Issuu on Google+

O Ministério da Cultura e o Centro da Cultura Judaica apresentam

CONEXÕES MUSICAIS Brasil - Israel


Foto Capa/ Ludovic Carème


CONEXÕES MUSICAIS De 03 a 06 de maio

Acesse www.culturajudaica.org.br /culturajudaica /culturajudaica

Endereço

Rua Oscar Freire, 2500 (ao lado do metrô Sumaré) Tel. (11) 3065-4333 | Fax. (11) 3065-4355 e-mail: culturajudaica@culturajudaica.org.br

Horários de Funcionamento 3ª a sábado, das 12h às 19h Domingos e feriados, das 11h às 19h

Facilidades O Centro da Cultura Judaica possui elevadores com acesso a todas as áreas expositivas, espaço e entrada lateral para cadeiras de rodas no teatro e banheiros especiais no piso térreo, 2º e 5º andares. Todo o espaço conta com WI-FI gratuito.

Bilheteria A bilheteria abre uma hora antes de cada atividade. Retirada de até dois ingressos por pessoa. Ingressos sujeitos à lotação do espaço e ao número de vagas definidos para cada atração. A programação é gratuita, com exceção dos cursos.

Apoie o Centro da Cultura Judaica Tel/ (11) 3065-4330 E-mail/ claudiafichel@culturajudaica.org.br

3


Foto/ Ludovic Carème

4


Chegando a sua segunda edição como festival, Conexões Musicais dá continuidade ao programa Intercâmbio Musical, realizado pelo Centro da Cultura Judaica desde 2005, e que já trouxe grandes músicos israelenses para um diálogo criativo com músicos brasileiros. Artistas de tendências tão distintas quanto Yair Dalal, Victoria Hanna, Daniel Zammier, por um lado, e Barbatuques, Ceumar, Trio+ 1, Kiko Dinucci, por outro, se encontraram e tocaram juntos. O primeiro contato entre os músicos se dá apenas alguns dias antes de cada concerto, levando-os a estabelecerem uma rápida relação de cumplicidade, fundamental para criar um diálogo entre suas diferentes linguagens. Bem como a programação anual do Centro da Cultura Judaica, o festival Conexões Musicais busca refletir sobre as culturas israelenses e brasileiras, observá-las em suas complexidades e experimentar possibilidades de encontros e diálogos. Com curadoria de Benjamin Taubkin, Conexões Musicais acontece entre o s dias 3 e 6 de maio e conta com diversos concertos, incluindo uma parceria inédita com a Virada Cultural. Além das três apresentações no Centro da Cultura Judaica e de um concerto no palco do Coreto da Praça da Republica, o público terá a oportunidade de participar de uma jam session na Casa do Núcleo e de experimentar, para além da música, na noite de sábado para domingo, uma verdadeira “virada israelense” com contações de histórias, oficinas (incluindo uma de gastronomia com receitas da noite de Tel Aviv) e a tradicional maratona de dança. Programa-se!

Benjamin Seroussi Programação Centro da Cultura Judaica

5


Conexões Musicais tem sua origem em 2005. Desde então, o envolvimento com esta iniciativa vem sendo para mim uma rica experiência, ao convidar músicos israelenses para residências e apresentações com artistas brasileiros. Israel, por sua história muito específica, tem recebido desde o princípio imigrantes de todo o mundo, e, neste sentido, músicos de diferentes culturas e tradições. Este processo acabou por gerar uma diversidade incomum. Assim, a música israelense é não só aquela identificada como israelense, mas é também a música dos vários países árabes, do Iraque, do Sudão, ou do sudeste da Europa como a Iugoslávia, ou parte da África, como Etiópia, entre tantas outras fontes. Mas o encontro entre estas distintas culturas se deu, neste caso, em Israel, e criou uma nova sonoridade, fruto de todas estas misturas. Assim, temos convidado artistas que, embora vindos de um só país, representam uma infinidade de universos. Este ano, teremos instrumentistas influenciados pela música do leste europeu e pela tradição do jazz , hoje uma tendência em grande desenvolvimento em Israel. Esta combinação de tantos elementos, acrescida da presença de grandes músicos brasileiros, torna este encontro ainda mais estimulante e desafiador.

