Page 1

Outubro 2008

1


Acessórios para limpeza ..................4,5,7,12,13,20,24 Acolchoados para elevador ......................................12 Areia colorida ...........................................................34 Alambrados .............................................................22 Alarmes ........................................11,13,27,31,3ªcapa Antena coletiva ...................................................11,31 Armário ....................................................................11 Arquivo de aço ..........................................................11 Artigos esportivos .......................................8,12,22,23 Aspirador de pó ..........................................................5 Audiovisual ...............................................................25 Audiovisual: locação ................................................25 Balanço para Bebê ...................................................22 Balde espremedor .....................................................24 Baterias ...................................................................22 Bebedouro ...............................................................34 Bicicletário ................................................................12 Bolinhas p/ piscina de bolinhas ...................................9 Brinquedos .........................................................8,9,13 Cadeira para guarita .................................................11 Cadeira de Praia ........................................................11 Cama elástica .............................................................8 Câmera de Segurança ...................11,13,30,31,3ªcapa Cantoneira .......................................................4ª capa Capacho .........................................................4,5,7,12 Capas para Piscinas ...................................................4 Carpete ..................................................................7,25 Carrinho de compras.................................................12 Carro funcional ...................................................4,5,24 Casinha de boneca ..................................................8,9 Cerca elétrica .................................................11,30,31 Circuito fechado de TV .............11,13,27,30,31,3ªcapa Claviculário ........................................................11,25 Cobertura em policarbonato ......................................29 Cofre ........................................................................11 Coletor de copos .......................................................24 Conteiner ...............................................................4,24 Controle de acesso ......................11,13,27,31,3ª capa Controlador de iluminação para garagens ....... 11,13,31 Construtora ....................................................16,18,19 Copiadora: equipamento digital..................................22 Cortina rolo...............................................................29 Crachá de veículos .....................................................5 Dispenser para papel higiênico .............................12,24 Dispenser para papel toalha..................................12,24 Dispenser para sabonete liquido ...........................12,24 Elétrica ................................................................19,32 Elevador: equipamentos ..................................32,33,34 Elevador: manutenção ....................................32,33,34 Enceradeira .................................................4,5,7,13,24 Engenharia .....................................................16,18,19 Filtro ........................................................................34 Flip Chart ............................................................25,32 Grama sintética ......................................................8,25 Guarda sol ...............................................................11

Hidráulica ................................................................19 Holofote com sensor .................................................31 Iluminação ..........................................................11,31 Impressora ...............................................................22 Impermeabilização ...................................................20 Interfonia digital ........................................11,13,30,31 Lâmpada p/ projetor ..................................................25 Lavadora automática de piso ............................5,20,24 Lavadora de alta pressão..............................5,13,20,24 Limitador de vaga ............................................4ª capa Lixeira ...............................................................4,12,24 Lousa ..................................................................25,32 Lombada .........................................................4ª capa Luminária .................................................................32 Manutenção predial .........................16,17,18,19,20,21 Máquinas para limpeza ................................5,13,20,24 Mármores / Granitos ................................................16 Módulos psicomotores................................................8 Ombrellones ............................................................11 Paisagismo .................................................1ª capa,26 Persiana ...................................................................21 Pintura predial ............................16,17,18,19,20,21,27 Piscina de bolinhas .....................................................9 Piso de borracha ......................................2ªcapa,9,25 Piso esportivo .................................................22,23,25 Piso social ............................................................7,16 Piso: restauração ...................................................7,16 Piso Vinílico .............................................................25 Placas sinalizadoras .........................................4,12,24 Playground em madeira ............................................13 Playground em plástico ......................................8,9,13 Portão automático ..........................................11,31,32 Portaria .......................................................1ª capa,26 Projetor multimídia ....................................................25 Protetor de parede ............................................4ª capa Protetor de porta ..............................................4ª capa Purificador de água ...................................................34 Quadra poliesportiva .....................8,12,17,22,23,25,29 Quadro branco magnético .........................................25 Quadro branco .....................................................25,32 Quadro de aviso ..................................................25,32 Radiocomunicação: assistência técnica................17,31 Radiocomunicação: locação ................................17,31 Radiocomunicação: venda ...................................17,31 Rede de proteção .....................................................12 Restauração de fachadas ...........16,17,18,19,20,21,27 Segurança/Medicina no trabalho ...............................25 Sensores .................................................................31 Sistema de segurança: projeto 11,13,27,28,30,31,3ª capa Tapete personalizado ..............................................7,12 Tela de projeção ..................................................25,32 Televisor .................................................................. 25 Terceirização de serviço ....................1ª capa,26,27,28 Toldos.......................................................................29 Triturador de alimentos .............................................22


