Page 1


Sua loja autorizada Melissa


Editorial

Qual Club Fun Girl não gosta da primavera e do verão? Sentir o calor do sol que brilha mais forte, ver os dias mais floridos, um novo tempo que chega. É hora da natureza florescer, reproduzir, dar frutos, se modificar, e porque não tempo ideal e necessário para nossa transformação? Afinal, fazemos parte do mesmo planeta e somos o único ser vivo na Terra que destrói e explora de forma desgovernada o meio em que vivemos. Com forte pegada na consciência ecológica, nossa terceira edição da Club Fun Mag faz este convite de mudança a você, mas claro, lembrando que é tempo de se jogar nas cores, alegria e curtir bons momentos com atitude e responsabilidade. Por isso pensamos, pesquisamos e selecionamos, da capa à contracapa, as melhores referências visuais, de estilo, as últimas tendências internacionais e notícias quentíssimas, além do tema Ecogirl, para passar todo o universo da natureza e tropicalidade do verão juntamente com a consciência ecológica em nossos ensaios, edi-

Índice Pág

05

A Amazônia como inspiração da nova Coleção Melissa

Pág

06

11

Pra começar, o essencial do mundo ecofashion

Pág

12

Na vanguarda do design ecológico

Pág

15

A Club Fun e suas comunidades virtuais

Pág

Pág

16

A Club Fun List deste Verão Top 10 de tendências que vão invadir as ruas

20

Editorial: A natureza colorindo de estilo as novas coleções Kipling e Coca-Cola Clothing

28

Tá combinado: looks pra curtir roteiros ecológicos

10

Ecogirls que preservam o meio ambiente

Pág

18

Pág

Pág

Da Floresta à cidade Lançamentos que toda melisseira vai amar

Pág

Artigo: o jornalista Sérgio Amaral diz porque a Melissa é verde

Boa leitura! Pág

14

Entrevista: Moda sustentável em alta

torial e matérias especiais: começando pela nova coleção Melissa Amazonista, roupas incríveis da coleção Coke Cruise da Coca-Cola Clothing, junto com os cobiçadíssimos lançamentos da Kipling. E se você é como a gente, vai adorar ver novas opções de looks pra curtir um roteiro fashion ecológico, juntamente com wishlists antenadíssimas com o mundo da moda e o meio ambiente. Convidamos quem faz a diferença com suas opiniões, tem artigo vindo diretamente da Melissa pra gente, do jornalista Sérgio Amaral, tem a história da marca com a blogueira, Thayná Dantas, atitudes diárias de verdadeiras ecogirls, além de uma entrevista com a designer Ana Luíza Guimarães que escolheu o caminho da moda sustentável. Esperamos que nossa revista cumpra nosso compromisso com você: informar com leveza, qualidade, modernidade, diversão e quem sabe, dar um up nas suas atitudes e estilo de viver.

Pág

27

Curiosidades da Coca-Cola Clothing no mundo da moda

Pág

Pág

30

Artigo: Thayná Dantas revela sua história com a Melissa

Onde nos encontrar:

31

Você pode ser a capa da próxima Club Fun Mag

Natal – RN/ Midway Mall Shopping, Loja 273, 2º PISO, Fone: (84) 3201- 3310; Recife – PE / Shopping Tacaruna, 1º PISO, Fone: (81)3221-4169; Campina Grande – PB/ Praça Coronel Antônio Pessoa, 78, Centro, Fone: (83) 3322-5576; www.clubfun.com.br / http://twitter.com/clubfun / facebook.com/clubfunmelissa e participe da nossa comunidade no Orkut- Adicione nosso perfil(Club Fun).

Expediente: Jornalista responsável: Izabela Nóbrega DRT: 669/04 Edição: Mais Propaganda Fotos: Wagner Pina e Equipe Club Fun Mag. Pesquisa e Criação de textos: Izabela Nóbrega. Artigos: Melissa é Green - Sérgio Amaral / Minha história com a Melissa - Thayná Dantas. Revisão: Edjane Rodrigues, Estefânia Pires, Izabela Nóbrega e Saulo Matias. Projeto gráfico: MAIS PROPAGANDA Ilustrações e Direção de arte: Rodi Cruz. Diagramação e Finalização: Rodi Cruz e Daniel Leite. Apoio: Melissa, Coca-Cola Clothing e Kipling. Impressão: Gráfica Agenda Tiragem: 10 mil exemplares Distribuição gratuita: a revista será distribuída nas lojas Club Fun de Campina Grande- PB, Natal- RN e Recife - PE.

Agradecimentos: A Franz Lima - Diretor de Criação e Arte da revista FMQ!, ao jornalista Sérgio Amaral, a blogueira Thayná Dantas, a designer Ana Luíza Guimarães, a Alan Robs, Marketing e desenvolvimento de produto da Natural Fashion, a designer de moda Luanna Figueiredo, as clientes da Club Fun Mariana Adelino, Kalyne Jecsan, Débora Steffany, Mika Ramos, Gigard Batista, Andréia Schultz, Thalita Misuki, e a toda equipe Club Fun.

caPa Foto: Wagner Pina Produção de Moda: Izabela Nóbrega Cabelo e Maquiagem: Júnior Mermaid Modelo: Bianca Agra (Agência Team)

Dúvidas, Mais Propaganda: 3342-0983 ou sugestões (83) maispropaganda@uol.com.br; ou críticas: clubfunmag@hotmail.com


