Page 1

N°7 | abril | 2013

Revista dos antigos alunos do Santo Inácio

Rio de Janeiro se prepara para receber missionários do mundo inteiro em evento da Companhia de Jesus que precede a Jornada Mundial da Juventude

Jornada jesuíta


Seja sócio

|

abril 2013

Não é preciso ser ex-aluno do Santo Inácio para ajudar a manter projetos como o Imagem Solidária

|

www.asiarj.org.b r 2

Associação dos Antigos Alunos dos Padres Jesuítas - RJ Rua São Clemente, 216 - Botafogo Rio de Janeiro - RJ Tel: (21) 2527-3502 contato@asiarj.org.br


Índice

N°7 | abril | 2013

A matéria de capa mostra como será o Magis, o encontro mundial de jovens jesuítas que precede a JMJ página 6

Conheça os projetos organizados pelo CSI para a celebração da Semana Santa página 14 Antigo aluno escreve sobre seus tempos de colégio e provoca reflexão sobre mudanças página 16

abril 2013

Fale Conosco sino@revistasino.com.br www.revistasino.com.br

Antiga aluna que mora nos EUA escreve sobre projeto criado por seu filho, que também passou pelo Santo Inácio página 12

|

Conselho Editorial Pe. Luiz Antonio de Araújo Monnerat, SJ; Vera Porto; Izabela Fischer; Olga de Moura Mello e Maria José Bezerra Jornalista Responsável Pedro Motta Lima (JP21570RJ) (editor@revistasino.com) Projeto Gráfico Ana Mansur (anamansur@gmail.com) Diagramação Daniel Tiriba (dtiriba@gmail.com) Revisão André Motta Lima Contato Publicitário 21 2421 0123 Produção ML+ (Motta Lima Produções e Comunicação) Tiragem 5.600 exemplares Gráfica Walprint

|

Revista dos antigos alunos do Santo Inácio

A Companhia de Jesus está em processo de mudança em sua organização geográfica no Brasil. Entenda página 10

3


editorial

A mais jesuíta das edições Nesta edição vamos falar sobre o Magis. O grandioso evento da Companhia de Jesus que sempre precede as Jornadas Mundiais da Juventude. Mostramos como está sendo organizado o encontro. São viagens, alimentação e hospedagem para aproximadamente 1.500 peregrinos do mundo inteiro, que dormirão no Colégio Santo Inácio, mas antes disso participarão de missões por todo o país.

|

|

abril 2013

Até agora, esta será a edição que mais abordará temas relacionados aos jesuítas no Brasil. Além do Magis, vamos mostrar que a Companhia está preparando mudanças. Até 2015 teremos uma nova organização geográfica no país, que pretende dar mais agilidade e dinamismo às ações dos jesuítas.

4

Como no jornalismo somos reféns dos fatos, a Semana Santa não podia ser ignorada. Trazemos, portanto, uma matéria sobre as atividades do colégio neste período tão importante. E como não registrar o primeiro papa jesuíta da história? Mostramos o encontro do pontíficie com o Superior Geral da Companhia de Jesus, padre Adolfo Nicolás. E como a participação dos antigos alunos nos é muito cara, um artigo de uma inaciana que mora na California, nos contando sobre um projeto criado por seu filho, que antes de morar nos Estados Unidos também passou pelas carteiras do Santo Inácio. Espero que gostem. Pedro Motta Lima (94) editor@revistasino.com.br

Espaço do leitor Agradeço a remessa dessa preciosa revista do CSI! Sempre me faz recordar os seis anos que cursei no CSI, de 1949 a 1954, do admissão B à quarta serie ginasial, quando ingressei no Colegio Naval em Angra dos Reis, juntamente com diversos colegas do CSI. Nossa turma terminou o científico em 1957, curso que seria minha preferência na época. Servi por mais de 35 anos na nossa navy e a base adquirida no Santo Inácio foi fundamental para o meu sucesso na carreira. Bons e felizes tempos de CSI que nos trazem grandes lembranças vividas juntamente com os padres Barreto, Moutinho, Henrique, Leme Lopes e tantos outros. Aquele abraço. Fernando Motta Salles Sou antigo aluno do colegio, onde estudei de 1946 (admissão B) até 1954 (terceiro cientifico). Recebi a Revista SINO de fevereiro deste ano e adorei. Moro atualmente em Natal, no Rio Grande do Norte. Para mim, houve um engano na foto de página sete, pois reconheço como colegas meus Nelson Henrique Ramos Martins, Antonio Cerqueira da Cruz e Ricardo Augusto de Lacerda Lucas. Seríamos, portanto, a turma de 1951. Será que estou errado? Quando vou ao Rio tenho me encontrado com alguns deles. Peço que continuem a enviar a revista, assim não ficarei tão isolado de nosso antigo colégio. Um grande abraço, Pedro Tostas de Sá (54) Nota da SINO: A foto da página sete foi feita pelo colégio e os próprios antigos alunos informaram que estavam comemorando os 70 anos de conclusáo do ginasial, em 1942.

