Issuu on Google+

ZELO 10ª Edição - Ano III - R$ 7,00 - www.zelodigital.com.br

Dermatologia

Rogério Ranulfo harmoniza beleza e saúde em tratamentos estéticos

Perfil

Juca de Lima comemora 66 anos de arte com exposição e lançamento de livro

Cuba

Culinária de influências espanhola e africana é um dos encantos da ilha caribenha

Festas

Moda vintage com toque de ousadia


Três anos

Z

elo completa três anos neste mês. Nesse período, mantivemos a qualidade editorial e conquistamos novos parceiros e leitores. Produzir uma revista de qualidade num mercado gráfico-editorial como o nosso não é tarefa fácil. Qualidade, aliás, foi o que sempre guiou a equipe Zelo nesses três anos de publicação. Desde a sua criação, em dezembro de 2006, a revista trata com seriedade assuntos como comportamento, beleza, artes plásticas, moda, gastronomia, decoração e política. Fomos atraindo muita gente especial para perto de nós: cronistas, colunistas,jornalistas, fotógrafos, anunciantes e parceiros.

Nesta edição, Zelo traz uma entrevista com o médico dermatologista Rogério Ranulfo, o criador da técnica de correção cirúrgica de estrias, à qual se dedica há 15 anos. Na mesma linha, entrevistamos a nutricionista Marcília de Castro Moraes Campos, que dirige a Mundo do Prazer Alimentação Inteligente, cujo conceito é inovar a abordagem do uso de suplemento alimentar. Também conversamos com Juca de Lima, 83, um dos principais nomes das artes plásticas em Goiás. Paisagista de mãocheia, o artista completou, em 2009, 66 anos de carreira. Outro que está presente neste número é o chef André Barros, que ensina uma receita inspirada na cozinha cubana e aproveita para falar sobre a música e outros atrativos da pequena ilha caribenha. O editorial de moda aproveita o clima de festa para resgatar o vintage em estilo mais ousado. O cenário das fotos é o Museu Pedro Ludovico Teixeira, que completa o clima retrô do ensaio. E, ainda, imagens dos eventos mais badalados de Goiânia. Rosângela Motta

PERFIL - ROGÉRIO RANULFO - 08

GASTRONOMIA - ANDRÉ BARROS - 20 ENTREVISTA COM JUCA DE LIMA - 22 CHEZ NOUS - 26 MODA - 32

SPA DE JOUR - 46 ZELO 4


ZELO  EXPEDIENTE Edição geral Rosângela Motta Edição Ranulfo Borges Edição de Fotografia Ângela Motta Diagramação Henrique de Paula Revisão Fátima Tolêdo

Colaboradores Ranulfo Borges, Pablo Kossa, Carlos Brandão, Adevania Silveira, João Camargo Neto, Ismael Alexandrino, Talvane Garcia, Carlos Sena, Avai Correa, Walter Folador, André Barros, Fátima Tolêdo, Paulo Oliani, Ivan Erick, Philipe Mortosa

Ângela Motta

Ranulfo Borges

Carlos Brandão

Kell Motta

Pablo Kossa

Avai Correa

João Camargo Neto Astero Motta

Adevania Silveira

Jornalista Responsável Astero Motta (JP - 2233) Zelo em Brasília: Kell Motta (61) 8559-1007 Pré-impressão e Impressão Gráfica Formato

Ismael Alexandrino Henrique de Paula

André Barros

Motta Editora Ltda Rua C-156 Quadra 328, Lote 18, Jardim América - CEP 74.275-160 Goiânia - Goiás Telefone: (62) 3259-6510 www.zelodigital.com.br contato@zelodigital.com.br

 MODA

Talvane Garcia Fátima Tolêdo

Walter Folador

Ivan Erick

As modelos Lorena (Global Model’s) e Cynthia Borges (Voga Model) foram fotografadas por Ivan Erick, beleza de Alessandra Nunes, styling de Philipe Mortosa e assistentes Carol Rangel, Clícia Fernandes e Janaína Cabral

ZELO 6


Cabelo e Maquiagem: Fátima Bastos | Grinalda e Acessórios: Inê Carvalho | Bouquet: Inê Carvalho | Fotografia: Estúdio Fotográfico Ilidio Botafogo


 PERFIL

Rogério Ranulfo, o esteta da medicina

Criador de técnicas inovadoras, dermatologista tem como princípio harmonizar beleza e saúde João Camargo Neto

Criador de técnica de correção cirúrgica de estrias,

Ângela Motta

Rogério Ranulfo completa 25 anos de carreira com trabalho reconhecido em Goiânia e Brasília

ZELO 8


Ângela Motta

P

rovinciano em alguns aspectos culturais, Goiás é referência para o Brasil e o exterior em vários setores. Um deles é a medicina, que atrai para o Estado pacientes à procura de tratamentos modernos e certeiros. Se a especialidade for a dermatologia, o fluxo tem endereço certo na capital goiana e também na federal.

O médico Rogério Tércio Ranulfo é um dos dermatologistas mais requisitados no eixo Goiânia-Brasília. Não seria por menos, pois ele é o criador da técnica de correção cirúrgica de estrias, à qual se dedica há 15 anos. Elas lideram o ranking de queixas das mulheres insatisfeitas com o próprio corpo. Rogério Ranulfo defende que a insatisfação, no entanto, não é um critério observado iso ladamente para a aplicação de procedimentos estéticos. Muitas vezes, o profissional é um “psicólogo, um pajé, um colo”. “Temos de tomar alguns cuidados. Às vezes a pessoa tem uma visão distorcida da própria imagem. O médico tem de identificar, orientar e indicar ajuda terapêutica, se for o caso”, explica. Harmonia, para ele, é a palavra que melhor define estética. “Nem sempre a forma mais bela é a correta, que passa o sentido mais harmônico. Não adianta nada ser belo e não saber usar a beleza. Tem de ter rótulo e conteúdo”, aposta. O médico diz que estética e saúde são complementares e que uma não exclui a outra. “A primeira deixa de se harmonizar com a segunda quando você ultrapassa limites”, pondera.

Embora todos os procedimentos tenham suas peculiaridades – afinal, são realizados em humanos – e com a segurança de mais de 25 anos de carreira, ele nunca considera toda cirurgia como se fosse a primeira, “porque já se tem a segurança da anterior”.

Artes e viagens Pesquisar, analisar e operar não são um tríduo fácil. É um processo do qual dificilmente se sai sem desgaste físico ou mental. Ainda mais para quem faz isso com total dedicação. Rogério Ranulfo, porém, não precisa de muito para recompor as energias quando conclui uma cirurgia, por exemplo. Contemplar uma planta, uma obra de arte e ir ao cinema são atividades consideradas por ele como revigorantes. Quando o estresse acumula e a estafa acende o sinal vermelho, parte em retirada. Viajar é seu grande hobby. “Sempre estou chegando de um lugar e partindo para outro”, revela. Antes de conceder a entrevista, Rogério Ranulfo havia retornado da Europa, depois de ter passado por Lisboa, Paris e, por fim, Veneza, onde conferiu a 53ª Bienal, cuja seção principal teve 90 artistas, além das 77 representações nacionais. No dia posterior, embarcaria rumo a São Paulo, para turismo cultural na Pinacoteca do Estado. Seu calendário de viagens não termina com o ano que se finda. O réveillon em São Luís do Maranhão será oportunidade para traçar o roteiro dos dois principais voos que fará em 2010: Inglaterra, onde será reincidente, e Tailândia, onde será turista estreante.z

“Não adianta nada ser belo e não saber usar a beleza”

ZELO 9

Perfil

Rogério Tércio Ranulfo é o terceiro de três filhos de um militar goianiense com uma dona de casa de Morrinhos. Ele estudou até a faculdade em Goiânia; passou pelo Instituto Araguaia, Nossa Senhora da Paz, Atheneu Dom Bosco, Objetivo e Universidade Federal de Goiás (UFG), onde ingressou aos 16 anos. Sua residência foi no Hospital do Servidor Público de São Paulo. Tem mestrado pela Universidade de São Paulo (USP). Entrou na Faculdade de Medicina já com o objetivo de ser cirurgião plástico. No quinto ano do curso, foi monitor da disciplina de Dermatologia. A partir daí, inclinou-se definitivamente para a área. É um dos dermatologistas mais referendados de todo o País, mas cresceu querendo cursar Oceanografia e prestou vestibular também para Veterinária. Suas clínicas de Goiânia e Brasília, Rogério Ranulfo Dermatologia + Laser (rogerioranulfo.com.br), totalizam mais de 40 mil pacientes cadastrados. Além de tratamento de estrias, atua também em celulite, cicatrizes, depilação definitiva, estimulação russa, gordura localizada, isometria facial, preenchimentos, rugas de expressão, rejuvenescimento e terapia fotodinâmica.


