Page 1

Tiploc . Ano 2 . Edição 09

Centro-Oeste/MG Dezembro/Janeiro/Fevereiro 2011/2012

Isabela

Guimarães A essência da ousadia está em ser diferente Caderno Pompéu repleto de novidades

Estréia: Caderno Moema

Tiploc Memórias: Wilson Lopes do Couto

ASSINE A TIPLOC E RECEBA INFORMACãO REGIONAL 1 COM TODA COMODIDADE da sua CASA!


Ilustr ação : Foc o Víd eo D esign

ONDA3

O que falta para completar os seus sonhos está aqui.

2

2

Feita de gente igual a você.

3


Ilustr ação : Foc o Víd eo D esign

ONDA3

O que falta para completar os seus sonhos está aqui.

2

2

Feita de gente igual a você.

3


! S I T Á

R G C

O L P I T

P M E T E

D A DID

O M O

! O REÇ

, a s ca m e c ? o o l ã p i ç T i d a e t r vis o br . e p m r s o i a a c.c e r o l e r p o. i b 0 t t e a a 1 t t c s s n a re evi co r n r a e @ e r a p pa a ur e Qu t n o a o n nd lef assi a Te a g E r EP pa pa C l i m a m co

C

me u eço e r i e v d En , En e m No m o c

Revista

Entre no site e saiba mais detalhes. www.revistatiploc.com.br 4

4

5


! S I T Á

R G C

O L P I T

P M E T E

D A DID

O M O

! O REÇ

, a s ca m e c ? o o l ã p i ç T i d a e t r vis o br . e p m r s o i a a c.c e r o l e r p o. i b 0 t t e a a 1 t t c s s n a re evi co r n r a e @ e r a p pa a ur e Qu t n o a o n nd lef assi a Te a g E r EP pa pa C l i m a m co

C

me u eço e r i e v d En , En e m No m o c

Revista

Entre no site e saiba mais detalhes. www.revistatiploc.com.br 4

4

5


índice 08 Ponto inicial 12 CRôNICAS E CULTURA 16 HUMOR DA TIPLOC 19 + ENERGIA 20 LANÇAMENTO DO CD DO REINADO DE NOSSA SENHORA DO ROSáRIO DE BOM DESPACHO 22 GAROTA TIPLOC 30 ESCOLHA A PRóXIMA GAROTA TIPLOC 32 CADERNO MOEMA 36 MOMENTO VIP HARAJU 38 RETROSPECTIVA ACIBOM 41 ESTéTICA 42 TATIBITATI 48 CLICKBD - MOmENTO TRELELE 54 TIPLOC MEMóRIAS 58 NATAL IN FOTOS 60 CADERNO POMPéu RETROSPECTIVA SUPER LEITE 2011 66 MISTER MUNDIAL UNIVERSO 2011 68 INAUGURAÇÃO ELE E ELA SPORTS

EXPEDIENTE Diretor Geral Lucas Eleutério de Assunção Diretor Comercial Gustavo Alexandre Rodrigues Diretor(a) Jurídica Maria de Lourdes Eleutério P. Azevedo Diretor Financeiro Guilherme Gontijo da Silva Editor Lucas Eleutério de Assunção Jornalistas responsáveIS Wagner Luiz Marcos Vinicius Adriano Pereira Copy-Desk e Revisão Paula Rodrigues Campos de Barcelos Editoração de arte Wagner Luiz Contato contato@revistatiploc.com.br Vendas (37)3522.1766 9983.0099 – 9981.6444 contato@revistatiploc.com.br Fotos Studio Gustavo Campos(Garota Tiploc) Fotobook Studio ( Tatibitati Bom Despacho) Foto Studio Progresso ( Tatibitati Pompeú) Diagramação Fabrica Total Comunicação Integrada Portal PompeuMG (Caderno Pompéu) FINALIZAÇÃO E REALIZAÇÃO Fabrica Total Comunicação Integrada

73 50 ANOS CCAA 74 TATIBITATI POMPéu 78 GALERIA DE FOTOS 86 BANDA DIAS DE TRUTA 92 FOTOGRAFO WILSON FORTUNATO 94 CRÔNICA DA CIDADE 6

Um produto da

Tiploc Publicidade

Fundação: 26 de Maio de 2009

www.revistatiploc.com.br

7


índice 08 Ponto inicial 12 CRôNICAS E CULTURA 16 HUMOR DA TIPLOC 19 + ENERGIA 20 LANÇAMENTO DO CD DO REINADO DE NOSSA SENHORA DO ROSáRIO DE BOM DESPACHO 22 GAROTA TIPLOC 30 ESCOLHA A PRóXIMA GAROTA TIPLOC 32 CADERNO MOEMA 36 MOMENTO VIP HARAJU 38 RETROSPECTIVA ACIBOM 41 ESTéTICA 42 TATIBITATI 48 CLICKBD - MOmENTO TRELELE 54 TIPLOC MEMóRIAS 58 NATAL IN FOTOS 60 CADERNO POMPéu RETROSPECTIVA SUPER LEITE 2011 66 MISTER MUNDIAL UNIVERSO 2011 68 INAUGURAÇÃO ELE E ELA SPORTS

EXPEDIENTE Diretor Geral Lucas Eleutério de Assunção Diretor Comercial Gustavo Alexandre Rodrigues Diretor(a) Jurídica Maria de Lourdes Eleutério P. Azevedo Diretor Financeiro Guilherme Gontijo da Silva Editor Lucas Eleutério de Assunção Jornalistas responsáveIS Wagner Luiz Marcos Vinicius Adriano Pereira Copy-Desk e Revisão Paula Rodrigues Campos de Barcelos Editoração de arte Wagner Luiz Contato contato@revistatiploc.com.br Vendas (37)3522.1766 9983.0099 – 9981.6444 contato@revistatiploc.com.br Fotos Studio Gustavo Campos(Garota Tiploc) Fotobook Studio ( Tatibitati Bom Despacho) Foto Studio Progresso ( Tatibitati Pompeú) Diagramação Fabrica Total Comunicação Integrada Portal PompeuMG (Caderno Pompéu) FINALIZAÇÃO E REALIZAÇÃO Fabrica Total Comunicação Integrada

73 50 ANOS CCAA 74 TATIBITATI POMPéu 78 GALERIA DE FOTOS 86 BANDA DIAS DE TRUTA 92 FOTOGRAFO WILSON FORTUNATO 94 CRÔNICA DA CIDADE 6

Um produto da

Tiploc Publicidade

Fundação: 26 de Maio de 2009

www.revistatiploc.com.br

7


PONTO INICIAL

2012: RENOVAÇÃO DE UMA BOA CONVIVÊNCIA Renove as energias. Viva melhor e mais feliz. Que 2012 seja mágico!

Enquanto lamentamos que a vida é curta, agimos como se tivéssemos à nossa disposição um estoque indispensável de tempo. Esperamos demais para dizer as palavras de perdão que devem ser ditas, para por de lado os rancores que devem ser expulsos, para expressar gratidão, para dar ânimo, para oferecer consolo. Esperamos demais para anunciar as preces, para demonstrar o amor que talvez não seja mais necessário amanhã. Esperamos demais nos bastidores, quando a vida tem um papel para desempenharmos no palco. Adianta pouco reviver o passado e muito menos ocupar do futuro. O importante é o

8

presente, que não é nada mais do que um simples presente. Viver com intensidade cada momento de nossas vidas é sábio e prudente. O que salva uma vida não é o bem que ajuntamos, mas o bem que praticamos. À Deus interessa mais o nosso ser e não o nosso poder. O grande desafio do homem é ser simples, ter a humildade do ancião e o encanto de uma criança. Neste novo ano, Deus é uma criança, que um dia fomos e que nunca deixaremos de ser. É sempre bom lembrar as palavras do profeta Isaias: “O lobo morará com o cordeiro, o leão e o boi comerão juntos e a criança sem receios brincará na toca da serpente”.

Peçamos a Deus o necessário para recomeçarmos esse ano com dignidade, com mais fraternidade e mais amor no coração. Procure ser livre. Ser livre é conquistar o nosso coração e o coração do nosso semelhante. O momento é propício para desejar, para recomeçar e até mesmo sonhar. Faça desse momento a oportunidade de ser melhor e mais fraterno. Não espere mais, faça deste ano o melhor de sua vida. Procure viver mais e conviver com intensidade. Você merece, sua família merece, a comunidade de que você participa merece e Deus com certeza assim deseja. Feliz 2012. Colaborou: Professor Ronan Tales de Oliveira

9


PONTO INICIAL

2012: RENOVAÇÃO DE UMA BOA CONVIVÊNCIA Renove as energias. Viva melhor e mais feliz. Que 2012 seja mágico!

Enquanto lamentamos que a vida é curta, agimos como se tivéssemos à nossa disposição um estoque indispensável de tempo. Esperamos demais para dizer as palavras de perdão que devem ser ditas, para por de lado os rancores que devem ser expulsos, para expressar gratidão, para dar ânimo, para oferecer consolo. Esperamos demais para anunciar as preces, para demonstrar o amor que talvez não seja mais necessário amanhã. Esperamos demais nos bastidores, quando a vida tem um papel para desempenharmos no palco. Adianta pouco reviver o passado e muito menos ocupar do futuro. O importante é o

8

presente, que não é nada mais do que um simples presente. Viver com intensidade cada momento de nossas vidas é sábio e prudente. O que salva uma vida não é o bem que ajuntamos, mas o bem que praticamos. À Deus interessa mais o nosso ser e não o nosso poder. O grande desafio do homem é ser simples, ter a humildade do ancião e o encanto de uma criança. Neste novo ano, Deus é uma criança, que um dia fomos e que nunca deixaremos de ser. É sempre bom lembrar as palavras do profeta Isaias: “O lobo morará com o cordeiro, o leão e o boi comerão juntos e a criança sem receios brincará na toca da serpente”.

Peçamos a Deus o necessário para recomeçarmos esse ano com dignidade, com mais fraternidade e mais amor no coração. Procure ser livre. Ser livre é conquistar o nosso coração e o coração do nosso semelhante. O momento é propício para desejar, para recomeçar e até mesmo sonhar. Faça desse momento a oportunidade de ser melhor e mais fraterno. Não espere mais, faça deste ano o melhor de sua vida. Procure viver mais e conviver com intensidade. Você merece, sua família merece, a comunidade de que você participa merece e Deus com certeza assim deseja. Feliz 2012. Colaborou: Professor Ronan Tales de Oliveira

9


Gabriel é Filho de Daniela e Rodrigo

o m o c o d n i l o ã t a j e s 2 1 0 2 e !

Qu

a ç n a i r c a m u e d o

o sorris

São os votos da Revista

10

11


Gabriel é Filho de Daniela e Rodrigo

o m o c o d n i l o ã t a j e s 2 1 0 2 e !

Qu

a ç n a i r c a m u e d o

o sorris

São os votos da Revista

10

11


Crônicas e cultura

Tadeu de Araújo Teixeira

Conto de Natal

Bom-Despachense

Meu nome é Salvador. Já passo dos 50 anos e ,quando chega o Natal, sempre me lembro da cidade de Bom Despacho, terra onde nasci e onde vivi até os 17 anos. Depois me mudei à procura de emprego e trabalho. Havia perdido meu pai, há dois anos, picado de cobra coral, numa fazenda perto do Rio Picão. Ele era lavrador. O fazendeiro pagou o funeral, depois nos mandou embora de suas terras. Minha família já não tinha mais mão-de-obra para trabalhar para ele.Minha mãe, viúva, eu com 6 anos e mais três irmãos mais novos. Viemos para a cidade,com uma mudança de pobre, trazida num carro de bois. Mamãe alugou uma velha casa na Cruz do Monte, de quatro cômodos. A nossa vida tornou-se difícil, pobre, miserável. Ela lavava roupa na Biquinha para sustentar 5 bocas. Eu e minha irmã Ana, então com 5 anos, buscávamos lenha na mata do Germano, para nosso fogão e para vender aos vizinhos e ganhar uns trocados. Quando chegava o Natal, e eu ia até a Praça da Matriz, morria de inveja ao ver os meninos ricos com seus

12

brinquedos chiques que o Papai Noel trazia para eles. Então eu tinha raiva do Papai Noel, puxa saco de rico, que não ligava...que não trazia nada para os meninos pobres como eu e meus irmãos. Quando eu tinha 8 anos, o Natal lá em casa , além de miserável, foi terrível. Na véspera do dia 24, quando nos levantamos, só tinha três pães de sal que minha mãe comprara fiado no Dedé Assunção, na Rua do Céu, numa venda que ele tinha no começo da descida para a Tabatinga. Café não havia. Mamãe nos deu água adoçada para bebermos e comermos o pão. Porém a minha irmãzinha Ana não deu conta de beber, nem de comer nada. Queixava-se de uma dor na barriga que descia pela perna, do lado direito. Estava febril. O pouco dinheiro , que minha mãe guardava para fazer uma comidinha melhor de Natal para nós, foi gasto em remédios para ela, comprados na Farmácia do Faustininho. Remédios que não valeram de nada, pois Aninha foi só piorando. Chorava de dor e queimava de febre. Fui com minha mãe à Santa Casa procurar um médico. A irmã Albuquerque nos recebeu carinhosamente, mas nada pôde fazer. Não havia médico. O Dr. Juca estava em Belo Horizonte. O Dr. Ge e o Dr.Francisco Araújo tinha ido para a fazenda. Dr. Miguel fora para sua fazenda na Ressaca e só voltaria à noite para o dia de Natal e a Missa do Galo. Voltamos à nossa casinha humilde na Cruz do Monte. Minha irmã piorava. Gritava de dor e ardia em febre. Uma vizinha preparou uns chás. Deram-lhe um banho em água bem esperta. Para piorar tudo, começou a chover. Chuva forte que se estendeu tarde e noite adentro. Acho que, por causa das goteiras, chovia tanto dentro como fora de casa. Dez horas da noite, Ana delirava com a febre e sofria pequenas convulsões. Mamãe chorava à beira de sua cama, sem nada poder fazer... E eu senti que Aninha ia morrer. Então falei: - Mãe,vou dar um jeito. Vou atrás do Dr. Miguel. Falei e já fui saindo. Desci a Cruz do Monte e a Rua do Céu. Voando, cheguei à Praça da Matriz, ensopado da cabeça aos pés. Apesar da chuva, a Casa Assumpção estava cheia de gente, fa-

Ve í c u l o s www.stradaveiculosbd.com.br RUA DO ROSÁRIO, 1425 - São José - Bom Despacho

(37) 3521.1023

13


Crônicas e cultura

Tadeu de Araújo Teixeira

Conto de Natal

Bom-Despachense

Meu nome é Salvador. Já passo dos 50 anos e ,quando chega o Natal, sempre me lembro da cidade de Bom Despacho, terra onde nasci e onde vivi até os 17 anos. Depois me mudei à procura de emprego e trabalho. Havia perdido meu pai, há dois anos, picado de cobra coral, numa fazenda perto do Rio Picão. Ele era lavrador. O fazendeiro pagou o funeral, depois nos mandou embora de suas terras. Minha família já não tinha mais mão-de-obra para trabalhar para ele.Minha mãe, viúva, eu com 6 anos e mais três irmãos mais novos. Viemos para a cidade,com uma mudança de pobre, trazida num carro de bois. Mamãe alugou uma velha casa na Cruz do Monte, de quatro cômodos. A nossa vida tornou-se difícil, pobre, miserável. Ela lavava roupa na Biquinha para sustentar 5 bocas. Eu e minha irmã Ana, então com 5 anos, buscávamos lenha na mata do Germano, para nosso fogão e para vender aos vizinhos e ganhar uns trocados. Quando chegava o Natal, e eu ia até a Praça da Matriz, morria de inveja ao ver os meninos ricos com seus

12

brinquedos chiques que o Papai Noel trazia para eles. Então eu tinha raiva do Papai Noel, puxa saco de rico, que não ligava...que não trazia nada para os meninos pobres como eu e meus irmãos. Quando eu tinha 8 anos, o Natal lá em casa , além de miserável, foi terrível. Na véspera do dia 24, quando nos levantamos, só tinha três pães de sal que minha mãe comprara fiado no Dedé Assunção, na Rua do Céu, numa venda que ele tinha no começo da descida para a Tabatinga. Café não havia. Mamãe nos deu água adoçada para bebermos e comermos o pão. Porém a minha irmãzinha Ana não deu conta de beber, nem de comer nada. Queixava-se de uma dor na barriga que descia pela perna, do lado direito. Estava febril. O pouco dinheiro , que minha mãe guardava para fazer uma comidinha melhor de Natal para nós, foi gasto em remédios para ela, comprados na Farmácia do Faustininho. Remédios que não valeram de nada, pois Aninha foi só piorando. Chorava de dor e queimava de febre. Fui com minha mãe à Santa Casa procurar um médico. A irmã Albuquerque nos recebeu carinhosamente, mas nada pôde fazer. Não havia médico. O Dr. Juca estava em Belo Horizonte. O Dr. Ge e o Dr.Francisco Araújo tinha ido para a fazenda. Dr. Miguel fora para sua fazenda na Ressaca e só voltaria à noite para o dia de Natal e a Missa do Galo. Voltamos à nossa casinha humilde na Cruz do Monte. Minha irmã piorava. Gritava de dor e ardia em febre. Uma vizinha preparou uns chás. Deram-lhe um banho em água bem esperta. Para piorar tudo, começou a chover. Chuva forte que se estendeu tarde e noite adentro. Acho que, por causa das goteiras, chovia tanto dentro como fora de casa. Dez horas da noite, Ana delirava com a febre e sofria pequenas convulsões. Mamãe chorava à beira de sua cama, sem nada poder fazer... E eu senti que Aninha ia morrer. Então falei: - Mãe,vou dar um jeito. Vou atrás do Dr. Miguel. Falei e já fui saindo. Desci a Cruz do Monte e a Rua do Céu. Voando, cheguei à Praça da Matriz, ensopado da cabeça aos pés. Apesar da chuva, a Casa Assumpção estava cheia de gente, fa-

Ve í c u l o s www.stradaveiculosbd.com.br RUA DO ROSÁRIO, 1425 - São José - Bom Despacho

(37) 3521.1023

13


Faça sua festa com o... - Ah! A Maria lavadeira, viúva do Zé Estêvão? zendo compras para o Natal. Na Igreja iluminada, pessoas reza- Sim , eu disse, e me encostei na parede, com vergonha , porvam, esperando o padre Henrique para a Missa do Galo. Eu ia apressado. Correndo. Perto do coreto, levei um tombo. que minha calça estava rasgada na bunda. O Dr. Miguel voltou-se para dentro. Pôs paletó de linho branSujei toda a minha calça curta remendada. As pernas, os braços, até os meus cabelos ficaram enlameados com o giz amarelo da co. Trazia uma maleta na mão e me falou: - Vamos! praça. Então meu coração repicou feliz como os sinos da Matriz, naLevantei-me, continuei correndo. Cheguei do outro lado, na casa do Dr.Miguel. Abri o pequeno portão. Entrei no alpendre, ti- quele Natal. Entrei assim mesmo todo enlameado, no Fordinho 29 do Dr. Miguel, a convite dele. Foi a ritava de frio. Ouvi vozes de pessoas em Então meu coração repicou feliz primeira vez que andei de automóvel alegre comemoração. Tive vergonha, medo...Mas me lembrei de Aninha morcomo os sinos da Matriz, naquele na vida. Foi a primeira vez que acreditei em Papai Noel. Que eu vi o Papai rendo, de mamãe chorando. Bati forte na Natal. Entrei assim mesmo todo Noel, um Papai Noel que tinha um coporta. Uma criada atendeu-me. E eu lhe disse que precisava do Dr.Miguel. Ela me enlameado, no Fordinho 29 do Dr. ração grande, que não desprezava os desanimou completamente. Ele estava Miguel, a convite dele. Foi a primeira pobres, que amava os humildes, que ceando com a família e depois ia para a vez que andei de automóvel na vida. me deu o maior presente de minha vida. Que salvou a vida de minha irmãMissa do Galo com Dona Joana. Segurei a porta que ela quis fechar. E falei alto e pedi pelo amor de Deus. zinha, levando-o para operar de apendicite supurada na Santa Fez-se silêncio lá na mesa da copa e ouvi o Dr. Miguel perguntar: Casa, naquela mesma noite. Que secou as lágrimas de minha mãe, que curou a angústia do meu coração de menino pobre da - O que foi, Gabi? Antes que a Gabi dissesse qualquer coisa, ele foi chegando. Cruz do Monte. Perguntou-me o que era. - Sou filha da Maria Cachoeira, lá da Cruz do Monte e se o Crônica publicada no livro “De que família és tu, ó jovem? ) de Maria Helena Gontijo Álvares senhor não for lá , minha irmãzinha vai morrer. * Tadeu de Araújo Teixeira - Professor, escritor, cronista literário e pesquisador da história de Bom Despacho.

Que em 2012, todos seus sonhos se realizem e todas as suas conquistas sejam honrosas. Lhe desejamos um magnífico ano novo. 14

RUA DO ROSÁRIO, 104 - BOM DESPACHO MG

15


Faça sua festa com o... - Ah! A Maria lavadeira, viúva do Zé Estêvão? zendo compras para o Natal. Na Igreja iluminada, pessoas reza- Sim , eu disse, e me encostei na parede, com vergonha , porvam, esperando o padre Henrique para a Missa do Galo. Eu ia apressado. Correndo. Perto do coreto, levei um tombo. que minha calça estava rasgada na bunda. O Dr. Miguel voltou-se para dentro. Pôs paletó de linho branSujei toda a minha calça curta remendada. As pernas, os braços, até os meus cabelos ficaram enlameados com o giz amarelo da co. Trazia uma maleta na mão e me falou: - Vamos! praça. Então meu coração repicou feliz como os sinos da Matriz, naLevantei-me, continuei correndo. Cheguei do outro lado, na casa do Dr.Miguel. Abri o pequeno portão. Entrei no alpendre, ti- quele Natal. Entrei assim mesmo todo enlameado, no Fordinho 29 do Dr. Miguel, a convite dele. Foi a ritava de frio. Ouvi vozes de pessoas em Então meu coração repicou feliz primeira vez que andei de automóvel alegre comemoração. Tive vergonha, medo...Mas me lembrei de Aninha morcomo os sinos da Matriz, naquele na vida. Foi a primeira vez que acreditei em Papai Noel. Que eu vi o Papai rendo, de mamãe chorando. Bati forte na Natal. Entrei assim mesmo todo Noel, um Papai Noel que tinha um coporta. Uma criada atendeu-me. E eu lhe disse que precisava do Dr.Miguel. Ela me enlameado, no Fordinho 29 do Dr. ração grande, que não desprezava os desanimou completamente. Ele estava Miguel, a convite dele. Foi a primeira pobres, que amava os humildes, que ceando com a família e depois ia para a vez que andei de automóvel na vida. me deu o maior presente de minha vida. Que salvou a vida de minha irmãMissa do Galo com Dona Joana. Segurei a porta que ela quis fechar. E falei alto e pedi pelo amor de Deus. zinha, levando-o para operar de apendicite supurada na Santa Fez-se silêncio lá na mesa da copa e ouvi o Dr. Miguel perguntar: Casa, naquela mesma noite. Que secou as lágrimas de minha mãe, que curou a angústia do meu coração de menino pobre da - O que foi, Gabi? Antes que a Gabi dissesse qualquer coisa, ele foi chegando. Cruz do Monte. Perguntou-me o que era. - Sou filha da Maria Cachoeira, lá da Cruz do Monte e se o Crônica publicada no livro “De que família és tu, ó jovem? ) de Maria Helena Gontijo Álvares senhor não for lá , minha irmãzinha vai morrer. * Tadeu de Araújo Teixeira - Professor, escritor, cronista literário e pesquisador da história de Bom Despacho.

Que em 2012, todos seus sonhos se realizem e todas as suas conquistas sejam honrosas. Lhe desejamos um magnífico ano novo. 14

RUA DO ROSÁRIO, 104 - BOM DESPACHO MG

15


HUMOR da tiploc

A Riqueza de nossa Língua - e principalmente das nossas gírias

Olha o que dá beber...

Em pauta: “VÉI” – que é uma “variação” da palavra velho.

Certo dia Zé,tremendamente bêbado, foi dormir. Deu boa noite a sua mulher, e dormiu. Quando acorda, Zé se sente leve demais, olha pra frente e dá de cara com um sujeito barbudo e pergunta: - Ei!! Quem é você?? O que tá fazendo no meu quarto? - Eu sou São Pedro e você não está no seu quarto, está no céu. Zé fica desesperado: - NÃO é possível, eu não posso morrer!! Por favor São Pedro faça eu voltar! - Meu filho, você só poderá voltar se for na forma de cadela ou galinha. Zé fica pensativo... -Cadela é foda, na época do “cio” vários cachorros ficam em cima dela, já a galinha... É só um galo para aquele tanto de galinha....e responde rapidamente: - Eu quero voltar como galinha! Num piscar de olhos... BUUUMMM! Zé se vê num galinheiro, olha para si e tem a confirmação: “CARALHO!!! virei galinha!” Quando Zé olha pra frente, vê o galo vindo na sua direção: - Putz! O que que eu faço agora? E o galo pergunta: - Você é nova aqui no galinheiro, certo? - Sim, sou sim. - Bom, aqui só tem duas opções: ou vc vai para a ala das

Significados da gíria “VÉI” Eeeeee Véi = Vê se presta atenção! Ôooooo Véi = Por favor Véééééi!?!?!?! = Como assim? Vééééééiiiii = Você não vai acreditar!!! .......Véi...... = Lascou tudo Iiiiiihhhh Véi = Não vai dar. Hummm Véi = Esqueci Aaaaaaahhhh Véi ! = Lembrei Putz véi = É mesmo! Pára Véiiiiii = Não acredito Véi............... Pára = É melhor para Véééééééi do céu = FUDEU

DO Faceboo Em Minas Gerais o sistema é bruto: Medo é pARA os fracos

Ctrl+c e Ctrl+v

16

Facebook

Nike lança linha Country

Butina de Boy

reprodutoras ou para a ala das poedeiras. Zé pensa... “Se eu for para a ala da reprodução, vou ter que “dar” para esse fdp. Mas também não sei botar ovo...” - Bom, seu galo... eu não sei botar ovo! E o galo prontamente se dispõe a ensinar Zé (a galinha) a botar ovo: - Bom, o negócio é o seguinte: senta aí, levanta a asinha esquerda duas vezes e faz cocorocó!! Zé segue os passos que o galo lhe disse e... PLOC, sai um ovinho... Zé se empolga, tenta mais uma vez e... PLOC, sai outro ovinho. - Porra! Tô começando a ficar bom nesse negócio! Quando Zé começa a botar outro ovinho, ouve o grito da sua mulher: - Zéééé!!! ACORDA, BÊBADO FDP... TÁ CAGANDO NA CAMA TODA!!!

Quem tem fama... Um menino de 7 anos queria ganhar 100 reais e rezou durante 2 semanas. Como nada acontecia, ele resolveu mandar uma carta para o Todo-Poderoso com seu pedido. O correio recebeu uma carta endereçada para ‘Deus-BRASIL’. Resolveram mandá-la para a Dilma. Dilma ficou muito comovida com o pedido e resolveu mandar uma nota de 10 reais para o menino, pois achou que 100 reais era muito dinheiro para uma ‘criança pequena. O garotinho recebeu os 10 reais e imediatamente notou o endereço do remetente: ‘Brasília-DF’. Pegou papel e caneta e sentou-se para escrever uma carta de agradecimento: Prezado Deus, Muito obrigado por me mandar o dinheiro que pedi, contudo, eu pediria que, na próxima vez, o Senhor mandasse direto pro meu endereço, porque quando passa por BRASÍLIA, aqueles FDP > ficam com 90% !!! Irei rezar 2 semanas pra ganhar 100 reais

17


HUMOR da tiploc

A Riqueza de nossa Língua - e principalmente das nossas gírias

Olha o que dá beber...

Em pauta: “VÉI” – que é uma “variação” da palavra velho.

Certo dia Zé,tremendamente bêbado, foi dormir. Deu boa noite a sua mulher, e dormiu. Quando acorda, Zé se sente leve demais, olha pra frente e dá de cara com um sujeito barbudo e pergunta: - Ei!! Quem é você?? O que tá fazendo no meu quarto? - Eu sou São Pedro e você não está no seu quarto, está no céu. Zé fica desesperado: - NÃO é possível, eu não posso morrer!! Por favor São Pedro faça eu voltar! - Meu filho, você só poderá voltar se for na forma de cadela ou galinha. Zé fica pensativo... -Cadela é foda, na época do “cio” vários cachorros ficam em cima dela, já a galinha... É só um galo para aquele tanto de galinha....e responde rapidamente: - Eu quero voltar como galinha! Num piscar de olhos... BUUUMMM! Zé se vê num galinheiro, olha para si e tem a confirmação: “CARALHO!!! virei galinha!” Quando Zé olha pra frente, vê o galo vindo na sua direção: - Putz! O que que eu faço agora? E o galo pergunta: - Você é nova aqui no galinheiro, certo? - Sim, sou sim. - Bom, aqui só tem duas opções: ou vc vai para a ala das

Significados da gíria “VÉI” Eeeeee Véi = Vê se presta atenção! Ôooooo Véi = Por favor Véééééi!?!?!?! = Como assim? Vééééééiiiii = Você não vai acreditar!!! .......Véi...... = Lascou tudo Iiiiiihhhh Véi = Não vai dar. Hummm Véi = Esqueci Aaaaaaahhhh Véi ! = Lembrei Putz véi = É mesmo! Pára Véiiiiii = Não acredito Véi............... Pára = É melhor para Véééééééi do céu = FUDEU

DO Faceboo Em Minas Gerais o sistema é bruto: Medo é pARA os fracos

Ctrl+c e Ctrl+v

16

Facebook

Nike lança linha Country

Butina de Boy

reprodutoras ou para a ala das poedeiras. Zé pensa... “Se eu for para a ala da reprodução, vou ter que “dar” para esse fdp. Mas também não sei botar ovo...” - Bom, seu galo... eu não sei botar ovo! E o galo prontamente se dispõe a ensinar Zé (a galinha) a botar ovo: - Bom, o negócio é o seguinte: senta aí, levanta a asinha esquerda duas vezes e faz cocorocó!! Zé segue os passos que o galo lhe disse e... PLOC, sai um ovinho... Zé se empolga, tenta mais uma vez e... PLOC, sai outro ovinho. - Porra! Tô começando a ficar bom nesse negócio! Quando Zé começa a botar outro ovinho, ouve o grito da sua mulher: - Zéééé!!! ACORDA, BÊBADO FDP... TÁ CAGANDO NA CAMA TODA!!!

Quem tem fama... Um menino de 7 anos queria ganhar 100 reais e rezou durante 2 semanas. Como nada acontecia, ele resolveu mandar uma carta para o Todo-Poderoso com seu pedido. O correio recebeu uma carta endereçada para ‘Deus-BRASIL’. Resolveram mandá-la para a Dilma. Dilma ficou muito comovida com o pedido e resolveu mandar uma nota de 10 reais para o menino, pois achou que 100 reais era muito dinheiro para uma ‘criança pequena. O garotinho recebeu os 10 reais e imediatamente notou o endereço do remetente: ‘Brasília-DF’. Pegou papel e caneta e sentou-se para escrever uma carta de agradecimento: Prezado Deus, Muito obrigado por me mandar o dinheiro que pedi, contudo, eu pediria que, na próxima vez, o Senhor mandasse direto pro meu endereço, porque quando passa por BRASÍLIA, aqueles FDP > ficam com 90% !!! Irei rezar 2 semanas pra ganhar 100 reais

17


+ energia

Jefferson Cristiano Alves

ACABANDO COM O MITO: AÇAÍ E DOENÇA DE CHAGAS

O Guia da sua Cidade! SERIEDADE, TRADIÇÃO, FIDELIDADE E QUALIDADE: São atributos que justificam o sucesso e parceria com todos nossos anunciantes

28 anos em Bom Despacho

NÃO JOGUE FORA SUA IMAGEM, ANUNCIANDO EM UMA LISTA QUE VOCÊ NÃO CONHECE. Cel: (37) 9807-1075 | Cel: (37) 9108-3641 E-mail: guia.zp@msn.com | Bom Despacho - MG Direção: Lêda Zuccherate e Willer Zuccherate.

18

A Doença de Chagas assola os brasileiros a bastante tempo, principalmente na região norte do Brasil, onde tem se o hábito de consumir o fruto fresco. Já se noticiou que o consumo do Açaí estava relacionado com a transmissão da doença, o que não é verdade, quando se trata do produto pasteurizado – que é o comercializado em nossas lojas. A grande questão é a seguinte: o protozoário causador da Doença de Chagas, tem a forma clássica de transmissão pelas fezes de um barbeiro. Quando o responsável pelo processamento do açaí não toma as devidas precauções relacionadas a higiene e principalmente revende o fruto na forma fresca, sem a devida pasteurização, pode ocorrer a transmissão.

Porém lembramos que todo o Açaí comercializado nas lojas do Universo

x

do Açaí é pasteurizado e não oferece risco algum.

CAIPIRA (FRANGO) FRANCESA (F/CATUPIRY)

| PAULISTA (F/PALMITO) E Sabor BRASILEIRA Energia Disposição (PAL. CATUPIRY) + + + M ITALIANA (CAT. PRES. OREG.) FRANGO C/ CHEDDAR P Delivery Mais de V FRANGO C/ BACON QUATRO QUEIJOS Combinações para 3521.1355 A o seu açaí! # CALABRESA C/CATUPIRY D T LOMBO C/CATUPIRY CHOCOLATE Loja I - Praça Mall / Loja 5 - Praça da Inconfidência, 85, Centro | Loja II - Rua Faustino Teixeira, 22, Centro - BOM DESPACHO - MG A BANANA C/ CANELA C CAMARÃO Conheça a melhor(ESPECIAL) S DA II BACALHAU empada da cidade! -EMPA

50

ampla SECA SUmaCARNE variedade de sabores.

‘‘O Senhor é o meu pastor, nada me faltará...’’

x

Rua(FRANGO) Faustino CAIPIRA

TELE

Teixeira, 22 - Centro - Bom Despacho/MG

55

3 3521-1

19


+ energia

Jefferson Cristiano Alves

ACABANDO COM O MITO: AÇAÍ E DOENÇA DE CHAGAS

O Guia da sua Cidade! SERIEDADE, TRADIÇÃO, FIDELIDADE E QUALIDADE: São atributos que justificam o sucesso e parceria com todos nossos anunciantes

28 anos em Bom Despacho

NÃO JOGUE FORA SUA IMAGEM, ANUNCIANDO EM UMA LISTA QUE VOCÊ NÃO CONHECE. Cel: (37) 9807-1075 | Cel: (37) 9108-3641 E-mail: guia.zp@msn.com | Bom Despacho - MG Direção: Lêda Zuccherate e Willer Zuccherate.

18

A Doença de Chagas assola os brasileiros a bastante tempo, principalmente na região norte do Brasil, onde tem se o hábito de consumir o fruto fresco. Já se noticiou que o consumo do Açaí estava relacionado com a transmissão da doença, o que não é verdade, quando se trata do produto pasteurizado – que é o comercializado em nossas lojas. A grande questão é a seguinte: o protozoário causador da Doença de Chagas, tem a forma clássica de transmissão pelas fezes de um barbeiro. Quando o responsável pelo processamento do açaí não toma as devidas precauções relacionadas a higiene e principalmente revende o fruto na forma fresca, sem a devida pasteurização, pode ocorrer a transmissão.

Porém lembramos que todo o Açaí comercializado nas lojas do Universo

x

do Açaí é pasteurizado e não oferece risco algum.

CAIPIRA (FRANGO) FRANCESA (F/CATUPIRY)

| PAULISTA (F/PALMITO) E Sabor BRASILEIRA Energia Disposição (PAL. CATUPIRY) + + + M ITALIANA (CAT. PRES. OREG.) FRANGO C/ CHEDDAR P Delivery Mais de V FRANGO C/ BACON QUATRO QUEIJOS Combinações para 3521.1355 A o seu açaí! # CALABRESA C/CATUPIRY D T LOMBO C/CATUPIRY CHOCOLATE Loja I - Praça Mall / Loja 5 - Praça da Inconfidência, 85, Centro | Loja II - Rua Faustino Teixeira, 22, Centro - BOM DESPACHO - MG A BANANA C/ CANELA C CAMARÃO Conheça a melhor(ESPECIAL) S DA II BACALHAU empada da cidade! -EMPA

50

ampla SECA SUmaCARNE variedade de sabores.

‘‘O Senhor é o meu pastor, nada me faltará...’’

x

Rua(FRANGO) Faustino CAIPIRA

TELE

Teixeira, 22 - Centro - Bom Despacho/MG

55

3 3521-1

19


Lançamento do 1º CD do

Reinado de Nossa Senhora do Rosário de Bom Despacho

Cibele Oliveira, assina a preparação vocal, direção musical e produção do CD

Apresentação do Corte na gravação do CD

Foto do Corte antigamente (s.d.)

No mês de agosto deste ano foi gravado o primeiro CD do Reinado de Bom Despacho, CD intitulado “Corte de Congo Estrela do Oriente - Um Século de Fé, Tradição e Arte”, comemorando 101 anos de atividades. O trabalho vai auxiliar na preservação, pesquisa e divulgação do cancioneiro desta Festa. Festa esta que centraliza a fé, a devoção e o sagrado, mas que é também trespassada pela arte popular e pela integração ao coletivo. Tradição que mostra a riqueza e diversidade desta cultura popular e uma força capaz de mover estes “Soldados de Nossa Senhora do Rosário”, estes capitães, dançadores e cantadores do Reinado. Homens e mulheres que são 20

Foto do Corte no Reinado deste ano. Foto de Francisca Fonseca (Quitinha)

verdadeiros artistas da fé, por isto merecem ser valorizados e louvados. Este cd foi gravado e lançado com os esforços do Corte Estrela do Oriente e apoio de empresas e cidadãos bondespachenses e luzenses, além do apoio cultural de Cibele Oliveira. O lançamento aconteceu no dia 17 de Dezembro, no Salão São Vicente de Bom Despacho. O show teve a direção musical de Cibele Oliveira e contou com as participações especiais dos Grupos de Seresta de Luz e Bom Despacho, alunos do curso de canto popular e Maurício da viola, além dos músicos Valtinho e Geraldo, de Luz e dos músicos que compõe a banda do Grupo de Seresta de BD.

Linha de Cantiga: - Puxador: Capitão Luiz Alberto - 1ª Voz: Donizete - 2ª Voz: Geraldo - 3ª Voz: José Edmundo (Zé Preto) - 4ª Voz: Tóti - 5ª Voz: Marcelo e Tarcísio Músicos: - Sanfona: Célio - Banjo: Lazinho - Cavaquinho: José Edmundo (Zé Preto) - Caixa: Cleytinho - Pandeiro: Kbção - Afoxé: David

21


Lançamento do 1º CD do

Reinado de Nossa Senhora do Rosário de Bom Despacho

Cibele Oliveira, assina a preparação vocal, direção musical e produção do CD

Apresentação do Corte na gravação do CD

Foto do Corte antigamente (s.d.)

No mês de agosto deste ano foi gravado o primeiro CD do Reinado de Bom Despacho, CD intitulado “Corte de Congo Estrela do Oriente - Um Século de Fé, Tradição e Arte”, comemorando 101 anos de atividades. O trabalho vai auxiliar na preservação, pesquisa e divulgação do cancioneiro desta Festa. Festa esta que centraliza a fé, a devoção e o sagrado, mas que é também trespassada pela arte popular e pela integração ao coletivo. Tradição que mostra a riqueza e diversidade desta cultura popular e uma força capaz de mover estes “Soldados de Nossa Senhora do Rosário”, estes capitães, dançadores e cantadores do Reinado. Homens e mulheres que são 20

Foto do Corte no Reinado deste ano. Foto de Francisca Fonseca (Quitinha)

verdadeiros artistas da fé, por isto merecem ser valorizados e louvados. Este cd foi gravado e lançado com os esforços do Corte Estrela do Oriente e apoio de empresas e cidadãos bondespachenses e luzenses, além do apoio cultural de Cibele Oliveira. O lançamento aconteceu no dia 17 de Dezembro, no Salão São Vicente de Bom Despacho. O show teve a direção musical de Cibele Oliveira e contou com as participações especiais dos Grupos de Seresta de Luz e Bom Despacho, alunos do curso de canto popular e Maurício da viola, além dos músicos Valtinho e Geraldo, de Luz e dos músicos que compõe a banda do Grupo de Seresta de BD.

Linha de Cantiga: - Puxador: Capitão Luiz Alberto - 1ª Voz: Donizete - 2ª Voz: Geraldo - 3ª Voz: José Edmundo (Zé Preto) - 4ª Voz: Tóti - 5ª Voz: Marcelo e Tarcísio Músicos: - Sanfona: Célio - Banjo: Lazinho - Cavaquinho: José Edmundo (Zé Preto) - Caixa: Cleytinho - Pandeiro: Kbção - Afoxé: David

21


Isabela

Guimarães A essência da ousadia está em ser diferente.

22

23


Isabela

Guimarães A essência da ousadia está em ser diferente.

22

23


Isabela Guimarães Araújo Gontijo Bom Despacho - MG 25 anos Enfermeira Signo Sargitário Blusa Espaço Fashion Bijouterias: Cristal Brasil

Vestido Forum paetê e sapato Flash Bijouterias: Cristal Brasil

Blusa Animale e bolsa Animale Bijouterias: Cristal Brasil

Fotografia: Gustavo Campos Maquiagem e cabelo: Kelson Mendonça Cenário e produção: André Abraão Produção de Moda: Marielle Alves Roupas e calçados: Flash Boutique Bijouterias: Cristal Brasil Montagem: Fábrica Total

24

25


Isabela Guimarães Araújo Gontijo Bom Despacho - MG 25 anos Enfermeira Signo Sargitário Blusa Espaço Fashion Bijouterias: Cristal Brasil

Vestido Forum paetê e sapato Flash Bijouterias: Cristal Brasil

Blusa Animale e bolsa Animale Bijouterias: Cristal Brasil

Fotografia: Gustavo Campos Maquiagem e cabelo: Kelson Mendonça Cenário e produção: André Abraão Produção de Moda: Marielle Alves Roupas e calçados: Flash Boutique Bijouterias: Cristal Brasil Montagem: Fábrica Total

24

25


6

O Diferente causa impacto por sair do estilo comum e torna-se inusitado.

Vestido Espaço Fashion, cinto Animale e sapato Flash Bijouterias: Cristal Brasil

www.cristalbrasil.com.br (37) 3522-2433

26

Vestido Espaço Fashion e cinto Animale Bijouterias: Cristal Brasil

Você encontra nossos acessórios:

Revendedoras exclusivas: Ana Paula - (37) 8808-1044 Sabrina - (37) 8807-3727 27


6

O Diferente causa impacto por sair do estilo comum e torna-se inusitado.

Vestido Espaço Fashion, cinto Animale e sapato Flash Bijouterias: Cristal Brasil

www.cristalbrasil.com.br (37) 3522-2433

26

Vestido Espaço Fashion e cinto Animale Bijouterias: Cristal Brasil

Você encontra nossos acessórios:

Revendedoras exclusivas: Ana Paula - (37) 8808-1044 Sabrina - (37) 8807-3727 27


Léa Noivas Rua Ana Ismênia de Resende, 29 - Jardim América Bom Despacho/MG

(37) 3521.1528

A moda vem de longe, mas primeiro passa por aqui!

Praça da Matriz,382 BOM DESPACHO/MG (37) 3522-1164 28

28

29


Léa Noivas Rua Ana Ismênia de Resende, 29 - Jardim América Bom Despacho/MG

(37) 3521.1528

A moda vem de longe, mas primeiro passa por aqui!

Praça da Matriz,382 BOM DESPACHO/MG (37) 3522-1164 28

28

29


escolha a próxima

garota tiploc

Victória UBL Bom Despacho

Laís Cristina Bom Despacho

Theresa Cabral Bom Despacho

a votação para a escolha da nova Garota Tiploc é feita por meio de enquete no site revistatiploc.com.br A votação irá começar dia 16/01/2012 e se encerrerá às 23:59:59 do dia 31/01/2012. Todos podem votar quantas vezes quiser.

Kelly Ameno Pompéu

O resultado será divulgado dia 01/02/2012.

Helena Pacheco Pompéu

www.revistatiploc.com.br 30

31


escolha a próxima

garota tiploc

Victória UBL Bom Despacho

Laís Cristina Bom Despacho

Theresa Cabral Bom Despacho

a votação para a escolha da nova Garota Tiploc é feita por meio de enquete no site revistatiploc.com.br A votação irá começar dia 16/01/2012 e se encerrerá às 23:59:59 do dia 31/01/2012. Todos podem votar quantas vezes quiser.

Kelly Ameno Pompéu

O resultado será divulgado dia 01/02/2012.

Helena Pacheco Pompéu

www.revistatiploc.com.br 30

31


Caderno Moema

Por Flávio Pereira da Silva

Flávio Pereira da Silva é Bacharel em Educação física, Palestrante, Empresário e Consultor

Estréia nesta edição o espaço destinado à nossa querida Moema. Capitaneada por nosso querido companheiro Flávio Pereira - FRC CANDU, a seção “Moema” da TIPLOC não foge aos nossos ideais: valorizar o que nossas cidades tem de bom! Abrimos espaço para as peculiaridades das pessoas, das culturas e dos lugares. Em Moema buscaremos mostrar novidades da cidade, suas atividades culturais e outros assuntos de interesse público.

Nesta edição da Tiploc, iremos mostrar um pouco de uma cidade tranqüila, aconchegante, bem cuidada, com ruas limpas e casas bonitas. Estamos falando de Moema. Situada a 25 km de Bom Despacho, 178 km da capital, fica às margens da rodovia MG 170. Sua história remonta dos anos de 1767 – conhecida como o “Povoado do Doce”. Seguindo um movimento popular, em 1923, foi elevada a Distrito de Bom Despacho, adotando então o nome de Moema. Sabemos que a base de um bom desenvolvimento de um povo está na educa-

32

ção, na saúde e no seu desenvolvimento social. Este tripé está nos livros, nos discursos políticos, nas promessas etc , mas não vai muito longe disto quando se trata de prática. Entretanto quando visitamos e conhecemos melhor a cidade de Moema, percebemos um grande trabalho na busca de soluções para que realmente um desenvolvimento de forma integral possa ocorrer de fato. Moema e os investimentos na educação - Exemplo que deveria ser seguido Investir na educação é valorizar o seu

povo e trabalhar para um desenvolvimento pleno e integral. É preparar o jovem para criar um futuro melhor, sendo consciente, atuante, participativo e competente. Em recente visita ao prefeito de Moema, Sr. Marcelo Ferreira Mesquita, tivemos a grande alegria de saber que os investimentos feitos por ele e sua equipe à Educação dos jovens moemenses trouxe grande retorno ao município. Sr. Marcelo informa que havia uma queda nos índices que medem o desenvolvimento educacional dos alunos do município, em anos anteriores e como

considera “...a educação como a única maneira de mudar...” investiu quase 30% dos recursos públicos num projeto educacional para Moema. E deu certo! Houve uma grande elevação do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) da rede municipal - 4ª série, que era de 4,9 em 2007 e passou para 7,2 em 2009, superando a meta projetada em 24%. As projeções do MEC previam atingir este patamar somente em 2021. O IDEB foi criado pelo INEP e representa a iniciativa pioneira de reunir num só indicador dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações. O MEC (Ministérios da Educação) estipulou como média 6,0 a meta, em todo o país, a ser atingida até 2021. Moema fica entre as 35 cidades do país com o maior IDEB. O município também se saiu bem na avaliação do Proalfa-Programa de avaliação da alfabetização 2009, no Sistema Mineiro de avaliação da Educação Pública de MG e também no PROB/SIMAVE, atingindo os níveis de educação recomendados. A partir de 2011 os 600 alunos da rede municipal passaram a ter acesso à era digital através de laboratórios de informática. Cada escola recebeu 17 computadores com conexão a Internet, exceto as situadas na zona rural, que receberam sete equipamentos cada uma. Além de viabilizar pesquisas e o acesso a todos os conteúdos curriculares os alunos da rede municipal passaram a utilizar-se de

tecnologia, reduzindo as diferenças rede municipal e a rede particular de ensino. Outro fato importante foi a substituição, em todas as salas de aula, do antigo quadro negro e do giz pela lousa branca e pelo pincel atômico. Tal fato beneficia não somente os alunos, mas principalmente os professores que passam a ter mais conforto, higiene e qualidade para trabalhar.

Flávio Pereira da Silva

Outras iniciativas e provas deste investimento foram: - convênio com o Sistema Aprende Brasil de ensino do Grupo Positivo - a reforma das escolas municipais - a inauguração do Centro Municipal de Educação Infantil Geraldo Ferreira da Costa, em agosto, no Bairro Alvorada; - a reforma geral da Escola Caramuru; - assessoria pedagógica; - a capacitação dos profissionais da educação; - a distribuição de material didático a todos os alunos desde a educação infantil (4 anos) até o 5º ano do ensino fundamental. - a parceria da prefeitura com a Ulbra (Universidade Luterana do Brasil), através do pólo de educação a distancia. Nossos parabéns a toda a equipe de profissionais da educação responsáveis por este trabalho, representados pelo Prefeito, Sr. Marcelo Ferreira Mesquita e pela Secretária de Educação Sra. Renata Lílian Ferreira.

Pousada Quinto Elemento

Pousada, convenções e eventos

Seu recanto com jeitinho de roça. Próximo ao trevo de acesso à cidade está o Recanto Quinto elemento – sítio de 36.000 metros quadrados onde será construída uma pousada, salão de festas, área de lazer, piscina, quadras e muito mais, tudo com jeitinho de roça, bem simples porém com uma estrutura e atendimento bem adequados. A administração do espaço fica a cargo da “FCR CANDU, eventos e serviços” e da “Vidal’s Buffet”. Rodovia MG 170, KM 5 – Moema/MG - Conheça nosso projeto e serviços oferecidos (37) 3521.3538 ou (37)9943.9922 - Email: pousadaquintoelemento@ig.com.br

Veja mais detalhes no site www.pousadaquintoelemento.com.br

33


Caderno Moema

Por Flávio Pereira da Silva

Flávio Pereira da Silva é Bacharel em Educação física, Palestrante, Empresário e Consultor

Estréia nesta edição o espaço destinado à nossa querida Moema. Capitaneada por nosso querido companheiro Flávio Pereira - FRC CANDU, a seção “Moema” da TIPLOC não foge aos nossos ideais: valorizar o que nossas cidades tem de bom! Abrimos espaço para as peculiaridades das pessoas, das culturas e dos lugares. Em Moema buscaremos mostrar novidades da cidade, suas atividades culturais e outros assuntos de interesse público.

Nesta edição da Tiploc, iremos mostrar um pouco de uma cidade tranqüila, aconchegante, bem cuidada, com ruas limpas e casas bonitas. Estamos falando de Moema. Situada a 25 km de Bom Despacho, 178 km da capital, fica às margens da rodovia MG 170. Sua história remonta dos anos de 1767 – conhecida como o “Povoado do Doce”. Seguindo um movimento popular, em 1923, foi elevada a Distrito de Bom Despacho, adotando então o nome de Moema. Sabemos que a base de um bom desenvolvimento de um povo está na educa-

32

ção, na saúde e no seu desenvolvimento social. Este tripé está nos livros, nos discursos políticos, nas promessas etc , mas não vai muito longe disto quando se trata de prática. Entretanto quando visitamos e conhecemos melhor a cidade de Moema, percebemos um grande trabalho na busca de soluções para que realmente um desenvolvimento de forma integral possa ocorrer de fato. Moema e os investimentos na educação - Exemplo que deveria ser seguido Investir na educação é valorizar o seu

povo e trabalhar para um desenvolvimento pleno e integral. É preparar o jovem para criar um futuro melhor, sendo consciente, atuante, participativo e competente. Em recente visita ao prefeito de Moema, Sr. Marcelo Ferreira Mesquita, tivemos a grande alegria de saber que os investimentos feitos por ele e sua equipe à Educação dos jovens moemenses trouxe grande retorno ao município. Sr. Marcelo informa que havia uma queda nos índices que medem o desenvolvimento educacional dos alunos do município, em anos anteriores e como

considera “...a educação como a única maneira de mudar...” investiu quase 30% dos recursos públicos num projeto educacional para Moema. E deu certo! Houve uma grande elevação do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) da rede municipal - 4ª série, que era de 4,9 em 2007 e passou para 7,2 em 2009, superando a meta projetada em 24%. As projeções do MEC previam atingir este patamar somente em 2021. O IDEB foi criado pelo INEP e representa a iniciativa pioneira de reunir num só indicador dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações. O MEC (Ministérios da Educação) estipulou como média 6,0 a meta, em todo o país, a ser atingida até 2021. Moema fica entre as 35 cidades do país com o maior IDEB. O município também se saiu bem na avaliação do Proalfa-Programa de avaliação da alfabetização 2009, no Sistema Mineiro de avaliação da Educação Pública de MG e também no PROB/SIMAVE, atingindo os níveis de educação recomendados. A partir de 2011 os 600 alunos da rede municipal passaram a ter acesso à era digital através de laboratórios de informática. Cada escola recebeu 17 computadores com conexão a Internet, exceto as situadas na zona rural, que receberam sete equipamentos cada uma. Além de viabilizar pesquisas e o acesso a todos os conteúdos curriculares os alunos da rede municipal passaram a utilizar-se de

tecnologia, reduzindo as diferenças rede municipal e a rede particular de ensino. Outro fato importante foi a substituição, em todas as salas de aula, do antigo quadro negro e do giz pela lousa branca e pelo pincel atômico. Tal fato beneficia não somente os alunos, mas principalmente os professores que passam a ter mais conforto, higiene e qualidade para trabalhar.

Flávio Pereira da Silva

Outras iniciativas e provas deste investimento foram: - convênio com o Sistema Aprende Brasil de ensino do Grupo Positivo - a reforma das escolas municipais - a inauguração do Centro Municipal de Educação Infantil Geraldo Ferreira da Costa, em agosto, no Bairro Alvorada; - a reforma geral da Escola Caramuru; - assessoria pedagógica; - a capacitação dos profissionais da educação; - a distribuição de material didático a todos os alunos desde a educação infantil (4 anos) até o 5º ano do ensino fundamental. - a parceria da prefeitura com a Ulbra (Universidade Luterana do Brasil), através do pólo de educação a distancia. Nossos parabéns a toda a equipe de profissionais da educação responsáveis por este trabalho, representados pelo Prefeito, Sr. Marcelo Ferreira Mesquita e pela Secretária de Educação Sra. Renata Lílian Ferreira.

Pousada Quinto Elemento

Pousada, convenções e eventos

Seu recanto com jeitinho de roça. Próximo ao trevo de acesso à cidade está o Recanto Quinto elemento – sítio de 36.000 metros quadrados onde será construída uma pousada, salão de festas, área de lazer, piscina, quadras e muito mais, tudo com jeitinho de roça, bem simples porém com uma estrutura e atendimento bem adequados. A administração do espaço fica a cargo da “FCR CANDU, eventos e serviços” e da “Vidal’s Buffet”. Rodovia MG 170, KM 5 – Moema/MG - Conheça nosso projeto e serviços oferecidos (37) 3521.3538 ou (37)9943.9922 - Email: pousadaquintoelemento@ig.com.br

Veja mais detalhes no site www.pousadaquintoelemento.com.br

33


Caderno Moema

Por Flávio Pereira da Silva

Moema e um nova estrutura sanitária tratamento de esgoto Moema possui 70% de suas casas com rede de esgoto e quase 100% da população urbana possui água tratada, porém todo o esgoto da cidade era direcionado para o Córrego do Doce. Em 2010 a Prefeitura de Moema iniciou uma grande obra de quase R$3 milhões de reais, relacionada à questão de saneamento, saúde e ainda ambiental. Trata-se da ETE - Estação de Tratamento de Esgoto, da cidade, garantindo a despoluição do Córrego do Doce, histórico afluente do Rio São Francisco, que passa por dentro do município. Tal iniciativa além de preservar os recursos hídricos contribuirá para a melhoria da qualidade de vida da população. Serão feitas duas grandes obras para resolver o problema de esgoto. Uma delas, a ETE, será constituída de duas redes que correrão paralelas ao Córrego do Doce, recebendo todo o esgoto da cidade e propiciando a despoluição deste Córrego. A outra grande obra é a Estação Elevatória, que irá bombear o esgoto das regiões mais baixas, como a dos bairros Padre Jonas, Lagoa Seca e Ipiranga, elevando-o para os Interceptores e conseqüentemente atingir a Estação de Tratamento. Serão construídas 03 (três) elevatórias. O destaque deste investimento é que não é apenas mais uma obra de saneamento. É uma novidade, um desafio e uma necessidade que trará grandes benefícios aos municípios vizinhos e ao estado: - questão ambiental - pois irá despoluir um córrego tradicional que deságua no Rio São Francisco, e que conseqüentemente, passará a receber uma água mais limpa, beneficiando todos os municípios à frente; -questão de saúde – o córrego do Doce ainda é usado por animais e pessoas no decorrer de seu leito inclusive atingindo plantas e vegetação em suas margens. A limpeza irá reduzir a contaminação direta e indireta de toda a população ribeirinha. 34

Esta obra está 70% concluída e tem previsão para término em maio de 2012. Centro ecológico e a sua revitalização O Centro Ecológico Doce Vida é o principal ponto de turismo na atualidade em Moema. Fica na parte central da cidade, ocupando uma área de aproximadamente 4 (quatro) hectares, possuindo um salão para eventos, biblioteca, pista de caminhada, um lago, quiosque, viveiro de mudas nativas e ornamentais e grande área verde. Mas antes de tudo vamos a uma pequena história. Tudo começou quando um carro de boi cheio de rapadura caiu em um córrego que atravessa a cidade, dai a origem do nome do Córrego Do Doce e ao titulo de Moema Terra Doce de Minas. Este córrego alimentava um lago e em sua foz alguns fazendeiros da localidade utilizavam suas águas para suas necessidades e as lavadeiras para lavarem suas roupas. O que se sabe é que o local era um terreno baldio e próximo tinha uma fábrica de farinha de mandioca. Onde hoje se situa a atual Biblioteca Municipal Professora Araci Cardoso de Mesquita . Por volta do ano de 1960 o projeto do Centro Ecológico começou a engatinhar nas idéias do senhor José Satico. Este lago era muito grande e por volta de 1977 foi divido ao meio por um aterro para a construção da BR 170, responsável pela ligação da região do Sul de Minas ao Centro-Oeste Mineiro, tendo como origem o entroncamento com a BR-262, passando pelos municípios de Moema, Lagoa da Prata, Arcos, Formiga, Córrego Fundo, Pimenta, etc., tendo seu fim no entroncamento com a BR-265. Como não havia casas por perto a região do lago ficou abandonada durante alguns anos, até que por volta de 1996 a 2000 iniciou-se um projeto de transformação do local, onde se pretendia ainda a reconstrução de um aterro que faria a ligação do centro da cidade a um novo bairro denominado hoje como Progresso. Posteriormente, em parceria com a CEMIG,IBAMA e a EMATER,

prosseguiu-se com o projeto, iniciando o reflorestamento e a revitalização do lago. Na atual gestão, o Prefeito Marcelo Ferreira de Mesquita, através da Secretaria de Cultura de Moema, do (SEDRU) Secretaria de Obras e Desenvolvimento Regional e Política Urbana e com recursos passados pelo Governo Estadual, priorizou dentre suas obras uma nova revitalização do Projeto Doce Vida. Hoje o Parque Recreativo conta com uma sala de reuniões com assentos para 120 pessoas, um lago com várias espécies de peixes e ao seu redor uma pista de caminhada com aproximadamente 514 metros. O local conta ainda com um quiosque, viveiros de mudas nativas e ornamentais, um bosque com várias espécies de árvores nativas e ameaçadas de extinção, dentre elas o Pau-Brasil, além de muitas espécies frutí-

feras propiciando ao habitat a presença de muitos pássaros. Tem ainda jardins floridos e um imenso tapete verde - o gramado. O Centro Ecológico é considerado como área de lazer e cultura e possui uma biblioteca com acervo de quase cinco mil livros. Nesta reforma foi criada uma área para práticas esportivas com vários aparelhos de ginástica, propiciando aos moemenses e visitantes uma oportunidade de freqüentar e contemplar todas as belezas da natureza.

Vale a pena visitar, contemplar e conservar. Está em andamento a construção de sanitários masculinos e femininos, calçamento da pista de caminhada e da área livre de ginástica. Futuramente este parque será um grande ponto de encontro da população e visitantes, onde poderão ocorrer diversos eventos culturais. Vejam as fotos com atenção e perceberão a beleza do local. Vale a pena visitar.

Caso queiram mais informações sobre Moema acessem os seguintes sites: www.pousadaquintoelemento.com.br - Site de uma pousada (em contrução) na região www.moematerradoce.com.br - Site sobre a cidade com comércio, serviços, etc. www.camaramoema.mg.gov.br - Site da Câmara de vereadores de Moema www.moema.mg.gov.br - Site da Prefeitura de Moema

35


Caderno Moema

Por Flávio Pereira da Silva

Moema e um nova estrutura sanitária tratamento de esgoto Moema possui 70% de suas casas com rede de esgoto e quase 100% da população urbana possui água tratada, porém todo o esgoto da cidade era direcionado para o Córrego do Doce. Em 2010 a Prefeitura de Moema iniciou uma grande obra de quase R$3 milhões de reais, relacionada à questão de saneamento, saúde e ainda ambiental. Trata-se da ETE - Estação de Tratamento de Esgoto, da cidade, garantindo a despoluição do Córrego do Doce, histórico afluente do Rio São Francisco, que passa por dentro do município. Tal iniciativa além de preservar os recursos hídricos contribuirá para a melhoria da qualidade de vida da população. Serão feitas duas grandes obras para resolver o problema de esgoto. Uma delas, a ETE, será constituída de duas redes que correrão paralelas ao Córrego do Doce, recebendo todo o esgoto da cidade e propiciando a despoluição deste Córrego. A outra grande obra é a Estação Elevatória, que irá bombear o esgoto das regiões mais baixas, como a dos bairros Padre Jonas, Lagoa Seca e Ipiranga, elevando-o para os Interceptores e conseqüentemente atingir a Estação de Tratamento. Serão construídas 03 (três) elevatórias. O destaque deste investimento é que não é apenas mais uma obra de saneamento. É uma novidade, um desafio e uma necessidade que trará grandes benefícios aos municípios vizinhos e ao estado: - questão ambiental - pois irá despoluir um córrego tradicional que deságua no Rio São Francisco, e que conseqüentemente, passará a receber uma água mais limpa, beneficiando todos os municípios à frente; -questão de saúde – o córrego do Doce ainda é usado por animais e pessoas no decorrer de seu leito inclusive atingindo plantas e vegetação em suas margens. A limpeza irá reduzir a contaminação direta e indireta de toda a população ribeirinha. 34

Esta obra está 70% concluída e tem previsão para término em maio de 2012. Centro ecológico e a sua revitalização O Centro Ecológico Doce Vida é o principal ponto de turismo na atualidade em Moema. Fica na parte central da cidade, ocupando uma área de aproximadamente 4 (quatro) hectares, possuindo um salão para eventos, biblioteca, pista de caminhada, um lago, quiosque, viveiro de mudas nativas e ornamentais e grande área verde. Mas antes de tudo vamos a uma pequena história. Tudo começou quando um carro de boi cheio de rapadura caiu em um córrego que atravessa a cidade, dai a origem do nome do Córrego Do Doce e ao titulo de Moema Terra Doce de Minas. Este córrego alimentava um lago e em sua foz alguns fazendeiros da localidade utilizavam suas águas para suas necessidades e as lavadeiras para lavarem suas roupas. O que se sabe é que o local era um terreno baldio e próximo tinha uma fábrica de farinha de mandioca. Onde hoje se situa a atual Biblioteca Municipal Professora Araci Cardoso de Mesquita . Por volta do ano de 1960 o projeto do Centro Ecológico começou a engatinhar nas idéias do senhor José Satico. Este lago era muito grande e por volta de 1977 foi divido ao meio por um aterro para a construção da BR 170, responsável pela ligação da região do Sul de Minas ao Centro-Oeste Mineiro, tendo como origem o entroncamento com a BR-262, passando pelos municípios de Moema, Lagoa da Prata, Arcos, Formiga, Córrego Fundo, Pimenta, etc., tendo seu fim no entroncamento com a BR-265. Como não havia casas por perto a região do lago ficou abandonada durante alguns anos, até que por volta de 1996 a 2000 iniciou-se um projeto de transformação do local, onde se pretendia ainda a reconstrução de um aterro que faria a ligação do centro da cidade a um novo bairro denominado hoje como Progresso. Posteriormente, em parceria com a CEMIG,IBAMA e a EMATER,

prosseguiu-se com o projeto, iniciando o reflorestamento e a revitalização do lago. Na atual gestão, o Prefeito Marcelo Ferreira de Mesquita, através da Secretaria de Cultura de Moema, do (SEDRU) Secretaria de Obras e Desenvolvimento Regional e Política Urbana e com recursos passados pelo Governo Estadual, priorizou dentre suas obras uma nova revitalização do Projeto Doce Vida. Hoje o Parque Recreativo conta com uma sala de reuniões com assentos para 120 pessoas, um lago com várias espécies de peixes e ao seu redor uma pista de caminhada com aproximadamente 514 metros. O local conta ainda com um quiosque, viveiros de mudas nativas e ornamentais, um bosque com várias espécies de árvores nativas e ameaçadas de extinção, dentre elas o Pau-Brasil, além de muitas espécies frutí-

feras propiciando ao habitat a presença de muitos pássaros. Tem ainda jardins floridos e um imenso tapete verde - o gramado. O Centro Ecológico é considerado como área de lazer e cultura e possui uma biblioteca com acervo de quase cinco mil livros. Nesta reforma foi criada uma área para práticas esportivas com vários aparelhos de ginástica, propiciando aos moemenses e visitantes uma oportunidade de freqüentar e contemplar todas as belezas da natureza.

Vale a pena visitar, contemplar e conservar. Está em andamento a construção de sanitários masculinos e femininos, calçamento da pista de caminhada e da área livre de ginástica. Futuramente este parque será um grande ponto de encontro da população e visitantes, onde poderão ocorrer diversos eventos culturais. Vejam as fotos com atenção e perceberão a beleza do local. Vale a pena visitar.

Caso queiram mais informações sobre Moema acessem os seguintes sites: www.pousadaquintoelemento.com.br - Site de uma pousada (em contrução) na região www.moematerradoce.com.br - Site sobre a cidade com comércio, serviços, etc. www.camaramoema.mg.gov.br - Site da Câmara de vereadores de Moema www.moema.mg.gov.br - Site da Prefeitura de Moema

35


vip

Momento

36

HARAJU

37


vip

Momento

36

HARAJU

37


RETROSPECTIVA 2011

JANEIRO/FEVEREIRO/MARÇO No primeiro trimestre do ano uma importante conquista: as homologações do Ministério do Trabalho voltam a ser feitas em Bom Despacho. No início do ano a ACIBOM também premiou o associado Contal Cred com o netbook – A premiação faz parte do processo de avaliação de desempenho feita pelos associados Quem esteve na Associação no início de 2011 foi o Comandante do 7º Batalhão Ten. Cel. Wagner Soares Santanna.

Liberação do MTE para homologações em Bom Despacho através da CDL e ACIBOM

Sorteio notebook - empresas que participaram pesquisa satisfação CDL e ACIBOM

Visita Ten Cel Wagner de Santana às dependências da CDL e ACIBOM ABRIL/MAIO/JUNHO Os ventos do inverno não esfriaram nossa Equipe, neste período o Programa Aprendiz, selecionou mais de cem candidatos para o ano de 2011 e mais uma parceria teve início: CDL/ ACIBOM e SICOOB/CREDIBOM na Escola de Informática. Neste trimestre a ACIBOM apoiou a Feira de Produtos de Maceió e no Dia do Trabalhador esteve presente na festa popular que marcou a data. Destaque para a parceria com o Instituo Integrado de Gestão na criação do Comitê Empresarial. Para fechar o primeiro semestre nada melhor que um concurso de beleza. Mais uma promoção da CDL: foram eleitos a Miss e o Mister Comerciário que representaram nossa cidade nos eventos pelo Estado. 38

Contratação de jovens e adolescentes pelo programa Aprendiz

2011 foi um ano de importantes realizações na CDL/ACIBOM. A equipe da Associação buscou nestes doze meses promover e solidificar o comércio, a indústria, os serviços e agronegócios de Bom Despacho em forma de parcerias, cursos, palestras e eventos. Com a certeza do dever cumprido apresentamos a nossos colaboradores, parceiros e associados os principais acontecimentos do ano com a presença da CDL/ACIBOM. JULHO/AGOSTO/SETEMBRO O projeto EDUCAMPO E A VISITA A CDE ITAÚNA marcaram o início do segundo semestre. Uma das importantes ações da CDL/ ACIBOM acontece no agora: a Jornada Empresarial. Cursos, palestras e oficinas oferecidas aos associados em busca de qualificação e aprimoramento de mão de obra. Em 2011 destaque para as palestras Leila Navarro e Loui Burlamarque.

Visita à CDE de Itaúna

Projeto EDUCAMPO em parceria com o SEBRAE

OUTUBRO/NOVEMBRO/DEZEMBRO O último trimestre do ano começa com o prêmio que valoriza o trabalho das empresas e o talento dos profissionais da cidade: Mérito Empresarial. Numa noite de gala são premiados os agraciados na pesquisa promovida pela CDL/ACIBOM. No encerramento do ano a CDL/ACIBOM concluiu ainda o PROPAN (Programa de Apoio à Panificação) e também ofereceu o Curso de Atualização em ICMS.

Presidente da CDL/ACIBOM na abertura do V Mérito Empresarial

A turma do curso de ICMS.

Parceria com o IIG e UNIPAC para a criação do Comitê Empresarial

Panificadores da cidade na turma do PROPAN

Dia do trabalhador Estande na Praça da Estação

Miss e Mister comerciários 2011

Em 2011 os empresários Gilberto Oliveira e Almir Rodrigues receberam a homenagem como empresários destaques de Bom Despacho, eleitos pela FEDERAMINAS – Federação das Associações Empresarias de Minas Gerais. 39


RETROSPECTIVA 2011

JANEIRO/FEVEREIRO/MARÇO No primeiro trimestre do ano uma importante conquista: as homologações do Ministério do Trabalho voltam a ser feitas em Bom Despacho. No início do ano a ACIBOM também premiou o associado Contal Cred com o netbook – A premiação faz parte do processo de avaliação de desempenho feita pelos associados Quem esteve na Associação no início de 2011 foi o Comandante do 7º Batalhão Ten. Cel. Wagner Soares Santanna.

Liberação do MTE para homologações em Bom Despacho através da CDL e ACIBOM

Sorteio notebook - empresas que participaram pesquisa satisfação CDL e ACIBOM

Visita Ten Cel Wagner de Santana às dependências da CDL e ACIBOM ABRIL/MAIO/JUNHO Os ventos do inverno não esfriaram nossa Equipe, neste período o Programa Aprendiz, selecionou mais de cem candidatos para o ano de 2011 e mais uma parceria teve início: CDL/ ACIBOM e SICOOB/CREDIBOM na Escola de Informática. Neste trimestre a ACIBOM apoiou a Feira de Produtos de Maceió e no Dia do Trabalhador esteve presente na festa popular que marcou a data. Destaque para a parceria com o Instituo Integrado de Gestão na criação do Comitê Empresarial. Para fechar o primeiro semestre nada melhor que um concurso de beleza. Mais uma promoção da CDL: foram eleitos a Miss e o Mister Comerciário que representaram nossa cidade nos eventos pelo Estado. 38

Contratação de jovens e adolescentes pelo programa Aprendiz

2011 foi um ano de importantes realizações na CDL/ACIBOM. A equipe da Associação buscou nestes doze meses promover e solidificar o comércio, a indústria, os serviços e agronegócios de Bom Despacho em forma de parcerias, cursos, palestras e eventos. Com a certeza do dever cumprido apresentamos a nossos colaboradores, parceiros e associados os principais acontecimentos do ano com a presença da CDL/ACIBOM. JULHO/AGOSTO/SETEMBRO O projeto EDUCAMPO E A VISITA A CDE ITAÚNA marcaram o início do segundo semestre. Uma das importantes ações da CDL/ ACIBOM acontece no agora: a Jornada Empresarial. Cursos, palestras e oficinas oferecidas aos associados em busca de qualificação e aprimoramento de mão de obra. Em 2011 destaque para as palestras Leila Navarro e Loui Burlamarque.

Visita à CDE de Itaúna

Projeto EDUCAMPO em parceria com o SEBRAE

OUTUBRO/NOVEMBRO/DEZEMBRO O último trimestre do ano começa com o prêmio que valoriza o trabalho das empresas e o talento dos profissionais da cidade: Mérito Empresarial. Numa noite de gala são premiados os agraciados na pesquisa promovida pela CDL/ACIBOM. No encerramento do ano a CDL/ACIBOM concluiu ainda o PROPAN (Programa de Apoio à Panificação) e também ofereceu o Curso de Atualização em ICMS.

Presidente da CDL/ACIBOM na abertura do V Mérito Empresarial

A turma do curso de ICMS.

Parceria com o IIG e UNIPAC para a criação do Comitê Empresarial

Panificadores da cidade na turma do PROPAN

Dia do trabalhador Estande na Praça da Estação

Miss e Mister comerciários 2011

Em 2011 os empresários Gilberto Oliveira e Almir Rodrigues receberam a homenagem como empresários destaques de Bom Despacho, eleitos pela FEDERAMINAS – Federação das Associações Empresarias de Minas Gerais. 39


Um espaço de vantagens para você!

SPACE MORDOMIA 6 filmes – 6 dias para devolver por apenas R$ 10,00 SPACE ACUMULADA Acumule 15 filmes locados e ganhe 1 locação (exceto lançamentos)

LOCADORA

SPACE BÔNUS Na compra de créditos, ganhe até 20% em bônus R$ 30,00 - 10 % - crédito + Bônus = R$ 33,00 R$ 60,00 -15% - crédito + Bônus = R$ 69,00 R$ 100,00 -20% - crédito + Bônus = R$ 120,00

Estética

Jussara Amaral

Cuidados com a pele no verão

Sol, mar, piscina... O verão sempre deixa muitas recordações agradáveis, mas também algumas marcas nada desejáveis como pele ressecada, “descascadas” e até manchas. Aí é hora de tomar as devidas providências para revitalizar a pele e mantê-la hidratada e saudável. Nestes casos, esfoliação e hidratação são as palavras de ordem para recuperar a beleza e maciez da pele do corpo e,

principalmente, do rosto que é a região mais delicada e mais exposta também. “Como o organismo perde mais água do que repomos, a pele vai ressecando e as células da superfície vão descamando, provocando o ressecamento e a aspereza”, a desidratação da pele é muito comum nessa época do ano. Lembrando ainda que as manchas podem ser provocadas por agentes

químicos ou mesmo em conseqüência de alguma disfunção do organismo. “À medida que a pele é exposta ao sol, fica mais morena, alterando o pigmento natural (melanina) na camada superficial, devido ao processo que as radiações ultravioletas A e B desencadeiam no organismo”,. Conseqüentemente, a pele pode apresentar coloração irregular dando origem às indesejáveis manchas de sol.

Quatro passos são fundamentais para suavizar tais marcas e proporcionar uma cor uniforme e proporcionar aspecto saudável à pele:

FUNCIONAMENTO: Segunda a Sexta – 9 às 21 h. | Sábados – 9 às 20:30 h. | Domingo e feriados – 9 às 13 h (37) 3522.2445 | 8845.2445

1º. Passo - Higienização Facial

2º. Passo - Esfoliação Facial

3º. Passo - Tonificação Facial

4º. Passo - Hidratação Intensa

É preciso ter muito cuidado com a qualidade dos produtos que se usa, afinal é uma atenção especial com nosso corpo e rosto. • JUSSARA AMARAL : ESTETICISTA, É MENBRO DA AMEC, FORMADA PELO SERVAS-BH EM 1985 , DESDE ENTÃO COM ESPECIALIZAÇÕES COMO, TRATAMENTOS ESTÉTICOS EM GERAL, PSICOLOGIA E GERIATRIA APLICADA À ESTÉTICA. PROFª . DO CURSO DE ESTÉTICA DA ESCOLA SANTA CLARA EM LAGOA DA PRATA E BOM DESPACHO

Design de sobrancelhas Estética para melhor idade

40

41


Um espaço de vantagens para você!

SPACE MORDOMIA 6 filmes – 6 dias para devolver por apenas R$ 10,00 SPACE ACUMULADA Acumule 15 filmes locados e ganhe 1 locação (exceto lançamentos)

LOCADORA

SPACE BÔNUS Na compra de créditos, ganhe até 20% em bônus R$ 30,00 - 10 % - crédito + Bônus = R$ 33,00 R$ 60,00 -15% - crédito + Bônus = R$ 69,00 R$ 100,00 -20% - crédito + Bônus = R$ 120,00

Estética

Jussara Amaral

Cuidados com a pele no verão

Sol, mar, piscina... O verão sempre deixa muitas recordações agradáveis, mas também algumas marcas nada desejáveis como pele ressecada, “descascadas” e até manchas. Aí é hora de tomar as devidas providências para revitalizar a pele e mantê-la hidratada e saudável. Nestes casos, esfoliação e hidratação são as palavras de ordem para recuperar a beleza e maciez da pele do corpo e,

principalmente, do rosto que é a região mais delicada e mais exposta também. “Como o organismo perde mais água do que repomos, a pele vai ressecando e as células da superfície vão descamando, provocando o ressecamento e a aspereza”, a desidratação da pele é muito comum nessa época do ano. Lembrando ainda que as manchas podem ser provocadas por agentes

químicos ou mesmo em conseqüência de alguma disfunção do organismo. “À medida que a pele é exposta ao sol, fica mais morena, alterando o pigmento natural (melanina) na camada superficial, devido ao processo que as radiações ultravioletas A e B desencadeiam no organismo”,. Conseqüentemente, a pele pode apresentar coloração irregular dando origem às indesejáveis manchas de sol.

Quatro passos são fundamentais para suavizar tais marcas e proporcionar uma cor uniforme e proporcionar aspecto saudável à pele:

FUNCIONAMENTO: Segunda a Sexta – 9 às 21 h. | Sábados – 9 às 20:30 h. | Domingo e feriados – 9 às 13 h (37) 3522.2445 | 8845.2445

1º. Passo - Higienização Facial

2º. Passo - Esfoliação Facial

3º. Passo - Tonificação Facial

4º. Passo - Hidratação Intensa

É preciso ter muito cuidado com a qualidade dos produtos que se usa, afinal é uma atenção especial com nosso corpo e rosto. • JUSSARA AMARAL : ESTETICISTA, É MENBRO DA AMEC, FORMADA PELO SERVAS-BH EM 1985 , DESDE ENTÃO COM ESPECIALIZAÇÕES COMO, TRATAMENTOS ESTÉTICOS EM GERAL, PSICOLOGIA E GERIATRIA APLICADA À ESTÉTICA. PROFª . DO CURSO DE ESTÉTICA DA ESCOLA SANTA CLARA EM LAGOA DA PRATA E BOM DESPACHO

Design de sobrancelhas Estética para melhor idade

40

41


Ana Clara Filha de Juliana e Welington

Moda Infantil e Bebê

Kauã Filho de Maria Célia e Rodrigo

Pedro Filho de Camila e Rodrigo

Matriz: Praça da Matriz, 300 Lj. 101 e 102 - Centro - Bom Despacho - 3522 1065 Bebê: Praça da Matriz, 248 – Centro - Bom Despacho - 3521 2317 42

Juliana e os bebês: Isabela e Ana Luisa

Calçados: Praça da Matriz, 64 - Centro - Bom Despacho - 3522 7778 43


Ana Clara Filha de Juliana e Welington

Moda Infantil e Bebê

Kauã Filho de Maria Célia e Rodrigo

Pedro Filho de Camila e Rodrigo

Matriz: Praça da Matriz, 300 Lj. 101 e 102 - Centro - Bom Despacho - 3522 1065 Bebê: Praça da Matriz, 248 – Centro - Bom Despacho - 3521 2317 42

Juliana e os bebês: Isabela e Ana Luisa

Calçados: Praça da Matriz, 64 - Centro - Bom Despacho - 3522 7778 43


Ana Luisa Filha de Fernanda e Luciano

Julia Filha de Angelita Michele e Ederson Isabela Filha de Angelita Michele e Ederson

Taissa e Tamara Filhas de Adriana e Hudson

CecĂ­lia Filha de Gisele e Daniel

Larah Filha de Tais e de Evandro (Popo)

OtĂĄvio Filho de Telma e Evaldo

Maria Tereza Filha de Anderson e Aline

44

45


Ana Luisa Filha de Fernanda e Luciano

Julia Filha de Angelita Michele e Ederson Isabela Filha de Angelita Michele e Ederson

Taissa e Tamara Filhas de Adriana e Hudson

CecĂ­lia Filha de Gisele e Daniel

Larah Filha de Tais e de Evandro (Popo)

OtĂĄvio Filho de Telma e Evaldo

Maria Tereza Filha de Anderson e Aline

44

45


Nutrição e saúde na medida certa! www.wix.com/animallnutricao/produtos

LINHA DE RAÇÕEs ANIDOG

Alimento para cães adultos saboroso e crocante

Alimento completo para cães em crescimento

Alimento para cães adultos com Quirera de Arroz Alimento para cães adultos com Quirera de Arroz + Hidrolisado de Frango Vitamina E + Selênio + Hidrolisado de Frango Vitamina E + Selênio

LINHA DE RAÇÕES DOGO

Alimento para cães adultos balanceado com 19% de proteínas

LINHA PARA GATOS

Alimento para cães em crescimento balanceado com 26% de proteínas

Alimento completo para gatos Alimento balanceados para gatos com balanceado com 28% de proteínas Quirera de Arroz + Hidrolisado de Frango Vitamina E + Selênio + 30% de Proteínas

LINHA INSUMOS E FUNDO DE QUINTAL

Av. Dr. Juca - 1850 - São Vicente - Bom Despacho - MG 46

(37) 3521-4444

47


Nutrição e saúde na medida certa! www.wix.com/animallnutricao/produtos

LINHA DE RAÇÕEs ANIDOG

Alimento para cães adultos saboroso e crocante

Alimento completo para cães em crescimento

Alimento para cães adultos com Quirera de Arroz Alimento para cães adultos com Quirera de Arroz + Hidrolisado de Frango Vitamina E + Selênio + Hidrolisado de Frango Vitamina E + Selênio

LINHA DE RAÇÕES DOGO

Alimento para cães adultos balanceado com 19% de proteínas

LINHA PARA GATOS

Alimento para cães em crescimento balanceado com 26% de proteínas

Alimento completo para gatos Alimento balanceados para gatos com balanceado com 28% de proteínas Quirera de Arroz + Hidrolisado de Frango Vitamina E + Selênio + 30% de Proteínas

LINHA INSUMOS E FUNDO DE QUINTAL

Av. Dr. Juca - 1850 - São Vicente - Bom Despacho - MG 46

(37) 3521-4444

47


Momento

TrelelĂŞ

clickbd.

As fotos mais clicadas aparecem aqui!

www.clickbd.com.br

clickbd.com.br

48 48

49 49


Momento

TrelelĂŞ

clickbd.

As fotos mais clicadas aparecem aqui!

www.clickbd.com.br

clickbd.com.br

48 48

49 49


Momento

TrelelĂŞ

clickbd.

As fotos mais clicadas aparecem aqui!

www.clickbd.com.br

clickbd.com.br

50

51


Momento

TrelelĂŞ

clickbd.

As fotos mais clicadas aparecem aqui!

www.clickbd.com.br

clickbd.com.br

50

51


52

53


52

53


Tiploc Memórias por Professor Ronan Tales de Oliveira.

Genial e esquecido PROFESSOR WILSON LOPES DO COUTO

“Quem sabe aonde chegar, transforma ideias em caminho. O que vale não é o que você diz as pessoas, mas o que elas escutam de você.” 54

Nasceu em 26 de outubro de 1918, no Retiro São José, no povoado dos Alves, município de Bom Despacho – MG e faleceu em 29 de junho de 1958. Filho do fazendeiro Pacífico Lopes do Couto, o Bem do Pacífico e de Dona Maria Teodora da Costa, Dona Mariquinha. Bondespachense de inteligência rara e perseverança singular. Estudou o primário do Grupo Escolar Cel. Praxedes, em Bom Despacho e o ginásio no Colégio Arnaldo em Belo Horizonte. Durante 01 ano, estudou no Seminário Menor, em Barbacena – MG. Depois foi transferido, em 1935 para o Seminário Maior em Cascavel no interior do PR, onde cursou teologia e filosofia na Congregação do Verbo Divino. Em 1940, retornou a Bom Despacho, onde se casou com Dona Rita Cançado Couto e teve cinco filhos. Wilson Flávio Cançado Couto, Janus Roberto Cançado Couto, Paulo Sérgio Cançado Couto, Carlos Humberto Cançado Couto e Marco Antonio Cançado Couto (falecido), De 1940 a 1950 trabalhou na contabilidade do laticínio Soares Nogueira e na farmácia do Favuca. Foi Secretário Geral da prefeitura de Bom Despacho. Em 1952 começou a lecionar no ginásio estadual de Bom Despacho, atual Doutor Miguel Gontijo, latim, história e geografia.

“O homem é aquilo que ele pensa e dá importância” Integrou-se rapidamente na comunidade e passou a dedicar um tempo para trabalhar a seu favor. “O caminho de Deus passa pelo serviço”. Professor Wilson conhecia bem a política a religião e a arte de educar. Do ponto de vista político, defendeu o bem-estar social e foi contra a exclusão que imperava no cenário econômico, social e político, especialmente no interior. “Não se pode curvar ao terror, não importa quem o pratique”. Em relação à religião, como um profeta, incomodou muitos, anunciando com destemor o respeito, e denunciando com assombro as injustiças. “O homem nasceu para respirar liberdade, dignidade e justiça”. Mas foi no interior da sala de aula que professor Wilson dedicou sua vida e o fez de modo genial. Para

ele somente a educação tem o poder de aliviar a miséria da existência humana. Wilson gostava do refrão: “O homem é aquilo que ele pensa e dá importância”. Para ele, o pensamento precisa ser trabalhado, cultivado com todo cuidado. Porque ele é capaz de transformar o ser comum em ser humano melhor. O que vem de fora não é tão bom quanto o que vem de dentro. “O pensamento é expressão de nossa intimidade”. O mais brando sempre vence o mais duro No dizer de seus contemporâneos, era um homem modesto, mas de visão privilegiada. Escrevia bem, e por isto, era sempre convidado a discursar e fazer palestras nas comemorações cívicas de nossa comunidade. Professor Wilson conhecia muito bem a arte do possível. “O que possibilita a ascensão de um homem não é a vaidade ou a arrogância, mas a modéstia e a adaptabilidade”.Como bom filósofo, gostava de trabalhar a ideia de que o homem inteligente precisa pensar bem e escolher o que pensar; buscar aprender sempre; ocupar a mente com coisas úteis e justas; vigiar sempre os pensamentos (oração); eliminar pensamentos

inúteis. “O homem simples não é confuso, não é artificial, não se corrompe com a sofisticação, é gentil e inspira respeito”. O mais brando sempre vence o mais duro. Wilson Lopes por seus próximos Com o proposito de conhecer melhor a pessoa do professor Wilson, conversei com alguns de seus ex-alunos, pessoas de nossa comunidade, com seus irmãos vivos, com seus filhos, com seus sobrinhos, que através de seus pais, conheceram fatos de sua vida. Segundo Dona Helena Couto Cançado, irmã do professor Wilson, educadora experiente na construção e reconstrução de nosso espaço escolar, ele gostou de duas coisas em comum: estudar e lecionar. Para Wilson, o estudo nunca foi dado, foi sempre uma tarefa, algo que deveria ser feito e conduzido. “Só com fórmulas não se chega a lugar algum”. Ele sempre nos dizia que “a educação é a mensagem que define o sentido último do homem e de sua vida”. Apesar de ter vivido pouco tempo entre nós, Wilson sabia que a beleza de um único momento eterno valia a pena, apesar de todos os sofrimentos. E que

ninguém envelhece por viver um número de anos, envelhece por desertar de suas ideias e de seus sonhos. A vida de um homem se mede pelo cuidado e a intensidade de cada momento vivido. Para Dona Helena Couto reconstruir a memória de Wilson é garimpar numa mina de ouro; onde as preciosidades estão à tona, a espera daqueles que se propuserem a usar. No dizer de seu irmão Dário Couto, desde a juventude Wilson demonstrou ter uma vocação especial para o exercício intelectual. Como um escriba incansável, debruçava-se sobre os livros e passava horas, dias e noites buscando e aprimorando seus conhecimentos. Todas as manhãs aguardava ansiosa a visita do carteiro, que lhe trazia livros e jornais da capital. Segundo Dário Couto, a sua fala, como a sua pena, era agradável, transparente e atraente. Para Wilson o saber era importante quando podia ser comunicado com transparência; de outra forma, era pura vaidade, porque não passava de um tesouro pessoal. “Quem sabe aonde chegar, transforma ideias em caminho”. O que vale não é o que você diz as pessoas, mas o que elas escutam de você. O importante é fazer com que as coisas

55


Tiploc Memórias por Professor Ronan Tales de Oliveira.

Genial e esquecido PROFESSOR WILSON LOPES DO COUTO

“Quem sabe aonde chegar, transforma ideias em caminho. O que vale não é o que você diz as pessoas, mas o que elas escutam de você.” 54

Nasceu em 26 de outubro de 1918, no Retiro São José, no povoado dos Alves, município de Bom Despacho – MG e faleceu em 29 de junho de 1958. Filho do fazendeiro Pacífico Lopes do Couto, o Bem do Pacífico e de Dona Maria Teodora da Costa, Dona Mariquinha. Bondespachense de inteligência rara e perseverança singular. Estudou o primário do Grupo Escolar Cel. Praxedes, em Bom Despacho e o ginásio no Colégio Arnaldo em Belo Horizonte. Durante 01 ano, estudou no Seminário Menor, em Barbacena – MG. Depois foi transferido, em 1935 para o Seminário Maior em Cascavel no interior do PR, onde cursou teologia e filosofia na Congregação do Verbo Divino. Em 1940, retornou a Bom Despacho, onde se casou com Dona Rita Cançado Couto e teve cinco filhos. Wilson Flávio Cançado Couto, Janus Roberto Cançado Couto, Paulo Sérgio Cançado Couto, Carlos Humberto Cançado Couto e Marco Antonio Cançado Couto (falecido), De 1940 a 1950 trabalhou na contabilidade do laticínio Soares Nogueira e na farmácia do Favuca. Foi Secretário Geral da prefeitura de Bom Despacho. Em 1952 começou a lecionar no ginásio estadual de Bom Despacho, atual Doutor Miguel Gontijo, latim, história e geografia.

“O homem é aquilo que ele pensa e dá importância” Integrou-se rapidamente na comunidade e passou a dedicar um tempo para trabalhar a seu favor. “O caminho de Deus passa pelo serviço”. Professor Wilson conhecia bem a política a religião e a arte de educar. Do ponto de vista político, defendeu o bem-estar social e foi contra a exclusão que imperava no cenário econômico, social e político, especialmente no interior. “Não se pode curvar ao terror, não importa quem o pratique”. Em relação à religião, como um profeta, incomodou muitos, anunciando com destemor o respeito, e denunciando com assombro as injustiças. “O homem nasceu para respirar liberdade, dignidade e justiça”. Mas foi no interior da sala de aula que professor Wilson dedicou sua vida e o fez de modo genial. Para

ele somente a educação tem o poder de aliviar a miséria da existência humana. Wilson gostava do refrão: “O homem é aquilo que ele pensa e dá importância”. Para ele, o pensamento precisa ser trabalhado, cultivado com todo cuidado. Porque ele é capaz de transformar o ser comum em ser humano melhor. O que vem de fora não é tão bom quanto o que vem de dentro. “O pensamento é expressão de nossa intimidade”. O mais brando sempre vence o mais duro No dizer de seus contemporâneos, era um homem modesto, mas de visão privilegiada. Escrevia bem, e por isto, era sempre convidado a discursar e fazer palestras nas comemorações cívicas de nossa comunidade. Professor Wilson conhecia muito bem a arte do possível. “O que possibilita a ascensão de um homem não é a vaidade ou a arrogância, mas a modéstia e a adaptabilidade”.Como bom filósofo, gostava de trabalhar a ideia de que o homem inteligente precisa pensar bem e escolher o que pensar; buscar aprender sempre; ocupar a mente com coisas úteis e justas; vigiar sempre os pensamentos (oração); eliminar pensamentos

inúteis. “O homem simples não é confuso, não é artificial, não se corrompe com a sofisticação, é gentil e inspira respeito”. O mais brando sempre vence o mais duro. Wilson Lopes por seus próximos Com o proposito de conhecer melhor a pessoa do professor Wilson, conversei com alguns de seus ex-alunos, pessoas de nossa comunidade, com seus irmãos vivos, com seus filhos, com seus sobrinhos, que através de seus pais, conheceram fatos de sua vida. Segundo Dona Helena Couto Cançado, irmã do professor Wilson, educadora experiente na construção e reconstrução de nosso espaço escolar, ele gostou de duas coisas em comum: estudar e lecionar. Para Wilson, o estudo nunca foi dado, foi sempre uma tarefa, algo que deveria ser feito e conduzido. “Só com fórmulas não se chega a lugar algum”. Ele sempre nos dizia que “a educação é a mensagem que define o sentido último do homem e de sua vida”. Apesar de ter vivido pouco tempo entre nós, Wilson sabia que a beleza de um único momento eterno valia a pena, apesar de todos os sofrimentos. E que

ninguém envelhece por viver um número de anos, envelhece por desertar de suas ideias e de seus sonhos. A vida de um homem se mede pelo cuidado e a intensidade de cada momento vivido. Para Dona Helena Couto reconstruir a memória de Wilson é garimpar numa mina de ouro; onde as preciosidades estão à tona, a espera daqueles que se propuserem a usar. No dizer de seu irmão Dário Couto, desde a juventude Wilson demonstrou ter uma vocação especial para o exercício intelectual. Como um escriba incansável, debruçava-se sobre os livros e passava horas, dias e noites buscando e aprimorando seus conhecimentos. Todas as manhãs aguardava ansiosa a visita do carteiro, que lhe trazia livros e jornais da capital. Segundo Dário Couto, a sua fala, como a sua pena, era agradável, transparente e atraente. Para Wilson o saber era importante quando podia ser comunicado com transparência; de outra forma, era pura vaidade, porque não passava de um tesouro pessoal. “Quem sabe aonde chegar, transforma ideias em caminho”. O que vale não é o que você diz as pessoas, mas o que elas escutam de você. O importante é fazer com que as coisas

55


dessem certo. Não bastava conhecer o outro, era preciso confiar. Dário Couto admirava seu irmão, falava dele com orgulho e entusiasmo. Tinha certeza de que um dia ele seria lembrado, não apenas como um intelectual de seu tempo, mas pela dedicação pelo cuidado que ele tinha com todos, especialmente a classe estudantil. Dário Couto vivenciou esse conhecimento quando discursou no interior da Escola Estadual que o adotou como patrono. Segundo Dário Couto, o esquecimento até pode reinar, mas o justo sempre será lembrado e o seu trabalho reverenciado. Nos dizeres de Dona Marlene, Clara, Bárbara, Lilita, Irene e Ana Couto, suas irmãs, Wilson aprendeu muito cedo nos joelhos de seu pai; o valor da retidão de princípios e não distanciamento da verdade e no colo de sua mãe o amor à Deus e a devoção a Nossa Senhora do Bom Despacho. Estes princípios nortearam a sua trajetória. Wilson foi um menino curioso, um homem de bem, um professor estimado e um pai amoroso. Tinha como preocupação o envolvimento das pessoas na construção de opiniões e na defesa de seus ideais. Aplicava sempre a maiêutica socrática, de responder uma pergunta com outra pergunta, brincando também com a ideia que o homem é o único animal que precisa ser educado. Escola: o celeiro humano Era um homem disposto e pronto a ajudar a construir tudo o que fosse bom para Bom Despacho e, especialmente, para a juventude bondespachense. Segundo professor Wilson, “a obra maior que a criação do mundo é a educação do homem. O homem é apenas o que a educação pode fazer dele”. Segundo seu irmão caçula Luís Couto, Wilson era um homem incomum. Queria bem às pessoas e não abandonava o compromisso de

56

trabalhar em prol da educação e de sua formação. Para ele, a escola era um seleiro humano de onde sairiam os nossos dirigentes, por isto precisava ser respeitada. Na arte de educar, a inteligência e a paciência necessitam andar de mãos dadas. A culpa não constrói nada, o que constrói é a inteligência e o respeito. Segundo Wilson, ninguém devia construir uma ponte para morar debaixo dela. E que devíamos ser bom com quem fosse bom e, também, com quem não fosse,

Professor Wilson, gostaria, neste momento, de lhe dizer que o seu irmão Lauro Couto e sua esposa Zélia Gontijo Couto, logo após a sua partida tiveram um filho que em sua memória, recebeu o seu nome. Wilson do Lauro, é hoje homem feito, estimado e respeitado por todos nós em nossa comunidade. Com certeza outros Wilsons apareceram e aparecerão, para que seu nome e a sua lembrança nunca sejam apagados da memória de nossa terra.

porque a bondade aumenta a bondade. Luís diz sentir saudades de seu irmão e especialmente do convívio familiar na roça. Wilson fez a sua parte com naturalidade, com dignidade, sem ofender ninguém e por isto ainda é lembrado. Segundo o saudoso padre Vicente Rodrigues, professor Wilson caminhava em passos largos, sempre à frente das pessoas de sua época. Suas ideias eram revolucionárias e, por isto, encontrava dificuldade de serem aceitas. Mas, segundo Wilson, “quem respeita os seus limites não corre perigo”.

Na educação reinava o extremismo, o conceito de autoridade era pouco vivenciado. A imposição ocupava lugar de destaque e a punição andava de rédeas soltas. Professor Wilson, com sabedoria, soube moldar com cuidado o seu ideal político, social, religioso e educacional. Combateu o bom combate; conseguiu aliados e amigos que cultivaram bem os seus ensinamentos e nos entregaram como um legado de primeira grandeza. Professor Wilson, sem dúvida, ajudou na construção do pensamento científico, que colocou por muitos anos, Bom Despacho na vanguarda de educação do Centro-Oeste Mineiro.Aprendemos a viver vivendo, aprendemos a ler lendo, e assim por diante. A prática ainda é a essência do conhecimento. Professor Wilson fez essa caminhada sem saltos, vivenciando cada momento com toda intensidade de sua vida. Concluindo, gostaria de sugerir aos dirigentes da Escola Estadual Wilson Lopes Do Couto, que resgatassem um pouco da memória de seu patrono. Porque isto é possível e louvável. Vocês deram um passe substancial fazendo um seminário a respeito da história da escola. A importância desse trabalho é porque ele pode, com certeza, desencadear outros trabalhos a respeito de outras autoridades que ainda são ilustres desconhecidos. Reconstruir hoje a memória de professor Wilson, é um ato de cidadania. Professor Wilson permanecerá sempre presente no coração do povo e no interior de sua escola. O homem de bem nunca morre. As suas ideias e a sua presença ocuparam lugar de destaque na sala de nossa existência. Faço ressalvo a uma expressão familiar, “esquecemos de muitas coisas que aprendemos ao longo de nossas vidas, mas jamais esqueceremos quem nos ensinou”.

Quer comprar

uma casa?

Procure a

MINASKASA Imóveis de boa Qualidade e preços compatíveis com o mercado local Acompanhamento para construção de obras | Informações sobre o Financiamento. Montagem de Processos de Engenharia para Financiamento junto a C.E.F | Projetos de Engenharia e Orçamento | Construçãode Imóveis Residenciais | Fiscalilzação e acompanhamentos de Obras, Pessoa Fisica e Juridica | Avaliação e Pericias em Imóveis Residenciais e Comerciais

Praça da Matriz, 492 - Sala 02 - (37) 3522-1049 - bOM DESPACHO/MG

57


dessem certo. Não bastava conhecer o outro, era preciso confiar. Dário Couto admirava seu irmão, falava dele com orgulho e entusiasmo. Tinha certeza de que um dia ele seria lembrado, não apenas como um intelectual de seu tempo, mas pela dedicação pelo cuidado que ele tinha com todos, especialmente a classe estudantil. Dário Couto vivenciou esse conhecimento quando discursou no interior da Escola Estadual que o adotou como patrono. Segundo Dário Couto, o esquecimento até pode reinar, mas o justo sempre será lembrado e o seu trabalho reverenciado. Nos dizeres de Dona Marlene, Clara, Bárbara, Lilita, Irene e Ana Couto, suas irmãs, Wilson aprendeu muito cedo nos joelhos de seu pai; o valor da retidão de princípios e não distanciamento da verdade e no colo de sua mãe o amor à Deus e a devoção a Nossa Senhora do Bom Despacho. Estes princípios nortearam a sua trajetória. Wilson foi um menino curioso, um homem de bem, um professor estimado e um pai amoroso. Tinha como preocupação o envolvimento das pessoas na construção de opiniões e na defesa de seus ideais. Aplicava sempre a maiêutica socrática, de responder uma pergunta com outra pergunta, brincando também com a ideia que o homem é o único animal que precisa ser educado. Escola: o celeiro humano Era um homem disposto e pronto a ajudar a construir tudo o que fosse bom para Bom Despacho e, especialmente, para a juventude bondespachense. Segundo professor Wilson, “a obra maior que a criação do mundo é a educação do homem. O homem é apenas o que a educação pode fazer dele”. Segundo seu irmão caçula Luís Couto, Wilson era um homem incomum. Queria bem às pessoas e não abandonava o compromisso de

56

trabalhar em prol da educação e de sua formação. Para ele, a escola era um seleiro humano de onde sairiam os nossos dirigentes, por isto precisava ser respeitada. Na arte de educar, a inteligência e a paciência necessitam andar de mãos dadas. A culpa não constrói nada, o que constrói é a inteligência e o respeito. Segundo Wilson, ninguém devia construir uma ponte para morar debaixo dela. E que devíamos ser bom com quem fosse bom e, também, com quem não fosse,

Professor Wilson, gostaria, neste momento, de lhe dizer que o seu irmão Lauro Couto e sua esposa Zélia Gontijo Couto, logo após a sua partida tiveram um filho que em sua memória, recebeu o seu nome. Wilson do Lauro, é hoje homem feito, estimado e respeitado por todos nós em nossa comunidade. Com certeza outros Wilsons apareceram e aparecerão, para que seu nome e a sua lembrança nunca sejam apagados da memória de nossa terra.

porque a bondade aumenta a bondade. Luís diz sentir saudades de seu irmão e especialmente do convívio familiar na roça. Wilson fez a sua parte com naturalidade, com dignidade, sem ofender ninguém e por isto ainda é lembrado. Segundo o saudoso padre Vicente Rodrigues, professor Wilson caminhava em passos largos, sempre à frente das pessoas de sua época. Suas ideias eram revolucionárias e, por isto, encontrava dificuldade de serem aceitas. Mas, segundo Wilson, “quem respeita os seus limites não corre perigo”.

Na educação reinava o extremismo, o conceito de autoridade era pouco vivenciado. A imposição ocupava lugar de destaque e a punição andava de rédeas soltas. Professor Wilson, com sabedoria, soube moldar com cuidado o seu ideal político, social, religioso e educacional. Combateu o bom combate; conseguiu aliados e amigos que cultivaram bem os seus ensinamentos e nos entregaram como um legado de primeira grandeza. Professor Wilson, sem dúvida, ajudou na construção do pensamento científico, que colocou por muitos anos, Bom Despacho na vanguarda de educação do Centro-Oeste Mineiro.Aprendemos a viver vivendo, aprendemos a ler lendo, e assim por diante. A prática ainda é a essência do conhecimento. Professor Wilson fez essa caminhada sem saltos, vivenciando cada momento com toda intensidade de sua vida. Concluindo, gostaria de sugerir aos dirigentes da Escola Estadual Wilson Lopes Do Couto, que resgatassem um pouco da memória de seu patrono. Porque isto é possível e louvável. Vocês deram um passe substancial fazendo um seminário a respeito da história da escola. A importância desse trabalho é porque ele pode, com certeza, desencadear outros trabalhos a respeito de outras autoridades que ainda são ilustres desconhecidos. Reconstruir hoje a memória de professor Wilson, é um ato de cidadania. Professor Wilson permanecerá sempre presente no coração do povo e no interior de sua escola. O homem de bem nunca morre. As suas ideias e a sua presença ocuparam lugar de destaque na sala de nossa existência. Faço ressalvo a uma expressão familiar, “esquecemos de muitas coisas que aprendemos ao longo de nossas vidas, mas jamais esqueceremos quem nos ensinou”.

Quer comprar

uma casa?

Procure a

MINASKASA Imóveis de boa Qualidade e preços compatíveis com o mercado local Acompanhamento para construção de obras | Informações sobre o Financiamento. Montagem de Processos de Engenharia para Financiamento junto a C.E.F | Projetos de Engenharia e Orçamento | Construçãode Imóveis Residenciais | Fiscalilzação e acompanhamentos de Obras, Pessoa Fisica e Juridica | Avaliação e Pericias em Imóveis Residenciais e Comerciais

Praça da Matriz, 492 - Sala 02 - (37) 3522-1049 - bOM DESPACHO/MG

57


in fotos

Natal

58

59


in fotos

Natal

58

59


Retrospectiva SuperLeite 2011

Na Capital Mineira do Leite, a SuperLeite em Pompéu MG, reuniu em um só local toda a cadeia produtiva do leite, durante 4 dias os principais criadores das raças Gir Leiteiro e Girolando, além de representantes da indústria de latícinios, insumos e equipamentos agrícolas. O evento se torna cada vez mais, uma referência ao concentrar as últimas aplicações práticas da tecnologia para o segmento.

Feira de Negócios Ciclo de Palestras Dinâmica de Máquinas Rodada de Negócios Feira de Artesanato, Comidas e Bebidas típicas Julgamentos das Raças Gir Leiteiro e Girolando Premiação dos Animais de Pista Torneio Leiteiro Premiação do Torneio Leiteiro Leilão Elite SuperLeite Pelo segundo ano consecutivo a 2ª edição da SuperLeite realizada de 13 a 16 de julho de 2011, contou com o público visitante de 18.000 pessoas, volume de negócios realizados ultrapassou R$ 12.000.000,00, presença de várias empresas do setor agropecuário e diversos produtores do Estado. Inúmeros encontros e palestras, Encontro Estadual Minas Leite coordenado pela Emater MG, Congresso Mineiro do Leite (Projeto Balde Cheio), abordou as tendências do mercado, qualidade e produtividade de leite e perspectivas da pecuária nacional diante do cenário mundial. Julgamento das Raças Gir Leiteiro e Girolando, Torneio Leiteiro e o Leilão Elite SuperLeite tiveram uma notável participação e contribuição no volume de negócios da Feira. Além de todo conhecimento e tecnologia, uma novidade que atraiu os visitantes a realizarem negócios durante o evento foi o sorteio de um FORD KA 0KM, no encerramento que foi seguido por uma confraternização entre expositores e organizadores. 60

Torneio Leiteiro Os principais produtores de gado de leite do Estado fizeram a melhor seleção de animais para participarem do tradicional Torneio Leiteiro, com destaque no cronograma de eventos da SuperLeite. A campeã do Torneio alcançou a marca de 74,600 Kg. Leilão Elite SuperLeite A SuperLeite 2011 movimentou mais de R$ 800.000,00 em negócios, obtido apenas no Leilão Elite SuperLeite. O Leilão é a porta de acesso para comercialização e promoção do que há de melhor entre os melhores plantéis da região no cenário local, regional e nacional. Julgamento de Animais Julgamento das Raças Gir Leiteiro e Girolando atraiu diversos produtores do Estado, em busca de diversas premiações, também com o objetivo de apresentar os valores e o potencial de seus rebanhos.

Ciclo de Palestras O programa de palestras, através de congressos, seminários e a dinâmica de máquinas realizado pelas empresas expositoras de máquinas agrícolas e insumos, fazem da SuperLeite uma referência na busca de conhecimento, especialmente quanto à qualidade do leite, manejo, aumento da produtividade, otimização de custos e as tendências e perspectivas do setor lácteo brasileiro. Neste edição contou com a participação de profissionais renomados que pela a troca de experiências proporcionou aos produtores e visitantes presentes uma notável evolução em conceitos e práticas importantes na busca de resultados.

61


Retrospectiva SuperLeite 2011

Na Capital Mineira do Leite, a SuperLeite em Pompéu MG, reuniu em um só local toda a cadeia produtiva do leite, durante 4 dias os principais criadores das raças Gir Leiteiro e Girolando, além de representantes da indústria de latícinios, insumos e equipamentos agrícolas. O evento se torna cada vez mais, uma referência ao concentrar as últimas aplicações práticas da tecnologia para o segmento.

Feira de Negócios Ciclo de Palestras Dinâmica de Máquinas Rodada de Negócios Feira de Artesanato, Comidas e Bebidas típicas Julgamentos das Raças Gir Leiteiro e Girolando Premiação dos Animais de Pista Torneio Leiteiro Premiação do Torneio Leiteiro Leilão Elite SuperLeite Pelo segundo ano consecutivo a 2ª edição da SuperLeite realizada de 13 a 16 de julho de 2011, contou com o público visitante de 18.000 pessoas, volume de negócios realizados ultrapassou R$ 12.000.000,00, presença de várias empresas do setor agropecuário e diversos produtores do Estado. Inúmeros encontros e palestras, Encontro Estadual Minas Leite coordenado pela Emater MG, Congresso Mineiro do Leite (Projeto Balde Cheio), abordou as tendências do mercado, qualidade e produtividade de leite e perspectivas da pecuária nacional diante do cenário mundial. Julgamento das Raças Gir Leiteiro e Girolando, Torneio Leiteiro e o Leilão Elite SuperLeite tiveram uma notável participação e contribuição no volume de negócios da Feira. Além de todo conhecimento e tecnologia, uma novidade que atraiu os visitantes a realizarem negócios durante o evento foi o sorteio de um FORD KA 0KM, no encerramento que foi seguido por uma confraternização entre expositores e organizadores. 60

Torneio Leiteiro Os principais produtores de gado de leite do Estado fizeram a melhor seleção de animais para participarem do tradicional Torneio Leiteiro, com destaque no cronograma de eventos da SuperLeite. A campeã do Torneio alcançou a marca de 74,600 Kg. Leilão Elite SuperLeite A SuperLeite 2011 movimentou mais de R$ 800.000,00 em negócios, obtido apenas no Leilão Elite SuperLeite. O Leilão é a porta de acesso para comercialização e promoção do que há de melhor entre os melhores plantéis da região no cenário local, regional e nacional. Julgamento de Animais Julgamento das Raças Gir Leiteiro e Girolando atraiu diversos produtores do Estado, em busca de diversas premiações, também com o objetivo de apresentar os valores e o potencial de seus rebanhos.

Ciclo de Palestras O programa de palestras, através de congressos, seminários e a dinâmica de máquinas realizado pelas empresas expositoras de máquinas agrícolas e insumos, fazem da SuperLeite uma referência na busca de conhecimento, especialmente quanto à qualidade do leite, manejo, aumento da produtividade, otimização de custos e as tendências e perspectivas do setor lácteo brasileiro. Neste edição contou com a participação de profissionais renomados que pela a troca de experiências proporcionou aos produtores e visitantes presentes uma notável evolução em conceitos e práticas importantes na busca de resultados.

61


50 Anos CCAA

Professor Waldyr Lima, Fundador Presidente comemora meio século de conquistas O CCAA (acrónimo de Centro de Cultura Anglo-Americana) tem 50 anos de experiência aliados a um sistema de ensino moderno e interativo, com base em um alto padrão de qualidade. Sua história começou em 1961, em uma pequena sala de aula de um prédio comercial do Méier, na zona norte do Rio de Janeiro. Seu exclusivo método interativo de ensino, fruto de pesquisas feitas em visitas a vários países, adaptado às necessidades do aluno brasileiro pelo fundador presidente da empresa, Waldyr Lima(foto), rapidamente mostrou eficácia. A inexistência de material didático adequado levou o CCAA a criar seus próprios livros. Surgia assim, em 1967, a Waldyr Lima Editora que, com seu Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento, se dedica a produzir metodologia e livros de alta qualidade, perfeitamente integrados e visando um ensino de alto nível. Desde 1969, o CCAA vem praticando um sistema de concessão de uso de seu mate-

62

rial e metodologia – semente do sistema de franchising que gerou uma das maiores redes de franquias do segmento de educação e treinamento do Brasil – são cerca de 850 unidades em todo o país, gerando mais de 8.000 empregos. Em sua constante busca de aperfeiçoamento, o CCAA foi o primeiro, em 1982, a utilizar aparelhos de TV e videocassetes em salas de aula. O compromisso de estar sempre alinhado à tecnologia mais moderna levou o CCAA a desenvolver, na década de 90, o CALL (Computer Assisted Language Learning) e o ICP (Interactive Classroom Program). O CALL é um CD-ROM com exercícios para o aluno fazer em casa, ou em qualquer outro local onde haja um computador multimídia, que lhe permite receber a correção imediata dos exercícios. Já o ICP é um software próprio, desenvolvido exclusivamente para utilização da metodologia CCAA. Tudo isso visando dar mais eficácia à sua consagrada metodologia.

CCAA - 17 anos de tradição no ensino de idiomas em Pompéu e região Aprender outras línguas é fundamental para o futuro de uma pessoa. Por isto que ao longo de 17 anos, que o CCAA Pompéu através de um método diferente, dinâmico e interativo, totalmente formatado em multímidia tem conduzido inúmeros alunos a um aprendizado fácil e eficaz. Durantes as aulas, os alunos são encorajados a raciocinar e, através de perguntas e respostas mediadas pelo professor no idioma estrangeiro, deduzir os significados das expressões e/ou estruturas a serem ensinadas. O CCAA Pompéu oferece a possibilidade de satisfação pessoal e profissional, tem por meta, a qualidade e eficiência de seus produtos e serviços. Para nós é uma honra proporcionar essa realização e sensação aos alunos, e é uma imensa alegria que você venha estudar conosco.

63


50 Anos CCAA

Professor Waldyr Lima, Fundador Presidente comemora meio século de conquistas O CCAA (acrónimo de Centro de Cultura Anglo-Americana) tem 50 anos de experiência aliados a um sistema de ensino moderno e interativo, com base em um alto padrão de qualidade. Sua história começou em 1961, em uma pequena sala de aula de um prédio comercial do Méier, na zona norte do Rio de Janeiro. Seu exclusivo método interativo de ensino, fruto de pesquisas feitas em visitas a vários países, adaptado às necessidades do aluno brasileiro pelo fundador presidente da empresa, Waldyr Lima(foto), rapidamente mostrou eficácia. A inexistência de material didático adequado levou o CCAA a criar seus próprios livros. Surgia assim, em 1967, a Waldyr Lima Editora que, com seu Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento, se dedica a produzir metodologia e livros de alta qualidade, perfeitamente integrados e visando um ensino de alto nível. Desde 1969, o CCAA vem praticando um sistema de concessão de uso de seu mate-

62

rial e metodologia – semente do sistema de franchising que gerou uma das maiores redes de franquias do segmento de educação e treinamento do Brasil – são cerca de 850 unidades em todo o país, gerando mais de 8.000 empregos. Em sua constante busca de aperfeiçoamento, o CCAA foi o primeiro, em 1982, a utilizar aparelhos de TV e videocassetes em salas de aula. O compromisso de estar sempre alinhado à tecnologia mais moderna levou o CCAA a desenvolver, na década de 90, o CALL (Computer Assisted Language Learning) e o ICP (Interactive Classroom Program). O CALL é um CD-ROM com exercícios para o aluno fazer em casa, ou em qualquer outro local onde haja um computador multimídia, que lhe permite receber a correção imediata dos exercícios. Já o ICP é um software próprio, desenvolvido exclusivamente para utilização da metodologia CCAA. Tudo isso visando dar mais eficácia à sua consagrada metodologia.

CCAA - 17 anos de tradição no ensino de idiomas em Pompéu e região Aprender outras línguas é fundamental para o futuro de uma pessoa. Por isto que ao longo de 17 anos, que o CCAA Pompéu através de um método diferente, dinâmico e interativo, totalmente formatado em multímidia tem conduzido inúmeros alunos a um aprendizado fácil e eficaz. Durantes as aulas, os alunos são encorajados a raciocinar e, através de perguntas e respostas mediadas pelo professor no idioma estrangeiro, deduzir os significados das expressões e/ou estruturas a serem ensinadas. O CCAA Pompéu oferece a possibilidade de satisfação pessoal e profissional, tem por meta, a qualidade e eficiência de seus produtos e serviços. Para nós é uma honra proporcionar essa realização e sensação aos alunos, e é uma imensa alegria que você venha estudar conosco.

63


64

65


64

65


MISTER MUNDIAL UNIVERSO 2011

visita sua terra natal Mineiro de Pompéu, Ralph Santos abalou os corações de muitos desta cidade maravilhosa. Não tenha dúvidas de que o Mister Mundial Universo 2011, com uma agenda tão repleta de atividades e tantos compromissos só poderia ter um motivo para vir para uma cidade do interior, como é sua terra natal, evidentemente AMOR e com certeza paixão por todos que fizeram parte de sua trajetória, que direta ou indiretamente fizeram parte deste inédito personagem brasileiro no cenário de um Concurso de Beleza Internacional. O Pompeano consagrado pela faixa caracterizada pelo título supremo de beleza masculina, fez de sua passagem pela querida Pompéu, um marco, um episódio que jamais sairá das mentes deste povo simples.Agraciado pelo carinho deste povo lutador e perseverante, Ralph Santos, levará consigo para inúmeras outras conquistas a memória destes dias, destas pessoas, destas paisagens e de todo brilho desta cidade que se tornou o berço de uma grande vitória.

66

67


MISTER MUNDIAL UNIVERSO 2011

visita sua terra natal Mineiro de Pompéu, Ralph Santos abalou os corações de muitos desta cidade maravilhosa. Não tenha dúvidas de que o Mister Mundial Universo 2011, com uma agenda tão repleta de atividades e tantos compromissos só poderia ter um motivo para vir para uma cidade do interior, como é sua terra natal, evidentemente AMOR e com certeza paixão por todos que fizeram parte de sua trajetória, que direta ou indiretamente fizeram parte deste inédito personagem brasileiro no cenário de um Concurso de Beleza Internacional. O Pompeano consagrado pela faixa caracterizada pelo título supremo de beleza masculina, fez de sua passagem pela querida Pompéu, um marco, um episódio que jamais sairá das mentes deste povo simples.Agraciado pelo carinho deste povo lutador e perseverante, Ralph Santos, levará consigo para inúmeras outras conquistas a memória destes dias, destas pessoas, destas paisagens e de todo brilho desta cidade que se tornou o berço de uma grande vitória.

66

67


Mega Inauguração Ele e Ela Sports

Inaugurado dia 01º de Novembro de 2011, Ele e Ela Sports, a loja mais completa da cidade possui uma grande variedade de artigos esportivos, em diversas modalidades, desde vestuário, calçados, equipamentos e acessórios, as mais novas tendências e as melhores marcas (Umbro, Nike, Adidas, Poker, Mizuno, Speedo, Asics, Kanxa, Reebok, Everlast, Penalty e muito mais) - Visite-nos na Rua David Afonso, 174 - Centro, Pompéu - 3523 3237

Muito Mais Pompéu O Portal PompeuMG valoriza o que Pompéu tem de melhor. Nossa arte, nossa cultura, nossas riquezas naturais, nosso esporte, nossas empresas, o empreendedorismo e a imensa força de trabalho de nossa gente. É isto que nos move e que nos enche de orgulho de ser pompeano. Esperamos que esteja gostando desta edição da Revista Tiploc e da seção exclusiva para a cidade de Pompéu, divulgando para a nossa região tudo de bom que acontece e que existe em nossa cidade. Pedimos a todos os leitores que acessem o Portal PompeuMG www.pompeumg.com.br, nos enviem comentários e sugestões para a próxima edição. Mais informações e Anúncios atendimento@pompeumg.com.br 37 9988 2844 (vivo) 37 9134 0248 (tim) 37 8818 1561 (oi)

68

Bráulio Nunes Consultor WEB

25 Anos - Boutique Emiellys Fashion

Estamos muito felizes por estar com nossos clientes queridos há tanto tempo. Queremos agradecer a todos que durante esses anos usam nossos produtos fazendo com que nossa empresa seja reconhecida em nossa cidade. 69


Mega Inauguração Ele e Ela Sports

Inaugurado dia 01º de Novembro de 2011, Ele e Ela Sports, a loja mais completa da cidade possui uma grande variedade de artigos esportivos, em diversas modalidades, desde vestuário, calçados, equipamentos e acessórios, as mais novas tendências e as melhores marcas (Umbro, Nike, Adidas, Poker, Mizuno, Speedo, Asics, Kanxa, Reebok, Everlast, Penalty e muito mais) - Visite-nos na Rua David Afonso, 174 - Centro, Pompéu - 3523 3237

Muito Mais Pompéu O Portal PompeuMG valoriza o que Pompéu tem de melhor. Nossa arte, nossa cultura, nossas riquezas naturais, nosso esporte, nossas empresas, o empreendedorismo e a imensa força de trabalho de nossa gente. É isto que nos move e que nos enche de orgulho de ser pompeano. Esperamos que esteja gostando desta edição da Revista Tiploc e da seção exclusiva para a cidade de Pompéu, divulgando para a nossa região tudo de bom que acontece e que existe em nossa cidade. Pedimos a todos os leitores que acessem o Portal PompeuMG www.pompeumg.com.br, nos enviem comentários e sugestões para a próxima edição. Mais informações e Anúncios atendimento@pompeumg.com.br 37 9988 2844 (vivo) 37 9134 0248 (tim) 37 8818 1561 (oi)

68

Bráulio Nunes Consultor WEB

25 Anos - Boutique Emiellys Fashion

Estamos muito felizes por estar com nossos clientes queridos há tanto tempo. Queremos agradecer a todos que durante esses anos usam nossos produtos fazendo com que nossa empresa seja reconhecida em nossa cidade. 69


70

71


70

71


Amanda Lacerda Filha de Juliana Lacerda e Franderson Carlos

Laura Moreira Filha de Vanderleia Moreira e Jose Lino

Rua David Afonso, 169 Centro . Pompéu/MG

(37) 3523.3237

Ana Clara Filha de Fernanda Nerci e João Adolfo de Oliveira

Júlia Souza Filha de Izaura Souza e Amarildo de Campos Moreno

72

73


Amanda Lacerda Filha de Juliana Lacerda e Franderson Carlos

Laura Moreira Filha de Vanderleia Moreira e Jose Lino

Rua David Afonso, 169 Centro . Pompéu/MG

(37) 3523.3237

Ana Clara Filha de Fernanda Nerci e João Adolfo de Oliveira

Júlia Souza Filha de Izaura Souza e Amarildo de Campos Moreno

72

73


Lucas Oliveira Filho de Silvana Aparecida Moura Faria e Geraldo Motoboy

Mariana Maciel Filha de Adriana Menezes Maciel e Rocio Fernando Silva de Oliveira

Laura Abreu Filha de Katia Duarte e Edson Gilberto Campos Barbara Rachid Filha de Beth Rachid e Júlio Cesar

Julia Rachid Filha de Beth Rachid e Júlio Cesar Carla Heloisa, Filho de Darlene Delba de Campos Silva e Sebastião Carlos da Silva

Thomaz Antonio Filho de Darlene Delba de Campos Silva e Sebastião Carlos da Silva

Jaciara Maria, Filho de Darlene Delba de Campos Silva e Sebastião Carlos da Silva

Pedro Afonso Filho de Flavia Campos e Wilson Campos

Mateus Afonso Filho de Flavia Campos e Wilson Campos

Fotos

74

3523 2884 | 9962 3212

Julia Pires Filha de Reyjane Lucia Pires e Túlio Teixeira Machado

75


Lucas Oliveira Filho de Silvana Aparecida Moura Faria e Geraldo Motoboy

Mariana Maciel Filha de Adriana Menezes Maciel e Rocio Fernando Silva de Oliveira

Laura Abreu Filha de Katia Duarte e Edson Gilberto Campos Barbara Rachid Filha de Beth Rachid e Júlio Cesar

Julia Rachid Filha de Beth Rachid e Júlio Cesar Carla Heloisa, Filho de Darlene Delba de Campos Silva e Sebastião Carlos da Silva

Thomaz Antonio Filho de Darlene Delba de Campos Silva e Sebastião Carlos da Silva

Jaciara Maria, Filho de Darlene Delba de Campos Silva e Sebastião Carlos da Silva

Pedro Afonso Filho de Flavia Campos e Wilson Campos

Mateus Afonso Filho de Flavia Campos e Wilson Campos

Fotos

74

3523 2884 | 9962 3212

Julia Pires Filha de Reyjane Lucia Pires e Túlio Teixeira Machado

75


76

77


76

77


78

79


78

79


80

81


80

81


82

PAP Uninter Bom Despacho/MG Av. Primeiro de Junho, 255 - Centro - (37) 3521 3609

83


82

PAP Uninter Bom Despacho/MG Av. Primeiro de Junho, 255 - Centro - (37) 3521 3609

83


a banda

Difícil definir em palavras o Dias de Truta. Colocar a sonoridade e a energia da banda, ao vivo, no papel, é uma tarefa das mais árduas. O fato é que em quatro anos juntos, os cinco rapazes conquistaram o respeito do público e um considerável número de fãs por onde passaram. Sempre com o propósito de levar com um trabalho autoral, alegria e diversão através de suas músicas. Em 2007, Dias de Truta surgiu com os ideais de fazer música de qualidade, que viesse da veia dos integrantes, exaltando as coisas boas da vida. A começar pelo nome, adotado logo no início. Truta é uma gíria utilizada para expressar a amizade. Junto com o amor à música e a imensa

84

vontade de tocar, representa a essência do grupo, que conta com a tradicional formação de baixo, bateria e guitarra, casadas com violão e vozes. Dias de Truta tem influências do Rock nacional como Raul Seixas, Tim Maia, Barão Vermelho e também do Rock Progressivo internacional, como Jimi Hendrix, Beatles e The Doors, dentre outros. Nos primeiros meses, a banda alternou apresentações em casas de shows em Divinópolis e região com a gravação do primeiro CD. Este produzido de forma independente, pelos próprios músicos. O disco conta com treze composições e foi

intitulado “Só no Riacho...”, que representa o jeito tranqüilo, tipicamente mineiro, de levar a vida. O trabalho foi bem aceito, e as principais faixas, “Na Porta de um Bar” e “Flor Amarela” rodaram em várias rádios da região. A partir daí o grupo tomou força e passou a investir na produção dos shows, afim de atingir o maior público possível. A internet foi, desde então, a principal aliada, possibilitando que pessoas do Brasil inteiro conhecessem e se identificassem, não só com as músicas, mas com as ideias da banda. Em 2009 entraram novamente em estúdio para a gravação do segundo CD independente “Nós, o Rock e o Resto!”. As doze composições apresentadas reafirmaram seus ideais e confirmaram uma evolução nítida com relação ao trabalho anterior. Com mais conhecimento e experiência de palco, conseguiram compor músicas melhores e cada vez mais ligadas às experiências cotidianas dos integrantes, o que resultou na maior identificação com o público. As principais faixas: “Babalu”e “Rafaela”, rodaram nas rádios mineiras, e dessa vez com um auxílio mais expressivo da internet, no país inteiro. Como conseqüência, obteve maior reconhecimento em âmbito nacional. A banda fez apresentações em todo o estado, além de se apresentar-se fora dele.

Gravaram em 2010 o DVD “Em casa, em cores!” com 14 músicas oriundas dos dois primeiros CDs, do qual foi produzido também um CD ao vivo com o mesmo nome. Sem perder o fôlego o grupo gravou, em 2011, o seu mais novo trabalho: “Engolindo notas, cuspindo música”. São 11 composições, que seguem novamente a tendência dos trabalhos anteriores. No CD, pela primeira vez utilizaram a regravação de outro artista. A faixa bônus “Eu quero ser” é de autoria de Sérgio Rabelo, e era sucesso na década de 1970 no repertório da banda Pharmacia, conterrânea dos Trutas. É nítida também a evolução musical, tanto no instrumental quanto nas letras apresentadas, o que refletiu nas apresentações ao vivo, cada vez mais cheias de energia e satisfação do público. Hoje eles se apresentam em vários estados, com fã clubes espalhados por todo o Brasil.

Sem perder tempo, os meninos já preparam um novo projeto. Iniciaram o trabalho do próximo álbum da banda, que promete surpresas das melhores para os fãs que gostam de rock alternativo, mantendo sempre o lema de celebrarem a boa vida e entorpecerem os fãs de músicas de qualidade, vivendo os melhores dias de rock!

Serviço www.diasdetruta.com.br Twitter: @diasdetruta Facebook e orkut: procurar por “Dias de Truta” Videos no Youtube: Digitar DVD Dias de Truta

Nós,

da Churrascaria do Buquinha, nos orgulhamos de ter você ao nosso lado, durante todo o ano. Esperamos estar juntos em 2012 novamente.

RUA DA OLARIA - 38 - CENTRO BOM DESPACHO

TELE ENTREGA

(37) 3522.3031 85


a banda

Difícil definir em palavras o Dias de Truta. Colocar a sonoridade e a energia da banda, ao vivo, no papel, é uma tarefa das mais árduas. O fato é que em quatro anos juntos, os cinco rapazes conquistaram o respeito do público e um considerável número de fãs por onde passaram. Sempre com o propósito de levar com um trabalho autoral, alegria e diversão através de suas músicas. Em 2007, Dias de Truta surgiu com os ideais de fazer música de qualidade, que viesse da veia dos integrantes, exaltando as coisas boas da vida. A começar pelo nome, adotado logo no início. Truta é uma gíria utilizada para expressar a amizade. Junto com o amor à música e a imensa

84

vontade de tocar, representa a essência do grupo, que conta com a tradicional formação de baixo, bateria e guitarra, casadas com violão e vozes. Dias de Truta tem influências do Rock nacional como Raul Seixas, Tim Maia, Barão Vermelho e também do Rock Progressivo internacional, como Jimi Hendrix, Beatles e The Doors, dentre outros. Nos primeiros meses, a banda alternou apresentações em casas de shows em Divinópolis e região com a gravação do primeiro CD. Este produzido de forma independente, pelos próprios músicos. O disco conta com treze composições e foi

intitulado “Só no Riacho...”, que representa o jeito tranqüilo, tipicamente mineiro, de levar a vida. O trabalho foi bem aceito, e as principais faixas, “Na Porta de um Bar” e “Flor Amarela” rodaram em várias rádios da região. A partir daí o grupo tomou força e passou a investir na produção dos shows, afim de atingir o maior público possível. A internet foi, desde então, a principal aliada, possibilitando que pessoas do Brasil inteiro conhecessem e se identificassem, não só com as músicas, mas com as ideias da banda. Em 2009 entraram novamente em estúdio para a gravação do segundo CD independente “Nós, o Rock e o Resto!”. As doze composições apresentadas reafirmaram seus ideais e confirmaram uma evolução nítida com relação ao trabalho anterior. Com mais conhecimento e experiência de palco, conseguiram compor músicas melhores e cada vez mais ligadas às experiências cotidianas dos integrantes, o que resultou na maior identificação com o público. As principais faixas: “Babalu”e “Rafaela”, rodaram nas rádios mineiras, e dessa vez com um auxílio mais expressivo da internet, no país inteiro. Como conseqüência, obteve maior reconhecimento em âmbito nacional. A banda fez apresentações em todo o estado, além de se apresentar-se fora dele.

Gravaram em 2010 o DVD “Em casa, em cores!” com 14 músicas oriundas dos dois primeiros CDs, do qual foi produzido também um CD ao vivo com o mesmo nome. Sem perder o fôlego o grupo gravou, em 2011, o seu mais novo trabalho: “Engolindo notas, cuspindo música”. São 11 composições, que seguem novamente a tendência dos trabalhos anteriores. No CD, pela primeira vez utilizaram a regravação de outro artista. A faixa bônus “Eu quero ser” é de autoria de Sérgio Rabelo, e era sucesso na década de 1970 no repertório da banda Pharmacia, conterrânea dos Trutas. É nítida também a evolução musical, tanto no instrumental quanto nas letras apresentadas, o que refletiu nas apresentações ao vivo, cada vez mais cheias de energia e satisfação do público. Hoje eles se apresentam em vários estados, com fã clubes espalhados por todo o Brasil.

Sem perder tempo, os meninos já preparam um novo projeto. Iniciaram o trabalho do próximo álbum da banda, que promete surpresas das melhores para os fãs que gostam de rock alternativo, mantendo sempre o lema de celebrarem a boa vida e entorpecerem os fãs de músicas de qualidade, vivendo os melhores dias de rock!

Serviço www.diasdetruta.com.br Twitter: @diasdetruta Facebook e orkut: procurar por “Dias de Truta” Videos no Youtube: Digitar DVD Dias de Truta

Nós,

da Churrascaria do Buquinha, nos orgulhamos de ter você ao nosso lado, durante todo o ano. Esperamos estar juntos em 2012 novamente.

RUA DA OLARIA - 38 - CENTRO BOM DESPACHO

TELE ENTREGA

(37) 3522.3031 85


75 atingindo + de

municípios

A comunicação da sua empresa está gerando

resultado? Conheça hoje mesmo a agência dos resultados. Você não vai se arrepender.

www.fabricatotal.com.br 37. 2102.7808 | 37. 8828.2033 | 37. 9961.0185

Fábrica Total comunicação integrada

Na Máxima é tudo de bom!

Com uma única autorização de mídia, você atinge toda região Centro-oeste de Minas Gerais!

(37) 3522.4444 Rua da Olaria, 48 - Centro - Bom Despacho/MG

86

www.radiomaxima.com.br | máxima@radiomaxima.com.br

87


75 atingindo + de

municípios

A comunicação da sua empresa está gerando

resultado? Conheça hoje mesmo a agência dos resultados. Você não vai se arrepender.

www.fabricatotal.com.br 37. 2102.7808 | 37. 8828.2033 | 37. 9961.0185

Fábrica Total comunicação integrada

Na Máxima é tudo de bom!

Com uma única autorização de mídia, você atinge toda região Centro-oeste de Minas Gerais!

(37) 3522.4444 Rua da Olaria, 48 - Centro - Bom Despacho/MG

86

www.radiomaxima.com.br | máxima@radiomaxima.com.br

87


ACABAMENTOS COM QUALIDADE DE VERDADE: A ESPECILIDADE DA BOUTIQUE PISO E PAREDE

Outro diferencial da loja é ser credenciada por grandes marcas como Boutique de acabamentos: “ Para receber o título de boutique de acabamentos, a loja passa por um criterioso processo de análise feito pelos fornecedores. Não é uma categoria que se pode escolher ou simplesmente dizer que é boutique. O processo leva em conta vários pontos, dentre eles a qualidade dos produtos oferecidos, opções, índice de crescimento e performance no mercado, o atendimento e principalmente a satisfação dos clientes” ressalta Pedro Couto, Gerente de Marketing.

Geraldo Scomparim (Gerente Nacional de Vendas Itagres/ Porcellanati) e Wagner Lopes

Equipe Piso e Parede. Motivação e pensamento sempre renovado e antenado nas tendências

2011 foi um ano de muitas conquistas e resultados para a Piso e Parede Acabamentos. A loja que completou seu 5º aniversário presenteou seus clientes e parceiros com um novo show-room, conforme já havíamos mostrado a construção na última edição da Revista Tiploc. O lançamento do novo show-room aconteceu em outubro, com um coquetel aos amigos, profissionais da construção civil, arquitetos, engenheiros, fornecedores e parceiros além de convidados de honra, imprensa e autoridades locais. O novo espaço faz parte da ampliação da loja, que agora passou a contar com 1000 m2 de ambientes decorados das melhores marcas de acabamentos do mercado nacional e internacional. 88

A revista Tiploc esteve presente no evento e mostra com exclusividade os resultados de muito trabalho em equipe, de-

dicação e investimentos de uma empresa tão jovem, que é referencia para muitos empreendedores e empresários mineiros.

Design, funcionalidade, opções e combinações são predominantes no novo show-room: Quem entra na loja logo se encanta com a beleza dos ambientes montados. “ Várias cores, formatos, acabamentos e preços, essencial para atender diferentes públicos e agradar todos os gostos” comenta Wagner Lopes, diretor comercial da Piso e Parede.

Parceria Amanco e Piso e Parede

Hoje a Piso e Parede atende todo Centro-Oeste Mineiro, com visitas de consultores e arquitetos diretamente a obra do cliente. No show-room marcas como Itagres, Porcellanati, Docol Metais Sanitários, Franke Cozinhas, Deca, Fani, Jatobá Pastilhas, Fortaleza Argamassas dentre outras são apresentadas com bastante diferenciação e clareza pela equipe, totalmente treinada e antenada nas tendências do mercado. Vale a pena fazer uma visita e conferir os melhores preços de acabamentos com qualidade de verdade, para que quer deixar sua casa linda! 89


ACABAMENTOS COM QUALIDADE DE VERDADE: A ESPECILIDADE DA BOUTIQUE PISO E PAREDE

Outro diferencial da loja é ser credenciada por grandes marcas como Boutique de acabamentos: “ Para receber o título de boutique de acabamentos, a loja passa por um criterioso processo de análise feito pelos fornecedores. Não é uma categoria que se pode escolher ou simplesmente dizer que é boutique. O processo leva em conta vários pontos, dentre eles a qualidade dos produtos oferecidos, opções, índice de crescimento e performance no mercado, o atendimento e principalmente a satisfação dos clientes” ressalta Pedro Couto, Gerente de Marketing.

Geraldo Scomparim (Gerente Nacional de Vendas Itagres/ Porcellanati) e Wagner Lopes

Equipe Piso e Parede. Motivação e pensamento sempre renovado e antenado nas tendências

2011 foi um ano de muitas conquistas e resultados para a Piso e Parede Acabamentos. A loja que completou seu 5º aniversário presenteou seus clientes e parceiros com um novo show-room, conforme já havíamos mostrado a construção na última edição da Revista Tiploc. O lançamento do novo show-room aconteceu em outubro, com um coquetel aos amigos, profissionais da construção civil, arquitetos, engenheiros, fornecedores e parceiros além de convidados de honra, imprensa e autoridades locais. O novo espaço faz parte da ampliação da loja, que agora passou a contar com 1000 m2 de ambientes decorados das melhores marcas de acabamentos do mercado nacional e internacional. 88

A revista Tiploc esteve presente no evento e mostra com exclusividade os resultados de muito trabalho em equipe, de-

dicação e investimentos de uma empresa tão jovem, que é referencia para muitos empreendedores e empresários mineiros.

Design, funcionalidade, opções e combinações são predominantes no novo show-room: Quem entra na loja logo se encanta com a beleza dos ambientes montados. “ Várias cores, formatos, acabamentos e preços, essencial para atender diferentes públicos e agradar todos os gostos” comenta Wagner Lopes, diretor comercial da Piso e Parede.

Parceria Amanco e Piso e Parede

Hoje a Piso e Parede atende todo Centro-Oeste Mineiro, com visitas de consultores e arquitetos diretamente a obra do cliente. No show-room marcas como Itagres, Porcellanati, Docol Metais Sanitários, Franke Cozinhas, Deca, Fani, Jatobá Pastilhas, Fortaleza Argamassas dentre outras são apresentadas com bastante diferenciação e clareza pela equipe, totalmente treinada e antenada nas tendências do mercado. Vale a pena fazer uma visita e conferir os melhores preços de acabamentos com qualidade de verdade, para que quer deixar sua casa linda! 89


Delícias com a qualidade, carinho e o sabor que só a Vovó sabe fazer! Venha e conheça algumas de nossas delícias:

WILSON FORTUNATO O TALENTO PREMIADO DE NOSSO FOTÓGRAFO

Wilson José da Silva. Técnico em Contabilidade, Bacharel em Direito pela UFMG e funcionário público concursado do Ministério da Saúde. Wilson Fortunato descobriu o prazer da fotografia na década de setenta e transformou o hobby em profissão que o levaria a percorrer o mundo para mostrar sua arte e seu conhecimento. Wilson conta que tirou as primeiras fotos em uma viagem a Aparecida do Norte. Com uma câmera amadora fez seu primeiro registro pela janela do hotel onde se hospedara. Nas idas e vindas do grupo de romeiros, Fortunato registrava tudo, e já nesta viagem ele já foi solicitado: “todo mundo pediu uma cópia das fotos, e achavam que eu tirava retra90

to mesmo” conta Wilson. A partir daí nosso personagem entrava cada vez mais no universo das fotografias. Na década de 80, adquire seu primeiro equipamento profissional e agora é solicitado a fotografar casamentos e festas de debutantes pela cidade. “Os casamentos e os aniversários me davam o dinheiro que eu precisava para fotografar as abelhas” explica E foi assim que Wilson Fortunato publicou mais de mil fotos de abelhas, enxames, colméias, ipês e outras obras da natureza. Suas fotos o levaram a vários lugares do Brasil e do mundo, em congressos nacionais e internacionais. “Tive mais de trezentas capas de revistas especializadas em abelhas. Em Havana, Cuba,

tem foto minha, na sede da APIMONDIA tem um painel com fotos minhas e sem contar os mais de cinco mil calendários e cartões portais que já fiz” conta o fotógrafo. Ao todo foram 17 fotos premiadas. Na Associação Mundial de Apicultores (APIMONDIA) há um painel com fotos do mundo inteiro e no qual foram publicadas algumas fotos de Wilson, além de fotos em capas de revistas, que foram mais de 300. Em seu acervo possuí o registro fotográfico de mais de 80 espécies de abelhas. Wilson recebeu sua primeira premiação em 1984 em um Concurso de fotografias do SESC. Atualmente, como ele próprio diz: “fotografa pouco, mas o gosto pela fotografia nunca acaba”.

A Panificadora e Lanchonete Vovó Rute deseja que o ano novo seja tão delicioso quanto os produtos Vovó Rute!

Feliz 2012!

Tortas Doces e salgadas, Pães e biscoitos especiais. Aceitamos encomendas e Lanches para empresas.

Rua do Rosário, 1030 - Jardim América - Bom Despacho/MG

(37) 3522.5542

91


Delícias com a qualidade, carinho e o sabor que só a Vovó sabe fazer! Venha e conheça algumas de nossas delícias:

WILSON FORTUNATO O TALENTO PREMIADO DE NOSSO FOTÓGRAFO

Wilson José da Silva. Técnico em Contabilidade, Bacharel em Direito pela UFMG e funcionário público concursado do Ministério da Saúde. Wilson Fortunato descobriu o prazer da fotografia na década de setenta e transformou o hobby em profissão que o levaria a percorrer o mundo para mostrar sua arte e seu conhecimento. Wilson conta que tirou as primeiras fotos em uma viagem a Aparecida do Norte. Com uma câmera amadora fez seu primeiro registro pela janela do hotel onde se hospedara. Nas idas e vindas do grupo de romeiros, Fortunato registrava tudo, e já nesta viagem ele já foi solicitado: “todo mundo pediu uma cópia das fotos, e achavam que eu tirava retra90

to mesmo” conta Wilson. A partir daí nosso personagem entrava cada vez mais no universo das fotografias. Na década de 80, adquire seu primeiro equipamento profissional e agora é solicitado a fotografar casamentos e festas de debutantes pela cidade. “Os casamentos e os aniversários me davam o dinheiro que eu precisava para fotografar as abelhas” explica E foi assim que Wilson Fortunato publicou mais de mil fotos de abelhas, enxames, colméias, ipês e outras obras da natureza. Suas fotos o levaram a vários lugares do Brasil e do mundo, em congressos nacionais e internacionais. “Tive mais de trezentas capas de revistas especializadas em abelhas. Em Havana, Cuba,

tem foto minha, na sede da APIMONDIA tem um painel com fotos minhas e sem contar os mais de cinco mil calendários e cartões portais que já fiz” conta o fotógrafo. Ao todo foram 17 fotos premiadas. Na Associação Mundial de Apicultores (APIMONDIA) há um painel com fotos do mundo inteiro e no qual foram publicadas algumas fotos de Wilson, além de fotos em capas de revistas, que foram mais de 300. Em seu acervo possuí o registro fotográfico de mais de 80 espécies de abelhas. Wilson recebeu sua primeira premiação em 1984 em um Concurso de fotografias do SESC. Atualmente, como ele próprio diz: “fotografa pouco, mas o gosto pela fotografia nunca acaba”.

A Panificadora e Lanchonete Vovó Rute deseja que o ano novo seja tão delicioso quanto os produtos Vovó Rute!

Feliz 2012!

Tortas Doces e salgadas, Pães e biscoitos especiais. Aceitamos encomendas e Lanches para empresas.

Rua do Rosário, 1030 - Jardim América - Bom Despacho/MG

(37) 3522.5542

91


Crônica da Cidade

Dilermando Cardoso

Correspondente de

Guerra

Promovido no serviço e com algum dinheirinho extra depositado, todo mês na conta bancária, aceitei o sacrifício de trocar Bom Despacho por outra cidade -- Ipanema! Como os sonhos não morrem jamais, desembarquei lá ansioso para conhecer belezas que lhe justificassem o nome: de preferência garotas parecidas com outra Ipanema, imortalizada pelo Vinícius de Moraes, em poesia depois musicada por Tom Jobim: “Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça...” Exagerei na expectativa. Naquele mesmo ano, o então presidente dos Estados Unidos - George Bush, pai - declarou guerra ao Iraque (país tão rico em petróleo, quanto coberto de areia); a fim de que os gastos bilionários com armamentos compensassem os financiadores de sua campanha. Alguns presidentes depois, outro George mas igualmente Bush, também norte-americano, por motivos impublicáveis criminosa e violentamente ocupou de novo a Mesopotâmia - que era como se chamava o Iraque, nos tempos bíblicos. Sete anos se passaram e o exército mais poderoso do planeta continua atolado naqueles areais escaldantes. Tanta História, para dizer que na pequena Ipanema (não a praia) havia duas rádios; e de manhã à noite elas travavam barulhenta batalha por audiência. Semanalmente estreavam programas com prêmios oferecidos aos ouvintes, que ao ligar respondiam perguntas sobre fofocas dos artistas, dos jogadores de futebol... Até que certo locutor da WYZK -- etílico prefixo, ahh! bolou um plano de gênio. Se mudou na surdina para o Iraque, como correspondente de guerra! Enquanto grandes emissoaras nacionais faziam vaquinha para manter um reporter comum no front, a WYZK, iff! de Ipanema (a cidade) esnobava o seu exclusivo, em Bagdá! As entradas do radialista

“no ar”, dando flashes do conflito viraram assunto obrigatório das rodinhas. Se no dia a dia ambas estações se proclamavam “a mais ouvida”, daí em diante a WYZK, icc! faturou sua concorrente. Ninguém ignora as dificuldades de comunicação radiofônica, em zonas de combate. Ainda assim, com voz clara, sem chieira, cinco vezes ao longo da programação diária, ao telefone o valente repórter narrava horrores testemunhados no campo de lutas. Todas as guerras são destrutivas, começando pela Guerra do Amor, onde não há vencedor nem vencido, somente corações partidos e almas torturadas; feridas que tempo nenhum cicatriza. Tomados pela emoção do noticiário, os ouvintes não desconfiavam que o Dábliu Carlos -- nome do corajoso correspondente --, viajara pouco além dos limites de Ipanema (a sertaneja); haja vista mal falar português! Porém seu calvário não foi a dificuldade com nosso idioma, e sim fazer que parecessem verídicas as ligações telefônicas - entremeadas por explosões mixurucas. Para simular um campo de batalha o Dábliu Cê estourava traques e bombinhas de são João, ao redor da cabine; e entre soluços falsos e lágriamas de jacaré descrevia cenas dramáticas: soldados mortos, aviões abatidos, tanques incendiados, cidades em escombros... Até o dia em que, durante a transmissão “direto do Iraque”, os fãs da WYZK, icc! ouviram ao fundo, de um destes caminhões que vendem frutas e verduras pelas ruas -- numa interferência desastrosa --, alguém anunciando pelo alto-falante: “Abacaxi, tomate, melancia! É no caminhão da economia! Sem agrotóxico! Vem comprar dona Maria: baratinho!” Do orelhão próximo, o W. C. irradiava sua guerra fajuta -- e quase teve um treco! De nada lhe valeu inventar a desculpinha esfarrapada de linha cruzada. Foi demitido da WYZK, 75! sem maiores considerações.

* Publicado por - htpp://www.recantodasletras.com.br - Dilermando Cardoso

92

93


Crônica da Cidade

Dilermando Cardoso

Correspondente de

Guerra

Promovido no serviço e com algum dinheirinho extra depositado, todo mês na conta bancária, aceitei o sacrifício de trocar Bom Despacho por outra cidade -- Ipanema! Como os sonhos não morrem jamais, desembarquei lá ansioso para conhecer belezas que lhe justificassem o nome: de preferência garotas parecidas com outra Ipanema, imortalizada pelo Vinícius de Moraes, em poesia depois musicada por Tom Jobim: “Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça...” Exagerei na expectativa. Naquele mesmo ano, o então presidente dos Estados Unidos - George Bush, pai - declarou guerra ao Iraque (país tão rico em petróleo, quanto coberto de areia); a fim de que os gastos bilionários com armamentos compensassem os financiadores de sua campanha. Alguns presidentes depois, outro George mas igualmente Bush, também norte-americano, por motivos impublicáveis criminosa e violentamente ocupou de novo a Mesopotâmia - que era como se chamava o Iraque, nos tempos bíblicos. Sete anos se passaram e o exército mais poderoso do planeta continua atolado naqueles areais escaldantes. Tanta História, para dizer que na pequena Ipanema (não a praia) havia duas rádios; e de manhã à noite elas travavam barulhenta batalha por audiência. Semanalmente estreavam programas com prêmios oferecidos aos ouvintes, que ao ligar respondiam perguntas sobre fofocas dos artistas, dos jogadores de futebol... Até que certo locutor da WYZK -- etílico prefixo, ahh! bolou um plano de gênio. Se mudou na surdina para o Iraque, como correspondente de guerra! Enquanto grandes emissoaras nacionais faziam vaquinha para manter um reporter comum no front, a WYZK, iff! de Ipanema (a cidade) esnobava o seu exclusivo, em Bagdá! As entradas do radialista

“no ar”, dando flashes do conflito viraram assunto obrigatório das rodinhas. Se no dia a dia ambas estações se proclamavam “a mais ouvida”, daí em diante a WYZK, icc! faturou sua concorrente. Ninguém ignora as dificuldades de comunicação radiofônica, em zonas de combate. Ainda assim, com voz clara, sem chieira, cinco vezes ao longo da programação diária, ao telefone o valente repórter narrava horrores testemunhados no campo de lutas. Todas as guerras são destrutivas, começando pela Guerra do Amor, onde não há vencedor nem vencido, somente corações partidos e almas torturadas; feridas que tempo nenhum cicatriza. Tomados pela emoção do noticiário, os ouvintes não desconfiavam que o Dábliu Carlos -- nome do corajoso correspondente --, viajara pouco além dos limites de Ipanema (a sertaneja); haja vista mal falar português! Porém seu calvário não foi a dificuldade com nosso idioma, e sim fazer que parecessem verídicas as ligações telefônicas - entremeadas por explosões mixurucas. Para simular um campo de batalha o Dábliu Cê estourava traques e bombinhas de são João, ao redor da cabine; e entre soluços falsos e lágriamas de jacaré descrevia cenas dramáticas: soldados mortos, aviões abatidos, tanques incendiados, cidades em escombros... Até o dia em que, durante a transmissão “direto do Iraque”, os fãs da WYZK, icc! ouviram ao fundo, de um destes caminhões que vendem frutas e verduras pelas ruas -- numa interferência desastrosa --, alguém anunciando pelo alto-falante: “Abacaxi, tomate, melancia! É no caminhão da economia! Sem agrotóxico! Vem comprar dona Maria: baratinho!” Do orelhão próximo, o W. C. irradiava sua guerra fajuta -- e quase teve um treco! De nada lhe valeu inventar a desculpinha esfarrapada de linha cruzada. Foi demitido da WYZK, 75! sem maiores considerações.

* Publicado por - htpp://www.recantodasletras.com.br - Dilermando Cardoso

92

93


94

Revista Tiploc - Edição 9  

Revista Tiploc - Edição 9

Advertisement