Voz de Guarulhos

Page 1

CORONAVÍRUS

4

Guarulhos, de 09 a 15 de julho de 2020 - Edição 103 Ano VIII - Jornalista responsável Rodrigo Sousa

Taxa de cura da covid-19 atinge 87% em Guarulhos SUSPENSÃO

4

Guti entra na Justiça contra lei que cria programa de assistência à criança portadora de microcefalia RECURSOS

DENÚNCIA

7

VOLTA DO PAULISTÃO

Cremesp denuncia irregularidades do 3CGRU ao Ministério Público SP FOTOS: CREMESP

Guarulhos contrai empréstimo de R$ 516 milhões do Banco de Desenvolvimento da América Latina

3

8

São Paulo autoriza volta do Campeonato Paulista NOVAS DESCOBERTAS

OMS reconhece surgimento de evidências sobre transmissão da covid-19 pelo ar

AQUI A INFORMAÇÃO TEM CREDIBILIDADE!

11

ESCÂNDALO

Guti paga dívida de R$ 700 mil da prefeitura com o secretário de Transportes e Trânsito

5


2

Guarulhos, de 09 a 15 de julho de 2020

EDITORIAL

No pacto pela vida, Guti escolhe o lado dos empresários “Salvar a vida é a nossa prioridade”. Essa tem sido uma das premissas mais divulgadas pelo prefeito Guti e seu grupo político desde o início da pandemia. Uma postura correta, que deveria espelhar a preocupação do prefeito com os guarulhenses. Aliás, nesse momento de aflição e incertezas vivido pela população mundial, nada melhor que governantes sábios e comprometidos com o bem-estar social da população. Mas, lamentavelmente, como tem sido recorrente em Guarulhos, nem tudo que o prefeito Guti fala, principalmente em lives de facebook, são retratos fiéis da realidade. Discursos otimistas e encorajadores, ações que podem mudar o rumo da luta contra a covid-19 simplesmente são abandonadas de uma hora para outra sem nenhuma explicação. E a população, como sempre, é a mais prejudicada com esses rompantes de instabilidade. A decisão mais recente e, talvez, uma das mais polêmicas até o momento do governo Guti nesse período de pandemia, foi a ação judicial que derrubou a liminar que obrigava 100% da frota de ônibus nas ruas. No momento que a população mais precisa Guti simplesmente escolheu virar as costas e ficar ao lado dos empresários de ônibus. Apoiado pelo Judiciário, que acatou o argumento de que 65% da frota nas ruas é suficiente para servir à população nesse momento de pandemia, o prefeito

mostra que o discurso bonito de “preservar a vida acima de tudo”, nesse caso, não passa de demagogia barata. E pior: soa como um escárnio contra o guarulhense que, diariamente, é obrigado a enfrentar filas e ônibus superlotados. Ou será que o prefeito e seus assessores acham normal as imagens que diariamente circulam nas redes sociais mostrando a superlotação no transporte público em Guarulhos, salvo raras exceções? Ao tomar tal atitude e literalmente “empurrar” milhares de guarulhenses para a contaminação pela covid-19, Guti mostra que o DNA empresarial falou mais alto. Que é mais fácil agradar aos donos de empresas de ônibus (não chegam a 10), que nesse momento pressionam para que a frota continue reduzida, do que atender a um anseio de quase 1,5 milhão de pessoas. Isso sem falar na contradição que o próprio prefeito se impõe. Isso porque fala em acionar o governador João Doria pela abertura do comércio em Guarulhos sob os argumentos de que a cidade está preparada para enfrentar o vírus. No entanto, ao mesmo tempo, coloca em prática ações desastrosas como essa de manter a frota de ônibus reduzida. Com certeza, essas ações passarão pelo escrutínio popular. E se a população decidir manter o prefeito no cargo, para que ele continue beneficiando empresários e esquecendo o povo, não terá motivos para reclamações futuras.

Este jornal é uma publicação da R&B Comunicação - CNPJ 21.486.662/0001-93 Rua Luiz Faccini 407, sala 4. Tel.: (11) 97451-3284 (Seg. a sexta das 8h às 17:30h) E-mail: redacao@vozdeguarulhos.com.br Facebook: Voz de Guarulhos Impressão: O Estado de São Paulo As matérias assinadas não transmitem, necessariamente, a opinião do jornal.

Rodrigo Sousa diretor de redação

COTIDIANO Fechado há dias pela prefeitura, sem nenhuma

explicação à população, o PEV (Ponto de Entrega Voluntária) localizado na Rua Campos Gerais, 163 - esquina com Rua Dalva de Oliveira.

OPINIÃO

Projeto de lei garante direitos aos Entregadores de Apps Não se pode negar que os enormes avanços dos recursos da tecnologia da informação trouxeram enorme comodidade, rapidez, segurança e porque não dizer até menos custos para as mais variadas tarefas do dia a dia. A explosão de aplicativos para a execução de serviços de toda a espécie como serviços bancários, aquisição de passagens aéreas e rodoviárias, ingressos, expedição de documentos e até obrigações legais perante órgãos públicos são um claro exemplo desses avanços tecnológicos. Mais recentemente vieram os aplicativos de transporte individual também os aplicativos de entrega de produtos, em especial o de alimentos prontos, estes últimos com crescimento expressivo em razão da grave crise decorrente da pandemia de COVID-19, responsáveis pelas entregas de bares e restaurantes, a esmagadora maioria ainda fechados por causa das necessárias medidas de distanciamento social, a fim de evitar o contágio do novo coronavírus. Apps só são possíveis por conta dos entregadores Se por um lado há comodidade e rapidez na entrega desses produtos, tudo em razão da inegável eficiência trazida pelos criadores dessa tecnologia, por outro é certo que sem os trabalhadores que operam o sistema com suas motos e bicicletas, tampouco teria alguma utilidade tais aplicativos. Esses colaboradores hoje têm uma jornada de trabalho extenuante e baixa remuneração, além não contar sequer com uma

base de apoio físico onde possam utilizar um sanitário, aguardar com um mínimo de comodidade os pedidos de entrega e ter acesso a água potável. Se os dois primeiros itens devem ser objeto de ampla e necessária discussão no Congresso Nacional acerca dos direitos desses trabalhadores, pois não pode a dignidade humana prevista na Constituição Federal ser atropelada pelos avanços da tecnologia, ter um ponto de apoio onde possam ao menos realizar suas necessidades básicas é indiscutivelmente um direito que deve ser conferido com a máxima urgência a essa categoria. Daí a propositura do presente projeto de lei, de minha autoria e do colega Rogério Correia, que dispõe sobre a obrigatoriedade de as operadoras de aplicativos de entrega de produtos dispor de local adequado para que os entregadores possam aguardar as solicitações de entrega com um mínimo de conforto, eis que atualmente esses heróis invisíveis que tanto ajudam a população neste grave momento de crise sanitária não tem nem um banheiro à sua disposição.

