, no Centro Cultural Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, no dia 24 de abril, protagonizadas por grupos locais que interpretaram grandes clássicos que marcaram a revolução dos cravos. A abrir o espetáculo, Músicas da Revolução o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva salientou a importância de celebrar esta data “que marca a nossa história, a nossa memória, que deve ser dada a conhecer às nossas crianças e jovens para que percebam o simbolismo de um momento tão marcante para o nosso país. As Músicas da Revolução são uma forma lúdica e ao mesmo tempo, didática, que, com letras bem estruturadas, mostram os momentos vividos” destacou o autarca.

Pelo palco passou a Universidade Sénior, os Basfado, os Suspensórios, os Deelay, o Zé Faria, a Tuna de Arnoia, os Amigos do Improviso, Ariana e os Silvas e os Omnis tendo interpretados músicas como “Depois do Adeus” de Paulo de Carvalho, “Vejam Bem”, “Venham mais cinco” e “Filhos da Madrugada” temas de Zeca Afonso, o “Cantar da Emigração” de Adriano Correia de Oliveira, “Festa da Vida” de Carlos Mendes, “Pedra Filosofal” de Manuel Freire, “Eles” de Manuel Freire e muitas outras músicas que preenchem o imaginário de muitos aquando da revolução dos cravos a 25 de abril de 1974. No dia 25 foi exibido o filme “Cartas da Guerra”, um filme português realizado por Ivo Ferreira baseado na obra “Cartas da Guerra - D’este viver aqui neste papel descripto” de António Lobo Antunes.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 29

29

12/07/2017 20:48:01


“À Mostra”, o festival de teatro Um mês dedicado ao teatro promovido pelo GTC em parceria com o Município de Celorico de Basto e o apoio de várias entidades. Centenas de pessoas passaram pelo 1º festival de teatro e mostram-se agradadas com a “mostra” teatral apresentada. “Fizemos um festival para mostrar o teatro a toda a comunidade, é uma arte que está a ganhar a aceitação de toda a comunidade e que está a entrar no panorama cultural de Celorico de Basto, o que muito nos alegra” disse o Presidente do GTC, Filipe Gonçalves. O GTC conta com a parceria do Município de Celorico de Basto na formação a todas as turmas que compõem o grupo e na logística para o festival “À Mostra”. “Apoiar a cultura e o teatro é uma boa aposta neste concelho. É muito interessante ver o gosto das crianças em cima do palco, a representar tão bem, a entrar tão bem no papel que lhes é atribuído. E é muito interessante ver o envolvimento da comunidade, a participação ativa para que o teatro se consolide, efetivamente, no concelho” realçou Joaquim Mota e Silva, Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto. No dia 1 e 2 de junho, decorreu a peça infantil “o Príncipe Nabo”, baseada na obra de Ilse Losa. “A hesitação entre dois universos, testemunhados quer pela presença de dois grupos distintos de personagens, os “pobres” e os “ricos”, representa a linha temática orientadora desta peça”.

30

Revista final.indd 30

No dia 10 de junho decorreu a revolta dos Micróbios. Peca infantil baseada na obra de Carlos Correia. Trata-se de uma peça com preocupações didáticas. Focalizada na problemática da higiene oral apresentada de uma forma simples e divertida. Em parceria com o CLDS 3G geração eco. Nos dias 16 e 17 de junho decorreu a peça “Um pedido de Casamento”, escrita por Anton Tchekhov, é uma das comédias clássicas do teatro russo. Trata-se de um enredo simples à volta de um grande proprietário de terras e pai viúvo com o dilema de tentar casar a sua filha. À volta deste dilema surgem cenas hilariantes, através de situações banais, que chegam mesmo a transformar-se em pequenas tragédias individuais. No dia 29 e 30 decorreu a peça Não se paga! Não se paga! Um texto da autoria de Dario Fo. Um olhar mordaz e irónico sobre os problemas de uma sociedade na qual os menos favorecidos são os mais penalizados. No palco as personagens vivenciam os dramas sociais característicos de meados do século passado. Uma peça divertida que nos ajuda a refletir sobre a atualidade.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:48:02


Capital das Camélias recebeu comitiva de Cambados,Wiltz e Houilles

C

elorico de Basto deu as boas vindas a uma comitiva de Cambados de Espanha, de Wiltz do Luxemburgo e de Houilles de França que vieram propositadamente para a XIV edição da Festa Internacional das Camélias, tendo participado ativamente no certame. A comitiva de Houilles e Wiltz chegou a Celorico de Basto no dia 17 de março, tendo participado na receção promovida para o arranque da Festa Internacional da Camélias. A receção oficial do grupo, incluindo Cambados, decorreu no dia 18 de março, pelas 12h00, no salão nobre dos Paços do Concelho, pelo Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

“É uma honra receber em Celorico de Basto em plena Festa Internacional das Camélias tão ilustres membros dos municípios de Cambados, Houilles e Wiltz. Com Houilles e Wiltz mantemos contacto com assiduidade devido ao acordo de geminação que permite um intercâmbio cultural intenso entre os municípios. Com Cambados estamos a construir uma ponte porque há muitas coisas a unir-nos sobretudo, o gosto pelas Camélias e os vinhos” disse o autarca. Refira-se que o município de Cambados participou ativamente na Exposição/Concurso de Camélias. Durante a cerimónia oficial de receção decorreu uma troca de lembranças entre os municípios e assinatura do livro de honra da Câmara Municipal de Celorico de Basto pelo bourgmestre de Wiltz, Fränk Arndt, e a Alcaldesa de Cambados, Fátima Abal Roma. Durante os dias em que estiveram em Celorico de Basto a Comitiva participou nas atividades promovidas no âmbito da Festa Internacional das Camélias conduzidos pelo Comité de Geminação e Relações Internacionais do Município de Celorico de Basto.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 31

31

12/07/2017 20:48:02


Cantares de “Reis” e “Janeiras” no Município

E

m pleno dia de Reis, no dia 5 de janeiro, utentes e colaboradores do CAO, Residência Autónoma e Lar Residencial, visitaram a Câmara Municipal de Celorico de Basto e cantaram as janeiras ao presidente da Autarquia.

que Deus vos ajude; Que dê muita paz, amor e saúde”. Para além do presidente da Câmara a assistir à atuação dos utentes esteve o Vereador da Cultura, Fernando Peixoto e o Chefe de Gabinete do Presidência, Paulo Mota.

