Page 50

decoração Fotos: marcos cardoso

Alice Galvão

S

Arte de Vic Meirelles conquistou celebridades como Rainha sílvia, da Suécia, e Ronaldinho

Sofisticação

artesanal Vic Meirelles, o flower designer das celebridades, ensina como produzir arranjos refinados a partir da mistura de materiais 50

impático e muito atencioso, o arquiteto e flower designer Vic Meirelles é o grande nome da atualidade quando o assunto é decoração de eventos de luxo. Entre seus clientes estão nomes como Príncipe Ranier, de Mônaco; Rainha Sílvia, da Suécia; Fernando Henrique Cardoso, Marta Suplicy e Ronaldinho. Seu olhar apreende na simplicidade dos insumos naturais as mais inusitadas e belas composições. Dono de um feeling impressionante para misturar materiais e cores, muito ágil e seguro no que faz, sua máxima recorrente é “não pense, se você pensar não dá certo”. Em sua passagem por Goiânia para abrilhantar o lançamento da decoração do Natal Garden Luxo Flamboyant, assinada por ele e pela empresária Conceição Cipolatti, o artista ministrou para um público seletíssimo uma oficina de arranjos para festa, usando materiais naturais e artificiais, objetos típicos do cerrado, peças rústicas, bolas coloridas e outros itens de fácil aquisição. É impressionante como o artista consegue usar em um mesmo arranjo, por exemplo, materiais como cristal, flores artificiais e frutas da estação em composições chiquérrimas e superoriginais. Para garantir um acabamento firme e vistoso, alguns cuidados são essenciais. “Deixe o recipiente que receberá o arranjo sempre bem calçado. Uma base firme é tudo”, ensina Vic. Para isso, o ideal é usar blocos de espuma floral embrulhados com tela de galinheiro e amarrados com arame plastificado, próprio para fixação e guia de plantas. Com esta base, os itens ficam fixos e o arranjo não desmonta com facilidade. O designer não tem preconceito contra as plantas artificiais, que, a seu ver, estão cada vez mais bem acabadas e fiéis às naturais em textura e cor. Mas para quem faz questão das folhagens naturais, ele considera as folhas de camélia, murta ou ruscus como ótimas opções. Neste caso, a espuma floral precisa ficar imersa em água por 24 horas, enquanto para arranjos artificiais isso não é necessário. Dono de uma experiência vasta e grande generosidade, Vic Meirelles atualmente viaja pelo país ministrando cursos, oficinas e workshops, colabora com as revistas Vogue e Casa Vogue, além de atender grandes e glamourosos eventos. Visite o site do artista: http://www.vicmeirelles.com.br/.

Zelo 22  

Vigésima segunda edição da Revista Zelo

Zelo 22  

Vigésima segunda edição da Revista Zelo

Advertisement