Page 1

Ano 1, Edição 1, Outubro de 2014

O Guia da Mamãe

Distribuição gratuita

www.roteirobabysumare.com.br


ÍNDICE PRODUTOS E SERVIÇOS Educação 03 D’Leite Escola de Dança 12 Greenlife Idiomas Moda bebê e infantil 05 Piri Lume 08 Faby Tiaras 09 Chocoletá Kids Festas 06 09 09 08

Biligudiga Decoração Memórias Fotográficas Jeniffer Amaral Fotografia Facilite Festas Saúde

04 Prolife Vacinas 10 FisioTWM Pilates Serviços 11 Paula Caricaturas 05 Vitrine

ARTIGOS

1 Roteiro Baby Sumaré

03

O Papel da dança no desenvolvimento infantil

04

Vacinação: a maneira mais eficaz de prevenir doenças

07

Amamentação: um ato de amor

08

Meu filho é autista

10

Pilates para gestantes

11

Pintura artística em gestantes

12

A importância de se aprender um segundo idioma na infância


Editorial Do blog na internet para a revista impressa: assim nasce o Roteiro Baby Sumaré, publicação voltada para as mamães da cidade e região. Mais que um guia de produtos e serviços voltados para a família, nosso objetivo é oferecer dicas de especialistas nas áreas de saúde e educação, além de sugestões de moda e decoração. Nessa primeira edição, você entenderá que a dança é mais que um exercício físico, auxiliando no desenvolvimento pleno da coordenação da criança. Para as mamães que estão amamentando, vale a pena ler o artigo sobre a importância deste ato de amor. Também recomendamos a leitura sobre a merecida atenção ao calendário de vacinação infantil. Você vai se surpreender ao saber que mamães também podem (e devem) praticar Pilates. Por fim, vai saber mais sobre o autismo através do testemunho de uma mãe. Espero suas sugestões para o próximo número! Um abraço! Rosália do Vale

Expediente A revista Roteiro Baby Sumaré é uma publicação da Polemídia Comunicação. Jornalista Responsável: Rosália do Vale – MTb 30.130. Diagramação: Elizabeth Mayer. Tiragem 4 mil exemplares. Distribuição Gratuita. Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e podem não conjugar com as opiniões desta publicação.

Contato Contato para sugestões e anunciantes: contatopolemidia@gmail.com (19) 99167-1873 (Rosália) RoteiroBabySumare

Sobre o Roteiro Baby Sumaré Atualmente, existem sete Roteiros Baby espalhados pelo Brasil, informando mamães (e papais também!) de Brasília, Belo Horizonte, Florianópolis, Indaiatuba, Maceió, Recife e Sumaré sobre o que há de mais interessante nessas cidades, voltado para o universo infantil. Acesse o Roteiro Baby de Brasília que deu origem a todos os outros: www.roteirobaby.com.br. Foto da capa: Jeniffer Amaral Manuela veste Piri Lume.

2 Roteiro Baby Sumaré


O PAPEL DA DANÇA NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL A DANÇA TEM UM IMPORTANTE PAPEL NO DESENVOLVIMENTO FÍSICO, SOCIAL E EMOCIONAL DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES.

D

entre os benefícios físicos, a dança proporciona melhora na postura, flexibilidade, coordenação motora, consciência corporal e fortalecimento muscular. Estas características permitem que a criança se sinta mais ativa e tenha desde pequena a percepção e a vivência do exercício físico. Sem dúvida alguma, a dança é uma excelente atividade para evitar o sedentarismo infantil e promover a saúde da criança. Quanto aos aspectos sociais, a dança permite uma grande integração entre os alunos, fazendo com que o convívio, a tolerância, a disciplina e a empatia sejam desenvolvidos a cada dia. Com isso, a criança se torna mais sociável, faz mais amigos e se diverte muito mais. A criança que frequenta aulas de dança, por sempre estar em contato com novos passos, novas coreografias, novos desafios, gradualmente passa a ter mais segurança, mais autoconfiança e mais criatividade, que são características que sempre influenciarão sua vida. A prática da dança pode se iniciar em qualquer idade, podendo ser desde cedo, a partir dos 3 aninhos. Ou