Joaquim Mota e Silva, presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto recebeu o grupo e alegrou-se com a visita. “É sempre agradável receber “os reis” e “as janeiras” nesta casa, uma casa que a todos pertence e que valoriza as tradições. São tradições que fomentam a felicidade, a alegria, a boa disposição de quem participa e de quem assiste”. O grupo apresentou uma música tradicional das janeiras com alguns arranjos na letra intitulada “Aqui estamos nós, todos reunidos”. Durante a semana, o técnico de Educação Musical preparou os utentes e os colaboradores para a apresentação pública da música à comunidade. A letra apresenta quadras como “Somos bons meninos e vimos cantar; Dar as boas festas para vos alegrar; Neste novo ano

Utentes da Associação de Solidariedade Sto. André de Codessoso cantaram as Janeiras No dia 12 de janeiro, alguns dos utentes do Centro Social Manuel António da Mota passaram pelos paços do Concelho e cantaram as janeiras ao Executivo Municipal. “Recebemos todos, os que nos queiram visitar, de braços abertos, porque é uma alegria sentir que as tradições se mantêm firmes na nossa comunidade. E ver estes “jovens” de idade avançada a cantar assim deixa-nos particularmente felizes” realçou o autarca, Joaquim Mota e Silva. Este grupo interpretou a música “Boas noites meus senhores” ensaiadas pelo técnico de educação musical durante as atividades de animação promovidas pela entidade. A diretora técnica da instituição, Marlene Silva, disse tratar-se de uma atividade que os deixa particularmente bem-dispostos. “Os nossos utentes querem sempre vir à autarquia cantar as janeiras e por isso, procuram saber a letra na ponta da língua para que a atuação decorra da melhor forma. Dos 60 aos 96 anos todos cantam e todos participam nestas atividades com gosto”.

32

Revista final.indd 32

Idosos cantaram as janeiras ao Presidente Cerca de 80 idosos do programa Celorico a Mexer estiveram no dia 31 de janeiro, nos Paços do Concelho de Celorico de Basto a cantar as janeiras ao executivo. “E foi com esta alegria, com esta boa disposição, com esta música tão bem cantada que encerramos o mês das janeiras” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, na receção ao grupo que entoou “Somos Estrelas”. “No último fim-de-semana tivemos 25 grupos no encontro “Vamos cantar as janeiras” e estou certo de que se vocês participassem iriam abrilhantar ainda mais aquela tarde de domingo. Muito obrigada a todos por terem vindo visitar a autarquia, gostei muito de os ouvir” destacou. As cerca de 80 pessoas presentes nos Paços do Concelho para cantar as Janeiras integram vários grupos do Celorico a Mexer nomeadamente Cerdeira/Vacaria, Nespereira/Basto S. Clemente, Codessoso, Veade, Borba da Montanha e Carvalho. Por iniciativa própria ensaiaram nos locais de animação, com os professores de educação musical e os animadores, a música das Janeiras “Somos estrelas tão lindas a brilhar”. Para além do presidente da Câmara Municipal a receber os idosos, esteve também o vereador da Cultura, Fernando Peixoto, o chefe de Gabinete da Presidência, Paulo Mota, e o presidente de Junta de Freguesia de Borba da Montanha, Eurico Magalhães.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:48:02


XVII Encontro “Vamos Cantar as Janeiras” “Tarde de domingo dedicada às tradições”

25 grupos subiram ao palco colocado no Gimnodesportivo da EB 2,3/S para cantar as “mais belas” músicas das janeiras e assim manter as tradições bem vincadas. Tudo aconteceu, no dia 29, no último domingo do mês de janeiro. “É fundamental manter as tradições bem enraizadas porque são parte da nossa identidade. São estes usos e costumes que nos realçam enquanto comunidade por isso, tudo faremos para continuar a criar meios de incentivo à participação da população nestas iniciativas” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Vamos já na XVII edição de um evento que atrai cada vez mais participantes, este ano contamos com 25 grupos a mostrar o melhor das janeiras, o que demonstra o dinamismo das associações locais, que participam com brio e empenho. Ao mesmo tempo, atraímos centenas de pessoas que gostam, que valorizam e que aplaudem ações criadas em prol das tradições” realçou.

ADIC – Associação Dinamizadora dos Interesses do Corgo, o Grupo das Cordas, a Junta de Freguesia de Agilde, o Grupo de Cantares da Escola Profissional Fermil e Celorico de Basto, a CRCD amigos do Castelo, o Clube Desportivo Celoricense e o Futebol Clube da Gandarela. Pelo palco passaram variadíssimas músicas de janeiras com letras como “janeiras”, “Vós que estais à janela”, “Cantamos boas festas com alegria”, “Em Belém nasceu”, “Reisadas 2017”, “Janeiras lindas Janeiras”, “Um pastor vindo de longe” e muitas outras que prenderam o público até ao fim do espetáculo. No final, todos os grupos participantes receberam o diploma e o prémio de participação das mãos do Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, do Vereador da Cultura, Fernando Peixoto, e do Chefe de Gabinete da Presidência, Paulo Mota.

Os 25 grupos participantes tiveram que se cingir às normas impostas no regulamento para participar no encontro “Vamos Cantar as Janeiras”. Normas que tornam o encontro mais rico e mais interessante do ponto de vista musical e visual. A participar esteve, por ordem de atuação, o Grupo de Catequese de Agilde, o Amar e Partilhar 21, a Universidade Sénior, a Associação Cultural e Recreativa de Caçarilhe e Amigos, o Rancho Recreativo e Cultural de Sta. Maria de Canedo, a ACRSD – Molares com Vida, a Associação Cultural e Recreativa de Ourilhe, o Grupo Coral de S. Pedro Britelo, o Centro Cultural Folclórico de Gandarela, a União de Freguesias de Carvalho, o Grupo Coral do Divino Salvador de Fervença, o Grupo Cultural Recreativo Núcleo Infantil de Gandarela de Basto, os Suspensórios, o rancho Folclórico do rego, o Grupo de Teatro Celoricense – GTC, a Associação de Pais e Encarregados de Educação de Celorico de Basto e Arnoia, o Grupo Coral do Rego, o Grupo de Amigos da Santa Casa da Misericórdia,

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 33

33

12/07/2017 20:48:03


Aldeia de Natal A cada edição um marco do concelho

A

Aldeia de Natal, um presépio promovido pelo Município de Celorico de Basto, esteve em exposição na entrada do Mercado Municipal e, nesta edição, mais uma obra foi criada, uma referência religiosa local que integra a Rota do Românico.

