Page 1

REVIVAL REVIVAL

FEV/2019 - EDIÇÃO 8

FEV/2019 - EDIÇÃO 8

AÇÃO SOCIAL

Levando amor para o Panamá: província de Darien

FICA A DICA

FELIPE TITTO

pra você acertar no seu casamento

VERONICA OLIVEIRA A EMPRESÁRIA QUE É REFERÊNCIA QUANDO O ASSUNTO É EMPREENDEDORISMO pg.38

Fala sobre vida e carreira

DR. DANIEL GALELI TRAZ NOVIDADES SOBRE USO DA SINVASTATINA pg.34

4 ESTAÇÕES Dicas de decoração

Confira as dicas de moda com Letícia Dias

POR QUE OS FAMOSOS BRASILEIROS PREFEREM TER SEUS FILHOS NOS ESTADOS UNIDOS? pg.47

BASTIDORES DA FAMA

Novidades dos famosos com Roberto Rodrigeus

GRETCHEN Rainha do bumbum, da internet, dos memes e do ENEM

confira também entrevista exclusiva com AUGUSTO 2 FEV/2019

CURY

EDIÇÃO ESPECIAL www.revistarevival.com 1ANO

REVIVAL Veja como foi o encontro de confraternização da revista Revival

EMERSON

O ex-jogador da seleção fala sobre sua transformação

AME AS SEGUNDAS-FEIRAS

MÚSICA E CRIANÇAS

Como e por que amar esse dia é importante

Como a música pode beneficiar seus filhos

AUGUSTO CURY Entrevista Exclusiva

LANÇAMENTO DA BOSTON EVENTOS INC. AGITA MASSACHUSETTS pg.20

PSICÓLOGA E ESCRITORA MARISA LOBO PALESTRA SOBRE SUICÍDIO EM CONNECTICUT pg.12

confira também nossa matéria exclusiva com a GRETCHEN www.revistarevival.com

EDIÇÃO ESPECIAL FEV/2019 3 1ANO


4

FEV/2019

www.revistarevival.com


“Alcançando lugares altos”

EDIÇÃO ESPECIAL 1ANO

2018 - Ano 2 - EdiçãO 8

30

15

24

6

28

8 9 10 14

CEO & Publisher Fabio Salles

15 18 21 22

Edição & Diagramação Ulisses Gouvêa

24

Revisão Paulo Tavares

28

Materias e Colunas Paulline Ottero Maykon Oliveira Tatyana Melo Fabio de Camargo Roberto Rodrigues Thaís Partamian Victorello Leticia Dias Hygor Fernandes Corral Mayse Moraes Bruna Garbin Dr. Daniel Galeli Fabio Salles Larissa Weissheimer Priscila Cleiser Alethéa Mantovani ASSINATURAS Tel: 407-480-8945 comercial@revistarevival.com ANÚNCIOS Tel: 407-480-8945 comercial@revistarevival.com

30 32 34 36 37 38 40 42 43 45 46 48 49

8

PUBLISHER PRIMEIRO ENCONTRO DA REVISTA REVIVAL EM DAVENPORT NA FLÓRIDA, USA. AME AS SEGUNDAS-FEIRAS 4 ESTAÇÕES PSICÓLOGA E ESCRITORA MARISA LOBO PALESTRA SOBRE SUICÍDIO EM CONNECTICUT ENTREVISTA: EMERSON FERREIRA DA ROSA RIO DE JANEIRO SÃO PAULO BENEFICIOS DA MÚSICA PARA CRIANÇAS LANÇAMENTO DA BOSTON EVENTOS INC. AGITA MASSACHUSETTS ENTREVISTA EXCLUSIVA: DR. AUGUSTO CURY GRETCHEN, RAINHA DO BUMBUM, DA INTERNET, DOS MEMES E DO ENEM ENTREVISTA: FELIPE TITTO TRENTIN SUICIDIO NÃO É FRAQUEZA! TODOS OS USUARIOS DE SINVASTATINA SE ALEGRAM! A AUTORRESPONSABILIDADE E A VONTADE DE DEUS HUDSON UMA CARREIRA INSPIRADORA VERONICA OLIVEIRA A EMPRESÁRIA QUE É REFERÊNCIA QUANDO O ASSUNTO É EMPREENDEDORISMO AH, O VERÃO! FICA A FICA LEVANDO AMOR PARA O PANAMÁ: PROVÍNCIA DE DARIEN MONICA DE OLIVEIRA DO DANCE: A ARTE DO BALLET AO FITNESS BASTIDORES DA FAMA POR QUE OS FAMOSOS BRASILEIROS PREFEREM TER SEUS FILHOS NOS ESTADOS UNIDOS?

IMPRENSA imprensa@revistarevival.com www.revistarevival.com

FEV/2019

5


OLÁ MEUS AMIGOS LEITORES.

J

á se passaram um ano desde a nossa última conversa, e os nossos corações continuam cheios de gratidão e felicidade. Foi um ano de grandes conquistas.

Com nossos esforços, de uma equipe bem preparada, conseguimos alcançar mais de 20 mil leitores online, além de incontáveis pessoas pelas nossas redes sociais e pela revista impressa. Por esse motivo estamos muito felizes. É para vocês, leitores fidedignos, que realizamos todo esse trabalho. Vocês realmente são a nossa fonte de inspiração. Claro que como em toda a conquista, existe as batalhas para se chegar à meta. Durante a jornada, enfrentamos um grande número de variáveis em nossos caminhos, mas vencemos e continuaremos vencendo novos desafios que estão por vir. Afinal estamos em festa! (risos) Agradecer sempre, desistir nunca! Essa é a nossa filosofia! Mais uma vez agradecemos a toda equipe de Jornalistas, Colunistas, profissionais, edição, diagramação, revisão, impressão e outras pessoas que contribuem para nossa existência. Não fazemos nada sozinhos e essa turminha tem sido a “cereja do bolo”, e que bolo maravilhoso hein! (risos). Não poderíamos deixar de agradecer a Deus porque Ele sim, tem nos “Levado a Lugares Altos”. Ele tem nos feito vencedores. Bom, 2019 chegou e já estamos cheios de expectativas e novidades para os leitores. Finalizo, desejando toda sorte de benção. Nos vemos aqui na Revival! Feliz 2019!!! Uhuuu!!!!

6

FEV/2019

www.revistarevival.com


www.revistarevival.com

FEV/2019

7


PRIMEIRO ENCONTRO DA REVISTA REVIVAL EM DAVENPORT NA FLÓRIDA, USA. por Fábio Salles

U

m acontecimento inédito com o propósito de reunir os colaboradores e parceiros em confraternização do final de ano e para comemorar o primeiro aniversário da revista, que completou um ano em janeiro de 2019.

A festa foi realizada na Flórida, em uma sofisticada mansão no “Solterra Resort Homes”, uma das casas da AD Residences, administradora que tem sua particularidade e diferencial em administração de casas de luxo. O jantar feito pelo renomado Chef William Dantas, também colunista da Revival, conquistou seu espaço na Flórida e tem se destacado no meio das celebridades e pessoas influentes. Ele optou pela tradicional culinária oriental e fez a alegria dos convidados com seu toque exclusivo. A Decoração trouxe um ambiente sofisticado, moderno e nos transportou ao período natalino com muito bom gosto e requinte. Todo o trabalho decorativo foi feito pela Mauren e Douglas da conceituada “Happy Party”. Eles têm realizado grandes eventos na Flórida, se destacando como a principal empresa de decoração na cidade.

rios e profissionais da área da comunicação, amigos e familiares, fizeram parte da lista de convidados as ilustres pessoas: Letícia Dias e Max Musicamente, representando a Revival Brasil, Thaís Partamian de Massachusetts, Mayse Moraes do Sul da Flórida, Bridget de Carolina do Norte, Eli de Washington DC, parceiros de Orlando, Flórida e os anfitriões CEO’s Fabio Salles, Juana Salles e sua filha Shaile Rodrigues. A diretoria da Revista Revival agradece a todos os envolvidos, que com muito amor, carinho e dedicação tem contribuído para a realização de nossa revista no ano de 2018. Um jeito especial de dizermos muito obrigado!

De colunistas, jornalistas, empresá-

8

FEV/2019

www.revistarevival.com


Larissa Weissheimer

Coach de vida e carreira

AME AS SEGUNDAS-FEIRAS

M

uitas vezes nos pegamos pensando sobre nosso dia a dia e não nos sentimos completamente satisfeitos com o que estamos fazendo. Parece que a motivação vai perdendo a força e quando a gente percebe já não sente aquele ânimo de acordar e dar o nosso melhor em nossa profissão. Nesse momento a gente pergunta: “Será que é isso mesmo que eu quero fazer para o resto da vida?” “Qual será o meu propósito nisso?” “Será que é possível trabalhar com o que eu amo”? E as dúvidas parecem que só aumentam e as respostas não chegam.

São Paulo, SP - Brasil @larissaweissheimer

Foto - Pexels

Calma, não estou contando isso para você desanimar, pelo contrário, quero dizer que isso pode ser maravilhoso, caso você use ao seu favor. Lembre-se da sua infância, gastava horas brincando e se divertindo e nem percebia o tempo passar? É exatamente isso que você pode fazer hoje. Descobrir a sua vocação será o ponto de partida para transformar o seu trabalho em hobby. Sentirá como se estivesse se divertindo e poderá fazer o que ama utilizando seus dons e talentos.

Para isso é necessário que você se conheça profundamente. Volte sua mente para o seu interior, faça reflexões e questionamentos sobre quem é você Para estarmos alinhados com os propósito de vida e em essência. Se permita sentir e imaginar o que reprofissão, é necessário que você saiba qual é a sua almente faria de você uma pessoa feliz. Perguntas vocação. Sorte daqueles que sabem desde crianças como: O que você faria se não precisasse de dio que querem ser quando crescerem, mas a reali- nheiro? O que você faz e nem vê o tempo passar? dade é que a maioria das pessoas não têm esse co- Podem ser pistas sobre sua vocação. nhecimento sobre si mesmos. Quando terminam o colegial e precisam tomar uma decisão para iniciar Hoje podemos ser e fazer o que quisermos. O mera vida adulta, acabam escolhendo por eliminação. cado está favorável para sermos autores da nossa Pensam sobre o que vai dar dinheiro, seguem o que própria história. Mas para escrever um bom livro é os pais querem que você faça ou fazem o que pare- preciso dominar o tema. ceu mais fácil, porém ao longo dos anos não é posPermita-se mudar, vá atrás da sua felicidade e entresível negar a insatisfação. gue ao mundo aquilo que você tem de melhor. GaranSegundo dados do livro Felicidade no Trabalho, fi- to que quando fizer isso vai passar a amar as seguncamos cerca de 90.000 horas de vida trabalhando. das-feiras como se fossem sextas. www.revistarevival.com

FEV/2019

9


Priscila Cleiser

Decoradora Fortaleza CE- Brasil @priscilacleiserdecoracoes

4 ESTAÇÕES 4 ESTAÇÕES Estamos já no finalzinho do inverno aqui nos Estados Unidos e em uma estação que particularmente amo: o INVERNO. Nós brasileiros que viemos de um país tropical, ficamos encantados com esta estação e com a possibilidade de em alguns estados até mesmo ver a neve. E junto com todo este encanto aproveitamos para celebrar neste período SIM, porque não? Não tenha medo, mesmo com todo o friozinho podemos planejar e deixar sua festa incrível, aconchegante e elegante como o INVERNO é.

Como já falamos aqui na edição anterior, o primeiro passo para o planejamento da sua festa é a escolha do LOCAL. Estamos muito acostumados em pensar em festas em ambientes abertos ou com jardim. Para o inverno, não é o ideal, mas pode ser adaptável. Se o local escolhido for um espaço aberto, pense em aquecedores para o melhor conforto dos seus convidados, como paredes ou painéis revestidos com tecidos. Podemos usar os tecidos mais pesados até mesmo o veludo nas cortinas, couro, camurça ou usar painéis de flores, uma escolha que está muito em ALTA.

As cores para esta ocasião podem ser um pouco mais ousadas que vai de tons pastéis aos tons mais quentes como vermelho, cereja e por aí vai.

10

FEV/2019

www.revistarevival.com


Um acessório que aconchega demais qualquer ambiente e pode ser muito marcante para um evento no inverno, são os tapetes. Principalmente os de tipo persa ou de veludo. Luzes do tipo quermesse ou dimerizadas dão todo o charme e calor ao ambiente

www.revistarevival.com

Nesta ESTAÇÃO, as flores são encantadoras e marcantes. Tulipas, copos de leite, flor de cerejeira, rosas vermelhas, (astromélias), gipsófila os chamados mosquitinhos darão um toque todo especial em sua festa. Use e abuse de verde. Peças do tipo Portuguesa estão na moda, deixa sua mesa superelegante.

FEV/2019

11


Já para o cardápio, tudo pode começar por um bom vinho para aquecer os convidados e as entradas uma boa pedida seriam os consumês. Agora como prato principal, pense em algo bem calórico, já que nesta época comemos mais, não é verdade? Mas e o que vou VESTIR? Primeiro você pode começar com o vestido, depois você escolhe os acessórios que neste caso podem ser boleros, echarpes, pashminas e outras formas de proteção do frio. E vamos combinar que nós mulheres ficamos chiques demais com esses acessório. Existem opções de vestidos já com mangas nada muito pesado que aquece e mesmo tempo tem a leveza e elegância que exige uma noiva. 12

FEV/2019

www.revistarevival.com


Já para os homens é bem mais fácil, uma vez que eles podem usar um bom agasalho em baixo da camisa social. Os tons mais escuros como azul marinho é uma ótima opção.

Mas lembrem-se esse dia é SEU , é único , você esperou , planejou , sonhou e quer que seja tudo perfeito da maneira que você idealizou. Não deixe que nada, ninguém nem mesmo a mudança do clima que não está em suas mãos alterar a imagem de festa de princesa que você um dia sonhou. Este é o seu dia de princesa, vista-se de todo romantismo e chegue em seu Cadillac conversível, mesmo que tenha que esperar a chuva passar pra você chegar.

www.revistarevival.com

FEV/2019

13


Thaís Partamian Victorello

PSICÓLOGA E ESCRITORA MARISA LOBO PALESTRA SOBRE SUICÍDIO EM CONNECTICUT

Jornalista Boston-USA @thaisvictorello

Especialista na área de família, a psicóloga cristã veio do Brasil especialmente para um seminário na cidade de Danbury

P

ela primeira vez palestrando nos Estados Unidos, a psicóloga, escritora e missionária Marisa Lobo, esteve na cidade de Danbury (Connecticut) para uma série de palestras no “Seminário Internacional da Família”, idealizado e organizado pela AD Filadelfia.

