Issuu on Google+

Campina Grande, Recife e Natal – maio de 2010 * edição 2 * ano 1

Um passeio pela nova coleção Melissa Et Circenses, Kipling e Missbella Na Club Fun a ordem é a diversão Garotas que são do Club Nossa Club Fun List, artigos, dicas e tendências para curtir este Inverno

Curiosidades Kipling e muito mais Moda para estudar, gentileza e atitudes para salvar o mundo


Sua loja autorizada Melissa


Editorial

Foi no ritmo de uma conhecida música oitentinha (Girls Just Wanna Have Fun - “As garotas só querem se divertir”), regravada recentemente por Pitty e Miley Cyrus, que a Club Fun Mag se inspirou para criar com alegria e alto-astral nossa segunda edição. O famoso hit de Cyndi Lauper, a Lady Gaga da década de 80, nunca esteve tão atual e representa o espírito jovem de garotas de gerações que cresceram e crescem acompanhadas deste desejo – DIVERSÃO, e foi pensando neste conceito que escolhemos o tema “FUN” para nossa revista. Da capa a contracapa, tem um pouco de tudo que a gente mais gosta, novidades como ensaios caprichadíssimos, curiosidades, entrevistas, muita moda e, principalmente diversão: a nova coleção Melissa Et Circenses pra você escolher as suas, modelitos arrasadores da coleção Pop Cult Missbella juntinho dos lançamentos de

Índice

Pág

06

Escolha a sua: lançamentos Melissa que são um espetáculo

Pág

05

Picadeiro fashion - O Circo invade a nova coleção Melissa Et Circenses

Elas são do Club, e você?

12

Artigo: Penélope Vieira fala do 1º salto

22

Tá falado: George Azevedo revela o indispensável deste Inverno

Pág

13

26

Curiosidades que toda kiplingmaníaca ama

Pág

Pág

24

29

Artigo: Maria Leopoldina num roteiro histórico da Melissa

Onde nos encontrar:

Expediente: Jornalista responsável: Izabela Nóbrega DRT: 669/04 Edição: Mais Propaganda Fotos: Wagner Pina e Equipe Club Fun, (Matéria Eh do Club - Jan,W e Bill Garcia). Pesquisa e criação de textos: Izabela Nóbrega, George Azevedo, Maria Leopoldina e Penélope Vieira. Revisão: Edjane Rodrigues, Estefânia Pires Izabela Nóbrega e Saulo Matias. Projeto gráfico: Mais Propaganda Diagramação, ilustrações, e finalização: Rodi Cruz Apoio: Melissa, Missbella e Kipling; Impressão: Gráfica Agenda Tiragem: 10 mil exemplares Distribuição gratuita: a revista será distribuída nas lojas Club Fun de Campina Grande - PB, Natal - RN e Recife - PE.

Agradecimentos: Aos empresários Francisco de Assis e Vânia Pinheiro, as agências Trafego Models e The Team Vogue, as clientes Luana Tábatta, Carol Carneiro, Susan Galvão, Raquel Sales e Joyce Oliveira, as gerentes Club Fun - Mariana Suassuna, Sandra Marques e Simoni Silva, aos jornalistas George Azevedo, Maria Leopoldina e Penélope Vieira, a Gabriela, Alanne Dias e Professora Nina Santana, do CT Moda SENAI - Campina Grande, a toda equipe Club Fun e Mais Propaganda.

Club Fun List: top 7 para um visual fun

Pág

23

Sem tempo a perder 10 Atitudes para salvar o mundo

Pág

Pág

15

Tá combinado: looks pra acertar com estilo

10

Na Club Fun, trabalho e diversão andam juntos

Pág

Pág

Pura Diversão - tudo sobre as novas Coleções Kipling e Missbella

Pág

Pág

Pág

11

acessórios Kipling. Trouxemos também uma seção com o look certo para cada ocasião, dicas e nossas wishlists. Convidamos e vamos continuar convidando gente nova, nesta edição, jornalistas e colunistas sociais que ditam tendências, vendedoras para falar porque na Club Fun a ordem é diversão e garotas que são do Club, entrevistas sobre um curso que está fazendo a cabeça de gente talentosa, além de artigos para praticar a diferença, porque moda também é atitude. Espero que nossa revista acompanhe você nesta viagem pela informação de forma leve e divertida. Então que tal colocar aquela música pra dançar sozinha, se vestir da cabeça aos pés num estilo bem Club Fun de viver e espalhar atitude, gentileza e consciência ecológica neste Inverno 2010? Boa leitura!

28

Melissando no SPFW

Pág

30

Entrevista - Elas levam a moda a sério.

Natal – RN/ Midway Mall Shopping, Loja 273, 2º PISO, Fone: (84) 3201- 3310; Recife – PE / Shopping Tacaruna, 1º PISO, Fone: (81)3221-4169; Campina Grande – PB/ Praça Coronel Antônio Pessoa, Centro, Fone: (83) 3322-5576; ORKUT - Participe da nossa comunidade no Orkut. Adicione nosso perfil(Club Fun). www.clubfun.com.br

Pág

31

Gentileza está na moda

caPa

Foto: Wagner Pina Assistente de Fotografia: Fabiana Melo Produção de Moda: Izabela Nóbrega Cabelo e Maquiagem: Júnior Cacau Modelo: Bruna Alessandra (Agência The Team Vogue) A modelo veste look total Missbella.

Dúvidas, Propaganda: sugestões Mais maispropaganda@uol.com.br; ou críticas: clubfunmag@hotmail.com


da tendência circowear na nova coleção da Melissa Respeitável público, prepare sua fantasia para pisar num picadeiro pra lá de fashion e ser a estrela de um espetáculo onde o palco é um mundo repleto de alegria, brilho e surpresas, a nova coleção de Inverno Melissa Et Circenses. A marca buscou suas referências no universo surreal e intenso do circo, inspirando-se em dois temas centrais para a criação de peças únicas. No primeiro, a nostalgia o circo através das lembranças empoeiradas da infância, do cheiro da pipoca quentinha, do romantismo, leveza e magia dos figurinos dos artistas. No segundo, o espetáculo, com toda sua explosão de cores, performances, sensualidade e beleza de dançarinas, força e fluidez das acrobatas, a coragem dos domadores, a alegria dos palhaços, clowns e pierrots modernos e a criatividade dos mágicos. A tendência do circowear, traduzida através do mundo do circo por sua

