Issuu on Google+

PIM - I Projeto Integrado Multidisciplinar

Análise de Práticas de Gestão Organizacional TELEPAC – Telecomunicações e Portas Automáticas Ltda.

Por:

ANA CAROLINA PASSADOR - RA: B41FAI-6 BRUNA ALVES COSTA - RA: A121IF-5 CAMILA MENDES DA SILVA - RA: B31560-1 CAROLINA RABAÇA DE CARVALHO FERNANDES - RA: B25DBD-2 MELISSA APARECIDA DE SOUZA- RA: B37953-7 RICARDO RODRIGUES SENA ALVES - RA: B21ECI-5

SÃO PAULO – SP 2012


UNIP – Universidade Paulista PIM - I Projeto Integrado Multidisciplinar

Análise de Práticas de Gestão Organizacional TELEPAC – Telecomunicações e Portas Automáticas Ltda.

Por:

ANA CAROLINA PASSADOR - RA: B41FAI-6 BRUNA ALVES COSTA - RA: A121IF-5 CAMILA MENDES DA SILVA - RA: B31560-1 CAROLINA RABAÇA DE CARVALHO FERNANDES - RA: B25DBD-2 MELISSA APARECIDA DE SOUZA- RA: B37953-7 RICARDO RODRIGUES SENA ALVES - RA: B21ECI-5

Projeto do Curso Superior Tecnológico em Gestão de Recursos Humanos da UNIP – Universidade Paulista - sob orientação do professor Roberto Nunes – Fundamentos da Administração.

SÃO PAULO – SP 2012


Análise de Práticas de Gestão Organizacional TELEPAC – Telecomunicações e Portas Automáticas Ltda.

Projeto do Curso Superior Tecnológico em Gestão de Recursos Humanos da UNIP – Universidade Paulista - sob orientação do professor Roberto Nunes – Fundamentos da Administração.

_____________________________________________ Professor (a)

_____________________________________________ Professor (a)

_____________________________________________ Professor (a)

Data:____/____/________.

SÃO PAULO – SP 2012


AGRADECIMENTOS

Agradecemos aos pais, amigos, companheiros e professores pela interminável paciência, palavras de consolo e sabedoria.

SÃO PAULO – SP 2012


"Habilidade é o que você é capaz de fazer. Motivação determina o que você faz. Atitude determina o quanto você faz isso bem feito”

Lou Holtz

SÃO PAULO – SP 2012


RESUMO

O Grupo Telepac Brasil, uma das conceituadas empresas no segmento de segurança eletrônica do país, como todas as outras empresas de setor que seguem o mesmo ramo de atividade e serviço, encontra nos dias de hoje a dificuldade de se manter bem a frente de sua concorrência acirrada, com intuito de sempre manter sua base de clientes satisfeita e fidelizada. Embora o leque de produtos e serviços seja grande, por diversos motivos alguns clientes optam por trocar de prestador de serviços. Em muitos casos essa troca se dá por uma pequena diferença no custo do serviço oferecido e por vezes pelo fato do cliente desconhecer o que a empresa pode lhe oferecer. O objetivo deste trabalho é apresentar a empresa desde sua criação, seus produtos e serviços oferecidos, as formas de gerenciamento e todas as práticas de gestão organizacional do grupo.

SÃO PAULO – SP 2012


ABSTRACT

The Group Telepac Brazil, one of the reputable companies in the sector of electronic security of the country, like every other industry companies that follow the same line of activity and service, today is the difficulty of keeping well ahead of your competition fierce, with the intention to always keep your customer base satisfied and loyal. Although the range of products and services is large, for various reasons some customers choose to switch service provider. In many cases this is the return for a small difference in cost of service offered and sometimes because of the customer not knowing what the company can offer. The aim of this paper is to present the company since its inception, its products and

services offered, forms management

management practices of the group.

