Issuu on Google+

Informativo do Colégio Jesus Maria José de São Paulo/SP Ano 1 – Número 01

Janeiro – Junho / 2013

Este ano temos o prazer de dar início ao primeiro Jornal on line do Colégio Jesus Maria José de São Paulo. Nosso objetivo é proporcionar a você leitor, uma participação mais ativa nas atividades que acontecem dentro do nosso ambiente escolar. Queremos que você acompanhe os acontecimentos que mais marcaram o nosso semestre através de relatos, entrevistas, fotos etc. Esperamos que gostem do que preparamos para você! BOA LEITURA! Equipe de jornalistas do JMJ


EVENTOS

Colégio Jesus Maria José – São Paulo/SP Janeiro – Junho / 2013

Missa de São José – 19 de março São José é o santo que intercede por todas as graças que necessitamos, muitas vezes de maneira surpreendente e quase inacreditável. Os singulares privilégios de São José foram revelados à Serva de Deus, Santa Agueda: ‡ Por sua intercessão alcançamos a virtude da castidade e a vitória sobre as tentações contra pureza. ‡ Por sua intercessão alcançamos o poderoso auxilio da graça para sair do pecado e voltar a amizade com Deus. ‡ Por seu intermédio alcançamos a benevolência da Santíssima Virgem Maria e a verdadeira devoção a ela. ‡ Por sua intercessão alcançamos a graça de uma boa morte e a especial proteção contra o demônio nesta hora. Os espíritos malignos estremecem ao ouvir o nome de São José. ‡ Por sua intercessão alcançamos a saúde do corpo e o auxílio nas mais diversas necessidades. ‡ Por sua intercessão as famílias alcançam a bênção da prosperidade. Nossa Senhora revelou a Santa Agueda: "Os homens ignoram os privilégios que o Senhor concedeu a São José, e quanto pode sua intercessão junto de Deus. Somente no dia do Juízo os homens conhecerão sua excelsa santidade e chorarão amargamente por não haverem se aproveitado desse meio tão poderoso e eficaz para sua salvação e alcançar as graças de que necessitavam“.a

Fotos: Professora Cecília

Figura: Banco de imagens Google ®


De

Colégio Jesus Maria José – São Paulo/SP Janeiro – Junho / 2013

no JMJ

EVENTOS Via Sacra – 22 de março

   A  Via-­‐sacra,  ou  Caminho  da  Cruz,  é  um   caminho  de  oração  muito  importante,   pois  tem  como  obje;vo  principal  levar  as   pessoas  a  meditarem  naquilo  que  é  mais   fundamental  no  cris;anismo:  o  mistério   pascal  de  Jesus  Cristo,  a  sua  morte  e   ressurreição.       Os  úl;mos  passos  de  Jesus  na  terra  são   representados  por  uma  série  de  imagens   da  sua  Paixão,  morte  e  sepultura,   denominados  estações.       A  Via-­‐sacra  pode  ser  rezada  durante   todo  o  ano  litúrgico,  mas  adquire  um   significado  especial  durante  a  Quaresma,   principalmente  na  Sexta-­‐feira  Santa.      

Fotos: Professora Cecília


De no JMJ

Colégio Jesus Maria José – São Paulo/SP Janeiro – Junho / 2013

EVENTOS Show da Banda CAPS LOCK – 01 de abril

Os  meninos  do  Caps  Lock  con;nuam  firmes     no  projeto  Rock  Solidário,  levando  seu  pocket  show  acús;co   para  os  Colégios  de  todo  Brasil  e  o  JMJ  mais  uma  vez  abraçou   essa  causa  promovendo  a  arrecadação  de  alimentos  para   ajudar  a......    

