Issuu on Google+

APARTAMENTO NO BAIRRO HIGIENÓPOLIS PROJETO: CLARICE FRANKE O estilo de vida de quem vai habitar o ambiente é fundamental para o projeto. Como mulheres geralmente possuem uma grande quantidade de roupas, joias e acessórios, a arquiteta Clarice Franke costuma perguntar quais desses artigos a cliente prioriza, para organizá-los da melhor maneira possível. Ela diz que as clientes sempre pedem: “quero ter tudo à mão na hora de me arrumar”. Nessas horas, é a vaidade delas que guia a criação dos ambientes. O quarto, assim como o closet, precisa ser amplo, já que as mulheres gostam de compartilhar o momento de se embelezar com as amigas. No projeto que ilustra esta página, Clarice ainda levou mais adiante a vaidade da cliente: no banheiro, os cosméticos estão separados pela área do corpo a que se destinam.

MARCELO DONADUSSI

Um pedido comum também é ter equipamento de som instalado em toda casa. Além disso, “as mulheres, muito mais do que os homens, gostam de um projeto luminotécnico elaborado, para poder criar diversos cenários no mesmo ambiente”, relata.

KADO GONZALEZ

MARCELO DONADUSSI

MARCELO DONADUSSI

A sala de estar, principal ponto de encontro no apartamento, recebeu uma conversadeira: um móvel que estabelece um diálogo entre o interior e o exterior. Os arquitetos responsáveis defendem: “As mulheres solteiras tendem a receber amigos em casa para jantares informais e festas, sendo a criação de um ambiente aconchegante a principal diretriz do projeto.”

KADO GONZALEZ

MARCELO DONADUSSI

APARTAMENTO NA RUA DOS ANDRADAS PROJETO: 0E1 ARQUITETOS Localizado em uma das ruas mais antigas de Porto Alegre, o imóvel havia sido negligenciado por muitos anos e precisava de uma reforma. Um pátio grande, solução para ventilação na planta original, teve metade da sua área ocupada por um estúdio com acesso ao interior da casa. “Esse imóvel é uma mostra de que o apartamento de uma mulher pode ter estética contemporânea e, mesmo sem parecer a casa da Barbie, transparecer a personalidade feminina da proprietária”, explica a equipe do escritório 0E1.

KADO GONZALEZ

Roberta Roth

KADO GONZALEZ

Quando têm a total liberdade de decisões sobre como decorar o lar, as mulheres solteiras querem roupas, acessórios, jóias e cosméticos em destaque e organizados. E não abrem mão de um ambiente aconchegante, seja para ficarem sozinhas ou acompanhadas.

três ângulos

três ângulos

LUGAR DE MULHERZINHA?

30 | PENSE IMÓVEIS | JUNHO DE 2012

JUNHO DE 2012 | PENSE IMÓVEIS | 31


DIVULGAÇÃO / FRATELLI MÓVEIS

DIVULGAÇÃO / FRATELLI MÓVEIS

três ângulos 32 | PENSE IMÓVEIS | JUNHO DE 2012

DIVULGAÇÃO / FRATELLI MÓVEIS

Uma das soluções para o loft foi utilizar a marcenaria para delimitar as áreas de convivência. Usou-se madeira para organizar o apartamento, como a parede criada para esconder a escada que também faz as vezes de fundo para a bancada da televisão. Os móveis foram desenvolvidos pela Fratelli Móveis, criando ambientes sóbrios e intimistas que possibilitam, segundo Aurvalle, “agregar pessoas, expor recordações, transmitir aconchego e tranquilidade”. Segundo os arquitetos da Projetos&Projetos, este é o desejo atual das mulheres solteiras.

DIVULGAÇÃO / FRATELLI MÓVEIS

LOFT NO RIO BRANCO CRIAÇÃO: PROJETOS&PROJETOS ARQUITETOS ASSOCIADOS Neste projeto, fica evidente que apartamento de mulher solteira definitivamente não é cor de rosa. “Elas optam por cores que provocam sensações e sentimentos e que estimulam diferentes humores e energias. As mulheres especificam todo o conceito de tom de cor e de luz que os espaços deverão devolver às pessoas“, comenta o arquiteto Maurício Aurvalle, sócio do escritório Projetos&Projetos.


Lugar de Mulherzinha