Casa do Núcleo

6


Conheci Eyal Talmudi e seu irmão Assaf Talmudi em uma apresentação em um espaço alternativo na cidade de Tel Aviv, do grupo de klezmer Oy Division, do qual ambos fazem parte (me ocorre agora que talvez este nome seja uma variação bem humorada do conhecido grupo de rock Joy Division). Para minha surpresa, soube nesta noite que klezmer é uma música underground em Israel, cultivada principalmente por jovens. A qualidade do grupo chamou a minha atenção. Pouco depois ouvi Balkan Beat Box, um interessante projeto com música eletrônica do qual Eyal participa. A partir de então segui escutando as diferentes iniciativas de cada um dos dois irmãos. Quando ouvi a música que Eyal pretendia apresentar no Brasil, com forte influência dos Balcãs, pensei imediatamente no Soukast, pois é uma música com forte ênfase na percussão. Guilherme Kastrup assumiu a co-direção musical da noite, convidando os três sopros, fundamentais para esta linguagem. Eles se apresentarão no primeiro dia do festival, no dia 03 de maio. No caso de Assaf, que faz seu concerto no sábado dia 05, pensamos na Barca, grupo que vem pesquisando e tocando a imensa diversidade da música brasileira. Sua abertura a tantas estéticas locais torna-o uma parceira ideal para esta aventura. Para encerrar o festival será a vez de Yonathan Avishai, um jovem pianista israelense, baseado hoje na França. Embora tecnicamente muito bem preparado, Yonathan prefere ir a busca das sonoridades mais concisas e elegantes. Para tocar com Yonathan, foram convidados Joatan Nascimento, um dos mais importantes trompetistas no Brasil hoje, e Pedro Ito, que vem se destacando como um baterista e percussionista bastante original. Na sexta-feira, dia 04 de maio, todos os participantes do festival farão uma Jam Session na Casa do Núcleo. Já no sábado, dia 06, ocorre uma apresentação no palco do Coreto da Praça da República a 1h30 da manhã, na Virada Cultural Por serem encontro inédito, a montagem do repertório acontece poucos dias, ou até mesmo poucas horas, antes do concerto. Por isso cada grupo anunciará o seu repertório durante a apresentação.

Benjamim Taubkin Curador do Conexões Musicais e da Casa do Núcleo

7


Foto/ Fabio Bitão

Foto/ Divulgação

Foto/ Paulo Pereira

Foto/ Divulgação

8

Foto/ Divulgação


Conexões 01 Dia 03/05 às 21h Eyal Talmudi, Soukast, Guizado, Deivid Peleje e Tiquinho

Eyal Talmudi/ saxofonista e clarinetista israelense, toca regularmente ao redor do mundo com o Balkan Beat Box e Oy Division. Como líder do grupo e produtor musical, é responsável pela música e produção de muitos projetos experimentais. Soukast/ Simone Sou e Guilherme Kastrup fazem uma mistura entre percussão e bateria. Soukast foi criado para uma apresentação no SESC Consolação, em 2007, com Arnaldo Antunes. Com o sucesso, porém, o duo continuou se apresentando no Brasil e no exterior. Utilizam os mais diversos tipos de instrumentação, como panelas, vidros, tampas de fogão, tambores tradicionais e bateria, aliados a aparatos eletrônicos como máquinas metropolitanas, samplers e processadores, dialogando com células fundamentais da música tradicional brasileira. Guizado/ trompetista, possui dois importantes trabalhos solos. Em Cavalera, Guizado trabalha nas letras e vocais, criando um som mais pop que no álbum anterior, Punx, trabalho inteiramente instrumental e com som mais pesado e intenso, com guitarras e bases eletrônicas. Possui trabalhos realizados com Karina Buhr, Arnaldo Antunes, Criolo, Céu, Nação Zumbi, entre outros Deivid Peleje/ tubista, tocou com a Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo e com a OSESP. Foi convidado pela Orquestra Filarmônica de Munique, sob regência de Zubin Mehta. Atualmente é tubista da Orquestra Sinfônica de Heliópolis, sob regência de Isaac Karabtchevsky. Tiquinho/ trombonista autodidata. Firmou-se como instrumentista e arranjador, vindo a trabalhar em discos e shows de artistas e grupos diversos, entre eles: Chico César, Chico Science, Nação Zumbi, Raimundos, Pato Fu. É integrante e fundador dos grupos Funk Como Le Gusta e Clube do Balanço. Ficha Técnica/ Eyal Talmudi (clarinete/saxofone), Guilherme Kastrup e Simone Sou (percussão), Daniel Mendes (roadie Soukast), Ernst Bönninghausen e Renata Passos (produção Soukast), Guizado (trompete), Deivid Peleje (tuba) e Tiquinho (trombone)