Animais, folhas e flores tropicais Um verão com as cores, formas e contornos da Amazônia. Imagine a exuberância, o calor, a diversidade da fauna e flora, especialmente a riqueza cultural, da maior floresta tropical do mundo misturada às formas orgânicas e criativas da marca mais fashion e ecológica do momento. Para a nova coleção Melissa Amazonista Verão 2011, não basta imaginar, a experiência só se torna completa quando literalmente trazemos a floresta aos nossos pés numa viagem fashion pelo que há de mais encantador da Amazônia. A inspiração brasileiríssima está no design da natureza, na sustentabilidade, no nosso país como referência mundial e na nossa floresta como preocupação global. O resultado não poderia ser mais ecofashion, uma explosão plástico-tropical: modelos com as cores, sabores, cheiros e contornos da nossa floresta: do céu estrelado às tonalidades das frutas. Das formas inusitadas, modernas e futuristas de folhas, flores tropicais, raízes e borboletas nos apliques, grafias e palmilhas às estampas com jogos gráficos, originadas das peles de animais como as cobras e os pássaros. A nova coleção aborda a descoberta e entendimento do encontro entre diversidade e sustentabilidade que só a Amazônia pode oferecer, por isso o tema da campanha é “Melissa Amazonista — Discover. Explore. Play” e vem repleta de ousadia e novidades quentíssimas, a primeira delas é que a comunicação da mar-

ca vai ser unificada em escala global, ou seja, a mesma campanha que será lançada no Brasil, circula lá fora. A revista Plastic Dreams terá uma tiragem internacional em inglês, e os endereços melissa.com.br e melissaplasticdreams.com serão integrados. Legal, não é mesmo?

Grandes parcerias e lançamentos

E se você já gostava dos designers, arquitetos e estilistas mais famosos do mundo criando para a Melissa, vai amar saber que a marca, traz neste verão a incrível parceria com o designer italiano Gaetano Pesce, que lançou uma bota inovadora e customizável, com esferas interligadas. Também tem a nova sapatilha dos irmãos Campana, a Costela de Adão, que parece abraçar os contornos dos seus pés, além de parcerias novíssimas com duas badaladas marcas cariocas, a Espaço Fashion, com a Melissa Marine, e a Salinas, com sua Melissa Cute. Outro sapato que vai dar o que falar é a Melissa Croco Mary Jane, o último lançamento de Vivienne Westwood para a Melissa. Viu só? Novidades não faltam para nos fazer as melisseiras mais felizes do mundo.

05


06


07


08


Fonte: Catรกlogo Melissaria e lojamelissa.com

09


Club Fun Ecogirls Você sai de casa arrasando porque usa a última tendência dos blogs mais antenados de moda de rua, baixou os singles que vazaram na net daquela banda ou cantora ultra hypada, está por dentro dos virais mais comentados da net? Legal! Mas quais são mesmo suas atitudes diárias e hábitos ecologicamente corretos para a preservação do meio ambiente? Pensou muito? Está na hora de aprender com nossas Club Fun Girls como fazer a diferença e se comprometer com o futuro do nosso planeta. Preste atenção nas atitudes de nossas garotas.

Mariana Adelino,

17 anos, é estudante e mora em Campina Grande. “Não jogo nem um papelzinho sequer na rua. Guardo no bolso e quando chego em casa, jogo no lixo! Tenho muito cuidado ao separar pilhas e procuro depositá-las nas caixas coletoras de supermercado (conhecidas como papa-pilhas) e as baterias velhas de celulares, devolvo aos pontos de vendas dos aparelhos.”

Kalyne Jecsan,

17 anos, estuda e mora em Campina Grande.

“Se estou pela rua com papel nas mãos, espero para jogar no lixo. Se comi ou tomei alguma coisa e não tem lixeiro por perto, fico com a embalagem até chegar em casa. Quando estou com minhas amigas e elas jogam papel na rua, faço elas pegarem de novo. Por enquanto são poucas coisas, mas procuro fazer minha parte.”

Andréia Schultz,

21 anos, é modelo profissional e mora em Natal. “ Separo o lixo em casa, vidros, metais e plásticos para um lado, papel e restos de comida para o outro, fecho a torneira ao escovar os dentes e ao me ensaboar, também evito jogar lixo no chão.”

Thalita Misuki,

20 anos, é modelo, trabalha e mora em Recife.

“ Sei que não posso mudar o mundo, mas faço a minha parte no meu mundo - tento controlar o gasto de água na minha casa, saio apagando todas as luzes em ambientes que não tem ninguém e só imprimo material quando é realmente importante, assim economizo papel e poupo algumas árvores de serem cortadas sem necessidade.”

Gigard Batista,

24 anos, estuda Administração de Empresas e mora em Recife. “Eu separo o lixo reciclável, não jogo o óleo que sobra das frituras na pia, guardo em uma garrafa e espero para doar a cooperativa do meu bairro para fazer sabão, economizo água, energia, guardo as pilhas usadas para reciclagem e procuro não jogá-las no lixo comum”.

