Page 20

Revival - Você vem de uma família de músicos, não é? Quando você descobriu que tinha o dom para cantar? Quais foram as suas influências musicais? Alexandre Pires - Eu descobri quando eu era bem pequeno, quando ainda acompanhava meus pais em seus shows... Tenho várias influências musicais, sou bastante eclético. Revival - Você vivenciou a época do auge de vendas dos LP's, a transição para os Cd's e hoje vive a era da música digital. O que mais mudou dos anos 90 pra cá? Alexandre Pires - Mudou muitas coisas... Antigamente fazíamos lan-

çamentos, divulgávamos em rádios do país todo, hoje você lança uma música que em segundos atinge o mundo todo. Revival - Como é o seu contato com os fãs através das redes sociais? Alexandre Pires - Muito interativo, estamos sempre em contato. Revival - O que toca na sua playlist? Alexandre Pires - De tudo um pouco... Desde boleros até samba. Revival - O que você mais gosta de fazer nos momentos de lazer? Alexandre Pires - Gosto muito de pescar e de ficar com a minha família.

Alexandre Pires anima o público com um show de 3 horas – Foto: Divulgação

Revival - Como se deu a escolha do repertório e o que os brasileiros de Boston podem esperar do "Baile do Nêgo Véio"? Alexandre Pires - A escolha foi bem difícil, pois são muitos hits que surgiram nos anos 90. Revival - Como costuma ser o seu contato com os fãs que comparecem aos seus shows fora do Brasil? Alexandre Pires - É muito gratificante saber que tem 20 ABR/2019

fãs em outros países isso é muito legal e sempre tento retribuir ao máximo. Revival - Qual conselho você daria para quem está começando na música? Alexandre Pires – O conselho que eu dou é persistir e sempre investir em seu equipamento, pois é o seu equipamento que vai fazer a sua diferença. O cantor leva multidões aos seus shows www.revistarevival.com

Profile for Revival USA

Revival - Abril 2019 - Edição #9  

Revival - Abril 2019 - Edição #9  

Advertisement