Page 1

roraimaemtempo.com.br

PARTICIPAÇÃO DO AGRONEGÓCIO NAS EXPORTAÇÕES DO BRASIL SUBIU 1,5% EM MARÇO

PROCURADOR DE PARIS ACREDITA QUE FOGO NA CATEDRAL DE NOTREDAME FOI ACIDENTE

Economia A9

Mundo A12

A NOTÍCIA QUE INTERESSA

BOA VISTA, QUARTAFEIRA, 17 DE ABRIL DE 2019

ANO 5 • Nº 1200

Exército prende suspeitos de tráfico de drogas com 6,5kg de maconha FOTOS DIVULGAÇÃO

COM ELES, OS MILITARES ENCONTRARAM 12 ‘TIJOLOS’ NOS QUAIS ESTAVAM ACOMODADOS OS QUILOS DE MACONHA, DENTRO DE UMA MOCHILA O Exército Brasileiro prendeu dois suspeitos de tráfico internacional de drogas, na noite dessa segunda-feira (15), em Pacaraima, ao Norte do Estado. Com eles, os militares encontraram 12 ‘tijolos’ nos quais estavam os quilos de maconha.Raimundo Batista Baraúna e o venezuelano Eduard Hurtado Briguela José moram em Boa Vista e foram interceptados pelo Exército, quando tentavam sair de Pacaraima para a capital. Conforme informações repassadas à reportagem, a dupla foi abordada depois que duas mulheres procuraram os militares e denunciaram os suspeitos por desrespeito. Segundo elas, eles estavam perturbando numa estrada de acesso à Venezuela. POLÍCIA A17

BRASILEIRO E VENEZUELANO TENTAVAM VOLTAR DE PACARAIMA PARA BOA VISTA, QUANDO FORAM DENUNCIADOS POR MULHERES

DADOS MINISTERIAIS

RR registra superávit de US$ 11 milhões nos primeiros três meses deste ano A balança comercial de Roraima registrou superávit de US$ 11,4 milhões neste primeiro trimestre em relação ao mesmo período do ano passa-

do (alta de 176%). Os dados são do Ministério da Economia, divulgados nessa terça-feira (16). Quando as exportações superam as importações, o resulta-

do é de superávit. Quando as importações superam as exportações, o resultado é de déficit. Na prática, entrou mais dinheiro do que saiu. LOCAIS A6

15 DIAS DEPOIS

ASSUCENA 2

PF faz operação em RR e bloqueia bens de investigados ÚLTIMAS NOTÍCIAS A2

Denúncia: Balsa está inoperante no Passarão LOCAIS A5

VISITA À VENEZUELA

Telmário manda recado aos EUA e cria mal-estar no governo federal O governo federal não gostou do encontro do senador Telmário Mota (Pros), com o presidente da Venezuela Nicolás Maduro. A informação é do jornalista Gerson

MDB vai contra governo e defende ganho real do salário mínimo POLÍTICA NACIONAL A7

PRF inicia operação nas rodovias do Estado LOCAIS A5

CLASSIFICADOS HOJE Imóveis

fechada desde fevereiro. As imagens do encontro de Telmário Mota com Maduro chegaram a ser reproduzidas pela TV estatal venezuelana. ÚLTIMAS NOTÍCIAS A2

SEMANA SANTA

NOVA PROPOSTA

Emprego

Camarotti, publicada nesta terça-feira (16). O encontro foi uma ação individual do senador, que tenta conseguir a reabertura da fronteira da Venezuela com o Brasil,

ANÚNCIOS

Veículos

CLASSIFICADOS:

95 3623-3038 / 99137-0070

FALE COM A GENTE: 95 3624-6958

Anúncios, Assinaturas e Assinantes, Atendimento ao leitor.

TEMPO EM RORAIMA

32º 24º

Chuva: 60% Umidade: 81% a 51% Vento: 5km/h Sol: 05:46h / 17:47h

FONTE: CLIMATEMPO


A2

Últimas Notícias

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

CONTRADIÇÃO

Na Venezuela, Telmário Mota manda recado aos EUA e cria mal-estar no governo federal Visita foi vista como ação contrária ao que é defendido pelo governo; senador comemorou possível reabertura da fronteira Reprodução/Twitter

WINICYUS GONÇALVES

Federal. Telmário ainda ameaçou dizendo que, caso a União não mandasse a Polícia Federal para impedir a entrada dos estrangeiros, ele mandaria a polícia dele. “Ou o novo presidente fecha a fronteira e dá condições para estado de Roraima, ou eu vou botar minha polícia e vou fechar e vou criar uma situação institucional entre o estado de Roraima e a nação brasileira”, discursou em vídeo compartilhado durante o período eleitoral. Telmário ficou em quinto lugar com 9,4 mil votos, ou 3,5% dos votos válidos. Após ficar fora do segundo turno, Telmário não apoiou nenhum candidato, e disse que independentemente do resultado das eleições, seria “um fiscal implacável” do próximo governador. Antônio Denarium (PSL) foi eleito após derrotar Anchieta Júnior (PSDB).

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

O governo federal não gostou do encontro do senador Telmário Mota (Pros), com o presidente da Venezuela Nicolás Maduro. A informação é do jornalista Gerson Camarotti, publicada nesta terça-feira (16). O encontro foi uma ação individual do senador, que tenta conse-

TENTATIVA Encontro foi uma ação individual do senador, que tenta conseguir a reabertura da fronteira da Venezuela com o Brasil guir a reabertura da fronteira da Venezuela com o Brasil, fechada desde fevereiro. As imagens do encontro de Telmário Mota com Maduro chegaram a ser reproduzidas pela TV estatal venezuelana. Após o encontro, o senador comemorou a possibilidade de reabertura da fronteira e de “reestabelecimento das ações diplomáticas entre os dois países”. Ainda em pronunciamento durante a visita ao Palácio de Miraflores, sede do Governo Venezuelano, Telmário foi mais enfático e mandou um recado direto aos Estados Unidos. “Que eles cuidem dos Estados Unidos. Da Venezuela cuida o povo venezuelano e as instituições venezuelanas. Do Brasil cuida o povo brasileiro e o governo brasileiro. Nós não queremos parcerias que ve-

Telmário defende posições contraditórias quanto à fronteira desde a campanha eleitoral no ano passado

nham a implantar atrito ou briga entre nações unidas como Brasil e Venezuela”, declarou o senador. A fala de Telmário vai contra o posicionamento defendido pelo Grupo de Lima, grupo de países latino-americanos que quer a “retomada da ordem democrática” no país comandado por Nicolás Maduro. O Brasil faz parte da organização, que se reuniu nesta segunda-feira (15) no Chile e aprovou um pedido

para que a ONU tome “atitudes” a fim de evitar a “deterioração progressiva da paz e da segurança” na Venezuela. Os EUA não fazem parte do grupo, mas tem liderado as ações para promover ajuda humanitária e retirar Maduro do poder para “reestabelecer a democracia” no país vizinho. Desde o início do governo, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) tem alinhado discurso aos pensamentos do presidente norte-

Polícia Federal deflagra Operação Assucena e bloqueia R$ 1,4 milhão de investigados A Polícia Federal em Roraima deflagrou nessa terça-feira (16) a Operação Assucena 2, que objetiva a descapitalizar grupo criminoso investigado por desvio de recursos públicos federais através de fraudes na concessão de operações de crédito rural na Caixa Econômica. Segundo a Superintendência, foram cumpridos quatro mandados de Busca e apreensão em Boa Vista, expedidos pela Justiça

Federal, após inquérito policial. Durante a deflagração da operação, houve sequestro de imóveis do principal investigado em valores de aproximadamente R$ 1,4 milhão em bens, como apreensão de documentos e de um veículo. A primeira fase da operação foi deflagrada em outubro do ano passado, com o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão e um man-

dado de prisão do líder do grupo criminoso. O grupo abria contas junto à Caixa Econômica Federal e pleiteava créditos rurais e empréstimos para empresas de fachada, como se os valores fossem destinados a grandes produtores rurais e criadores de gado em Roraima. O nome da operação remete ao nome comercial utilizado pelo principal investigado. DIVULGAÇÃO

Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão

-americano, Donald Trump, e entende que os EUA são aliados importantes em termos de relações exteriores. Bolsonaro, inclusive, reconhece a Juan Guaidó como presidente legítimo da Venezuela e tenta ingressar ajuda humanitária, em conjunto com o Estados Unidos, no país vizinho. CONTRADIÇÃO Telmário tenta a reabertura da fronteira, fechada desde

o dia 21 de janeiro, após determinação de Maduro para barrar a ajuda humanitária oferecida pelos EUA e por países latinos, incluindo o Brasil. A nova bandeira do atual senador entra em contradição com o discurso durante a campanha ao governo de Roraima, em 2018. O parlamentar chegou a afirmar que a imigração descontrolada de venezuelanos desde 2016 era culpa da Prefeitura de Boa Vista e do Governo

OPOSIÇÃO? A posição de Telmário Mota quanto ao Governo Federal não é muito clara. O senador começou a nova legislatura no PROS. O partido que topou coligar com PT e PCdoB na corrida presidencial de 2018, na chapa de Fernando Haddad (PT). A troca de partido aconteceu após o PTB declarar apoio a Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno das eleições. No entanto, Telmário nunca se pronunciou contrariamente ao novo governo ou diretamente a Bolsonaro. O parlamentar pediu para se filiar ao PTB em 2017, depois de ser expulso do PDT, partido em que foi eleito senador em 2014, por ter votado a favor da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do teto de gastos.

Justiça do Trabalho determina recontratação de quatro servidores demitidos da Codesaima JOSUÉ FERREIRA

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

A Justiça do Trabalho determinou que o governo de Roraima reintegre ao quadro de funcionários quatro servidores que haviam sido demitidos da Companhia de Desenvolvimento de Roraima (Codesaima). A decisão foi proferida pelo juiz Gleydson Ney Silva da Rocha, nessa segunda-feira (15). Conforme apurou o Roraima em Tempo, os quatro servidores devem voltar a trabalhar nas mesmas condições de trabalho similares a que cumpriam antes da dispensa, “observando as limitações das condições de saúde deles, se for o caso, devendo ainda comprovar o cumprimento” da determinação em dez dias, sob pena de multa de R$ 1 mil. Os servidores alegaram nos autos do processo que houve vícios na dispensa sem justa causa. O magistrado entendeu que, apesar de os funcionários cumprirem atividades distintas, bem como foram dispensados

em datas diferentes, não poderiam ter sido dispensados pela Companhia. Frente ao caso, caberia a tutela de emergência. Segundo o juiz, os termos de rescisão dos contratos de trabalho demonstram que as dispensas ocorreram sem justa causa. Nisso não há, a princípio, irregularidade. No caso em questão, de acordo com ele, a demissão está motivada em condição financeira e econômica. Nesse aspecto, portanto, não seria possível acolher a alegação dos reclamantes porque motivação houve. “Ocorre que não é possível concluir pela demonstração dessa impossibilidade financeira, já que os reclamantes foram admitidos durante o rígido processo de intervenção judicial, sendo inclusive convocados pelo interventor e por ele empossados. Houvesse mesmo essa impossibilidade financeira, o interventor sequer os teria empossado porque em seu plano de intervenção judicial a ele não cabe a ampla liberdade que um natural

gestou ou administrador tem”, rebateu o magistrado. Para justificar ainda mais a decisão, o juiz escreveu que a Codesaima adquiriu imóveis depois de demitir os servidores, não sendo, portanto, compatível com discurso de não haver dinheiro para pagamento dos funcionários. Ademais, ressaltou os cargos em comissão, que custam para os cofres públicos mais do que os aprovados em concurso. “O ato que motivou a dispensa dos reclamantes, portanto, nesse caso não pode gozar da presunção de legitimidade e veracidade, quando os documentos dos autos denunciam o oposto. O motivo alegado pela reclamada que determinou a dispensa dos reclamantes não está demonstrado. Antes pelo contrário, o que resta demonstrado é uma aparente retaliação às rotinas e planos de administração do interventor judicial, buscando, ao que tudo indica, um desfazimento de tudo que foi elaborado”, continuou.


Opinião A3

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

Roraima Alerta VISITA O senador Telmário Mota (PROS) fez questão de divulgar todos os detalhes da visita que fez ao ditador venezuelano Nicolás Maduro. O objetivo do encontro diplomático foi pedir a reabertura da fronteira em Pacaraima que está fechada desde fevereiro por decisão do próprio Maduro. O que Telmário não contava era com a repercussão tão negativa do fato. Primeiro, o eleitor não esqueceu o discurso dúbio do senador que, quando candidato ao governo, afirmou que fecharia a fronteira nem que fosse com a polícia do próprio Estado para evitar a entrada de mais venezuelanos. Por que ao término da eleição ele mudou o discurso? REPERCUSSÃO Nas suas redes sociais predominaram os comentários negativos. Teve internauta que até sugeriu a criação de uma campanha para que Telmário ficasse na Venezue-

la, sem necessidade de retomar ao território brasileiro. Como resultado da visita, Maduro afirmou que “em breve” a fronteira deve ser reaberta, o que para muitos roraimenses representa um novo problema. Afinal, com a fronteira fechada menos venezuelanos estão chegando a Roraima, com exceção daqueles que preferem se arriscar pelas trilhas clandestinas que, também seguem sob a vigilância da temida Guarda Nacional. COMO FICA? Até onde se sabe a visita de Telmário não foi discutida com o presidente Jair Bolsonaro (PSL), portanto ela não é uma visita com características diplomáticas entre os dois países. Outro agravante é que o discurso proferido pelo senador e transmitido em cadeia nacional deve ter arrepiado os cabelos do presidente. O Brasil reconheceu a autoridade de Juan Guaidó, portanto, nenhum contato oficial deveria

ser feito com Maduro. Além disso, no maltrato aos animais, estimulaem sua fala Telmário tece críticas dos a se enfrentarem em ringues ao governo dos Estados Unidos. improvisados até que um deDeve no mínimo ter esles morra, é proibido no quecido que Jair BolsoBrasil. Legislação que naro visitou recenteTelmário insiste em Como resultado da mente o presidente modificar, diga-se visita, Maduro afirmou que norte-americano de passagem. Mas, “em breve” a fronteira deve buscando estreina Venezuela, as tar os vínculos rinhas são liberaser reaberta, o que para muitos com o país. Asdas. Deve ser por roraimenses representa um sim, as atitudes de isso que Telmário novo problema. Telmário podem faz tanta questão colocar em risco até de manter a fronteia relação do próprio ra aberta, para poder Bolsonaro com o Estado transitar livremente com de Roraima. Muito arriscado. seus galinhos, aproveitando seu esporte preferido. RINHA Entre os comentários mais joVIOLÊNCIA cosos em relação ao encontro de Rinhas de galo são espelho da Telmário e Maduro lembraram que violência. Os animais se machucam, o senador é adepto das rinhas de sangram e só são retirados da arena galo, inclusive, sendo um dos criaquando um deles morre. E parece dores dos animais mais cobiçados que esse espetáculo é algo que, de Roraima. O problema é o que de alguma maneira, agrada ao seesse tipo de esporte, que se baseia nador. Ele próprio é acusado de ter

espancado e ameaçado uma jovem em dezembro de 2015. Ela procurou a delegacia e prestou queixa contra o parlamentar. No Boletim de Ocorrência e no Laudo registrado, consta a descrição dos hematomas que a jovem tinha no corpo e ainda o relato de ameaça que sofreu por parte de Telmário. REGISTRO Os documentos da Polícia registram ainda o relatado da jovem que afirmou manter uma relação extraconjugal por três anos com o senador. Considerando a data do ocorrido e a idade da moça, essa relação começou quando ela ainda era menor de idade. O inquérito contra Telmário foi instaurado, chegou a ser analisado pela Procuradoria Geral da República e hoje, tramita na justiça Estadual onde segue parado. Uma vergonha para o Estado que detém um dos maiores índices nacionais de violência contra a mulher.

Editorial

A indústria das invasões de terras Este editorial deveria ser leitura obrigatória para um notório invasor de terras em Roraima: a atuação mais enérgica do secretário especial de Assuntos Fundiários, Luiz Antonio Nabhan Garcia, nos primeiros cem dias de governo do presidente Jair Bolsonaro, representa um importante indicativo de avanço em aspectos de segurança para as propriedades privadas na

cidade e no campo. No 1.º trimestre de 2019, o Incra registrou uma ocupação de terra no País, contra 43 invasões registradas em propriedades em igual período do ano passado. Há tempos o setor cobrava postura de combate às ocupações ilegais, aos atos de incitação à violência e de afronta ao Estado Democrático de Direito. É preciso que o modelo ideológico de distribuição

de terras seja repensado com fundamento em bases mais criteriosas dos pontos de vista jurídico e constitucional. Ainda analisando essas questões, é, portanto, correta política do governo de extinguir reservas em áreas ricas em minérios, como uma de cobre criada pelo governo militar para evitar que um grupo estrangeiro do qual um almirante não gostava

fizesse pesquisa mineral nessa vasta área situada no Amapá e norte do Pará. Para justificar a criação desse monstrengo de restrições, foi alegada necessidade de proteger reservas de cobre que ninguém conhece, ninguém viu. O absurdo da criação dessa “reserva” foi por demais óbvio, pois na ocasião o País importava a maior parte do cobre que consumia. Com isso, desde

então nenhuma empresa pôde pesquisar qualquer tipo de minério nessa área. O que, convenhamos, desestimulou pesquisas em outras regiões, como aqui em Roraima. Hoje, sabe-se que aqui existem jazidas que afloram na superfície de montanhas, como o ouro que vem sendo descoberto e levado à clandestinidade garimpeiros que para aqui vieram e atuam à margem da lei.