SĂƒO PAULO – SP 2012

and all organizational


SUMÁRIO INTRODUÇÃO ...................................................................................................................................... 9 1. DESCRIÇÃO DA ORGANIZAÇÃO ............................................................................................. 10 1.1. TELEPAC – TIPO DE NEGÓCIO DA EMPRESA ............................................................. 10 1.2. IDENTIDADE ORGANIZACIONAL ...................................................................................... 10 1.2.1. NEGÓCIO ............................................................................................................................. 10 1.2.2. MISSÃO ................................................................................................................................ 11 1.2.3. VISÃO ................................................................................................................................... 11 1.2.4. CRENÇAS E VALORES .................................................................................................... 11 2. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL ............................................................................................. 12 2.1. ORGANOGRAMA ................................................................................................................... 12 2.2. A EQUIPE ................................................................................................................................ 13 2.3. UNIDADES DE NEGÓCIOS ................................................................................................. 13 2.4. PRINCIPAIS CONCORRENTES ......................................................................................... 14 3. ANÁLISE DO CENÁRIO DA EMPRESA .................................................................................... 15 3.1. PRESENÇA NO MERCADO BRASILEIRO ....................................................................... 15 3.2. NOSSA TECNOLOGIA .......................................................................................................... 16 3.3. PRINCIPAIS PRODUTOS E SERVIÇOS ........................................................................... 16 3.3.1. LINHA DE PRODUTOS DE SISTEMAS DE VIGILÂNCIA E MONITORAMENTO ... 16 3.3.2. CAPILARIDADE DE ATENDIMENTO.............................................................................. 23 3.3.3. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ........................................................................................... 24 3.4. PRINCIPAIS FORNECEDORES.......................................................................................... 25 3.5. PONTOS FORTES E FRACOS ........................................................................................... 26 4. CONCEITO ASSOCIADO ............................................................................................................ 27 4.1. FUNDAMENTOS DE ADMINISTRAÇÃO ........................................................................... 27 4.2. COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL ....................................................................................... 29 4.3. TÉCNICAS DE INFORMÁTICA............................................................................................ 30 4.4. RECURSOS MATERIAIS E PATRIMONIAIS .................................................................... 32 4.5. ECONOMIA E MERCADO .................................................................................................... 33 4.6. MATEMÁTICA APLICADA .................................................................................................... 34 CONCLUSÃO ..................................................................................................................................... 35 REFERÊNCIAS .................................................................................................................................. 36 SÃO PAULO – SP 2012


9

INTRODUÇÃO

O Grupo Telepac Brasil por usufruir das muitas inovações em tecnologia avançada nos sistemas de segurança eletrônica e digital, possui hoje uma carteira muito ampla de clientes. Desde sua fundação o grupo telepac vem proporcionando satisfação e segurança aos seus clientes internos e externos. No decorrer da pesquisa e no desenvolvimento da mesma, foi de fundamental importância uma análise detalhada da organização, pois o objetivo primordial desse trabalho consiste exatamente em apresentar as formas e as práticas de gestão organizacional da empresa. Analisamos seus produtos e serviços, seu posicionamento no mercado, sua concorrência, o cenário em que a empresa esta situada, entre outros pontos importantes abordados. Com um de seus principais objetivos, que é atrair e manter clientes, oferecendo-lhes a melhor tecnologia em sistemas de segurança eletrônica e o melhor atendimento ao cliente, procurando atingir sua satisfação total, entendendo suas necessidades e expectativas. Analisamos a empresa com o enfoque abordado pelas disciplinas de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos, apresentando assim seus métodos de trabalho, gestão, negócio, missão, visão e valores. Considerando a dinâmica das empresas e a crescente evolução tecnológica, a estrutura da empresa tem mobilidade suficiente para acompanha-las, respeitando, porem a sua identidade organizacional.

SÃO PAULO – SP 2012


10

1. DESCRIÇÃO DA ORGANIZAÇÃO 1.1. TELEPAC – TIPO DE NEGÓCIO DA EMPRESA

Criada em 1991, com natureza e objetividade voltadas à comercialização e manutenção de equipamentos de segurança eletrônica. Após 21 anos de sua fundação e em plena maturidade empresarial, a TELEPAC mantém os mesmos ideais que motivaram sua fundação e justificam seu sucesso: Proporcionar satisfação e segurança plena a todos os seus clientes internos e externos.

1.2. IDENTIDADE ORGANIZACIONAL Para que uma empresa se torne uma organização líder, é necessário começar definindo seu negócio, sua missão, sua visão e seus valores. Mas é essencial ir, além disso: é preciso que as atitudes, o comprometimento e a postura da empresa e dos colaboradores sejam coerentes com eles. É preciso que a conduta seja clara e obvia, de modo que quem a vê possa seguir o exemplo. Durante o processo de desenvolvimento, a definição da identidade organizacional fez os gestores voltarem-se para o mercado, identificando qual é o espaço em relação às demandas geradas pela sociedade que eles querem ocupar, ou seja, qual é o seu negócio. A Identidade Organizacional da empresa deve ser amplamente divulgada e difundida por toda organização, pois constitui a base para seu bom funcionamento como um todo. Tanto para a visão quanto para missão, é preciso que todos na empresa entendam, partilhem e sintam-se motivados.

