Page 1

Maio | 2012

Ano I

Edição 1

Publicação mensal sobre os principais assuntos do mercado imobiliário carioca

Entrevista

Arquitetura & Construção

Publicação mensal sobre os principais assuntos do mercado carioca

Tecnologia & Social Hub

Panorama & Projeções


EDIÇÃO DE ESTRÉIA - MAIO DE 2012

02 | RIO IMOBILIÁRIO

C

om a proximidade de grandes eventos esportivos, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, o mercado imobiliário carioca, que já se encontra bastante aquecido há 3 anos, tende a ferver ainda mais. De olho nas amplas oportunidades, os profissionais que atuam no setor precisam estar bem informados sobre todos os acontecimentos referentes ao mercado para obter êxito nos negócios. Nesse sentido, o jornal Rio Imobiliário surge com o propósito de levar as notícias mais relevantes do setor aos mais de 100 mil profissionais do mercado imobiliário. I n i c i a l me nte c o m t r ê s m i l exemplares, o Rio Imobiliário é uma publicação mensal e tem a distribuição gratuita. Todo o projeto foi desenvolvido para que o jornal impresso e os meios eletrônicos fiquem integrados: no impresso, o leitor terá em mãos as notícias de cada edição e no site encontrará uma extensão do jornal, com notícias exclusivas. Além disso, perfis nas redes sociais funcionarão como mais um meio de informação e interatividade entre os leitores e o jornal. O Rio Imobiliário, que tem como público alvo corretores de imóveis,

advogados, administradores, empres á r io s , i n ve s t idor e s e de m a i s profissionais do mercado imobiliário, procura levar informações úteis e de qualidade para ajudar o leitor em momentos importantes, suprindo dúvidas e oferecendo dicas de mercado. A distribuição das edições é feita de maneira especial: os representantes vão ao encontro dos leitores, em imobiliárias, escritórios, empresas e condomínios para entregar o jornal. Ao longo das publicações, diferentes editorias serão abordadas: Mercado, Arquitetura e Construção, Sustentabilidade, Tecnologia, além de entrevistas com especialistas tratando de temas do cotidiano dos profissionais. Na edição de lançamento, a matéria principal do jornal abordará o crescimento do mercado imobiliário na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, destacando os fatores, a valorização e a expansão dos empreendimentos. Outro destaque é a entrevista com o presidente da Assotrami-RJ, Silvino Flores, sobre o mercado de locação no Rio de Janeiro. Seja bem vindo ao Rio Imobiliário e boa leitura! Equipe Rio Imobiliário

O Rio Imobiliário é um veículo que busca aproximar o contato entre os leitores e o jornal. Acreditamos que a INTERATIVIDADE é uma questão necessária para

o bom desempenho de um veículo de comunicação. Sugestões de pauta, críticas, elogios e dúvidas podem ser enviadas para o e-mail

contato@rioimobiliario.com. Contamos com a sua participação!

facebook.com/rioimobiliario twitter.com/rioimobiliario Expediente CRJ Empreendimentos CNPJ: 08.977.269/0001-34 Av. Presidente Castelo Branco, 66 sala 106 - Centro - Rio Bonito/RJ

Sites profissionais que aliam design agradável e aplicações inteligentes, suprindo as necessidades individuais de cada cliente.

Promoção especial para: CORRETORES DE IMÓVEIS e IMOBILIÁRIAS www.crjagenciadigital.com | contato@crjagenciadigital.com | 21 9772-4347

www.rioimobiliario.com contato@rioimobiliario.com (21) 9772-4347 Tiragem: 3.000 exemplares Distribuição Gratuita

Editor de Arte: Carlos Oberdan Designer Gráfico: Gabriela Rebelo Repórteres: Raquel da Silva Ribeiro e Carlos Oberdan Bravo de Oliveira Jornalista: Caio de Albuquerque Cascardo REG. PROF. MTb/RJ 32.122 jornalismo@rioimobiliario.com


EDIÇÃO DE ESTRÉIA - MAIO DE 2012

Silvino Flores, presidente da Assotrami-RJ (Assistência Social dos Trabalhadores do Mercado Imobiliário do Rio Janeiro)

1 – Como você avalia o atual momento do mercado de locação na cidade do Rio? Daqui pra frente a tendência é caminhar progressivamente em direção ao equilíbrio. O panorama atual indica isso. Em 2011 a locação de imóveis disparou em 21,4%, enquanto o GPM-M foi de 5,1%. Em 2012 observa-se uma desaceleração neste ritmo no aumento de preços das locações no Rio de Janeiro e esta moderação esta também acontecendo no mercado de compra e venda.