Marisa Lobo é autora de diversos livros voltados para a família

Acompanhada de seu marido Jofran Alves, Marisa Lobo veio diretamente de Curitiba (Paraná), onde reside com sua família, como convidada especial para os quatro dias de evento que reuniu centenas de brasileiros residentes na região e chamou a atenção para debates de assuntos muito importantes e que atualmente

não tem tido a atenção devida dentro da liderança e em meio aos membros das igrejas de forma geral, tais como: “O suicídio e a igreja”, “Família”, “Sexualidade dos casais” e o “Suicídio entre pastores”. Militante pró-vida, pró-família, pró-mulher e conhecida por sua luta contra a ideologia de gênero, Marisa Lobo é autora dos li-

vros: “Como fazer de seu filho uma criança feliz”, “Por que as pessoas mentem”, “Psicopatas da fé”, “A ideologia de gênero na educação” e “Famílias em perigo”, além do gibi “Viva a Diferença”. Ainda esse ano a psicóloga irá palestrar na Alemanha, Suiça, Espanha e Portugal. “Deus havia me dito há sete anos que meu ministério seria internacional. E essa é a minha primeira palestra no exterior”, relatou durante o início da palestra. Para fazer convites para palestras e conhecer mais sobre o trabalho da psicóloga, acesse o site www. marisalobo.com.br e as páginas oficiais da psicóloga no Facebook e Instagram.

Marisa palestrou em um seminário na cidade de Danbury (CT) – Fotos: Divulgação

14

FEV/2019

www.revistarevival.com


ENTREVISTA

EMERSON FERREIRA DA ROSA por Mayse Moraes

O

ex-jogador da seleção Brasileira Emerson Ferreira da Rosa, conhecido também como Puma, juntamente com sua esposa, Aline, receberam em sua residência, em Miami, na Flórida, a nossa colunista Mayse Moraes para uma entrevista. Foi uma recepção cheia de fé e alegria. Emerson foi volante e capitão da seleção brasi-

leira de futebol. Hoje faz parte da equipe que comanda o Miami Dade FC. Nascido na cidade de Pelotas /RS, colecionou títulos e muita fama ao redor do mundo. De talento inquestionável, o campeão mundial Emerson abriu o seu coração para falar de sua vida cristã e conversão a fé evangélica.

Revival - Como começou a sua paixão por futebol? Emerson- Eu comecei a jogar futebol tarde. Até os 7 anos de idade, eu tinha muitos problemas de saúde e até os 15 sofri de bronquite asmática. Deus fez um milagre em minha vida e eu não tinha compreendido o porquê. Eu pensei que era apenas sorte. Quando comecei a jogar futebol achei que os exercícios haviam me curado, mas, na verdade tinha sido Deus. Meu primeiro time foi o Grêmio de Porto Alegre, onde atuei por 4 anos. Depois fui jogar fora do Brasil por 12 anos, onde passei pelo Bayer Leverkusen, Roma, Juventus, Real Madrid, Milan e depois fui para o Santos, onde encerrei minha carreira.

banco que eu tinha conta no Brasil, em Porto Alegre/RS. Ele teve um papel fundamental, falava de Jesus para mim. Ele que me convidou para ir à igreja. Eu passava horas no banco tomando cafezinho e ele me falando sobre Deus e então nos convidou para irmos conhecer a igreja dele. Lá conhecemos o Pastor Isaías da Igreja Encontros de Fé, que nos ajudou na nossa caminhada cristã. Eu e a Aline começamos a passar por problemas no casamento e foi então quando me converti. A Aline não acreditava muito na minha conversão, achava que era para “fazer bonito” para ela.

Aqui nos Estados Unidos joguei no Miami Dade FC para ajudar o projeto deles, mas esse não era o meu objetivo, meu objetivo era fazer parte da gestão do time. Revival - Como foi a sua conversão à Cristo? Emerson - Eu era um católico não praticante que não ia à igreja. Minha conversão a Jesus, se deu a três anos. Sou um novo convertido feliz e cheio de fé! Eu tive muitos amigos próximos que me influenciaram a conhecer Jesus. O Zé Roberto que é meu amigo, começou plantando a semente no meu coração. O Kaká, era bem profissional, eu gostava muito de sair com ele, pois, eu sabia que ele não iria voltar tarde por conta do jogo. Depois disso veio o Renan, que trabalha no www.revistarevival.com

O Pastor Isaías me disse que no dia do meu batismo a Aline iria ser tocada por Deus. E foi exatamente isso que aconteceu. Após a conversão da Aline ela decidiu que só iria morar nos Estados Unidos após batizada, e assim ela o fez. Quando nos mudamos, oramos muito para que Deus nos mostrasse uma igreja. Foi quando uma amiga nossa nos falou que a igreja Before The Throne dos pastores Gustavo Bessa e Ana Paula Valadão Bessa estava começando. Logo vimos as confirmações do Senhor, que esse seria o local aonde congregaríamos.

"Hoje o que eu mais quero é falar de Jesus para todas as pessoas". FEV/2019

15


voltei do Brasil resolvemos realmente investir nesse café como uma forma de falar para todos sobre Jesus. Hoje temos muito mais pessoas. Nós nos reunimos em uma cafeteria em um shopping, aberto para aqueles que desejarem participar conosco. Tem pessoas aqui em Miami que estão muito carentes e precisam de um apoio, pois, homens são normalmente muito fechados. Todos os cafés têm testemunhos, ajudamos uns aos outros e oramos uns pelos outros. Revival - O que mudou na sua vida após a conversão? Emerson - Praticamente tudo. Na verdade, nós vamos adquirindo o entendimento do significado da palavra conversão com o tempo.

Revival - O que você mais sente falta aqui nos Estados Unidos? Emerson - Todas as terças-feiras, às 6 h da manhã no Brasil nós fazíamos um café da manhã com alguns homens. Muitas vezes com um frio tremendo, nos reuníamos na igreja com 30 a 40 homens. Eu sentia muita falta desses momentos. Então junto com o meu amigo Gabriel, nós começamos a fazer o café dos empresários, nas segundas pela manhã aqui em Aventura. O café começou com 8 pessoas, no segundo dia foram só duas, então fui para o Brasil por conta da Copa, e quando eu

16

FEV/2019

"Eu precisava do perdão de Deus por algumas coisas ruins que aconteceram em minha vida. Esse foi o ponto principal que me levou a conversão. Hoje me sinto perdoado. Eu posso dizer que fiz a escolha certa em seguir a Cristo". Revival - Você já teve algum momento com Deus que marcou a sua vida? Emerson - Sim, tiveram duas situações marcantes. Quando viemos morar nos Estados Unidos, nós vendemos a nossa

casa no Brasil, e achávamos que poderíamos ficar aqui sem tanta burocracia, só que o nosso visto ainda estava em processo, então tivemos que voltar para o Brasil. Como tínhamos vendido a nossa casa, fomos para a casa que tínhamos no litoral. Essa casa ficava a uma hora e meia da escola da minha filha e da nossa rotina de vida. Minha filha acordava todos os dias às 5:30 da manhã para ir para a escola que começava às 8:00. Isso me desgastava muito. Em um momento em que eu questionava à Deus dentro do carro e orava, passou um caminhão com a imagem gigante do rosto de Jesus Cristo, e Deus falou ao meu coração e da minha esposa que o que eu estava passando não era nada comparado ao que ele passou por nós. Eu estava me lamentando por uma dificuldade de acordar cedo, da demora do visto, mas o que Deus fez por mim não tinha comparação, era muito pequeno. A outra situação foi que quando eu me batizei, achava que estava tudo certo na minha vida, mas na verdade não estava. Eu percebi que a pessoa só podia se dizer cristã quando realmente temesse e reverenciasse a Deus. São nos pequenos detalhes que vemos a mudança em nossas vidas. Esses detalhes mostram se realmente estamos convertidos, como por exemplo, furar uma fila. Temos que ter integridade. Quando aconteciam essas situações eu dizia, não vou fazer isso. Teve uma situação em que eu fui para o Brasil, e fui jogar com alguns amigos. Uma pessoa que estava jogando no outro time me deu uma pancada e eu automaticamente, para me proteger, abri os meus braços e o meu cotovelo bateu no rosto dele e isso fez com que ele caísse. Se fosse em outro tempo eu diria que isso foi bem feito porque ele veio me machucar. Mas quando acabou o jogo eu fiquei com um peso na consciência e eu disse alto no vestiário que ia lá pedir desculpas para ele. Os meus amigos disseram que não precisava, porque ele causou aquilo. Mesmo assim fui lá, dei um abraço nele e pedi perdão. Aquilo www.revistarevival.com


impactou a ele e a mim também, pois, foi algo que mostrou a mudança que Deus havia realizado em minha vida. Revival - Faz diferença como jogador ter Jesus na sua vida? Você acredita que Deus pode agir em um jogo? Emerson - Quando temos uma relação com Deus, Ele nos protege. Não acho que devemos pedir a vitória, mas a proteção Dele, que Ele cuide da nossa saúde.

"Deus não é corintiano, nem brasileiro, ele é de todas as nações". Deus trabalha em nossas vidas em todo momento. Às vezes eu não ganhava o jogo, mas jogava bem, isso já me deixava feliz. Com a derrota Ele faz com que algo mude nas pessoas do time que perdeu. Deus nos ensina na derrota também. Quando somos derrotados e depois ganhamos, valorizamos realmente a vitória. Deus não escolhe lados, ele está interessado nos resultados que Ele deseja alcançar. Revival - Quais foram algumas dificuldades que vocês passaram por serem imigrantes nos Estados Unidos? Emerson - As dificuldades dos imigrantes são bem parecidas. Independentemente da situação financeira, aqui a pessoa precisa ter um status imigratório, um visto, e tudo é muito complicado. Na Europa quando você compra um imóvel, você já tem o visto. Nos Estados Unidos você precisa se enquadrar na lei, só quem mora aqui sabe o quanto é difícil conseguir se regularizar junto a imigração e queríamos estar com a nossa situação resolvida. Se nós morássemos no Brasil ou na Europa seria tudo muito mais fácil com relação a tra-

www.revistarevival.com

balho, mas cremos que Deus teve um propósito com a nossa vinda para a América. Revival - Como última pergunta, quem é Deus para você? Emerson – Pela transformação que eu tive, hoje eu posso dizer que tenho uma afinidade com Deus. Ele é meu Pai, me sinto protegido por Ele. Ele é o que me conforta, que me estrutura, que me dá força nos momentos difíceis. Ele nos dá outros desafios para amadurecer, hoje compreendo e agradeço muito à Ele pela situação em que me encontro. Eu trocaria toda a minha vida profissional, se fosse possível, para ter conhecido Deus muito mais cedo em minha vida. Sou muito mais feliz hoje que não estou jogando futebol do que quando eu jogava. Só Deus pode fazer isso. Procure conhecer a Deus e você será honrado em sua vida.

Mayse Moraes

Farmacêutica; hoje faz parte da Before The Throne Church Parkland-FL @maysemoraes @MayseMoraesPhotography

FEV/2019

17


let's go! Hygor Fernandes

RIO DE JANEIRO SÃO PAULO

C

omo vocês devem saber, no mês de fevereiro é comemorado o carnaval no Brasil. No ano de 2019, em exceção, a data será nos primeiros dias de março e independente do mês, o carnaval faz cidades inteiras pararem para comemorar de todas as formas. Sendo assim, nada mais justo que falarmos sobre duas das maiores cidades que realizam essa grande festa.

Agente de viagem! Atua na área de turismo direto ao passageiro há quatro anos.“Viajamos, não para escapar da vida, mas para a vida não escapar de nós.” @nandes.hygor @hygor.henryque

na sua capital, fecha as ruas principais para o desfile dos “bloquinhos de carnaval”, que contam com celebridades comandando esses blocos, cantando muito e pregando igualdade, amor e paz no país.

Falaremos sobre a cidade maravilhosa que não deixa a desejar em nada. Com praias lindas, o Pão de Açúcar, Copacabana e Ipanema, o Rio de Janeiro lota as ruas e as praias de todo o estado. Com muita música, cultura e praia os cariocas dizem que têm o melhor carnaval do Brasil. Já São Paulo, que não tem praia Desfiles das escolas de Samba do Rio de Janeiro

Tanto no Rio como em São Paulo, nesta época as escolas de samba estão a todo vapor, realizando os desfiles. Geralmente começam a noite e terminam no dia seguinte quando o sol nasce. As escolas investem muito nisso e é lindo ver todas as pessoas fantasiadas e todos os carros alegóricos que foram projetados, feitos por quem é apaixonado pelo carnaval.

sita ou que pesquisa sobre Rio. As praias encantadoras, areia limpa e o calor que se faz presente quase o ano todo e no verão pode ultrapassar os quarenta graus, tonam o Rio uma das sete maravilhas do mundo. Por lá você pode fazer trilhas ecológicas, um passeio de helicóptero pela orla e também tomar bastante “sacolé” para refrescar no calor.

O Rio de Janeiro por si só já vale a visita, mesmo que seja feita fora dessa temporada de festas. Certamente você já deve ter visto o calçadão de Copacabana, ou o bondinho que vai até a ponta do morro, um dos pontos mais altos da cidade, e a figura mais expressiva, o Cristo redentor, que marca a memória de todo mundo que vi-

Além de tudo que pode ser feito na cidade do Rio, você pode explorar os lugares próximos, como por exemplo a região dos Lagos, que inclui Angra dos Reis, Paraty e arraial do cabo, todos esses lugares possuem praias que são próprias para banho, com o mar azul que permite muitas fotos lindas. No carnaval as praias costumam ficar lotadas e todo o comércio é preparado para receber os turistas da comemoração. Eles “arranham” no inglês e na língua que precisar, só pra fazer os turistas se sentirem em casa e voltarem no próximo carnaval. Você não pode deixar de conhecer o bairro da lapa, que com os seus “arcos da lapa” tonam a paisagem excêntrica. No orla das praias

Cristo Redentor

18

FEV/2019

www.revistarevival.com


let's go !

vocês podem encontrar muitos hotéis de luxo que hospedam todos os famosos que visitam a cidade. E por incrível que pareça, nas comunidades do Rio também tem turismo, você pode contratar um guia que te levará para conhecer a Rocinha e o Morro do Alemão, são duas das maiores e principais comunidades da cidade.

