Page 1

RODERICK PETER STEEL

S. T. A . R . * *

PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 1


2 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 3


c ol e t i v o S. T. A . R. ** Adr i ana Ta b a li p a & R od er i ck St eel

4 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 5


6 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 7


CURRÍCULO coletivo S.T.A.R 2017 — Fotografias do coletivo S.T.A.R (Roderick Steel & Adriana Tabalipa). Revista Canguru. Editora Medusa. Curitiba/PR. 2017 — Mostra de vídeos do coletivo S.T.A.R (Roderick Steel & Adriana Tabalipa) 1º Festival de Vídeo MIRADA. Boiler Galeria. Curitiba/PR. 2017 — “Entronizando Estrelas” (Performance). (Exposição “Galeria Transparente: Lounge”) Centro Cultural da Justiça Federal. Rio de Janeiro/RJ. 2017 — Foto Performance (coletivo S.T.A.R: Roderick Steel & Adriana Tabalipa). Galeria de Fotografia Paulo Duque Estrada. Rio de Janeiro, RJ. 2017 — “Moonovosol” (coletivo S.T.A.R: Roderick Steel & Adriana Tabalipa) no PERFIDIA, Performance and New Media Festival. São José do Rio Preto/Brasil. 2017 — “PUPP expandido” – Live Performance (coletivo S.T.A.R: Roderick Steel & Adriana Tabalipa) no CCC na Bienal de Curitiba/Paraná. 2017 — “e-S.T.A.R. no Cubo” Live Performance (coletivo S.T.A.R: Roderick Steel & Adriana Tabalipa) no Centro de Artes Calouste Gulbenkian. Rio de Janeiro/RJ. 2017 — “Planetariados”. Instalação no “Projeto Infiltrações” . Solar do Barão. Curitiba/PR. 2016 – Fotografias do coletivo S.T.A.R (Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – Galeria Farol. Curitiba/PR. 2016 – “Revelação (II)” – Live Performance com Vídeo (coletivo S.T.A.R: Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – #33. p.ARTE. Bicicletaria Cutlural, Curitiba/PR. 2016 – Revelação – Live Performance com Vídeo – coletivo S.T.A.R (Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – (Exposição: “Showroom”.) Centro Cultural da Justiça Federal. Rio de Janeiro/RJ. 2016 – “Emane Expandido” – Live Performance – coletivo S.T.A.R (Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – Centro de Artes Visuais da Funarte / MinC, (Exposição: “Ponto Transição”) Rio de Janeiro/RJ. 2016 – “Moonovosol” – coletivo S.T.A.R (Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – V International Biennial of Performance. Bogotá, Colômbia. 2016 – “Rizolux” – Intervenção Urbana do coletivo S.T.A.R na ‘2ª Ocupação Cultural Morais & Vale’. Rio de Janeiro/RJ 8 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


2016 – Parallel Screen #1 na Academie Minerva Praediniussingel. Hollanda. 2016 – vários trabalhos do coletivo S.T.A.R (Roderick Steel & Adriana Tabalipa) — Mostra IP 2016 – Apresentação de “Moonovosol”. Cine MIS. São Paulo, Brasil. 2016 – Apresentação de Vídeos Autorais. 16ª Mostra do Filme Livre. Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília & São Paulo/Brasil. 2015 – “Regeneração” – Live Performance com Vídeo – Coletivo S.T.A.R (Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – Bienal Internacional de Bucaramanga “Desde Aquí”. Colômbia. 2015 – Mostra de “Moonovosol” na exposição “Outlet” – Galeria Desborde, Bogotá/Colômbia. 2015 – “Cruz Branca em Terra Preta” – Live Performance para Vídeo – Coletivo S.T.A.R (Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – Ocupação/Residência: “Morte e Magia nas artes visuais”. Cemitério do Peixe, Conceição do Mato Dentro/MG. 2015 – “Propagação” – Live Performance para Vídeo – Coletivo S.T.A.R (Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – Galeria Transparente. Rio de Janeiro/RJ. 2015 – Ipêrformatico – Apresentação de Vídeo Performance – Campo Grande/Mato Grosso do Sul. 2015 — Obra gráfica do coletivo S.T.A.R. “Imagens Audíveis” (Livro). Curadoria Giancarlo Lorenci. Editora Hypnobooks. Porto Alegre/RS. 2014 – 6º MADATAC: Muestra de Arte Digital Audiovisual – Apresentação de Vídeo Performance – Palácio Cibeles. Madrid/Espanha. 2014 – Mostra Videoresidência Território Expandido – Apresentação de Vídeo Performance – Galeria Mamute. Porto Alegre/RS. 2014 – “Manifesta-ação” – Performance coletiva – Festival de Arte Serrinha. São Paulo/SP a 2013 – “Emane” – Live Performance para Vídeo – Coletivo S.T.A.R com Afonso José Afonso (AjAx) – Galeria Júlio Moreira. Curitiba/PR. 2013 – Meditação, Contemplação, Manifestação – Performance – Coletivo S.T.A.R (Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – Estudio Dezenove. Rio de Janeiro/RJ. PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 9


10 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 11


S.T.A.R. e uma plataforma colabora-

e colaborativas em diferentes camadas e

tiva que se propõe a trocar, pesquisar,

meios artísticos sobretudo das Artes Visu-

escutar, experimentar, colaborar, sen-

ais age muitas vezes de forma nômade.

sibilizar, criar, propor e agir de forma a constelar e produzir pontes entre pes-

S.T.A.R. é também um estado de espirito

soas de diversos meios de forma trans-

que se encontra aberto,vivo, e humilde-

diciplinar, dentro do território da Arte.

mente sábio para além dos sistemas rígidos de controle, legitimação e valori-

S.T.A.R. nasce a principio do encontro entre

zação seja da Arte, ou Sociais ou Culturais.

dois artistas: Adriana Tabalipa e Roderick Steel por uma série de coincidências e com-

S.T.A.R. pode ser um manifesto uma uto-

plementariedades, desde 2012. Desde então

pia ou uma obra. Mas o importante e que

inicia-se uma parceria e rica troca que passa

tem aprendido a superar desafios, dis-

a se estender a outros artistas e criadores.

tâncias e diferenças e tem conseguido criar interiormente e exteriormente para

S.T.A.R. age como escuta e ponte, como um

aqueles que querem ser e estar presentes

ponto de energia, uma forma de ESTAR com

aqui e além através de valores como

as pessoas e dar um START em questões e

afeto, respeito, energia, amor e luz...

situações pertinentes. Gerando conhecimento e potência poética capazes de re-

Coletivo S.T.A.R.

fletir e transformar humanamente através

15 de dezembro de 2014

da ética e estética. Criando ações coletivas 12 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


S.T.A.R. is a collaborative platform that

litically and aesthetically engaging works.

aims to exchange, research, listen, exper-

Creating collective and collaborative ac-

iment, collaborate, sensitise, create, pro-

tions in different registers and artistic lan-

pose and act in order to constellate and

guages – especially Visual Arts – nomadi-

build bridges between people working

cally, within different territories.

in different media in a trans-disciplinary way within the territory of Art.

S.T.A.R. is also a state of mind: open, alive, humble and wise beyond rigid systems

S.T.A.R. came into being in 2012 to experi-

of control, legitimation and appreciation,

ment artistic universes and sensibilities

whether artistic, cultural or social.

shared by fellow artists Adriana Tabalipa and Roderick Steel. Since then this part-

S.T.A.R. can be either a manifesto, a utopia,

nership has been extended to other art-

or a work. But most importantly, S.T.A.R.

ists and creators.

is aboovercoming challenges, distances and differences to create immanent and

S.T.A.R. functions as a receptor and incu-

transcendent worlds, for those who sim-

bator for different disciplines and lan-

ply want to be and be present here and be-

guages, as a way to constellate energies

yond, espousing such values such as affec-

and give pertinent issues and situations

tion, respect, energy, love and light ...

a ST.A.R.T. It seeks to generate poetic knowledge and power capable of reflect-

S.T.A.R. collective

ing and transforming people through po-

15 December, 2014 PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 13


S.T.A.R . R I T E S : S.T. A .R. R I T O S :

14 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


LIV E P ER F O R M A N C E PE RF ORM A N C ES P R E S E N CI A I S

PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 15


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e · c o l e t i v o S . T. A . R .

