Issuu on Google+

Qualificação Urbana de aglomerados costeiros Ação P6.2

Zambujeira do Mar

Estudo Prévio da Intervenção Proposta Apresentação na freguesia 28. Outubro. 2011


Zambujeira do Mar Estrutura de apresentação: 1 – Enquadramento geral do programa POLIS Litoral Sudoeste 2 – Ações no concelho de Odemira, diretamente relacionadas com a Zambujeira do Mar 3 – Estudo Prévio da Intervenção Proposta no aglomerado urbano da Zambujeira do Mar


Enquadramento geral das Ações POLIS Litoral Sudoeste

Traçado geral 1.4 Zambujeira do Mar 1.5 Alteirinhos - Carvalhal

f) Praia dos Alteirinhos

Estudo Prévio elaborado pelo Município de Odemira, a desenvolver pela POLIS através de procedimento concursal para Anteprojeto e Projeto de Execução.

Ações no concelho de Odemira, diretamente relacionadas com a Zambujeira do Mar


Estimativa preliminar de investimento (c/IVA)

(Vila Nova de Milfontes + Zambujeira do Mar)


Proposta de financiamento

Projecto / Acção P1 P 2.2

Fundo de Coesão (POVT)

FEDER (PO Alentejo)

PROMAR

MAOTDR

Protecção de sistemas dunares e arribas

X

X

Reposição ambiente natural e protecção de sistemas costeiros : Cabo Sardão – Entrada da Barca

X

X

P4

Qualificação e valorização da actividade piscatória

P5

Valorização e qualificação de espaços balneares

X X

X

Outros (indemnizações / expropriações)

Entidades privadas

X

X

X

X

X

X

CMO

X

P 6.2

Qualificação urbana de aglomerados costeiros: Vila Nova Milfontes e Zambujeira do Mar

X (60%)

P 7.1

Ecovia do Litoral Sudoeste

X

X

X

X

X

P 7.2

Ciclovias de aceso ás praias

X

X

X

X

X

P 8.4

Estruturas de apoio ao recreio e lazer

X

X

P 10

Marketing territorial

X

X

X

X

X

X (40%)


Polis SW Ficha de Projeto / Ação P6.2 Qualificação urbana de pequenos aglomerados costeiros Zambujeira do Mar


Ficha de Projeto/Ação P6.2


Estudo Prévio Qualificação urbana de pequenos aglomerados costeiros

Zambujeira do Mar


Síntese de diagnóstico do aglomerado urbano Aspetos positivos

Funções Urbanas

Aspetos negativos

Espaços naturais de grande valor paisagístico e biológico.

Espaços naturais degradados: erosão encostas; assoreamento no leito da ribeira.

de

Área consolidada com valor de conjunto.

Rede de infra-estruturas muito antiga.

A economia local é dinâmica ao nív el do comércio.

Relação enfraquecida entre o mar e o espaço urbano. Indefinição da hierarquia v iária. Grandes constrangimentos entre circulação pedonal e v iária.

Estrutura Viária

Carência de estacionamentos estacionamento abusivo e indevido. Espaços Estadia e Mobiliário Urbano

A própria morfologia urbana forma v ários largos que podem ser qualificados criando pontos de encontro e de estadia que valorizam a vivência urbana e a economia local.

e

Degradação dos espaços verdes e de estadia e desadequação do desenho e dos materiais. Existência de barreiras arquitectónicas.


Desígnio e Objetivos Estratégicos da intervenção QUALIFICAÇÃO DO TERRITÓRIO PELA CRIAÇÃO DE CONDIÇÕES PARA A SUA VIVÊNCIA E USUFRUTO PELA POPULAÇÃO E VISITANTES, GARANTINDO UMA LIGAÇÃO DE QUALIDADE COM O ESPAÇO NATURAL ENVOLVENTE. I.

II.

Amiga do ambiente 1.

Melhoria da eficiência dos sistemas de abastecimento de água, de drenagem de águas pluviais e domésticas.

