Page 1


O SUPERLIVRO Texto © Gustavo Gaivota Ilustrações © Rubem Filho

Este livro ou parte dele não pode ser reproduzido por qualquer meio sem a autorização da editora.

CIP-Brasil. Catalogação na Publicação | Sindicato Nacional dos Editores de Livros, RJ. G144s Gaivota, Gustavo O superlivro / Gustavo Gaivota ; ilustrado por Rubem Filho. – Belo Horizonte: Rolimã, 2015. 32 p. : il., color. ISBN: 978-85-68936-06-1 I. Literatura infantojuvenil. I. Rubem Filho. II. Título CDD: 028.5 CDU: 087.5

Coordenação editorial Lilian Lopes ,OXVWUDo}HVHSURMHWRJUiÀFR Rubem Filho Revisão de textos Cláudia Rajão

ROLIMÃ EDITORA LTDA. Rua Uberaba, 395 A - sala 2 | Barro Preto | CEP 30180-080 Belo Horizonte - MG - Brasil | Telefone: (31) 3653-9412 rolimaeditora@gmail.com


Fora feito de capa dura. Tinha cheiro de novo, presente de um tio misterioso... O menino, como sempre fazia com livros, meias e cuecas, não lhe deu a menor atenção: o deixou de lado sem ao menos folheá-lo! Mas esse era um livro de muitas interrogações, e a ideia de ficar abandonado na prateleira amarelava suas páginas. Queria que o menino gostasse dele. Quis tanto, e com tanta verdade, que, sozinho, abriu sua página mais colorida e gritou: — Tenho a força das palavras!!!


Seguiu-se um clarão de cegar ideias. O livro já não era o mesmo. Sua capa se transformou numa supercapa e ele, agora, podia muitas coisas, até voar... Com a velocidade de um pensamento, pousou no alto da estante. Com seu olhar ultrassônico, vasculhou o quarto do menino. Dentro de sua mochila, entre os cadernos de inglês e matemática, localizou seu arqui-inimigo, o

de última gera-

ção. Num piscar de olhos, pulou lá de cima, retirou o “vilão” da mochila e o escondeu na última gaveta do armário, embaixo de um pijama azul de bolinhas brancas. O Superlivro tomou o seu lugar.


Já na escola, em pleno recreio, o menino, que nunca tinha ouvido falar da existência dos Superlivros, revirou toda a mochila atrás do

e qual não foi sua surpresa, quando, em vez dele,

encontrou aquele livro... O menino olhou para a supercapa como se não fosse nada. Estava tão chateado com o desaparecimento do que descontou a sua raiva no livro, abandonando-o embaixo de sua carteira.


Mas, quando chegou em casa, o Superlivro estava lá, em cima de sua mesa. Como é que isso tinha acontecido? Que livro insistente! O menino gritou: — Fique longe de mim! O que você fez com o meu tablet ? Para surpresa do menino, o Superlivro não só o escutou como agitou a sua supercapa. Deu dois rasantes sensacionais pelo quarto e foi buscar o

no esconderijo. Meio a contragosto, devolveu

seu concorrente metálico para o menino. O menino curtiu: — Você sabe voar! — O que mais você sabe fazer?


O livro ficou radiante! Para impressioná-lo, fez piruetas,

e outras manobras radicais. Durante cinco minu-

tos, os mais felizes na vida do Superlivro, o menino ficou olhando para ele sem nem piscar. Depois, perguntou: — Você consegue me carregar? O Superlivro pediu para que o menino segurasse firme suas páginas, mas que deixasse livre sua capa. Ele fez um grande esforço agitando-a o mais rápido possível, mas em vão: o menino não saía do lugar.


Profile for Rolimã Editora

O SUPER LIVRO  

Qual é o maior poder de um livro? Será que ele tem espaço diante de tantas novidades tecnológicas? Quem poderá nos responder? Temas contemp...

O SUPER LIVRO  

Qual é o maior poder de um livro? Será que ele tem espaço diante de tantas novidades tecnológicas? Quem poderá nos responder? Temas contemp...

Advertisement