POR AÍ...

rosantela@zelodigital.com.br

Fabricio

Rosângela Motta

Richards para mulheres

A Richards, que atua no mercado goiano desde 2003, reinaugurou no último dia 9 de dezembro uma loja totalmente reformulada e com novidades para os clientes do Flamboyant Shopping Center. Além da nova coleção masculina para o verão 2010, a grife passa a oferecer também a linha feminina da Richards. Seguindo o mesmo padrão arquitetônico das unidades de outros Estados, a loja de Goiânia recebeu adaptações em todo o layout para atender o público feminino.

Pin-Up

Divulgação

SHOW FASHION - O empresário Ângelo Campos, um dos criadores da marca de roupa feminina Mob, fez questão de prestigiar o desfile da Mob em Goiânia. Acompanhado de sua mulher, Débora Roig, Ângelo assistiu ao show fashion ao lado do casal Daniella e Francisco Ivo, franqueados da Mob em Goiânia. OLHOS - A médica-oftalmologista Dra. Ângela de Sant'Anna Moraes marcou presença no I Congresso

O Le Touche passa a oferecer um novo conceito em beleza, estética e bem-estar: Jour de Spa. O espaço possui 600 metros quadrados e o projeto é assinado por Alessandra Kostik Marques e Paulo de Tarso Rodovalho Pereira. Com a inauguração do Jour de Spa, o Le Touche, que completa 12 anos, passa a ter mais de mil metros dedicados à beleza e ao bemestar de seus clientes, que compartilham ainda uma boutique, uma loja de cosméticos, lanchonete, estúdio fotográfico e Divulgação

Linha feminina Richards

A esquina das avenidas T-1 e T-10, no Setor Bueno, ganhou um charme extra. O jornalista Rodrigo de Oliveira, a terapeuta ocupacional Miriam Camargo e o biólogo e estudante de Gastronomia Nélio Roberto se uniram no projeto do Pin-Up Restaurante, que substitui o antigo Café ao Chocolat. A proposta é almoçar ouvindo jazz e apreciando gravuras dos anos 50 e 60. Todas importadas de Paris.

Circuito

Jour de Spa

Mundial de Oftalmopediatria e Estrabismo, em Barcelona. Ainda na Espanha, Ângela, que atua no Instituto de Olhos de Goiânia, participou do XXVII Congresso da Comunidade Europeia de Catarata e Cirurgia Refrativa.

RAVENA - Recém-inaugurada, a Ravena Décor traz novidades e exclusividade em estofados personalizados e móveis rústicos de criação e fabricação própria. A ambientação da loja ficou por conta de 17 profissionais das áreas de ZELO 11

A professora Idiner Serradourada foi eleita diretora da

unidade Goiânia Laranjeiras, da Universidade Estadual de Goiás (UEG). Para 2010, uma das metas da diri-

gente é que a unidade passe a oferecer a graduação tecnológica em Beleza. “Essa é uma forma de

reconhecer a importância da categoria”, afirma Idiner.

Arquitetura, Decoração e Designers de Interiores. Os empresários Wanderléia Sampaio e Jorge Paulo estão no comando do empreendimento.

FESTIVAL - A música goiana anda fazendo sucesso Brasil afora. Os músicos Nonato Mendes e Chico Aafa acabam de voltar de Recife, onde participaram das finais do 1º Festival Nacional de Música da Arpub, que divulga a nova produção musical do País fora do circuito comercial.


As escolhas são sempre escolhas...

 ARTIGO

Pablo Kossa

pablokossa@bol.com.br

L

ula ou FHC? Rápido! Rock ou choro? Mais rápido! Goiás ou Vila? Está demorando! Bueno ou Oeste? Vamos! Fast-food ou comidinha light? Está esfriando! Vinho ou uísque? Está esquentando! Caminhada no parque ou academia? É pra ontem! Camiseta ou camisa? Você está atrasado! Subir a 9 ou ir pela República? Que trânsito é esse! Só o caldo ou com gelo e açúcar? Está devagar! Pela esquerda ou pela direita? Já era! Balada nervosa ou jantarzinho com os amigos? Vamos! Ligar o ar-condicionado ou deixar a janela aberta? Decida! Piri ou Goiás? Escolha! Alto Paraíso ou São Jorge? Escolha! Maculelê ou rock de Goiânia? ESCOLHA!!!!

Putz, é tanta escolha... E eu confesso que estou de saco cheio de ter que escolher tanto! O meu poder de decisão está cada vez mais seletivo para coisas de âmbito profissional. Na esfera particular, ando seguindo a lógica do Zeca Pagodinho: deixo a vida me levar. Final de semana não gosto de atender celular, só checo meus emails de vez em quando e não me pergunte se prefiro comer uma carne ou comida italiana no almoço. Se quiser me manter como amigo, já me convide para algo fechado. Tenho que escolher tanta coisa de segunda a sexta que, quando chega o sabadão, não quero decidir nada. E mesmo assim, ando tão enjoado de tudo que é capaz que eu fique com preguiça e queira só ficar em casa. Não me leve a mal, não é nada pessoal, é a mais pura chatice de minha parte mesmo... Mas que mundo é esse que vivemos, não? Tudo é tão dicotômico, tudo é tão excludente, são tantas opções, é tão pouco tempo, é tão ZELO 12

pouco dinheiro e tudo é para ontem. Eu não tenho mais paciência para isso. Até entendo essa correria quando se tem que ganhar a vida, mas, no final de semana, desacelerar o ritmo é somar em qualidade de vida. É quando se tem tempo de observar um passarinho na praça, uma criança correndo ou o formato das nuvens. Ok, confesso que meu ideal hippie fica mais exaltado quando chega o final do ano e vejo que não cumpri metade dos objetivos aos quais havia me proposto em janeiro passado. Mas prometo que no início do ano a energia se renova e o gás é diferente. Antes eu não era dessa forma. Queria todas as opções da Terra para escolher uma de Marte. Ou então para fazer todas as da Terra e sair na rua dizendo que tudo era meia boca. Tudo em velocidade máxima. Vida hardcore. Insanidade com um pé no chão e o outro tentando alcançar a lua. Tudo ao mesmo tempo agora. Hoje, é uma coisa de cada vez. Deve ser a idade. Talvez seja por esse estado balzaquiano que eu esteja mudando as prioridades de vida. O que antes para mim era um sonho – um apartamento legal e confortável em uma região bem localizada e perto de tudo –, deixa de ser atraente, e uma coisa que antes me dava medo – uma casa espaçosa em uma região mais distante da cidade e com vários lotes baldios ao redor – se torna uma obsessiva meta a ser cumprida. Normal. O que vem, também vai. O que eu queria ontem, hoje para mim é passado. O que quero hoje, amanhã será passado. É o ciclo da vida. E antes desse jeito do que morrer antes de perceber que a coisa é realmente assim.z


 VIVER COM ZELO

Uma questão de perspectiva

Ismael Alexandrino

“D

alexandrinoismael@gmail.com

Reprodução

o rio que tudo arrasta se diz que é violento / Mas ninguém diz violentas as margens que o comprimem.” Esses versos foram tirados do livro Sobre a Violência, de Bertolt Brecht, poeta e dramaturgo alemão que viveu no século passado. Medito sobre eles como quase nunca medito sobre poesia. Porque poesias não são escritas para serem meditadas, mas sentidas. Mais que sentir, medito sobre esse trecho de Brecht. Ele fala sobre perspectivas, ângulos de visão. A minha visão, a sua visão; nossas diversidades. Quando nos deparamos com um problema gerado por outra pessoa, temos duas possibilidades: ou a julgamos de súbito, ou nos colocamos no lugar dela. Não raro optamos pelo julgamento precoce, pela impressão, pelo que parece ser. É quase inevitável tomarmos partido. Somos intolerantes por natureza. E a natureza humana tende a ser má, prima pelo instinto. A perpetuação da espécie necessita de certo egoísmo. No meio animal é comum matar o outro se preciso for para garantir o seu espaço, proteger seu território, o seu modus operandi. Esta é a expressão máxima do egoísmo. Mas dos humanos se espera civilização, condição à qual o indivíduo se torna um pouco maleável em prol do próximo, da comunidade, de um “bem maior”. Tem tudo a ver com o que chamam de “amar ao próximo”. E isso só é possível na medida em que você se coloca no lugar do outro. Afinal, é difícil amar quem não se conhece. Mas você pode muito bem se colocar no lugar do outro e amar a si mesmo. Digo “pode” porque também sei que tem gente que não se ama. Aí o problema é mais grave, tornase algo patológico, doença. Aqui, opto por falar com aqueles que já se amam. Aos que ainda não descobriram este prazer – amar a si mesmo –, sugiro (de coração) que procurem ajuda. Para ajudá-los, há os psiquiatras para os mais céticos, há os líderes espirituais para os fervorosos. E há a opção dos dois para os inteligentes. Aos que já se amam, no entanto, estimulo-os a amarem também ao próximo, a serem tolerantes com as diferenças. Se disserem, “mas eu amo o próximo! ”, gentilmente os convido: amem mais! Não precisam ser rio violento que a tudo arrasta; muito menos margens agressivas que comprimem o leito, o fluir gostoso da vida. Se forem “rios”, que sejam belos, cristalinos de alma, que lavem o mundo que o circunda daquilo que é mau. Se forem “margens”, que sejam bondosas, acolhedoras, cheias de carinho, canteiros de safras férteis. Espero, sinceramente, que esta seja uma das suas e das minhas perspectivas, apesar das nossas diversidades.z Ao som de ‘Imagine’ – John Lennon ZELO 14


fashionmania Adevania Silveira

Tecendo letras A designer Mary Figueiredo Arantes, criadora das famosas bijoux da Mary Design – que você com certeza já deve ter visto em dezenas de editoriais de moda –, acaba de revelar uma outra faceta pouco conhecida do grande público, a de cronista. Seu livro As Preciosas Coisas Banais foi lançado no último dia 12 de dezembro, em BH. São 50 crônicas – parte publicada em jornais e revistas e outras inéditas –, que falam das coisas pequenas do dia-a-dia. O livro foi ilustrado por Gabriel Figueiredo Arantes, filho da estilista, e traz comentário de Ronaldo Fraga.

adevaniasilveira@terra.com.br

Sou Minas Gerais

Fotos: Divulgação

A quinta edição do Minas Trend Preview, realizado no início de novembro em BH, confirma que a moda mineira tem DNA. Por uma simples razão: os criadores buscam identidade própria. Como fazem isso? Inspirandose na cultura do Estado. A arte do ofício mineiro, com sua riqueza de detalhes, do espírito do fazer “um a um”, pôde ser vista nas passarelas do Outono-Inverno 2010. Foram 18 desfiles individuais e salão de negócios com 163 participantes. O desfile coletivo na noite de abertura teve curadoria de Ronaldo Fraga, e nem preciso dizer que foi ma-ra-vi-lho-so. Na vitrine abaixo, uma pitada do que passou pelas passarelas.

Mary Arantes, criadora das bijoux Mary

Design: lançamento de livro de crônicas

Look do Projeto Box, que usa câmara de pneu; mochila-guitarra, de Celso Afonso; look Alphorria Cult; e colar-espaguete, da coleção Mary Design

Vergonha alheia

É verdade que tudo o que as novelas lançam em matéria de moda logo, logo todo mundo quer usar. Mas os meiões brancos usados por Betina, interpretada por Letícia Spiller na novela global Viver a Vida, são muitíssimos esquisitos. Puxadas até a altura do joelho, as meias são usadas com shorts ou sobre a legging, o que causa estrago ainda maior ao visual, pois “engrossam” a canela. A moda já ganhou adeptas famosas, como Fani, Adriana Bombom e Thalita Lippi, e, pelo jeito, contra esta febre não há remédio. ZELO 15

Agenda

O calendário dos dois eventos ícones da moda brasileira já está definido. A 16ª edição do Fashion Rio ocorre, de 8 a 13 de janeiro de 2010, no Píer Mauá, zona portuária da cidade do Rio de Janeiro. Já o SPFW, que chega à sua 28ª edição, acontece de 17 a 22 de janeiro, na Bienal do Ibirapuera, em São Paulo. As marcas vão mostrar as coleções para a temporada Inverno 2010.


Os sapatos “esculpidos” pelo designer gaúcho Cristiano Bronzatto estão enlouquecendo mulheres que adoram peças conceituais, que fogem das grandes tendências. Louloux, o nome da marca, tem um estilo forte e marcante. O que chama a atenção é o mosaico de cores e texturas que o designer vai construindo em cada peça, de forma quase artesanal. A inspiração vem da arte, cultura e arquitetura. A fábrica fica em Novo Hamburgo, mas em Porto Alegre está a sua maior loja. Os sapatos já aportaram em Nova York, onde a marca acabou de abrir uma loja, e estão fazendo sucesso por lá.

Sapato da Louloux, marca criada pelo designer Cristiano Bronzatto: sucesso aqui e em Nova York

Jardim em flores

A designer Tarsila Entringer, dona da marca infantil Hibou, escolheu o Terraço Daslu, em São Paulo, para lançar este mês a sua coleção Outono-Inverno 2010. Peças fofíssimas para meninos e meninas de 0 a 8 anos trazem estampas inspiradas em jardins, desenvolvidas pela designer Fabiana Queiroga, com quem a marca mantém parceria desde a primeira coleção. Hibou também vai aparecer, em breve, em editorial de moda de revista europeia. Fotos: Divulgação

Escultura nos pés

Designers Fabiana Queiroga e Tarsila Entringer: parceria em coleção infantil


Só para Homens ivu lga çã o

joaoncamargoneto@gmail.com

De Búzios

Aos pés

Tênis Biarritz com fôrma alongada, baixinho, em versões de lona e de couro, é uma das apostas da Richards para conforto dos pés. O produto não descola, já que é submetido ao processo de vulcanização, onde a tira de borracha lateral é fundida ao corpo do tênis. Em Goiânia, os produtos da marca podem ser encontrados na expansão do Flamboyant Shopping Center – Piso 3.

Verão

A loção Caladryl Pós-Sol não só alivia os efeitos do sol na pele como também recupera a hidratação perdida devido à exposição solar, deixando uma agradável sensação de frescor. Com fórmula suave, a nova loção pode ser utilizada a partir dos dois anos de idade. Recomenda-se não aplicar sobre a pele lesada e evitar contato com os olhos e as membranas mucosas.

 Tutto Underwear, grife goiana dos sócios Candice Fragoso e Gustavo Rossetti, propõe trazer cor à gaveta de cuecas.  O jeans branco, com corte ajustado ao corpo, surge como hit da estação.

 As camisetas pólo listradas ou lisas, com cores

Além da loja no Flamboyant, desde novembro os clientes da Osklen têm uma segunda opção na capital goiana. O Piso I do Goiânia Shopping, considerado a Oscar Freire do centro de compras, abriga a segunda loja da marca na cidade. Na inauguração, todos os convidados foram presenteados com uma peça da coleção Samba.

Fo tos :D

João Camargo Neto

Joia

No Brasil, a Amsterdam Sauer detém a exclusividade da marca Ulysse Nardin e acaba de receber modelo Maxi Marine Diver Titanium, com caixa de titânio de 45 mm de diâmetro, mostrador na cor prata, cristal de safira no mostrador e no fundo da caixa e aro unidirecional. O movimento é automático, como adoram apaixonados por relógios, e o modelo é resistente a 200 metros, com reserva de marcha de aproximadamente 42 horas.

Referência

Presentes

O Boticário criou opções exclusivas para o público masculino neste Natal. Estojos tematizados trazem sucessos da marca, como Malbec, Portinari, Quasar, Connexion e Free. Outras novidades são bolsa para viagem, kit para vinho, boné, bolsa esportiva e kit duas canecas com caneta, que permitem a criação de acessórios personalizados.

PREMIER

e detalhes náuticos, são muito bem-vindas nas baladas, nos finais de semana e até no trabalho.

 As camisas sociais ficaram mais charmosas para o verão, com detalhes na parte interna do colarinho e dos punhos.

Uma viagem à América Latina foi a inspiração para a nova coleção de verão da Denuncia. O mix de referências que mesclam as culturas de cada país aparece na linha jeanswear, que também chega renovada, com shapes e lavagens diferenciadas, para homens que buscam moda autêntica e contemporânea.

Brazil

A Ypióca acaba de lançar uma aguardente de cana extra premium: Cachaça Rio. A bebida, antes vendida somente no exterior, é envelhecida seis anos em tonéis de carvalho e chega ao Brasil.