2.

Valorizar os ecossistemas locais e as zonas balneares.

3.

Melhoria da higiene urbana.

Tudo ao pé 1.

Privilegiar a circulação pedonal e disciplinar a circulação viária, tirando partido da pequena escala da aldeia onde tudo é perto e tudo se faz bem a pé.

2.

Requalificação dos espaços públicos e reordenamento de vazios urbanos, estabelecendo uma estrutura urbana coerente que articule os diversos valores em presença, garantindo mobilidade para todos.

III. Vida na aldeia 1.

Criar novas áreas de estadia e requalificar as existentes de forma a dinamizar a vivência de rua, fomentar o comércio local e entender os espaços públicos como espaços de cidadania.

2.

Promover a participação e aproveitar os contributos dos actores locais ao longo do desenvolvimento do processo.


• Organizar o trânsito automóvel no interior do aglomerado; • Reduzir o trânsito no interior da área mais central da área consolidada; • Evitar o trânsito de atravessamento pelo interior da área consolidada e no principal eixo de comércio (Rua Miramar); • Facilitar o acesso aos principais equipamentos; • Desincentivar o uso de automóvel para deslocações internas; • Reduzir e condicionar o estacionamento na área consolidada; • Sempre que possível e ajustado à lógica do sistema viário, definir apenas 1 sentido de circulação para criar mais lugares de estacionamento ao longo dos arruamentos.

Jardim Escola Infantil Primária

Capela N.ª S.ª Mar

Mercado Posto de Turismo

Associação Cultural, Rec Rec.. e Desportiva

Centro de Dia


Jardim Escola Infantil Primária

Capela N.ª S.ª Mar

Mercado Posto de Turismo

Associação Cultural, Rec Rec.. e Desportiva

Centro de Dia


Jardim Escola Infantil Primária

Capela N.ª S.ª Mar

Mercado Posto de Turismo

Associação Cultural, Rec Rec.. e Desportiva

Centro de Dia


Arborização proposta


PROPOSTA DE REQUALIFICAÇÃO: • Estreitar e enriquecer a relação humana com o mar; • Privilegiar a circulação pedonal e disciplinar a circulação viária; • Requalificação dos espaços públicos e reordenamento de vazios urbanos; • Criar novas áreas de estadia e requalificar as existentes de forma a dinamizar a vivência de rua, fomentar o comércio local; • Aumentar a arborização a tornar mais agradável a circulação pedonal e espaços de estadia; • Qualificar o espaço balnear através da implantação do Apoio de Praia , a desenvolver pela Polis no projeto específico de execução.


Largo da Capela da Nossa Senhora do Mar PROPOSTA DE REQUALIFICAÇÃO:

•Substituição dos arbustos das caldeiras por árvores de ensombramento e eliminação dos canteiros existentes em redor da Capela; •Introdução de iluminação cênica da Capela Capela;; •Introdução de zonas de estadia e de mobiliário nobre que proporcione a contemplação do mar e toda a envolvente à capela; •O largo adjacente deverá ser dotado de infraestruturas amovíveis que possibilitem a colocação de pequenas estruturas para venda de artesanato; artesanato; •Plantação de trepadeiras adequadas nos canteiros associados à pérgola existente para que possibilitem zonas de sombra no banco circular existente; •Plantação de arborização no extremo norte do largo para projetação de sombra que possa abranger parte do referido largo; largo; •Relocalização do ponto de recolha de resíduos sólidos.


