Page 1

A Choldra Ortográfica em Portugal

ACORDO ORTOGRÁFICO? Não, obrigado. Não pedimos, não queremos, e, sobretudo, não precisamos.

© João Roque Dias, CT

Actualização:

7 MAI 2013


ACORDO ORTOGRÁFICO? Não, obrigado. Não pedimos, não queremos, e, sobretudo, não precisamos.

Este e muitos outros documentos estão disponíveis na Biblioteca do Desacordo Ortográfico em http://www.jrdias.com/acordo-ortografico-biblioteca.htm


Qual vírus fora de controlo, a choldra ortográfica criada pelo acordo ortográfico em Portugal está em todo o lado...

O ENSINO DO ACORDÊS O LINCE E OUTROS BICHOS PAPA-LETRAS O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA O ACORDÊS NO DIÁRIO DA REPÚBLICA O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

NOTA: Ver as novas entradas no final de cada secção.

DA “NECESSIDADE” DO ACORDO ORTOGRÁFICO... «Para facilitar a cooperação na África e no Timor, por exemplo, é fundamental essa ‘universalização’. Não dá para uma professora dizer ‘dictado’ (sic), seguindo um livro de Portugal e ‘ditado’ quando utilizar um livro do Brasil.» ─ Carlos Alberto Xavier, assessor especial do ministro da Educação do Brasil (in www.japao.org.br, a 28 Out. 2004)


PARA COMEÇAR, O SUPREMO DELÍRIO DOS ACORDISTAS CONVERTIDOS... Visita a 5 de Março de 2013

«O Acordo é uma penumbra que vai cair sobre a língua portuguesa.» Paulo Gonçalves, Porto Editora PÚBLICO (Lusa) 21 de Abril de 2008


COMO?


EM PORTUGAL

A UNIFICAÇÃO ORTOGRÁFICA É ISTO? NO BRASIL


A choldra ortográfica em Portugal choldra | s. f. mistifório | s. m. miscelânea; confusão; salsada “Aqui importa-se tudo. Leis, ideias, filosofias, teorias, assuntos, estéticas, ciências, estilo, indústrias, modas, maneiras, pilhérias, tudo nos vem em caixotes pelo paquete. A civilização custa-nos caríssima com os direitos da alfândega: é em segunda mão, não foi feita para nós, fica-nos curta nas mangas... Nós julgamo-nos civilizados como os negros de S. Tomé se supõem cavalheiros, se supõem mesmo brancos, por usarem com a tanga uma casaca velha do patrão... Isto é uma choldra torpe.” – João da Ega, n’Os Maias, de Eça de Queirós.

«A aplicação do Acordo não levará apenas ao caos no ensino nos oito países. Levará a que a língua portuguesa se cubra de ridículo no plano internacional.» Vasco Graça Moura, DIÁRIO DE NOTÍCIAS, 6 de Fevereiro de 2008.

«E até adianto: apesar de trabalhar num meio escolar, portanto privilegiado para o efeito, até à data só encontrei uma única pessoa que verdadeiramente conhecesse, em sua parafernália de regras e excepções, o famigerado acordo. Sei de outras muitas, é verdade, que pretensamente o aplicam. Porém essas limitam-se à fácil e lúdica erradicação das consoantes mudas: escrevem “fato” por facto e “ata” por acta, põem “ótimo” por óptimo, grafam “espetador” por espectador…» António Rosa Mendes Variações acerca do “Novo Acordo Ortográfico”, JORNAL DO ALGARVE, 26 de Julho de 2012


Para que o futuro não repita esse erro (não é para isso que serve a História?), tratamos de apontar, pela ordem, os responsáveis, a fim de que o País saiba a quem culpar por este equívoco descomunal: a Comissão Elaboradora, que deu à luz a Reforma, mesmo consciente de que ela não faria o que prometia; o governo Lula, que tratou levianamente uma decisão desse porte em nome de um discutível ganho político; a comissão chapa-branca do MEC, que disse amém ao projeto, apesar de estar ciente de seus defeitos; a Universidade, que se calou covardemente, traindo a confiança que nela deposita a sociedade que a sustenta; a ABL, que veio jogar gasolina na fogueira, ao lançar unilateralmente o seu Vocabulário Ortográfico e — o que é pior! — introduzir, por conta própria, algumas interpretações desastradas que fogem ao texto original.

Cláudio Moreno in A Reforma adiada: e agora? http://wp.clicrbs.com.br/sualingua/2013/02/25/a-reforma-adiada-e-agora/


É a quem pela “unidade essencial da língua” se esquece de admitir que a pôs em causa com factores de desunião, como aspectos e aspetos, recepções e receções, infecções e infeções, contraceptivos e contracetivos, rupturas e ruturas, a quem decidiu perturbar a estabilidade do actual português europeu escrito, permitindo o enxerto de fatos, contatos e impatos, que se deve exigir quanto antes a anulação deste lamentável processo. Dêem o feito por não feito, cantem a palinódia. Pela retratação, é perceptível que o impacto está longe de ser nulo. A retractação é acto digno e responsável. O AO90 não é um facto consumado, é tão-somente um fato que não serve. Devolva-se ao alfaiate. Francisco Miguel Valada “Contra fatos: os argumentos”, PÚBLICO, 13 de Novembro de 2012


Os factos... "Curiosamente, a despeito das inúmeras críticas que a reforma portuguesa recebera no Brasil, sua aceitação acabou sendo até maior do que aquela anteriormente realizada pelos acadêmicos brasileiros, pelo menos nos primeiros anos subseqüentes à mesma: em 1915, por exemplo, a própria Academia Brasileira de Letras acabaria aceitando um parecer de Silva Ramos (julho) que tornava oficial o sistema ortográfico lusitano, eliminando todas as divergências ortográficas entre Brasil e Portugal (novembro), apesar de que quatro anos depois (1919), a mesma academia voltaria atrás, renegando a proposta de Silva Ramos e abolindo a resolução de 1915. O amorpróprio e o sentimento nacional brasileiros parecem ter, no final das contas, prevalecido." in REFORMA ORTOGRÁFICA E NACIONALISMO LINGÜÍSTICO NO BRASIL, por Maurício Silva (USP)

A mentira oficial...


Mais factos... A actual controvérsia ortográfica tem os seus antecedentes mais próximos no anterior Acordo, o de 1945, que o Brasil connosco assinou, promulgando-o, inicialmente, pelo Decreto-Lei n.º 8286, de 5 de Dezembro desse ano, para mais tarde o vir a revogar, em 21 de Outubro de 1955, por diploma firmado pelo Presidente João Café Filho, restabelecendo o sistema ortográfico de 1943. Durante esses 10 anos, os brasileiros contrariaram, criticaram e impugnaram quanto puderam a aplicação do Acordo, desencadeando conturbada discussão, em que, por vezes, o assunto nela dominante não era a Língua comum, mas o passivo da Colonização Portuguesa, invariavelmente vista como nociva e até apontada como responsável do atraso geral do desenvolvimento do País. Como declarou o falecido A. Houaiss ao jornal «Folha de S. Paulo», em 11 de Maio de 1986: «Sentimos que a ortografia de 1945 era lusitanizante», impressão que, no Brasil, em matéria linguística, pode causar de imediato um efeito paralisante ou de rejeição liminar.

António Viriato “O Acordo Ortográfico da Nossa Desunião (Reformulado numa só peça escrita)” in blog Alma Lusíada (14 Novembro de 2012)


É GRANDE A CONFUSÃO, e um breve exame ao que se passa nas instituições que já adoptaram o Acordo mostra que ninguém o aplica correctamente e instituíram-se normas locais, casuísticas e decididas arbitrariamente, para impor normas que faltam, para suprir as incongruências e as contradições do AO (por exemplo, neste jornal em que escrevo, espectador começou por perder a consoante não articulada c, mas já a reconquistou). Como vai ser possível ensinar a ortografia nas escolas? Como reagirão os alunos quando um professor os ensinar a escrever uma palavra de uma determinada maneira e um outro professor os ensinar de maneira diferente? O impossível acordo António Guerreiro, A[C]TUAL, EXPRESSO, 25 de Fevereiro de 2012

12


O ACORDO ORTOGRÁFICO É UM ABORTO POLÍTICO: SUSPENSÃO, JÁ! (...) Entretanto, a situação ortográfica está caótica. A resistência é, felizmente, grande e determinada. Nos documentos públicos, escolas, exames, media, a confusão é generalizada.

Eduardo Cintra Torres, CORREIO DA MANHÃ, 1 de Julho de 2012 «RTP: mudar alguma coisa para que tudo fique na mesma»

13


Em 1903, no prefácio de “Portugais – phonétique et phonologie – morphologie – textes”, advertia Aniceto dos Reis Gonçalves Viana, acerca dos escritos que encerram a obra:

“Les lecteurs seront surpris de rencontrer dans les textes des contradictions et des irrégularités orthographiques. J’ai gardé l’orthographe de chaque écrivain, à fin de mettre sous leurs yeux l’état anarchique où elle se trouve”. E, hoje, perante a Choldra Ortográfica que se instalou em Portugal por causa do acordo ortográfico, o que diria Gonçalves Viana? 14


A aplicação do Acordo Ortográfico de 1990 no processo de ensino e aprendizagem revelou a existência de constrangimentos que podem, no futuro, dificultar a boa aplicação do Acordo; in Declaração Final da VII Reunião de Ministros da Educação da CPLP (Luanda, 30 de Março de 2012), subscrita pelo Estado português 22 anos depois de ter assinado o AO90 à revelia de – e ignorando – TODOS os pareceres qualificados emitidos por especialistas e instituições portuguesas.

Depois de assinar esta declaração – sem quaisquer reservas – o que fez o Governo português? NADA! Assobia para o lado! 15


The recent well-intentioned attempts to preserve linguistic, or at least orthographic, unity throughout Portugal, Brazil and the [former] Portuguese African territories (and Goa, Macao and East Timor) have created chaos, particularly in Portugal itself. Roger Wright (Prof. Emer. U. Liverpool), Convergence and Divergence in World Languages, in Hernรกndez-Campoy & Conde-Silvestre, Eds., The Handbook of Historical Sociolinguistics, March 2012, Wiley-Blackwell.

16


“Está a correr mal porque este acordo tem algumas incoerências e uma delas são as excessivas facultatividades.” José Mário Costa (acordista ferrenho e fundador, proprietário e coordenador editorial do Ciberdúvidas) in NATIVOS DIGITAIS, RTP 2, 22 de Maio de 2012 E, depois de declarar que “está a correr mal”, em vez de combater as “incoerências” e as “excessivas “facultatividades”, continua a pugnar pela aplicação do Monstro, não é, José Mário Costa? 17


«as incoerências e aberrações do texto do "(Des)Acordo", de como ele foi posto em prática, do dinheiro público e privado que foi jogado no lixo por causa das trapalhadas e das idas e vindas da entrada em vigor do "(Des)Acordo" e das arbitrariedades que o "Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa" ("VOLP"), publicado pela ABL, impingiu ao texto oficial. Lembrei, por exemplo, que o que o texto oficial determina sobre o hífen é extremamente confuso, incoerente etc. e que o VOLP "rasgou" parte dele e criou regras "novas". O resultado disso é a impossibilidade de aprender ou ensinar o emprego desse sinal quando se toma por base o texto oficial, que já é uma verdadeira aberração.» Pasquale Cipro Neto O '(Des)Acordo' debatido no Senado in Folha de S. Paulo (Cotidiano), 12 de Abril de 2012

Diz o autor: «Até agora, só o Brasil publicou um vocabulário ortográfico, que não respeita o texto oficial» - NÃO É VERDADE! Também o VOP (português) criou regras ortográficas novas, só dele, que nem sequer são iguais às novas regras introduzidas pelo VOLP (brasileiro)... Unificação? Qual unificação? 18


Recuso-me mesmo a aceitar grafias como espetador, preferindo só espectador (pelos motivos já apontados; circunspeção, preferindo só a variante brasileira circunspecção (porque em Portugal é circunspecto); intercetar, preferindo só a variante brasileira interceptar; olfação, preferindo só a variante brasileira olfacção, oticidade preferindo só opticidade; retração, preferindo só retracção (porque é retracto); etc. Na discricionariedade que apresentam os Vocabulários já publicados em Portugal, dou preferência a acta em vez de ata (termo que traz ambiguidades e reduz dignidade ao nome); corrector em vez de corretor, para quem corrige, etc. (...) No fundo, é o critério que levou os Vocabulários a adotar óptica para visão e ótico para audição, embora o critério fonético dispensasse a consoante muda (está eletro-ótica no texto do AO).