LIVE PERFORMANCE Exhibition: “CUBO além do CUBO”. VENTRO DE ARTES CALOUSTE GULBENKIAN. Rio de Janeiro. Curator: ROBERTO TAVARES. “ e - S . T. A . R . n o c u b o ” ( 2 0 1 7 )

PERFORMANCE PRESENCIAL Exposição: “CUBO além do CUBO”. VENTRO DE ARTES CALOUSTE GULBENKIAN. Rio de Janeiro. Curador: ROBERTO TAVARES.

16 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 17


18 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 19


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e · c o l e t i v o S . T. A . R .

LIVE PERFORMANCE Exhibition: “CUBO além do CUBO”. Clube de Colgaem de Curitiba/Bienal Internacional de Curítiba. Paraná. Curator: ROBERTO TAVARES. “ e - S . T. A . R . n o c u b o ” ( 2 0 1 7 )

PERFORMANCE PRESENCIAL Exposição: “CUBO além do CUBO”. VENTRO DE ARTES CALOUSTE GULBENKIAN. Rio de Janeiro. Curador: ROBERTO TAVARES.

20 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 21


22 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 23


24 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 25


PUPP expandido

Vídeo registro em 2 canais horizontais

26 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 27


28 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 29


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e · c o l e t i v o S . T. A . R .

LIVE VIDEO PERFORMANCE E x h i b i t i o n : “ U P D A T E ” . F E D E R A L J U D I C I A R Y C U LT U R A L C E N T E R . R i o d e J a n e i r o . C u r a t o r : F R E D E R I C O D A LT O N . “PETRY POWER enthroned stars” (2017)

VÍDEO-PERFORMANCE PRESENCIAL E x p o s i ç ã o : “ U P D A T E ” C E N T R O C U LT U R A L D A J U S T I Ç A F E D E R A L . R i o d e J a n e i r o . C u r a d o r i a : F R E D E R I C O D A LT O N “PETRY POWER entronizando estrelas” (2017)) 30 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 31


32 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.

P H O T O S b y C A R L O S C E S A R I & P A U L O J O R G E G O N Ç A LV E S


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 33


34 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 35


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e · c o l e t i v o S . T. A . R .

LIVE VIDEO PERFORMANCE E x h i b i t i o n : “ 3 3 º P. A R T E ” . B I C I C L E T A R I A C U LT U R A L . C u r i t i ba. Curator: FERNANDO RIBEIRO.

VÍDEO-PERFORMANCE PRESENCIAL E x p o s i ç ã o : “ 3 3 º P. A R T E ” . B I C I C L E T A R I A C U LT U R A L . C u r i t i b a . Curador: FERNANDO RIBEIRO.

36 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 37


38 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 39


40 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 41


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e - 1 · c o l e t i v o S . T. A . R - 1

LIVE PERFORMANCE PRAGUE QUADRENNIAL OF PERFORMANCE AND DESIGN SPACE Czech Republic “POLES” · (2015) PERFORMANCE PRESENCIAL PRAGUE QUADRENNIAL OF PERFORMANCE AND DESIGN SPACE República Checa “Pólos” · (2015) 42 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 43


44 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 45


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e - 1 · c o l e t i v o S . T. A . R - 1

LIVE PERFORMANCE PRAGUE QUADRENNIAL OF PERFORMANCE AND DESIGN SPACE Czech Republic “POLES II” · (2015) PERFORMANCE PRESENCIAL PRAGUE QUADRENNIAL OF PERFORMANCE AND DESIGN SPACE República Checa “Pólos II” · (2015) 46 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 47


48 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 49


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e - 1 · c o l e t i v o S . T. A . R - 1

LIVE PERFORMANCE XTH ENCUENTRO HEMISPHERIC INSTITUTE FOR POLITICS AND PERFORMANCE SANTIAGO, CHILE

“POLES III” · (2016) PERFORMANCE PRESENCIAL XTH ENCUENTRO HEMISPHERIC INSTITUTE FOR POLITICS AND PERFORMANCE SANTIAGO, CHILE “Pólos III” · (2016) 50 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 51


52 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 53


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e + 3 · c o l e t i v o S . T. A . R . + 3

LIVE PERFORMANCE Exhibition: “TRANSITION POINT”. FUNDIÇÃO PROGRESSO. R i o d e J a n e i r o . C u r a t o r : F R E D E R I C O D A LT O N . I n v i t e d p e r f o r m e r s : A d a L u z Ta b a l i p a , J o ã o M a n o e l Ta b a l i p a , S i m o n e Thedim Martinez Landeira. “Expanded Emanations” (2016)

PERFORMANCE PRESENCIAL Exposição: “PONTO TRANSIÇÃO” FUNDIÇÃO PROGRESSO. Rio d e J a n e i r o . C u r a d o r i a : F R E D E R I C O D A LT O N . P e r f o r m e r s c o n v i d a d o s : A d a L u z Ta b a l i p a , J o ã o M a n o e l Ta b a l i p a , S i m o n e T h e dim Martinez Landeira. “Emane Expandido” (2016)) 54 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 55


56 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 57


58 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 59


EMANE EXPANDIDO Vídeo registro em 4 canais

60 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 61


62 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 63


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e + 1 5 · c o l e t i v o S . T. A . R + 1 5

LIVE PERFORMANCE Festival de Arte Serrinha. São Paulo. SPONTANEOUS ACTION. Other perf o r m e r s : A n a L e t í c i a P e n e d o , C h i c o Te r r a , C l e s t o n Te i x e i r a , C r i s M i g u e l , D a n i l o To m i c , F á b i o D e l d u q u e , L e t i e r e s L e i t e , R a q u e l C o u t i n h o .

“MANIFESTA-ACTION” · (2014) PERFORMANCE PRESENCIAL Festival de Arte Serrinha. São Paulo.AÇÃO ESPONTÂNEA. Outros perf o r m e r s : A n a L e t í c i a P e n e d o , C h i c o Te r r a , C l e s t o n Te i x e i r a , C r i s M i g u e l , D a n i l o To m i c , F á b i o D e l d u q u e , L e t i e r e s L e i t e , R a q u e l C o u t i n h o . “MANIFESTA-AÇÃO” · (2014) 64 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 65


Manifesta-Ação

Vídeo registro em 3 canais horizontais

R e g i s t r o e m V í d e o Tr í p t i c o · 0 6 : 0 0 · 2 0 1 4 · h t t p s : / / v i m e o . c o m / 1 0 1 4 4 5 8 1 4 66 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 67


68 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 69


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e + 1 · c o l e t i v o S . T. A . R . + 1

LIVE VIDEO-PERFORMANCE E x h i b i t i o n : “ S H O W R O O M ” . F E D E R A L J U D I C I A R Y C U LT U R A L C E N T E R . R i o d e J a n e i r o . C u r a t o r : F R E D E R I C O D A LT O N . I n vited Performer: Malu Hatoum. “ R E V E L AT I O N ” ( 2 0 1 6 )

VÍDEO-PERFORMANCE PRESENCIAL E x p o s i ç ã o : “ S H O W R O O M ” C E N T R O C U LT U R A L D A J U S T I Ç A F E D E R A L . R i o d e J a n e i r o . C u r a d o r i a : F R E D E R I C O D A LT O N . P E r former convidada: Mlu Hatoum. “REVELAÇÃO” (2016)) 70 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 71


72 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 73


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e + 1 · c o l e t i v o S . T. A . R . + 1

LIVE VIDEO-PERFORMANCE Exhibition: “WHEN?”. Quinto Forum da Associação Brasil Performance, Paço Das Artes, São Paulo. Curator: LÚCIO AGRA. Invited Performer: Samira BR Borovic. “FORCES III” (2014)

VÍDEO-PERFORMANCE PRESENCIAL Exposição: “QUAND O?” Quinto Forum da Associação Brasil Performance, Paço Das Artes, São Paulo. Curadoria: LÚCIO AGRA. Performer convidada: Samira BR Borovic. “FORÇAS III” (2014) 74 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 75


Registro em vídeo em 3 telas · 2014 · 25 min · 76 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


https://vimeo.com/rodericksteel/forces3 PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 77


78 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 79


80 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 81


82 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 83


FORÇAS III

Vídeo registro em 3 canais horizontais

Performers · R o d e r i c k S t e e l · A d r i a n a Ta b a l i p a · S a m i r a B r B o r o v i c

Mostra “Quando?” Quinto Forum da Associação Brasil Performance, Paço das Artes, 2014

C U R AT O R · C u r a d o r i a :

Lúcio Agra 84 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 85


86 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 87


FORÇAS IV

Vídeo registro em 3 canais horizontais

Performers · Roderick Steel · Carolina Abreu · Marianna Martins Monteiro

“A r t e e P o l í t i c a R e l o a d e d ? O D i r e i t o à C i d a d e ” Espaço da Penha, Hangar /ISCTE. Lisboa, Portugal. 2015

C U R AT O R · C u r a d o r i a :

Paulo Raposo 88 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 89


90 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 91


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e · c o l e t i v o S . T. A . R .