4

Outubro 2008


Outubro 2008

5


Especial

Limpeza

Da era dos faxineiros para a dos agentes de higiene O mercado de limpeza emprega atualmente 1,6 milhões de pessoas no Brasil. O faturamento do setor foi de 8,5 bilhões de dólares o ano passado. Atualmente é o segundo maior mercado de trabalho e é maior empregador de pessoas com baixa escolaridade ou analfabetos. Com tanta tecnologia nos equipamentos, acessórios e produtos para limpeza, existe uma enorme distância entre os fabricantes, representantes de classe e os agentes de limpeza. Nas instituições e mercado coorporativo, o uso de equipamentos e produtos específicos para cada necessidade foram globalizados, mas nos condomínios ainda estamos na era do pano e rodo. Nos Estados Unidos, há 130 anos não se utiliza mais equipamentos que a curto ou médio prazo possam trazer problemas ergométricos, para superfícies ou meio ambiente,o substituto do rodo e pano que é o mop úmido. Se perguntarmos em um condomínio para 100 pessoas o que é um mop, talvez duas pessoas saibam. No Brasil, a segunda causa de afastamento do trabalho são por problemas de ler-lesão por esforços repetitivos ou Dort –Distúrbios Osteomusculares.O limpador de condomínios por desconhecimento, falta de interesse ou acesso as informações e mudanças constantes na área profissional, são os mais prejudicados. A falta do uso dos Epi´s – equipamentos de proteção individual, mistura de produtos e uso constante de vassouras, rodos e produtos químicos inadequados é o que mais encontra-

6

Outubro 2008

mos. Os responsáveis pela compra e abastecimento de produtos de limpeza nos condomínios geralmente são os síndicos e zeladores. Ambos só conhecem produtos e equipamentos residenciais, mas as atividades diárias de um condomínio são diferentes. As encomendas são feitas de produtos conhecidos e não os são necessários. É preciso levar para dentro dos condomínios o conceito de limpeza profissional. Passar da era dos faxineiros para a dos agentes de higiene. O síndico deve entender que com uma limpeza profissional ele está cuidando do patrimônio do condomínio. Um piso pode durar 20 anos ao invés de apresentar desgaste com cinco. A linha institucional tem produtos de limpeza mais eficientes, que trazem melhores resultados com melhor produtividade, menor desgaste e maior segurança do profissional envolvido. Mas, para isso, é preciso que o sindico, o zelador e o funcionário passe por treinamentos. A empresa prestadora de serviço deve organizar um plano de trabalho com um check-list, definindo as freqüências e os métodos de limpeza a serem utilizados. O plano de trabalho permite dimensionar cada setor do condomínio, incluindo o horário em que o serviço será desenvolvido, os recursos a serem empregados e o quadro adequado de funcionários. No fechamento do contrato com as empresas terceirizadas de limpeza, o sindico deve exigir também uma lista dos equipamentos, acessórios e produtos que irão ser

utilizados nas superfícies, também os equipamentos de proteção individual e coletivos, tem que ser fornecidos em quantidade e periodicidade necessária. Para os condomínios com funcionários próprios, o sindico com o zelador deverá montar uma rotina com todas as atividades diárias, semanais, quinzenais e mensais de cada área a ser mantida. Treinamentos, equipamentos, acessórios e produtos químicos profissionais são essenciais para um ambiente saudável, bonito e seguro. Produtos que devem ser evitados na limpeza = Limpa pedras, Cloro, Vaselina, Removedores, Saponáceos e todas que alteram cor e brilho. Paulo Rodrigues Félix Administrador e Consultor Técnico Higiene e limpeza e-mail: felix@avantecursos.com.br


