Page 1

Brasil, 26/07 a 06/08 de 2009

Edição 01 - Ano 01

www.speedseries.com.br

Bandeira Verde para a T2 2009 na SpeedZone Destaque para a estréia da SpeedSeries DTM Era: Pascoal Bertoni vence em Hockenhein Um novo campeonato na SpeedZone sempre tem um dia de festa em sua estréia. E foi assim que a SpeedSeries começa sua nova fase, com a DTM. Hockenheim foi o palco da abertura do Campeonato que contou com arquibancadas lotadas e boxes, paddocks e camarotes repletos de torcedores e repórteres. O grid para a abertura da Temporada contou com 26 carros, uma ótima prova estava por vir agora com carros muito equilibrados e com desempenhos semelhantes. Página 2

Indy: Ainda estamos na T1? Erick Rabello Michigan

vence

Nascar: Início Complicado

em Marcos Rodrigues vence a etapa de Daytona

BMW: Estréia da Categoria César Augusto e Marcos Guterres vencem na 1ª etapa

A 2ª Temporada da Indy Speed Series teve a sua 1ª etapa realizada no Superspeedway de Michigan. Estreando um “novo-velho” mod, a categoria mudou o OWR2006 pelo OWR2005 em busca de um maior equilíbrio entre os carros para aumentar as disputas e ultrapassagens.

A etapa de abertura da T2 da Nascar SpeedCup Series foi tensa. O palco foi o tradicionalíssimo oval de Daytona. O mod cup foi mantido e as bolhas dos carros foram atualizadas para as utilizadas no COT, era esperada uma corrida de bom nível e relativamente tranqüila, mas ...

Inaugurando o novo layout da Revista SpeedZone, começamos falando de uma das novas Categorias da SpeedZone, a M3 Cup em parceria com a Lions. No dia, 26/07 aconteceu a 1ª etapa do Campeonato realizada no circuito de Albert Park, em Melbourne/Austrália.

Página 3

Página 4

Página 5


SpeedSeries DTM: Estréia de Gala da nova Categoria 26 carros alinharam para a 1ª Etapa, em Hockenhein Resultado Final – 1ª Etapa Hockenhein (10 primeiros) 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

Pascoal Bertoni Vinicius Gonçalves João Stephani Tiago Carvalho Ricardo Pereira Marcos Guterres Rafael David Samuel Viana Erick Ambrosio Reges Filho

+15,81s +42,60s +59,38s +1m03s +1m11s +1 lap +1 lap +1 lap +1 lap

Largada em Hockenhein contou com grid de 26 carros Um novo campeonato na SpeedZone sempre tem um dia de festa em sua estréia. E foi assim que a SpeedSeries começa sua nova fase, com a DTM. Hockenheim foi o palco da abertura do Campeonato que contou com arquibancadas lotadas e boxes, paddocks e camarotes repletos de torcedores e repórteres. O grid para a abertura da Temporada contou com 26 carros, uma ótima prova estava por vir agora com carros muito equilibrados e com desempenhos semelhantes. No qualify, o campeão da SSGT na Temporada passada, Pascoal Bertoni (agora na equipe Spyder) fez a pole position. Em segundo, Gabryel Ribeiro da SpeedLight. Na segunda fila, Samuel Viana (HP Racing) e o vice campeão da SSGT Arílson Sampaio (agora na Nunes Racing Team) e na terceira fila, Ricardo Pereira (HP Racing) e Marcos Guterres (Skyline). A corrida teve grandes disputas em todos os pelotões e pela ponta da corrida, onde Bertoni tinha como principais adversários Samuel Viana, Tiago Carvalho (Supertex) e Vinicius Gonçalves (Dragon), este que fez uma grande corrida após largar na 14ª posição. A liderança da corrida ficou entre estes 3 pilotos durante toda a corrida. Bertoni reassumiu a ponta na 30ª das 37 voltas da corrida e não a perdeu mais, sendo o 1º vencedor da DTM. Gonçalves terminou em 2º lugar e João Stephani (Racing4Fun) em 3º lugar. A próxima etapa será no dia 20/08, em Lausitz.