Já em São Paulo, como não tem praia na capital, a diversão é garantida nas ruas e praças da cidade. Os bloquinhos são o principal motivo que faz a população sair de casa. As pessoas se fantasiam, e podem ser o que elas quiserem, sem preconceito e sem se importarem com a opinião alheia, afinal, é carnaval.

Arcos da Lapa

Desfiles blocos de Carnaval de São Paulo

Se sua família é daquelas que acham praia indispensável, em São Paulo tem lugar pra vocês. Na parte litorânea são inúmeras praias e lugares para visitar, como Ilhabela, São Sebastião, Praia Grande e Baixada Santista. São Paulo é a cidade que nunca dorme, então você encontrará tudo que quiser e a hora que qui-

O principais blocos saem da praça da república e terminam na avenida paulista, que é muito frequentada pelos jovens da cidade.

ser na área central da capital. São muitos comércios que funcionam 24h e, as 4h da manhã já é possível ver a cidade se movimentando com as pessoas indo trabalhar. Como citei anteriormente, caso você visite São Paulo, não deixe de conhecer a avenida paulista, que possui muitos bares e restaurantes, e o mais legal é que aos

domingos a gigante avenida fica fechada para visitação, então vale a pena o passeio no final da tarde. Se você quer fazer umas compras, não pode deixar de visitar a 25 de março, famosa pelos comércios e coisas baratas. Pra quem gosta de história, é fundamental visitar o mosteiro e colégio de São Bento e a grande estação da praça da sé.

Av.Paulista www.revistarevival.com

FEV/2019

19


let's go!

Praça da Sé

O metrô integra a cidade inteira, o que torna bem mais fácil a locomoção para todos os lados. Se natureza é a sua vibe, pode visitar o parque do Ibirapuera e vila lobos, que são imensos e servem de encontro para famílias no pique nique, casais que curtem natureza e as crianças que se divertem andando de bicicletas e patins que podem ser alugados na entrada do parque.

da outra. Do Rio a São Paulo, do biscoito a bolacha (para quem já ouviu falar da “richa” de dialeto que existe entre as duas cidades) e do paulista ao carioca, no carnaval, todas as diferenças são deixadas de lado, com um único propósito: celebrar o amor e a vida. Na próxima edição, vamos falar sobre destinos ecológicos, que estão virando tendência aqui no Brasil.

Na mesma viagem você pode combinar as duas capitais, já que uma está a quarenta minutos de avião Aguardo vocês!

20 FEV/2019

www.revistarevival.com


coluna Tatyana Melo

@decisionlearningcenter

Psicopedagoga e CEO Flórida-USA Decision Learning Center

BENEFICIOS DA MÚSICA PARA CRIANÇAS

N

ão é de hoje que a música é apontada como uma das áreas de conhecimento que mais impulsionam o desenvolvimento infantil. Desde muito cedo, a música adquire grande importância na vida de uma criança. Você com certeza deve lembrar de alguma música que tenha marcado sua infância e, junto com essa lembrança, deve recordar as sensações que acompanharam tal execução. Além de sensações, através da experiência musical são desenvolvidas capacidades que serão importantes durante todo o crescimento infantil. A linguagem musical promove a integração entre o corpo e a mente, a sensibilidade e a razão, a técnica e a criatividade.

uma música ela vai armazenando palavras ao seu domínio. Mesmo quem não está alfabetizado vai adquirindo, ao longo do aprendizado, elementos que serão úteis para a formação das frases. Nessa etapa de aquisição do processo da leitura e escrita, a criança é muito mais estimulada por meio da música. Através das canções infantis, as sílabas são rimadas e repetitivas, e acompanhadas de gestos que se fazem ao cantar, a criança melhora sua forma de falar e de entender o significado de cada palavra. E assim, aprenderá a ler e escrever de uma forma mais prazerosa e segura.

A música também é benéfica para a criança quanto ao poder de concentração, além de melhorar Quando a criança canta ela trabalha sua concen- sua capacidade de aprendizagem em matemática. tração, memorização, consciência corporal e coor- Além disso, facilita a aprendizagem de outros idiodenação motora. Quando a criança ouve ou canta mas, potencializando sua memória. O que a música proporciona para crianças: •Melhora a coordenação motora •Desperta a sensibilidade e criatividade •Ajuda à criança a comunicar-se •Aumenta a autoestima •Aprendizagem do alfabeto, de ritmos, etc. •Amplia o vocabulário •Estimula o exercício físico E então, você já está pensando em alguma música para cantar junto com seu filho? Aproveite, cante, brinque, dance e divirta-se com ele. Quando você canta ou usa a música para se comunicar com ele, existe o contato visual, a troca de olhares, o toque da brincadeira, o sorriso, tudo isso são estímulos fundamentais para um desenvolvimento saudável e feliz. Foto - Pexels

www.revistarevival.com

FEV/2019

21


LANÇAMENTO DA BOSTON EVENTOS INC. AGITA MASSACHUSETTS

Thaís Partamian Victorello

Jornalista Boston-USA @thaisvictorello

O coquetel contou com a participação de grandes empresários, parceiros, sponsors e convidados

A equipe da Boston Eventos reunida durante o coquetel de lançamento da empresa – Foto: Divulgação

C

om o objetivo de ser um di- mento oficial da empresa e a diferencial no quesito “show vulgação das vendas do primeiro business brasileiro”, o eco- lote de ingressos para o primeiro nomista e empresário Tiago Pra- show de 2019: Alexandre Pires, do, CEO da Boston Eventos Inc., que após uma trajetória de 30 entrou no ramo das grandes pro- anos de carreira na música, virá se duções e espetáculos determina- apresentar pela primeira vez em do a trazer para Massachusetts os Boston dia 1° de junho e trará “O melhores shows, proporcionando baile do nêgo véio”, um show com a comunidade e ao artista uma mais de três horas de duração, verdadeira experiência, diferen- onde ele canta não somente as Tiago Padro, Romulo Berto e Tony Silva prometem agitar Boston com os melhores shows te de tudo que já viram. “A ideia principais músicas de sua traje- Foto: Divulgação é fazermos a diferença, com muita tória no grupo “Só pra contrariar” garra, disposição e profissiona- e em carreira solo, mas todos os O evento também contou com lismo. Diferente de tudo o que os principais hit’s brasileiros dos um delicioso coquetel preparado especialmente pela renomabrasileiros daqui dos EUA já viram”, anos 90. da chef Luciana Tenan, com relatou durante o coquetel uma grande variedade de de lançamento da empresa finos aperitivos tipicamente que aconteceu no dia 17 de brasileiros e a participação Janeiro, na cidade de Arlindo Dj Alex, que animou a gton (MA). Grande parte da todos com um repertório de mídia brasileira local, além músicas que farão parte do de convidados, empresáshow do Alexandre Pires, já rios, sponsors e parceiros para deixar a todos no cliestiveram presentes para ma desse que é o show mais celebrarem junto à equipe da Boston Eventos, o lança- Alexandre Pires traz para Boston os melhores hit’s dos anos 90 com aguardado do ano. um show de mais de 3 horas de duração – Foto: divulgação

22

FEV/2019

www.revistarevival.com


www.revistarevival.com

FEV/2019

23


ENTREVISTA DR. AUGUSTO CURY Muito além dos livros

E

le dispensa apresentações, mas é sempre bom e inspirador relembrar um pouco da incrível trajetória de sucesso desse médico psiquiatra, psicoterapeuta, pesquisador e escritor com três décadas de carreira. Apresento-lhes o Dr. Augusto Cury! Ele alcançou o reconhecimento nacional e internacional, tornando-se o autor mais lido da última década pelos leitores brasileiros. Seus livros são publicados em mais de 70 países,

Revival - O que o motivou a estudar a mente humana através da psiquiatria? Antes de optar pela medicina pensou em estudar alguma outra área? Augusto Cury - Não! Sempre sonhei em fazer medicina! No segundo ano da faculdade decidi fazer psiquiatria. O complexo mundo da mente humana me fascinava. Aliviar a dor cálida e invisível produzida no território da emoção me motivava. Ser um psiquiatra para mim é ser um artesão que trabalha com ferramentas complexas, mas essenciais para se ter uma mente livre numa sociedade altamente estressante e consumista. Revival - Quando o senhor percebeu que tinha o dom da escrita para passar os seus conhecimentos através dos livros? Atualmente quem é o seu autor favorito?

24 FEV/2019

por Thaís Partamian Victorello

tendo ultrapassado a incrível marca de mais de 30 milhões de livros vendidos somente no Brasil. Pós-graduado na PUC de São Paulo e em universidades na França e Espanha, suas obras tratam de temas que tem influenciado cada vez mais a sociedade atual, tais como: educação, inteligência emocional, relacionamento entre pais e filhos, autoconhecimento e doenças contemporâneas.

Mais do que “simples livros”, suas obras inspiram pessoas no mundo todo, fazendo as refletir sobre como tornarem-se autores de suas próprias histórias. Por essa razão, por onde passa, ministrando palestras, o Dr. Augusto Cury atrai multidões. Muito simpático Dr. Augusto Cury atendeu ao nosso pedido de entrevista e, com exclusividade, bateu um papo com a repórter Thaís Partamian Victorello, e você pode conferir agora.

Augusto Cury - Meus autores favori- dores me asfixiam? Foi uma jornada tos são os filósofos, como Kant, Sartre, incrível em minha produção de pensaSpinosa, os socráticos! Quanto a mi- mentos! Durante 20 anos escrevi mais nha trajetória como escritor, escrevo de 3000 páginas sobre o funcionamencompulsivamente desde o final do se- to da mente antes de publicar meu prigundo ano da faculdade de medicina! meiro livro. Num país que não valoriza Tudo começou quando passei por uma os seus cientistas adequadamente, em crise emocional, um estado depressivo! destaque a produção de ciência básiNeste período dolorica, eu construí uma A família moderna se do, mas importantísnova teoria sobre a tornou um grupo de construção de pensimo da minha história, entendi que ou a samentos, o processo estranhos, onde pais e de formação do Eu, dor me destrói ou me filhos estão próximos constrói. Eu a usei para as ferramentas de construir. Procurei um gestão da emoção, fisicamente, mas muito os papéis conscienendereço fundamendistantes interiormente. tal que poucos encontes e inconscientes tram, dentro de mim mesmo! Fazia mil da memória, bem como o processo de perguntas, como: Por que não tenho formação de pensadores. Não é fácil autocontrole? Por que não sou líder da produzir novas ideias num mundo raminha emoção? Como penso? Por que cionalista e engessado mentalmente. penso? Qual a natureza dos pensamen- Foi uma trajetória muito difícil, mas satos? Por que os pensamentos perturba- turada de prazer e aventura. www.revistarevival.com


capa Revival - Seus livros já foram publicados em mais de 70 países, tendo mais de 30 milhões de exemplares vendidos somente no Brasil. A que se deve esse sucesso e quando começou a escrever, imaginou que teria esse alcance? Augusto Cury - Acreditava que poderia contribuir com pessoas de todos os povos e culturas, seja com os fenômenos que estão nos bastidores da mente humana, seja com as técnicas de gestão da emoção para que aprendamos a ser autores de nossa própria história, ou mesmo com ferramentas para formar pensadores e mentes saudáveis! Mas era difícil imaginar que livros de Psicologia, Psiquiatria e Psicopedagogia aplicadas pudessem impactar pessoas de todos os níveis: de magistrados à réus, de médicos à pacientes, de educadores à alunos. O meu sucesso, como todo sucesso, é efêmero. Estou convicto de que a vida é breve como gotas de orvalho. Por isso, o culto à celebridade é um sintoma de uma sociedade doente. Não tenho o mérito de ser o psiquiatra mais lido do planeta ou escritor mais lido do Brasil. Sou um simples ser humano em construção que provoca outros seres humanos também se reinventarem, serem resilientes, autônomos e emocionalmente saudáveis!

Ao analisar a complexa mente de Jesus, passei a crer em Deus. Revival - Você acredita que os e-books irão substituir os livros impressos, assim como portais de notícias e redes sociais tem substituído revistas e jornais? Augusto Cury - Sou muito romântico, amo os livros impressos, mas essa geração que quer tudo rápido e pronto, a geração digital, cada vez mais deve abandonar o livro impresso e se fixar em livros digitais. O que me preocupa é que os jovens de hoje não tem paciência para ler livros densos e profundos, o que compromete a consciência crítica e o debate de ideias. São mendigos emocionais! Revival - Como autor, como o senhor consegue estimular a consciência crítica no leitor? Augusto Cury - através de várias técnicas e ferramentas: 1- levando-os a pensar como humanidade e não apenas como um grupo social político, religioso ou cultural. 2- estimulando-os a exercer a arte da dúvida, que é o princípio da www.revistarevival.com

sabedoria da filosofia. Ninguém produz novas ideias se não aprender a duvidar das suas verdades, autoritarismo e autossuficiência. 3- conduzindo-os a aprender a serem gestores de sua mente. Só podemos ser líderes brilhantes no teatro social se primeiramente aprendemos a liderar a nossa própria psiquê. 4- Levá-los a entender que a mente, constrói fantasmas mentais, preocupações tolas, autopunição e necessidades neuróticas de poder, de estar sempre certo e de ser o centro das atenções sociais. Revival - Em entrevistas o senhor já afirmou ter sido “um dos maiores ateus que pisou nessa terra”. O que o fez mudar de opinião? Augusto Cury Muitos se afastaram de Deus através da ciência, eu fui ao contrário. Antes, para mim Deus era fruto de um cérebro apaixonado pela vida, mas que resistia ao seu caos na solidão de um túmulo. Por isso pensava que o próprio cérebro criava a ideia de Deus para se aliviar. Mas depois, quando estudei a mente de Jesus sobre os ângulos da psiquiatria e psicologia, fiquei perplexo. Percebi que Jesus Cristo não cabe no imaginário humano. Por exemplo, no exato momento em que Pedro o nega pela terceira vez, o Dr. Lucas (tinha de ser um médico para observar esse comportamento) detectou que Jesus fitou os olhos em Pedro. Ele parecia estar gritando sem dizer palavras, eu te compreendo: nunca alguém tão grande se fez tão pequeno para tornar os pequenos tão grandes. Freud baniu da família psicanalítica quem o contrariou, como Carl Jung! Ao analisar a complexa mente de Jesus, passei a crer em Deus, mas não defendo uma religião. Para mim uma pessoa madura é capaz de respeitar os diferentes e não excluí-los! Revival - Algumas de suas obras falam sobre a relação entre pais e filhos. Nos dias atuais quais são os maiores desafios na educação? Augusto Cury - A família moderna se tornou um grupo de estranhos, onde pais e filhos estão próximos fisicamente, mas muito distantes interiormente. Eles entram nas redes sociais, mas não sabe entrar na história um do outro. Eles falam de política economia esportes, mas não falam sobre essencial, sobre suas lágrimas, seus sonhos e pesadelos. A sociedade digital está adoecendo rápida e coletivamente. Aumentamos em mais de 100% o índice de suicídios entre crianças e adolescentes de 10-14 anos nos últimos três anos nos Estados Unidos. Há uma verdadeira explosão de suicídios. Por FEV/2019

25


isso Academia de Gestão de Emoção que dirijo, que é minha academia de cursos on-line para treinarmos pessoas a serem líderes de si mesmos, tem desenvolvido cursos também gratuitos. Um deles é o curso “você é insubstituível” - uma vacina emocional contra transtornos psíquicos e suicídios. É o primeiro programa mundial de gestão da emoção para prevenção destes males. E a Revival, revista que me faz esta entrevista, pode ser embaixadora deste programa! É só divulga-lo de todas as formas como tem feito a Polícia Federal e Associação de juízes do Brasil. www. voceeinsubstituível. com.br. Revival - Como o excesso de estímulos e informações podem afetar as habilidades sócio emocionais das crianças, a relação com os pais e o convívio no meio em que vivem? Augusto Cury – Na minha área de pesquisa descobri um fenômeno chamado RAM (registro automático da memória)! Ele é um biógrafo não autorizado do cérebro, capaz de registrar todos os pensamentos e emoções, tanto sau-

26 FEV/2019

Ser um psiquiatra para mim é ser um artesão que trabalha com ferramentas complexas, mas essenciais para que possamos ter uma mente livre numa sociedade altamente estressante e consumista.

seja, crianças e adultos que precisam de muitos estímulos e reforços para sentir migalhas de prazer!