LIVE PERFORMANCE | URBAN INTERVENTION Exhibition: “GALERIA TRANSPARENTE”. Rio de J a n e i r o . C u r a t o r : F R E D E R I C O D A LT O N . “ P R O PA G AT I O N ” ( 2 0 1 4 )

PERFORMANCE PRESENCIAL | INTERVENÇÃO URBANA Exposição: “GALERIA TRANSPARENTE”. Rio de Jan e i r o . C u r a d o r i a : F R E D E R I C O D A LT O N “PROPAGAÇÃO” (2014)) 92 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 93


94 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 95


96 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.

Fotografia: Frederico Dalton & Carlos Cesari


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 97


98 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 99


100 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 101


102 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 103


104 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 105


106 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 107


108 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 109


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e · c o l e t i v o S . T. A . R .

LIVE PERFORMANCE | URBAN INTERVENTION Exhibition: “GALERIA TRANSPARENTE”. Rio de Jan e i r o . C u r a t o r & C a m e r a : F R E D E R I C O D A LT O N . “ P R O PA G AT I O N ” ( V i d e o · 2 0 1 4 )

PERFORMANCE PRESENCIAL | INTERVENÇÃO URBANA Exposição: “GALERIA TRANSPARENTE”. Rio de Jan e i r o . C u r a d o r i a & F i l m a g e m : F R E D E R I C O D A LT O N “PROPAGAÇÃO” (Vídeo · 2014)) 110 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 111


112 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 113


114 | PORTFOLIO c oletivo S.T.A.R.


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e + 1 · c o l e t i v o S . T. A . R . + 1

LIVE PERFORMANCE E x h i b i t i o n : “A R T S H O W ” . T U C , C u r i t i b a . C u r a t o r : S E R G I O M O U R A . I n v i t ed Performer: AjAX “ E M A N AT E ” ( 2 0 1 3 )

PERFORMANCE PRESENCIAL E x p o s i ç ã o : “ “A R T S H O W ” . T U C , C u r i t i b a . C u r a d o r : S E R G I O M O U R A . P e r former convidado: AjAX. “EMANE” (2013) PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 115


116 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.

Registro em 3 telas de vídeo por Afonso AJA Registro de Vídeo


AXsencial & em 3-telas

PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 117


118 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 119


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e · c o l e t i v o S . T. A . R .

LIVE PERFORMANCE | LIVE ART Exhibition: “VITRINE”. Estúdio Dezenove, Rio de Janeiro. Curator: ADOLFO NAVAS. “Meditation, Contemplation, Manifestation.” (2013)

PERFORMANCE PRESENCIAL | LIVE ARTE Exhibition: “VITRINE”. Estúdio Dezenove, Rio de Janeiro. Curador: ADOLFO NAVAS. “Meditação, Contemplação, Manifestação” (2013) 120 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 121


Continuum “Todos os átomos que se encontram no ar e nvo deserto, saiba que estão possuídos como nós, e que cada átomo, ditoso ou desditoso, fica aturdido pelo sol da alma incondicionada” Jalal-od-Din-Rumi

Há um a li nha i nvi sí vel q ue está i n s c rita n a p e rfo rman c e , u m g e s to e s p acial qu e sis mografa as d i m e nsõ es e m q ue n o s mo v e mo s e q u e s e p o de re - s ig n ific ar co m o u m tip o de des enh o am p li a d o ( e spac ial , in t e rs u b je t iv o , s o c ial , as tral . . . ) De fato , n o m ei o de um c li m a c i d ad ão q ue q u er c o n te s t ar a me n t ira da re p re s e n tação , a pol íti ca sep ara d a d a éti c a o u o c o n c h av o do l u c ro c o m a imp u n idade , a pe r fo r m an ce de A dri ana Tabali p a e R o d e ric k St ee l M e dit aç ão C o n te mp l aç ão Man ife stação (MCM) se si tua num a la ti tude s u i g en e ris , l at e ral : c o n c e n trada n o e spaço aparentem ent e li m i tad o d a V i tr i n e E fê me ra , mas t amb é m a v is t a de t o d o s, do olhar da rua. N um a fr o nte i r a d e p erc ep ç ão , p o rtan t o . D e n tro de u m o b s e r v ató r io ou de uma p latafo r m a q ue é um ca s u l o e s p ac ial e p o r s u a v ez u ma c áp s u l a te m por al, a p arcer i a d o s d o i s ar ti stas v is a fo c ar e c o n te mp l ar al g o a mais al é m do v isível, do ev i de nte , p o i s a r i go r o sa o c u p aç ão art ís tic a p re t en de c riar u m instan te já, um p onto d e e nc o ntr o ( o utr o ) , s a b e n do já q u e o maio r do s e r é e s t ar e m sin ton ia com o uni ver so e c o m o o ut ro , du as c o s mo l o v g ias imb ric a das p e l o pr eço de u ma. Trata- se , ap esar d e sua as c é tic a e s t ét ic a e m p ret o e b ran c o ( o q ue in cl u i par edes, roup as, o bj e to s, i nstr um e n t o s de des e n h ar. . . ) , de u ma aç ão me d itativ a, refl e xiv a, uma c ap taç ão e ne r gé ti c a q u e re l ig a o s o l h o s e as mão s c o mo e x te n sõ e s vin culantes atr avé s d e fo r m as q ue ro dam, de mo v imen to s c irc u l are s t an to pa r a den tro com o par a fo r a ( d o m i c r o e mac ro e m q u e n o s in s c rev e mo s s e mpr e , n ão tão h armoni cam e nte ) , e o nd e o s p o n to s , as b o l as , o s an é is , as c irc u n fer ê n cias são ressonânci as vi suai s em tr â ns it o , al t ame n t e s imb ó l ic as de e s feras , mo l é cu las, p lanetas (j á q ue o c í r c ulo , p a ra a maio ria das c re n ç as re l ig io s as e g e ogr a fias cu lturai s, tem o p o d e r d o c i r c um - amb u l aç ão , do rit o do re de mo in h o , a al e go r ia 122 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


de uma i ntegr aç ão c ó sm i c a) , e m o s tra, p o r s u a v e z , o p erc u rs o da aç ão e a su a simbologia Yin g/Yang, o flux o luz/ s o mb ra, mas c u l in o / fe min in o , dia/ n o it e, al m a/ corp o como p o lar i d ad e s e m j unç ão , e m s ín t e s e. M ão s - ú t e ro o u v ic e- v e rsa? Catedral p ara um i nte r i o r, c o m o aq ue l a p e q u e n a p e ç a de R o din ? A din âmic a d a a ção com p orta esta d i alé ti c a d o gi r o , d o mo v ime n t o q u e re in te g ra a c irc u n ferê n cia a seu centro, e e sta c o ne xão -li be r aç ão atrav es s a a ro u p a, o s o b je t o s o espaço , o vidro de um a V i tr i ne r i tuali z ad a, co n v e rt ida e m e ix o de u ma e x p e riê n c ia qu e r essoa, v i bra. E não é e str anh o p e nsar n es t e c o n t e x t o q u e o de s e n h o e a p e rfo r m an ce sejam duas ativi d ad es atávi c as, p r imo g ên it as . R e c en t emen t e, a c av e rn a d o s so n hos esqueci do s fi lm ad a p o r Wer ner H e rz o g ( 2 0 1 0 ) t amb é m a p o n t av a n a m e sm a dir eção, p ara a p r o lo ngaç ão d o d e s e n h o ( in s t al aç ão arq u e o l ó g ic a) , de s e u ge sto atáv ico, até ago r a. C o m o utr as i n s c riç õ e s n a c av ern a e fê me ra t amb é m s e po de sen ti r esta linguagem sí gni c a tão p rime v a do h o mem: “de g rafar p ara manife sta r su a exp ressão e c o m uni c a r algo ... e de c e rt a fo rma e s t aremo s e m u m de n tr o , só q ue translúcido c o m o é a vi tr i ne .. . mas a n o ç ão de rito c o n e c ta c o m a c ave r n a. . . com a noção d o i nte r i o r q ue m ani fe s t a ao e x t erio r. . . s o mo s c ada u m u ma espé cie de cav erna também ...“ ( A d r i ana Ta b al ip a , e - mail ao au t o r, 2 8 -VI I I - 2 0 1 3 ) . Man ifestação Conte m p laç ão Me d i taç ão , c o mo fio s - t erra ( p el o mo v ime n t o v er tical ) e relógi os hum ano s ( p e lo m o vi m e nto c irc u l ar) , q u e r es t ab e l e c e r u m c o n t in uu m (de ação e i nstalaç ão gr áfi c a am p li ad a) o n de o t e s t e mu n h o – a p ró p ria s e q u ê ncia – é pas sado tanto e ntr e o s p r o tago ni s tas q u an t o e n t re a e s fe ra p ú b l ic a, já c o m a m e diaç ão de nossa p r e se nç a. C o m o t al p e rfo rman c e , M edit aç ão M a n ife s t aç ão Co n tem p lação deixa sem p r e um r astr o s in u o s o , q u e é , n o fu n do , u m des e n ho v iv o , u m a caligrafi a e sp ac i al, u m m i s to d e obra imate rial e mate rial. Assim co m o

i nterrog a: qu an do a p e r fo r m ance não é , e m p arte , um p ortal p ara o utras coor d enad as , u m c an al , o r e c o nhe cimento d e um limiar, uma p roc ura de ou tr o c ont i nu u m ? Ado l fo M o n t e j o N avas