D’Silvas Filho in www.dsilvasfilho.com Ou como um acordista confesso (e de longa data), perante o caos ortográfico que vigora em Portugal, já defende a violação do AO90 através de regras que lhe vão saindo da cabeça, mas sempre em submissão canina à ortografia brasileira... 19


A ALDRABICE DO PORTUGUÊS “UNIFICADO”

?

?

?

?

? ? ? ? APESAR DA INDICAÇÃO DO DOMÍNIO .PT (PORTUGAL), DA ORTOGRAFIA (SUPOSTAMENTE UNIFICADA) ATÉ AO LÉXICO E À SINTAXE, NADA NESTA PÁGINA CHEIRA SEQUER A PORTUGUÊS EUROPEU...


A existência de duas ortografias oficiais da língua portuguesa, a lusitana e a brasileira, tem sido considerada como largamente prejudicial para a unidade intercontinental do português e para o seu prestígio no Mundo. (...) Com a emergência de cinco novos países lusófonos, os factores de desagregação da unidade essencial da língua portuguesa far-se-ão sentir com mais acuidade e também no domínio ortográfico. Neste sentido importa, pois, consagrar uma versão de unificação ortográfica que fixe e delimite as diferenças actualmente existentes e previna contra a desagregação ortográfica da língua portuguesa. Nota Explicativa do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (1990)

Vejamos então como, em Portugal, se está a promover a “unidade intercontinental do português e o seu prestígio no Mundo” e se previne a “desagregação ortográfica da língua portuguesa”...


«O português é a língua dos países do futuro, é preciso consolidar a sua escrita» Evanildo Bechara, acordista-mor brasileiro, em palestra proferida na Academia Brasileira de Letras a 18 de Setembro de 2012

Portugal TEM (e tinha, até 2009), uma ortografia estável e consolidada. Vejamos, nas páginas seguintes, como, após a catastrófica “adopção” do AO90, está a ser feita a “consolidação” da escrita em Portugal. Como se, em Portugal, a escrita precisasse de ser consolidada...

22


PERCEBERAM AGORA?

Babbel.com recebe financiamento de Berlim e a UNIÃO EUROPEIA Cerca de 1 milhão de euros para a expansão da tecnologia e conteúdo até 2011 – Berlim, 20. Outubro de 2009 – COM A AJUDA DE FUNDOS EUROPEUS PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL (EFRE) e financiamento do Estado de Berlim, Babbel.com vai avançar 23 significativamente seu estilo único de aprendizagem de línguas online.


O ENSINO DO ACORDÊS

1. Segundo o “novo” AO que pretendem ensinar, Novembro estaria errado... 2. Para quem “ensina” ortografia, convinha saber que o símbolo do euro (€) deve ser escrito depois do valor numérico e não antes... (cf. Regras de escrita das referências monetárias, Código de Redacção Interinstitucional da União Europeia e diversas publicações do Banco de Portugal). 3. Em que ficamos, relativamente à aplicação da Base IV do AO: é objectivo ou “objetivo” (sic) e é lectivas ou “letivas” (sic)?


O ENSINO DO ACORDÊS

PEREMTÓRIO??? Tudo isto num guia “rápido” para tirar dúvidas a professores e alunos... Notícia de 1 de Dezembro de 2011.

Pois é, o tal Novembro violaria (vá-se lá saber porquê) as regras do português “unificado”... Afinal, apenas porque os brasileiros escrevem "novembro" e “janeiro” e “verão” e “inverno”. Veja-se ainda, num seminário sobre Ortografia, o mais estuporado (e mau) uso das regras da ortografia americana, com o exagero de maiúsculas iniciais: “Prestigiado Especialista”, assim, porquê? “Alterações” e “Implicações”, assim, porquê? E o que é o “Novo Código Ortográfico”? Alguém o conhece? Ou é mais uma invenção desta gente sem memória e sem referências da sua própria língua?


O ENSINO DO ACORDÊS

A VINGANÇA DA IGNORÂNCIA: anda um afadigado acordista a escrever um livro para ensinar a “nova” ortografia ao Povo, inventando para Portugal a regra da nãopronúncia de algumas consoantes para as fazer desaparecer da escrita, como no Brasil, e logo vem um “novo-ignorante” chamar ao livrinho: “Actual – O novo acordo ortográfico”... E, claro, como uma ignorância nunca vem só, co-autoria também viola as “novas” regras que se propõem ensinar... Note-se que segundo as regras ortográficas desta gente, um orador deve passar ser um “Orador” (sic). E que uma simples área de especialidade fica mais “moderna” se passar a “Área de Especialidade” (sic), aplicando-se a mesma “regra” a entidades públicas e privadas...

26


O ENSINO DO ACORDÊS

COMEÇAMOS MAL... Porque, segundo o "novo" acordo ortográfico, Outubro deveria ser escrito “outubro” (sic). Certamente, para os brasileiros poderem compreender a nossa ortografia, evitar-se a “dupla tradução” de livros para Portugal e o Brasil e o português poder vir a ser língua oficial nas Nações Unidas... E, desta vez, sabe-se lá porque, acertaram na correcta escrita do símbolo do Euro... 27


O ENSINO DO ACORDÊS

A CHOLDRA ORTOGRÁFICA EM ACÇÃO 1. Edite Estrela tem um "site" oficial. Onde declara o (seu) "culto pelo português". Mas usa "site" e "Home"... 2. Edite Estrela escolheu para divisa do seu sítio uma bela frase de Cervantes. A licenciada em Filologia Clássica e Mestre em Comunicação Social não terá achado nenhuma frase adequada em toda a literatura portuguesa... Culto do português? Qual “culto” e qual “português”? 3. Edite Estrela é uma acordista convicta. No entanto, moita-carrasco sobre as “incongruências”, “falhas”, “lapsos” e “lacunas” que Malaca (autor do AO) e Bechara (propagandista brasileiro do AO) juram que o AO contém... Nem nenhum clamor pelo "vocabulário ortográfico comum" que o tratado que Edite Estrela defende exigia e exige... 4. Mesmo assim, Edite Estrela escreve livros como um "Dicionário de Dúvidas, Dificuldades e Subtilezas da Língua Portuguesa" e, para lucrar com o estropício que apoia, um "guia completo e rigoroso" sobre o AO... 5. E no seu "site", vai-se a ver, e é o que a imagem demonstra: um verdadeiro culto da choldra, a que não faltam os “CONTATOS” (corrigido após aviso de leitor...) , “REPUBLICA” e até o Jean-Jacques Rousseau foi “acordizado” para “JEAN JAQUES”... 6. Ora bolas: afinal, Edite Estrela não sabe escrever "acordês", mas anda a ensiná-lo! A troco de 30 dinheiros, claro...

28


O ENSINO DO ACORDÊS

A ASSOCIAÇÃO DE PROFESSORES DE PORTUGUÊS É UMA EXCELENTE FONTE DE ANEDOTAS SOBRE O ACORDO ORTOGRÁFICO: «Na verdade, saber quais são as alterações que esta nova norma introduzirá na ortografia, diria que para qualquer professor de professor basta entre 30 segundos a 30 minutos.» ─ Paulo Feytor Pinto (ex-presidente da APP) em 2008. «...os professores não estão a ter formação em relação ao novo acordo ortográfico.» ─ Edviges Ferreira (presidente da APP) em 2011. «...Mas depois o acordo contradiz-se.» E como faz para resolver essas contradições quando está a dar formação? «Explico isso, e aconselho os colegas a ensinar os meninos a escrever como dizem. Nesse caso, o professor não os pode penalizar”.» ─ Edviges Ferreira (presidente da APP) em 2011. «Penalizar os seus alunos que escreverem com a antiga grafia» (PÚBLICO, 8/9/2011) ─ Edviges Ferreira (presidente da APP) em 2011.

29


O ENSINO DO ACORDÊS

O NEGÓCIO DA CHOLDRA

30


O ENSINO DO ACORDÊS

DESONESTIDADES ORTOGRÁFICAS: numa conferência organizada pela LISBOA Editora, com a presença de Malaca Casteleiro, apareceram referências a “Norma luso-afro-asiática” e “Norma brasileira”... Ou seja, Malaca fala agora do que não houve coragem de deixar escrito no AO... O AO não refere quaisquer “normas”, nem faz distinções entre a ortografia de Portugal, os PALOP e Timor-Leste em contraposição com a do Brasil. Segundo o AO, poderia escrever-se em Portugal – E SEM QUAISQUER RESTRIÇÕES – “súdito”, “sutil”, “amídala”, “indenizar”, “arimética”, etc.

31


O ENSINO DO ACORDĂŠS

PARA QUE SERVE O AO? Para eliminar as consoantes mudas portuguesas...

32


O ENSINO DO ACORDÊS

? Na Escola Secundária João Gonçalves Zarco em Matosinhos, as “dinamizadoras” da acção de formação sobre o AO andam baralhadas ou a inventar ortografias: 1. Sem nenhuma indicação de a letra “W” NÃO se pronunciar "dáblio" (sic) em Portugal... 2. Alteram a ortografia de “Watt” (cf. texto do AO) para “watt” e dizem que “km” se deve escrever “Km”. Não, senhoras “dinamizadoras”, não deve... 3. UMBLOCKING, senhoras dinamizadoras? 4. E, o que são “unidades de medida internacionais” (sic)? Que linguagem é esta? 33


O ENSINO DO ACORDÊS

O certificado emitido na Escola Secundária João Gonçalves Zarco em Matosinhos é um excelente exemplo da choldra ortográfica pós-AO: acção em português correcto e “Diretor” (sic), estropiado pela maravilhosa acordização...

34


O ENSINO DO ACORDÊS

Na Universidade do Minho, escreve-se acordês assim... E, das três, uma: (1) o pessoal que escreveu o certificado não assistiu ao workshop; (2) as 2,5 horas não foram suficientes; (3) a "Diretora" que assinou os certificados não se importa de assinar textos OFICIAIS com erros ortográficos...

35


O ENSINO DO ACORDÊS

Neste sítio de uma Biblioteca Escolar diz-se que estão conscientes das dificuldades...

36


O ENSINO DO ACORDÊS

37


O ENSINO DO ACORDÊS

No Estado, escrever português é agora escrever acordês (E MAL)... E a correcção da redacção e da pontuação? Que se lixe... 38


O ENSINO DO ACORDÊS

? ?

O AO iniciou a ser aplicado...??? E, claro, a choldra ortográfica do costume... Em bom português: “Main Menu”???

39


O ENSINO DO ACORDÊS

?

Está ali um “C”... Corta, corta... E o hífen do AO? Que se lixe...

40


O ENSINO DO ACORDÊS

O ENSINO DA CHOLDRA...

41


O ENSINO DO ACORDÊS

SÓ AS PRINCIPAIS REGRAS... PAGUE DINHEIRO PARA FICAR A SABER AS DESVANTAGENS...

?

? 42


O ENSINO DO ACORDÊS

A “UNIFICAÇÃO” E AS ORTOGRAFIAS ESPECÍFICAS

43


O ENSINO DO ACORDÊS

O ENSINO DO ACORDÊS NEGANDO O ACORDÊS...

44


O ENSINO DO ACORDÊS

O ENSINO DO ACORDÊS É ISTO?