Revival - Qual conselho o senhor daria a esses pais? Augusto Cury - Grande parte das crianças e adolescentes nos Estados Unidos, bem como em todos os países da atudáveis como asfixiantes, saturando alidade, os filhos e alunos estão deseno córtex cerebral. Nesta era, a era da volvendo a Síndrome do Pensamento intoxicação digital, do vício em smar- Acelerado! Mas infelizmente médicos tphones e redes sociais, uma criança psiquiatras, neurologistas e pediatras de sete anos de idade hoje tem mais estão confundindo essa síndrome com informações que um imperador roma- o transtorno de déficit de atenção ou no tinha no auge de Roma. Isso produz hiperatividade, e prescrevendo droga uma síndrome que eu descobri, a SPA da obediência sem a necessidade. Um (síndrome do pensamento acelerado), desastre sem precedente. Espero que os sintomas são: sofrimento por ante- meus livros, inclusive o que lancei há cipação, dificuldade em conviver com pouco tempo “Prisioneiros da mente”, pessoas lentas, fadiga ao acordar, do- que pode ser adquirido pela Amazon res de cabeça e musculares, déficit de brasileira, pois ainda não foi publicado concentração e de memória e outros! A nos Estados Unidos - possa contribuir SPA está gerando para entender que A família moderna se tora era dos “mendino cérebro hugos emocionais”, nou um grupo de estranhos, mano podemos mesmo morando onde pais e filhos estão pró- construir mais ximos fisicamente, mas muito em palácios, ou presídios do que

distantes interiormente.

www.revistarevival.com


nos países mais vioElogiem três vezes que falam sobre o lentos do mundo. por dia a quem amam funcionamento da Infelizmente a humente, portanto e parem de ser um manidade se conapontador de falhas, para pensadores verteu num manie universidades, pois quem é especômio a céu aberto. além de escrever cialista em criticar e romances psiquiáMeus conselhos ou corrigir erros está orientações para os tricos, sociológicos apto para conviver e e psicológicos para pais são: Primeiro concertar máquinas, o público em geral! - protejam as suas mas não a formar emoções e as dos Tenho o projeto de pensadores! seus filhos, façam a expansão do protécnica de gestão da grama Escola da emoção chamada de DCD (duvidar, Inteligência, que é provavelmente criticar e determinar). Segundo- do- o primeiro programa de gestão da em-se, mas aprendam e ensinem seus emoção para crianças e adolescenfilhos a diminuírem a expectativa do tes. Temos cerca de 400 mil alunos retorno, pois os íntimos são os que aplicados em mais de 1000 escolas! mais podem nos ferir. Terceiro: elo- Vamos expandir para China e EUA giem três vezes por dia a quem amam e outros países! E por fim quero alae parem de ser um apontador de fa- vancar projetos de cinema e seriados, lhas, pois quem é especialista em criti- a partir de livros, como “O homem car e corrigir erros está apto para con- mais inteligente da história”, “O futuviver e concertar máquinas, mas não ro da humanidade”, “prisioneiros da a formar pensadores! Quarto - Sigam mente” e outros. Estamos indo para meu Instagram oficial, pois nele não o streaming! Queremos que as ferrahá culto à personalidade, mas técni- mentas de gestão da emoção possam cas para ser líder de si mesmo! Quinto também, através das telas, contribuir - Se puderem, façam meus cursos On não apenas para entreter e animar o line de gestão de emoção! É só aces- expectador, mas também conduzir o sar www.gestaodaemocao.com.br. ser humano de todas as raças, cultuQuem não tiver recursos, saiba que ras, sexo, idade a se tornar autor da temos cursos gratuitos! Inclusive um sua própria história e não um escravo curso muito importante que milhares vivendo em sociedades democráticas. de pessoas estão fazendo e estão ex- Por isso término essa entrevista com tremamente entusiasmadas é o curso uma mensagem: “O melhor ano da sua história” (www. melhorano.com.br)! Milhares de pes- Que o seu eu seja autor da sua hissoas estão indo as lágrimas com estes tória, e se for autor, não tenha medo cursos e aprendendo as ferramentas de errar! E se errar não tenha medo de gestão da emoção para desenvol- de falhar! E se falhar, não tenha ver uma mente brilhante e uma emo- medo de chorar! E se chorar, repenção saudável! se sua vida, mas jamais desista de você, nem de seus sonhos e nem Revival - Quais são seus projetos muito menos das pessoas que vocês para 2019? amam! Vale a pena viver a vida, pois Augusto Cury - Tenho muitos pro- depois da mais dramática tempesjetos para 2019 e para os próximos tade, surge sempre um belo amaanos! Em destaque escreverei livros nhecer!

Thaís Partamian Victorello Jornalista Boston-USA @thaisvictorello www.revistarevival.com

FEV/2019

27


capa

GRETCHEN

Rainha do bumbum, da internet, dos memes e do ENEM por Roberto Rodrigues

Quando falamos em Gretchen, as primeiras palavras que nos vem à mente são modernidade (pelo relacionamento na internet, onde reina plena e absoluta) e carisma (coisa que ela tem de sobra).

Charo, a bombshell latina que explodia nas pistas das discotecas e eu estava em frente à TV, e ainda me lembro dessa estréia ousada em uma fase no país onde ainda se respirava os últimos ares Ao lado de Tom Jobim, Pelé, Gise- do militarismo no comando. le Bündchen, Ronaldo, Neymar e Carmen Miranda, é uma das artis- Com uma bem-sucedida tas brasileira mais conhecidas no carreira musical, vendeu mundo. Coleciona fãs dos 6 aos milhões de discos e empla60 anos de idade e através de suas cou sucessos como "Conmensagens nas redes sociais já aju- ga, Conga, Conga”; "Melô do dou muita gente a se reinventar, Piri"; "Melô do Pata", que lhe entender seus filhos e até a sair da rendeu discos de ouro e de depressão. platina. Virou presença constante em programas de TV Guerreira, bem-humorada, justa, como Globo de Ouro, Hebe, generosa e muito sincera, Gretchen Chacrinha, Bolinha. Também comemora mais de 40 anos de car- fez participações no cinema reira e a cada dia está mais atual. Já e ganhou notoriedade em recebeu títulos de "rainha do bum- reality shows como "Troca de bum", "rainha dos memes", "rainha Família"; “Power Couple" e "A da internet", "musa do ENEM" e sua Fazenda". presença é disputa nos programas de TV no Brasil, porque a audiência Casada com o português é garantida. Carlos Marques, Gretchen reside na Europa e tem sete Maria Odete Brito de Miranda é filhos (Thammy, Serginho, carioca, começou a carreira como Décinho, Gabriel, Jenny, Vacrooner da banda do Maestro lentina e Giulia). Záccaro, integrou o grupo "As Melindrosas" ao lado das irmãs Sula Os "memes" que a tornaram e Yara e a prima Paula. Estreou na conhecida mundialmencarreira solo cantando a sexy music te, no início a assustaram! “Dance with me" no Programa Car- Quando vi aquilo, questiolos Imperial. A música criada por nava com meus filhos: o que Mister Sam, tinha como inspiração estão falando de mim, eu a música "Dance a litle bit closer" de não disse isso, vou enviar 28 FEV/2019

www.revistarevival.com


capa

isso para a minha advoga- show de Katy, Gretchen foi ovada". cionada por quase 40 mil pessoas que lotavam o espaço para o E os "memes" transforma- show e foi emocionante. ram Gretchen em um fenômeno das redes sociais e Morando atualmente na França e mundialmente conhecida. com vindas estratégicas ao Brasil Além disso aproximou Gre- para cumprir agenda de trabatchen de ídolos mundiais lho. Gretchen acaba de lançar a como Bruno Mars, Ariana música "Chacoalha" (feita por LuGrande e Nick Minaj que in- dmilla especialmente para ela) e teragem nas redes e foi atra- participou da música "Bumbum vés desse relacionamento Gourmet" do J. Brasil cantando que Katy Perry decidiu se em inglês. aproximar de Gretchen o que ampliou sua visibilida- Gretchen se diz aposentada, mas de nas redes. pelo visto e pelo volume de solicitações de trabalho, a aposenta"Recebemos, através da mi- doria está bem além da realidanha gravadora, um e-mail de, para a alegria de seu enorme dos agentes de Katy Perry número de fãs. interessados na gravação de um (lyric) vídeo comigo. Ini- Em 3 de julho de 2017, estreou o cialmente pensamos que se primeiro videoclipe (lyric video) tratava de alguma pegadi- de "Swish", de Katy Perry, protanha, mas pedi aos meus em- gonizado por Gretchen. O vídeo presários para verificarem a se tornou um hit internacional, veracidade da informação e onde repercutiu por todo munpara nossa alegria era real". do, inclusive no Brasil. Na época, Gretchen chegou a noticiar que O clipe foi gravado em com- havia mudado seu salário de 8 panhia do FitDance em Sal- mil reais para 25 mil reais para vador e acompanhado por participar de eventos. Graças ao Katy Perry que fazia ques- lyric video, Swish se tornou muitão de dar todas as coorde- to popular nas rádios brasileiras. nadas em relação à partici- Atualmente, o vídeo de Gretchen pação de Gretchen. Até o ultrapassa os 80 milhões de visufechamento dessa matéria alizações no YouTube. Ainda no tinha mais de 84 milhões de mesmo ano, Gretchen assinou views no Youtube. contrato com a Universal Music e no dia 27 de novembro ela lanGretchen e Katy Perry se co- çou sua coletânea intitulada ‘The nheceram no Allianz Park e Queen’, com o single inédito “Fala sintonia entre as duas foi sa Fada”, em parceria com o DJ enorme. Ao participar do Rody.

Roberto Rodrigues

Jornalista, assessor de imprensa, relações públicas e CEO da Talentmix Comunicação

@robertoassessor www.revistarevival.com

FEV/2019

29


ENTREVISTA O MULTIFACETÁRIO FELIPE TITTO

por Thaís Partamian Victorello

A

os 32 anos de idade, além de fazer sucesso com o público jovem e ser sinônimo quando o assunto é saúde e beleza, Felipe Titto também é um artista completo e multifacetário. É ator, modelo, empresário e apresentador de televisão. Com mais de 10 anos de carreira ele tem se destacado em todas essas áreas em que atua.

C

onfira agora a entrevista exclusiva que a repórter Thaís Partamian Victorello , da revista Revival USA, fez com Felipe Titto. A Revival Usa, traz com exclusividade assuntos sobre paternidade, empreendedorismo e a relação com os fãs nas redes sociais.

Revival - Como e quando surgiu o interesse pela arte circense? Felipe Titto - Entrei no circo porque eu era uma criança hiperativa, e ainda sou! Dá pra perceber pela velocidade em que eu falo, pelo pouco que eu durmo. Durante minha infância fui uma criança insuportavelmente hiperativa. E para gastar energia, minha mãe me colocou no circo pra que assim eu conseguisse me cansar um pouco e pudesse dormir ao menos quatro horas seguidas. Revival - Como surgiu a oportunidade de atuar na televisão? Felipe Titto - Quando entrei pra “Malhação”, quando tive meu primeiro contrato longo, estava no momento mais baixo dos baixos. Hoje eu já consigo me manter, ajudar minha família e investir em novos negócios. No meio disso tudo eu descobri uma grande veia empreendedora e grandes parceiros de vida! Revival - Em mais de 10 anos de carreira você atuou em diversas produções de TV. Qual o personagem que mais te marcou? Felipe Titto - Todo personagem tem seu valor e espaço em minha vida, escolher apenas um é bem difícil, mas gostei mui-

30 FEV/2019

to de fazer o personagem Wagner Carvalho de “Amor a Vida”. Tenho uma tatuagem de andorinha no pescoço por conta desse personagem. Revival - Como é a sua rotina quando não está gravando? Felipe Titto - Tudo é muito corrido. Quando não estou gravando, tenho outros compromissos de trabalho a cumprir, fotos, campanhas, presenças, empresas. Enfim, acho que nunca existe uma rotina. Revival - O que você mais gosta de fazer nos momentos de folga? Felipe Titto - Eu gosto de assistir a vídeos no YouTube e aproveitar ao máximo os momentos em família, que nem sempre a correria do dia-a-dia me permite. Revival - Como aconteceu o convite para ser apresentador de TV? Felipe Titto - Apresentar sempre foi uma coisa que eu busquei na minha carreira, eu gosto de entretenimento. Eu já tinha apresentado dois outros programas na

Foto - Fernando Torquatto www.revistarevival.com


MTV o “Ridículos” e o “Are You The One” por duas temporadas. Quando acabou a novela, “O Outro Lado do Paraíso”, o Boninho me chamou para ser repórter do “Vídeo Show” e eu agarrei. Adoro novos desafios e estar do outro lado entrevistando o público para mim é muito interessante. Revival - Como surgiu a ideia e como funciona o Centro de Convivência Esportiva Be The Best? Felipe Titto - Surgiu da vontade que eu tinha de juntar todas as modalidades que eu gosto, em um só lugar. Funciona da seguinte forma: O aluno faz a matrícula e está apto a usar todo o espaço para praticar todas as modalidades nos horários de acordo com a disponibilidade dele. Ainda tem acompanhamento particular de um coach em tempo integral. No Centro de Convivência temos arte circense, le parkour,

escalada, cross fit, futebol, entre outras. Revival - Como é a sua relação com seus seguidores nas redes sociais? Felipe Titto – É bem dinâmica e próxima. Eu adoro manter o contato com meu público, pois eles são o meu termômetro. Sempre que posso respondo e tento ver tudo que eles mandam e falam o tempo todo. Revival - Quando você decidiu passar uma temporada nos EUA? Onde e como foi a experiência? Felipe Titto - Decidi quando eu era adolescente. Eu pintava portões para ganhar um trocado até decidir tentar uma bolsa de estudo em Los Angeles. Ganhei uma de 98% para estudar Arte da Culinária e fui sem falar nada de inglês. Trabalhei como garçom, cozinheiro e chef de cozinha, e hoje falo inglês, espanhol e arrisco um pouco de hebraico.