Foz do Iguaçu/Rio de Janeiro, agosto de 2 0 1 3 PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 123


124 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 125


126 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 127


128 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 129


130 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 131


132 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 133


134 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 135


136 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 137


138 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e + 2 · c o l e t i v o S . T. A . R . + 2

LIVE PERFORMANCE E x h i b i t i o n : “A r t e # O c u p a S M 2 0 1 3 ” . S a n t a M a r i a / R S . C u r a t o r : S A N T I A GO RUEDA. Invited Performers: Cristina Ochoa (COL) · Marcel Diogo (BRA) “FORCES I” (2013)

PERFORMANCE PRESENCIAL E x p o s i ç ã o : “A r t e # O c u p a S M 2 0 1 3 ” . S a n t a M a r i a / R S . C u r a d o r i a : S A N T I A GO RUEDA. Performers convidados: Cristina Ochoa (COL) · Marcel Diogo (BRA) “FORÇAS I” (2013) PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 139


140 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 141


142 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 143


144 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 145


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e + 2 · c o l e t i v o S . T. A . R . + 2

LIVE PERFORMANCE E x h i b i t i o n : “A r t e # O c u p a S M 2 0 1 3 ” . S a n t a M a r i a / R S . C u r a t o r : S A N T I A G O R U E D A . I n v i t e d P e r f o r m e r s : F á b i o P u r p e r · Ta m i r i s V a z “FORCES II” (2013)

PERFORMANCE PRESENCIAL E x p o s i ç ã o : “A r t e # O c u p a S M 2 0 1 3 ” . S a n t a M a r i a / R S . C u r a d o r i a : S A N T I A G O R U E D A . P e r f o r m e r s c o n v i d a d o s : Fá b i o P u r p e r · Ta m i r i s Va z “FORÇAS II” (2013) 146 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 147


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e - 1 · c o l e t i v o S . T. A . R . - 1

LIVE PERFORMANCE E x h i b i t i o n : “A r t e # O c u p a S M 2 0 1 3 ” . S a n t a M a r i a / R S . C u r a t o r : S A N T I A GO RUEDA. “ I n s i d e O u t To g e t h e r ” ( 2 0 1 3 )

PERFORMANCE PRESENCIAL E x p o s i ç ã o : “A r t e # O c u p a S M 2 0 1 3 ” . S a n t a M a r i a / R S . C u r a d o r : S A N T I A G O RUEDA. “Dentro Fora Junto” (2013) 148 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 149


150 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 151


152 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 153


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e - 1 · c o l e t i v o S . T. A . R . - 1

LIVE PERFORMANCE E x h i b i t i o n : “A r t e # O c u p a S M 2013”. Santa Maria/RS. Curator: SANTIAGO RUEDA. “ S a v e M y S k i n . . . Yo u r S k i n ” (2013)

PERFORMANCE PRESENCIAL E x p o s i ç ã o : “A r t e # O c u p a S M 2013”. Santa Maria/RS. Curador: SANTIAGO RUEDA. “Salve Minha Pele... Sua Pele” (2013) 154 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 155


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e - 1 · c o l e t i v o S . T. A . R . - 1

LIVE PERFORMANCE Exhibition: “END FACTORY PROJECT”. Caixa Economica, São Paulo. Curator: SANTIAGO RUEDA. “Picnic Dreams” (2013)

PERFORMANCE PRESENCIAL Exposição: ““END FACTORY PROJECT”. Caixa Economica, São Paulo. Curador: SANTIAGO RUEDA. “Sonhopicnic” (2013) 156 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 157


158 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 159


160 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 161


S . T.A.R . R I T E S : S . T. A .R . R I T O S :

162 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


P E RF O R M A N C E FOR C INEM A PE RFOR M AN C ES PA R A C I N E M A

PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 163


164 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 165


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e + 2 · c o l e t i v o S . T. A . R . + 2

PERFORMANCE FOR CINEMA Exhibition: “Morte & Magia Nas Artes Visuais”. Cemitério do Peixe · Conceição Mato Dentro, MG. Curator: FRANCILINS CASTILHO LEAL. Invited Performers: Rodrigo Marques & Gabriela Andrade. Soundtrack: Giancarlo Lorenci “WHITE CROSS IN BLACK EARTH” (2015 | 2017)

PERFORMANCE PARA CINEMA Exposição: “Morte & Magia Nas Artes Visuais”. Cemitério do Peixe · Conceição Mato Dentro, MG. Curator: FRANCILINS CASTILHO LEAL. Performers convidados: Rodrigo Marques & Gab r i e l a A n d r a d e . Tr i l h a S o n o r a : G i a n c a r l o L o r e n c i “Cruz Branca em Terra Preta” (2015 | 2017)) 166 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 167


168 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.

Regpara cinema em 3


istro telas

PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 169


170 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 171


172 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 173


174 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 175


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e + 2 · c o l e t i v o S . T. A . R . + 2

PERFORMANCE FOR CINEMA E x h i b i t i o n : “ V I D E O R E S I D E N C I A” . M a m u t e G a l l e r y 2 0 1 4 · P o r t o A l e g r e , RS. Curator: NIURA BORGES. Colaborator: Andreia Vigo. Soundtrack: Giancarlo Lorenci. “MOONEGGSUN” (6 films with various times · 2014)

PERFORMANCE PARA CINEMA E x p o s i ç ã o : “ V I D E O R E S I D E N C I A” . M a m u t e G a l l e r y 2 0 1 4 · P o r t o A l e g r e , R S . C u r a d o r a : N I U R A B O R G E S . C o l a b o r a d o r a : A n d r e i a V i g o . Tr i l h a S o n o r a : G i ancarlo Lorenci. “ M O O N O V O S O L” ( 6 f i l m e s c o m t e m p o s v a r i a d o s · 2 0 1 4 ) 176 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


MOONOVOSOL I — ÓÔÒO

PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 177


178 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 179


180 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


MOONOVOSOL II

Ø0º>=<0غ

3 horizontal screens for cinema · 6 filmes (tempos variados)

PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 181


182 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 183


MOONOVOSOL IV

—°‰—

184 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 185


186 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 187


188 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 189


MOONOVOSOL III

Oo0ø•º•∞ =< 190 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 191


192 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 193


194 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 195


196 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


MOONOVOSOL V

•Ó···<=Ø=<···Ô• PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 197


198 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 199


MOONO

°·O0·— 200 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


OVOSOL VI

—Ø—·0O·° PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 201


202 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 203


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e + 1 · c o l e t i v o S . T. A . R . + 1

PERFORMANCE FOR VIDEO F i l m e d d u r i n g t h e “ B ú z i o s ” a r t i s t i c R e s i d e n c y. I n v i t e d P e r former: Malu Hatoum. “ R E V E L AT I O N ” ( V i d e o · 2 0 1 6 )

PERFORMANCE PARA VIDEO Filmado na Residencia atística “Búzios”: Performer convidada: Malu Hatoum. “REVELAÇÃO” (Vídeo · 2016)) 204 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 205


206 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 207


208 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 209


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e - 1 · c o l e t i v o S . T. A . R . - 1

PERFORMANCE FOR VIDEO F i l m e d d u r i n g t h e “ B E R N E ” a r t i s t i c R e s i d e n c y. “GOLD-ADORED” (Video · 2016)

PERFORMANCE PARA VIDEO F i l m a d o n a R e s i d e n c i a a t í s t i c a “ B E R N A” . “A D O U R A Ç Ã O ” ( V í d e o · 2 0 1 6 ) ) 210 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 211


212 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 213


214 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 215


216 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 217


col e ti vo S.T . A . R.