magia e caráter lúdico, que povoa com encantamento o consciente e inconsciente de todos nós, se entrelaça com a moda para a criação de uma coleção onde a marca propõe um mundo cheio de emoção, movimento e glamour em tons de dourado, bege, preto, vermelho e azul, apliques e o brilho da atmosfera circense. Os Laços, estrelas, botões, camafeus, coroas, rufos e detalhes metalizados, linhas ousadas, vazados, tiras e recortes anatômicos calçam os pés de mulheres e garotas que desejam trazer a diversão e a liberdade do picadeiro para o dia a dia, tornando a moda deste Inverno 2010 com ares de espetáculo burlesco repleto de surpresas. E para comandar este show, a Melissa apostou em novas e antigas parcerias, convidando a trupe de artistas (estilistas e designers) mais criativos do mundo fashion, como Alexandre Herchkovitch, Jean Paul Goultier, Love Foxxx(vocalista da banda Cansei de ser Sexy) , a rainha do punk, Vivienne Westwood e a dupla de estilista da Neon, Dudu Bertholini e Rita Comparato, todos responsáveis por formatos e modelagens inovadoras.

05


MELISSA ET Preparada para pisar no picadeiro mais fashion da estação? MELISSA ROYALE Olhando para o universo clown, esta nova sapatilha da Melissa tem pegada future classic, com a biqueira que vem do repertório masculino e a traseira, romanceada em formato de coração.

MELISSA JUGGLER

Anabela monobloco flocada com bico amêndoa(tendência). Design limpo para reforçar o valor do aplique em formato de cones, como os suportes usados pelos equilibristas e acrobatas nos picadeiros. Eles são inspirados no brilho líquido dos frascos de perfume, super-resistentes, desenvolvidos especialmente pela Grandene. As cores dos cones mudam de acordo com as cores do produto.

MELISSA LOOP Trata-se da leitura da Melissa do tradicional mocassim, com meia pata interna. Alcança pegada retro-futurista pelo próprio design trabalhado com o mix de texturas que brincam com o aveludado e o cromado do aplique frontal em laço. O salto alto em formato taco, vem mais estruturado com forte personalidade.

MELISSA SILKS + NEON Com o desenvolvimento da dupla de estilistas Dudu Bertholini e Rita Comparato, da badalada marca Neon, esta Melissa tem pegada vintage reforçada pelo recurso do brogue, e ao mesmo tempo é ultra feminina, com seu bico fino e salto delicado.

06


CIRCENSES Com vocês, o maior espetáculo do mundo fashion: A nova coleção Melissa Et Circenses Inverno 2010. Modelos inovadores e exclusivos, para calçar os pés de garotas glamourosas e criativas como você.

MELISSA STAGE Outra inspiração vinda do mocassim, porém aqui desprovido de sua sisudez pela desconstrução da lapela e o delicado recorte que revela os dedos. Mais informal, é pop e irreverente.

MELISSA HOOP Um novo tipo de sapatilha trabalhada com bico mais encurtado, em formato amêndoa, num resultado que pode remeter a um sapato de boneca antiga. Delicada e romântica, a Hoop ganha status de relíquia, o que se reforça pelo aplique tipo camafeu com desenho de coroa.

07


MELISSA TROUPE

POR ALEXANDRE HERCHCOVITCH

Novo modelo do estilista, que desdobra para a Melissa sua paixão pelo universo masculino/feminino, suavizado aqui pelo bico retrô. O mix destes elementos somado ao salto Anabela monobloco (que retoma o mega-hit Scarfun High), dá o caráter de absoluta modernidade ao produto, que já nasce destinado ao sucesso entre as fashionistas.

MELISSA DISCO + DOC DOG Atendendo aos pedidos dos fãs, retornamos com o salto pino, que confere identidade tacheada semelhante à Ashanti, porém com approach mais jovial.

MELISSA JOKING + LOVEFOXXX Mais uma parceria de perfeita harmonia entre a Melissa e a Lovefoxxx. Desta vez a sapatilha ganha personalidade e irreverência inspirada no universo das raposas.

MELISSA JEAN PAUL GAULTIER Jean Paul Gautier e a Melissa novamente se encontram para mais uma parceria, um modelo de sandália extremamente sensual de salto pino e tiras sobrepostas que velam e revelam o peito do pé com muito charme e praticidade.

08


MELISSA CIRQUE Esta ankle boot bicolor explora em seu design o fechamento com grandes botões laterais e sua lapela com efeito de sobreposição – referências vindas dos tradicionais looks usados pelos domadores do circo. O mix de superfícies e cores confere um inesperado elemento fun ao produto.

MELISSA MAGIC

Inspiradas no universo das bailarinas, as linhas da Magic evocam uma sensualidade sofisticada. Os detalhes que fazem a diferença neste modelo de salto alto são o elaborado fechamento com laço lateral, o surpreendente movimento da tira única sobre o pé e a palmilha aveludada.

MELISSA ASHANTI

Pela primeira vez ganha borda de tachas, o que lhe confere uma energia sexy, com pegada performática, rock’n’roll.

MELISSA MARINE Inova com máxi aplique, inspirado nos rufos(babados) das roupas de palhaços, domadores e mágicos. Um pierrot modernizado.

MELISSA OCEAN Ganha aplique de máxi botão, inspirado nos botões usados nas roupas de domadores e apresentadores MC`s.

VIVIENNE WESTWOOD ANGLOMANIA + MINI MELISSA

Adorável! A melhor palavra para definir mais uma parceria entre Vivienne Westwood e a Melissa. A sapatilha com laços e coração sobrepostos ao topo do pé cria uma atmosfera retro-nostálgica para as pequenas fashionistas.

Fonte: Catálogo Melissaria

09


Qual é a primeira coisa que todo mundo pensa quando vê uma Melissa e uma bolsa Kipling por aí? Claro, que uma destas três palavras passou na sua cabeça: moda, estilo e diversão. Quem é melisseira e kiplingmaníaca sabe, não existe nada mais divertido do que comprar uma acessório novo na Club Fun. A sensação de euforia começa quando se vê os modelitos nas vitrines: depois disso, já era! Quando a gente se dá conta já está provando, suspirando e se apaixonando por todos os modelos, sem contar que a equipe de vendedoras, verdadeiras guias deste roteiro fashion, tornam esse momento único. Afinal, comprar uma Melissa e uma Kipling é a realização de um desejo. Decidimos então falar com algumas garotas para saber como é trabalhar num lugar que é pura alegria. A gerente da Club Fu vida de um n de Recife jeito tão “F , Sandra M UN” que Sandra, div arques, 28 se casou co ersão de ve anos, leva m uma Me rdade é fica gosta rind a lissa nos p o e batend r reunida co és. Para o papo, ela m os amig loja onde tr os e pesso também n abalha, “A as que ão hesita n Club Fun se demos pro a hora de mpre será dutos pelo falar da uma loja d s quais som passar para ivertida po os encanta os clientes rque vendas, com is nossa adm minha vida so torna m iração de u ”. Para San ais fácil m d a marca qu ra, que é a tem que te e já faz pa paixonada r paixão, M rte da pelo que fa elissa e Kip z, toda ven ling. dedora