Foto - Fernando Torquatto

Revival - Você foi pai muito jovem e hoje já tem um filho adolescente. Como é o relacionamento de vocês e o que mais gostam de fazer quando estão juntos? Felipe Titto - Ele se sente bem em falar para os amigos que o pai dele trabalha como ator na novela, na TV. Ele fica muito feliz quando vou pessoalmente busca-lo na Escola. Agora decidiu ser ator também e para isso está iniciando um curso de teatro. Ele é meio desconfiado e como diz o ditado, tem um pé atrás com as pessoas, viu? Quando ele era menor e a gente ia passear no shopping, ele ficava bravo, falava que não podia falar nada, que as pessoas estavam sempre tirando fotos. Agora ele já sabe, já tem 14 anos, é um “aborrescente” insuportável, que quer dar opinião em tudo (risos). Mas fico muito feliz com o orgulho que ele tem de mim. Revival - Qual é o seu maior sonho? Felipe Titto - Eu sempre sonhei em trabalhar com arte, poder me sustentar só com a minha arte e hoje só o fato de fazer o que eu gosto e ganhar dinheiro com isso, pra mim é o suficiente. Quanto a consumir alguma coisa, eu tenho coleção de boné e tênis, coisas que eu via meus amigos ricos comprando e não podia. Devo ter uns 300 bonés, (risos).

Thaís Partamian Victorello Jornalista Boston-USA @thaisvictorello

Foto - Fernando Torquatto www.revistarevival.com

FEV/2019

31


esportes Fábio de Camargo

TRENTIN

Publicitário, Fundador da F/Sam Business, Master em Gestão de Marketing esportivo e Assessoria de Imprensa São Paulo, SP - Brasil @fabiocamargo.oficial

A TRAJETÓRIA BEM SUCEDIDA!

S

em saber do sucesso que o aguardaria, decidiu arriscar sua vida para um ciclo empreendedor. Quando tudo parecia que não, Trentin com a sua fé inabalável, decidiu enfrentar barreiras para o novo tempo, um novo tempo que o levou a conhecer oportunidades que o fizeram impulsionar sua carreira de forma prazerosa e autêntica. Wagner Trentin trabalhou durante 9 anos no banco Bradesco na área de investimentos, sempre com o foco de buscar as realizações dos seus sonhos e projetos. Nos últimos 6 anos no Bradesco, Wagner foi transferido para uma agência que atendia os atletas do Palmeiras e do São Paulo, e nesse período ele começou a se relacionar e conviver com pessoas do mundo do futebol. Hoje, Trentin se considera um privilegiado, por não ter sido atleta profissional e trabalhar em uma área completamente diferente. Seguir uma carreira no esporte é sempre desafiador, porém devemos enfrentar novos desafios que a vida nos proporciona

Foto - Arquivo Pessoal

e foi campeão paulista saindo da Várzea aos 22 anos. O treinador Gilmar Tadeu, William Coração Valente (Toluca México), Luís Gustavo (São Paulo sub17) Alberto (Palmeira sub20) Jhonatha Campos (Ituano). Hoje a Wtrentin sports, faz intermediações em países como Coréia, Mundo Árabe, e o seu principal mercado é o México. A lista de atletas completa você pode acompanhar no site: Wtrentinsports.com.br.

O empresário sempre contou com o apoio da família. A grande inspiração para chegar ao sucesso, foi ser usado para mudar a vida de sua família e da família dos atletas que acreditaram nele. Mas para Trentin não foi fácil. Ele teve que tomar coragem de sair da zona de conforto, onde tinha um bom salário no banco e arriscar no “novo”, sem saber ao menos se poderia dar certo. Wagner enfrentou as incertezas do mercado. Teve que lidar com pessoas que se vendiam e não mantíam a palavra. Principalmente os egoístas e soberbos. Sua carreira como empresário no futebol foi marcada por grandes atletas, sendo o primeiro Jorge Prea, atacante que marcou um gol muito importante contra a portuguesa em 2008 Foto - Arquivo Pessoal

32

FEV/2019

www.revistarevival.com


Para todo sucesso existe sempre um segredo. Para o Wagner, o sucesso é a consequência do trabalho, informações, tomada de decisões, transparência, honestidade e caráter. O empresário tem uma grande re- Foto - Arquivo Pessoal lação com seus atletas, uma relação de carinho, confiança, correções, planejamento e acima de tudo transparência e honestidade. Quando é necessário pega firme e também abraça. Trentin além de ser empresário no futebol, segue uma fé cristã, atuando como pastor evangélico. Sua atividade pastoral não influenciou em sua carreira, pois todo seu sustento veio completamente do suor de seu trabalho através do futebol. Muitos perguntam: como é ser empresário e pastor? " É você andar mais

próximo da verdade, ser transparente, não negociar seus valores e saber que tudo passa. O principal objetivo é ser uma benção na vida das pessoas que ninguém acredita, marcar a vida delas para saberem que tudo vem de Deus". Baseado em sua fé, o empresário diz que é esse ato que lhe dá equilíbrio nas decisões, nas frustrações, nas decepções, angústias, bem como nas alegrias. "Deus é meu refúgio e fortaleza". Como todas as carreiras de sucesso, há sempre desafios a serem enfrentados e para Wagner foi lidar com a hipocrisia e com os mentirosos que fazem qualquer coisa por dinheiro. Com tantas dificuldades e barreiras para a realização do seu sonho como empresário, Trentin nunca pensou em desistir. Chegou até a ficar desanimado, porém sem anular seu sonho, pois diz ter a convicção de que está debaixo de uma instrução

superior, dentro de um propósito maior que bens materiais. Cresci muito - do fracasso, a ser um vitorioso que ninguém acreditava. Fora do futebol, Wagner Trentin procura cuidar de sua família, ir aos cultos, viajar, sair para jantar, tomar aquele bom café com os amigos, falar das maravilhas que Deus fez em sua vida e que pode fazer o mesmo na vida das pessoas que abrem a porta para Deus. “A maior riqueza não está no dinheiro e sim saber viver através do que ele te proporciona". Como todo ser humano, sempre há sonhos a serem realizados e para Trentin, seu maior sonho profissional é ter atletas consolidados na seleção brasileira, disputando copa do mundo. O complemento é estar na arquibancada vibrando e vivendo o sonho com os atletas. Em tudo isso, o mais importante para ele é ser um canal de benção na vida dos atletas. Desta forma passar a eles que tudo é possível àqueles que crêem em Deus. O Sonho familiar é envelhecer ao lado de sua esposa servindo a Deus, vendo seus filhos vencerem e servindo a Deus em amor. Um simples gesto que serve como exemplo para todos.

Foto - Arquivo Pessoal www.revistarevival.com

FEV/2019

33


coluna Maykon Oliveira

SUICIDIO NÃO É FRAQUEZA!

N

o artigo anterior falamos sobre a depressão, uma das causas do crescimento do suicídio no mundo. Nesse artigo falarei sobre o tema suicídio que tem crescido em todo território mundial. Segundo dados da OMS, a cada ano, cerca de 800 mil pessoas tiram a própria vida e um número ainda maior de indivíduos tenta

Psicólogo, atuante como Gestor de RH Jundiaí, SP - Brasil maykonjefferson.paiva

tativa de suicídio.

suicídio.

O suicídio é um fenômeno presente ao longo de toda a história da humanidade. É um comportamento com determinantes multifatoriais e resultado de uma complexa interação de fatores psicológicos e biológicos, inclusive genéticos, Definição de suicídio. culturais e socioambientais. DesO suicídio pode ser definido como sa forma, deve ser considerado um ato deliberado contra a própria como o desfecho de uma série de vida, executado pelo próprio indi- fatores que se acumulam na hisvíduo, cuja intenção seja a morte, tória do indivíduo, não podendo de forma consciente e intencional, ser considerado de forma casual e mesmo que ambivalente, usando simplista apenas a determinados um meio que ele acredita ser letal. acontecimentos pontuais da vida O comportamento suicida tem o do sujeito. É a consequência final “start” nos pensamentos, nos pla- de um processo. nos arquitetados e por fim na tenCada suicídio é uma tragédia que afeta famílias, comunidades e países inteiros. Os efeitos de tal atitude são duradouros sobre as pessoas deixadas para trás.

Sinais de uma pessoa com ideias suicidas. Mudanças marcantes na personalidade ou nos hábitos; comportamento ansioso, agitado ou deprimido. Mudança do desempenho escolar e no trabalho ou em outras atividades que costumava manter; afastamento da família e de amigos; Perda de interesse em atividades que gostava; Descuido com a aparência; Mudança no padrão usual de sono; Comentários negativos em relação ao futuro, desesperança.

compartilharem serão julgadas. Os filhos se suicidam por não conseguirem compartilhar suas necessidades e conflitos com os pais; esposo (a) com os seus cônjuges. Observamos também líderes religiosos como pastores, que cuidam de tantas pessoas, porém não tem confiança em quase ninguém para compartilhar as suas questões emocionais, pois temem ser julgadas.

Pessoas nestas condições, precisam ser ouvidas sem julgamentos. Elas têm a necessidade de serem amadas. O suicídio não escolhe crença, idade, raça ou condição social. Em muitos casos as pessoas sentem medo de serem julgadas por uma atitude que cometeram. Elas possuem um pensamento disfuncional, que se 34 FEV/2019

FOTO - Google Images www.revistarevival.com


coluna

Prevenção

profissional da saúde.

Talvez você esteja se perguntando como fará para se prevenir desta situação ou ajudar alguém que esteja nesta condição. Diante dos eventos que ocorrem, as pessoas com ideias suicidas interpretam e reagem de acordo com sua cognição e a forma como enxergam o mundo. Entretanto, muitas vezes, tais interpretações estão distorcidas em relação à realidade do sujeito, podendo provocar comportamentos disfuncionais.

Proteja: Caso exista perigo imediato, procure não deixar esta pessoa sozinha, é importante assegurar que ela esteja exposta a facilidades e meios para provocar a própria morte! Afaste materiais perigosos como armas de fogo, facas, medicamentos, etc.

Identificar: Identifique risco de suicídio, através dos sinais descritos.

Recado para você meu amigo(a)!

Conversar: Converse sempre sem julgamentos ou opiniões, simplesmente ouça. Acompanhe: Se coloque a disposição e acompanhe esta pessoa, verificando como ela está se sentindo e o que está fazendo.

O suicida não tem desejo de morrer, ele desejar viver, ele somente deseja ter paz, e a única forma que ele encontrou foi tirando a sua própria vida.

Saiba que nem tudo esta perdido, talvez se sinta diferente de seus familiares e amigos, pensando que eles não entendem você, e enxerga no suicídio a única forma de acabar com esta dor, porém, quero te dizer que esta não é a saída. Procure ajuda de um profissional. Acredite, é possível voltar a sorrir.

Busque ajuda: Busque ajuda ou encaminhe para um

www.revistarevival.com

FEV/2019

35


Dr.Daniel Galeli

TODOS OS USUARIOS DE SINVASTATINA SE ALEGRAM!

O

Médico acupunturista e doutor em medicina oriental Flórida-USA @drgaleli

Foto - Pexels

Governo Americano está preparado para retirar os assuntos sobre níveis de colesterol que há muito tempo se discute. Através do painel do conselho em nutrição, o governo americano decidiu colocar o Colesterol não mais como um alimento de preocupação para o consumo, que desde a década de 70 era uma preocupação relacionada com enfermidades cardíacas e artérias obstruídas. Isto significa que, de acordo com AHA/ACC (Associação Estados Unidense do Coração / American Hearth Associacion), ovos, produtos láteos, manteiga, óleo de coco, nozes e carne serão classificados como seguros e serão eliminados oficialmente da lista dos nutrientes preocupantes. O Comitê Assessor de Pautas Alimentares, em resposta, não advertirá as pessoas contra o consumo de alimentos ricos em Colesterol. Ao contrário, concentrará a sua atenção no açúcar como a principal substância de preocupação alimentar. O cardiologista americano, Dr. Steven

36 FEV/2019

Nissen disse: “É a decisão correta! Temos nos equivocados com os métodos dietéticos por décadas”. Quando comemos mais alimentos ricos desses compostos, nosso corpo produz menos. Se evitamos os alimentos rico em colesterol, como ovos, manteiga e fígado, nosso corpo acelera a produção. O colesterol é produzido no fígado e basicamente seu cérebro necessita dele, assim como a formação de todas as células também o necessitam. Assim como os hormônios esteroides, incluindo aqui os Estrógenos, a Testosterona e os Corticosteroides. O colesterol é muito importante para o seu corpo. O colesterol alto no corpo é uma indicação clara que mostra que nosso fígado está gozando de boa saúde. Dr. George V. Mann, diretor associado do estudo em Framingham, para incidência e prevalência da enfermidade cardiovascular (ECV) e seus fatores de risco, afirma: “Esse mito é o maior engano do século”.