218 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


DRAWI N G S & G R A P HIC WOR K des enho s & o b r as gr รกfi c as

PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 219


220 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 221


DRAWINGS · Desenhos + EXTREMOS · + extreme

222 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 223


224 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 225


226 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 227


228 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 229


230 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 231


col e ti v o S.T . A . R.

232 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


P H O T O GR A P H S & PHOTO_PER F OR M AN CES FOT O GRAFI AS & F O T OPE R FOR M A N C E S

PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 233


CYCLESPEHERES I · ciclosferas 1

234 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 235


236 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 237


238 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 239


240 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 241


242 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 243


244 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 245


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e · c o l e t i v o S . T. A . R .

PHOTO PERFORMANCE | L o c a t i o n : “ F E S T I V A L D E A R T E S E R R I N H A” . S ã o Paulo. Photography: RODERICK STEEL. “IMPETUS” FOTO PERFORMANCE PRESENCIAL | L o c a l : “ F E S T I V A L D E A R T E S E R R I N H A” . S ã o P a u l o . Photography: RODERICK STEEL “IMPETO”

246 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 247


248 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 249


vvvv

250 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 251


252 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 253


254 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 255


256 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 257


258 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 259


260 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 261


262 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 263


S . T. A . R . * * c o l l e c t i v e · c o l e t i v o S . T. A . R .

PHOTO PERFORMANCE | INTERVENTION L o c a t i o n : “ M U S E U D A G R A V U R A” . S o l a r d o B a r ã o . P h o t o g r a p h y : Z É R O B E R T O D A S I LV A . “A e r o a l c h e m y l u x ” FOTO PERFORMANCE PRESENCIAL | INTERVENÇÃO L o c a l : “ M U S E U D A G R A V U R A” . S o l a r d o B a r ã o . F o t o g r a f i a : Z É R O B E R T O D A S I LV A . “A e r o a l q u i m i a l u x ”

264 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 265


266 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 267


268 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 269


c ol e t i v o S .T . A . R .

270 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PU BL I CAT I O NS & IN TER VEN TION S pub l i c açõ es & i n ter ve nç õe s

PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 271


MAGAZINE · revista CANGURU (2017) EDITOR · Editores: Eliana Borges & Ricardo Corona EDITORA · Publisher: MEDUSA

A CANGURU é uma revista de literatura e arte. O primeiro número da revista está relacionada com a “comunidade”, ou comunità pensada por Giorgio Agamben. 272 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 273


I N S TA L L AT I O N · i n s t a l a ç ã o F E D E R A L J U D I C I A R Y C U LT U R A L C E N T E R centro cultural da justiça federal C U R AT O R · C u r a d o r i a : Frederico Dalton

“VAI” · “Go” (2017) 274 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 275


I N S TA L L AT I O N · i n s t a l a ç ã o M O R A I S E VA L E O C U PAT I O N

ocupação morais e vale

C U R AT O R · C u r a d o r i a : Paulo Branquinho

“RIZOLUX” (2016) 276 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 277


BOOK · livro IMAGENS AUDÍVEIS II · Audible Images II C U R AT O R · C u r a d o r i a: G i a n c a r l o L o r e n c i

“Movimentos do Silêncio Gravado” (2014) 278 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 279


POSTER · poster TRANSPARENT GALLERY C U R AT O R · C u r a d o r i a : Frederico Dalton

“ V E M ! . . . Vê e m ” · “Come!...See” (2014) 280 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 281


c ol e t i v o S .T . A . R .

282 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


CATALO G U E S CATALO G OS

PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 283


284 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 285


286 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 287


288 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 289


290 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 291


292 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 293


294 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 295


Adriana Tabalipa 1972 Nascida em Curitiba e radicada no Rio de Janeiro vive e trabalha atualmente entre estas duas cidades. Artista visual, performer, gravadora, pintora, desenhista e livre pensadora. Iniciou sua trajetória no final dos anos 80. Participou de inúmeras mostras coletivas e individuais, nacionais e internacionais. Entre elas The End Factory Project, Fundacion Valenzuela Y Klenner, Bogotá, Colômbia. O objeto: anos 60/90 cotidiano,arte, Instituto Cultural Itaú , São Paulo SP e MAM -RJ. Layers of Brazilian Art, Faulconer Gallery, Grinnell,Iowa, USA. Palmo quadrado, Museum of Latin American Art, Long Beach, Califórnia,USA. Arte Brasileno de Hoy, Sala de Armas, Ciudadela.Pamplona, Espanha. Arte Jovem del Brazil, Galeria Rafael Ortiz, Sevilla, Espanha. Colheu diversos prêmios e tem seu trabalho representado em importantes coleções públicas e privadas. Como a de Gilberto Chateaubriand no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Uma de suas mais recentes individuais “ The End Factory Project” teve curadoria do curador Colombiano Santiago Rueda e itinerou por várias capitais. Seus trabalhos revelam objetos e lugares cotidianos com referência direta na relação entre eles e o corpo humano bem como a energia existente nestas relações. Funda em 2012 com o artista e cineasta Roderick Steel o coletivo S.T.A.R no qual vem desenvolvendo trabalhos de performance-rito e filmes experimentais junto com outros integrantes e artistas convidados participando de mostras e festivais. 296 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 297


ADRIANA TABALIPA

Curitiba, 1972

INDIVIDUAIS 2013 The End Factory Project, Studio 488 Buenos Aires Argentina Por Tais, Sesc, Sao Joao de Meriti RJ Sonhopicnic, Galeria de Arte Maria de Lourdes Mendes de Almeida CCCM,Rio de Janeiro RJ 2012 The End Factory Project, Caixa Cultural Brasilia DF The End Factory Project, Caixa Cultural Sao Paulo SP The End Factory Project, Caixa Cultural Salvador BA The End Factory Project, Caixa Cultural Curitiba PR 2008 The End Factory Project, Ybakatu Espaço de Arte Curitiba PR 2007 The End Factory Project, DUREX ARTE Contemporânea Rio de Janeiro RJ 2006 The End Factory Project, Fundacion Valenzuela Y Klener, Bogotá Colombia 2005 The End Factory Project, LGC arte contemporânea, Rio de Janeiro RJ 2004 Sujeito em comum acordo, Ybakatu Espaço de Arte, Curitiba PR Todos querem brilhar, Museu da Gravura Cidade de Curitiba, Curitiba PR 2002 Órgão, Galeria Maria Martins, Campus Tom Jobim, Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro RJ Galeria de Arte, Centro Universitário de Barra Mansa, Barra Mansa RJ 2001 Estação celestial, Espaço Cultural Sérgio Porto, Rio de Janeiro RJ Necessidades básicas, Galeria do IBEU, Rio de Janeiro RJ Dialéticas das possibilidades, Galeria Catete, Museu da República, Rio de Janeiro RJ 2000 Necessidades básicas, Valu Oria galeria de arte, São Paulo SP 1999 Ybakatu Espaço de Arte, Curitiba PR 1998 298 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


Programa de exposições 98, Centro Cultural São Paulo, São Paulo SP 1996 Centro Cultural Cândido Mendes, Pequena Galeria, Rio de Janeiro RJ 1994 Solar do Barão, Museu da Gravura, Curitiba PR Objetos, Museu Guido Viaro, Curitiba PR COLETIVAS 2014 Videoresidência Território Expandido,Galeria Mamute,Porto Alegre RS Paisagens invisivéis Galeria Mamute, Porto Alegre RS Pintura! Galeria de Arte Meninos de Luz, Rio de Janeiro RJ Fique a vontade, Museu de Arte Contemporânea, Niterói RJ 2013 Art-Show, Performance EMANE Coletivo STAR*Galeria Juliano Moreira, Curitiba PR Vitrine Efemera, Performance MCM- Meditacao Contemplacao Manifestacao Coletivo STAR* Estudio Dezenove Rio de Janeiro RJ O papel das trocas, Casa-Museu Teixeira Lopes/ Galeria Diogo de Macedo,Gaia Portugal Arte # Ocupa SM, Performance DENTRO FORA JUNTO e SALVE! MINHA PELE SUA PELE Santa Maria RS Processos Colaborativos Cinema e Artes Visuais, Video da Performance SONHOPICNIC Galeria Mamute Porto Alegre RS 2012 Arte # Ocupa SM, Performance LIGA-ME Santa Maria RS Performeios, Tardanza, Curitiba PR 2011 Bela Bienal do Porto,Porto Portugal Coletiva AVA galeria,Helsinki Finlândia 2010 Novas Aquisições Coleção Gilberto Chateaubriand MAM Rio de Janeiro 2009 O Corpo na Cidade.Centro Cultural Solar do Barão Curitiba PR The Portrait Show, Durex Arte Contemporanea, Rio de Janeiro RJ Performance Liga-me Viradão Carioca Praça Tiradentes Rio de Janeiro RJ 2008 Estranha a arte e o outro,Durex Arte Contemporanea,Rio de Janeiro RJ PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 299