?

45


O ENSINO DO ACORDÊS

“INTATO” SEGUE QUE NORMA ORTOGRÁFICA?

?

Em Portugal, nunca se escreveu “intato”, com ou sem acordo ortográfico. No Brasil, segundo o mesmo Ciberdúvidas, «É de notar que o Dicionário Houaiss, dando preferência a intato, admite também a forma intacto. O Dicionário Unesp do Português Contemporâneo, de Francisco Borba, prefere intacto, considerando muito pouco usada a variante intato.»

46


O LINCE E OUTROS BICHOS PAPA-LETRAS

Uma avaria no conversor automático Lince obrigou-me a fazer o esforço de, enfim, começar a tentar apreender o famigerado Acordo Ortográfico, que prometi respeitar nos textos escritos para os jornais. Até aqui, era acabar o artigo, passar-lhe o corrector e enviá-lo aos editores; agora, tenho de passá-lo por um filtro e introduzir as correcções a dedo. E, de súbito, dou-me conta do mais absurdo de tudo: as regras até podem ser ridículas, mas as excepções são muito mais ridículas ainda. Afinal, os burocratas fizeram questão de levar a sua avante, mas cederam em tudo o que achavam que podiam ceder para que a insistência não lhes explodisse na cara. O Acordo não é apenas um atentado ao bom gosto, um desrespeito por décadas de tradição literária e uma fragilização estúpida da Língua num contexto de voragem cultural global. É absolutamente incoerente – e, pior, é-o por cobardia. Retrato mais fiel da geração que levou os últimos 20 anos a discuti-lo, abandoná-lo e, enfim, implantá-lo não poderia haver. Muitos parabéns. Joel Neto, no seu blog, em 8 de Julho de 2012 http://www.joelneto.com/274360.html 47


O LINCE E OUTROS BICHOS PAPA-LETRAS

«O Acordo é uma penumbra que vai cair sobre a língua portuguesa.» Paulo Gonçalves, Porto Editora, Público (Lusa) 21/4/2008.

A MÁQUINA DE TIRAR CONSOANTES: a Porto Editora, depois de ser uma frontal opositora ao AO, transformou-se, mais tarde (quando os ventos sopraram para a ilha do dinheiro), numa sua feroz apoiante e impulsionadora. Num folheto PDF intitulado “Descubra o acordo ortográfico com a Porto Editora”, apresenta como “conversor de textos” apenas o seu. Ora, quem manda na ortografia em Portugal é o Estado português e não a Porto Editora. E o Estado português NÃO declarou este conversor a ferramenta oficial para a acordização do português. Honestidade? Qual honestidade?

48


O LINCE E OUTROS BICHOS PAPA-LETRAS

«O Acordo é uma penumbra que vai cair sobre a língua portuguesa.» Paulo Gonçalves, Porto Editora, Público (Lusa) 21/4/2008.

VOCABULÁRIO ORTOGRÁFICO PRIVADO: a Porto Editora, depois de ser uma frontal opositora ao AO, transformou-se, mais tarde (quando os ventos sopraram para a ilha do dinheiro) numa sua feroz apoiante e impulsionadora. Num folheto PDF intitulado “Descubra o acordo ortográfico com a Porto Editora”, apresenta um “Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa”. Não é feita qualquer referência ao “Vocabulário Ortográfico do Português”, declarado pelo Estado português como o vocabulário oficial pós-acordo em Portugal... O VOLP da Porto Editora não passa de uma obra particular e não oficial. Apenas no que se refere às unidades de medida, o VOLP da Porto Editora/Malaca Casteleiro contém grossos disparates: "quilohertz" (a par das formas correctas "ohm", "kilovolt", "kilowatt", "megahertz, "megawatt" e "megaohm"). Malaca regista também, correctamente, "milifarad", mas deixa de fora "picofarad" e diz que "pico" (prefixo SI) deve ser utilizado com hífen antes de "h" ou "o". Ou seja, acha que "picoohm" deve ser escrito "pico-ohm" e que "picohenry" deve ser escrito "pico-henry". E que as palavras com "quilo" (mais uma vez, a confusão ignorante com o prefixo "kilo" do Sistema Internacional) devem levar hífen antes de "o" ou "h", Logo, Malaca dixit, devemos escrever "quilo-ohm", "quilo-henry" e "quilo-hertz". Dixit mal, Malaca!

49


O LINCE E OUTROS BICHOS PAPA-LETRAS

?

?

O BICHO PAPA-LETRAS (designado “conversor oficial para o AO” pelo Governo português) tem uma fisiologia estranha: ora papa, ora não papa... 50


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

É ISTO A “NOVA” ORTOGRAFIA, SENHOR PRESIDENTE?

COMENTÁRIOS? PARA QUÊ?

51


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

É ISTO A “NOVA” ORTOGRAFIA, SENHOR PRESIDENTE?

52


? ?

? É ISTO A “NOVA” ORTOGRAFIA, SENHOR PRESIDENTE?

TEM A CERTEZA?

O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 53


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

EXACTAMENTE, SR. PRESIDENTE, ESCREVE-SE “SELECÇÃO”. SELECÇÃO!

54


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

No seu Facebook, Francisco Miguel Valada escreveu um texto sobre a redacção e a ortografia do Orçamento de Estado para 2012. Aqui ficam alguns exemplos do português “unificado” utilizado na sua redacção. Uma choldra ortográfica, como se pode ver:

EXEMPLO 1 caráter acomodatício – Pág. 9 carácter universal e extraordinário – Pág. 30

EXEMPLO 6 DESPESA EFECTIVA – Pág. 69 despesa efetiva – Pág. 69 E na mesma página...

EXEMPLO 2 setor bancário a nível europeu – Pág. 107 sector dos transportes ferroviários – Pág. 85

EXEMPLO 7 Habitação e serviços colectivos – Pág. 79 Habitação e serviços coletivos – Pág. 189

EXEMPLO 3 (excepto receita de privatizações) – Pág. 99 Títulos exceto ações – Pág. 96 Acções e outras participações – Pág. 157

EXEMPLO 8 Protecção do meio ambiente... – Pág. 189 proteção do meio ambiente... – Pág. 189 E na mesma página...

EXEMPLO 4 Aquisição (...) de activos financeiros – Pág. 99 ativos e passivos financeiros – Pág. 157

EXEMPLO 9 contratos efetivamente celebrados – Pág. 134 começará a ser efectivamente paga – Pág. 75

EXEMPLO 5 interacção dos seguintes factores – Pág. 76 interação dos seguintes fatores – Pág. 70

EXEMPLO 10 duas ópticas de contabilização – Pág. 53 numa ótica de contabilidade... – Pág. 53 E na mesma página...

55


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

No blog Aventar, Francisco Miguel Valada escreveu um texto sobre a redacção e a ortografia do Orçamento de Estado para 2013. Aqui ficam alguns exemplos do português “unificado” utilizado na sua redacção. Uma choldra ortográfica, como se pode ver: Fonte: http://aventar.eu/2012/10/16/contra-o-orcamento-do-estado-para-2013/

EXEMPLO 1

EXEMPLO 6

foi implementado, em 2012, um regime excepcional → p. 34 medidas transversais de caráter fiscal → p. 41 a sobretaxa de IRS (de carácter excecional)→ p.70

ferramentas electrónicas, e desenvolvimento de acções conjuntas → p. 35 Relativamente à AdP, prosseguem as ações → p. 62 em plataforma eletrónica → p. 177

EXEMPLO 2

uma melhor percepção dos recursos → p.224 o modelo de previsão utilizado não permite a perceção → p.265

EXEMPLO 7

controlo numa perspectiva global → p. 230 uma perspetiva de médio prazo → p. 244

EXEMPLO 8

assegurar funções de conceção → p.55 assegurar funções de concepção → p.229

Passagem da ótica de Contabilidade Pública à ótica de Contabilidade Nacional → p. 95 O objectivo para o saldo das Administrações Públicas em 2012 e 2013 é aproximadamente o mesmo nas duas ópticas de contabilização → p. 95 o objetivo de médio prazo → p. 240

EXEMPLO 4

EXEMPLO 9

Os organismos aderentes ao GeRFiP beneficiam da adoção → p. 229 A adopção do GeRHuP permite assegurar → p. 230

O saldo do subsector → p. 97 Da análise da conta do subsetor → p. 97

EXEMPLO 5

EXEMPLO 10

incluído em faturas que titulam aquisições → p. 75 Facturas em recepção e conferência → p. 262

passíveis de reafetação → p. 111 a reafectação de património próprio → p. 172

EXEMPLO 3

56


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Orçamento do Estado para 2013 Texto escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico (p. 2)?

É MENTIRA! No Relatório do OE 2013, existem: 413 ocorrências do grupo "ect" (sector, expectável, colectivo, afectação, projectos, directo, etc.)... 58 ocorrências do grupo “act” (violadoras do AO90) (actividade, activo, característica, etc.) 25 ocorrências do grupo “cçã” (acção, etc.)... prevêem e “preveem”... E, claro, também existem “fatos”...

57


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O deputado madeirense Hélder Spínola classificou o Orçamento Regional para 2013 «sem nada de bom e em que só se "aplica bem o acordo ortográfico".» O Dr. Pedro da Silva Coelho foi ver e fez as contas. E, das duas, uma: (1) Hélder Spínola nunca leu o acordo ortográfico, (2) Hélder Spínola nunca leu o Orçamento! EXEMPLO 1 conjunto de ações de carácter científico  caixa 8, p.86 e outras ações de carácter formativo  caixa 14, p. 102

EXEMPLO 7 as empresas do sector dos transportes  p. 61 ao peso que cada setor apresenta no total da despesa  p. 63

EXEMPLO 2 Quadro 34, p. 63 Linha 9: “Segurança e acção sociais” Linha 10: “Habitação e serviços coletivos”

EXEMPLO 8 Quadro 10, p. 24 População ativa  linha 3 Taxa de actividade  linha 5

EXEMPLO 3 Dívida Pública Directa da RAM  p. 35 Dívida Pública Directa Subsector Estado  p. 35 stock da dívida direta  p. 35

EXEMPLO 9 Empresa de Eletricidade da Madeira, S.A.  p. 72 e 124 Empresa de Electricidade da Madeira, S.A.  Anexo IX: 1.1, 1.2, 1.3, 1.4

EXEMPLO 4 Legenda do gráfico 10, p.34: [coluna esquerda] Receitas efectivas; [coluna direita] Despesas efetivas

EXEMPLO 10 orçamento rectificado  pp. 55, 64, 65, 76, 82, 88, 94, 99, 105 orçamento retificado  pp. 54, 55, 56, 57, 62, 63, 65, 67, 68, 69, etc.

EXEMPLO 5 execução de projetos cofinanciados levados a cabo pelo Governo Regional  p. 3 RELAÇÃO DOS PROJECTOS CONSTANTES DOS INVESTIMENTOS MUNICIPAIS  Anexo 1

EXEMPLO 11 ‘Janeiro’: 4 ocorrências; ‘janeiro’: 8 ocorrências ‘Fevereiro’: 0 ocorrências; ‘fevereiro’: 10 ocorrências ‘Março’: 2 ocorrências; ‘março’: 4 ocorrências ‘Abril’: 1 ocorrência; ‘abril’: 5 ocorrências ‘Maio’: 0 ocorrências: ‘maio’: 0 ocorrências ‘Junho’: 1 ocorrência; ‘junho’: 7 ocorrências ‘Julho’: 2 ocorrências; ‘julho’: 8 ocorrências ‘Agosto’: 1 ocorrência; ‘agosto’: 2 ocorrências ‘Setembro’: 0 ocorrências; ‘setembro’: 3 ocorrências ‘Outubro’: 0 ocorrências; ‘outubro’: 4 ocorrências ‘Novembro’: 0 ocorrências; ‘novembro’: 6 ocorrências ‘Dezembro’: 2 ocorrências; ‘dezembro’: 4 ocorrências

EXEMPLO 6 ‘actividade(s)’: ocorre 38 vezes ao longo do texto ‘activo’: 251 vezes ‘acção(ões)’: 16 ocorrências ‘accionistas’: 53 ocorrências ‘(in)directo(a/os/as): 16 ocorrências

58


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

É ISTO A “NOVA” ORTOGRAFIA? Está ali um “C”! Corta, corta! E este “C”? Que se lixe, deixa ficar... E a escrita dos números segundo a NP 9 (1969/2006)? Que se lixe a escrita dos números...