Dr. Walter Willet, Diretor do Departamento de Nutrição no Instituto de Harvard, também disse que essa mudança de mentalidade é um tremendo avanço para futuras pesquisas. Então pare de se preocupar com seus níveis de colesterol. Os estudos demonstram sem dúvidas que o colesterol não causa enfermidades do coração e também não evitará um ataque cardíaco. O grande vilão dessa histórias, chama se “carbo-hidratos”. Eles aumentam o nível de insulina no corpo, consequentemente tem um poder inflamatório, levando nossas veias e arteiras a viverem constantemente inflamadas. Nosso corpo necessita de 950 mg diárias de colesterol e o fígado é o principal produtor. Somente 15% desse colesterol vem de alimentos consumidos, nosso fígado tem que trabalhar mais para manter esse nível. Esta matéria tem um efeito informativo, lembrando que seu médico e o profissional mais indicado para discutir esses assuntos. Converse com ele e mantenha se atualizado com a sua saúde. www.revistarevival.com


reconstruindo sonhos Paulline Ottero

Coach pela Florida Christian University Flórida-USA @pallineottero

A AUTORRESPONSABILIDADE

E A VONTADE DE DEUS

N

as últimas semanas do ano costumamos refletir e fazer um “balanço” dos acontecimentos do decorrer do ano. Já no primeiro trimestre do ano novo procuramos meios de colocarmos em prática as famosas “promessas de ano novo”. Mas você só será capaz de cumprir com seus objetivos e metas se entender o poder da autoresponsabilidade. Você já parou pra pensar na sua responsabilidade em relação ao que você tem vivido? Se você não está satisfeito com os rumos que sua vida tem tomado, como Coaching eu sugiro que você faça uma autoanálise e reconheça que suas escolhas e seus caminhos são direcionados por suas decisões, são sementes que você plantou e que para que haja uma mudança é necessário que você redirecione sua vida de forma autoresponsável. A autoresponsabilidade é a capacidade racional e emocional de trazer pra si a responsabilidade por tudo que acontece em sua vida. É importante que você entenda que Deus tem um plano de vida para cada um de nós, porém Ele nos dá o livre arbítrio, que nada mais é, do que a liberdade de decidirmos a direção que queremos seguir. Mas como podemos conquistar a autoresponsabilidade, sem perdermos a dependência de Deus? Cabe a nós buscarmos a direção do Espírito Santo, pedindo a Deus sabedoria para entendermos qual é a vontade d’Ele e assim seguirmos conscientes de que somos responsáveis pelo que semeamos. “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” - Mateus 6:33. Quando fazemos a escolha de viver de acordo com o plano de Deus, fortalecemos nossa fé e o livre-arbítrio, porém isso não tira de nós a responsabilidade dos nossos atos, pensamentos, sentimentos e decisões.

Foto - Pexels

Entender e colocar em prática a autoresponsabilidade realmente não é uma das tarefas mais fáceis, pois requer tempo, disciplina, direção, autocontrole e equilíbrio para assim sairmos da chamada “zona de conforto” e finalmente sermos protagonistas das nossas próprias vidas, assumindo a direção, aprendendo assim como lidar com as consequências de nossos atos, como as falhas e os fracassos. Os momentos de mudança e transição são sinais de amadurecimento e crescimento e para que você possa desenvolver as habilidades necessárias durante esse importante processo, um (a) Coaching pode te ajudar nessa caminhada de autoconhecimento com as ferramentas e métodos necessários para aprender a desenvolver e a lidar melhor com a autoresponsabilidade.

Mova-se em direção ao sucesso e realizações nesse Habilidades, comportamentos e hábitos podem ser ano de 2019. Lembre-se que novos resultados depenmudados e aprendidos. Basta ter dedicação e endem de novas atitudes. contrar os recursos e métodos corretos para fazê-lo. www.revistarevival.com

FEV/2019

37


esportes Fábio de Camargo

Publicitário, Fundador da F/Sam Business, Master em Gestão de Marketing esportivo e Assessoria de Imprensa São Paulo, SP - Brasil @fabiocamargo.oficial

HUDSON UMA CARREIRA INSPIRADORA

A

prática do mundo antigo e moderna. Raças e estilos se encontram em um confronto clássico e emocionante, onde o poder é estar com a bola nos pés em rumo ao gol. O amor é impulsivo e grandioso. Essa é a eterna história dos fiéis apaixonados na prática e na teoria. As nações se rendem ao um estádio em busca de uma explicação para as incríveis partidas vista somente uma vez. A arte dominante de ser e estar, é como um fluxo de informações, uma capacidade envolvente de manter gerações em uma tradiPaulo, o futebol sempre foi seu esção chamada Futebol. E para con- porte favorito. Ele mesmo diz: tar um pouco mais sobre esta arte, convido todos a conhecer um dos maiores volantes da história do futebol brasileiro - Hudson Rodrigues dos Santos. Hudson tem 30 anos de idade, é brasileiro de Juiz de Fora, Minas Gerais e atual volante e capitão do São Paulo Futebol Clube. Hudson começou a jogar bola com 6 anos de idade na escolinha de futebol do “Tupi Football Club”, de Juiz de Fora. Sem escolinha para sua idade, teve dificuldades para treinar em uma escola para meninos de 10 anos. Porém seu pai, que sempre o apoiava, insistiu muito com o treinador que o deixasse treinar e conseguiu êxito. Assim o pequeno Hudson começou o treinamento ao lado de meninos maiores que ele. Para o atual jogador do São

38 FEV/2019

" Na minha infância eu jogava bola dentro de casa. Fazia bola com meias e bolinhas de papel coladas com durex"

A medida que o menino prodígio foi crescendo, o sonho de ser um jogador profissional foi amadurecendo. Aos 10 anos, o menino de ouro decidiu ser jogador profissional e começou a fazer testes em grandes times como o “América-MG e Cruzeiro”. Hudson carre-

gava consigo “um dom” que não tinha como dividir no campo de futebol. Esse verdadeiro dom, fazia com que se destacasse nas categorias de base. Mas ele não estava sozinho. O menino de ouro, tinha o apoio e o incentivo de seus pais e de pessoas ao seu redor. Eles lhes davam forças e o encorajamento para persistir em busca do seu sonho. A carreira esportiva não é fácil, exige muita força de vontade, empenho, foco, fé e dedicação para se tornar um jogador profissional. Para ser jogador profissional você precisa se superar a todo momento; passar por situações difíceis e diversas, praticamente o tempo todo para assim conseguir seus objetivos. As maiores dificuldades no início de carreira, foram a falta de alimentação, distância da família e da cidade natal e a moradia precária. Ele chegou a ficar quatro meses sem receber. Atuou em clubes com baixa estrutura para trabalho, e com dirigentes mal preparados e amadores. Hudson pensou em desistir pelo menos três vezes. O sentimento de desistência que mais o marcou, foi antes de ir pro Botafogo-SP, no fim de 2013, quando ele tinha acabado de sair do brasiliense onde passara quatro meses sem receber. Por essa causa Hudson teve problemas com o presidente do clube. Durante aqueles momentos o que mais passava por sua cabeça era desistir de seu sonho e voltar a estudar seguindo www.revistarevival.com


esportes

novos rumos. Hudshow, como é seu apelido, passou por grandes clubes, adquirindo experiências, entre eles Santos, São Paulo, Botafogo e Cruzeiro, atuando ao lado de grandes jogadores como Kaká, Ganso, Pato, Luís Fabiano e o grande Rogerio Ceni. Ele diz: "Foram experiências diferentes. No Santos eu era muito novo, e subi pro profissional com vários jogadores consagrados. Tudo era aprendizado, era um sonho sendo realizado todos os dias". Hudson havia renovado seu contrato com o São Paulo. Porém três meses depois, pego de surpresa, foi emprestado para o Cruzeiro. Neste momento aconteceu a troca do Neilton para o São Paulo e o Hudson para o Cruzeiro. No Cruzeiro ganhou um grande destaque no futebol brasileiro. Ele diz:

"O Cruzeiro é um grande clube, mas me senti rejeitado e sem valor, pelo São Paulo. Eu não imaginava que o melhor para a minha vida estava no Cruzeiro. Minha passagem pelo Cruzeiro foi extremamente vitoriosa e de uma sintonia com a torcida incrível. Encontrei um grupo de trabalho incrível, e com certeza foi inesquecível o ano que passei junto a eles."

FOTO - Arquivo Pessoal

em jogar com ele. Kaká também foi um grande espelho, um jogador consagrado com grande humildade e muito trabalhador. Mesmo tendo tudo, Hudshow dizia: “nós nunca podemos deixar de sonhar”. Para Hudson, seu sonho maior, era jogar fora do Brasil, na Europa, na Ásia, ou até mesmo na América do Norte. Ele ainda não havia pensado em deixar o São Paulo. Ele dizia: "Estou muito feliz no São Paulo e ainda tenho contrato no clube. Ainda tenho objetivos dentro do clube, e desejo muito consegui-los, antes mesmo de pensar em sair". Seu maior sonho e acredito que de todos os jogadores brasileiros e que o mesmo faz questão de manter vivo, é jogar pela Seleção Brasileira. Ele diz: " Eu sou um cara que realizou um sonho hoje, e realizarei outro amanhã. Tudo isso parece um novo sonho pra mim. Pensando desta forma, minha busca para melhoras e conquistas não tem fim".

Como todo jogador, existem desafios a serem enfrentados. Em toda a sua carreira até hoje, seu maior desafio foi estar sempre provando seu valor todos os dias; para comissão técnica, para diretoria, para torcedores, enfim. O São Paulo Futebol Clube, e seu capitão Hudson, participaram da 5° edição da Florida O seu retorno ao São Paulo, foi marcado com um ver- Cup. Os jogadores consideram um torneio preparadadeiro e grande teste para provar sua qualidade, tório para temporada, onde enfrentam boas equipes, em um grande clube extremamente vencedor. Hud- servindo de teste para o São Paulo, com os primeiros son é considerado um jogador de garra, um volante treinos do ano. que faz coisas surreais dentro dos gramados. Ele tem ótima performance em campo, é um bom marcador, Fora dos campos, Hudson tem uma vida totalmené espelho e motivação de outros jogadores, além de te social. É um cara bem tranquilo, caseiro que gosta ser o capitão com um apelido especial ganho dos de sair pra jantar, tomar um bom vinho e voltar para casa. Gosta de ler livros de autoajuda, de ver séries torcedores - Hudshow. de TV e de ir ao cinema. Para 2019 o atual jogador Sua carreira tem como vibração e inspiração, esse do São Paulo tem como expectativa fazer um grandom que traz desde pequeno, em que já era capitão de ano, em altíssimo rendimento, sem lesões e as dos times em que jogava. O Dunga, gostava de vê- demais conquistas serão apenas consequências do -lo como líder. Já, o grande Rogerio Ceni, teve prazer trajeto. FOTO - Arquivo Pessoal www.revistarevival.com

FEV/2019

39


VERONICA OLIVEIRA A EMPRESÁRIA QUE É REFERÊNCIA QUANDO O ASSUNTO É EMPREENDEDORISMO A baiana que conquistou os EUA com a tapioca, já pensa na expansão da linha de produtos e na abertura do segundo restaurante. por Thaís Partamian Victorello

A empresária Veronica Oliveira é a fundadora da marca Tapioca da Baiana – FOTOS: Divulgação

A

Assim como boa parte dos brasileiculinária brasileira é consideraOre, peça a Deus a direção ros que se aventuram para realizar da uma das melhores do muncorreta Ele vai te direcionar, seu “American Dream”, Veronica trado quando o assunto é sabor, qualidade e variedade. Cada região depois faça o necessário junto balhou duro na faxina, até conseguir galgar os primeiros passos em reado Brasil tem suas peculiaridades com os meios legais. históricas e delícias gastronômicas. A lização do seu sonho, que na época mal sabia ela que seria concretizado culinária baiana, por exemplo, sofreu influência dos colonizadores portugueses e dos índios, aqui mesmo nos Estados Unidos. numa mistura irresistível de sabores que encanta não só os turistas brasileiros, mas do mundo todo. O tempo foi passando, Veronica mudou-se para Mas-

sachusetts e casou-se com o brasileiro Adriano. Em 2010 ela resolveu colocar literalmente a mão na massa e arregaçar as mangas, apresentando a comunidade brasileira local a goma de tapioca totalmente artesanal, que aprendeu a fazer com sua mãe e sua avó. O sucesso foi tão grande que em 2015 Veronica e o marido Adriano investiram os recursos financeiros Com o sonho de sair do Brasil e vir para os Estados Unidos do casal na compra de um restaurante o BR Takeout, trabalhar para retornar ao país de origem com condições localizado na cidade de Framingham, cujo cardápio financeiras de abrir a sua própria tapiocaria, Veronica que totalmente voltado para a culinária brasileira, faz no Brasil trabalhou como babá, vendedora e atuou na sucesso com o público brasileiro, hispano e americaárea da enfermagem, embarcou em busca desse sonho no e claro, não pode faltar a tapioca. “A ideia de abrir em 2009, quando foi morar sozinha em Richmond, no es- um restaurante surgiu no ano de 2014, com intuito de Uma receita pra lá de especial de um dos pratos baianos mais populares, a tapioca (uma iguaria tipicamente baiana, à base de uma substância extraída da mandioca) fez com que a vida da baiana Veronica Oliveira mudasse radicalmente. Filha de um casal de agricultores, a empresária nasceu na fazenda Boa Vista, no meio do sertão baiano.

tado americano da Virgínia.

