Page 1

Espaço MM Secretaria de Cultura: Superintendência de Leitura e Conhecimento Abril de 2011 ROBERTA PURPER BRANDÂO


Abril 2011

Projeto Espaço MM Conceito.

Espaço MM:

O espaço MM visa incentivar a interação social-colaborativa e a descoberta criativa do público infanto-juvenil que frequenta as Bibliotecas Parque, através do cruzamento entre novas tecnologias e mídias tradicionais, em um espaço dinâmico, flexível, acolhedor, e integrado às necessidades das comunidades locais.

Atendendo à necessidade de um espaço jovem nas Bibliotecas Parque, onde o público infanto-juvenil possa Pensar, Criar e Implementar através de novas tecnologias e mídias tradicionais.

A conceituação do espaço e das atividades oferecidas apóia-se nos conceitos elaborados por pesquisas anteriores - realizadas em Manguinhos pelo grupo de pesquisa TEDH da PUC-RJ, e patrocinadas pela Fundação MacArthur nos EUA sobre as formas de fabricação e socialização dos jovens da atualidade inseridos na cultura digital. As oficinas do projeto MM instigam a ampliação de um espaço potencial criativo onde cada jovem aprende estratégias e regras, mas é incentivado a ir além e criar táticas próprias. As dinâmicas oferecidas incentivam formas criativas de re-apropriação nas novas mídias e, através de mecanismos de engenharia reversa, buscam atrair os jovens também à criação e fabricação nas mídias tradicionais. O projeto MM inclui um modelo de sustentabilidade e treinamento de jovens adolescentes nas comunidades locais para atuarem como monitores do espaço.

Objetivo. O objetivo do projeto MM é proporcionar um espaço lúdico e dinâmico dentro das Bibliotecas Parque, de modo a instigar o público infanto-juvenil a ser autor das suas próprias histórias – dentro e fora do espaço – e descobrir de forma criativa como cruzar novas tecnologias e mídias tradicionais. O projeto MM fornece um importante espaço de inclusão para os jovens das comunidades locais, tanto no que diz respeito à alfabetização digital e ao uso de novas mídias, como à uma oportunidade de criação literária e áudio-visual. As oficinas são monitoradas por tutores treinados e proporcionam uma oportunidade única para: Pensar, Criar e Implementar em diversas tecnologias: do lápis à caneta digital, do livro à tela digital

Acima: R. e S. 10 anos criando roteiros e personagens com supervisão psicopedagógica do grupo TEDH-PUC, RJ. Abaixo: Os monitores (Rafael e Alice de 15 anos) auxiliam o jovem autor J. de 11 anos a criar uma história em inglês, japonês e português. A supervisora auxilia os jovens M. e A. (11 e 9 anos) a integrar elementos criados com mídias tradicionais e transformá-los em HQ digitais.


Abril 2011

Oficinas Espaço MM O objetivo principal das oficinas, realizadas nos Sábados, é engajar o público jovem das comunidades locais à criação literária e áudio-visual através de novas tecnologias e mídias tradicionais, dentro de um espaço social e colaborativo, de forma lúdica e monitorada. As oficinas no espaço MM oferecem atividades criativas cruzando diversos tipos de mídias como: literatura, HQ, ilustração, drama, animação, games, etc. As oficinas instigam a descoberta criativa de modo individualizado para que cada criança e jovem possa aprender estratégias e regras, mas também ir além delas e descobrir táticas próprias. As oficinas agregam novas tecnologias como: programas gráficos, aplicativos digitais, periféricos, e mídias tradicionais como: livros, mapas, desenhos, lápis e papel, etc. O projeto conceitual das oficinas utiliza uma metodologia de design centrado no usuário, e é desenvolvido a partir de pesquisas realizadas nas próprias Bibliotecas. Dessa forma, as oficinas são projetadas de acordo com os interesses e as demandas do público infanto-juvenil das comunidades locais.

L. 8 anos, aprendendo a usar o mouse, caneta digital, salvar imagens pesquisadas na web, escrever roteiros, desenhar e criar suas próprias Histórias em Quadrinho em formato digital. “Minha professora disse que eu não sei desenhar.”


Abril 2011

Espaço MM Pensar, Criar, Implementar: Projeto do Espaço Físico. O projeto do espaço físico MM utiliza conceitos de design centrado no usuário, e baseia-se em pesquisas sobre as formas de socialização e reapropriação dos jovens nas novas mídias digitais. O projeto de arquitetura para cada Biblioteca Parque é customizado a partir da interação do público local no espaço MM, através de pesquisas e projetos pilotos realizados pelo grupo TEDH do departamento de Psicologia na PUC-RJ. O espaço MM oferece 3 áreas principais para a exploração criativa do público infanto-juvenil: Pensar, Criar, e Implementar. Abaixo: História em Quadrinhos “Nino o Gato”, produzida na Oficina Herói HQ pela jovem N. De 10 anos, contando a história de vida do seu gato branco Nino.

O espaço oferece 3 áreas principais para a exploração criativa: 1. Pensar, Observar, e Aprender 2. Experimentar, Criar e Improvisar 3. Fabricar, Publicar e Implementar a

Na 1 . área Pensar, o jovem pode observar, escutar e aprender com o que encontra-se disponível no espaço, sejam as produções expostas (realizadas por jovens no próprio espaço MM), o acervo literário, e as atividades em andamento no local. a

A 2 . Área Criar abre espaço para o jovem experimentar e improvisar através de mídias tradicionais e novas tecnologias, antes de seguir para a a fase final de fabricação e publicação. A 3 . área Implementar disponibiliza ferramentas e aplicativos digitais como: programas de pintura e animação gráfica, canetas e câmeras digitais, scanner, impressora, entre outros, para a integração e finalização dos elementos pensados e criados anteriormente.

Design Centrado no Usuário (HCD). Os conceitos Pensar, Criar, e Implementar são a base conceitual e prática do espaço MM, tanto no que diz respeito ao projeto arquitetônico, às atividades criativas oferecidas nas oficinas, e à metodologia de pesquisa utilizada. Esses conceitos são importantes elementos para a descoberta e a fabricação criativa dos jovens inseridos na cultura digital, e instigam a descoberta criativa de forma colaborativa e social. As 3 principais áreas de exploração – Pensar, Criar e Implementar no Espaço MM:


ROBERTA PURPER BRANDร‚O Estrada da Gรกvea, 30 701 Bloco 2 Rio de Janeiro, RJ CEP. 22451-263 F (021) 3579-8576 C (021) 8888-8288 E roberta@yay.name www.roberta.yay.name

Projeto MM SEC  

Proposta Projeto MM SEC

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you