Page 1


EDITORIAL

José Pandim Diretor

A Pandin está atenta as dinâmicas do mercado e busca ampliar sua área de atuação conquistando novos mercados. Grandes vitrines para fomentar novos negócios são as feiras do setor moveleiro que acontecem em diversos estados do Brasil. São oportunidades para apresentarmos nossa linha de produtos juntamente com outras empresas do setor moveleiro e alcançarmos um público direcionado, aumentando a possibilidade de novos negócios. Em Fortaleza/CE, aconteceu a Top Móvel, a feira mais importante do setor nas regiões Norte e Nordeste. A Pandin participou na edição 2012, no mês de setembro, entre os dias 3 e 6, no centro de eventos do Ceará e apresentou a linha 2013 de seus produtos. A Pandin também marcou presença na Movelpar (Feira de Móveis do Paraná), em março deste ano, entre os dias 11 e 15, no centro de eventos Expoara, na cidade de Arapongas/PR. E agora, aproveitamos para convidar você para visitar nosso estande na feira Brasil Móveis que acontece em São Paulo, no centro de eventos Anhembi, no mês de agosto, entre os dias 6 e 9. Venha conhecer todas as novidades que preparamos para o segundo semestre. Até lá. Grande Abraço.

4

revista pandin junho, 2013


ÍNDICE

16

Capa Pandin participa de feiras pelo Brasil.

06

12

Projeto Pescar Oportunidade para contribuir com o futuro do país.

10 Pandin 5S Qaulidade como estratégia competitiva.

Pé na Estrada O representante Roberclei Zanini nos leva para uma viagem pelo interior paulista.

20 Editorial Linha Aço.

42

Zé viaja Nesta edição o Sr. José Pandim vai ao Maranhão e interior de São Paulo.

35

Pandin é sua História 70 anos de trabalho e comprometimento.

28 Concept Store Ambientações Pandin fazem a diferença.

40 Desenvolvimento Com respeito ao planeta.

EXPEDIENTE Pandin Soluções em Ambientes Av. João Batista Vetorasso, 1539 - Dist. Industrial 1 São José do Rio Preto/SP - 15035-470 (17) 2136-8300 - www.pandin.com.br Projeto Gráfico MG2 Comunicação R. Rubião Júnior, 2610 São José do Rio Preto/SP (17) 3353-5643 - www.mg2.ppg.br

Jornalista Responsável: Daniel Santos - MTB 43.902 Diretor de Criação Gustavo Ruiz Arte e Diagramação: Rodrigo Hudson Capa e ilustrações internas: Rubens Gomes Textos: Mateus Coelho Revisão: MG2 Comunicação Tiragem: 3.000 exemplares A Revista Pandin é uma publicação semestral da MG2 Comunicação para a Pandin Soluções em Ambientes. É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações sem autorização prévia. Dúvidas, críticas ou sugestões, entre em contato pelo e-mail: mg2@mg2.ppg.br

revista pandin junho, 2013

5


SOCIAL

Projeto Pescar Um projeto de futuro

Pandin - Como era a Thaisa antes do projeto e como é ela hoje? Thaisa - Não tinha muita decisão formada, não era determinada. Mas agora sim, sou determinada, e com objetivos, o primeiro, ao sair do projeto, é arrumar um emprego, meu primeiro emprego. Pandin - Você acha que é só para o mercado de trabalho que o projeto prepara? Thaisa - Não, além do trabalho, o projeto me norteia para a vida. Tenho uma nova visão, mais ampla de tudo. Pandin - Já sabe o que quer seguir? Qual o emprego certo para você? Thaisa - Estou um pouco indecisa ainda com o que seguir. Mas gosto muito de desenhar, das aulas de inglês, essas são as áreas que mais me atraem. Pandin - Há quanto tempo você está no projeto?

N

Thaisa - Faz 3 meses. Venho todos os dias, das 13h30 às 17h20.

a edição passada conhecemos como o Projeto Pescar ajuda aproximadamente 20 adolescentes, com idade

Pandin - Daqui há 7 meses, quando acabar o projeto, o que

entre 15 e 18 anos, que precisam de uma oportunidade

você espera ter aprendido?

para aprenderem e serem inseridos no mercado com qualificação.

Thaisa - Antes de sair com emprego, espero completar o

A Pandin é uma das empresas que ajuda o projeto e vê nele a

projeto preparada para a vida. Trilhar um caminho.

oportunidade de ajudar o futuro de nosso país, preparando os jovens para o concorrido mercado de trabalho. Mas o que o jovem acha do projeto e como ele pode

De acordo com a coordenadora do projeto Pescar em São José do Rio Preto, Érika Morales Puga, 93% dos adolescentes já

dar um novo rumo à vida? Com esta pergunta, fomos atrás

saem com empregos ou encaminhados.

da resposta. Numa conversa com uma das adolescentes

O projeto em Rio Preto chega ao

participantes, Thaisa Roberta Maura Zocall, 16 anos, cursando

10º ano, formando uma turma

o 2º ano do ensino médio, com 3 meses de participação no

por ano.

projeto, descobrimos que o projeto vai além da educação, ele é uma lição para se carregar no futuro. Pandin - O que é o projeto Pescar para você? Thaisa - O projeto está mudando muito a minha vida. Antes ficava só em casa, era uma pessoa que não tinha muito o que fazer e agora o projeto me dá incentivo para querer mudar e desejar novos objetivos para vida.

6

revista pandin junho, 2013


TREINAMENTOS

Novas turmas Novos aprendizados

Primeiro Semestre - 2013

N

o primeiro semestre de 2013, os cronogramas dos trabalhos estiveram focados em treinamentos de montagens realizados diretamente nos lojistas, com o objetivo de divulgar e conscientizar nossos parceiros sobre os arquivos de aço montáveis, nas regiões da Bahia, São Paulo, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Minas Gerais e Goiás.

Neste período também foram realizados dois treinamentos para lojistas na fábrica, em 26/01, com 32 participantes e no dia

23/03, com 27 participantes, das regiões de São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Paraná. Nos treinamentos, na parte dos produtos, tivemos como novidade o lançamento da estação de trabalho da linha Arena com pé painel, gôndolas com chapa de fundo, arquivos de aço da linha Arena montável, arquivos da linha especial montável, roupeiro insalubre com prateleira, alteração na embalagem do miniroupeiro (gabinete separado das portas) , alteração no padrão de cores disponíveis, saindo do nosso mix as cores pintadas (verde egeo, champagne e prata) e nas cores madeiradas (Carvalho Firenze), e sendo inclusos os padrões pintados (Amarelo e Rosa) e no madeirado (Carvalho Berlin). Para avaliação preferimos a visão dos participantes. Por isso, perguntamos aos lojistas e participantes o que acharam dos treinamentos. Treinamento realizado no dia 23/01/13 na fábrica.

MÓVEIS TALENTOS – FRUTAL/MG Sr. Alceu Neto – Gerente Comercial Para nós, o resultado foi muito positivo. Vejo que agora nossos colaboradores estão preparados para atender melhor aos nossos clientes. Têm mais conhecimento a respeito dos produtos e excelência no atendimento. Os treinamentos realizados na Pandin são muito importantes para toda a nossa equipe, dá para notar uma enorme diferença. Por meio dele podemos entender mais sobre os produtos que

vendemos e passar mais confiança ao nosso cliente quando falamos das características dos produtos. Antes, tinham muitas dúvidas, hoje, vejo que eles estão capacitados para falar com segurança. Os montadores estão mais aptos para realizar a montagem correta. Percebi que estão mais motivados. O bom líder tem que estar bem treinado para que tenha o conhecimento do assunto e motive toda a equipe. Sempre que pudermos, participaremos.

revista pandin junho, 2013

7


TREINAMENTO

Treinamento realizado no dia 23/03/13 na fábrica.

