RIOLAX.COM.VC - 9ª EDIÇÃO

Page 1

9ª EDIÇÃO

Projeto: @mariliabezerraarquiteta

COMO A TECNOLOGIA PODE SER A SOLUÇÃO PARA O BEM-ESTAR


Projeto: @mariana_niiya e @trinity_projetos Fotografia: @andreafadinifotografia

02


EDITORIAL Conexão Riolax Seja a solução para o bem-estar dos seus clientes Queria te fazer um convite para conhecer o mundo do uso e especificação de Spas, banheiras e ofurôs através do nosso evento CONEXÃO RIOLAX. Eles estão ocorrendo nas lojas de nossa rede e, em breve, você e seu escritório serão convidados. O foco desse encontro, regado a um excelente café da manhã ou da tarde, porque gostamos de receber, é nutrir você e sua equipe de informações técnicas sobre essas linhas de produtos que estão crescendo de importância para um consumidor que vem priorizando cada vez mais o conforto, a função e o bem-estar através de projetos. Uma mudança que estamos vivenciando, por exemplo, é a diminuição dos spas de alvenaria para as soluções prontas em acrílico. Um spa de alvenaria é uma das vertentes cuja função não é atingida. Por quê? Porque ele não é ergonômico, pois é reto; seus revestimentos são agressivos à pele humana em repouso, há acumulo de sujeira nos rejuntes, e uma série de problemas até de ordem legal como a não obtenção de certificação Immetro, colocando em risco usuário e escritório especificador. Assim, pensamos esse CONEXÃO RIOLAX para que possam se manter sempre atualizados com as questões técnicas, construtivas e de uso desses produtos cada vez mais importantes a esse novo consumidor – que inclusive já pode preparar seu banho ainda no escritório. Como assim? Com os módulos de automação, tema dessa edição. Nesta edição, convidamos o especialista em automação Alexandre Ferreira para falar sobre as mudanças que a pandemia trouxe para a vida das pessoas no contexto da tecnologia. Na matéria de projetos, utma combinação perfeita entre beleza e modernidade numa área de lazer projetada pelo escritório Marilia Bezerra Arquitetura e Interiores. Ainda sobre tecnologia, os módulos de automação Riolax e o mundo de possibilidades para seus clientes. Na matéria de marketing, uma sugestão de briefing de fotografia de projeto. Esse editorial é assinado conjuntamente pelos sócios Gabriel de Souza e Welson Borges e, em nome de toda nossa equipe, gostaria de lhe informar que é um enorme prazer ter esse diálogo COMVC. Seja sempre bem-vindo (a) ao mundo RIOLAX.

03


O BRIEFING DE FOTOGRAFIA NA ARQUITETURA E INTERIORES

V

ocê tem um briefing para passar ao seu fotógrafo(a) de arquitetura e interiores? Normalmente o que vemos é uma breve explicação do projeto e quais ambientes deveriam ser objeto da fotografia já no ato da sessão, ficando a cargo do profissional de fotografia as decisões. Isso, alinhado também a uma herança e forte influência das fotografias de projeto para revistas, acabou por padronizar e aproximar demais as fotos de projetos em nosso mercado. Ter um briefing é aproximar a técnica do fotógrafo às expectativas de mercado do escritório de arquitetura e interiores – seu público-alvo, quais canais as fotos serão expostas, etc, ou seja, propósito e contexto. Muitas agências de assessoria de imprensa, bem como mídias diversas, apontam que inúmeras oportunidades de divulgação são perdidas por não haver uma foto adequada à`s pautas das mídias. E como fazer esse briefing? Segue uma sugestão de escopo para montar sua estratégia de fotografia de projeto. Ele pode ser apresentado com antecedência para que seja possível montar recursos e pensar nas melhores composições: 1) Storytelling: escreva uma pequena história desse projeto, quais as dores e problemas que seu cliente tinha e como resolveu isso através do projeto. Busque enfatizar detalhes que possam ser capturados. Fazer fotos por pauta pode ser interessante. Exemplo: quarto de bebê: Foto 01: quarto completo Foto 02: detalhe da cadeira de amamentação Foto 03: mini estar para receber visitas no quarto Foto 04: detalhes de mobiliário que poderão sofrer pouca modificação à medida que a criança cresce Foto 05: luz natural entrando no quarto (importância para criança) Foto 06: automação (criança segura)