59


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A “UNIFICAÇÃO” ORTOGRÁFICA NO ESTADO PORTUGUÊS É ISTO...


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Actuação, “Atuação”, Pólo e sector... Que acordês é este?

61


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

No sítio da DIRECÇÃO Geral dos Recursos Humanos de Educação, a ortografia utilizada é interessante: coexistem alegremente palavras escritas correctamente (Direcção), palavras abastardadas pelo AO (selecione) e outras, pretensamente em acordês, mas que não passam de grossos disparates (contatos, contatar). Uma choldra ortográfica! Edviges Ferreira, presidente da Associação de Professores de Português (qual português?) pretende até “Penalizar os seus alunos que escreverem com a antiga (sic) grafia” (PÚBLICO, 8/9/2011)! 62


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A “NOVA” ORTOGRAFIA: Está ali um “C”! Corta, corta!

63


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A “NOVA” ORTOGRAFIA: Está ali um “C”! Corta, corta! Não cortes esse! 64


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

E O ACORDO? QUAL ACORDO? 65


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A “NOVA” ORTOGRAFIA: Está ali um “C”! Corta, corta! Não cortes esse! 66


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

EM GAIA, ESCREVE-SE À “MODERNA”...

?

67


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A “NOVA” ORTOGRAFIA: Está ali um “C”! Corta, corta!

68


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A “NOVA” ORTOGRAFIA: Está ali um “C”! Corta, corta! Não cortes esse!

69


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O “MODERNISMO” DA “NOVA” ORTOGRAFIA E A VELHA IGNORÂNCIA DE SEMPRE... 70


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

É ISTO A “NOVA” ORTOGRAFIA? Está ali um “C”! Corta, corta! E este “C”? Que se lixe, deixa ficar... 71


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

É ISTO A “NOVA” ORTOGRAFIA? Está ali um “C”! Corta, corta! E este “C”? Que se lixe, deixa ficar...

72


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

???

AFINAL, QUE LÍNGUA SE FALA E ESCREVE NOS AÇORES? Português? Brasileiro? Ou acordês? 73


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

QUE CHOLDRA É ESTA? Português? Brasileiro? Ou acordês? 74


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

QUE CHOLDRA É ESTA? Português? Brasileiro? Ou acordês? 75


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

QUE CHOLDRA É ESTA? Português? Brasileiro? Ou acordês? 76


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O maravilhoso mundo do português “unificado”...

77


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O maravilhoso mundo do português “unificado”...

78


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Para que serve o AO? Para eliminar as consoantes mudas portuguesa... 79


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O maravilhoso mundo do português “unificado”... 80


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A “NOVA” ORTOGRAFIA: Está ali um “C”! Corta, corta!

81


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O maravilhoso mundo do português “unificado”...

82


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Tem “C”? Corta, corta...

Que versão do AO foi utilizada? “ADOTAR” (sic) = Base IV Janeiro e Junho = Base nenhuma...

83


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Tem “C”? Corta, corta...

84


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Tem “C”? Corta, corta... Ou talvez não...

85


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A MARAVILHOSA “NOVA” ORTOGRAFIA...

? 86


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A MARAVILHOSA “NOVA” ORTOGRAFIA...

87


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A MARAVILHOSA “NOVA” ORTOGRAFIA...

88


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A MARAVILHOSA “NOVA” ORTOGRAFIA...

89


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A desnorte ortográfico na CNG...

90


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

ACORDO? QUAL ACORDO?

91


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Conselho Municipal de...

92


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

ORDEM DO DIA: apagar da ortografia portuguesa tudo o que sejam consoantes “mudas”... Em outras páginas do sítio, lê-se “expetativas” e “otimização”, ao arrepio do que diz o AO... 93


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A CHOLDRA ORTOGRÁFICA NAS FREGUESIAS...

94


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

? ? 95


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

NESTA JUNTA DE FREGUESIA ESCREVE-SE DE ACORDO COM QUE NORMA ORTOGRÁFICA?

96


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

NESTA JUNTA DE FREGUESIA ESCREVE-SE DE ACORDO COM QUE NORMA ORTOGRÁFICA?

97


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

NESTA JUNTA DE FREGUESIA ESCREVE-SE DE ACORDO COM QUE NORMA ORTOGRÁFICA?

98


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A NOVA DIVERSIDADE ORTOGRÁFICA!

99


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A MARAVILHOSA “NOVA” ORTOGRAFIA USADA PELA CPLP! Fonte: formulário para candidatura a financiamento de projectos pelo Fundo Especial da CPLP

100


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A MARAVILHOSA “NOVA” ORTOGRAFIA USADA PELA CPLP!

Fonte: Resolução sobre a Situação (sic) na Guiné-Bissau (14 de Abril de 2012)

Alguém decretou que a Base XIX (abril) é menos importante do que a Base IV (setor)?

101


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A MARAVILHOSA “NOVA” ORTOGRAFIA PORTUGUESA

102


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A MARAVILHOSA “NOVA” ORTOGRAFIA PORTUGUESA

103


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A MARAVILHOSA “NOVA” ORTOGRAFIA PORTUGUESA

104


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Fonte: sítio da Biblioteca Municipal de Mangualde

?

A MARAVILHOSA “NOVA” ORTOGRAFIA PORTUGUESA

105


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

É MENTIRA...

106


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O INSPECTOR DA “INSPEÇÃO”: com sectores e “atividades”...

107


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

IMPATO ???

? ?

108


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

TEM “C” OU NÃO TEM “C”? SEI LÁ...

109


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

“REDIGIDO AO ABRIGO DO NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO” LÊ-SE NA NOTA DE RODAPÉ...

?

Acta n.º 29/2012 – Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Benavente, 9 de Julho de 2012 110


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O CAOS DA “NOVA” ORTOGRAFIA...

EM PORTUGAL, ESCREVE-SE CARACTERIZAR ou ‘CARATERIZAR’ (sic) ? DEPENDE... NOS SITES OFICIAIS DOS AÇORES (MAS NEM TODOS...) OU NA RTP/LUSA, POR EXEMPLO, É “CARATERIZAR” (sic)...

111


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

NOTÍCIA DE ARQUIVO (08 DE JUNHO DE 2007) POSTERIORMENTE ACORDIZADA

PRESIDENTE DE CÂMARA LANÇA “RETO” À COMUNIDADE?

112


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

?

UM CASO DE POLÍCIA

?

113


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

5 DIAS A CONTAR DO CONHECIMENTO DO “FATO”... PORQUE TEM DIREITO A INFORMAÇÃO CORRECTA

?

114


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

TÊM A CERTEZA? É QUE NOUTROS ORGANISMOS, LÊ-SE “SETOR” E “SETORIAIS”

É EVIDENTE O MAU AMBIENTE ORTOGRÁFICO... 115


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

UM “PACTRIMÓNIO” COM “ATIDÃO”?

?

?

?

116


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

“ADATAÇÃO”? QUE LÍNGUA É ESTA?

?

117


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

UM PAÍS COM “ATIDÃO” PARA DUAS ORTOGRAFIAS...

? 118


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

─ ISTO É PARA ACORDIZAR? ─ É, MAS SÓ OS MESES...

119


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

NA CÂMARA DE LISBOA, O ACORDÊS É ASSIM...

120


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

PRIMEIRO, ERA CONTRA O ACORDÊS. DEPOIS, CONSENTE-O E ATÉ O APOIA. POR FIM, FINGE UTILIZÁ-LO.

?

Discurso do primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, em 10 de Novembro de 2011, na Assembleia da República, durante a abertura do debate na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2012.

121


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

NA CASA ONDE NASCEU O ACORDO ORTOGRÁFICO, O ACORDÊS ESCREVE-SE ASSIM...

122


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, O ACORDÊS É ASSIM...

?

? 123


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

?

NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, O ACORDÊS É ASSIM... 124


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

?

NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, O ACORDÊS É ASSIM...

? NÃO USARAM A DUPLA GRAFIA “INFECIOSAS” PORQUÊ? 125


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O ACORDÊS NO AÇORES: ABRIU A CAÇA AOS “C”...

?

126


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

LÓGICA ACORDISTA: ─ TEM “C”? CORTA, CORTA... ─ MESMO EM “IMPACTO”? ─ CORTA TUDO.

?

? 127


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

? ? ? PODERIA ESCREVER-SE “CONECTAR”? PODERIA. A PRONÚNCIA “CONECTAR” É CORRECTA E FREQUENTE. MAS CORTA-SE O “C”, PORQUE “AGORA” CORTAM-SE OS “C” TODOS... ------------------------E ESCREVER PORTUGUÊS COM UMA BOA GRAMÁTICA? QUE SE LIXE! 128


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O QUE RAIO SERÁ UM “PITOGRAMA”?

? 129


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

?

O QUE RAIO SERÁ UM ÚTERO “INTATO”?

130


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A “NOVA” ORTOGRAFIA É ISTO...

? 131


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A “NOVA” ORTOGRAFIA É APLICAR (E SÓ ÀS VEZES) APENAS A BASE IV DO AO?

132


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

?

E EM PARANHOS, JÁ ESCREVEM ACORDÊS? JÁ, POIS! COMO SE VÊ...

? 133


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

NA MESMA PUBLICAÇÃO, 2 ORTOGRAFIAS...

134


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

─ O QUE É O ACORDO ORTOGRÁFICO, JOSÉ MARTINS? ─ É ESCREVER SEM “Cs”...

?

?

? 135


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

APRENDA ACORDÊS COM A FCT...

136


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

UM “ESPECTÁCULO” DE ORTOGRAFIA...

137


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A LOTARIA DO ACORDÊS

138


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

?

139


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O ESTADO A BRINCAR AO ACORDÊS...

140


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A SUPREMA CHOLDRA...

? 141


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

BRINCADEIRAS ORTOGRÁFICAS... 142


143


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

?

O ACORDÊS É ISTO...

144


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O ACORDÊS É ISTO: CORTAR OS Cs PORTUGUESES...

145


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O ACORDÊS É ISTO?

?

146


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Lê-se no AO90 que «...constitui um passo importante para a defesa da unidade essencial da língua portuguesa e para o seu prestígio internacional»...

147


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Lê-se no AO90 que «...constitui um passo importante para a defesa da unidade essencial da língua portuguesa e para o seu prestígio internacional»... FONTE: http://pam-patrimonioartesemuseus.com/forum/topics/ilusionismos-tectos-pintados-do-pal-cio-alvor-8-mar-a-26-mai-13

148


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A “UNIFICAÇÃO” É ISTO: NO MESMO DIA, DUAS ORTOGRAFIAS...

149


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

NO LUMIAR, ESCREVE-SE DE ACORDO COM QUE NORMA ORTOGRÁFICA? 150


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

QUAL ACORDO? 151


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

QUE LÍNGUA É ESTA?

152


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

153


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

?

ACORDO? QUAL ACORDO?

154


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

?

“INTATA”?

? 155


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

JÁ CORTÁMOS OS Cs TODOS. MESMO EM “AUTÓTONE”.

? 156


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

in PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL DO NORTE

? ATIDÃO? PACTRIMÓNIO?

?

157


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

?

158


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

? TEM “C”? CORTA!

?

159


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

EM QUE FICAMOS?

160


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

EM QUE FICAMOS?

161


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O ACORDÊS DO ESTADO... 162


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O ESTADO A FINGIR QUE ESCREVE ACORDÊS...