 O estilo surfe, clássico dos anos 60 e 70, está de volta, assim como os confortáveis docksiders.

 O dourado é tendência quando o assunto são óculos de sol e, na escolha dos relógios, a dica é optar por um modelo de mergulho, nos tons vermelho, azulmarinho e branco.

 Recomendações de leitura para ser o assunto da estação: Men’s Health e Guia de Estilo da Abril.

 Modelo 501 da Levi’s, o maior ícone da marca, acaba de ganhar sua Golden Edition. Para homenagear o modelo, a Levi’s colocou botões folheados a ouro nas peças limitadíssimas.


Fotos: Divulgação

FETICHE

Avai Correia avai@electramag.com.br

Poltrona espuma

Usando sua própria experiência de dificuldades com o joelho, o designer Tu-Ying Wu, da Universidade Tatung, desenvolveu o projeto deste grande “quadrado de espuma” que abraça o seu usuário no momento em que ele se senta, se transformando em uma grande poltrona confortável moldada ao corpo. Com isso, a exigência dos joelhos e coluna fica bem menor. Esta “poltrona espuma” foi inspirada em células de plantas. +info: www.cctv.com

Edredom para dormir pelado

Neste edredom, foi impresso um par de corpos nus tanto de frente (com as 'partes' discretamente encobertas) como de costas. Certamente, estas estampas animaram seu quarto. Já pensou você que tem o hábito de dormir de bruços? +info: www.lazyboneuk.com

Evolução de Michael Jackson

Montanha em Berlim

Idealizada para ser construída no centro de Berlim, a maior montanha artificial do mundo chama-se The Berg. O arquiteto Jakob Tigges é o responsável pelo projeto utópico que anda na boca do mundo e, em especial, dos residentes da cidade. The Berg popularizou-se e até já tem um grupo no Facebook com 3.732 fãs. +info: http://blog.uncovering.org/ #ixzz0Y4hZEeTq ZELO 18

O cantor americano sempre andou nas bocas do mundo e, aparentemente, gostava disso. Cultivava a excentricidade e alimentava obsessões. Uma das mais incompreensíveis e evidentes foi a transformação que impôs ao seu rosto ano após ano. Este processo acabou por lhe trazer problemas sérios de saúde e resultou não em um 'embelezamento', mas numa deformação grosseira e caricata do seu rosto. É possível acompanhar a evolução dos seus traços faciais comparando as fotografias ano após ano. Essa evolução serviu de inspiração ao artista, que reuniu num único painel as várias fases pelas quias passou o rosto de Jackson.


 GASTRONOMIA

Lagosta com banana e mel: prato

Buena Vista Social Cuba

Música e culinária que traz influências espanhola e africana são atrativos da ilha caribenha André Barros

U

ma ilha rebelde no Mar do Caribe. Mar azul-turquesa que banha a única nação comunista das Américas. Multirracial, multicolorida, paraíso tropical, uma ditadura feroz, mas por trás das aparências há um país surpreendente. O mundo ainda desconhece Cuba, que não é apenas uma, mas 1.600 ilhas e ilhotas e 290 praias desertas. É tempo de paz e rotina, e mesmo que olhe para frente, Cuba retém o passado. Ao “trancar a fechadura da ilha” em 1959, o regime trancafiou o tempo... mas as cidades sempre mantiveram a mesma cara, e pela “fresta” que o país está sendo obrigado a abrir já é possível observar as primeiras mudanças. Os dólares estão chegando ao bolso dos turistas. É o fim do sufoco. Restaurantes particulares são cada vez mais comuns pela capital do país. Os chamados Paladares estão se multiplicando na área turística de Havana.

De herança puramente africana e espanhola, são frequentes na cozinha cubana ingredientes como frutos-do-mar, feijão preto, arroz, milho, cará, mandioca, quiabo, banana, alho, acompanhados de carnes de porco e de galinha provenientes de criações domésticas. Seu povo é adepto dos cozidos como o pollo con salsa criolla, típica galinhada cubana; moros y cristianos, arroz e feijão preto enriquecido com carne suína e temperos; e o kuimbombo, cozido de carne de porco e quiabo servido com banana frita. O tabaco, os famosos “puros” em folhas de fumo enrolado, é marca registrada da ilha. Cuba produz 100 tipos de charutos, 32 marcas diferentes, até hoje feitos à mão, uma tradição de muitas gerações. Um país de ouvido musical. A batida caribenha virou moda de novo com o filme Buena Vista Social Club. Essa pátria da polêmica provoca reações com a mesma força que canta. z ZELO 19

LAGOSTA COM BANANA E MEL

INGREDIENTES

200g de lagosta cozida em água e sal 1 banana nanica madura em rodelas 1 colher de sopa de mel de laranjeira 1 colher de sopa de manteiga 1 cálice de rum sal e pimenta-do-reino MODO DE PREPARAR

Cozinhar a lagosta em água bem quente - 100° C - por cinco minutos. Retirar o filé da lagosta e dourar na manteiga com a banana. Temperar com sal e pimenta-do-reino e flambar com rum. Adicionar o mel e cozinhar por três minutos.

Servir com arroz refrescante de hortelã e xerém de castanha de caju.

André Barros

inspirado na cozinha cubana


Agenda Verde

Alternativa ao carvão e petróleo

Ranulfo Borges ran.borges@ig.com.br

 Metade da energia utilizada em Goiás atualmente tem origem no petróleo, vindo em seguida cana-deaçúcar e carvão vegetal. Deste último, pouco se fala, mas é utilizado em larga escala. Obtido com a queima da lenha, o carvão abastece churrasqueiras, fogões a lenha e indústrias, como as siderúrgicas. Além de ser altamente poluente, sua produção destrói vegetações nativas e emprega mão-de-obra escrava de adultos e crianças.

Desafio de gerar energia limpa

Brasil sai da conferência de Copenhague, a Cop 15, com o compromisso de reduzir entre 36% e 39% emissões de gases de efeito estufa. A meta é cortar em 80% o desmatamento da Amazônia e em 40% o do Cerrado. Atualmente, o País é um dos cinco principais poluidores do planeta por causa da derrubada de árvores. Mas, além desse problema, a questão energética é outro ponto estratégico. A geração de energia limpa aparece como o grande desafio para o mundo e o Brasil não pode ficar de fora dessa batalha. Sol, vento, água e cana-de-açúcar são alternativas ao petróleo, o principal vilão da história. Mas também apresentam seus problemas. A cana, por exemplo, é criticada por manter as características do “plantation” da época do Brasil colonial: monocultura, mão-de-obra escrava e exportação.

O etanol, biocombustível obtido da cana-de-açúcar, não polui e é uma fonte renovável. Mas a cana é criticada por ocupar espaço destinado à produção de alimentos. É preciso lembrar também que na cadeia produtiva do etanol entram desmatamento, adubos, pesticidas, água e combustível para tratores. Sem falar que, em muitas lavouras, a colheita ainda é feita com queimadas.

Ângela Motta

Divulgação



Presidente Lula durante reunião de ministros em Brasília que tratou da conferência sobre o clima realizada em Copenhague, na Dinamarca. Brasil assumiu o compromisso de reduzir emissão de

gases de efeito estufa. Além do desmatamento, questão energética é estratégica para esta meta.

Poder destrutivo das hidrelétricas

Água é barata e não polui. Porém, as hidrelétricas podem promover verdadeiros desastres ambientais, com a destruição de matas e espécies animais por causa dos alagamentos. Além de expulsar habitantes da região. Em Goiás, há projetos para instalação de 15 novas usinas.

Perigo que dura dez mil anos

A energia nuclear também é considerada limpa, pois não lança gases poluentes na atmosfera. Porém, Chernobil e Césio 137 já mostraram o que pode acontecer em casos de acidentes. Sem falar no lixo nuclear, cujos efeitos radioativos se estendem por mais de dez mil anos. ZELO 21

Em recente audiência pública na Assembleia Legislativa, André Luiz Rocha (foto), presidente do Sindicato de Fabricação de Álcool do Estado de Goiás (Sifaeg), rebateu as críticas aos biocombustíveis. Ele lembra que o setor sucroenergético emprega hoje, somente em Goiás, cerca de 70 mil pessoas. Também que apenas 1% das terras cultiváveis no Estado são destinadas a esse tipo de lavoura. As pastagens para pecuária, por exemplo, ocupam 40%, e a soja, 7%.