Entrevista

2 – Quais fatores que influenciaram no aquecimento do segmento registrado nos últimos anos?

3 – Fale um pouco das principais garantias locatícias. Qual a mais utilizada?

Em primeiro lugar a estabilização econômica e em consequência disso formou-se uma cadeia de fatores que impulsionaram este mercado como: Investidores e fundos internacionais em projetos residenciais e comerciais, o aumento de recursos financeiros oferecidos ao consumidor em longo prazo, o aumento de emprego e renda, projetos habitacionais flexíveis atendendo a toda camada social. A Caixa Econômica Federal acaba de anunciar uma redução de até 21% na taxa de juros cobrada sobre financiamentos habitacionais, com recursos do FGTS e da caderneta de poupança. Para imóveis de até R$ 500 mil (dentro do Sistema Financeiro da Habitação) os juros caem de 10% para 9% ao ano para todos os clientes, independentemente do relacionamento com o banco. Para quem recebe pelo banco, a taxa de juros fica em 7,9% ao ano.

Existem 4 modalidades de garantias: Fiador, caução, seguro fiança e mais recente o titulo de capitalização. A garantia mais usada e a menos onerosa para o locatário é a do fiador. Em minha opinião também e a que melhor garante a locação, o fiador além de ter cadastro limpo e renda compatível com o aluguel, deve também, apresentar um imóvel como garantia; A caução é um depósito em dinheiro em conta conjunta de poupança (proprietário e locatário). Não havendo necessidade do uso do dinheiro para suprir eventual inadimplência, ao final da locação o dinheiro é devolvido ao locatário com as devidas correções; O seguro fiança é representado por uma apólice de seguro, tendo como beneficiário o proprietário do imóvel. O custo aproximado para o locatário é o valor/ano de um aluguel. O titulo de capitalização foi uma alternativa encontrada as pessoas que tenham

RIO IMOBILIÁRIO | 03

dificuldades na aprovação de cadastro ou encontrar um fiador. Por meio de uma companhia de seguros adquire-se um titulo da capitalização que garanta o aluguel. Caso o locatário deixe de pagar o aluguel o dinheiro é revertido para o proprietário ou volta para locatário com as devidas correções se a locação for honrada. 4 – Quais os principais itens que um corretor de imóveis deve observar num contrato de locação? Um contrato bem feito e protegido começa com a analise cadastral minuciosa do locatário e fiador e, em caso de outras modalidades de garantias respeitar o critério e as regras e saber escolher a companhia de seguros. Outro item importante é a vistoria bem detalhada do imóvel. Ter conhecimento do regimento do condomínio se for o caso; ter conhecimento da lei do inquilinato e suas alterações; observar os prazos e as atividades nas locações não residenciais.


06 | RIO IMOBILIÁRIO

Arquitetura & Construção

dúvida de muitos estudantes e profissionais ligados à área da construção é sobre como obter o registro profissional no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea). Depois de receber o certificado ou diploma, normalmente o aluno fica sem saber o que fazer e onde deve se dirigir para realizar sua inscrição. O procedimento, inicialmente, pode parecer de alta complexidade, mas na verdade é bem simples. Após estar de posse do diploma do curso que concluiu, a pessoa deve se dirigir à uma das unidades de relacionamento do Crea-RJ

A

mais próxima de sua casa. Lá ele deve preencher um formulário solicitando a abertura de sua inscrição. Além do diploma devidamente registrado ou certificado de conclusão, ele deve entregar histórico escolar com as disciplinas do núcleo comum e profissionalizantes e respectivas notas e cargas horárias. E lembrese: todos originais devem estar acompanhados de cópias legíveis. Vale ressaltar que além dos profissionais graduados em cursos superiores, também estão sujeitos à inscrição no Crea os tecnólogos de cursos de curta duração e os técnicos de nível médio de cursos do 2º grau.

Passos: 1 – Preencher o formulário RP. 2–Providenciar a documentação necessária (original e fotocópia ou fotocópia autenticada).

2 – Histórico Escolar com a indicação das cargas horárias das disciplinas cursadas. 3 – Carteira de identidade ou cédula de identidade de estrangeiro com indicação de permanência no país, expedida na forma da lei.