10


TOP

10

ECO FASHION

Fazer compras é muito bom, mas consumir com a consciência tranquila é melhor ainda. Se está disposta a mudar seus hábitos, o primeiro passo é saber a diferença entre os produtos ecologicamente corretos - que não geram lixo nem causam impacto ambiental e principalmente, não exploram nem fazem testes farmacológicos em animais, os sustentáveis - aqueles produzidos com recursos do meio ambiente de forma consciente, sem mão de obra exploradora, ajudando no desenvolvimento local, e os naturais - que possuem ingredientes retirados da natureza e podem ser ecologicamente corretos, sustentáveis ou não. Para você ficar antenada, se liga na nossa listinha básica repleta de estilo.

1. Melissa

- Famosa mundialmente por seu modo de produção ecofashion, tornou-se a marca de calçados de plástico mais lindos, com preço acessível e copiados do mundo. Um luxo com jeitinho brasileiro.

2. Bolsas Kipling - A maioria dos acessórios são confeccionados em nylon, algodão, poliéster e couro sintético, o que garante peças atemporais com alta durabilidade, ótimo para o meio ambiente, já que a moda do fast-fashion é considerada vilã da sustentabilidade: é descartável, muda a cada estação e gera mais lixo; 3. Produtos de limpeza e higiene pessoal

Já existem no mercado marcas que não utilizam testes em animais e que trabalham com inúmeros produtos de higiene bucal, pessoal e produtos para limpar sua casa. Confira a lista completa de compras no site do PEA Projeto Esperança Animal: www.pea.org.br;

4. Cosméticos ecologicamente corretos Prefira aqueles produtos feitos à base de vegetais e orgânicos, ou livres de lauril sulfato de sódio (SLS) ou lauril éter sulfato de sódio (SLES) e tinturas de cabelo com pigmentos naturais. Opte também por maquiagens, desodorantes e linha de perfumes ecofriendlies, além de esmaltes livres de formaldeídos, toluenos e dibutil ftalato, é recomendável ler a composição antes de comprá-los.

5. Lingerie e roupa íntima A novidade são os tecidos ecoconscientes, confeccionados com algodão orgânico - confortáveis, antialérgicos e fresquinhos. Marcas como a Lupo, Un.i, Forum Lingerie e Upman já investem neste produto.

6. Roupas com algodão colorido ou orgânico Grandes marcas nacionais e internacionais e lojas de departamentos trabalham com este ecoproduto, produzido sem nenhum tipo de agrotóxico, fertilizantes químicos ou pesticidas. As mais conhecidas são a Natural Fashion, ONG Onda Solidária, do Rio de Janeiro, Osklen, YD Confecções e Ronaldo Fraga.

7. Bijoux e acessórios - São várias ecofashions

opções feitas de materiais inusitados e reciclados: circuitos, sementes, brinquedos e papel. Já as joias do futuro, ganham madeira de demolição, sementes, cipós e capins misturados a metais e pedras preciosas no seu design. Os acessórios, bolsas, cintos e chapéus, são feitos com materiais como palha de banana, milho, taboa e a clássica buriti.

8. Sites relacionados - Dizem por aí que não há nada mais chique do que estar bem informada. Visite nossa listinha de endereços virtuais do mundo ecofashion. Acesse: verdinhobasico.com.br; ecofashionworld.com; ecodesenvolvimento.org.br; sersustentavelcomestilo.blogspot.com e a coluna da revista Marie Claire - Estilo Ecochique. 9. Bíblia ecofashion - A bíblia das fashionistas que querem consumir com responsabilidade é um guia escrito pela jornalista inglesa Matilda Lee, o livro EcoChic fala sobre como estar na moda e, ainda assim, ser eco consciente. 10. Revista Plastic Dreams

Nesta nova edição tem tudo da nova coleção, matérias, ensaios e editoriais badaladíssimos, entrevistas e notícias sobre o mundo ecofashion e a Melissa pelo mundo. 11


Se você acha que esse papo de moda eco-friendly é algo da década de 90 pra cá e coisa de ecochato, vai se surpreender em saber que a Melissa, desde 1979, época em que você provavelmente nem havia nascido, surgiu na vanguarda do mercado brasileiro e mundial fabricando calçados com material até então sem valorização, o plástico. Ousadia maior pelo fato da marca apostar na celebração e democratização do design, ser pioneira e lançadora de tendências na moda, líder no segmento deste material e no modo de produção sustentável. Uma atitude que revolucionou os modos de fazer moda, bem antes da moda ouvir falar nisso. Se não bastassem os números impressionantes, estilistas, artistas plásticos, arquitetos e designers famosos apostaram na ideia de criar sapatos de plástico sustentável. É inegável que atitudes como estas tornaram a marca a nova febre pop de luxo, tanto nas badaladas vitrines, como na Bred&Butter de Berlim, uma das feiras mais importantes no circuito mundial de negócios de moda, como nos templos e lojas de

12

departamentos - que trabalham voltadas para este novo segmento de consumidores, projetos fashion ecológicos, desfiles de moda sustentável, como o GreenShows Eco Fashion Week, que acontece todos os anos na NYFW - Nova York Fashion Week, espaços exclusivos e na mídia especializada. Publicações internacionais, como o livro Plastic Dreams de Charlotte e Peter Fiell - que fala do plástico e de seu papel de vanguarda na área do design, seleciona a Melissa como uma das 120 peças mais importantes já criadas em plástico no mundo inteiro. Revistas especializadas, como a brasileira Serafina, da Folha de São Paulo, a canadense Flare, You Magazine, a revista mensal do jornal britânico Daily Mail, Vogue Espanha e Italia, a I.D., Dazed & Confused, V Magazine e sites como o style.com, ashadedviewonfashion.com e o brasileiro ecodesenvolvimento.org.br, não cansam de divulgar notícias sobre a Melissa e a fizeram se tornar queridinha de personalidades militantes da causa ecológica.