Outubro 2008

7


8

Outubro 2008


Outubro 2008

9


Artigo

MANUTENÇÃO É FUNDAMENTAL PARA SEGURANÇA EM ELEVADORES O trabalho começa na casa de máquina e finaliza no poço do elevador Quem reside ou trabalha em prédio, nem sempre se dá conta da importância que tem o elevador. Sem este equipamento, seria impossível descer ou subir os arranha-céus cada vez mais presentes nas grandes capitais brasileiras. Como curiosidade, o elevador é o transporte mais seguro do mundo, mas para que este equipamento ofereça total segurança, é necessária uma manutenção periódica, realizada por empresas devidamente capacitadas. Conservação e manutenção do Elevador – Para garantir a segurança neste transporte, é necessário e obrigatório por lei municipal que seja realizada a manutenção mensal no equipamento, mesmo que ele não apresente defeitos. Uma manutenção adequada em elevadores tem como finalidade evitar defeitos como desnivelamento excessivo entre a cabina e o andar do prédio; abertura das portas sem que a cabina esteja no andar correto; paradas no meio do trajeto de subida ou descida dos andares ou não atender às chamadas efetuadas na cabina ou pavimento. Os moradores, funcionários, visitantes e todos que utilizem os elevadores devem estar atentos. Se perceberem qualquer anormalidade, devem avisar o responsável pela manutenção. Dicas para conservação e segurança em elevadores: • Manutenção deve ser realizada por empresas devidamente capacitadas. Leigos jamais devem realizar qualquer conserto nos elevadores, por mais simples que eles pareçam; • Para mais segurança, evite ultrapassar a quantidade de peso permitida nos elevadores. A carga máxima permitida é informada em uma placa no interior da cabina; • Não jogue lixo no poço do elevador;

10

Outubro 2008

• Não utilize objetos, sacolas ou móveis para segurar a porta do elevador; • Evite a queda de água ou de produtos de limpeza no interior do poço. A água pode provocar danos nos componentes da porta, permitindo, eventualmente, que o elevador se movimente com a porta desse pavimento destrancada; • Não entre no elevador quando a luz da cabina estiver apagada; • De acordo com a tecnologia, o elevador possui uma memória que registra cada chamada e atende conforme a sequência dos registros. Para chamá-los, basta

apertar o botão uma única vez, sem forçá-lo (caso a botoeira seja dupla, é só pressionar o botão que indica o sentido da viagem); • Chame um elevador por vez. Essa medida, além de contribuir para a economia de energia, reduz o desgaste do equipamento e melhora o tráfego no condomínio; • Sempre confira se o elevador está no andar correto e se não há degraus entre o equipamento e o andar encontrado. Técnicos necessitam de segurança para realizar seu trabalho – Para que o serviço de manutenção seja realizado

com segurança, os técnicos devem ser devidamente treinados e estarem atentos a alguns itens: • A casa de máquinas deve estar limpa, ventilada, bem iluminada, para que os técnicos possam trabalhar a qualquer hora que seja necessário. Nela, não deve ser armazenado nenhum material sem referência com os elevadores. • Para facilitar a comunicação do usuário - em caso de alguma parada ou qualquer incidente - com o técnico, é recomendável a instalação de um interfone dentro da cabina. • Verificar constantemente se não há qualquer infiltração proveniente de chuvas ou de outras fontes na casa de máquinas. • A chave-geral da casa de máquinas deve ser bloqueada, para impedir que alguém a ligue durante o trabalho dos técnicos. • O acesso à casa de máquina deve ser facilitado e seguro para o técnico, além de bem iluminado, para facilitar o trabalho a qualquer hora do dia. A Otis Elevator Company é a maior companhia do mundo em fabricação e prestação de serviços para produtos que movem as pessoas, incluindo elevadores e escadas e esteiras rolantes. Com sede em Farmington, Connecticut, a Otis emprega 64.000 pessoas mundialmente, oferece produtos e serviços em mais de 200 países e territórios e fornece serviços de manutenção para mais de 1,6 milhão de elevadores e escadas rolantes mundialmente. A United Technologies Corp., sediada em Hartford, Connecticut, é uma empresa diversificada que fornece produtos e serviços de alta tecnologia para as indústrias de construção e aeroespacial. LN Comunicações