Questão de Opinião

A Charge

Direito Amazônico e Segurança Alimentar na Amazônia: Mandioca e Casa de Farinha GURSEN DE MIRANDA* 1. Iniciando

ACERTOU

ERROU DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Mandioca: Eleita pela ONU como o “Alimento do Século 21”, conforme noticiado em dezembro de 2016, ressalta necessidade de melhor conhecer a Amazônia e o acerto do tema de conferência que proferida em 2002, “Segurança alimentar na Amazônia - A produção agroindustrial típica na Amazônia e a segurança do alimento: a casa de farinha”, sob compreensão do Direito Amazônico (VII Congresso Mondiale di Diritto Agrário da Unione Mondiale degli Agraristi Universitari (UMAU), realizado pela Scuola Superiore Sant’Anna di Pisa e Università di Siena, no período de 05 a 09 de novembro de 2002. In Revista de Direito Agrário, Ambiental e da Alimentação / publicação oficial da Academia Brasileira de Letras Agrárias, Ano 1, N.º 1 (Jul./2004-Jun./2005). Rio de Janeiro: Forense, 2005). Faço síntese do texto original. 2. A Mandioca

A Justiça do Trabalho, que obrigou o Estado a contratar novamente os concursados da Codesaima, demitidos em fevereiro pela nova gestão. O governo tem 10 dias para readmitir ao quadro de funcionários quatro servidores do 80 prejudicados. A Justiça mostra que está atenta a qualquer irregularidade e foi enfática ao informar que o discurso do governo não condiz com a prática. Citou comissionado e até gastos desnecessários.

O ministro Alexandre de Moraes, que censura a imprensa e recusa pedido da Procuradoria-Geral da República. A decisão coloca em cheque a liberdade de imprensa e de expressão, ainda mais em casos como esse, em que os fatos precisam ser mostrados para a população. Um ato vergonhoso, numa Corte que deveria defender e não oprimir a imprensa deste país. Ficam registrados nossos votos de repúdio.

Quando os europeus chegaram ao vale do rio Amazonas encontraram índios plantando mandioca há muitos anos, para produção de vários tipos de comidas e bebidas, o cultivo da mandioca seria a atividade agrária principal da região. A mandioca (manihot esculenta Crantz), cultura de origem sul-americana, tendo como

Quando os europeus chegaram ao vale do rio Amazonas encontraram índios plantando mandioca para produção de vários tipos de comidas e bebidas e o cultivo da raiz seria a atividade agrária principal da região. A mandioca (manihot esculenta Crantz), cultura de origem sul-americana, tendo como centro a Amazônia, é a mais antiga planta cultivada no Brasil

centro a Amazônia, é a mais antiga planta cultivada no Brasil, utilizando a casa de farinha para produção da farinha, principal alimento da gastronomia amazônica, de forma direta ou por meio de suas iguarias. Os povos da Amazônia sustentavam sua economia agrária na plantação de raízes como a mandioca que vinha sendo cultivada desde pelo menos 5.000 a.C., conforme elementos arqueológicos encontrados no vale do rio Orenoco, na Venezuela. A introdução do cultivo da mandioca no campo amazônico, durante o primeiro milênio a.C., seria fator decisivo para fixação da pessoa humana na Amazônia. A mandioca é utilizada de diversas formas, possui facilidade de cultivo e de adaptação, razão pela qual seria um dos principais alimentos energéticos do mun-

do, fonte de carboidratos. Além de sua importância na alimentação humana, alimenta animais e serve de matéria-prima em produtos industriais. Normalmente cultivada em pequenas áreas com baixo nível tecnológico. Para além da importância econômica e social, a mandioca traz valor cultural, a consagrar a região como “Cultura da Mandioca” - é a marca da identidade cultural da Amazônia. Inegavelmente essas atividades agrárias tendo como elemento central a mandioca (agricultura e agroindústria), desde o plantio até consumo final em forma de farinha ou outras é simbólico na região, definindo costumes, crenças, tradições, manifestações e lendas, sedimentando sua importância como expressão cultural amazônica, a exigir o acobertamento jurídico dessa realidade, conforme o regionalismo jurídico, o Direito Amazônico. *O autor é professor de Direito (UFRR), presidente da Academia Brasileira de Letras Agrárias e desembargador aposentado (TJE/RR).


A4

Local

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

FISCALIZAÇÃO

MPF volta a defender diálogo com indígenas e reprova aceleramento do Linhão de Tucuruí Início das obras está previsto para o segundo semestre deste ano e conclusão será em 2021, afirma governo federal DIVULGAÇÃO

Todo processo que envolve a construção do Linhão de Tucuruí, que deve interligar Roraima ao Sistema Nacional de Energia, está sendo minunciosamente acompanhado pelo Ministério Público Federal (MPF) do Amazonas. A iniciativa é para evitar que trâmites indevidos ou direitos assegurados por lei sejam violados. A informação foi divulgada nessa terça-feira (16)

DIREITOS Trabalho tem como objetivo garantir a observância dos procedimentos legais, constitucionais e internacionais

pela Rádio 93FM. O linhão ligará Boa Vista a Manaus, o que deve resolver em definitivo o problema energético do Estado. Atualmente, o abastecimento é feito por usinas termelétricas, que gastam R$ 3,5 milhões por dia em diesel para atender a demanda. O parque foi acionado após blecaute no Linhão de Guri, que abastece Roraima há quase duas décadas. A liberação do licenciamento de instalação para o início das obras está prevista para ocorrer nos próximos meses. Com isso, os trabalhos devem iniciar no segundo semestre deste ano e concluídos em 2021, assegurou o governo federal no mês passado. O

processo para a efetivação da linha se arrasta há pelo menos oito anos, mas, agora, tornou-se prioridade da gestão Bolsonaro. O MPF do Amazonas informou estar atendo aos fatos e as movimentações relacionadas à construção da linha de transmissão. O órgão ressaltou “vê com preocupação a manifestação do Conselho de Defesa Nacional e a tentativa de aceleração da obra sem qualquer diálogo com os diversos atores envolvidos, em especial os indígenas da etnia Waimiri-Atroari”. A ação do Ministério tem como objetivo garantir a observância dos procedimentos legais, constitucionais e internacionais relacionados ao direito ao meio ambiente e ao respeito aos direitos dos povos indígenas. Foi, inclusive, o MPF do Amazonas que barrou a construção da linha, ao impedir a liberação da licença ambiental. IRREGULARIDADES De acordo com o órgão fiscalizador, a escolha do traçado em paralelo à rodovia BR-174 não foi precedida de análise das alternativas locacionais existentes, tampouco de avaliação dos indígenas. Essa definição, considerada pelo órgão como “arbitrária”, motivou o questionamento da validade do leilão da linha de transmissão. O empreendimento, conforme o MPF, foi idealizado de forma viciada, mediante avaliação meramente econômica, que teria desconsiderado os diversos aspectos socioambientais da região. Sobre essa situação, o Ministério afirmou já ter formulado questionamentos relacionados ao fracionamento indevido do licenciamento am-

Linhão de Tucuruí está parado há oito anos, após MPF pedir que licenciamento ambiental fosse barrado

biental e propôs ações referentes à inexistência de consulta e consentimento livre, prévio e informado dos indígenas Waimiri-Atroari, que teriam o território cortado pela obra. “Também as tentativas de coação desse povo, por parte da Eletronorte e da Fundação Nacional do Índio [Funai], para que concordem com a linha de transmissão. Em todos os casos, houve decisões favoráveis aos pedidos do MPF, inclusive, com sentença já prolatada pela nulidade da escolha do traçado e do leilão que atribuiu à Transnorte Energia a execução da obra”, destacou.

Patrulha da Chuva antecipa limpeza de ruas para evitar alagamentos no inverno em BV ANDERSON SOARES

anderson.soares@roraimaemtempo.com.br

A equipe da Patrulha da Chuva, da Prefeitura Municipal de Boa Vista, antecipou os trabalhados em locais estratégicos com o intuito de evitar alagamentos no período chuvoso e transtornos aos boa-vistenses. O inverno está previsto para iniciar nas primeiras semanas de maio. Além dos trabalhadores que atuam especificamente com foco no inverno, durante todo o ano a prefeitura mantém

outras equipes na realização de limpeza da cidade. Ruas, avenidas e calçadas, por exemplo, são constantemente limpas, no entanto, é necessário que a população também contribua evitando jogar lixo nos locais inadequados. Conforme balanço dos trabalhos realizados pela Patrulha da Chuva, mais de 16 canais e valas já foram limpos. A previsão, segundo o Município, é que mais de 80 ruas recebam os serviços de limpeza, o que garantirá o escoamento da água Divulgação/PMBV

Mais de 16 canais e valas já foram limpos e previsão é que mais de 80 ruas recebam os serviços de limpeza

com mais agilidade durante o período das chuvas. “O inverno ainda nem chegou, porém nós adiantamos os serviços e estamos fazendo um trabalho de prevenção com a Patrulha da Chuva. Conto com a colaboração de todos. Afinal, trabalhando em conjunto as coisas funcionam melhor”, enfatizou a prefeita de Boa Vista, Teresa Surita (MDB). As limpezas estão ocorrendo tanto em bairros afastados, como nos localizados nas regiões adjacentes ao Centro da cidade. O foco são as áreas de risco, onde normalmente costumam alagar, na maioria das vezes, por conta de problemas de drenagem ou a boca de lobo fechada com lixo. “Eu sempre falo, mas não custa lembrar: atenção ao lixo doméstico. Até aquele copinho descartável pode contribuir para o alagamento. Nada de jogar galhadas nas ruas, valas ou bueiros. Vamos encarar juntos mais esse inverno”, reforçou a prefeita. Cerca de 40 bairros devem receber os serviços da patrulha antes do início das chuvas em Roraima. A população pode ajudar a prefeitura ligando para o 156 e informando os locais que estão com problemas de escoamento.

DANOS Desde 2015, por meio do Grupo de Trabalho Povos Indígenas e Regime Militar, o MPF afirmou que busca a reparação e a compensação pelos graves danos causados ao povo Waimiri-Atroari em decorrência da abertura da rodovia BR-174, durante o período da ditadura militar. Teria, inclusive, pedido em ação civil pública, a responsabilidade do Estado brasileiro pela morte de mais de dois mil indígenas na realização da obra, além do pagamento de indenizações e o estabelecimento de garantias de não repetição,

como a não intervenção militar em terra indígena e a garantia de que qualquer empreendimento sobre o território dependa de consentimento dos indígenas. “Busca-se evitar que novas violações sejam praticadas no local e que a existência da estrada seja utilizada como um ‘mecanismo facilitador’ para novos empreendimentos, que é justamente o que ocorre no caso da linha de transmissão”, explicou. O MPF salientou que está analisando as medidas cabíveis para garantir os direitos constitucionalmente assegu-

rados aos indígenas e impedir que a falta de diálogo e a tentativa de realizar uma obra de grande impacto de maneira açodada resultem na repetição de episódios de graves violações, como os ocorridos durante a abertura da BR-174. “Os Waimiri-Atroari sempre estiveram dispostos ao diálogo aberto e informado sobre a obra em questão, e que o procedimento apenas não avançou até hoje em face da resistência do governo brasileiro em respeitar as leis nacionais e internacionais que assumiu o dever de cumprir”, concluiu.

Visitas na penitenciária são adiadas por falta de materiais para avanço de reforma RIKAELLY SILVA

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) informou, nessa terça-feira (16), que as visitas de familiares aos reeducando da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, zona Rural de Boa Vista, foram adiadas por falta de materiais de construção para a continuação da reforma realizada na unidade prisional. Desde setembro do ano passado, o presídio está sob intervenção federal, executada pela Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP), que permanecerá no estado por mais 180 dias, a contar de 04 de abril, conforme publicação no Diário Oficial da União (DOU) do dia 29 de março. A razão do adiamento se deu em função das obras de reformas do presídio, iniciadas em janeiro deste ano, que se encontram em atraso, devido à ausência de material de cons-

trução apropriado no mercado local, impossibilitando acesso de pessoas à penitenciária por questões de segurança, segundo informações da Sejuc. O coordenador da FTIP, Maycon César Rottava, afirmou durante apresentação dos resultados da Operação Élpis, que a reforma estrutural do presídio está sendo executada. Desde o início da operação em 26 de novembro de 2018, famílias foram impedidas de visitar os detentos. Um dos motivos é a falta de espaço adequado para receber os visitantes. Como houve atraso na construção de um espaço próprio para visitas, a Sejuc sugeriu o parcelamento das visitações, mas os familiares recusaram a proposta e decidiram esperar o término das obras, com previsão para março, a fim de que as visitas ocorram de modo geral. O balanço da FTIP mostrou que a peniten-

ciária estava enfrentando graves problemas, desde a manutenção, acúmulo de lixo, comida ruim, saúde e ampliação. Muitos familiares reclamam que estão a mais de quatro meses sem ver os parentes presos. Com a intervenção prorrogada por mais 180 dias, as melhoras no presídio e no sistema irão sobressair, de acordo com o coordenador da operação. A Sejuc reforçou que não há visitas no local por segurança aos visitantes. “As alas de recebimento estão muito precárias, totalmente sem uso e as obras que se encontram paradas nesse momento são justamente para a construção do novo espaço”, citou. Uma nova data será marcada, anunciada e publicada nos murais da Divisão de Inteligência e Captura (Dicap), anexo ao prédio da Sejuc até 25 de abril de 2019, informou a pasta.


Local

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

A5

TRÂNSITO SEGURO

PRF intensifica fiscalização nas rodovias de Roraima durante feriado da Semana Santa Operação busca coibir irregularidades praticadas ao volante e inibir condutas causadoras de acidentes Divulgação/PRF

DA REDAÇÃO

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

Com o feriado da Semana Santa, de 18 a 21 de abril, o movimento nas principais rodovias federais de Roraima fica intenso. Para coibir irregularidades praticadas ao volante e inibir condutas causadoras de acidentes, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizará a Operação

ALERTA Para atingir o objetivo de um trânsito seguro no feriado, a PRF ressalta que também se faz necessária a consciência dos condutores Semana Santa. O trabalho deve começar às 00h00 e se estender até as 23h59 de domingo. A instituição informou que serão priorizadas as abordagens educativas direcionadas à embriaguez ao volante, ao não uso do aparelho celular enquanto estiver dirigindo, ao uso da cadeirinha para transporte de crianças, somadas às autuações de ultrapassagens indevi-

Efetivo estará presente nas principais rodovias de Roraima

das e excesso de velocidade. “A fiscalização tem o objetivo de trazer tranquilidade aos condutores que devem circular pelas rodovias do estado. Os trabalhos visam reduzir acidentes e evitar a violência no trânsito”, pontuou a PRF, ao acrescentar que o efetivo será reforçado

e alocado estrategicamente, orientando os usuários sobre noções de educação para o trânsito nos dias de maior circulação. TRÂNSITO MAIS SEGURO Nesse sentido, em busca de um trânsito mais se-

Moradores reclamam de não funcionamento da balsa do Passarão; ‘problemas pontuais’ RIKAELLY SILVA

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

Os moradores da Vila Passarão procuraram o Roraima em Tempo para denunciar o não funcionamento da balsa, que interliga a região da Vila a 27 comunidades indígenas do Baixo São Marcos, região Norte de Roraima. Segundo eles, a balsa está parada há 15 dias, prejudicando tanto o transporte das pessoas, quanto o escoamento da produção. Conforme a denúncia, os moradores estão atravessando em canoas e embarcações de pequeno porte. O escoamento da produção e a entrada e saída de veículos têm sido feitos por uma estrada que leva aos municípios de Normandia e Bonfim, que aumenta o percurso em 80 quilômetros. A professora e moradora da região, Cilela Andréa Moraes, contou que um dos principais problemas causados pela paralisação no serviço é o transporte de crianças à escola e também da merenda escolar para os alunos.