40 FEV/2019

www.revistarevival.com


A fé em Deus foi e é fundamental para o sucesso da empresária, que não abre mão de orar com a família

aprender com eles. Quando fazemos isso, reconhecemos que todos, independente da língua, tem algo a influenciar e somar uns com os outros. Quando nos familiarizamos de como tudo funciona e como uma empresa local americana se estabelece, fica mais fácil saber onde e como introduzir algo novo para o Esteja disposto a mercado. Eu me sinto parte do meu trabalhar enquanto a mercado local com a tapioca. Sei maioria dorme que ela pode influenciar para melhor a dieta diária dos americanos e Com a marca consolidada e o estrangeiros que vivem aqui , conrestaurante muito bem sucedi- sumindo algo saudável, sem glúten, do, hoje o casal de empresários é sem açúcar e que pode trazer tantos referência de sucesso e empreend- benefícios para a saúde de todos”. edorismo para a comunidade braApesar da Tapioca da Baiana já ser sileira. vendida através do site Amazon Sobre os principais desafios de um para todos os estados americanos, imigrante empreender nos EUA, muito em breve Veronica pensa em Veronica afirma: “Estar aberto para expandir a distribuição nos coméraprender, conhecer os americanos cios nacionalmente, tem planos de influentes na minha cidade local e expansão do restaurante para outros estados, além do lançamento da primeira linha de produtos da Tapioca da Baiana, levando ainda mais a diante um pouco do tempefocar na comercialização da tapioca como renda extra. A Tapioca da Baiana (marca registrada) nasceu antes do nosso restaurante. O sonho já existia, mas Jesus trouxe a concretização e o crescimento”, relembra a empresária.

ro e do gostinho da culinária brasileira para os brasileiros, americanos e imigrantes em geral. Realizada na vida pessoal e profissional a empresária aconselha quem pretende empreender em um novo negócio e tornar seus sonhos em realidade. “Ore, peça a Deus a direção correta Ele vai te direcionar, depois faça o necessário junto com os meios legais. Foque naquilo que você sabe fazer e faça com excelência. Esteja disposto a trabalhar enquanto a maioria dorme. Não desista por causa de pessoas que não acreditam em você ou no seu produto. Com Deus você é ‘unstoppable’. Celebre suas vitórias com as pessoas que celebram e se alegram com você. Nunca desista na primeira, na segunda, na terceira ou na milésima vez que ouvir das pessoas que não vai dar certo”.

A tapioca não pode faltar na mesa da família

Thaís Partamian Victorello Veronica nasceu na Fazendo Boa Vista, no meio do sertão baiano www.revistarevival.com

Jornalista Boston-USA @thaisvictorello

FEV/2019

41


makeup Corral

Maquiador Trabalha há 7 anos nas áreas de fotografia e noivas. @makeupcorral fb.me/makeupcorral

AH, O VERÃO! No verão, a beleza tende a ficar do tipo praiana, já repararam?

da pálpebra inferior, contornando o formato dos olhos.

Sendo assim, alguns cuidados são necessários!

zA tendência de delineadores coloridos vai prevalecer, porém, formando um efeito monocor, por exemplo: ao usar o rosa, usa-se apenas o rosa, não mesclando com nenhuma outra cor.

zNa pele, usa-se muito iluminador para destacar ainda mais o bronzeado. Entretanto, a limpeza da pele é muito importante antes de fazer uma boa ma- zA máscara de cílios colorida será usada à vontade, assim como a preta. quiagem. zSugiro lavar o rosto com sabonete líquido de sua preferência de acordo com o seu tipo de pele. Tonifique e, em seguida, aplique uma camada fina de creme hidratante ou primeiro com proteção solar. Se quiser deixar a base com uma textura mais leve, misture com o hidratante e passe na pele do rosto.

zNos lábios, quando eu penso em verão, de cara me vem à cabeça batons coloridos, especialmente os corais, os laranjas e os rosas - detazCaso queira uma pele mais luminosa, pode mis- lhe: eles estão em turar iluminador líquido junto à mistura da base alta! com o hidratante. Para eliminar o brilho da pele, passe uma camada fina de pó no tom de sua base. zEu amo fazer o contorno dos lábios em tons nude, preenchendo com a cor desejada (coral, lazNos olhos, usa-se muito dourado, marrom e ranja ou rosa) e finalizando com um gloss incolor. azul. Além disso, estão bombando os delineados Pronto, desta forma você terá uma boca sexy com mais finos e rentes aos cílios e toda a marcação frescor do verão. zO blush vem para arrematar toda essa produção do verão. Ele dará aquela corada que muitas vezes não conseguimos com o sol. Abuse dos tons alaranjados e coral que vão te deixar com cara de saúde. Lembre-se que, para os eventos noturnos, deve abusar dos bronzes, mas sem exageros. 42 FEV/2019

www.revistarevival.com


Fica a dica

Quer suas dúvidas sobre moda respondidas aqui? Envie suas perguntas nas redes sociais:

/leticiadiasmodelo

@leticia.diasoficial

Com Leticia Dias

TREND 2019 - LINHO

S

ucesso no final dos anos 80, o linho veio ganhando seu destaque entre as pessoas e promete ser o protagonista do verão de 2019. Extremamente confortável é um tecido natural, super indicado para os dias de alta temperatura. Sofisticado e clássico ele aparece em várias versões. Confira alguma delas pra você se inspirar e arrasar.:

Macacão Além do tecido, outra tendência que vem forte nas próximas estações é a listra e lisos.

Blusas Além da clássica camisa sem manga, com manga, com laços, regatinha, variedades de opções.

www.revistarevival.com

FEV/2019

43


Shorts e conjuntinhos Hit do verão, os shorts em linho deixam esse tipo de peça muito mais sofisticado.

Vestidos opções variadas.

Saias e calças Calças são ótimas opções não só para momentos casuais, como para ir trabalhar. Uma calça de linho com uma camisa ou regata social fica simplesmente incrível super a ver com a época do ano.

44 FEV/2019

www.revistarevival.com


ação social fazendo a diferença Bruna Garbin

Estudante de Ciências Biomédicas na Universidade Central da Flórida Bruna Paes brunapaesofficial

LEVANDO AMOR PARA O PANAMÁ: PROVÍNCIA DE DARIEN

N

o dia 14 de dezembro de 2018, tive a oportunidade de me integrar em um grupo de 25 estudantes da Universidade Central da Flórida e membros da organização PDSA (Pre-dental Student Association), para embarcar em uma viagem missionária tendo como destino Província de Darién, Panamá. O objetivo principal da viagem foi providenciar tratamentos dentários, como a extração e limpeza, para residentes de comunidades extremamente carentes do país.

Nós visitamos as áreas mais remotas do país à beira do Rio Chucunaque, levando doações e todos os equipamentos dentários para suprir as necessidades das comunidades. Fomos expostos a uma cultura totalmente diferente do que estávamos acostumados em todos os sentidos. As casas não tinham sistema elétrico, e a água que supostamente era para ser potável, muitas vezes estava contaminada. Essa é uma realidade do cotidiano de muitas pessoas e até então não estávamos acostumados. Tivemos a oportunidade de trabalhar em duas comunidades indígenas: El Salto e Las Lajas. Os índios nos levaram para as tribos pelo rio Chucunaque, o maior rio do Panamá, em suas canoas, conhecidas como “piraguas.” Em ambas as tribos, fomos recebidos pela líder e encaminha-

fossem integrantes de tribos vizinhas.

dos para o centro da comunidade onde rituais e encontros são realizados. Ao chegarmos, um dos representantes da comunidade compartilhou um pouco sobre as tradições de sua tribo. Por exemplo como os rituais são realizados quando uma menina atinge a puberdade e a cerimônia de casamento. Fomos recebidos de braços abertos por todos os residentes das comunidades! Tudo era novo para ambas as partes. Para nós que nunca havíamos tido contato com uma tribo indígena, e para eles que não estavam acostumados a receber visitantes que não

A missão foi um sucesso! Montamos a nossa clínica provisória e atendemos cerca de 100 pessoas por dia, distribuímos kits de escovação dentária e educamos os residentes sobre a importância da higiene bucal. Além disso, as doações tiveram bom proveito! Ver o esboço de sorriso em cada criança que recebia um brinquedo não teve preço. Roupas, sapatos, cadernos e toda doção que nós levamos foi recebida com muita alegria e gratidão pelos integrantes da tribo. Nós do PDSA pudemos levar orientações e ensinamentos para todos os residentes, mas aprendemos muito mais com eles. Chegamos como estranhos e saímos como família! Se eu pretendo voltar novamente? Com certeza!


MONICA DE OLIVEIRA DO DANCE: A ARTE DO BALLET AO FITNESS Fundada pela empresária e bailarina Monica de Oliveira, a academia Do Dance Ballet & Fitness oferece classes para crianças e adultos por Thaís Partamian Victorello

Há quase 20 anos morando nos Estados Unidos, pois era um lugar onde me sentia segura e livre mais precisamente em Massachusetts, a em- pra me expressar”, relembra. presária e bailarina brasileira Mesmo que a criança não O que era um hobby de meMonica de Oliveira começou a se interessar pela dança ainnina foi se tornando profissiosiga profissão na dança, são da muito jovem, com apenas 5 lições que elas levam pra vida nal e com o passar dos anos a jovem decidiu estudar Ballet anos de idade. “Tinha uma priinteira. ma que dançava ballet e acabei Clássico, chegando a fazer parcomeçando na mesma academia onde ela fazia te do Corpo de Baile do Teatro Municipal de aula. Logo no início me apaixonei pela dança, Anápolis (Goiás). Certa de que o ballet era a sua grande paixão e dom, com a mudança para os Estados Unidos, Monica continuou a se dedicar ao aprendizado da dança estudando no Boston Ballet e fazendo cursos também em New York e na Flórida. Sua dedicação foi tamanha que ela foi convidada a dar aulas de ballet em uma academia americana em Massachusetts. Após 5 anos de experiência ela

decidiu que era o momento de investir em seu próprio espaço e assim em 2013 nasceu a academia Do Dance Ballet & Fitness, hoje situada na cidade de Natick (MA). A academia oferece aos seus alunos diversas modalidades de atividades físicas, entre elas: ballet clássico para crianças a partir de 3 anos de idade e ballet para adultos, além da parte fitness, que inclui aulas

A paixão pela dança surgiu na vida da empresária quando ela tinha apenas 5 anos de idade

46 FEV/2019

www.revistarevival.com


mos comparar uma criança com a outra, ou pressioná-las por uma competição”, afirma.

de Zumba, Cardiomix e Circuit Training. A academia ainda conta com um serviço personalizado de dança coreografada para casamentos, debutantes, e eventos especiais. Todas as modalidades com um time de profissionais devidamente qualificados e experientes em cada uma das áreas. Além de prazeroso, os benefícios da prática de atividades físicas regulares em qualquer faixa etária são inúmeros, entre eles a manutenção de uma boa saúde, autoestima, manutenção ou redução do peso, disposição e a prevenção de diversas doenças. Para as crianças esses benefícios vão mais além, proporcionando aos pequenos um trabalho cognitivo, disciplina, coordenação motora, postura, trabalho de equilíbrio, sociabilização, desenvolvimento muscular, reflexo, desenvolvimento da expressão corporal, além de auxiliar na atenção e na memória.

Na área fitness a aula de Circuit Training

Para Monica lecionar para os pequeninos é um prazer. “Uma vez que você descobre como se conectar com eles e ganhar a confiança a aula flui. Não é só brincar. Mesmo que a criança não siga profissão na dança, são lições que elas levam pra vida inteira. Outro fato que também é muito importante, é que a dança não é uma competição! Cada criança vai se desempenhar no seu próprio ritmo e nunca deve-

Um dos momentos mais aguardados pelos alunos da academia Do Dance Ballet & Fitness é o espetáculo que acontece sempre no mês de Junho, que celebra o ano letivo. “Eles aguardam e trabalham o ano todo na expectativa e procuro sempre trazer algo especial ao evento, até participações especiais. Em 2017 tivemos o André Silva, o bailarino principal do Texas Ballet - foi um sonho a presença dele aqui conosco, relatou a empresária que já pensa nos preparativos para o espetáculo desse ano.

A empresária Monica com seus alunos de ballet

Uma das cenas de um dos espetáculos estrelados pelos alunos

Thaís Partamian Victorello Jornalista Boston-USA @thaisvictorello www.revistarevival.com

FEV/2019

47


bastidores da fama Roberto Rodrigues

Jornalista, assessor de imprensa, relações públicas e CEO da Talentmix Comunicação

BRILHANDO

@robertoassessor

RAINHA

NOVIDADE

Depois de dar a luz a Zoe, Sabrina Sato confirmou presença no Carnaval e promete fazer bonito como rainha de bateria da Gaviões da Fiel, substituindo Tati Minerato que foi expulsa pela escola, após uma briga. Para isso a bela tem se dedicado a cuidar da forma física pós parto e será um dos grandes destaques do carnaval brasileiro. "Esse ano vou estrear como rainha de bateria da Gaviões da Fiel e vai ser muito lino. Eu amo Carnaval, amo o colorido, as fantasias, o povo, a festa e os enredos. Amo tudo desde que nasci", declara a bela apresentadora que também renovou contrato com a Record TV.

PARAÍSO

A boa surpresa da novela "O Sétimo Guardião" (TV Globo) escrita por Aguinaldo Silva é a participação da humorista, apresentadora, repórter de TV e comentarista Nany People que tem dado um verdadeiro show de interpretação ao lado de Tony Ramos e Lilia Cabral. Dona de um carisma enorme, Nany merecia esse destaque na TV e tem surpreendido positivamente o público brasileiro.

JOVEM TALENTO

A frente de muitos projetos, Felipe Didonih, ex-vocalista da banda On Play e youtuber tem se destacado na direção de clipes e séries e foi destaque na matéria de capa da edição brasileira da revista Forbes como um dos 30 jovens talentos brasileiros mais brilhantes do Brasil.

BUMBUM GERA BRIGA

O resort Nannai na Praia de Muro, ao lado de Porto de Galinhas no Recife, que é considerado com um dos melhores resorts do Brasil está se transformando em ponto obrigatório para os famosos que procuram um lugar paradisíaco para descansar e ter seus momentos de privacidade. Além de excelência em atendimento, o resort oferece aos seus hóspedes bangalôs com piscinas privativas e é muito comum encontrar celebridades nacionais e internacionais no local.

48 FEV/2019

O criador do concurso Miss Bumbum procurou a imprensa dizendo que processaria a cantora Gretchen por usar a palavra "Miss Bumbum" em seu novo hit "Bumbum Gourmet" que ganhou as pistas do Brasil. O que o promoter não se atentou é a palavra Miss Bumbum não aparece na letra da música e sim "This bumbum" nas frases "This bumbum wanna dance, this bumbum wanna shake" o que foi rapidamente esclarecido. Pois é...

A grande surpresa no próximo álbum da diva do pop Madonna será a participação da brasileira Anitta. Segundo consta o nome da música que terá a participação da cantora brasileira se chama "Batuka" e em seu instagram Madonna declarou: "É sempre divertido encontrar amigos talentosos e lindos no estúdio". Vamos aguardar!