Simoni Silva de Macedo, 24 anos, é vendedora da Club Fun de Natal. Para ela, não há nada mais divertido do que estar de bem com a vida, sair na balada com amigos, viajar e conhecer pessoas novas. Outra coisa que ela curte bastante é trabalhar num ambiente encantador, como a Club Fun. “Aqui tudo influencia: o cheiro, os produtos e as cores das marcas representam um sonho de um mundo de encanto e diversão”. Segundo Simoni, toda vendedora tem que ter ousadia, estilo, ser fashion e o principal, gostar da Melissa. E quem é que não ama?

divers Mariana Su ão de assun a ve se fos se o ú rdade é fa , 19 anos, é vende zer o ltimo. uma lo dor qu Po ja leg al, ven r isso Maria e gosta, cur a da Club F públic un de tindo os. de pro na ad todos Cam dutos ora tr o a d s b e dias c pina, para a s P c lh a olado a ra ela r o pod om n ela a s, sem , as er pre na Club Fun, q alegria com , “ Toda de nos tran marcas repr u o e além moda es sf ve , ating de ser tida, e ndedora te ormar todo entam des in d co o dife s st m rentes dar um ar sempre a que ter co os dias com ntração e d iferen nhecim ntena n o u s p s a n t da e p e s o visu segred s e d n e if t s eren od tilo al ro o de s eu suc de cada c nta para in os produtos tes Melissa s, que dão liente” ovar, a , ser s s e Kip esso. im , disse co li Maria mpanhand pática, extr ngs. na qu o as c o ando oleçõe verpergu ntada s para sobre o 10


A nossa revista adora diversão, principalmente falar e mostrar garotas que amam e curtem viver o lado “fun” da vida e o levam aonde for. Escolhemos três it girls que se destacam por se amarrarem em sentimentos bons e saudáveis, espalham alegria com ousadia, inteligência, bom humor, personalidade e são do Club que cresce com muito orgulho. Elas se reinventam, curtem um visual repleto de cores, formas e criatividade, usam a moda como forma de expressão e liberdade - sempre com uma melissa no pé e uma Kipling no ombro, afinal, a gente conhece uma Club Fun Girl de longe. Basta olhar para a modelo e estudante Luana Tábatta, 19 anos, de Campina Grande, que a gente já vê de cara que ela é do Club, pra começar sabe o que é diversão de verdade pra ela? Ir para os lugares que gosta, acompanhada das pessoas que gosta, vestida de forma confortável, usando looks coloridos com

acessórios indispensáveis: Melissa e Kipling. “Tenho nove Melissas, além de outros sapatos, mas quando vejo, só saio de casa com elas, também curto muito as bolsas Kipling, sem Melissa nos pés eu não sou Luana”, arremata a modelo melisseira.

Além de conhecida nas passarelas pernambucanas, Carol Carneiro, 21 anos, estuda Serviço Social na UFPE. Para ela, diversão é viajar com os amigos e o namorado, passar o fim de semana todo assistindo filmes, abraçadinha com o boy, visitar museus e dançar horrores até o dia amanhecer. Suas maiores aquisições são prateleiras cheias de Melissas, ela diz que já perdeu as contas de quantas tem, resultado de sua paixão por acessórios. Carol ainda revela como deixa seu visual mais divertido, “Uso muito uma bolsa azul-royal e uma pulseira preta com coração que minhas amigas já apelidaram de morfador, também gosto muito de sapatos diferentes e bolsas práticas, e se forem Melissa e Kipling, saio de casa feliz da vida”, diz a modelo.

Raquel Sales, 18 anos, estudante de Arquitetura e Urbanismo na UnP (Universidade Potiguar), mora em Natal e sempre que pode dá uma passada na Club Fun do Midway Mall para conferir as novidades da loja e aumentar sua coleção de melissas, que por enquanto é de seis pares. Para ela, diversão sempre está relacionada a algo que tem que ser praticado sem compromisso, e que traga sensação de satisfação e bem-estar. Ela gosta de assistir filmes, ir a um show ou festa, ler um livro, fazer compras com as amigas, namorar, fotografar e tocar violão.

Agora se o assunto for moda, Raquel tira de letra, adora ficar antenada com o que está em alta e é categórica ao declarar que um visual divertido, antes de tudo, é aquele em que você se sinta confortável, bonita e tem algo de diferente, então ela costuma brincar com as cores, investir em tons fortes nos calçados e bolsas, caprichar nos acessórios e maquiagem. “Um dia saio de casa vestida de ‘bonequinha’ e no outro vestida mais sedutora, afinal se divertir com o visual também está ligado a mudar, diferenciar e experimentar novos looks”, revela Raquel Sales. 11


º1 Salto

Penélope Vieira, jornalista, colunista social de Campina Grande, chocólatra, melisseira assumida, se declara apaixonada por moda, mergulho em profundidade e não dispensa se divertir ao lado de amigos inteligentes e bem-humorados. Penélope revela através deste texto, de forma leve e delicada, porque a marca provoca recordações positivas e românticas em várias gerações.

Ter uma Melissa é parte de uma cadeia de acontecimentos e emoções. Toda menina se espelha na mãe, portanto, usar saltos é um dos primeiros desejos de consumo de qualquer criança. Lembro-me dos sapatos altos e coloridos que a minha mãe usava, aquilo me fascinava. Eu os pegava escondido dela e ficava sapateando pela sala. Ainda na minha adolescência, nós não usávamos saltos como é comum hoje em dia. Até que a Melissa lançou aquela sandália de salto largo, trançada na frente. Era um sucesso! Eu e todas as minhas amigas usávamos Melissa, só dava ela nas festas. Acho até, que a Melissa de salto nos ajudava a chegar ao primeiro beijo adolescente. Parecia que nós crescíamos e que era um elevador para chegar mais próximo desta emoção. Ver as coisas por cima, no salto, particularmente, fazia de mim uma menina mais segura, mais autêntica. Daí a Melissa decidiu inovar, e a cada coleção nós experimentávamos novos prazeres, como acontece até hoje.