Alencar Santana Deputado Federal - PT


Voz de Guarulhos Guarulhos, de 09 a 15 de julho de 2020

3

DENÚNCIA

Cremesp denuncia irregularidades do 3CGRU ao Ministério Público Estadual

O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) esteve, no dia 4 de junho, no Hospital de Campanha de Guarulhos, para verificar as condições em que a unidade está operando. A vistoria resultou numa série de irregularidades que coloca em risco pacientes confirmados e suspeitos de covid-19, além de médicos e profissionais da saúde que trabalham no local diariamente para salvar vidas. Com o resultado, a entidade abriu sindicância para apurar possíveis infrações éticas dos médicos responsáveis pelo local e notificou o Ministério Público Estadual. O Hospital de Campanha de Guarulhos é gerido pela Organização Social Instituto Medizin, em parceria com a Prefeitura Municipal de Guarulhos. Com 40 leitos de enfermaria, 4 leitos

de emergência, 4 leitos em apartamento, 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e sala de observação, na data da fiscalização, havia 31 pacientes internados em enfermaria, 9 em leitos de UTI e 1 (um) sendo atendido na sala de emergência. Na mesma data, a unidade estava em obras para a construção de mais 10 leitos de UTI. Além disso, no local existem 5 boxes para atendimento drive thru, onde as pessoas passam por médico para serem

Alto risco de contaminação - Enfermaria com pacientes confirmados e suspeitos para covid-19 no mesmo ambiente - Leitos com menos de 1 (um) metro de distância entre eles; - Fluxo livre por todo o hospital e sem identificação de profissionais de diferentes áreas; - Não foi identificado protocolo para limpeza de filtros de ar condicionado, nem a existência de filtros recomendados para a recirculação do ar, nem de sistema de exaustão para a dissipação dos aerossóis; - Não foi identificado protocolo de higienização dos consultórios; - Profissionais levam máscaras para casa. Desrespeito a protocolos e normas técnicas; - Separação incorreta dos pacientes internados na enfermaria; - Muitos pacientes internados sem resultados de teste para covid-19; - Não foram identificadas orientações sobre higienização do tomógrafo entre um uso e outro; - Consultórios médicos sem pia e equipamentos básicos previstos na legislação com ar condicionado sem filtro e com recirculação do ar; - Os 10 leitos de UTI estão fora dos padrões exigidos pela legislação, com estrutura inadequada, oferecendo risco aos pacientes graves e instáveis e desrespeitando a legislação vigente.

admitidas ou não no hospital de campanha. Até 24 de maio, a diretoria do hospital havia registrado 251 internações, 152 altas, 16 transferências, 11.166 consultas médicas e 10.016 atendimentos via drive thru. Até esta mesma data também foram registrados 34 óbitos. Para a médica Irene Abramovich, presidente do Cremesp, estas fiscalizações que o Conselho vem realizando, são procedimentos essenciais para que médicos e pacientes possam ter condições de pas-

sar por essa doença com maior chance de êxito. Além disso, estas vistorias são atribuições legais do órgão, que é uma autarquia pública e conta com médicos fiscais de carreira, técnicos concursados, que possuem autoridade garantida por lei para fiscalizar instituições onde se pratica a medicina e, portanto, seus relatórios têm fé pública. “Até agora, durante as fiscalizações que temos concluído, os achados condizem também com as denúncias reportadas na mídia e com relatos de médicos e pacientes. O Cremesp seguirá atuando na fiscalização dos serviços, para garantir a proteção não apenas de médicos, mas de toda a sociedade, no enfrentamento da pandemia”, comenta. O resultado da fiscalização apontou irregularidades como:

EPI e demais equipamentos - Funcionários que operam o tomógrafo não estavam com os EPI adequados; - Não são fornecidas máscaras cirúrgicas para pacientes que entram na unidade, contrariando normas da ANVISA e do próprio hospital; - Havia profissionais com avental de gramatura inferior a 30; - Não há um local de controle e entrega de EPI; - Não foram identificadas normas para uso e frequência de troca de EPI; - UTI não tem normas bem definidas para troca de EPI após manipulação dos pacientes.

Vestiários e conforto médico - Não foi identificado local para conforto médico; - A sala indicada pela diretoria do hospital como sendo de descanso médico, não contava com banheiro, chuveiro, colchões e roupa de cama, além de estar em área contaminada; - Não foram identificados locais para paramentação e desparamentação adequada e segura dos profissionais de saúde.


4

Guarulhos, de 09 a 15 de julho de 2020

NOTA OFICIAL

Secretaria da Saúde de Guarulhos desmente acusações realizadas pelo Cremesp Com relação à fiscalização do Cremesp no Hospital de Campanha de Guarulhos (3C-GRU), conforme divulgação feita à mídia, a Secretaria da Saúde de Guarulhos informa que o Instituto Medizin de Saúde (Imedis), que administra o 3CGRU, faz os seguintes esclarecimentos: As inconformidades indicadas pelo médico fiscal não condizem com a realidade, uma vez que o Centro de Combate ao Coronavírus de Guarulhos (3C-GRU) atende às normas legais, realizando importante serviço de combate à pandemia, com mais de 81% de pessoas curadas. A equipe de profissionais que trabalha no local conta com médicos renomados em diversas áreas da medicina, bem como titulação de intensivistas, infectologista e outras especialidades para o combate à Covid-19. Ao contrário do afirmado no

relatório, trabalham no Hospital de Campanha 25 médicos por dia, totalizando 750 plantões médicos por mês, conforme escala enviada ao próprio Conselho Regional de Medicina. Portanto, é incabível a alegação de dois médicos por plantão. No que tange à afirmativa do não fornecimento de máscaras cirúrgicas para os pacientes, a foto tirada pelo fiscal é da recepção do hospital, ou seja, da entrada inicial do pedestre para triagem. Portanto, não se trata de pacientes em atendimento médico e sim de triagem. Ademais, conforme dispõe a nota técnica 04/2020, da Anvisa, no serviço de triagem é permitida a utilização de máscara de tecido. Sendo assim, diferentemente do relatado no documento do Cremesp, foram adquiridos para o Hospital de Campanha de Guarulhos mais de 50 mil máscaras e mais

