Page 1

1ª Edição.

Muitas pessoas tem esse problema na sua família.


Em medicina, refere-se a qualquer substância com o potencial de prevenir ou curar doenças ou aumentar o bem-estar físico ou mental; em farmacologia, refere-se a qualquer agente químico que altera os processos bioquímicos e fisiológicos de tecidos ou organismos. Portanto, droga é uma substância que é, ou pode ser, incluída numa farmacopeia. O termo "droga" envolve os analgésicos, estimulantes, alucinógenos, tranquilizantes e barbitúricos, além do álcool e substâncias voláteis. As psicotrópicas são as drogas que tem tropismo e afetam o Sistema Nervoso Central, modificando as atividades psíquicas e o comportamento.

Quanto à forma de produção Quanto à forma de produção classificam-se como: Naturais - aquelas que são extraídas de plantas Exemplo: tabaco, cannabis, ópio. Semi-sintéticas - são produzidas através de modificações em drogas naturais. Exemplo: crack, cocaína, heroína. Sintéticas - são produzidos através de componentes ativos não encontrados na natureza. Exemplo: anfetamina, anabolizante, queratina.


Drogas Naturais. Maconha: uma das drogas mais populares, a maconha é consumida por meio de um enrolado de papel contendo a substância. É feita a partir da planta Canais sativa. Existe a variação chamada Skank, com um teor de THC bastante elevado, bem como o Haxixe. Ópio: droga altamente viciante, o Ópio é feito a partir da flor da Papoula. Os principais efeitos são sonolência, vômitos e náuseas, além da perda de inteligência (como a maioria das drogas). Opiáceos: codeína, heroína, morfina, etc. Psilocibina: é uma substância encontrada em fungos e cogumelos, a Psilocibina tem como principal efeito as alucinações. Também é utilizada em pesquisas sobre a enxaqueca. DMT – Dimetiltriptamina: A principal consequência do seu consumo são perturbações no sistema nervoso central. Utilizada em rituais religiosos. Cafeína: é o estimulante mais consumido no mundo – está no café, no refrigerante e no chocolate. Cogumelos Alucinógenos: alguns cogumelos, como o Amanita muscaria podem causar alucinações.

Drogas Semi-Sintéticas Heroína – A heroína é uma das drogas mais devastadores, altamente viciante – causa rápido envelhecimento do usuário e forte depressão quando o efeito acaba. Cocaína e Crack – A cocaína é o pó produzido a partir da folha de coca, e o crack é a versão petrificada dessa droga. Altamente viciante, deteriora rapidamente o organismo do drogado, causando também perda de inteligência, alucinações, ansiedade, etc. Morfina – É uma droga utilizada principalmente para o alívio de dores em todo o mundo. Também causa dependência química nos seus usuários. Merla – droga produzida a partir da pasta de coca.

Droga Natural Drogas Sintéticas Anfetaminas – Seu principal efeito é o estimulante. É muito utilizada no Brasil por caminhoneiros, com o objetivo de afastar o sono e poder dirigir por longos períodos. Barbitúricos – Um poderoso sedativo e tranquilizante causa grande dependência química nos seus usuários. Ecstasy – Droga altamente alucinógena, causa forte ansiedade, náuseas, etc. LSD – Outro poderoso alucinógeno que causa dependência psicológica. Metanfetamina – Era utilizada em terapias em muitos países, mas foi banida pelo uso abusivo e consequências devastadores da droga.

Drogas sintéticas Droga Semi- sintéticas


O que leva uma pessoa a usar drogas? Pesquisas recentes apontam que os principais motivos que levam um indivíduo a utilizar drogas são: curiosidade, influência de amigos (mais comum), vontade, desejo de fuga (principalmente de problemas familiares), coragem (para tomar uma atitude que sem o uso de tais substâncias não tomaria), dificuldade em enfrentar e/ou aguentar situações difíceis, hábito, dependência (comum), rituais, busca por sensações de prazer, tornar (-se) calmo, servir de estimulantes, facilidades de acesso e obtenção e etc.

Drogas na Escola. As drogas são um dos problemas que afligem a sociedade contemporânea. E a escola, espaço na vida dos jovens, se vê diante dessa nova e perigosa realidade.

Nas escolas podemos evitar: Falando do assunto; Fazendo palestras; Mostrando as consequências; Entre outras formas.


As fumantes tem uma maior incidência de partos de natimortos e bebês com baixo peso com maior vulnerabilidade para doenças e perigo de morte, o fumo deve ser abolido antes dos quatro primeiros meses de gravidez, o que elimina os riscos para o feto. Como a nicotina leva em média 7 segundos para ser processada pelo cérebro após a tragada, apesar de ser eliminada muito rapidamente, acaba deixando sequelas para o feto, devido à falta de oxigênio (anoxia) que produz no sangue em virtude da aspiração do gás carbônico contido na fumaça do cigarro. Fumo durante a gravidez pode causar: Separação prematura da placenta Aborto espontâneo Redução da duração da gravidez Hemorragias durante a gravidez, Perigo de pré-eclâmpsia e outras coisas mais.

Drogas na Adolescência A adolescência e uma fase do desenvolvimento humano em que ocorrem muitas mudanças é uma fase conflituosa da vida devido às transformações físicas e emocionais vividas. Surge a curiosidade, os questionamentos, a vontade de conhecer, de experimentar o novo mesmo sabendo dos riscos, e um sentimento de ser capaz de tomar as próprias decisões. Ao menos em parte, os riscos podem ser atribuídos às próprias características da adolescência tais como:·. Necessidade de aceitação pelo grupo de amigos; Desejo de experimentar comportamentos visto como "de adultos“; Sensação de onipotência "comigo isso não acontece“; Grandes mudanças comportamentais gerando insegurança; Aumento da impulsividade.


Causas que levam ao uso de Drogas:

Problemas no relacionamento familiar; Autoestima enfraquecida; Má influência; Curiosidade; Pressão social; Fuga; Falta de informação; Informações distorcidas.

O que fazer diante do problema?

Mudanças de comportamentos; Queda no rendimento escolar; Inquietação, irritabilidade e insônia; Atitudes furtivas ou impulsivas; Desaparecimento de objeto de valor; Telefonemas rápidos e uso de códigos.

O que fazer diante do problema? Não dramatizar perante o problema; Não ter sentimentos de culpa e sim a preocupação com a saúde do filho; Acompanhar melhor a vida do filho; Procurar alguém que possa dar orientações; Observar as companhias do filho; Evitar expressar raiva; Convide seu filho a refletir sobre a situação.


Pense muito antes de querer usa Drogas, Drogas matam.

Pense! Feito por: R么mulo Reis; Lucas Santos.

Drogas  

pense sobre este assunto.

Advertisement