Page 1

Mire a câmera do celular aqui e leia as matérias do site

Ano 17 nº 188 Curitiba - PR Publicação mensal direcionada aos taxistas e usuários

Julho 2021

Distribuição Dirigida Comprometido com os interesses da categoria

Nova diretoria do Sindicato dos Taxistas do Paraná toma posse para gestão 2021-2024 PÁG. 05

Crédito da foto: Fernando Cruz

19h

RádioCultura

ao vivo

Segunda à Sexta

CURITIBA 930 KHZ A mais livre de todas

www.cultura930.com.br Jotapê

João Eduardo

LIVE

CULTURA930


Curitiba, Julho 2021

2

Propostas ações para transporte escolar e rede municipal de educação

P

Crédito da matéria: SMCS

rojeto em tramitação na Câmara Municipal de Curitiba (CMC) têm como mote a segurança dos alunos e da comunidade escolar. Uma das propostas pretende exigir dos motoristas de transporte escolar, além da prova de bons antecedentes, investigação social sobre “conduta moral ilibada”. A outra, estabelecer normas gerais sobre a segurança nas escolas e nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs). Ambas são de iniciativa da vereadora Sargento Tânia Guerreiro (PSL). Na proposição referente ao transporte escolar, a ideia é acrescentar dispositivos à lei municipal 15.460/2019, que regulamenta a prestação do serviço na capital. O texto passaria a exigir dos motoristas autônomos, dentre outros critérios, não só a prova de bons antecedentes, mas “conduta moral ilibada, mediante investigação social” (005.00131.2021). Conforme a matéria, a prova de bons antecedentes e a investigação sobre a conduta moral dos profissionais seriam renovadas anualmente – a legislação vigente dispõe sobre a documentação exigida, mas não sobre a reapresentação. A autora alerta ao aumento de dados estatísticos do abuso infantil. Também aponta que, de acordo com o Estatuto da

Criança e do Adolescente (ECA), a proteção deve ser assegurada, com absoluta prioridade, pela família, a sociedade em geral e o poder público. Segurança escolar Com a justificativa de propiciar um ambiente mais seguro aos estudantes, professores e funcionários dos estabelecimentos da rede municipal de ensino, o outro projeto de lei dispõe sobre a adoção de medidas para as escolas e CMEIs (005.00151.2021). Duas dessas ações seria a presença permanente de guardas municipais, em todos os equipamentos públicos, e a fiscalização do comércio local, para coibir a venda de álcool a menores de 18 anos, produtos ilícitos, jogos de azar e drogas. A Sargento Tânia Guerreiro também propõe a realização de atividades permanentes de prevenção e combate à violência escolar; o envolvimento de professores, pais e funcionários nas políticas locais de segurança escolar; o planejamento e a execução simulada de

reações para eventuais emergências em situações de risco; e o estímulo à cultura da não violência. Caberia ao Poder Executivo regulamentar a lei. Na justificativa da proposição, a autora cita tragédias como ataque a creche na cidade de Saudades, em Santa Catarina, que resultou em três crianças e duas funcionárias mortas a facadas, em maio passado. “O poder público precisa ficar atento e apresentar soluções locais, que visem melhorar a segurança das crianças, professores e funcionários”, justifica. Se aprovadas pelos vereadores e sancionadas pelo prefeito, as leis entrarão em vigor 120 dias após a publicação no Diário Oficial do Município.

Ambas as propostas são de iniciativa da vereadora Sargento Tânia Guerreiro (PSL).

EXPEDIENTE

Jornal Bandeira UM

www.jornalbandeiraum.com.br

jornalbandeiraum@gmail.com

Redação e Departamento Comercial |41| 3362-0604 jornalbandeiraum@gmail.com

As matérias assinadas não expressam necessariamente a opinião do Jornal.