Fotos com pessoas para enfatizar a função da arquitetura e interiores. Há técnicas para evitar a identificação caso isso seja um impedimento. Mas humanizar é essencial a uma linguagem para maior conexão emocional. 2) Incidência de luz natural: informar os horários nos quais a incidência de luz natural pode ser uma oportunidade ou um problema aos objetivos do projeto 3) Motivação (Pode haver mais de uma pauta): quais os objetivos com essa sessão de fotografia? O que se espera que as pessoas sintam ao ver essas fotos? 4) Público-alvo: qual ou quais públicos deseja atingir com essa fotografia? A forma como uma pessoa de 55 anos e outra de 30 se relacionam com os elementos semióticos de uma fotografia são diferentes. Um varejo sem cliente pode mostrar o projeto, mas perde inúmeros elementos de convencimento e criação de desejo. Corporativo: seu público é mais sisudo (fotos sóbrias, pouca humanização) ou mais jovial, startup (mostrar pessoas, interação, sugerir criatividade, senso de equipe). 5) Canais: onde pretende divulgar essas fotos? Instagram (Foto para feed é diferente para foto no stories, não precisa ser em alta resolução, presença de rostos aumenta engajamento, etc), Mídia não especializada (Necessita de humanização, contexto sociopolítico), mídia especializada (algumas demandam ambiente mais limpo), visualização maior em smartphone (cuidado com ambientes muito amplos), etc. Defina todos os canais de possíveis divulgação das fotos. O pacote das fotos deve considerar essa variabilidade de tamanhos e formatos. Fotografias são um alto investimento. Use as de forma estratégica e, sempre, sempre e sempre em consoante ao seu público-alvo!

04


Projeto: Fernando Poles (@fpoles) Fotografia: Mauricio Froldi (@mfroldi)

05


PREPARE SEU BANHO DE QUALQUER LUGAR Painel dos SPAs da Riolax podem ser integrados à automação residencial

V

ocê está saindo do trabalho e ansioso para chegar em casa e vivenciar um momento único de relaxamento e bem-estar em sua banheira. No caminho de casa, você abre um aplicativo e aciona os botões que dão o comando para encher a banheira, acionar as motobombas e até a cromoterapia. Um sonho, não? Mas saiba que já é realidade. Dentro do seu propósito em oferecer o que há de melhor aos consumidores e parceiros, a Riolax possibilitou os painéis dos SPAs à automação. Agora é possível a integração total das banheiras e SPAs com o sistema de automação residencial. Mais uma exclusividade Riolax. Na prática, a nova tecnologia possibilita que todas as funções do SPA estejam disponíveis para automação. “A integração com o sistema de automação garante maior comodidade ao usuário. Já que ele pode efetuar o acionamento através dos painéis ou pulsadores usados para controle da casa (luz, persianas e ar condicionado) e, agora, ele pode também ter um botão para preparar o banho. E desta forma, por exemplo, acionar a cromoterapia com a cor, o efeito e a intensidade preferidas”, explica o engenheiro Sérgio Ricardo Corrigliano, sócio e diretor

técnico da CAS que projetou o painel. O especialista explica que essa possibilidade é uma grande inovação da Riolax, já que a automação residencial chegou ao Brasil há mais de 20 anos, mas até hoje não existia nenhum sistema que possibilitasse a integração total das banheiras e SPAs com o sistema de automação do cliente. “Além disso, o cliente pode optar por ter um sistema próprio de controle por aplicativo. Desta forma, ele pode acionar sua banheira de qualquer lugar e já chegar em casa com seu banho de hidromassagem pronto para ser desfrutado, por exemplo”. A automação pode ser feita nas banheiras, spas ou ofurôs, já que não existe limitação para uso em algum modelo de banheira. “Inclusive, a facilidade de encher e esvaziar automaticamente é até mais atraente nas banheiras menores por facilitar o preparo do banho”, explica Sérgio. Para os sócios diretores da Riolax, Welson Borges e Gabriel Garcia, o novo painel integrado à automação reforça a preocupação da Rede de se diferenciar pela qualidade e design de seus produtos e serviços diferenciados. “Queremos investir cada vez mais em soluções inteligentes”.

06


07


Projeto: @mariliabezerraarquiteta 08


A COMBINAÇÃO PERFEITA DA ÁREA DE LAZER SPA Curie é o grande destaque deste projeto que une beleza e modernidade

M

ar, piscina ou hidromassagem? Que tal ambos! Localizado na Praia de Búzios, no Rio Grande do Norte, o projeto do escritório de Marilia Bezerra Arquitetura e Interiores une bem-estar e diversão, em um mesmo ambiente, tornando a área de lazer ao ar livre ainda mais convidativa e completa. Em um maravilhoso deck, o maior SPA do Brasil, o SPA Curie, foi o escolhido para completar o ambiente proporcionando uma queda de água perfeita, além de som e iluminação, com design moderno. “O objetivo foi acrescentar ao espaço mais um local de diversão e relaxamento, além da beleza e modernidade que ele nos proporciona”. Para a arquiteta, o SPA Curie é funcional, com superfícies limpas – mínimas e sem excessos, ela destaca ainda seu espaço e diferenciais, como o frigobar e a cromoterapia. No projeto a piscina e o SPA estão em perfeita sintonia, principalmente, pelos elementos que foram escolhidos.