“A situação está difícil. Eu, como professora da Escola da Comunidade da Ilha do Passarão, sei de perto o que estamos passando aqui. Temos muitas dificuldades para levar a merenda escolar, transportar os alunos e até mesmo para locomoção diária dos moradores”, disse. No último dia 6, um esforço conjunto com o Instituto de Terras e Colonização (Iteraima), Exército Brasileiro e a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), reparou o motor da embarcação que havia parado de funcionar devido ao esforço para atravessar o rio Uraricoera no período de estiagem, com o nível de água reduzido. A professora assegurou que foi realizada uma operação conjunta para o motor da embarcação voltar a funcionar, “mas quando tudo estava instalado, na hora do funcionamento houve um grande vazamento de óleo e a balsa continuou parada”. Ela acrescentou que diante da necessidade de atravessar o rio, muitos moradores arris-

cam a vida e outros acumulam prejuízos. “A despesa está sendo grande para muitos, pois cobram até R$ 10 por pessoa para atravessar para o outro lado. Enquanto outros colocam vida e da família em risco, pois as pequenas embarcações não dispõem de segurança adequada e nem de coletes salva vida. Quem prefere ir de motocicleta, o valor ainda é mais alto”, destacou Cilela. PROBLEMAS PONTUAIS Em nota, a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento esclareceu que o motor da balsa do Passarão foi consertado, porém, ao ser colocado de volta na embarcação, outros problemas pontuais surgiram. “Todos os reparos necessários estão sendo feitos para que a balsa volte a funcionar o quanto antes, atendendo o produtor rural da região da Vila Passarão e as comunidades indígenas localizadas do outro lado do rio Uraricoera”, citou a nota enviada à redação. Edinaldo Morais/Roraima em Tempo

Escolas das comunidades estão tendo dificuldades para transportar merenda

guro, a PRF também gostaria de contar com a atenção e diligência dos motoristas, solicitando que façam as revisões necessárias nos veículos e a checagem dos equipamentos obrigatórios antes de pegar a estrada. “Os pneus devem estar

em condições de rodagem, o motorista e passageiros usando cinto de segurança e o acionamento dos faróis durante o dia são de suma importância no trajeto”, orientou a instituição. Para atingir o objetivo de um trânsito seguro no feriado religioso, a PRF ressalta que

também se faz necessária a consciência dos condutores e usuários nas rodovias e alerta para que respeitem os limites de velocidade e não excedam quanto ao uso de bebidas. As equipes estarão empregadas nas principais rodovias do estado.

Sebrae em Ação leva atendimento gratuito à população do município de Alto Alegre O Sebrae leva atendimento móvel aos municípios de Roraima e aos bairros da capital Boa Vista com maior densidade empresarial. Neste primeiro semestre, as unidades visitarão os municípios de Alto Alegre, Rorainópolis e Caracaraí, com serviços para empreendedores e candidatos a empresários. A partir da próxima segunda-feira (22), as equipes estarão no município de Alto Alegre em uma ação conjunta com o Sesc. A unidade móvel permanecerá até o dia 26 de abril na Escola Municipal Edneide Sales Campelo, na Avenida 1º de Julho - Centro. Durante o dia, serão oferecidos serviços como: orientação sobre a abertura de empresas, melhoria da gestão e consultoria. No período da noite, o Sebrae em Ação oferecerá as palestras e oficinas com temática que abordam Gestão, Finanças, Inovação e Atendimento ao Cliente. Os serviços são totalmente gratuitos. “Quem deseja abrir o seu negócio, se formalizar ou melhorar a competitividade do seu empreendimento, pode procurar a nossa unidade. Também

oferecemos consultoria para aqueles que desejam inovar ou se expandir no mercado”, ressaltou Nuberlânia Ribeiro Batista, gerente da Unidade de Relacionamento com o Cliente do SEBRAE/RR. É necessário apresentar os seguintes documentos pessoais: Identidade, CPF e o CNPJ do empreendimento. Para mais informações ou para conhecer o cronograma do Sebrae em Ação nos bairros de Boa Vista e nos municípios, basta ligar para a Central de Relacionamento do Sebrae, no 0800 570 0800. MEI - Para o Microempreendedor Individual (MEI) são oferecidos serviços como: emissão da Declaração Anual do Simples Nacional (DASN), alteração de dados empresariais, impressão do Documento de Arrecadação do Simples

Nacional (DAS), parcelamento de débitos no âmbito da Receita Federal, além de orientações empresariais e formalização. Para a formalização, é necessário apresentar originais e cópias da Carteira de Identidade, CPF, Título de Eleitor, número do recibo do IRPF (caso tenha declarado), comprovante de residência (água ou luz) e comprovante comercial (água ou luz). Cronograma - O Sebrae em Ação iniciou os atendimentos de 2019 em março e já visitou os bairros Pintolândia e Nova Cidade. Nesses bairros, foram realizados mais de 200 atendimentos. As próximas localidades beneficiadas serão: Rorainópolis (06/05 a 10/05); Caracaraí (10/06 a 14/06); e bairro Raiar do Sol – Boa Vista (24/06 a 28/06). Divulgação/Sebrae-RR

Unidade móvel permanecerá até o dia 26 de abril na Escola Municipal Edneide Sales Campelo


A6

Local

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

ECONOMIA

Reabertura da fronteira Brasil-Venezuela deve aquecer comércio roraimense Anúncio da possível reabertura foi feito nessa segunda-feira (15), após negociações políticas entre os países YARA WALKER

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

Com um mês e 26 dias de fronteira fechada, o comércio de Pacaraima, Norte de Roraima, registrou um forte recuo. Todavia, foi anunciada nesta semana a possível reabertura do trecho, o que tem motivado os empresários. À época, a Receita Fede-

EM NÚMEROS Em 2018, Pacaraima registrou uma média de 67 mil entradas, sendo 560 ao dia. Desde o fechamento da fronteira, o registro caiu para menos de 300 entradas diárias

ral calculou prejuízos de R$ 5 milhões por dia. Após negociações políticas entre o Ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, e o senador Temário Mota (PROS), o presidente Nicolás Maduro anunciou na segunda-feira (15) a possibilidade da reabertura da fronteira

Neidiana Oliveira/Roraima em Tempo

Brasil-Venezuela. Durante as negociações, o chanceler Arreaza enfatizou que é propício aos países o estabelecimento de regras claras e que o Governo “deve reabrir a fronteira o mais rápido possível”. Pelo Twitter Maduro destacou que o encontro possibilitou o desenvolvimento de cooperação e irmandade entre os países. “Debatemos ideais sobre a importância de desenvolver boas relações vizinhas, cooperação e irmandade entre os nossos povos”, escreveu o presidente. Para os especialistas, a reabertura da fronteira pode trazer benefícios à população roraimense, principalmente no setor econômico. Na avaliação do economista, Paulo Henrique da Silva, este indicativo mostra que o Estado não depende somente do setor público, mas também das relações comerciais. “A tendência é que a economia se reestabeleça e também normalize a rotatividade de cargas, com mantimentos e outros materiais. Roraima precisa realizar estas ligações, pois é um estado muito isolado e mais da metade do Produto Interno Bruto [PIB] vem da esfera estatal. Por consequência, o comércio da Capital deve também ficar aquecido”, assegurou.

Para Silva, a área mais atingida foi o setor de transportes de carga. “Sem esta abertura e a crise constante tanto no Norte e Sul, a exportação de cargas ficou mais cara e os comerciantes de Pacaraima também sentiram os efeitos destas mudanças”, disse. De acordo com o economista, Fábio Martinez, o retorno do fluxo de migrantes será positivo para os dois países. “Será um alívio para os comerciantes e para a população, que por tradição, realizam essa troca, tanto com abastecimento de veículos brasileiros, turismo e compras em Santa Elena do Uairén. E como já sabemos, os nossos vizinhos vêm para realizar solicitação de refúgio e residência temporária, por consequência acabam movimentando a economia local”, avaliou. EM NÚMEROS Em 2018, o Posto de Recepção e Informação (PRI), em Pacaraima, registrou uma média de 67 mil entradas de venezuelanos no Brasil, sendo aproximadamente 560 por dia. Desde o fechamento da fronteira, o registro caiu para 12 mil entradas, o que equivale a cerca de 300 ao dia. Os números comparados ao último levantamento mostram uma queda de mais da

Desde o fechamento da fronteira, o movimento teve queda em mais da metade do registrado no último semestre de 2018

metade do fluxo diário. “Dados do Ministério da Economia deste ano mostram que as exportações continuaram do Brasil para a Venezuela. Entretanto, neste período houve um decréscimo relevante no primeiro trimestre. O desenvolvimento ficou estagnado o que prejudicou

tanto o Brasil como o país vizinho”, explicou Martinez. FRONTEIRA FECHADA Desde o dia 21 de fevereiro deste ano, por ordem do presidente Nicolás Maduro, a fronteira entre Brasil e Venezuela está fechada. A decisão foi tomada após

o presidente Jair Bolsonaro, junto com os Estados Unidos, estabelecerem um plano de ajuda humanitária à Venezuela, o que gerou uma ruptura nas relações diplomáticas. A situação provocou um cenário de conflito em Pacaraima e gerou prejuízos econômicos para Roraima.

Mesmo com fronteira fechada, balança comercial de RR tem superávit de US$ 11,4 mi WINICYUS GONÇALVES

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

A balança comercial de Roraima registrou superávit de US$ 11,4 milhões neste primeiro trimestre em relação ao mesmo período do ano passado (alta de 176%). Os dados são do Ministério da Economia, divulgados nessa terça-feira (16). Quando as exportações superam as importações, o resultado é de superávit. Quando as importações superam as exportações, o resultado é de déficit. Na prática, entrou mais dinheiro do que a quantia que saiu por meio das exportações e importações.

De acordo com o estudo, as exportações somaram US$ 15 milhões entre janeiro e março deste ano, uma alta de 115,4% em relação ao mesmo período do ano passado. Já as importações somaram US$ 3,63 milhões neste primeiro trimestre, com alta de 28% na comparação com o mesmo período em 2018. O superávit expressivo é, de certa forma, surpreendente, já que a fronteira entre Brasil a Venezuela está fechada desde o dia 21 de fevereiro, após determinação do presidente do país vizinho, Nicolás Maduro, para barrar a ajuda humanitária oferecida pelos EUA e por países

latinos, incluindo o Brasil, após pedido do presidente autoproclamado Juan Guaidó. Até antes do fechamento, a Venezuela era o maior destino comercial do que é produzido no Estado, entre produtos básicos e manufaturados. OUTRAS VIAS O economista Fábio Martinez explicou que talvez as exportações continuem sendo feitas por outras vias que não seja a BR-174. “Mesmo com a fronteira fechada, constaram exportações para a Venezuela, de acordo com o Ministério [da Economia]. Nos dados, as

exportações estão descritas como ‘de via desconhecida’. Então podemos supor que eles usaram outras formas que não a terrestre para entrar com as mercadorias dentro do território venezuelano”, avaliou. Apesar da participação da Venezuela na balança comercial roraimense continuar ativa, houve uma queda de 15% no valor do que foi exportado para o país vizinho em comparação com o primeiro trimestre de 2018, alcançando US$ 4,03 milhões. Com este cenário, dois outros países cresceram e ultrapassaram o país vizinho: A China que importou cerca de US$ 4,76 milhões em soja; e a Índia, que importou cerca de US$ 4,67 em ouro. O resultado fez com que as duas commodities impulsionassem o superávit e fossem responsáveis por 64% do que

foi exportado entre janeiro e março. Os produtos semimanufaturados (classe que se encaixa o ouro exportado) tiveram uma alta de 4821% chegando a US$ 5,22 milhões. “As exportações de ouro foram a novidade positiva da balança. Roraima, até então, não exportava ouro em grande quantidade para grandes mercados. É um mercado em expansão”, afirmou Martinez. Ainda conforme o economista, a volta da exportação da soja para o mercado internacional contribuiu decisivamente para o superávit. “A soja daqui é tradicionalmente exportada para um grupo empresarial. Então fica a cargo dele decidir quando comprar e exportar o produto. Ou seja, já se compra a maior parte da produção de uma vez”, destacou.

IMPORTAÇÕES As importações também registraram aumento. Assim como aconteceu em maio de 2009, a importação acentuada em janeiro deste ano se deve a compra de uma aeronave vinda dos Estados Unidos no valor de aproximadamente US$ 2,3 milhões. Outros produtos se destacaram na pauta de importação foram: partes de acessórios para veículos, centrais de ar-condicionado, pneus e eletroeletrônicos vindos da China, que somam mais de US$ 319 mil. “Apesar do aumento das importações, o cenário é positivo porque as lojas compram das áreas de livre comércio a um custo bem menor se comparado a custo de mercado interno. De fato, se torna mais vantajoso para as lojas”, explicou Martinez. Arquivo/Roraima em Tempo

Soja exportada para a China e ouro exportado para Índia impulsionaram superávit


Política Nacional

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

A7

LDO 2019

MBD defende ganho real do salário mínimo e trabalha para derrubar proposta do governo LDO foi apresentada pelo secretário especial de Fazenda, do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues Valter Campanato/Agência Brasil

JOSUÉ FERREIRA

nimo apenas pela inflação. Economistas e parlamentares já criticaram a proposta, que não permite aumento real e valorização do mínimo, já que com o aumento apenas considerando a inflação, o poder de compra do trabalhador permaneceria o mesmo, ou até poderia ser reduzido. A proposta precisa ser votada na Câmara e no Senado, onde o MDB já atua para alterá-la. A votação no Plenário da Câmara dos Deputados requer a presença de, no mínimo, 257 deputados e metade deles para aprovar uma Lei. O MDB tem 34 deputados eleitos na Casa Legislativa. No Senado precisa também de maioria.

josue.ferreira@roraimaemtempo.com.br

O Movimento Democrático Brasileiro (MDB) já trabalha para modificar a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) apresentada pelo goveno Bolsonaro nesta semana, informou ao Roraima em Tempo o presidente do par-

ENTENDA De acordo com o novo método, o salário mínimo não será mais calculado a partir de dois fatores: inflação e crescimento do PIB, como ocorria desde o ano de 2006

tido, Romero Jucá. Segundo ele, a sigla defende o ganho real do salario mínimo para o próximo ano, como ocorria até 2018, e não compactua com o modelo apresentado pela nova gestão. “As bancadas da Câmara e do Senado foram orientadas a defender o posicionamento do partido para que haja ganho real do salário mínimo. Nós somos contrários à proposição feita pelo governo federal, que quer retirar o ganho real, prejudicando a população mais pobre”, avaliou o presidente do partido nacional. A LDO foi apresentada pelo secretário especial de

LDO

Romero Jucá disse que bancadas foram orientadas a votar contra proposta do governo

Fazenda, do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, nesta semana. De acordo com o novo método, o salário mínimo não será mais calculado a partir de dois fatores: inflação e crescimento do PIB [Produto Interno Bruto], como ocorria desde o ano de 2006, época do então presidente Lula. Agora, o cálculo se dá apenas pela inflação. Conforme Jucá, o ganho real do salário mínimo repre-

senta um pouco a mais de recurso àqueles que necessitam, fazendo com que o dinheiro pago no salário mínimo circule na economia de cada um dos Estados. O ex-parlamentar considerou que o ganho real é importante para aquecer a atividade econômica, por isso, as bancadas já negociam para derrubar o modelo proposto pela gestão Bolsonaro. “Como era antes: a inflação mais o crescimento do

Bolsonaro não quer e não pode intervir em preços, diz porta-voz DIVULGAÇÃO

O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, afirmou ontem (16) que Jair Bolsonaro disse que “não quer” e “não pode” intervir nos preços praticados pela Petrobras. A declaração do presidente foi dada durante reunião com ministros para debater como funciona o processo de formação de preços dos combustíveis. “Uma frase que o nosso presidente disse logo no início da reunião, ou seja: ‘eu não quero e não tenho direito de intervir na Petrobras. Eu não quero e não posso intervir na Petrobras’”, relatou o porta-voz. Segundo ele, Bolsonaro acrescentou que não pode interferir nos preços da estatal por questões legais e políticas. Na semana passada, a Petrobras havia anunciado um reajuste de 5,74% do no preço do óleo diesel nas refinarias, mas a medida foi suspensa. Segundo o governo, Bolsonaro queria entender aspectos técnicos da decisão da Petrobras. Após a decisão de suspender o reajuste do diesel, ocorrida na última sexta-feira (12), houve queda das ações da petroleira na Bolsa de Valores de São Paulo, que registraram desvalorização de 8,54%. Segundo o porta-voz, o governo ainda estuda medidas para atender o setor do transporte de carga, que vai além

Declaração foi dada durante coletiva de imprensa ontem

do impacto do preço do diesel. A lista de demandas do setor passa por questões como piso mínimo (tabelamento do frete), pontos de parada e descanso, transporte de cargas perigosas, fiscalização do piso, infrações, marco regulatório do transporte de cargas, renovação e manutenção da frota, aposentadoria, cooperativismo, condições das rodovias e segurança. Em maio do ano passado, a alta no preço do diesel levou à paralisação da categoria, afetando a distribuição de alimentos e outros insumos, o que causou prejuízos a diversos setores produtivos. Em coletiva de imprensa, o ministro da Economia, Paulo Guedes, reforçou que o gover-

no está comprometido em não manipular preços. O governo anunciou um pacote de medidas para atender o setor de transporte de cargas do país. Uma delas é a oferta, pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), de uma linha de crédito especial para caminhoneiros autônomos, no valor total de R$ 500 milhões. Os recursos deverão ser usados para aquisição de pneus e manutenção dos veículos. Outra medida anunciada pelo governo foi a recomposição de R$ 2 bilhões do orçamento do Ministério da Infraestrutura para a conclusão de obra de pavimentação e manutenção de rodovias.

PIB. O governo está tirando o crescimento do PIB e deixando apenas a inflação. Ora, você não eleva o piso de quem ganha menos. Por que é importante isso [ganho real], porque atende quem ganha o salário mínimo, aposentado rural, aposentado do INSS, Benefício de Prestação Continuada [BPC], deficientes. São pessoas que precisam de mais recursos. Elas têm maiores necessidades”, defendeu o líder político.