Outubro 2008

11


12

Outubro 2008


Outubro 2008

13


14

Outubro 2008


Outubro 2008

15


16

Outubro 2008


Outubro 2008

17


Artigo

FACHADAS – COMO MANTER? Conforme matéria divulgada no site do SECOVI – MS Sindicato da Habitação, Fachadas valorizam imóvel em até 40%. Este elemento é importante, pois tem funções maiores que as comerciais, por exemplo: a impermeabilização das habitações e requer uma manutenção periódica. Esta prática não é só necessária e também é obrigatória por diversos aspectos técnicos e jurídicos. As infiltrações nos apartamentos ocasionadas pela má conservação da fachada são passíveis de indenização por processo civil como já se pode observar nas jurisprudências disponíveis no site http:// www.jusbrasil.com.br. Desta forma surge a questão que embasa esta curta matéria. Curta por que o assunto é tema para reflexões maiores, aqui a matéria aborda de forma sucinta os tópicos mais relevantes do assunto. A falta de manutenção coforme o perito Jerônimo Cabral Pereira Fagundes Neto no livro Perícias de fachadas em edificações – editora Atlas cita que a demora na manutenção ocasiona danos irreversíveis, encurta a vida útil e aumenta os custos de manutenção. É primordial que o condomínio busque uma empresa para realização dos trabalhos. Profissionais que trabalham na informalidade, não só realizam um trabalho de baixa qualidade que se executado gera danos irreversíveis salvo uma nova aplicação dos sistemas de revestimento com materiais novos. Tais profissionais não tem a estrutura necessária para terminar o trabalho no caso de quaisquer dificuldades. Estes podem trazer responsabilidades ao condomínio no âmbito trabalhista e criminal no caso de acidente de trabalho fatal ou não. Quando é tratado do assunto: trabalho em altura, logo se pensa em acidente fatal, porém os acidentes que não ocasionam morte e sim lesão parcial que impossibilite o trabalhador de realizar trabalho remunerado traz ao condomínio o risco de um passivo judicial por vezes de longo prazo como se tem observado também nos casos de jurisprudência. A recomendação é que antes de orçar os trabalhos se observe alguns dados em relação à empresa. O exemplo de um item é o das empresas que pedem dados do cliente e apresentam processos bem definidos para atendimento, por mais incomodo que pareça traz a tona o reflexo de uma organização séria que tem processos pré-estabelecidos e provavelmente não desperdiçarão o tempo do cliente. Alguns artigos observados por este autor sugerem a contratação de empresas especializadas

18

Outubro 2008

em laudos e inspeções prediais. Porém também foi observado que existe uma prática de convênio de comissões por apontamento de obra. Desta forma entende-se que para o cliente que não tem condições técnicas de avaliar e realizar um processo justo de contratação o ideal é buscar a formação de uma comissão de obra. Ainda que precise contratar a consultoria de terceiros pode-se manter o processo de concorrência e seus preços declarados em domínio exclusivo da comissão de obras. Na fase de orçamento: As empresas solicitadas para orçamento deverão apresentar certidões negativas pertinentes ao caso dentre elas cita-se: CRF – relativa ao depósito do fundo de garantia; Débitos civis e criminais da empresa e dos sócios; Dívida ativa da união que reflete a forma que a empresa lida com os tributos federais; Registro no CREA - certifica que a empresa está autorizada a trabalhos técnicos. Pode-se ainda pedir outras certidões que tragam a ciência do condomínio que a empresa é idônea. Ter na empresa uma frota grande ou uma sede própria, este item é observado em diversos anúncios como um diferencial. A escritura de um imóvel ajuda a concluir que a empresa não se mudará facilmente e a posse de automóveis ilustra uma falsa ideia de poder aquisitivo da empresa. Nada impede de uma empresa idônea operar em imóvel alugado, basta-se solicitar a cópia de aluguel do imóvel. A prática da contratação de frete é uma prática sustentável e racional do uso de recursos e a posse de veículos em abundância pode significar reflexo de desorganização e necessidade de compra de materiais de última hora. Portanto cuidado é necessário para avaliar a empresa pelos seus ativos, é recomendado que o cliente em havendo o interesse, peça para conversar com clientes daquela empresa e verifique os processos realizados em obras passadas. Verificar se houveram materiais atrasados por motivo desconhecido e ainda se faltaram materiais por falta de recursos físicos em meio à obra e quais foram os seus motivos reais, sempre é válido ouvir as duas partes. Os procedimentos de segurança do trabalho são importantes para garantir que os funcionários sejam treinados, que tenham os equipamentos necessários e que o condomínio não é conivente com situação de risco desnecessário. Uma prática boa é pedir cópia dos documentos de segurança de trabalho que foram realizados em obras passadas. Isso irá refletir a organização e

