Page 1

A terra está cheia! Por Célio Teixeira Jr

A terra está cheia de realidades que são opostas entre si, que coexistirão até o fim e que, finalmente, terão, cada uma, o seu lugar. A terra está cheia da bondade de Deus e das riquezas do Senhor (Sl 33.5; 104.24). Mas tristemente a terra também está cheia de ídolos, de violência e de imoralidade (Is 2.8; Jr 23.10; Ez 7.23). Se isso foi verdade lá no passado e dizia respeito, principalmente, à terra de Israel, hoje, sem dúvida alguma, podemos aplicar essa realidade aos quatro cantos da terra. Jesus disse que a maldade se espalharia, que o amor se esfriaria (Mt 24.4-12) e que o joio também haveria de crescer até o tempo da colheita (Mt 13.24-30). A terra foi criada boa e perfeita e Deus a deu ao homem (Sl 115.16), mas o homem a corrompeu e, por causa dele, a terra adoeceu (Gn 3.17). Ela passou a abrigar em seu seio o homem pecador que a encheu de toda sorte de maldade e corrupção (Gn 6.13). Os tempos se tornaram maus porque os homens se tornaram egoístas, adoradores de si mesmos, amantes do brilho da prata, amigos dos prazeres e inimigos de Deus (2Tm 3.15). O que faz a terra ainda ser um bom lugar de viver é que ela ainda conserva a bondade e as riquezas do Senhor. A graça de Deus cobre a terra de norte a sul, de leste a oeste. Ele prometeu que, enquanto ela existir, nunca haverá de faltar sementeira e ceifa, frio e calor, verão e inverno, dia e noite (Gn 8.22). Jesus também nos ensina em suas palavras que Deus faz nascer o sol sobre maus e bons e vir chuvas sobre justos e injustos (Mt 5.45). Deus poderia, com um só relance do seu olhar, fazer a terra tremer (Sl 104.32). Poderia destruí-la sem piedade com um simples estalar de seus dedos. Mas Ele ainda a conserva e a própria terra geme e suporta a aflição até agora, pois ela aguarda a adoção dos filhos de Deus, quando ela mesma será redimida do cativeiro (Rm 8.20-22). Deus a conserva porque ainda tem um propósito sobre ela e para ela. Há filhos de Deus que ainda serão salvos aqui e a terra será restaurada um dia para a glória do Senhor. A Bíblia nos diz que a terra se encherá do conhecimento de Deus,

como as águas cobrem o mar (Is 11.9; Hc 2.14). Pedro, o apóstolo, nos dá conta de que no novo céu e na nova terra a justiça habitará (2Pe 3.13). A nova terra é essa terra renovada, purificada e totalmente restaurada. Há um limite que o Senhor estabeleceu para a maldade aqui. Esse limite não será ultrapassado. Por isso podemos dizer que, até o fim, a terra não se encherá totalmente da impiedade, da corrupção, da imoralidade e da injustiça, pois se o joio vai ser semeado até o fim, o trigo também o será. O que se encherá dessas coisas é o limite da paciência de Deus, ou, como diz a Bíblia, da longanimidade do Senhor (2Pe 3.9). Talvez essas realidades aumentem a proximidade do fim, mas Deus há de conservar na terra a Sua Palavra, o Seu povo e a Sua graça, ainda que seja somente um remanescente de tudo isso. Quando Ele mesmo retirar tais verdades e a iniquidade se multiplicar, logo em seguida Ele manifestará a Sua justiça, o Seu reino e a Sua glória para sempre (2Ts 2.7,8). Como bons observadores, concluímos que esse tempo se avizinha e não há de se retardar. E que venha sem demora, pois, para dizer a verdade, o engano, o erro, a falsidade, o desamor e o distanciamento de Deus, não só têm ofendido os céus, mas têm nos desgastado sobremaneira como servos de Deus e filhos da luz. O que temos a dizer é que, enquanto o limite da paciência de Deus não se encher, você e eu precisamos pregar o evangelho e espalhar a luz do testemunho cristão (Mt 5.13-16). A terra está cheia da maldade humana, mas não totalmente cheia. Ela está cheia da injustiça, mas ainda há justos sobre ela. Ela sofre com o golpe mortal do pecado, mas ela há de reviver. Os únicos que têm consciência de tudo isso somos nós, crentes em Cristo Jesus. Somos nós, povo de Deus, os responsáveis por ela, em todos os sentidos. Devemos cuidar da terra, evangelizar seus moradores e perseverar até o fim na esperança de vê-la gloriosa. Rev Célio Teixeira Júnior (revctj@uol.com.br)

A terra esta cheia  

Artigo escrito por Rev. Célio Teixeira Jr - Igreja Presbiteriana de Jaú

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you