9


Foto/ Edu Marin

Foto/ Divulgação

10

Foto/ Edu Marin

Foto/ Divulgação


Conexões 02 Dia 05/05 às 21h Assaf Talmudi e A Barca

Assaf Talmudi/ nascido em Israel em 1976, Assaf é compositor, produtor musical, pesquisador acadêmico em música e acordeonista. Em 2006 funda o Oy Division, grupo especializado em pesquisa e reconstrução da música Klezmer, música judaica do Leste Europeu. Oy Division teve uma boa aceitação no mundo da música e tem feito exibições pelo mundo inteiro. Como produtor musical, Assaf fez diversas gravações para grandes selos, atingindo sucesso comercial e de crítica. A Barca/ o grupo segue os rastros deixados pelas pesquisas folclóricas de Mário de Andrade, trabalhando com a diversidade dos ritmos musicais brasileiros. No Maranhão e no Pará, por exemplo, levaram a fundo pesquisas sobre o carimbó, tambor de mina, mangaba e boi-bumbá. Tais pesquisas resultaram no cd e show de mesmo nome Turista Aprendiz (2000). O segundo cd do grupo, Baião das Princesas (2002) foi gravado com participações de uma comunidade religiosa afro em São Luís (MA), a Casa Fanti-Ashanti. Ficha Técnica/ Assaf Talmudi (acordeon), Ari Colares (percussão), Chico Saraiva (violão), Juçara Marçal (voz), Lincoln Antonio (piano), Marcelo Pretto (voz), Renata Amaral (baixo), Sandra Ximenez (voz), Felipe Julian (técnico de som), Viviana Pereira (produção)

11


Foto/ Divulgação

Foto/ Valéria Simões

Foto/ Divulgação

12


Conexões 03 Dia 06/05 às 18h Yonathan Avishai, Joatan Nascimento e Pedro Ito

Yonathan Avishai/ pianista nascido em Israel e radicado na França, sua música se inspira no jazz não apenas musicalmente, mas também no estado de espírito. Apaixonado pela história do jazz, e fortemente influenciado pelo Modern Jazz Quartet e Sun Ra, alimenta sua produção contemporânea com diferentes tradições. Fundou, em 2002, com os músicos novaiorquinos Omer Avital, Avishai Cohen e Daniel Freedman, o Third World Love, que já produziu cinco álbuns e possui reconhecimento mundial. Joatan Nascimento/ nascido em Maceió, em 1968, é tido como uma das figuras mais importantes da nova geração de trompetistas brasileiros. Participou de concertos com diversos músicos brasileiros e internacionais. Em 2002 lançou seu primeiro cd solo, Eu Choro Assim, no qual resgato chorinhos que foram escritos para trompete. Pedro Ito/ Transita entre linguagens musicais distintas e instrumentos de percussão variados. Estudou e trabalhou durante sete anos nos Estados Unidos, e possui trabalho autoral em andamento, de música instrumental, com o Improvisado Trio. Tocou, entre outros, com Paquito de Rivera, Arnaldo Antunes, Ney Matogrosso, Jamelão e Ricardo Herz. Ficha Técnica/ Yonathan Avishai (piano), Joatan Nascimento (trompete) Pedro Ito (percussão)

13


Jam Session na Casa do Nucleo Dia 04/05 às 21h Local/ Casa do Núcleo - Rua Padre Cerda, 25 – Alto de Pinheiros Tel./ 3032-8401 Estarão presentes os músicos Eyal Talmudi (clarinete/saxofone), Assaf Talmudi (acordeon), Yonathan Avishai (piano), Simone Sou, Ari Colares e Pedro Ito (percussão) e Joatan Nascimento (trompete)

CONEXÕES na Virada Cultural Dia 6/05 às 1h30 Local/ Palco do Coreto da Praça da República (estação República de metrô) Na madrugada de domingo, integrando a Virada Cultural da cidade, sobem ao palco. Soukast (percussão), Eyal Talmudi (clarinete/saxofone) e Assaf Talmudi (acordeon)