Avenida da Praia – Largo Miramar PROPOSTA DE REQUALIFICAÇÃO: • Dignificação das árvores existentes definindo as suas caldeiras também com grelhas para aumentar o espaço pisoteável e introdução de iluminação na base de cada uma das árvores; •Alteração de perfil viário, com o passeio o mais amplo possível, introdução de uma ciclovia bidirecional (2.5m) e, redução do eixo viário para uma faixa de sentido descendente (3.5m); m); •Delimitação de uma área para venda ambulante de artesanato , na época balnear; •Colocação de mobiliário urbano mais moderno e que se integre com a envolvente; envolvente; •Redução da área de estacionamento, permitindo apenas que o mesmo se efetue na lateral esquerda da via, no sentido descendente; •Previsão de lugares para estacionamento para deficientes, para emergências e demais apoio e fiscalização balnear balnear; •Colocação de pilaretes no Largo do Miramar, para que este seja fisicamente delimitado e evitar assim a sua invasão por veículos; •Pretende Pretende--se também a normalização das áreas de esplanadas do Largo, com a delimitação da área das mesmas e introdução de mobiliário urbano comum a todas as esplanadas esplanadas..


Largo da Padaria – Arruamentos PROPOSTA DE REQUALIFICAÇÃO:  Organizar a circulação automóvel e, disciplinar o 1 estacionamento; • Assegurar um perfil viário com duas faixas para circulação automóvel (6 a 6,5 metros); metros); • Definir os espaços destinados à circulação pedonal, com a sobrelevação dos passeios passeios;; • Renovar e harmonizar os pavimentos e mobiliário urbano; • Introduzir árvores de enquadramento e de ensombramento em caldeira e criar uma pequena zona de estadia, com o objetivo de dinamizar este largo. largo.

3

2

2

1

 Nas vias de trânsito proibido excepto residentes, propõe-se a introdução de diferentes pavimentos (área pedonal e de circulação automóvel), mas sem diferenças nas cotas do pavimento; •Nesta área será permitido o estacionamento automóvel exclusivamente para os residentes, embora não seja delimitado fisicamente cada lugar de estacionamento.. estacionamento

3

 As ruas exclusivamente pedonais devem ser entendidas como um passeio contínuo e que ocupará toda a largura e extensão do arruamento.


Avenida do Mar

PROPOSTA DE REQUALIFICAÇÃO:

• Modificação do perfil desta via distribuidora principal, com a implantação de uma ciclovia bidirecional; • Renovação e harmonização dos pavimentos e mobiliário urbano; • Introdução de árvores de enquadramento e de ensombramento em caldeira e criar pequenas zona de estadia, com o objetivo de dinamizar esta via.


Largo do Mercado / Jardim do Mercado / Arruamentos PROPOSTA DE REQUALIFICAÇÃO:

1

 Plantação de árvores de ensombramento em caldeira dentro do parque infantil e/ou junto à sua vedação no passeio adjacente; • Recuperação do pavimento envolvente criando uma ligação ao jardim principal através do passeio da rua da escola escola;; • Reconversão do espaço relvado delimitando-o, para colocação de uma estrutura de sombra em madeira e com mesas que proporcionem um espaço para os mais idosos se encontrarem e conviverem associado a jogos de mesa; •Remoção dos pequenos espaços relvados junto aos estacionamentos estacionamentos..

2

 Organizar a circulação automóvel no largo e, disciplinar o estacionamento; •Assegurar uma faixa que permita a circulação de veículos automóveis, com cerca de 6 a 6,5 metros; •Definir espaços destinados à circulação •pedonal, com a sobrelevação dos •passeios; •Renovar e harmonizar os pavimentos •e mobiliário urbano;

3

3

 Nas vias distribuidoras locais, propõe-se a introdução de diferentes pavimentos (área pedonal e de circulação automóvel), mas sem diferenças nas cotas do pavimento; •Nesta área será permitido o •estacionamento automóvel, embora •não seja delimitado fisicamente •cada lugar de estacionamento, exceto •para vias com perfil igual ou superior •a 8 metros. metros.

1

2


Jardim da Zambujeira do Mar

PROPOSTA DE REQUALIFICAÇÃO:

• Zona central de acolhimento do aglomerado • Requalificação ao nível do desenho urbano, mais orgânico, com locais de sombra estadia • Infra-estruturas elétricas e de telecomunicações


Polis Zambujeira do Mar 2011