Page 1

Portfolio

Ricardo Martins

V E RS Ăƒ O

CO MPAC TA

2012


Cat谩logo Promocional Exclusiv M贸veis


Papelaria Ă­caro Locadora


Capas de Revista Mundo Project Management


Ano VI • Nº 61 • Julho 2004 MATÉRIA DE CAPA

MATÉRIA DE CAPA

Devido aos seus preços, em geral mais acessíveis, as linhas de produtos jovens também são amplamente consumidas por adultos.

Delineando os jovens O poder da geração zapping

Proibidos para maiores

mesma pesquisa constatou que os

O Boticário faz sucesso com os jovens

suave e à noite preferem fragrâncias

porque possui várias linhas de produtos

mais marcantes. De tempos em

jovens gostam de variar de produto. Durante o dia, usam um perfume mais

Seja craque no atendimento à galera

para eles. Dos perfumes, desodorantes

tempos, mudam de perfume. Além

Ao contrário de clientes com mais

Os jovens se tornaram um dos principais grupos de

e shampoos – produtos mais usados

disso, observam não só a qualidade dos

idade, que querem toda a atenção

consumo de cosméticos e perfumaria no Brasil. A turma

– à linha para tratar o inimigo número

produtos. Para eles é importante que a

das consultoras, os jovens gostam

de 15 a 22 anos, chamada de geração zapping – que faz

um dos adolescentes: a acne. Do

empresa seja socialmente responsável

de entrar na loja e olhar os produtos

tudo ao mesmo tempo –, representa hoje um universo

segmento jovem, também merece

e tome atitudes como o uso de

sem pressa e com toda a liberdade.

de consumo de 34 milhões de pessoas. Nesse segmento,

destaque a linha de maquiagem Cores,

embalagens recicláveis e o incentivo a

Preferem que as consultoras sejam

o crescimento no consumo de perfumes e cosméticos

que permite a produção de looks

programas de preservação ambiental.

um apoio, que só se apresentem

verificado nos últimos anos foi acima da média. Isso

adequados para qualquer ocasião.

Já o consumidor típico de O Boticário

quando eles têm dúvidas.

e destinam boa parte da sua renda aos cuidados pessoais.

Imagem da marca

é apontado como descontraído,

A galera jovem gosta de olhar e

O mercado jovem também merece total atenção pelo seu

Uma pesquisa recente apontou O

Tem interesse por vários assuntos,

Boticário como uma marca jovem,

especialmente os que se referem a

alegre, inovadora e confiável, situada

atualidade e entretenimento. E gosta

entre as marcas de maior prestígio.

não só dos produtos, mas também

Essas condições são extremamente

de tudo o que compõe a venda, das

favoráveis para crescer ainda mais

embalagens bonitas à cordialidade no

na preferência da geração zapping. A

atendimento.

ocorre porque os adolescentes cultuam a aparência física

potencial de fidelização de marca em longo prazo.

Os jovens gostam de comprar em lojas que oferecem produtos multifuncionais, opções de escolha e novidades. É por isso que O Boticário está sempre inovando.

bonito, dinâmico, vaidoso e moderno.

experimentar tudo, para criar um estilo próprio. Por isso, é importante que você observe o estilo de cada um e use bons argumentos para incentivar a decisão de compra.

Em junho teremos uma quinzena especialmente programada para os jovens. Aproveite a promoção “Pra galera!”, na qual os principais produtos de cada categoria para o público jovem estarão com 20% de desconto, para proporcionar um atendimento mais descontraído e conquistar essa galera!

Revolucionamos a arte de fazer perfume

MATÉRIA DE CAPA

O Boticário, que sempre ousou na criação de perfumes, lança agora um de seus produtos mais inovadores: Malbec, uma fragrância inspirada no mundo dos vinhos.