minhasino@revistasino.com.br

facebook.com/RevistaSino

badalada Nova campanha do CSI quer recolher uma tonelada de material reciclável em abril Depois de ser homenageado – junto com os colégios Liessin e Corcovado – pela participação no projeto Light Recicla, o Colégio Santo Inácio entra, a partir de 8 de abril, na campanha Conquiste a Meta Solidária, que pretende obter uma tonelada de material reciclável. Tudo o que for arrecadado será convertido em créditos para as contas de energia elétrica da creche e da Unidade de Apoio à Pré-Escola (Unape), que a AsiaI mantém no Morro Santa Marta. O Liessin também participará a iniciativa, promovida pela Light. Em 2011 e 2012, os três colégios reuniram mais de vinte toneladas de materiais recicláveis que foram encaminhados aos postos de recolhimento da Light. O montante do CSI foi transformado em crédito para as contas de eletricidade das obras sociais no Santa Marta. O Colégio Liessin também destinou seus créditos à Unape, que oferece apoio escolar a crianças de seis a doze anos. Para facilitar o trabalho de coleta, a Light definiu que a cada semana os colégios recolherão um tipo de material reciclável. Assim, de 8 a 13 de abril, será a semana do plástico, com a meta de recolher até 100 quilos do material. Entre 15 e 19 de abril, a meta é conseguir 100 quilos de metal em doações dos alunos, colaboradores e professores. A semana de 22 a 26 de abril é para o recolhimento de 800 quilos de papel. (fonte: Colégio Santo Inácio)


Professores chineses visitam CSI Uma delegação de educadores chineses percorreu diversos espaços do Colégio Santo Inácio nesta quarta-feira, 20 de março. O grupo, composto por membros da Comissão de Educação da Prefeitura de Beijing, veio ao Rio para participar do Salão do Estudante 2013 e quis conhecer as iniciativas pedagógicas do CSI e o uso de tecnologia de ponta em sala de aula.

badaladas

Daniela Paes / divulgação CSI

Esta foi a segunda vez que o CSI recebeu visitantes ligados à educação da China. Em 2012, funcionários do Ministério de Educação da China e empresários do setor de tecnologia estiveram no colégio, dando especial atenção aos laboratórios de Física e de Robótica. (fonte: CSI)

Colégio Loyola de BH comemora 70 anos com missa Pouco antes da Semana Santa, no dia 25 de março, uma Missa Solene comemorou os 70 anos de fundação do Colégio Loyola, de Belo Horizonte. Aproximadamente 450 pessoas, entre alunos, ex-alunos, famílias, colaboradores e antigos funcionários estiveram presentes na celebração, que aconteceu na Quadra Irmão Patrício.

divulgação Loyola

O sucesso e a longevidade da instituição foram explicados pela coordenadora do 5º ano, Alexsandra Nonaka: “A gente se preocupa tanto com a educação acadêmica, quanto com a humana com um equilíbrio muito grande. Trabalhar no Loyola é um privilégio, mas é repleto de responsabilidade”, afirma. O antigo aluno Jairo José Drummond Câmara, da turma de 1975, não pensou duas vezes ao escolher a escola de seu filho, Thales Duque Câmara, que cursa o 1º Ano do Ensino Fundamental. “Um dos motivos de eu ter escolhido o Colégio Loyola para o meu filho foi a formação humanística. Nunca vi outros colégios serem voltados para uma formação humana como o Colégio Loyola”, explicou. Para ele, participar da missa com o filho “é uma chance de ouro”.

Asia promove Bazar do Dia das Mães A Associação dos Antigos Alunos promove, entre os dias 7 e 10 de maio, o seu já tradicional Bazar do Dia das Mães. Durante este período, serão montadas barracas no Centro Esportivo Santo Inácio (Cesi) e alunos, famílias e docentes terão acesso a uma série de produtos, como brinquedos, objetos de papelaria, bijuterias, roupas, toalhas e uma série de artesanatos, além de cupcakes e brownies. Os expositores doa’rão 20% de todas as vendas para os projetos sociais da associação.

(fonte: Colégio Loyola)

|

2558-4069

Rua General Glicério 445 - loja A

|

Reúna suas amigas para uma festa inesquecível, com direito a unha, maquiagem, cabelo, desfile e a decoração no seu tema preferido

abril 2013

Faça a festa no salão de beleza!