Documentação Necessária: 1 – Diploma ou Certificado devidamente registrado no MEC (Ministério da Educação e Cultura) ou em órgão que recebeu delegação de competência do MEC, para tal fim. Nota: a) – O diploma poderá ser substituído por certificado de habilitação profissional, obtido em exame ou curso supletivo profissionalizante, ou por parecer homologado de reconhecimento de equivalência de conhecimentos técnicos, publicado no Diário Oficial, ambos expedidos por órgão competente do sistema de ensino.

Nota: a – O documento de identidade apresentado poderá ser a Carteira Nacional de Habilitação, carteira expedida por órgão militar ou qualquer outro Conselho (devendo ser observada a validade da mesma). Informar no formulário RP o número e demais dados da identidade apresentada. Não poderá ser apresentada como carteira de identidade a carteira de trabalho ou passaporte. 4 – Cadastro de Pessoa Física (CPF). 5 – Título de Eleitor, quando brasileiro até 70 anos.

6 – Prova de quitação com a Justiça Eleitoral, quando brasileiro até 70 anos. 7 – Prova de quitação com o Serviço Militar, quando brasileiro até 45 anos. 8 – Comprovante de residência em nome do profissional, pai ou mãe. 9 – Exame laboratorial ou carteira de doador, indicando o tipo sanguíneo e fator RH - (opcional). 10 – Certidão de nascimento ou de casamento, quando ocorrer alteração do nome. 11 – Documento Judicial, quando ocorrer alteração do nome, comprovando tratar-se da mesma pessoa. 12 – 02 (duas) fotografias 3X4 originais em cores, fundo branco, iguais e recentes, não podendo ser de perfil, fotocópia colorida ou reproduzida por scanner.

EDIÇÃO DE ESTRÉIA - MAIO DE 2012

Procedimento: 1 – Após providenciar a documentação necessária, acima citada, comparecer ao Atendimento do Crea-RJ na Sede, I n s p etor i a s ou P o s to s de Atendimento. 2 – Após análise da documentação, caso esteja completa, o requerimento será protocolado e será emitida a taxa no valor R$90,50 (noventa reais e cinquenta centavos). O profissional terá 3 (três) dias para o pagamento da taxa e não precisa retornar ao atendimento para apresentá-la. O protocolo poderá ser acompanhado através do portal do Crea-RJ.


EDIÇÃO DE ESTRÉIA - MAIO DE 2012

Tecnologia & Social Hub

RIO IMOBILIÁRIO | 07

Por Carlos Oberdan

Já é relevante o número de profissionais do mercado imobiliário que utilizam as mídias sociais. As mesmas representam importantes ferramentas de negócio e de gerenciamento do contato com clientes. Redes sociais como Facebook, Twitter, Orkut e Youtube são essenciais no desenvolvimento de estratégias de atuação no mercado de trabalho. Mas é preciso ficar atento a algumas dicas na hora de se elaborar um bom perfil nas redes sociais: Atualize sempre o perfil: Para gerar resultados concretos, o perfil nas redes sociais do profissional precisa estar atualizado. Um perfil sem postagens se torna desinteressante. Poste sempre conteúdos relevantes para despertar a atenção do internauta.

Cuidado com postagens pessoais: Uma imagem, um vídeo constrangedor ou até mesmo uma frase equivocada podem trazer graves consequências para o profissional. As empresas de RH já verificam os perfis dos usuários nas redes sociais na hora da contratação.

Mantenha relacionamentos: Gerar novos e recuperar antigos contatos representam apenas uma parte dos benefícios das redes sociais. É importante para elaboração de parcerias e fechamento de novos negócios.

Compartilhe experiências, adquira conhecimento: Experiências adquiridas durante o dia a dia de trabalho devem ser passadas para os frequentadores dos perfis. A interação com outros profissionais também é importante.

Proporcione interatividade: Observar os comentários construtivos dos internautas que visitam seu perfil é essencial para crescer na profissão. Informações de mercado e dicas podem ser facilmente compartilhadas nas redes sociais.

Utilize promoções e benefícios: A elaboração de promoções e benefícios exclusivos aos visitantes do perfil é uma ferramenta interessante para captar novos clientes.


08 | RIO IMOBILIÁRIO

Panorama & Projeções

EDIÇÃO DE ESTRÉIA - MAIO DE 2012

Forneço LAUDO, se necessário, com assinatura de engenheiro perito Laudimiro Cavalcanti Fundador da BIB-RIO (Bolsa de Imóveis) CNAI 01791 | CRECI-RJ 7150

(21) 2249-1433 (21) 9998-6165

Jornal Rio Imobiliário  

Publicação mensal sobre os principais assuntos do mercado imobiliário carioca