Penélope Vieira 12

Ganhei o ano passado uma Melissa de uma amiga, era preta aveludada. Como eu usei... Colocava-a com uma meia fio 80 no inverno, e eu ficava chique e elegante. Cheguei a apresentar o programa de TV junino vestida assim. Afinal, uma melissa não vai mais só aos shoppings ou festas conosco, hoje, ela nos leva inclusive ao trabalho. Porque a sandália se tornou tão versátil que tem melissas para todas as ocasiões. E o que é melhor, sempre com o ar de jovialidade que a sandália representa. Outra coleção que me surpreendeu foi quando a Melissa decidiu me homenagear, ela lançou a sandália Penélope Charmosa. Claro que não pra mim exatamente, mas ao meu nome. Isso também não importava, porque eu me sentia homenageada do mesmo jeito. É assim que a Melissa faz. Ela primeiro percebeu a nossa carência de ter um salto, daí ela nos proporcionou uma sandália com salto direcionado às adolescentes, e mudou a história de todas as meninas que vieram depois. Em seguida, ela sentiu que a cada geração nos tornávamos mais exigentes e versáteis, então, ela seguiu o mesmo ritmo. E por último, nos provoca a sentir novas sensações a cada coleção. Ter uma Melissa é ter status!


O que é divertido, é desejado, engraçado e indispensável. E não há nada mais legal do que espalhar alegria e bom humor por aí com um visual descontraído e com aquele toque criativo. Selecionamos na nossa Club Fun List, tendências que a gente adora e são a cara das nossas it girls: peçaschave de tudo que está em alta para montar um visual pra cima e descolado.

Acessórios Fun

Laços, muitos laços. Grandes, pequenos e hiper exagerados, os laços chegaram com tudo, em cintos, pingentes, correntes, anéis, nas bolsas, broches, nas melissas e principalmente, na cabeça.

Esmaltes coloridos Hit do verão, as cores flúor continuam com tudo, mas o que vai pintar as unhas das fashionistas são os tons de Inverno: verdinhos menta e azuis claros, marrom-acinzentado, todos os tons de rosa, prata, dourado, cinza, azul e vinho bem escuro, além do preto básico. Vale também quebrar as regras, brincar de misturar cores, desenhos, glitters e se divertir pra valer.

Mochilas e bolsas com grafismos e cores fortes

Visual fun de verdade tem que ter uma bolsa Kipling pra alegrar o look.

Maquiagem colorida Tem como não amar estas makes lindas que dão um verdadeiro toque de diversão no visu? A ordem é usar e ousar com batons, sombras e delineadores multicoloridos e abusados.

Meias calças coloridas Dá sim pra enfrentar aquela friozinho gostoso com muito estilo e as pernocas de fora, além de deixar a produção muito mais vibrante.

Revista Plastic Dreams 3 A terceira edição da revista da Melissa traz o tema da nova coleção Et Circenses, capa e recheio com a diva pin up Dita Von Teese, matérias, entrevistas e editorias incríveis. Passe na Club Fun para pegar a sua ou visualize a versão digital no site da marca: www.melissa.com.br/revista

Chaveirinhos Melissa e Kipling Que tal deixar sua bolsa, mochila ou mala mais divertida com essas fofurinhas cheias de estilo? Fontes: http://www.leblogdebetty.com www.fashionismo.com.br www.garotasestupidas.com Desfiles da Luella, Marc by Marc Jacobs, Temperley e DVF!

13


Pura diversão Não é um amor romântico com um galã de Hollywood, riqueza e luxo ou ter um closet quilométrico. Se você pensa que toda garota quer isso está enganado(a), no fundo o que elas mais desejam, seja na escola, na vida, trabalho, baladas, junto com o namorado, amigas e, principalmente na moda, é diversão. O que mais se identificam e buscam é isso, afinal toda Club Fun Girl gosta mesmo é de estar de bem com a vida, porque já temos coisas demais para nos preocupar. E o que mais queremos é montar looks descompromissados, com a cara da Missbella e Kipling, marcas com aquele gostinho de alto-astral, let’s fun!

15


KIPLING, UM INVERNO COM NOVOS MODELOS E REEDIÇÕES DE SUCESSO

Quem não quer curtir este inverno na moda e desfilar sua Kiplings por aí? Preparem-se kiplingmaníacas e modernosas de plantão, a marca de bolsas casuais mais descoladas do mundo lançou uma coleção que tem a cara da estação. Tudo com muita praticidade, estilo e versatilidade pra você curtir as badalações e as férias deste inverno tropical, sem desgrudar dos novos lançamentos, pensados para quem tem um dia a dia agitado e não dispensa estar acompanhada de suas itbags Kiplings. Como a linha “Sport Intense”, que continua com peças de desenho versátil, esportivo e design para diferentes ocasiões. Confeccionada em algodão, com textura macia que dá aquele toque modernoso, bem antenado com as novas tendências: detalhes de metais e zíperes, assinatura original em alto relevo e costuras da mesma cor da peça. Destaque maior para as três novíssimas cores da linha, tons mega hypados e quentes, Pimento (vermelho), Misty Grey (cinza) e Black (preto). E para enlouquecer as colecionadoras, o toque final fica por conta do macaquinho toy art na cor da bolsa. O queridinho ‘Kyan’, modelo de pequena bolsa transversal, com regulagem de altura na alça, está diferenciado: dobrado ao meio e preso por um botão interno, garante maior segurança, além de um bolso frontal criado para colocar pequenos objetos e não deixar você na mão. E na wishlist da nova coleção continuam as maxi bolsas e clutches(bolsas de mão no formato de carteiras grandes), além das mini bolsas para quem gosta de carregar o essencial. Se for curtir uma ocasião mais formal, como um jantar com o gato ou uma balada à noite, a Linha Hip Verniz traz novos tecidos mais refinados, como o algodão e o poliéster, que dão um ar fashion - despretensioso às peças, estampas, materiais, além de parcerias com estilistas famosos. Já o modelo Tracey é lindo, tem aquela pegada chique da correntinha na alça e vem nas cores roxo e preto. E a linha City? O clássico da marca que mistura elementos sofisticados com a praticidade do nylon e nylon acetinado, traz duas novas cores, o preto e o azul petróleo, para garotas e mulheres independentes que desejam a simplicidade elegante em qualquer ocasião. Não podemos deixar de falar dos detalhes, cada um mais lindo que o outro: o dourado dos ilhós e zíperes, ambos em metal, a logo e o macaquinho em metal e couro para conferir mais modernidade às peças, as novas cores e mais variados tamanhos dos modelos Ester, Gyda, Janice, Marla, Joanne e Joanne S. E para as it girls criativas e sofisticadas, a novíssima coleção G*rilla Girlz, que além de conhecida pelo seu estilo ousado e descolado, traz cores vibrantes e tecidos tecnológicos para apimentar a coleção - como o moleton, o must have da estação, que aparece em alguns itens de forma inédita com recortes inusitados e detalhes fofíssimos de tachinhas coloridas forrando a parte exterior das peças Inzai e Creativity. Agora a ótima notícia para quem não perde a paixão pela sensação da linha Basic: a cor Lilac(lilás) vai ser reeditada atendendo aos inúmeros pedidos das fãs de quase 20 modelos exclusivos desta nuance linda, delicada e ultrafeminina. São bolsas de mão, tiracolo, carteiras e acessórios relançados a pedidos das kiplingmaníacas que amam a versatilidade desta cor que nunca sai de moda.