VELHO E NOVO O modelo aplicado até então estava valendo desde o governo Lula (PT) e permitia o chamado aumento real do salário mínimo, quando este crescia acima da inflação, exceto quando não havia crescimento na economia. Como a lei que definia a fórmula deixará de vigorar no próximo ano, a nova gestão optou por apresentar estimativa que reajusta o mí-

A Lei de Diretrizes Orçamentárias é uma das três grandes normas do processo orçamentário brasileiro, o instrumento por meio do qual o governo estabelece as metas, diretrizes e prioridades da administração pública federal, como as obras e os serviços mais importantes a serem realizados, incluindo as despesas para o exercício financeiro subsequente. Ela também dispõe sobre as alterações na legislação tributária e define a política de aplicação dos recursos das agências financeiras oficiais de fomento. É também a LDO que registra as projeções macroeconômicas do governo para o ano seguinte, como as metas inflacionária e de resultado primário, a expectativa de crescimento do PIB e a projeção de quanto será o salário mínimo.

Câmara dos Deputados abrirá CPI para investigar tragédia de Brumadinho A Câmara dos Deputados instalará na terça-feira (23) uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para averiguar as causas e os responsáveis pelo rompimento da barragem da mineradora Vale em Brumadinho (MG), que aconteceu no dia 25 de janeiro. Na reunião, deverão ser escolhidos o presidente, o vice-presidente e o relator do colegiado. A comissão será composta por 43 integrantes titulares, com igual número de suplentes e funcionará inicialmente por 120 dias. A CPI foi sugerida pelos deputados Joice Hasselmann (PSL-SP), Carlos Sampaio (PSDB-SP) e Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ). O despacho que autoriza a instalação, assinado pelo presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ),

foi lido hoje (16) no plenário da Casa. COMISSÃO EXTERNA Atualmente, a Câmara dos Deputados já investiga a tragédia de Brumadinho (MG) por meio de uma comissão externa. Na semana passada, parlamentares integrantes da comissão apresentaram oito anteprojetos de lei para viabilizar o enfrentamento de riscos a que estão expostas as populações que vivem próximas às barragens de rejeitos da mineração. As propostas estão disponíveis para consulta pública e podem receber sugestões dos interessados no tema. “Propomos legislações que não permitam que crimes como os de Mariana e Brumadinho aconteçam e, ao

mesmo tempo, deem sustentabilidade e segurança à mineração”, disse o presidente da comissão externa, deputado Zé Silva (Solidariedade-MG). Entre outros pontos, os anteprojetos aperfeiçoam as normas para monitoramento e fiscalização da atividade de mineração no Brasil e o licenciamento ambiental do setor; acabam com isenções tributárias das empresas da área; reforçam a Defesa Civil e a Política Nacional de Proteção de Barragens; tipificam a conduta criminosa do responsável pelas barragens; e instituem um fundo para ações emergenciais decorrentes de desastres causados pela mineração. O Senado instalou, no dia 13 de março, uma CPI para apurar as causas da tragédia de Brumadinho. REUTERS/Washington Alves/Direitos Reservados

Senado já abril em março comissão para apurar tragédia em Minas Gerais


A8

Política Nacional

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

CENSURA

Alexandre de Moraes rejeita arquivamento de inquérito sobre ofensas a membros do STF Com a decisão de Moraes, o ministro Dias Toffoli, presidente da Corte, prorrogou o prazo do inquérito DIVULGAÇÃO

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, responsável por um inquérito que apura ofensas a ministros da Corte, rejeitou nessa terça-feira (16)  uma manifestação da Procuradoria-geral da República (PGR) pelo arquivamento da investigação. Com a decisão de Mora-

DECISÃO Moraes considerou que o ofício da PGR é “genérico” e “não se configura constitucional e legalmente lícito” es, o ministro Dias Toffoli, presidente da Corte, prorrogou o prazo do inquérito por mais 90 dias. O procedimento havia sido aberto no dia 15 de março a pedido do próprio Toffoli, e Moraes pediu a prorrogação na última segunda-feira (15). Na decisão que rejeitou o arquivamento, Moraes afirmou que a manifestação da procuradora-geral da Republica, Raquel Dodge, “não encontra qualquer respaldo legal, além de ser intempestivo, e, se baseando em premissas absolutamente equivocadas, pretender, inconstitucional e ilegalmente, interpretar o regimento da Corte”. Moraes considerou que

Alexandre de Moraes rejeitou pedido de Raquel Dodge

o ofício da PGR é “genérico” e “não se configura constitucional e legalmente lícito”.

No texto encaminhado ao Supremo, Dodge havia determinado o arquivamen-

to do inquérito, com o argumento de que o papel constitucional de acusador é do

Ministério Público e a ele cabe conduzir a investigação e, eventualmente, ser a

parte acusadora de uma denúncia. Moraes, no entanto, não acatou o argumento.

Se for a plenário, arquivamento de inquérito deve ser confirmado, avalia Marco Aurélio to pelo presidente do tribunal, Dias Toffoli, há um mês. Em comunicado ao ministro Alexandre de Moraes, a procuradora-geral da República (PGR) Raquel Dodge se manifestou pelo arquivamento da investigação. Estadão

Ministro avalia que STF está atuando ao mesmo tempo como órgão investigador, acusador e julgador

“O titular de uma possível ação penal é o MPF. Se ele entende que não há elementos sequer para investigar, muito menos terá para propor ação penal. Os inquéritos em geral, quando o Ministério Público se pronuncia pelo arquivamento, nós arquivamos. Essa tem sido a tradição no tribunal”, disse Marco Aurélio ao Congresso em Foco. A anomalia, segundo o ministro, se dá pelo fato de que o STF está atuando ao mesmo tempo como órgão investigador, acusador e julgador neste caso. “Pela primeira vez eu vi um inquérito sendo instaurado no próprio Supremo, por iniciativa de um integrante. Eu estou lá há 28 anos e nunca tinha visto isso. Agora vamos esperar os desdobramentos”, completa Marco Aurélio. O inquérito que apura fake news, ameaças e ofensas a ministros da Corte, protagonizou duas ações controversas nesta semana.    Na última segunda (15), Alexandre de Moraes cen-

EXPEDIENTE

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), avalia que o plenário da Corte deverá, se for provocado, confirmar o pedido de arquivamento do inquérito contra ofensas aos magistrados aber-

surou uma reportagem da revista Crusoé e do site O Antagonista que citava o presidente da Corte, Dias Toffoli. Já nesta terca (16),ordenou buscas relacionadas a sete pessoas  que teriam feito ofensas e ameaças à Corte na internet, incluindo o general Paulo Chagas, ex-candidato ao governo do Distrito Federal pelo PRP. No documento enviado ao Supremo, Dodge toma a iniciativa de promover, por meio do próprio órgão, o arquivamento da investigação, com o argumento de que a PGR tem prerrogativa constitucional para tomar essa decisão. Marco Aurélio avalia que a decisão final caberá ao ministro Alexandre de Moraes, que representa o órgão julgador, mas que não há razão para continuar as investigações de o MPF, que é o órgão acusador, entende que elas devem ser arquivadas. O jurista João Rafael de Oliveira, mestre pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e doutorando em Direito Cons-

DIREÇÃO GERAL: ROSILENE BRITO DIREÇÃO COMERCIAL: CYNTHIA NOLETO EDITOR-CHEFE: JOSUÉ FERREIRA EDITORA: NEIDIANA OLIVEIRA EDITORES SETORIAIS: NONATO SOUSA, PLINIO VICENTE, SÉRGIO PAULO REPÓRTERES: ANDERSON SOARES, GABRIELA GUIMARÃES, NAILSON ALMEIDA, RIKALLY SILVA, YARA WALKER E WINICYUS GONÇALVES FOTÓGRAFOS: EDINALDO MORAIS

titucional com ênfase em processo penal pelo Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), avalia que a questão tende a parar no plenário do STF. Oliveira concorda que a decisão final sobre o arquivamento ou não cabe ao Supremo, mas dá razão aos argumentos da PGR. “Me parece que a PGR está com toda razão. Uma vez que o sistema constitucional de justiça criminal é o sistema acusatório, em que há uma divisão das funções de acusar, julgar e defender. A pessoa que julga, ela jamais pode, pelo formato Constitucional adotado adotado, também instaurar uma investigação e também. Essa titularidade da acusação é específica e destinada ao MP”, analisa Oliveira. Os argumentos de Dodge Na avaliação da procuradora-geral, Toffoli e Moraes cometeram “vícios insanáveis do ponto de vista constitucional”. Por isso, em seu despacho de sete páginas, Raquel afirma que todos os procedimentos realiza-

dos a partir inquérito (4781) são considerados nulos pela PGR. O caso ainda gera polêmica. Há juristas que argumentam que a PGR não pode determinar o arquivamento, mas recomendá-lo aos ministros do Supremo. A tendência é que a decisão recaia sobre o plenário da corte, que tem jurisprudência de seguir os arquivamentos recomendados pela Procuradoria. Raquel sustenta que, de acordo com a Constituição de 1988, o Ministério Público é titular da ação penal e, portanto, tem de ser ouvido obrigatoriamente pelo Judiciário em inquéritos em andamento. “A situação é de arquivamento deste inquérito penal. No sistema penal acusatório estabelecido na Constituição de 1988, artigo 129-1º, o Ministério Público é o titular exclusivo da ação penal, exerce funções penais indelegáveis, e esta exclusividade provoca efeitos diretos na forma e na condução da investigação criminal”, argumenta a procuradora-geral

DIAGRAMADORES: NAZARENO NEVES E JÚNIOR PINHEIRO EDITORA ON LINE LTDA ENDEREÇO: ALAMEDA CANARINHO, 150, CANARINHO, BOA VISTA/RR – CEP. 69.306-580 FONE: 95 3624 6958 EMAIL JORNALISMO: jornalismo@roraimaemtempo.com.br EMAIL ADMINISTRATIVO: administrativo@roraimaemtempo.com.br EMAIL COMERCIAL: comercial@roraimaemtempo.com.br


Economia A9

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

ALERTA

Prévia do PIB mostrou queda de 0,73% em fevereiro, aponta Banco Central Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) caiu para 137,14 pontos. Este é o menor patamar registrado desde maio do ano passado STEPHANE MAHE/REUTERS

COTAÇÕES

Ibovespa subiu e ganhou 1,34%; o dólar avançou para R$ 3,90 SÃO PAULO - A bolsa paulista fechou no azul nesta terça-feira (16), em sessão de recuperação das ações Petrobras, em meio à repercussão benigna de medidas do governo para caminhoneiros, e alta de mais de 3 por cento dos papéis da Vale, após a Justiça autorizar a retomada da operação de sua maior mina em Minas Gerais. Papéis de empresas de proteínas também se destacaram, com JBS disparando mais de 8 por cento e renovando máxima histórica. BOLSA Índice de referência da bolsa brasileira, o Ibovespa subiu 1,34 por cento, a 94.333,31 pontos, tendo tocado 95.061,95 pontos na máxima. O giro financeiro somou 14 bilhões de reais. Petrobras PN e Petrobras ON subiram 3,05 e 3,57 por cento; JBS disparou 8,48 por cento, para 19,45 reais, cotação recorde para fechamento. No setor, Marfrig avançou 7,42 por cento e BRF saltou 6,26 por cento. Vale fechou em alta de 3,45 por cento. Sabesp valorizou-se 3,61 por cento;. Banco do Brasil subiu 2,07 por cento; Itaú Unibanco PN e Bradesco PN encerraram com decréscimos de 0,09 e 0,17 por cento, respectivamente. Na contramão, Via Varejo cedeu 3,37 por cento e B2W recuou 3,66 por cento, em sessão mais fraca do setor de varejo; Magazine Luiza perdeu 0,26 por cento, e Braskem PNA caiu 0,16 por cento.

Economia brasileira teve nova baixa em fevereiro deste ano, mas ficou dentro do intervalo projetado pelos analistas do mercado financeiro, que esperavam resultado entre -1,00% e 0,30%

PARÂMETRO Conhecido como uma espécie de “prévia do BC para o PIB”, o IBC-Br serve mais precisamente como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses

BRASÍLIA - Após recuar 0,31% em janeiro (dado revisado), a economia brasileira teve nova baixa em fevereiro deste ano. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) recuou 0,73% em fevereiro ante janeiro, na série com ajuste sazonal, confirmou nesta terça-feira (16) a instituição. O índice de atividade calculado pelo BC passou de 138,15 pontos para 137,14 pontos na

série dessazonalizada no período. Este é o menor patamar para o IBC-Br com ajuste desde maio do ano passado (133,15 pontos). A baixa do IBC-Br ficou dentro do intervalo projetado pelos analistas do mercado financeiro, que esperavam resultado entre -1,00% e 0,30% (mediana em -0,25%). Na comparação entre os meses de fevereiro de 2019 e fevereiro de

DIVULGAÇÃO

DÓLAR O dólar comercial fechou o dia em alta de 0,853%, cotado a R$ 3,9018. O euro se valorizou e subiu para R$ 4,4059, uma alta de 0,635%. (Fontes: AE/JB/ UOL/Reuters).

CÂMBIO DO DIA COMPRA E VENDA

Dólar Comercial R$ 3,9000/R$ 3,9018 (+0,853%) Euro R$ 4,4031/R$ 4,4059 (+0,635%) Libra R$ 5,0954/R$ 5,0950(+0,467%) Peso argentino R$ 0,921/R$ 0,0923 (-0,859%) Bolívar oficial R$ 1,00=Bs 256,12/BS 258,68 Paralelo Santa Elena R$ 1,00=Bs 1.277,61/Bs 1.290,39 Dólar Guianense oficial R$ 1,00=GYD$ 53,76/GYD$ 54,29 Paralelo Lethem R$ 1,00=GYD$ 59,13/GYD$ 59,72

Os preços da laranja no atacado despencaram, ajudando a segurar o ritmo da inflação em abril

Preços no atacado aliviam e IGP-10 tem alta de 1% em abril, diz FGV RIO - O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) desacelerou a alta a 1,00 por cento em abril, de 1,40 por cento no mês anterior, diante de uma menor pressão sobre os preços do minério de ferro, milho e laranja no atacado, confirmou nesta terça-feira (16) a Fundação Getulio Vargas (FGV). No mês, o Índice de Preços ao Produtor Amplo-10 (IPA-10), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60 por cento do índice geral,

teve alta de 1,19 por cento, de 1,93 por cento em março. O destaque para o movimento do índice partiu do grupo Matérias-Primas Brutas, que variou 1,53 por cento em abril, depois de avançar 3,60 por cento em março. Vale mencionar o comportamento dos itens minério de ferro, milho e laranja. Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC10), que responde por 30 por cento do índice geral, acelerou a alta a 0,73 por cento em abril,

sobre 0,48 por cento antes. Já o grupo de Transportes passou a mostrar alta de 1,33 por cento, de avanço de 0,44 por cento antes, sob o peso da gasolina. O Índice Nacional de Custo da Construção-10 (INCC-10) avançou 0,35 por cento, após variação positiva de 0,07 por cento em março. O IGP-10 calcula os preços ao produtor, consumidor e na construção civil entre os dias 11 do mês anterior e 10 do mês de referência. (Fontes: AE/JB).

2018, houve alta de 2,49% na série sem ajustes sazonais. Esta série encerrou com o IBC-Br em 133,11 pontos em fevereiro, ante 129,87 pontos de fevereiro do ano passado. O indicador de fevereiro de 2019 ante o mesmo mês de 2018 mostrou desempenho abaixo do apontado pela mediana (2,90%) das previsões de analistas do mercado financeiro (+1,71% a +3,80% de intervalo). O

patamar de 133,11 pontos é o melhor para meses de fevereiro desde 2015 (136,80 pontos). Conhecido como uma espécie de “prévia do BC para o PIB”, o IBC-Br serve mais precisamente como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses. A previsão atual do BC para a atividade doméstica em 2019 é de avanço de 2,0%. (Fontes: AE/Reuters).