Fotos: Professora Cecília


De

Colégio Jesus Maria José – São Paulo/SP Janeiro – Junho / 2013

no JMJ

EVENTOS Missa de Páscoa – 01 de abril Páscoa é dizes “sim” ao amor e a vida! É investir na fraternidade, é lutar por um mundo melhor, é vivenciar a solidariedade Laine Matsuno Relato  dos  alunos  do  5ºano  sobre  suas  par;cipações  na  missa.       Beatriz  Pucca  –  5º  ano  A   Eu  fui  na  missa  de  Páscoa  e  foi  muito  boa.  Teve  uma  homenagem  a  Jesus,  que  estava  lá   com  a  gente.  Foi  muito  legal  a  parte  do  anjo.  

Guilherme  Freitas  –  5º  ano  A   Foi  diverJdo  por  causa  da  Irmã  cantando  com  o  violão.  O  que  eu   mais  gostei  foi  da  encenação  da  ressurreição  de  Cristo,  foi  legal.  

Júlia  R.  Grandini  –  5º  ano  C   Foi  bem  legal,  gostei  das  músicas  que  tocaram    na  missa  e  do  ofertório.  

Fotos: Professora Cecília


De

Colégio Jesus Maria José – São Paulo/SP Janeiro – Junho / 2013

no JMJ

EVENTOS Missa de Páscoa – 01 de abril OS SÍMBOLOS DA PÁSCOA E SEUS SIGNIFICADOS

Fonte: Google ®


De

Colégio Jesus Maria José – São Paulo/SP Janeiro – Junho / 2013

no JMJ

EVENTOS Missa de Páscoa – 01 de abril OS SÍMBOLOS DA PÁSCOA E SEUS SIGNIFICADOS

Fonte: Google ®


De no JMJ

Colégio Jesus Maria José – São Paulo/SP Janeiro – Junho / 2013

EVENTOS Semana Missionária – 15 a 19 de abril

Relatos   dos   alunos   do   5ºano   sobre   a   Semana   Missionária:     Laura  Malaquias  –  5º  ano  A   Foi  bem  legal,  as  irmãs  eram  engraçadas,  e  eu  me   diverJ   muito.   Foi   uma   palestra   só   que   bem   mais   pra   criançada,   nós   dançamos,   aprendemos   músicas   bem   educaJvas.   Eu   admito   que   achava   que   ia   ser   chato,   só   que   eu   me   enganei,   pelo   contrário,   foi   muito   gostoso,   eu   amei,   pulei   de   montão  na  música  da  pipoca.  Todos  se  reuniram  e   começaram  a  pular.           Breno  Nitopi  –  5º  ano  C   Foi   um   dia   da   Semana   Missionária   muito   legal,   pois   depois   de   ter   parJcipado   de   brincadeiras   que   nos   aproximavam   de   Deus,   presenciamos   a   comemoração   dos   votos   perpétuos   da   Irmã   Marcia.  

Fotos: Professora Cecília


De

Colégio Jesus Maria José – São Paulo/SP Janeiro – Junho / 2013

no JMJ

EVENT

S

3ª Noite de Pizza – 04 de maio

Entrevista  a  coordenadora  de   eventos  Tabata  Bulhon       No  ano  de  2013  a  3ª  Noite  da   Pizza  teve  por  obje;vo   arrecadar    dinheiro  para  ajudar   os  alunos  de  nossa  escola  na   Jornada  Mundial  da  Juventude   que  ocorrerá  em  Julho  no   Estado  do  Rio  de  Janeiro.  

Fotos: Professora Cecília


De no JMJ

Colégio Jesus Maria José – São Paulo/SP Janeiro – Junho / 2013

EVENTOS Votos perpétuos – Irmã Márcia Aparecida Brito Florença  e  Marina:  A  senhora  planejava  ter   uma  família?                  Ir.  Márcia:  Quando  era  mais  nova   namorei,  mas  nunca  tão  sério  para  pensar   em  casamento,  teve  um  tempo  que  pensei   sim  em  ter  filhos.     Florença  e  Marina:  Como  foi  a   consagração?                  Ir.  Márcia:    Foi  muito  emocionante,  foi   num  domingo,  na  capela  do  colégio,  toda   escola  estava  presente,  minha  família,  foi   muito  especial.     Florença  e  Marina:  Sua  família  aceitou  a  sua   vocação  para  a  igreja?                  Ir.  Márcia:    No  começo  não,  tem  15   anos  que  sigo  à  Deus,  mas  de  tanto  eu   querer  eles  aceitaram.   Florença  e  Marina:  A  senhora  não  deveria   usar  véu?                  Ir.  Márcia:    O  costume  dos  religiosos  é   esse,  no  colégio  temos  outro  hábito,  é   opcional  para  as  irmãs.  