5


magis

Delegações dos países da América Latina que estiveram no último Magis, em Madri, se reúnem para foto

jovens Encontro mundial para Evento organizado pelos jesuítas pretende reunir mais de 1.500 peregrinos de aproximadamente 50 nacionalidades em ações missionárias pelo Brasil

|

|

abril 2013

M

6

uito tem se falado sobre a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontece de 23 a 28 de julho, no Rio de Janeiro. Mas antes da cidade receber jovens católicos de todo o mundo, o Brasil receberá o Magis, evento organizado pelos jesuítas desde 1997, para pessoas entre 18 e 30 anos que tenham algum envolvimento com a espiritualidade inaciana – sempre antecedendo a jornada. Nesta edição, que começa no dia 12 de julho, em Salvador, os participantes passarão por experiências missionárias em todo o Brasil. Estão sendo esperados mais de 1.500 jovens de todo o mundo (estima-se que mais de 50

países serão representados por delegações), que serão divididos em grupos de aproximadamente 25 pessoas e viajarão por vários estados para realizar trabalhos sociais. Os participantes se reencontram no dia 22 no Colégio Santo Inácio, onde vão partilhar suas experiências antes de se inserirem na programação da JMJ. “Não temos a intenção de concorrer com a jornada. O Magis é uma semana missionária organizada pela Companhia de Jesus. É complementar”, explica o coordenador geral do encontro, padre Adilson Silva. Durante a passagem pelo Rio de Janeiro, o CSI será a “casa” dos inacianos. A escola está se preparando para rece-

ber as pessoas, inclusive com supervisão do Corpo de Bombeiros, que já realizou vistorias nos prédios. Em Salvador, os peregrinos ficarão hospedados no Colégio Antônio Vieira, uma das 15 escolas, ao lado do CSI, que formam a Rede Jesuíta de Educação. No local será realizada uma grande missa com o superior geral da Companhia de Jesus, Adolfo Nicolás. Em seguida, os participantes do Magis serão divididos em grupos e partirão para suas experiências missionárias - entre os estados que receberão os peregrinos estão Pará, Amazonas, Ceará, Pernambuco, Espírito Santo, Minas Gerais e Bahia. Este modelo foi criado no último Magis, realizado em Madri, quando o


Veja o clipe oficial do Hino Magis Brasil 2013 http://bit.ly/hinomagis Aponte o leitor de QR Code de seu celular e acesse o conteúdo de onde você estiver

As antigas alunas Carolina (à direita) e Bianca já participaram juntas de atividades da Formação Cristã do colégio e agora serão voluntária no Magis

para uma reunião de voluntariado. Sempre participei das atividades extra-classe oferecidas pelo colégio, entre elas a Formação Cristã. Estou super animada para fazer parte deste grande projeto, que será muito importante para a Companhia de Jesus no Brasil”, acredita Carolina. Ela terá companhia da amiga Bianca Tisi, formada no ano passado. “Estou com o coração aberto para o Magis e espero crescer demais com esta experiência”, diz Bianca, que esteve junto com Carolina participando, como monitores, da Semana Santa Jovem deste ano.

Junte sua turma. A viagem, a gente organiza!

ligue para nós! 2256-6844 / 2548-6345 Rua Barão de Ipanema 94 - loja 107 Copacabana ibtur@terra.com.br

abril 2013 março 2012

há 25 anos trabalhando para você descansar

||

Ibtur

muito a presença cuidadora do Deus da Vida através do caminho, das pessoas e dos amigos que fui fazendo”. Neste ano, a participação brasileira será muito maior. Além dos inscritos, aproximadamente 300 voluntários farão parte do Magis, tanto em âmbito local quanto participando das missões e ajudando na organização. Entre eles há antigos alunos do Santo Inácio, como a estudante de comunicação Carolina Carvalho, que se formou em 2011. “Ouvi falar em Magis pela primeira vez em julho do ano passado, quando fui chamada

||

Brasil foi representado por uma delegação pela primeira vez. No site do Magis (www.magis2013.com) é possível ver o depoimento de alguns dos peregrinos que estiveram na Espanha, como Luis Duarte, que foi representando a província Centro-leste brasileira, na qual está inserida o Rio de Janeiro (os jesuítas dividem o Brasil em quatro regiões para efeitos administrativos): “O que mais me marcou no Magis foi fazer a experiência de peregrinar nas terras de Inácio e de peregrinar por minha vida, caminho e opções. Como peregrino me marcou

77


Jornada Mundial da Juventude O Magis passou a ser realizado em 1997, em Paris

ano local

participantes

1986 Roma (Itália) 1987 Buenos Aires (Argentina) 1989 Santiago de Compostela (Espanha) 1991 Czestochowa (Polônia) 1993 Denver (Estados Unidos) 1995 Manila (Filipinas)