16


17


O POP CULT DA

DA MISSBELLA COLORINDO ESTE INVERNO

18

Cheio de charme, ousadia e diversão, o inverno 2010 Pop Cult da Missbella foi buscar no patrimônio cultural de um mundo globalizado, tribal e em evolução tecnológica, um mix de influências, imagens, cores, ideias e conceitos que marcaram gerações de vários povos. Tudo ao mesmo tempo agora, conectada ao conceito pop, em quatro diferentes temas para garotas modernas como você, que curtem visuais incríveis, cheios de cor e energia. O Eco Pop, traz roupas em defesa da natureza para quem já entrou ou quer entrar na onda ecofriendly e da ecologia pacífica sem radicalismos, com figuras de animais em camisetas(onças e corujas), fotos ou croquis(aqueles desenhos de estilistas), estampas de flores, folhas e árvores, além da famosa animal print de pele de onça colorida, detalhes customizados e aplicações de bichinhos estilizados. Na Art Pop – a arte que sempre inspira a moda e a moda que está ligada à arte, valoriza toda forma de expressão como pinturas, gravuras, colagens e elementos figurativos que saem das telas, papéis e mídia para estampar as roupas de it girls que adoram moda conceitual e inovadora em peças com desenhos da artista plástica Daniela Aguiar, letras e histórias em quadrinhos. A Memories Pop, faz uma releitura e resgata os ídolos, símbolos e ícones, que podem ser cheiros, sabores e objetos desta cultura pop massificada pela mídia, que encantou gerações em lembranças boas da infância ou juventude de nossos pais e avós, momentos de alegria em peças com uma pegada “retrô” nas modelagens e “vintage” nos acabamentos, como a cintura alta marcada, rendas, bolsinhas com correntes e figuras de musas, lolitas e pin ups em bolsas e acessórios. Outra aposta fashion: sabe as celebridades de ontem e de hoje, a fama, o cinema, música e televisão? Tudo isso inspirou o People Pop, que enfatiza as caras, bocas e atitudes de quem busca freneticamente os holofotes, reconhecimento e premiações. E quem não quer se destacar, ser reconhecido e não passar despercebido em looks repletos de glamour, brilho e atitude? Por isso darlings, a onda é se jogar nos paetês, cristais em aplicações e estampas, tachas nas roupas e acessórios, rebites, metalizados, letreiros e frases divertidas sobre listras. Nas estampas estouradas de rosto, efeitos e camisetas com texturas e silks simulando sobreposições(tromp l’oeil). Uma coleção toda inspirada na arte e na cultura pop que mergulha nas estampas exclusivas, feitas na China, impressões digitais em base de seda, peças artesanais e modelos trabalhados em patchwork, colares para serem usados como cachecóis, lenços, boinas e chapéus. Também reinam absolutas as sobreposições, o xadrez, as jaquetinhas curtas (rocker Jaquets ou Bickers), wet leggings, coletes com modelagens diferenciadas, casaquetos, tricôs, babados, laços e o queridinho das garotas - jeans com lavagens, estamparias, bordados, aplicações e shapes diferenciados: super skinnies, boyfriends ou boy-fits. Jardineiras, macacões, coletes e jaquetas também prometem ser as peças must have da coleção mais pop e cult da Missbella.


19


Foto:Wagner Pina Assistente de Fotografia – Fabiana Melo Produção de Moda: Izabela Nóbrega Cabelo e Make: Júnior Cacau Modelo: Bruna Alessandra ( Agência The Team Vogue) 20


Em tempos modernos, a pergunta “O que está na moda?” se torna até cafona, não é mesmo? Sim, porque hoje em dia o grande lance é você ter conhecimento de moda e buscar um estilo, procurar um conceito mais pessoal. Quanto à tendência, a questão é outra bem diferente... e como estamos aqui para falar das tendências do outono-inverno 2010, segue a listinha:

Solte suas feras

A cobra e a onça são os bichos da vez, não custa nada se entregar ao “bichismo” e deixar o visual mais sexy e divertido.

Visto de uma forma mais elegante – looks inspirados em uniformes de guerra, com cortes retos, muito verde oliva, caqui e tons de marrom, jaquetas com vários botões, estampas camufladas, ombros com bordados e aplicações e cinturas marcadas, chegaram com tudo na Europa e prometem fazer a cabeça das brasileiras.

Renda-se Com fortes referências na lingerie retrô e nos corsets do século XIX, as rendas estão com tudo e dá para usar de várias formas e ocasiões, tanto nos vestidos corsets, casaquinhos, alças de sutiã à mostra, detalhes de sobreposições e transparências em camisetas, vestidos lisos e blusas mais decotadas.

Sexy Girl

Os vestidos ajustadíssimos continuam com tudo e mais curtinhos ainda. Modelos com mangas compridas, fluidos ou com aquela pegada retrô, devem ser usados com sapatos pesados, meias escuras ou leggings em ocasiões menos informais.

maxi colares São os acessórios da vez, você pode usá-los por cima de camisetinhas básicas ou “podrinhas” e nos pés ankle boots, abotinados e plataformas pesadonas.

A wishlist mais cool e essencial deste inverno é dica de George Azevedo, que está sempre por dentro de tudo que envolve moda, estilo, beleza e comportamento. George é colunista social do Jornal Tribuna do Norte em Natal, Diretor Geral da badalada revista de moda Glam, produtor de concursos de Miss e dono da Trafego Models, umas das agências de modelos mais conceituadas do Nordeste. 22

Rock’n Roll

Entre na onda sem clichês, ou seja, encare a roqueira fina. Aposte nas jaquetas de couro, wet leggings, muitas tachas tanto nas roupas como nos acessórios, xadrez em camisas e vestidos, acid jeans e ankle boots.

