Issuu on Google+

Revista Ser Mais - Ano I - Edição 07

O Segredo para vencer na crise

www.revistasermais.com.br

11/9/2009 18:25:37

SerMais_edicao07_02.indd 3


3

a sua revista de inteligĂŞncia e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 3

11/9/2009 18:25:37


índice + eção + saúde 16 S Alimente-se bem e viva melhor

Conheça os alimentos que fazem bem à saúde por Dr. Maximo Assinelli

CAPA

24

O Segredo para Vencer na crise

4

Aprenda a enfrentar períodos turbulentos com a Lei da Atração

A revista SER MAIS é uma publicação mensal. Ano I - Edição 07 Presidente do conselho editorial: Dr. Jô Furlan Redatora-chefe: Julyana Rosa Direção de arte: Marcos Rybeznski Serviço ao Assinante tels. 11 2659 0964 e 11 2659 0968 Internet: assinaturas@revistasermais.com.br Fale c/ a redação: Cartas para rua das Crisandálias nº 52-A, Brooklin- São Paulo. CEP 04704- 020 e-mail: redacao@revistasermais.com.br Importante: As cartas com opiniões e críticas dos leitores devem vir assinadas, c/ nome e endereço completos, telefone e e-mail. SER MAIS reserva-se o direito de seleciona-las e resumi-las para publicação. Edições anteriores: Faça seu pedido por carta, fax, telefone ou e-mail, utilizando as informações acima. Será atendido desde que haja disponibilidade de estoque. Anuncie na SER MAIS: Entre em contato por e-mail: publicidade@revistasermais.com.br ou tel: 11 2691 6706 Representante comercial - Região Sul: Beth Meger 41 7812-2898 Rua Candido de Abreu, 140 5. andar /cj. 509 Cep 80530-901 - Curitiba - Paraná SER MAIS é a revista oficial da ABDCOM - Associação Brasileira de Desenvolvimento Comportamental Distribuição Exclusiva Fernando Chinaglia Comercial e Distribuidora S/A.

www.revistasermais.com.br

SerMais_edicao07_02.indd 4

11/9/2009 18:25:42


Mulheres no mercado:

como conciliar trabalho e família

Leia as dicas da especialista do IESE Business School para uma vida mais equilibrada

31

Quero mudar de profissão, e agora?

39

Conheça as histórias de pessoas que mudaram de área e abriram com sucesso outras portas no mercado

Tire o máximo de proveito do computador sem gastar dinheiro

Encontre tudo o que é preciso para a máquina do trabalho ou de uso pessoal na Internet - por Rafael Vinicius Videiro Rosa

5

57

para SER MAIS carta ao leitor- 06 O sucesso é cego por Leila Navarro – 08 jogo rápido com Waldez Ludwig – 10 um toque para ser mais por Reinaldo Rizk – 11 Fonte de maturidade para jovens líderes por Lúcia Moreno – 12 no alvo - 14 PNL para ser mais por Fernando Dalgalarrondo – 17 Diversidade, a essência das equipes rumo ao topo por Carlos Cruz – 18 Stress diminui a produtividade do profissional por Christian Barbosa – 20 jogo rápido com Ary Handler – 22 mais gestão & motivação por Gilclér Regina – 23 seRHumano no alvo rh – 32 inteligência em vendas por Marcelo Ortega – 34 Liderança assertiva é questão de sobrevivência por Vera Martins - 36 Gaudencio Responde- 38 invista + em você – 45 ser mais otimista por Ômar Souki – 46 divirta-se + - 48 ser tech no alvo tech – 50 O mundo como “o vejo” por Tina Andrade – 52 + humor – 56 ser mais inteligente por Dr. Jô Furlan - 60 com a palavra por Reinaldo Polito - 62

