Page 1

L A T I T U D E S

Ricardo de Oliveira


Latitude em geografia corresponde à dis-

tância angular compreendida entre o paralelo que passa pelo lugar em causa e o equador. Sendo uma distância angular, é determinada através da medição do ângulo que a vertical do lugar em causa faz com o plano do equador. Varia entre 0º e 90º para norte e para sul do equador (o equador tem a latitude 0º, enquanto o pólo norte e o pólo sul têm a latitude 90º norte e 90º sul, respectivamente). Juntamente com a longitude, permite identificar a posição geográfica de qualquer lugar na superfície terrestre. Latitude em fotografia é a faixa ou intervalo de variação em que um tipo específico de filme ou câmera digital consegue registrar informações em condiçoes diferentes de luz. As imagens a seguir foram captadas no espaço de dois ou três anos em pontos diferentes do globo: do Piauí até a Estonia no hemisfério norte ou à Patagonia Chilena no hemisfério sul. Com variações de luz que fizeram ressaltar aos olhos do fotógrafo volumes e texturas nas luzes suaves de regiões quase polares ou grafias contrastadas e rudes nas paisagens de luzes duras equatoriais.

Raiz, Cerro Dorotéa, Puerto Natales, Chile

510 44’S 720 31’O


Maré de Sizígia, Paraty, Rio de Janeiro

230 13’S 440 42’O


Mosteiro de São Francisco, Olinda, Pernambuco

080 00’S 340 51’O


Aula no Templo, Ubud, Bali

80 30’S 1150 15’E


Mesa de Fazenda, Tallin, Estonia

590 26’N 240 44’E


Janelas, Olinda, Pernambuco

80 0’S 340 51’O


Rabo de Andorinha, Estonia

590 26’N 240 44’E


Taipa, Santana de Acaraú, Ceará

30 27’S 400 13’O


Fachada com Reflexo, Tallin, Estonia

590 26’N 240 44’E


Pé de Siriguela,Santana do Acaraú, Ceará

030 27’S 400 12’O


Traço, Delta do Parnaíba, Piauí

20 54’S 410 46’OW


Terreiro do Paço, Lisboa, Portugal

380 43’N 090 08’O


Escada da Torre, Tallin, Estonia

590 26’N 240 44’E


Isla Magdalena, Estreito de Magalhães, Chile

520 55’S 700 34’O


Vento Forte, Punta Arenas, Chile

530 10’S 700 56’O


Banco de Areia, Delta do Parnaíba, Piauí

20 54’S 410 46’O


Terraço de Arroz, Ubud, Bali

80 30’S 1150 15’E


Mar de Núvens, Monte Agung, Bali

80 20’S 1150 30’E


Cerco Velho, Icarai de Amontada, Ceará

30 3’S 390 38’O


Banho, Tirta Gangga, Bali

80 24’S 1150 35’E


Gato, Dubrovnik, Croatia

420 38’N 180 06’E


Peixes Secos, Estonian Open Air Museum, Estonia

590 25’S 240 38’E


Cabra Marcada, Itatiáia, Minas Gerais

220 30’S 440 34’O


Porta, Groaíras, Ceará

30 55’S 400 22’O


Carga, Bonfim, Ceará

30 40’S 400 14’O


Açude, Groaíras, Ceará

30 55’S 400 22’O


Praia no Lago Grey, Torres del Paine, Chile

510 04’S 730 09’O


Ricardo de Oliveira tem 51 anos, é fotógrafo e mora atualmente no Rio de Janeiro. Tem formação aca-

dêmica em jornalismo e auto-didata em fotografia. Foi assistente de fotógrafos de moda e publicidade em São Paulo e Roma antes de começar a desenvolver seu próprio trabalho. Fotografou still -life para publicidade em São Paulo e Campinas e produziu suporte iconográfico para trabalhos acadêmicos em Artes e Antropologia. Fez registros de palco para artistas e companhias de dança e teatro. Atualmente faz pesquisa em Processos Tradicionais de Fotografia do Séc. XIX, focando sua produção em cianotipia, kallitipia e pinhole.

Portfólio Ricardo Oliveira  

Portfólio de fotografia de Ricardo Oliveira