Juca de Lima completa 66 anos de carreira com exposições e lançamento de romance

Carlos Brandão

J

uca de Lima, 83 anos, nascido José Inácio de Lima, é um dos principais nomes das artes plásticas feitas em Goiás. “Na minha infância, todo José era Zequinha ou Juca. Acabei adotando Juca de Lima como nome artístico”, começa o papo. O artista, um paisagista de mão cheia, nesse 2009 completa 66 anos de carreira. “O primeiro dinheiro que recebi com o trabalho de pintura foi em 1943. Dei entrada num terno de linho branco, para conquistar a namorada. Coisa de artista e de poeta.” Juca diz que precisava de uma data relevante para marcar o início de sua trajetória artística e entende que a primeira grana recebida é essa marca. Mas o começo não foi fácil. “Nasci com o micróbio da arte, essas coisas são inexplicáveis. Vivi num meio refratário à arte. Minha família era contra. Meu povo via a arte como algo ligado ao demônio. Eu, criança, achava o contrário: a arte era uma manifestação divina.” Em 1939, Juca veio estudar em Goiânia e, logo depois, seguiu para o Rio de Janeiro. “Imagina um menino caipira de 15 anos, chucro, sozinho no Rio? Entrei num mundo fantástico, o da arte. Frequentei museus, a Escola de Belas Artes, como aluno ouvinte. Conheci artistas, paisagistas. Aprendi muito.” O artista voltou para Goiânia em 1942, ano do Batismo Cultural da cidade. Aqui chegando, recomeçou a luta com a mãe, para que ela aceitasse suas inclinações artísticas. A mãe, ZELO 22

Fotos: Fábio Lima

Papo de artista e poeta

 PERFIL


“Nasci com o micróbio da arte,

essas coisas são inexplicáveis”

vendo que não adiantava lutar contra a arte do filho, contratou-lhe um professor de pintura. “Não existia um mercado de artes em Goiânia. Não se vivia de arte como hoje. Eu vivo exclusivamente da minha pintura há cerca de 40 anos. Mas, naquela época, para sobreviver era preciso se dedicar ao lado prático da pintura”, avisa. Por lado prático, entendase trabalhar em pinturas de casas. Não custa lembrar que, nos anos 40, esse tipo de trabalho era artístico. Não se admitia um profissional que não tivesse pendores artísticos fortes. Juca sempre viajou pelo País, buscando aprimorar seus dotes artísticos. Conta que, em São Paulo, foi aluno de dois conhecidos mestres: Durval Pereira e Colete Pujol. “Nunca parei com o trabalho de pintura em residências. Passei a viver da minha arte, da minha pintura, num tempo relativamente recente. Em 1957, o artista criou a sua oficina de arte na Rua 6, Centro de Goiânia. O local virou um point artístico e político. “Por lá passavam pessoas como Hugo Brokes, Olindo Aldrigo, Washington Honorato Rodrigues, Agostinho, Osterno, João Bênnio e muitos outros.” Nessa época, Juca já era um mestre em publicidade, pintor letrista e aceitava variados tipos de trabalhos artísticos. Exemplo: quando o Parque Mutirama foi criado, o artista foi contratado para realizar toda a pintura do espaço. “Essa empreitada me deu uma casa nova”, revela. No final dos anos 60, passou a fornecer uma média de 10 a 20 telas para uma galeria em Salvador (BA), trabalho que durou cinco anos. Com o dinheiro recebido, passou a sobreviver somente da “arte pura”. “Na minha interpretação pessoal, o mercado de artes em Goiânia se abriu por alguns motivos: construção de Brasília; a vinda, para venda em Goiânia, de revistas de arquitetura e decoração de circulação nacional; com isso, veio o interesse das famílias em ter telas nas paredes de suas casas e apareceram as priZELO 23

meiras coleções particulares”, afirma o pintor. Juca é um dos criadores da Feira Hippie: “O nome original era Feira de Arte de Goiás.” O artista diz que, nos anos 40, sozinho, pensativo, fez uma profissão de fé: “Pensei: ainda vou ver essa cidade cheia de artistas. Há poucos dias, na entrega do troféu Jaburu, no Palácio das Esmeraldas, ver aquele tanto de artistas reunidos me deixou cheio de felicidade e me senti abençoado por ter vivido para ver isso.”

Planos futuros

Juca de Lima sempre escreveu poemas. A poesia veio primeiro que a pintura. Em 2007 lançou o livro de poemas Fontal Vida Poética. O livro demorou sete anos para ser montado e o artista selecionou poemas feitos durante sua vida. Ele explica por que a poesia tem certos insigths que não dão para pintar. “Esses viram poesias.” Agora, ele prepara outro livro; esse, de memórias. “É um romance em que o personagem principal, Vicente, é o Juca de Lima e suas lembranças e vivências. A tarefa principal do personagem é matar um Deus.” Juca aproveita o personagem para contar detalhes da história da arte em Goiânia, dos anos 40 até hoje. Fora isso, ele continua a pintar, e muito, e a expor. z

Poema inédito de Juca de Lima

Não sou ovelha...! Sou lobo. Vago pelas campinas nas dez direções. Meus companheiros: os inumeráveis seres. Minha vestimenta: a inteligência da natureza. Meu abrigo: a liberdade.

Inventores de cercas... Cuidado com os dentes do lobo!


CARROS

Rally Dakar

asterofontenelle@yahoo.com.br

Considerado o maior rally do mundo, o Rally Dakar vai ser realizado pela segunda vez consecutiva na América do Sul. Com largada dia 1º de janeiro de 2010, a 32ª edição vai sair de Buenos Aires, na Argentina, segue para o Chile, para terminar 17 dias depois na cidade portenha. Pela proximidade da região, a prova deve contar com vários concorrentes brasileiros. No total, 375 veículos, entre carros, motos, quadriciclos e caminhões, participarão do rally. Fotos: Divulgação

Astero Motta

Lamborghini Gallardo

A importadora Platinuss iniciou a venda do exclusivíssimo Gallardo LP 550-2 Valentino Balboni no Brasil, pelo valor de R$ 1.350.000. A máquina é uma homenagem ao piloto italiano de mesmo nome que ajudou a desenvolver uma série de veículos da marca. Apenas 250 unidades do modelo foram fabricadas – e uma delas está à venda em São Paulo. A LP550-2 é equipada com o mesmo propulsor utilizado nas outras versões do Gallardo, o V10 de 550 cv de potência.

Supermáquinas

Próxima edição do Experiment Motors 2010 será nos dias 13, 14 e 15 de agosto, no Autódromo Ayrton Senna, em Goiânia. O evento traz o que há de melhor no mundo dos automóveis, como, por exemplo, motos, acessórios e performance. Supermáquinas: exposição e comercialização de veículos importados exclusivos, como Ferrari, Porsche, BMW, entre outros. A empresa paulista Racing Promoções assina planejamento, organização e realização dos test-drives.

Trilha de sucesso

A 18ª edição do Rally Internacional dos Sertões, que acontecerá entre 10 e 21 de agosto de 2010, já começa a traçar a sua trilha de sucesso. A segunda maior competição fora-de-estrada do mundo terá início em Goiânia e vai terminar em

Carros elétricos

A próxima edição do Salão do Automóvel de Detroit, o NAIAS (North American International Auto Show), que acontecerá entre os dias 11 e 24 de janeiro de 2010, promete ser uma vitrine de modelos elétricos. Os lançamentos no segmento de veículos sustentáveis ganham destaque e os organizadores do evento já anunciam que o salão contará com uma área dedicada especialmente à exposição dos carros “verdes”, chamada de “Electric Avenue”.

Fortaleza. O Rally dos Sertões se preocupa em promover os pontos turísticos do Brasil, além de mostrá-los para mais de 65 países. Esta exposição extremamente positiva fomenta os principais centros turísticos do País. ZELO 24

Elétrico iOn

Peugeot se antecipou e anunciou que já começou a aceitar encomendas do seu futuro compacto elétrico iOn, que só estará pronto para as vendas no final de 2010. Ele possui um motor elétrico que gera 64 cavalos de potência e uma velocidade de até 130 km/h. Suas baterias de íon de lítio possibilitam ao elétrico iOn rodar 130 km e podem ser recarregadas em 80% de sua carga em apenas 30 minutos com um sistema de recarregamento rápido, ou 6 horas numa tomada convencional de 220V.