1.2.1. NEGÓCIO Fornecer, instalar e dar manutenção em equipamentos eletrônicos para segurança patrimonial de empresas públicas, privadas e residenciais. Produzir e fornecer solução integrada, composta de equipamento e sistema para monitorar instalações físicas e garantir integridade patrimonial a empresas públicas. SÃO PAULO – SP 2012


11

1.2.2. MISSÃO

Utilizando a mais avançada tecnologia em sistemas de segurança patrimonial, garantida pela escolha de fornecedores comprometidos com a evolução contínua, aliada a capacitação e dinamismo de seus funcionários, disponibilizar produtos e serviços com qualidade e credibilidade, no tempo e local desejados. Proporcionar

um

ambiente

de

trabalho

desafiador,

com

constante

aperfeiçoamento técnico, preservando o equilíbrio emocional e estimulando a responsabilidade social, através de ações de voluntariado. Assegurar o crescimento e desenvolvimento da empresa, proporcionando justa remuneração ao capital investido e a realização empreendedora dos sócios.

1.2.3. VISÃO

Ser a empresa de maior credibilidade no segmento de segurança patrimonial.

1.2.4. CRENÇAS E VALORES

Reconhecimento e valorização do conhecimento, lealdade, honestidade, e de senso de justiça de seus colaboradores. Respeito e isenção de quaisquer preconceitos nas relações humanas no trabalho e na comunidade. Rigor no cumprimento dos acordos formados com clientes e fornecedores, quanto a preço, prazo e outros itens pactuados. Utilização parcial do lucro liquido como fomento ao crescimento do negócio.

SÃO PAULO – SP 2012


12

2. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL 2.1. ORGANOGRAMA

Fig. 1: Organograma

SÃO PAULO – SP 2012


13

2.2. A EQUIPE

Hoje o Grupo Telepac conta com sua equipe de 130 colaboradores, desde a alta gerência até a produção. Todos atuando de forma conjunta para assim desenvolver um trabalho eficiente e produtivo, trazendo não só para a empresa uma satisfação por excelência em todo trabalho, como para os clientes internos e externos. Em média 70% dos colaboradores em requisito de escolaridade são de nível superior e 30% de nível médio concluído, ou seja, a equipe de colaboradores hoje está em um bom patamar em qualificação tanto em níveis escolares como em níveis de portabilidade de cargo.

2.3. UNIDADES DE NEGÓCIOS

Fig. 2: Unidades de negócios

Fig. 3: Unidades de negócios

SÃO PAULO – SP 2012


14

2.4. PRINCIPAIS CONCORRENTES

Estes são alguns dos muitos concorrentes do Grupo Telepac, que devido à concorrência acirrada entre ambos, faz com que a cada dia o grupo se aperfeiçoe, sempre utilizando as melhores tecnologias e mantenha sua posição de mercado nos dias de hoje.

Tele Atlantic - Desde 1991 a Tele atlantic vem se destacando e hoje é uma das empresas líderes do setor. A empresa tem como filosofia de trabalho, qualidade total e isto se reflete na tecnologia avançada de seus equipamentos e no constante aperfeiçoamento de sua equipe.

Visão Segurança Eletrônica - Através de um histórico de bons serviços prestados em segurança eletrônica, atendendo as diversas necessidades do mercado nesta área, está no mercado desde 1999. Formada por profissionais experientes, a Visão tem seus valores pautados em ética, transparência, comprometimento e muito profissionalismo. Com análises técnicas precisas e utilizando equipamentos amplamente avaliados pelo mercado.

Task Sistemas - Há 27 anos atuando no mercado, a Task Sistemas é referência em sistemas de gestão de trabalho e tecnologia da segurança, oferecendo uma alta gama de softwares e equipamentos que verificam e administram toda a atividade e fluxo de pessoas em diferentes espaços, sejam patrimoniais ou corporativos.