O Boticário acaba de

Marque esta data: agosto de 2004. Neste mês, o perfume Malbec chega às lojas O Boticário com o status de um produto único no mundo, trazendo consigo todo o fascínio que cerca o fantástico universo da perfumaria.

mudar a história da perfumaria mundial E mais: Conquistamos o Selo Abrinq

T

udo começou um ano antes. Era agosto de 2003 quando nosso presidente, Miguel Krigsner, imaginou um perfume que tivesse um processo de fabricação semelhante ao do vinho. Não se tratava, portanto, de inovar apenas na fragrância, e sim na maneira como essa fragrância seria produzida. Em poucos meses, o projeto ficou pronto, envolvendo dezenas de pessoas e sempre liderado por Miguel, que fez questão de estar presente em todas as fases do processo. “À frente do nosso tempo. É assim que nos sentimos ao concretizar o projeto que deu origem a Malbec. Por diversas vezes, em épocas

anteriores, O Boticário saiu na frente com idéias inusitadas, inovando em frascos, fragrâncias e conceitos. Mas nunca antes havíamos ido tão longe, a ponto de praticamente reinventarmos a arte da perfumaria.” — Rodolfo Melo, Gerente de Perfumaria

Pela sua magnitude, o projeto de Malbec impressiona. Madeiras de carvalho* francês foram trazidos da Europa para o Chile, onde uma tonelaria teve que adaptar seu método de produção para criar barris com dimensões exclusivas para nossas necessidades. Já em nossa fábrica, foi preciso criar um espaço reservado e único para produzir a fragrância.

“Para mim é uma honra muito grande constatar a paixão e o envolvimento de toda a equipe do Boticário num projeto tão inovador quanto Malbec. Um produto que possui valor sustentável não só para a perfumaria do Brasil quanto internacional e, o que é melhor, com a cara do Boticário.” — Miguel Krigsner, presidente de O Boticário

“Malbec é um perfume único no mundo, que reúne criatividade, ousadia e tecnologia à arte milenar de fabricação de vinhos. É

Informativo Interno

essa capacidade de imaginar novas maneiras de criar fragrâncias que vem conferindo ao Boticário, cada fez mais forte e definitivamente, sua condição de empresa de classe mundial.” — Elaine Pinheiro Simões, Diretora de Marketing

O Boticário

*É a madeira de carvalho que proporciona um sabor nobre aos melhores vinhos, conferindo ao perfume seu caráter amadeirado.

6

O preparo da fábrica A chegada de Malbec fez uma verdadeira revolução também em nossa fábrica. A área de produção passou por mudanças radicais. Para ganhar o toque amadeirado que dá características únicas ao perfume, o álcool vínico necessita permanecer durante vários dias macerando em barris de carvalho francês. O desafio era introduzir e adaptar a presença dos barris de forma segura no chão de fábrica. Nossas

equipes da área de engenharia trabalharam duro e em tempo recorde ergueram uma sala exclusiva para acomodar 18 tanques. Cada detalhe teve que ser minuciosamente estudado. Vedação absoluta, iluminação adequada, paredes feitas com chapas de aço envolvendo uma lâmina de isopor fazem parte da estrutura especialmente montada para Malbec.

Os barris de carvalho francês também tiveram que ser adaptados. Feitos por uma indústria toneleira chilena, eles possuem tábuas mais largas e sistema exclusivo para a entrada e a saída do álcool.

Malbec vai ser mais um sucesso em vendas na sua loja! 7


Projeto Grรกfico Diรกrio Oficial do Paranรก


Cartaz de Evento UFPR


Promo Musical Diversos


Colagem Digital Grupo Tradição


Capa de DVD USP


Identidade Visual


Identidade Visual


Banner ProDesign PR


Infogrรกficos Secretaria de Cultura do Estado do PR


Interface Grupo BRASIF


Anúncio Gracià Moda


8

d e

m a r ç o . d i a

i n t e r n a c i o n a l

d a

m u l h e r

Muitas vozes. Um só pensamento:

Tornar o mundo melhor.