Ombros estruturados Sim, “as velhas” ombreiras estão de volta com influência bem oitentinha e chegam marcadas de forma sutil e delicada, apenas nas costuras das peças, ou moldadas no caimento do próprio tecido.


Não há nada mais fora de moda e inaceitável hoje em dia do que não ter consciência ecológica nem tomar atitudes diárias para ajudar a preservação do meio ambiente, diminuindo os danos do efeito estufa e do aquecimento global, causados principalmente pela emissão de dióxido de carbono. A realidade não é nada glamourosa, estamos numa batalha contra o tempo e contra os erros de nossos antepassados e pequenos ou grandes deslizes diários cometidos por gerações presentes. Se não há mais tempo para pensar e sim para agir, que tal começar com 10 pequenas atitudes que podem fazer a diferença?

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Substitua as lâmpadas incandescentes da sua casa por fluorescentes, cada lâmpada trocada poupa 68kg de dióxido de carbono por ano.

Ande a pé e de bicicleta, assim você mantém o corpo e a saúde em forma. Use transportes públicos, organize ou negocie caronas solidárias com seus amigos da escola, faculdade ou trabalho. Fazendo isso, você poupa 300gr de dióxido de carbono por cada km que não percorrer com o seu carro.

Recicle seu lixo doméstico, procure se informar pela internet como você pode ajudar e saiba se existem cooperativas associadas no seu prédio ou no seu bairro. Você pode poupar até 540kg de dióxido de carbono por ano se reduzir o lixo doméstico em 10%. Repense e avalie tudo o que você vai comprar, procure se informar, faça escolhas políticas e ecologicamente corretas, evite embalagens comprando uma ecobag. Prefira alimentos industrializados com embalagens recicláveis, além dos produtos amigos do meio ambiente, os ecofriendly: roupas, sapatos, produtos de beleza, higiene pessoal, meios de transporte, móveis e eletrodomésticos que não agridam ou diminuam o impacto ambiental. Coma produtos locais. A agricultura é responsável por cerca de um quinto das emissões de gases-estufa do mundo. A escolha de produtos da estação, produzidos na região onde você mora, evita emissões de dióxido de carbono no transporte dos alimentos pelo mundo. Economize e evite o desperdício de água dentro de casa, comece bebendo água filtrada, já que as fontes de água mineral estão acabando e aprenda também a poupar água quente. Se reduzir o fluxo da sua ducha pode economizar até 160kg de CO2 por ano. Economize energia elétrica. Desligue as lâmpadas, a televisão, aparelhos de som, DVD’s e computadores quando não estiver no ambiente ou usando estes aparelhos e desligue sempre os eletrodomésticos do modo stand by. Plante uma árvore. Ela irá absorver uma tonelada de dióxido de carbono no decorrer da sua vida. Reduza seu consumo de carne vermelha. Estudos indicam que a produção de cada quilo, emite gases-estufa equivalentes a 36,4 kg de dióxido de carbono, devido principalmente às emissões de gás metano pelo gado. Outra causa, a mais preocupante, o desmatamento realizado para o plantio de pastagens para o gado, é o fator de maior impacto na diminuição da Floresta Amazônica, além da grande quantidade de água gasta para cada gado ser abatido e chegar à nossa mesa.

Seja esperta, passe estas ideias adiante. Faça a sua parte, lembrando que tais atitudes não são um favor, mas uma obrigação de todos. 23


Tá Combinado

V outra. amos comb inar, te Pares e refri p gerant erfeitos comm coisa que e e conf orto, M , cinema e o queijo e já nasce pa ra a pipoca sabe elissa goiaba to , e looks i das estas m Kipling, Mi paixão e b da, pizza s n e 1º enco spiradores p arcas juntas. sbella e você ijo, jeans ara oc ntro, a N ou qu ossa a no sho q pping uele cinemin siões bem co revista escol em rechea visu ar heu tidiana ha com d r comple asador pra a de compr as amigas, s, como o a b u menta m e sã alada: mode s e diversão ma tarde ou aqu litos d o a ca e ra des te inve marcas que ele rno tro pical. se

look 1 encontro A ocasião pede um lugar discreto e tranquilo e um look mais ainda, por isso a dica é este jeans Missbella com lavagem mais clara, camiseta Missbella com um charme extra nos botões, e para dar um toque fun de cor e personalidade, bolsa Kipling Harakuju com grafismos e Melissa Ashia O Pequeno Príncipe.

24

look tarde no shoopping Muito estilo e conforto com o vestido florido da Missbella e nos pés, uma deliciosa sapatilha Vivienne Westwood Anglomania Ballerina ou sandália Melissa Flower Isabela Capeto. Para arrematar, bolsa Kipling modelo Rukan.


look cinema

Aqui uma produção com uma pegada mais rock: short jeans Missbella, blusa Missbella, bolsas Kipling em couro sintético, marrom modelo Brune ou preta modelo Gaelle e Melissa Ultragirl Animals.

look balada

Que tal ousar com uma roupa mais elegante e apostar na calça Missbella com corte de alfaiataria, estilo cenoura, e nesta blusa tomara-que-caia Missbella de estampa exclusiva? Para finalizar, um poderoso salto Melissa Vivienne Westwood Three Straps Elevated e o lançamento Kipling do modelo Inzai com tachas.

25


mania no mundo

Qual é a mulher que não tem paixão por bolsas? Seja qual for o lugar do mundo, esta paixão aumenta e a produção só está completa para muitas garotas se estiver arrematada por uma Kipling. Nascida em 1987 na cidade da Antuérpia, Bélgica, a marca que virou uma verdadeira fábrica de desejos, produz unicamente neste país e conta com cerca de 250 modelos diferentes a cada temporada. Desde que se internacionalizou em 1993, tor-

26

nou-se global e especializada em bolsas, mochilas e também em outros acessórios, como sandálias papetes e armações de óculos, desde então, comercializa seus produtos em mais de 60 países de todos os continentes do planeta. Em 2007, a Kipling decidiu se tornar mais fashion para ganhar status de grife contemporânea. Investiu numa nova linha de produtos com novos materiais para suas bolsas como couro, jeans e estampas, além de apostar em


novos modelos para os macacos com versões feitas de plástico e metal. Outra curiosidade que provavelmente você não sabe é que o nome Kipling, além de fácil de pronunciar em qualquer parte do planeta, surgiu para homenagear o escritor inglês Rudyard Kipling, autor do “Livro da Selva”, que fala do comportamento selvagem e divertido de um grupo de macacos. Considerada a melhor marca de bolsas casuais do mundo, que oferece opções para todas as ocasiões, idades e mulheres, os acessórios acompanham gerações que cresceram e crescem carregando com muito orgulho suas Kiplings nos ombros e nas costas. Estima-se que 35 milhões delas usam a marca, que já caiu na wishlist de inúmeras it girls e celebs. É também mania entre colecionadoras que não dispensam a praticidade, versatilidade e diversão das malas, bolsas, carteiras, estojos e nécessairies que vem acompanhadas do mascote mais fofo e inconfundível da moda, o Kipling Monkey, o macaqui-nho pendurado que já virou símbolo da marca e foi escolhido por representar diversão e aventura. Outra coisa super legal é que cada macaquinho, mais de 430 modelos diferentes, recebe carinhosamente o nome de funcionários e colaboradores do mundo todo e algumas kiplingmaníacas tem verdadeira loucura por este símbolo, chegando a possuir cerca de 420 macacos.

27


Melissando no

Marimoon, apresentadora

Helena Bordon, empresária

A Melissa com certeza foi a marca que teve o lounge mais visitado, lindo e badalado do 28º São Paulo Fashion Week, uma das semanas de moda mais importantes do mundo, que aconteceu de 17 a 22 de janeiro no espaço da Bienal do Parque do Zé Pedro, DJ Ibirapuera. Famosos, fashionistas, artistas, fãs, mulheres cheias de estilo, convidados e a imprensa caíram de amores pelo charme do espaço planejado e decorado pelo designer de interiores Marcelo Rosenbaum. Rolou de tudo: exposição dos novos modelos da coleção Melissa Et Circenses, visitas que deram o que falar e gravações da TV Melissa - isso Glória Kalil, mesmo, você sabia que a melissa tem Consultora de Moda e estilo uma TV? Basta acessar o canal da Melissa no youtube ou (www.melissa. com.br/blog), para conferir novidades, ou o que aconteceu e quem esteve no lounge Melissa, como entrevistas com funcionários sobre o conceito da nova coleção, depoimentos de atrizes, apresentadoras de TV, colecionadoras, deGisela Reimann, atriz signers e consultoras de moda, como Costanza Pascolato. Blogueiras que dedicam seus blogs só para a Melissa, como o Plastic Fantastic(pfantastic. wordpress.com), também estiveram por lá.

Vanessa Cruz, Modelo

Marco Antônio di Biaggi, cabeleireiro

Janaina Heglin, modelo

DJ Jackson Araújo

Eliana, apresentadora

Adriana Couto, apresentadora do Metrópolis Sarah Oliveira, apresentadora

28

Stefania, modelo

Fonte – Blog Melissa: www.melissa.com.br/blog

Equipe Melissa - maquiagem fashion circense por Theo Carias

Érika Palomino – Editora da Plastic Dreams Paula Zago, modelo


uma paixão

internacional Maria Leopoldina é jornalista e assessora de imprensa com especialização em Moda. Para ela que nasceu e mora em Recife, diversão é estar bem, com amigos interessantes, ler, ir à balada, mas sempre com roupas e acessórios que casem perfeitamente com o local escolhido, e de preferência confortáveis. Convidamos a expert em moda, que tem paixão por doces e chocolates, compras, bolsas, sapatos(incontáveis), e adora compor um visual divertido com peças coloridas de designers atuais e cortes moderníssimos, para contar um roteiro histórico de uma marca que ela ama e coleciona.

Confortáveis, clássicas e elegantes. Assim se definem as sandálias Melissa. Nascida em meados da década de 70 e feitas para o mulherio adepto ao mundo da moda, da tecnologia, design e, sobretudo, que esbanja puro charme. Os calçados foram inspirados, acredite se quiser, nos pescadores da Riviera Francesa que usavam sapatos feitos de plástico em busca de conforto aos pés.

De lá para cá, a grife se tornou a queridinha das brasileiras (e não-brasileiras) que encontram algum modelo de Melissa que é a sua cara. Das campanhas e filmes publicitários, estrelados por nomes de peso, como a modelo-estrela Cláudia Schiffer, a marca assinou grandes parcerias, como a do top estilista brasileiro Alexandre Herchcovitch e dos designers Fernando e Humberto Campana. Quem esquece os modelitos singulares dos irmãos Campana que se tornaram clássicos da grife?

a

Com 30 anos de estrada no mundo da moda, a Melissa se revela a cada dia, redescobrindo os poderes do cenário fashion. Em cada cantinho do Planeta uma loja Melissa esbanja criatividade, sofisticação e enlouquece a cabeça das fashionistas, como a loja exclusiva da marca na capital pernambucana, Club Fun. Por lá, as prateleiras destacam-se pelas cores, brilho e glamour ideal para as “melisseiras” irem às compras do jeito que tem de ser. Usar uma Melissa significa ser moderna, fashionista e especial. Todos os modelos, sejam os altos ou rasteiros, complementam qualquer look e podem muito bem acompanhar a moçada que vai à escola, ao cinema e até à balada. Melissa virou mania, quem tem não deixa de ter, quem é não deixa de ser. Maria Leopoldina 29


Nunca a Moda esteve tão na moda, números cada vez maiores de programas de TV, revistas impressas e on-line, blogs e sites especializados em estilo, além de cursos técnicos e superiores de Moda e Estilismo, Têxtil e Vestuário, fazem a cabeça de uma galera que não quer estar só antenada com as tendências, mas estudar e trabalhar neste segmento que abre um número cada vez mais crescente de empregos em todo Brasil. A Club Fun Mag decidiu entrevistar uma aluna e uma professora do curso Técnico em Produção de Moda, oferecido pelo Centro de Tecnologia da Moda do SENAI de Campina Grande, que optaram por estudar e viver desta área profissional em plena ascensão.