SÃO PAULO – SP 2012


15

3. ANÁLISE DO CENÁRIO DA EMPRESA

3.1. PRESENÇA NO MERCADO BRASILEIRO O Grupo Telepac é um dos principais fornecedores de soluções de sistemas de segurança para o mercado Brasileiro, com ênfase no mercado bancário, em que exerce forte liderança, oferecendo estrutura de instalação e manutenção para todo o território nacional. Dentre nossos clientes temos:

Fig. 4: Principais Clientes

SÃO PAULO – SP 2012


16

3.2. NOSSA TECNOLOGIA Com o propósito de sempre se manter atualizado com as inovações tecnológicas, o Grupo Telepac orgulha-se de contar com parcerias com desenvolvedores de significativa reputação no mundo. Além da Hisco International Co. de onde provém a tecnologia dos DVRs, podemos mencionar a Samsung GVI e a Panasonic, entre outros. Na linha de rastreamento e localizadores pessoais, ressaltamos nossa parceria

com

a

Laipac

Technology

Inc.,

multinacional

especializada

no

desenvolvimento de tecnologias GPS (Global Positioning System), e tida como referência mundial de qualidade e inovação nessa área. Possuímos contrato de exclusividade com a Laipac, para a implantação dos produtos e serviços de rastreamento no Brasil.

3.3. PRINCIPAIS PRODUTOS E SERVIÇOS 3.3.1. LINHA DE PRODUTOS DE SISTEMAS DE VIGILÂNCIA E MONITORAMENTO 1) Linha de equipamentos - DVR’s / NVR’s

Fig. 5: Linha de produtos DVR

SÃO PAULO – SP 2012


17

1.1) Linha de equipamentos - DVR’s / NVR’s

Fig. 6: Linha de produtos DVR

SÃO PAULO – SP 2012


18

2) Interface gráfica dos sistemas de monitoramento através dos DVR’s:

Fig. 7: Interface gráfica DVR

Fig. 8: Interface gráfica DVR

SÃO PAULO – SP 2012


19

 Diagrama do sistema de monitoramento pronto para uso:

Fig. 9: Diagrama do sistema de monitoramento

 Características: 1. Programação de gravação individual por câmera; 2. Nome da câmera, data e hora presentes nas imagens ao vivo e nas imagens gravadas. OSD; 3. Exportação das gravações em formato proprietário, juntamente com o software de visualização “File-Viewer”; 4. Ativação ou desativação dos nomes, ícones ou imagens das câmeras da tela de monitoramento; 5. Busca de imagem por dia, hora, câmera específica ou grupo de câmeras; 6. Teclado Virtual; 7. Espelhamento das imagens em HDD internos ou externos de forma contínua ou somente eventos; 8. Transmissão remota das informações de alarme; 9. Registro do sistema: acesso remoto, energia, eventos (alarme, movimento, sem vídeo), falha ou formatação de HDD, alteração de configuração e estado da gravação. SÃO PAULO – SP 2012


20

3) Linha de equipamentos – câmeras de vigilância:  Câmeras fixas para rede:

Fig. 10: Câmera fixa WV-SP508

Fig. 11: Câmera fixa WV-SP509

Fig. 12: Câmera fixa WV-CP500

Fig.13: Câmera fixa WV-CP280

Fig. 14: Câmera fixa WV-CP290

Fig. 15: Câmera fixa WV-SW316

SÃO PAULO – SP 2012


21

 Câmeras Dome Fixas para rede:

Fig. 16: Câmera Dome fixa WV-CF504

Fig. 17: Câmera Dome fixa WV-CF334/CF364

Fig. 18: Câmera Dome fixa WV-CF324

Fig. 19: Câmera Dome fixa WV-CF300

Fig. 20: Câmera Dome fixa WV-CF284/CF294

Fig. 21: Câmera Dome fixa WV-CW500

SÃO PAULO – SP 2012


22

 Câmeras Dome para rede:

Fig. 22: Câmera Dome WV-NS950

Fig. 23: Câmera Dome WV-CW590

Fig. 24 Câmera Dome WV-CS950

Fig. 25: Câmera Dome WV-CS570

Fig. 26: Câmera Dome WV-CW960

 Controlador de Sistema:

Fig. 27: Controlador WV-CU950

SÃO PAULO – SP 2012


23

3.3.2. CAPILARIDADE DE ATENDIMENTO Centrais de atendimento técnico em todas as capitais e no Distrito federal. Fig. 28: Mapa de centrais de atendimento