Mas afinal, o que a marca faz para ser considerada sustentável? A Melissa tem uma grande proposta, cada vez fabricar mais com menos consumo de energia e praticamente nenhuma geração de resíduos líquidos e sólidos, que são totalmente neutralizados e tratados, e o melhor, sem uso de nenhum produto de origem animal;

Katy Parry

É especialista mundial no uso de um material chamado Mel-Flex, o plástico flexível e reciclável, composto por PVC. O produto é atóxico e feito com sais minerais à base de cálcio-zinco, que não agridem a saúde; Foi patrocinadora em 2005 da publicação do 1º livro sobre design sustentável no Brasil chamado “Haverá a idade das coisas leves”, organizado pelo francês Thierry Kazazian;

Katie Holmes

Carrie Underwood

Tem uma forte parceria com os irmãos Campana, que criaram a partir da premiada poltrona Corallo, a Melissa sapatilha Campana, fabricada com 30% de PVC reciclado e tem a renda obtida com sua venda revertida para a ONG Visão Mundial de Recife. A cada dia novas personalidades famosas militantes da causa ambiental se apaixonam pela Melissa, como as hollywoodianas Pamella Anderson, Jessica Biel, Natalie Portman, Whoopi Goldberg e Alicia Silverstone.

Fontes: Blog Melissa / starsustentavel.blogspot.com / www.plasticfantastic.com.br / melisseirasnoexterior.blogspot.com

Betty Ditto

Pamela Anderson 13


O Elas Fazem Moda desta edição, escolheu a designer por ser uma ecogirl exemplo de vanguarda, que dedicou o começo de sua carreira profissional a um segmento que está em plena ascensão, moda sustentável.

Ana Luiza Guimarães, 27 anos, é formada em Desenho Industrial pela UFCG, com especialidade em Design de Moda, trabalha em Salvador como designer, consultora de Moda e professora do Senai - BA. Ana adora sair para garimpar peças, todo dia se apaixona por uma marca diferente, e como toda melisseira, curte a Melissa e a identidade da marca. Hoje está apaixonada por sua Melissa Violatta e deseja loucamente uma Troupe + Alexandre Herchcovitch.

14

1. Quando você começou a se interessar por este trabalho? Durante a faculdade me interessava por produtos ecológicos, não necessariamente de moda. Um semestre antes de concluir o curso, fiz um trabalho com uma matéria-prima bem conhecida: o algodão colorido. Fui estudar mais sobre ele e me ENCANTEI! Depois, tudo que eu fazia tinha que ter algodão colorido. Levei alguns produtos que tinha feito para apresentar na Coopnatural e fui convidada para estagiar lá. ADOREI!!! Porém, era pra fazer produtos de moda, decidi encarar o desafio e me tornei a designer da empresa. Aprendi muito com a filosofia de lá. 2. Como isso ajudou na sua escolha profissional? Foi a primeira empresa onde trabalhei. Eu não escolhi a moda ecologicamente correta e sustentável. Ela me escolheu. Pra mim foi fácil, eu só segui o caminho. Poderia ter desistido no meio do caminho, mas é algo tão fascinante trabalhar com o sustentável. Conhecer todo o processo e saber que cada pessoa faz parte de uma corrente, gerando renda para o presente e trabalhando para manter o futuro. 3. Que importância este trabalho trouxe para sua vida? Além de crescimento e embasamento profissional, CONS-CI-ÊNCIA ecológica, econômica, social e cultural. Nesse trabalho tinha lições de realidade todos os dias. São experiências que levarei comigo para sempre. 4. O que mais você aprendeu com esta experiência? Aprendi a trabalhar com grupos de artesãs vendo de perto as dificuldades que elas enfrentavam, a perceber que o produto ecologicamente e socialmente correto necessita de cuidados especiais em todo o processo, que muitas vezes não é mostrado, e que muita gente não entende ainda porque normalmente são um pouco mais caros. Aprendi a trabalhar com as limitações que exigem produtos dessa natureza, o que por outro lado, me instigava no processo criativo. Aprendi que moda com característica cultural não precisa ser vista como produtos de “feirinhas de artesanato” (não desmerecendo), mas pode ser um produto super valorizado se o design for usado da maneira correta. 5. Pra você, o que é ser eco-friendly de verdade? Acredito que com atitudes simples de preservação. Não adianta querer mudar o pensamento das pessoas brigando, nem achar que vai salvar o mundo sozinha. Precisamos ensinar os outros através de nossas atitudes e permitir que o sentimento de preservação, assistência social e cultural esteja intrínseco em nós. É preciso colocar esse pensamento em tudo que fazemos! Se cada pessoa pensar no coletivo, em garantir o futuro das gerações, certamente pensarão sustentavelmente.


