Issuu on Google+

PARCERIAS

Para o Laboratório Senhor dos Passos, confiança é o melhor resultado

R

A S S I S T Ê N C I A F U N E R A L FA M I L I A R Boletim Informativo da Angelus - Assistência Funeral Familiar Abril 2014 Ano 1 Nº 4

Angelus agora com crematório próprio

Angelus firma novo convênio que visa contribuir para os cuidados com a saúde física de seus associados

“Produzir soluções em saúde, através de exames laboratoriais de qualidade e com agilidade na entrega dos resultados, focando no ser humano e atendendo-o com excelência em todas as fases da sua vida”. Esta é a missão que norteia a rotina de trabalho da equipe de profissionais que atua diariamente no Laboratório Senhor dos Passos. Sob a direção de Marcos Hagemann, a empresa, que tem como slogan “a sua confiança é nosso melhor resultado”, conta com as seguintes unidades de atendimento em Porto Alegre: Independência, Obirici, Restinga, Hospital Brigada Militar, Hospital Porto Alegre, Dom Feliciano, Boulevard Shopping, Shopping Paseo Zona Sul e Cavalhada. E outras ainda no centro de Cachoeirinha, de Gravataí, de Canoas (Laboratório Osvaldo Cruz), além de dua s unidades no Big e no centro de Alvorada. No Laboratório Senhor dos Passos, o associado da Angelus pode obter descontos de 20% nos exames de analises clinicas, exceto no teste de paternidade. História Fundado em 1969, o Laboratório Senhor dos Passos abriu sua primeira sede em Porto Alegre na rua Senhor dos Passos. No decorrer de todos estes anos, muita s Endereço para devolução: Av. Prof. Oscar Pereira,225 •CEP 90640-070

8

mudanças organizacionais aconteceram, sendo que a principal delas foi em 1992, quando o laboratório foi adquirido por uma nova sociedade que iniciou uma administração moderna e inovadora. Desde então, o laboratório vem expandindo suas atividades, abrindo novas filiais, investindo em tecnologia e recursos humanos, construindo assim, um caminho de vitórias. Hagemann garante que para o Laboratório Senhor dos Passos não basta ser o laboratório da família, é preciso conquistar a confiança de todos, e “este é o melhor resultado a ser perseguido sempre”. Segurança Ciente de sua responsabilidade ao fornecer informações fundamentais para auxílio no diagnóstico e investigação na área da saúde, o Laboratório Senhor Passos possui equipamentos automatizados, controlados por sistema informatizado de última geração, com identificação de código de barras em todo o processo, garantindo, desta forma, total segurança nos resultados. Procurando criar facilidades aos clientes, o Laboratório Senhor dos Passos possui cartão fidelidade, que concede descontos proporcionais ao uso, além de realizar coleta domiciliar e empresarial.

A Angelus está prestes a iniciar as atividades do seu primeiro crematório próprio. Localizado no município de Capão do Leão, junto ao Cemitério Parque Pelotas, o novo empreendimento está em fase final de licenciamento operacional, já com permissão para realizar o serviço de cremação de corpos. Juntos, o cemitério vertical e o crematório estão localizados em uma belíssima área, em meio à natureza, de onde se pode ter ampla vista do centro da cidade de Pelotas e do Canal de São Gonçalo. Além de escritório e estruturas necessárias para o crematório, as instalações do local contam com uma capela própria, que se soma às capelas já existentes no Cemitério Parque.

Com sede no Bairro Fragata, a Angelus Pelotas possui ainda três modernas salas para a realização de velórios. O diretor da empresa, Ary Bortolotto afirma que a Angelus está confiante na aceitação de seus planos de Assistência Funeral Familiar na região, especialmente agora com a implantação do crematório. E adianta que em breve apresentará novas vantagens aos clientes, especialmente aos associados da Angelus. Ele assegura que o crematório de Pelotas está preparado para atender toda a demanda do Estado e está convicto de que a Angelus levará conforto às famílias da região, ao realizar com empenho e dedicação a cerimônia de despedida de seus familiares.


Editorial

Finalizamos o primeiro trimestre de um ano que se apresenta cheio de desafios, especialmente para os empresários brasileiros. Neste primeiro semestre seremos o País sede da Copa, o maior evento esportivo do mundo, com repercussão incalculável em toda mídia, que certamente analisará tudo sobre a nação brasileira, tanto as coisas boas, potenciais, população, belezas naturais e a diversidade de um país continental. Mas, ao mesmo tempo, vai se debruçar sobre nossos problemas, especialmente as carências de infraestrutura, como as péssimas condições dos aeroportos e os serviços de transporte coletivo baseado num sistema rodoviário totalmente precário. Já é possível prever: vamos pagar um mico monumental na mídia internacional. De qualquer forma, devemos fazer a nossa parte, sendo acolhedores e educados com os turistas que vierem ao Rio Grande do Sul. A Copa, com certeza, deixará algum legado ao povo brasileiro, mas duvidamos que seja proporcional ao grande investimento feito principalmente pelos órgãos públicos. Só nos resta aguardar, já que estamos diante de um fato irreversível. No segundo semestre teremos eleições e bem sabemos as mazelas que uma campanha política provoca na economia. Entretanto, um momento especial para refletirmos sobre nossas escolhas, optando por políticos que realmente nos representem, comprometidos com o atendimento de nossas expectativas e não voltadas apenas ao seu próprio bem. Estamos fartos de notícias de desvios de recursos públicos que deveriam ser investidos em saúde, educação ou segurança. Portanto, é a hora de uma avaliação minuciosa, de sermos rigorosos em nossas escolhas e avaliar quem realmente merece nosso voto. O melhor é optar por aqueles mais próximos, que tenhamos acesso para depois de eleitos podermos cobrar atitudes e providências. Precisamos assumir que a mudança em todas as instâncias de poder em nosso País depende de nós. Não devemos mais esperar por ninguém. Nós é que precisamos agir, cobrar, participar, criticar e nos reinventar, mostrando nossa opinião, e especialmente desistir de votar em políticos que não mostram os resultados esperados. Pensem nisso, conversem com seus amigos, vizinhos e parentes. É desta forma que construiremos uma sociedade consciente e participativa, disposta a buscar soluções para os nossos problemas. Não esqueçam, se ficarmos simplesmente esperando, quem vai chegar é a decepção. Boa Copa a todos!

R

A S S I S T Ê N C I A F U N E R A L FA M I L I A R

Você pode entrar em contato com a Angelus para apresentar sugestões, esclarecer dúvidas, ou indicar novos associados através do e-mail sugestoes@angelus.com.br. Conheça também nossa página na internet: www.angelus.com.br

Boletim Informativo da Angelus Assistência Funeral Familiar Diretor: Ary Bortolotto Av. Oscar Pereira, 225 • Bairro Azenha 0800 51 2228 • www.angelus.com.br

2

Coordenação de Comunicação Social: C&R Comunicação Ltda. Projeto Gráfico: Orlando Castro Jornalista Responsável: Catarina Gomes RP:3685

Tiradentes lutou pela independência do Brasil Neste ano, o feriado da Páscoa se encontra com o Dia de Tiradentes, uma segunda-feira, logo após o domingo de Páscoa. O dia 21 de abril é um feriado nacional brasileiro instituído em homenagem ao herói nacional Joaquim José da Silva Xavier, mais conhecido por Tiradentes, em alusão a sua profissão de dentista. Além de dentista, Tiradentes foi comerciante, minerador, militar e ativista político brasileiro, e atuava na época do Brasil Colonial nas capitanias de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Tiradentes ficou conhecido como herói nacional e mártir da Inconfidência Mineira, um movimento ocorrido nos séculos XVII e XVIII e que tinha como objetivo a separação do Brasil do domínio de Portugal.

Naquela época, o Brasil proporcionava grandes lucros aos portugueses por meio de suas riquezas minerais, como ouro e diamantes. Contudo, estas riquezas estavam começando a se tornar escassas. Além disso, muitos não pagavam o quinto, uma espécie de imposto cobrado pela coroa sobre todo o ouro encontrado na colônia. Desta forma, o lucro de Portugal começou a cair. Reagindo a esta situação, os portugueses passaram a exercer um controle mais rígido sobre as riquezas e a aumentar os impostos. Tais medidas desagradaram a elite de Minas Gerais, que estava significativamente influenciada pelas ideias iluministas importadas da Europa. O movimento não teve sucesso e os inconfidentes foram presos. A maioria

dos inconfidentes eram homens ricos e cultos, com exceção de Tiradentes. Todos os homens envolvidos na Inconfidência Mineira escaparam de uma pena maior, já que possuíam muitos bens. A maioria optou pelo exílio. Já Tiradentes, apesar de ser o mais humilde de todos os membros do movimento, foi o que assumiu maiores responsabilidades e ficou preso por três anos, esperando seu julgamento. Ele foi condenado a pior das punições: em 21 de abril de 1792, foi enforcado e esquartejado. O reconhecimento da bravura de Tiradentes só se deu em 1890. Atualmente, Tiradentes é considerado Patrono Cívico do Brasil por ter sido mártir e herói do povo mineiro, um grande líder e por ter lutado por seu povo e seus ideais.

7


Solidez e seriedade garantem crescimento da empresa No momento em que a Angelus finaliza uma importante ação da empresa, como a criação do crematório na Metade Sul do Estado, o diretor Ary Bortolotto destaca que os esforços, a partir de agora estarão concentrados na implantação de um crematório para atender a Grande Porto Alegre. Ele revela que não somente no Brasil, mas no mundo, diante dos problemas ambientais que se acentuam como a escassez de áreas adequadas para os cemitérios, observa-se que há uma tendência mundial de retomada e popularização da cremação dos mortos. O diretor adianta, contudo, que no interior do Estado a adesão à cremação é mais lenta. Entretanto, com a estrutura da empresa montada, somado ao trabalho que será desenvolvido na região, esta opção deverá crescer na medida em que os serviços forem sendo utilizados pela comunidade. “Estamos preparados para realizar um trabalho de qualidade a preços compatíveis com o poder aquisitivo da

região”. Além disso, acrescenta, as pessoas estão cientes de que está sendo cada vez mais reconhecido que a cremação é o procedimento ecológico mais correto, por ser o que menos agride a natureza. Também é do conhecimento de todos a importância do meio ambiente, a necessidade do não desperdício de água e de preservação da natureza.

Novos projetos Com foco na qualidade dos serviços prestados aos clientes, a Angelus está concluindo a aprovação dos projetos para a construção de um cemitério e crematório próprios em Porto Alegre. Será um moderno memorial composto de cemitério, com um conjunto de seis capelas para velório, sala de cerimonial e crematório. O local contará ainda com estacionamento com mais de 60 vagas, visando sempre proporcionar melhores condições e conforto para a despedida das pessoas amadas.

Mantendo a tradição

Vista parcial do Cemitério Vertical, construído junto ao Crematório, dentro do Cemitério Parque Pelotas

4

Ao mesmo tempo em que constrói novas unidades como o empreendimento em Pelotas, a Funerária Angelus possui um dos endereços mais tradicionais e antigos de Porto Alegre. Localizada no número 1.151 da Rua Venâncio Aires, em frente ao Hospital de Pronto Socorro (HPS), em prédio próprio, a unidade foi especialmente desenvolvida para melhor atender os clientes do Bairro Bom Fim, Cidade Baixa e arredores. A Funerária já atende há mais de cinquenta anos no mesmo endereço.

A loja conta com três vagas de estacionamento na frente do prédio, o que facilita o acesso dos clientes por ser uma zona de alto tráfego e com dificuldades de estacionamento no entorno. Responsabilidade, respeito, compromisso e atendimento personalizado são algumas das qualidades que a Angelus imprime, através de seu grupo de colaboradores, em todos os serviços prestados, o que faz com que a empresa cresça e conquiste cada vez mais a confiança de seus clientes e associados.

5


Páscoa

Época de renovar as esperanças Depois do Carnaval e dos 40 dias de Quaresma, chega a Páscoa. Ela começa no Domingo de Ramos, que celebra a entrada de Jesus Cristo na cidade de Jerusalém e termina no Domingo de Páscoa. Na Semana Santa, o Cristianismo comemora especialmente a ressurreição de Jesus Cristo. A Semana Santa não acontece na mesma data todos os anos. Assim como o Carnaval, é um evento móvel que varia em relação ao calendário da Igreja Católica. A Páscoa cristã é comemorada, segundo o costume da Europa, no primeiro domingo após a primeira Lua cheia da Primavera (no Hemisfério Sul é outono). A data ocorre entre os dias 22 de março e 25 de abril e neste ano será comemorada no domingo, dia 20 de abril. O que celebramos na Semana Santa? O Domingo de Ramos abre a Semana Santa com a entrada de Jesus em Jerusalém para o festejo da Páscoa. Jesus é recebido como um rei, mas os mesmos que o receberam com festa o condenam à morte. A Segunda-Feira Santa é o dia em que Jesus começa sua caminhada rumo ao calvário. A Terça-Feira Santa é o terceiro dia da Semana Santa. É no quarto dia da Semana Santa que encerra o período da quaresma. Dois atos marcam a Quinta-feira Santa: o lavapés, que relembra o gesto de humildade que Jesus Cristo realizou ao lavar os pés dos seus doze discípulos, e a Última Ceia, quando comeu com eles a ceia derradeira, em que partilhou o pão e o vinho, na Eucaristia. Nesta noite Jesus é preso. Ao amanhecer da sexta-feira é interrogado, açoitado e condenado. A igreja fica em vigília, relembrando os sofrimentos do Cristo. A igreja já se reveste de luto e tristeza desnudando os altares para simbolizar que Jesus está preso e consciente do que vai acontecer. Na SextaFeira Santa ou Sexta-feira da Paixão é o momento em que a Igreja recorda a Morte de Cristo. É o único dia que não se celebra a Missa e não há consagração das hóstias. É celebrado a solene Ação Litúrgica, Paixão e Adoração da Cruz. Tradicionalmente é realizada a Procissão do Enterro. Sábado da Vigília ou Sábado de Aleluia acontece a celebração da Vigília Pascal. Geralmente há uma procissão para levar o círio pascal à igreja. O círio representa fogo novo, uma luz maior, que é Cristo ressuscitado,