mesmo já na adolescência. Independente da idade de início, os benefícios estarão presentes da mesma forma. O ideal é escolher uma modalidade que a criança se identifique, para que este seja um momento de prazer, dedicação e diversão. De acordo com as preferências da criança, pode-se escolher entre ballet clássico, jazz, hip hop, sapateado, entre outras. Iniciar a dança ainda na fase infantil pode ser uma atividade que os pequenos levarão para o resto da vida, de uma forma leve, descontraída e feliz! Marivone Leite (Fisioterapeuta, Bailarina, Professora de Ballet e Diretora Artística na D’Leite Escola de Dança)


VACINAÇÃO: A MANEIRA MAIS EFICAZ DE PREVENIR DOENÇAS O desconforto com a vacinação, temido especialmente pelas crianças, pode ser amenizado dependendo da habilidade e conhecimento do profissional.

A

s vacinas são recursos indispensáveis para a saúde individual e pública. Através da imunização é possível prevenir infecções e impedir que várias doenças se espalhem por todo um território. A vacinação é a maneira mais eficaz de prevenir doenças. Portanto, fique atento às campanhas e aos calendários de vacinação, que correspondem ao conjunto de vacinas prioritárias no Brasil. As vacinas, de certa forma, partem da ideia de usar o inimigo contra o próprio inimigo. Para que isso seja feito de forma segura, é usada uma forma enfraquecida ou morta do agressor. Quando um agente agressor penetra em nosso corpo, o sistema imunológico utiliza seus recursos de defesa para combatê-lo. A função das vacinas é exatamente ensinar o sistema imunológico a reconhecer tais agentes e estimular a produção de anticorpos específicos para combatê-los, sem permitir que a doença se desenvolva. Para isso, as vacinas são preparadas a partir de componentes do próprio agente agressor ou de um agente que se assemelhe ao causador da doença. Porém, os microrganismos utilizados estão na forma

atenuada (enfraquecida) ou inativada (morta). O objetivo da imunização é proteger contra doenças, mas, às vezes, a própria vacina provoca alguns efeitos indesejáveis chamados de eventos adversos. O tipo da vacina pode influenciar na ocorrência ou não de efeitos adversos. As vacinas atenuadas têm maior probabilidade de provocar reações, pois o vírus ainda está vivo. Ao contrário, a vacina inativada oferece risco mínimo de reações adversas. Clínicas privadas de vacinação trabalham com esse tipo de vacina. É muito importante lembrar que os riscos de complicações graves relacionados às vacinas são muito menores que os riscos causados pelas doenças. Devemos também nos atentar ao cuidado na preparação da vacina em si. A aplicação também exige atenção para que a imunização seja feita da forma mais eficiente, segura e confortável possível. O desconforto com a vacinação, temido especialmente pelas crianças, pode ser amenizado dependendo da habilidade e conhecimento do profissional. A dor depende do ponto de aplicação, da composição da vacina e da velocidade que ela é injetada. Cada vacina tem forma de administração e deve ser seguida rigorosamente. Quando se fala em vacinas, todo mundo pensa na vacinação das crianças. No entanto, não é só na infância que as vacinas são necessárias. Jovens, adultos, pessoas mais velhas, independente do sexo, precisam estar em dia com o calendárío de vacinação. Devemos também nos vigiar quanto aos reforços das vacinas, pois algumas vacinas precisam de reforços para melhor imunização e proteção. Paula Micheli, Enfermeira responsável 246606) e Proprietária da Prolife Vacinas

(Coren


Vitrine

roupas e acessórios

Chocoletá Kids 3308-8135

Piri Lume 3883-6746

Faby Tiaras 3225-6429 5 Roteiro Baby Sumaré


Vitrine

decoração de festas e lembrancinhas

Facilite Festas 98200-5555

Biligudiga Festas 3306-7742

Memórias Fotográficas 3043-0559 6 Roteiro Baby Sumaré


AMAMENTAÇÃO: UM ATO DE AMOR Para conseguirmos amamentar nossos filhos temos que saber quem somos e entender o tempo em que vivemos. Mas não se entristeça se, por algum motivo, não conseguir amamentar.