A estudante Alanne Dias, 19 anos, é um destes talentos. Escolhida para participar na etapa nacional da Olimpíada do Conhecimento 2010, realizada em março, no Rio de Janeiro, com alunos do SENAI de todo Brasil, competiu na modalidade Designer de Moda com estudantes de 10 estados e mandou bem: ela e sua equipe levaram a coleção Corpo e Cor para desfilar, inspirada no artista plástico brasileiro Hélio Oiticica. Alanne ainda produziu e apresentou em outra competição mais uma coleção. Resultado de seu trabalho: Alanne trouxe a Paraíba um diploma de excelência na competição. 1-Por que trabalhar com Moda? Moda foi sempre um tema que me despertou curiosidade, então porque não unir o útil ao agradável e fazer o que gosto? 2-Existe alguma coisa que te surpreendeu no curso? Ver a peça pronta com toda sua inspiração, sem dúvida é muito gratificante. 3-Qual é o maior desafio de trabalhar com Moda? Entender seu público. O sucesso da coleção depende muito disso. 4-Fale da sua experiência recente na Olimpíada do Conhecimento. Foi uma experiência única. Participar de um evento tão gigantesco e estar no Rio de Janeiro competindo com pessoas de culturas e costumes diferentes foi muito legal e gratificante. Consegui superar minhas expectativas e obter resultados positivos junto com todos que me apoiaram. 5-Um sonho de consumo e profissional? Fazer um curso de Moda em Paris e ter uma marca - abrir minha confecção. 6-Pra você, o que nunca sai de moda? Uma boa calça jeans, vestidinho preto, blusinha branca básica e melissa, adoro usar também modelos antigos. 7-Um ícone de estilo? Audrey Hepburn, a rainha do pretinho básico. 8-Um ícone da Moda? A estilista Vivienne Westwood e toda sua irreverência. 9-O que é um look divertido pra você? O criativo look Hi-lo - juntar o requintado ao despojado. Uma regata básica com um blazer, colar de pérolas, um jeans despojado, uma melissa no pé... Reúna o simples e o sofisticado, o clássico e o descolado. Quer trocar uma ideia com Alanne sobre a profissão? alanne_dias@hotmail.com twitter:@alannedias 30

Já a professora do curso, Nina Santana, tem sua relação com Moda por DNA. Neta de uma grande alfaiate, filha de uma modista, costura desde os 6 anos de idade e com 22 anos montou seu ateliê, de lá pra cá não parou mais de fazer cursos. Morou 8 anos em Milão, Itália, e se aperfeiçoou em Modelagem Industrial. Nina, que é bastante experiente e respeitada profissionalmente, responde algumas dúvidas para quem quiser ingressar nesta área. 1-Como avaliar um bom curso de Moda, o que ele deve realmente ensinar hoje em dia? Se olharmos com seriedade os cursos de Moda que existem no Brasil, eu diria que 90% não atende às necessidades do mercado. É uma profissão que está perigosamente ligada à vaidade e este é nosso maior problema. A grade de matérias deveria ser mais abrangente, o aluno deveria estudar teoria e prática simultaneamente, Relações Humanas, e Português. Só assim, nós os manteríamos com os pés no chão: é competência da escola fazê-los compreender que trabalhar com moda não os torna seres superiores. Portanto, a escola de Moda hoje deve simplesmente preparar excelentes profissionais. 2-Hoje quais são as maiores referências de ensino de Moda no Brasil? Em termos de escola, temos a Faculdade Cândido Mendes, no Rio de Janeiro e as escolas de Moda do Senac do Rio e de São Paulo. Temos as Faculdades Santa Marcelina e a Anhambi Morumbi em São Paulo, além das escolas técnicas do SENAI de Curitiba e Santa Catarina. 3-Quais características e qualidades que um aluno deve ter para trabalhar com Moda? As características de um aluno brasileiro que queira trabalhar com moda no Brasil hoje são as mesmas de qualquer aluno, em qualquer parte do mundo: criativo, dedicado, interessado, determinado, porém flexível, e o mais importante, que saiba e goste de trabalhar em equipe. 4- Onde um aluno recém-saído do curso pode trabalhar aqui no Nordeste? Infelizmente as oportunidades ainda são poucas. Os empresários aqui não sabem da importância do estilista ou produtor de moda, que quando bem preparados, trarão para a empresa um imenso salto de qualidade, economia, etc. Aqui no Nordeste a maioria que estuda conosco no SENAI, se preparam para trabalhar com a família ou no próprio negócio. 5- Qual é a média salarial de um estilista ou Técnico em Produção de Moda? No Rio em 2007, na empresa em que trabalhava, o salário inicial para o nível técnico era de R$ 2 mil. Já aqui em Campina é de R$ 700. Isso continuará provocando a migração para o Sudeste. 6- Qual segmento de Moda está em crescimento no país? Todos.

Peças da coleção Corpo e Cor apresentadas na Olimpíada do Conhecimento


Gentileza está na moda Você já deve ter escutado falar ou visto por aí esta frase, Gentileza gera Gentileza. Na verdade ela se refere ao nome de um movimento social criado para espalhar as mensagens de amor e paz deixadas por José Datrino, o Profeta Gentileza. Um homem que se tornou profeta após a tragédia do Gran Circus Americano, em 1961, no Rio de Janeiro, e renunciou aos bens materiais para pregar pelo país o amor, a compaixão e a beleza de espírito, a valorização do sentimento gentil e a crítica social. O movimento tenta resgatar valores esquecidos como a solidariedade e o respeito ao próximo, através de pequenos atos de gentileza, muitos esquecidos e atropelados com a correria do nosso cotidiano. Aí você me pergunta, o que é que isso tem a ver com moda?

A gentileza é o princípio básico para a boa convivência com os outros, e para viver cordialmente é preciso educação, sensibilidade e muita elegância, qualidade que nunca sai de moda, top de todas as wishlists. E elegância hoje em dia é ter atitudes certas, ser politico e ecologicamente correto e principalmente se preocupar com o outro. Então garotas, de nada adianta sair rebolando por aí com as melhores roupas e sapatos e passeando num carro do ano, se você joga o lixo em vias públicas, se fala alto no celular sem se importar com quem está ao seu lado e não respeita os sinais de trânsito ou o pedestre. Pensar no outro deve ser um exercício diário, que começa por tratar bem TODAS as pessoas. Não custa caro ser educada: dar bom dia, tarde ou noite, pedir por favor, com licença e muito obrigada, são palavras obrigatórias que devem ser ditas em todas as ocasiões. Outra máxima é se colocar sempre no lugar dos outros e ficar longe de fofocas e mentiras no trabalho, escola ou faculdade. Numa situação difícil, mantenha sempre a calma e a paciência, não perca a classe pelo que não vale à pena. Seja você mesma, não force a barra tentando ser outra pessoa, porque sem perceber, você acaba sendo inconveniente. Pratique a humildade e a verdade, porque afetação é super ultrapassado e acima de tudo, passe esta ideia adiante, afinal gentileza e elegância são clássicos, que vão contagiando a todos, e claro que ninguém quer deixar de andar fora de moda.

Fonte – www.gentileza.net

31



Revista ClubFun Mag