Um mundo sem mulheres não seria apenas mais triste. Seria impossível. As mulheres representam o equilíbrio, num mundo cheio de diferenças. Ser mulher não é apenas ter a capacidade de dar à luz, mas também fazer brilhar nossa existência com sentimentos iluminados. Faça a sua parte. Junte-se a outras mulheres e multiplique seu brilho.

PTB

Mulher

MATO GROSSO DO SUL

Anúncio PTB Mulher


AnĂşncio Samsung Design Awards


Folder e Pasta Rizkallah Advocacia | Grupo Positivo


Visual Merchandising Bros & Co.


SĂŠrie de Capas Imprensa Oficial do PR


METHODOLOGY

f

product design f axiomatic design f design structure matrix f systems decomposition

The concept of

DSM AND ADT INTEGRATION PRODUCT DESIGN PROCESS r

in the

Mohamed-Larbi Rebaiaia

Department of Mechanical Engineering, University of Laval, Quebec (QC), Canada mohamed-larbi.rebaiaia@cirrelt.ca r

Darli Rodrigues Vieira

Université du Québec à Trois-Rivières, Québec, Canada darli.vieira@uqtr.ca

ABSTRACT

In manufacturing, product design are often very complexes and need the participation of a large number of services and materials resources. Managing these resources can be very costly in terms of time, risk and money. The use of known tools (PERT, CPM and Gantt) cannot alone establish a detailed and optimized planning for the execution of different stages and tasks of a project. To address this problem the Design Structure Matrix (DSM) and axiomatic design theory (ADT) appear to be an interesting solution. This paper presents DSM and ADT integrated tools as a part of the decomposition–integration problem in product design development process, where the latter is more concerned with mapping customer’s needs from functional requirements to design parameters, while the former is better suited to modelling the interactions and the integration of the design parameters. It also presents some algorithms related to both DSM and ADT used for manipulating projects-based DSM information, coordination and timing requirements and gives a synthesis junction between them. The discussion in this paper addresses the design manager’s more precisely greatest challenge in the implementation of concurrent design engineering.

2 B PMWORLD

PMWORLD A 3

Projeto Gráfico Editora Mundo e Universidade de Montreal


PREVISÃO DO TEMPO

Classificados

Norte e Nordeste 33° Pantanal 32° Serra de Maracaju 32° Sul 32°

empregos

Terça Feira, 1º de Fevereiro de 2005

SAFRA 2006

Colheita de soja anima produtores do Estado e prepara o terreno para um ano de safra recorde

Soja reanima agricultores e influencia mercado local Desativado desde novembro de 2002, o ramal ferroviário de 303 km entre Campo Grande e Ponta Porã será reativado. A reativação é uma das exigências para que o BNDES libere recursos para o restante da malha. Com a reforma dos trilhos, que terão que estar em condições de tráfego até julho, municípios como Sidrolândia, São Gabriel do Oeste, Maracaju, Dourados e Ponta Porã voltam a ter alternativas para o escoamento da produção. A Novoeste informou que o trem deve voltar só a partir de maio de 2006. Desativado desde novembro de 2002, o ramal ferroviário de 303 km entre Campo Grande e Ponta Porã será reativado. A Novoeste informou que o trem deve voltar a partir de maio. PÁGINA 15A

Tráfego entre MS e SP está parado desde sábado Desativado desde novembro de 2002, o ramal ferroviário de 303 km entre Campo Grande e Ponta Porã será reativado. A reativação é uma das exigências para que o BNDES libere recursos para o restante da malha. Com a reforma dos trilhos, que terão que estar em condições de tráfego até julho, municípios como Sidrolândia, São Gabriel do Oeste, Maracaju, Dourados e

Ponta Porã voltam a ter alternativas para o escoamento da produção. A Novoeste informou que o trem deve voltar só a partir de maio de 2006. Desativado desde novembro de 2002, o ramal ferroviário de 303 km entre Campo Grande e Ponta Porã será reativado. A reativação é uma das exigências para que o BNDES libere recursos para o restante da malha. PÁGINA 15A