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 5

11/9/2009 18:25:44


+

6

Ser Mais você

carta ao leitor

por Julyana Rosa

Caro leitor,

C

hegamos ao segundo semestre do ano, mesmo com a crise e a gripe suína, mais fortes do que nunca. Muito especulou-se sobre a economia e as condições do País por causa da iminente doença, pandemia. O que não disseram em meio ao estardalhaço é como os brasileiros podem, sozinhos, melhorar e até mudar de vida, por vontade própria. Quem nunca se pegou reclamando sobre a falta de dinheiro no final do mês, ou que a

vida pessoal, sentimental não vai bem? Dá para mudar e é preciso ter coragem. Nesta edição, você encontrá relatos de pessoas que mudaram completamente de profissão para fazer aquilo que realmente as motivava no momento e alcançaram o sucesso. Também verá uma matéria inédita sobre como a Lei da Atração pode ajudálo a vencer períodos difíceis, seja a crise interna ou externa. Viajará pelos princípíos da “Lei da Atração” para aprender os fundamentos dos importantes passos que o farão ver o tamanho da responsabilidade de cada um no próprio destino. Na seção Jogo Rápido, que este mês volta com força total, leia a entrevista com Waldez Ludwig, o guru da inovação, sobre o atual cenário da inovação nas empresas, e o texto com o coach Ary Handler, que mudou de área pela vontade em ajudar executivos e empresários a vencer em seus negócios e carreira. Indico também a leitura dos textos da seção de tecnologia, com dicas para tirar o máximo de proveito do computador sem gastar dinheiro e da matéria assinada pela jornalista Tina Andrade sobre Geotagging.

Se você tem dúvidas sobre carreira, negócios e gestão, aproveite e mande suas questões para o e-mail da redação (redacao@ revistasermais.com.br) que um de nossos especialistas poderá ajudá-lo. Além da revista, ainda há conteúdos diferentes dos publicados aqui, no site (www.revistasermais.com.br), separados especialmente para o seu desenvolvimento. Confira os podcasts de Leila Navarro, Reinaldo Polito, Marcelo Ortega e fique plugado na Ser Mais, mesmo quando não estiver com a revista. Todos os dias há um arquivo novo no podcast. E na home, duas vezes por semana, verá novos artigos de renomados consultores que não estão na revista impressa. A dica foi dada e fico por aqui. Desejo a você não só uma boa leitura, mas que possa aproveitar e aplicar o conteúdo desta edição e do site da Ser Mais em sua vida! Um bom mês e sucesso!

Julyana Rosa é redatora-chefe da revista Ser Mais julyana@revistasermais.com.br

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 6

11/9/2009 18:25:48


7

a sua revista de inteligĂŞncia e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 7

11/9/2009 18:25:48


+

8

Ser Mais profissional

para ser mais

por Leila Navarro

O sucesso é cego

Q

uando uma pessoa está perdidamente apaixonada, só tem olhos para o amor, só enxerga as qualidades e virtudes do ser amado, é tudo lindo e maravilhoso. Não é capaz de perceber fraquezas, defeitos, nem contradições de seu adorado, pois, como diz o ditado, “O amor é cego”. O sucesso também é cego, sabia? É natural que, quando a carreira

deslancha e tudo dá certo, um sentimento de empolgação tome conta de nós. O problema é que podemos ficar cada vez mais focados em nossos objetivos e motivados para novas conquistas. Passamos a só ter olhos para o sucesso e deixamos de enxergar coisas importantes na vida. Deixamos de enxergar os outros, por exemplo. O sucesso pode nos dar a (falsa) ideia de que somos autosuficientes, poderosos,

capazes de fazer tudo sozinhos: logo, não precisamos de conselhos, sugestões, opiniões e muito menos ajuda dos outros... Mesmo que não tenhamos a intenção de parecer arrogantes ou donos da verdade, podemos acabar repelindo aqueles que trabalham conosco, pois não lhe damos espaço. Estamos sujeitos também ao afastamento dos amigos e de pessoas da família, o que não é raro acontecer com quem persegue

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 8

11/9/2009 18:26:22


“O sucesso pode nos dar a (falsa) ideia de que somos autosuficientes, poderosos, capazes de fazer tudo sozinhos.” com uma amiga. Funcionária de um banco há muitos anos, havia chegado a um cargo gerencial e estava tendo muito sucesso. Um belo dia o banco foi comprado, sofreu uma reestruturação e minha amiga foi transferida para um setor menos importante. Havia algo estranho no ar, mas ela não percebia nada de anormal: afinal, era uma profissional bem-sucedida e não tinha com o que se preocupar. Meses depois foi transferida de novo, e para um setor ainda menos importante. A família e os amigos mais chegados tentaram alertá-la de que algo drástico estava por vir, mas ela, muito autoconfiante, não deu atenção. Semanas depois, foi demitida, e só então “caiu a ficha”: estava recebendo claros sinais de que sua bem-sucedida carreira na empresa estava no fim, mas não percebia isso. É a tal história: o sucesso reforça nossa autoconfiança, o que é ótimo, mas torna-se perigoso quando nos faz incapazes de enxergar os alertas que os outros nos dão. Pior ainda é quando nos tornamos incapazes de enxergar nós mesmos. O sucesso nos faz ter olhos para o que queremos, mas desvia a atenção daquilo que sentimos. A mente pede descanso, o corpo padece, o relacionamento afetivo balança, os amigos se afastam... E a gente faz de conta que nada está acontecendo. Houve uma época em que eu estava