Guti entra na Justiça contra lei que cria programa de assistência à criança portadora de microcefalia O prefeito Guti entrou na Justiça com Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) pedindo a suspensão da eficácia da Lei nº 7.718, de 3 de maio de 2019, que visa a criação do Programa Municipal de Assistência à Criança Portadora de Microcefalia. O programa consiste em assistir a criança portadora de microcefalia, bem como informar aos pais quanto aos cuidados e particularidades na criação da mesma. No entanto, no último dia 25 de junho o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ) indeferiu o pedido do prefeito e manteve a legitimidade da Lei. A Lei define que cabe à Secretaria de Saúde a implantação do programa em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) da cidade. Alem disso, a prefeitura deveria oferecer acompanhamento de fonoaudiólogo; fisioterapia; realização de terapia ocupacional; acompanhamento psicológico dos pais; interação com outras famílias na mesma situação; nos casos necessários o fornecimento de remédios e cirurgia quando necessário. Autor do projeto, Zé Luiz critica a postura adotada pelos governantes. “Acho

que a assessoria jurídica do prefeito é a maior responsável por criar essas situações embaraçosas e insensíveis ao adotarem uma orientação quase que automática para vetar os projetos dos vereadores ou quando aprovados ingressar com ADINs. Como vereador há cinco mandatos, vejo isso acontecer há anos e não é apenas privilégio do governo do Guti, com os outros prefeitos também acontecia”, explica. O distanciamento e a frieza em relação a temas delicados também preocupa o vereador. “É uma frieza muito grande dessas pessoas que atuam tecnicamente na assessoria jurídica e nos assuntos legislativos da Prefeitura em relação a realidade da sociedade, em relação aos problemas existentes da cidade. E muitas vezes são os vereadores quem recebe ou convive com os problemas trazidos pela população e, por isso, propomos os projetos. Costumo ironizar os pareceres técnicos desse pessoal ao compará-los com receitas de bolo ou de pizza. São quase sempre muito iguais. Felizmente nesse caso o TJ (Tribunal de Justiça) entendeu a inviabilidade da ADIN. Fico feliz que a cidade possa dar essa atenção a esses casos”, finaliza.

de 80 mil itens de Equipamento de Proteção Individual (EPI), mesmo com a dificuldade de compras observada neste momento de pandemia. Todo esse material é contabilizado por sistema automatizado de controle, que já aponta uma movimentação de mais de 170 mil itens, dados que contradizem a informação do fiscal. Além disso, no que se refere ao laboratório de análises clínicas, mais de 18.700 exames foram realizados no período de 1º de abril a 24 de maio. Outro ponto que não condiz com a realidade é a informação de que o espaço entre as camas é menor que um metro, uma vez que cada divisória tem exatamente um metro e as camas ficam entre elas, justamente para respeitar o fluxo dos profissionais para atendimento dos pacientes. Também não procedem as anotações

a respeito do avental utilizado no Hospital de Campanha, que é de manga longa com punho elástico – soft 40g/m². Quanto à informação de que o hospital não atende à Resolução de nº 7 de 24 de fevereiro de 2010 e RDC nº 50 de 21 de fevereiro de 2002, ela é sem fundamento e não indica dados pontuais que possam levar à conclusão de que o local apresenta risco, já que a quantidade de pessoas curadas e os atendimentos prestados pelo 3C-GRU demonstram total eficácia do Hospital de Campanha de Guarulhos. Por fim, o Instituto Medizin de Saúde esclarece que algumas fotos apresentadas no relatório não representam os ambientes do hospital, como é o caso do conforto médico, entre outros, o que descaracteriza as demais alegações neste sentido, como a de uma suposta falta de pias no local.

Taxa de cura da covid-19 atinge 87% em Guarulhos O índice de cura da Covid-19 apresenta curva ascendente em Guarulhos, atingindo 87% no momento, ou seja, quase 20 pontos percentuais a mais que o registrado em 14 de maio passado, quando a taxa estava em 67,7%. É o que mostra o Boletim Epidemiológico da Secretaria da Saúde desta quarta-feira (8), segundo o qual das 10.543 pessoas infectadas pelo novo coronavírus na cidade mais de nove mil foram curadas. Por outro lado, o município contabiliza até agora 778 mortes confirmadas por covid-19, além de outras 19 que seguem sob investigação, o que equivale a uma letalidade de 7,3%, índice que é inferior ao registrado no mês passado (8,4%). Dos seis novos óbitos que foram investigados e tiveram diagnóstico positivo para o novo coronavírus nesta quarta-feira, um ocorreu em maio, outro em junho e os demais neste mês.

Entre as vítimas estão três mulheres e três homens. Na distribuição por idade, um óbito ocorreu na faixa etária de 20 a 29 anos, outro entre pessoas de 40 a 49 anos, dois em adultos de 50 a 59 anos e dois em idosos de 70 a 79 anos. Nesta quarta-feira o município tem 57,6% de ocupação nos leitos de UTI covid-19 e 74,4% de lotação nas vagas de enfermaria.


Voz de Guarulhos Guarulhos, de 09 a 15 de julho de 2020

5

ESCÂNDALO

Guti paga dívida de R$ 700 mil da prefeitura com o secretário de Transportes e Trânsito

Aproximadamente R$ 700 mil reais. Esse é o valor do pagamento realizado pelo prefeito Guti para uma empresa do atual secretário de Transportes e Trânsito e presidente do PL (partido que apoia a atual gestão), Paulo Carvalho. O valor, pago no início deste ano (2020) e pouco antes do início da pandemia do coronavírus, é referente a uma dívida por aluguéis atrasados que se arrasta desde 2015. Os valores foram empenhados para pagamentos referentes aos anos de 2015, 2016 e 2017 pela locação de um imóvel na Avenida Coqueiral, nº 156, Cidade Seródio, para a Secretaria de Educação O levantamento dos pagamentos foi realizada pelo portal G7News nesta terça-feira (7). Coincidentemente, o período a que se refere os vencimentos coincidem com a passagem de Carvalho pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano da então gestão petista do prefeito Sebastião Almeida. Os aluguéis, referentes a vários contratos de locação, segundo documentos aos quais nossa reportagem teve acesso, estavam em nome de Vânia Maria Souza da Cunha Carvalho. No entanto, um fato curioso chama atenção. No inicio deste ano, após o pagamento milionário, houve alteração nos contratos de locação. Os imóveis que figuravam em nome da esposa do secretário foram passados para a administração da empresa ARTA Administradora de bens cujo sócio que, em mais uma coincidência tinha, até meses atrás

como sócio majoritário o próprio secretário Paulo Carvalho. Atualmente, a sociedade na empresa é da esposa, Vânia Maria Souza da Cunha Carvalho e Anna Paula da Cunha Carvalho Cortilio. Segundo o G7 News, pagamentos no Diário Oficial de Guarulhos confirmam que os aluguéis continuam sendo destinados à família do secretário. Documentos mostram que área alugada seria terreno público Embora os pagamentos tenham sido realizados sem contestação, um fato intrigante chama atenção. Documentos enviados à nossa reportagem mostram que a área onde está localizado o prédio alugado pela prefeitura seria da própria prefeitura. Ou seja, em tese, a cidade estaria pagando aluguel, por um terreno que já é seu (ver foto terreno). Os dados cadastrais no portal da Prefeitura deixam claro que a construção no terreno de matrícula 091.65.00.0001 pertence ao município. O que na prática, não deveria estar ocupado e nem mesmo sendo alugado por particulares.

