Page 1

A Parábola dos Cegos, 1568, Pieter Bruegel; Óleo sobre tela, Galeria Nacional, Nápoles. Alusão ao Evangelho de Mateus (15:14): “Deixem-nos lá! São cegos que fazem de guias a outros cegos. E quando um cego guia outro, acabam por cair os dois num buraco.”

Sobre finanças, electricidade e sonoplastia Por Rui Miguel Duarte* Uma das mais perniciosas consequências do Acordo Ortográfico de 1990 (AO90) é que de repente a ignorância foi promovida a sabedoria e ciência. Assim como no caso do Sr. Relvas. E no futebol, em que toda a gente é treinador de bancada, embora sem creditação universitária. Até os amigos deixam de se calar para me ouvir nisto, em que sou menos ignorante do que eles. Quando amigos e conhecidos falam de finanças, electricidade ou sonoplastia, este burro baixa as orelhas. Como não sei, desconheço, como mero amador, ou simples ignorante, só me sobra o silêncio atento de aluno sentado tranquilamente a beber do seu mestre o conhecimento. Quando se trata da ortografia da língua portuguesa, e a minha contestação ao dito AO90, esses amigos e conhecidos, que saberão de finanças, electricidade ou sonoplastia mas não de linguística, ciência filológica ou literatura, espetam-me célere um dedo num olho e lançam-me, como um raio, a primeira sentença: — Se não se pronuncia, não se escreve. Se me apresso a explicar-lhes o valor diacrítico das consoantes ditas mudas no Português Europeu, a abertura da vogal átona precedente, ou as incongruências de se eliminarem os “p” de “recepção”, “decepção”, “concepção”, “conceptual”, “espectador” em Portugal, que se mantêm no Brasil, o que viola o próprio espírito unificador do AO90, além de reconhecidamente induzir à alteração da pronúncia da vogal precedente, no sentido do emudecimento, em vez de manterem a abertura da vogal precedente, donde:

Rui Miguel Duarte – Sobre finanças, electricidade ou sonoplastia / Pág. 1


— “receção” se pronunciará (como reconhece D'Silvas Filho, um ferrenho adepto do AO90, no portal Ciberdúvidas, aqui http://www.ciberduvidas.pt/pergunta.php?id=30104) como “recessão”; — “deceção” como “dec'ção”; — “conceção” como “concessão” (ou “conç'ssão”); — “concetual” como “conç'tual” — “espetador” como “esp'tador”, passando a confundir-se com o nome deverbativo de agente do verbo “espetar”, designando aquele que coloca um espeto, que espeta alguma coisa; não demoram a espetar-me outro dedo no outro olho, pois não podia este ficar a rir-se de ver o seu gémeo espetado: — Foi decidido entre países que falam português e o governo mandou aplicar, logo temos de aplicar. Queres ser despedido? E pronto. Viva a áurea mediania acordista (não a horaciana). E viva este novo século luso, em que antes podia perceber apenas de finanças, electricidade ou sonoplastia, mas agora, já têm equivalência a linguística, ciência filológica e literatura, adquirida sem necessidade de certificado à pala deste AO90! E melhor — ao espetarem os dedos nos olhos deste pobre que nada sabe de finanças, electricidade ou sonoplastia mas conhece algumas coisas de linguística, ciência filológica e literatura, adquirem, sem esforço, sem estudo, sem experiência, e sem processos de equivalências, o supremo e mais cobiçado dos diplomas: um Doutoramento como Espetadores. Fonte: Facebook do autor (3 de Agosto de 2012) * Licenciado em Línguas e Literaturas Clássicas na Universidade de Lisboa, em 1991. Doutorado em Literatura na Universidade de Aveiro, em 2006, com tese sobre comentários anónimos ao tratado Estados de causa de Hermógenes de Tarso (retórica jurídica). É investigador do Centro de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Desenvolve actualmente pós-doutoramento, com bolsa da FCT, em comentários de Sópatro (séc. IV d.C.) ao mesmo tratado. Participou como tradutor e revisor na tradução interconfessional da Bíblia (A Bíblia para todos, Lisboa, Temas e Debates, 2009; Sociedade Bíblica, 2010). ______________________________________ Publicado na Biblioteca do Desacordo Ortográfico a 3 de Agosto de 2012 http://www.jrdias.com/acordo-ortografico-biblioteca.htm

Subscreva a Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico http://ilcao.cedilha.net/docs/ilcassinaturaindividual.pdf

Rui Miguel Duarte – Sobre finanças, electricidade ou sonoplastia / Pág. 2

SONOPLASTIAS  

"SOBRE FINANÇAS, ELECTRICIDADE E SONOPLASTIA" Por Rui Miguel Duarte

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you