Issuu on Google+

Revista

GRATUITA Ano III - No 28

Emagreça

conheça o método dos Vigilantes do Peso e perca peso de uma maneira saudável e equilibrada.

DECORAÇÃO

Dicas para deixar sua casa aconchegante e ainda mais bonita

GASTRONOMIA

Prepare pratos inéditos do chef Paulo de Luna no Dia das Mães

DIA DAS MÃES

amor incondicional e dedicação norteiam o dia a dia das mães de crianças assistidas pela Amarati


www.revistatouche.com.br www.facebook.com/ revistatouche Editora- Chefe: Mônica Tozetto editora@revistatouche.com.br Jornalista responsável: Mônica Tozetto - MTB: 33.120 Coordenação de Marketing: Ana Maria Tonelli ana@laserpress.net Artes: Equipe Revista touché! Editora Laser Press de Comunicação Integrada Diagramação: Alexandra Torricelli Tiragem: 7.000 exemplares Audiência Média: 28 Mil Pessoas Distribuição: Nas melhores bancas, padarias, salões de beleza, bares, academias, comércios cadastrados e bairros de Jundiaí e Região. Display no Mercadão da Cidade e no Bulevar Beco Fino. Entre em contato conosco: mkt@revistatouche.com.br

Revista

Endereço: Dino, 202 - Ponte São João- Jundiaí- SP Fone: 11 4587-6499

A mais completa tradução

A

vida é repleta de exemplos. Bons e maus. O encontro, porém, com as mães atendidas pela Amarati provoca reflexões. Histórias de vida como a de Joyce, que toca a família sozinha, tem uma fé invencível no futuro e é a que melhor traduz tudo aquilo que Davi, seu filho com necessidades especiais, quer. Sua comuniMônica Toz etto, editora cação assim está além das palavras, ultrapassa o vocabu- editora@revi statouche.com.br lário e só pode ser compreendida sob a lógica do amor. Que não tem fim. E nesse mês especial das mães, a revista touché! traz Na touché! tem ainda muitas outras novidades bacanas. O editorial de ambiente produzido em parceria com a empresa Fabri04 Mães Especiais lis está um arraso, com dicas para deixar a casa com aquela cara de revista. E poucos prazeres se igualam ao 08 Vigilantes do Peso de ter uma casa aconchegante, linda, do nosso jeito. Falando em prazeres, não deixem de ver a matéExercício físico e 14 sobrepeso/obesidade ria sobre o método dos Vigilantes do Peso. Ideal para quem quer fazer um regime de forma balanceada, sem Corrida Ecológica atropelos, loucuras ou extravagâncias. É uma dica para 20 reúne 1.500 pessoas manter o prazer de um bom prato, sem sofrer de culpa Novidades e tendências ao fim da última garfada. 22 para uma casa moderna Nossos colunistas também estão imperdíveis, assim Cardápio Especial como outras matérias que completam a edição desse mês. 28 para as Mães Um beijo especial a todas as mães que acompanham a touché! e uma boa leitura. Aproveitem a revista, divirColunistas exclusivos 32 da touché! tam-se e vamos em frente.


Mães especiais

Gente

Toda mãe é especial, porque toda mãe procura se doar ao filho de alguma maneira Mas, quando este filho também é especial, é preciso aprender além da maternidade. É preciso entender que o cordão umbilical talvez nunca seja rompido. É necessário aceitar que a vida nem sempre é como planejamos, mas mesmo assim, pode ser boa.

M

aria Eduarda, 13 anos, foi uma criança normal até os 5 anos. Nessa idade foi internada por causa de uma crise de asma. E, por uma série de intercorrências e erros médicos, permaneceu no hospital cerca de três meses e sofreu paralisia cerebral global. Sua mãe, Vera, lembra que a sensação foi de que um buraco tinha sido aberto no chão, mas era preciso sair dele, reestruturando a vida. “A gente passa por muitas fases, tem que colar os pedacinhos que foram destruídos, mas nunca mais é a mesma pessoa”, fala ela. E reforça que, nem por um minuto, desejou que a filha não tivesse sobrevivido. “Mesmo com todas as dificuldades, não vivemos sem ela”. No tempo que havia ficado no hospital, Vera aprendeu a cuidar de

04

Abril/Maio 2013

Maria Eduarda. Um ano depois da crise, a família foi acolhida pela Amarati, onde está até hoje. O dia a dia de Vera é como qualquer dona de casa. Acorda, faz os serviços domésticos, dá café para as filhas, faz o almoço, senta pra ver televisão. “A única diferença é que preciso parar e cuidar da Maria Eduarda. Ela é um bebê grandão”. Depois de muito tempo, Vera superou o medo e teve outra filha, hoje com um ano e oito meses. Para Maria Eduar­da foi mais um estímulo. “A pequena brinca, sobe na cadeira de rodas. Ela ri, de alguma forma responde”. Para Vera, é preciso aceitar e correr atrás. Ela aprendeu logo que a car-

Texto: Mônica Tozetto

Vera e Maria Eduarda ga era sua e que para o “carneiro, a lã não pesa”. “E ela não é um peso, é minha filha. Antes eu tinha 100%, hoje só tenho 20%, mas esses eu não posso perder”, avalia. A família luta por cada pequeno progresso e procura os mínimos gestos. A esperança não termina.


Gente

06

Mônica e Vitória Vitória nasceu perfeita. Mas, depois de 4 meses, o pediatra notou que havia alguma coisa errada, já que ela não firmava o pescoço. O mundo de Mônica desabou. Desesperada, não comia e não dormia. Apenas olhava pra filha e enxergava um futuro sombrio. Mesmo assim, foi à luta. No trajeto, precisou abandonar o emprego, que adorava. “Meu desejo era era ver minha filha bem, cuidar dela. E, de fato, com minha presença constante, pudemos ver muitos avanços mais rapidamente”. Por um bom tempo, a ansiedade foi grande. O desejo de Mônica era seguir a carreira bancária. Mas o destino não quis assim. Vitória não foi uma gravidez planejada, mas transformou a vida da mãe. “Eu era uma pessoa materialista, pensava em dinheiro, carreira... Vitória me ensinou que isso não significa nada, que a gente precisa daquilo que é suficiente”. Elas foram acolhidas pela Amarati e frequentam a instituição três vezes por semana. Lá, Mônica ajuda no que pode e faz parte do grupo de mães. “Bordar passou a ser uma das minhas atividades preferidas e aprendi isso aqui”. O dia a dia das meninas é tranquilo. Separada, Mônica acorda mais cedo, dá o café pra filha. “Ela faz muita coisa sozinha, eu que estrago um pouco”, confessa. Passeiam, vão pra Amarati, ouvem música, cantam. Mônica aprendeu a se comunicar com a filha. Entende tudo o que ela diz. “Compreendi que eu precisava ter mais amor do que podia dar. E aceitei”. Abril/Maio 2013

Joyce e Davi Joyce e Davi Joyce teve uma gravidez normal, mas o parto complicou e Davi, que quase morreu, ficou com grave paralisia cerebral. Quando recebeu a notícia – tinha 23 anos na época - não entendeu muito. “Fui conhecendo a realidade aos poucos. Não imaginava a extensão do que eu teria que enfrentar. Saí do hospital já com encaminhamento para a APAE”. No começo, Joyce ser revoltou com os médicos, mas com o tempo, apegou-se a vida espiritual, o que ajuda bastante a enfrentar as dificuldades. Depois da APAE, onde ficou algum tempo, a mãe procurou a Amarati. “Precisava de coisas novas e aqui encontrei o que buscava”. A rotina de Joyce é bastante corrida. Além de Davi, com 6 anos, tem uma menina de 8 e o caçula, de 4. O marido abandonou a família. “Os irmãos aceitam bem o Davi. Brincam com ele, torcem para ele andar. Mesmo assim, preciso me dividir, e essa parte é complicada, porque tenho que ficar com Davi 24 horas no ar”.