Fotos: Professora Cecília


De no JMJ

Colégio Jesus Maria José – São Paulo/SP Janeiro – Junho / 2013

PROJETOS DO JMJ Entrevista  cedida  pela     Professora  Ana  Paula  de  Campello   responsável  pela  Equipe  de  Robó;ca  

No  dia  25  de  maio,  a  Equipe  de  Robó;ca  do   Colégio   Jesus   Maria   José,   São   Paulo,   integrado   à   Rede   RCE,   par;cipou   da   Olimpíada  Brasileira  de  Robó;ca  –  OBR,  que   aconteceu   na   FEI   em   São   Bernardo   do   Campo.   Para   esta   a;vidade,   o   colégio   inscreveu  três  grupos:  o  “HeY  DaNgEr!”  com   3   alunos:   André   de   Andrade   Jabur     Arthur   Antônio   Pinto   Aguiar   e   Lucas   Colonna   Romano   da   Silva;   a   equipe   “E   ai   mano?!”,   também   com   3   alunos:   Guilherme   de   Souza   Couto,   Guilherme   Dias   Scarabichi   e   João   Carlos   Pistori;   e   “Nêmesis”   com   2   alunos:   Marcelo   Henrique   lobascz   e   Victor   Augusto  Soares  Gonzalles.       Para  Olimpíada,  os  alunos  criaram  3  robôs  u;lizando  kits  de  robó;ca,  placas  e  componentes  eletrônicos,  além   da  estrutura  feita  com  peças  de  lego.  De  acordo  com  as  normas  da  OBR,  os  robôs  deveriam  ser  autônomos,   sem   qualquer   interferência   humana   e   teriam   que   ser   iniciados   manualmente   pelos   operadores.   O   uso   de   controle  remoto  não  era  permi;do  e  os  robôs  deveriam  ser  feitos,  programados,  desenvolvidos  e  ajustados   apenas  pelo       A   Olimpíada   Brasileira   de   Robó;ca   propôs   dois   desafios   para   criação   desses   robôs:   um   para   o   nível   1   (alunos   do  ensino  fundamental)  e  outro  para  o  nível  2  (alunos  do  ensino  médio).  Para  o  nível  1,  o  robô  deveria  ser   capaz  de  seguir  o  trajeto  dado,  desviar  de  objetos,  passar  por  cima  de  elementos  colocados  pelo  caminho,   subir  uma  rampa,  caminhar  em  direção  a  uma  sala  onde  deveria  soar  um  alarme  ou  emi;r  um  sinal  luminoso,   e  então  desligar  a  programação.  Para  o  nível  2,  o  desafio  era  bem  parecido,  porém  havia  mais  obstáculos.       A  equipe  “HeY  DaNgEr!”  conquistou  o  Prêmio  Extra  ESCOLA  PRIVADA  (Medalhas  aos  alunos  da  equipe  com   melhor  pontuação  na  compe;ção  dentre  todas  as  equipes  de  escolas  privadas,  par;culares  ou  confessionais   par;cipantes).   A   equipe   “E   ai   mano?!”   obteve   o   Prêmio   Extra   ELEGÂNCIA   (Medalhas   aos   alunos   da   equipe   que   produziu   o   robô   mais   bonito   e   bem   acabado).   E   o   Prêmio   Extra   para   MELHOR   ESTREANTE   foi   dado   merecidamente  para  a  equipe  “Nêmesis”  (Este  prêmio  contempla  a  melhor  pontuação  na  compe;ção  dentre   todas   as   equipes   estreantes).   Além   disso   a   equipe   “Hey   DaNgEr!”   ficou   com   a   quinta   colocação   geral   da   Olímpiada.      

hrp://www.youtube.com/channel/UCFzVHoCXr7QKP8U9BYuVNkQ  


De no JMJ

Colégio Jesus Maria José – São Paulo/SP Janeiro – Junho / 2013

PROJETOS DO JMJ Por Florença Antunes e Marina Schroder

Entrevista  cedida  pelo     Professor  Alex  de  geografia   responsável  pela  Olimpíada  de  Astronomia  e  de  Astronáu;ca  

Segundo  o  Professor  Alex,  o  projeto  tem  por  obje;vo  ampliar  o  conhecimento  astronômico  e    de   fontes  energé;cas  dos  par;cipantes,    aumentando  o  interesse    dos  alunos  sobre  o  espaço   astronômico  e  tudo  que  o  compõem.     As  Olimpíadas  de  Astronomia  e  de  Astronáu;ca  acontecem  todos  os  anos  e    sempre    mudam  seu   enfoque  para  con;nuar  atraindo  a  par;cipação  dos  alunos.  Agora  em  2013,  os  assuntos  mais   abordados  são  foguetes  e  constelações.     Todos  os  alunos,  desde  do  Ensino  Fundamental  I  ao  Ensino  Médio  podem  e  estão  convidados  a   par;cipar  da  OBA.     Os  par;cipantes  são  avaliados  e  as  provas  são  encaminhadas  aos    responsáveis    pelas  olimpíadas   e  os  9  melhores  colocados  passam  para  a  segunda  fase.      


De no JMJ

Colégio Jesus Maria José – São Paulo/SP Janeiro – Junho / 2013

PROJETOS DO JMJ Por Florença Antunes e Marina Schroder

Entrevista  cedida  pelo     Coordenador  Paulo  Candido   idealizador  dos  primeiros  jogos  entre     as  turmas  do    Ensino  Fundamenal  II  

Florença  e  Marina:  Quem  criou  as  provas?   Coord.  Paulo:  Quando  ;vemos  a  ideia  do  Interfund,  eu  e  o  professor  Roberto  fizemos  uma   pesquisa  na  internet  para  ver  as  provas  mais  adequadas.     Florença  e  Marina:  Uma  curiosidade  que  está  incomodando  muitas  salas  é  a  prova  do  Facebook  ®,   dá  pra  dar  uma  dica?                    Coord.  Paulo:  Nós  ;vemos  uma  mudança  na  organização  da  gincana,  algumas  provas  foram     removidas  e  vão  ficar  para  o  próximo  Interfund  ,  uma  delas  é  do  Facebook  ®.     Florença  e  Marina:  Como  está  a  colocação?    Coord.  Paulo:  Um  dos  8º  anos  está  em  1º  lugar,  mas  ainda  há  as  disputas  de  handebol.     No  dia  22  vamos  ter  o  resultado  final.     Florença  e  Marina:  O  atraso  dos  resultados  se  deu  por  qual  mo;vo?   Coord.  Paulo:  Por  vários,  por  exemplo,  teve  uma  semana  de  recuperação  e,  para  que  os  alunos   não  pensassem  só  no  Interfund,  adiamos,  é  importante  falar  que  o  handebol  vai  acontecer   semana  que  vem  em  vez  de  quinta.     Florença  e  Marina:  O  que  os  ganhadores  vão  ganhar?   Coord.  Paulo:  1º  -­‐  Passeio  ao  sí;o                                                                                                                                2º  -­‐  1,0  ponto  na  média  de  cada  matéria                                                                                                                              3º  -­‐  0,5  ponto  na  média  de  cada  matéria     Florença  e  Marina:  As  prendas  que  não  es;verem  na  lista  podem  ser  doadas?     Vão  valer  quantos  pontos?   Coord.  Paulo:  Elas  podem  ser  doadas,  é  só  trazer  pra  cá  que  nós  avaliamos  para  ver  quanto  vale.      


De no JMJ

Colégio Jesus Maria José – São Paulo/SP Janeiro – Junho / 2013

PROJETOS DO JMJ Por Florença Antunes e Marina Schroder

Entrevista  cedida  pela     Professora  Jô   responsável  pela  1ª  Olimpíada  de  Matemá;ca  JMJ   das  turmas  do    Ensino  Fundamenal  II  

Para  a  Professora  Jô,  as  Olimpíadas  de  Matemá;ca  são  extremamente   importante  para  o  desenvolvimento  dos  alunos,  pois  eles  precisam  exercitar   o  cálculo  mental  e  desenvolver  raciocínio  lógico.     Não  se  pode  comparar  o  desenvolvimento  dos  alunos,  principalmente  se  são   de  turmas  diferentes  visto  que  para  cada  série  a  prova  é  adaptada  ao   conhecimento  de  cada  um.  O  sucesso  de  cada  aluno  está  relacionado  com    a   dedicação  dele  pelos  estudos.     Essa  afirma;va  vale  para  todas  as  matérias!      


De no JMJ

Colégio Jesus Maria José – São Paulo/SP Janeiro – Junho / 2013

PROJETOS DO JMJ Por Ulysses Gomes da Silva e Luis Pablo Trentin Mack

Meus  amigos  arteiros  e  que  gostam  de  arte,  ideias   e  bons  projetos,  este  ano  eu  criei  uma  campanha   com   meus   pimpolhos   onde   inicialmente   cada   aluno  do  4º  e  5º  ano  teriam  que  criar  um  projeto   em  defesa  de  algum  assunto  que  lhes  chama-­‐se  a   atenção,   dai   surgiram   diferentes   coisa   :   uns   foram   em   defesa   da   natureza,   do   meio   ambiente,   das   águas,   do   planeta,   outros   foram   contra   as   queimadas,  o  racismo,  a  discriminação,  a  ex;nção   de  espécies...    

O  resultado  deste  projeto  seria  feito  sobre  uma  cabeça  de  isopor,  onde  suas  ideias  sairiam   para  fora  dela  e  posteriormente  postadas  numa  página  criada  neste  ano  denominada  "eu  uso   a   cabeça"   nome   do   projeto   do   nosso   colégio   que   fala   sobre:   consumismo,   tecnologia,   alimentação,  polí;ca  e  mídia.          O  primeiro  lugar  concorre  a  um  tablet  e  os  outros  colocados  jogos  que  es;mulam  a  cabeça   da  garotada!  


De no JMJ

Colégio Jesus Maria José – São Paulo/SP Janeiro – Junho / 2013

PROJETOS DO JMJ Por Luis Pablo Trentin Mack

O  resultado  com  todas  as  cabeças   está  exposto  em  um  álbum  no   Facebook®  e  você  pode  par;cipar   escolhendo  o  trabalho  que  mais   chamar  a  sua  atenção  é  só  cur;r  a   foto  que  mais  gostar!  

hrps://www.facebook.com/EuusoaCabeca  


De no JMJ

Colégio Jesus Maria José – São Paulo/SP Janeiro – Junho / 2013

NOSSOS ESCRITORES

Ana Luiza Gama Baptista 6ºB ana_gama1@hotmail.com

Marina Idelfonso de Oliveira Schroder 6ºB marina_idelfonso@yahoo.com.br

De

Florença Barbosa Freitas Antunes 6ºB flor.antunes8@hotmail.com

Ulysses Gomes da Silva Coordenador 6ºA phineaseferbu@gmail.com

Direção Pedagógica: Irmã Márcia Aparecida Brito J Coordenação Pedagógica: Luísa Genara, Paulo Candido & Vera Werle no JM Produção e textos: Equipe de estudantes do 6ºano – Fund.II Colaboração: Equipe de alunos do 4º e 5º ano – Fund.I Organização: Professoras Cecília das Neves Silva & Tatiane Dubovicky Lacerda


Jornal 1 ano1