300 mil 1 milhão 600 mil 1,5 milhão 500 mil 4 milhões

1997 Paris (França)

1 milhão

2000 Roma (Itália)

2,5 milhões

2002 Toronto (Canadá) 2005 Colônia (Alemanha) 2008 Sydney (Austrália) 2011 Madri (Espanha)

800 mil 1,2 milhão 500 mil 2 milhões

2013 Rio de Janeiro (Brasil)

|

|

abril 2013

Segundo a organização do Magis, a maior delegação será a americana, com aproximadamente 250 peregrinos representando as 10 províncias dos Estados Unidos. “As Ilhas Maurício, para a nossa surpresa, estava querendo trazer 120 jovens, mas não haveria vagas e virão apenas 50. A Polônia, próxima sede do Magis, será representada por 30 pessoas”, enumera Pedro Risaffi, antigo aluno, formado em 2006, e assessor da direção do evento. “A questão financeira limita”, complementa. Pensando nisso, foi criada a campanha “Adote um peregrino”, que acontecerá entre 22 de abril e 3 de maio. Com intuito de ajudar os jovens mais carentes, principalmente da África, Asia e América Central, a participarem do evento e, depois, propagarem o aprendizado em suas comunidades, serão aceitas doações, que podem ser individuais ou até mesmo em grupo. E não há valores mínimos para as contribuições (veja orientações na página ao lado). As inscrições variam conforme os países, sendo a mais cara de R$ 500 e a mais barata de R$ 100. “A maior parte da conta é da Companhia de Jesus, que arcará com todos os deslocamentos. O valor médio da inscrição é de R$ 350”,

8

Na Espanha, pela primeira vez o Brasil teve uma delegação oficial em um Magis. Desta vez, a participação de brasileiros será bem grande, tanto em participantes como em voluntários


Padre Adilson, Pedro Risaffi e Victor Vilas Boas, da organização do Magis, seguram a bandeira do evento. Ao fundo, enquadrada, a bandeira da última edição, em Madri NA FOTO DA CAPA: Padre Adilson, Pedro Risaffi e Victor Vilas Boas, em frente ao painel feito na casa onde está instalada a organização do Magis

causa!

oS

çã

rção Sociocultura l

Ecologia

Salvador, BA

I n se

Rio de Janeiro, RJ

d

e

Ar

te

it Espir

i da ual

O que é o

Muitos peregrinos não têm condições de arcar com as despesas e precisam de ajuda. Sua contribuição pode ser de qualquer valor.

E QUANTO CUSTA A INSCRIÇÃO DE UM PEREGRINO?

R$500,00 R$250,00

100% DA 50% DA INSCRIÇÃO INSCRIÇÃO

R$100,00

o

ã Aç

Pere gri na

l ocia

deliciosas!

20% DA INSCRIÇÃO

ou QUALQUER OUTRO VALOR

DADOS BANCÁRIOS* Favorecido: Companhia de Jesus - Jesuítas CNPJ: 33.544.362/0001-00 Banco: Itaú (341) *os depósitos Agência: 3170 devem ser identificados Conta Corrente: 03097-1

abril 2013

esta

Obras de arte

(21) 9609-8933

crisbrasilbolos@gmail.com |

Adote

Todo este trabalho tem como objetivo formar agentes de transformação. “Só vem para cá quem já possui uma ligação com os jesuítas. Ou seja, já existe um trabalho sendo feito. Nós da organização não temos como acompanhar os desdobramentos do Magis por todo o mundo, mas sabemos que os coordenadores de grupo, que em 90% dos casos BRASIL são jesuítas, estão preparados para propagar a experiência. O amadurecimento Companhia de proporciona uma ex-muda do Aperegrino é Jesus visível. Este jovem periência humanizadora para mais de 2.000 joapós passar pela experiência missionávens do mundo inteiro: o Magis Brasil 2013. ria”, afirma padre Adilson, reafirmando O MAGIS é uma experiência espiritual, cultuaral, importância trabalhodecom jovens pastoral, socialdo e missionária jovensosque cultivam a espiritualidade inaciana. É realizada pela Companhia de Jesus. “Incentivamos nos dias que antecedem as Jornadas Mundiais Juventude (JMJ) dos e, em encontros julho de 2013, e aconteadamanutenção a formacerá no Brasil. ção de redes”.

/crisbrasilbolos

Rua General Glicério 445 - loja A

|

explica padre Adilson. A organização estima que gastará aproximadamente R$ 1 mil por peregrino. Apesar do escritório central do Magis estar no Rio de Janeiro, há representantes espalhados pelo Brasil, além de uma empresa de turismo contratada para ajudar com os deslocamentos dos peregrinos por todo o país. “São seis equipes de trabalho: logística; experiência e voluntariado; comunicação; metodologia; relações internacionais e captação de recursos”, explica Risaffi. São 150 pessoas trabalhando na organização, sob a coordenação de 18 membros da chamada equipe central. “Além da agência de viagem, há uma empresa para fornecer a alimentação, pois a distribuição será feita por voluntários”, conta.