O

leite materno contém nutrientes e enzimas perfeitamente balanceadas, com substâncias imunológicas que protegem o bebê e provêm tudo o que a criança necessita no seu comecinho de vida. O ato de amamentar também supre as necessidades emocionais e diminui a ansiedade, tanto da mãe, quanto do bebê, por meio desse primeiro contato pele a pele e olhos nos olhos. Fora o vínculo afetivo que a amamentação propícia, esse leite ainda protege a criança contra uma infinidade de problemas. O leite materno protege contra diversos tipos de doenças, inclusive crônicas, além de desnutrição. Também promove o melhor desenvolvimento neuro-psicomotor infantil e cognitivo, entre outros benefícios. Não é só o bebê que sai ganhando: a mamãe que amamenta sente-se mais segura e menos ansiosa, tem diminuição mais rápida do volume do útero, corre menor risco de hemorragia no pós-parto e de ter anemia. Também é menos propensa a contrair câncer de mama e de ovário, à osteoporose, volta ao peso normal mais rapidamente e está protegida de engravidar. Fora tudo isso, ainda tem o fator econômico. O leite que a mãe produz é suficiente para alimentar o filho

até os SEIS MESES de idade, sem necessidade de gastos com água, gás, bicos, mamadeiras, sabão, açúcar e embalagens. Devemos alertá-las quanto a alguns incômodos que podem aparecer: um exemplo disso é seu bebê demorar a pegar o peito.A única coisa que devemos orientá-las é que devem ter paciência e persistência, pois alguns bebês tem mesmo dificuldade para mamar. Muitas dessas dificuldades podem desaparecer com a ajuda de um profissional capacitado. Algumas rachaduras no bico do peito também podem aparecer, por isso é importante que o posicionamento e a pega do bebê estejam corretos, que os mamilos sejam mantidos secos, que a parada da mamada seja feita corretamente e, caso tenha que extrair o leite, deve-se dar preferência à extração manual.

O maior estímulo para a produção de leite é uma sucção correta. Devemos salientar que o ambiente tem que ser tranquilo, tem que dar prioridade também ao bem estar da mãe e a ingestão significativa de líquidos, preferencialmente água (pode ajudar na produção do leite). Caso as dificuldades e dúvidas persistam, procure sempre um profissional capacitado. Paula Micheli, Enfermeira responsável 246606) e Proprietária da Prolife Vacinas

(Coren


MEU FILHO É AUTISTA Nasce o tão esperado bebê, e logo nos primeiros meses de vida, você percebe que ele é diferente de outras crianças.

Q

uando se está grávida, muitos perguntam... - Prefere menina ou menino? - Sem preferência, o importante é que venha com saúde! Pois bem, há 8 anos mudei completamente essa forma de pensar. O importante mesmo é ter amor suficiente pra receber essa criança da forma que vier, não importa sexo e nem saúde. Nasce o tão esperado bebê e logo nos primeiros meses de vida, você percebe que ele é diferente de outras crianças, até mesmo do seu primeiro filho. Isso não é fácil, mas em primeiro lugar, ele precisa de uma Mãe amorosa, paciente, batalhadora e “Guerreira”. Eu descobri que meu filho era diferente logo no início por ser muito molinho, pelos olhos, quietinho demais, chorava só por cólicas fortíssimas. O Pediatra, pelas mesmas desconfianças, o encaminhou para um Neuropediatra. Então tudo começou a partir daí. Foi uma gestação planejada, perfeita, geração saúde mesmo. Não éramos culpados e nem conseguíamos pensar onde foi que erramos. O amor já era o maior do mundo e eu já estava me preparando para a “Guerra”, sem nem saber como guerrear. Passamos por muitos médicos e especialistas e, em 10 meses, chegamos ao Boldrini. Mesmo assim, demorou 2 meses pra descobrimos que ele era Sindrômico. Já com 1 ano e 8 meses, um Neurologista resolveu encaminhá-lo pra uma Instituição Especial, onde ele