Desativado desde novembro de 2002, o ramal ferroviário de 303 km entre Campo Grande e Ponta Porã será reativado. A reativação é uma das exigências para que o BNDES libere recursos para o restante da malha. Com a reforma dos trilhos, que terão que estar em condições de tráfego até julho, municípios como

ARRECADAÇÃO ESTADUAL

Sidrolândia, São Gabriel do Oeste, Maracaju, Dourados e Ponta Porã voltam a ter alternativas para o escoamento da produção. A Novoeste informou que o trem deve voltar só a partir de maio de 2006. Desativado desde novembro o ramal ferroviário entre Campo Grande e Ponta Porã será reativado. PÁGINA 15A

ECONOMIA, 14A

TRAGÉDIA

Mais

A safra de soja 2006 promete ser duas vezes superior à do ano de 2005, diz analista 

DEFESA DO CONSUMIDOR

Carlos Andrade nega acusações mas admite erro

Os irmãos Hudson e Alisson de Souza Calças, de 6 e 8 anos, respectivamente, morreram afogados domingo à tarde numa lagoa em Nova Alvorada do Sul. A PM encontrou os corpos no lago próximo ao ginásio de esportes. ESTADO, 6A

Gait lore cor in volor sit num ero digniam vel estionulla feugiamcore min veliquisi ero dunt eugiam doloreet aliquipis euis nulpute tie consequismod te do ex eugait acilis nulputpatie doloboreet lorem ipsum dolor. ESTADO, 6A

TRAGÉDIA

Correio Veículos

Testamos com exclusividade nas ruas de Detroit (EUA) o novo Honda Civic, que promete ser uma das vedetes deste ano em nossas ruas. Conheça o Nissan Urge, uma proposta futurista para agradar aos jovens.

Loterias Lotofácil Extração nº 71 01 03 05 06 08 09 11 13 14 15 16 18 21 22 23

30

2º Sorteio 02/01/2005 04 08 17 22 27

30

3º Sorteio 02/01/2005 04 08 17 22 27

30

4º Sorteio 02/01/2005 04 08 17 22 27

30

5º Sorteio 02/01/2005 04 08 17 22 27

30

Índice Ponto de Vista/Artigos ................................ 2 Política ......................................................3, 4, 5 Geral ........................................................ 6, 7, 16 Brasil/Mundo.................................................. 8 Esporte .................................................. 9, 10, 11 Economia .................................................. 12, 13 Estado ...............................................................15 Caderno B.........................................4 páginas Classificados ...................................8 páginas CorreioVeículos ............................ 12 páginas

CASO LIXOGATE

Irmãos de 6 anos morrem afogados

Carlos Andrade nega acusações mas admite erro

Os irmãos Hudson e Alisson de Souza Calças, de 6 e 8 anos, respectivamente, morreram afogados domingo à tarde numa lagoa em Nova Alvorada do Sul. A PM encontrou os corpos no lago próximo ao ginásio de esportes. ESTADO, 6A

Gait lore cor in volor sit num ero digniam vel estionulla feugiamcore min veliquisi ero dunt eugiam doloreet aliquipis euis nulpute tie consequismod te do ex eugait acilis nulputpatie doloboreet lorem ipsum dolor. ESTADO, 6A

 EDITORIAL

TeleSena 1º Sorteio 02/01/2005 04 08 17 22 27

CASO LIXOGATE

Irmãos de 6 anos morrem afogados

Volta às aulas eleva preços em até 300% Pat, voloboreet, quis adion ver at. Tuerit venit iurem ad magniate dio etue tem zzriusci tionulp utpat, coreet, consectet lore delenibh ex ese vel ipit vero et, commy nullaoreetum venibh elit, si tie exeriuscip eraessi. Met deliquat. Ibh eugait loboreet wisim irit augiam dolor dunt. ECONOMIA, 8A