Contestação judicial Além da questão envolvendo o prédio alugado para a secretaria de Educação, a família do secretário Paulo Carvalho está em outra batalha jurídica contra a prefeitura. Isso porque o local onde funcionava o pátio de veículos apreendidos, no Seródio, e que também pertence aos Carvalhos, está com ação de desapropriação e despejo. Em ação de 2017, Maurício Carvalho, irmão do secretário, e que se intitulava proprietário do terreno alugado

pela prefeitura, por meio de uma empresa chamada AMX, moveu ação judicial para a cobrança de mais de R$ 1 milhão de aluguéis do terreno e impostos atrasados. Em decisão publicada em 17 de Outubro de 2018, o Juiz Evaristo Souza da Silva, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Guarulhos determinou a desocupação do local e pagamento de todas as dívidas em ação por despejo. Segundo fontes ouvidas por nossa reportagem, até o momento a decisão não foi cumprida.


6

Guarulhos, de 09 a 15 de julho de 2020

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Prefeitura amplia ações e estrutura para pessoas em situação de rua

A Prefeitura de Guarulhos, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, reforçou algumas ações para as pessoas em situação de rua a fim de evitar a disseminação da

covid-19. Além da distribuição diária de máscaras de tecido e de sabonetes para o segmento, o Serviço de Abordagem Social (Seas), desde 1º de julho, passou a funcionar 24 horas por dia, 7 dias por

Prefeitura inicia reforma da Maria Fumaça da praça IV Centenário

A Prefeitura de Guarulhos iniciou nesta semana a reforma da locomotiva a vapor, popularmente conhecida como Maria Fumaça, localizada na praça Paschoal Thomeu, antiga IV Centenário, uma das principais entradas da cidade. O trabalho é coordenado pela Secretaria de Meio Ambiente (Sema) em parceria com empresas privadas e sem custos ao município. Vandalizada e deteriorada pela ação do tempo, a locomotiva, que é similar à que puxava o trem da Ferrovia de Guarulhos, já teve a pichação removida e recebeu aplicação de tinta de fun-

do preparadora e massa plástica para correção de desgastes. As próximas etapas da restauração são a troca das peças enferrujadas, conserto da chaminé, aplicação da nova pintura e iluminação. O local será cercado com gradil para inibir novos atos de vandalismo. A Sema busca agora novas parcerias para a reforma da estação e da casa do chefe da estação, conhecida como Casa Amarela. O local é um conhecido ponto turístico da cidade e fica localizado onde era a antiga Estação Guarulhos da Estrada de Ferro Sorocabana.

semana. Também foram criadas mais 40 vagas de acolhimento masculino, oriundas de recursos federais. O atendimento às pessoas em situação de rua é feito pelo Seas, que passa duas vezes por dia pelos locais em que há maior concentração de pessoas, como praças e viadutos, ofertando acolhimento em um dos quatro serviços do município. Em junho, o serviço fez 327 encaminhamentos de pessoas nessas condições aos equipamentos de acolhimento e, nesta primeira semana de julho, mais 44. O secretário de Assistência Social, Alex Viterale, destaca a importância das medidas adotadas. “A população

na rua representa uma grande parcela das pessoas em situação de vulnerabilidade social e reforçar as ações para proteção contra o coronavírus se faz essencial em todo o país. Através de diversas frentes de atuação o município busca minimizar os efeitos da pandemia e proporcionar autonomia e ressocialização aos atendidos por esses serviços”, afirma Viterale. O Seas deve ser acionado pelos munícipes nas noites de temperatura igual ou menor de 13ºC pelos telefones 2536-4110 e 199 (Defesa Civil) para que a equipe vá até o local assistir a pessoa em situação de rua e, consequentemente, de risco.

ENIAC abre programa para concessão de 1.000 bolsas de estudos para o cursinho preparatório aos cursos de graduação O ENIAC - instituição referência em inovação e tecnologia do ensino básico ao superior -, por meio de suas entidades coligadas (o Centro de Inovação Tecnológica Innovation Guarulhos - CiTIG e o Innovation) abriu 1.000 vagas para o “Programa de Bolsas de Estudos Eniac - Social 2020”, para o cursinho preparatório. O intuito da ação é disponibilizar ensino de qualidade e oportunidades iguais a todos os grupos sociais, inserindo e recolocando jovens no mercado de trabalho. As inscrições e solicitações de bolsa devem ser efetuadas exclusivamente por meio do site vestibular.eniac.edu.br/ bolsas, até o próximo dia 31 de julho ou até acabarem as bolsas. Os candidatos precisam preencher o formulário com as informações solicitadas e anexar os documentos exigidos. Somente assim, terão acesso ao processo seletivo. Segundo o fundador do ENIAC, professor Ruy Guérios, a instituição está preocupada em democratizar uma educação de qualidade, pois a crise gerada pelo coronavírus acirrou ainda mais a disputa por uma vaga de trabalho. “De acordo com o IBGE, a pandemia acabou com quase 8 milhões de empregos

no Brasil. As oportunidades de trabalho, que já eram poucas antes do surto, estão mais raras agora. Estudos mostram, também, que uma pessoa com o diploma de Ensino Superior possui o dobro de chances de conseguir um lugar no mercado em relação a quem não fez uma faculdade. Por isso, oferecemos essas bolsas para que mais gente consiga se capacitar nesse momento tão difícil”, argumentou o professor. O cursinho preparatório ENIAC utiliza uma metodologia de ensino baseada em aulas expositivas, plantões e estudos individuais. Os exercícios abrangem as quatro áreas do conhecimento. Desta forma, o aluno é preparado para os principais vestibulares do Brasil, com a possibilidade de entrar em uma universidade pública ou de conseguir uma bolsa em uma universidade particular.