tão centrada em minha carreira de palestrante que nem percebia quando ficava doente. Lembrome da vez em que fiz um check-up completíssimo e levei os resultados para a minha médica ortomolecular. Pela expressão que ela fazia enquanto lia os exames, parecia que minha saúde não andava lá muito bem. A certa altura, perguntou se eu não sentida dores nas juntas, pois havia indícios de que estava com artrose. Respondi: “Imagine se eu tenho tempo para sentir dor!”. Hoje, imagino se, em vez de artrose, fosse uma doença mais séria. Pois é, ignoramos até as nossas dores e desconfortos, pois achamos que as coisas têm mesmo que ser assim - é o preço que pagamos pelo sucesso. Continuamos centrados no objetivo de “chegar lá” e “manterse lá”, até o dia em que a casa cai, ficamos doentes ou temos uma crise na vida pessoal. Então, enfrentamos aquilo que tentávamos ignorar. Por tudo isso, fique atento: o sucesso é cego, e aliás, surdo também. É maravilhoso que ele aconteça, desde que não seja às custas de outras coisas importantes na vida.

9

o sucesso e acaba deixando a vida pessoal para segundo plano. Eu diria inclusive que a obsessão pelo sucesso pode fazer com que a gente “desaprenda” a se relacionar. Foi o que se passou comigo há alguns anos. Divorciada, com filhos crescidos e profissionalmente realizada, eu me achava plena e bem-resolvida. Não sentia a menor falta de um relacionamento amoroso nem estava à procura de um, até que conheci um homem especial e me interessei por ele. No início, relutei em admitir que estava apaixonada, como se mulher poderosa e bemsucedida não precisasse “dessas coisas”. Mas, finalmente, assumi meu sentimento. Parti para a conquista amorosa com a assertividade, a objetividade e o “foco no resultado” de quem persegue o sucesso na carreira profissional. Deu tudo errado, é claro! Eu vivia numa espécie de piloto automático, num padrão de reações e atitudes que funcionavam no trabalho, mas não num relacionamento amoroso. Sem perceber, havia me tornado uma pessoa calculista, cheia de expectativas, tão focada em meus objetivos que não fui capaz de ter uma troca verdadeira e enriquecedora com o homem por quem me apaixonei. Quis conquistálo, mas o que fiz mesmo foi afastá-lo. Muitas vezes, deixamos também de enxergar a realidade, pois ela não é só o que vemos: é também aquilo que os outros nos mostram. Um típico exemplo disso se passou

Leila Navarro

é palestrante comportamental, empresária e autora.

E-mail: atendimento@leilanavarro.com.br

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 9

11/9/2009 18:26:32


+

jogo rápido

com Waldez Ludwig

O guru da inovação por Julyana Rosa

E

10

m pouco mais de 15 anos entre palestras e treinamentos, Waldez Ludwig falou sobre qualidade, Recursos Humanos e Gestão em Inovação para mais de 70 mil pessoas ao vivo. Sua especialidade, apesar de ter começado a trabalhar com as máquinas, é falar sobre e para pessoas. E, para você, falou sobre Inovação, o que é propício para o seu densenvolvimento e a bloqueia.“Se não há criatividade, há tampouco inovação. A maioria das pessoas está bloqueada porque não foi estimulada a ser criativa, não houve espaço desde o começo de sua educação”, explica. Para ele, existem ambientes favoráveis e também que não propiciam a criatividade, quanto maior a formalidade deles, maior o bloqueio. E ser menos formal, não pense que é não ter normas. No ambiente repleto delas, segundo o consultor dá para ser muito criativo. Outro ponto é trabalhar com o que se gosta. Para ele, não dá para inovar, nem ser criativo trabalhando por obrigação. Alcançar o sucesso pode parece ser mais fácil quando existem boas ideias, criatividade e a inovação, mas de acordo com Waldez, somente isso não o fará ser notado na empresa ou levar o seu negócio adiante, é necessário obstinação e “trabalhar como um alucinado, 24 horas por dia”. Para ver a entrevista na íntegra acesse o site da Ser Mais: www.revistasermais.com.br