2007 Metadesenho LGC Arte Contemporânea, Rio de Janeiro RJ Entorno do entorno Museu do Palacio do Inga. Niteroi RJ Coletiva Durex: Durex Arte Contemporânea Rio de Janeiro RJ 2006 Jardim das Delicias: Performance em Questão. Museu da República Rio de Janeiro RJ 13 Salão da Bahia, MAM Bahia.Salvador BA Onde., RJ LGC Arte Contemporânea, Rio de Janeiro RJ Zona Oculta: entre o público e o privado, CEDIM, Rio de Janeiro RJ D Maria I: louca ou piedosa?, Grande Galeria, Centro Cultural Cândido Mendes, Rio de Janeiro RJ The Portrait Show LGC Arte Contemporânea Rio de Janeiro RJ Entorno do Entorno: Museu do Ingá Niteroi RJ 2005 Ybakatu 10 anos, Curitiba PR 2004 BR 2004, Galeria Virgilio, São Paulo SP Objeto como imagem, Galeria Virgilio, São Paulo SP Corpo, Museu de Arte de Ribeirão Preto, Ribeirão Preto SP Núcleos Contemporâneos, Valu Oria Galeria de arte, São Paulo SPFeira Arco Madrid 2004, stand Galeria Valu Oria, Madrid, Espanha 2003 Layers Of Brazilian Art, Faulconer Gallery, Grinnell, Iowa, USA Palmo quadrado, Museum of Latin American Art, Long Beach, California, USA Orlândia, São Cristovão, Rio de Janeiro RJ Arte de Portas Abertas, performance, Parque das Ruinas, Rio de Janeiro RJ 2002 IBEU 1991/2001 Uma década de arte contemporânea, IBEU Copacabana, Rio de Janeiro RJ Só gravura, Adriana Penteado Arte Contemporânea, São Paulo SP Mostra Bienal de Desenho, Espaço Cultural José Lins do Rêgo, João Pessoa PB Arte Brasileño de Hoy, Sala de Armas, Ciudadela. Pamplona, Espanha 2001 XI Universidarte, Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro RJ Arte Jovem del Brazil, Galeria Rafael Ortiz, Sevilla, Espanha Rio Trajetórias Ações Transculturais, Museu da República, Rio de Janeiro RJ 8º Salão da Bahia, Museu de Arte Moderna da Bahia, Salvador BA Corpo Cruzado, Museu de Arte de Santa Catarina, MASC, Forianópolis SC Nova Orlândia: ocupação temporária, Rio de Janeiro RJ 300 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


Artistas Contemporâneos Brasileiros, La Casa Elizalde, Barcelona, Espanha Idéia coletiva, Galeria Camargo Villaça, São Paulo SP Feira Arco Madrid 2001, stand Galeria Valu Oria, Madrid, Espanha IBEU 1991-2001: Uma década de arte contemporânea, Rio de Janeiro RJ 2000 Feira de Arte Contemporânea Lisboa, stand Ybakatu Espaço de Arte, Lisboa, Portugal 7º Salão Nacional Victor Meirelles, Museu de Arte de Santa Catarina, MASC, Florianópolis SC 6º Salão UNAMA de Pequenos Formatos, Universidade da Amazônia, Galeria de Arte, Belém PA 12ª Mostra de Gravura, Museu da Gravura, Curitiba PR Gallery 2000, Casa Shopping, Rio de Janeiro RJ 1999 O objeto: anos 60/90 cotidiano, arte, MAM, Rio de Janeiro RJ, Instituto Cultural Itau, São Paulo SP O objeto: anos 60/90 cotidiano, arte, Instituto Cultural Itau São Paulo SP 1998 Ybakatu Espaço de Arte, Curitiba PR 2.000-2, Centro Cultural Cândido Mendes Ipanema, Rio de Janeiro RJ 1997 Ponte Rio-Niterói, Thomas Cohn Arte Contemporânea, Galeria de Arte UFF RJ Gravura contemporânea de Curitiba, Paço Imperial, Rio de Janeiro RJ Solar Grandjean de Montigny, Centro Cultural da PUC-Rio, Rio de Janeiro RJ Brasil-reflexão 97: a arte contemporânea da gravura, Museu Municipal de Arte, Curitiba PR 1996 20º Salão Carioca de Arte, Escola de Artes Visuais do Parque Lage, Rio de Janeiro RJ Arte: experiência e pesquisa, Centro Cultural Cândido Mendes, Rio de Janeiro RJ B.A.T..bon a tirer, Casa do Brasil, Madrid, Espanha Zona Flutuante, Museu Theodoro de Bona, Curitiba PR 1995 Atelier de gravura do MAM - RJ, Teatro Nacional, Brasília DF Zona Flutuante, Museu de Arte Contemporânea, Porto Alegre RS 11ª Mostra de Gravura da Cidade de Curitiba, Museu da Gravura, Solar do Barão, Curitiba Pr 1994 1º Salão MAM Bahia de Artes Plásticas, Museu de Arte Moderna da Bahia, Salvador BA PRÊMIOS PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 301


2002 Mencão Honrosa, Mostra Bienal de Desenho, Espaço Cultural José Lins do Rego, João Pessoa PB 2001 Menção Honrosa, Universidarte IX, Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro RJ 2000 1º Prêmio , 25º Salão de Arte de Ribeirão Preto, Ribeirão Preto SP 1999 Prêmio Rio de Artes Visuais, British Council Cultura Inglesa EAV Parque Lage, Londres, Grã Bretanha 1994 1º Salão MAM Bahia de Artes Plásticas, Salvador BA 1993 Prêmio Aquisição: 7º Salão Arte Pará, Fundação Rômulo Maionara, Belém PA COLEÇÕES PÚBLICAS IBEU Instituto Brasil Estados Unidos, Rio de Janeiro RJ Museu de Arte de Ribeirão Preto, Ribeirão Preto SP Museu de Arte Moderna Rio de Janeiro Coleção Gilberto Chateaubriand, Rio de Janeiro RJ Universidade Cândido Mendes, Centro Cultural Cândido Mendes, Rio de Janeiro RJ Universidade Estácio de Sá, Universidarte, Rio de Janeiro RJ MOLAA: Museum of Latin American Art, Long Beach, California, USA Museu da Gravura Cidade de Curitiba, Curitiba PR Davis Museum, Barcelona, Espanha Museu de Arte Moderna da Bahia, Salvador, BA Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Colecao Esther Emilio Carlos, Rio de Janeiro,RJ Museu de Arte Contemporanea do Parana, Curitiba PR EDUCAÇÃO Museu Alfredo Andersen, Curitiba PR Museu de Arte Contemporânea, Curitiba PR Museu da Gravura, Solar do Barão, Curitiba PR Artes Cênicas,Direção PUC Teatro Guaíra Curitiba PR 302 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 303


304 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


Roderick

Peter

Steel

é artista, fotógrafo, documentarista e doutorando em Poéticas e Técnicas em Meios e Processos Audiovisuais na ECA-USP. Aliando a pesquisa sobre o pensar e fazer a imagem com dispositivos interativos a temáticas que versam sobre trânsitos da imagem em transe, Roderick tem participado de mostras de cinema, filme etnográfico, e videoarte em mais de uma dezena de países. Seu trabalho não privilegia um suporte ou técnica, e os diálogos com mídia móvel, pintura, instalação, cinema, performance e fotografia estão sempre em processo de per laboração. Funda em 2012 com a artista e performer Adriana Tabalipa o coletivo S.T.A.R no qual vem desenvolvendo trabalhos de performance-rito e filmes experimentais junto com outros integrantes e artistas convidados participando de mostras e festivais. PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 305