CRESCENDO

A criatividade e talento são ferramentas necessárias para se manter a audiência de um programa de TV, principalmente na programação vespertina nas Tvs abertas do Brasil. O Programa Video Show foi extinto depois de 35 anos de existência e programas como "Balanço Geral", "Mulheres", Ä Tarde é Sua"e "Fofocalizando"tem mantido boa audiência com estrutura simples e muito talento envolvido. Vale destacar o repórter Fofoquito, vivido por Everton Di Souza, que através de figurinos divertidos e matérias externas interessadas tem ajudado a alavancar a audiência do Programa Fofocalizando sempre com entrevistas interessantes. www.revistarevival.com


POR QUE OS FAMOSOS BRASILEIROS PREFEREM TER SEUS FILHOS NOS ESTADOS UNIDOS? por Alethéa Mantovani

Karina Bacchi e o filho Enrico - Foto: Reprodução - Instagram O cantor Hudson, com a esposa Thayra e os filhos Davi e Helena

Atualmente ter um filho nos Estados Unidos é uma preferência cada vez mais comum pelos famosos brasileiros. E o principal motivo disso, na maioria das vezes, é garantir a cidadania americana aos herdeiros, com todos os direitos e deveres de um cidadão estadunidense.

A atriz Karina Bacchi é uma das celebridades que optou por ter seu filho Enrico, hoje com 1 ano de idade, nos Estados Unidos, pela questão da dupla cidadania. “Eu tenho a cidadania italiana e sei o quanto isso é positivo. Portanto, quis que meu filho tivesse a múltipla cidadania também. E tudo foi feito dentro da lei.” - afirma. Karina conta que escolheu a cidade

A decisão de ter um filho nos Estados Unidos geralmente é planejada com certa antecedência. Porém, em alguns casos, isso pode ocorrer sem querer. Foi o que aconteceu com a empresária Thayra Machado Cadorini, esposa do cantor Hudson Cadorini, da dupla Edson e Hudson, que teve os dois filhos no país, mas o primeiro nasceu na América por acaso. Durante a primeira gestação, aos oito meses, Thayra foi acompanhar Hudson durante uma turnê em Miami, Newark e Boston. Na ocasião em que estavam em Newark, Thayra começou a sentir muito cansaço, dores, e nem mesmo conseguiu ir ao show do marido. “Fiquei no quarto do hotel e, quando meu marido chegou, eu estava com muitas cólicas que, na verdade, eram as contrações. A contratante do show me levou para o hospital, onde constataram que as contrações estavam ocorrendo porque eu estava com pouca quantidade de água em minha bolsa amniótica. Ou seja, tratava-se de um sério caso de desidratação. Fiquei internada e não permitiram que eu voltasse ao Brasil no dia seguinte. Após 20 dias meu filho Davi nasceu.” - conta. Thayra havia feito todo o pré-natal do filho, hoje com três www.revistarevival.com

de Miami para dar à luz a Enrico, pois encontrou todo o suporte médico necessário que precisava, além de ter parentes e amigos na cidade. “Me senti amparada e tranquila!” - diz. A atriz escolheu uma clínica particular, específica para mulheres estrangeiras que decidem ter seus bebês nos Estados Unidos, a Ser Mamãe em Miami.

anos de idade, no Brasil e, quando viajou, já estava com a cesárea marcada. Porém, tudo mudou de repente! “Foi um pouco assustador ter o primeiro filho num país desconhecido e, principalmente, por eu estar sozinha e com pessoas que eu tinha acabado de conhecer. Acabei tendo meu filho por meio do parto normal, que eu abominava! Cheguei ao hospital e a bolsa rompeu. Pedi pelo amor de Deus para fazerem uma cesárea. Tive muito medo, pois no Brasil meu parto seria este tipo, que já era um costume das mulheres da minha família. Mas, os médicos americanos não aceitaram o meu pedido, obviamente, e disseram que este tipo de parto seria apenas num caso de emergência. Hoje, dou graças a Deus por ter sido dessa forma, afinal não tive que fazer uma cirurgia desnecessária. Meu parto foi humanizado e tive uma recuperação muito rápida.” - diz. Segundo a empresária, o lado ruim desta experiência foi ter que ficar sem o marido Hudson, que só pode conhecer o filho Davi após 17 dias do seu nascimento. “Nós ficaríamos apenas seis dias nos Estados Unidos. Eu não tinha levado roupas, nem nada, e fiquei sozinha três meses no país, pois meu marido voltou ao Brasil para cumprir a agenda de shows.” - recorda. FEV/2019

49


Thayra com a filha Helena

A segunda gestação de Thayra foi diferente, pois houve um planejamento. A pequena Helena, hoje com um ano de idade, nasceu no mesmo hospital que Thayra com o filho Davi o primogênito. “Para não haver diferença entre meus dois filhos, resolvi ter a Helena também nos Estados Unidos. Os dois, por uma incrível coincidência, nasceram pelas mãos da mesma médica plantonista, no Nyack Hospital, em New York. Eu quis dar a mesma oportunidade para ambos, até para evitar futuras desavenças.” – conta. Thayra fez um plano médico durante a primeira vez que esteve no hospital em Nova York, e este cobriu os dois partos. “Fiz o plano no próprio hospital, no mesmo dia em que tive as contrações e que os médicos não permitiram meu voo. Contratei um plano médico para cobrir os exames que fiz por estar internada, e sua validade era de cinco anos. Como a diferença entre os dois é pequena, quando voltei para ter a Helena, o plano ainda estava valendo. Além disso, fiz um plano médico para os meus filhos também.” - diz. Para Thayra, a experiência foi muito positiva. “Eu faria tudo novamente, pois no futuro meus filhos terão boas oportunidades de estudo. Visei o melhor para eles, ‘abri mão’ do conforto da minha casa e da presença dos meus familiares.” - afirma.

50 FEV/2019

O empresário Roberto Assis com a esposa Bruna Cramer.

Outra brasileira famosa que também optou por ter sua filha há alguns meses nos Estados Unidos foi Bruna Cramer, esposa de Roberto Assis, que é irmão e empresário de Ronaldinho Gaúcho. Bruna teve a pequena Charlotte em junho do ano passado, também em Miami, na clínica do Dr. Wladimir Pizutto Lorentz - a mesma que Karina Bacchi optou.

Segundo Bruna, a decisão foi tomada primeiramente por conta da dupla cidadania. “Como meu marido trabalha com futebol e era um ano de Copa do Mundo, no qual ele viajaria a diversos países, os Estados Unidos seriam a opção mais próxima para que ele pudesse acompanhar melhor a gravidez.” - conta. E segundo Bruna, essa decisão valeu muito a pena. “Foi uma experiência maravilhosa! Fomos muito bem assistidos desde o primeiro contato com a equipe da clínica que escolhemos. O fato de não estarmos perto dos amigos, da família e dos meus médicos de confiança no Brasil, me preocupava. Então, marquei as consultas quando estava com pouco tempo de gravidez, e fui aos Estados Unidos antes para conhecer o projeto da clínica em questão. Após estas visitas, eu tomei a decisão O empresário do mundo fitness Victor Martins e a esposa Thaira Aguiar também quiseram ter o primeiro filho nos Estados Unidos em agosto de 2018, pela Thaira, Victor e o filho questão da dupla Victinho cidadania. Para o casal, tal decisão irá proporcionar algumas facilidades ao herdeiro quando, por exemplo, ele quiser entrar no país ou morar, e ainda, dará melhores oportunidades de estudo à criança no futuro. “Minha esposa tinha receio

de ter a Charlotte no país.” - diz. Para a cunhada de Ronaldinho Gaúcho - que é o padrinho da pequena Charlotte - a iniciativa de ter um bebê em outro país foi ótima. “Com certeza eu repetiria esta experiência, pois me senti muito bem acolhida por todos: obstetras, anestesista, pela equipe do hospital. Foi tudo muito impecável, do início ao fim! E eu fiquei muito tranquila, o tempo todo.” - afirma. Além disso, Bruna diz que fez muitas amizades durante sua estadia na clínica e nas oficinas de amamentação. Foi criado um grupo de WhatsApp para as mamães que estavam no mesmo período gestacional, e estas se tornaram amigas, até no Brasil. “Isso fez com que eu não me sentisse sozinha em outro país, o que era uma das minhas preocupações.” - conta. de ter um filho nos Estados Unidos, apesar de ser a favor da ideia. Porém, precisei ‘trabalhar’ esta questão da coragem com ela. Mas, com o incentivo dos nossos amigos que moram no país, tomamos a decisão durante o oitavo mês de gestação.” - conta. A decisão do casal, segundo Victor, foi pensada única e exclusivamente para beneficiar o filho. “Em nenhum momento pensamos em favorecimento próprio. Quisemos abrir ‘uma porta a mais para o nosso filho, proporcionar uma oportunidade a mais para ele, como por exemplo, lhe dar a chance para fazer uma faculdade americana no futuro.” - afirma o empresário.

www.revistarevival.com


O casal escolheu um hospital particular de grande porte, localizado em Orlando, para que o pequeno Victor, ou Victinho, como é chamado carinhosamente pela Victor, o filho Victinho e Thaira. família, viesse ao mundo. “Decidimos pelo Orlando Health, que possui um setor especializado em maternidade, o Winnie Palmer. O lugar é fantástico e possui uma infraestrutura excelente, tanto para o atendimento ao bebê, quanto para a mamãe e o acompanhante. E tudo com alta tecnologia! Também gostamos bastante da equipe médica e de enfermagem, que nos deram o suporte necessário.” - diz Victor.

a Thaira até o final da gravidez. Porém, o parto foi realizado por outro médico de sua equipe, pois o Victinho quis vir antes ao mundo. E foi tudo excelente!” - afirma o empresário.

O casal aprovou tanto a experiência que pretende repeti-la quando resolver ter o próximo filho “Quero que seja tudo igual com o nosso próximo filho. Que ele possa nascer no mesmo hospital, com a mesma médica e equipe.” - diz.

O casal foi para Orlando quando Thaira estava com nove meses de gestação. A partir deste momento, a brasileira foi assistida por uma conceituada médica do hospital Winnie Palmer, a Dra. Wendy Quirino. “A médica acompanhou

Valores para ter um filho nos Estados Unidos A crescente demanda de gestantes brasileiras e de outras nacionalidades que pretendem ter seus bebês nos Estados Unidos, fez com que surgissem clínicas especiaDr. Wladimir Pizzuto Lorentz lizadas neste segmento. Uma delas é a “Ser Mamãe em Miami”, localizada na cidade de Doral e também em Aventura. O idealizador é o pediatra brasileiro Dr. Wladimir Pizzuto Lorentz. O preço

www.revistarevival.com

do pacote, que inclui a parte obstétrica, pediátrica e a documentação do bebê, custa em torno de R$ 35 mil, desde que não ocorram intercorrências médicas ou a utilização de UTI. Se o parto escolhido for tipo cesárea o valor será de aproximadamente R$ 42 mil.

Já para ter um bebê num hospital de ponta americano, como o Winnie Palmer, que pertence à rede Orlando Health, os valores gastos com a maternidade e com a parte médica são equivalentes a um hospital da mesma categoria no Brasil.

Segundo Pizzuto, a decisão sobre o tipo de parto a ser realizado é feita em conjunto com a equipe médica da clínica, que analisa os históricos e todos os exames da gestante.

Se a opção for o parto normal, os custos são de aproximadamente seis mil dólares; e para a cesárea, dez mil dólares.

“Somos grandes incentivadores do parto normal. Nos Estados Unidos, este tipo de parto supera a cesárea, o oposto do que ocorre no Brasil.” – afirma o pediatra.

Segundo a embaixada americana, quando os pais brasileiros chegam ao país, devem comprovar na imigração que possuem recursos para pagar os custos da viagem, ou seja, os gastos com hospital ou clínica, as despesas médicas e outros.

FEV/2019

51


O que adverte a lei De acordo com o advogado de imigração Walter Santos, não existe lei que considere ilícito o fato de uma mãe estrangeira ter um O advogado de imigração Walter Santos bebê em território americano, ou seja, se esta mulher já estiver morando no país ou se for somente para ter o bebê. Ao solicitar o visto, ainda no Brasil, é importante comprovar na embaixada que não há a intenção de usar o visto de visitante para ficar indevidamente no país. Além disso, a família deve

comprovar que possui recursos financeiros para arcar com todos os custos da viagem. Segundo Walter Santos, todos os anos nascem muitos filhos de estrangeiros que estão nos Estados Unidos com status não-imigratório: turista, estudante, pessoas que vão ao país realizar trabalho temporário e outras situações. O problema surge quando o estrangeiro pede um visto e o aplica para entrar e permanecer no país. “Isso é incompatível com a atividade de turismo. Tal situação é diferente de entrar nos Estados Unidos para fazer um tratamento médico. Obviamente, uma gravidez complicada, por exemplo, pode gerar uma legítima intenção de realizar um tratamento pré-natal na

América, o que pode ser provado por registros médicos do país de origem, além de condição financeira adequada para pagar o tratamento.” – afirma o advogado. Para Walter, dizer que o motivo da viagem é para turismo, quando na verdade a pessoa já tem a intenção de ter o filho no país, pode ser entendido como “misrepresentation” ou testemunho falso - que acontece quando o estrangeiro mente para obter o benefício imigratório. “É importante lembrar que tal situação é diferente de quando as mulheres vão aos Estados Unidos a passeio e apresentam complicações na gravidez, que a impedem de retornar ao país em que vivem.” - adverte.

Lembre-se... Quem nasce na América é cidadão americano, mesmo que os pais sejam estrangeiros. Porém, só a partir dos 21 anos de idade é que a pessoa poderá solicitar benefícios, como o Green Card, aos pais e irmãos. A criança terá, portanto, a dupla cidadania - americana e brasileira - e poderá entrar e sair do país sem a necessidade de ter um visto. Para obter a cidadania americana, a criança deve ter o nascimento registrado num cartório dos Estados Unidos e ser levada a um centro do governo. Já para ter o documento brasileiro, a mãe deve ir ao consulado e comprovar a sua nacionalidade. Também está assegurado que a criança nascida no país poderá estudar em escolas públicas, utilizar os programas oferecidos pelo governo e votar. No que diz respeito aos impostos, a partir do momento em que o cidadão americano tiver renda, ele deverá informar, todos os anos, estes valores à Receita Federal americana.

Alethéa Mantovani Alethéa Mantovani

52 FEV/2019

Jornalista e Pedagoga São Paulo - Brasil @aletheamantovani www.revistarevival.com


www.revistarevival.com

FEV/2019

53

Profile for Revival USA

Revival USA - Fevereiro 2019 - Edição #8  

Advertisement