O índice dos preços ao produtor teve aumento de 0,43% no 2º mês do ano RIO - Os preços da indústria tiveram alta de 0,43% em fevereiro, após ter registrado variação negativa de 0,75% em janeiro, segundo dados do Índice de Preços ao Produtor (IPP) divulgados nesta terça-feira (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A alta foi puxada pelos setores extrativo e de refino de petróleo. No acumulado no ano, o indicador acumula queda de 0,33% e em 12 meses tem alta de 8,36%. A pesquisa do IBGE mede a variação dos preços dos produtos na “porta das fábricas”, sem impostos e frete. Apesar da alta, apenas 11 das 24 atividades apresentaram aumento em fevereiro. As maiores variações ocorreram entre os produtos das seguintes atividades: indústrias extrativas (7,97%), refino

de petróleo e produtos de álcool (4,22%), outros produtos químicos (-1,85%) e farmacêutica (1,48%).“ O resultado foi arcado por duas atividades: indústria extrativa e refino de petróleo, que, juntas, influenciaram o índice em 0,71 ponto percentual, com destaque na fabricação de minérios de ferro e óleos brutos de petróleo”, afirmou o analista do IPP, Manuel Campos. Por outro lado, o setor de alimentos, de grande peso no índice, sofreu queda de 0,53% em fevereiro (influência de -0,12 p.p.), o que ajudou a segurar a taxa do mês. “A queda foi pressionada pelos preços da carne bovina e da soja, muito em função da baixa do dólar, pois são produtos de exportação”, explicou o analista. (Fontes: AG/AP). LEO CORREA/AP

Plataforma de petróleo da Petrobras na Baía de Guanabara, em Niterói (RJ)


A10

Economia

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

RIQUEZAS DO CAMPO

Participação do agronegócio do País nas exportações cresceu 1,5% em março Já o valor das exportações diminuiu 5,3% em comparação com o mesmo mês de 2018. Isso porque houve redução de preços dos produtos vendidos pelo Brasil DIVULGAÇÃO/APPA

SOJA NA FRENTE O principal segmento exportador do agronegócio em março foi o complexo soja, que aumentou sua participação para 46% do valor total das exportações, com vendas externas de US$ 3,98 bilhões

As exportações somaram US$ 8,64 bilhões, 5,3% inferior aos US$ 9,12 bilhões exportados em março de 2018. A queda está ligada aos preços internacionais dos produtos exportados, que sofreu queda de 6,4%

BRASÍLIA - A participação dos produtos do agronegócio nas exportações brasileiras no mês de março teve elevação de 1,5 ponto percentual, chegando a 47,6% de participação. Segundo informou o Ministério da Agricultura nesta terça-feira (16), o aumento

ocorreu apesar da queda de 5,3% nas vendas externas dos produtos do agronegócio. Já as exportações do agronegócio somaram US$ 8,64 bilhões, valor 5,3% inferior aos US$ 9,12 bilhões exportados em março de 2018. A queda está ligada aos pre-

ços internacionais dos produtos exportados pelo Brasil, que sofreu queda de 6,4%. Os cinco principais segmentos exportadores do agronegócio brasileiro foram: complexo soja com US$ 3,98 bilhões; 46,0% do valor exportado; carnes com US$

1,23 bilhão; 14,3% do valor exportado; produtos florestais co, US$ 1,10 bilhão; 12,7% do valor exportado); café com US$ 467,39 milhões; 5,4% do valor exportado e complexo sucroalcooleiro com US$ 392,70 milhões; 4,5% do valor exportado.

A participação desses cinco principais segmentos foi de 83% do valor total exportado pelo agronegócio brasileiro em março. No mesmo mês do ano anterior, as exportações desses setores tiveram participação de 84,2% do valor total exportado em

produtos do agronegócio. Ou seja, houve desconcentração nas exportações do setor. O principal segmento exportador do agronegócio em março foi o complexo soja, que aumentou sua participação para 46% do valor total das exportações, com vendas externas de US$ 3,98 bilhões. O volume exportado de soja em grão foi recorde para os meses de março, atingindo 9,1 milhões de toneladas (+3%). Porém, a queda do preço internacional da commoditie em 6,8% fez com que o valor exportado caísse 3,9%, chegando a US$ 3,30 bilhões. (Fontes: Canal Rural/Agência Safras).

China pode comprar mais carne bovina do Brasil, segundo afirma o seu embaixador DIVULGAÇÃO

BRASÍLIA - A China pode concordar em permitir mais importações brasileiras de carne após negociações de alto nível marcadas para maio, disse à Reuters nesta terça-feira (16) o embaixador chinês no Brasil. Yang Wanming recusou-se a comentar sobre quantas plantas de processamento de carne poderiam ser aprovadas para exportar para a China, mas disse que a questão será discutida quando a ministra da Agricultura do Brasil, Tereza Cristina, viajar para Pequim em maio. Novas permissões de exportação podem ser anunciadas quando o vice-presidente, Hamilton

Mourão, visitar Pequim no mesmo mês, disse Yang. “Acreditamos que, através da cooperação dos ministérios da Agricultura dos dois países e seus departamentos de inspeção de qualidade, mais produtos agrícolas e animais brasileiros possam ser importados para o mercado chinês”, disse Yang. Até 78 unidades brasileiras de processamento de carne poderiam ser adicionadas à lista de autorizadas a exportar para a China, de acordo com uma pessoa a par do assunto. O potencial aumento das exportações de carne do Brasil para a China vem em momento em que analistas alertam que as nego-

ciações entre os Estados Unidos e a China para aliviar as tensões comerciais podem prejudicar a demanda pela soja brasileira. O Brasil é o maior exportador mundial de soja e carne bovina. As compras chinesas dispararam depois que o país asiático impôs tarifas sobre a soja dos EUA em resposta a outras tarifas anunciadas pelo presidente Donald Trump. Independentemente de um acordo ser fechado, Yang disse que a demanda chinesa por soja brasileira permanece estável. “Eu pessoalmente acho que não há necessidade de se preocupar”, disse ele. (Fonte: FolhaPress).

Destaque fica com o algodão, com 290 mil toneladas neste ano, 60% mais do as exportadas em igual período do ano passado

Produtor de trigo do Paraná está pouco animado e área de plantio recua FERNANDO DIAS/SEAPA-PR

Plataforma P-67 ancorada na Baía de Guanabara. Produção do pré-sal correspondeu a 57,4% da produção total em fevereiro

CURITIBA - O produtor de trigo vem perdendo o ânimo neste ano. A cultura do cereal é sempre uma lavoura de risco e, além dos tradicionais problemas internos, o produtor vai depender de fatores externos. As pressões que vêm de fora são produção recorde na vizinha Argentina e abertura de mercado, sem a alíquota de 10% para grandes produtores, como os Estados Unidos. O resultado é que os triticultores do Paraná, principal estado produtor no Brasil, vão reduzir a área de plantio em 6% neste ano, mesmo com os atuais preços compensadores. Hugo Godinho, analista de trigo do Deral (Departamento de Economia Rural) da Secretaria de Agricultura do Paraná, disse nesta terça-feira (16) que as condições

de plantio deste ano são melhores do que as de 2018. Mesmo assim, parte dos produtores não se sentem animados. Há um temor de que o preço atual, embora remunerador, não se sustente com uma eventual queda do dólar e incentivo às importações. O analista do Deral cita três fatores internos, além dos externos, que preocupam o produtor: falta de liquidez na hora da venda, eventual baixa da qualidade do cereal e custos elevados. O preço atual é remunerador. A saca, negociada a R$ 48 no Paraná, está 35% acima da de 2018 e supera os R$ 45 do custo de produção atual. “O trigo, porém, é uma cultura de apostas”, diz Godinho. O produtor faz as contas e, às vezes, conclui que a opção pelo produto não vale o risco.

A área a ser destinada ao trigo no Paraná deverá ser reduzida para 1,03 milhão de hectares, mas o produtor ainda tem até o final de julho para decidir sobre o plantio. Dentro dos padrões normais de produção do estado, a área a ser semeada deverá render 3,3 milhões de toneladas. Embora a área do ano passado tenha sido maior do que a prevista para este, a produção em 2018 foi de apenas 2,8 milhões de toneladas, devido ao clima desfavorável à lavoura. Estimativas da Bolsa de Cereais de Buenos Aires indicam crescimento de área no plantio de 2019/20 na Argentina. A produção deverá superar 20 milhões de toneladas, acima dos 19 milhões deste ano. (Fonte: FolhaPress).


Mundo A11

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

CRISE BOLIVARIANA

Chega em Caracas o 1º carregamento de ajuda humanitária da Cruz Vermelha A ajuda humanitária prometida pela Cruz Vermelha Internacional chegou nesta terça-feira à capital venezuelana depois que o ditador Nicolás Maduro aprovou sua entrada no país MANAURE QUINTERO/REUTERS

UM PAÍS DOENTE A Venezuela sofre com a falta de remédios e de suprimentos hospitalares, em meio à pior crise econômica em sua história moderna e a alegações de corrupção no setor da saúde CARACAS - Um primeiro carregamento de ajuda humanitária chegou nesta terça-feira (16) à Venezuela depois que o regime de Nicolás Maduro aprovou sua entrada. A remessa inclui medicamentos e suprimentos médicos, em grave escassez no país. Caixas de papelão com os símbolos da Federação Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho foram enviadas para o aeroporto internacional de Maiquetía, na grande Caracas. A Venezuela sofre com a falta de remédios e de suprimentos hospitalares, em meio à pior crise econômica em sua história moderna e a alegações de corrupção no setor da saúde. Maduro anunciou em 10 de abril um acordo com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) para que a Venezuela recebesse ajuda humanitária. O governo e o CICV concordaram em “trabalhar em conjunto com as agências da ONU para levar à Venezuela toda a ajuda que puder ser trazida”, disse o presidente da organização na época. Maduro, que nega que o país sofra uma crise humanitária, disse que a cooperação deve ser administrada “sem politicagem, sem politização fraudulenta e pelas formas de legalidade e respeito”. Anteriormente, o líder da oposição, Juan Guaidó, reconhecido por mais de 50 países como presidente interino do país, afirmou que a permissão de Maduro para a entrada de assistência é uma conquista. Guaidó tentou no último dia 23 de janeiro entrar com doações de alimentos e medicamentos por meio das fronteiras com Colômbia e Brasil, mas seus esforços falharam. A operação encontrou forte resistência das Forças Armadas venezuelanas, aliadas a Maduro, que impediram a entrada de carregamentos. Maduro afirmou na ocasião que a tentativa da oposição de levar ajuda humanitária era uma desculpa para uma intervenção militar dos Estados Unidos, que apoiou a oposição. A Federação Internacional da Cruz Vermelha havia anunciado em 29 de março que, em meados de abril, começaria a distribuir, em uma primeira fase, ajuda para cerca de 650 mil pessoas no país. A operação seria similar à realizada na Síria, disse Francesco Rocca, presidente da organização, sobre a abrangência da assistência. (Fontes: AP/ AFP/EFE/Reuters).

Caminhões carregados de mantimentos e remédios da Cruz Vermelha deixam o Aeroporto Internacional de Maiquetía em direção a Caracas. A ajuda pretende chegar a 650.000 pessoas

Grupo de Lima exige uma atitude da ONU por crise na Venezuela MARTIN BERNETTI/AFP

Integrantes do Grupo de Lima no encontro em Santiago, no Chile

SANTIAGO - O Grupo de Lima, reunido em Santiago, exortou as Nações Unidas a “tomar atitudes” para evitar o progressivo avanço da crise na Venezuela e garantir a ajuda humanitária. A decisão foi confirmadapela entidade em nota oficial nesta terça-feira (16) Os países-membros do grupo, criado em 2017 para abordar exclusivamente a situação na Venezuela, “exortam o secretário-geral das Nações Unidas, a Assembleia Geral e o Conselho de Segurança a tomar ações para evitar a deterioração progressiva da paz e da segurança

e fornecer assistência humanitária urgente à população de migrantes precedentes da Venezuela”, diz a declaração final do encontro. O documento foi firmado por representantes de Brasil, Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Honduras, Panamá, Paraguai e Peru, e por um representante do líder opositor Juan Guaidó, reconhecido por 50 países como presidente interino da Venezuela. A chamada declaração de Santiago também pede à Rússia, China, Cuba e Turquia que “favoreçam o processo de transição e res-

Rio Paraguai transborda e inunda mais de 200 casas em Assunção ASSUNÇÃO - Uma inundação atípica produzida pelo fenômeno El Niño derrubou um muro de contenção em Assunção, no Paraguai, o que fez com que a enxurrada entrasse com força em cerca de 200 casas, na segunda-feira. Não houve mortos. O bairro atingido, chamado Sajonia, fica a 3 km do palácio presidencial, também localizado perto do rio Paraguai. A região não costumava alagar. O nível do rio aumentou depois de fortes chu-

vas. A água subiu durante a madrugada, de modo que os moradores tiveram pouco tempo para escapar. Há relatos de casas que ficaram submersas em menos de 40 minutos. Isso gerou enormes perdas materiais, segundo a Secretaria de Emergência Nacional (SEN) informou nesta terça-feira (16). Segundo relatos na imprensa local, militares dispararam tiros para o alto para alertar os vizinhos de que eles precisavam sair. JORGE ADORNO/REUTERS

Vista aérea de área alagada em Assunção nesta terça-feira

A subida do nível do rio afetou cerca de 25 mil famílias que vivem perto do rio Paraguai, em vários pontos do país. O rio cruza o território paraguaio por cerca de 1.000 km e desemboca no rio Paraná, na fronteira com a Argentina, cerca de 500 km ao sul de Assunção. A maioria das vítimas na capital foi de famílias de classe média. Para tentar salvar seus pertences, como roupas, eletrodomésticos e móveis, pessoas alugam botes e lanchas para irem até suas casas, ainda cobertas pela água. Algumas pessoas carregam as coisas nos ombros, com a água na altura do peito. Segundo o jornal local Ultima Hora, o medo dos moradores é que ladrões roubem as casas alagadas durante a noite. O Departamento de Meteorologia do Paraguai estima que a água deve começar a baixar nos próximos dias, já que não se prevê chuvas intensas. No entanto, o rio deve seguir com nível de água elevado até o meio do ano. (Fontes: AP/EFE/Reuters).

tabelecimento da democracia”, advertindo sobre o “impacto negativo que seu apoio ao regime ilegítimo de Maduro causa à nossa região” O documento convoca o Sistema Interamericano de Direitos Humanos e o Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas “a dar atenção prioritária à situação na Venezuela”, demandando “a libertação imediata dos presos políticos e o fim das práticas de detenção arbitrária, tortura e ação violenta dos grupos paramilitares”. (Fontes: AP/EFE/AFP/Reuters).

JORGE TORRES/EFE

Jovens protestam em Manágua pela libertação de presos políticos

Repatriação de refugiados preocupa os nicaraguenses MANÁGUA - O governo da Nicarágua anunciou nessa terça-feira(16) um plano com apoio internacional para o “retorno voluntário assistido” de refugiados. O plano, voltado às dezenas de milhares de pessoas que saíram do país em meio aos protestos antigovernamentais que se iniciaram em 2018, foi recebido com desconfiança pela oposição e por uma maioria de nicaraguenses. A proposta do governo de Daniel Ortega, contudo, já havia sido rechaçada pela opositora

Alianza Cívica por la Justicia y la Democracia (ACJD). A Aliança emitiu um comunicado onde classificou como infrutífero “que o governo continue com campanhas estéreis e enganosas”. Também exigiu do governo que mostre “vontade de verdade” e libere todos os presos políticos, restabelecendo direitos e garantias a todos. A oposição estima que cerca de 800 pessoas tenham sido detidas. Já o governo fala em 350 prisões. (Fontes: AP/EFE/Reuters).


A12

Mundo

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

TRAGÉDIA NA CIDADE LUZ

Procurador de Paris crê que incêndio na Catedral de Notre-Dame foi acidente O fogo levou nove horas para ser extinto e causou grandes danos. Especialistas analisam estrutura da edificação e o impacto das chamas, mas já se sabe que pouco sobrou da histórica catedral ZAKARIA ABDELKAFI/AFP

Ebola mata mais 11 em apenas 24 horas na República Democrática do Congo, na África

Segundo os bombeiros e as autoridades locais, o incêndio na histórica e lendária Catedral de Notre Dame, em Paris, foi controlado nove horas depois de ter começado

PARIS - O procurador de Paris, Remy Heitz, afirmou nesta terça-feira (16) que acredita que o incêndio na Catedral de Notre-Dame possa ter sido ocasionado por um acidente. Nesta manhã, bombeiros e especialistas analisavam a estrutura da edificação e o impacto das chamas. “Nós estamos priorizando a teoria de um acidente”, declarou o procurador da capital francesa, que também afirmou que a investigação será longa

e complexa. O incêndio levou nove horas para ser extinto e causou grandes danos à catedral: todo o telhado e toda a armação foram destruídos, parte da abóbada e a “flecha” (torre mais alta) caíram. Ainda segundo o procurador, “nada aponta para um ato voluntário”, conforme destacou a AFP. Ele explicou que cerca de 15 funcionários de cinco empresas que faziam obras na catedral e estiveram no local nesta segunda-feira deverão

prestar depoimentos. Além disso, Heitz informou que aproximadamente 50 investigadores trabalharão no caso. Valérie Pécresse, presidente da região de Île de France, que inclui as cidades de Paris e Versalhes, também disse que o incêndio foi um acidente. “Não foi intencional”, declarou. A destruição total da igreja foi evitada por questão de “15 minutos ou meia hora”, informou o ministro do Interior da França, Laurent Nuñez.

“Cerca de 20 funcionários, que colocaram suas vidas em perigo, entraram nas duas torres para combater o incêndio de dentro e isso permitiu salvar o edifício”, afirmou. Arquitetos e especialistas da polícia e do governo detectaram “algumas vulnerabilidades” na estrutura de sustentação do telhado e na ala norte - o que fez com que as autoridades tivessem que esvaziar cinco edifícios vizinhos de forma preventiva.

No geral, a estrutura do prédio resistiu bem, segundo o ministro. (Fontes: AFP/Reuters).

