Page 1

Conclusão da história “Um problema muito enorme” Regressava tranquilamente o Coelho a sua casa, quando encontrou a Toupeira a descansar encostada a uma pedra com um livro na mão. Ansioso por lhe contar a «aventura» com o Caracol, cumprimentou-a: - Olá Toupeira, não esperava encontrar-te por aqui! - Que bom ver-te!-exclamou a Toupeira. - O que fazes nestes lados?-perguntou o Coelho. - Como estava uma bela tarde, decidi vir para aqui ler um bom livro.- O que se passa contigo? Parece que tens novidades… - Nem vais acreditar no que me aconteceu hoje. - Declarou o Coelho - O quê? O quê? Conta lá. Estou ansiosa! – Interrogou a Toupeira. - Encontrei um rasto prateado, fique curioso, e decidi seguilo. Adivinha lá o que encontrei. - Hum! Deixa-me pensar – murmurou a Toupeira. – Não estou a conseguir, podes-me dar alguma pista? - Estou tão ansioso por contar-te que nem te deixo adivinhar, - disparou o Coelho eu encontrei um Caracol na berma de uma poça de água. - E que fazia esse Caracol? - Essa é a parte engraçada da história, pois o Caracol pensava que tinha outro caracol à sua frente, a falar com ele. - Mas o que tem isso de engraçado? – Estranhou a Toupeira. - Calma, o engraçado foi que eu ao me aproximar da poça, não vi nenhum caracol, mas sim um coelho, como eu, só que um bocadinho mais feio. - Ah! Ah! Ah! – Riu-se a Toupeira. – Já desconfiava que caias nessa. - Pois tu ris-te, mas agora já sei que eram os nossos reflexos. O pior foi ter achado que ele era feio- disse o Coelho desiludido. - Não fiques triste isso podia ter acontecido a qualquer pessoa.

Animou-o

a

Toupeira.

Agora

tens

uma

história

engraçada para contares aos teus amigos. A Toupeira olhou para o relógio e viu que já era tarde.


- Gostei muito da tua história, mas tenho de ir. – Apressou-se a Toupeira. - Até à próxima, também gostei muito de ter falado contigo. E foram para as suas casas. Turma do 4ºB

Rafael Freitas

Texto coletivo  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you