Voz de Guarulhos Guarulhos, de 09 a 15 de julho de 2020

7

RECURSOS

Guarulhos contrai empréstimo de R$ 516 milhões do Banco de Desenvolvimento da América Latina O Banco de Desenvolvimento da América Latina aprovou nesta terçafeira (7) empréstimo no valor de 96 milhões de dólares (aproximadamente R$ 516 milhões) para o Programa de Macrodrenagem e Controle de Inundações do Rio Baquirivu-Guaçu. Os recursos da CAF são para obras de canalização aberta ao longo do rio Baquirivu-Guaçu, expansão de pontes, construção de reservatórios de água, parques, quadras poliesportivas, ciclovias e corredores rodoviários, entre outros. Agora, para assinatura do contrato, falta a aprovação da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. Posteriormente, a operação deverá ser aprovada pelo Senado. Superada essa etapa, a prefeitura pretende investir na drenagem e mobilidade urbana realizando uma série de obras viárias, urbanísticas e habitacio-

nais. Segundo as expectativas, o programa de macrodrenagem beneficiará os moradores dos bairros de Bonsucesso, Taboão, Jardim São João, Jardim Presidente Dutra, Parque Cecap, Lavras, Sadokim, Várzea do Palácio e Cidade Aracília. Para o prefeito Guti, o programa de macrodrenagem do Rio BaquirivuGuaçu será uma das maiores realizações do seu governo. “Esse projeto irá beneficiar mais de 300 mil pessoas diretamente e a população de toda a cidade indiretamente. É um marco para o município”, ressaltou. Americano lembra que se trata de um dos maiores avanços urbanísticos de Guarulhos nas últimas décadas. “Resgatamos um projeto que foi abandonado pelo Governo do Estado há alguns anos para garantir maior qualidade de vida para boa parte de nossa população”, disse.

ACE-Guarulhos cria grupos de WhatsApp para fomentar negócios entre associados A Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos (ACE-Guarulhos), por meio de seu setor comercial, tem lançado grupos de WhatsApp chamados ACE NET Business, exclusivos para associados realizarem negócios entre eles. Os interessados em participar da ação podem entrar em contato com a gerente comercial Fabiana Duarte, pelo número (11) 97281-2242. De acordo com o diretor comercial da entidade, Carlos Dias, a ideia é estreitar a relação entre os empreendedores que são filiados à associação. “Ao entrar em um dos grupos, que devem possuir 100 contatos no máximo, o associado deve se apresentar e falar sobre o seu negócio. Além disso, é muito importante que os empresários se conheçam, incentivando uns aos outros. Ou seja, queremos, dentro da nossa própria carteira, fomentar parcerias”, explicou. Além de ser associado, o empreen-

dedor deve obedecer a algumas regras de convivência, como não falar de política, religião e futebol dentro desses grupos. A comunicação poderá ser feita todos os dias, mas somente das 8 às 22 horas. “O intuito é que os empresários possam usufruir desse serviço de uma maneira positiva, divulgando e conhecendo produtos e serviços”, argumentou o diretor. Depois de um mês, o empresário será colocado em outro grupo para que, em um curto espaço de tempo, tenha contato com cerca de 2 mil empreendedores de Guarulhos e região.

O secretário de Obras, Marco Antonio Guimarães, fez questão de salientar a importância da obra para o cotidiano dos guarulhenses. “As obras no Baquirivu vão minimizar em mais de 60% os problemas de enchentes em Guarulhos. Isso é um pedido antigo da população, que finalmente poderá viver mais tranquila e segura”, afirmou. O projeto conta ainda com a adequação do corredor viário da rua Jamil João Zarif em uma extensão de 3,5

km e do corredor de ônibus da avenida Natalia Zarif, com 4 km. Haverá também a implantação do loteamento Ponte Alta II numa área de 230 mil m² com 345 lotes residenciais, além de prédios com 378 apartamentos, áreas verdes, implantação de Ponto de Entrega Voluntária (PEV/LEV), unidade de pronto-atendimento (UPA), escola, quadra, área comercial e toda a infraestrutura com arruamento, pavimentação, drenagem, calçada etc.

Tráfego de passageiros no Aeroporto de Cumbica cai 88% no 2º trimestre

O tráfego de passageiros no Aeroporto Internacional de São Paulo/ Guarulhos no segundo trimestre foi 88% menor do que em igual etapa de 2019, informou nesta segunda-feira a Invepar, mostrando os efeitos agudos das medidas de isolamento social para conter a pandemia do coronavírus. Integrante do consórcio que administra do terminal, o maior do país, a

Invepar informou ainda que em junho o movimento de passageiros foi 35% maior do que em maio, mas insuficiente para evitar uma queda de 86% no comparativo com junho de 2019. De abril a junho, o transporte de cargas pelo aeroporto foi 52% menor ano a ano. Isoladamente, em junho o movimento de cargas no terminal caiu 5% contra maio e 46% ano a ano.


8

Guarulhos, de 09 a 15 de julho de 2020

VOLTA DO PAULISTÃO

São Paulo autoriza volta do Campeonato Paulista no dia 22 de julho sem torcida O governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (8) o retorno do Campeonato Paulista para o dia 22 de julho. A data foi confirmada pelo governador João Doria (PSDB), em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes. O evento também contou com a presença do presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos. A final da competição está prevista para acontecer no dia 8 de agosto (sábado), um dia antes do começo do Campeonato Brasileiro. “Amo futebol, jogo e assisto. Sou torcedor do Santos. Somos amigos do esporte, em especial do futebol”, disse Doria. O protocolo para a retomada do

Justiça determina suspensão de decreto que permite reabertura de comércio e escolas no DF

O juiz Daniel Eduardo Branco Carnachioni concedeu uma liminar, nesta quarta-feira (8), determinando a suspensão do decreto do governo do Distrito Federal que permitiu a reabertura de academias, salões de beleza, bares e restaurantes e escolas. Na decisão, o magistrado dá prazo de 24 horas para que o GDF publique um novo decreto suspendendo os efeitos do anterior. A medida vale

até que “apresente estudos técnicos e científicos de profissionais da área de saúde pública, médicos, sanitaristas ou cientistas, que respaldem as medidas de flexibilização do isolamento e distanciamento social”. A determinação prevê multa diária de R$ 500 mil e suspensão direta do decreto pela Justiça em caso de descumprimento. Cabe recurso. Acionado pelo G1, o GDF não havia se manifestado até a última atualização desta reportagem. A medida é resultado de uma ação popular. Como justificativa, o juiz afirma que, no momento, há “ausência de respaldo técnico e científico capaz de justificar a flexibilização acentuada do isolamento e distanciamento social”. “Em todos os países do mundo que foram bem sucedidos no controle desta grave pandemia, as únicas medidas eficientes capazes de conter a proliferação do vírus foram o isolamento e o distanciamento social.” Atualmente o DF contabiliza 789 óbitos por covid-19 e 62.867 infectados.