Quem é da tribo das Club Fun Girls, sabe que além de muita atitude, tem que ser melisseira de plantão, daquelas conectadas 24 horas com as novidades da Club Fun na internet. E em matéria de estar antenada, a loja preferida das descoladas faz questão de acompanhar todos os passos e não deixar esse clube na mão em matéria de informação. E informação de qualidade é o que não falta no twiter, facebook e no nosso site. Se você não sabia, anote aí nossos endereços e comunidades virtuais: http://twitter. com/clubfun, facebook.com/ clubfunmelissa e www.clubfunmelissa.com.br. Acessando, você fica sabendo com exclusividade das www.clubfun.com.br promoções e descontos especiais, vê na íntegra as edições virtuais da revista Club Fun Mag, conhece novas melisseiras, fica por dentro das últimas notícias sobre as coleções Melissa Amazonista, Kipling Verão 2011, Coke Cruise, da Coca-Cola Clothing, e ainda acompanha as twitadas mais fashions e badaladas do momento. E o melhor, pode comentar e interagir à vontade, dando opiniões, sugestões ou participando dos tópicos. Legal, não é mesmo? Tudo isso num só clique. Nada mal para uma loja que conquista cada vez mais fãs e melisseiras de plantão, que desejam não só consumir, mas participar e principalmente criar laços com outras garotas que curtem um mundo repleto de possibilidades e sonhos que a Club Fun proporciona.

@clubfun KARINA Nova coleção MELISSA AMAZONISTA. Já pegou a sua?!

CLUB FUN MELISSA Eh claro que não vou perder \o/ \o/

15


Sabe o que realmente está na moda neste verão 2011 ? 2 1

Quilos de bijoux

A ordem é o excesso, fique à vontade para brincar com sobreposições de várias pulseiras, relógios e colares de estilos diferentes. Colares com máxi pingentes ou pingentes inusitados e fofos estão em alta. Incontáveis anéis de todos os tamanhos e em todos os dedos com pedras, caveiras e laços gigantes, broches enormes nas roupas e brincos extravagantes.

Cabelo de arrasar

Esqueça a chapinha, a moda agora é usar os cabelos com penteados: tranças vindas de várias direções, embutidas atrás ou na franja. Coques desgrenhados bem no alto da cabeça, rabos de cavalo com uma pegada mais chique ou presos nas laterais. Também vale efeito molhado, tipo gel no cabelo, ou cabelo com uma parte colorida com tinta lavável em spray.

Loucas por esmaltes

3

16

A leveza de viver a vida com ousadia, felicidade e descontração. Para entender este espírito, todas as ideias e tendências apostam num visual descompromissado, relax, natural e colorido, sem medo de ser feliz. Um verão com a nossa cara e com tudo que toda Club Fun Girl ama.

Desta vez a cartela vem com vermelhos, rosas, cinzas e azuis lindos - o turquesa continua com tudo, mas nada impede que você misture as cores e crie a sua, ou brinque com desenhos, francesinhas invertidas e muito glitter.


5

Moda praia

4

Os biquínis trazem o clima da floresta e do safári com estampas étnicas, tribais e africanas, florais, folhagens e muito verde, o bichismo continua com tudo, onças, zebras, tigres e leopardos vão invadir as areias. Nas padronagens, recortes laterais, frontais e de todos os tipos, transparência, mistura de estampas, de texturas e tecidos. A novidade é a cintura alta + blusinha cropped (com a semi-barriga à mostra), um ombro só e muitos grafismos para completar o clima retrô.

Maquiagem pra ser feliz

Para entrar na onda, uma explosão de cores intensas nos olhos - sombras coloridas, principalmente nos tons de amarelo (em degradê ou num mix de dois ou mais tons), delineadores com traço estilo gatinha bem ladylike, que pode ser preto, azul-turquesa, laranja, amarelo e vermelho. Para as bocas, poderosos batons laranja, pink, vermelho alaranjado e violeta, glitters e se for mais ousada, que tal um batom azul?

Cabeça feita

6

A regra é não passar despercebida quando se fala em acessórios para cabelo e cabeça: chapéus panamá ou coloridos, tiaras de vários estilos ou com plumas e pedrarias, casquetes, laços e flores exageradas, delicadas presilhas com flores e penas e headbands.

7

Mix de estampas

A onda é tudo ao mesmo tempo agora, não tenha medo de misturar duas ou três estampas no mesmo look. Frutas e animais ficam lindas com poás(bolas). Florais de todos os tipos – hibiscos, liberty e surfe, casam bem com xadrez ou listras à lá marinheiro. Vale também bordados gipsy e as estampas étnicas, a única regra é seguir os mesmos tons.

Óculos pra que te quero Eles vem com tudo, redondos de vários tamanhos, inspirados nas décadas de 60 e 70, modelos bem diva com armações enormes que cubram parte do rosto, óculos estilo gatinha, aviador ou “asas de borboleta”. As armações podem ser grossas ou finas, mas o mais importante é que elas sejam chamativas, estampadas e coloridas.

8

Cintos

9

Os cintos continuam sendo os coringas das produções – de tachas, trecê, em couro, coloridos, finos, amarrado, com laço ou múltiplos cintos num só (dois, três num só cintão), seja como for, a onda é marcar a cintura.