Joyce consegue se comunicar com Davi e entende tudo o que ele quer. “As pequenas coisas pra gente fazem muita diferença. Quando pedi a Deus que devolvesse meu filho, não importava de que maneira, sabia que de uma forma ou de outra, teria forças”.

Mônica e Vitória


Conheça a Amarati A Amarati – Associação de Educação Terapêutica para Portadores de Lesões Neurológicas foi fundada em 1982. Com sede própria, atende as patologias de Paralisia Cerebral, Mielomeningocele, Síndromes Genéticas, distrofias

Gente musculares e lesões medulares. Para prestar esse serviço, conta com o apoio da comunidade e Prefeitura Municipal. A capacidade de atendimento é de 250 assistidos. Você pode colaborar sendo um as-

Bazar do Dia das Mães Uma boa oportunidade para conhecer a Amarati. Visite o bazar da entidade no dia 8 de maio, das 9 às 11h30 e das 14 às 16h30, na Amarati. Os produtos são confeccionados pelos assistidos, mães e voluntários nas oficinas de costura, artesanato e culinária do Projeto Gerando Renda.

sociado, fazendo uma doação ou como voluntário. Visite a entidade e conheça um pouco mais sobre o incrível trabalho da equipe multidisciplinar. • Mais informações: 11 3378-5800 • www.amarati.org.br

Jantar Beneficente No dia 22 de junho acontece um jantar beneficente cuja renda será destinada a compra de 20 cadeiras de rodas totalmente adaptadas aos assistidos da Amarati. O evento está sendo organizado e patrocinado pela Família Solidária e o menu está a cargo do chef Paulo de Luna. Para saber mais, ligue: 11 3378-5800 (Denise - Amarati) ou 4583.1245 (Denise - Sobam).

Abril/Maio 2013

07


Saúde

Vigilantes do peso:

e d a d i l i b a s n o p s e r m Flexibilidade co O programa Vigilantes do Peso propõe a adoção de um estilo de vida que combina hábitos saudáveis, tanto no quesito alimentação, quanto na prática de atividades físicas. O objetivo é promover uma redução de peso de forma gradativa e sustentável. Na prática, o associado deve frequentar semanalmente as reuniões, onde orientadoras treinadas – que emagreceram com o método e aprenderam a manter o peso saudável – informam e apoiam o processo de emagrecimento e manutenção. Para quem tem pavor de exposição, vale ressaltar que o peso é mantido sob sigilo.

08

Abril/Maio 2013

O novo sistema

que possuem maior teor de fibras e/ou

menos sal, açúcar e gorduras saturadas.

Lançado no Brasil em 2012, o pro-

“Essa composição nutricional contribui

base pesquisas científicas recentes. Foi

tempo, uma vez que as fibras prolon-

para os alimentos mais nutritivos e que

tos”, explica.

do tem um número de ProPontos para

que possuem maior quantidade de sal,

acordo com sexo, idade, altura e peso.

os mais ricos em vitaminas e minerais

tringe nenhum alimento e as frutas são

equilíbrio do corpo. “Com o organismo

grama atual, o ProPontos, tem como

para manter a fome afastada por mais

desenvolvido para direcionar as pessoas

gam o tempo de digestão dos alimen-

promovem maior satisfação. O associa-

Além disso, evitar aqueles alimentos

consumir diariamente, que varia de

açúcar e gorduras e dar preferência para

Bastante flexível, o programa não res-

contribui para a prevenção de doenças e

liberadas, isto é, valem 0 pontos.

equilibrado e funcionando melhor, os

A nutricionista do Vigilantes do

Peso, Michelle Bento, destaca que os

alimentos indicados como “plenos” no

programa são opções mais nutritivas,

sinais de fome e saciedade também fi-

cam regulados e metabolismo trabalha

melhor, facilitando a perda e a manutenção do peso”, conclui.


Saúde

Quem somos O Vigilantes do Peso faz parte de uma organização mundial criada nos Estados Unidos nos anos 60 e evoluiu ao longo dos anos, incorporando as mais relevantes pesquisas sobre obesidade, com o objetivo de desenvolver uma proposta de emagrecimento confiável e acessível. Hoje, a organização está em 30 países, incluindo o Brasil, onde chegou há 38 anos.

Abril/Maio 2013

09


Saúde

SUGESTÕES DE CARDÁPIO

No programa Vigilantes do Peso o associado tem liberdade para montar seu cardápio, baseado no seu número de ProPontos, que variam de acordo com sexo, idade, altura e peso. Os triângulos verdes na frente de alguns alimentos identificam os Alimentos Plenos no programa, que dão maior saciedade. Cada cardápio abaixo possui um total de 34 unidades ProPontos.

Café da manhã

∆ 1 xíc. de mamão Café ou chá à vontade ∆ 1 xíc. de leite desnatado ∆ 1 fatia de pão de forma integral light ∆ ½ xíc. de queijo cottage, 0% de gordura Total: 5 ProPontos

LANCHE DA MANHÃ

∆ 1 banana pequena Total: 0 ProPontos

ALMOÇO

∆ 1 porção de rosbife com salada de milho e tomates (Veja receita) ∆ ½ xíc. de arroz integral cozido ∆ ½ xíc. de feijão carioca cozido ∆ ½ xíc. de abóbora cozida ½ xíc. de salada de frutas com suco, sem açúcar Total: 13 ProPontos

CAFÉ DA MANHÃ

∆ 1 xíc. de melão ½ xíc. de suco de laranja natural 1 porção de ramekin de ovo, bacon e queijo (Veja receita) Total: 5 ProPontos

LANCHE DA MANHÃ

∆ 1 pêssego fresco Total: 0 ProPontos

ALMOÇO

∆ 3 unid. de almôndega de frango cozida em molho de tomate ∆ 1 xíc. de macarrão tipo espaguete

10

Abril/Maio 2013

integral cozido ∆ ½ xíc. de feijão fradinho com cebola e tomate ∆ ½ xíc. de cenoura cozida com ervas frescas ∆ ½ xíc. de salada de agrião com tomate cereja 1 c.c. de azeite ∆ ½ xíc. de abacaxi picado Total: 13 ProPontos

LANCHE DA TARDE

∆ 1 xíc. de iogurte light ∆ 3 unid. (30 g) de torrada integral 2 C.S. geléia de frutas sem açúcar Total: 6 ProPontos

LANCHE DA TARDE

∆ 1 goiaba fresca ∆ 1 pote (185 g) de iogurte natural desnatado 2 C.S. de gérmen de trigo 1 C.S. de linhaça Total: 5 ProPontos