9


nova província

Unidade e renovação

Companhia de Jesus prepara nova organização para o Brasil com objetivo de ganhar agilidade em suas ações

|

|

abril 2013

A

10

organização geográfica da Companhia de Jesus no Brasil está passando por um processo de mudança. A principal será posta em prática no início de 2015, quando o Brasil deixará de ser dividido em três províncias e uma região (veja mapa da página ao lado) para ganhar “uma nova e única província”, como a própria Companhia de Jesus vem definindo. “Não é apenas uma junção do que já existe. A ideia é criar algo novo, inovar apostolicamente”, explica padre Luiz Fernando Klein, ex-reitor do Colégio Santo Inácio e atual sócio do provincialado brasileiro – “corresponderia a um chefe de gabinete do provincial do Brasil, que é o padre Palácio”, traduz. Os termos são um tanto técnicos e podem ser difíceis para quem está vendo de fora, mas o que querem os jesuítas é exatamente simplificar. “Na 35ª Congregação Geral dos Jesuítas, realizada em Roma, os 220 participantes, que representavam os quase 18 mil membros da Companhia de Jesus espalhados pelo mundo, já deliberaram pela revisão das estruturas de governo e apostólicas”, explica Klein. A decisão será responsável por uma economia de escala e por uma maior agilidade apostólica e administrativa, garante. “Com a nova província podemos enxugar alguns setores e nos organizar melhor para outras atividades. Um bom exemplo foi a recente situação na Amazônia, com a chegada dos haitianos. Após o terremoto, muitos vieram para o Brasil e precisaram de assistência. Os jesuítas se organizaram para ajudar, mas esta ação poderia ser mais efetiva se já tivéssemos uma nova província”, acredita Klein.

Em sua mesa de trabalho, na sede do Provincialado do Brasil, em Botafogo, padre Klein fala sobre o projeto de uma nova província e mostra mapa com a divisão do país em sete Plataformas Apostólicas

A repercussão causada pelo primeiro jesuíta a ocupar o cargo de papa, já serve de exemplo do que se pretende fazer com a criação da nova província. “Temos um ótimo escritório de comunicação na província Centro-Leste, que fica em São Paulo. Centralizamos as solicitações de entrevistas de todo o Brasil e os profissionais foram orientando os re-

presentantes locais. Deu muito certo. Já vejo isto como um trabalho desta nova província”, contou. As mudanças não são apenas uma realidade brasileira. Os Estados Unidos, que é dividido em 10 regiões administrativas, ou províncias, já está passando pelo processo de unificação. “O mesmo acontece com a Espanha, que unirá suas quatro


províncias, com a Holanda e com a Bélgica, por exemplo. Além disso, Argentina e Uruguai já estão juntos”, enumera Klein. Segundo ele, os jesuítas não estão preocupados com ocupar territorialmente todo o país, mas por uma questão de gestão, o Brasil deverá ter, além de um provincial, que será escolhido pelo padre geral, em Roma, após o envio de uma lista tríplice, sete superiores, que voltarão suas atenções para as Plataformas Apostólicas que serão criadas no país. No ano que vem, os atuais provinciais e o sócio do provincialado (veja quadro) já terão que enviar a lista tríplice para a sede da Companhia de Jesus, na Itália. “Ainda estamos definindo o estatuto da nova província, portanto ainda não definimos se os superiores serão escolhidos pelo novo provincial ou por Roma”, explica Klein. Independentemente do sistema de escolha, a Companhia já está treinando seus futuros dirigentes. “Já estamos escolhendo aproximadamente 20 jesuítas para participarem do ´Programa de Lideranças Apostólicas´, que será iniciado em agosto e durará um ano”, anuncia. O curso, com três encontros presenciais (os dois primeiros já definidos para São

Leopoldo e Brasília), tem como objetivo fazer com que os padres se adaptem às mudanças de paradigma e aos novos desafios impostos pela nova realidade que está sendo criada. “Os pilares são o redimensionamento da vida e da missão dos jesuítas. Não é apenas mudar o tipo de trabalho, mas a maneira de viver” explica Klein. Uma das diferenças na nova estrutura será a prioridade para a “presença apostólica” em lugar da “obra apostólica”. Klein explica: “a obra requer uma estrutura mais pesada, com orçamentos maiores e administração mais complexa. A presença é mais leve e pode ser realizada através de parcerias com outras congregações e grupos de leigos. Por exemplo: uma de nossas prioridades é a formação de colaboradores e dos próprios jesuítas. Podemos formar grupos itinerantes que se deslocam até a nossa demanda, até mesmo em estados como Alagoas e Sergipe, onde não estamos presentes”, cita, antes de dar exemplos de ações como as desenvolvidas pela ASIA como presenças apostólicas. “Temos o projeto Imagem Solidária e os projetos educativos no Santa Marta”.