POR 15 MINUTOS A destruição total da igreja foi evitada por questão de “15 minutos”, disse o ministro do Interior da França, Laurent Nuñez

Polícia britânica prende em Londres mais de 100 ativistas que participam de protestos contra as alterações climáticas DAR YASIN/AP

Os manifestantes bloquearam ruas e os ativistas foram acusados de vandalismo no edifício em uma petrolífera

LONDRES - A polícia britânica informou nesta terça-feira (16) que prendeu 113 ativistas envolvidos em protestos contra as alterações climáticas. Iniciadas na segunda-feira, as manifestações bloquearam estradas em Londres e os ativistas foram

responsabilizados pelo vandalismo no edifício de uma empresa petrolífera. A maioria das detenções foi feita por obstrução da via pública em locais como a ponte de Waterloo, que atravessa o rio Tamisa ou Oxford Circus, onde uma grande parte dos ma-

nifestantes, que seguem mobilizados, se concentrou empunhando cartazes que dizem “Não existe Planeta B” ou “Extinção é para sempre”. Apesar da intervenção da polícia para tentar remover as pessoas e da imposição de

medidas para manter a ordem pública que pretendiam concentrar o protesto num local apenas, em Marble Arch, várias estradas continuam interrompidas. Apesar de algumas ações mais exaltadas, como o vandalismo da sede da Shell com pinturas no exterior e a destruição de uma porta de vidro, o ambiente dos protestos tem sido pacífico. Na Ponte de Waterloo foram instalados vasos com árvores, flores, tendas e uma rampa de ‘skate’ e em Oxford Circus, zona comercial e turística da capital britânica, foi instalado um barco de pesca pintado com tinta cor de rosa chamado Berta Cáceres, em homenagem à ativista hondurenha assassinada em 2016. Os organizadores estimam que tenham mobilizado entre 5.000 a 10.000 pessoas, mantendo o objetivo de continuar nos próximos dias,

com a campanha prevista para cerca de 80 cidades em mais de 30 países. O objetivo é usar atos de desobediência civil sem recorrer à violência, mas que perturbe a sociedade para criar o impacto que as formas convencionais de sensibilização não conseguiram ter. O grupo Extinction Rebellion ganhou destaque recentemente ao realizar um protesto no parlamento britânico no início do mês, quando manifestantes se despiram durante um debate sobre o Brexit. Entre as principais reivindicações estão a que apela ao governo britânico para que declare emergência climática e ecológica, introduza políticas para reduzir as emissões de gases causadores do efeito estufa para zero até 2025 e crie uma assembleia de cidadãos para tomar decisões sobre as mudanças climáticas. (Fontes: AFP/Reuters).

KINSHASA - O vírus ebola causou a morte de 11 pessoas em apenas 24 horas na província de Kivu Norte, no nordeste da República Democrática do Congo, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira (16) na capital Kinshasa pelo Ministério da Saúde congolês. As mortes devido ao contágio foram registradas em Katwa (sete), Mabalanko (duas) e Butembo (outras duas), elevando para 814 o total de mortos que consta no registo do Ministério da Saúde da RD Congo de 14 de abril. De entre os óbitos, 748 foram confirmados após análises laboratoriais como contaminados com o vírus ebola e 66 dados como prováveis. Também no período de 24 horas (13 para 14 de abril) constatou-se um aumento do número de casos de contágio, com mais 13 pessoas contraindo o vírus ebola, que é transmitido através do contato direto com fluidos corporais e provoca febres hemorrágicas, O controle da epidemia tem sido prejudicado pela atitude de algumas povoações que recusam receber tratamento, sobretudo em zonas onde operam grupos armados. Nesses locais, muitos óbitos causados pelo vírus não são informados às autoridades devido a costumes tribais, daí a suspeita de que as mortes são em número muito mais elevados. Na semana passada, a Federação Internacional da Cruz Vermelha (FICR, na sigla em francês) advertiu que o ebola na RD Congo está propagando-se de forma rápida. A Organização Mundial de saúde (OMS) declarou ontem estado de emergência internacional, face ao aumento do número de casos nas duas últimas semanas. A declaração internacional do estado de emergência sobre casos de saúde pública implica o aviso formal aos governos no sentido da mobilização de recursos para as regiões afetadas. O mais devastador surto de ebola em nível mundial foi registrado em março de 2014, na Guiné Conacri, Serra Leoa e Libéria. Dois anos depois, em janeiro de 2016, a OMS declarou o fim da epidemia que provocou a morte a 11.300 pessoas, sendo que, no total, foram contagiadas 28.599 pessoas. (Fontes: AFP/EFE/Reuters). AZUMA MUTOMBO/REUTERS

Tratamento é feito em local improvisado


Variedades

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

A13

OPORTUNIDADE

Núcleos da Assembleia Legislativa estão com vagas abertas para atividades educacionais Cursos de capacitação pelo programa Abrindo Caminhos são ofertados de forma gratuita à comunidade Divulgação/SupCom-ALERR

Os núcleos da Assembleia Legislativa de Roraima (ALERR) em Mucajaí e Rorainópolis estão com inscrições abertas para cursos ofertados pela Escola do Legislativo e programa Abrindo Caminhos. As inscrições são gratuitas. Em Mucajaí, o programa Abrindo Caminhos está com vagas disponíveis para as aulas de coral e jiu-jítsu. No coral, podem

MODALIDADES Em Mucajaí, o programa Abrindo Caminhos está com vagas disponíveis para as aulas de coral e jiu-jítsu

participar crianças e adolescentes de 7 a 17 anos e no jiu-jítsu, de 5 a 17 anos. As inscrições seguem até o próximo dia 25 de abril e as aulas iniciam ainda este mês. Pela Escola do Legislativo, o Núcleo da Assembleia Legislativa em Mucajaí está com inscrições abertas para os cursos de inglês kids e básico, às terças e quintas-feiras, das 8h às 10h e das 10h às 12h; espanhol kids, básico e intermediário todas as segundas-feiras das 8h às 10h e das 10h às 12h e às sextas-feiras, das 14h às 16h e das 16h às 18h. As aulas já iniciaram, mas as inscrições seguem até o final dessa semana. O Núcleo do Poder Legis-

Balé é uma das modalidades ofertadas pelos Núcleos

lativo em Mucajaí fica na rua padre Ricardo Silvestre, s/n. RORAINÓPOLIS No município de Rorainópolis, o programa Abrindo Caminhos está com vagas disponíveis

para as aulas de balé, jiu-jítsu e coral. Podem participar crianças a partir de sete anos para esta última modalidade, e de cinco anos para as demais. Os cursos de capacitação na unidade de Rorainópolis,

ofertados pela Escola do Legislativo, estão com inscrições abertas para os cursos de informática kids e básica, inglês kids e básico e espanhol kids e intermediário. Em Rorainópolis o Núcleo

da Assembleia Legislativa está localizado na rua Ulisses Guimarães, esquina com a Maranhão, no centro do município. INSCRIÇÕES No ato da inscrição, os

interessados devem levar originais e cópias de documentos pessoas dos pais e alunos, comprovante de residência, declaração escolar e uma foto 3x4, além de disponibilizar números de telefone para contato.

DIVULGAÇÃO

Descubra como combinar diferentes estilos de chocolate com cerveja

Pipoca mantém nutrientes, mesmo após altas temperaturas

Pipoca garante benefícios para o sistema digestivo e intestinal, assegura especialista Você sabia que a pipoca é uma ótima aliada para manter o sistema digestivo saudável? Por conter uma parte significativa de fibras em sua composição, o grão estourado auxilia no trânsito intestinal, contribuindo na redução da absorção de glicose e carboidratos, tornando-se muito benéfico no tratamento da constipação e desconforto intestinal. Além disso, é um alimento rico em polifenóis, ou seja, antioxidante. E, ainda que exposto a altas temperaturas para estourar, mantém os nutrientes. Em decorrência desses benefícios tão significativos, a pipoca tem ganhado cada vez mais espaço como opção de lanche entre as refeições. O snack ajuda a manter o metabolismo acelerado, promover saciedade e controlar o apetite, o que por sua vez pode

reduzir o ganho de peso. “O milho é um grão que apresenta diversos benefícios para a saúde. E a pipoca nada mais é do que esse mesmo grão que mudou de estado após ser aquecido em altas temperaturas. Mesmo que algumas pessoas sintam variações de sabor, as propriedades da pipoca são semelhantes se ela for preparada no fogão ou no micro-ondas”, assegurou a nutricionista Taciana Kuroiwa. Mas como qualquer outro alimento, a pipoca deve ser consumida com moderação e regulando os níveis de sódio e fontes de gordura. “Preparada e consumida da forma correta, o milho se torna um grande auxiliar na manutenção da saúde. Além, é claro, de ser rápido e fácil de preparar” ressaltou a especialista.

No dia 21 de abril é comemorada a páscoa, feriado que celebra a ressurreição de Jesus ocorrida três dias depois da crucificação no Calvário, conforme o relato do Novo Testamento. Durante a data, além de muitos aproveitarem para saborear pratos típicos como bacalhau, o chocolate se tornou presença obrigatória e os tradicionais ovos de páscoa ganham as gôndolas dos supermercados. Muitos não sabem, mas o doce combina com frutas, sobremesas e até cerveja. Para quem não abre mão do pão liquido, o mestre cervejeiro Alexandre Vaz listou quais são os estilos de cerveja mais indicados de acordo com o sabor do chocolate:  Chocolate ao leite  Esse é o sabor mais consumido de chocolate e pode ser encontrado em diversas versões. Na hora de harmonizar, a dica é escolher uma cerveja com o amargor do lúpulo, para quebrar a gordura e o excesso de açúcar.

Uma boa pedida são as Pale Ale, pois o malte especial, combinado com o lúpulo selecionado, resulta em uma cerveja clara, com amargor leve e distinto. Essa harmonização limpa o paladar e deixa tanto o chocolate quanto a cerveja ainda mais saborosos. Chocolate meio amargo  O amargor desse tipo de chocolate combina perfeitamente com cervejas que apresentam notas de café torrado ao estilo Porter, trazendo

equilíbrio ao paladar com um sabor refinado. As Coffee Porter apresentam amargor leve e distinto e aroma de malte torrado. Chocolate branco  A gordura desse chocolate pede cervejas mais refrescantes, com mais acidez e toques de fruta. A harmonização irá causar uma explosão no paladar: é como comer um chocolate recheado. As cervejas do estilo Ale são as mais indicadas para harmonizar com esse tipo de chocolate, por conta do sabor e

aroma frutado que resulta em uma bebida equilibrada. Chocolate com nozes e frutas secas  Esse tipo de chocolate traz outros sabores ao paladar devido aos ingredientes extras. Por isso, para uma harmonização perfeita, escolha as cervejas mais encorpadas e com toques de chocolate. Assim, elas marcam presença, mas não tiram o sabor do chocolate. Um estilo que casa bem com esse tipo de chocolate é o Cacau Ale, que apresenta nibs de

cacau em sua composição – o que confere retrogosto mais seco e acidez na medida. Chocolate com casca crocante  Muita gente gosta de ovo de páscoa com a casca acompanhada de pedaços de nozes, biscoito ou castanha. A cerveja Hops Escura é a mais indicada na hora de harmonizar, pois possui sabor equilibrado e levemente adocicado. Seu sabor e aroma são evidenciados devido ao processo de dry hopping, tornando-a aromática e leve.  DIVULGAÇÃO

Mestre cervejeiro Alexandre Vaz listou algumas dicas


Social BOA VISTA, QUARTAFEIRA, 17 DE ABRIL DE 2019

jornalismo@roraimaemtempo.com.br Fotos: Reprodução/Instagram

Aniversariantes do Dia

Hoje é aniversário da nossa musa musical Evelin Campos! Somos fã dessa mulher inteligente, talentosíssima e iluminada. Que você brilhe muito mais. Parabéns!

O cabeleireiro Naldo Arievillo arrasa nas tendências de hair a gente já sabia. Agora, muita gente foi surpreendida com suas dicas também de estilo, maquiagem e moda. Adoramos cada contribuição!

Linda, alto astral e nossa musa pagodeira. Adoramos toda a energia positiva de Gabriela Freitas

E vamos inverter a ordem da Coluna para desejar o que há de melhor à querida Elizangela Almeida. Felicidades!

Ela é dinâmica, dedicada e muito reservada, tanto que a gente quase não acha uma foto para registrar o nosso Parabéns! A jornalista Tânia Gadelha fecha a lista de aniversariantes do dia.

Olha esse close perfect! Juliana Orihuela arrasando sempre.

Se liga!

Cheia de estilho e talento! Essa é a ilustradora Danyy Darko (@danyydarko) que faz parte da nova geração de artistas roraimenses que está crescendo motivada principalmente, pela implantação do curso de Artes Visuais da Universidade Federal de Roraima. Pode seguir o perfil da Dany para conhecer melhor o trabalho que ela faz. Gostamos muito!

Quem é que nunca sonhou em ir para a Disney? Ou fazer fotos lindas em Miami? Passear pela Times Square ou ainda aproveitar a paisagem do Central Park? São espaços que viraram cenários de filmes, séries e inspiram o imaginário de muita gente. O obstáculo é que eles ficam nos Estados Unidos, um dos países que mantém uma das mais rigorosa fiscalização de entrada para turistas. E a principal exigência é ter um visto. Para ajudar quem quer estudar na terra do Tio Sam, o Senac Roraima convidou o vice-cônsul Andrew Hillstrom para falar sobre o tema. Será dia 24 deste mês, às 19h, na sede do Senac Idiomas, e totalmente gratuito. Mas, tem que fazer a inscrição, tá? Acesse: www.alac. eventbrite.com.br e garanta sua vaga.


Esporte Local A15

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

COMEÇOU!

Rio Negro sai na frente, mas Baré arranca empate no 1º duelo do returno do Roraimão Galo e Colorado ficaram no 1 a 1 e dividem liderança do grupo B do segundo turno do Roraimense Nailson Almeida/Roraima em Tempo

NAILSON ALMEIDA

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

Em uma partida com muitas chances de gols perdidas, faltas duras, cartões amarelos e vermelhos, Rio Negro e Baré ficaram apenas no 1 a 1 no primeiro duelo das equipes no segundo turno do Campeonato Roraimense de Futebol. O confronto foi válido pela chave B da segunda fase e ocorreu na noite dessa terça-feira (16), no Ribeirão.

AGITADO Primeiro tempo começou muito movimentado, principalmente com o Rio Negro partindo para cima do Baré, que somente se defendia e buscava perigo ao gol nos contra-ataques O primeiro tempo começou muito movimentado, principalmente com o Rio Negro partindo para cima do Baré, que somente se defendia e buscava perigo ao gol nos contra-ataques. Mas o Galo Carijó tinha ataque mais rápido, já que os jogadores são em sua maioria jovem da categoria de base e estão no primeiro ano como profissionais. Enquanto elenco colorado é formado por atletas mais experientes. O Galo Carijó impôs pressão para cima do Colorado e em uma jogada rápida pela lateral direita, Petinha saiu em

No jogo ainda teve duas expulsões, um para cada lado

velocidade até a linha de fundo e lançou a bola na área direto na cabeça de Netinho, que de peixinho mandou a bola para o fundo das coloradas, abrindo o marcador para o Rio Negro. Com o resultado desfavorável, o Baré buscou reação, mas encontrou pela frente uma

defesa bem imposta pelo Rio Negro. Quando a bola passava pelos zagueiros, o goleiro Big entrava em ação e fazia as defesas salvando o Galo. Mas, em um desses lances, o arqueiro foi vencido pelo ataque Colorado, que já nos acréscimos, aos 48’ do primeiro tempo, Fernandi-

nho cruzou na área e encontrou Tiago Amazonense de cabeça mandou a bola para o fundo do gol Alvinegro. No segundo tempo houve apenas um jogo equilibrado e sem gols, mas com faltas duras e duas expulsões. A primeira foi do atacante do Baré. Stanley

deu um chute no adversário ao tentar recuperar uma bola depois de ter tomado um chapéu. O jogador alegou ter levado um tapa antes. O outro mandado embora de campo foi o atleta Esquerdinha, que já tinha cartão. Ao tomar o segundo resultou na expulsão.

Com o resultado, Baré e Rio Negro dividem a liderança do grupo B, ambos com um ponto cada. Na segunda rodada o Galo Carijó não joga, somente o Colorado que volta ao campo de jogo para enfrentar o São Raimundo no dia 20 de abril, às 19h, no Estádio Ribeirão.

GAS vence Náutico por 2 a 0 na abertura do 2º turno do Campeonato Roraimense NAILSON ALMEIDA

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

Começou nessa terça-feira (16) o segundo turno do

Campeonato Roraimense de Futebol 2019. O primeiro confronto foi pela chave A, o Grêmio Atlético Sampaio (GAS) entrou

em campo na abertura do returno e derrotou o Náutico pelo placar de 2 a 0. A partida ocorreu no Estádio Ribeirão. O Alvirrubro

continua sem vencer na competição estadual. Em uma partida bastante disputada, GAS e Náutico brigaram minuto Nailson Almeida/Roraima em Tempo

GAS e Náutico abriram returno do Roraimão no Estádio Ribeirão

a minuto na busca pelos três primeiros pontos no returno. As duas equipes fizeram um primeiro tempo muito pegado, com muitas faltas. O que se viu na primeira etapa da partida foram cartões e poucos perigos de gols, tanto que terminou em 0 a 0. Na volta para o segundo tempo, os times entraram novamente em campo com mais vontade de jogo, porém, novamente, com muitas faltas. O árbitro Zacarias Santiago conseguiu controlar os ânimos dos jogadores aplicando mais cartões. O GAS foi o time que chegou mais vezes próximo do gol, enquanto o Náutico tentava sair jogando nos contra-ataques, mas parava na defesa do Leão. O gol só aconteceu aos 15 últimos minutos de jogo, aos 31’ do segundo tempo, Branco recebeu uma bola cruzada e deu um desvio de cabeça para pequena área e a bola sobrou para Ney Bala que mandou para dentro do gol do Alvirrubro. Com o placar a favor, o GAS continuou pressionando o Náutico e não

demorou muito para marcar o segundo gol. Aos 33’, o atacante Alex Goes foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Railson converteu, batendo com categoria. Bola para um lado e goleiro para o outro: 2 a 0 para o Leão de Roraima. O Náutico correu atrás do resultado e buscou uma reação com ataques rápidos pelas laterais. Foi assim que conseguiu cavar um pênalti para o Alvirrubro já nos acréscimos. Aos 46’, Hugo Paulista foi derrubado na área. Na cobrança, o jogador Carioca bateu muito mal, a bola foi quase no meio do gol, ficando fácil para a defesa do goleiro Leandro, que segurou firme sem dar rebote. Final de jogo e 2 a 0 para o GAS. Com o resultado, o GAS assume a liderança do grupo A do Campeonato Roraimense e não joga na próxima rodada. A partida da chave será entre Náutico x Atlético Roraima, às 17h, do dia 20 de abril no Estádio Ribeirão.