? 163


O ACORDÊS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O ACORDÊS COM A CHANCELA DO ESTADO...

164


O ACORDÊS NO DIÁRIO DA REPÚBLICA

Excerto do artigo “A Unidade de Publicações Oficiais” in MATRIZ 13, Boletim Interno da Imprensa Nacional-Casa da Moeda, S. A. Dezembro 2011

VAMOS ENTÃO VER COMO ANDA A REVISÃO DO ACORDÊS NO DIÁRIO DA REPÚBLICA...

165


O ACORDÊS NO DIÁRIO DA REPÚBLICA

? Fonte: depoimento escrito no âmbito da consulta realizada pelo Grupo de Trabalho – Acompanhamento da Aplicação do Acordo Ortográfico, da Comissão de Educação, Ciência e Cultura da Assembleia da República e entregue durante audiência concedida a Maria do Carmo Vieira, Nuno Pacheco e Vasco Graça Moura, no dia 7 de Fevereiro de 2013. 166


O ACORDÊS NO DIÁRIO DA REPÚBLICA

167


O ACORDÊS NO DIÁRIO DA REPÚBLICA

? 168


O ACORDÊS NO DIÁRIO DA REPÚBLICA

O QUE SERÁ UM “FUNDAMENTO DE FATO” ? UM FUNDAMENTO BEM VESTIDO?

169


O ACORDÊS NO DIÁRIO DA REPÚBLICA

170


O ACORDÊS NO DIÁRIO DA REPÚBLICA

ACORDO? QUAL ACORDO?

171


O ACORDÊS NO DIÁRIO DA REPÚBLICA

ACORDO? QUAL ACORDO?

“AVERIGUAÇÕES DE FATO”?

172


O ACORDÊS NO DIÁRIO DA REPÚBLICA

“FATO” SUJEITO A LIQUIDAÇÃO? “FATO” TRIBUTÁRIO? QUE LÍNGUA É ESTA?

? ? 173


O ACORDÊS NO DIÁRIO DA REPÚBLICA

O “IMPATO” DO AO90: O MESMO ESTADO, O MESMO JORNAL OFICIAL, 2 ORTOGRAFIAS

? ? 174


O ACORDÊS NO DIÁRIO DA REPÚBLICA

A ALFAIATARIA DO DIÁRIO DA REPÚBLICA

?

? 175


O ACORDÊS NO DIÁRIO DA REPÚBLICA

Diário da República, 1.ª série — N.º 252 — 31 de Dezembro de 2012, 7424-(250) e 7424-(252)

O PORTUGUÊS “OFICIAL” É ISTO?

176


O ACORDÊS NO DIÁRIO DA REPÚBLICA

O PORTUGUÊS “OFICIAL” É ISTO?

177


O ACORDÊS NO DIÁRIO DA REPÚBLICA

O PORTUGUÊS “OFICIAL” É ISTO?

178


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

Tem a certeza, senhor Provedor ? «[...] Um jornal não pode ter duas escritas, é por isso que tem um serviço de Revisão que, se ainda for como era no tempo em que aqui eu era redator [sic], tinha de saudável aquilo que Vergílio Ferreira disse um dia de Jean-Paul Sartre: "Um rigor que é quase um rigorismo." É sua função homogeneizar a ortografia do jornal, segundo as regras da língua e as normas definidas no Livro de Estilo, nomeadamente para a unificação de nomenclatura e toponímia estrangeiras.» Óscar Mascarenhas Provedor do Leitor do DN 21 de Janeiro de 2012

Vamos então ver quantas escritas andam por aí, como vamos de homogeneização da ortografia e como se respeitam as regras da língua e a unificação da nomenclatura... 179


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

Como diz Francisco Miguel Valada no seu Facebook: actualidade + houverem + outubro. actualidade e outubro são incompatíveis. actualidade é compatível com Outubro e Novembro. atualidade é compatível com outubro e novembro. houverem [aqui] é incompatível com tudo e com mais alguma coisa. quinta feira é compatível com quê? 180


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

CONTATAR (sic)? Num jornal português? Será “TATAR com”? E o que é “tatar”? QUINTA FEIRA (sic)? Que base do AO é esta?

181


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

O QUE SERÁ UM “PATO DE SILÊNCIO” ???

? 182


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

No Expresso, o jornal que disse ir “poupar letras” quando adoptou o acordo ortográfico, escreve-se assim: “ESTRAVAGÂNCIA”???? Como disse Francisco Miguel Valada no seu Facebook: No Expresso, não se domina qualquer ortografia, nem a de 45/73, nem esta coisa sem nome. Quando não se sabe escrever, deve procurar-se outra actividade e abster-se de comentar instrumentos ortográficos. É este o exemplo dado por um jornal que apoia o Acordo Ortográfico. Disse. E disse muito bem. 183


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

Comenta Francisco Miguel Valada no seu Facebook: Portanto... “objeto” (base IV). ✔ “maio” (base XIX). ✔ “leem” (base IX). ☑... Espera lá! "lêem"! Muito bem! Brilhante! O “corretor” é mesmo bom. Que é aquilo? “construír”? Com acento? Fabuloso! ✔✔✔✔✔✔✔ Para artigo em que se escreve “as celebridades (…) fazem uma certa gala da sua iliteracia”... ✔✔✔✔✔✔ 184


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

INDEMENIZAÇÕES???? No Expresso, o tal que “poupa letras” para adoptar o acordo ortográfico, e na Lusa, escreve-se assim. Ou seja, “esbanjam” letras... E continuam a não respeitar o que apregoam: Setembro e ACTUALIDADE.

185


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

É PÁ, O “C” DE SECTOR CORTA-SE OU NÃO SE CORTA? No Expresso, o tal que “poupa letras” para “adotar” (sic) o acordo ortográfico, escreve-se assim...

186


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

É PÁ, O “P” DE ADOPTAR CORTA-SE OU NÃO SE CORTA? No Expresso, o tal que “poupa letras” para “adotar” (sic) o acordo ortográfico, escreve-se assim...

187


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

NO EXPRESSO (AQUI, NUM ARTIGO DE NICOLAU SANTOS), O ACORDO ORTOGRÁFICO AINDA É ORIGEM DE CONFUSÕES... OU ENTÃO SEGUEM ESTA LÓGICA EXTRAORDINÁRIA: SE “FACTO” PODE SER ESCRITO FACULTATIVAMENTE “FACTO” OU “FATO”, TAMBÉM “FATO” SE PODE ESCREVER “FACTO”... OU ENTÃO, O LINCE, EM VEZ DE COMER CONSOANTES, COSPE-AS... 188


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

Escreve Francisco Miguel Valada no seu Facebook: A RTP “adota” (sic) desde 1 de Janeiro deste ano [2011] o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990. E “adota”-o mesmo. A CRECHE de hoje passou a “CRESCE”, para não haver cá ortografias e etimologias e... ‘Tá tudo doido!!!!!! 189


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

A saga dos “espetadores”

190


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

PUBLICADO EM 7 DE SETEMBRO DE 2012

CONCLUSÃO: O AO90 DEIXOU DE ESTAR EM VIGOR...

191


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

O Record escreve conforme as regras do AO? NÃO! 192


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

ORTOGRAFIA HUMORÍSTICA?

193


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

194


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

A “nova” ortografia: para Gregos e Troianos...

195


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

E SOBRE A “NOVA” ORTOGRAFIA, NÃO QUER IRONIZAR, SENHOR PRESIDENTE?

E o que fez aos pareceres? Leu-os? Ou usou-os para forrou gavetas?

196


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

A “NOVA” ORTOGRAFIA É ISTO?

? 197


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

?

? A 14 de Fevereiro de 2010, o jornal algarvio barlavento avisava os leitores que tinha aderido ao acordo ortográfico. Mas, declarava solenemente a directora, apenas “segundo as principais regras, já que algumas, francamente, a equipa do «barlavento» decidiu não acatar, por as considerar absurdas” e “ao arrepio das brasileirices exageradas”... Até porque «Não tivemos oportunidade de fazer grandes acções (*) de formação, como nos órgãos de comunicação nacionais, nem dinheiro para comprar programas corretores (sic)». Por outras palavras, no barlavento escrevem segundo uma ortografia semi-acordizada, privada, sem brasileirices (mas, note-se, só as “exageradas”...), só deles, algarvia, do barlavento... Perceberam? (*) Ou seja, mais depressa se apanha um mentiroso...

198


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

EXCESSO DE APLICAÇÃO DO ACORDO ORTOGRÁFICO, i.e., um eufemismo utilizado pela acordista chefe de redacção do barlavento para descrever a choldra acordística. Afinal, tiram-se os Ps e os Cs e o português fica devidamente “unificado”... E se alguém escrever o nome do jornal “sotavento”, será por um excesso de aplicação de vento?

199


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

PARA QUE SERVE O ACORDO ORTOGRÁFICO? Ora, para eliminar os Cs e os Ps (“mudos”, dizem os acordistas, que, antes do AO, nunca pugnaram pela sua eliminação) da ortografia portuguesa, esse fantástico obstáculo à compreensão do português europeu no Brasil e ao reconhecimento da ortografia brasileira a nível internacional... O RECORD escreve com as regras do acordo ortográfico desde o início de 2009, mantendo, contudo, e teimosamente, o “d” mudo no seu nome. O mesmo se passa com o nome da revista ACTIVA, mesmo após a acordização da sua redacção. 200


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

Na Comunicação Social em Portugal podem ver-se as mais estuporadas versões de aplicação do AO. Muitas vezes, a culpa de tal choldra é exclusivamente da LUSA.

201


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

Na Comunicação Social em Portugal podem ver-se as mais estuporadas versões de aplicação do AO. Muitas vezes, a culpa de tal choldra é exclusivamente da LUSA.

202


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

OLHA! ESTÁ ALI UM “C”: Corta, corta... Na RTP e na LUSA pós-acordo escreve-se assim...

203


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

A maravilhosa “expontaneidade” ortográfica da LUSA... OLHA! ESTÁ ALI UM “C”: Corta sim, corta não... Na RTP e na LUSA pós-acordo escreve-se assim...

204


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

Na Guiné-Bissau, marcha-se, gloriosamente, a caminho da unificação ortográfica...

205


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

Quando não dá jeito, manda-se a “nova” ortografia às malvas...

Um bom exemplo do glorioso acordês...

206


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

Mais um bom exemplo do glorioso acordês...

207


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

Na LUSA, a “nova” ortografia escreve-se assim

208


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

A NOVA GRELHA DA RTP: Está ali um “C”! Corta, corta! Não cortes esse!

209


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

A “CORRUÇÃO” DA LÍNGUA PORTUGUESA... Cortesia LUSA e RTP

210


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

Vamos dar acordês ao povo? Vamos...

SEÇÃO? Qual será a base do AO que manda escrever assim em Portugal? 211


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

Qual será a base do AO que manda escrever assim em Portugal? Se a ortografia for a correcta, o homem foi “coado”... Se a ortografia for a estropiada pelo AO, “directoria”, “Março” e “electrónica” são erros grossos...

212


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

A SIC A PRECISAR DE SUPERENTENDIMENTO... É QUE A “SUPERENTENDÊNCIA” FALHOU!

??? 213


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

??? QUAL ACORDO? 214


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

ACORDO? QUAL ACORDO? Diz Francisco Miguel Valada no seu Facebook: Reestruturação & restruturação. Re-estruturação? ✔ Pois. Quarta-feira. Quarta feira? O costume, sim, eu sei, pois, pois, claro. Forçado. OK. ✔ março, pois. março, sim. Mas… “finais de Maio e início de junho”? Tentemos de novo: "finais de Maio e início de Junho”? Não, não, não: “finais de Maio e início de junho”. Que mal vos fez Junho? Projeto? Projêto? Adiante. Gosto da Direcção. Uma vez, duas vezes, com um bocadinho de jeito, três. Três vezes. A Dr.ª Edviges Ferreira que remeta a aprendizagem do AO90 para a imprensa acordista. Sim. ✔

215


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

ACORDO? QUAL ACORDO?