compro livros (21) 2215 3528 Av. Rio Branco, 185 Loja 10 - Centro livrariaberinjela@gmail.com

Compra e venda de livros e CDs usados

Atual organização no Brasil provincial do Brasil padre Alfonso Carlos Palacio secretário Executivo padre Luiz Fernando Klein

Superior da região Brasil Amazônica padre Adelson Araújo dos Santos

|

provincial da região Brasil Meridional padre Vicente Palotti Zorzo

|

provincial da região Brasil Nordeste padre Miguel de Oliveira Martins Filho

abril 2013 março 2012

provincial da região Brasil Centro-Leste padre Mieczyslaw Smyda

11


|

|

abril 2013

artigo

Word

12


rocks

Antiga aluna que mora na Califórnia escreve sobre projeto criado por seu filho, que também estudou no Santo Inácio

) reas (86 olina A om es com a Por Car .c gmail m tão feliz va s@ a ca fi re la s” ro ca do a peord rock m passan ma “w va a u b a h ca a n ti e qu . Ou caminho inspiração ra viagem o meio do uma futu rias. Eu vá m e , , e d te a o n ri verd luntá s. ra adia pedra. Na lavras d tamente vo a n p o i sp te e in e p vam-s mpre pes elas e s- torna ajavam se a colhi toda vi ir e sp u in q e s amiOs amigo ara que m migos de positivas p ntônio, ra levar. A a A p o r s a lh fi m fa u u m alg rendo ze ia. Me la e dia ngo do d ntato que o lo co sc o e a m a e d m m u se ego leram a ntrara ez anos, ch o gos e ssoas que d e sã P m s . ra co m d é o e b p satam entã se: “Estas ram para sua parte a hora dis sa, escreve n . Vamos re sa p ca im na mesm ss m a a e ria n ras. E im carem da- histó alhar ped ais para fi ci sp g e la le e e o p r it r a u ze m espalh mo fa mundo: m-se pelo nte delas e s) ber co o ra o a m m lh ra a m o u sp r m e e anfaze cks órnia, ond spanha, Fr as word ro iego, Calif ustrália, E A ” , a s. , e rr liz te de (San D la fe fr na, Á ica sil, Ing s mais as pessoa á, Argenti cks, Bra r d o a a R n ix a e rd d C o e , ra W p dia uo mbia ça, Tailân que nasce hina, Colô foi dado E foi assim Croácia, C e , m lia o á n It , O co 1. er. de Méxi ro de 201 ra de cresc esse jogo em outub ta não pa m lis o rta tem C A . . is m a a é palavr ce io tamb a “pe- m n e o tô u p n q A m r r te o p no momesmo Bonito ve caminho nifica ao u m g e se , si l” o s, a d a g a vr le rta. pala ncontr a palavra é pessoa ce mesmo e lavras” e “ chegar à o uma d ra si a p m o te dras de pa e , rt ue n ste nto ce e então tinho porq pre me n livre. Desd m e e o u S q çã í. u a d ca r a tr o fi o com vras po O coraçã e a conexã b s estas pala e a r h rc a n e o ri p d d e te ia is p do delic a gen cinco a se E isto é lin momento o carro de lgo maior. a m s. o co m levamos n a s, pass u a idéia essoa nio nasce r por onde eti- as p tô a n s lh a A a m u sp u e e s m pra o s posilamo demais. D as palavra pedras co st s o e a n r, d o s m m á e a tr tr A en re este s pessoas ente se ab e espalhar ra que a uando a g sabe, d q : m u e u co q fi , o o quetas pa e A liçã ideia sentid e i- tivas. tudo faz nheçam a rt r, a co p io , a m te m co si r b a o we am ado é iradas para um compartilh ntam insp a r si ir o e m se n a A m . m é a onito tamb os. Foi dest ca mais b m os outr r pelo fi a lh a ado. sp e lhar algo co ip u a se r mult lic as amo to começo je m ro va p a o tr n e qu que enco s pessoas mundo. A

|

abril 2013

N

|

As pessoas que aderem ao projeto mandam fotos de suas pedras, que vão para o site www.wordrocks.me. Na foto da direita Carolina e Antônio posam com algumas das criações. Veja a matéria da NBC sobre a iniciativa em bit.ly/wordrocks

13


retranca

O CSI e a Semana Santa

Colégio organiza uma série de atividades para celebrar este período, entre eles estão a Semana Santa Jovem I e II e o Lucernário

|

|

abril 2013

O 14

período da Semana Santa é um momento especial para reflexões e meditações. Pensando na formação integral do ser humano, o Colégio Santo Inácio realiza desde 1985, ao lado de outras seis escolas que fazem parte da província Centro-Leste da Companhia de Jesus, a Semana Santa Jovem. Os estudantes se reúnem em Itaici, que fica em Indaiatuba, São Paulo, para viverem a liturgia da Semana