RB MAQ. MÓVEIS PARA ESCRITÓRIO – PRESIDENTE PRUDENTE/SP Sr. Fabio Alduino – Gerente Comercial Estamos em constante aperfeiçoamento, por isso, participamos por algumas vezes dos treinamentos promovidos pela Pandin. Após realizá-los tivemos excelente desempenho com aumento significativo em vendas e motivação, pois fizemos com que nossos consultores acreditassem cada vez mais no potencial do produto. Antes dos treinamentos, nossos consultores vendiam por intuição, no decorrer dos meses pós-treinamentos obtiveram mais conhecimento técnico e detalhes que, anteriormente, eram insignificantes aos olhos do consumidor, mas que durante a venda demonstrava conhecimento profundo sobre o que era apresentado. Vender ficou fácil. Os treinamentos foram de suma importância no aspecto de abordagem, resumindo: foi o que precisávamos para nos destacar no mercado. Foi um divisor de águas, pois tínhamos diamantes brutos e os treinamentos nos ajudaram a lapidá-los, acredito que o conhecimento e técnica agregados com vontade é a receita perfeita para o sucesso.

JM MÓVEIS | SÃO JOSÉ DO RIO PRETO/SP Thaísa de L. Fluxo Agradeço aos coordenadores do treinamento da Pandin do dia 23/03, pela oportunidade de participar. Foi muito importante, pois veio a acrescentar conhecimento e também como incentivo para conseguir alcançar os objetivos, buscando sempre o melhor. Obrigada a todos.

RAMINU COMERCIAL LTDA. | PENÁPOLIS/SP Ewerton Gama Venceslau | Henrique Machado Rossi | Cleiton Junior dos Santos Loberto

8

revista pandin junho, 2013

Nosso treinamento foi uma experiência muito boa e proveitosa, pois a Pandin é um dos nossos principais fornecedores e nós ainda não tínhamos tido o prazer de conhecer de perto a fábrica dos móveis mais vendidos aqui da empresa. Deu pra conhecer todo o processo de produção, desde a matéria-prima crua até a fase final de como o produto chega para nós, distribuidores, e entender melhor o catálogo e suas legendas. As dicas de vendas foram muito importantes e de como se comportar profissionalmente também. Resumindo: só temos coisas boas para falar do treinamento oferecido pela Pandin. Queremos parabenizar o Edmar, o João e o Willian pelo ótimo trabalho aplicado. Aguardamos novos treinamentos como esse. Nosso muito obrigado! MICRO ART INFORMÁTICA | CAMPO GRANDE/MS Marcia Regina Ataide Olá meninos “Pandin”! Obrigada pela palestra e pelo conhecimento que vocês me proporcionaram. À Pandin fica a minha admiração pelo crédito e mérito dado aos seus colaboradores, pois, buscou dentro do quadro interno confiabilidade para ministrar palestras para fornecedores, mostrando assim, que a Pandin, realmente, formou profissionais aptos para o mercado de trabalho. Antes, eu admirava os móveis Pandin, hoje, admiro seus gestores. Parabéns família Pandin! Obrigada pela hospitalidade. Laura Valdez - Vendedora Tenho muito a agradecer à empresa Pandin por essa oportunidade. O treinamento foi maravilhoso, dinâmico, com muita alegria, aprendizagem e, principalmente, cheio de conquistas. Parabéns à equipe.


WASF REPRESENTAÇÕES – BELO HORIZONTE/MG Maria Gostei muito do treinamento! Achei a fábrica organizada com uma combinação harmoniosa entre alta tecnologia e simplicidade, muito respeito ecológico, diversidade de idades desde os fundadores aos menores aprendizes, esse equilíbrio faz crescer. Tem de tudo um pouco, experiência, ousadia, coragem, criatividade, força, inteligência, desejo de continuar vencendo e outros de começar a vencer. O treinamento do sábado ensinou bastante, desde explicações das técnicas de materiais, embalagem, transporte, depósito e técnicas de vendas; conhecer o mercado seu concorrente e, principalmente, conhecer bem os produtos para atender bem aos clientes. Até mensagens motivacionais para crescimento pessoal e profissional. Estudei melhor sobre o aço, não tenho mais dúvidas. Recomendo o treinamento aos clientes, pois dá mais segurança e clareza nas explicações. Toda a equipe organizadora está de parabéns! INFOCAM – CAMBUÍ/MG Sílvio e Márcio A PANDIN é a empresa que fornece quase tudo que precisamos em um escritório. É quase o paraíso dos escritórios! Porém, quando começamos a trabalhar com esses produtos não tínhamos noção do que eram certos itens. Para sanar essa dificuldade, a Pandin criou um treinamento para proprietários e vendedores desses produtos. O curso/treinamento além de esclarecedor é divertido e faz a confraternização entre nós como consumidores e a própria empresa. Queremos agradecer pela acolhida e também queremos parabenizar os idealizadores do treinamento pelo conteúdo que é passado e pelos personagens interessantes que criaram para instruir a todos nós, vendedores.

FORT SAFE COMÉRCIO DE COFRES E MÓVEIS DE AÇO SÃO PAULO/SP Leonardo Calixto Quero agradecer à família Pandin pelo treinamento que tivemos com vocês! Depois da palestra voltei com mais força, vocês deram um ¨Up¨ na minha vida profissional e minhas vendas melhoraram. Antes eu respeitava, hoje eu tenho um grande respeito por todos dessa família! Debora Sutecas É com grande prazer e satisfação, que venho agradecer ao treinamento que a Pandin nos proporcionou, demonstrando que uma grande empresa é constituída por colaboradores comprometidos com a qualidade no atendimento e na elaboração de seus produtos. A organização e atenção foram pontos fortes para garantir o sucesso dessa empresa bem conceituada. Vocês conseguiram que a nossa equipe estivesse o tempo todo muito participativa e pré-disposta aos desafios. Transformaram toda a seriedade de um treinamento em um momento de aprendizado e descontração. Pode ter certeza de que todos nós tivemos dias muito agradáveis. Comprometimento, criatividade e competência. A equipe realizou exatamente o que queríamos para chegarmos ao resultado que precisávamos. Obrigado.

RB AUTOMAÇÃO COMERCIAL E MÓVEIS PARA ESCRITÓRIO PRESIDENTE PRUDENTE/SP Wellington, João, Leandro e Ellen Queremos agradecer à empresa Pandin pela oportunidade de aprendizado com um excelente curso, que para nós, foi de grande valia. O curso superou nossas expectativas, aprimorou nosso conhecimento e hoje nos ajuda a esclarecer dúvidas frequentes de nossos clientes e esse entendimento é fundamental para fecharmos a venda. Parabéns pela qualidade dos produtos e excelência no atendimento. Agradeço em especial aos palestrantes João, Edmar e Willian pela alegria e recepção. Estamos prontos para o próximo! Abraços.

revista pandin junho, 2013

9


PANDIN INFORMA

Pandin 5S Qualidade em primeiro lugar

E

m muitos segmentos industriais, qualidade se tornou um critério qualificador, ou seja, somente

empresas com qualidade demonstrada podem fazer parte da cadeia de suprimentos. Deste modo, para a Pandin, gerenciar a qualidade

se

tornou

muito

importante, pois a qualidade pode ser entendida como uma estratégia

competitiva

cujo

objetivo principal se divide em duas partes, conquistar mercado e reduzir desperdícios. Para conquistar mercados é preciso atender os requisitos dos clientes, ou seja, clientes satisfeitos representam boa reputação, novos pedidos, vínculo permanente, resultados para a empresa, criação de novas vagas de empregos e melhor remuneração para os colaboradores. Os requisitos dos clientes são variados, mas de um modo geral correspondem a uma combinação de: • Qualidade do produto ou serviço; • Prazo e pontualidade na entrega; • Boa reputação; • Bom atendimento; • Adequação ambiental; • Preço de aquisição. Achamos imprescindível que a cultura da qualidade seja disseminada em todos os níveis da organização, só Arquivaldo Personagem criado para divulgar o Pandin 5S

assim as percepções quanto aos programas de qualidade irão ao encontro de um só objetivo, a visão e a missão da empresa transformando essas ferramentas em soluções.

10

revista pandin junho, 2013


Equipe da Qualidade Pandin

O maior objetivo da Pandin com a implantação do novo

• SEISO – Senso de limpeza: “Manter um ambiente sempre

departamento de Gestão da Qualidade é melhorar a eficiência

limpo, eliminando as causas da sujeira e aprendendo a não sujar”.

do negócio, reduzindo os desperdícios e os custos da não

• SEIKETSU – Senso de saúde e higiene: “Manter um

qualidade, buscando resultados positivos para a empresa e

ambiente de trabalho sempre favorável à saúde e à higiene”.

para os clientes internos e externos, maior competitividade, maiores chances de manter e conquistar mercados. Sendo assim, o departamento de Gestão da Qualidade da

• SHITSUKE – Senso de auto-disciplina: “Fazer dessas atitudes, ou seja, da metodologia, um hábito, transformando os 5S num modo de vida”.

Pandin já está estruturado e desenvolvendo planos de ações e

A metodologia possibilita desenvolver um planejamento

projetos, cujo objetivo inicial é implantar a cultura da Qualidade

sistemático, permitindo de imediato maior produtividade,

na empresa. Para tal, o 5S será desenvolvido de forma que se

segurança, um bom clima organizacional e motivação

torne permanente e parte da vida dos colaboradores.

dos

O 5S é um método gerencial que foi criado no Japão, após o caos da Segunda Guerra Mundial, com o objetivo

colaboradores,

com

consequente

melhoria

da

competitividade organizacional. Os principais benefícios da metodologia 5S são:

de organizar as indústrias e melhorar a produção para ser

• Maior produtividade pela redução da perda de tempo

compatível com o mercado mundial da época. É o bom-

procurando por objetos. Só ficam no ambiente os objetos

senso que pode ser ensinado, aperfeiçoado, praticado para

necessários e ao alcance da mão;

o crescimento humano e profissional. Convém se tornar

• Redução de despesas e melhor aproveitamento de materiais.

hábito, costume e cultura da empresa. O programa tem como

A acumulação excessiva de materiais tende à degeneração;

objetivo mobilizar, motivar e conscientizar toda a empresa

• Melhoria da qualidade de produtos e serviços;

para a Qualidade Total, através da organização e da disciplina

• Menos acidentes do trabalho;

no local de trabalho. Entendemos como etapa inicial e base

• Maior satisfação das pessoas com o trabalho.

para implantação da Qualidade Total.O 5S é assim chamado devido a primeira letra de 5 palavras japonesas:

Portanto, a Pandin está engajada na implantação do 5S com o objetivo de atuar como um fornecedor de controle e organização,

• SEIRI – Senso de utilização: “Separar o útil do inútil, eliminando o desnecessário”.

fornecendo ferramentas para que todos possam trabalhar e organizar seus setores, em busca de melhoria contínua para

• SEITON – Senso de arrumação: “Identificar e arrumar

nossos clientes, fornecedores e colaboradores.

tudo, para que qualquer pessoa possa localizar facilmente”.

Sinalização vermelha: setor não está em conformidade com o Pandin 5S

Sinalização amarela: setor está em conformidade com algumas práticas do Pandin 5S

Sinalização verde: setor em plena conformidade com o Pandin 5S

revista pandin junho, 2013

11


PÉ NA ESTRADA

Do interior paulista ao triângulo mineiro Saúde, entretenimento, turismo e alimentação. Peculiaridades e lugares únicos

Equipe Zanini Representações: Mônica, Júnior, Amarildo, Liliane e Roberclei

Q

ue o Brasil é cheio de encantos e belezas naturais

De Barretos vamos para Ribeirão Preto/SP, onde um bar

todo mundo sabe, mas existem lugares que são

chama a atenção pela sua história e por, segundo os entendedores,

únicos. De pacatas cidades a grandes centros de

oferecer um dos melhores chopps do Brasil. Mais 107 km de

desenvolvimento, assim é a região que vai do interior paulista

estrada, chegamos a Bueno de Andrada, pequeno distrito de

ao triângulo mineiro. E o nosso representante, Roberclei

Araraquara/SP, conhecida pelas famosas Coxinhas Douradas de

Zanini, da Zanini Representações, é a pessoa mais indicada

Bueno de Andrada, assim batizadas na crônica do escritor Ignácio

para ser o guia nessa viagem cheia de encantos.

Loyola Brandão, para o jornal O Estado de São Paulo.

A aventura começa pela cidade de Barretos/SP, famosa

Em 1h40 chegamos à cidade de Brotas/SP, que abriga várias

mundialmente pela Festa de Peão de Boaideiros, onde corajosos

nascentes e rios encachoeirados, que cortam vales e encostas.

peões desafiam animais de até meia tonelada durante oito

Belezas naturais que fazem da cidade um importante ponto

segundos. Mas Barretos vai além das botas e chapéus, a cidade

turístico, atraindo amantes de turismo de aventura, ecoturismo

também é conhecida pelo importante Hospital de Câncer que

e turismo rural.

atende pacientes do país inteiro.

12

revista pandin junho, 2013

Mochilas preparadas. Pé na estrada.


Festa de Peão de Boiadeiros A Festa de Peão de Barretos completa 58 anos em 2013, e é reconhecida mundialmente, como o mais antigo e maior evento de rodeio da América Latina. O Parque do Peão de Barretos, Mussa Calil Neto, foi inaugurado em 1985 e tem uma área de aproximadamente cinquenta alqueires. O local é imponente e encantador, conta com uma área para feira comercial, estacionamento para dez mil veículos, Berrantão (espaço de lazer e eventos em uma área coberta e climatizada, que recebe shows e outros eventos culturais), Rancho do Peãozinho, Área de Camping, Rancho da Queima do Alho, Fazendinha, Hípica e o Estádio Polivalente de Rodeio com capacidade para 35000 pessoas sentadas, tem o formato de ferradura e foi projetado por Oscar Niemeyer. Neste ano, a festa acontece de 15 a 25 de agosto e a expectativa dos orgnizadores é que passe pelo parque, aproximadamente, um milhão de pessoas. Durante os dez dias de festa, o Parque do Peão tem atrações para toda família.

CURIOSIDADES

Prepare sua bota, fivela e chapéu e segura peão! Em 1990, a extinta TV Manchete com gravações da novela Pantanal no Parque do Peão, redimensionou o poderio do evento. A mídia eletrônica passou a procurar a festa para firmar contratos que, por sua vez, passaram a gerar garantia de cobertura de TV para as empresas patrocinadoras. Hoje, a Festa transformou Barretos na Capital Country.

Hospital de Câncer de Barretos Em 27 de novembro de 1967, foi instituída a Fundação Pio XII que passou a atender pacientes portadores de câncer em Barretos, na época, o local mais perto que oferecia esse tratamento ficava na capital. Devido à grande demanda de pacientes e ao velho e pequeno hospital não comportar todo crescimento, o Dr. Paulo Prata, idealizador e fundador, recebeu a doação de uma área na periferia da cidade e propôs a construção de um novo hospital que pudesse responder às crescentes necessidades. O hospital foi ganhando grandes proporções com o apoio da comunidade, artistas, da iniciativa privada e com a participação financeira governamental, outras áreas do hospital foram construídas para atender os pacientes. Atualmente se tornou o maior e mais avançado hospital oncológico do país, com atendimento 100%, via SUS, tornando-se referência nacional. O hospital opera numa área construída de mais de 70 mil m². Porém, o que mais cresce é a esperança de pacientes e seus familiares.

revista pandin junho, 2013

13


PÉ NA ESTRADA

3000 atendimentos por dia

1372 municípios atendidos em 27 estados

250

médicos que trabalham com exclusividade e tempo integral

2500 colaboradores

8 unidades e uma grande luta contra o câncer: Hospital de Câncer de Barretos • Hospital São Judas Tadeu • Hospital de Câncer de Jales • Unidade de Prevenção • Instituto de ensino e pesquisa • IRCAD - Instituto de Treinamento em Técnias Minimamente Invasivas e Cirurgia Robótica • Hospital de Câncer Infantil • Hospital de Câncer de Porto Velho (em construção) Saiba como ajudar: www.hcancerbarretos.com.br Pinguim Chopp Em meados da década de 30, o Edifício Diederichsen estava sendo construído no coração de Ribeirão Preto. Antes da inauguração oficial deste marco arquitetônico na cidade em 1937, um misto de bar com choperia abria suas portas no térreo do edifício em acabamento, no dia 29 de agosto, sem grande alvoroço, bem na esquina das tradicionais ruas Álvares Cabral com Gal. Osório. Naquele momento nascia o Pinguim com a arte de se tirar e beber um bom chope. O tempo passou e entre um chope e outro, a casa firmou-se também como restaurante e consolidou sua fama como uma das maiores choperias do Brasil, bem como o grande embaixador de Ribeirão Preto para o país e o mundo. Hoje, com mais de 70 anos, o Pinguim continua fazendo verão, molhando gargantas secas e habitando a memória e o coração de seus clientes. Tim-tim.

14

revista pandin junho, 2013


Coxinhas Douradas de Bueno de Andrada “As Famosas Coxinhas Douradas de Bueno de Andrada” assim batizadas na crônica do mestre escritor Ignácio Loyola Brandão, surgiram há 10 anos, no Bar e Mercearia Freitas, que existe há mais de 60 anos, em Bueno de Andrada (Distrito de Araraquara/SP). As Coxinhas Douradas de Bueno de Andrada movimentam todo o distrito com pessoas vindo de todos os cantos do Brasil e do exterior para experimentar essa iguaria. Se você gosta de uma coxinha bem recheada, esse é o lugar certo. Sequinha e saborosa é perfeita para aquele lanche do meio da manhã e, além das tradicionais coxinhas de frango, existem mais dez sabores para dar um nocaute na sua fome. Se estiver passando por Bueno de Andrada, siga para frente da estação ferroviária e aproveite para passar o tempo saboreando deliciosos acepipes. Acesse: www.coxinhasdouradas.com.br

Foto: Divulgação

Brotas

com cachoeiras, que cortam vales e encostas; concentra uma

Brotas está localizada bem no centro do estado de São Paulo,

enormidade de atrativos turísticos, na sua maioria hídricos

no coração de uma das regiões mais desenvolvidas do país, mas

(represa, ribeirões, cachoeiras, corredeiras e nascentes). Seu

que ainda mantém suas riquezas e belezas naturais preservadas,

potencial natural aliado ao incremento de produtos e serviços

destacando-se no segmento do ecoturismo nacional.

turísticos, confere à região um enorme potencial para o

A região tem preservado uma grande parcela de mata

ecoturismo e para o turismo rural. E hoje, já é, com certeza,

nativa, abrigando uma considerável biodiversidade animal,

ponto de referência para a prática de esportes de aventura

vegetal e seu manancial hídrico, destacando-se o Rio Jacaré

aquáticos, como: rafting, bóia-cross, canoagem e canyoning.

Pepira, um dos poucos rios ainda não poluídos do estado.

Fonte: www.brotas.com.br

Brotas abriga em suas “serras” várias nascentes e rios

revista pandin junho, 2013

15


CAPA

Planejar. Viajar. Conquistar.

D

esbravar um país de oportunidades e negócios, mas

como uma grande vitrine para os expositores, promovendo a

com planejamento e foco numa aproximação pós-

diversidade de produtos e serviços nacionais, seus lançamentos,

venda são diretrizes que levam a Pandin às grandes

tecnologias, tendências e design.

feiras nacionais do setor moveleiro. Participar e gerar é,

A temporada de feiras e exposições está a todo vapor, são

primeiramente, reforçar a imagem da marca Pandin em todo

mais de 20 eventos na área de móveis que movimentam o

país como uma das maiores no setor de móveis de escritório.

mercado, apresentando todos os lançamentos e tendências do

O alto investimento nas participações é proporcional às

setor. Entre as principais destacam-se: Movelpar, Abimad, Salão

expectativas criadas, e todo o sucesso está atrelado às variáveis

do Móvel Brasil, Movelsul, Fenavem, Top Móvel, Movinter,

que começam já na escolha da localização dentro do evento,

Movexpo, Mercomóveis, Femur. O sucesso do setor deve-se ao

passando pela elaboração do estande, a abordagem dos

crescimento do mercado interno de móveis.

colaboradores durante e após o evento. As feiras servem

16 mil unidades produtivas.

R$

281 mil empregos formais, sendo 307,6 mil pessoas ocupadas.

16

revista pandin junho, 2013

3,6

bilhões foram investidos em máquinas, instalações e treinamento entre 2007 e 2011.

38,5 mil pontos de venda de móveis no país (especializados).

462 milhões de peças de móveis produzidas (incluindo colchões e cama box), equivalente a R$ 32,9 bilhões.

Fonte: www.brasilmoveis.com.br

Números das feiras pelo Brasil


A Pandin não poderia ficar de fora e marcou presença na

acordo com a assessoria da Brasil Móveis, a meta para 2013 é

Movelpar (Feira de Móveis do Paraná), em março, entre os dias 11

agregar ainda mais diferenciais à feira, otimizando o foco para

e 15, no centro de eventos Expoara, na cidade de Arapongas – PR,

manter a excelência na geração de negócios.

a primeira parada Pandin em 2013. A feira serviu para apresentar

A escolha das feiras é parte da estratégia Pandin, segundo

as novidades na linha Arena Pé e Painel e inovações na linha aço.

Antonio Sérgio, gerente comercial da Pandin, o foco é buscar

Segundo dados levantados pela feira, foi movimentado R$ 672

eventos regionalizados para facilitar o deslocamento dos

milhões em negócios, com público de 46,5 mil pessoas, vindos

clientes, ou seja, participando da Movelnorte, em Imperatriz/

de todos os estados brasileiros e de 25 países.

MA, que atende os clientes do Norte e Centro-Oeste, TopMóvel,

De dois em dois anos acontece em Fortaleza/CE a Top

em Fortaleza/CE, que atende os clientes do Nordeste, Movelpar,

Móvel, a feira mais importante do setor das regiões Norte e

Arapongas/PR, que atende os clientes do Sul e parte do Sudeste

Nordeste. Na edição de 2012, no mês de setembro, entre os

e a Brasil Móveis que pelo seu nome e importância no setor, é

dias 3 e 6, no centro de eventos do Ceará. Em parceria com

realizada em São Paulo, no centro de exposições do Anhembi,

a Poltronas Paraná, apresentou na feira a linha 2013 de seus

atraindo clientes de todo o país.

produtos. Com o objetivo de ser um canal de aproximação

Nos estandes Pandin o foco é o conforto dos visitantes

entre fabricantes, lojistas e compradores, a feira propõe

e uma apresentação dos produtos de forma funcional e

reunir os três lados.

aplicável. Acolhendo e oferecendo o que a Pandin faz de

Para fechar o ano Pandin, acontece em São Paulo, no

melhor: produtos de qualidade.

centro de eventos Anhembi, no mês de agosto, entre os

Para completar, Antonio Sergio, vê o universo das feiras

dias 6 e 9, a Brasil Móveis 2013. Com o mote de colocar na

como promissor aos novos negócios Pandin. “Estamos

vitrine mundial aquilo que o setor moveleiro brasileiro tem

engatinhando no quesito evento-feira, e vamos continuar a

de melhor, a feira é realizada pela Associação das Indústrias

investir e buscar novas participações sempre que necessário”

de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul - MOVERGS. De

finaliza Antonio Sergio.

Top Móvel Brasil 2012 Data do Evento: Setembro 2012 Cidade: Fortaleza/CE Parceria: Pandin / Poltronas Paraná

revista pandin junho, 2013

17


CAPA

Movelpar 2013 Data do Evento: Marรงo 2013 Cidade: Arapongas/PR Parceria: Pandin / Poltronas Paranรก

18

revista pandin junho, 2013


Brasil Móveis 2013 Data do Evento: 06 a 09 Agosto 2013 Cidade: São Paulo/SP – Centro de Convenções do Anhembi Parceria: Pandin / Cavaletti (Fotos Feira Agosto 2011)

revista pandin junho, 2013

19


EDITORIAL

Roupeiro de aço insalubre com prateleira Produto em acordo com a norma NR24 (norma que regulamenta produtos insalubres), podendo ser produzido em chapa 26 ou 24, composto por 4 portas sobrepostas e com 3 compartimentos internos em cada porta, sendo 2 na vertical e um na horizontal, produto destinado a atender normas trabalhistas para empresas dos ramos industrial e alimentício.