216


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

ACORDO? QUAL ACORDO?

217


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

ACORDO? QUAL ACORDO?

218


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

“Expresso poupa letras e adota (sic) acordo ortográfico” 25 de Junho de 2010

219


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

?

ACORDO? QUAL ACORDO?

JORNAL DE NOTÍCIAS 25 de Outubro de 2012 220


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

?

NOS AÇORES, A “NOVA” ORTOGRAFIA AO ABRIGO DO AO TEM REGRAS ESTRANHAS...

221


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

EPILE

PSIA ORTOGRÁFICA

222


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

“INTELETUAL” ???

223


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

Com o AO90, é assim: no mesmo país, a mesma notícia, 2 jornais, 2 ortografias... Deve ser para “internacionalizar a língua portuguesa” e defender a sua “unidade essencial”... 224


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

ACORDO? QUAL ACORDO?

?

225


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

O ACORDO DO EXPRESSO MAS, QUAL ACORDO?

226


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

TOMEM NOTA, POR FAVOR: COM O AO90, “VIAS DE FATO” = VIAS BEM VESTIDAS

?

227


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

ESCREVE-SE “EXPECTATIVA” OU “ESPETATIVA”? TEM DIAS... 228


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

BORA ESCREVER ACORDÊS? BORA LÁ!

Fonte: http://firefoxcontraao90.wordpress.com

229


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

?

NÃO! AINDA NÃO VIMOS TUDO. NA “NOVA” ORTOGRAFIA HÁ TAMBÉM “ADETOS” !

? 230


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

NÃO! AINDA NÃO VIMOS TUDO. NA “NOVA” ORTOGRAFIA HÁ TAMBÉM “ADETOS” !

? É, evidentemente mentira!

231


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

? DIZEM OS ACORDISTAS: “O QUE NÃO SE DIZ, NÃO SE ESCREVE” E QUANDO SE DIZ? NÃO SE ESCREVE NA MESMA, PARA PARECER BRASILEIRO...

DIZ-SE OU NÃO SE DIZ? 232


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

É PÁ, NÃO HÁ NADA PARA ACORDIZAR? AH, CÁ ESTÁ: “IMPATO”...

?

233


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

PORTANTO, PLANETAS BEM VESTIDOS...

?

234


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

NA HORA DA MORTE, ENALTECEM-LHE O FATO...

?

235


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

QUEREM UM CONSELHO? APRENDAM A ESCREVER...

? 236


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

A “CONVIÇÃO”...

? 237


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

?

“INTELETUAL” ??? DESDE 2011, A RTP AINDA NÃO SABE ESCREVER ACORDÊS...

238


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

A MARAVILHOSA “UNIFICAÇÃO” ORTOGRÁFICA: NO MESMO JORNAL, NO MESMO PAÍS, NA MESMA EDIÇÃO...

239


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

TEM “C”? CORTA, CORTA... Publicado em 29-05-2011

? 240


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

?

?

“FIÇÃO”? SERÁ UMA REVOLTA CONTRA A “BRASILEIRICE EXCESSIVA”?

A 14 de Fevereiro de 2010, o jornal algarvio barlavento avisava os leitores que tinha aderido ao acordo ortográfico. Mas, declarava solenemente a directora, apenas “segundo as principais regras, já que algumas, francamente, a equipa do «barlavento» decidiu não acatar, por as considerar absurdas” e “ao arrepio das brasileirices exageradas”... Até porque «Não tivemos oportunidade de fazer grandes acções (*) de formação, como nos órgãos de comunicação nacionais, nem dinheiro para comprar programas corretores (sic)». (*) Ou seja, mais depressa se apanha um mentiroso...

241


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

? UNIFICAÇÃO ORTOGRÁFICA?

?

242


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

? ? O GLORIOSO ACORDÊS DA LUSA

É MENTIRA

243


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

?

“TRÍTICO”, EVIDENTEMENTE...

? 244


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

?

25 DE JUNHO DE 2010: «EXPRESSO ADOTA ACORDO ORTOGRÁFICO» -------------------------------------------2 ANOS, 2 MESES E 17 DIAS DEPOIS, AINDA NÃO O SABEM APLICAR.

245


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

UMA ORTOGRAFIA “CONVITA”

?

?

?

246


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

COMO VAI A “UNIFICAÇÃO” ORTOGRÁFICA EM PORTUGAL? VAI BEM...


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

COMO VAI A “UNIFICAÇÃO” ORTOGRÁFICA EM PORTUGAL? VAI BEM...


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

SIM, É FACULTATIVO. EMPREGA-SE O ACENTO NO TÍTULO? NÃO. NO TÍTULO, NÃO. SÓ NO CORPO DO TEXTO. NO FIM DE CONTAS, É FACULTATIVO...


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

?

É MENTIRA!

IGNORANTES, MAS “CONVITOS”...


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

A MARAVILHOSA UNIFICAÇÃO ORTOGRÁFICA LUSOFÓNICA


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

NO BERÇO DO ACORDO ORTOGRÁFICO, ALGUÉM O LEU?


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

?

ACORDO? QUAL ACORDO?

“LÁTEA”? VIA “LÁTEA”?

?


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

É MENTIRA, SONAECOM!


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

A Choldra em acção, minuto, sim, minuto, não!


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

O QUE SERÁ UM “FATO POLÍTICO”?


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

UM “ARQUITETO” À RASCA COM AS CONSOANTES...


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

TEM “C”? CORTA, CORTA...

?


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

COMO ESCREVER ACORDÊS PARA ASSASSINAR O PORTUGUÊS...


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

OS PROFESSORES ANDAM MAL VESTIDOS?

?


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

?


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

O JORNAL QUE “ADOTOU O ACORDO E POUPA LETRAS”, ORA POUPA, ORA NÃO POUPA...


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

? A “ESTUPEFATA” É DEPUTADA DO PS, LICENCIADA EM DIREITO, MESTRE EM DIREITO CONSTITUCIONAL E FILHA DO PRESIDENTE DA ACADEMIA DAS CIÊNCIAS DE LISBOA, BERÇO DO ACORDO ORTOGRÁFICO...


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

? A MARAVILHOSA “NOVA” ORTOGRAFIA...


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

? PRONTO, JÁ CORTEI UNS Cs...


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

NO ACORDÊS DA SIC E DA LUSA, HÁ AGORA O VERBO “HOUVIR”...

? SIC, 01JAN2013, 22:46


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

TEM “C”? CORTA, CORTA...


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

CORTA “C”. NÃO CORTA “C”...

?


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

? CORTA, CORTA O “C”...

?


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

LEGENDAGEM PARA BRASILEIROS EM PORTUGAL?


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

RTP Informação, 14 de Dezembro de 2012

COMENTÁRIOS? PARA QUÊ FOX life


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

PRONTO, JÁ CORTÁMOS O “P”


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

A “NOVA” ORTOGRAFIA: DEIXA “C”, CORTA “C”...


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

? A “NOVA” ORTOGRAFIA: DEIXA “C”, CORTA “C”...

?


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

O ACORDÊS ENVERGONHADO...

?


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

?

O ACORDÊS É ISTO?


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

Segundo o VOP oficial, é “sem-abrigo” ou “sem abrigo”? O VOP não sabe!

NÃO, NÃO FOI...


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

? MENTIRA!”

?


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

É indiscutível que a supressão deste tipo de consoantes vem facilitar a aprendizagem da grafia das palavras em que elas ocorriam. in Nota Explicativa do AO90.

? ?


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

TEM “C”? CORTA, CORTA? Entretanto, desde 1960 que se deve escrever "600 km" e não "600km", mas parece que a A BOLA ainda não aprendeu essa "modernice"...


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

AO ABRIGO DO ACORDO ORTOGRÁFICO?

?


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

AO ABRIGO DO ACORDO ORTOGRÁFICO? SIM, MAS SÓ SE NÃO FOR PARA TIRAR Cs e Ps...

?


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

?

AO ABRIGO DO ACORDO ORTOGRÁFICO?


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

?

DEPENDE...


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

COMO É QUE OS ACORDISTAS ESCREVEM A MESMA PALAVRA? DEPENDE...


O ACORDÊS NA COMUNICAÇÃO SOCIAL

O QUE DIABO SERÃO “FATOS SOBRE ARMAS”?

?


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

«Com a adopção do novo acordo ortográfico a bagunça está instalada. Na mesma escola e na mesma turma, o mesmo professor, permite a utilização das duas grafias no mesmo teste. E valoriza ou desvaloriza o que bem lhe aprouver, o que se reflecte na avaliação de cada aluno. (...) Não há nada pior para a aprendizagem de um aluno do que escrever certo ou errado, segundo critérios aleatórios, que não foram ponderados na sua aplicação prática, nem testados cientificamente, em devido e longo tempo.» in Acordo ortográfico e bocejo... Por José Alberto Quaresma (EXPRESSO, 5 de Abril de 2012)

288


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

«Na verdade, saber quais são as alterações que esta nova norma introduzirá na ortografia, diria que para qualquer professor basta entre 30 segundos a 30 minutos.» ─ Paulo Feytor Pinto, Presidente da Associação de Professores de Português (em 7 de Abril de 2008)

Fonte: http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Interior.aspx?content_id=913828

Vamos então ver como a “nova norma” foi introduzida na ortografia utilizada nas escolas portuguesas... 289


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

A choldra ortográfica numa trincheira do acordismo

A DESONESTIDADE: Apologista do AO desde sempre, o Ciberdúvidas escreve esta frase, verdadeira certidão de óbito da ortografia que defende e apregoa: Rácio, hífen, hímen, abdómen… Marcas de fidelidade às raízes O respeito pela palavra original, pelo étimo (latino ou grego, na grande maioria), é um dos sinais de erudição, reveladores do orgulho pela língua culta, fruto da preservação, ao longo de séculos, de palavras decalcadas do latim literário. É o caso de rácio, hífen, hímen e sémen — objeto (sic) de análise de duas respostas —, cuja marca de aportuguesamento se manifesta, praticamente, pela acentuação gráfica.

290


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

O Plano Nacional de Leitura tem como objectivo central elevar os níveis de literacia dos portugueses e colocar o país a par dos nossos parceiros europeus. in www.planonacionaldeleitura.gov.pt

A choldra ortográfica nos textos do PLANO NACIONAL DE LEITURA...

291


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

CHOLDRA ORTOGRÁFICA DE “ALTO NÍVEL”... Choldra completa aqui: http://www.meta-net.eu/whitepapers/e-book/portuguese.pdf 292


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

Com o AO, “o que não se diz não se escreve”... “Pólo”, senhores doutores acordistas?

293


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? O maravilhoso mundo do acordês...

294


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

295


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

?

O maravilhoso mundo do acordês... 296


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

?

? 297


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

?

Fiquei fascinado com a "dimensão INTELETUAL" e com o "IMPATO na vida quotidiana nunca antes vistos"... Esta página da Universidade Lusófona é um monumento ímpar ao desconchavo e à indigência intelectual no que toca à ortografia chamada "unificada". Note-se que o primeiro reitor desta casa, Fernando dos Santos Neves, se auto-intitula, no seu currículo oficial, como o criador da palavra "lusofonia" e é ainda o fundador da “Sociedade Africanológica (!!!) de Língua Portuguesa (SALP)” e autor de coisas deste jaez: “Ruptura Epistemológica Primordial” (REP) como “a passagem de uma concepção monoparadigmática e reducionista a uma concepção pluriparadigmática e aberta do próprio conceito de ciência”. Estamos conversados: um INTELETUAL com IMPATO. 298


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

299


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

O ACORDÊS DOS ESTUDANTES...

300


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? 301


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

302


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? ??? É ISTO A “NOVA” ORTOGRAFIA?