JANTAR

∆ 1 filé (120 g) de peixe assado (pescada, linguado) 1 xíc. (chá) de purê de batata com leite e manteiga ∆ ½ xíc. de brócolis cozidos ∆ 1 xíc. de salada de folhas verdes e cogumelos 1 c.c. de azeite de oliva Total: 11 ProPontos FOTO ILUSTRATIVA

JANTAR

∆ 1 fatia (100 g) de carne magra assada (lagarto) 1 unid. (150 g) de mandioquinha cozida ∆ salada de alface com pepino 1 c.c. de azeite de oliva Total: 10 ProPontos


Saúde

ROSBIFE COM SALADA DE MILHO E TOMATE 1/3 de xíc. de vinho tinto seco 1 galho de alecrim fresco ¾ de c.c. de sal ¼ de c.c. de pimenta em pó ∆ 500 g de miolo de alcatra limpa ∆ 1 espiga de milho verde grande ∆ 4 talos de cebolinha verde ∆ 2 xíc. de tomates-cereja partidos 1 C.S. de vinagre de vinho tinto 2 c.c. de azeite ½ c.c. de alecrim fresco picado 1. Num saco plástico de alimentos grande com zíper, junte o vinho, o galho de alecrim, a metade do sal e a metade da pimenta. Acrescente a carne, retire o ar e feche o saco. Vire algumas vezespara espalhar o tempero na carne. Refrigere por 30 minutos ou por 2 horas, virando ocasionalmente. 2. Unte uma assadeira de forno elétrico com tostador com óleo em spray. Preaqueça

o forno em alto.

e tomate.

4. Retire a carne do tempero e descarte a marinada. Arrume a carne na assadeira ou em uma grade e grelhe por 3 - 4 minutos de cada lado, até cozinhar por dentro e ficar a gosto. Transfira a peça para uma tábua limpa, cubra com papel alumínio e aguarde 2-3 minutos. Corte transversal às fibras em 12 fatias finas. Sirva com a salada de milho

Por porção (3 fatias de carne 2/3 de xíc. de salada): 264 g, 251 Calorias, 26 g de Proteína, 12 g de Carboidrato Total, 9 g de Gordura Total, 3 g de Gordura Saturada, 0 g de Gordura Trans, 42 mg de Colesterol, 499 mg de Sódio, 4 g de Açúcar Total, 3 g de Fibra, 40 mg de Cálcio.

RAMEKIN DE OVO, BACON E QUEIJO 4 fatias (80 g) de bacon ∆ 4 ovos levemente batidos ∆ ¼ de xíc. de tomate-cerejas picados ¼ de xíc. de farelo de croutons light 2 C.S. de queijo mozarela, light, ralado 1 galho de salsa fresca 1. Preaqueça o forno a 180º C. 2. Forre 4 tigelas individuais, com capacidade de 250 - 300 ml, com 1 fatia de bacon. Divida os ovos batidos nas tigelas. Cubra com os tomates, o farelo de croutons e o queijo.

ü Rende 4 porções ü Tempo de preparo: 20 minutos ü Tempo de cozimento: 25 minutos ü Dificuldade - Fácil ü 6 ProPontos / porção

3. Na assadeira, grelhe a espiga de milho por 15 - 17 minutos até dourar, virando algumas vezes. Na metade do tempo, acrescente a cebolinha verde para grelhar. Transfira tudo para uma tábua. Aguarde o milho esfriar o suficiente para segurar e corte os grãos com uma faca. Fatie a cebolinha verde. Transfira tudo para uma tigela média e acrescente os tomates, o vinagre, o azeite, o alecrim e o restante de sal e pimenta. Misture e mantenha em temperatura ambiente.

3. Arrume as tigelas em um tabuleiro e asse por 20 minutos, até que os ovos cozinhem e dourem por cima. Guarneça com a salsa.

ü Rende 4 porções ü Tempo de preparo: 10 minutos ü Tempo de cozimento: 20 minutos ü Dificuldade - Fácil ü 3 ProPontos / porção

POR PORÇÃO (1 tigela): 140 g, 136 Calorias, 12 g de Proteí­na, 6 g de Carboidrato Total, 6 g de Gordura Total, 2 g de Gordura Saturada, 0 g de Gordura Trans, 199 mg de Colesterol, 343 mg de Sódio, 1 g de Açúcar Total, 0 g de Fibra, 71 mg de Cálcio

Abril/Maio 2013

11


Saúde

SORTEIO O Programa Vigilantes do Peso e a revista touché! Vão sortear uma coleção de livros de receita. Para participar, entre no site,acesse o link da promoção e insira seus dados. O sorteio será eletrônico. Entre na fan page facebook/revistatouche e saiba como participar. O sorteado deverá entrar em contato com fcarvalho@vigilantesdopeso.com.br e depois ir a uma reunião em Jundiaí para buscar a coleção.

Televendas dos livros • 800 726 6171

Vigilantes do Peso em Jundiaí

Sociedade Estrela da Ponte Rua Padre Ângelo Cremonti, 36 - Ponte São João • Aos sábados, às 10h00 Sociedade Desportiva e Recreação Rua Barão do Rio Branco, 241 - Vila Arens • Às terças-feiras, às 16h00 e 18h30

12

Abril/Maio 2013

Mais informações 0800 726 6171

www.vigilantesdopeso.com.br


Corpo

Exercício físico e sobrepeso/obesidade Nas últimas décadas houve um rápido e crescente aumento no número de pessoas com sobrepeso e obesas, o que tornou a obesidade um problema de saúde pública. Obesidade é mais do que um problema com a aparência, é um grande perigo para a saúde (16,6% - 400 mil mortes registradas no Brasil são provocadas pela equação obesidade mais sedentarismo). Profissionais da saúde concordam que quanto mais obesa for a pessoa, maior probabilidade terá de desenvolver problemas de saúde. No Brasil, o sedentarismo causa: 8,2% dos casos de doenças cardíacas, 10,1% dos casos de diabetes tipo 2, 13,4% dos casos de câncer de mama e 14,6% dos casos de câncer de cólon. Todos esses casos poderiam ter sido prevenidos se a população brasileira fosse fisicamente mais ativa. Se nenhuma medida for tomada, a obesidade deve se tornar rapidamente a principal causa evitável de morte nos EUA, superando o fumo. Um relatório divulgado pelo CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças) mostra que, na última década, as mortes por obesidade aumentaram num ritmo quase quatro vezes maior do que as causadas pelo fumo. No entanto, evidências sugerem que grande parte do sobrepeso e da obesidade é mais significativa devido

14

Abril/Maio 2013

ao baixo gasto energético (inatividade física) que ao alto consumo de comida, enquanto a inatividade física (sedentarismo) da vida moderna parece ser o maior fator etiológico do crescimento dessa doença nas sociedades industrializadas. Para o tratamento da obesidade é necessário que o gasto energético seja maior que o consumo energético diário, o que nos faz pensar que uma simples redução na quantidade de comida através de dieta alimentar seja suficiente. Portanto a combinação ideal é uma mudança no estilo de vida, através de aumento na quantidade de atividade física praticada e reeducação alimentar. Muitos pensam que pessoas obesas são gulosas, preguiçosas ou ambos. Como resultado, geralmente elas enfrentam preconceito ou discriminação na hora de praticar exercício físico. Portanto, nós do Espaço Agir dispomos de aulas voltadas para a qualidade de vida da pessoa com sobrepeso e ou obesa, as aulas são direcionadas, supervisionadas, individuais ou grupos reduzidos e realizadas em lugares escolhidos pelo paciente, sempre visando o objetivo e os limites de cada um. Agende uma aula sem compromisso! Profa. Esp. Ana Claudia Penna

A combinação ideal é uma mudança no estilo de vida, através de aumento na quantidade de atividade física praticada e reeducação alimentar.