20

revista pandin junho, 2013


Miniroupeiro de aço Produto confeccionado em capa de aço com tampo superior em MDP BP, composto por 1 corpo e 3 portas sobrepostas. Muito indicado para escolas de nível infantil, creches e residência, com opção de mesclar as cores das portas, proporcionando um ambiente com visual diferenciado.


Gôndolas de aço com chapa de fundo Fabricadas em aço, indicadas para exposição de produtos em supermercado, minimercados , farmácias etc., com opcionais de chapa de fundo para montagem em centro de ambiente de forma espelhada ou individual fixada à parede.


Estante Multiúso Produto confeccionado em chapa de aço, com embalagem diferenciada que facilita sua comercialização em redes de lojas, com foco a atender o consumidor final, sendo que, além das com 3 prateleiras as com 5 e 6 também são acondicionadas na mesma embalagem devido as colunas serem sobrepostas.


CONCEPT STORE

Ambientações Pandin fazem a diferença A aposta nas Concept Stores é a bola da vez do mercado. Nesta edição conheça mais três lojas que apostam na qualidade Pandin como diferencial

A

Pandin segue o que há de mais moderno na sua gestão de negócios, levando aos clientes opções funcionais e de qualidade. Um ambiente Pandin é projetado para que a beleza trabalhe junto com o profissional, facilitando ações diárias com aplicações criativas e pensadas para solucionar. Com esse foco, mais e mais clientes nos procuram para investir suas lojas no modelo “Concept Store”. Tudo para levar aos seus clientes a chance de conhecer os benefícios e as funcionalidades dos produtos expostos. A interação consumidor x marca de uma loja conceito é seu ponto principal. Nesta edição vamos ao interior paulista, São José do Rio Preto e Botucatu, e a Concept de João Pessoa/PB. Escrimóveis – João Pessoa/PB Com uma área de mais de 3 mil m², na principal Avenida de João Pessoa, a Escrimóveis aperfeiçoou seu espaço, levando os clientes a identificar mais rápido os produtos em seus setores. De acordo com a gerente administrativa da Escrimóveis, Maria Heloá Medeiros de Queiroz, a disposição dos produtos enchem os olhos dos clientes. Os ambientes são formados e completos com todos os produtos da Pandin expostos. Com isso, o cliente consegue visualizar e identificar como o seu projeto ficará. Essa estratégia ajuda o cliente e, ao mesmo tempo, o induz a levar peças adicionais que não estavam previstas no orçamento, deixando o vendedor com um poder de negociação ainda maior. “Os produtos Pandin são de excelente qualidade e variedade. Hoje, podemos dizer que trabalhamos com produtos que proporcionam conforto e satisfação aos nossos clientes, que ajudam a realizar sonhos de pequenos e grandes empresários, e buscam sempre a solução do ambiente perfeito. Suas cores, suas formas, nos deixam encantados”, completa Heloá.

28

revista pandin junho, 2013


JM Móveis – São José do Rio Preto/SP Com 270 m2 de showroom, a loja do interior paulista, foi montada com sete ambientes, derivados de várias linhas Pandin. André Luis Tinarilli de Paula, proprietário da JM Móveis, ressalta que os produtos Pandin têm uma ótima aceitação no mercado, por atender às necessidades dos clientes, combinando a qualidade e design moderno. “Não tivemos nenhum profissional de decoração no envolvimento dos ambientes. Usamos a criatividade na montagem visando sempre a melhor visualização de nossos clientes. Para ajudar na direção dos ambientes tivemos uma

ajuda do Sr. João César Retucci que elaborou um projeto e nos deu várias dicas para melhor atender nossos clientes que hoje se encontram em todas as classes sociais” completa André. “Montamos um ambiente completo da linha Savana, na cor Noce Arezzo, o cliente gostou da ambientação e comprou o ambiente todo, inclusive com as cadeiras. A ansiedade era tanta que ele não quis esperar o pedido chegar, já levou todos os produtos do showroom e depois integramos as outras salas. Hoje a empresa toda é da linha Savana”, ressalta André.

revista pandin junho, 2013

29


CONCEPT STORE

RB Móveis – Botucatu/SP Os proprietários da RB Móveis, Renato Ravelli Nunes Baldassare e Leandro Ravelli Nunes Baldassare, acreditam que um showroom bem planejado, com uma distribuição dos móveis, variedade de cores e linhas especiais, tornam o mobiliário ainda mais atrativo, para os clientes, verem o produto de perto antes de efetuar a compra é um diferencial. Com 250 m², o showroom da loja tem 12 conjuntos Pandin, sendo: quatro ambientes Savana, cinco ambientes Arena, dois ambientes Maxxi e um ambiente Aço. “O cliente quer um produto de qualidade. As imagens do catálogo disponibilizadas e utilizadas em outdoors, revistas e panfletos passam uma ideia a ele e quando chega na loja tem uma opinião formada. Assim, a loja tem que acompanhar e ter um ambiente prático e com todas as

30

revista pandin junho, 2013

linhas à disposição, para que ele possa notar a diferença entre produtos, inclusive fazer uma rotação de cores, pois muitas vezes ele não consegue, por exemplo, imaginar um “L” Arena que está montado na cor nogal e visualizá-lo na cor verona. O que facilita também é o cliente poder sentar na cadeira e imaginar-se trabalhando nesse ambiente” completa Renato. “É cada vez maior a procura por móveis Pandin especificamente, ou seja, o público busca cada vez mais um produto de boa qualidade, independente da classe social, uma vez que, a Pandin atende a todas as classes com sua variedade de linhas de produtos. A loja bem estruturada e com bom atendimento valoriza a marca Pandin, e em contrapartida a Pandin valoriza a loja com a qualidade, design dos materiais e renome” diz Leandro.


VÍDEO-MONTAGEM

Fácil de montar

S

ervindo como material de auxílio na montagem dos produtos da Linha Aço, a Pandin desenvolveu quatro vídeos-montagem. Rico em detalhes e seguindo um passo a passo didático, os

vídeos ensinam como deve ser feita a montagem. Bom para os clientes e melhor ainda para nossos revendedores, pois os vídeos, se seguidos, diminuem a possibilidade de erros de montagem, evitando danos nas peças e diminuindo possíveis trocas de produtos.

Roupeiro de aço 4 portas

Arquivo de aço 4 portas

Armário de aço 2 portas

revista pandin junho, 2013

31


NEGÓCIOS

Ter uma aeronave está mais fácil Condições facilitadas e preços acessíveis movimentam o mercado de aeronaves de pequeno porte

C

om a crescente demanda do fluxo de passageiros nos aeroportos, filas e atrasos dos voos uma boa opção para quem precisa se deslocar de um lugar para o outro em pouco tempo é o transporte por meio de aeronaves de pequeno porte. Esse mercado é crescente e puxa o crescimento de todo o setor.

Para entender melhor

Existem dois tipos de aviação, a executiva (homologada) e a experimental. Aviação executiva é um segmento da aviação geral constituído por pessoas e empresas que utilizam as aeronaves como recurso para a condução de seus negócios sem rotas, frequentemente distintas daquelas utilizadas pela aviação militar e regular (companhias aéreas). Aviação experimental é um modelo de aviação menos exigente. Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), existem mais de quatro mil aeronaves na categoria experimental sobrevoando o céu do Brasil - estão inclusos nesse número ultraleves, balões, girocópteros, dirigíveis, planadores, helicópteros, motoplanadores e outras aeronaves não-homologadas.

Encurtando as distâncias e melhorando a logística

linha reta proporciona uma economia de 30% em relação ao

Esse modelo de aviação experimental tem um público

automóvel. Um veículo, a cada 100 km utilizará, em média,

direcionado e crescente. É formado por empresários,

13L de combustível, enquanto o avião usará os mesmos 13L

agricultores, pecuaristas, profissionais liberais que necessitam

voando a 200 km por hora. Ele otimiza o dobro do tempo

da logística mais rápida.

economizando 30% em quilometragem.