Uma publicação de: Bandeira UM Agência de Notícias Ltda. CNPJ 07.314.682/0001-56

JBC


Curitiba, Julho 2021

3

As aulas presenciais estão de volta à rede municipal. E você pode escolher entre os sistemas

Curitiba é uma cidade movida pela educação. E sabemos que você, pai, mãe e responsável, também é movido por oferecer o melhor ensino aos nossos curitibinhas. Por isso, durante a pandemia, estamos sempre buscando novos jeitos de ensinar e oferecer o melhor suporte para que os estudantes e as crianças tenham uma educação próxima, completa e eficiente. E agora, estamos prontos para um novo momento: as aulas presenciais serão novamente retomadas. As escolas da rede municipal abrirão em um sistema híbrido com aulas presenciais e remotas. E você poderá optar pelo que considerar melhor para a sua família. Lembrando que as escolas e os CMEIs estão seguindo todos os protocolos para dar segurança a professores e estudantes. Em Curitiba é assim: o ensino não para nunca.

São duas modalidades de ensino: Sistema híbrido

Sistema remoto

• Presencial + remoto, videoaulas pela TV Escola • Escolas adequadas aos mais rígidos protocolos de segurança • Novos equipamentos de proteção individual para estudantes, crianças e profissionais da educação • Vacinação contra a Covid-19 disponibilizada para todos os profissionais da educação

• Videoaulas pela TV Escola + kit pedagógico individual • Assistência dos professores online ou por telefone

→ Faça sua escolha entre os dias

19 e 23 de julho, pelo site https://educacao.curitiba.pr.gov.br/

Orgulho de ser.


Curitiba, Julho 2021

4

Taxista mais antigo em atividade no Rio relembra histórias dos 52 anos de profissão: ‘Ainda tenho muito gás’ Jorge Mauro Garcia Nogueira fala dos tempos em que não conhecia nenhuma rua na cidade, do dia em que conheceu Vinícius de Moraes e do orgulho de ter formado a filha com o dinheiro que conseguiu trabalhando como motorista

Crédito da matéria e foto: G1 Rio de Janeiro

Jorge Mauro Garcia Nogueira, com 52 anos de profissão, todos os dias ele vem de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, onde mora, em direção ao Flamengo.

J

orge Mauro Garcia Nogueira é o taxista mais antigo entre os 48.797 em atividade na cidade do Rio de Janeiro. Com 52 anos de profissão, todos os dias ele vem de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, onde mora, em direção ao Flamengo. É no bairro da Zona Sul do Rio onde ele deixa o táxi e onde inicia a jornada de trabalho. Antes de encarar o asfalto, todos os dias Jorge limpa o veículo. "Carro limpinho é outra coisa, não é? Passageiro é exigente”. Ele tem orgulho do que construiu ao longo da carreira. "Foi por meio desta profissão que eu consegui formar minha menina. São muitos anos na luta, mas isso faz parte da vida. E não estou cansado, ainda tenho muito gás”. Jorge é de um tempo bem anterior à existência de aplicativos que mostravam o caminho para o motorista. "No começo, eu não conhecia nada. Tinha que perguntar aos passageiros como chegar aos

locais. Até para voltar para casa era difícil”. Mesmo toda a experiência acumulada ao longo dos anos não o livrou dos perigos da profissão. Durante um assalto em 1975, Jorge foi baleado nas costas. Quinze dias depois, já estava trabalhando - e ganhou um presente. "Eu trabalhava em empresa de táxi. O dono, muito meu amigo, um dia me chamou e disse que não iria mais trabalhar com ele. Achei estranho e perguntei o motivo. Foi quando ele me deu um carro de presente”. O tempo de profissão também deu a Jorge Mauro a oportunidade de estar com alguns dos principais nomes da cultura brasileira. Um dia, ele passava pela Avenida Vieira Souto, em Ipanema, quando um porteiro sinalizou para que ele parasse. "O porteiro me disse que eu iria levar um passageiro ilustre. Logo em seguida, o Vinícius de Moraes entrou no meu carro. Nunca mais esqueci”.


