Issuu on Google+

Força e Coragem Por Célio Teixeira Jr

Força e coragem parecem ser palavras de ordem na Bíblia. Deus as disse de forma especial a Josué, substituto de Moisés como líder do povo de Deus: “Sê forte e corajoso, porque tu farás este povo herdar a terra que, sob juramento, prometi dar a seus pais. Tão-somente sê forte e mui corajoso...” (Js 1.6,7). E ainda: “Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus é contigo por onde quer que andares” (Js 1.9). Mas Deus as disse também aos reis de Israel e Judá, aos sacerdotes, aos profetas e ao povo de forma geral. Destaco o encorajamento dado a Daniel pelo Senhor em ocasião propícia: “Não temas, homem muito amado! Paz seja contigo! Sê forte, sê forte. Ao falar ele comigo, fiquei fortalecido e disse: fala, meu senhor, pois me fortaleceste” (Dn 10.19). Jesus usava com frequência uma expressão semelhante: “Tem bom ânimo”. Ele a disse para os enfermos antes de curá-los, disse para os aflitos antes de comunicar-lhes o alívio e disse para os discípulos antes dos desafios que haveriam de encontrar por toda sua caminhada no discipulado cristão: “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo: eu venci o mundo” (Jo 16.33). Paulo também usou essa frase de força e encorajamento algumas vezes para ajudar aqueles que estavam à sua volta (At 27.22; 2Co 5.6) e ele mesmo a recebeu quando tanto precisava (2Tm 1.16). Mesmo o mais ousado dos filhos de Deus precisa, com frequência, de força e coragem. Embora força e coragem sejam desafios que nos são dados, eles não se encontram em nós mesmos, mas no Senhor que nos fortalece: “Tudo posso naquele que me fortalece” (Fp 4.13). Força e coragem são exercícios de fé em Deus por meio de Cristo Jesus. Força e coragem são atributos do Espírito do Senhor que em nós habita: “Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação” (2Tm 1.7). Força e coragem são verdades alimentadas em nós pelas promessas de Deus que encontramos em Sua Palavra: “A

minha alma, de tristeza, verte lágrimas; fortalece -me segundo a tua palavra. Afasta de mim o caminho da falsidade e favorece-me com a tua lei” (Sl 119.28,29). Essas promessas, diz a Bíblia, têm em Jesus o “sim” (2Co 1.20) e isso, com certeza, é motivo de força e coragem para a nossa alma, no enfrentamento de nossas lutas e nos desafios que surgem em nossa caminhada de vida. O que nos cabe, portanto, é buscar em Deus a nossa força e nEle a nossa coragem. Além disso, força e coragem podem ser mutuamente alimentadas na igreja entre os filhos de Deus. Moisés encorajou Josué: “Chamou Moisés a Josué e lhe disse na presença de todo o Israel: Sê forte e corajoso; porque, com este povo, entrará na terra que o SENHOR, sob juramento, prometeu dar a teus pais; e tu os farás herdá-la” (Dt 31.7). Paulo recebeu ânimo de Onesíforo (2Tm 1.16) e todos nós somos exortados a nos consolar e nos animar mutuamente (Cl 3.16). Talvez seja importante ressaltar que ânimo e coragem, embora pertençam ao Senhor e nEle se encontrem, não são realidades que acontecem em nós automaticamente e nem ficam armazenadas num cantinho da alma para usufruirmos quando a necessidade chegar. Precisamos buscá-las todos os dias. O tempo também não nos fará necessariamente mais fortes e corajosos. Pelo contrário, o tempo pode se transformar em algoz e meter medo em nossos corações. Força e coragem precisam ser adquiridas, conservadas e alimentadas. Ora, se elas estão em Deus, então precisamos buscá-las na comunhão com o Senhor, nas benditas horas de oração, nos momentos sublimes de adoração e louvor, na leitura persistente da Palavra da Verdade, na comunhão da Igreja de Jesus, na prática da vida cristã e na evangelização. Ninguém se torna forte e corajoso longe da comunhão do povo de Deus, longe do ambiente de culto, longe das verdades do Senhor, longe da Bíblia e longe da oração. Portanto, meu querido irmão, não se enfraqueça, não se desencoraje, não se desanime estando longe de Deus e da Sua Igreja. Pelo contrário: tenha força e coragem. E que Deus abençoe sua vida. Rev. Célio Teixeira Júnior (revctj@uol.com.br



Força e coragem