Um modelo de aeronave que chama a atenção pela sua

Uma viagem de Rondonópolis/MT a Cuiabá/MT onde as

versatilidade é o Quasar, uma marca nacional, que é projetada

rodovias de acesso são pistas simples e geralmente têm um

e fabricada no Brasil e voa a 200 km por hora com consumo de

tráfego de caminhão intenso, uma viagem de 210 km, em

13L de combustível hora/voo.

média, dura quatro horas e meia de carro. Em uma aeronave o

Fazendo um comparativo entre esse modelo de aeronave e uma caminhonete pick-up, se colocado na ponta do lápis

tempo cai para quarenta e cinco minutos consumindo 13L de combustível hora/voo gastando, em média, R$ 40,00.

o diesel, IPVA e revisões periódicas, o automóvel terá o custo

Outro exemplo seria de uma pessoa que mora em Belém e

de R$2,00 o quilômetro rodado. Já a aeronave, o custo fica na

tem três fazendas sendo que ficam num raio de 300 km, 500

média de R$0,50 o quilômetro voado. Um percurso voado em

km e 700 km. Para chegar às fazendas a pessoa roda 300 km

32

revista pandin junho, 2013


de terra e tem a questão da chuva, dependendo do local, fica

Permissão para voar

intransitável. Uma viagem que demoraria até quatorze horas

No modelo de aviação desportiva (experimental), o ideal

entre estrada asfaltada e de terra, em uma aeronave de aviação

é que o proprietário da aeronave seja o piloto. Se o seu sonho

experimental levaria, em média, três horas.

é voar, dentro de 60 dias você pode tirar uma carteira para

O sócio-proprietário da empresa Compreaero, Leonardo

pilotar, o BREVÊ. Em média, para se tirar uma carteira CPD ou

Batista, empresa especializada na compra, venda e importação

CPR, o valor é de 13 mil reais, dentro de um contexto geral, o

de aeronaves, explica que existem muitas pessoas que

valor investido compensa.

utilizam

essas aeronaves

Assim como a carteira de habilitação de automóvel tem

apenas para hobbie, para

diversas categorias entre A e E, existem diversas carteiras para

voos sobre a cidade que

pilotar aeronaves:

mora, ou seja, apenas para uso desportivo no

•CPD - Carteira de piloto de desporto - forma o piloto

final de semana. Mas esse hábito está mudando

para voar seu ultraleve nas imediações de seu aeródromo

e migrando para o uso dessa mesma aeronave

sede, é um curso com menos exigências que o curso de CPR.

para a área logística. É a pessoa que já tem

É considerado o primeiro degrau para quem entra no mundo

a cultura de aeronave, entende que é uma

da aviação desportiva.

ferramenta de trabalho. Para ele não é luxo, e sim um gerador de economia.

•CPR - Carteira de piloto de recreio - forma o piloto para

“A área de aviação tem um portifólio de produtos muito

voar por todo o Brasil, não existem restrições para o detentor

grande. Os preços partem, em média, de 180 mil reais podendo

desta carteira, que habilita voar em áreas controladas, fazer

chegar ao valor de milhões. Atualmente, na aviação civil,

viagens e navegações por todo o território nacional em

existem alguns facilitadores que auxiliam o público na compra

aeronaves de desporto.

de aeronaves como o consórcio, leasing, cartão BNDES entre outros”, afirma Leonardo.

•PP - Piloto Privado – pilota somente o seu próprio avião/ helicóptero, ou de alguém que lhe tenha cedido ou alugado.

“Ultraleve é um aerodino de baixa velocidade, capacidade de carregamento, potência e de baixos peso e custo. Por isso, é considerado, pelo mercado, uma boa opção para os aficcionados em aviação para

•PC - Piloto Comercial – o piloto pode voar tendo remuneração. Para se tornar um piloto comercial, o piloto precisa voar cerca de 150 horas como PP. No Brasil, este certificado é

pilotar suas próprias aeronaves”.

concedido pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

“Brevê é um documento que dá ao seu titular a permissão

Manutenção

para pilotar aviões. Tem a vertente civil e militar. Tem que

Na aviação experimental a manutenção está muito

ser renovado também consoante a idade do titular. Tal

comparada às despesas de uma caminhonete. A cada cinquenta

como nos outros documentos, pode ser usado em nível

horas de voo a aeronave terá um custo de manutenção de

profissional (pilotos comerciais da aviação civil, pilotos

R$700,00, onde será realizada a troca de óleo, filtro e vela.

privados etc.) como em nível amador: indivíduos que

Outra manutenção acontecerá quando a aeronave completar

exerçam profissões não relacionadas com a pilotagem,

mil horas de voo e depois com mil e setecentos horas de voo.

mas que a usam como um hobbie”.

revista pandin junho, 2013

33


NEGÓCIOS

Pouso e decolagem

de aeroportos convencionais. Dentro de algumas horas

Um grande desafio para as aeronaves de aviação

chega a sua propriedade que fica a 500km. Em uma viagem

experimental é o pouso nos grandes centros. O Aeroporto de

de carro, esse mesmo percurso, demoraria até dez horas,

Congonhas na cidade de São Paulo, por exemplo, não permite

dependendo da estrada.

pouso de aviões bimotores, apenas pousos de aviões comerciais e executivos de grande porte. Em São Paulo, o pouso de aviões

Uma pergunta que deve ser feita por quem deseja adquirir uma aeronave é: Quanto vale o seu tempo?

menores é feito no Aeroporto Campo de Marte e, mesmo

Leonardo comenta que tem um cliente que é engenheiro e

assim, o piloto tem que pedir autorização para pousar e, às

desenvolve projetos para irrigação de plantações em diversas

vezes, fica até uma hora sobrevoando o aeroporto para poder

regiões do país. Percorre em média dois mil e quinhentos

conseguir liberação para pouso.

quilômetros de carro semanalmente. Explica que seu cliente fica

Em alguns estados do país, onde o movimento dessas

uma semana longe da família, percorrendo estradas perigosas,

aeronaves é intenso, como Santa Catarina, Tocantins e

muitos quilômetros de terra e um desgaste físico extremo. Essa

Mato Grosso já existem condomínios aeronáuticos. É

mesma viagem feita por uma aeronave experimental duraria

como se o proprietário da aeronave tivesse uma pista e

8 horas de voo, além de que viajar de aeronave é mais seguro.

um hangar particular no “quintal” de casa. Esse modelo de empreendimento é muito utilizado, por exemplo, por uma pessoa que mora em um condomínio aeronáutico na

Hoje, voar é uma questão de necessidade, otimização de tempo e geração de novos negócios. E aí, pronto para decolar?

capital, simplesmente pelo fato de ter uma infraestrutura melhor para viver, e viaja para suas fazendas sem depender

Fontes: www.compreaero.com.br www.voequasar.com.br www.anac.gov.br

34

revista pandin junho, 2013

Quasar Lite


LADO B

A Pandin é sua história 70 anos de trabalho e comprometimento

D

edicado ao trabalho e a família, uma vida colecionando amizades sinceras para ajudar a construir uma feliz história, a história Pandin. Com 84 anos de idade, destes 70 anos de trabalho, e ainda em plena atividade, João Lopes Gomes, é um dos fundadores da Pandin e durante todos esses anos colecionou amigos.

Uma pessoa de vida simples, cheio de amigos e, sempre, a favor da família. São as primeiras palavras quando se pergunta do

seu João, esta, falada sempre com um sorriso que só de quem marca a vida das pessoas pode proporcionar. Casado por mais de 60 anos com a senhora Apparecida Ignes Pandin Lopes, falecida há quatro anos, a família do seu João, como é mais conhecido, se completa com dois filhos, cinco netos e um bisneto. Todos criados graças aos esforços e perseverança dele e da esposa. Sua dedicação ao trabalho não atrapalhou na família, das palavras do filho Celso Luiz Pandin Lopes, até serviu de espelho para que todos acompanhassem o ritmo dele e construir a história da família e da Pandin. Para Solange Pandin Ginak, o seu João nunca está triste e costuma dizer toda a manhã: “ tô vivo! amanheci, mais um dia”.