A16

Esporte Nacional

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

EUROPA

Ajax vira sobre Juventus, elimina outro gigante e vai às semis da Champions Jogando no Allianz Stadium, time holandês venceu Juventus de virada por 2 a 1 e garantiu vaga na próxima fase DIVULGAÇÃO

O Ajax conquistou ontem vaga para as semifinais da Liga dos Campeões da Europa 2018/2019. Jogando no Allianz Stadium, em Turim, o time holandês venceu a Juventus de virada por 2 a 1 e garantiu sua vaga na próxima fase da competição. No jogo de ida, em Amsterdã, Ajax e Juventus haviam empatado por 1 a 1. Desta forma, o

VITÓRIAS Ajax já havia deixado outro gigante pelo caminho na atual temporada: o Real Madrid, eliminado nas oitavas de final Ajax se colocou entre os quatro melhores da Champions graças a uma vitória por 3 a 2 no placar agregado. Longe de finais da Liga dos Campeões desde a temporada 1995/1996, quando perdeu o título justamente para a Juventus, o Ajax já havia deixado outro gigante pelo caminho na atual temporada: o Real Madrid, eliminado nas oitavas de final. Agora, na próxima fase, enfrentará Manchester City ou Tottenham, que se enfrentam amanhã. Em busca do protagonismo europeu que teve nas décadas de 70 (quando conquistou três títulos) e 90 (quando faturou um), o Ajax faz um caminho exigente na atual edição da Champions League. O time entrou na segunda fase de pré-classificação à fase de grupo, passando por Sturm Graz (Áustria), Standard Liege (Bélgica) e Dínamo de Kiev (Ucrânia) antes de chegar à fase principal. No Grupo E, foi o segundo colocado, atrás do

Ajax surpreendeu Juventus e balançou a rede do rival duas vezes

Bayern de Munique e à frente de Benfica e AEK Atenas. MELHOR, DONNY VAN DE BEEK INFERNIZOU Escalado atrás da linha de ataque do Ajax, Donny van de Beek foi responsável por boa parte das jogadas de perigo do time holandês. No primeiro tempo, teve duas chances - e uma entrou. No segundo tempo, ainda se aproximava do trio Hakim Ziyech, Dusan Tadic e David Neres e ajudava a ocupar o setor com excelentes passes. Em um time cheio de movimentação, funcionou muito bem como um elemento-surpresa. PIOR, FEDERICO BERNARDESCHI SUMIU No ataque da Juventus, Cristiano Ronaldo deixou seu gol e se movimentou bem. Paulo Dybala saiu no intervalo

e deu lugar a Moise Kean, que também mostrou velocidade e posicionamento. Mas Federico Bernardeschi esteve abaixo do esperado e não contribuiu. Ameaçar o Ajax fez falta, especialmente no segundo tempo. Acabou substituído. DAVID NERES, PEÇA IMPORTANTE NO ATAQUE O brasileiro se mostrou uma alternativa bastante arisca no ataque do Ajax. Embora escalado do lado esquerdo do ataque, teve boas chances também pela direita - como na tabela com Dusan Tadic aos 20 minutos do primeiro tempo. No segundo tempo, aos 17, começou uma jogada que passou pelos pés de Tadic e que quase se converteu no segundo gol do time holandês. Aos 28, teve a chance de decidir o duelo, mas mandou para fora. Arriscou

pouco a gol, mas teve um papel importante na movimentação ofensiva. VAR GARANTE O 1 A 1 NO PRIMEIRO TEMPO O jogo começou truncado, com duas equipes pouco criativas. A Juventus controlava mais a bola no campo de ataque, mas sem transformar sua posse em chances de gol. Coube então ao Ajax, recuado até o momento, ter a primeira boa oportunidade. Aos 20 minutos, David Neres tabelou com Dusan Tadic pela direita, dentro da área, mas foi travado na hora do chute; na sobra, Donny van de Beek bateu por cima do gol. No minuto seguinte, a resposta: após escanteio cobrado pela direita, Paulo Dybala aproveitou a jogada na entrada da área e bateu, parando na boa defesa de André Onana. Aos 28

Pintura de Messi e desabafo de Coutinho: Barça vence United e vai às semis Lionel Messi não marcava há 12 jogos em quartas de final da Liga dos Campeões, mas deu fim ao jejum da melhor maneira. O argentino marcou duas vezes (um golaço e uma falha de De Gea) e comandou o Barcelona na vitória por 3 a 0 contra o Manchester United, ontem, no Camp Nou, no duelo de volta das quartas da Champions. Coutinho também foi às redes com um belo gol e desabafou na comemoração. O time catalão já havia vencido a ida, fora de casa, por 1 a 0. O Barça não passava das quartas desde a temporada 2014-15, justamente quando foi campeão pela última vez. O próximo adversário sairá do confronto entre Liverpool e Porto, que se enfrentam hoje. Os ingleses venceram a ida, em casa, por 2 a 0. QUEM FOI BEM: MESSI QUER DANÇAR Messi foi o maestro do jogo e fez os marcadores

do United sofrerem. Ele deu caneta em Fred no início da jogada do primeiro gol e depois ainda colocou Jones para dançar na etapa inicial. No segundo tempo, foi a vez de McTominay entrar no baile. Além dos dois gols, o argentino ainda tentou de bicicleta - a bola saiu - para completar o show no Camp Nou. QUEM FOI MAL: DE GEA FALHA FEIO É verdade que o goleiro espanhol não teve chances no primeiro gol de Messi, mas falhou feio no segundo. De Gea não segurou fraco chuto de perna direita, caiu para fazer a defesa, mas viu a bola passar por baixo dos seus braços. Ele ainda fez uma defesa com o rosto em cima da linha no final do 1º tempo, um “milagre sem querer”, mas a falha mais cedo custou caro. Nem 1 minuto e bola no travessão Os dois gols do Barça

logo no primeiro tempo praticamente mataram o confronto, mas tudo poderia ser diferente logo no começo do jogo. Precisando recuperar a derrota na ida, o United se lançou ao ataque, e Rashford chegou a acertar o travessão no primeiro minuto. ÁRBITRO CONSULTA VAR E ANULA PÊNALTI DO BARÇA Quando a partida ainda estava 0 a 0, o árbitro de vídeo (VAR) foi usado aos 10 minutos de jogo. Coutinho ajeitou de peito para Rakitic, que dividiu com Fred e caiu dentro da área. O brasileiro tocou a perna do croata. O juiz alemão Felix Brych marcou o pênalti, mas ouviu o que o VAR tinha a dizer e voltou atrás após rever a jogada à beira do campo. Messi resolve em 4 minutos Pouco depois do lance do VAR, o Barça abriu o placar com uma pintura de Messi.

Aos 16 minutos, o argentino recebeu pela direita, deu uma caneta em Fred e bateu rasteiro no canto direito de De Gea. O argentino apareceu quatro minutos depois para marcar de novo. Fred se atrapalhou, Messi recebeu pelo meio e bateu fraco de perna direita. De Gea aceitou. COUTINHO FAZ GOLAÇO E DESABAFA Coutinho também marcou seu golaço. Aos 15 minutos do segundo tempo, o brasileiro recebeu de frente para o gol e mandou uma bomba no ângulo. O camisa 7, que chegou a ser vaiado em outro jogo, comemorou colocando os dedos no ouvido e desabafou com um xingamento em direção à torcida. O meia da seleção brasileira foi substituído por Dembélé aos 35 minutos e saiu de campo aplaudido de pé pelos torcedores, mas não retribuiu os aplausos. Por: UOL/Portal de Notícias

minutos, veio o primeiro gol, e para os italianos: após escanteio cobrado pela direita por Miralem Pjanic, Cristiano Ronaldo apareceu para mandar de cabeça para o gol. No entanto, o Ajax reagiu rápido: Lasse Schöne arriscou um chute da entrada da área aos 33 minutos e acabou mandando a bola nos pés de Donny van de Beek, que saiu na cara do gol e mandou no canto. Os dois gols foram revisados pela arbitragem. AJAX DOMINA O SEGUNDO TEMPO - E VIRA O JOGO O Ajax seguiu mostrando após o intervalo que poderia jogar de igual para igual com a Juventus. Aos 6 minutos, Donny van de Beek passou na direita para Hakim Ziyech, que invadiu a área em velocidade, chutou forte e só não marcou

porque Wojciech Szczesny fez grande defesa. Depois, aos 12, o próprio Van de Beek bateu colocado pela esquerda, mirando o ângulo de Szczesny, que salvou mais uma. Com 15, a Juventus também chegou: Cristiano Ronaldo recebeu e abriu na direita para Moise Kean, que avançou e chutou para fora. Só que o Ajax não se assustou: dois minutos depois, David Neres inverteu da esquerda para Dusan Tadic, que avançou pela direita e tentou cruzar na área para Hakim Ziyech - Miralem Pjanic chegou antes e cortou de carrinho para fora. E de tanto pressionar, o Ajax chegou ao segundo gol: aos 21 minutos, após escanteio cobrado pela direita por Lasse Schöne, Matthijs de Ligt apareceu para cabecear e mandou para as redes. De quebra, aos 28, David Neres ainda recebeu na área e teve a chance de definir o jogo, mas mandou para fora. Não foi só isso: aos 34, Ziyech aproveitou a bola na área pela direita e marcou um belo gol - que foi anulado pela arbitragem, assinalando um impedimento no lance. Aos 45, a Juventus ainda pediu um pênalti em suposto toque de mão de Daley Blind, mas o árbitro não deu. AJAX NA DEFESA? POR POUCO TEMPO No Ajax, o técnico Erik ten Hag teve um problema prematuro: Noussair Mazraoui, que substituía Nicolás Tagliafico na lateral esquerda, se machucou logo aos 10 minutos do primeiro tempo, dando lugar a Daley Sinkgraven. E embora o Ajax tenha atuado de maneira mais defensiva que a Juventus no começo, até por ter queimado uma substituição no começo, não se limitou a contra-atacar. A partir do 1 a 1 no primeiro tempo, os holandeses fizeram um jogo bastante equilibrado. Por: UOL/Portal de Notícias

Mesmo com gol de Pato, São Paulo perde jogo-treino para o São Caetano Se a intenção do São Paulo era avaliar Alexandre Pato em campo, o saldo do jogo-treino contra o São Caetano foi positivo. O atacante, que não pode atuar na final do Campeonato Paulista pois não está inscrito na competição, entrou na segunda etapa, deu bons passes e fez um gol. Porém, se for para o Tricolor se basear no resultado, o resultado não é animador. Afinal, o Azulão, rebaixado no estadual, venceu por 3 a 2. Como os titulares do primeiro duelo da final com o Corinthians fizeram o trabalho regenerativo no Reffis, o São Paulo entrou em campo com: Jean; Igor Vinicius, Rodrigo, Anderson Martins e Léo Pelé; Jucilei, Jonatan Gómez e Nenê; Biro-Biro (Toró entrou ainda no primeiro tempo), Helinho e Brenner. Durante os primeiros 45 minutos, o São Caetano já criou boas jogadas e quase abriu o placar. No entanto, o Tricolor fez o primeiro com um chute de fora da área de Jonatan Gomez, após rebote de cobrança de escanteio. Como as atenções estavam voltadas para os recém-contratados Pato, Vitor Bueno

e Tchê Tchê, que começaram no banco de reservas, boa parte da imprensa parou de acompanhar o jogo-treino durante a etapa inicial para ver o aquecimento do trio em um campo anexo. Na volta para o segundo tempo, quase todo o time foi alterado. Desta maneira, jogaram: Jean; Bruno Peres, Lucas Kal, Walce e Edimar; Willian Farias, Tchê Tchê e Hernanes; Vítor Bueno, Gonzalo Carneiro e Alexandre Pato. O São Caetano empatou no início do segundo tempo. Contudo, Pato mostrou boa movimentação e, junto com Hernanes, ajudou a criar no sistema ofensivo. Até mesmo nas bolas paradas, o atacante chegou a acertar o travessão. Com a dupla em ação, o Tricolor voltou a ficar à frente no placar. Hernanes cobrou falta e Pato,de cabeça, marcou. Os donos da casa ainda tiveram oportunidades para ampliar, mas não foi feliz na hora de concluir. Do outro lado, o São Caetano mostrou disposição e, principalmente com bolas alçadas na área, conseguiu virar o placar e sair com a vitória. Por: UOL/Portal de Notícias


Polícia A17

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

EM PACARAIMA

Exército prende dois por tráfico internacional de drogas e apreende 6,5 kg de maconha Com eles, os militares encontraram 12 ‘tijolos’ nos quais estavam acomodados os quilos de maconha Divulgação/Exército Brasileiro

NONATO SOUSA

nonatosousa@roraimaemtempo.com.br

O Exército Brasileiro prendeu dois suspeitos de tráfico internacional de drogas, na noite dessa segunda-feira (15), em Pacaraima, ao Norte do Estado. Com eles, os militares encontraram 12 ‘tijolos’ nos quais estavam os quilos de maconha. Raimundo Batista Baraúna e o venezuelano Eduard Hurtado Briguela José moram em Boa Vista e foram interceptados

DENÚNCIA Conforme informações repassadas à reportagem, a dupla foi abordada depois que duas mulheres procuraram os militares e denunciaram os suspeitos por desrespeito pelo Exército, quando tentavam sair de Pacaraima para a capital. Conforme informações repassadas à reportagem, a dupla foi abordada depois que duas mulheres procuraram os militares e

Ao todo, foram apreendidos 12 ‘tijolos’ de maconha dentro de uma mochila

denunciaram os suspeitos por desrespeito. Segundo elas, eles estavam perturbando numa estrada de acesso à Venezuela. “Colhemos dados de como os indivíduos eram e como estavam vestidos, e ficamos atentos para caso eles aparecessem. Por volta das

19 horas avistamos dois suspeitos que foram parados e revistados, momento em que foram encontrados os 12 tabletes de maconha, dentro de uma mochila”, informou a assessoria da 1ª Brigada de Infantaria de Selva. Além do entorpecente,

Brasileiro Raimundo Baraúna e venezuelano Eduard José foram conduzidos à Polícia Federal

estavam dentro da mochila dois celulares, R$ 60 e duas mudas de roupas, desodorante e isqueiro. TRÁFICO INTERNACIONAL A princípio os dois suspeitos foram levados para à delegacia da Polícia Civil de

Pacaraima, porém, ao ser constatado que a droga veio da Venezuela e se tratava de tráfico internacional de drogas, ambos e o material foram entregues à Polícia Federal. A reportagem confirmou com a Superintendência que “o Exército encaminhou à PF em

Equipes da Polícia Militar de RR apreendem drogas e tiram cinco traficantes de atuação Cinco pessoas envolvidas com tráfico de drogas foram presas em flagrante no início da semana em Boa Vista. Entre os presos foi identificado um foragido da Justiça e outro que cumpria prisão domiciliar. As prisões ocorreram em locais e momentos distintos na noite de segunda-feira (15). Durante as ações policiais foi apreendido quase um quilo de maconha, além de trouxinhas de pasta de cocaína e pedras de crack, dinheiro, eletrônicos e outros objetos. Numa das ocorrências atendidas por policiais da Cavalaria e do Canil, da Polícia Militar de Roraima, numa casa no bairro Araceli, zona Oeste, foram detidos três suspeitos, sendo que Waldemilson Malaquias Araújo, 26 anos, apelidado de ‘Don Don’, tinha mandado de prisão em aberto. Natanael Alves Sheusa, 30 anos, estava em prisão domi-

ciliar. O terceiro suspeito foi Márcio Ivaldo Silva de Oliveira. De acordo com informações repassadas pelos policiais, momentos antes da abordagem a equipe da Cavalaria fazia policiamento pelo bairro, quando suspeitaram dos três indivíduos na frente de uma casa e parou para fazer abordagem. Todos foram revistados e com Natanael foi encontrado uma poção de droga. Com os outros dois nada foi encontrado. Os policiais fizeram contato com a Divisão de Inteligência e Captura (Dicap), que revelou que todos já tinham passagem pelo sistema prisional. Além disso, a equipe foi informada que Natanael estava em prisão domiciliar e havia um mandado de prisão em aberto para Waldemilson. MAIS DROGA Após as informações

Em outra ação policial, feita pela equipe do Giro, foram presos os jovens Williams Reis e Ailton Oliveira

Numa das autuações, policiais da Cavalaria abordaram três suspeitos

da Dicap, os policiais entraram na casa onde moravam Natanael e Márcio Oliveira. Com a ajuda da equipe do Canil, foram localizadas 40 trouxinhas de maconha, prontas para venda e uma porção da mesma droga num tubo de vidro. Ao todo, foram apreendidos cerca de 900 gramas de maconha, além de dinheiro, acessórios

pessoais e uma moto. De acordo com a polícia, o local era usado colo boca de fumo, ponto de venda de drogas e após a conclusão do trabalho policial, os três suspeitos foram conduzidos à delegacia, onde foi dado cumprimento ao mandado de prisão contra Waldemilson. Natanael e Márcio foram autuados por tráfico de drogas.