Curitiba, Julho 2021

5

Nova diretoria do Sindicato dos Taxistas do Paraná toma posse para gestão 2021-2024

Crédito das fotos: Fernando Cruz

O

Sindicato dos Taxistas de Curitiba (Sinditaxi), agora tem novo presidente e também novos diretores que assumiram oficialmente o cargo durante cerimônia de posse que ocorreu dia 16 último, no auditório da Rádio Táxi Faixa Vermelha, localizado na Rua Doutor Goulin, 1699 - Alto da Glória. Estiveram presentes o vereador professor Euler do PSD representando a Câmara Municipal de Curitiba, Fernando Cruz assessor do governador Carlos Massa Ratinho Junior, Thiago Marcelino representando seu pai o vereador Jairo Marcelino (In Memoriam) e Alessandro Alves representando a Urbs, além de vários taxistas. O sindicato que representa os motoristas de táxi da cidade realizou eleições no dia 7 de julho, quando a chapa 2 venceu com 43 votos, contra 2 votos da chapa 1, e fizeram a escolha da nova diretoria.

Sinditaxi, agora tem novo presidente e nova diretoria que assumiram oficialmente.

Compôs a mesa o vereador professor Euler do PSD representando a Câmara Municipal de Curitiba, Fernando Cruz assessor do governador Carlos Massa Ratinho Junior, Thiago Marcelino representando seu pai o vereador Jairo Marcelino (In Memoriam) e Alessandro Alves representando a Urbs.

O quadro diretivo da entidade agora tem Djalma Rodrigues como presidente, vice-presidente, Luiz Carlos Pallu, primeiro secretário, Celso Luiz Arroio, e tesoureiro, Márcia Maria da Silveira. Fernando Cruz parabenizou os novos dirigentes, ressaltando a importância da classe, que há décadas presta serviços de excelência à população e colocou-se a disposição junto à governadoria do estado para auxiliar o sindicato naquilo que for necessário. O vereador professor Euler colocou-se a disposição para atender os pleitos da categoria e que o seu gabinete está de portas abertas aos taxistas. O presidente empossado, Djalma Rodrigues, juntamente com os novos diretores garantiram que o primeiro objetivo é fortalecer e unir a categoria e buscar novas parcerias para o associado. Crédito das fotos: Fernando Cruz

O presidente empossado, Djalma Rodrigues e membros da sua diretoria.

O presidente Djalma Rodrigues, vereador professor Euler do PSD, advogado Edson Fernandes e o jornalista Fernando Cruz.


Curitiba, Julho 2021

6

Saques do Renda Pará 500 e 400 podem ser feitos até 27 de julho

Governo do Pará prolongou o prazo. Nesta etapa, poderão receber motoristas de aplicativo, taxistas e motofretistas, ambulantes, catadores de recicláveis, feirantes e guardadores autônomos de veículos

B

eneficiários do Renda Pará 400 e Renda Pará 500 ganharam um novo prazo, até dia 27 de julho, para fazer o saque do recurso estadual. As pessoas beneficiadas devem, antes de ir às agências, consultar o site do Banco do Estado do Pará (Banpará) ou da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), para ver se estão no cadastro enviado ao banco. Nesta etapa, que contempla os retardatários, poderão receber motoristas de aplicativo, taxistas e motofretistas (contemplados pelo Renda 500), e ainda ambulantes, catadores de recicláveis, feirantes e guardadores autônomos de veículos (com o Renda 400). De acordo com o titular da Seaster, Inocêncio Gasparim, a prorrogação do prazo final

foi necessária porque havia vários ajustes a serem feitos nas listas enviadas pelas organizações - prefeituras, Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon) e sindicatos dos taxistas e motofretistas. “Acabou que muitas não tinham as informações totalmente corretas. Às vezes, até mesmo por erros de digitação. Então, precisamos ganhar tempo para que as correções pudessem ser feitas. Houve uma demora grande também para o envio das listas por parte das administradoras dos aplicativos de corrida”, explicou o gestor. O programa é uma das estratégias adotadas pelo Governo do Pará no enfrentamento aos impactos econômicos da pandemia de Covid-19.