Entrevistas Pascoal Bertoni / Spyder MVG - Vencedor “Corrida foi boa....bom pega entre eu e Rabello. Primeiro pensei que estávamos fazendo jogo de equipe, deixei ele passar mas depois percebi que a coisa era mais séria. Ele estava disputando a maioria das voltas na liderança comigo e aí ficou mesmo divertido!!! Peço desculpas ao John pelo toque, pisei de leve na amarela e o carro subiu demais.” Vinícius Gonçalves / Dragon F-Team Motorsports - 2º Colocado " Sobre a corrida, estou muito mais q satisfeito (risos). Vinha mal nos treinos, nao conseguia andar rapido e gracas ao Tiago Carvalho que me ajudou uns 5min antes do Q1 eu consegui um carro rapido, mesmo nao passado pro Q2 porque peguei trafego na minha melhor volta e depois fiquei sem tempo...Larguei em 13º e pulei pra 4º antes da metade da primeira volta hehe (cheguei a me assustar) achei que daria pra vencer mas os lideres eram bem mais rapido e com sorte consegui chegar em 2º lugar. João Stephani / Racing4Fun Competitions- 3º Colocado " No treino, consegui largar em 9º lugar no grid. Larguei muito mal e perdi posições, mas com alguns erros dos pilotos da frente, estava em 5º até a primeira parada no box. Depois do pitstop, voltei em 6º. E depois da 2ª parada consegui voltar em 4º. Estava apenas mantendo o ritmo para completar. Mas faltando 4 voltas, devido a um problema do T.Carvalho, herdei a 3ª posição. Muita emoção no meu melhor resultado no AV até agora. Até a próxima!”

Classificação de Pilotos após a 1ª Etapa 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

Pascoal Bertoni Vinicius Gonçalves João Stephani Tiago Carvalho Ricardo Pereira Marcos Guterres Rafael David Samuel Viana

10 8 6 5 4 3 2 1

Classificação de Equipes após a 1ª Etapa 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

Spyder MVG Dragon F-Team Racing4Fun Thunderbolt FTM HP Racing Skyline Racing HCR Team HP Racing SE

10 8 6 5 4 3 2 1

Publicidade

Próxima Etapa Dia: 20/08 Local: EuroSpeedway (Lauzits)

-2-


Indy Speed Series inicia Temporada com novo mod Agora com o OWR 2005, Erick Rabello vence a 1ª Etapa, em Michigan Resultado Final – 1ª Etapa Michigan (10 primeiros) 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

Erick Rabello Leon di Cesare Rafael David Cleiton Lauren João Paulo Diego Said Lívio Fonseca John Stevkmanns Vinicius Lins Felipe Oliveira

+ 0,08s + 5,38s + 5,54s +20,25s +1 lap +1 lap +1 lap + 2lap +3 lap

Largada na etapa de Michigan na Indy Speed Series A 2ª Temporada da Indy Speed Series teve a sua 1ª etapa realizada no superspeedway de Michigan. Estreando um “novo-velho” mod, a categoria mudou o OWR2006 pelo OWR2005 em busca de um maior equilíbrio entre os carros para aumentar as disputas e ultrapassagens. Em Michigan, o pole position foi Felipe Oliveira (Gunners), tendo a seu lado o seu companheiro de equipe Leon di Cesare. Na 2ª fila, o hermano Frederico Damián (Chevrolet) largou ao lado de John Stevkmanns (Dragon) e na 3ª fila, Mauri Floriani teve o seu lado Gustavo Sanches (Fast and Furious). Após uma prova com vários acidentes na sua primeira metade, 6 pilotos lideraram a corrida e administraram as 6 Yellow Flags, que duraram 13 voltas no total. Erick Rabello venceu a corrida, liderando 40 das 70 voltas e já mostrou o porquê tem o nº 1 estampado em seu carro. Mas a chegada foi fenomenal, com di Cesare a apenas 0,08s dele. Rafael David fez uma boa prova e terminou em 3º lugar apenas 2 décimos a frente do 4º colocado, Cleiton Lauren.

Classificação de Equipes após a 1ª Etapa 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º

Volcano Racing Gunners Racing Dragon F-Team Metallic F-Team Santander Elf Fast and Furious Forsythe

62 61 52 39 35 27 27

8º 9º 10º

Power Sky Thunderbolt Team Chevrolet Team

26 19 18

Entrevistas Erick Rabello / 7Eleven - Vencedor “Posso dizer que minha vitória foi de certa forma um grande presente, já que na classificação em Super Speedways eu tenho deixado a desejar em voltas rápidas e isso tem me incomodado bastante. A corrida foi muito emocionante e ao cruzar a linha vibrei tanto quase como quando ganhei o titulo mas, vamos ver o que conseguimos nessa temporada, espero ser campeão novamente mas com certeza não vai ser fácil. Gostaria de parabenizar a todos os pilotos também temos tudo para dar shows em todas as pistas por onde a Indy passar, abraços! " Leon Di Cesare / Gunners Racing - 2º Colocado "Tinha boas expectativas nessa corrida. Consegui uma boa colocação na classificação. Já, na prova, devido a um desentendimento entre retardatários, tive que pagar uma bandeira preta. Felizmente, consegui pagá-la e voltar pra disputa. No último pit, consegui me colocar na 2ª posição. Ainda tentei uma ação, porém sem êxito e o Rabello levou mais uma. Vamos pra próxima!" Rafael David / Santander Elf Racing- 3º Colocado "Fiquei muito contente com a 3ª colocação, pois até instantes antes da largada meu carro estava com problemas na caixa de câmbio e não iria nem largar! Conseguimos resolver mas tive de largar em ultimo lugar! A corrida no começo foi muito acidentada, mas desenvolveu bem! Ótimos pegas com JP, Lauren, Said e Rabello! Eram 9 pilotos brigando pela liderança lado a lado, curva a curva! Infelizmente perdi a vitória na troca da estratégia, mas to feliz mesmo assim!! Parabéns ao Rabello por vencer! Me segurem nas mistas!!! (Risos)”