RODERICK STEEL

PORTO ALEGRE, 1969

COLETIVAS 2017 · Video-performances (diversos). 1º Festival de videoarte Mirada. Boiler Galeria, Curítiba/Pará. · “Petri-power: Entronizando Estrelas” – Live Performance com Vídeo (coletivo S.T.A.R: Roderick Steel & Adriana Tabalipa) & Instalação – (Exposição: “Update”.) Centro Cultural da Justiça Federal. Rio de Janeiro/RJ. · Foto Performance (coletivo S.T.A.R: Roderick Steel & Adriana Tabalipa). Galeria de Fotografia Paulo Duque Estrada. Rio de Janeiro, RJ. · “Moonovosol” (coletivo S.T.A.R: Roderick Steel & Adriana Tabalipa) no PERFIDIA, Performance and New Media Festival. São José do Rio Preto/Brasil. . “PUPP expandido” – Live Performance (coletivo S.T.A.R: Roderick Steel & Adriana Tabalipa) no CCC na Bienal de Curitiba/Paraná. · “E ¬S.T.A.R. no Cubo” Live Performance (coletivo S.T.A.R: Roderick Steel & Adriana Tabalipa) no Centro de Artes Calouste Gulbenkian. Rio de Janeiro/RJ. · “Aeroalquimíalux”. Instalação no “Projeto Infiltrações” . Solar do Barão. Curitiba/PR. 2016 · Fotografias do coletivo S.T.A.R (Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – Galeria Farol. Curitiba/Pará. · “Revelação (II)” – Live Performance com Vídeo (coletivo S.T.A.R: Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – #33. p.ARTE. Bicicletaria Cutlural, Curitiba/Pará. · “Emane Expandido” – Live Performance (coletivo S.T.A.R: Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – Fundição Progresso: Centro de Artes Visuais da Funarte / MinC (Exposição: “Ponto Transição”) Rio de Janeiro/RJ. · “Moonovosol” (coletivo S.T.A.R: Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – V International Biennial of Performance. Bogotá/Colômbia. · “Revelação” – Live Performance com Vídeo (coletivo S.T.A.R: Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – (Exposição: “Showroom”.) Centro Cultural da Justiça Federal. Rio de Janeiro/RJ. · “Forças IV” – Live Performance – Evento: “Arte e Política Reloaded?”. Lisboa/Portugal. · “Rizolux” – Intervenção Urbana do coletivo S.T.A.R na “2ª Ocupação Cultural Morais & Vale”. Rio de Janeiro. RJ 2015 · “Regeneração” – Live Performance com Vídeo – (coletivo S.T.A.R: Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – Bienal Internacional de Bucaramanga “Desde Aquí”. Bucuramanga/Colômbia. · “Moonovosol” (coletivo S.T.A.R: Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – Vídeo Performance – “Outlet”. Galeria Desborde, Bogotá, Colômbia. 306 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


· “Cruz Branca em Terra Preta” – Live Performance para Vídeo – (coletivo S.T.A.R: Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – “Morte e Magia nas artes visuais”. Cemitério do Peixe, Conceição do Mato Dentro/MG. · “Forças” – Apresentação de Vídeo Performance – Ipêrformatico: Campo Grande/Mato Grosso do Sul. 2014 · 6º MADATAC: Muestra de Arte Digital Audiovisual – Apresentação de Vídeo Performance – Palácio Cibeles. Madrid/Espanha. · Mostra Videoresidência Território Expandido – Apresentação de Vídeo Performance – Galeria Mamute. Porto Alegre/RS. · “Forças/3 EM 1” – Live Performance com Vídeo – Paço das Artes/PERFOR-5. São Paulo/SP. 2013 · “Poliscópios” – Fotografias – Galeria Mônica Filgueiras/Círculo da Imagem. São Paulo/SP. · “Forças” – Live Performance para Vídeo – Arte#OcupaSM II. Santa Maria/ RS. · “Emane” – Live Performance para Vídeo – Coletivo S.T.A.R com Afonso José Afonso (AjAx) – Galeria Júlio Moreira. Curitiba/PR. 2012 · “Nem Dia Nem Noite” — Vídeo — BIENAL DO RECONCAVO – Vídeo – Cachoeira e São Félix/BA. · “The other side of me” – Performance para Vídeo – Arte#OcupaSM. Santa Maria/RS. · “Enterros” – Vídeo & Fotografia – MASM, Museu de Arte de Santa Maria/RS. 2011 · “Até Onde Vamos?” – Vídeo Performance – 17º Festival Sesc VIDEOBRASIL: Panoramas do Sul. São Paulo/SP. · “No Transfer” – Vídeo & Fotografia – Caixa Econômica Federal, Santa Maria/RS. · 1º Salão de Arte Contemporânea de Londrina – Vídeo – Londrina/PR. · “Me Faça Dormir” – Live Performance para Vídeo – Evento 27 Horas. Santa Maria/RS. · “Traço” – Vídeo – Evento 24 Horas. Santa Maria/RS. · Enterros: Momentos Específicos – Vídeo & Fotografia – MAC Anexo. São PAulo/SP. · Caza coletiva – Vídeo – Caza_Arte_Contemporânea. Rio de Janeiro, RJ. 2010 · An Exchange with Sol Lewitt – Fotografias – Massachusetts Museum of Contemporary Art. 2009 · 5ª BIENAL VENTOSUL – Vídeo – Curitiba/PR. · Museu de Arte de Cascavel – Vídeo – Cascavel/PR. · Centro Dragão do Mar Arte & Cultura – Vídeo – Fortaleza/CE. · África em Nós – Fotografias – Museu Afro-Brasil. São Paulo/SP. ·Museu de Arte de Londrina – Vídeo – Londrina / PR. 2005 · Brésil, L’heritage Africaine – Fotografias – Musée Dapper, Paris/França. 2004 PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 307


· Tronos: Tempo e Tradição – Fotografias & Instalação – Centro Cultural de Diadema. 2003 · Xangô, deus do trovão – Fotografias & Instalação – V Congresso Afro-brasileiro de Grande São Paulo/ SP. · Ressonâncias do Brasil – Fotografias – Fundación Santillana, Cantabria/Espanha. Artes Visuais & Performance (Exposições individuais)

INDIVIDUAIS 2015 · Propagação – Live Performance para Vídeo – Coletivo S.T.A.R (Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – Galeria Transparente. Rio de Janeiro/RJ. 2013 · Meditação, Contemplação, Manifestação” – Performance presencial – Coletivo S.T.A.R (Roderick Steel & Adriana Tabalipa) – Estudio Dezenove. Rio de Janeiro/RJ. 2007 · Candomblés do ABC – Fotografias – Câmara de Cultura de São Bernardo do Campo. 2004 · Marés – Pintura & Instalação – Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. 2003 · Reinos Profundos – Fotografia & Instalação – Assembléia Legislativa do Estado de Sã o Paulo. 2002 · O Encanto das Águas – Fotografia, Vídeo, Pintura & Instalação – Abertura 6º Cultura Inglesa Festival. Centro Brasileiro Britânico, São Paulo/SP. 2001 · O Caminho das Árvores – Fotografia, Vídeo, Pintura & Instalação – 5º Cultura Inglesa Festival. Centro Brasileiro Britânico, São Paulo/SP. 1996 · Transições – Pinturas – Galeria Mario Pedrosa. Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo/SP.

ARTES CÊNICAS 2016 · Encuentro X: Hemispheric Institute for Politics and Performance – “Para Aquelas Que Não Mais Estão” – com Violeta Luna e Coletivo Rubro Obsceno – Santiago/Chile. · Fresh Festival – “Para Aquelas Que Não Mais Estão” – com Violeta Luna e Coletivo Rubro Obsceno – São Francisco/E.U.A. 2015 308 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


· Bienal de Teatro da Universidade de São Paulo – “Para Aquelas Que Não Mais Estão” – Com Violeta Luna e Coletivo Rubro Obsceno – TUSP, Maria Antônia. São Paulo/SP.