teria todas as terapias necessárias para seu desenvolvimento, lembrando que muitos dos especialistas dos quais eu passei eram contra. Foi quando eu descobri meu Oásis, meu apoio central, me senti acolhida e ao mesmo tempo “sem chão”, descobrindo dentro de mim um “Conflito de Sentimento”. Quando aos 4 anos conseguimos chegar a uma conclusão: que ele também poderia ser Autista. Autismo é uma disfunção global do desenvolvimento; uma alteração que afeta a capacidade de comunicação do indivíduo, de socialização (estabelecer relacionamentos) e de comportamento (responder apropriadamente ao ambiente — segundo as normas que regulam essas respostas). Esta desordem faz parte de um grupo de síndromes conhecidas como transtorno global do desenvolvimento - TGD, embora também seja cunhado o termo transtorno do espectro autista - TEA. Foi muito bom, pois quando você recebe um diagnóstico, fica mais fácil saber como ajudar seu filho. Fomos novamente ao campo de batalha, nos armar de forma necessária para conhecer o Autismo, que até então eu desconhecia. Hoje estão na moda os médicos estudarem mais o assunto, os terapeutas sendo mais procurados e prontos pra nos ajudar. Acima de tudo, aprendi a conviver na diversidade, a mostrar para as pessoas que ter um filho com alguma deficiência não é contagioso, não pega em ninguém, que muitas vezes jogar-se no chão, chorar ou gritar sem motivos pode ser algo bem mais sério do que uma simples birra de criança. Que não iniciar uma brincadeira no parque não significa que ele não queira brincar ou interagir com outras crianças. Pode ser que ele fique bem feliz se alguém lhe ajudar. Não julgue! Nem eu, nem a criança e nem você sabemos das habilidades que ele é capaz de desenvolver. Porém eu, enquanto mãe, farei o impossível para um bom desenvolvimento, bem estar e felicidade do meu filho. Adriana Costa Cristino, Diretora Social e Mãe da Apae Sumaré.


PILATES PARA GESTANTES

N

o período gestacional ocorrem muitas e rápidas mudanças no corpo das mulheres. Com isso, podem ocasionar dores e desconforto em varias áreas do corpo, como lombalgia (dores na parte de baixo da coluna), dores nas pernas, dores na parte superior da coluna (região torácica e cervical), entre outras. O método do Pilates funciona muito bem para minimizar esses sintomas. As grávidas podem inicializar o Pilates com liberação do seu médico Obstetra que geralmente libera entre a 12 ª a 16 ª semana ou após o 3º mês. São muitos os benefícios do Pilates para as mamães durante e após a gestação. Durante a gestação, ele favorece respiração, equilíbrio, alongamento, fortalecimento, relaxamento e diminuição de inchaço em membros inferiores. A prática da atividade também pode auxiliar na hora do parto, pois uma musculatura pélvica e abdominal bem fortalecida e treinada irá facilitar na hora do parto normal e parto humanizado. Após a gestação, o Pilates auxilia na hora do banho, na amamentação e trocas de roupas, pois com a musculatura bem fortalecida, evitará dores ao realizar estas funções. A gestante deve sempre procurar um profissional especializado em Pilates para Gestante, com uma estrutura apropriada para prática. A frequência das aulas irá fazer toda a diferença para os benefícios. Dra Larissa C. Bevilacqua - Fisioterapeuta - Pilates Clínico e Gestacional

Estrutura Qualificada

Fisioterapeutas Especializados

Pratique Pilates Aqui! (19) 3873­3202 Fisiotwm­Fisioterapia­e­Pilates R. João Francisco Ramos, 217, Centro


PINTURA ARTÍSTICA EM GESTANTES

J

á pensou em fazer uma pintura artística na sua barriga, futura mamãe? A artista Ana Paula Medeiros, de São Paulo, faz pinturas belíssimas nas barrigas de gestantes. Abaixo, ela fala mais sobre o processo: RBSumaré: Como funciona uma sessão de pintura na barriga da gestante?