Paulistão foi aprovado em conjunto pelo Centro de Contingência e Federação Paulista de Futebol. Os jogos deverão acontecer sem público e em cidades na fase amarela do Plano São Paulo, feito para retomada gradual das atividades econômicas. No protocolo, a Federação ainda definiu uma série de regras de segurança, entre eles a obrigação do time se concentrar em hotel ou no centro de treinamento e várias outras medidas necessárias para que os jogos sejam realizados. A nova regulamentação prevê que todos os 16 clubes fiquem concentrados em locais previamente definidos e preparados durante todo período de jogos da competição. O objetivo é ter

maior controle dos atletas e dos envolvidos em cada partida, para diminuir a chance de contaminação. Além disso, com 48 horas de antecedência, as equipes enviarão a lista das pessoas que viajarão ou que irão aos estádios. Será obrigatório o uso de máscaras e dispensadores de álcool gel serão colocados em diferentes setores. Para manter o distanciamento adequado, os clubes poderão ampliar os bancos de reservas existentes ou usar primeiras filas das arquibancadas. No entanto, mesmo com toda precaução, a torcida só poderá voltar a frequentar os estádios após a descoberta da vacina ou do tratamento para a covid-19.

Prefeitura de SP prorroga vencimento do alvará dos taxistas por um ano e sem custos

A Prefeitura de São Paulo prorrogou por um ano a data de vencimento do Cadastro Municipal de Condutores de Táxis (Condutax) e dos alvarás de estacionamento de taxistas com vencimento entre 14 de março e 31 de dezembro de 2020. Os documentos serão automaticamente renovados devido a pandemia de coronavírus que afetou o atendimento presencial. A decisão, publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (8), ocorreu para

evitar aglomerações no Departamento de Transportes Públicos (DTP) da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, órgão responsável por expedir e renovar o documento. Já os documentos que venceram entre 1º de janeiro e 13 de março de 2020 e ainda não foram renovados poderão ser regularizados no DPT em até 60 dias contados a partir da data do retorno do atendimento presencial, sem incidência de multa. Não haverá multa dentro desse prazo.


Voz de Guarulhos Guarulhos, de 09 a 15 de julho de 2020

9

CINEMA E SOLIDARIEDADE CULTURA

Live solidária da banda Rolls-Rock arrecada donativos ao projeto Padrinhos de Coração

A banda de pop/rock Rolls-Rock fará um show ao vivo dentro da empresa de engenharia M2X, em Cumbica, em ação social que vai arrecadar donativos ao projeto social Padrinhos de Coração, com sede na Vila Barros, em Guarulhos. A live solidária será transmitida

pelo canal da banda no YouTube neste sábado (11). Quem quiser participar já pode doar desde já cestas básicas para o grupo de voluntários que faz ações de auxílio a necessitados desde 2017, em particular, crianças com alguma necessidade especial. Uma das áreas mais afetadas durante a pandemia do novo coronavírus e a necessidade de isolamento social, o setor de shows e eventos têm realizado diversas lives pela internet para minimizar o impacto nas receitas. De quebra, as apresentações têm servido para ações sociais que ajudam outro setor bastante atingido

pela quarentena: o terceiro setor. “A ideia surgiu ao assistir à live do Rolls-Rock no condomínio de uma amiga, há alguns dias. Lembrei de um colaborador que ajuda o Padrinhos de Coração e uni o útil ao agradável”, explica o fã da banda Marcos Pinto, que é sócio da empresa que servirá de palco para o show. O projeto social que será beneficiado existe desde 2017, quando a administradora de empresas Elisângela Correia mobilizou amigos pelas redes sociais para ajudar uma mãe gestante de risco. Dois meses depois, o pedido de ajuda foi da família de uma criança especial. “Desde então, o projeto cresceu muito. Hoje temos mais de 8 mil membros no grupo, entre voluntários, apoiadores e pessoas que precisam de auxílio”, afirma. Para o líder da banda, o vocalista e guitarrista Edu Costa, poder ajudar as

pessoas com a música é algo gratificante. “O momento é de reflexão e união. Não há palavras para descrever a sensação de poder fazer o que amamos e, ainda, ajudar tanta gente”, disse. As doações de cestas básicas serão feitas até o dia da live, por meio do link https://www.qualycestas.com.br/cesta -basica-live-solidaria-com- ou um QR Code disponível durante o evento. Serviço Live Solidária – Rolls-Rock (doação de cestas básicas ao projeto Padrinhos de Coração) Sábado, dia 11 de julho, às 20h Transmissão pelo canal da banda no YouTube: https://www.youtube.com/ OfficialRollsRock/ Doação de cestas básicas: https:// www.qualycestas.com.br/cesta-basica-live-solidaria-com-

Patrimônio natural de Prefeitura entrega mais Guarulhos é destaque de 200 cestas básicas da série do Arquivo Histórico para imigrantes e refugiados O tema Patrimônio Natural é o foco do novo episódio da série Patrimônio Cultural para Curiosos, a ser exibido a partir desta sexta-feira (10). Iniciativa da Prefeitura de Guarulhos, por meio do Secretaria de Cultura e do Arquivo Histórico Municipal, os encontros virtuais temáticos são apresentados semanalmente por Araci Borges, responsável pelo Arquivo Histórico, na fanpage https://www.facebook.com/ arquivohistoricogru/ Nesse capítulo são abordados conceitos de patrimônio natural e geodiversidade, patrimônio geológico e quais as ciências que pesquisam sobre estes assuntos. “Falaremos um pouquinho sobre o que é um geoparque, como se implanta e qual sua importância para a região”, explica a apresentadora. Dentre os principais geoparques do mundo, como o Araripe, localizado no

Estado do Ceará, e o Arouca, em Portugal, ambos reconhecidos pela Unesco, está o do Ciclo do Ouro de Guarulhos, abrangendo uma região serrana que inclui parte das serras da Cantareira e Mantiqueira. O episódio Patrimônio Natural integra uma minissérie com dez vídeos, disponíveis sempre às sextas-feiras na fanpage do Arquivo Histórico Municipal. Na última semana, a série abordou Arte e Patrimônio e décimo e último episódio, exibido na próxima sexta-feira, dia 17, tem como tema Intervenções nas Cidades. Serviço Patrimônio Cultural para Curiosos Disponível a partir desta sexta-feira, 3 de julho Tema: Patrimônio Natural. Link: https://www.facebook.com/arquivohistoricogru/

