Page 30

Asa Delta: o mun Conheça um pouco dessa modalidade do vôo livre que faz parte do turismo de aventura do Brasil por Regiane Folter A animação Rio, que estreou no Brasil no dia oito de abril, levou os espectadores da sala do cinema para o topo da Pedra Bonita, no Rio de Janeiro, durante a cena em que a arara Blu voa em uma asa-delta. Se você curte aventura, sinta o prazer de ver o mundo lá do alto. Esse esporte radical tenta vencer a gravidade percorrendo distâncias curtas ou longas. “As pessoas que praticam são pessoas que procuram prazer, adrenalina, e superar seus limites no esporte e na vida”, afirma Jackson Medeiros, presidente do Clube Livre das Estâncias (CVLE), Socorro-SP.

Como praticar O preço médio de um vôo duplo é de cerca de R$ 200,00. Nesse caso, o praticante recebe apenas algumas orientações antes do vôo e é o piloto que se encarrega de comandar a asa. Para realizar o vôo individual, não só o preço como também a necessidade de orientação são maiores. O treinamento para se tornar piloto dura em média 15 aulas práticas que podem levar menos ou mais tempo dependendo do desempenho do aluno. Os gastos ficam em torno de R$1700,00 pelo curso e R$5000,00 pelo equipamento. Durante o vôo, o praticante fica deitado de barriga para baixo e os controles de direção e altitude ficam nas mãos do piloto. A asa-delta tem esse nome por causa de sua semelhança com a letra grega Delta, cujo formato é triangular. A estrutura da aeronave é composta por tubos de alumínio e uma vela feita de um tecido chamado dacron, uma espécie de nylon parecido com o tecido usado na confecção de velas de barco. O piloto é conectado à asa atra-

Revista Tag #4  

Edição 4 da Revista Tag

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you