Page 37

al governo. “Nos Estados Unidos concorreram Bush e Reagan. Quando Reagan ganhou, Bush ficou amigo dele e virou vice-presidente. Portanto, isso é comum num país de Primeiro Mundo e civilizado.” – comenta. Ele diz que não fez críticas a Bolsonaro em momento algum. “Eu só questionei como é que tem tanta gente que fica lá no Congresso durante 20 anos, com vários familiares, e não tem uma lei significativa?” Dr. Rey também compara outros candidatos que, assim como ele, não se elegeram. Um exemplo é Mitt Romney,

que disputou a presidência dos Estados Unidos em 2012 e foi derrotado por Barack Obama. Também citou Enéas Carneiro, no Brasil. “Romney teria sido um ótimo presidente dos Estados Unidos, mas não o escolheram e ele desapareceu! Igual ao Dr. Enéas para o Brasil, mas o país o ‘matou’! Ele morreu misteriosamente, imagina?” – comenta. As pretensões políticas de Robert Rey para disputar um cargo político no Brasil terminaram, mas devem continuar nos Estados Unidos, pois em 2022 ele pretende concorrer a deputado federal pelo Estado da Flórida.

Propostas

Dr. Rey, com mulheres da Força Aérea Americana./ Foto: Reprodução

Seu plano como ministro seria dar um vale para cada cidadão brasileiro, com um valor maior para as pessoas da terceira idade e pessoas especiais. Já para os mais jovens e pessoas sem doenças crônicas, o vale seria menor. Com este valor, as pessoas poderiam comprar um seguro privado oferecido por 10 ou 12 empresas, que disputariam entre si para dar melhores condições à população brasileira.

“Aos poucos, eu iria fechar o SUS, porque este sistema é um crime contra a humanidade!” O cirurgião afirma também que pretende conhecer de perto outros temas importantes de um país, como por exemplo, as forças militares e nucleares modernizadas. “Vou aprender como policiar uma nação eficientemente e criar segurança de Primeiro www.revistarevival.com

Mundo. O Brasil tem aviões Mirage, de 1970, que durariam apenas três minutos durante uma guerra.” Outra questão criticada por Rey é sobre as fronteiras brasileiras que, segundo ele, são extremamente suscetíveis à entrada de uma grande quantidade de drogas. “Nossas fronteiras são porosas e todos os dias entram toneladas de narcóticos de todos os cantos. Um em cada cinco jovens brasileiros está nas drogas. Portanto, as Forças Armadas são necessárias para proteger as nossas fronteiras!”- diz.

A imprensa e a esquerda A imprensa foi implacável com Rey e lhe fez duras críticas durante a campanha eleitoral em 2018, e após a eleição, quando ele procurou Bolsonaro.

Formado em Economia e Ciências Políticas pela Universidade de Harvard, e Medicina na Tufts University School of Medicine, além de mestrados em Saúde Pública também na Harvard, Rey se considera bastante preparado para assumir um cargo político. Ele afirma ter muito conhecimento na área de saúde e conhecer o sistema médico que realmente funciona. “Se eu fosse ministro da saúde no Brasil, levaria o sistema americano, que é conservador. Depois, acabaria com o Sistema Universal de Saúde (SUS), pois este não funciona! É um sistema terrível!” Para o médico a imprensa brasileira é de esquerda e foi influenciada por uma ideologia socialista. “A mídia geralmente é fake News, porque é de esquerda!” - e segue seu comentário dizendo: “A esquerda controla a mente do mundo, assim como o Partido dos Trabalhadores (PT), que se infiltrou nas escolas, nas universidades e também na mídia brasileira, muito tempo antes do Lula ser eleito”. Disse ainda sobre o PT: “Praticaram a maior roubalheira da história do Brasil e mundial”. Rey diz ainda que a ideologia socialista iniciada por Karl Marx, Engels, Rousseau, Lenin e Stalin não funciona. “Quarenta países tentaram usá-la e nunca funcionou, pois a motivação das pessoas ao trabalho é retirada. Todos acabaram como a Venezuela! Vejam também a situação da Europa hoje, com 27% de desempregados!” ABR/2019

37

Profile for Revival USA

Revival - Abril 2019 - Edição #9  

Revival - Abril 2019 - Edição #9  

Advertisement