SLA: •

Capital – 4hrs

Até 50 km – 6hrs

51 a 150 km – 8hrs

151 a 300 km – 12hrs

301 a 600 km – 24hrs

Acima de 600 km – 48hrs

SÃO PAULO – SP 2012


24

3.3.3. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Além da venda e a instalação dos equipamentos de segurança patrimonial, o Grupo Telepac também oferece a todos os clientes a prestação de serviços de manutenções preventivas e/ou corretivas de todos os equipamentos instalados, garantindo assim o perfeito funcionamento dos mesmos (Assistência Técnica). Identificando e solucionando possíveis problemas em componentes de software e hardware, além de efetuar o treinamento e orientar os operadores dos equipamentos instalados, bem como prestar apoio técnico quanto ao uso dos componentes de software e hardware. Assegurando perfeito funcionamento ao menor custo contribuindo para a satisfação do cliente.

Fig. 29: Logo prestação de serviços

SÃO PAULO – SP 2012


25

3.4. PRINCIPAIS FORNECEDORES O Grupo Telepac para manter a demanda de toda linha de produtos e equipamentos e manter a satisfação de todos os seus clientes, conta com seus inúmeros fornecedores, tendo como os principais:

Fig. 30: Logo fornecedor

Atendendo nossos pedidos com todo material de informática necessário para desenvolvimento dos equipamentos periféricos.

Fig. 31: Logo fornecedor

A Nilko atende nossa demanda de pedidos em relação à estrutura física de toda linha tecnológica, para montagem de Racks Indor, Gabinetes PC, Gabinetes para Rack, entre outros equipamentos.

Fig. 32: Logo fornecedor

Contamos com a Oditron Soluções em Segurança, em fornecimento de acessórios, No-break’s, monitores, cabeamento estruturado, fontes, conectores, suporte para câmeras, dentre outros dos muitos componentes para finalização do produto e/ou serviço para os clientes internos e externos.

SÃO PAULO – SP 2012


26

3.5. PONTOS FORTES E FRACOS O Grupo Telepac é uma empresa que tem como pontos fortes a qualidade dos serviços e uma administração voltada à aquisição de novas tecnologias. Como pontos fortes do Grupo Telepac podem ser destacados: Serviços voltados às necessidades do mercado - a linha de produtos e serviços da Telepac é um reflexo da necessidade e do interesse das empresas de diversos setores, em segurança e preservação de patrimônio utilizando essas tecnologias. Novas aquisições – o Grupo Telepac desde o primeiro momento procura o que há de novo no mercado. Tanto no desenvolvimento, quanto na distribuição, divulgação e até mesmo na administração de novos serviços, procura formas inteligentes de obter novos clientes. Um exemplo foi o investimento na compra da Chipsat empresa voltada para a área de rastreamento via satélite de cargas, caminhões, carros, pessoas, dentre outros produtos de rastreamento que se destacam na empresa. Experiência das novas aquisições - As empresas que a Telepac adquire são empresas bem sucedidas que tornam o sucesso do empreendimento mais provável. Capacidade de desenvolvimento – a capacidade de desenvolvimento do Grupo Telepac é outro fator chave. Reúnem habilidades de programação, conhecimento do mercado, design gráfico, publicidade, marketing, entre outros. Como pontos fracos do grupo Telepac podem ser destacados: Pequenas falhas ou pontos de vulnerabilidade – Mesmo com investimentos em novas tecnologias e a captação de clientes sejam sustentáveis no Grupo Telepac, há uma pequena falha em sua área de marketing, onde suas apresentações

de

produto,

divulgações,

propaganda

despercebidos perante o público indireto e direto.

SÃO PAULO – SP 2012

acabam

passando


27

4. CONCEITO ASSOCIADO 4.1. FUNDAMENTOS DE ADMINISTRAÇÃO Administração de empresas tem como objetivo de maximizar a produção de bens e serviços para melhor atendimento aos nossos clientes. O controle da empresa é representado através de monitoramento e avaliação do desempenho organizacional, para acompanhar se o planejamento proposto está sendo aplicado. Dentro de cada uma das subáreas da administração são estabelecidos indicadores de desempenho próprios que devem fornecer informações sobre a realidade da área em si. O correto agrupamento, controle e trabalho para redução dos custos permite a empresa visualizar os setores nos quais certos gastos são dispensáveis ou indispensáveis. Vale a pena ressaltar que parte dessa redução de gastos é convertida em benefícios dos funcionários, que podem ser beneficiados desde um convite a feiras e eventos tecnológicos a cursos parcialmente custeados pela empresa. O setor financeiro fica encarregado dos gastos e benefícios, a área de Recursos Humanos mede as habilidades e o setor de produção avalia qualidade e rendimento. O Grupo Telepac utiliza várias formas para obter informações que possam auxiliar no crescimento da empresa, tais como saber as necessidade e preferências dos clientes fazendo inúmeras pesquisas no mercado e com os dados obtidos nessa pesquisa é feito uma procura dos melhores produtos com menos custos para atender os clientes. Atualmente a Telepac vem trabalhando com um estilo de liderança autocrático, mas esse estilo aos poucos vai desaparecendo, uma vez que a preocupação da empresa é somar ao quadro, colaboradores cada vez mais proativos, independentes e capacitados, que faz com que esses ganhem cada vez mais confiança de seus líderes.