Santa, mas com uma linguagem diferente, voltada ao público jovem. “Usamos muita música e teatro, mas também há muito espaço para reflexões, tanto pessoais como em grupo”, explica José Henrique Sasek, assessor da Formação Cristã do colégio. Cada uma das escolas leva 33 alunos –sempre a partir do 1º ano do Ensino Médio – para participarem das atividades, que são orientadas por educadores e por anti-

gos alunos que já tenham participado das semanas santas jovens I e II. “A segunda é parecida com a primeira, porém com maior profundidade. É realizada na Vila Santa Fé, em São Paulo. Desta vez os grupos são menores, de 20 alunos. Este ano, por exemplo, foram 126 alunos dos sete colégios da província, incluindo o pessoal do curso noturno do Santo Inácio e do Colégio São Luis, de São Paulo”, explica Ana Lúcia de Oliveira Vieira,


O nome “Lucernário” faz alusão às luzes que se acendem ao findar o dia. Os fiéis se reuniam nas igrejas para juntos fazerem a oração da noite do povo de Deus. Agradeciam, então, os benefícios recebidos durante o dia, suplicando a proteção de Deus durante a noite que se iniciava. A luz simboliza o Cristo ressuscitado, que livra o homem do mal. “É uma experiência cristã marcante em que reunimos, de fato, nossa Comunidade Educativa - alunos, famílias, professores e funcionários do CSI. Todos com um só objetivo: entrar em comunhão com a Luz do Cristo, que regenera, fortalece e anima a nossa vida.”, disse a diretora de Formação Cristã do CSI, Vera Porto.

Tel: 4141-8460

abril 2013 março 2012

Aulas particulares para o Ensino Médio e Fundamental II. Todas as disciplinas. Aulas individuais em local próprio e climatizado. Pacotes de aulas promocionais. Professores especializados nos melhores colégios. Endereço:   I. I l o Rua São Clemente, 265, sala 204 ­ Botafogo ­ Rio de Janeiro ta ir n e e www.vetoraulasparticulares.com 15 an 15 m J   a ||

    

que além da organização do evento, o colégio ainda se preocupa com a formação dos educadores jovens - como são chamados os antigos alunos que participam da Semana Santa para ajudar. “Eles passam um final de semana em Corrêas se preparando”, diz. Uma semana depois da Semana Santa, é o momento do colégio abrir suas portas para a realização do Lucernário. Sempre no sábado seguinte, cerca de mil pessoas, entre alunos, professores e famíliares que fazem parte da comunidade inaciana, ocupam o pátio central da escola para celebrar a vitória da luz sobre as trevas. A cerimônia, iluminada por velas que se acendem a partir do Círio Pascal, conta com a participação de alunos, do Grupo Musical Inaciano e de colaboradores do Colégio.

||

da Formação Cristã e responsável pela organização. Segundo ela, 90% dos participantes estiveram em Itaici. “A primeira não é pré-requisito, pois as pessoas que fazem trabalho comunitário e de fé podem ir, mas a maior parte do grupo é de alunos”, conta. As inscrições são abertas para todos os alunos do ensino médio, e muitas vezes há mais candidatos que vagas. “Já fizemos sorteio, entrevistas, consultas aos coordenadores. Enfim, não temos como extrapolar o limite. Mas é muito importante estarmos atentos ao perfil dos alunos. Mesmo atentos ao perfil jovem, há celebrações longas que que exigem uma postura de silêncio. O participante tem que saber que passará por estas vivências”, explica Sasek. Ele lembra


antigo aluno

O Santo Inácio de ontem Nem melhor, nem pior. Os tempos é que mudaram!

Vamos para a década de 40, cursando então o “ginasial” por 4 anos. Não havia meninas para paquerar. O colégio era só frequentado por meninos. Uniforme cáqui com dolma e quepe. Incômodo nos dias de calor. Uniforme branco aos domingos, muito elegante, para assistir à missa que era obrigatória.

Aos sábados havia chamada para as confisões na igreja. Sempre de joelhos no tradicional confessionário.

Havia aulas aos sábados. O dia de folga era na quarta-feira. Na terça-feira à noite havia sessão de cinema para os interessados, sempre no amplo auditório com capacidade para 500 pessoas.

Havia professores padres. Lecionavam português, latim, física e matemática. Havia um padre “prefeito de disciplina”. Infratores ficavam “presos” por 1 hora após o término das aulas.

Cada aluno possuía uma caderneta onde mensalmente eram publicadas as notas e sua classificação na classe. Os primeiros colocados ganhavam diplomas e medalhas em comemorações festivas no meio e no final de ano.

Os alunos eram estimulados a revelar suas aptidões literárias na revista “Vitória”, editada pelo colégio.

Vamos refletir agora.

|

|

abril 2013

O que melhorou ou piorou no decorrer dos tempos?