PINHAIS

A

Rua Austrália recebe melhorias com a pintura das faixas de trânsito

Prefeitura de Pinhais, por meio da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop), realizou a pavimentação em Concreto Betuminoso Usinada à Quente (CBUQ) na Rua Austrália. Localizada no Centro, a via pública tem aproximadamente 300 metros e liga a Avenida Camilo di Lellis com a Rua Antártida. Além da pavimentação definitiva, a Prefeitura realizou várias outras obras, que iniciou com a revitalização e construção de um novo sistema de drenagem, construção de meio-fio, retirada da antiga pavimentação, escavação e reforço da sua base para aplicação do novo asfalto. Nesta semana, a equipe da Semop realizou a pintura das faixas de trânsito.

Governo concede benefício a categorias de trabalhadores afetados pela pandemia.

Crédito das fotos: Roberto Dziura

Ciclovia é construída no Jardim Amélia “Rua Humberto de Alencar Castelo Branco recebeu outras melhorias, como calçada permeável e revisão na drenagem”

A

Prefeitura de Pinhais prosseguiu com as obras de mobilidade no Jardim Amélia com a pavimentação da ciclovia na Rua Humberto de Alencar Castelo Branco, em uma extensão superior a 1,5 km. Este trecho recebeu ainda, calçada em concreto permeável, nos dois sentidos, revisão total no sistema de drenagem, construção de meio-fio e iluminação em LED. Esta nova ciclovia soma-se com as outras pistas para ciclistas existentes em Pinhais, que têm cerca de 40 km no total. Este modal para ciclistas liga os bairros da cidade, pontos turísticos e ainda espaços de lazer, como os Parques Lineares. Esta malha cicloviária, além de ser uma das opções de atividade física e lazer, contribui para o trabalhador que utiliza a bicicleta como meio de transporte no seu dia a dia, agilizando a sua locomoção e contribuindo com a fluidez no trânsito da cidade.


Curitiba, Julho 2021

M

7

Sem pó e sem lama

ais duas ruas do bairro Cidade Industrial de Curitiba (CIC) estão dando adeus à poeira e lama. As equipes da Prefeitura já estão preparando as ruas Maria Helena Brandão e Regina Tisser Stier para receberem asfalto. Juntas, elas receberão cerca de 500 metros de pavimentação definitiva. As ações fazem parte do programa Asfalto no Saibro, que já realizou 16 intervenções em ruas de pavimento primário na Regional CIC (Augusta, CIC, Riviera e São Miguel), o que totaliza 4.693 metros. Atualmente, a região está sendo beneficiada com mais asfalto novo em suas ruas. “Agora no mês de julho estão sendo realizadas 27 ações, o que totaliza 9.660 metros de asfalto nas ruas”, disse o secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues. “Nós estamos hoje no bairro CIC, perto da Rua Ludovico Kaminski que asfaltamos no ano passado, porque a Prefeitura está fazendo a requalificação urbana nas ruas Maria Helena Brandão e Regina Tisser Stier para depois aplicar asfalto de qualidade”,

Prefeitura leva asfalto e infraestrutura para duas ruas de saibro na CIC Crédito da foto: Daniel Castellano / SMCS

disse o prefeito Rafael Greca. Antes da aplicação do pavimento asfáltico, as ruas recebem a implantação de toda infraestrutura de drenagem, com galerias de águas pluviais, bocas de lobo e meio-fio. Greca fez a vistoria das obras na tarde do dia 20 último , acompanhado do secretário de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues, do vereador Pier Paolo Pietruziello e do administrador regional Raphael Keiji Assahida. Investimento e empregos O prefeito conversou com os empresários Vanessa Pereira da Silva Souza e Cleber de Souza, que têm seus negócios baseados nessa região. “Só essas duas empresas, a Diamantal e a Eco Brasil, geram 34 empregos. Por isso que a Prefeitura está investindo na região, trazendo asfalto e infraestrutura”, justificou Greca. A empresária Vanessa, que comanda a DSS Embalagens e a Eco Brasil, agradeceu ao prefeito pela chegada do asfalto. “Nós estamos vendo que o prefeito está trabalhando. A chegada do asfalto