Não perca a programaçao completa da Virada Cultural no Centro da Cultura Judaica 7º Encontro de Contadores de Histórias - Dia 05 às 18h Com/ Leila Garcia, Grupo Parampará, Cia Rodamoinho e Ilan Brenman / Apresentação/ Ana Luísa Lacombe Idade/ a partir de 10 anos Receitas de Boteco: Tel-Aviv - Dia 05 às 23h55 Com/ Breno Lerner / Idade/ a partir de 12 anos “De repente, nas profundezas do bosque”, de Amós OZ - Dia 06 às 10h Com/ Ana Luísa Lacombe e músico convidado / Idade/ a partir de 4 anos Maratona de Dança - Dia 06 às 11h Com/ Ieda Bogdanski, Andrea Calanit Rachitzky Kogan e Allon Yanir Idelman Idade/ a partir de 10 anos Criando Instrumentos, Cirando Sons - Dia 06 às 16h Com/ Fernando Sardo / Idade/ a partir de 8 anos

www.culturajudaica.org.br/viradacultural

14


Centro da Cultura Judaica Mantenedores Esmeralda/ Itaú, Suzano • Rubi/ Siemens • Platina/ Banco Bradesco, Banco BNP Paribas, IBM, Safra, Sanofi-Aventis, White Martins, Votorantim Ouro/ Banco Daycoval, Banco Rendimento, Coteminas, Inova Investimentos Prata/ Adesi, Andritz, Art de Vie, Atlas Schindler, Climapress, Daler Com. Util. Ltda, David Erlich, Estel, Elgin, Frederic Micahel Litto, Fortunee de Picciotto, Família Ruhman, Guimar Engenharia, Gustavo Halbreich, Henri Philippe Reichstul, Inpal, Isapa, Jayme Bobrow, Jorge Feffer, Julio Simões, Katy Borger, KSH-CRA Conestoga-Rovers, KSH-CRA Engenharia, Mario Fleck, Meyer Nigri, Raul Meyer, Renato Ochman, Roberto Feder, Saul Olimpico Libman, Springer Carrier, William Lohn

Conselho de Administração Presidente de Honra/ Fernando Henrique Cardoso Presidente Emérito e do Conselho Consultivo/ David Feffer Presidente do Conselho Administrativo/ Nilton Serson Conselho Administrativo/ Eduardo Trajber Waisbish, Fanny Terepins, Flavio Bitelman, Gabriela Moritz, Katy Borger, Mario Adler, Paulo Netter, Raul Meyer, Roberto Faldini

Colaboradores Superintendência Executiva/ Yael Steiner Assistente/ Raquel Taus Administração e Financeiro/ Adriane de Oliveira, Leonardo Soares, Felix Uri Szuster e Jacques Braz da Silva Programação/ Benjamin Seroussi Assistente/ Fabio Zuker Ação educativa Cursos/ Cecilia Ben David Michella Pereira de Andrade, Valéria Novaes Macabelli Ação educativa Mediação Cultural/ Felipe Paros, Diana Vaz, Cadu Valadão, Ana Luiza Morel Raatz e Bruna Benitez Produção/ Elaine Vieira, Roseli Vaz, Vivian Vineyard Projetos e Patrocínios/ Claudia Fichel, Daniela Ragasso Comunicação/ Martine Birnbaum, Luiz Sztutman, Rodolfo Melo Tales Palmiero Programa “Ajuda alimentando”/ Patricia Kopieczyk Manutenção/ Francisco Godoy, Alessandro de Souza Diniz José Ferreira de Mattos Segurança/ Sergio Iavelberg Recepção/ Maria Francidalva de A. Xavier e Joelma Marcelino Augusto

Núcleo Contemporâneo | Casa do Núcleo Curadoria e direção/ Benjamim Taubkin Coordenação-geral/ Luiza Morandini Coordenação de produção/ Gustavo Martins Identidade Visual/ Teresa Maita Comunicação e produção/ Camila Brasiliano Produção/ Clara Kok


Rua Oscar Freire, 2500 Tel. (11) 3065-4333 | Fax. (11) 3065-4355 e-mail: culturajudaica@culturajudaica.org.br Apoio/

Co-Produção/

Realização/


Conexões Musicais 2012