Os monumentos construídos são todos feitos de forma pormenorizada ficando replicas exatas dos monumentos originais. Quem conhece Celorico de Basto fica maravilhado com a minuciosidade com que as peças são feitas e quem não conhece acaba por ter uma visão abrangente do concelho sem sequer sair do lugar. Paralelamente a esta Aldeia de Natal, por Celorico de Basto, outros presépios estiveram em exposição refira-se o Presépio de Molares, o presépio no lugar da Mota entre outros.

“Este Presépio cresce a cada edição, sempre com réplicas de monumentos locais que representam o concelho, e é um dos motivos que mais turistas atrai durante esta quadra” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “A ideia surgiu de um grupo de técnicos do município que, com jeito e vontade de criar, colocaram mãos à obra e de ano para ano vão transformando a Aldeia de Natal numa réplica de Celorico de Basto. Começaram com a igreja de Britelo, seguiu-se o Castelo de Arnoia, a capela da Sra. da Saúde, a Câmara Municipal e outros monumentos, nesta edição acrescentaram a igreja de Fervença, um dos monumentos que integra a Rota do Românico” realçou.

Fins-de-Semana Gastronómico com cabrito assado

O

Fim-de-semana Gastronómico decorreu de 17 a 19 de março em Celorico de Basto aquando da XIV Festa Internacional das Camélias. Uma iniciativa promovida pelo Turismo Porto e Norte de Portugal em parceria com o Município de Celorico de Basto que procurou dar destaque ao cabrito assado no forno e ao pão-de-ló, como iguarias locais. A participação neste evento exigiu algumas condições aos restaurantes e às unidades de alojamento por forma a atrair ainda mais visitantes. “Esta iniciativa procura dar destaque à gastronomia acoplada a atividades de animação atrativas que incentivem à visita. Durante o fim-de-semana estiveram milhares de pessoas no concelho e a restauração e as unidades de

34

Revista final.indd 34

alojamento foram escassas face à procura. Os visitantes puderam assim degustar, nos restaurantes aderentes, o cabrito assado, prato escolhido para representar a gastronomia local, sempre acompanhado pelo nosso vinho verde” disse o vereador da Cultura da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Fernando Peixoto. “São eventos que procuram combater a sazonalidade e tornar a região mais atrativa durante a época baixa”. A participar na ação esteve o restaurante Adelina, Nova Vila, O Grilo, Quinta do Forno, Quinta da Fontinha, Sabores da Quinta, Santiago e o Restaurante Varanda das Camélias. As unidades hoteleiras participantes foram as Camélias de Basto, a Casa do Bentinho, a Casa do Campo de Vila Verde, a Casa do Eido, a Casa Flor do campo, a Quinta da Bouça, a Quinta do Alto, a Quinta dos Mouras, a Quinta das Escomoeiras, a Quinta do nascimento, a Casa da Renda, a Casa do Outeiro da Ribeira, a Casa do Campo e o Celorico Palace Hotel and Spa.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:48:03


Feira Anual do 19 de Abril “A tradição mantém-se” Na vila de Fermil de Basto a tradição ainda se mantém com a organização da tradicional Feira Anual do 19 de Abril. O dia 19 de abril arrancou com uma arruada de bombos, uma feira que, em outros tempos, era local de visita obrigatória de centenas de pessoas. “É muito gratificante sentir que esta feira não se perdeu no tempo e continua, pelo esforço das coletividades e da população local, a realizar-se e a valorizar a nossa ruralidade com a venda dos produtos agrícolas na feira e a realização do concurso pecuário direcionado a todo o concelho” disse o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

concelho, tendo os prémios sido entregues por uma série de individualidades locais. Antes da entrega de prémios os presentes puderam assistir à atuação do grupo “Os Amigos das Tainadas”. Importa realçar que a feira não terminou no dia 19 de abril, mas prolongou-se até ao dia 21 acontecendo, neste dia, dois momentos culturais associados à organização do certame. Refira-se apresentação da uma peça de teatro e a atuação do grupo “Basfado”, momentos que aconteceram no pavilhão do Centro Escolar de Fermil.

O 19 de Abril foi uma organização da União de Freguesias de Veade, Gagos e Molares, da Associação Molares Com Vida e da Escola profissional de Fermil, Celorico de Basto, em parceria com o município de Celorico de Basto. Em dia de certame foi destaque o concurso pecuário para as raças Minhota, Barrosa e Holstien Frísia, que decorreu durante a manhã. À tarde foram entregues os prémios para diferentes categorias dentro de cada raça. Refirase que para a raça Minhota e Barrosã foram premiados os animais nas categorias de “Touros Reprodutores”, “Novilhas não paridas”, “Vacas Isoladas” e “Juntas de Vacas”, na raça Holstien Frísia os prémios atribuídos foram unicamente para a categoria de “Novilhos”. Um concurso que contou com a participação de vários produtores do

Operadores turísticos e agentes de viagem da Galiza em visita pelo concelho

U

ma viagem pelo território do Tâmega e Sousa proporcionada pela CIM-TS e pelo Turismo porto e Norte de Portugal a 8 operadores turísticos e agentes de viagem iniciou em Celorico de Basto, no dia 5 e 6 de março. A ação contou com a parceria da Câmara Municipal de Celorico de Basto na visita guiada por alguns dos espaços turísticos deste concelho.

território é o turismo é preciso trabalhar em conformidade, articulando todos os meios e formas de atrair turistas dando a conhecer o melhor que a região tem para oferecer” realçou o vereador do turismo, Fernando Peixoto. Em Celorico de Basto, os 8 operadores turísticos e agentes de viagem acompanhados pelos técnicos da CIM-TS e do TPNP ficaram alojados no Celorico Palace Hotel and Spa, um hotel de 4 estrelas inaugurado em 2016.

Os agentes de viagem e operadores turísticos, durante o pouco tempo que estiveram por Celorico, tiveram a oportunidade de visitar o Centro Interpretativo do Castelo de Arnoia, que conta a história do Castelo de Arnoia e da Villa de Basto, património edificado único no concelho. De seguida, o grupo foi encaminhado para a Quinta Sta. Cristina onde lhes foi mostrado todo o processo da produção do vinho verde com uma visita pela adega. A estadia dos operadores turísticos e agentes de viagem culminou com uma visita à ecopista com especial atenção para o espaço da estação e a carruagem, espaços que deixaram os convidados particularmente interessados para visitas turísticas. “É importante para o concelho e para a região que se desenvolvam ações deste género. Se a aposta deste

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 35

35

12/07/2017 20:48:04


Desfiles de Carnaval nos Centros Urbanos de Celorico de Basto

C

omo habitualmente, os corsos carnavalescos encheram as ruas dos Centros Urbanos de Celorico de Basto na sexta-feira antes da terça-feira de Carnaval. Um desfile protagonizado pelos Centros Escolares, pelos jardins de Infância e por instituições de solidariedade que se associaram à folia.

com muita animação protagonizada pelo Centro Escolar da Mota.