zelo que a empresa tem com a questão. Tais procedimentos devem ser exigidos em contrato desde a fase de orçamento, especificando com clareza que irá fornecer os equipamentos. O atendimento deve ser feito por pessoa habilitada ou treinada tecnicamente. O envio ao condomínio de pessoa desqualificada reflete não só a deficiência da empresa em realizar um orçamento adequado como retrata a falta de interesse pelo serviço. Procure saber quem é e onde estão os responsáveis técnicos pela empresa durante o orçamento, assim minimiza-se surpresas técnicas que podem aumentar o preço dos trabalhos durante a obra ou ainda a frustração gerada quando a empresa recusar a contratação do serviço por ter errado no orçamento. A contratação de obras de reformas é uma venda relacional onde o contratado tem que ter clima e condições ideais de trabalho. O produto a ser entregue será fabricado no local e preços muito abaixo da média de mercado devem ser supervisionados com atenção. O caso é que se a empresa cobrou errado por motivo de mau atendimento ou incapacidade técnica muito provavelmente não terminará a obra mesmo com contrato rígidos e bem redigidos. A melhor prática neste caso é fazer a conta inversa e com ajuda do conselho de obra entender o custo para realização do trabalho por parte da empresa. O contador ou administradora do condomínio pode auxiliar nesta questão e ainda pode-se pedir à empresa que “abra” seu orçamento, explanando detalhadamente os custos previstos, números de pessoas e prazo de execução. Tendo observado estes fatores, pode-se escolher o orçamento a ser contratado. É aconselhável que a empresa esclareça todas as dúvidas do cliente antes da elaboração do contrato, pois detalhes como alimentação no local podem mudar o preço informado trazendo a anulação daquela escolha. A próxima fase é o contrato, onde serão apontados prazos, condições de execução e pagamento dentre outras que são tema para mais matérias como esta. Por hora fica a recomendação que se procure um advogado para celebração do contrato. Engº Vitor Facciolli Pinto é administrador da PROA ENGENHARIA e cursa MBA em gestão empresarial na FIA- USP. Agradece a oportunidade e atenção e espera ter contribuído de forma clara e coloca-se a disposição para esclarecimentos e orientações sobre o tema pelo email: vitor@proavip.com.br


Outubro 2008

19


20

Outubro 2008


Outubro 2008

21


22

Outubro 2008


Outubro 2008

23


24

Outubro 2008


Outubro 2008

25


26

Outubro 2008


Outubro 2008

27


Especial

Sist - Original

SEGURANÇA

“Harmonia, Trabalho e Resultados”

Vou aqui de forma muito simples estender minha homenagem ao Cel. PM Luiz Carlos dos Santos, Presidente da AOPM– Associação dos Oficiais da Policia Militar, tenho acompanhado seu trabalho a frente da Associação, transparência e empreendedorismo são visíveis nas suas obras, como sócio e freqüentador do Clube dos Oficiais nota-se claramente as transformações, não só físicas e estruturais como a retomada de valores éticos e morais que toda a sociedade civilizada deseja. Tomei conhecimento pelas públicações da AOPM a intenção da criação de um Partido Político, diferente de tudo que temos hoje como nosso “representante” creio eu ser uma chance concreta da sociedade como um todo, voltarem 28

Outubro 2008

aos valores mais básicos da família e ao mesmo tempo estarmos com representantes que conhecem por oficio os problemas crônicos que assolam diariamente nossa vida, combate as drogas, segurança pública, moralidade pública, Educação, Saúde, enfim, inúmeros problemas que já deveriam ter sido solucionados ou minimizados. Quando falamos principalmente em segurança Pública não basta apenas combater, há uma necessidade de mudanças da legislação uma simplificação do sistema que só os políticos de boa vontade e desprovidos de interesses pessoais podem fazer. Acredito e estarei apoiando O Partido Militar Brasileiro (O nome poderá ser alterado após a legalização do Partido) Tenho plena convicção que a adesão será expressiva, não há mais o que esperar, lembro aqui da frase publicitária de uma marca de refrigerante, ”Os bons ainda são maioria”. Aos interessados maiores informações podem ser vistas no site – www.aopm.com.br, esta minha expressão e homenagem tem a finalidade de reconhecimento aos que trabalham pela segurança pública de São Paulo e Empresas Privadas que norteiam os mesmos valores de ética e honestidade. Claudeir Mazzonetto – Sist-Original E-mail – comercial@originalserv.com.br Empresa especializada em Condomínios


Outubro 2008

29


30

Outubro 2008


Outubro 2008

31


32

Outubro 2008


Outubro 2008

33


34

Outubro 2008


Outubro 2008

35


36

Outubro 2008

Revista Supra Condominio  

Agosto 2011