Classificação de Equipes após a 1ª Etapa 1º 2º 3º 4º 5º

Volcano Racing Gunners Racing Dragon F-Team Metallic F-Team Santander Elf

62 61 52 39 35

6º 7º 8º 9º 10º

Fast and Furious Forsythe Power Sky Thunderbolt Team Chevrolet Team

27 27 26 19 18

Publicidade

Próxima Etapa Dia: 16/08 Local: Long Beach (EUA)

-3-


Nascar Speed Cup inicia Temporada com etapa tensa Em Daytona, Marcos Rodrigues vence a 1ª Etapa da Temporada Resultado Final – 1ª Etapa Daytona (10 primeiros) 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

Marcos Rodrigues Fernando Willrich Gustavo Rodrigues Erick Rabello Duda Coitinho Agostinho Jales John Stevkmanns Rafael David Harlan Rodrigo Edson Costa

+ 1,49s + 2,78s + 4,21s +5,68s +1 lap +1 lap +1 lap +1 lap +1 lap

Carros alinhados para a largada em Daytona A etapa de abertura da T2 da Nascar SpeedCup Series foi tensa. O palco foi o tradicionalíssimo oval de Daytona. Om od cup foi mantido e as bolhas dos carros foram atualizadas para as utilizadas no COT, era esperada uma corrida de bom nível e relativamente tranqüila, mas logo a falta de aderência na pista tratou de complicar a vida de todos. No qualify, o pole position foi Marcos Rodrigues, agora na equipe Power Sky, com o tempo de 49.456, seguido por 2 carros da Eagle , Jonathan Harder em segundo com 49.491 e Edson Costa em terceiro com 49.503. Em quarto lugar, Fernando Willrich alinhou sua Supertex na quarta posição com o tempo de 49.506, o mesmo tempo do atual campeão da categoria e um de seus parceiros de equipe, Harlan Rodrigo que largou na quinta posição. Fechando o Top-6, Cleiton Lauren, também novo piloto da Power Sky com 49.517. A corrida foi bem movimentada e Erick Rabello liderou 31 das 60 voltas e parecia caminhar para mais uma vitória na categoria. A disputa pela liderança entre Rodrigues e Rabello foi grande. Mas Rodrigues contou com um erro de Rabello para vencer em Daytona. Willrich foi o segundo colocado e Gustavo Rodrigues (Rabello NG), o campeão da Skiva na temporada passada foi o 3º colocado, em sua estréia na Nascar Cup.

Entrevistas Marcos Rodrigues / Power Sky - Vencedor “Corrida foi boa....bom pega entre eu e Rabello. Primeiro pensei que estávamos fazendo jogo de equipe, deixei ele passar mas depois percebi que a coisa era mais séria. Ele estava disputando a maioria das voltas na liderança comigo e aí ficou mesmo divertido!!! Peço desculpas ao John pelo toque, pisei de leve na amarela e o carro subiu demais.” Fernando Willrich / Supertex - 2º Colocado " A corrida foi surpreendente, logo na primeira volta teve uma grande batida em que não consegui escapar, capotei algumas vezes mas fui em frente, mas logo em seguida outro acidente, esse por culpa minha, distraído acabei acertando o Leon. A partir daí fiz uma corrida limpa e com um carro muito danificado fui tentando ao máximo ficar no vácuo para não perder voltas, e consegui. No final ganhei posições no erros dos outros até chegar a segundo com a batida no final dos ponteiros." Gustavo Rodrigues / Rabello NG- 3º Colocado "Poxa achei legal a corrida, muito tensa e difícil também. No início, por sorte, consegui escapar ileso de um acidente que pegou muitos pilotos. No decorrer da corrida tive boas disputas com o Edson Costa e o Erick Rabello, todas muito limpas. Errei na estratégia das paradas, mas mesmo assim estava indo bem. Na última volta teve um acidente em que acabei envolvido, chegando em 3º no final, o que foi um bom resultado.”

