Page 1

O4

dezembro 09

Farmácias www.anossafarmacia.pt já vendem na internet

Já é possível a qualquer utente com acesso à Internet efectuar compras nas Farmácias aderentes ao Portal gerido pela Udifar. Tudo está de acordo com as exigentes directrizes do Infarmed e apresentado da forma mais simples possível. Tudo está de acordo com as exigentes directrizes do Infarmed e apresentado da forma mais simples possível. Os primeiros dias foram marcados mais pela exploração dos internautas do que por compras efectivas, mas a verdade é que ainda assim o número de dispensas de medicamentos (MNSRM) foi superior às expectativas. Todos sabemos que a confiança no nosso serviço se conquista num trabalho continuado e atento aos pormenores, nas Farmácias www. anossafarmacia.pt esse labor já começou. O canal online vai ter cada vez mais importância no futuro. Trata-se de um canal que noutras áreas de negócio cresceu bastante nos últimos anos, pondo em causa grandes empresas e diferentes estruturas de organização do mercado, veja-se o exemplo da indústria discográfica ou da aviação/viagens. O sector da Farmácia é muito técnico e tem inúmeras especificidades, no entanto, não devemos achar que somos imunes às

alterações sociais e aos hábitos de consumo. A utilização crescente das novas tecnologias e o aumento da % de utilizadores da internet vai trazer novos consumidores com hábitos e formas de consumo diferentes dos actuais. A Internet é um meio onde o poder está claramente do lado do consumidor, pois pode comprar o que quer, quando quer, comparar preços de forma fácil, procurar a informação de forma rápida e partilhar as suas experiências influenciando outros potenciais consumidores. Como todos os projectos inovadores o www.anossafarmacia.pt tem a responsabilidade de ocupar um novo espaço e dar resposta às necessidades de utentes/clientes que são diferentes dos utentes/clientes actuais das Farmácias. Talvez que o mais importante nesta fase não seja a rentabilidade do canal internet, mas sim a visibilidade e a capacidade de liderar o mercado do medicamento e para-farmácia online.

A proposta Udifar com este nível de desenvolvimento é única no Mercado, uma vez que assenta numa organização especialista em logística farmacêutica; É um portal bem estruturado e desenvolvido; A marca “a nossa farmácia” foi cuidadosamente desenvolvida e implementada; O site é bem organizado e eficiente; A Farmácia pode controlar, verificar e validar todo o processo de compra; Há a possibilidade da Farmácia manter o mesmo nível de intervenção farmacêutica e responsabilidade na dispensa de medicamentos não sujeitos a receita médica através do controlo e comunicação efectuada com o internauta, verificando possíveis contra-indicações, interacções ou alertas na utilização dos medicamentos; ainda, o custo de implementação e desenvolvimento da aplicação é partilhado com o conjunto de Farmácias aderentes e os custos de manutenção são extremamente competitivos.


Acções de Formação 2009

Objectivos atingidos

Aproximando-se o fim do Ano é hora de olhar para trás e fazer o balanço dos acontecimentos. As Acções de Formação levadas a efeito pela Udifar em parceria com a Indústria Farmacêutica não fogem a esta regra. Muito embora tenhamos passado um ano difícil, de crise económica e por isso de contenção de despesas, com as Farmácias mais preocupadas com assuntos directamente ligados à sua gestão do que com a Formação, a Udifar conseguiu atingir os seus objectivos nesta área. Assim foram apresentados 6 temas, da “Rinite Alérgica” à “Dor”, da ”Osteoporose” à “Terapêutica Osteoarticular” e das “Infecções Fúngicas” à “Gripe Sazonal e Pandémica”, em 33 sessões, em parceria com a GSK, a Grunenthal, a Novartis Farma, a Merck, a Pfizer e a Sanofi Pasteur MSD. As Formações decorreram em toda a área geográfica de intervenção da Udifar, desde Coimbra ao Algarve. Assistiram às Formações, gratuitamente, mais de 2500 participantes, das quais mais de 1400 farmacêuticos e mais de 1100 não farmacêuticos. Aos parceiros da Indústria Farmacêutica a Udifar agradece a colaboração. Aos participantes farmacêuticos e não farmacêuticos das Farmácias a Udifar agradece a presença.