“Bom demais, pai excelente. Significa tudo. Hoje continua na ativa, com 84 anos indo à Pandin, trabalhando na parte administrativa e financeira, seu assunto é trabalho. O princípio da nossa vida sempre foi o pai. Ele começou tudo e nos deu a oportunidade de continuar. Pela dedicação total à família só temos que agradecer. Pelos seus 70 anos de trabalho só mirou a família. Está na luta até hoje. O melhor pai do mundo é quem deu o futuro, quem deu a vida”.

Celso Luiz Pandin Lopes (filho) “O que guardo muito do seu João? Pra mim ele foi um pai a vida inteira, ele sempre me quis muito bem, sempre foi muito bom para mim. Eu perdi meu pai cedo então ele foi um pai para mim, nunca deixou faltar nada pros filhos, netos, sempre acolheu todo mundo. Uma pessoa maravilhosa”.

Tânia Maria Bianchi Lopes (nora) “É muito fácil falar do João Lopes, homem de bem, bom pai, responsável em seus atos, alem do mais um exemplo de profissional. Em todo este tempo de convivência nunca discutimos, as nossas decisões não tinham cunho particular e sim visar o bem-estar da sociedade. Lhe agradeço pela dedicação e o respeito que dedicou todos estes anos aqui na Pandin”.

João Lopes e Apparecida Ignes no Thermas de Ibirá na década de 60.

Benito Pandim revista pandin junho, 2013

35


LADO B

“Eu trabalhei com o João em outra firma de marceneiro durante quatro anos, de 1950 até 1954. Nós abrimos a empresa, desde quando ele começou a namorar uma irmã nossa. Apareceu uma oficina de marcenaria, aí meu pai perguntou para o João Lopes se ele queria entrar na sociedade comigo, porque ele era um excelente marceneiro”.

Antonio Pandim

Casamento de João Lopes e Apparecida Ignes

“Em 1958 começamos a indústria de móveis de aço abrindo mercado no estado de São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul. Soubemos que em Alfenas/MG, tinha uma indústria de móveis parada, fomos lá e compramos o maquinário. Colocamos em dois caminhões e trouxemos para Rio Preto e assim construímos a primeira indústria no Jardim Urano. A função do seu João era de vendedor, entregador, recebedor (risos), carregava caminhão, descarregava. Durante as décadas seguintes o seu João sempre foi uma pessoa exemplar, mesmo sendo cunhado (risos) porque cunhado é um problema ainda mais sendo espanhol, mas sempre teve uma família muito bacana, foi uma pessoa humilde e trabalhadora”.

José Pandim

36

revista pandin junho, 2013

Bodas de Ouro 1999, Rancho Vista Alegre.


CAUSOS DO SEU JOÃO “Teve uma época que nós começamos a vender ventilador de teto e instalar. O consumidor não tinha esse costume de utilizar ventilador dessa forma, foi um pouco difícil. Teve uma vez que nós colocamos 50 ventiladores no caminhão e saímos para vender, mas vendemos uns 10, aí na volta nós paramos perto de Frutal/MG e vendemos um ventilador num bar, estava um calor. O João foi lá e conversou com o dono do bar, falando que tinha um ventilador, o povão que estava tomando as pingas também animou para fazer as compras. Então o João subiu na escada, foi lá no telhado do bar tirou as telhas, fizemos a instalação e continuamos a viagem de volta. No meio do caminho vinha uma tempestade e o João lembrou que tinha colocado o ventilador e não tinha voltado as telhas, mas já estava longe, não tinha como voltar, acho que o dono do bar deve ter ficado muito nervoso quando a chuva chegou lá (risos). Essas coisas acontecem”.

José Pandim Batizado do bisneto.

“João Lopes é um exemplo de profissional ao qual tenho grande admiração. Vivemos algumas derrotas e muitas vitórias más nunca desistimos. Ao longo desses anos de sociedade presenciei o esforço, dedicação e o prazer em tudo o que faz. Desejo que continue trilhando seu caminho com passos fortes”.

Benito Pandim Festa em família

“Na Bodas de Ouro do seu João e da dona Apparecida , em 1999,

fizemos uma festa

surpresa na fazenda da família. Tudo certo, quando eles chegaram, nem sonharam o que iria acontecer. Fretamos um ônibus com toda a família e até parentes mais distantes. O seu João ficou preocupadíssimo, porque não teria comida para todos e começou a ficar desesperado, sempre pensando em todos primeiro, só se acalmou quando mostramos que tudo era combinado e tinha um boi inteiro para a festa (risos). Eles agradeceram tanto, ficaram muito felizes”.

Tânia Maria Bianchi Lopes (nora) revista pandin junho, 2013

37


MENTE SÃ, CORPO SÃO

Treinamento Funcional Exercícios baseados em atividades do dia a dia procuram estimular todas as partes do corpo

Q

uando o assunto é tratar do corpo para perder aqueles quilinhos a

atividades físicas,

mais, fórmulas não faltam. Algumas mirabolantes que prometem

e de preferência

resultados fantásticos em pouco tempo e com o mínimo de esforço.

com o aval de um

Mas é preciso tomar muito cuidado com o que se lê ou falam por aí, porque cada

médico ou um profissional

pessoa reage de uma forma diferente e, por isso, o recomendado é sempre buscar

da

a orientação de um especialista no assunto.

esportiva. Lembrando que

Uma modalidade de atividade física que está fazendo sucesso é o Treinamento

área

da

medicina

quanto mais cedo começar

Funcional. Diferente da musculação tradicional, essa atividade trabalha o corpo

um programa de treinamento

como um todo. Segundo o professor Evandro Bueno, coordenador técnico e

funcional, melhor.

sócio-proprietário da SOLO Academia, em São José do Rio Preto/SP, as formas

Revista Pandin - Como são as aulas?

de treinamento tradicionais, à disposição nas academias, como por exemplo

Evandro - As aulas são mais “puxadas”

a musculação, tem por finalidade trabalhar músculos isolados fortalecendo

do que os métodos tradicionais porque

e aumentando o tamanho desse músculo, mas com pouco impacto sobre a

exigem

função do corpo, então esse tipo de programa acaba sendo focado na estética,

cardiovascular

e muitas pessoas conseguem seus objetivos, porém acabam construindo um

exercícios multiplanares (vários planos

corpo aparentemente forte. No treinamento funcional, o foco está voltado para

de movimento) e multiarticulares (mais

a melhoria da função, propondo exercícios que trabalham o corpo de uma forma

de uma articulação), porém não são

integrada e global.

monótonas e repetitivas o que aumenta

por

mais se

do

sistema

tratarem

de

a retenção de alunos nesta modalidade.

ser forte? Então eu vou lhe oferecer força com

O programa deve primeiro restabelecer as

habilidades

motoras

fundamentais

aumentam a mobilidade e o controle motor

(adquiridas na infância e muitas vezes

do corpo, aí sim o corpo vai desenvolver mais

perdidas durante o processo de crescimento

força, potência e resistência. O resultado é

e maturação) depois, trabalha-se com

um corpo equilibrado, forte e com um menor

movimentos mais complexos e específicos.

risco de lesão, aumentando a capacidade do aluno/atleta de realizar as tarefas do dia a dia,

Revista

Pandin

Utiliza

algum

equipamento especial?

que vão desde subir uma simples escada até

Evandro - O treinamento funcional

competir em alguma modalidade esportiva de

não depende de equipamentos e máquinas,

nível profissional ou amador. De quebra, você

muito pelo contrário, precisa-se de espaço

também melhora a aparência e a forma física

físico adequado que proporcione mais

porque embora não seja o objetivo principal o

liberdade de movimento. Porém, existem

treinamento funcional constrói um corpo mais

centenas de acessórios disponíveis para o

atlético”, explica Evandro.