Ana Paula Medeiros: Em clima informal, no local que a gestante preferir. Pode ser em casa, num parque, na sessão de fotos que ela for realizar, no chá de bebê. Então, pergunto se a mãe tem algum motivo especial que gostaria de ver pintado. Também pode acontecer a pintura numa reunião de gestantes. Em geral, todas se divertem bastante. RBSumaré: As tintas são atóxicas? Quanto tempo leva para sair da pele? Tem algum risco para o bebê? Ana Paula Medeiros: As tintas são atóxicas e são as mesmas usadas para pintar o rosto das crianças nas festas. Em geral, sua base é a da pasta d´agua usada em bebês. Não apresenta risco nenhum para o bebê ou para a mãe. Elas secam rapidamente e é possível vestir a barriga e permanecer com o desenho pintando por mais horas. São facilmente retiradas com água no banho. RBSumaré: Quanto tempo dura em média uma

11 Roteiro Baby Sumaré

pintura? Quais são as pinturas mais pedidas? Ana Paula Medeiros: O trabalho de pintura dura em média 1 hora, dependendo da complexidade do desenho. Em geral, a mãe poderá estar conversando, assistindo TV, mexendo no tablet ou celular. As mamães gostam de fazer selfies e de ver o processo do desenho. Ao ver o resultado, animam-se para fazer mais fotos. Elas curtem o desenho como uma oportunidade a mais de entretenimento, fazendo fotos divertidas com o pai da criança e amigos. O tema é livre e pode ser sugerido pela mãe. Geralmente são frases com desenhos ligados à personalidade ou profissão da mamãe. O tema é livre e sugerido pela mãe.


A IMPORTÂNCIA DE SE APRENDER UM SEGUNDO IDIOMA NA INFÂNCIA

situações onde a língua está presente). Para isso é necessário que a escola esteja preparada, com uma equipe pedagógica bem treinada. Há alguns anos, a porta de entrada em escola de línguas era entre 9 e 10 anos. Hoje, as escolas estão recebendo alunos entre 5 e 6 anos. Crianças estão iniciando mais cedo e tornando-se bilíngues mais cedo. Hoje não se vê mais tantos adolescentes iniciando um curso de idiomas. Na adolescência, já se encontram em nível intermediário ou avançado. Ao contrário do que se pensa, começar mais cedo não é terminar mais cedo. A língua sofre transformações constantes e só permanece fluente quem fala com frequência. Talvez o maior benefício de se aprender cedo seja evitar que a segunda língua pareça algo inatingível, sofrido e complicado. Já que ela faz parte do nosso mundo pessoal e profissional, por que não apresentá-la para nossos filhos também de maneira natural?

E

studos apontam que é na primeira infância (até 5/6 anos) que ocorre a base para toda aprendizagem humana. Por volta dos 4 anos, uma criança atinge metade do seu potencial cognitivo. Tudo que lhe for oferecido até essa idade será fundamental para seu desenvolvimento por toda a vida. Outra vantagem é que até essa idade, a criaznça aprende um segundo idioma de maneira espontânea e independente, sem fazer relações com a língua materna. Apresentam também maior facilidade na pronúncia e criam maior intimidade com a língua do que os adultos. No entanto, uma das perguntas mais frequentes dos pais é: Como meu filho vai aprender, se ele não lê e não escreve? A resposta é: Da mesma forma que aprende português, ouvindo e repetindo. A criança aprende através da experiência, da empatia e da repetição (não de palavras soltas, mas de

Promoção

Milena Luchiari Coordenadora Pedagógica na escola Greenlife Idiomas

DE

de

Aniversário

Venha comemorar conosco esses 10 anos de sucesso! Matricule-se até o nal de 2014 e ganhe: 1º mês de aula grátis Isenção da taxa de matrícula Brinde especial Promoção não cumulativa e somente para novos alunos.

12 Roteiro Baby Sumaré Rua Marcelo Pedroni, 66 - Centro - Sumaré/SP

19 3828 - 8755 greenlifeidiomas.com.br

ental xperim r do a aula e m lho u e a m ç Fa s nheça o o c e criança a gratuit as para aré. m io id de em Sum ensino scentes e adole


Revista Roteiro Baby Sumaré  

Edição 01 da Revista Roteiro Baby Sumaré - Outubro de 2014 www.roteirobabysumare.com.br

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you