Galeria touché!

Tudo o que acontece em Jundiaí e região você vê aqui, na nossa Galeria touché!. Participe. Sincomercio inaugura sede em Jundiaí No dia 6 de março, o Sincomercio Jundiaí, sob a presidência de Edison Maltoni, abriu as portas da nova sede. A instalação belíssima contempla estacionamento, espaços para reuniões e encontros, além de inúmeras salas que atenderão o associado com muito conforto. Um elevador instalado na entrada dá acesso a quem tem redução de mobilidade. O auditório possui capacidade de 200 pessoas para execução de palestras, cursos e treinamentos. A nova sede se localiza na Rua Prudente de Moraes, 584 – Centro – Jundiaí. Telefone (11) 4521-2157. O horário de funcionamento do Sincomercio é de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Luz da Lua lança nova coleção A loja Luz da Lua, do Maxi Shopping, ofereceu

um coquetel de lançamento da coleção outonoinverno para todas as suas clientes. As novidades

estão lindíssimas e foram criadas para quem tem

bom gosto e sofisticação. A equipe, sempre compe-

tente, aguarda você para conhecer os lançamentos. Vale a pena conferir.

Gabinete de Leitura recebe exposição Para comemorar o Dia Mundial da Água, a DAE

S.A. realizou exposição de fotos no Gabinete de Leitura Ruy Barbosa.

A abertura contou com a presença de vários fotó-

grafos profissionais e amadores de Jundiaí e também

Centenário do Clube São João

foi prestigiada por secretários e vereadores. O presi-

dente da Câmara, Gerson Sartori, vereador Paulo

Malerba e o presidente da DAE, Jamil Yatim também O Clube São João lançou

um livro comemorativo aos 100 anos. Editado pela Laser

Press, a obra contempla um pouco da história de um pas-

sado grandioso. O exemplar pode ser adquirido por R$ 20,00. Mais informações pelo telefone (11) 4587-7020.

16

Abril/Maio 2013

estiveram presentes.


Receitas do bem

Galeria

O médico e chef Paulo de Luna, que lançou no ano passado a obra

“Grandes Receitas”, fez a doação oficial do valor arrecadado com a

venda dos livros. Pelas mãos da Família Solidária, cada entidade par-

ticipante do projeto recebeu R$ 25.000,00. Foram beneficiadas Ateal, Amarati, Bem Te Vi e Casa da Criança.

Cândido Portinari ganha uma exposição no Museu de Arte de São Paulo (Masp) Um dos maiores nomes da pintura brasileira, Cândido Por-

tinari ganha uma exposição no Museu de Arte de São Paulo

(MASP). Conhecido internacionalmente pelas temáticas de suas pinturas, o artista sempre esteve focado em retratar o Brasil e

seus regionalismos. A exposição com 11 de suas obras acontece

de 18/04 a 14/07, as terças, quartas, sextas, sábados e domingos

das 10h às 18h e as quintas, das 10h às 20h. Ingresso: R$ 15,00. Estudante: R$ 7,00. Crianças até 10 anos e adultos acima de 60

anos não pagam. Todas as terças- feiras o acesso é gratuito a todos.

Abril/Maio 2013

17


Festival de Cultura Japonesa foi um sucesso no Maxi Shopping

Senac Fashion Day também em Jundiaí De abril a maio, o Senac São Paulo vem promovendo

o “Senac Fashion Day – verão 2014”, com ciclo de pales-

tras e oficinas que passará por seis unidades do interior do

Estado (Americana, Bauru, Itapira, Jundiaí, Mogi Guaçu, Piracicaba) no qual especialistas abordarão questões relacionadas ao mercado e às tendências de moda para o próximo verão. A unidade Jundiaí realiza o evento no dia

08 de maio, com as palestras “A Importância do Novo

Trends”, ministrada pela jornalista e consultora de moda

Erika Palomino, e “Temas e Inspirações do Verão 2014”, No dia 21 de abril aconteceu o encerramento do Festival

de Cultura Japonesa, no Maxi Shopping Jundiaí, que foi um verdadeiro sucesso. O público pode apreciar uma apresentação de Taiko (tambores japoneses), levada pela Sociedade Nipo Brasileira de Jundiaí. Além disso, os visitantes também

conheceram de perto um pouco mais sobre a cultura orien-

tal, através de uma incrível exposição de espadas, capacetes,

com Tatiana Putti. O investimento para participar das palestras é R$ 50,00. O evento é direcionado a estudantes

e profissionais do setor, como estilistas, confeccionistas, varejistas, produtores, jornalistas e demais interessados na área. Mais informações podem ser obtidas em www. sp.senac.br, pelos telefones 0800-883-2000 e (11) 33952300 ou diretamente no Senac Jundiaí.

vestimentas, bonecas antigas, bonsais e também com apresentações de dança tradicional e a arte das espadas (Kendô).

Final de semana lúdico

Livro para profissionais de eventos esportivos O professor Davi Rodrigues Poit, da Escola Superior de

Educação Física (ESEF) lançou o livro “Elaboração de ProNo Hotel Ponto de Luz, o final de semana do dia das

Mães – 10 a 12 de maio – tem pacotes com 50% de desconto para todos os hóspedes e atividade lúdica especial para as famílias. “Brinquedos de Alegria”, atividade com a arte-edu-

cadora Lu Lopes, propõe aproximar pais e filhos de todas as idades oferecendo dinâmicas para criar ambientes mais harmoniosos nas famílias. O pacote inclui pensão completa com

quatro refeições, caminhada, vivência corporal e meditação diariamente, e fica, já com o desconto, R$ 263 por pessoa em

quarto duplo e R$ 110 para crianças de 6 a 11 anos. Crianças até 5 anos não pagam estadia.

18

Abril/Maio 2013

jetos Esportivos”. Nesta obra o leitor encontrará orientações, dicas e conceitos fundamentais para elaborar um projeto esportivo com qualidade. A ênfase é para projetos que visem captação de recursos, entretanto, mesmo projetos incentivados precisam de uma cara comercial para conquistar um patroci-

nador. Outro destaque deste livro se refere à negociação do projeto, tema pouco discutido e de grande relevância. Ao autor

ficam os nossos parabéns por mais uma relevante publicação, que, de maneira prática e consistente, vem conseguindo, por meio de suas obras, influenciar e inspirar uma geração de novos empreendedores da Gestão do Esporte.


Galeria

Aniversário do Parque da Cidade

O Parque da Cidade comemorou 9 anos no dia 21 de abril, com passeio ciclístico, passeio potográfico e várias outras atrações. O presidente da DAE, Jamil Yatim, gostou tanto que já prometeu mais uma grande festa para o aniversário de 10 anos. O presidente do legislativo Gerson Sartori, os secretários Júnior Aprillanti e Paulo Galvão, o presidente da DAE, Jamil Yatim, e o prefeito, Pedro Bigardi, prestigiaram a comemoração.

Novidades na TVE No dia 24 de abril, a TV Educativa de Jundiaí apresentou sua nova programação para convidados, no Museus de Energia. O superintendente Thiago Godinho apresentou uma nova proposta abrangendo as sete cidades que compõem a AUJ (Aglomeração Urbana de Jundiaí) Segundo ele, o jornalismo será o carro chefe, dando mais ênfase para os acontecimentos de toda a nossa região. Mas a grade também contará com programas de esporte, entretenimento, culinária, humor etc. Além do prefeito Pedro Bigardi participaram também o vice e secretário de Educação, Durval Orlato, o presidente da Câmara Municipal, Gerson Sartori, secretários, diretores da prefeitura, imprensa e convidados.

O melhor em hospedagem Hoje o Intercity possui 19 hotéis em 13 cidades do Brasi e Uruguai. Oferecendo serviços inteligentes free e atendendo a necessidade de quem viaja a negócios. São soluções para vários momentos, desde movimentar o corpo no fitness center, aproveitar a sugestão do cardápio do restaurante do hotel e até um programa imperdível com os amigos e com churrasco à beira da piscina no Espaço Gourmet. Em Jundiaí, está localizado a 45 km da cidade de São Paulo, a 25 km de Campinas, e à 15 minutos dos parques Hopi Hari e Wet’n Wild e com acesso facilitado pelas Rodovias Bandeirantes e Anhanguera. Além disso, também está próximo do distrito industrial, Maxi Shopping e centro da cidade.

Sephora inaugura 5a loja no país Na sexta-feira (26) a Sephora inaugurou a quinta loja da marca no país e a terceira no Estado de São Paulo. A escolha para a nova unidade foi o Jundiaí Shopping. Na foto, Sue Oyafuso, gerente de Marketing e PR da Sephora, Camilla Ribeiro, coordenadora de Marketing do JundiaíShopping, Marina Ruy Barbosa, Guillermo Bloj, superintendente do JundiaíShopping e Cinthia Oliveira, do marketing da Sephora.

Abril/Maio 2013

19


Esporte

s oa ss pe 0 50 1. e ún re a ic óg ol ec a id Corr

O

rganizada pela E2x, empresa especializada em Marketing Esportivo, a prova Paineiras Eco, realizada no dia 7 de abril, reuniu cerca de 1.500 corredores. A novidade deste ano foi a participação de crianças entre 3 e 14 anos. Outro destaque foi a troca de parte das motocicletas que acompanham o percurso, por bicicletas. “Por ser uma prova ecológica, precisamos nos preocupar cada vez mais com o meio ambiente”, destacou Luiz Gustavo do Amaral, diretor da E2x. Além disso, na inscrição, o kit atleta contava com ecobag e uma muda de árvore. Como premiação, os primeiros lugares masculino e feminino do percurso de 10 quilômetros ganharam uma temporada em um ressort. Os vencedores do percurso de cinco quilômetros ganharam troféus. A corrida, que está em sua segunda edição e é anual, tem o patrocínio do Shopping Paineiras e está inserida na Lei de Incentivo ao Esporte.

20

Abril/Maio 2013


Esporte

E2x – Esporte e Entretenimento www.e2x.com.br (11) 4805-5259

E2x aprova mais um projeto baseado na Lei de Incentivo ao Esporte Com a parceria do Instituto Bio Geneziz, a empresa de marketing esportivo E2x aprovou, recentemente, o Circuito Paulista de Corrida e Bem Estar. A prova é financiada pela Lei de Incentivo ao Esporte Paulista. A verba, de mais de R$ 206 mil, será destinada a duas corridas de rua para mil pessoas cada, incluindo o kit atleta (camiseta, chip de peito e gym bag). Incentivos Os incentivos fiscais são benefícios concedidos pelo governo aos

contribuintes que optam por destinar as quantias devidas a título de impostos para iniciativas culturais, sociais e esportivas. A Lei de Incentivo ao Esporte prevê 1% do total a recolher do IR. Já a Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, que financiou o Circuito Paulista, pode destinar 3% do total a recolher do ICMS. A empresa que opta pelos projetos de incentivo fiscal só têm a ganhar. Além da exposição da marca (opcional) e ações de Marketing, fica quite

com a responsabilidade social. A contrapartida é zero, isto é, a totalidade dos valores destinados é dedutível do imposto, dentro do limite de cada lei. O procedimento para abarcar projetos é relativamente simples. É aí que entra a E2x. A empresa de Marketing Esportivo é especializada no desenvolvimento de ações desse tipo, partindo da consultoria, formatação do projeto, encaminhamento e acompanhamento. Abril/Maio 2013

21


Móveis

Novidades e tendências para uma casa moderna e confortável Há algum tempo, a tecnologia está presente nas residências, tornando os ambientes mais aconchegantes, modernos e práticos. Uma casa high tech já não é mais algo disponível apenas em filmes e novelas. Aqui, você vai conhecer ambientes personalizados com muita inovação e bom gosto. Além disso, apresentamos uma decoração moderna e prática, que pode tornar os ambientes muito mais bonitos e confortáveis.

Sala Para receber os amigos,

uma sala bem confortável, elegante e funcional é uma

boa pedida. Os armários podem ter o sistema “Cli-

ck” de abertura, permitindo

que com apenas um toque, você possa abri-los e fechá-

los, sem um puxador. A

vantagem de planejar sua

sala são todas aquelas que uma marcenaria lhe ofe-

rece. Além do acabamento artesanal, há um melhor

aproveitamento do espaço. A designer de interiores da

Fabrilis, Andréa Tafarelo, explica o custo benefício. “Hoje em dia, é possível

ter uma casa com todos os ambientes planejados, podendo aproveitar melhor

os espaços, com muita tecnologia e design. O investimento trará maior dura-

bilidade dos móveis, com qualidade comprovada”.

22

Abril/Maio 2013

Fotos: Valter Tozetto Júnior


Quarto do Casal

Móveis

Conforto de um sono tranquilo No quarto do casal, além do

aconchego é possível deixar um

ambiente moderno. O closet pode ser muito mais espesso que

a opção de móveis modulados, tendo uma maior durabilidade. Com interruptores indepen-

dentes, o closet pode ter uma

iluminação interna de LED, deixando com um visual bem bonito. “O painel de LED, posi-

cionado atrás da cama do casal, é muito procurado pelos nossos

clientes. Além de deixar o espaço high tech, proporciona um

clima romântico para os dois”, afirma Amanda Bunoro, designer de interiores da Fabrilis.

Abril/Maio 2013

23


Móveis

Arquiteta

Feira italiana apresenta tendências em móveis e decoração Na segunda semana de abril, Milão

do. Eles parecem estar mais sustentáveis,

móvel, a “Salone del Mobile”. Referên-

dito que o momento de crise que a Europa

recebeu a maior feira internacional de cia para o setor de móveis domésticos, arquitetos e designers do mundo todo

buscam conhecer as novas tendências de mercado, com novidades que estarão em

alta no segmento de móveis e decorações. A arquiteta jundiaiense Paula Possas Cereser esteve presente e trouxe muitas novidades para a cidade. “Acho que esse ano

pode-se ver que o abismo entre Europa

buscando uma identidade artesanal. “Acreestá passando tem ajudado para essa busca

de sustentabilidade, tornando tudo mais acessível. Dentro da feira, uma parceria do conhecido arquiteto Marcelo Rosenbaum

com artesãs do Acre foi um sucesso. Eles se utilizaram de materiais sustentáveis em luminárias lindíssimas. Esse foi um destaque

com espaços reduzidos. Os nichos que são

Em relação a cores, segundo Paula, esse

dando um ar bem despojado ao ambiente.

bem brasileiro dentro da feira”.

e Brasil está bem menor. Acompanhei

será o ano das cores pastéis, cinza e off whi-

danças nos conceitos de móveis e decora-

Quanto aos materiais, a laca se destacou

algumas tendências e notei diversas mu-

ção. O design no Brasil está encurtando

as distâncias e as tendências chegam aqui mais rápido”, explicou a arquiteta, parceira da loja Fabrilis Móveis.

Uma das principais mudanças vistas

por ela foi referente ao material utiliza-

24

Abril/Maio 2013

te, deixando um pouco o branco de lado. em diversos stands. “A laca permite a aplicação de cores e acabamentos com maior facilidade. Notei que essa é a vez de cantos e objetos arredondados”.

Os móveis ganham uma multifunção,

principalmente para casas e apartamentos

fixados nas paredes aparecem assimétricos, “As composições estão mais flexíveis e assimétricas. Diversas formas e tamanhos serão

permitidos. Mas vale lembrar que é sempre

necessária a ajuda de um profissional de interiores e o pessoal da Fabrilis tem todo esse expertise”.

Paula Possas Cereser www.paulapossascereser.com.br paula@paulapossas.com.br


Arquiteta

Móveis

Espaços muito bem aproveitados Casas e apartamentos modernos estão com espaços internos cada vez menores. Para melhorar a organização e aproveitar os espaços ociosos, ideias práticas e criativas podem ajudar. Com planejamento e auxílio de um especialista na área, como um arquiteto, mesmo em apartamentos e casas de áreas reduzidas, com 60, 50 ou até 40 metros quadrados, podemos gerar ambientes aconchegantes, funcionais, fáceis de manter, de limpar e com sensação de amplos espaços. O próprio conceito de loft (ambientes com o mínimo possível de paredes), presente em grande parte desses imóveis, contribui para o melhor aproveitamento dos espaços. Para isso, lançamos mão de alguns “truques”, como integrar a cozinha às salas através de bancadas, que são úteis tanto para servirem como áreas de refeições, como para armários; projetar armários que aproveitem todos os cantos, criar nichos e utilizar prateleiras suspensas, que ocupam espaços reduzidos; utilizar espelhos, que

podem causar a ideia de se ter outro ambiente além da parede em que ele está ou até transmitir a luz natural de uma porta ou janela pelo ambiente. Paredes e móveis claros também auxiliam na reflexão da luz, gerando a sensação de espaços maiores. Porém, pode-se utilizar cores em alguns pequenos móveis e em objetos de decoração, como tapetes, almofadas, quadros, vasos e outros. Segundo a arquiteta Monica Frias, parceira da loja Fabrilis Móveis, não se recomenda rebaixar o forro por completo nos ambientes. “Isso reduz o pé-direito, causando a sensação de redução dos espaços. Forros bem planejados, em locais estratégicos e com uma boa iluminação também serão responsáveis pela sensação de amplitude”, explica. Quanto aos móveis, como por exemplo os sofás, dê preferência a linhas mais retas e simples, sem braço largo, com almofadas tipo puffs, que servirão também como mais assentos e mesa de centro. Para as mesas, os tampos de vidro auxiliam na sensação de

espaços maiores. Para os quartos, pode-se escolher camas do tipo baú, para guardar colchas, edredons e travesseiros, utilizar gavetas e outros objetos com a função de criadosmudos, que são visualmente mais leves. Também é permitido criar nichos ou prateleiras nas paredes e, no lugar de abajures, usar luminárias pendentes ou arandelas, que também ocupam menos espaço. Já para os banheiros pequenos, armários estreitos sobre o lavatório, revestidos com espelho, são uma solução certeira e, além dele, é possível utilizar prateleiras, também estreitas sobre o vaso sanitário e nichos para sabonetes e shampoos dentro do box. Guardar as toalhas enroladas também auxilia no aproveitamento dos armários, prateleiras ou nichos, posicionados sob o lavatório. Monica Frias www.mofrias.com.br mofrias2@gmail.com 11 9.9652-7511 Abril/Maio 2013

25


Móveis

Cozinha inteligente

A automação residencial é a última tendência em diversos cômodos de uma casa.

Cada vez mais, recursos e equipamentos tecnológicos disputam espaço com pane-

las, talheres e temperos, fazendo dos momentos na cozinha uma experiência prática, econômica, confortável e, claro, muito saborosa. Aqui, a novidade fica por conta do

sistema “Blumotion” de abertura de armários. Além de oferecer durabilidade maior

aos móveis evitando o desgaste das peças, a dobradiça se adapta ao tamanho e peso das portas controlando a velocidade do fechamento e se mantém por toda a vida útil do móvel, valorizando e satisfazendo até os mais altos padrões de design.

26

Abril/Maio 2013


Móveis

A designer de interiores da equipe da loja

Fabrilis, Kátia Polo, também destaca o sistema

de elevação dos armários de cozinha. “Com um controle remoto, é possível abrir e fechar os armários que estão em uma altura considerável, tornando o dia a dia muito mais prático e funcional”.

Orga-line também é um sistema de divisões internas de gavetas de alta qua-

lidade, que proporciona uma organização inspiradora em cada extensão frontal. Práticos auxiliares de cozinha como o porta-condimentos, o porta-facas e o portapratos, além do cortador de folhas para filme de PVC e papel alumínio complementam o sistema, proporcionando um conforto adicional em cada cozinha.

Abril/Maio 2013

27


Receitas

Cardápio especial para as mães O chef Paulo de Luna preparou um menu caprichado e inédito para as mães. Que tal ir pra cozinha e curtir o preparo de um novo prato?

de Costela Bovina com Mousseline ons Mandioca e Molho de Champign Ingredientes para 8 pessoas Para a costela: ü 2 kg de costela bovina ü Sal e pimenta ü Caldo de 1 limão ü 2 folhas de louro ü 1 cubo de caldo de costela ü 1/2 copo de pinga

Para a mousseline:

ü 1 kg de mandioca, sem casca, picada ü 2 colheres (sopa) de manteiga sem sal ü Sal e pimenta a gosto

Para o molho de champignons:

ü 1 bandeja de champignons frescos, tipo “paris”, limpos e fatiados ü 1 colher (sopa) de manteiga sem sal ü 1 colher (sopa) de farinha de trigo ü 1/2 copo de vinho madeira ü Sal e pimenta

28

Abril/Maio 2013

Preparo da costela:

Tempere na véspera a costela com sal, pimenta e o suco do limão. Leve 1 lt de água ao fogo e dissolva o caldo de costela. Reserve. Em uma panela com um fio de óleo, sele as costelas, acrescente as folhas de louro, a pinga, o caldo de costela e cubra tudo com mais água. Deixe cozinhar na pressão por 40 minutos.

Preparo da mousseline:

Cozinhe a mandioca em água e sal até ficarem bem macias, em seguida coloque-as em um processador acrescentando o creme de leite, bata até formar um creme bem liso. Leve este creme ao fogo e acrescente a manteiga, acerte o tempero e reserve.

Preparo do molho de champignons:

Refogue os champignons na manteiga, polvilhe com a farinha de trigo e tempere com sal e pimenta. Junte o vinho e misture bem, deixe cozinhar por 5 minutos.

Montagem:

Coloque no centro do prato a mousseline, sobre ela uma costela e contorne com o molho de champignons.


Receitas

Pudim de claras com creme de baunilha Ingredientes Para o pudim:

ü 12 claras ü 24 colheres rasas (sopa) de açúcar

Para o creme de baunilha:

ü 500 ml de leite ü 2 gemas ü 2 colheres (sopa) de amido de milho ü 2 colheres (sopa) de açúcar ü 1 fava de baunilha ou 2 colheres (chá) de essência de baunilha

Preparo do pudim:

Bata as claras em neve em ponto bem firme, acrescente aos poucos o açúcar e continue batendo. Leve as claras a uma forma de pudim caramelizada, ao forno baixo (100º) em banho-maria por 1 hora, desligue o forno e deixe o pudim descansar dentro do forno por mais 1 hora. Retire do forno, deixe esfriar.

Preparo do creme de baunilha:

Abra a fava da baunilha ao meio, raspe seu interior e reserve. Bata no liquidificador os ingredientes restantes, coloque em uma panela e acrescente a fava e as sementes raspadas. Leve esta mistura ao fogo baixo, mexendo sempre para não empelotar. Deixe esfriar.

Montagem:

Desenforme o pudim em um prato de borda alta, para não derramar o caramelo e sirva o creme de baunilha como acompanhamento.

Abril/Maio 2013

29


Especial

Tempo é cérebro Cada minuto perdido, quando se tem um Acidente Vascular Cerebral, o AVC, significa perda cerebral. Por isso, o Hospital Pitangueiras vem investindo no atendimento rápido desses pacientes, reduzindo e até eliminado as sequelas. Mas, para maior sucesso do procedimento, é preciso perceber os sinais e procurar o hospital rapidamente Desde 2011, o Hospital Pitangueiras vem trabalhando num novo protocolo para atendimento de AVCs. O projeto, fundamentado em um semelhante realizado na UNICAMP, se baseia na administração de um medicamente trombolítico que age na lise do trombo. O primeiro paciente foi trombolizado em setembro de 2011, com sucesso. Desde então, já foram 12 casos, com excelentes resultados. O grupo de médicos responsável pelo projeto explica que existem condições fundamentais para que tudo saia conforme o planejado. Em primeiro lugar, estrutura adequada, treinamento médico e enfermagem alerta. Por último, mas não menos importante, TEMPO, pois somente com até 4 horas do início dos sintomas é possível receber o tratamento. Treinamento Quando um paciente chega ao hospital apresentando sinais de AVC, passa a ter prioridade em relação aos demais. “O tempo é fundamental. Cada minuto perdido significa perda cerebral e maiores sequelas”, esclarece o grupo. Se-

30

Abril/Maio 2013

guindo o código da doença, o paciente é encaminhado para todos os exames necessários, que incluem tomografia e atendimento clínico. O médico plantonista faz uma avaliação neurológica, que determinará a gravidade do caso, indicações e contra indicações. Estando apto, o medicamento é aplicado já no pronto-socorro. Apesar de haver um grupo coordenando o projeto, os médicos explicam que todo o hospital deve trabalhar como equipe. “Muitas vezes, a recepção é mais importante que todo o resto, porque os funcionários precisam perceber os sinais”, esclarecem. Por isso, o treinamento não para. “Estamos trabalhando para encurtar cada vez mais nosso tempo “porta-tomografia-trombolise”, ressaltam. Percebendo os sinais Muitas vezes, a pessoa está sofrendo um Acidente Vascular Cerebral e, sem pensar nessa hipótese, espera os sintomas passarem. Esse tempo perdido pode significar a impossibilidade de receber o tratamento. Por isso, sempre que tiver sintomas de perda de força súbita nos braços e/ou pernas, dificuldade para falar ou de equilíbrio, é preciso correr para o médico. “Principalmente se essas queixas não forem justificadas por algum outro quadro já inerente ao doente”, estabelece o grupo. Chegar a tempo no hospital é condição primordial para o uso do medicamento, pois após esse período o risco de complica-

ções supera o beneficio da droga. Indicações e contra indicações Existem quatro tipos de AVC: hemorrágico, trombose arterial, embolico e isquemico. A trombolise, porém, está indicada para os casos que o acidente não foi hemorrágico e sim isquêmico, para casos onde não haja risco de sangramento cerebral, ou que esse seja mínimo. Por isso, o exame de tomografia é essencial para determinar se há ou não a existência de sangue no cérebro. Todos as pessoas com suspeita de AVC devem procurar o serviço médico o mais breve possível para que possam ser avaliadas e confirmado diagnóstico e verificar se estão no grupo que podem receber a medição para trombolise. Porém o tratamento não é feito apenas de trombolíticos e mesmo aqueles pacientes que não possam usar essa droga podem ser submetidos a outros tipos de tratamento. O Hospital Pitangueiras tem uma equipe em constante treinamento, capaz de avaliar cada caso e fazer a indicação procedente. É para evitar procedimentos arriscados e desnecessários que a triagem é tão importante. Os critérios de exclusão diminuem os riscos de sangramento. Pessoas que passaram por cirurgia de grande porte recente, com sangramento ativo importante, traumatismo craniano grave ou tumor no cérebro estão excluídas da trombolise. Existem ainda outros fatores, menores, que a equipe deverá analisar e decidir a melhor opção.


Viver Bem

Homenagem a insanidade e insustentável beleza do viver em família: o que importa é permanecermos juntos!

R

Fernando Balbino Graduado em Educação Física pela UNESP de Rio Claro, mestre em Filosofia da Educação pela UNIMEP, doutor em Ciências Sociais pela PUC de São Paulo. viverbem@revistatouche.com.br

32

Abril/Maio 2013

eunir a família para comemorar o Dia das Mães é uma tradição. Nestas datas é possível constatar que o tempo passa rápido, que cada um segue sua jornada de luta e trabalho de maneira cada vez mais individualizada e por isto precisamos tanto das festividades em família. As comemorações oportunizam as lembranças, fofocas, risos, discursos e outras reminiscências. Saudades são abrandadas e crianças ainda sentam nos colos dos idosos, feito nos tempos passados, só que agora carregando celulares ou iPad. E assim o círculo virtuoso dos sabores da infância novamente se perpetua, gerando continuidade nos laços e novas tramas. Com perdão ao trocadilho, todos que se prezam festejam o dia da mamma em clima de (aparente) união e tranquilidade. O encontro familiar também incendeia conflitos e acende intolerâncias há muito existentes. Coisas guardadas em gavetas que repentinamente são abertas. Às vezes os diálogos familiares adquirem um tempero amargo que não será suplantado nem mesmo pelo perfume da refeição que une todos daquela casa. Mas quem se importa? Isto é uma verdadeira família! É assim por que somos humanos e diferentes! Um pouco deste retrato pode ser visto na série A Grande Família, um dos programas mais perspicazes da televisão brasileira atual. Uma verdadeira obra de arte! Os capítulos são um deleite, uma homenagem a insanidade e insustentável beleza que existe no viver em família. Você acha que só a tua família é uma congregação de loucos? Pois assista A Grande Família e reflita sobre o fato desta obra ser considerada um dos melhores retratos da família de

classe média no Brasil. Os capítulos são escritos com a participação de Antropólogos e pesquisadores dos costumes das famílias do bairro do Realengo, no Rio de Janeiro. Os conflitos e a imponderabilidade do amor existente em qualquer constituição familiar são salientados nesta série arrebatadora. Vale a pena se reunir em família? Como na ficção, somos movidos por sentimentos bons e ruins. As dificuldades e conflitos familiares nos apavoram. Se a razão prevalecer, talvez optemos por não congregar. O pensamento lógico muitas vezes nos deixa estagnado uma vez que sabemos o que vai acontecer nestes encontros. E se os conflitos surgirem novamente? Se a avaliação do caminhar for medida ou calculada, talvez a conclusão seja pela impossibilidade dos fatos e inutilidade da permanência. Errado! Precisamos jogar luz no caminho e costurar novamente as relações. As datas festivas se repetem para que possamos tentar novamente. Repensar. Reprogramar. Deixar para lá... A comédia A Grande Família está fundamentada no amor que existe nas entranhas dos relacionamentos familiares, mesmo que as vezes seja muito difícil de enxergar. O programa tem por princípio o riso que escoa com leveza e diverte à todos. Como não se esborrachar de rir da malandragem e das camisas do Agostinho? Haverá alguém em tua família que também diverte a todos? E como não achar engraçado a pu-

reza, os surtos e arrependimentos do Lineu, que vive os conflitos de amar incondicionalmente e ser o provedor da casa? Será diferente em nossos lares? Dona Nenê, ora coerente, correta e segura e ora permissiva, protecionista e colocando panos quentes onde não devia. Alguma semelhança com nossas relações? Tudo isto pode ajudar a entender que não há existência sem conflitos e famílias sem divergências. A tolerância e a ternura são os fiéis da balança para a superação daqueles que querem permanecer juntos. Superar arranhões, mágoas e “supostas incompreensões” não é fácil. Talvez seja impossível. Nem sempre dá para fingir que está tudo bem e que todos se amam. Mas é preciso enterrar ressentimentos para poder estar juntos em família. Se o dito popular nos diz que “quando um não quer dois não brigam” alguém tem que deitar água na fervura. Talvez sejamos todos temperamentais, intransigentes e exclusivistas. Loucos e confusos. Quem liga? Quem se importa? Precisamos uns dos outros. Podemos dispensar um amigo que se tornou indesejado ou um relacionamento que não gera mais a admiração de outros tempos. Mas jamais esquecer tudo o que uma mãe verdadeiramente significa em nossas existências. Por isto também Deus fez as matriarcas: para nos mantermos unidos em torno dela. As mães são o verdadeiro tempero da família. Feliz Dia das Mães!


A ABADIA E O VINHO SAINT-VIVANT Taste

Abrir uma boa garrafa de vinho é um momento de prazer incomensurável que deve ser acompanhado da “biografia” do mesmo. O vinho é uma bebida única, com uma cultura agregada que é difícil de encontrar em outros produtos. Por isso mesmo, há quem diga que um bom vinho deve ser degustado com sua história. A princípio, antes de ser vinho, ele foi uma uva, portanto, é essencial conhecer um pouco do terroir e da técnica de produção. Conhecer a origem do Romanée-Saint-Vivant comprova que um vinho é um ótimo contador de histórias.

A

história da Abadia de SaintVivant ganhou importância por volta de 1087, quando foi formalmente submetida à ordem religiosa monástica católica de Cluny. A Ordem Cluny é considerada como sucessora da Ordem de São Bento, e foi responsável pela reforma da igreja, sendo considerada um marco da purificação religiosa ao combater o relaxamento da vida monástica e eclesiástica, reflexo da intromissão da política com suas manipulações no seio da fé. Saint-Vivant sempre foi considerada o lugar da vida, da reflexão, das orações dos monges beneditinos de Cluny. Quando de sua incorporação à Ordem de Cluny, a Abadia foi confiada a William de Volpiano, abade de São Benigno Dijon, e tornou-se um centro de espiritualidade, educação e cultura. A Abadia de Saint-Vivant foi importante na união dos eclesiásticos que lutavam pelo reestabelecimento do poder divino da Igreja Católica sobre o Sacro Império Romano Germânico. Godofrêdo Sampaio Entre as principais tarefas não Médico, escritor eclesiásticas desenvolvidas pelos e aficionado por monges de Saint-Vivant, certamenvinhos, charutos e te a cultivo de vinhedos foi a mais boa mesa. Membro e ex-presidente importante. Eles foram capazes de da Academia entender as vicissitudes da natureza Jundiaiense de Letras. para fazer grandes vinhos. DesenE-mail: bonvivant@ volveram e aperfeiçoaram gradualrevistatouche.com.br mente o que hoje é considerado o

grande vinho da Borgonha, delimitando o terroir e as melhores variedades de uva. A Abadia de Saint-Vivant fica em Vergy, comunidade francesa da região administrativa da Borgonha, considerada como a principal região no mundo para o cultivo de uvas e produção de vinhos. Em 1791 as terras da Abadia foram compradas por Nicolas-Joseph Marey, cuja família permaneceu com a posse por cerca de 100 anos. A propriedade foi então vendida para a família Latour, que posteriormente passou as terras para Charles Noellat, até que em 1966 tornou-se um dos campos de Entre as principais tarefas não eclesiásticas desenvolvidas pelos monges de SaintVivant, certamente a cultivo de vinhedos foi a mais importante.

la Romanée-Conti, que teve acesso a cerca de 13 hectares. Em homenagem a Abadia foi criado o vinho Romanée-SaintVivant, considerado o mais leve e delicado dos Grand Cru. A denominação Grand Cru é de origem controlada, dada apenas aos melhores vinhos produzidos na Côte de Beaune e Côte de Nutis na Borgonha, e é a mais alta das quatro categorias principais (Grand Cru, Premier Cru, Appellation Communale e Appellation Régionale). O Romanée-SaintVivant é um Grand Cru produzido na Côte de Nutis, com teor alcóolico de 15%, e pelo menos 85% de Pinot Noir. As outras varietais utilizadas na produção deste vinho são: Chardonnay, Pinot Gris e Pinot Blanc. É um vinho elegante, complexo, equilibrado, aromático, com textura aveludada e um final persistente e poderoso na boca, que deve ser bebido no mínimo com 10 anos de idade. Possui um buquê amplo de frutas vermelhas, aromas terciários de trufa, vegetação rasteira, couro e pele. Deve ser servido a uma temperatura de 15 a 16ºC, e combina com carnes de sabor forte, assadas, em molhos, ou simplesmente grelhadas. As melhores safras são comercializadas na Europa com preço em torno de 1.500 dolares. É um vinho que expressa plenamente à sutileza e a complexidade da uva Pinot Noir da Borgonha, além do que, transporta consigo uma história milenar. Abril/Maio 2013

33



Revista touché! Abril 2013