Chez Nous: sobrado construído sobre toras de

Festas em Anápolis ganham mais charme com Chez Nous

madeira, em paisagem que lembra cenário europeu

Fotos: Mega Fotos

Espaço para casamentos, aniversários e eventos alia o luxo e o rústico, em meio a paisagem bucólica. Estrutura inclui heliponto, piscinas, quadra de tênis e cozinha completa

A

nápolis agora conta com um espaço para festas à altura dos eventos mais luxuosos realizados em grandes centros do Brasil e da Europa. O Chez Nous, estância com 80.000 me-

tros quadrados localizada no KM 431 da BR-153, é ideal para quem busca um local charmoso e sofisticado para realizar confraternizações, casamentos, aniversários, entre outras datas especiais, que se tornam inesquecíveis. A estrutura é imponente. O lugar possui heliponto, duas piscinas, sendo uma coberta, com água aquecida a 40ºC e hidromassagem. Duas saunas, uma seca e a vapor, salão principal e amplo salão de jogos. O local possui ainda quadra de tênis, completa cozinha, gerador de energia, iluminação externa em estilo colonial e ampla área para churrasco. O Chez Nous Espaço para Eventos conta com uma área diferenciada: um sobrado construído em madeira de lei e ZELO 26

blindex que abriga a suíte máster. Edificada sobre toras de árvores, a suíte fica ao lado de um belíssimo bosque que proporciona uma paisagem digna dos mais belos sonhos. Um imponente heliponto demonstra que o local é para aqueles que gostam de luxo e sofisticação. Quem chega ao lugar de helicóptero adentra ao espaço pelo belíssimo e amplo salão de jogos, cuja estrutura é toda em madeira de lei. A proposta do Chez Nous segue o significado do nome francês, que em tradução livre é “nossa casa que compartilho”. “É um espaço para estarmos juntos”, afirma a empresária Flávia Miranda, que comemora o seu mais novo empreendimento. Com experiência no ramo imobiliário, ao adquirir a estância, Flávia visualizou seu potencial. “Quero compartilhar a beleza do Chez Nous com pessoas que gostam de lazer com requinte e sofisticação”, finaliza. z


Fotos: Mega Fotos

Local oferece vista panorâmica de Anápolis: luminárias em estilo colonial contrastam com luzes azuis

Cozinha completa, com área para churrasco: saunas e piscina coberta são outras opções de lazer

Salão principal: toda a estrutura para que a festa se torne uma data inesquecível ZELO 27


 EQUILÍBRIO

Vida feliz é uma vida saudável Mundo do Prazer e Supply Nutrition são lojas especializadas em alimentos orgânicos, produtos naturais e suplementos que proporcionam bem-estar e ajudam a manter o corpo em forma Ângela Motta

O

aumento da expectaticomportamento o que viabilizou va de vida traz, implícia criação do projeto Supply tas, ações que dão Nutrition, que pretende alcançar sustentação a uma vida todo o território nacional. A nutrisaudável. Foi pensando no cionista constata que há a conceito de bem-estar, relanecessidade de mostrar que cionado com uma alimenbem-estar é muito mais que tação inteligente e saudável, modismo. “É uma necessidade que a nutricionista Marcília de crucial para a saúde e longeviCastro sonhou criar um dade, pois quem não gostaria empreendimento com caracde chegar saudavelmente aos terísticas que valorizassem a 100 anos, com tudo funcionansaúde. A maior preocupação do perfeitamente?”, diz Marcília. era a perda da consciência Para isso, é bom lembrar que das pessoas quanto a ter vale a pena largar o sedentarisuma boa base alimentar. Para mo e adotar uma alimentação Marcília, no tempo de nossos saudável, que garanta harmonia avós éramos muito mais e beleza ao nosso organismo. saudáveis, tínhamos menos estresse e ainda praticávaHarmonia mos atividade física constanMarcília de Castro afirma que temente, mesmo sem uma a Supply Nutrition traz em suas boa academia para exercitar. lojas um mix de alimentos O sonho foi acalentado até orgânicos, funcionais, sem que, ao pesquisar o mercado, glúten, sem lactose, vitaminas, tanto nacional quanto internaprobióticos, suplementação cional, a nutricionista viu floimportada e nacional, alimenrescer as bases de um tação para vegetarianos, diabétiempreendimento baseado Nutricionista Marcília de Castro: lojas pretendem alcançar todo o território nacional cos e infantil; tudo isso somado em conceitos de saúde e aos condimentos e uma mersustentabilidade. suas rotinas, elas perceberam como tem cearia saudável, que, além de dar água Ainda nos idos de 2005, surge a sido importante a acessibilidade que a na boca, estabelecem harmonia ao Mundo do Prazer – Alimentação indústria da alimentação inteligente tem corpo. Hoje, são cinco lojas, mas Marcília Inteligente, com foco em comercializar trazido ao mundo contemporâneo. garante que, em breve, serão dezenas. alimentos que pudessem trazer uma Pessoas que antes não teriam acesso a “A cada dia elas estarão mais acessíveis dieta equilibrada e uma suplementação determinado tipo de alimentação, hoje à população como um todo, sem um que atendesse não somente aos prati- não encontram a mesma dificuldade no nicho específico”, destaca. A nutricantes de esporte, mas a todos aqueles consumo desses produtos. É o caso cionista afirma que, ao visitar uma das que quisessem ter uma vida saudável. dos celíacos (intolerantes ao glúten), dos unidades Supply Nutrition, as pessoas Com o passar do tempo, o mercado intolerantes à lactose – sem falar de um se surpreendem. “As lojas foram feitas passou a ter uma nova visão sobre a ali- caso ainda mais corriqueiro de restrição sob medida para quem quer ter, além de mentação. Além de as pessoas pas- alimentar: o dos diabéticos. um corpo em forma, muita saúde”, sarem a incorporar hábitos saudáveis às Entretanto, foi essa mudança de salienta a nutricionista. ZELO 28


Inaugurada em Goiânia a Urban, especializada em acabamentos de primeira linha. A loja teve todos os detalhes projetados para atender o mais exigente público, que busca produtos de alto padrão estético e qualidade. O lançamento aconteceu em grande estilo e reuniu arquitetos, decoradores, designers de interiores, clientes e formadores de opinião.


Fotos: Mega Foto

André Martins Codô e Cristina Lohman

Anápolis ganha Chez Nous Paisagem bucólica e estrutura imponente compõem o Chez Nous, em Anápolis. O novo espaço para festas e eventos é localizado no KM 431 da BR-153. A estância recém-inaugurada possui 80.000 metros quadrados. A empresária Flávia Miranda recebeu os convidados dia 3 de dezembro. A decoração e o buffet levaram a assinatura de Cris El Hajj. As pickups foram comandadas pelo DJ Marcos Silveira. Em tempo: em tradução livre, Chez Nous quer dizer “a minha casa que compartilho”.

Keila Resende

Júnior Junqueira

Bruna Miranda, Flávia Miranda e Tainá Miranda

Flávia Miranda, Pedro Canedo e Eliana

Camila Velozo, Thomas Mapa e Anna Hemilia Rodat

Severino Souza, Latif Cury e Antônio Luiz de Pina

Roberto Naves e Rosemeyre Naves ZELO 38

Adriana Marques Thiago e Otávio Thiago

Eber Sampaio e Marina Andery

Euvania Adelaide Silva, Flávia Miranda e Oldemar Espírito Santo

Cristiano Moraes e Vanessa Gioseffi Moraes


Luzinete Santana, Rodrigo Vilela, Luana Vilela, Severino Souza e Ludimila Vilela

Anézia Cecílio

José Maurício Dorninger e Alexandre José

Gilson Porto, Flávia Miranda, Maribel Mosqueira

Edna Mendes, Marluci Melo e Anna Cecília Melo

e Marineusa Ribeiro

Ana Paula Jaime e Sérgio Caldeira

Denise Fiogueira e Luciana

André Leonardo e Vanda Gomes Lúcia e Ricardo Monteiro, Flávia Miranda, Rafael Vulcano e Viviane

Ana Cláudia Roriz, Marina Pinely, Eliana Canedo e Mônica Hajjar

Severino Souza, Lidiane Roncato, João Bosco Rosa, Joaquim de Pina e Renata de Pina

Iolanda Tavares, Valeriano Filho e Genilson Souza

Dulce Miranda, Flávia Miranda e João Miranda

Leda Soares e Bena Alves

ZELO 39

Robin El Hajj Aidar e Cristiane El Hajj


Fotos: Ângela Motta

Andréia Andrade e Janaína

Karine e CristianeTerra

Gustavo Ragonesi e Selva Tassara

Ana Paula e Amanda Sperandio

Salinas inaugura loja em Goiânia Renata-Paulo Estevam Decurcio e Cristiane-Bruno Terra

Para inauguração da Salinas, no Goiânia Shopping, os empresários Cristiane Rocha e Bruno Terra prepararam uma recepção em clima de verão no dia 25 de novembro. No cardápio, muito espumante, sucos de frutas refrescantes e taças de sorvetes com sabores do Cerrado. A loja, toda em madeira, mistura cores leves e marcantes, que lembram uma vila de pescadores à beira-mar. Vips se encantaram com a explosão de cores nas peças inspiradas no estilo de Almodóvar, cineasta vencedor de vários prêmios internacionais. Para o verão, a coleção traz vestidos curtos, superfemininos, usados com shorts por baixo e os casaquetes de tricô de algodão, que escondem com sensualidade decotes e soutiens bem ao estilo Almodóvar.