“Celorico de Basto brinca sempre ao Carnaval, uma efeméride que prima pela alegria e boa disposição e que contagia toda a gente” referiu o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Nota-se o trabalho dos professores, educadores e crianças na elaboração dos trajes muito bem conseguidos e que dão cor e alegria a este cortejo” realçou. Em Celorico de Basto desfilaram os meninos do Centro Escolar da Vila de Celorico de Basto, os utentes do CAO, as crianças do jardim-de-infância de Arnoia, as crianças do jardim de Infância da Sta. Casa da Misericórdia e as crianças da creche da Associação de Solidariedade Social de Celorico de Basto. Este corso carnavalesco teve como tema as regiões de Portugal e as suas características mais conhecidas. Há mesma hora decorreu o desfile de Carnaval na vila de Fermil de Basto. Durante a tarde as crianças do Centro Escolar de Gandarela e do Jardim de Infância de Ribas e do jardim de Infância de Caçarilhe desfilaram devidamente mascarados pela vila de Gandarela. Há mesma hora decorreu o desfile de Carnaval no Centro Urbano da Mota

VI edição da Feira do Livro

V

ários momentos culturais marcaram a VI edição da Feira do Livro que decorreu de 25 a 27 de maio. Autores, escritores e ilustradores passaram pelo Centro cultural para dar a conhecer as suas obras a todos os presentes no certame. “Esta Feira do Livro, da qual já foi patrono o professor Marcelo, agora Presidente da República, esteve cheia de momentos muito importantes para a cultura local. Vários escritores passaram por aqui e tenho que ressalvar a presença do Alberto Santos, meu amigo, que aceitou o nosso convite para estar presente na feira a apresentar o seu último romance” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Um espaço que primou pela apresentação de vários escritores e procurou dar a conhecer um pouco mais do que faz ao nível literário pelo país fora. É importante ler, absorver a criatividade dos escritores, o conhecimento, a imaginação” disse o autarca.

36

Revista final.indd 36

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:48:05


“Mestres e “aprendizes” unem-se em prol de um percurso académico brilhante e/ou um percurso profissional de sucesso”. No dia 21 de abril deu arranque a 2ª edição do Sagaz, da Alento, junto dos alunos do Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto. A ação decorreu no Auditório da EB 2,3/S onde os 15 mestres “escolheram” os 15 aprendizes que os acompanharão ao longo do seu percurso académico ou profissional permitindo uma integração mais eficaz no mercado de trabalho ou, de algum modo, ter um papel de guia/orientador junto do aprendiz relativamente ao plano curricular que o mesmo frequentará. A segunda edição resulta de uma parceria entre o CLDS 3G Geração ECO, promovido pelo Município de Celorico de Basto, e o Agrupamento de Escolas.

“Sempre tivemos a máxima preocupação com os nossos jovens por isso, atuamos no sentido de lhes proporcionar competências, vontades e orientações que os guiem para o caminho do sucesso seja ele profissional ou académico. Ter jovens bem formados e bem integrados no mercado de trabalho é motivo de orgulho para todos. E este ano,

tal como no ano transato, o programa será certamente positivo, orientador, enriquecedor e irá promover o desenvolvimento pessoal de cada aluno, com experiências novas que não seriam vivenciadas num percurso normal” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto. O objetivo do programa é exatamente igual ao da edição anterior onde estará evidenciado o “voluntariado preventivo” que permitirá aos jovens um desenvolvimento pessoal maior, para que, com a atitude certa possam fazer frente aos desafios que lhe serão apresentados ao longo do seu percurso.

EDUCAÇÃO / AMBIENTE

Alunos de Celorico na II edição do Sagaz

Os mestres são pessoas reconhecidas, quer pessoal quer profissionalmente, com um sentido de missão bem patente, que irão acompanhar, da melhor forma, os seus aprendizes. Pela 1ª vez, o SAGAZ conta com dois mestres de Celorico de Basto que foram convidados para integrar o grupo de mestres e, assim, acompanharem os seus aprendizes ao longo dos próximos 3 a 5 anos sendo o objetivo criar “uma ligação para vida”. Paralelamente a esta situação existe um programa designado “Gestão de carreira” com um consultor especializado, que o aprendiz pode ativar se verificar necessário, durante os próximos 3 anos. No final da sessão foi assinado o protocolo entre a Alento, o aprendiz selecionado, num total de 15 e o respetivo mestre, no sentido de incutir a responsabilidade de cada interveniente na missão que lhes está destinada. Posteriormente todos os alunos inscritos previamente receberão o KIT - Emprega-te com estratégias que visam a procura ativa de emprego.

“Heróis da Fruta” promoveram hábitos saudáveis O jardim de Infância de Pedroso – Rego e o Jardim de Infância de Assento – Ribas voltaram a participar no Concurso “Heróis da Fruta - Lanche Escolar Saudável” da APCOI - Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil, que procura incentivar as crianças e adultos a uma alimentação saudável. O concurso decorreu pelo 6º ano consecutivo e centrou-se na criação de um Hino da Fruta por cada jardim concorrente e o cumprimento de uma série de regras inerentes ao próprio concurso. Estes hinos, letra e música, foram criados pelo professor de Educação Musical dos Jardins de Infância participantes, João Ameixa, estiveram em votação no site dos heróis da fruta mas não conseguiram votos suficientes para vencer o concurso. O vereador da Educação do Município de Celorico de Basto, Fernando Peixoto, disse que “esta necessidade de reeducar as crianças para hábitos saudáveis é crucial numa sociedade sem tempo para comer bem. As crianças devem ser ensinadas a ter uma alimentação variada e equilibrada fundamental para a manutenção da saúde e devem orgulhar-se desse comportamento saudável que os tornará adultos saudáveis. Participar neste concurso

é uma atitude pedagógica dos professores que só beneficia as crianças. De facto, trata-se de um projeto motivacional desenhado para as escolas do 1º ciclo e jardins-de-infância, que visa incentivar as crianças a ingerir fruta todos os dias, na escola e em casa, conhecer a importância da fruta na alimentação e manutenção da saúde, e despertar a comunidade para a todos os benefícios da adoção de pequenas mudanças nos hábitos alimentares diários.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 37