A Prefeitura, em parceria com o Centro de Apoio ao Migrante (Cami), distribuiu cestas básicas para mais de 200 famílias imigrantes e refugiadas residentes no Jardim Marilena, região do Taboão, entre os meses de maio e julho deste ano. Para Katia Cristina Claro, subsecretária da Pasta, a parceria comprova mais uma vez que a união entre o poder público e a sociedade civil é sem dúvida a melhor e mais eficiente resposta para a atual crise. “Muitos imigrantes têm encontrado dificuldades para acessar os programas emergenciais, especialmente a segurança alimentar, cabendo-nos o acolhimento e direcionamento dos casos a serviços como o Centro de Referência da Assistência Social (Cras), as Defensorias Públicas do Estado e da União e o Cami, de acordo com cada caso”, comentou. As famílias beneficiadas são atendidas em diversos projetos do Cami, sendo que a maioria encontra-se em alta vulnerabilidade social, sem emprego, remuneração ou renda, já que muitos estão afastados de suas funções laborais e aguardam a pos-

sibilidade de concessão do auxílio emergencial do governo federal. Segundo Roque Pattussi, coordenador do Cami, é gratificante contar com o apoio dos parceiros para fazer chegar as doações de alimentos aos imigrantes em estado de vulnerabilidade socioeconômica. “O momento é difícil e complexo, o que tem feito todos caminharmos juntos, somando esforços nos locais em que a solidariedade, a empatia e o amor ao próximo são condições essenciais para alcançarmos essas famílias que sofrem demasiadamente os efeitos da pandemia, afinal a fome atinge todos os humanos”, afirma. Para Willem Noel, haitiano, as cestas básicas são uma bênção e ajudam muitas famílias. “Não só haitianas, mas bolivianas e africanas que estão passando fome, sem emprego, e têm de pagar aluguel e comer”, comentou. Aqueles que se sentirem sensibilizados com as situações enfrentadas pelos imigrantes e refugiados e desejarem colaborar podem procurar a Subsecretaria de Igualdade Racial ou o Cami.


10

Guarulhos, de 09 a 15 de julho de 2020

HORÓSCOPO

LIVRO

Aquário 20/01 a 18/2 - Olhe para dentro, sempre, aquariano. Cuide melhor das emoções, da saúde, do seu coração. Sua rotina precisa ser reavaliada e repensada, mas os assuntos de trabalho podem trazer gratas surpresas. Você pode retomar contatos, conversas e projetos importantes. Peixes 19/2 a 20/3 - Um bom momento para tomar as rédeas da vida nas mãos, pisciano, e tocar o barco com mais segurança. Repense projetos, valores, amizades, e esteja em conexão só com quem e o que faz bem a você. Bons momentos em casa e com a família serão fundamentais para seu equilíbrio pessoal. Áries 21/3 a 19/4 - Hora de olhar para o futuro e fazer planos de médio e longo, prazo. Cuidado com a comunicação, especialmente nos assuntos de família. Porém, alguns deles precisam mesmo ser resolvidos. Cuidado para não forçar a barra nem se precipitar e lembre-se de ouvir a opinião de todos os envolvidos. Touro 20/4 a 20/5 - Você pode se sentir mais forte, decidido e pode até começar alguma coisa nova, se for o caso. Um bom momento para retomar conversas, estudos e assuntos, incluindo contatos e projetos. Você pode ter a oportunidade de sentar e planejar as coisas com mais calma. Gêmeos 21/5 a 20/6 - Cuidado para não falar e agir por impulso, de criar mal entendidos que possam comprometer sua imagem. Por isso, pense antes de falar qualquer coisa. Tempo bom para fazer mudanças, incluindo de hábitos e padrões. Aproveite para arrumar coisas, eliminar excessos e cuidar das finanças. Câncer 21/6 a 22/7 - Você pode sentir as emoções mais à flor da pele. Mas é uma boa chance de olhar para dentro e repensar as coisas, incluindo suas relações, que estão ainda mais em pauta. Use mais sua criatividade, a imaginação. E escute a intuição. Leão 23/7 a 22/8 - Olhe para seu interior e tente organizar suas emoções e a vida. Se desapegue de velhas amarras e padrões e buscar mais leveza em sua vida. Só tome cuidado para não criar expectativas altas demais e não exagerar em nada. Aproveite para cuidar do autoconhecimento, da saúde e da vida espiritual. Virgem 23/8 a 22/9 - Um bom momento para reorganizar coisas. Mas tome cuidado com a ansiedade, a pressa e a sensação de urgência, fazendo com que você tome decisões equivocadas. Não fale com qualquer pessoa nem confie demais nos outros. Conversas com amigos podem ajudar a entender o que está sentindo. Libra 23/9 a 22/10 - Olhe com carinho para suas necessidades e não tenha medo de se colocar em primeiro lugar. O céu da semana é mais ameno e harmônico para você. Um período favorável para organizar a casa e cuidar dos assuntos de família, mas também para resgatar bons projetos de trabalho. Escorpião 23/10 a 21/11 - Repense seus conceitos, mas é importante tomar cuidado com as palavras e a forma como se comunica. Cuidado com brigas, discussões e mal entendidos, apesar de ser um bom momento para estar com as pessoas queridas e com oportunidades para sua vida afetiva e as parcerias de trabalho. Sagitário 23/11 a 21/12 - Cuide melhor das finanças e não saia por aí gastando demais. Bom período para resolver pendências e burocracias, ter aquelas conversas mais complicadas que vinham sendo adiadas e para dar passos importantes nas questões de trabalho. Pegue leve consigo e com os outros. Capricórnio 22/12 a 19/1 - Emoções à flor da pele e a sensação de instabilidade. Mas é importante aproveitar para ver o que pega em sua vida, o que precisa ainda mudar e onde você ainda tem uma sobrecarga. Cuide bem do seu corpo, da sua saúde e da sua imagem. Sente para conversar a aparar eventuais arestas.

Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus. Também não faz idéia que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e a mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brin-

car nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e para além dela centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com frio na barriga. Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. O menino do pijama listrado é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável. “Um livro maravilhoso.” - The Guardian “Intenso e perturbador [...] pode-se tornar uma introdução tão memorável ao tema como O diário de Anne Frank foi em sua época.” - USA Today “Um livro tão simples e tão bem escrito que beira a perfeição.” The Irish Independent Capa comum: 192 páginas Editora: Seguinte Edição: 1 (11 de outubro de 2007) Idioma: Português ISBN-10: 853591112X ISBN-13: 978-8535911121

ENTRETENIMENTO

Brad Pitt vai estrelar próximo filme de ação do diretor de Velozes & Furiosos: Hobbs & Shaw O ator Brad Pitt vai estrelar o próximo thriller de David Leitch, o dublê que virou diretor em filmes de ação como “De Volta ao Jogo” (John Wick), “Atômica”, “Deadpool 2” e “Velozes & Furiosos: Hobbs & Shaw”. Intitulado “Bullet Train”, o filme é adaptação do livro japonês “Maria Beetle”, de Kotaro Isaka, sobre um grupo de assassinos que embarca no mesmo trem -bala em Tóquio com motivos conflitantes. Pitt seria um dos assassinos no longa, que está sendo descrito como um encontro entre “Velocidade Máxima” (1994) e “Sem Escalas” (2014) num trem. Apesar de o roteiro ainda estar sendo escrito por Zak Olkewicz (produtor de “Quando as Luzes se Apagam”), a Sony pretende filmar o longa durante o outono americano (entre setembro e novembro), aproveitando as características da trama. Por ser uma história contida num único ambiente, a produção se encaixa com facilidade no atual padrão de prevenção sanitária exigida para as filmagens durante a pandemia de covid-19. Vale lembrar que Pitt já apareceu an-

teriormente num filme de Leitch, numa pequena figuração em “Deadpool 2”. Os dois são velhos conhecidos, porque Leitch já foi dublê de Pitt em filmes como “Onze Homens e um Segredo” (2001) e “Troia” (2004). Por coincidência, o ator venceu o Oscar neste ano por interpretar um dublê, em “Era uma Vez em Hollywood”. A produção também contará com participação do cineasta Antoine Fuqua (“O Protetor”), que foi quem originalmente desenvolveu o projeto. Ainda não há previsão de estreia.


Voz de Guarulhos Guarulhos, de 09 a 15 de julho de 2020

11

NOVAS DESCOBERTAS

OMS reconhece surgimento de evidências sobre transmissão da covid-19 pelo ar A Organização Mundial da Saúde (OMS) reconheceu nesta terça-feira (7) “evidências emergentes” de transmissão pelo ar do novo coronavírus, depois que um grupo de cientistas cobrou o organismo global a atualizar suas orientações sobre como a doença respiratória se espalha. “Temos conversado sobre a possibilidade de transmissão pelo ar e transmissão por aerossol como uma das modalidades de transmissão da covid-19”, disse Maria Van Kerkhove, principal autoridade técnica da OMS para a pandemia de covid-19, em uma coletiva de imprensa. A OMS havia dito anteriormente que o vírus que causa a doença respiratória covid-19 se dissemina principalmente através de pequenas gotículas expeli-

das pelo nariz e pela boca de uma pessoa infectada que logo caem no chão. Mas em uma carta aberta enviada à agência sediada em Genebra e publi-

Austrália fecha fronteira estadual pela 1ª vez em 100 anos

A fronteira entre os dois Estados mais populosos da Austrália foi fechado nesta terça-feira (7) por tempo indeterminado devido a um surto local de coronavírus. A decisão marca a primeira vez em que a divisa com a vizinha Nova Gales do Sul foi fechada em 100 anos – autoridades impediram a circulação entre os dois Estados em 1919, durante a pandemia de gripe espanhola. O número de casos de covid-19 de Melbourne, a capital de Vitória, aumentou nos últimos dias, o que levou as autoridades a imporem ordens rígidas de distanciamento social em 30 subúrbios e a colocar nove torres de moradias públicas em isolamento total. O Estado relatou 127 infecções novas por covid-19 de domingo para segunda-feira, seu maior aumento de um dia desde que a pandemia começou, e também uma morte, a primeira do país

em mais de duas semanas, o que elevou o total nacional a 105. “É a decisão sensata, a decisão certa neste momento, dados os desafios significativos que enfrentamos para conter o vírus”, disse Andrews aos repórteres em Melbourne ao anunciar o fechamento da fronteira. Mas a interdição provavelmente será um golpe na recuperação econômica da Austrália, que ruma para sua primeira recessão em quase três décadas. Andrews disse que a decisão de fechar a fronteira, que entra em vigor às 23h59 de terça-feira, foi tomada juntamente com o primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, e com a premiê de Nova Gales do Sul, Gladys Berejiklian. A única outra divisa interna de Vitória, com o Estado da Austrália do Sul, já está fechada. A Austrália está se saindo melhor do que muitos países durante a pandemia de coronavírus, já que teve pouco menos de 8.500 casos até o momento, mas o surto de Melbourne causou alarme. O país relatou uma média de 109 casos diários na semana passada – na primeira semana de junho a média foi de somente 9 casos diários.

cada na segunda-feira (6) no periódico científico Clinical Infectious Diseases, 239 especialistas de 32 países delinearam indícios que, dizem, mostram que

partículas flutuantes do vírus podem infectar pessoas que as inalam. Como estas partículas menores que são exaladas podem permanecer no ar, os cientistas exortaram a OMS a atualizar suas diretrizes. Falando em uma coletiva de imprensa nesta terça-feira em Genebra, Benedetta Allegranzi, principal autoridade técnica de prevenção e controle de infecções da OMS, disse que há evidências emergentes de transmissão do coronavírus pelo ar, mas que estas não são definitivas. “...A possibilidade de transmissão pelo ar em locais públicos -- especialmente em condições muito específicas, locais cheios, fechados, mal ventilados que foram descritos -- não pode ser descartada”, disse.

Chinesa SinoVac começa etapa final de testes da vacina contra covid-19 A chinesa SinoVac está iniciando os testes da fase 3 de sua potencial vacina contra o novo coronavírus, conforme acaba de ser divulgado pela farmacêutica. Com isso, ela se torna uma das três empresas a avançar aos estágios finais da corrida para desenvolver uma imunização contra a doença.Voluntários começarão a ser recrutados neste mês. A vacina será testada no Brasil, em um estudo com 9 mil voluntários liderado pelo Instituto Butantan, vinculado ao governo do estado de São Paulo. Na sexta-feira (3), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a realização dos testes, que serão feitos em 12 centros de pesquisa localizados, além de São Paulo, em mais quatro estados e no Distrito Federal. A vacina experimental para covid-19 da AstraZeneca, desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Oxford e que já está sendo testada no Brasil, em estudo liderado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), e a da Sinopharm são as outras candidatas em fase 3, o estágio final. A SinoVac está construindo uma fábrica de vacinas, que deverá ficar pronta neste ano e ser capaz de produzir até

100 milhões de doses anualmente. Os ensaios de fase 1 e fase 2 normalmente testam a segurança de um medicamento antes de entrar nos de fase 3, que testam sua eficácia. Existem 19 ensaios de vacinas em avaliação clínica, e centenas estão sendo desenvolvidas e testadas em todo o mundo para conter a pandemia de covid-19, doença respiratória que já matou milhares de pessoas e devastou a economia global. Nenhuma vacina foi aprovada ainda para uso comercial. Uma análise do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, no ano passado, constatou que cerca de uma em cada três vacinas, no primeiro estágio dos testes, é aprovada posteriormente.


12

Guarulhos, de 09 a 15 de julho de 2020