Maria Eduarda, Renata Decurcio, Brunna Terra e Cristiane Rocha

Ana Flávia

Flávio Terra ZELO 40

Guto Villas Bôas e Denise Paranhos

Cristiana de Melo Oliveira Faria e Isabelle Crispim Sousa


Fotos: Ângela Motta

Italo Melo, Jenifer Ota, Walterci Melo e Flávia

Vilmondes Cruvinel e Karine Terra

Ludmila de Almeida, Iruena de Paula, Naira de Sá e Elke Parize

Victor Tomé e Rayssa Fernandes

Andrea Motta e seu filho

Da Vinci é inaugurado

Andrea Motta e Fernando Samauma receberam em grande estilo na inauguração do Da Vinci Choperia e Restaurante. Cerca de 600 pessoas foram conhecer o novo endereço gastronômico do Setor Bueno. A casa tem vários ambientes e se destaca pelo porte arrojado que mistura o rústico e o moderno. Três exemplos rápidos: o salão principal tem uma área verde que chama a atenção pelas árvores de mais de seis metros de altura e uma cortina de água de 12 x 5 metros que fazem o clima do lugar. Já a chopperia conta com um deck de mais de 130 metros ao ar livre, que tem uma posição privilegiada ao pôr-do-sol. E ainda uma adega para 600 garrafas e uma carta de vinhos com 124 rótulos.

Hanna Pedreira e Flávio Pedreira ZELO 41

Andrea Motta e Fernando Samauma

Ester Panarelo e Ana Paula Panarelo

Isabel Monteiro e Pedro Paulo Medeiros


Surpresa para Keile

A bela Keile Cristina de Moraes completou mais um ano de vida no dia 13 de novembro. Para celebrar a data, reuniu em petit comité no Salão Azul da Lancaster Grill. Ao lado dos filhos, Keile recepcionou familiares e amigos. A decoração e o cerimonial foram assinados por Magda Cristina. A animação da festa teve o comando da equipe Geração 2000, do casal Arnaldo e Cristiane. Pouco antes do “parabéns pra você...”, a aniversariante foi surpreendida pelo namorado, Renato Fernandes, que diante de todos a pediu em casamento.

Fotos: Ângela Motta e Walter Foladar

Thomas Henrique, Keile Cristina e Thiago Henrique

Keile Cristina com o namorado, Renato Fernandes Keile Cristina

Keile com as amigas Renata, Camila, Hellen, Lucelia e Val

Ricardo Janz, Keile Cristina e Rosângela Motta

Mário Mercês, Patrícia e Monteiro

Keile Cristina com a mãe, Maria Glória Moraes, e a irmã Cláudia Moraes

Cláudia Moraes e Anderson

Lucas Branquinho, Keile Cristina e Lorena ZELO 42

Ludimila, Jary e Maria das Graças Aguiar

Elza, Karla Cristina e Bellet

Talita Marins, Cleydson Junior e Magda Cristina Silva


Em clima de solidariedade

Divulgação

Em comemoração aos seus dez anos, o Núcleo de Proteção aos Queimados realizou uma bela festa no Espaço Equatore. O NPQ homenageou 50 parceiros com uma joia criada pelo artista plástico Siron Franco. Viviane Brum e Cristina Lopes

Cristina Lopes, Mônica Piccolo,

Natália Piccolo e Mônica Chaves

Emília Piccolo e Juliana Araújo

Bartenders por um dia

Patrick Costa e Fernando Carvalho

Afif Sarhan e Simone Ferreira

Lauro da Veiga, Andréia Lôbo, Maria Thereza Piccolo, Rossanna Jardim e Rosa Serafim

Nomes da sociedade goiana, como o arquiteto Léo Romano, o médico Haroldo de Sousa, o makeup João Pedro, o jornalista Ulisses Aesse, entre outras personalidades, tiveram dia de bartenders no The Pub. Tudo em nome de uma nobre causa: ajudar o Hospital do Câncer. A balada contou com a presença dos DJs Scorpions, do Rio de Janeiro, e Laurize.

Noite de autógrafos com Meire Santos

Meire Santos

carreira, lançou, no Castro’s Park, o livro A Prata Chegou. Entre ou-

Léo Romano

Carol Oliveira e Ulisses Aesse

tros temas, 25 arquitetos e decoradores convidados falaram sobre a arte de

decorar-arquitetar. A Prata Chegou é a segunda obra organizada pela designer.

Fabiana Bianco e Meire Santos

Wania Alves e Lamartine Porto

Fotos: Ânegela Motta e Walter Folador

Meire Santos, designer de interiores que comemora 25 anos de

Fotos: Kell Motta

Marcelo, José Bomfim e Roberto Andrade

ZELO 43


Núcleo de Decoração em festa

Fotos: Ângela Motta

Núcleo Goiânia de Decoração reuniu centenas de profissionais, entre , parceiros, lojistas e empresários, no Sedna Lounge, em Goiânia. A banda Jukebox e o DJ Rodrigo Melo animaram os convidados. Isolda Gontijo, Tânia Franco, Willian Hanna e Luciana Oliveira Costa

Paulo Tarso

Cláudia Oliveira e João Tomas

José Augusto Daher e Jean Bergerot

Patrícia e Gláucio Rocha

Emac José Augusto, Maria Alice e Eriston Troncha

O empresário José Augusto Daherr reuniu arquitetos, decoradores e designers de interiores numa bela festa na Emac. O buffet foi preparado pelo chef Fernando Hanna, que agradou em cheio ao paladar dos profissionais e parceiros da Emac. Confira os cliques de Ângela Motta.

Maria do Rosário Perilo e Sebastião Damasceno

Confraternização da Apeg

Manoel Balbino e Mustafá Bucar

Ludmilla Amaral

A festa de confraternização de final de ano dos procuradores do Estado de Goiás aconteceu no dia 28 de novembro, no Vintage Casa de Eventos, e contou com a presença de autoridades e representantes de carreira de outros Estados.

Paola Araújo Adorno e Gilvani Gomes Borges Filho

Aline Terto e Marcello Terto ZELO 44

Anderson Máximo e Neli Máximo


O Le Touche passa a oferecer um novo conceito em beleza, estética e bem-estar: o Spa de Jour, cuja tradução é “um dia de spa”. Técnicas em estética, terapias corporais e faciais, bronzeamento natural, banhos aromáticos, maquiagem, cabelo, manicure, pedicure, entre outros serviços, estão à disposição daqueles que buscam passar um dia agradável com uma atenção especial. A inauguração do anexo aconteceu no dia 8 de dezembro. O Spa de Jour possui 600 metros quadrados e o projeto é assinado por Alessandra Kostik Marques e Paulo de Tarso Rodovalho Pereira.

Fotos: Ângela Motta e Walter Folador

Novo conceito em beleza

Ivani Barroso, Bené Pires e Inês Biazi no comando do Spa de Jour

Beatriz Godói e Ricardo de Souza

Wandérleia Sampaio e Wanessa Christian

Mônica Cristina Dias, Tamyres Abdala e Isabella Machado

Alessandra Kostik Marques e Erich Marques

Shophia Voget

Fernanda de Medeiros e Luiz Felipe

Eliane Machado, Elaine Machado e Luciane Marques ZELO 45

Kelly de Oliveira, Ivani Barroso e Graciela Vilela


Fotos: Talentos

Beatriz Godoy e Ricardo de Souza

Larissa Noleto e Waléria Noleto

Haroldo Cardoso

Sávio

Suely Pascoal

Quinze anos de Buffet Imperial A chef Waléria Noleto, sua filha Verissa e equipe do Buffet Imperial recepcionaram amigos, clientes e parceiros do Buffet Imperial em grande estilo. Para comemorar os 15 anos de fundação do buffet, as anfitriãs ofereceram um delicioso e requintado coquetel com comidinhas servidas em porções individuais a um seleto grupo de convidados. A festa aconteceu na Mansão Jaó, originalmente decorada com esculturas de legumes. Um dos destaques da decoração foi a montagem de um lounge, cujo teto recebeu folhagens e pimentões como adorno. O repertório musical ficou por conta da cantora Suely Paschoal e seu saxofonista.