Também foi preso por tráfico de drogas Stallone da Silva Alencar

MAIS PRISÕES Policiais do Grupamento de Intervenção Rápida Ostensiva (Giro), da Polícia Militar, também apreenderam droga e conduziram dois jovens de 19 anos ao plantão da Polícia Civil. De acordo com os militares, a equipe fazia patrulhamento pela Rua Felinto Barbosa Monteiro, no bairro Santa Luzia, quando se deparou com os suspeitos Williams Silva Reis e Ailton Oliveira da Silva. “Abordamos para revista e encontramos com cada um quatro trouxinhas de crack, mais R$ 77. A droga e o dinheiro estavam no bolso das roupas deles. Os dois não quiseram informaram onde adquiriram a droga nem confessaram que estavam vendendo. Constatamos que pelo menos um dos suspeitos, Williams Reis, já tinha passagem pelo sistema prisional e saiu recentemente. Ele foi solto no dia 20 de fevereiro para responder ao processo em liberdade”, informou. Em seguida a abordagem e apreensão do material entorpecente a dupla foi conduzida a delegacia e o delegado de plantão fez a prisão deles por tráfico de drogas. OUTRO Stallone da Silva Alencar foi preso em flagrante por tráfico de drogas na noite de segunda-feira, após ser conduzido à delegacia por policiais militares ao ser encontrado com material entorpecente.

Pacaraima dois indivíduos que se encontravam com 6.590 kg de maconha e a autoridade policial [delegado] determinou a lavratura de prisão em flagrante pelo crime de tráfico internacional de drogas e o posterior encaminhamento à Penitenciária Agrícola de Monte Cristo”.

Assaltantes param condutor no bairro Raiar do Sol e roubam motocicleta Um assaltante armado com uma pistola abordou um motociclista em via pública e roubou uma motocicleta Bros vermelha de placa NBA 9560. O roubo ocorreu na noite de segunda-feira (15), na Rua Estrela do Norte, no bairro Raiar do Sol, zona Oeste da cidade. Edir Lucas Manduca da Silva, proprietária do veículo, relatou à polícia que eram dois bandidos e o assaltante armado apontou a pistola para ele, e ameaçou atirar se não parasse. Além da Bros os ladrões roubaram o celular da vítima. Eles fugiram em alta velocidade. O motociclista registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil e informou o roubo à Polícia Militar, mas até o fim do dia dessa terça-feira (16) nenhum dos assaltantes foi preso ou identificado, tampouco a moto recuperada. O caso será investigado pelos agentes da Delegacia de Repressão a Roubo e Furto de Veículo Automotor Terrestre.


A18

Polícia

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

SUL DO ESTADO

Cão farejador da PMRR encontra droga e auxilia na prisão de traficante em São Luiz Kevin Vidal Paiva, apelidado de ‘Glock PCC’ e ‘Ice Blue’ foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de São João da Baliza NONATO SOUSA

nonatosousa@roraimaemtempo.com.br

O cão Tupã, do Canil Setorial, que integra a equipe de policiais da 6ª Companhia Independente de Fronteira (CIPMFron), da Polícia Militar, em atuação nos município de Caroebe, São João da Baliza e São Luiz, todos na região Sul

BAR Outra porção de drogas foi localizada num bar da cidade, após o cão farejar. Suspeito foi liberado na delegacia, ao comprovar que o entorpecente não era dele

de Roraima, entrou em ação mais uma vez e contribuiu para a apreensão de droga e prisão de um traficante e integrante da facção Primeiro Comando da Capital (PCC), que atua praticando crimes dentro e fora dos presídios no estado. Kevin Vidal Paiva, apelidado de ‘Glock PCC’ e ‘Ice Blue’ foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de São João da

DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Baliza, onde foi preso em flagrante por tráfico de drogas e por integrar organização criminosa, segundo informou o delegado Fernando Da Cruz, na tarde dessa terça-feira ao Roraima em Tempo. Além de Kevin, o dono de um bar, onde foi encontrada droga após o cão farejar, também foi conduzido à delegacia, mas acabou liberado porque o material não era dele. CASO De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, a prisão de Kevin ocorreu após denúncias anônimas da sua atuação criminosa. “A equipe do Canil se deparou com dois elementos suspeitos em uma motocicleta e deu ordem de parada para abordagem e fiscalização, mas o condutor não atendeu e fugiu pela Vicinal 20, entrando nos lotes. Um deles estava armado e conseguiu fugir pela mata. Outro elemento Kevin foi detido”, detalhou. Posteriormente os policiais foram à casa do suspeito onde o cão Tupã encontrou droga. Logo depois, também localizou entorpecente no bar. O delegado informou que Kevin já era velho conhecido da polícia, pois quando adolescente teve várias passagens na delegacia.

Cão Tupã encontrou droga na casa do traficante Kelvin Paiva

Droga também foi encontrada num bar da região

Fugitivo da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo é encontrado enfermo no Hospital das Clínicas Maycom Lima Nunes, 26, apelidado de “Boca de Catraca”, fugiu da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc), na Zona

Rural de Boa Vista, em agosto do ano passado. Ele foi localizado na tarde de segunda-feira por policiais da Divisão de Inteligên-

cia e Captura (Dicap), que o procuravam há mais de oito meses. Conforme um policial da Dicap o fugitivo foi encontrado

enfermo em um dos leitos do Hospital das Clinicas, no bairro Pintolândia, na Zona Oeste de Boa Vista, após a equipe rece-

Maycon ‘Boca de Catraca’ (detalhe) estava sendo procurado há mais de oito meses. Ele foi encontrado na tarde de segunda-feira

ber informações de agentes da Polícia Civil que possivelmente ele estava internado no hospital. “A equipe policial foi à unidade hospitalar e confirmou. Em seguida o caso foi informado à direção do hospital, que fez a transferência do preso para o Hospital Geral de Roraima (HGR), onde ficará sob escolta policial até ter alta e poder voltar para a cadeia”, informou a fonte policial. Segundo dados da Dicap, Maycon junto com junto com outros mais de 70 presos na madrugada do dia 13 de agosto. Ele cumpre pena por homicídio qualificado, roubo e posse ilegal de arma de fogo. Sobre qual enfermidade levou o fugitivo para o hospital a Dicap não informou. A divisão pediu mais uma vez a colaboração da população para ajudar a localizar foragidos do sistema prisional. “Você cidadão de bem, ajude a Dicap a localizar foragidos denunciando através dos telefones 0800 278 0130 ou 9913 99529 (WhatsApp). Sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo”.

Jovem condenado pela Vara de Entorpecentes é preso após ser abordado na rua em Boa Vista Mais um foragido da Justiça foi capturado em Boa Vista por policiais da Força Tática (FT) da Polícia Militar, ocasião em que a equipe policial fazia patrulhamento de rotina pelas ruas da cidade. Carlos Eduardo Nascimento Lopes, 20, foi detido na noite de segunda-feira (15) no bairro Senador Hélio Campos. Lopes estava respondendo a processo em liberdade, na Vara de Entorpecentes e Organizações Criminosas, da Comarca Judiciaria de Boa Vista, e em dezembro de 2018 o juiz concluiu o processo e o sentenciou a cumprimento de prisão em regime aberto, ocasião em que também expediu o mandado de prisão e determinou o recolhimento do réu ao estabelecimento prisional, mas somente agora ele foi capturado. Segundo a reportagem do Roraima em Tempo apurou com os policiais da Força Tática, a equipe abordou Lopes na Rua Raimundo Alves de Souza, e ao ser feito contato com a Divisão de Inteligência e Captura (Dicap) para saber Lopes era foragido do sistema prisional, foram informados que não, mas que havia um mandado de prisão em aberto contra o suspeito. Lopes foi conduzido ao plantão da Polícia Civil, e em nova pesquisa no sistema de informatização da Justiça, foi confirmada a ordem de prisão e o delegado deu cumprimento à determinação do juiz. Em seguida após dar ciência ao documento judicial Lopes foi recolhido ao sistema prisional.


Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

Editais A19


A20

Editais

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019


Editais A21

Boa Vista, quarta-feira, 17 de abril de 2019

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – CPL GABINETE DA PRESIDÊNCIA PROCESSO n° 002856/2019-SMO EDITAL DE TOMADA DE PREÇO nº 001/2019 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS EXECUTIVOS DE INFRAESTRUTURA URBANA E RURAL DE RUAS, AVENIDAS E VICINAIS DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA – RR COMUNICADO O Município de Boa Vista-RR, por meio de sua Comissão Permanente de Licitação – CPL, torna público que após abertura e análise da proposta técnica apresentada mediante aplicação do Art. 48, §3º da Lei 8.666/93, referente a Tomada de Preços epigrafada e ainda com fulcro no Parecer Técnico emitido pela Subcomissão Técnica da Secretaria Municipal de Obras – SMO, DECIDIU CLASSIFICAR a proposta técnica da empresa R. E. CASTRO ÁVILA E CIA LTDA por atender na íntegra as exigências do instrumento convocatório. A decisão, na íntegra, encontra-se acostada aos autos, à disposição dos interessados. Boa Vista – RR, 16 de abril de 2019. Artur José Lima Cavalcante Filho Presidente da CPL

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO GABINETE DA PRESIDÊNCIA

AVISO DE LICITAÇÃO LICITAÇÃO Nº. 020/2019 ORGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE RORAINOPOLIS UNIDADE ORÇAMENTÁRIA: SEMSA MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL TIPO: MENOR PREÇO LOTE ENDEREÇO: PREFEITURA DE RORAINOPOLIS DATA: 03 DE MAIO DE 2019 A Prefeitura Municipal de Rorainópolis, por intermédio da Comissão de Licitação, torna público que às 08h 00min do dia 03 de Maio de 2019 fará realizar licitação na modalidade Pregão Presencial, tipo Menor Preço Lote para Aquisição de Material de Material Médico Hospitalar, para atender as necessidades da população do Município de Rorainópolis, pela Secretaria Municipal de Saúde e seus Programas Vinculados, de acordo com o que determina a Legislação Vigente, a realizar-se na Sala da Comissão de Licitação da Prefeitura Municipal de Rorainópolis. O procedimento licitatório obedecerá ao disposto na Lei nº 8.666 de 21 de junho de 1993, com as alterações posteriores que lhe foram introduzidas. O Edital e seus anexos encontram-se à disposição dos interessados na Sala da Comissão de Licitação, na Prefeitura de Rorainópolis, a partir do dia 18/04/2019, no horário de expediente externo de 08h: 00min às 12h: 00min.

AVISO DE LICITAÇÃO

Rorainópolis-RR, 16 de abril de 2019.

Pregão Eletrônico nº 047/2019 – Registro de Preços Processo nº 1645/2018 – SMSA Objeto: Aquisição de veículo adaptado a unidade móvel odontológica conforme a proposta no termo de nº 140010171227127581 Entrega das Propostas: a partir de 17/04/2019 às 09h (Horário de Brasília) no sítio www.comprasnet.gov.br. Início da Disputa: 30/04/2019 às 09h30min (Horário de Brasília) no sítio supracitado. O Edital encontra-se à disposição dos interessados, nos sítios www.comprasnet.gov.br, www.boavista.rr.gov.br e na Comissão Permanente de Licitação, situada na Rua Penha Brasil, 1011 Palácio 09 de Julho – Anexo I – São Francisco – Boa Vista / RR, no horário de 08h às 14h, sendo fornecido gratuitamente mediante a entrega de um dispositivo eletrônico de armazenamento. Os demais interessados deverão solicitar o edital por meio do e-mail: pregao.pmbv@gmail. com, juntamente com os dados cadastrais do (a) licitante, desde que seja no prazo acima já mencionado. Os esclarecimentos e as informações necessárias aos licitantes serão prestados pela CPL, nos dias e horários de expediente. Néria Gardênia Pontes Benicio Pregoeira

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO – CPL GABINETE DA PRESIDÊNCIA AVISO DE HOMOLOGAÇÃO EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS Nº. 013/2018 PROCESSO Nº. 415/2017 – SMO HOMOLOGO E ADJUDICO O PROCESSO LICITATÓRIO nº 415/2017-SPMA, TOMADA DE PREÇOS Nº. 013/2018, tendo como objeto: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA(S) ESPECIALIZADA(S) EM OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA A REFORMA DE PONTES DE MADEIRA, NO MUNICÍPIO DE BOA VISTA–RR, em favor da empresa VENCEDORA do certame: ESPARDATE CONSTRUÇÕES LTDA (CNPJ: 01.404.777/000184), por ter apresentado o menor preço no valor de R$ 613.375,11 (seiscentos e treze mil, trezentos e setenta e cinco reais e onze centavos), do tipo menor preço, empreitada por preço Unitário. Boa Vista – RR, 16 de abril de 2019. Alessandra de Almeida Pimenta Pereira Secretário Municipal de Obras – SMO

MISLANY DA COSTA FIGUEIREDO Pregoeira da PMR

ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNICIPAL DE AMAJARI COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNICIPAL DE AMAJARI COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ERRATA DO AVISO DE LICITAÇÃO DA TOMADA DE PREÇOS Nº 003/2019 PROCESSO N° 009/2019. INTERESSADO: SEMINFRA.

ERRATA DO RESULTADO DE CLASSIFICAÇÃO DE PROPOSTA DE PREÇOS DA TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2019 PROCESSO N° 007/2019. INTERESSADO: SEMINFRA

Na Edição do Jornal Roraima em Tempo, Folha A20, que circulou no dia 13 de Abril de 2019, referente ao AVISO DE LICITAÇÃO DA TOMADA DE PREÇOS Nº 003/2019 ONDE SE LÊ: Dia 30/04/2019 LEIA-SE: Dia 06/05/2019 Amajarí – RR, 16 de Abril de 2019. FRANCIVAL CAVALCANTE BARBOSA Presidente da CPL/AMAJARÍ

ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNICIPAL DE UIRAMUTÃ COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO - CPL AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL N. 013/2019 A PREFEITURA MUNICIPAL DE UIRAMUTÃ/RR, sediada na Rua Cici Mota, s/n – Centro – Uiramutã/RR, torna público aos interessados, que realizará licitação na modalidade Pregão, em sua forma Presencial, oriunda do Processo Administrativo n. 020/2019, do tipo Menor Preço por Lote, tendo por objeto a “Aquisição de Mobiliários, Condicionadores de ar e Equipamentos de informática para nova sede da SEMED (Secretaria Municipal de Educação Cultura e Desporto) ”, nos termos da Lei 10.520/2002 e subsidiariamente Lei n. 8.666/93 Abertura das Propostas: 30/04/2019 às 09:00 horas. O Edital na íntegra encontra-se a disposição dos interessados no endereço supra, horário: 8:00 às 13:30 horas, na sala da Comissão Permanente de Licitação localizada na sede da Prefeitura Municipal de Uiramutã/RR. Uiramutã/RR, 15 de Abril de 2019. Manuel da Silva Araújo Prefeito Municipal

ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNICIPAL DE UIRAMUTÃ COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO - CPL AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL N. 012/2019 A PREFEITURA MUNICIPAL DE UIRAMUTÃ/RR, sediada na Rua Cici Mota, s/n – Centro – Uiramutã/RR, torna público aos interessados, que realizará licitação na modalidade Pregão, em sua forma Presencial, oriunda do Processo Administrativo n. 019/2019, do tipo Menor Preço Global, tendo por objeto a “LOCAÇÃO DE 03 (TRES) CAMINHONETES para atender as necessidades da SEMED (Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto)”, nos termos da Lei 10.520/2002 e subsidiariamente Lei n. 8.666/93 Abertura das Propostas: 30/04/2019 às 10:30 horas. O Edital na íntegra encontra-se a disposição dos interessados no endereço supra, horário: 8:00 às 13:30 horas, na sala da Comissão Permanente de Licitação localizada na sede da Prefeitura Municipal de Uiramutã/RR. Uiramutã/RR, 15 de Abril de 2019. Manuel da Silva Araújo Prefeito Municipal

Na Edição do Jornal Roraima em Tempo, Folha A19, que circulou no dia 16 de Abril de 2019, referente ao RESULTADO DA TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2019 ONDE SE LÊ: R.S. DO NASCIMENTO EIRELI LEIA-SE: JB SERVIÇOS EIRELI Amajarí – RR, 16 de Abril de 2019. FRANCIVAL CAVALCANTE BARBOSA Presidente da CPL/AMAJARÍ

Profile for RoraimaEmTempo

Jornal Roraima em tempo – edição 1200  

Jornal Roraima em tempo – edição 1200  

Advertisement