VIDEOARTE, DOCUMENTÁRIO & CINEMA 2016 · Cine MIS – Apresentação de Moonovosol – São Paulo/Brasil. · 16ª Mostra do Filme Livre – Apresentação de Vídeos Autorais – Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília & São Paulo/ Brasil. · Parallel Screen #1 na Academie Minerva Praediniussingel. Hollanda. · Mostra IP 2016 -- vários trabalhos do coletivo S.T.A.R (Roderick Steel & Adriana Tabalipa) —. · Shoah Film Collection -- “Implementação” (Vídeo-Tríptico#4) –. Cologne/Alemanha e locais em Israel. 2015 · Cine Tornado Festival – Apresentação de Vídeos Autorais – Curitiba/PR. · 15º Mostra do Filme Livre – Apresentação de Vídeo Autoral – Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília & São Paulo/ Brasil. 2014 · Festival de Inverno da UFPA – Apresentação de Vídeo Autoral – Paraná. · Festival Internacional de Nuevo Cine Latinoamericano – Apresentação de Vídeo Autoral – Havana/ Cuba. · 14º Mostra do Filme Livre – Apresentação de Vídeo Autoral – Rio de Janeiro, Brasília & São Paulo, Brasil. · 2ª Virada Cultural de Belo Horizonte – Apresentação de Vídeo Autoral – Rodízio: mostra de vídeos de artistas. Belo Horizonte/MG. 2013 · XIIIth RAI International Festival of Ethnographic Film – Apresentação de Documentário Autoral – Reino Unido. · 9ª Mostra Olhares sobre o Sagrado: Festival Internacional de Cinema e Religião – Apresentação de Documentário Autoral – São Paulo/SP. · III Intima Lente Festival de Film Etnografici – Apresentação de Documentário Autoral – Caserta/Italia. · 2º Festival Internacional de Cortometrajes con Telefono Movil – Apresentação de Vídeo Autoral – Barcelona/Espanha · 1ª Virada Cultural de Belo Horizonte – Apresentação de Vídeo Autoral – Rodízio: mostra de vídeos de artistas. Belo Horizonte/MG. 2012 · 6º Vivo Arte.mov Festival – Apresentação de Vídeo Autoral – Belo Horizonte e 6 cidades/Brasil. · Africa World Documentary Film Festival – Apresentação de Documentário Autoral – E.U.A/ Inglaterra/ Nigéria. PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 309


· IV Festival do filme Etnografico do Recife – Apresentação de Vídeo Autoral – Recife/PE · 16º VIDEOMEDEJA: International Video Festival – Apresentação de Vídeo Autoral – Novi Sad/Serbia. · 4º MADATAC: Muestra de Arte Digital Audiovisual – Apresentação de Vídeo Autoral – Madrid/Espanha. · 6º Vivo Arte.mov Festival – Apresentação de Vídeo Autoral – BH/MG. · ShortsNonStop Festival – Apresentação de Vídeo Autoral – Toronto/Canada. · 6º Seoul International Short Film and Film festival – Apresentação de Vídeo Autoral – Seoul/Córeia. · Performeios. Espaço Tardanza – Apresentação de Vídeo Autoral – Curitiba/PR. · 4º Kunstfilmtag – Apresentação de Vídeo Autoral – Dusseldorf/Alemanha. · 4º UPto3: BRAFFTV – Apresentação de Vídeo Autoral – Toronto/Canada. · 2º AnimaCaxias – Apresentação de Vídeo Autoral – Caxias do Sul/RS . · 10º MUMIA. Udi Grudi Animation Festival – Apresentação de Vídeo Autoral – Belo Horizonte/MG 2011 · 2º Vídeo Guerrilha – Apresentação de Vídeo Autoral – São Paulo/SP. · 4º Hong Kong Mobile Film Festival – Apresentação de Vídeo Autoral – Hong Kong/China. · 5º Seoul International Short Film and Film festival – Apresentação de Vídeo Autoral – Seoul/Córeia. · Festival Internacional de Cine de Cali – Apresentação de Vídeo Autoral – Cali/Colombia. · Continuum Festival, Recife – Apresentação de Vídeo Autoral – Brasil · 10 CHICO Festival – Apresentação de Vídeo Autoral – Salvador/BA. 2010 · Festival Transe em Cinema – Apresentação de Vídeo Autoral – Salvador/BA. · 30º NAFA International Festival of Ethnographic Film – Apresentação de Vídeo Autoral – Dinamarca. · 2º Festival de Filme Etnográfico – Apresentação de Vídeo Autoral – Recife/Brasil · 6º Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro – Apresentação de Vídeo Autoral – João Pessoa/Brasil. 2007 · Festival Dispositivo – Apresentação de Vídeo Autoral – Paço das Artes. São Paulo/SP.

PREMIAÇÕES, RESIDÊNCIAS E CONVITES 2015 · “Pocket-films”: lycéens et aprentis du cinema – vídeo selecionado para ensino médio nas escolas da França – Centre National de la Cinematographie, Poitou-Charentes/França. · Hors Pistes/Centre Pompidou – Video oficial do evento – Rosário/Argentina. 2014 · Videoresidência na Galeria Mamute – artísta convidado – Porto Alegre/RS. 2013 · 15º Festival Internacional de Cinema da BIENAL DE CURITIBA – Melhor Video Experimental 2013 – Curitiba/PR. 310 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


2012 · Festival do Minuto – Menção honrosa – São Paulo/SP. 2011 · Caroussel: World Photography Organization Festival – “Slide Screening” – Londres/Inglaterra. 2010 · 5º Vivo arte.mov Festival – Melhor Video – Belo Horizonte e 6 cidades/Brasil.

PUBLICAÇÕES - FOTOGRAFIAS 2017 · Revista Canguru (revista) – foto-performance (pgs 25-29). Eliana Borges e Ricardo Corona (Org). Editora MEDUSA. 2015 · Música Para Os Olhos Remixed (livro) – Ilustração – Hypno Books. Porto Alergre/RS. 2013 · Eshu: Divine Trickster (livro) – Fotografias – George Chemeche. The Antique Dealer’s Club. London/UK. 2011 · Revista Continuum Itaú Cultural, album de família – Fotografias – São Paulo/SP. 2009 · “África em Nós” (livro) – Fotografias – Museu Afro-Brasil. São Paulo/SP. 2006 · BBC: www.bbc.co.uk/religion/galleries/candomble. 2005 · “Brésil, L’heritage Africaine” (livro) – Fotografias – Musée Dapper. Paris/França. 2002 · “Ressonâncias do Brasil” (livro) – Fotografias – Fundación Santillana/Editora Moderna Brasil. 2001 · “Mitologia dos Orixás” (livro) – Fotografias – Companhia das Letras. Indicado ao Prêmio Jabuti (ciências humanas) 2000 · “O Brasil em Festa” (livro) – Fotografias – Companhia das Letras. São Paulo/SP.

PUBLICAÇÕES (Academia) 2015 · “Contaminação Afetiva” – Revista Movimento. ECA-USP/SP 2014 · “Notas sobre o documentário Marcadores” – Tessituras: Revista de Antropologia e Arqueologia. UFPE/ RS. PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 311


CURADORIAS 2016 · “Arte & Política Reloaded?” – Cine Tornado. Co-curadoria com Eveline Araújo. Lisboa, Portugal. 2012 · “Arte#OcupaSM” – Co-curadoria com Rebeca Stumm & Santiago Rueda. Santa Maria/RS. 2004 · “Tronos: Tempo e Tradição” - Centro Cultural de Diadema/SP. 2003 · “Xangô, deus do trovão” – V Congresso Afro-brasileiro de Grande São Paulo/SP. 2002 · “O Encanto das Águas” – 6º Cultura Inglesa Festival. Centro Brasileiro Britânico, São Paulo/SP. 2001 · “O Caminho das Árvores” – 5º Cultura Inglesa Festival. Centro Brasileiro Britânico, São Paulo/SP.

APRESENTAÇÕES 2016 · Jornada Discente. ECA-USP. · Encontro Anual da Associação Portuguese de Antropologia. Universidade de Coimbra/Portugal. · Fala de artista do coletivo S.T.A.R. UTFPR, Curítiba/Paraná. 2015 · PQ15 – Prague Quadrennial of Performance and Design Space – Selecionado “Show & Tell ”– Praga/ Rep.Checa. 2014 · 1º Encontro Internacional de Antropologia Visual. L.I.S.A/G.R.A.V.I. USP. São Paulo/SP · Hemispheric Institute of Performance and Politicis (Workgroup). Montreal/Canada. · Jornada Discente. ECA-USP 2011 · Jornada de Formação, Ensino e Prodiução. Palestrante convidado. CAL/UFSM. Santa Maria/RS.

FORMAÇÃO (Academia) · Graduação em Cinema. Boston University. College of Communications. Boston/Estados Unidos. · · Mestrado em Meios e Processo Audiovisuais. ECA-USP. São Paulo/Brasil. · Doutorando em Meios e Processo Audiovisuais. ECA-USP. São Paulo/Brasil. 312 | PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.


PORTFOLIO coletivo S.T.A.R. | 313

Profile for Roderick Steel

Star**  

PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.

Star**  

PORTFOLIO coletivo S.T.A.R.

Advertisement