Classificação de Pilotos após a 1ª Etapa 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

Marcos Rodrigues Erick Rabello Gustavo Rodrigues Fernando Willrich Duda Coitinho John Stevkmanns Agostinho Jales Rafael David Harlan Rodrigo Leon di Cesare

180 165 160 160 155 146 145 142 138 130

Classificação de Equipes após a 1ª Etapa 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

Power Sky Eagle Racing Supertex F-Team Rabello NG Os Escribas Santander Elf Dizzytek F-Team Lions Racing

577 524 444 290 145 142 118 112

Publicidade

Próxima Etapa Dia: 17/08 Local: Watkins Glen

-4-


BMW estréia na SpeedZone com o pé direito Com 39 pilotos divididos em 2 servidores, Marcos Guterres e César Augusto vencem em Albert Park Resultado Final – Servidor A Michigan (10 primeiros) 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

Marcos Guterres Reges Filho Bruno Almeida Mauzar Lourenço Juan Calonga Milton Saavedra Carlos Camilo Thiago Zanoni Erick Franco Gustavo Silva

+ 14,2s + 21,2s + 43,1s + 45,4s + 59,0s +1m02s +1m19s +1m26s +1m29s

22 carros na Largada da etapa no Servidor A em Albert Park Inaugurando o novo layout da Revista SpeedZone, começamos falando de uma das novas Categorias da SpeedZone, a M3 Cup em parceria com a Lions. No dia, 26/07 aconteceu a 1ª etapa do Campeonato realizada no circuito de Albert Park, em Melbourne/Austrália. O recorde em número de participantes em um mesmo final de semana de campeonato foi estabelecido, com 39 pilotos divididos entre os 2 servers do Campeonato (22 no Server A e 17 no Server B). No geral, o que vimos foi um domínio das equipes do grupo Knights. No servidor A, Bruhno Miranda (Knights Speed Team) largou na pole, seguido de seu companheiro de equipe Christian Rudnick e em terceiro Marcos Guterres, que assumiu a liderança da corrida na 12ª volta e não a perdeu mais até o final das 20 voltas da corrida. No Servidor B, o pole foi César Augusto, ao seu lado largou João Paulo (Volcano Racing) e em terceiro Gledson Aléssio (Knights Dark Team). César Augusto teve uma grande disputa com João Paulo pela vitória e entre várias trocas de posições faturou a vitória.

Resultado Final – Servidor B Michigan (10 primeiros) 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

César Augusto / Knights Motors Team- Vencedor Servidor B “Um qualy perfeito, sem muitos erros me garantiu a pole. O meu problema era a race, nos testes muitos companheiro ficaram sem motor no meio da race, esse era meu medo.Entao para nao ocorrer comigo, fiz uma largada cautelosa, acabei perdendo a primeira posição, mais logo depois recupero, consigo abrir um pouco do segundo colocado, ai comecei a economizar equipamento, trocar de macha antes da hora, freia bem antes, foi o suficiente para garanti a vitoria.”

Próxima Etapa Dia: 23/08 Local: Mid Ohio

+ 15,2s + 30,7s + 36,6s

Anderson Rodrigues

+ 1m38s + 1m51s + 1m55s

Otávio Messano Jerry Santi Fabiano Bartolette

+ 1 lap + 1 lap + 1 lap

Classificação de Pilotos após a 1ª Etapa

Entrevistas Marcos Guterres / Skyline Racing – Vencedor Servidor A “A corrida foi muito boa , larguei em 3º lugar recebi um toque logo na largada caindo para 11º, o carro estava excelente com um set realmente muito bom que foi desenvolvido pelo meu companheiro de equipe Milton Saavedra, vim recuperando posições , economizando combustível e pneu nas ultimas voltas, conseguindo completar a corrida sem parada de pit. Com isso cheguei na primeira posição. Foi minha primeira vitoria na categoria. Gostaria de agradecer a todos os meus companheiros da Skyline.”

César Augusto João Paulo Gledson Alessio Rafael David Marco Memória Fabiano Couto

1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

César Augusto Marcos Gutterres Reges Filho Bruno Almeida Gledson Aléssio Rafael David Marco Memória

Milton Saavedra Carlos Camilo Erick Franco

26 25 22 20 19 17 16 16 15 13

Classificação de Equipes após a 1ª Etapa 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º

Skyline Racing CWB Motorsports Knights Dark Team Zanoni Racing Knights Motors T. HCR Evolution GS Racing Eagle Racing Team Volcano Racing T. Senna Motorsport

41 31 29 28 26 23 19 13 13 12

-5-

SpeedZone Magazine - 1ª Edição  

Reportagens sobre as etapas que abriram a Temporada 2/2009 na Liga SpeedZone de Automobilismo Virtual. Visite: www.speedseries.com.br...