37

12/07/2017 20:48:05


Separação de resíduos foi tema de campanha de sensibilização ambiental

T

écnicos da Divisão de Ambiente da Câmara Municipal de Celorico de Basto estiveram a percorrer os Centros escolares do concelho para esclarecer para a necessidade de separar os resíduos. “Esta é uma campanha que fazemos assiduamente pela importância que damos à preservação do meio ambiente, uma campanha que incide na necessidade de separar os resíduos, uma tarefa que apenas depende da boa vontade das pessoas. As crianças são de facto, a melhor forma de transmitir esta informação pois aprendem e ensinam os adultos para esta necessidade urgente” reforçou o vereador do Ambiente, Fernando Peixoto. Genericamente a campanha teve por objetivo sensibilizar para a separação de resíduos. “Numa altura em que existem cada vez mais produtos à disposição do consumidor é preciso consciencializar as populações para a necessidade de reduzir, reciclar e reutilizar os produtos por forma a diminuirmos a quantidade de resíduos que seguem para aterro e fazer a compostagem dos resíduos orgânicos. Ter essa consciência é ter disponibilidade para separar os resíduos e evitar comportamentos que ponham em causa a preservação do meio ambiente” referiu Teresa Canais Seco, técnica da Divisão de Ambiente do Município.

Peça de teatro “a Revolta dos Micróbios” nas Celebrações do 10 de junho

O

Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, levou a família a assistir à peça “A Revolta dos Micróbios”. Uma ação que teve lugar no Centro Cultural Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, em pleno dia de Portugal, de Camões e das Comunidades.

infantis do 2º ano do GTC. Esta peça em particular teve a parceria do CLDS 3G Geração Eco que procurou sensibilizar os presentes para a necessidade de uma correta higiene Oral. No final da Sessão foram entregues flyers informativos sobre o tema e uma maça para incentivo a uma alimentação saudável.

“Esta é uma boa forma de comemorar Portugal, a Língua Portuguesa, a nossa forma de estar no mundo, sempre envoltos em momentos culturais” disse o presidente da Câmara Municipal. Joaquim Mota e Silva mostrouse agradado com a interpretação das crianças, os atores desta peça. “É tão agradável ver a comunidade envolvida num projeto, ver estas crianças tão empenhadas em bem representar, tão dedicadas e cientes da responsabilidade que é interpretar uma personagem. E ao mesmo tempo, perceberam que estão a passar uma mensagem, uma mensagem muito importante que é Saúde Oral, muitas vezes negligenciada” refletiu. A peça “a Revolta dos Micróbios” é um texto retirado da obra de Carlos Correia, encenado pelos alunos das turmas

38

Revista final.indd 38

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:48:06


1400 crianças celebraram o Dia Mundial do Ambiente e o Dia Mundial da Criança “Consciencializar com atividades divertidas”

N

o dia 7 de junho as crianças do Agrupamento de Escolas tiveram um dia de festa com várias atividades para celebrar o Dia Mundial da Criança e o Dia do Ambiente. As ações decorreram na ecopista, no Mercado Municipal e no Parque Urbano do Freixieiro. “Hoje, aproveitamos para dar às nossas crianças um dia diferente, celebramos o Dia Mundial da Criança com várias atividades divertidas e o dia mundial do ambiente com a inclusão de atividades que consciencializem para a preservação do meio ambiente” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, em visita ao espaço. O autarca agradeceu a todos os parceiros que tornaram esta atividade possível. “Este trabalho em parceria é muito salutar. Juntos por uma causa que diz respeito a todos, a preservação do nosso meio ambiente. É preciso que as pessoas tomem consciência da importância de separar os resíduos, de manter os espaços limpos, da utilização de materiais reciclados. As crianças merecem toda a nossa atenção e por isso, proporcionamos momentos divertidos associados a momentos didáticos” concluiu. As crianças, durante a manhã, fizeram uma caminhada pela ecopista, com plantação de camélias e assistiram à peça de teatro “Quem Sou Eu” do grupo Azul diferente da Cercifaf. Durante a tarde, as crianças andaram nos insufláveis, fizeram zumba, assistiram à demonstração da equipa cinotécnica e cantaram com as mascotes da Disney e das instituições representadas. Durante todo o dia, esteve em exposição, a demonstração e apoio o espaço saúde, a net móvel, a ciência viva, o espaço GNR, o espaço Resinorte, o espaço Bombeiros entre outros. O representante da GNR, o cabo da secção de Programas especiais da GNR do Comando do Destacamento de Guimarães, António Mendes, disse que “assinalamos esta data porque faz parte da ordem de operações da GNR, procuramos temáticas que promovam o ambiente por forma a sensibilizar, formar e mudar o paradigma dos “crimes” ambientais. A iniciativa decorreu de uma parceria entre a Câmara Municipal de Celorico de Basto, a Guarda Nacional Republicana, o Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto, as Associações de Pais do concelho, a Resinorte, a UCC Mãos Amigas, os Bombeiros Voluntários Celoricenses, o Centro de Ciência Viva, a Suma e a Cercifaf.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 39

39

12/07/2017 20:48:07


PLANEAMENTO / OBRAS

Intervenção na rua Senador Magalhães Bastos “A intervenção visa melhorar o pavimento e promover a melhor circulação automóvel e peões” A rua Senador Magalhães de Basto é um arruamento localizado em pleno centro tradicional da vila de Celorico de Basto, caracterizado por ter uma pendente muito acentuada, na ordem dos 23%, o que o torna pouco apetecível para o uso, principalmente para o trânsito pedonal. O seu pavimento encontra-se completamente deteriorado, composto por uma calçada de pedra muito irregular, alternando pontualmente com pavimentos de cubo de granito.“Esta intervenção é prioritária porque aquele acesso está de facto a precisar de ser intervencionado para garantir a melhor circulação em comodidade e segurança de automobilistas e peões” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. Na rua Senador Magalhães de Basto o tipo de intervenção deverá passar por clarificar a faixa de rodagem, devendo esta ser o prolongamento do desenho urbano definido à cota mais baixa, junto à Praça Albino Alves Pereira. O desenho urbano no início desse arruamento resulta da intervenção feita naquela Praça, apontando-se o arranque deste arruamento com uma faixa de rodagem de 3,50 metros, ladeada por um passeio que acompanha a inclinação do arruamento e ainda uns degraus de granito, de modo a facilitar a circulação pedonal, uma vez que a rua é muito inclinada. Propõe-se então que a faixa de rodagem continue exatamente com o mesmo perfil, sendo esta ladeada por lancis de granito. O pavimento será em asfalto por ser considerar que é o pavimento mais adequado tendo em