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 10

11/9/2009 18:26:47


Tudo Tem a ver com Tudo

V

da cadeira e sim no meu corpo. Pronto Socorro e o resultado: 7 dias com anti-inflamatórios e razoável dor. Antes de mais nada, claro, burrice total, mas porque agi assim? Por que não movimentei a cadeira para o lado, por que não me levantei? O fato é que aconteceu porque “Tudo tem a ver com tudo”. O fato reflete meu estado de espírito atual de fazer muitas atividades diferentes ao mesmo tempo. Por que você se esquece das coisas?Por que as perde? Por que se acidenta tanto? Por que as coisas não dão certo? Por que pessoas complicadas, enroladas ou estranhas te rondam? Pense em sua estrutura mental: o que tem pensado, quais são suas intenções ao se aproximar das pessoas,o que realmente deseja? Lembre-se que você está colhendo os resultados do seu jeito de ser e quase nada ou nada tem a ver com os outros. Os outros estão lá porque fazem parte do seu ser, da sua estrutura, das suas necessidades e sempre serão uma benção, porque “Tudo tem a ver com tudo”. E quando aquilo deixar de acontecer em sua vida é porque “Tudo tem a ver com tudo”.

11

irou um clichê a expressão “Uma borboleta que bate sua asa na Ásia interfere aqui no outro Continente”. Talvez por existir um natural exagero, as pessoas perdem a oportunidade de refletirem sobre este mesmo efeito, considerando a sua própria vida. Apresento, então, uma nova frase: “ Tudo o que acontece com você tem a ver com você”. Para que tudo aquilo que aconteça contigo faça sentido, tenha lógica, é necessário que haja uma ideia que a sustente. Consideremos que o seu jeito de ser, suas crenças, sua forma de reagir aos fatos, teus pensamentos, tuas emoções, enfim, o que é hoje, te faz estar com quem está e onde está também, bem como é o resultado dos acontecimentos. Fica mais fácil avaliar uma situação em que uma pessoa resolve se envolver com um traficante e toma um tiro e ainda vai para a prisão. Nós não falaríamos, puxa que azar o dele, porque fica fácil enxergar a lógica. Ao contrário, falaríamos: eu não te falei? Mas quero ir mais longe: teu jeito de ser está te colocando frente aos fatos que estão acontecendo com você. É assim quando se envolve num acidente, quando está diante de situações de risco, quando se envolve sempre com determinados problemas. Quer um resultado diferente, seja diferente! Eu nunca quebrei nenhum osso em minha vida, mesmo tendo muitas atividades esportivas, mas porque será que fiz uma contratura muscular na minha costela sozinho estes dias? Estava sentado no meu escritório e me estiquei para colocar um carregador de pilha na tomada. Minha cadeira tem braço e como eu quase alcançava fui me esticando mais um pouquinho e de pouquinho em pouquinho escutei um enorme “trek”, que não foi

+

por Reinaldo Rizk

Ser Mais antenado

um toque para ser mais

Reinaldo Rizk

é sócio fundador da Toque de Areia, engenheiro civil, Máster Practitioner em PNL pela Actius, pós-graduado em Psicossomática pela IBEHE. Site: www.toquedeareia.com.br E-mail: rizk@toquedeareia.com.br

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 11

11/9/2009 18:26:52


+

para ser mais

por Lテコcia Moreno

12

Ser Mais atento

FONTE DE MATURIDADE PARA JOVENS Lテ好ERES

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 12

11/9/2009 18:27:35


N

independente da idade) tenha autocrítica suficiente para repensar suas motivações para estar naquela posição e reflita claramente o que espera de si mesmo nas várias áreas da sua vida. Outra saída, de grande eficácia, é contar com a experiência do profissional que já vivenciou anos de carreira e de situações adversas, sendo essa uma valiosa qualidade para ser explorada. Neste contexto, uma forma muito eficiente e cada vez mais procurada pelas companhias para suprir a capacitação técnica, que vai muito além das fronteiras universitárias, é o uso de ferramentas que auxiliam o executivo no desenvolvimento de suas competências, contribuindo para maximizar resultados com base na otimização de seus próprios recursos técnicos e emocionais. Uma das mais eficientes é o coaching, sessões de aperfeiçoamento de competências com a ajuda de um especialista, contribui para o amadurecimento profissional e pessoal do líder. Por meio desse processo de autoanálise, ele poderá adquirir mais conhecimento em relação a suas atitudes e potenciais como a autoconfiança, flexibilidade, empatia, persuasão e clareza nas decisões, além de compreender melhor o perfil de sua equipe, elaborando estratégias de gestão mais eficientes e assertivas. A atitude de buscar um equilíbrio e crescimento emocional compatível com sua posição