Caderno B

Atriz Karina Bacchi está na capital para divulgar seu projeto

Leila Maria, nova diva do jazz, se apresenta hoje

Im num ilisi. Ullam irilluptat deleniat ad et augait wisim vel digna feumsan volum qui tie del ilissisi populus mi sibilaht. VARIEDADES, 4B

Im num ilisi. Ullam irilluptat deleniat ad et augait wisim vel digna feumsan volum qui tie del ilissisi populus mi sibilaht. VARIEDADES, 7B

RODOVIAS Leia Previsões Sombrias, sobre os elevados índices de acidentes nas rodovias de Mato Grosso do Sul nos últimos dias, o que prenuncia que 2005 poderá ser um ano inusitado em termos de colapso no sistema viário do Estado. EDITORIAL, 2A

CONFLITO NA FUNAI

EXEMPLO DE VIDA

Novo capitão Dama das flores veta entrada em ensina que nada aldeia indígena barra os sonhos Os irmãos Hudson e Alisson de Souza Calças, de 6 e 8 anos, respectivamente, morreram afogados domingo à tarde numa lagoa em Nova Alvorada do Sul. A PM encontrou os corpos no lago próximo ao ginásio de lorem ipsum dolor sit amet esportes. ESTADO, 6A

Gait lore cor in volor sit num ero digniam vel estionulla feugiamcore min veliquisi ero dunt eugiam doloreet aliquipis euis nulpute tie lorem ipsum dolor consequismod te do ex eugait acilis nulputpatie doloboreet lorem ipsum dolor. ESTADO, 6A

Astróloga diz que Ano-Novo começou segunda-feira

Parceria com o Banco do Brasil vai viabilizar linha de crédito para os arteãos, que terão mais espaço na Casa do Artesão. PÁG. 3

Capital R$ 1,30 Outros R$ 1,50

No apagar das luzes, MS obtém R$ 158 milhões

Apesar da febre aftosa, ICMS de 2005 cresceu

Ano Novo/2005

Artesãos são beneficiados duplamente

anúncios

Fundado em 7 de fevereiro de 1954

VARIEDADE

M A I S

324 2.034

Campo Grande 31°

Segundo Sandra Perin, o sol entrou no signo de Áries e deu início ao novo ano. PÁG. 7

Receitas de liquidificador facilitam a vida na cozinha Utensílio existente na maioria das cozinhas, o liquidificador permite várias receitas. PÁG. 8

Sexta-feira, 4 de fevereiro de 2005 veiculos@correiodoestado.com.br

caderno B

Quarta-feira, 22 de março de 2006

Inclui Culinária

Novo design estréia hoje

Sexta-feira, 4 de fevereiro de 2005 veiculos@correiodoestado.com.br

Correio do Estado adota moderno projeto gráfico Sexta-feira, 4 de fevereiro de 2005

ICO VICTÓRIO

veiculos@correiodoestado.com.br

por dentro

Na metade da primeira década do Século 21 o Correio do Estado está de roupa nova pela segunda vez – a primeira troca ocorreu em 2000. Metáfora intencional para deixar claro ao leitor que a linha editorial responsável por lhe garantir condição de líder absoluto na preferência do leitor sul-matogrossense, mantém posições firmes sempre que achar necessárias nas questões inerentes ao desenvolvimento sócio-econômico de Mato Grosso do Sul. A história do jornalismo está diretamente ligada ao desenvolvimento de tecnologias e do uso delas no cotidiano. Desde a substituição dos linotipos por modernas

A imprensa tem

papel fundamental e necessita passar por processos de modernização sempre

Conheça as principais mudanças Dentre os aspectos mais importantes levados em conta na hora de construir páginas agradáveis, estão a cor, o tipo de letra, o contragrafismo e o arranjo dos elementos visuais. Abaixo um pequeno resumo sobre alguns desses aspectos: Cor Quando o projeto gráfico anterior foi concebido, as páginas internas do jornal não eram coloridas. Quando todas as páginas receberam cor, o projeto não contemplava esse aspecto do layout, e agora ela recebeu atenção especial. Os fundos ficaram mais leves, mais sutis, cumprindo sua função de ajudar a transmitir conteúdo.