16

Fernando A. Genschow (47)


Encontro com o Papa Superior Geral da Companhia de Jesus relata encontro com Papa Francisco. Conversa aconteceu na Casa Santa Marta, no último dia 17 de março

O

Papa Francisco recebeu no 17 de março, o Superior Geral da Companhia de Jesus, padre Adolfo Nicolás. Segundo uma nota da sala de imprensa, a audiência entre os dois jesuítas se realizou na Casa Santa Marta. Logo após a eleição do novo pon-

tífice, o Pe. Nicolás divulgou uma declaração, em que escreve que a escolha de Francisco “abre para a Igreja uma etapa repleta de esperança”. Em seguida o Superior Geral divulgou nota oficial sobre o encontro com o Papa Francisco, que segue na íntegra abaixo.

“Estive na Casa de Santa Marta, onde viveram os cardeais presentes no conclave. O próprio Papa estava na porta e me cumprimentou com um abraço, como os que costumamos cumprimentar os jesuítas. Mediante pedido, tirei algumas fotos, e antes das minhas desculpas por não me encaixar no protocolo, insistiu que eu o tratasse como qualquer outro jesuíta, chamando-o por você. Eu ofereci todos os recursos disponíveis da Companhia, e disse que em sua nova posição vai estar na necessidade de indivíduos, grupos e reflexões, etc. Ele ficou grato por minha oferta e quando eu o convidei para vir e comer com a gente na Cúria disse que iria, definitivamente. Houve harmonia completa no modo como nos sentimos sobre uma variedade de tópicos que abordamos na conversa e eu estava convencido de que vamos trabalhar bem juntos no serviço da Igreja e em nome do Evangelho. Houve um entendimento mútuo com a paz e humor falando sobre o passado, presente e futuro. Saí da Casa de Santa Marta convencido de que o Papa vai ser feliz com a nossa colaboração no serviço da vinha do Senhor. No final, me ajudou a colocar o casaco e me acompanhou até a porta. Um abraço jesuíta, de novo, como uma forma natural de receber e despedir de uma figura tão importante, mas um amigo.” fonte: Portal dos Jesuítas (www.jesuitasbrasil.com)


lançamento

Espiritualidade inaciana A editora sextante está lançando o livro “A Sabedoria dos jesuítas para (quase) tudo”, do padre jesuíta James Martin. Nas 306 páginas da obra, o autor aborda uma série de temas, analisados sempre pela espiritualidade inaciana, entre eles: fazer boas escolhas, encontrar uma ocupação relevante, ser um bom amigo, viver com simplicidade, pensar sobre o sofrimento, aprofundar a oração, se esforçar para ser uma pessoa melhor e aprender a amar. Martin ainda promete apresentar “algumas maneiras claras e simples de incorporar a espiritualidade inaciana à sua vida cotidiana”. O autor, no entanto, tem a preocupação de escrever para um público bastante amplo: “Você não precisa ser católico, cristão, religioso nem espiritualizado para se beneficiar de alguns dos insights de Santo Inácio de Loyola. Mas não se preocupe se não se sentir perto de Deus neste momento. Nem se nunca se sentiu. Ou se tem dúvida da Sua existência. Ou mesmo se está razoavelmente convencido de que Deus não existe. Continue lendo. Deus cuidará do resto”.

Leia um trecho do livro em http://bit.ly/sabedoriajesuitas Aponte o leitor de QR Code de seu celular e acesse o conteúdo de onde você estiver

|

|

abril 2013

306 páginas 16 x 23 cm Brochura R$ 29,90

18

(preço sugerido pela editora)

Sobre o autor O reverendo James Martin é padre jesuíta, editor de cultura da revista America e autor de vários livros. Atua como comentarista na mídia americana e internacional, com participação em programas e reportagens de diversos veículos da grande imprensa, entre eles o The New York Times, o Wall Street Journal e a BBC. Antes de entrar para a Companhia de Jesus, em 1988, formou-se em administração pela Wharton School of Business e trabalhou na General Electrics.


E se tudo

pudesse

|

|

abril 2013

ser mais?

19


Com apenas

400 sócios: projeto Imagem solidária atendimento ambulatório creche no Santa Marta pré-escola reforço escolar confecção de enxovais

Junte-se a nós e ajude a construir muito mais Não é preciso ser antigo aluno do Santo Inácio para ajudar a manter esses projetos e melhorar o atendimento

|

abril 2013

+ |

www.asiarj.org.br 20

Associação dos Antigos Alunos dos Padres Jesuítas - RJ Rua São Clemente, 216 - Botafogo Rio de Janeiro - RJ Tel: (21) 2527-3502 contato@asiarj.org.br

Revista Sino - abril/2013  

Revista dos antigos alunos do Santo Inácio, edição de abril de 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you