Issuu on Google+

O seu canal de comunicação

PRESIDENTE: JANIA BIZARELLI - RIO, 20 a 27 DE MAIO DE 2014

FUNDADOR: ROGERIO SANT’ANA - ANO XIV, Nº 2429

Acesse o nosso portal www.jornalpanorama.net.br Eleições 2014 - Mesquita

Pág 3

0,75 R$

Flávio Nakan sairá da disputa para apoiar candidatura única

Vereador vai desistir de disputar vaga na ALERJ e aponta que Daniele Guerreiro pode representar o consenso

Parada da diversidade reúne mais de 30 mil em Mesquita

Foto: divulgação

Pág5

Paço Municipal ficou tomado na grande festa da liberdade Soltou a voz

Pág 7

Foto: divulgação

n Mesquita reuniu mais de 4 mil pessoas no domingo, (18). O grupo percorreu dois quilômetros da concentração até o Paço Miunicipal

Lembrança e Emoção

Foto: George Proença

Pedro Lima, “bigode grosso” faz festa na Ação Social em Japeri Mau exemplo

Pág 2

Brasil reduz mortalidade materna em 43%

Brasil e mais dez países latino-americanos conquistaram avanços significativos na redução de mortes relacionadas à gravidez ou parto de 1990 a 2013. Pág 3

Foto:reprodução da internet

Negros terão 20% de cotas em concurso Pág 4

Dudu Nobre aparece armado na internet FALE CONOSCO

Atendimento 21 2696 8898 Comercial 21 2796 6633

Mães que tiveram seus filhos vítimas da violência são homenageadas na Coréia Web

www.jornalpanorama.net.br

@ redacao@jornalpanorama.net.br comercial@jornalpanorama.net.br

@ financeiro@jornalpanorama.net.br promocao@jornalpanorama.net.br

Foto: divulgação


Serviço RIO DE JANEIRO, 20 a 27 de Maio de 2014

Presidente Jânia Bizarelli

Editora Chefe Lílian Chagas

Terça - Feira Sol e Chuva + 28 ºc

Tábua de Marés

Recurso MPF recorre de decisão que não reconhece umbanda e candomblé como religiões

Quarta - Feira Sol e Nuvens + 29 ºc

Sexta - Feira Sol e Nuvens + 28 ºc

Quinta - Feira Sol e Nuvens + 31 ºc Estações do Ano

Sábado Sol e Nuvens + 27 ºc

Segunda - Feira Sol e Nuvens + 30 ºc

15:48 22:20

1,40m 0,50m

Verão

Outono

20/03

21/06

Inverno 23/09

Primavera

Domingo Sol e Nuvens - 27 ºc Velocidade dos ventos N -9km/h

Fases da Lua

21/12

Nova

29/04

Cresc.

Cheia

07/05

14/05

Ming. 21/05

DESTAQUE

Alerta: álcool aumenta risco de câncer

Foto: divulgação

n Juiz entendeu que para ser considerada religião, é necessário seguir um texto base

consciências religiosas, ferindo assim, por exemplo, a Declaração Universal dos Direitos Humanos (...) e a Constituição Federal”. A ação resulta de uma representação movida pela Associação Nacional de Mídia Afro, que levou ao conhecimento da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, os conteúdos de alguns vídeos divulgados no YouTube. O órgão, para pedir a retirada, alegava que o material estaria disseminando o preconceito, a intolerância e a discriminação a religiões de matriz africana. O primeiro pedido para a retirada dos vídeos, ocorreu no início do ano, de acordo com o site do MPF. Na época, o recurso não obteve resultado, daí o novo recurso judicial. Em seu recurso, o procurador geral Jaime Mitropoulos afirmou que “mensagens que transmitem discursos do ódio não são a verdadeira face do povo brasileiro e tampouco representam a liberdade religiosa no Brasil”. Ele afirma, ainda, que “esses vídeos são exceções e como exceções merecem ser tratados. O povo brasileiro não comunga com a intolerância religiosa”. No recurso apresentado, o MPF pede ao TRF-2, liminarmente, a retirada imediata de 15 vídeos com mensagens que fazem apologia da violência e do ódio.

Panorama

A

n

Estudos indicam que o consumo moderado de álcool pode reduzir o risco de doenças cardiovasculares

noção de que a ingestão regular de álcool é um fator prejudicial à saúde vem sendo minimizada nas últimas décadas. Este afrouxamento na restrição ao álcool ocorre por conta de resultados de pesquisas publicados na literatura médica, indicando que o consumo moderado de álcool pode reduzir o risco de doenças cardiovasculares.

Panorama Comunicação da Baixada LTDA

Rogério Sant’Ana

Presidente

Jania Bizarelli

Direção Executiva

Cléber Maciel

CNPJ: 08.219.620/0001-28 Fundado em 1997 - Rogério Sant’Ana

Internet

Conselho Editorial

www.jornalpanorama.net.br

Editora Chefe

redacao@jornalpanorama.net.br

Pedro Chavarry Duarte Lílian Chagas

Financeiro

Franklin Beiruth

Marketing

E-mail

Projeto Gráfico/ Web Design Genaro Braga

Diagramador Diego Oliveira de Azevedo

Ronaldo Cabral

Comercial Bruna Beiruth

Comercial - 2696-8898

Redação : Rua Mônaco nº 24 Rocha Sobrinho, Mesquita CEP -26574-510, Telefone - 2796-6633 /2696-8898 Administração: 2796-6633 / Redação: 2696-8898 Os nossos colaboradores não possuem obrigações de horário ou continuidade, não mantendo nenhum vínculo empregatício com esse jornal , em consonância com a Lei de Imprensa 5250/67. Os conceitos emitidos pelos colunistas e matérias assinadas são de inteira responsabilidade dos mesmos.

não estarem completamente esclarecidos, o etanol é um carcinógeno comprovado e, além disso, bebidas alcóolicas possuem outras substâncias também carcinogênicas. Um dos produtos do metabolismo do álcool é o acetaldeído, que, assim como o álcool não metabolizado, quando em contato direto com as mucosas das vias aéreas e do trato digestivo superior, provocam sua hiperproliferação. Mesmo doses baixas podem aumentar o risco de

câncer nestas áreas. O consumo de álcool também aumenta o risco de câncer de cólon, reto, fígado e de mama em mulheres. Qualquer dose pode ser prejudicial. Segundo a OMS não há dose segura de álcool quanto ao risco de câncer. Além disso, já foi observada uma relação dose/ resposta entre álcool e alguns tipos de câncer. Mesmo para o bebedor leve (social), o risco de câncer para orofaringe, esôfago e mama em mulheres é aumentado.

Carta do leitor

Leitor se indigna com foto em que Dudu Nobre aparece armado O “Programa Papo Maduro”, Rádio Bandeirantes - 12h - AM - comentou a foto do pagodeiro Dudu Nobre, em que ele, com outros (02) dois amigos, aparecem armados numa foto. Eis, a minha opinião. Primeiramente: quero pedir desculpas à Cecilia! Menina, Parabéns. Atrasado, mas, cheio de carinho...respeito...e admiração. Segundo: - sobre a foto do Dudu, LAMENTÁVEL! Estamos passando por um momento muito delicado no nosso país. Estamos carentes de bons exemplos e de boas lideranças. O Dudu perdeu a grande oportunidade de ficar QUIETO, em seu cantinho de pagodeiro. Tem que ser investigado sim!

Edição Ano XV - O Jornal Panorama é órgão oficial editado e publicado pela Panorama Comunicação

Fundador

Contrário a esta tendência, o recente relatório mundial da Agência Internacional para Pesquisa em Câncer (IARC), que é uma divisão da Organização Mundial da Saúde (OMS), alerta que o consumo regular de qualquer quantidade de álcool aumenta o risco para vários tipos de câncer. Em 1988 a mesma Agência já havia declarado o álcool como um carcinógeno. Apesar dos mecanismos do álcool causando câncer ainda

Foto: divulgação

n

Para Edson, o cantor perdeu a oportunidade de ficar calado

Sem mais... Edson de Sá Nunes - favelado, porém, ético como a maioria dos meus irmãos da favela.

DIA A DIA

TELEFONES ÚTEIS

SOBE

n 20º BPM Rua Tenente Aldir Soares Filho, 245-Centro, Mesquita 2796-1049 n Delegacia da Mulher 3765-6730 n Delegacia do Turista 2511-5112 n Delegacia Policial 53ª 3765-6730 n Prefeitura de Mesquita 0800-282-9260 n PROCON 2224-4916 nCentro de Informação Turística Av. Princesa Isabel, 183 Tel: 2542-8080 / 2542-8004

Inaugurada abertura dos Prefeitura de B. Roxo é autuaJogos da Amizade em B. Roxo da por despejo ilegal de lixo

SALÁRIO MÍNIMO NACIONAL:

R$ 722,00

Na última quarta-feira (14), foi realizada a abertura da 4ª edição dos Jogos da Amizade, no Ciep Municipal Casemiro Meirelles, no Centro do município. O evento destina-se a estudantes da rede municipal. A competição estimula a prática esportiva entre os jovens, de 12 a 15 anos, e promove a integração das escolas da rede pública da cidade e aproveita para identificar as carências das unidades e melhorar a infraestrutura dos espaços. As atividades acontecem entre os dias 19 e 30 de maio, em dois turnos (manhã ou tarde), nos Cieps Casemiro Meirelles (Centro), Edival Gueiros (Parque São José), Vinicius de Moraes (Lote XV), Amélia Ricci Baroni (Areia Branca) e São Francisco (Nova Aurora). Ao final, não haverá vencedores, e simo reconhecimento do esforço de cada um.

O Inea (Instituto Estadual do Meio Ambiente) autuou a prefeitura de Belford Roxo por despejo irregular de lixo em um terreno próximo ao aterro sanitário de Babi, no bairro Recantus, dentro do próprio município, na última quarta-feira (14) . A prefeitura será multada baseada nos artigos 93 e 95, em combinação com o artigo 99 da Lei Estadual 3.467/2000. A administração municipal foi notificada a retirar todo o lixo depositado irregularmente dentro de 24 horas. O órgão fez os despejos ilegais nos dias 8 e 9 de maio, porque a empresa BOB Ambiental, que administra o aterro sanitário oficial, recusou o recebimento dos resíduos, impedindo a entrada dos caminhões, devido aos pagamentos atrasados pela prestação do serviço.

O Ministério Público Federal do (MPF), recorreu ao Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), contra uma decisão da Justiça Federal que, de acordo com o órgão, não reconhece crenças afro-brasileiras como religiões. No início deste ano, o MPF entrou com uma ação, pedindo que vídeos fossem retirados do YouTube, pela Google Brasil, vídeos que fossem considerados ofensivos à umbanda e ao candomblé. Em um dos vídeos, aparece a entrevista de um “ex-macumbeiro, hoje liberto pelo poder de Deus”. Ao negar o pedido, um juiz federal argumentou que “manifestações religiosas afro-brasileiras, não constituem religião”, de acordo com um texto publicado no site do MPF. A decisão da justiça diz que essas práticas não conteriam “traços necessários de uma religião”. O juiz responsável pela sentença entendeu que, para ter características de religião, seria necessário uma prática precisa, de seguir um texto base como o Alcorão ou a Bíblia, além de ter um deus específico ou venerado. O MPF critica, dizendo em sua página oficial na internet; “Ao invés de conceder a tutela jurisdicional adequada, diante das graves violações que estão ocorrendo, a decisão excluiu do âmbito de proteção judicial grupos e

DESCE Dupla é presa por tentativa de estelionato na Baixada Na última quinta-feira(15), Victor Hugo da Silva,21 anos, Janaína Modesto da Silva, de 31 foram presos, e um menor de 16 anos apreendido, por policiais da 9ª DP (Catete), em Nilópolis. Eles são acusados de tentativa de estelionato, corrupção de menores e formação de quadrilha. Segundo o delegado Roberto Gomes, titular da 9ª DP, a prisão foi possível após a10ª DP (Botafogo) capturar uma mulher acusada de desviar cerca de R$ 21mil da conta bancária de terceiros. De acordo com o delegado, os presos pretendiam adquirir duas motocicletas em uma concessionária, com o dinheiro roubado.


Moradores da Vila São João pedem reforço no policiamento Moradores da Vila São João, em São João de Meriti, denunciaram que às 3h 40m da última quinta-feira(15), um Fiat Stilo azul marinho passou assaltando trabalhadores. No carro havia um homem e uma mulher armados. O ocorrido aconteceu na Rua Euclides da Cunha. Outra denúncia do mesmo tipo foi feita por moradores no bairro Grande Rio, também em São João de Meriti. Eles solicitam que o policiamento na área seja reforçado. Atendimento 2796 6633 Comercial 21 2696 8898

@

redacao@jornalpanorama.net.br comercial@jornalpanorama.net.br

Web

www.jornalpanorama.net.br

Geral

Presidente Jânia Bizarelli

Mudança de rumos

Flávio Nakan sairá da disputa para apoiar candidatura única

Editora Chefe Lílian Chagas

RIO DE JANEIRO, 20 a 27 de Maio de 2014

Página 03

QUEM CALA CONSENTE Fale comigo no telefone 7862-4359 pelo email janiabizarelli@jornalpanorama.net.br

Foto: divulgação

Brasil reduz mortalidade materna em 43% de 1990 a 2013

n Em breve, vereador anuncia sua renúncia apoiando movimento no município

O

vereador Flávio Nakan deve anunciar nos próximos dias sua renúncia à disputa por uma vaga a Assembleia Legislativa, em favor do movimento incentivado na cidade, de lançamento de uma candidatura única para deputado estadual, a fim de garantir a eleição de um mesquitense para o Parlamento. O vereador revelou sua intenção durante conversa com um repórter do jornal PANORAMA, e chegou a afirmar

que emitirá uma nota oficial, onde se retira da disputa e explica os motivos da decisão. Nakan disse que apontará na mesma nota os critérios que deve nortear este debate pela candidatura única, e apontará os nomes que ele acredita reunir as condições necessárias para promover o consenso e vencer o pleito, mas adiantou na conversa, reconhecer que a primeira dama Daniele Guerreiro, possui as credenciais políticas necessárias para este momento. Flávio Nakan reconhece os avanços conquistados pela atual administração, mas

também sabe das dificuldades enfrentadas pelo chefe do executivo em conseguir verbas, obras, programas e ações do Estado, sem que a cidade tenha uma representação na ALERJ. Segundo Nakan, o momento é de unir forças: ”Na política, a vaidade é um adjetivo que não deve existir. Sou defensor de uma união das forças baseada na vontade popular”, declarou. Desde sua emancipação, Mesquita jamais teve um representante na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ). “Sabemos que muitas das dificuldades que enfrentamos junto ao

Governo do Estado, poderiam ser reduzidas se nosso município tivesse um interlocutor junto ao governador”, observa Nakan. ”Estou em meu quarto mandato como vereador pela cidade, participei da elaboração de várias leis que hoje fazem parte da vida de nossa cidade, conheço muito bem a realidade de meu município, e sei que nossa cidade precisa de uma representação na Assembléia Legislativa”, pondera o vereador. E prosseguiu dizendo “Não podemos abrir mão de eleger um deputado para que nosso município se fortaleça no cenário estadual”, comentou Nakan.

Candidatos a presidente querem distância da Copa do Mundo

E

m 2007, quando a Fifa escolheu o Brasil para sediar a Copa do Mundo de 2014, o então presidente Lula festejou como se tivesse marcado um gol de placa. A escolha reforçava as palavras que ele vivia a repetir, como “o povo voltou a ter orgulho de ser brasileiro”, e o discurso  de que, sob sua batuta, o país finalmente obtinha reconhecimento internacional e ascendia ao grupo de países desenvolvidos. Estava claro para Lula: a Copa do Mundo e a Olimpíada de 2016 seriam usadas como peças de propaganda pelo PT nas eleições. Foi assim em 2010, quando Dilma Rousseff venceu a corrida presidencial. Mas não será assim neste ano. Candidata à reeleição, Dilma não tentará pegar carona no evento esportivo com a maior audiência do planeta. Uma mudança radical mas compreensível: entre o otimismo do criador e o distanciamento forçado da criatura, houve manifestações populares contra os gastos públicos com a Copa, denúncias de superfaturamento em obras, além, é claro, da vaia monumental que a presidente ouviu, no ano passado, na abertura da Copa das Confederações. País do futebol, o Brasil jogará em casa, mas Dilma, pelo menos durante o campeonato, não terá o apoio da torcida, assim como seus rivais Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB). “A minha impressão é que, desde 1970, não acontecia uma tensão política em torno da Copa como agora. Naquela época, havia uma discussão sobre se torcer para a seleção ajudava a ditadura militar. Por isso, é prudente, de fato, (o candidato) não aparecer”, diz Mauro Paulino, diretor-geral do Datafolha. Escaldada pela vaia tomada no Estádio Mané Garrincha, em junho de 2013, no auge dos protestos populares,

Foto: divulgação

Dois informes da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que o Brasil e mais dez países latino-americanos conquistaram avanços significativos na redução de mortes relacionadas à gravidez ou parto de 1990 a 2013. Mundialmente, taxas também estão em queda, embora doenças crônicas e outras condições médicas preexistentes ainda sejam um problema grave. O Brasil reduziu sua taxa de mortes maternas em 43% desde a década de 90. Outros países mencionados pelo relatório são Peru (64%), Bolívia e Honduras (61% cada), República Dominicana (57%), Barbados (56%), Guatemala (49%), Equador (44%), Haiti (43%), El Salvador (39%) e Nicarágua (38%). A OMS alerta que, ainda assim, nenhum dos países da região tem condições de alcançar a meta dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), de reduzir 75% a taxa mortalidade materna até 2015. “Juntos, esses dois relatórios destacam a necessidade de investimentos em soluções comprovadas para a saúde feminina, como o cuidado de qualidade durante a gravidez e o parto e uma atenção redobrada para grávidas com problemas médicos preexistentes”, disse Flavia Bustreo, diretora-geral assistente do programa da OMS sobre a Saúde das Crianças, Mulheres e da Família. O progresso, no entanto, não diminui o peso das 9,3 mil mulheres latino-americanas e caribenhas que morreram em 2013 por causas relacionadas à gravidez – em 1990, foram mais de 17 mil mortes. “Temos salvado a vida de

muitas mães pelas Américas, e estamos bastante satisfeitos com isso”, disse Suzanne Serruya, diretora de centro regional de saúde obstetrícia da OMS. “Mas o número de mortes no ano passado continua inaceitável, e significa que teremos um grande desafio em reduzir essas cifras ainda mais.” No cenário mundial, o relatório estima 289 mil mortes maternas pelas mesmas complicações em 2013 – uma queda de 45% se comparado aos 523 mil óbitos em 1990. Considerando-se o 5º ODM, apenas onze países já conquistaram a meta de 75% de redução – seis na Ásia, quatro na África e um na Europa (Romênia). Apesar disso, as disparidades regionais continuam extremas. “Uma garota de 15 anos na África subsaariana tem uma chance em 40 de morrer devido à gravidez ou ao parto em algum ponto de sua vida, enquanto a mesma garota vivendo na Europa tem uma chance em 3,3 mil”, disse Geeta Rao Gupta, vice-diretora executiva do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). Causas da morte materna. Adicionalmente, o segundo relatório da OMS, com foco nas causas globais das mortes maternas, destaca o impacto que condições médicas preexistentes – como diabetes, aids, malária e obesidade – têm sobre a saúde da gravidez, sendo responsáveis por 28% das mortes deste tipo no mundo. Esta proporção é similar a das mortes por hemorragias graves durante gravidez ou parto, que isoladamente é a principal causa da morte materna no mundo.

Entre mais de 60 mil disfunções maternas em 115 países, as causas de morte materna estão distribuídas da seguinte forma: n hemorragia grave (especialmente durante e depois do parto): 27% n hipertensão na gestação: 14% n infecções: 11% n parto obstruído e outras causas diretas: 9% n complicações de abortos: 8% n coágulos sanguíneos (embolias): 3%

Informe da CBPMERJ Cel. Pedro Chavarry

nDenúncias fizeram candidatos quererem desassociar suas imagens da Copa

Dilma não discursará na abertura da Copa, em 12 de junho, em São Paulo. Será a segunda vez desde 1994 que o chefe de Estado do país anfitrião abdicará de dar boas-vindas aos torcedores. No Mundial da França, em 1998, o então presidente Jacques Chirac apenas declarou: “Está aberta a Copa do Mundo”. Apesar disso, Chirac acompanhou vários jogos nos estádios, inclusive a partida final, que terminou com a goleada de 3 a 0 da França sobre o Brasil. Por ora está definido que Dilma verá os jogos pela televisão. Por uma estratégia de marketing, ela se deixará fotografar ao lado de familiares, especialmente o neto, em imagens a ser divulgadas na imprensa e nas redes sociais. A reclusão da presidente foi decidida após pesquisas qualitativas encomendadas pelo governo. As entrevistas mostraram que os brasileiros querem a classe política longe da Copa. Eles têm

motivos para isso, inclusive no campo da superstição. Em 1950, o Brasil sediou sua primeira Copa do Mundo e chegou à final como franco favorito. Um dia antes da partida decisiva contra o Uruguai, os três candidatos a presidente — entre eles Getúlio Vargas, que venceu o páreo — fizeram questão de posar para fotos com os jogadores, que já eram tratados como cam­ peões mundiais. O desfecho da história pode ser resumido numa palavra mítica: Maracanazzo. A pesquisa encomendada pelo governo traz outro dado preocupante para Dilma. Os entrevistados disseram que, se a Copa der errado, a presidente perderá votos. Se der certo, não ganhará, porque não teria feito mais do que sua obrigação. Fã de futebol e amigo de ex-jogadores como Ronaldo Nazário, artilheiro e campeão da Copa do Mundo de 2002, o tucano Aécio Neves planeja ir

a pelo menos uma partida, em Belo Horizonte, seu berço político, onde terá a torcida a favor. Aécio foi convidado a assistir a jogos em Manaus e Salvador, mas ainda não respondeu se terá coragem de lidar com os eleitores fora de casa. Já o socialista Eduardo Campos deu sinais de que manterá distância regulamentar dos jogos. Ele fez questão de publicar numa rede social apoio à decisão do prefeito do Recife, Geraldo Júlio, de cancelar a realização de uma festa oficial da Fifa, inicialmente orçada em 20 milhões de reais. Os gastos públicos com a Copa, como se sabe, se tornaram dínamos das manifestações populares. “É motivo de orgulho para o PSB ter nos seus quadros um prefeito que sabe avaliar cuidadosamente a forma de gerir as contas públicas e pensar no bem da cidade”, escreveu Campos. Integrantes da cúpula socialista pretendem orientá-lo a não ir a estádios.

“Tenho fé em nosso judiciário e acredito que, aqueles que se empenham em fazer o bem e trabalhar honestamente estão um passo à frente.”

Caixa Beneficente recebe adesão de novos associados Pelo menos cem novos recrutas da Polícia Militar, que se formarão no curso de soldados nesta sexta-feira(23), aderiram ao quadro de associados da Caixa Beneficente da Polícia Militar do Rio. A adesão ocorreu na sexta-feira (16/05), durante almoço de boas vindas, organizado pelo comandante do 20º BPM, Mesquita, tenente coronel Almyr Cabral Mendonça, na sede da unidade, na Baixada Fluminense. Participei do evento, onde tive a oportunidade de saudar os futuros policiais. Os três primeiros colocados do curso foram agraciados com um final de semana em uma das pousadas da instituição.

Na ocasião, apresentei os serviços prestados pela entidade, que tem por objetivo, zelar pela qualidade de vida dos agentes e seus dependentes. Agradeço ao tenente coronel Almyr pela oportunidade de apresentar a Caixa Beneficente aos recrutas. Temos diversos serviços, como área de lazer, saúde, educação, entre outros, que se enquadram no perfil de cada um deles. Os serviços se estendem também aos seus dependentes. Além do mais, é uma honra saudar os novos recrutas que desempenharão um papel importante em nossa sociedade, que é zelar pela nossa segurança.


Geral Página 04

RIO DE JANEIRO, 20 a 27 de Maio de 2014

Presidente Jânia Bizarelli

Editora Chefe Lílian Chagas

Homem é acusado de abusar de três sobrinhas Na última quinta-feira(15), policiais 51ª DP (Paracambi), prenderam o servente de obras Jorge Wanderson dos Santos Henriques, o “Dal”, de 32 anos, pelo crime de abuso sexual de suas três sobrinhas, de doze, dez e nove anos de idade. Os abusos ocorreram em 2013, sempre na residência de Dal. As investigações começaram em março deste ano, quando a mãe das vítimas soube do ocorrido e procurou a polícia para denunciar o irmão. Atendimento 21 2796 6633 Comercial 21 2696 8898

@ redacao@jornalpanorama.net.br comercial@jornalpanorama.net.br

Web

www.jornalpanorama.net.br

Concentração de riqueza

Patrimônio dos 15 mais ricos do país supera 14 milhões do Bolsa Família

Topo da lista pertence ao clã Marinho, dono das Organizações Globo Foto: divulgação

Nova sensação do funk

Foto: divulgação

D

n

n Família Marinho encabeça a lista

e acordo com a revista Fobes, o patrimônio das 15 famílias mais ricas do Brasil, é dez vezes maior que a renda de 14 milhões de grupos familiares atendidos pelo programa Bolsa Família. De acordo com a publicação americana, o clã dos 15 mais abastados do Brasil, concentra a fortuna de 270 milhões de reais, cerca de 5% do PIB do

país. Por sua vez, o Bolsa Família, que atendeu 14 milhões de famílias em 2013, com um orçamento de 24 milhões de reais, o que equivale a 0,5% do PIB. A liderança da lista da Forbes, está encabeçada pela família Marinho, dona das organizações Globo. Os irmãos Roberto Irineu Marinho, José Roberto Marinho e João Roberto Marinho, detêm a ventura de 64 bilhões de reais. Outro

grupo de mídia que marcou presença na lista é o Grupo Abril, do clã Civita, com o patrimônio de 7,3 bilhões de reais. Outro setor que teve destaque na origem das fortunas das famílias mais ricas do Brasil, são os bancos. Grupo Safra (Banco Safra), Villela (holding Itaúsa), Moreira Salles (Itau/Unibanco), Setubal (Itaú), Aguiar (Bradesco). Quando a Forbes produziu

a primeira lista, eram três o bilionários no Brasil, em 1987: Antônio Ermírio de Moraes (Grupo Votorantim), Sebastião Camargo (Grupo Camargo Correa), Roberto Marinho (Organizações Globo). Atualmente são 65,25 parentes deles, levando a revista americana a considerar que, para se tornar um bilionário no Brasil, o item principal é ser um herdeiro.

Segue abaixo a lista das famílias mais ricas do Brasil:

1) Marinho, Organizações Globo, US$ 28,9 bilhões 2) Safra, Banco Safra, US$ 20,1 bilhões 3) Ermírio de Moraes, Grupo Votorantim, US$ 15,4 bilhões 4)  Moreira Salles, Itaú/Uniban-

co, US$ 12,4 bilhões 5) Camargo, Grupo Camargo Corrêa, US$ 8 bilhões 6) Villela, holding Itaúsa, US$ 5 bilhões 7) Maggi, Soja, US$ 4,9 bilhões 8) Aguiar, Bradesco, US$ 4,5 bilhões

9) Batista, JBS, US$ 4,3 bilhões 10)  Odebrecht, Organização Odebrecht US$ 3,9 bilhões 11)  Civita, Grupo Abril, US$ 3,3 bilhões 12)  Setubal, Itaú, US$ 3,3 bilhões

13)  Igel, Grupo Ultra, US$ 3,2 bilhões 14)  Marcondes Penido, CCR, US$ 2,8 bilhões 15)  Feffer, Grupo Suzano, US$ 2,3 bilhões

Igualdade

Permissão para casamento homoafetivo completa um ano

O

dia do casamento de Alessandra Lustosa foi uma data muito especial. Vestida com uma blusa social e gravata vermelha, e sua noiva, Yglessyanne Lustosa, de vestido branco, com detalhes em renda, e saia com camadas sobrepostas, ambas estavam radiantes. A cerimônia ocorreu em um cartório de Taguatinga, cidade do Distrito Federal, cerca de 20 quilômetros da área central de Brasília, com direito a marcha nupcial e bolo com bonecas no topo, representando as noivas. “Éramos o único casal do mesmo sexo no cartório naquele dia, e ela era a noiva mais bonita”, contou Alessandra. O casamento de Yglessyanne e Alessandra foi um dos 130 realizados no DF, desde maio do ano passado, momento em que a união homoafetiva passou a ser permitida no país. O levantamento foi realizado pela Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg-Br),com dados dos 12 cartórios de Registro Civil do DF. Na última quarta-feira (14), a resolução 175 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a qual permitiu o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo, completou um ano. “Para mim, é uma conquista muito grande dos nossos direitos. A sociedade acha que nosso relacionamento é errado, a Igreja acha que é pecado. Se a gente pode

trabalhar, se paga impostos, por que não pode ter esse direito como qualquer outra pessoa?” As duas já moravam juntas há seis meses, e o casamento tornou a relação pública. “Trabalho há 14 anos na mesma empresa, todo mundo suspeitava, mas não tinha certeza, até eu me casar com a Yglessyanne. Graças a Deus, todos aceitaram numa boa”, diz Alessandra, que é supervisora comercial. Futuramente, elas planejam ter um filho. Ter um filho também foi uma das motivações do casamento de Milena Ganzelevitch. Ela mora com a mulher, que pediu para não ser identificada, há doze anos. Elas casaram-se em 31 de março deste ano, e, em breve vão aumentar a família. Milena está grávida de 8 meses de Maria Luísa, nome escolhido em homenagem à avó materna. Para ela, o que mudou foi a questão social; “Para a sociedade, somos legalmente casadas”, disse. “O casamento mesmo foi muito rapidinho, não deu tempo para organizar festa. No cartório, não tivemos problema nenhum de preconceito, só os olhares curiosos das pessoas que estavam ali”, declarou. O órgão deve realizar em breve um levantamento nacional. Os números divulgados são correspondentes ao total de casamentos realizados até terça-feira (13).Em março, a Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen-

Com 17 anos, Mc KL já está no funk há três anos

Nascida e criada em Itaboraí, atualmente ela mora em São Gonçalo; a mais nova sensação do funk carioca, Mc KL, a diva do Talentinho, com apenas 17 anos, vem com suas músicas “Garota Manda, Ostentação,

X9 Assumido” e outras... Ela já é Mc no mundo do funk há 3 anos, e gosta de ostentar, em alguns lugares ela é conhecida como a princesinha do funk e princesinha das rimas. Essa é a Mc KL...

6ª Parada da Diversidade Parabéns a todos os amigos, secretarias, coordenadorias, PM, apoiadores, Bloco Águia de Mesquita, Site Clube, as drags, e a  quem participou da 6ª Parada da Diversidade, pela excelente organização e realização. Mais um ano de dever cumprido! Só tenho a agradecer toda minha equipe, que foi a responsável por mais

um sucesso! Um trabalho tão árduo e bonito, eu só espero que faça efeito. Só o que se pede, é o endurecimento das leis e respeito! Um agradecimento especial ao prefeito Gelsinho Guerreiro e ao secretário de Mobilização Social e Direitos Humanos, Rogério Sant’Ana.  Sem vocês, tudo isso, não teria acontecido.

Negros vão ter cotas de 20% em concursos

Foto: divulgação

Foto: divulgação

n n O casamento de Alessandra e Yglessyanne foi um dos 130 realizados no DF

SP) divulgou levantamento semelhante. Foram 701 uniões homossexuais realizadas em 58 cartórios da capital paulista. No DF, o mês de maior procura foi maio de 2013, Para o presidente da AnoregBr, Rogério Portugal Bacellar, a resolução do CNJ agiliza o processo do casamento e garante a cidadania, uma vez que passa para os cartórios algumas incumbências que eram restritas ao Judiciário. Ele também explicou que união estável e o casamento civil garantem os mesmos direitos sobre os bens. O que diferencia é o status civil; Em uma união estável, não é possível mudar o status de solteiro para casado.

quando a resolução passou a vigorar. Ocorreram naquele mês, 18 casamentos homoafetivos. Os demais meses registraram, no mínimo, seis casamentos. Para o servidor público Rodrigo Rodrigues, isso faz muita diferença. “O casamento não é só um ato de amor entre duas pessoas, estarmos casados vira também um ato político”, diz Rodrigues, que é casado com o também servidor público Thiago Rodrigues desde setembro do ano passado. “Quando as pessoas falam que ele é meu companheiro, eu corrijo: É meu marido.”

A regra das cotas não é válida para concursos em andamento

Na última semana, em que o Brasil comemorou 126 anos de abolição da escravatura, (dia 13/5), a Mesa Diretora do Senado resolveu instituir cotas de 20% para negros nos concursos públicos para a contratação de servidores e nos contratos de terceirização. “Nós estamos reservando a partir de agora, em todo concurso público para servidor do Senado Federal e em contrato de terceirização também, uma cota de 20% para resgatarmos as contas que nós temos com os afrodescendentes”, disse o presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL). De acordo com Renan, não é possível instituir a obriga-

toriedade das cotas, como as contratações para cargos comissionados. . “A lei regulamenta o que é comissionado, é cargo em comissão, em confiança. E aí se recomenda que a regra seja estendida para isso”, disse. O presidente do senado, ao anunciar a decisão aos colegas em plenário, disse que a medida tem o objetivo de fomentar um “Brasil mais justo e igualitário”; As cotas vão ser instituídas a partir dos novos concursos. A regra não vale para os concursos em andamento ou contratos já firmados para o fornecimento de mão de obra terceirizado para o Senado.


Presidente Jânia Bizarelli

Editora Chefe Lílian Chagas

RIO DE JANEIRO, 20 a 27 de Maio de 2014

Página 05

Mesquita

Dia Emocionante

Mães da Coréia são homenageadas Fotos: George Proença

nUma grande e emocionante festa em homenagem às mães foi realizada no último sábado (17) na Coréia, promovida pela Casa dos Jovens, que tem à frente a presidente Fátima Santos

além de flores e muitos outros presentes. O Coordenador da Juventude da Prefeitura de Mesquita, aproveitou a ocasião para o homenagear a presidente da Casa do Jovem, Fátima Santos, pelo belíssimo trabalho realizado naquela comunidade, de resgate da juventude e de encaminhamento através de programas de qualificação profi ssi onal e de ações e movimentos culturais. “Atrair os jovens não é tarefa fácil, mas é o passo fundamental para o sucesso de qualquer projeto voltado a essa faixa etária, visando impedir que ele trilhe por outros caminhos “ destacou. O momento mais emocionante da festa, foi a homenagem prestada às mães

que perderam seus filhos em razão da violência e do aumento da criminalidade. As mães órfãs, como chegou a definir o secretário Rogério Sant´Ana, receberam da Casa do Jovem e da Secretaria de Direitos Humanos uma placa com uma mensagem de força e coragem. O secretário Rogério Sant´Ana aproveitou para lembrar que a criação da Casa do Jovem aconteceu após a perda trágica do irmão de Fátima dos Santos, o que a encorajou para tomar iniciativas que evitassem que novos jovens tivessem suas vidas ceifadas. Sant´ana lembrou de muitos episódios de sofrimento vividos por mães, e destacou a necessidade de união para superar a dor e apoiar iniciativas que venham contribuir para que a juventude tenha um caminho

de sucesso “ Sei que é muito difícil, não há um nome para perda. Deveria ser proibido que filhos partissem antes dos pais, é contra a ordem natural da vida, mas apenas a união pode ajudar a superar tamanha dor” disse Rogério Sant´Ana. A presidente Fátima Santos , bastante emocionada falou da importância das mães na vida dos filhos e do papel que elas têm na condução do futuro “ M ã e s n u n ca a b a n d o n a m os seus filhos. Seus braços se abrem quando é preciso de um abraço, seu coração sabe compreender quando é preciso uma amiga, e seus filhos são guiados por sua força, sua coragem e seu amor pela vida, e se preciso for, darão asas a seus filhos para que possam voar”, concluiu.

Entre todas as dores que infelicitam a condição humana, uma delas se sobressai como a mais terrível, a mais injusta, a mais profunda: a dor da perda de um filho. Se a morte para nós é inaceitável, se a tememos e a desprezamos, a morte de um jovem, rompendo o ciclo natural, interrompendo uma trajetória que todos supunham venturosa, expõe o ser humano de maneira brutal, principalmente a mãe. Diante dessa perda, alguns sucumbem fisicamente. Outros afastam-se da racionalidade. E outros, por fim retirando forças, sabe-se lá de que fonte de energia, resistem, enfrentam, olham para frente, sem esquecer o passado é verdade, mas procurando manter a integridade psicológica e as forças para lutar.

No ultimo sábado (17) , participei de um ato muito emocionante. Uma festa dedicada às mães, promovida pela Casa do Jovem da Coréia. Fui convidado a prestar uma homenagem às mães que perderam seus filhos recentemente em razão da violência. Perda e violência que motivou a própria Fátima dos Santos a criar a Casa dos Jovens, após a morte de seu irmão. Encontrei naquele local mães com os corações dilacerados pelas perdas, mas buscando forças para se dedicar a ações que evitem que outras mães venham a sofrer a mesma dor. Me faltam palavras para descrever o que sentir neste momento, mas não me falta forças para estar junto delas, amparando e apoiando suas lutas.

U

ma grande e emocionante f e s t a e m h o m e n a ge m à s mães foi realizada no último sábado na Coréia. P ro m o v i d a p e l a C a s a d o s Jovens,que tem à frente a presidente Fátima Santos, a festa se transformou em um dia de ação social e atendimento à população, que recebeu até a Unidade Móvel de Saúde da Prefeitura de Mesquita, que atendeu gratuitamente nas especialidades de clínica geral, pediatria, ginecologia e odontologia. No local, ta m b é m fo ra m rea l i za d o s exames preventivos do câncer de colo de útero. Durante todo o dia, as mães foram brindadas com kits, oferecidas pela Embelleze,

Rogério Sant’Ana

para pacientes com Inaugurado o Calçadão do Povo Moradia transtornos mentais Na noite de sexta-feira (16), a prefeitura de Mesquita entregou oficialmente à população o Calçadão do Povo, localizado na Avenida Presidente Costa e Silva (antiga Getúlio de Moura), no Centro. O trecho revitalizado pelas secretarias de Obras e Serviços Públicos e de Meio Ambiente fica na altura do número 1.839, sentido Edson Passos. “É mais um espaço público totalmente renovado. A família mesquitense merece”, ressaltou o prefeito Gelsinho Guerreiro. Além da nova calçada, que recebeu miniblocos de concreto e pintura especial, foram colocados piso tátil direcional, para a orientação de deficientes visuais, e rampas de acesso para cadeirantes. O espaço recebeu ainda mesas e bancos para o passatempo dos pedestres. O abrigo de passageiros do

ponto de ônibus que fica no local também foi trocado e está novinho em folha. “Ficou muito bom, muitas pessoas que passam por aqui têm comentado sobre a diferença entre como era e como está agora. A atual gestão está de parabéns”, elogiou o comerciante Edson Damatto. Somente neste ano, a prefeitura de Mesquita já realizou ações de revitalização em diversos pontos do município, com obras de recuperação, pintura e plantio de árvores. Periodicamente, equipes da secretaria de Obras e Serviços Públicos também recondicionam o asfalto de ruas e avenidas, por meio da Operação Tapa Buraco. Desde o ano passado, quase 400 ruas já foram recapeadas em todo o município, com a utilização de aproximadamente cinco toneladas de massa asfáltica.

Foto: divulgação

n Localizado na Avenida Presidente Costa e Silva, o espaço foi revitalizado

A prefeitura de Mesquita irá implementar, até o fim deste ano, o Serviço Residencial Terapêutico (SRT) no município. A ação tem como objetivo oferecer residência a pessoas que necessitem de longa internação psiquiátrica e tenham perdido vínculo com familiares. O serviço atenderá ao projeto do Ministério da Saúde que integra os dispositivos da Reforma Psiquiátrica (Lei 10.216/01). A atividade será desenvolvida na Rua Fausto, 748, Vila Emil. A expectativa é que sejam abrigados até oito moradores, número que atende à exigência do Ministério. Todos receberão assistência integral,

incluindo serviços médicos, psicológicos, ocupacionais, de lazer e reinserção social. Vale ressaltar que a internação de pessoas com transtornos mentais só é indicada quando os recursos extra hospitalares se mostram insuficientes. O espaço onde o serviço será oferecido tem 300 metros quadrados e será adquirido por meio de desapropriação por interesse público, em comum acordo com o proprietário, que será indenizado. “A ideia é iniciar as atividades o mais rápido possível”, ressaltou Cátia Cristina Pereira, coordenadora do Programa de Saúde Mental da secretaria de Saúde de Mesquita (Semus).

Debate sobre população negra no mercado de trabalho

Na última sexta-feira(16), a secretaria­de Mobilização Social e Direitos Humanos de Mesquita, por intermédio da Coordenadoria Municipal de Promoção a Igualdade Racial, promoveu a roda de conversa “População Negra no Mercado de Trabalho”. O evento aconteceu no Auditório Zelito Viana, Centro, e reuniu representantes de secretarias municipais, alunos da rede pública de ensino e integrantes da sociedade civil. Durante o encontro, foram debatidas as dificuldades encontradas pela população negra no país ao longo do tempo, as políticas públicas já existentes para esta parcela da sociedade e a aplicabilidade delas no cenário atual. O ator Vinícius Romão, vítima de preconceito racial em fevereiro deste ano, prestigiou o evento. “A iniciativa da prefeitura é muito válida. Percebo que a maioria do público é de jovens e é legal que eles participem,

para construir uma sociedade que dê oportunidades iguais a todos”, disse. Uma presença marcante foi da jornalista Luciana Barreto, que apresentou números estarrecedores sobre a pequena presença de negros no mercado formal de trabalho e a inexistência de negros ocupando cargos na direção executiva das maiores 500 empresas do Brasil Também participaram da roda de conversa, o secretário de Mobilização Social e Direitos Humanos de Mesquita, Rogério Sant’Anna; o secretário de Cultura, Douglas Mucciolo; o secretário de Defesa das Pessoas com Deficiência e dos Idosos, Wellington de Oliveira; o subsecretário de Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Ordem Pública, Fábio Fraga e a coordenadora municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial em Mesquita, Luana Carvalho, dentre outras personalidades.


Baixada Página 06

RIO DE JANEIRO, 20 a 27 de Maio de 2014

Presidente Jânia Bizarelli

Editora Chefe Lílian Chagas

Zé Capeta é preso em São João de Meriti Um homem conhecido como Zé Maluco ou Zé Capeta, foi preso na Rua Jorge Monsores, em São Mateus, S. J. de Meriti. O traficante aterrorizava os bairros da Vila União, Engenheiro Belford, Éden e Tomazinho. Zé é gerente de oito bocas de fumo, dentre elas Castelinho, Favela da Linha, Balanço da Jaqueira, Caixa D’água. O bandido é da comunidade do Chapadão e foragido da justiça; Estava ameaçando o vereador Davi Vermelho, o Didê, e estaria envolvido no homicídio de um empresário na Vila Humaitá, em S. Mateus. Zé foi levado para a delegacia de homicídios de Belford Roxo. Atendimento 21 2796 6633 Comercial 21 2696 8898

@ redacao@jornalpanorama.net.br comercial@jornalpanorama.net.br

Web

www.jornalpanorama.net.br

Comoção

Final feliz para menina que teve cadeira de rodas roubada T

halya Alves, de 9 anos, voltou a sorrir. A Prefeitura de Belford Roxo, através da Secretaria de Saúde e Diretoria de Reabilitação da Saúde, em parceria com a AACD, realizou a entrega de uma cadeira de rodas adaptada para a Thalya. A jovem teve a cadeira de rodas furtada no domingo do Dia das Mães (11 de maio), em frente a casa onde mora, no bairro Xavantes, em Belford Roxo. Na ocasião, o prefeito Dennis Dauttmam fez questão de levar o equipamento pessoalmente na residência da pequena, que possui necessidades especiais devido a uma paralisia cerebral. Ao saber do sofrimento da menina, Dauttmam pediu que providenciassem de imediato uma nova cadeira e não poupou esforços para ajudá-la. “Quando soube da notícia, não pensei duas vezes, pedi à minha equipe para providenciar uma nova cadeira de rodas para a Thalya. É gratificante ver esse sorriso no rostinho dela. Esse equipamento é totalmente adaptado às necessidades dela e foi feita sob medida. Ela, agora, pode passear, ir para a escola e

se locomover como vinha fazendo antes”, disse o prefeito. A menina, que nasceu com sopro no coração, passou por uma cirurgia delicada quando tinha apenas um ano de idade e há dois meses passou por uma nova intervenção, no qual está se recuperando. Como sequela da primeira intervenção cirúrgica, Thalya perdeu os movimentos das pernas e braços. E, aos poucos, com a fisioterapia conseguiu recuperar o movimento dos membros superiores, mas não o das pernas. Desde então, a cadeira de rodas tornou-se seu único meio de locomoção. Para Wilma Alves, mãe da jovem, a chegada da cadeira vai trazer muito benefícios. “Nunca imaginei que alguém pudesse roubar uma cadeira de rodas. Estou muito feliz e aliviada por receber essa nova cadeira. Ela é fundamental para a minha filha, pois a Thalya não tem como andar e também não conseguimos carregar ela no colo por muito tempo. Agradeço muito ao Dennis por ter ajudado a minha filha e em tão pouco tempo. Foi uma surpresa”, comemorou a dona de casa.

Durante a entrega também estiveram presentes a Subsecretária de Gestão da Saúde, Sandra Maria, e a Diretora de Reabilitação da Saúde, Áurea Fernanda. “Ontem, quando recebemos o pedido de ajuda da avó da menina, nos comprometemos em entregar uma nova cadeira. Visitei a Thalya, fiz a avaliação e a medição dela para deixá-la confortável no equipamento e junto à AACD já conseguimos entregar antes do esperado”, afirmou Áurea Fernanda. Doação de cadeiras de rodas: A prefeitura de Belford Roxo mantém um programa de doação de cadeira de rodas, no qual é possível se inscrever para ganhar o equipamento gratuitamente. É necessário preencher um cadastro e fazer a marcação de uma perícia para avaliar a necessidade de cada paciente. As entregas acontecem periodicamente. Para se cadastrar, os interessados devem levar Xerox da carteira de identidade, CPF, comprovante de residência e o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), na Secretaria de Saúde de Belford Roxo (Av. José Mariano dos Passos, nº 948 - Prata) ou na FUNBEL (Rua Adélia Sarruf, nº 39 - Areia Branca).

Foto: divulgação

n Tayla e a mãe receberam a doação de outra cadeira de rodas

Educação

Igualdade racial é tema obrigatório em escolas de Queimados

Prefeitura de Nilópolis começa demolição do Hospital Juscelino

Foto: divulgação

Foto: divulgação

n

n

Alunos visitaram exposição com artefatos da África

D

esde 2008, Queimados tem em seu currículo oficial do ensino fundamental o ensino da cultura afro-brasileira. A ação é fruto da Lei 10.639/3 que diz que o estudo da origens africanas é obrigatório no ensino das redes municipais de todo o Brasil. Por isso o município treinou os professores de toda a rede para aplicar a cultura de forma transversal ao ensino de história nas salas de aula. Essa formação continuada é oferecida pela Secretaria de Educação para que a lei seja cumprida com qualidade nas unidades queimadenses. Segundo a secretária da pasta, Miriam Motta, o ensino transpõe as barreiras do saber. “O negro era inserido na história brasileira como escravo e não como participante atuante e influenciador que foi na construção da nossa nação. A mudança de ênfase constrói, além de uma nova base histórica, a

não ignorância, que é o principio de todo o preconceito. Através desse contato cresce o respeito, o conhecimento e até o amor pela cultura que está presente nas nossas raízes históricas e se reflete até os dias atuais”, explicou Miriam. Os alunos do 8º ano da Escola Leopoldo Machado, Rafael Santos da Silva e Rodrigo de Almeida Ramires, visitaram junto com a sua turma a exposição “Lukman Alade Fakeye Tradição e Cultura Yoruba”, que contém artefatos da África e esteve em exposição na secretaria de Educação, e contam como o ensino tem sido feito em sala de aula e como está afetando a rotina. “A partir da exposição, fizemos um trabalho sobre as diferenças e igualdades do nosso país com a África e o mais bacana é que estamos descobrindo que a África é um continente cheio de alegria e que ajudou a construir a his-

tória do nosso Brasil” contou Rafael, ao lado de Rodrigo e do professor que acompanhou a turma à visita, Robson Moisés. A professora Claudia Belo da Silva, que ajudou a implantar o projeto no município, destacou a evolução do trabalho e como ele se dá na escola. “Por ter formação em história de cultura negra, fui convidada pela Educação para atuar na implantação da lei no município. Fizemos formação continuada com os professores da rede e já em 2009 Queimados cumpriu a lei colocando o conteúdo na grade curricular. É importante pontuar que o ensino é feito de forma integrada e não pontual, ou seja, os alunos tem acesso a história de forma contextual, dentro da própria história do Brasil, e não com trabalhos ou comemorações de feriados. Dessa forma o aluno poderá entender que o negro ajudou a construir a cultura desse país como ator prin-

cipal e não como coadjuvante”, destacou Claudia. Biblioteca Nelson Mandela: Como reforço para que a igualdade racial seja uma realidade no município, a cidade conta com uma biblioteca totalmente voltada para a cultura negra, com livros, revistas, artigos e leis com assuntos específicos para promover a promoção da igualdade racial. O local recebeu o nome de Biblioteca de Promoção da Igualdade Racial Nelson Mandela, em homenagem a um dos mais importantes líderes mundiais, ganhador do prêmio Nobel da Paz, falecido recentemente. A biblioteca, que inicialmente conta com 250 exemplares e um computador para pesquisa online, funciona de segunda à sexta na sede da secretaria de Direitos Humanos e Promoção da Cidadania, na Rua Otília, N° 1495 – Centro, próximo ao Fórum, das 13h às 17h.

A demolição começou na semana passada

Na última quinta (15), Prefeitura de Nilópolis começou a demolição do Hospital Municipal Juscelino Kubitschek. Desde o início da semana passada, uma equipe de pedreiros está fazendo a limpeza do local, separando material reciclado do entulho para começar a demolição. “Primeiro separamos o material, depois damos início à demolição. Como o hospital está em ruínas, estamos tendo de quebrar todo o terceiro andar com as britadeiras. Quando colocarmos o terceiro andar abaixo, vamos demolir, com a retroescavadeira, o 1º e 2º andar”, frisou o Secretário Municipal de Obras Roberto Peçanha. Segundo o secretário, em 45 dias todo o prédio estará demolido e o local limpo para começar a execução do projeto para a construção do novo hospital municipal de Nilópolis. O novo JK será um dos mais modernos do Estado com 70 leitos, maternidade ultramoderna, centro cirúrgico com 5 salas, 10 leitos de UTI – Unidade de Tratamento Intensivo Adulto, e mais 5 leitos de UTI Infantil. O prefeito Alessandro Calazans conseguiu que o Governo do

Estado invista 18 milhões de reais, e a Prefeitura de Nilópolis se comprometeu em investir mais 1 milhão de reais para ajudar a finalizar a tão esperada reforma e ampliação do HMJK - Hospital Municipal Juscelino Kubitschek. A conclusão da reforma e construção do HMJK está prevista para daqui a 16 meses. “Mais uma vez o Governador Sérgio Cabral, e o Vice-Governador Pezão, dão um presente para Nilópolis. A população terá uma unidade de excelente qualidade”, disse o prefeito Alessandro Calazans. Vale ressaltar que o prefeito Alessandro Calazans já havia garantido 10 milhões para as reformas do JK, baseado num primeiro projeto. Pensando em tornar o hospital ainda mais equipado, Calazans elaborou um novo projeto necessitando de mais 8 milhões para a conclusão das obras, onde está incluída a reforma da antiga Casa de Saúde Santa Ignês como Leito de Retaguarda. Desde o início do ano de 2013, o HMJK está fechado, pois foi encontrado todo quebrado, com aparelhos sucateados, e toda a parte estrutural danificada.


Presidente Jânia Bizarelli

Editora Chefe Lílian Chagas

RIO DE JANEIRO, 20 a 27 de Maio de 2014

Página 07

Baixada

Japeri

Mega Ação Social beneficia moradores de diversos bairros

Cantor Pedro Lima prestigiou evento na Chacrinha

Fotos: divulgação

Como Posso Perdoar?

n

O prefeito Timor e o cantor Pedro Lima marcaram presença no evento

N

o último sábado (17), a Prefeitura Municipal de Japeri em parceria com a Secretaria de Municipal de Assistência Social e Trabalho (SEMAST), a Mega Ação Social no bairro Chacrinha. O evento ocorreu das 8 às 13 horas e beneficiou moradores da região com diversos serviços e programações para todas as idades. Serviços como isenção de segunda via de documentos; Certidão de Nascimento; Certidão de Casamento; Carteira de Identidade e Carteira de Trabalho. Outros serviços como o Balcão de Empregos, inscrição para o Programa Bolsa Família, Agente Jovem, Assistência Jurídica, oficina de geração de renda, CRAS, CREAS, legislação social, Previdência So-

cial, encaminhamento para Rede de Proteção Social, entre outros, tiveram grande procura. A área da saúde participou com serviços de orientação psicossocial, saúde bucal, consulta de preventivos, Programa Saúde da Família e tipagem sanguínea. A população teve atenção na estética, onde foram oferecidos corte de cabelo e manicure. Como método de conscientização, foram realizadas palestras educativas, meio ambiente e sustentabilidade e a de combate a dengue. A Defesa Civil participou com as atividades de escalada e tirolesa para a garotada. Segundo a dona de casa, Maria Cristina de 49 anos, a ação social foi muito importante. “Fiquei sabendo dessa atividade no bairro e vim até aqui

para ver. Estava muito lotado e gostei muito de ver o Pedro Lima. Participei da auriculoterapia e consegui as informações sobre o IPTU”, afirmou. Para o prefeito Timor, a Mega Ação Social, foi um sucesso. “Desde que fui reeleito esta foi a maior Ação Social que promovemos. Conseguimos reunir em um único lugar diversos serviços que beneficiaram os japerienses, tirando dúvidas, oferecendo atendimento na área de saúde, assistência social, educação, trabalho, beleza e higiene com corte de cabelo e manicure, esporte e cultura. Oferecemos também orientações sobre IPTU, obras e serviços públicos. Enfim, realizamos uma grande festa onde a cidadania foi o foco. A participação do can-

tor Pedro Lima, um dos finalistas do programa The Voice Brasil 2, abrilhantou ainda mais o nosso evento. Tão importante quanto os serviços oferecidos, são as parcerias realizadas e o empenho dos nossos voluntários. Agradeço ao apoio de todos e tenho certeza que o melhor ainda está por vir”, concluiu o prefeito Timor. Além de Timor e do deputado federal Eduardo Cunha, os vereadores de Japeri, Rei, Marcos Arruda, Kerly Gustavo e Alvaro Carvalho, secretários municipais e voluntários marcaram presença. A Mega Ação Social no bairro Chacrinha, contou com apoio total do DETRAN, Fundação Leão XIII, Defesa Civil de Japeri, Cartório de Registro Civil de Japeri, Operação Lei Seca e COORDEF-JAP.

Investigação

MP vai apurar loteamento de escolas e postos em Nova Iguaçu

C

onforme matéria da última do edição do Jornal Panorama, cabos eleitorais e professores “apadrinhados” de vereadores estariam tomando conta de postos de saúde e escolas da rede municipal de Nova Iguaçu. As unidades teriam sido loteadas pelo prefeito Nelson Bornier (PMDB) para garantir a tão falada “governabilidade”, uma espécie de “ação entre amigos” ou “cala-boca” para que membros do Poder Legislativo lhe garantam sustentação. Funcionários efetivos lotados nos setores de Educação e Saúde do município, estão revoltados com a distribuição das unidades para o bloco de sustentação do governo. Eles pretendem apresentar a denúncia ao Ministério Público essa semana, para que providências sejam tomadas. Escolas e postos dos bairros

ele uma quantia relativamente pequena e exigiu pagamento, agarrando-o pelo pescoço. Ainda que o companheiro de servidão implorasse por compaixão, o credor entregou-o à prisão. Quando o rei foi informado dos atos de seu servo incompassivo, irou-se e reprovou este servo, entregandoo aos torturadores até que ele pagasse totalmente sua dívida. É claro que estamos representados na parábola pelo servo que tinha uma dívida enorme. Não há comparação entre as ofensas que temos cometido contra Deus e aquelas que têm sido cometidas contra nós. Jesus observou que, justo como no caso do servo não misericordioso, o Pai não nos perdoará por nossas infrações se não perdoarmos nosso próximo (18:35; veja também Mateus 5:7). Para nos prepararmos para perdoar, precisamos lembrar que nós mesmos somos pecadores e necessitados do perdão divino (Romanos 3:23). No caso do cristão, Deus já lhe perdoou uma imensa dívida no momento do batismo. Quando nos lembramos da grandeza da dívida que Deus quer nos perdoar, certamente podemos perdoar aqueles que nos devem muito menos em comparação (Efésios 4:32; Colossenses 3:13), pois DEUS QUER TE VER SORRINDO.

Foto: divulgação

Márcio Santos

UPP deixa Baixada mais violenta n

O vereador Carlos Chambarelli aprovou projeto para acabar com eleição direta

periféricos foram loteados, com os vereadores indicando os diretores e ocupantes de cargos de confiança, transformando essas unidades públicas em “particulares” para

atender os interesses eleitorais dos membros do bloco de sustentação do prefeito. No ano passado, para facilitar o controle das escolas, foi aprovado um projeto de lei

apresentado pelo vereador Carlos Chambarelli, acabando com a eleição direta para diretores das unidades municipais de ensino.

Solução

Reunião para debater superlotação do Hospital da Posse em N.iguaçu O s secretários de Saúde e representantes das secretarias de Saúde da Baixada, participaram última quarta-feira (14), da reunião extraordinária do Conselho Técnico do Cisbaf, com o objetivo de discutir a superlotação do Hospital Geral de Nova Iguaçu (Posse) e medidas emergenciais para minimizar o problema. O hospital é referência para toda a região. O secretário de saúde de Nova Iguaçu, Luiz Antônio Teixeira Junior, primeiramente apresentou a estatística de atendimento do Hospital da Posse, que recebe pessoas de todos os municípios da Baixada, sem critério no en-

O pecado danifica as relações entre as pessoas, assim como prejudica nossa relação com nosso Criador. A pessoa contra quem se pecou frequentemente se sente ferida, talvez irada pela injustiça do pecado cometido. O perdão é necessário para a cura espiritual da relação, mas precisamos preparar nossos corações para perdoar. Precisamos aceitar a injustiça do ferimento, a deslealdade do pecado, e ficarmos prontos para perdoar (observe os exemplos de Jesus e Estevão; Lucas 23:34; Atos 7:60). Ainda que o pecador se recusar a se arrepender, não podemos continuar a nutrir a raiva, ou ela se tornará em ódio e amargura (veja Efésios 4:26-27,31-32). Mesmo que o pecador possa manter sua posição como transgressor por causa de sua recusa a se arrepender, seu pecado não deverá dominar meu estado emocional. E se o pecador se arrepender? Como posso aprender a perdoar? Jesus contou uma parábola sobre um servo que devia uma quantia enorme (10.000 talentos) ao seu rei (Mateus 18:23-35). Ele era incapaz de pagar a dívida e implorou ao rei por compaixão. O rei perdoou-o por sua enorme dívida, mas este servo prontamente saiu e encontrou um dos seus companheiros servos que devia a

caminhamento dos casos, resultando na lotação da emergência, onde alguns pacientes não precisariam estar na unidade; “Somos um hospital com capacidade para atender a alta complexidade em algumas especialidades, mas todos os dias chegam ao HGNI desde o acidente vascular cerebral até a erisipela, que deveria estar sendo tratada na atenção básica. Precisamos da parceria dos municípios na estruturação do seu serviço básico para que seja encaminhado ao HGNI somente a alta complexidade”, desabafou o gestor. O diretor do Hospital, José Estello, pediu que fossem enca-

minhados ao hospital, somente os casos diagnosticados graves. “A ausência de uma avaliação prévia dos casos, que muitas vezes não oferecem risco de vida ao paciente, resulta na lotação da emergência. Estes pacientes poderiam estar sendo atendidos em outras unidades ou no seu próprio município”, destaca o diretor. E sugeriu que os secretários contratem um ortopedista, que deve ficar na UPA, para o primeiro atendimento nos casos de traumas e diagnóstico. Ressaltou que não é responsabilidade de Nova Iguaçu, assumir pacientes de um município que não tenha a estrutura básica para assistência

à média complexidade. “Cada um deve cumprir o seu papel e colaborar com o que for possível”. A secretária executiva do Cisbaf, Rosangela Bello, falou que as UPAs são estratégicas na região e podem fazer o primeiro atendimento dos pacientes de média complexidade, inserindo-se, dessa forma, na rede regional. Ela reforçou que nesta quarta-feira (21) está agendada na SES uma reunião com o secretário estadual de Saúde, Marcos Esner Musafir, e os secretários da Baixada, onde será discutido o custeio de 25% do Samu e a necessidade urgente de criação de leitos de retaguarda para a região.

Um relatório entregue à Aneel pela Ampla, distribuidora de energia de 66 cidades do Rio, revela o aumento da violência no interior do Estado (A Ampla não opera na capital). Aí está a maior crítica às UPPs criadas por Sérgio Cabral e José Mariano Beltrame – os bandidos que não são presos fogem para outras favelas que não recebem o programa.

O relatório aponta que 352 000 residências estão atualmente em áreas de risco nos municípios de Belford Roxo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu e Magé (Baixada Fluminense), além de Niterói, Itaboraí, e São Gonçalo. Em 2008, antes da instalação das UPPs, o número informado a Aneel era de 75 000 clientes. Nessas áreas, a Ampla não consegue entrar para fazer manutenção da sua rede, por exemplo.

Garotinho quer recriar Secretaria da Baixada Fluminense Na reunião-comício realizada numa casa de shows em Nova Iguaçu, reunindo várias autoridades políticas da Baixada Fluminense, o deputado federal Anthony Garotinho apresentou uma série de propostas que, se for eleito governador, prometeu realizar no Estado a partir de 1º de janeiro. Uma das propostas defendida pelo pré- candidato do PR é a de recriar a Secretaria da Baixada Fluminense, que não passava de um cabide de emprego para políticos derrotados nas urnas ou um cursinho preparatório para futuros candidatos a deputado da região, pois para funcionar precisava do apoio político e da infraestrutura das outras secretarias. Na prática, o secretário da Baixada recebia os vereadores da região e encaminhava bilhetinhos aos demais colegas de governo para que fosse atendido o pleito do político local, mesmo que se tratasse de um problema emergencial.

Dobradinha Dilma-Pezão O discurso da oposição tem sido o de que o governo Dilma é uma obra inacabada. Mas entre os estrategistas da reeleição está sendo preparada uma agenda de inaugurações para o início de junho. No Rio, por exemplo, está prevista a entrega da Transcarioca

em solenidade que colocará sob holofotes, a presidente Dilma (PT) ao lado do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB). Em seguida, a assessoria de ambos planeja colocá-los noutro palanque para entregar um trecho do Arco Metropolitano.


Meriti oferece cursos gratuitos para microempreendedores individuais Uma parceria entre a prefeitura de São João de Meriti e o Sebrae, vai realizar oficinas gratuitas direcionadas ao Microempreendedor Individual (MEI).Os cursos vão acontecer entre 26 e 29 de maio, na Avenida Arruda Negreiros, 1101, Engenheiro Belford, Centro de São João de Meriti, em dois turnos: 9h às 12h e 14h às 17h. As oficinas são voltadas para a área de gestão do negócio. Inscrições na Sala do Empreendedor, ou através dos telefones 2753-8521 ou 3668-6028, até o dia25 de maio. Atendimento 21 2796 6633 Comercial 21 2696 8898

@

redacao@jornalpanorama.net.br comercial@jornalpanorama.net.br

Variedades

Web

www.jornalpanorama.net.br

Presidente Jania Bizarelli

Diversidade em Mesquita

Editora Chefe Lílian Chagas

RIO DE JANEIRO, 20 a 27 de Maio de 2014

Página 08

Resumo das novelas

Parada reúne anônimos e Milita discute com Viramundo famosos em meio à multidão e ele decide deixar a Vila Meu Pedacinho de Chão

Foto: divulgação

P

edro Falcão comenta com Epaminondas que deve haver algo que convença Ferdinando a entrar para a vida política. Ferdinando confessa a Catarina seu plano de beijar Gina. Milita discute com Viramundo e ele decide deixar a

Vila. Juliana afirma para Pedro Falcão que o ajudará a convencer Ferdinando a aceitar a candidatura para a prefeitura de Antas. Epaminondas pede para Zelão que espalhe na Vila o boato de que Ferdinando será candidato a prefeito.

Geração Brasil Iracema descobre que Gláucia é mãe de Jonas

M

egan vibra com a inscrição de Davi. Igor resiste à insinuação de Janaína, e Manuela percebe. Jonas pensa em Verônica. Iracema descobre que Gláucia é mãe de Jonas. Sílvio chega atrasado no trabalho e é humilhado por Barata. Jonas se irrita ao saber que um

equipe da Parker TV foi à casa de Gláucia. Megan procura Davi na Gambiarra. Manuela encontra Domênico esperando por ela com flores. Brian revela para Dorothy seu interesse por Evangelina. Alex tenta convencer Maria Vergara a se vingar de Brian.

Em família

A

n

O cantor Silvinho Blau Blau, MC Serginho, Jéssica Sodré, Mulher Filé e Mulher Maçã se juntaram aos anônimos no brilho da festa

6° Parada da D i v e rs i d a d e d e Mesquita reuniu mais de 30 mil pessoas no domingo (18) de maio. O grupo percorreu dois quilômetros da concentração, em frente à Estação de Juscelino, até o Paço Municipal. O evento teve, pelo segundo ano consecutivo, o apoio do Governo Municipal. A passeata promovida pela secretaria de Mobilização Social e Direitos Humanos (Semosdh), por meio da Coordenadoria da Diversidade Sexual, levou para Mesquita nomes conhecidos como o cantor Silvinho Blau Blau, MC Serginho, Jéssica Sodré, Mulher Filé e Mulher Maçã, sem falar nos grupos Tropa dos

Gostosos, Gangue das Bonecas e de lideranças de grupos gays de toda Baixada e do Rio. A funkeira Juliana,líder do grupo Juliana e as Fogosas foi corada a madrinha do evento . Quem também recebeu coroa de madrinha, foi a Mulher filé. O coordenador da Diversidade Sexual de Mesquita, Neno Ferreira, destacou que já organiza a passeata gay da cidade há seis anos, mas só ano passado passou a contar com o apoio da prefeitura. “É um grande avanço, em termos de respeito aos homossexuais e de inclusão, o fato de termos um prefeito presente e consciente da necessidade de inclusão de todos na sociedade, independente de preferência sexual, cor ou posição social”, frisou Neno, agradecendo o apoio da Associação de Gays

e Amigos de Nova Iguaçu e Mesquita (Aganim). O secretário de Mobilização Social e Direitos Humanos, Rogério Sant´Anna, fez questão de lembrar que em janeiro desse ano, quando foi encaminhada a proposta de criação da Coordenadoria da Diversidade e o prefeito Gelsinho assinou, ficou comprovado que Mesquita é contra a discriminação e o preconceito. O evento contou ainda com a participação do prefeito Gelsinho Guerreiro, da primeira dama Daniele Guerreiro, do superintendente de Direitos Humanos do Rio, Claudio Nascimento e da exdeputada Sula do Carmo e Secretaria de Direitos Humanos da cidade de Beleford Roxo

As secretarias de Cultura e de Transportes e Trânsito t a m b é m p a r t i c i p a ra m d a organização do evento, assim como a Coordenadoria da Juventude, comandada por Paulo Vitor. “Lutar contra a homofobia é uma das metas da nova campanha da Comjuv, que se chama Amar e Acabar com a Homofobia, e isso passa diretamente pela nossa juventude. Estamos aqui apoiando o evento, que já entrou para o calendário oficial da nossa cidade”, disse. O prefeito Gelsinho Guerreiro reafirmou que a cidade de Mesquita tem um governo que cuida do cidadão, respeita as diferenças e que combate toda e qualquer forma de discriminação.

Silvia e Gabriel brigam e decidem cancelar o casamento Vanessa decide fazer de Flavinha uma fotógrafa internacional. Shirley faz um escândalo em casa por causa do casamento de Laerte e Luiza, e Rafaela tenta consolar a amiga. Juliana diz a Jairo que não pode ser incomodada, pois tem que fazer repouso absoluto para manter a gravidez. Silvia e Gabriel brigam e decidem cancelar o casamento. Luiza demonstra um certo ciúme de

Lívia e Laerte minimiza a situação. Miss Lauren recebe uma carta misteriosa, deixando curiosos os idosos na casa de repouso. Ivan cuida de Cadu, que sonha voltar logo a trabalhar no bistrô. André começa a se interessar por Bárbara, que continua posando de boa amiga para tentar conquistá-lo. Jairo fica impaciente com a situação de Juliana e sai para encontrar os amigos.

CINEMA - Dominguinhos Fotos: divulgação

Concurso

Queimados, Meriti e Mesquita vão desfilar no estadual em agosto

Se vencerem, um deles levará o nome do Rio no Miss Brasil em setembro

Foto: divulgação

G n

O prefeito Alessandro Calazans e o deputado estadual Domingos Brazão foram fundamentais para aumento do recurso

lenda Melo Duarte, de 20 anos e Orlando Schaider Brum, de 18, planejam conquistar novos horizontes na carreira de modelo. Eles encantaram jurados e o público com sua elegância e beleza, conquistando o título do concurso realizado, realizado no dia 3, no Rio Ville Shopping, em Vilar dos Teles. Tema em homenagem à Seleção O tema do concurso este ano foi “Brasil Copa 2014,tudo em verde, amarelo, azul e branco”, em

homenagem à Seleção Brasileira. No evento, produzido por Walber Ribeiro, Diogo Vieira e Luana Nantet, foram eleito miss emister simpatia de São João de Meriti Késia Oliveira e André Luiz, Miss e Mister Fotogenia Meriti. Na categoria Miss Juvenil Universo, Bárbara Maciel foi a grande vencedora de Queimados. Stefany de Castro se destacou em Belford Roxo e Ana Caroline, em Meriti. O município de Duque de Caxias que não realizou concurso para miss e mister — teve como

Miss Juvenil, Vitória Cavalcanti. Na mesma noite, também foram eleitos os mais belos de outras cidades. No total, 32 mulheres e 25 rapazes participaram dos três concursos. Rodolfo Ferreira e Ingrid Carvalho representam Queimados; Caroline Alves e Tiago Lima representam Mesquita. Eles vão concorrer ao Miss e mister Universo Rio de Janeiro, em agosto. Se vencerem, levam o nome do estado no Miss Brasil em setembro. O estudante de inglês e modelo

Orlando Schaider Brum quer conquistar o mundo. “Sonho desfilar até no Japão, pois gosto da cultura do país. As passarelas japonesas me atraem e quero mostrar minha beleza e simpatia”, espera. Já a estudante de Engenharia Civil na Uerj, a Miss São João de Meriti Glenda Melo Duarte quer o reconhecimento estadual e nacional. “Quero ser eleita miss Rio e miss Brasil. É meu sonho e quem sabe fazer sucesso lá fora?”, revelou a jovem solteira, que tem já possui 13 anos de carreira.

n A vida do cantor e compositor tem história que se multiplica em beleza

Um retrato do sanfoneiro, cantor e compositor Dominguinhos (1941 - 2013), discípulo de Luis Gonzaga e autor de sucessos como “Eu Só Quero um Xodó”, “Gostoso Demais”, “De Volta Pro Aconchego” e “Lamento Sertanejo”. Sua obra revive em imagens de arquivo, derramando uma história que se multiplica em sons, versos e beleza. Morto em julho do ano passado, sua vida ganha as telas do cinema nacional, nesta sexta-feira(22). O documentário, que leva o nome

do sanfoneiro e é narrado em primeira pessoa por ele, tem direção de Joaquim Castro, Eduardo Nazarian e da cantora Mariana Aydar. Com data de estreia marcada, através da parceria com a distribuidora Espaço Filmes, o circuito de exibição do filme ainda é limitado. Para alcançar os quatro cantos do País, os produtores contam com a ajuda do público para financiar o projeto. A meta é alcançar R$ 100 mil para arcar com os custos da produção.


Edição 2429 cs5