Fontes: Sites - diadebeaute.com/ modatendencias.wordpress.com/ itgirls.com.br/ capricho.abril.com.br/ gloss.abril.com.br/ thesartorialist.blogspot.com/ www.prontocortei.com/ liceudemaquiagem.com.br/ tintanocabelo.wordpress.com/ garotasmodernas.com/ juliapetit.com.br / oficinadeestilo.uol.com.br/blog

17


Nada melhor que uma edição Amazonista da sua Plastic Dreams para falarmos de sustentabilidade, um assunto que há tempos orienta iniciativas nos escritórios e fábricas de Melissa em todo o país. A palavra, que hoje é usada a torto e a direito por aí, para Melissa e as demais marcas da Grendene é assunto sério que serve de bússola para toda sua cadeia produtiva. Do design de uma peça a sua confecção final, tudo na Melissa e na Grendene é pensado para causar o menor impacto ambiental possível, usando para isso os mais avançados recursos de pesquisa e tecnologia no mercado, com toda a seriedade e rigor que o assunto merece, claro! Por desconhecimento, muita gente acha que o plástico é um material pouco ecológico e agressivo à natureza, coisa que não é verdade. O que acontece é que existem uma infinidade de tipos de plásticos, entre eles os termofixos, que não são recicláveis, e os termoplásticos, que são 100% recicláveis. O PVC, matéria-prima das Melissas, é deste segundo tipo: reciclável. Outra crença incorreta no que diz respeito aos plásticos é da relação entre ele e a emissão de CO2, apontada como maior causadora do efeito estufa e do aquecimento global. Plásticos não emitem CO2. O principal problema ambiental deles, na verdade, está associado ao descarte sem cuidado no meio-ambiente. O PVC da Melissa que você calça é totalmente reutilizável e extremamente limpo ambientalmente, não contendo metais pesados em sua formulação. Por todas estas vantagens,

o PVC é considerado um dos mais sustentáveis termoplásticos disponíveis. Nesse mesmo sentido eco-friendly, o próprio processo de design de Melissa privilegia os produtos que exijam o mínimo gasto de energia, que tenham vida útil mais longa e que possam ser reciclados e reaproveitados, uma propriedade facilitada pelo fato de Melissa ser feita em monomaterial. Por fim, mas não menos importante, Grendene e Melissa ainda consideram parte de seu compromisso sustentável o desenvolvimento humano em todas as comunidades onde instala seus parques industriais (Sobral, Fortaleza e Crato, no Ceará; e Farroupilha e Carlos Barbosa, no Rio Grande do Sul), contratando respeitadas consultorias para estabelecer critérios e referenciais de medição de suas ações. Assim como para você, para a Melissa desenvolvimento sustentável não é moda nem política da exceção, é parte do dia a dia de todos nós.

Nascido em 78, Sérgio é DJ e jornalista, editor do site Erika Palomino, referência por recortar os universos da moda, música e noite para apresentar o que de mais atual abastece o comportamento jovem. SÉRGIO AMARAL 18


Sol pra que te quero, tudo já está iluminado, aquecido. Pra matar nossa sede de ser feliz, o sabor diferente do sorvete e o gostinho da água de coco. Pra refrescar a cuca, novas ideias. Pra ficar feliz, vista-se de natureza, pedindo emprestado a ela a alegria das flores, cores e canções. Também vale se inspirar no verde das folhas. Se é pra voar sem sair do chão, vista-se com estampas de pássaros e borboletas. Se for pra andar com estilo e atitude amazonista, Melissa. Pra carregar a surpresa inesperada, Kipling e cair na onda da diversão com os amigos, Coca-Cola Clothing. E pra se inspirar nesta tropicalidade fashion, nosso editorial com tudo que faz seu estilo, naturalmente de uma Ecogirl.

NATUREZA NA

20

COR


21


R A M O N A T FES

COM

Para viajar no novo roteiro da Coca-Cola Clothing Verão 2011, é preciso antes de tudo trocar o navio pelo mar e se jogar num mergulho intenso e refrescante, buscando novas experiências em alguma praia do Pacífico. Esta é a inspiração da nova coleção Coke Cruise para esta estação. Viajantes que buscam aventuras quando vão ao encontro do mar e querem aproveitar cada porto ou cidade onde atracam, nos lugares onde o verão acontece e as badalações fervem. Para isso, a marca criou roupas tendo como base o azul do céu e a cor do mar em contraste, as praias e paisagens paradisíacas, o pôr do sol estonteante, a sensação de liberdade, os luais improvisados com os pés na areia, gente bonita e a alegria contagiante dos bons momentos

22

com os amigos. São peças confortáveis, versáteis e originais num clima totalmente navy e divertido, que servem para curtir todas as ocasiões de forma descompromissada, com muito jeanswear (camisas jeans, calças, bermudas, saias e shorts), incríveis estampas coloridas com elementos trazidos da natureza tropical - flores, penas, borboletas, pássaros, cenários de cidades, pontos turísticos, e muitas listras. Tudo para viver novas descobertas, paixões e se aventurar num desconhecido mundo novo. Então pegue seu chapéu, sua mochila, siga o sol e o mar. Use a imaginação para mergulhar com muita atitude na nova coleção Coke Cruise e boa viagem!