Artur Fialho Responsável da Formação UDIFAR

Vendas de ‘Tamiflu’ e ‘Relenza’ caíram a pique

Pfizer aposta Focos de gripe A em anti-depressivos baixam para metade para liderar genéricos nas escolas

As vendas de Tamifíu e Relenza estão a ser muito inferiores às esperadas. Depois de uma verdadeira corrida às farmácias para conseguir o medicamento, os únicos antivirais eficazes no combate ao vírus da gripe A (H1N1) estão a ser muito menos receitados do que no Verão. Se em Agosto as farmácias nacionais encomendaram 50 mil embalagens, em Outubro os pedidos aos fornecedores não ultrapassaram os 800 medicamentos.

A Pfizer, que no início de Novembro colocou nas farmácias nacionais os primeiros medicamentos genéricos com a marca Parke Davis, tem três anos para chegar à liderança do mercado de genéricos. A meta é traçada por Alex Carvalho, o brasileiro que desde há um ano trabalha na subsidiária portuguesa Pfizer e que dirige a unidade de Produtos Estabelecidos: “Queremos vender muito, tanto que até 2012 queremos estar entre as três primeiras empresas de genéricos em Portugal.”

A gripe A está a desacelerar em Portugal. O último balanço semanal do Ministério da Saúde adianta que foram observados nos serviços de saúde 27.169 doentes com sintomas de gripe e que 22 necessitaram de ser internados em unidades de cuidados intensivos, entre 23 a 29 de Novembro. No mesmo período foram contabilizadas seis mortes, tantas como na semana anterior. É nas escolas que a desaceleração da epidemia é visível: o número de focos (clusters) baixou para metade, de 205 para 110.


Médicos e doentes fogem dos medicamentos para dores intensas

Problema de testes ‘caseiros’ de VIH está nos resultados Para o secretário de Estado adjunto e da Saúde, a comercialização de testes “caseiros” de VIH/sida, pode ser positiva para facilitar o acesso ao diagnóstico. Contudo, Manuel Pizarro entende que a “questão essencial” reside na forma como “os resultados são encarados”.

Fullsix e Infarmed juntos contra a venda de medicamentos ilegais A Fullsix desenvolveu uma campanha interactiva para o Infarmed, com o objectivo de combater a venda ilegal de medicamentos através da Internet. O filme recria o cenário de uma fábrica clandestina e caseira, ilustrando a ausência de condições sanitárias inerentes a muitas operações ilegais. No ‘minisite’ de apoio à campanha o Infarmed dá informações sobre as farmácias e os locais de venda autorizada.

CGC Genetics compra dois laboratórios em Espanha A CGC Genetics, laboratório português de genética clínica, investiu 1,5 milhões de euros em Espanha na compra de dois laboratórios. Com esta aquisição, a CGC Genetics prevê alcançar entre 7% a 12% do mercado espanhol na área das análises genéticas.

Vacinas estão a ir para o lixo Faz parte da imagem de marca de Gregory House, o cínico médico da famosa série norte-americana Dr. House: a dependência de um analgésico narcótico (ou opióide), o Vicodin, que ele toma em doses industriais para suportar a dor crónica numa perna e o obriga a um internamento para desintoxicação. Nos EUA isto não

é só ficção: há muitas histórias de doentes que se tornaram dependentes deste tipo de medicamentos. Em Portugal a situação é completamente diferente, garantem vários especialistas contactados. Nem este medicamento está à venda cá, nem o consumo de fármacos narcóticos é elevado no país.

Há centros de saúde que estão a deitar para o lixo doses de vacina contra a gripe A, a Pandemrix. O centro de saúde da Póvoa de Santa Iria, Vila Franca de Xira, é disso exemplo, mas sabe-se que é uma situação recorrente noutras unidades de saúde. O desperdício é criticado pela má gestão e atitude dos pacientes que faltam à vacinação, numa altura em que a infecção já atingiu mais de 121 mil pessoas em Portugal e fez mais uma vítima mortal, um jovem saudável, de 22 anos, da zona Centro. Já morreram 23 pessoas com o H1N1.

FichaTécnica www.udifar.pt • Editor: José Martins - jose.martins@udifar.pt • Coordenação: Frederico Fialho - frederico.fialho@udifar.pt • Design e Paginação: Luís Barros - geral.barrosdesign@gmail.com • Fotografia: Benjamim Silva - fotobenjamim@gmail.com • Impressão: Rigor das Cores - rigorgloria@mail.telepac.pt • Tiragem: 3.500 exemplares • Distribuição Gratuita por todas as farmácias portuguesas, instituições e empresas do sector • Propriedade e Administração: UDIFAR - Av. Marechal Gomes da Costa, 19 – 1800-255 Lisboa


Noticias Udifar 04  

Noticias Udifar 04

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you