Como o deck de madeira, que alia conforto e elegância, sendo utilizado em toda a área. Os móveis utilizados ao redor também merecem atenção, a mesa e cadeira, como as espreguiçadeiras, proporcionando ainda mais conforto ao local, permitindo que os banhistas descansem após a hidromassagem ou o banho de piscina. A praia ao fundo traz uma vista única e incrível, além composição perfeita com o paisagismo complementando o ambiente. Para Marília, a escolha da Riolax neste e em outros projetos é, principalmente, pelos seus diferenciais, qualidade e designer diferenciado. “A Rede é uma das principais marcas do setor de hidromassagem, spas e ofurôs do mercado. Além disso, seus produtos têm alta qualidade, que proporcionam prazer e bem-estar. Sem falar na busca pela inovação, tecnologia de ponta e sustentabilidade. Assim como no meu escritório, a marca tem um olhar inovador. “Com isso, é possível empregar nos projetos os conceitos e materiais que são tendência no mercado”.

09


CASA E TRABALHO CASA CADA VEZ MAIS DIGITAL Especialista reforça a mudança que a pandemia trouxe para a vida das pessoas e aposta na automação e sistemas como principal tendência.

Lifestyle

A

internet e os dispositivos móveis passaram a desempenhar papel central durante a pandemia, possibilitando a continuidade de diversas atividades, como exemplo, o home office. E, agora, dois anos depois as pesquisas mostram o aumento do uso da tecnologia (em casa e no trabalho) pós-pandemia. Em outras palavras, o mundo está cada vez mais digital, principalmente, os lares brasileiros passando, por exemplo, de 71% dos domicílios com acesso à internet em 2019 para 83% em 2021, o que corresponde a 61,8 milhões de domicílios com algum tipo de conexão à rede.

puderam sair de casa. Ela acabou se tornando a única via para chegar em outras pessoas e realizarem suas atividades. E com isso, a percepção da tecnologia foi aprimorada”. Para ele, o mundo digital veio para se incorporar e integrar ao DNA das pessoas. “E não tem mais volta!”. Neste contexto é cada vez maior a demanda dos consumidores por projetos de tecnologia dentro do ambiente residencial. “A demanda tem sido gigante a cada dia. Seja para a distribuição da internet pela casa inteira, melhoria de tecnologia de segurança ou a procura por opções de áudio e vídeo, na parte de entretenimento. As pessoas estão muito focadas em um melhor ambiente tecnológico em suas residências, seja para o trabalho ou entretenimento, todas estão atreladas a este conceito do: o estar em casa”.

Outro dado interessante de ser destacado diz respeito ao uso efetivo da tecnologia no processo de ensino e aprendizagem: 46% dos educadores utilizam o computador e a internet em atividades com os alunos, o que corresponde a um aumento de 10 pontos percentuais em relação a 2012.

E para o futuro qual a expectativa? “Em relação à tendência, o eixo principal de qualquer tecnologia são as comunicações. Seja a plataforma do 5G ou os equipamentos de inteligência artificial a comunicação é a palavra chave. Hoje a gente pensa em automação e sistemas, ou seja, teremos pequenos sistemas gerenciando a vida do usuário em sua residência”.

Especialista em tecnologia, Alexandre Ferreira, da Master Sound, afirma que o aumento do uso da tecnologia na vida das pessoas é notório. “As pessoas tiveram, quase que de uma forma impositiva, que utilizarem a tecnologia nos últimos anos, já que não

10


M

as quais os cuidados e dicas para as pessoas usarem com segurança e de forma sustentável a tecnologia? Para Alexandre, uma frase importante é “tudo que é demais sobra”. “A tecnologia é positiva quando ela realmente é necessária. Mas quando ela é usada de forma errada ou absorvida pelo usuário de forma incoerente, isso pode gerar uma insatisfação na experiência. Lógico que todas as oportunidades de melhoria e performance são bem-vindas, mas tem que estar dentro da cultura de cada usuário”.

11


Projeto: @mariana_niiya e @trinity_projetos Fotografia: @andreafadinifotografia