23


A KIPLING MANIA E T S DE

O A R E V

Se para você verão é tempo de férias, viagens e muita diversão é bom já ir pensando no que vai levar nas suas novas Kiplings, até porque toda Club Fun Girl que se preze ama escolher algo novo, pra combinar com aquela ocasião especial, look ou simplesmente ser resistente e aguentar dias e dias de curtição e aventura. Pensando nisso, a marca lança neste Verão 2011 peças que seguem as mais diversas tendências, mas com a mesma proposta irreverente, versátil e inovadora que conquistou fashionistas e colecionadoras. As cobiçadas bolsas e carteiras modelo Harajuku, produzidas em moletom, e cores neutras como o cinza mescla, continuam com tudo. Outra novidade é que a amada família Basic cresceu com modelos práticos e oito novas cores - a Cerise (cereja), Mauve Taupe (rosa acinzentado), Plummy (ameixa), Minked Grey (cinza escuro), Deep Fuchsia (roxo), Brink Pink (rosa), Organic Green (verde azulado) e Petrol Blue (azul petróleo), todas perfeitas para o dia a dia: bolsas de uso transversal - Reth, a maxi bolsa Bonaire e a Corinne, que pode ser usada a tiracolo ou na transversal. Se gostar de carteiras, temos a Ciosa (pequena), a Luamn (média) e a Nennie (grande), para guardar sua grana e documentos com charme e segurança. Para as garotas que estão na escola ou as mais crescidinhas que carregam a vida nas costas, a dica são três modelos incríveis de mochilas - a Fast, especial para a criançada na fase pré-escolar, tem formato de um macaco com olhinhos que balançam, é resistente e possui alça com regulagem de altura. A Seoul, prática e bonitona, nas versões Wild e Kaleidoscope, com bolsos externos. E a Tibor, ideal para levar o laptop para cima e pra baixo - reforçada, com alça acolchoada, refletores noturnos, respiradores na parte traseira e dois compartimentos para a organização do espaço interno. Já quem coleciona estojos, vai se apaixonar pelos modelos 100 Pens, Chap e Freedom. Agora se você for uma mamãe kiplingmaníaca, vai enlouquecer com a linha Mini da Kipling, que reúne miniaturas fofíssimas de 12 modelos da coleção Basic adulta, desenvolvidos especialmente para meninas. Achou pouco? Então se prepare, pois a Kipling assinou parceria com a hypada grife londrina, Peter Pilotto, Pilotto e seu sócio na grife, Christopher De Vos, assinam pela primeira vez uma linha especial com cinco modelos: bolsa, maxi-bolsa, bolsa-mochila, carteira e organizer, com estampa inspirada em viagens intergalácticas. Pronto, agora é só escolher a sua. Fonte: Sites - modalogia.com e kiplingfanpage.com.br

24


Foto: Wagner Pina Ilustrações e tratamento de imagens: Rodi Cruz Produção de Moda: Izabela Nóbrega Cabelo e Maquiagem: Júnior Mermaid Modelo: Bianca Agra (Agência The Team) A modelo veste: Roupas Coca-Cola Clothing Bolsas e mochilas Kipling Nos pés: Melissa Amazonista.

1725


Desfile de garrafas – Projeto (beneficente) Tribute To Fashion Coca-Cola Light.

Exposição ao ar livre no Centro de Milão, Itália, com garrafas decoradas por famosos estilistas.

Surgida em 2008 a Coca-Cola Clothing tem pouco tempo de vida, mas já muitas histórias legais pra contar. Comercializada em mais de 500 lojas no Brasil, a badalada label é um licenciamento da marca CocaCola para o grupo AMC Têxtil, o maior grupo de moda da América Latina que fica em Santa Catarina, detentor de marcas como Colcci, Sommer, Forum, Triton, Tufi Duek e Forum Tufi Duek. Se você se amarra nessa grife que produz moda antenada, divertida, e que traz o universo da Coca-Cola através de estampas e dos temas, é bom começar sabendo que o licenciamento The Coca-Cola Clothing, recebeu no ano passado, da The Coca-Cola Company, o prêmio Licensee of the Year como a melhor licenciada do mundo. E para atingir um público completamente ligado nas novas tecnologias, na sua primeira campanha publicitária, investiu num filme, feito para internet e cinema, inspirado nos divertidos e polêmicos clips indianos que viraram mania no youtube. O filme aderiu a este universo autêntico, repleto de humor, diversão e originalidade e convidou todos a mergulharem neste “Mundo Novo”, celebrando um encontro de gerações e apresentando de forma divertida e interativa a inovação da Coca-Cola Clothing, que também participa de merchandisings na TV aberta brasileira, vestindo desde personagens da recente novela global Viver a Vida a participantes da última edição do reality show A Fazenda, da TV Record.

Esmaltes com selo Coca-Cola.

Navy Chair

Filme ‘Mundo Novo’.

Brilhos labiais nos sabores originais da Coca-Cola, Fanta laranja(e uva) e Sprite.

Campanha verão 2011 Coke Cruise.

Mas se você pensa que a Coca-cola Clothing é só moda e badalação engana-se, em parceria com a Emeco, empresa fabricante das tradicionais cadeiras de plástico, a Coca-cola lançou em julho a NAVY CHAIR, uma cadeira feita com 111 garrafas PET recicladas. A expectativa é reaproveitar mais de três milhões de garrafas PET por ano de produção e para divulgar este projeto, a marca apresentou num evento outros acessórios que também adotavam a campanha, como camisetas, broches e bolachas para copos. Prova maior que a moda pode andar junto com a sustentabilidade.