�����������������

�������������

����� �������

� ������������� ��� � � � �

����������������� ��� ��������� ��� ������������������ ��� ���� ���

�������� ��������

�����������������������������������

�������������������������������������

�����������

��������������������������������������������������������������������������������������������

Tipografia As letras podem ser consideradas o elemento mais presente em todo o jornal, afinal, ele se baseia na escrita. Mas um texto mal configurado às vezes pode ficar difícil de ler, por causa das letrasmuitojuntas ou com tamanho muito reduzido. No novo projeto as letras foram corretamente dimensionadas e espaçadas, garantindo conforto à leitura, aumentando a compreensão dos textos.

������������������������������

����������������� �����������������

�������������������������� ������������ �������������������������� �������������������������� ����������������������������� ��������������������������� ����������������������������� ��������������������������� ���������������������������� ������������������������������ ��������������������������� ������������������������������ ���������������������������� ��������������������������� ���������������������������� ����������������������������

�������������������������� ����������������������������� ��������������������������� ����������������������������� ��������������������������� ���������������������������� ������������������������������ ��������������������������� ������������������������������ ���������������������������� ��������������������������� ���������������������������� ���������������������������� ������������������������������ ����������������������������� ��������������������������� ��������������������������� ����������������������������� �������������������������� ����������������������������� ��������������������������� ����������������������������� ���������������������������� ������������������������������� ����������������

������������������������������ ����������������������������� ��������������������������� ������������������������������ ����������������������������� ��������������������������� ����������������������������� �������������������������� ������������������������������� ���������������������������� ����������������������������� ���������������������������� �����������������

�������������� ���������������� �������������� �������������������������� ���������������������������� ����������������������������� ���������������������������� ��������������������������� ������������������������������ ����������������������������� ����������������������������� ��������������������������� ��������������������������� ���������������������������� ��������������������������� ������������������������������ ����������������������������� ��������������������������� ��������������������������� ������������������������������ �������������������������� ���������������������������� �������������������������� ��������������������������� ��������������������������

��������������������

���������������� ���������������� ������������� �������������

��������

����

������������ ������������ ���������

�����������������������������������������������������������������������������������

impressoras rotativas, da máquina de escrever por computadores que praticamente desenham a reportagem à sua frente, até finalmente a globalização da notícia que lhe oferece velocidade entre o fato e o conhecimento, o Correio do Estado vem de história de lutas e se firmou como o maior veículo de comunicação do Estado apostando no regionalismo e investindo no futuro.

O papel do design da informação

���� � � � � � � � � � � � � � � � � � � � � � � 

��������

������������ ������������ ���������

����������������

��������������������������� �������������������������� ������������������������ ���������������������������� �������������������������� ��������������������������� �������������������������������� �����������

����������� �������������� ��� ��� ��� ������������ ��� ��� ��� ��� ��� ��� ��� ��

����������

���������� ������������� ���������������������� ��� ��� ��� ��� ���

�� ��

���������������������� ��� ��� ��� ��� ���

��

���������������������� ��� ��� ��� ��� ���

��

���������������������� ��� ��� ��� ��� ���

��

������ ������������������������������������������������������� � ���������������������������������������������������������������������� �������������������������������������������������������������� �������� ��������������������������������������������������������������� � ���������������������������������������������������������� ��������� ����������������������������������������������������������� ������ ������������������������������������������������������������������������ ������������������������������������������������������������ ���������������������������������������������������������� �������������������������������������������� ����������

�������������

��������������� ��������������� ����������������

��������������������������� ������������������������������� �������������������������������� ��������������������������� �������������������������� �������������������������� ������������������������� ����������������������������� �������������������������� ������������������������������ ����������������������������� ������������������������������� ����������������������������� ����������������������������� ����������������������� �����������������������������

��������

���������������������� ��� ��� ��� ��� ���

�������������

��������������� ��������������� ����������������

��������������������������� ������������������������������� �������������������������������� ��������������������������� �������������������������� �������������������������� ������������������������� ����������������������������� �������������������������� ������������������������������ ����������������������������� ������������������������������� ����������������������������� ����������������������������� ����������������������������� �����������������������

��������������������������������������� ������������������������������������������������������������������������������������������������� ������������������������������������������������������������������������������������������������������� ������������������������������������������������������������������������������������������������

���������

�������������������� ��������������������� ��������������������

������������������ ����������������� ��������������

�������������������� �������������������������� ����������������������� ���������������������� ������������������������ ������������������������

�������������������� �������������������������� ����������������������� ���������������������� ������������������������ ������������������������

��������������������������������������������������������������� ����������������������������������������������������������������� ���������������������������������������������������������������� ��������������������������������������������������

�����������������

���������������

������������� ���������������� ���������������� ���������������� ��������������� ���������������� ��������������������������� ������������������������������� �������������������������������� ��������������������������� �������������������������� �������������������������� ������������������������� ����������������������������� �������������������������� ������������������������������ ����������������������������� ���������������������������� ����������������������������� ����������������������������� ��������������������������� ��������������������������� ����������������� �����������������������������

Permanente evolução É por esta razão que o jornal inaugura hoje mais uma reforma gráfica demonstrando permanente evolução, com textos sintetizados em diagramação mais leve para despertar maior interesse do leitor pelas notícias. Suplementos coloridos continuam com o sucesso editorial, mas também ganham novas formas e disposições em suas páginas coloridas. Nas páginas, a diferença pode ser notada pela disposição das matérias (ou reportagens) em novo formato, mais leve, com espaços brancos para dar a “oxigenação” necessária no ato da leitura. Decisão de adicionar novo desenho ao jornal, segundo a diretora-presidente do Correio do Estado, Ester Figueiredo Gameiro, acompanha a velocidade das notícias no mundo, que parece estar em constante ebulição. Neste caso, a imprensa tem papel fundamental e necessita passar por processos de modernização sempre. “Os fatos se sucedem com tal pressa que não podemos mais ficar de braços cruzados esperando o mundo digital ditar regras do mercado para a imprensa, mesmo porque isso já ocorre em quase todas as áreas e segmentos da economia”, explica. O Correio do Estado vem reagindo a esses estímulos editoriais

da imprensa mundial acompanhando os principais jornais do País. Recentemente, O Estado de S. Paulo promoveu talvez a reforma gráfica mais profunda entre os chamados “grandes” da mídia impressa nacional, abandonando visual condensado por longos textos e poucas fotografias em troca de formato mais ameno. O mesmo ocorreu com a Folha de S. Paulo, o Jornal do Brasil e até com os tablóides catarinenses e gaúchos nas últimas décadas.

Reinventando-se Para Ester Figueiredo Gameiro, com o advento da Internet, o jornal é obrigado a reinventar-se no seu cotidiano. “Por isso, tornam-se constantes as reformas gráficas de nossos jornais e revistas”, explica. No entanto, esta modernidade não veio apenas com o novo desenho. Por trás de uma reforma gráfica está todo um processo de modernização do setor de produção, dos investimentos em modernos computadores para a Redação até sofisticados equipamentos gráficos para o parque industrial. Não se pode fazer nenhuma análise sobre os efeitos da mudança em curto prazo, pois toda vez que se realiza reforma gráfica em qualquer jornal investese muito mais do que o normal em conteúdo nas edições subsequentes, por duas ou três semanas, até mesmo como estratégia para consolidar impressão favorável nos leitores. “Contudo, esperamos que, assim como todas as mudanças que fizemos ao longo das últimas décadas, foram igualmente absorvidas de forma positiva pelos nossos leitores, que elegeram o Correio do Estado como o jornal de sua preferência no seu cotidiano”, diz Ester Figueiredo Gameiro. Portanto – continua – o que se pode dizer do