aqui é uma ótima notícia, já sofremos muito com o estado dessas ruas. Uma vez um dos meus caminhões perdeu uma das rodas no buraco. Ainda bem que agora tudo isso acabou”, comemorou Vanessa. Demorou mas chegou Cleber de Souza, da empresa Diamantal Rebolos Diamantados, cuja

sede está na Rua Regina Tisser Stier há 22 anos, disse que é muito bom ver que estas reivindicações agora estão se concretizando. “Quando teve o asfaltamento da Ludovico Kaminski a gente ficou esperando que viesse para cá. Demorou um pouco, mas chegou. Estava precisando porque o acesso fica muito complicado nos dias de chuva”, disse Cleber.

Taxistas de Maceió têm até a terça-feira para regularizar pendências na SMTT Regularização é necessária para que profissionais possam fazer o transporte de passageiros

O

s taxistas de Maceió com pendência vão ter até próxima terça-feira para regularizar situação e conseguir a permissão para transportar passageiros pela capital alagoana. Segundo a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), dos 111 profissionais com pendências somente onze conseguiram se regularizar até esse momento. A lista com a convocação e os nomes dos profissionais foi publicada pela segunda vez na edição do Diário Oficial do Município (DOM) do dia 4 de junho. O que fazer? O titular deve comparecer à sede da SMTT, na Avenida Durval de Góes Monteiro, no Tabuleiro do Martins, onde vai receber uma guia de pagamento

referente à renovação anual. Após o pagamento do Documento de Arrecadação Municipal (DAM), o veículo será submetido a uma vistoria. Caso esteja em conformidade com a regulamentação do serviço, o veículo será liberado para transportar passageiros. Caso não compareça, o titular perde o direito de transitar e efetuar o transporte remunerado individual de passageiros em Maceió. "É um procedimento obrigatório e é quando as condições desses veículos são checadas para que os maceioenses desfrutem de segurança enquanto se deslocam. É super importante que esses prestadores de serviço aproveitem a oportunidade para legalizar suas permissões”, disse o superintendente da SMTT, André Costa.

Crédito da foto: Ascom/SMTT

Taxistas com pendências precisam regularizar situação na SMTT.


Curitiba, Julho 2021

8

Taxista em Tóquio, brasileiro chega a trabalhar 21 horas em um dia

V

No Japão há 26 anos, Ricardo Uehara viu o número de turistas na capital japonesa despencar durante a pandemia: ‘De 2020 para cá, nenhuma reserva’, conta

ivendo há 26 anos no Japão, o brasileiro Ricardo Uehara é taxista em Tóquio - cidade-sede dos Jogos Olímpicos e que foi tema do Globo Repórter. Nascido em São Paulo, ele saiu do Brasil aos 23 anos. “Na época, eu tranquei a faculdade. Tinha a ideia de ficar uns três anos. Não voltei”, conta. Na capital japonesa, poucas avenidas têm nome, o que dificulta muito a vida dos motoristas. Normalmente, são sequências numéricas. Os mapas ajudam, mas o GPS é fundamental. A dificuldade também está no custo de vida alto. Em média, um

taxista ganha o equivalente hoje a R$ 16 mil por mês, o que não é muito para viver em Tóquio. “Começo a trabalhar às 7h30, normalmente, e vou até as 4h. São mais ou menos 21 horas. Eu trabalho umas três vezes por semana”. Ricardo, que faz tours pela cidade, viu o número de turistas na capital japonesa despencar durante a pandemia: “De 2020 para cá, nenhuma reserva”’, diz. Ele recebeu um auxílio do governo japonês: um depósito único de cerca de R$ 5 mil por integrante da família.

Crédito da foto: Globo Repórter

Vivendo há 26 anos no Japão, o brasileiro Ricardo Uehara é taxista em Tóquio.

Profile for robert bicudo

Jornal Bandeira UM, edição 188, julho de 2021  

Jornal Bandeira UM, edição 188, julho de 2021  

Profile for robertob
Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded