Page 12

MERCADO

Ceará Fashion Trade

TÊXTIL NORDESTINO: CADA ANO MAIS FORTE

Ceará respira o têxtil e mais uma vez mostra ser um terreno fértil para o setor com eventos importantes

O

Estado do Ceará está trazendo todas as atenções do universo têxtil para o Brasil. A Região, que já passou por dificuldades severas no segmento, que incluem até a perda de proeminentes talentos locais em um acidente aéreo acontecido na década de 1980, está apresentando um rápido crescimento, principalmente ao colocar evidência as riquezas locais, que estão convertendo todos os percalços já passados em investimento e tornando-o parada obrigatória para quem respira o têxtil no País. Para se ter uma ideia, o Estado gera 60 mil empregos de forma direta reunindo a cadeia; 5º lugar na produção têxtil nacional ; 1º lugar em produção de denim ; e 100% de compromisso com a qualidade e sustentabilidade, segundo o Sinditêxtil Ceará. As exportações do Estado no segmento alcançaram mais de 205 milhões de dólares em maio, um crescimento de 154,2% em relação a 2016 pelo décimo mês consecutivo, segundo dados da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).Os números impressionantes tornaram possível a realização

10 I Revista Têxtil #751

nordeste.indd 10

de diversos eventos, como por exemplo o Ceará Fashion Trade – Feira Internacional de Negócios da Moda. O evento, realizado entre os dias 16 e 18 de agosto no Centro de Eventos de Fortaleza (CE), foi organizado pela Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), por meio do Sinditêxtil, Sindroupas e Sindconfecções, e conseguiu, como queria Kelly Whitehurst de Castro, presidente do Sindicato das Indústrias de Fiação e Tecelagem em Geral (Sinditêxtil), colocar em evidência o Estado do Ceará e o Nordeste, como um dos principais polos do segmento. A feira, terminou com um montante de mais de R$ 7,5 milhões entre negócios gerados e prospectados. O Ceará Fashion Trade atraiu mais de 2.200 visitantes, sendo que alguns deles vieram da Colômbia, Portugal e até do Japão para conferir de perto o trabalho dos 80 expositores de várias regiões do Brasil presentes. “A Região Nordeste tem se destacado nos últimos anos na cadeia produtiva da moda. No Ceará, os segmentos que fazem a moda (têxtil, confecção e calçado) representam 40% da mão de obra da indústria de

Fotos: divulgação/Marcelo Rolim

02/11/2017 15:10:30

Profile for Revista Textil

Revista Têxtil 751  

Revista Têxtil 751  

Advertisement