SÃO PAULO – SP 2012


28

Pensando na qualidade de vida e realização de seus colaboradores a Telepac tem oferecido cada vez mais oportunidades de crescimento profissional apostando no aperfeiçoamento profissional e pessoal, facilitando o ingresso de muitos funcionários a cursos mais especializados e também disponibilizando o espaço interno da empresa para palestras educacionais, conscientização quanto ao meio ambiente, campanhas de saúde e lazer com a família em eventos periódicos. Em geral em uma organização, podemos dizer que é um sistema que visa muitos objetivos. Composta por processos, metodologia, pessoas e recursos, interagindo para atingir seu objetivo, para tanto precisam ser administradas. Administrar é interpretar os objetivos, transformando em ação por meio de pessoas. Uma empresa nunca é igual à outra e se transforma ao longo do tempo, portanto uma boa administração tem que ser voltada para o momento atual da empresa, já antecipando mudanças futuras além de observar o ambiente, a estrutura, os processos, estilo de gerenciamento e estrutura organizacional, levando em conta os valores partilhados pelo grupo de forma duradoura influenciando na administração. Outro item importante é a responsabilidade social, que contribui para melhoria da qualidade de vida da sociedade por meio de ações, que se faz necessário devido à concorrência de hoje, até por uma questão de sobrevivência no mercado. A gestão estratégica é o modo como o Grupo Telepac compete com metas e políticas para atender esses objetivos, valorizando pontos fortes, conhecendo a concorrência e principalmente pensando no futuro aproveitando oportunidades.

SÃO PAULO – SP 2012


29

4.2. COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL A comunicação é de extrema importância para a integração de qualquer grupo

de

trabalho.

A

boa

comunicação

em

uma

Organização

contribui

significativamente para obtenção do desenvolvimento e aquisição de resultados positivos. Sabendo disso, o GRUPO TELEPAC tem uma grande preocupação com o público interno e externo. Com o público interno, a comunicação é um processo estratégico para o alcance do sucesso nos negócios, envolvendo uma das técnicas empresariais mais utilizadas no mercado atualmente, o feedback. A aliança criada entre instituição e público interno promove a integração e interação das pessoas, departamentos e áreas, podendo ser percebido mais facilmente quais os caminhos ou direção devem ser seguidos pela Organização. É fundamental à apresentação das propostas e novidades primeiramente ao público interno da Organização, para depois repassá-las ao público externo, buscando um contínuo desenvolvimento e aperfeiçoamento. Com o público externo, também através do feedback a empresa consegue com maior facilidade encontrar o que os clientes, parceiros e fornecedores pensam e esperam sobre os produtos. Não podemos deixar de citar que, além das práticas de comunicação que a empresa utiliza o grupo também adota a utilização do CRM transformando ações concretas em fidelização, satisfação e rentabilizando ao máximo as oportunidades de negócios dentro de cada perfil de cliente. Em suma, o GRUPO TELEPAC se beneficia com inúmeras técnicas para promover mudanças, atitudes, comportamentos e pensamentos.