Farizeu, Kamila, Kássio, Ana Carla, Warley Ferreira e Julyana Noleto

Chirley e Marcelo Rosa Waléria Noleto, Ramiro e Alessandra

Marly Mendes e Mena Marangoni ZELO 46

Fernando Hoenen, André Codó e Severino Souza


Waléria Noleto e David Coutinho

Waléria Noleto e Cristiano Cançado

Rafael Bitar e Vicky Merzian

José Guilherme Schwam

Luíza e Juarez Noleto

Lorenzo Roriz e Waléria Noleto

Decoração recebeu pimentões como adorno

Mariana Roriz, Marcela Roriz, Mauro Ronaldo Roriz e Cristina Raizama

Waléria Noleto e Silvana Bueno

Márcia Brandão e Maísa Gouveia

Miguel Rodrigues e Tereza Yamada

Ailson e Gláucia Lisita ZELO 47

Luciene Branquinho, Isadora, Débora, Luiz Antônio e Luiz Felipe Branquinho


Fotos: Haroldo Cardoso

Maísa Gouveia, os noivos Eduardo Cardoso e Nathalia Gouveia, e Gilson Ramos

Chuva de arroz

Nathalia e Eduardo Cardoso Júnior trocaram alianças no Máster Hall no dia 14 de novembro. A noiva é filha da estilista Maísa Gouveia e de Gilson Ramos e o noivo, de Cleonice e Eduardo Cardoso. A cerimônia religiosa foi conduzida pelo pastor Salmo e pela pastora Cássia. Nathalia vestiu um lindo modelo de renda francesa bordado delicadamente em fios de prata e cristais Swaroski. O véu, a grinalda e o buquê ficaram por conta de Cida Flores. A decoração do espaço, toda em verde e branco, foi assinada por Geolivê, da Fest Flora. O Maison Florence serviu o buffet e a Festoon, o bolo e os doces. A Áudio Som comandou as carrapetas e a D&M se responsabilizou pelos telões espalhados pelo salão. Os noivos curtiram a lua-de-mel em Porto de Galinhas.

Fátima, João Américo e Gilson Ramos

Gilson Ramos, Maísa Gouveia e Frederico

Eduardo Cardoso e Nathalia Gouveia

Cláudio Valente, Magno Pinheiro, Kolontai e Eduardo Guedes

Sílvio e Juliana Horta Andrade

Lili Gerais, Maísa Gouveia e Rubens Salomão

Maria José, Divina e Maria do Rosário

e Eduardo Cardoso, Cleonice e Eduardo Cardoso

Alda e José Roberto

Karla Rattes, Uander Pereira e Ângela Motta

ZELO 48

Maísa Gouveia, Gilson Ramos, os noivos Nathalia


Um brinde à maioridade

Empresário Jânio Carlos e Dairdes e o

No amplo espaço do Oliveira’s Place, a apresentadora Ivone Silva reuniu a sociedade para a festa de 18 anos do Troféu Persona. A noite contou com a presença de personalidades do segmento político e social de Goiânia.

presidente da Cambury, Dr. Giuseppe Vecci

Presidente da Agecom, Marcus Vinícius, e Ivone Silva

José Guilherme Schwam e governador Marconi Perillo

Elementais

Paulo Borges e esposa, Marylia, Francisco Valle Jr. e Anselmo Pereira

Rosângela Espíndola Ala, Regina Zuppani e Lucita Campos

16 anos de Pelos Bares da Vida

Em prestigiadíssima tarde no Máster Hall, o jornalista e apresentador José Guilherme Schwam promoveu uma grande festa para brindar o 16º aniversário do programa Pelos Bares da Vida. O jornalista homenageou autoridades e personalidades de vários segmentos da sociedade goiana.

Donizet e Moema Tavares

Tobias Ragonesi, Geraldo Júnior, José Guilherme Schwam e Ricardo Braga

A empresária Betânia Medeiros inaugurou a mais nova loja da marca Elementais no Goiânia Shopping, apresentando a coleção primavera/verão 2010. As peças – inspiradas no cenário baiano – destacam-se pelo colorido, conforto, bem-estar e beleza.

Raphael e Maria Clara

Leonardo Pimenta, Clara de

Medeiros Faria e Betânia Medeiros ZELO 49

Bette e Miguel Medeiros

Kedma Monferrary


Lançamento do Residencial Vanguard Convenience

Adriana Caetano e Guilherme Pinheiro de Lima com os filhos, Mariana e Eloy

Francisco Valle Júnior, Ilezio Inácio Ferreira e Sávio Câmara

Arte como remédio

A GPL Incorporações realizou coquetel de lançamento do Residencial Vanguard Convenience, na Rua 15 com a T-53, no Setor Marista, um local estratégico e privilegiado de Goiânia. O evento contou com a presença de empresários, imprensa, clientes e consultores imobiliários. O Residencial Vanguard dispõe de um exclusivo e atrativo café, inspirado nos cafés parisienses. O projeto de arquitetura é assinado pelos profissionais Alexandre Leite Terra e arquiteta Beatriz Loyola.

Priscila e André Luiz Rassi

Laís Cunha

A Indústria Química do Estado de Goiás (Iquego) inaugurou no Dia Mundial de Combate à Aids, 1º de dezembro, a exposição Aids: Arte é Remédio. A coletiva reúne Pitágoras Lopes, Edney Antunes, Marcelo Solá, Jordana Hermano, Roosevelt, Luiz Mauro, Rodrigo Flávio, Oscar Fortunato, Telma Alves e Léo Pincel. A curadoria da exposição é assinada por Eliane Miclos. Os trabalhos foram produzidos nas embalagens dos recipientes das matérias-primas utilizadas para fabricação de medicamentos pela Iquego – entre eles, antirretrovirais usados no tratamento da doença.

Eliana, Pedro Canedo e Raquel Rodrigues

Eliane Miclos e Afonso

Nara Luiza de Oliveira

Ricardo Reis e Andrea Carrijo

Rodrigo Flávio, Léo Pincel e Jordana Hermano

Pitágoras Lopes

Luiz Mauro e Edney Antunes


Waldir Fernandes Madalena, da Cristal Alimentos, e Tancredo Simão

Ângela Motta, Nicholas Barhtras e Rosângela Motta

Prêmio Megha Profissionais

A cerimônia de entrega da oitava edição do Prêmio Megha Profissionais 2009 ocorreu no último dia 25 de novembro, no salão de eventos do Máster Hall. Empresas e profissionais liberais receberam uma estatueta esculpida em pedra-sabão, em uma luxuosa festa black-tie.

Robin El Hajj Aidar e Cristiane El Hajj

Cirilo Marcos Alves

Graziele Mônaco

Wagner Barros

Mariela Romano

Antônio do Prado

Cristiano Porfírio, Sandra Gontijo e Tancredo Simão

Petrônio Fleury

Euclides Barboza ZELO 51

3281 0123


Edição natalina do Bazar Sophistiqué

O sexto Bazar Sophistiqué reuniu consumidores exigentes no Oliveira’s Place. Com o slogan “Antecipe seu Natal com até 70% de desconto!”, a edição natalina do evento contou com 54 marcas de alto nível de designer a preços acessíveis, além de atores, artistas plásticos e visuais, quadrinistas, poetas, músicos, fotógrafos, videoastas e DJ’s. Idealizado pela publicitária Christiane Freitas e o consultor de varejo Ângelo Baú, o Bazar Sophistiqué possui duas versões anuais que seguem o conceito que une moda, gastronomia e uma eclética programação cultural. Os consumidores tiveram acesso à moda feminina, masculina, infantil, íntima, praia e fitness, além de calçados, acessórios, como joias e bijuterias, decoração e a extensa e gratuita programação cultural.

Ângelo Baú e Christiane Freitas

Henrique Mateus e Andréia Farrati Magna Santos

Cristina Wolf Silva Dias e Neuda Melo

Maria Joana e Silvana Castro

Adriana Lima

Estela Daia

Artistas plásticos participam do Bazar Sophistiqué

Maria de Lourdes, Patrícia de Oliveira e Maria do Rosário ZELO 52

Carol Tinoco e Gabriela Queiroz

Bruna Gauthier

Marcelo Carneiro



Zelo 10