303


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? 304


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? LÊ-SE NESTE SÍTIO: «Não existe nenhuma razão que justifique o desfavorecimento nas SEÇÕES (sic) bilingues de uma língua tão importante para a capacitação profissional dos estudantes galegos»!!!!! E que tal uma verdadeira "capacitação profissional" dos professores de Português na Galiza? Que tal deixarem de nos envergonhar com SEÇÕES (sic)? E, ao lado das moderníssimas SEÇÕES (sic), lá vêm os “antigos” e anti-lusófonos Abril e Actividades... 305


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

UMA AMOSTRA DO “PORTUGUÊS” PÓS-AO NAS ESCOLAS PORTUGUESAS

306


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

Escola Secundária Lima de Freitas Agrupamento de Escolas

? ? UMA AMOSTRA DO “PORTUGUÊS” PÓS-AO EXISTENTE NAS ESCOLAS PORTUGUESAS

307


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

UMA AMOSTRA DO “PORTUGUÊS” PÓS-AO EXISTENTE NAS ESCOLAS PORTUGUESAS

308


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

APLICAÇÃO “EFETIVA” (sic) de quê? 309


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

O MARAVILHOSO ACORDÊS...

310


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? PARA QUE SERVE O AO? PARA ELIMINAR OS Cs E OS Ps DA ORTOGRAFIA PORTUGUESA.

311


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

Jornal Impressões online Escola Secundária de Maria Lamas

A MARAVILHOSA “NOVA” ORTOGRAFIA NAS ESCOLAS

312


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

A MARAVILHOSA “NOVA” ORTOGRAFIA NAS ESCOLAS

FITÍCIO ??? Nesta escola, a ortografia é interessante: “direção” e “diretor” de braço dado com Projecto e FITÍCIO...,

313


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

AFINAL, EM QUE FICAMOS?

314


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

ORTOGRAFIA UNIVERSITÁRIA PÓS-MODERNA...

INTELETUAL ???

315


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

FALHOU ESTE “C”?

? “INTELETUAL” ???

316


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

INTELETUAL ?

O AO90 É FÁCIL: TEM “C”? CORTA-SE.

317


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? ISTO COM O AO É MESMO MAIS FÁCIL... TIRAM-SE OS Cs E OS Ps E FICA TUDO “ADATADO” PARA A “NOVA” LÍNGUA!

? 318


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

?

A ACORDIZAÇÃO IGNORANTE DÁ NISTO...

Facsimile da dissertação original

319


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

?

? A ACORDIZAÇÃO IGNORANTE DÁ NISTO...

320


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? “SALIENTA-MOS” QUE A ACORDIZAÇÃO IGNORANTE ASSOCIADA À IGNORÂNCIA ORTOGRÁFICA DÁ NISTO...

?

321


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

UMA “RECEÇÃO” (sic) ÀS CRIANÇAS? COM ACTIVIDADES E “ATIVIDADES” (sic) E PARA QUÊ? PARA “ADATAR” AS CRIANÇAS?

? 322


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

É MENTIRA! 323


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

PORTANTO, ORTOGRAFIA BRASILEIRA...

?

324


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

?

?

TIRA “C”, METE “C”...

325


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? ?

? O MARAVILHOSO ACORDÊS ENSINADO ÀS CRIANCINHAS

326


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

COMO É OBRIGATÓRIO, TOMEM LÁ UMA SÚMULA...

? 327


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

SENHORES PROFESSORES: O CONVERSOR DA PORTO EDITORA NÃO É RECONHECIDO PELO ESTADO COMO O CONVERSOR OFICIAL...

BOM PORTUGUÊS?

? O PORTUGUÊS SEM ACORDO É MAU?

328


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? ?

TIRAM-SE UNS Cs E JÁ ESTÁ... E USA-SE INGLÊS, SEM O SABER ESCREVER!

?

329


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

TIRAM-SE UNS Cs E JÁ ESTÁ...

?

?

330


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

?

NESTA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO, LÊEM-SE 23 “FATOS” E 9 “IMPATOS”...

331


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

NA UNIVERSIDADE DE COIMBRA, ALGUÉM LEU O ACORDO?

? 332


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? Escola Secundária José Gomes Ferreira

NESTA ESCOLA, ESCREVE-SE DE ACORDO COM QUE NORMA?

333


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

HÁ GENTE QUE LHE TIRA O “C”...

ACORDIZAÇÃO FASEADA?

334


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? “INTERRUÇÃO” ? NUMA ESCOLA DE PROFESSORES ?

335


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

CERTIFICADA, COM CERTEZA...

?

“INTERRUÇÃO”? QUE LÍNGUA É ESTA? 336


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

NUMA BIBLIOTECA ESCOLAR: “FIÇÃO” E “FUNCIONÁRIO PERDULÁRIO”

?

337


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? QUE LÍNGUA É ESTA, SRA. PROFESSORA?

EM QUE FICAMOS?

338


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

?

?

QUE LÍNGUA É ESTA, SRS. PROFESSORES

?

339


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? QUE NORMA SEGUE ESTA ORTOGRAFIA?

340


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? 341


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

?

“IMPATO”, SENHOR PROFESSOR?

? 342


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

PROFESSORES A BRINCAR À “NOVA” ORTOGRAFIA...

?

343


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

Faculdade de Arquitectura da Universidade de Coimbra

NA TERRA ONDE NASCEU O ACORDO ORTOGRÁFICO, ALGUÉM O LEU?

344


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

“INTATA”, PROFESSORA ONDINA?

?

345


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? PROFESSORES A BRINCAR AO ACORDO ORTOGRÁFICO...

? 346


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

VIA “LÁTEA”, SENHORES PROFESSORES?

? 347


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

VIA “LÁTEA”, SENHORES PROFESSORES?

? 348


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

?

AS FACULTATIVIDADES ORTOGRÁFICAS SÃO ISTO...

349


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

PROFESSORES A BRINCAR AO ACORDO ORTOGRÁFICO... 350


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? O ACORDÊS NA UNIVERSIDADE DO MINHO...

?

351


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

OS ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS A BRINCAR AO ACORDÊS...

?

? 352


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

NESTE COLÉGIO, ESCREVE-SE EM QUE LÍNGUA?

353


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

ISTO ESTÁ ESCRITO EM QUE LÍNGUA, SENHOR VICE-REITOR?

354


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? A CIDADE “INVITA”...

PARA “EMPREENDORES”?

355


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? A “UNIFICAÇÃO” ORTOGRÁFICA É ISTO, NÃO É?

O ACORDÊS NA UNIVERSIDADE LUSÓFONA É ASSIM... 356


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

ACADÉMICOS A FINGIR QUE ESCREVEM ACORDÊS... Revista 'Pessoa Plural', número 1, Primavera de 2012. A publicação é dirigida por Onésimo Teotónio Almeida (Brown University), Paulo de Medeiros (Utrecht Universiteit) e Jerónimo Pizarro (Universidad de los Andes) 357


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

UNIVERSIDADE DE COIMBRA 500 Anos de Biblioteca da Universidade Programa de Comemorações http://www.uc.pt/bguc/500anos/Programa_agenda

ESPETA QUÊ? 358


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

A “UNIFICAÇÃO” É ISTO...

359


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

ACORDÊS UNIVERSITÁRIO

360


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? 361


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

? ? 362


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

PROFESSORES A BRINCAR AO ACORDÊS

363


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

?

PROFESSORES A BRINCAR AO ACORDÊS

? ? 364


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

TEM “C”? CORTA, CLARO!

? 365


O ACORDÊS NO SISTEMA DE ENSINO

ACORDO? QUAL ACORDO?

366


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

Outros fazem-no [i.e., aplicam o AO90] a olho, com a mais pura convicção de que o fazem melhor do que ninguém. Azar dos azares, às vezes cortam os ramos saudáveis. Exemplo: a palavra contacto. Antes do acordo ortográfico (AO90), escrevia-se contacto; com o acordo, continua a escrever-se contacto. Alguma dúvida? Não. Apesar disso, multiplicam-se mensagens onde se diz e repete: "deixe o seu contato"; "havemos de contatá-lo mais tarde"; "se quer contatar-nos, o endereço é"; etc. O problema é este: quem anda a aplicar o acordo na verdade não o leu, desconhece o que ele preconiza, mas cuida que basta tirar umas letras para escrever "em bom português". Ora não basta. Confiar nos conversores ortográficos não chega. É preciso saber mais. (...) Eu, que obviamente abomino tal peça, já li o acordo inúmeras vezes. A cada nova leitura fico mais aterrado, é certo, mas se me pedirem para escrever tal qual a nova "lei" (que não é lei nenhuma, já se disse), consigo fazê-lo. Só que, evidentemente, não quero. Não é o que sucede com a esmagadora maioria das pessoas, garanto. E isso dá nas calamidades que por aí se vai vendo. (...) O acordo é péssimo, já o escrevi e mantenho. Mas quem queira segui-lo ao menos que o leia. Esse procedimento tem duas vantagens: a primeira é evitar escrever barbaridades, tirando letras a eito só para estar "na moda" ortográfica; a segunda é ficar a conhecer, com rigor, o chorrilho de disparates que nos tentam impingir como uma benéfica "evolução" para a língua portuguesa. Se depois de lerem o acordo continuarem a "adotá-lo", ao menos que o façam conscientemente. Nuno Pacheco, “Aventuras herbáceas e erros de podar” in PÚBLICO, 3 de Junho de 2012 367


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

A Língua é uma forma de identidade e muito se tem falado e escrito sobre o assunto desde o anúncio do novo acordo ortográfico. Um dos aspectos que tem grande impacto no dia-a-dia da economia portuguesa e tem sido ignorado é a forma como a adopção do novo acordo coloca as empresas nacionais em desvantagem online face ao mercado brasileiro. Uma simples experiência ilustra o caso com facilidade: no principal motor de busca online, na sua versão portuguesa www.google.pt, a pesquisa por “Egipto” e “egito” devolve resultados orgânicos (não-pagos) substancialmente diferentes. No primeiro caso a listagem mostra sites de Portugal. No segundo, o destaque está nos alojamentos em terra brasileiras. O mesmo acontece com outras expressões. Se em teoria a palavra é a mesma, a lingua é a mesma e o significado o mesmo, não deviam os resultados ser iguais? O Português do Brasil tem aproximadamente 192 milhões de falantes no mundo inteiro. O “nosso” Português é falado por cerca de 15 milhões, uma desvantagem de quase 13x. Comparando os dois países nas redes sociais, com 66,1 milhões de contas, o Brasil é o segundo país com mais pessoas no Facebook, apenas superado pelos EUA. Portugal ocupa a 39ª posição do ranking com pouco mais de 4,6 milhões de utilizadores.

Perante este enquadramento, é fácil perceber porque é que as empresas portuguesas que adoptam o novo acordo ortográfico são obliteradas das melhores posições dos motores de busca tornando-se irrelevantes. Excepto nos caso de anúncios pagos. Quando a sociedade moderna toma as suas decisões de consumo através de motores de busca, websites, redes sociais e recomendações online, é essencial estar presente mas também ser relevante, em particular no seu próprio país. Desde a implementação no novo (des)acordo ortográfico que muitas empresas e marcas online em Portugal sentem uma quebra significativa nas visitas ao seu site e no volume de negócios daí provenientes.

in Blog newmediaconsulting, 27 de Novembro 2012

368


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

369


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

? O AO na EDP: mete C, tira C...

?

QUAL ACORDO?

370


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

O AO na PT: mete C, tira C... 371


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

Conforme o acordo ortográfico? Qual acordo, afinal?

? 372


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

DIGNIDADE DA LÍNGUA PORTUGUESA? Lê-se no sítio oficial da APT: «A Associação Portuguesa de Tradutores é uma associação cultural sem fins lucrativos, (...) a defesa dos interesses e da dignidade (...) e da língua portuguesa.» 373


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

?

?

O AO NA INATEL: mete C, tira C... Que ortografia é esta?

374


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

VAMOS ESCREVER PORTUGUÊS A BRINCAR?

FIÇÃO ? 375


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

?