deve ser tomada como forma de fortalecimento preventivo contra novos e constantes desafios que o cargo lhe apresenta. O Líder preocupado em se preparar e, consequentemente, ajudar as pessoas de seu grupo com habilidades ser-lhe-ão necessárias no dia-a-dia do negócio certamente enfrentará crises com mais facilidade e desenvoltura. E o mais importante, poderá tirar proveito das oportunidades que surgirem, não importa a idade. Ao final do processo, temos não somente um líder de alta performance como o desenvolvimento de toda a equipe.

13

o duelo entre experiência e inovação, os jovens executivos vêm ganhando espaço dentro das corporações brasileiras na hora de assumir cargos de liderança, missão antes confiada preferencialmente a profissionais com mais anos de carreira. Hoje é muito comum encontrar altos executivos na casa dos 30 liderando equipes compostas por pessoas muito mais velhas. Somente no segmento financeiro, por exemplo, mais de 75% dos profissionais com até 35 anos exercem cargos de diretoria e gerência no Brasil. Pesquisas apontam também que 20% dos novos negócios surgidos no País provêm de jovens entre 18 e 24 anos. Entretanto, entusiasmo, flexibilidade e atualização que são características muito valorizadas pelos gestores na hora de contratar os jovens talentos, não são suficientes para garantir o sucesso de um negócio. O peso da inexperiência no mundo corporativo pode ser fatal. Hoje, com uma maior difusão de informações e do autoconhecimento, os melhores profissionais não são somente aqueles que colocam em prática suas habilidades técnicas, mas que sabem trabalhar suas habilidades comportamentais e difundi-las a seu time. Esta maturidade é fundamental para que o líder prodígio saiba administrar conflitos e resolver problemas mais complexos. Neste momento, é essencial que o jovem líder (e isso vale para todos,

Lúcia Moreno

Executiva da Fellipelli Instrumentos de Diagnóstico e Desenvolvimento Organizacional, atua na área de coaching e desenvolvimento de lideranças. Especializada em psicanálise, PNL e Gestão Estratégica de Pessoas. Site: www.fellipelli.com.br.

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 13

11/9/2009 18:28:19


+

no alvo Licença maternidade

Foi ampliada de quatro para seis meses o período de licença-maternidade para as funcionárias do Banco Nossa Caixa. O benefício já se aplica às 40 funcionárias atualmente licenciadas. De 14, 4 mil empregados do banco, pouco mais de 7, 8 mil são mulheres. A iniciativa está amparada na Lei de nº 11.770, que em setembro do ano passado instituiu a possibilidade da extensão do prazo de licença-maternidade. Fonte: assessoria de imprensa do Nossa Caixa.

Hábitos saudáveis

A Drogaria São Paulo, rede de drogarias que possui 240 lojas em São Paulo, investe na qualidade de vida de seus funcionários. Nas lojas em que há espaço para terra e luz natural, incentiva o plantio de verduras, legumes e temperos em pequenas hortas instaladas nos fundos. Os colaboradores interessados das unidades, que possuem espaço, recebem apoio para cultivar hortas, com recurso para ferramentas, terra, adubo orgânico, mudas e sementes. Toda a manutenção é feita pelos empregados, do cultivo à colheita. Os alimentos cultivados podem ser consumidos por quem os plantou ou levados para casa e compartilhados com a família e amigos.

14

Manual do trabalhador

A Secretaria Municipal de Trabalho de São Paulo acaba de lançar o “Manual do Trabalhador” com dicas para os que buscam oportunidades no mercado. O manual foi desenvolvido por especialistas para ajudar candidatos com pequenas dúvidas sobre como, por exemplo, conseguir uma vaga. O guia é em formato de bolso, traz orientações para o trabalho e exercícios para o autoconhecimento. O manual apresenta, também, e de maneira sucinta, alguns dos programas desenvolvidos pela Secretaria do Trabalho, como o CAT - