Issuu on Google+

/////////////////////////////


/////////////////////////////


sob o comando do folia, é um coletivo de críticos gastronômicos que, apreciam a comida boa!

////// 5 × t R E Z E ///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////


bistrolarica.tumblr.com


de

acordo

com

provĂŠrbio

ĂĄrabe,


. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . × . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . bistrô larica não é um restaurante. é um coletivo de críticos gastronômicos

que

se

reúne em torno da boa mesa para celebrar o paladar. com frequência, visita a cozinha de bares e restaurantes e, cheio de fome, submete seu cardápio à crítica,

que

leva

em

consideração todos os cinco

sentidos.

“sin-

estesia gastronômica” o define com precisão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


f i o e

o a s i

l d r s


– design gráfico, etc. compõe o coletivo. além de participar das refeições, o escritório é responsável pelo registro da experiência gastronômica. para tanto, capricham no texto e nos retratos – subjetivos, ambos de dar água na boca.


sanduba napolitano, mortadela cer a t t i , queijo e tomate em pao de baguete


em

bistrolarica.tumblr.com,

b r r . B c

i o i T L o

s l c U R m

t a a M .

você confere um variado car-

dápio de críticas: do espeti-

nho da tia raquel ao filé ao molho de gorgonzola do mousse cake; da costela do porão ao mexidão do saideira; do sanduba de rua do big dog

ao beirute do sahtten; e mais um punhado de opções. para ficar por dentro das novida-

des, acompanhe os críticos.

f / cafeteriavozzuca


E

X

T

R

e x t r a

Extra! **** E

X

T

R

E

X

T

R

e

x

t

r

e

x

t

r


R

A

a !

R

R

r

**** A

b i s t r l a r i c v i r o r e v i s t

o a u a

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

A

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . × . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . temático, o folhetim serve dezenas de páginas de muito, muito conteúdo: seis críticas gastronômicas, sugestões,

a

notas, ilustrações, entrevista, receita e mais três textos. tudo temperado com carinho, como pede a boa mesa. diagramada pelo folia dos reis, a revista tem pegada minimalista e prosa

a

cheia de verso.


qual qual aa f


C O N H E Ç A

× × × × × × × f / b i s t r

o l a r i c a

eé boa? bo a? a primeira edição da revista aprecia e critica – e vice-versa – a bendita sugestão da casa, geralmente, um rango cheio de adjetivos preparado como em nenhum outro lugar. em cinco resenhas, passeia pelos clássicos de diversas cozinhas e os apresenta sob a ótica de críticos um tanto exigentes.


apesar da arquitetura holandesa, o akkar serve delícias árabes no moinho de vento da avenida getúlio vargas há mais de 20 anos - inclusive às segundas, quando a maioria dos bares está de portas fechadas. com mais de uma dúzia de sabores, a esfirra aberta se destaca entre as tantas opções do cardápio. porém, para comer as especiarias árabes, é preciso ser paciente como jó. caras-de -pau, os garçons nem de longe respeitam a tradicional hospitalidade árabe. ah, se

f /akkar-restaurante

as esfirras abertas não fossem tão boas…


DD

EE

LL

ÍÍ

CC

II

AA

SS

ÁÁ

RR

AA

--

BB

EE

SS

!!


escopo

da revista


. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

f

o

r

m

a t

o

19,5cm x 26,5cm . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

t

i

r

a

g

e

m

3.000 revistas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

d i s t r i b u i ç ã o gratuita, in locu . . . . .

. . . . .

. . . . .

. . . . .

. . . . .

. . . . .

. . . . .

. . . . .

. . . . .

. . . . .

. . . . .

. . . . .

. . . . .

. . . . .

S U M A - R I O

d e s i g n

foliadosreis.com


: : : : : c o n t e ú d o : : : : : : : : : : : :

× capa × - bla, bla, bla!

×

×

×

» entrevista

×

×

(sinestesia gastronômica) simples ou duplo v (sugestões, notas, ilustrações, etc.) ...ilustrações, textos, tipografia, etc. “caderninho de receitas”

:)

texto livre, matéria, reportagem

/ / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / jornalismo literário fantástico moderno.


filé treta impresso em papel bonito, o convite

propunha

-

em primeira mão e ao lado de gente fina,

elegante

e

sincera - um cardápio

inteiro

à

inteira disposição dos críticos de larica: filé ao molho disso, disto e daquilo, na manteiga, com macadâmia, brie e limão, assim ou assado. tudo, tudo, tudo à vontade.

» um exemplo!

////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////


mousse cake

@ moussecakeudi


- Qual seu pedido, sen

para acompanhar, sucos de

oferecida a pouquíssimos convidados,

tangerina e de frutas verme-

a degustação deu início ao festival do

lhas ou vinho tinto dios ares

filé do mousse cake. no menu, pratos

crianza, produzido pelas bo-

com cortes diferenciados e temperos

degas pujanza. de nariz na

suaves à base de ervas finas, azeite e

taça, enólogos de plantão

queijos especiais. segundo o chef da

elogiaram o rótulo espanhol

franquia, “a proposta apresenta sa-

- “estável, harmoniza muito

bores contemporâneos e agrada aos

bem com a carne vermelha”.

paladares mais apurados”.


nhor?

peruzzo


sinestesia

gastronômica

r e a l i d a d e e x p e c t a t i v a

8,9

a u d i ç ã o / o l fa t o / pa l a d a r / t a t o / v i s ã o

P E R M I T A - S E

• média


o interior pede um parágrafo à

parte. coerente com sua cozinha, mistura cores, texturas e sabores por todos os lados. ora tijolinhos à vista, ora o acentuado gosto do gorgonzola. ora papel de parede de motivos florais, ora as provocações do limão. apreciadores da sinestesia, os críticos gastronômicos se deliciaram com a experiência.

fil Center Shopping e Fashion Boulevard

@ m o u s s e c a ke u d i


ESTÚDIO

DE

DESIGN

GRÁFICO

COM LEVE INCLINAÇÃO PARA DESENVOLVIMENTO DE MARCAS E IDENTIDADES

VISUAIS.

TFÓLIO,

QUE

VAI

EM DE

SEU

POR-

CARTÕES

DE

VISITAS A FILMES EXPERIMENTAIS, CONSTAM

TAMBÉM

APRESENTAÇÕES

ACADÊMICAS E PROFISSIONAIS.


de produção artesanal, a carne-de-sol está no cardápio do ser humano desde a pré-história. seu feitio é de simplicidade ímpar: consiste apenas em expôr uma peça de carne bovina salgada ao sol. com arroz, feijão tropeiro e legumes, mescla o farto sabor do cangaço nordestino à combinação mineira. salgada, a carne toma de assalto o paladar exatamente como faria lampião.

esp aço


s a i d e i r a

b u t e c o c o m i d a

saideira buteco de comida. rua princesa isabel, 816. bairro fundinho. uberlândia-mg. × d e l i v e r y ×

(34) 3224 - 7076 (34) 3223 - 2725

f / saideirabuteco


+

+

×

+

VENDE-SE espaco de página única ou dupla, o espaço pode desempenhar a função de anúncio – que será feito pelo folia dos reis – seguindo a linha editorial da revista ou mesmo qualquer outro tipo de conteúdo relevante, seja uma nota, publicidade ou publi-editorial.

»100

revist as

R$ 900 ~ R$ 1.500

vende

: : : : : : : : : : : conteúdo autora


+

+

+

+

VENDE-SE PAUTA relacionadas à temática da edição, a pauta é composta por texto, retratos, infográficos e elementos diversos e se estende por seis páginas. sinestésica e visual, a pauta é uma minuciosa descrição da experiência gastronômica.

»400

revist as

+ rango p/ 04 R$ 2.500

e-se

b i s t r o l a r i c a @ f o l i a d o s r e i s . c o m

/////////////////////////////////

al, subjetivo : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :

» vide bistrolarica.tumblr.com


. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

/ / / / / / / /


× × × × × × × 3

mil

exemplares

distribuídos

gra-

tuitamente em bares e restaurantes – ou seja, seu rango v i s t o p o r, n o m í n i mo, um punhaaaa aaaaado te.

e

de

gen-

mais:

visto

em uma revista de diagramação

mo-

derna, em retratos muito bem enquadrados e em textos cheios de subjetividade.

de

cunho

artístico, a revista oferece ao leitor uma experiência gastronômica.

× ± × × × × ×

apareça!

- garçom!?

/ / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / /

3 2 1 4 . 4 3 2 5


BISTROLARICA@FOLIADOSREIS.COM

A N U N C I E ×

sob o comando do folia, bistrô laric a é um coletivo de críticos gastronômicos que apreciam comida boa!


esp aço

R. Augusto CĂŠsar, 150, Fundinho.

3223.6515

f / emporiocolheita


f a c e b o o k . c o m / f r a n g o f r i t e s r. bernardo guimar찾es, 27 , uberl창ndia. 34 3223 0034


//////////////////////////////// /////////////////////////////////////////////////


xbistrox