Fonte: vistaoladococacoladamoda.blogspot.com modices.uol.com.br

27


Toda Club Fun Girl sabe o não pode faltar para seu verão ser inesquecível: sabor de natureza, aventura, muita consciência ecológica, escolher um look adequado ao ambiente e confortável a novas programações. Então, que tal combinarmos um roteiro ecologicamente divertido e com muito estilo?

look

Navegar é preciso Se for curtir passeios de jangada, catamarã, lancha, barco ou quem sabe um luxuoso cruzeiro, pegue carona na onda navy e embarque com estilo neste vestidinho lindo Coca Cola Clothing, que você pode usar por cima do biquíni, máxi bolsa Molde Kipling, e nos pés, sapatilha Melissa Marine + Espaço Fashion, ou chinelinho Melissa Cute + Salinas. Visual mais charmoso impossível.

look

Pôr do sol Pecado é passar pelo verão sem apreciar um lindo pôr do sol. Pra curtir este momento único, prefira looks confortáveis e saia prevenida, quem sabe você não pode dar uma esticadinha pelo calçadão da praia com esta camiseta e shortinho jeans Coca-Cola Cothing, mochila Supertaboo Kipling e rasteirinhas Melissa Cute Amazonista ou Melissa Cute da Coleção Back To Melissa.

28

look

Lual dos sonhos Receita para um lual inesquecível: uma lua cheia de tirar o fôlego, uma fogueira para aquecer a leve brisa do mar, muita paquera, um violão, velhos e novos amigos e um look com a cara desse momento – blusa estampada com corte amplo de ombro caído e short jeans Coca-Cola Clothing, mochila Fundamental Kipling e sapatilha Vivienne Westwood Anglomania + Melissa Ultragirl.


look

Eco Balada Pintou aquela rave ou festa badaladíssima num lugar lindo, rodeado de natureza? Chegou a hora de ousar e brilhar num look com pegada mais sexy e repleto de tendências - Blusa com detalhes em paetês e saia de vinil com cintura alta e zipers dourados Coca Cola Clothing, bolsa em nylon preta April, coleção City da Kipling e nos pés, um salto Vivienne Westwood Anglomania + Melissa Croco Mary Jane.

look

Happy Me Hour Para aqueles programas inesperados com hora para começar e sem hora para terminar, aposte nesta opções com peças versáteis, descontraídas e confortáveis – blusa modelo kimono com costas nuas e estampa exclusiva, short nude Coca Cola Clothing, bolsa à tira colo Imara Kipling e a desejada Melissa Liberty.

look look

Trilha Ecológica Para desbravar uma praia selvagem, conhecer uma nova cachoeira, pedaço de Mata Atlântica ou algum projeto de preservação ambiental com muito estilo, pense no conforto da bermuda jeans boyfriend e na camiseta em algodão com estampa vintage da Coca-Cola Clothinhg. Nas costas, a praticidade da mochila Reel Kipling e o conforto da sapatilha Melissa Campana Costela de Adão nos pés.

Sabor de Verão

Para ser uma ecogirl tem que mudar os hábitos, e nada melhor do que se programar para um roteiro gastronômico diferente - a cada dia experimentar novos sabores, como uma comida vegetariana ou sem agrotóxicos ou provar um sorvete ou suco com sabor de uma fruta exótica. O look para tal programação? Jeans com lavagem mais escura e camisa com grafismo de flores e folhas Coca-Cola Clothing, máxi bolsa flúor Kyoko Kipling e um chinelo bem confortável nos pés Melissa Jambo + Salinas.

29


Thayná Dantas, tem 22 anos, é fashionista de carteirinha, mora e estuda publicidade em Campina Grande, e tem como principal hobby e profissão seu blog: acerejadomeubolo.blogspot.com, com mais de 190 mil acessos. Qual menina nunca teve uma Melissa pra chamar de sua? Há 30 anos a marca vem alcançando gerações e fazendo os pés das meninas mais antenadas e descoladas. Elas são lindas, confortáveis e possuem um cheirinho de chiclete bem particular que automaticamente nos remete a uma memória afetiva de momentos especiais. Minha história com a melissa começa quando penso em elencar objetos de desejo da minha infância, lembro-me da melissinha que mudava de cor no sol, foi uma das coisas que mais desejei. Era a sandália cobiçada por 10 entre 10 meninas e sem dúvida, ela representava mais do que um simples calçado. Tenho certeza que a maioria das meninas que tiveram uma Papeete Rainbow têm a mesma opinião e sensação quando lembram das experiências vividas ao

30

lado da sua inseparável companheira. Como blogueira de moda, vejo a Melissa como uma marca que se reiventou ao longo destes anos, acompanhou as tendências e a cada estação as coleções são renovadas com modelos super diferenciados, que podem ser usados tanto de dia como de noite. As opções são interminavéis e as parcerias com estilistas famosos têm agregado um valor enorme a marca, pois além de inserir um elemento de exclusividade nas peças, fez também com que ela conseguisse de vez se estabelecer no mercado fashion. Hoje quando escuto falar em Melissa, a primeira coisa que penso é reciclagem e sustentabilidade, palavras de ordem no mundo inteiro, como algo que deve ser feito agora. Por isso, quem curte Melissa defende essa causa há muito tempo e sem dúvida faz com que ela se sobressaia das outras marcas, tanto no quesito criatividade, quanto no incentivo do consumo consciente.


23


Club Fun Mag 3  

Revista de moda e comportamento, voltada para as Melisseiras de plantão. Nesta edição, a revista a tema EcoGirls, voltada para atitudes sust...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you