conta a forte inclinação do arruamento. As áreas contíguas à faixa de rodagem serão utilizadas para passeios e/ou áreas de estacionamento, mantendose a uma cota aproximadamente idêntica à da faixa de rodagem (1 a 2 cm acima), podendo essas áreas intersticiais – entre a faixa de rodagem e os limites de propriedade – serem conjuntamente utilizados como passeios e zonas de estacionamento. A área de intervenção abrange ainda o largo Prof. António Alves de Moura, por se tratar de uma zona contígua à rua Senador Magalhães de Basto e por se considerar que estas duas áreas urbanas coabitam funcionalmente. Este largo será todo pavimentado à mesma cota, conferindo-lhe um aspeto de Praça regular e homogénea por forma a ganhar características do principal espaço público da zona envolvente à Capela N.ª S.ª da Conceição, devendo ser este o espaço de excelência, de comunicação com o edifício da Capela e com o edifício do antigo ciclo, que será a curto prazo requalificado.

Antigo edifício dos Paços do Concelho com obras de reabilitação

O

Município de Celorico de Basto vai proceder à reabilitação do edifício que no passado serviu de Paços do Concelho, com características arquitetónicas muito próprias que precisam de ser revitalizados. “Este edifício é um marco patrimonial do concelho com muito valor arquitetónico e histórico pelas suas funções e localização. A sua reabilitação é premente face à necessidade de manter as características originais que o definem mas também para que as entidades que aí se fixarem possam prestar os seus serviços de forma autónoma, num espaço central, organizado e otimizado” disse o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. O edifício apresenta uma arquitetura de características tradicionais, cobertura em telha cerâmica, elementos estruturais em pedra granítica e madeira, com fachada em reboco, com elementos decorativos em pedra granítica e

40

Revista final.indd 40

azulejos pintados e vãos exteriores e interiores em madeira, apresenta neste momento patologias de várias ordens, algumas graves e estruturais, que carecem de intervenção. O projeto de arquitetura a desenvolver, caracterizar-se-á sobretudo pela requalificação e redistribuição interior, de forma a preservar as características construtivas essenciais e formais da antiga construção, demolindo ou corrigindo toda a compartimentação interior e estrutura existente, onde se verifiquem patologias importantes, adaptando o edifício às exigências de utilização atuais.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:48:07


Proposta do novo desenho urbano de arruamentos na sede do concelho O Município de Celorico de Basto apresenta uma proposta de um novo desenho urbano para arruamentos, na sede do Concelho. Esta proposta incide em 3 intervenções fundamentais: retificação e correção do traçado da rua Narciso Bahia; retificação e correção do cruzamento da rua narciso Bahia com a Estrada Municipal 618 e criação de passeio na rua Eng.º Adelino Amaro da Costa. A rua Joaquim Narciso Bahia, no troço compreendido entre a rua dos Combatentes de Ultramar e o início da rua Eng.º Adelino Amaro da Costa, necessita de ser reabilitado com o objetivo de tornar a circulação automóvel mais eficiente e o trânsito pedonal mais seguro e confortável. Deste modo, será revisto o cruzamento com a rua Eng.º Adelino Amaro da Costa e com a Estrada Municipal 618 (EM618) uma vez que a atual configuração propicia alguma desordem, tornando-se mesmo perigoso por falta de visibilidade, propondo-se um novo desenho urbano para o local e a retificação da morfologia do terreno. Esta retificação que agora se propõe pretende manter os mesmos princípios de desenho urbano, corrigindo ainda a curva que atualmente faz, tentando afastar o arruamento do talude existente, pelo lado nascente – contíguo ao edifício do Centro de Apoio Ocupacional (CAO) – permitindo desta forma criar um passeio franco e uma faixa de estacionamento. Este passeio servirá não só para dar continuidade aos percursos pedonais do Parque Lúdico de Boques, bem como fazer ligação aos passeios existentes

Relvado sintético no campo do FC de Gandarela para breve

F

oi celebrado entre o Município de Celorico de Basto e o Futebol Clube de Gandarela um contrato/ programa que obriga o município a apoiar financeiramente as obras de melhoramento do Campo de Jogos da Gandarela, incidindo particularmente na colocação de relvado sintético. Com este contrato/programa o Município de Celorico de Basto irá financiar a execução das obras e promover a prática desportiva nas melhores condições. “Sabemos do esforço financeiro que estas obras irão exigir mas não podemos descurar o desenvolvimento desportivo e cultural do concelho. É necessário e urgente que, e seguindo na ótica do trabalho que temos desenvolvido com outras entidades desportivas, se continue a trabalhar para criar as melhores condições aos atletas e à população em geral. Este grupo desportivo acarreta uma responsabilidade social imensurável pela forma como contribui decisivamente para a ocupação dos tempos livres dos jovens e pela forma como interage e participa nas atividades da freguesia e do concelho” disse o presidente ad Câmara Municipal

na rua dos Combatentes de Ultramar e os passeios a serem criados na rua Eng.º Adelino Amaro da Costa. Genericamente, esta nova proposta visa a criação de passeio na rua Eng.º Adelino Amaro da Costa, a retificação e correção do traçado da rua Narciso Bahia e a retificação e correção do cruzamento da rua Narciso Bahia com a Estrada Municipal 618. de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. A obra segue na sequência de outros melhoramentos já executados promovidos pelo FC de Gandarela nomeadamente a construção de uma bancada e a melhoria dos balneários. O presidente da Direção do Futebol Clube de Gandarela, Carlos Sousa, mostrou-se satisfeito com a assinatura deste protocolo realçando que “é uma obra muito necessária e que irá contribuir positivamente para a melhoria dos resultados do clube nas competições em que se insere. Ao mesmo tempo, irá ser uma mais valia no que concerne à formação de jovens na modalidade”. A colocação do Relvado Sintético no Campo do Futebol Clube de Gandarela permitirá dotar de elevados níveis de qualidade este equipamento coletivo, bem como dar resposta ao crescimento da sua procura para a prática desportiva. Recordar o Futebol Clube de Gandarela é um clube filiado em 1974, que se dedica sobretudo à prática do futebol.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 41

41

12/07/2017 20:48:08


TURISMO

Celorico de Basto participou em várias ações para promover a Festa Internacional das Camélias Com a intenção de divulgar a Capital das Camélias o município de Celorico de Basto desenvolveu uma ampla campanha promocional com apresentações na RTP e Porto Canal e participação ativa em feiras nacionais e internacionais. No dia 18 de fevereiro o Município participou ativamente, com uma mesa decorada com camélias e material promocional, no Festival Internacional das Camélias em Lousada e no dia 23 desenvolveu uma ação promocional seguida de conferência de imprensa na Dolmen, em Amarante.