Por trás de uma

reforma gráfica, está todo um processo de modernização do setor de produção, dos investimentos em modernos computadores para a Redação

“novo” Correio é que realmente ficou mais leve e mais bonito. A disposição das matérias, das colunas. Os cadernos Correio Rural, Turismo, Veículos e Informática, Correio TV e Correio Infantil também assumem nova disposição gráfica, investimentos que, se configurar como tendência, terá significado realmente uma inovação. Assim, o mais tradicional diário impresso de Mato Grosso do Sul está de roupa nova, mas continuará com a prestação de serviços de sempre, aliás que marcaram seus 52 anos de vida.

Quando se fala em design é comum a ausência de definição sobre o seu papel em projeto gráfico, seja de jornais, livros ou revistas. Mas é essa área do conhecimento a responsável pela leitura prazerosa, leve e desprendida que torna o meio impresso um elemento de leitura atraente. A ilustração no final deste texto mostra uma metáfora simples, mas de conteúdo singular, quando se compara o design da informação com um copo de vinho. Simples jogo de imagem. A taça representa o design e o vinho, claro, seu conteúdo. “A taça, embora transparente, consegue dar a justa forma ao conteúdo. Esta é a finalidade: fazer com que o conteúdo seja acessível para leitura sem obstáculos, de maneira direta, simples e objetiva”, explica Ricardo Martins, 30 anos, formado em Programação Visual pela Universidade Federal do Paraná, e o responsável pela reforma gráfica do Correio do Estado. A segunda em cinco anos. Mas a sua história não começou em 7 de fevereiro de 2001, quando promoveu a primeira reforma do jornal. Atuando há 9 anos nesta área, teve seu primeiro teste de fogo com as mudanças Ricardo Martins, autor do extinto Diário do projeto gráfico da Serra. De lá para cá, costuma ser requisitado para dar assessoria técnica ou liderar equipes para implantar projetos gráficos em revistas, livros e jornais espalhados pelo Brasil. Para definir seu trabalho em uma reforma gráfica, sintetiza: um projeto gráfico bem-feito não chama a atenção para o designer, e sim para a informação. Se as pessoas ficam preocupadas com o tipo de letra usado, as cores empregadas no layout, etc. é porque desviaram a atenção do principal, que é o conteúdo. Neste caso, o projeto gráfico é um fracasso. Resumindo, o design deve cumprir sua função principal, que é permitir acesso à informação, sem obstáculos. (IV)

Sexta-feira, 4 de fevereiro de 2005 veiculos@correiodoestado.com.br

Sexta-feira, 4 de fevereiro de 2005 veiculos@correiodoestado.com.br

Sexta-feira, 4 de fevereiro de 2005 veiculos@correiodoestado.com.br

Sexta-feira, 4 de fevereiro de 2005 veiculos@correiodoestado.com.br

Sexta-feira, 4 de fevereiro de 2005 veiculos@correiodoestado.com.br

Para o designer Ricardo Martins, o projeto gráfico deve transparecer o conteúdo em primeiro lugar

Projeto Gráfico Jornal Correio do Estado

CorreioInfo CorreioVeículos CorreioRural CorreioTurismo CorreioTV CadernoB

Esportes Classificados


Embalagem Momi


Envelopamento de Frota Cantora Janaynna Targino


Sinalização Metrô de Curitiba (Proposta)


Render 3D Experimentos


Contato Ricardo Martins 41 3014 4075 41 8855 8007 ralexm@gmail.com

Portfolio de Design Gráfico  

Esse é um panorama dos meus melhores projetos em Design Gráfico, desde 1996.