treinamento funcional, o que diversifica

Revista Pandin - Quem pode praticar? Evandro - Qualquer pessoa pode praticar treinamento funcional desde que não apresente complicações de saúde que impeçam a prática de

revista pandin junho, 2013

pouco

“Nós falamos para os nossos alunos: você quer controle. Então são programados exercícios que

38

um

bastante os exercícios, auxilia e fornece uma gama de ferramentas muito úteis para o trabalho do professor. Revista Pandin – Em quanto tempo o


aluno percebe o resultado?

pequenas refeições, várias vezes por dia, sempre no mesmo horário. É preciso

Evandro - Os resultados começam a surgir rapidamente, é claro que vai depender da frequência semanal e da capacidade funcional de cada aluno, mas em poucas

disciplina, mas com o tempo acostuma. Nesse período de treinamento perdi nove quilos e minha vida melhorou muito. Agora é só manter”, ressalta. Sempre é hora de começar a se exercitar. Pesquise a atividade física que mais lhe agrada, alongue e bons exercícios. Sua saúde agradece.

semanas os problemas de mobilidade vão desaparecendo e vai aumentando o controle motor, depois os treinos vão ficando mais complexos e o aluno vai adquirindo mais força, potência e resistência, isso irá se traduzir

numa

melhoria

condicionamento

do

físico

geral e bem-estar do aluno. Revista Pandin –

A

alimentação

também é trabalhada? Evandro

- É importante aliar os

treinamentos

a

uma

alimentação

balanceada, equilibrada e individualizada para

a

portanto,

otimização

dos

aconselhamos

a

resultados, orientação

de um nutricionista especializado em nutrição esportiva. É importante que as pessoas procurem treinadores/professores especializados no assunto, com pelo menos uma certificação em treinamento funcional, porque tal atividade requer conhecimento aprofundado sobre o movimento humano. O praticante, Gustavo Ruiz, explica que depois de realizar exames de rotina, foi diagnosticado com alguns problemas de saúde devido à falta de exercícios e alimentação irregular. “Após os resultados dos exames, percebi que precisava mudar os meus hábitos. Havia praticado algumas atividades

físicas,

mas

sem

sucesso.

Descobri o Treinamento Funcional e seus benefícios realizando um trabalho para um cliente. Procurei uma academia que oferecia esse serviço, fiz uma avaliação e comecei com exercícios específicos para meu corpo”, explica. Praticando regularmente há mais de cinco meses com duas aulas semanais de uma hora em que reveza exercícios com cordas, bolas e escaladas, Gustavo colhe os resultados. “Hoje me sinto melhor, mais saudável, com um bom condicionamento físico e novos hábitos alimentares. Faço

Professor Evandro Bueno Coordenado técnico e sócio-proprietário da SOLO Academia Especializado em Fisiologia do Exercício – UNIFESP –Escola Paulista de Medicina Master-trainer do FMS (Functional Movement Screen) Dallas, Texas Certificação Atlhlete’s Performance, Los Angeles (EUA) Professor e coordenador do Instituto SOLO de Treinamento Funcional www.academiasolo.com.br revista pandin junho, 2013

39


POR UM PLANETA MELHOR

Desenvolvimento com respeito ao planeta O gás de cozinha utilizado nos processos industriais da Pandin

P

resente

em

milhares

de

residências em todo mundo, o gás de cozinha utilizado para

uso doméstico também é muito útil nos processos industriais da Pandin. Na verdade, estamos falando do GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) que é um dos subprodutos do petróleo como a gasolina, diesel e os óleos lubrificantes, sendo retirado por meio de refino em uma refinaria de petróleo. Tornase liquefeito apenas quando é

armazenado

em

bilhas/

botijões ou tanques fabricados em aço de várias capacidades volumétricas e formas. Na

Pandin,

o

GLP

é

utilizado nas estufas de secagem de pintura líquida, nas estufas de secagem de pintura a pó, na linha de spray, imersão e na linha das embaladoras com filme de plástico termoretrátil para conceber uma melhor proteção ao produto final, ou seja, pintura e acabamento, sendo o maior volume em pintura. Mensalmente são utilizados 35 mil kg de gás. Em busca de uma eficiência energética, atendendo às exigências de um mundo mais verde, a Pandin alterou profundamente sua matriz energética, pois antes, para obtenção de

40

revista pandin junho, 2013


calor, utilizava duas caldeiras que consumiam lenha reciclável. Segundo o engenheiro de processos, Carlos Aurélio Zirwes, o GLP tem inúmeras vantagens, pois não é corrosivo, poluente e nem tóxico. É um produto de fácil combustão; transforma-se rapidamente em gás combustível ao ser liberado na pressão atmosférica, além de apresentar um elevado poder calorífico, tendo inclusive um desempenho superior em relação a outros combustíveis. Sua combustão nos queimadores instalados nas estufas e nas embaladoras é limpa e controlada com uma boa

Queimador transforma o gás em calor

qualidade e performance, além de proporcionar uma maior durabilidade dos equipamentos industriais. O processo de implantação do GLP começou em novembro de 2011 e contou com a equipe de manutenção, uma empresa de trocadores de calor e a empresa fornecedora de gás. “A utilização é muito simples, já havia certo conhecimento da equipe em relação ao GLP, o maquinário estava adaptado, mas mesmo assim, houve a compra de novas embaladoras próprias para gás. Nós esperamos que esse modelo dure por mais uns

CURIOSIDADE

50 anos, pois é uma operação muito limpa” completa Zirwes.

Reservatórios de GLP

GLP não possui cor nem odor próprio, mas por motivo de segurança, nele é adicionada a substância (Mercaptano ou Tiol) ainda nas refinarias, para facilitar sua detecção.

revista pandin junho, 2013

41


Zé Viaja

N

esta edição, o Sr. José Pandim viaja até o paradisíaco estado do Maranhão, passando por São Luís, Chapadinha, Imperatriz, Açailândia e Araguaiana.

Voltando para São Paulo, os destinos foram as cidades de Ibitinga e Sertãozinho. Essa iniciativa estreita cada vez mais a relação Pandin e representantes, mostrando a preocupação em conhecer quem faz da Pandin excelência em móveis de escritório no Brasil. Pegue uma carona com o Sr. José Pandim e boa viagem.

Revenda: Landry Móveis – Chapadinha/MA Fernando, Lano, Bell, Patricia, Joelma, Landry, José Pandim, Prof. Mataroma e Lima

Revenda: Smyllen Móveis – São Luís/MA José Pandim, Elimar, Maria José, Andresa, Aurélio, Fabiano Jr, Ana Maria, Damio, Diana, Marilia e Fernando

Revenda: Femah – Imperatriz/MA Antonio Sergio, Edson, Iris, José Pandim e Edilson

Revenda: Smyllen Móveis – São Luís/MA José Pandim, Aglaylson, Luis Carlos, Fabiano Jr e Antonio Sergio

Revenda: MD Moveis Corporativos – Sertãozinho/SP José Pandim, Roberclei,Sergio, Antonio Sergio e Marilda


Revenda: Lumaq Móveis – Araguaína/MA Fernando, José Pandim, Lara, Josivan, Náurea e Junior Ferrari

Revenda: Gardeni Móveis – Açailândia/MA Antonio Sergio, Francilene, Wagner, Carla, Sheila, Waleson, Marcos, Adejaira e José Pandim

Revenda: Suprimatic – Ibitinga/SP Antonio Sergio, Elivelton, Greicy, José Pandim, Fernanda e Roberclei

Revenda: Mobilia – São Luís/MA Antonio Sergio, Ivan, Dilson, Lindomar, Alberto, Hellen, Ana, José Pandim e França

Revenda: Movel Line – São Luís/MA Fernando, Léia, Williane, Wilitan, Solange, Gislaine e José Pandim

Revenda: Haroldo Cavalcanti – São Luís/MA Fernando, Edivaldo, Fernanda, Marcos, Rosemeire, Régia, Haroldo Jr, José Pandim, Sebastiana e Sr. Antonio


Revista Pandin 5 edição  

Oportunidades de negócios Pandin, Pandin 5S, Treinamento Funcional

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you