A abrir o mês de março foi apresentado à imprensa, pelo presidente da Câmara Municipal, Joaquim Mota e Silva, o programa Cultural para todo o mês e março, com enfase para o terceiro fim-de-semana de março dedicado à Festa Internacional das Camélias. A ação terminou com uma pequena homenagem ao escultor José Rodrigues, autor da Estátua do Cardeal D. António Ribeiro. Foi também destaque a participação na I Mostra Internacional das Camélias, na província de Pontevedra, no município de Cambados, em Espanha.

A 11 de março, uma comitiva celoricense foi recebida pela Alcaldesa de Cambados, Fátima Abal Roma, e pelos delegados dos serviços municipais. “Temos vindo a desenvolver uma série de ações promocionais em Portugal e em Espanha para dar a conhecer Celorico de Basto como Capital das Camélias. Aqui, em Cambados participamos integrados na I Mostra Internacional de Cambados e fomos o único Município estrangeiro convidado a participar, o que muito nos lisonjeia” disse o vereador da Cultura do Município de Celorico de Basto, presente na ação promocional. “Agradeço a forma calorosa como fomos recebidos numa mostra com muitos colecionadores e apaixonados pelas camélias”. No dia 14 de março, Celorico de Basto esteve no Porto Welcome Center, no Aeroporto Sá Carneiro e no programa “Mundo Local” do Porto Canal, no dia 15 de março, desenvolveu várias ações promocionais na Bolsa de Turismo de Lisboa, BTL.

Celorico de Basto terminou a promoção às Camélias com uma “Ação de charme” no comércio local A aposta na promoção da Festa Internacional das camélias foi amplamente desenvolvida tendo culminado com uma ação de charme no comércio local com entrega de camélias artesanais a todos os comerciantes. “Com este pequeno gesto procuramos agradecer aos nossos comerciantes a forma tão empenhada e disponível

42

Revista final.indd 42

como abraçaram as propostas de atividade sugeridas pelo município. É muito gratificante verificar que toda a população tem procurado fazer o melhor possível para fazer parte desta festa tornando a Capital das Camélias ainda mais florida” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:48:09


Uma modalidade que está a dar os primeiros passos no concelho

C

erca de 170 atletas participaram no dia 12 de abril, na IV edição do Campeonato de Boccia Sénior, que teve lugar no Gimnodesportivo da EB 2,3/S de Celorico de Basto e contou com a participação de todos os Municípios da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa.

Maria José Dias, pelo diretor do gabinete de desporto do Município de Paços de Ferreira, Luís Barros, pelo representante do gabinete de desporto do Município do Marco de Canaveses, Rui Correia, e pelo representante da Fundação Inatel, Emanuel Mota, que ofereceu 5 voucher aos vencedores do campeonato.

“É uma honra receber todos estes atletas que praticam uma modalidade que ainda está a dar os primeiros passos em Celorico de Basto mas que, pelos resultados de hoje, dará luta em futuros campeonatos”, disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. O autarca reforçou a importância desta modalidade para fomentar o bem-estar físico e psíquico dos idosos. “Esta modalidade é uma excelente forma de melhorar o bem-estar físico e psíquico dos nossos idosos e por consequência a sua qualidade de vida, até porque é uma modalidade que pode ser praticada por todos, com ou sem dificuldades físicas” disse.

Recordar ainda que Celorico de Basto teve 3 equipas a competir após os técnicos terem tido formação no Boccia, em janeiro último, facultada pela Paralisia CerebralAssociação Nacional de Desporto.

O Boccia prima pela inteligência e habilidade dos atletas respeitando as regras inerentes à modalidade.

DESPORTO

Celorico de Basto recebeu o IV Campeonato de Boccia Sénior da CIM-TS

Recordar ainda que este jogo foi introduzido em Portugal em 1983 e apresenta um regulamento próprio orientador para atletas e treinadores. Durante a sessão, os formandos aprenderam como se joga o boccia que tem por objetivo colocar as bolas de cor, seis azuis e 6 vermelhas, o mais perto possível da bola alvo, a bola branca, que é lançada estrategicamente por um primeiro jogador para dentro do campo. É um jogo que poderá ser individual ou coletivo, jogado num campo delimitado por 12,5m de cumprimento e 6m de largura.

A competir estiveram equipas de Celorico de Basto, anfitrião, Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Penafiel e Resende. No pódio ficou em 1º lugar a equipa de Castelo de Paiva 1, em 2º lugar ficou a equipa de Penafiel 2 e em 3º lugar a equipa de Penafiel 1. Os prémios foram entregues pelo presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, pelo Vereador do Desporto do Município de Celorico de Basto, Fernando Peixoto, pelo representante da CIM –TS , Paulo Ferreira, pela Vereadora da Ação Social do Município de Penafiel, Daniela Oliveira, pela Vereadora da Ação Social do Município de Resende,

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 43

43

12/07/2017 20:48:09


Mais de 500 atletas participaram na Gala do Desporto Um concelho que “respira” desporto

A

Gala do Desporto foi uma iniciativa que procurou reconhecer os clubes e associações desportivas no seu conjunto e também, atletas, dirigentes, treinadores e outras individualidades que, de algum modo, têm ou tiveram um percurso notável nas diferentes modalidades onde se inserem. Uma iniciativa que encheu o gimnodesportivo da EB 2,3/S de Celorico de Basto, no dia 15 de junho, feriado nacional.

“Esta Gala do Desporto é uma forma de reconhecer o trabalho desenvolvido pelos clubes e pelas associações desportivas em Celorico de Basto. É um orgulho verificar que temos tanta gente envolvida nas diferentes coletividades, tantos jovens a abraçar as modalidades que se praticam neste concelho, tantas pessoas empenhadas em tornar cada clube e cada associação ainda mais representativos e mais competitivos” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Os clubes, cada um com a sua modalidade, têm feito um trabalho notável na formação, têm procurado encontrar meios e formas de dar aos atletas as melhores condições para a prática das modalidades, e nós, enquanto município de Celorico de Basto, somos parceiros ativos e tudo fazemos para apoiar o melhor possível estas coletividades. Bem hajam todos pelo trabalho notável que têm feito” reforçou.