SÃO PAULO – SP 2012


30

4.3. TÉCNICAS DE INFORMÁTICA Hoje em dia todas as empresas, independente do seu ramo de atividade se faz necessário o uso da tecnologia, o Grupo Telepac por atuar no ramo de sistemas de segurança eletrônica, é primordial que a empresa se mantenha atualizada em novas tecnologias, tanto para atualizações e desenvolvimento de seu próprio produto como para o trabalho diário de toda organização. O Grupo Telepac possui seu próprio setor de tecnologia e desenvolvimento, onde nossos programadores e desenvolvedores estão ligados e atentos à evolução tecnológica, focando assim no desenvolvimento de própria tecnologia em produtos e serviços. Com o rápido crescimento tecnológico, é muito importante que sejam feitos grandes investimentos, não só para manter-se atualizados, mas também para obter os melhores produtos, melhores serviços, melhores resultados e manter sua posição no mercado sempre a frente de sua concorrência. Um grande exemplo de tecnologia desenvolvida pela empresa, podemos citar o “DEDALUS”. O que é o DEDALUS? Esta Tecnologia apelidada de “SISI” (Sistema Integrado de Solução Inteligente) que é um dos mais novos projetos da empresa. Esta tecnologia é totalmente proativa e através dela pode se ter um controle único de vários sistemas simultaneamente seja ele de iluminação, gravação de imagens, CFTV, bomba de fumaça, controle de ar condicionado, vídeo, entre outros diversos equipamentos de segurança através de uma única interface. arquitetura:

SÃO PAULO – SP 2012

Sua


31

Fig. 34: Arquitetura DEDALUS

Fig. 35: Interface Gráfica DEDALUS.

SÃO PAULO – SP 2012


32

Além dessa Tecnologia própria da empresa, não podemos esquecer dos setores administrativos, que também usufruem de tecnologias. Cada setor da empresa seja o RH, o financeiro, compras, contabilidade entre outros, usufrui de tecnologias apropriadas para desempenhar seu trabalho diário. Todos os setores trabalham

diretamente

com

sistemas

integrados,

melhorando

assim

o

desenvolvimento do trabalho e a comunicação entre ambos os setores. O exemplo de alguns dos sistemas integrados utilizados hoje na empresa é: O sistema “MGE”; o SANKYA e o FPW da LG. Esses são um dos sistemas utilizados por todos os departamentos administrativos do grupo, essas ferramentas de trabalho são essenciais para o dia a dia.

4.4. RECURSOS MATERIAIS E PATRIMONIAIS Em se tratando de gestão de logística o Grupo Telepac não trabalha com estoque, ou seja, nos períodos em que há demanda de pedidos dos clientes tanto os atuais como os novos, a empresa imediatamente aciona seus principais fornecedores

solicitando

todo

material

necessário

para

a

produção

dos

equipamentos. Sempre tomando o cuidado com o tempo de solicitação de pedido do cliente para que a entrega seja feita dentro do prazo estipulado pela empresa para que não haja falhas, atrasos e nem a insatisfação do cliente com o descumprimento de prazo, evitando assim a infidelidade do cliente. A cada compra de matéria prima para produção de equipamentos eletrônicos, por mais que seus fornecedores sejam pontuais e fieis quanto ao tempo de entrega, a empresa está sujeita a atrasos na entrega desses materiais devido a algum imprevisto ocorrido com o fornecedor. Prevendo este tipo de situação e com o intuito de dirimir qualquer impacto que haja na produção devido ao atraso na entrega da matéria prima, o Grupo Telepac possui seu estoque emergencial para essas circunstâncias, podendo assim dar andamento no pedido do cliente e entregando-o dentro do prazo. Essa medida se faz necessária para empresa por não fazer estoque de materiais, quanto para garantir que o cliente final receba o pedido no prazo, deste

SÃO PAULO – SP 2012


33

modo seu estoque emergencial sempre suprirá em casos de extrema necessidade ou em casos de falha de fornecedor. Em se tratando de materiais de uso próprio da empresa, como: materiais de escritório, produtos de limpeza, dentre outro insumos, são armazenados no almoxarifado da empresa junto com a matéria prima utilizada para produção dos equipamentos de segurança eletrônica, todos separados e endereçados por prateleiras. A quantidade de materiais de consumo próprio é comprada em baixa escala, sendo comprado diretamente no varejo de forma mensal ou quando atingirem níveis de necessidade de compra. Para ambos os armazenamentos de matéria prima para produção quanto para materiais de consumo próprio, não se julga necessário à utilização da curva ABC pela quantidade de materiais serem pequena e de fácil administração, de modo que seu controle de estoque físico é feito através de inventário, atualizado trimestralmente e controlado por planilhas eletrônicas e sistema integrado da empresa. Importante ressaltar que esta forma de logística de materiais é feita em todas as unidades de negócios do grupo, centralizando toda compra em apenas uma unidade, que designa para as demais.

4.5. ECONOMIA E MERCADO Em um mundo cada vez mais destacado pelas tecnologias e pelas rápidas mudanças no cenário eletrônico, se torna cada vez mais indispensável, que as empresas se inteirem as preferências de seus clientes. Pensando nisso e na grande demanda por equipamentos de segurança, a Telepac vem a cada dia mais buscando através da curva de demanda (Alfred Marshall, 1890), descobrir e saciar as necessidades de seus atuais e futuros clientes, e por se tratar de uma empresa com estrutura de mercado de concorrência perfeita, onde muitas outras empresas atuam no mesmo ramo, compradores e vendedores têm pleno acesso acerca de fatos econômicos, os recursos gozam de ampla mobilidade, não há restrições ao ingresso e saída dos fatores de produção, e SÃO PAULO – SP 2012


34

os compradores os consideram substituíveis, a empresa se esforça continuamente para ocupar um lugar de destaque no mercado. Hoje a Telepac conta como bens de capital, 5 (cinco) prédios localizados nas regiões de (GO,SP,PR,MG e RS), 3 (três) automóveis disponibilizados aos gerentes da localidade de SP e um grande número de

equipamentos de informática

distribuídos entre as localidades. Com capital social investido de R$ 3.000.000,00 milhões, o Grupo Telepac possui uma rentabilidade uma margem de lucro acima da esperada, podendo assim utilizar parte do lucro liquido no crescimento do negócio investindo em muito mais tecnologia.

4.6. MATEMÁTICA APLICADA A matemática nos dias de hoje é uma ciência que é usada pelas organizações como variados métodos de trabalho, envolvendo determinados setores e determinadas especializações, grandes exemplos de aplicação de matemática são na área de computação. O processamento de dados com rapidez e eficiência é um imperativo do desenvolvimento, a análise de sistemas e a programação de computadores constituem o melhor exemplo de matemática aplicada. Um envolvimento muito importante é na economia, o mercado de capitais envolve um número crescente de pessoas e empresas, as variáveis em jogo exigem dos economistas um estudo permanente com auxílio da matemática. Na Administração tem importante presença, o controle de custos da produção industrial é um dos setores em que o administrador (ou engenheiro) utiliza largamente a matemática. Dentre outras inúmeras áreas onde se pode aplicar este conceito, que podemos considerar o conteúdo matemático muito importante em nosso dia a dia, nas organizações e em métodos de trabalho.

SÃO PAULO – SP 2012


35

CONCLUSÃO

Todas as empresas de modo geral possuem um problema em comum: manter sua posição no mercado e tentar continuamente aumentar suas chances frente aos seus concorrentes. A adoção de novas tecnologias e o uso de ferramentas de gestão mostra claramente o posicionamento de Grupo Telepac, e são alguns dos motivos que hoje mostra sua posição de liderança frente aos seus concorrentes de grande competitividade no mercado de segurança patrimonial. Mostrando vantagens e soluções para seu segmento, e por desenvolver sua própria tecnologia em sistemas de segurança, assim como demonstrado no decorrer desta análise organizacional, é crucial que adicionando um diferencial, grandes resultados aparecem, e isso é muito importante para qualquer empresa preocupada em ampliar seus negócios.

SÃO PAULO – SP 2012


36

REFERÊNCIAS www.hisco.com.br - Acessado em: 21/05/2012 www.telepac.com.br - Acessado em: 21/05/2012 www.chipsat.com.br - Acessado em: 21/05/2012 HTTP://panasonic.net/pcc/ipcam/ - Acessado em: 21/05/2012 HTTP://panasonic.net/security/ - Acessado em: 21/05/2012 Manual de Organização – Grupo Telepac Brasil, Novembro, 2006 – CAS Consultores Associados S/C. DE MORAES, Ricardo Correa – Gerente de Tecnologia; Grupo Telepac Brasil. Setor de COMPRAS e LOGISTICA – Grupo Telepac Brasil. Matemática (2º grau) I. Iezzi, Gelson, 1939 – ATUAL EDITORA LTDA. – São Paulo – SP, 1981. Vasconcellos, Marco Antônio Sandoval de “Fundamentos de Economia” / Marco Antônio S. Vasconcellos, Manuel E. Garcia. - 3. Ed. - São Paulo: Saraiva 2008. CHIAVENATO, I.. Teoria geral da administração. McGraw – Hill, 2000, São Paulo. CORREA, Hol, 2004 – Administração de Produção e Operações - Editora Atlas S/A, São Paulo.

SÃO PAULO – SP 2012


Projeto integrado multidisciplinar I