?

A quem aproveita esta choldra ortográfica em Portugal? 376


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

TEM C? CORTA, CORTA...

Quais orientações? «Todos os conteúdos desenvolvidos no site público Montepio obedecem às regras de uniformização da ortografia prevista no Acordo Ortográfico de 1990, com entrada em vigor no início de 2009 no Brasil e em 13 de maio de 2009 em Portugal, no qual se referem as diversas orientações desenvolvidas pela Academia das Ciências de Lisboa e pela Academia Brasileira de Letras.» 377


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

O fato do Ministério da Educação? Qual fato?

378


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

?

A CHOLDRA EM NOME DA “MODERNIDADE”... A IGNORÂNCIA DE SEMPRE...

379


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

380


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

No Facebook, a ortografia utilizada na versão em “português” tenta fazer a quadratura do círculo, isto é, agradar a portugueses, a brasileiros, a acordistas e defensores da correcta ortografia portuguesa. O resultado é este vómito ortográfico...

ELETRÔNICO??? No site da Portugal Telecom??? Lixo ortográfico, sem dúvida.

381


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

No PluralMag, um sítio que agrega textos e comentários da blogosfera portuguesa, escreve-se acordês, mas mal: seleccionar, atualização (sic) e uma novíssima invenção: seção (sic). Por outras palavras, escrevem mal português. Ignore-se a choldra!

Sítio de uma respeitável Fundação... 382


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

Vamos escrever acordês? Vamos! Basta cortar os Cs e os Ps...

? ? ? 383


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

Português europeu ou português brasileiro? Mete os dois, que é tudo a mesma coisa...

384


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

Olha um “C”! Corta, corta... Não! Não cortes esse...

A Microsoft foi muito célere a acordizar os seus correctores ortográficos... Parece que a coisa não saiu lá muito bem... E, o que quer dizer “estar sempre ligados”? Ligados a quê? 385


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

? ?

Acordês para gregos e troianos...

386


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

?

?

A quem aproveita esta choldra ortográfica em Portugal?

387


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

Uma choldra portuguesa, com certeza...

388


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

Corto ou não corto o “C”?

389


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

?

?

Corto ou não corto o “C”? 390


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

in cegoc.pt

A VERDADEIRA CHOLDRA ORTOGRÁFICA. DE FATO E TUDO...

391


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

SE UMA EDITORA QUER ESCREVER ACORDÊS, PORQUE NÃO O ESCREVE? 392


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

393


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

A “NOVA” ORTOGRAFIA DO SECRETÁRIO-GERAL DO PARTIDO/GOVERNO QUE DECRETOU A ADOPÇÃO DO AO90 EM PORTUGAL...

394


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

A “NOVA” ORTOGRAFIA: ATRACÇÕES COM “ESPETADORES”...

395


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

A MARAVILHOSA “NOVA” ORTOGRAFIA ACADEMIA PORTUGUESA DE CINEMA REGULAMENTO DOS PRÉMIOS ANUAIS DA ACADEMIA

396


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

TÊM A CERTEZA DE QUE FOI?

397


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

CONSULTAS AUDITIVAS EM OCULISTAS?

398


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

O PROVEDOR-ALFAIATE

399


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

Já está! Tira-se um P e, aleluia, já escrevemos com a “nova” ortografia... E o acordo? Qual acordo?

400


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

401


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

A “nova” ortografia... E o acordo? Qual acordo?

402


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

A “nova” ortografia... E o acordo? Qual acordo?

403


A “LUSOFONIA” MOSTRA AO MUNDO A SUA MARAVILHOSA ORTOGRAFIA UNIFICADA... OS PAIS DA NOVA ORTOGRAFIA ASSISTEM.

Que norma ortográfica segue “LusoCabo-verdiana” ???

404


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

ACORDO ORTOGRÁFICO? QUAL ACORDO ORTOGRÁFICO?

405


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

ACORDO ORTOGRÁFICO “INTELETUAL”...

406


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

ACORDO ORTOGRÁFICO? QUAL ACORDO ORTOGRÁFICO?

407


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

PERGUNTA: QUE LÍNGUA É ESTA?

?

?

408


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

LOUÇA SANITÁRIA COM PATOS: ASSIM, NEM FICA CARO...

409


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

PRONTO, JÁ ESTÁ! JÁ TIRÁMOS OS “C” TODOS...

? 410


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

O MARAVILHOSO MODERNISMO ORTOGRÁFICO PÓS-AO90...

?

?

411


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

?

A MARAVILHOSA ORTOGRAFIA PÓS-AO90...

412


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

É MENTIRA...

?

413


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

? JÁ ESTÁ... O NOSSO SITE JÁ ESTÁ DE ACORDO COM A “NOVA” ORTOGRAFIA...

? 414


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

?

HOJE OU ONTEM?

A VIARCO, FUNDADA EM 1936, RESOLVEU ESCREVER “À MODERNA”. PARECE QUE TEM QUE VOLTAR PARA A ESCOLA... HOJE OU ONTEM?

O QUE SERÃO “K QUADRADOS”?

415


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

? ?

NOVAS “OÇÕES” ORTOGRÁFICAS...

?

? 416


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

?

EM QUE FICAMOS?

PORTANTO, ESCRITOR DE “FIÇÃO”...

EM CABO VERDE, ESCREVEM PORTUGUÊS, BRASILEIRO OU NEM UMA COISA NEM OUTRA? 417


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

? PRONTO, JÁ ESTÁ! JÁ TIRÁMOS OS Cs TODOS...

? 418


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

A CHOLDRA TOTAL EM 16 LINHAS E 121 PALAVRAS

419


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

?

O MARAVILHOSO ACORDO E O MASSACRE DOS “Cs” ? ? 420


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

?

?

“CONTATE” COM “CONVIÇÃO” 421


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

COM O ACORDO ORTOGRÁFICO, “CONTATE” COM “CONVIÇÃO”

?

?

422


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

“CONVIÇÃO”? QUE LÍNGUA É ESTA?

?

423


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

?

O QUE SERÁ “COMPATAÇÃO”?

424


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

A SAÚDE DO ACORDÊS É ASSIM...

?

E O NOMEZINHO VAI FICAR ASSIM? 425


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

O “IMPATO” DA “MODERNA” ORTOGRAFIA É ISTO...

?

426


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

A “MODERNA” ORTOGRAFIA É ISTO...

427


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

AVISO: ESTE FOI O SENHOR QUE ASSINOU O ACORDO ORTOGRÁFICO EM NOME DE PORTUGAL...

428


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

O ESPLENDOR DO ACORDÊS...

?

? 429


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

? ─ PRONTO, JÁ TIRÁMOS OS “Cs” TODOS... ─ MESMO EM “FICÇÃO”? ─ CLARO!

430


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

? ? ? ─ PRONTO, JÁ TIRÁMOS OS “Cs” TODOS... 431


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

ACORDÊS, MAS SÓ ÀS VEZES...

ACORDO? QUAL ACORDO? 432


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

A ALEMANHA CONFUSA COM A “NEUE” RECHTSCHREIBUNG

433


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

A “OTIMUS” A BRICAR AO ACORDÊS...

?

434


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

? A VERDADEIRA CHOLDRA...

?

435


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

?

?

A VERDADEIRA CHOLDRA...

?

?

436


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

PORTUGUÊS? BRASILEIRO? ACORDÊS?

?

437


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

O ACORDÊS DA VICTORIA...

QUAL ACORDO?

438


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

ACORDO? QUAL ACORDO?

439


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

A MAIS COMPLETA CHOLDRA NUMA SIMPLES FICHA DE UM RESTAURANTE... O RESTO DA ORTOGRAFIA É TAMBÉM UMA NOTÁVEL DESORDEM...

440


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

O QUE SERÁ “O IMPATO DO CONTATO”?

? ? Nota: jornalista do JN

441


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

PORTANTO, UMA CONTRADIÇÃO BEM VESTIDA...

?

442


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

?

?

O ACORDÊS DA EDP: 1. TUDO COM MAIÚSCULAS 2. Cs e Ps = TUDO FORA (MESMO QUANDO AS FIRMAS DAS EMPRESAS OS TÊM...) 3. E O RESTO DO ACORDO? QUE SE LIXE!

? 443


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

A CONFUSÃO É VERDADEIRAMENTE TOTAL...

?

444


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

?

?

O ACORDÊS DA MICROSOFT...

445


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

?

COMO?

446


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

ACORDO? QUAL ACORDO?

447


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

DE UM ACORDISTA DA PRIMEIRA HORA...

in blog CAUSA NOSSA 9 de Janeiro de 2013

448


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

? ?

ISTO ESTÁ ESCRITO EM QUE LÍNGUA?

449


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

? ?

ORTOGRAFIA CONEXA?

450


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

? ?

COMO SE ESCREVE “PERFECCIONISMO”? DEPENDE!

in Folheto do Acordo Ortográfico Sítio Web da Escola Secundária de Tomás Cabreira, Faro

451


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

?

DIÁLOGOS ORTOGRÁFICOS...

452


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

O ACORDÊS É ISTO: “FALSIOSO” E “INTELETUAL”...

?

? 453


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

O ACORDÊS NUMA EMPRESA QUE VIVE DA ESCRITA EM “PORTUGUÊS”... 454


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

ACORDÊS COM “CONVIÇÃO”...

455


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

PRONTO, JÁ TIRÁMOS OS Cs...

456


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

O ACORDÊS DA “ACTUAL”

457


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

O ACORDÊS DA EDP...

?

458


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

O ACORDÊS QUE NÃO É ACORDÊS...

?

459


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

PRONTO, JÁ TIRÁMOS OS Cs e OS Ps...

? 460


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

? VIVA! O PSD JÁ ESCREVE À MODERNA...

461


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

OBVIAMENTE, É MENTIRA...

462


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

? ALGUÉM ENGANOU OS DINAMARQUESES...

463


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

“TATO” E “INTATO”. PRONTO, JÁ CORTÁMOS OS “Cs” TODOS...

? ?

464


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

O MARAVILHOSO ACORDÊS: “ATIVIDADES”, “OBJECTIVOS” E “INTATO”...

?

465


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

DIA DA FLORESTA “AUTÓTONE”?

466


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

? ? ?

QUE LÍNGUA É ESTA?

467


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

? O MARAVILHOSO ACORDÊS

? ? 468


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

? O MARAVILHOSO ACORDÊS

?

? 469


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

? ? O MARAVILHOSO ACORDÊS

470


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

?

O MARAVILHOSO ACORDÊS 471


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

O MARAVILHOSO ACORDÊS

472


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

TEM “C”? CORTA, CORTA! FALHOU UM...

?

Catálogo ZANUSSI Profissional

?

473


O ACORDÊS NA “SOCIEDADE CIVIL”

O ACORDO ORTOGRÁFICO “APENAS EM PORTUGAL” ENSINADO NO BRASIL...

? 474


DA INUTILIDADE DO ACORDO ORTOGRテ:ICO

475


DA INUTILIDADE DO ACORDO ORTOGRテ:ICO 476


ACORDO ORTOGRÁFICO? Adira ao Grupo ACORDO ORTOGRÁFICO NÃO! no Facebook

https://www.facebook.com/groups/acordo.ortografico.nao/

Visite a Biblioteca do Desacordo Ortográfico

http://www.jrdias.com/acordo-ortografico-biblioteca.htm

Subscreva a Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico

http://ilcao.cedilha.net/docs/ilcassinaturaindividual.pdf 477

A CHOLDRA ORTOGRÁFICA EM PORTUGAL  

Como vai a aplicação do acordo ortográfico em Portugal, rumo à "unificação ortográfica" não se sabe bem com quem ou para quê? -- Por João Ro...

A CHOLDRA ORTOGRÁFICA EM PORTUGAL  

Como vai a aplicação do acordo ortográfico em Portugal, rumo à "unificação ortográfica" não se sabe bem com quem ou para quê? -- Por João Ro...

Advertisement