44

Revista final.indd 44

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:48:10


Nesta gala foram atribuídos, pelo Município de Celorico de Basto, os prémios de homenagem a todos os clubes e associações desportivas locais com os próprios clubes a promoveram homenagens individuais a alguns dos seus elementos. O Município atribuiu prémios de Mérito Desportivo a Diogo Dalot, Jogador da Seleção Nacional e do Futebol Clube do Porto, Pedro Pinto, Preparador Físico altamente conceituado, Paulo Teixeira da Mota, amplamente galardoado no BTT, Helena Teixeira, também galardoada no BTT, Pedro Silva, que se tem vindo a destacar no atletismo, Diogo Carvalho, Campeão Nacional do Desporto Escolar em desporto Adaptado e Flávio Cunha, campeão Nacional e Bicampeão de Karaté. Os prémios de reconhecimento/carreira foram atribuídos a Rui Augusto Coelho Ferreira, José Manuel Moura, José Alcídio Medeiros Ribeiro e José da Silva Carvalho, todos pelo trabalho desenvolvido no futebol. David Pinto recebeu o prémio pelo trabalho desenvolvido em prol do Futsal, João Varejão pelo trabalho feito no Andebol, na Natação foi reconhecido Francisco Soares, no atletismo o prémio reconhecimento/ carreira foi para Reinaldo Moura e o Kickboxing foi reconhecido Márcio Neves. Também Joaquim Cunha

recebeu o troféu reconhecimento/carreira pelo percurso nas artes marciais chinesas, no desporto escolar foi distinguido Abílio Azevedo, pelo trabalho feito em prol do Clube Caça e Pesca foi reconhecido Francisco Magalhães Costa, na columbofilia o prémio reconhecimento/carreira foi para Abílio Bastos, e por fim foi homenageado Miguel Cardoso, com um percurso invejável na carreira de treinador e que se encontra a treinar o Rio Ave. O prémio foi recebido pelo pai de Miguel Cardoso que é natural de Celorico de Basto.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 45

45

12/07/2017 20:48:11


NOTÍCIAS

Anthony Bourdain, famoso chef norte-americano veio conhecer a gastronomia de Celorico de Basto Quase secretamente, Anthony Bourdain, conceituado chef, escritor e apresentador de televisão norte-americano, esteve nos dias 17 e 18 de fevereiro no restaurante Sabores da Quinta para assistir à tradicional “Matança do porco” e provar algumas das iguarias locais. O conceituado chef já tinha estado em Celorico de Basto em 2002 e voltou graças ao conhecido empresário Celoricense José Meireles, que trabalha na área da gastronomia com 2 restaurantes em Nova Iorque, local onde conheceu Anthony Bourdain. O Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Fernando Peixoto, esteve com o conceituado chefe, a convite do empresário Celoricense, e ofereceu-lhe algumas das excelências gastronómicas que identificam o concelho. “É uma honra para Celorico de Basto receber tão conceituado “Chef” e sobretudo, “fazedor de opinião” no que concerne à gastronomia. Temos produtos de excelência que, caindo nas mãos certas, podem tornar-se verdadeiramente conhecidas e dar a Celorico de Basto a alavanca necessária para a valorização gastronómica em Portugal e no mundo” disse o vereador.

Câmara Municipal abriu as portas à Visita Pascal

C

omo tradicionalmente, o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, família e colaboradores do Município receberam a Visita Pascal no Salão nobre dos Paços do Concelho, no dia 16 de abril. “Reunimo-nos para receber Jesus ressuscitado na casa que é de todos, os Paços do Concelho. É uma tradição que queremos manter, uma tradição que prima pelos valores da amizade, da alegria, que nos une para celebrar a vida, para celebrar a fé” disse o autarca. Para receber o compasso tudo é preparado ao pormenor, a mesa enche-se de iguarias típicas da Páscoa, como o pão-de-ló, as cavacas e o vinho do Porto. Todos os presentes beijam a Cruz e convidam os membros do Compasso a degustar as iguarias. Ano após ano a tradição do Compasso mantém-se inalterada. No Domingo de Páscoa ou na Segunda Feira de Páscoa, todas as paróquias se organizam para levar o Senhor à casa de cada um. Uma festa que reúne em volta da mesa, familiares e amigos para receber a visita de Cristo Ressuscitado.

46

Revista final.indd 46

No Restaurante Sabores da Quinta, Anthony Bourdain acompanhado pela sua equipa de reportagem, participou na tradicional “Matança do porco”, meticulosamente preparada pelos anfitriões que se vestiram com trajes tradicionais e ofereceram diversos momentos musicais criando um cenário único para ser mostrado num dos programas do reconhecido chef. Ao longo dos dias, Anthony Bourdain deleitou-se com alguns pratos confecionados pelo referido restaurante tendo como base a carne de porco e outros produtos que caracterizam a rica gastronomia local. Anthony Bourdain anda em viagem pelo mundo para dar a conhecer, no seu programa “Parts Unknown” – Viagem ao desconhecido, emitido pela CNN e pelo canal 24 Kitchen, os sabores únicos de regiões desconhecidas do mundo.

Aluno do Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto vence as Olimpíadas Portuguesas de Biologia

A

ntónio Francisco da Costa Teixeira, aluno da EB 2,3/S de Celorico de Basto, venceu, categoricamente, a Olimpíadas Portuguesas de Biologia. O aluno recebeu a distinção, no dia 27 de maio, no pavilhão do conhecimento, em Lisboa. “Foi uma surpresa para todos, sabíamos que o Francisco estava entre os 10 melhores mas ter ficado em 1º lugar é para nós um orgulho ainda maior” disse o vereador da Educação da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Fernando Peixoto, que esteve na entrega de prémios. “É muito importante ver estes resultados, fruto do empenho de toda a comunidade escolar, é um aluno brilhante que tem condições de ensino e de aprendizagem, agora vamos torcer para que tudo corre pelo melhor nas Olimpíadas Internacionais que terão lugar no Reino Unido”, destacou.

revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

12/07/2017 20:48:11


revista municipal Celorico de Basto * junho 2017

Revista final.indd 47

47

12/07/2017 20:48:12


Revista final.indd 48

12/07/2017 20:48:12

Ca 6728 revista celorico de basto 33  

A Revista Municipal é uma forma de dar a conhecer à população o trabalho desenvolvido por este Município ao longo do 1º semestre de 2017.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you