6

demonstrando que a força da luz é maior que a das trevas. Domingo da Ressurreição é o dia da ressurreição de Jesus, a comemoração mais importante do Cristianismo, que celebra a vida, o amor e a misericórdia de Deus. Este é o último dia do Tríduo Pascal e o último dia da Semana Santa. A história do coelho da Páscoa e dos Ovos A figura do coelho está simbolicamente relacionada à Páscoa pois este animal representa a fertilidade por se reproduz rapidamente e em grandes quantidades. Entre os povos da antiguidade, a fertilidade era sinônimo de preservação da espécie e melhores condições de vida. Para o Cristianismo, a Páscoa renova a esperança de uma vida nova. Além de data religiosa, a Páscoa também é lúdica. O costume de presentear com ovos de chocolate ou ovos pintados recheados com doces também estão neste contexto da fertilidade e da vida. Para as crianças, a Páscoa está relacionada com diversão. Os ovos são deixados em "ninhos" e a busca dos "tesouros" é uma festa. Além da troca de ovos, as famílias costumam se reunir para um almoço de domingo e celebrar a Páscoa com pratos especiais. O melhor que podemos fazer na Páscoa é realizar o caminho para dentro do nosso próprio coração e avaliar, não só na Páscoa, mas todos os dias, se estamos sendo pessoas melhores para nós mesmos e para quem está ao nosso lado nesta vida. Feliz Páscoa!

VEJA QUEM ESTÁ DO OUTRO LADO

Hilda Barbosa Setor Recursos Humanos

Valorizando o colaborador

O Departamento Pessoal faz parte da estrutura organizacional da grande maioria das empresas. Na Angelus não é diferente. Desde março de 2010, Hilda Barbosa é encarregada deste departamento que cuida, entre outras atribuições, da admissão de funcionários, folha de pagamento, férias, licenças. Na Angelus, Hilda desenvolve também algumas funções de Recursos Humanos, como administrar as relações entre o empregador e os colaboradores, com objetivo dar suporte e prestar esclarecimentos, fazendo com que o colaborador se sinta valorizado no seu trabalho. Ela explica que é um grande desafio para as organizações aumentar a produtividade e alcançar excelência no seu produto. Acredita que, para isso, é necessário promover a satisfação do colaborador. Neste contexto, Hilda argumenta que procura estar em

contato permanente com os colegas buscando manter uma relação equilibrada entre as partes, pois acredita que ao saber das necessidades e expectativas de ambos poderá identificar possíveis deficiências ou aptidões e procurar inserir o colaborador no cotidiano da empresa, tornando-o, satisfeito com o trabalho que realiza e o tratamento que recebe, firmando uma parceria. A profissional destaca ainda que o crescimento de uma empresa depende de vários fatores e que a satisfação e motivação dos colaboradores é fundamental, pois faz com que ele desempenhe com mais eficiência sua rotina . “A Angelus conta, em média, com 140 colaboradores e tenho orgulho de saber o nome de cada um deles”, acrescenta Hilda, ao argumentar que para manter seu crescimento e satisfação profissional procura estar sempre atualizada nas áreas de Pessoal e Recursos Humanos.

PALAVRA DO CLIENTE Sandro Arlei Guerreiro

“Com a Angelus, minha família não teve preocupações” No segundo semestre de 2013, Sandro Arlei Guerreiro levou o sogro Oli Pereira da Costa, de 71 anos, que se recuperava de um tratamento cardíaco recém realizado para uma temporada de férias em Brusque, no Vale do Itajaí, em Santa Catarina. Passados alguns dias, Sandro recebeu a triste notícia de que o sogro havia falecido. “Ele se deitou para dormir e simplesmente não acordou na manhã do dia seguinte”, conta o gerente comercial de 42 anos. Oli teve uma parada cardíaca enquanto dormia. Diante do ocorrido, pela primeira vez em sua vida, Sandro precisou tomar as providências para realizar o sepultamento. “Procurei a Angelus aqui em Porto Alegre e

relatei os fatos. A partir daquele momento, a empresa assumiu o comando da situação e passou a cuidar de tudo. Entrou em contato com a funerária de Brusque, providenciou o translado do corpo, cuidou dos documentos, organizou o velório e realizou o sepultamento. E o melhor, o atendimento foi muito bom. Tudo foi resolvido sem problemas, sem correria, como se tivesse ocorrido em Porto Alegre. Minha família não precisou se preocupar com nada”, relatou. Passados alguns meses, Sandro diz que além de recomendar os serviços da empresa, pretende adquirir o Plano Funeral da Angelus. “Acredito que com o Plano as preocupações serão ainda menores”, afirma.

3


Jornal abril 02