Page 1


O Fundo para a Infância e Adolescência (FIA) é um fundo autorizado pela Lei Federal nº.8242/91 para captar recursos para políticas, programas e ações destinados a crianças e adolescentes em situação de risco pessoal e social, a fim de garantir a esses jovens os direitos estabelecidos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente. Os recursos podem vir de várias fontes, inclusive da sua contribuição via imposto de renda (IR), sem ônus nenhum para você. Veja como é fácil: Primeiro, faça uma doação a um dos projetos aprovados pelo FIA, de acordo com as necessidades de cada município. Depois, lance a sua contribuição na declaração do seu IR. Quem tem direito à restituição recebe de volta o valor doado. E quem tem que pagar ao Leão pode abater a doação do imposto devido. Pessoas físicas podem deduzir até 6% e pessoas jurídicas, até 1%. E o melhor é que, além de não gastar nada, você mesmo escolhe o município onde os recursos serão investidos. Por isso, conheça agora os projetos mantidos pelo Sistema Divina Providência e saiba exatamente quem vai ser beneficiado pela sua contribuição.


O Sistema Divina Providência de Resgate da

Centros de Formação Profissional (CFPs) que

integrar uma série de entidades sociais, filantrópicas,

amplo alcance social, que ensina a esses jovens uma

humanistas e culturais que, desde 1976, transformam a

profissão e favorece o seu ingresso no mercado,

vida de milhares de pessoas. Entre as várias iniciativas

trazendo qualidade de vida para toda a família.

Dignidade Humana é uma rede criada em 2005 para

oferecem cursos em várias áreas. É um projeto de

que o Sistema mantém, as mais conhecidas são a Cidade e o Lar dos Meninos São Vicente de Paulo,

Mas esse trabalho só é possível com a solidariedade

referências nacionais de experiências assistenciais

das pessoas e empresas que fazem doações. Aproveite

bem sucedidas.

os incentivos do FIA e contribua também. Resgatar a dignidade humana não tem preço. E nenhum custo

Além de educação, saúde, cultura e lazer, assegurando os direitos das crianças e adolescentes, o Divina Providência atua na sua profissionalização com

para você.


Objetivo

O objetivo dos CFPs do Sistema Divina Providência é promover a autonomia e a melhoria da perspectiva de vida de jovens em situação de vulnerabilidade social, através da sua capacitação profissional. Oferecendo cursos sintonizados

ao

mercado

com

certificação

internacional de qualidade ISO 9001, os CFPs contribuem para a profissionalização dos alunos, estimulando a sua socialização e o desenvolvimento das suas habilidades e competências.

Importância

Enquanto as grandes cidades brasileiras enfrentam a baixa qualificação do seu mercado de trabalho, muitos jovens e adolescentes de baixa renda não têm acesso à formação profissional e acabam atraídos para a criminalidade. Os CFPs são uma solução para esses dois problemas. Ao mesmo tempo em que formam trabalhadores bem capacitados, possibilitam aos alunos atendidos o direito de se profissionalizar, como prevê o Art. 69 do Estatuto da Criança e do Adolescente.

Abrangência

Os CFPs do Sistema Divina Providência estão instalados em bairros carentes de seis municípios Minas Gerais: Belo Horizonte, Ribeirão das Neves, Contagem, Ibirité, Itajubá e Santa Luzia. Atualmente, a rede possui 16 unidades em operação atendendo a mais de 30.000 alunos que moram nessas regiões. A meta é chegar a 40 CFPs até 2014, elevando o número de beneficiados para 60.000. Mas isso só vai acontecer com a sua ajuda.


Principais cursos Alimentação

Informática

Administração

Beleza

Construção civil

Cozinheiro básico

Digitação

Auxiliar administrativo

Manicure/Pedicure

Armador

Salgadeira

Informática básica

Secretariado

Cabeleireiro

Carpinteiro

Cozinheiro industrial

Informática avançada

Auxiliar de escritório

Estética facial

Bombeiro hidráulico

Garçom

Manutenção em computadores

Telefonista/ recepcionista

Depilação

Pedreiro

Padeiro

Corel Draw

Office Boy / Girl

Massagem

Pintura predial

Confeiteiro

Web Design

Maquiagem

Eletricidade predial

Pizzaiollo

Estética corporal

Certificados entregues em 2009 Unidade

Nº de Certificados

Unidade

Nº de Certificados

Cidade dos meninos

10.875

Nossa Senhora Aparecida

1.612

Dom João Resende Costa

1.356

Primo Manganelli

809

Helena Stein Pena

841

Rafael Zica Geo

1.215

Lar dos meninos

1.359

Santa Luzia

1.196

Madre dos anjos

864

CETAI Sant’Ana

4.658

Madre Teresa de Calcutá

2.012

São José

1.358

Nita Chaves

3.005

Total

31.160


Inserção no mercado de trabalho Tão importante quanto garantir uma boa formação aos alunos, é oferecer o suporte necessário para o seu ingresso e crescimento no mercado. Por isso, ao término do curso, eles têm acesso a unidades especiais de apoio e orientação:

Central de Empregos

Banco Divina Providência

deveres trabalhistas, e encaminha os formandos das

empréstimos a juros baixos para os novos

CFPs para oportunidades de trabalho nas empresas

profissionais que desejam abrir o seu próprio

cadastradas, ou nas próprias entidades do Sistema

negócio. Um apoio essencial para estimular

Divina Providência. Conforme o seu desempenho

a cultura empreendedora entre os jovens,

nos cursos, o jovem pode se tornar instrutor ou

contribuindo para a criação de novas empresas e,

coordenador, colaborando na capacitação de novos

consequentemente, novos empregos.

Oferece treinamentos, orientações sobre direitos e

trabalhadores.

É um banco de microcrédito que oferece


CONTAGEM Um dos locais com maiores índices de pobreza e violência no município, Nova Contagem é marcada pela ocupação desordenada, proveniente de movimentos migratórios. A falta de emprego leva suas famílias a buscar no descasque de alho uma alternativa de geração de renda. Entretanto, apenas o trabalho dos pais é insuficiente para a sobrevivência familiar e as crianças acabam sendo submetidas a esse trabalho. Além da exploração infantil, a atividade leva à perda das impressões digitais e da sensibilidade das mãos. Com o CFP Rafael Zica Geo, que forma em média 1500 profissionais por ano, os jovens carentes da região podem se capacitar em 14 cursos profissionalizantes, melhorando suas condições de vida com novas alternativas de emprego e renda.

   


IBIRITÉ

O principal problema da cidade está na falta de qualificação profissional da sua população: a ausência de mão-deobra qualificada leva as empresas da região a empregar pessoas de outras localidades, o que provoca altas taxas de desemprego e criminalidade no município. Para reverter essa situação, os Centros de Formação Profissional presentes em Ibirité formam mais de 6 mil alunos por ano, ampliando desse modo a inserção dos itabirenses no mercado de trabalho local.

SANTA LUZIA

Santa Luzia se caracteriza por possuir uma grande população de mulheres buscando empregabilidade. Por isso, os CFPs atuantes na cidade oferecem várias opções de capacitação profissional, incluindo aqueles cursos de maior demanda do público feminino: estética, corte e costura, manicure, pedicure e cabelereiro. Somente em 2009, a unidade Dom João Resende Costa concedeu mais de 2.300 certificados de qualificação, ao passo que o CFP Santa Luzia atende anualmente mais de 2 mil alunos. Com isso, as mulheres e toda população do município vêm tendo novas possibilidades de trabalho, seja de forma autônoma, ou ingressando em alguma empresa.


RIBEIRÃO DAS NEVES

Um dos municípios mais pobres de Minas Gerais,

As crianças e adolescentes são os grupos mais

Ribeirão das Neves tem uma escassa estrutura

prejudicados, por isso, desde 1993 a Cidade dos

produtiva, bem como problemas de infra-estrutura e

Meninos São Vicente de Paulo investe na

também nos serviços urbanos. Todas essas dificuldades

formação humana e profissional desses jovens

se refletem no desenvolvimento social e humano da

com o objetivo de amenizar sua realidade. A instituição

sua população, que tem carência no acesso à cultura,

se preocupa não só com a sua integração social, mas com

lazer, esporte e emprego, além de sofrer com os

o desenvolvimento de toda a comunidade, realizando

elevados índices de criminalidade.

várias obras e ações de apoio à população nevense.


Agora que você já sabe sobre os projetos que o Sistema Divina Providência vem realizando, faça uma doação pelo Fundo para a Infância e Adolescência e deduza na sua próxima declaração do Imposto de Renda. Esse gesto não custará nada, mas pode significar tudo para milhares de jovens e adolescentes vivendo em situação de risco.

Informações importantes: Segundo a legislação, toda empresa tributada pelo lucro real pode deduzir contribuições para o FIA. A dedução está limitada a 1% do IR devido ao mês, trimestre ou ano, com base no lucro real. As pessoas físicas também podem contribuir. A doação deve ser lançada utilizando-se o formulário completo de declaração e o seu desconto será de até 6% do IR devido.


1. Efetue o depósito na conta do fundo para a

infância e adolescência do município escolhido.

Ibirité

CNPJ: 18.715.490/0001-78 Banco do Brasil: Agência: 2115-6 Conta corrente: 21121-4

Santa Luzia

CNPJ: 18.715.409/0001-50 Banco do Brasil: Agência: 2582-8 Conta corrente: 12938-0

Ribeirão das Neves

CNPJ: 18.314.609/0001-09 Banco do Brasil: Agência: 2532-1 Conta corrente: 42563-0

Contagem

CNPJ: 18.715.508/0001-31 Banco do Brasil: Agência: 0503-7 Conta Corrente: 26.847-0

2. Envie o comprovante do depósito juntamente

com os dados do seu endereço ou da sua empresa para a Associação Cultural Divina Providência: Fax: (31) 3288-0015 E-mail: cultural@redesolidariedade.org.br Não esqueça de enviar o comprovante! Somente com ele os recursos serão liberados.

3. Aguarde no endereço fornecido o recibo do Conselho Municipal dos Direitos da Infância e do Adolescente, órgão responsável pela gestão dos recursos do FIA. 4. Ao receber o seu recibo, guarde-o com a sua documentação do IR. Quando fizer a sua declaração, basta informar o valor doado.

5.

Pronto! A sua doação será destinada para o Sistema Divina Providência por meio do Conselho Municipal dos Direitos da Infância e do Adolescente.


FIA - Divina Providência  

Catálogo de como ajudar o Sistema Divina Providiencia por meio do FIA.