Issuu on Google+

Tecn贸logo em Gest茫o Comercial


Empreendedorismo

Prof.: Fernando Souza

Aluno: Robson da Silva Ferreira 7978 – 4TV-1N

Belo Horizonte 2012


GLOBALIZAÇÃO: Meu ponto de vista


Integração: Econômica Política Cultural Social


Fases da Globalização por: Frédéric Mauro – dividiu em dois momentos - De 1492 até 1792 (data quando, segundo ele, a Revolução Francesa e a Revolução Industrial fazem com que a Europa, que liderou o processo inicial da globalização, voltou-se para resolver suas disputas e rivalidades), -Só retomando a expansão depois de 1870, quando amadureceram as novas técnicas de transporte e navegação como a estrada-deferro e o navio à vapor. http://www.portogente.com.br/portopedia/Globalizacao/


Fases da Globalização por: Immanuel Wallerstein – ou de economia-mundo capitalista - Nunca se interrompeu. - Primeira fase da globalização, ou primeira globalização, dominada pela expansão mercantilista (de 1450 a 1850) da economia-mundo européia, - A segunda fase, ou segunda globalização, que vai de 1850 a 1950 caracterizada pelo expansionismo industrial-imperialista e colonialista e, por última, - A globalização propriamente dita, ou globalização recente, acelerada a partir do colapso da URSS e a queda do muro de Berlim, de 1989 até o presente. -http://www.portogente.com.br/portopedia/Globalizacao/


O início da Globalização “Para Portugal só restavam os caminhos do mar. Somente vencendo a barreira do Atlântico poderia expandir seu comércio.” http://www.achetudoeregiao.com.br/atr/navegacoes_portuguesas.htm

Surgiram os investidores.


1990 – Collor disse que os carros do Brasil pareciam-se com carroças.

Promoveu a abertura do mercado nacional aos produtos importados, o que estimulou as empresas brasileiras a se tornarem mais competitivas.


Em 1992 líderes de todo o mundo se reúnem no Rio de Janeiro para discutirem a preservação do planeta.


Nos anos 90: Em sala de aula os professores anunciavam: -“A globalização está chegando!” - “A globalização está chegando!”


Era o tempo das Multinacionais


1995 Windows 95 Substituiu o MS-DOS

Começa a integração pelos programas de computador. Todos unidos pela necessidade.


1997 – Tigres Asiáticos

As crises financeiras atingiram os países pobres, subdesenvolvidos e em desenvolvimento. Foram socorridos pelo FMI e pelo Banco Mundial. 2000 – Nasdaq.


1998 – Privatização das Teles Assim iniciouse a popularização dos celulares e da banda larga.


1998 – Internet A segunda onde da integração pelos programas


31/12/1999 – 23:59 O bug do milênio Um problema relacionado a software uniu vários países numa corrida para implementar as soluções. Todos com a mesma expectativa na virada de ano.


A globalização estava completa. Os problemas globais vividos por povos de todo o mundo concretizaram a globalização.


Empresas globais

Produzir mais com o menor custo de m達o de obra


Os produtos são descartáveis porque são baratos, as custas do trabalho de baixa remuneração.


2008 Preço do barril de petróleo - O mundo todo acompanhava a cotação diariamente.

- JANEIRO - US$ 100 / JULHO - US$ 140 - Possível queda na produção, aumento do consumo e desvalorização do dólar eram os motivos apontados. - Assim cresceu a especulação no mercado futuro. Analistas previam o barril acima de US$ 200 em 2009 e uma série de efeitos negativos sobre as economias. - http://noticias.uol.com.br/ultnot/economia/2008/06/26/ult35u60527.jhtm


15 de setembro de 2008 Lehman Brothers pediu concordata e iniciou a crise imobili谩ria dos EUA A crise dos EUA frearam a alta dos alimentos e do petr贸leo. A crise freou o consumo.


08/08/2011 – Crise fiscal da Europa


2012

A conferência foi um fracasso pelo fato dessa integração não se pagar por si só. Nem ricos e nem pobres querem pagar a conta ambiental.


O Brasil - O mercado interno segurou o PIB do país nas últimas duas crises. - Mas ele não é capaz de promover o crescimento do país.

- Como não estamos preparados para conquistar novos mercados, o governo vai desenvolver a infraestrutura para promover o crescimento. - O país está recebendo mão de obra estrangeira. Qualificada – principalmente engenheiros. De baixa qualificação – haitianos para trabalhar na construção civil.


O que mudou - Os países ricos buscaram novos mercados para venderem seus produtos, hoje são os novos mercados que vendem para os países ricos. Os compradores se tornaram vendedores. Isso custou postos de trabalho nos países ricos. Os pobres ganharam emprego, mas com salários baixos. - As duas últimas crises foram provocadas pelos países ricos. - Não seguiram a cartilha que impuseram as países pobres. - Os BRIC’s assumiram um novo papel mundial, inclusive capitaneando o FMI e o Banco Mundial, para que as economias ricas sejam salvas.


Integração: Econômica – Busca-se a cada dia, porque os custos se pagam

Política – Por conveniências Cultural – Para turismo Social – Momento de conflitos


Símbolo da globalização

Somos globalizados para consumirmos produtos produzidos em todos os cantos do planeta. Aceitamos a baixa remuneração de trabalhadores para podermos comprar produtos por preços baixos.


Globalização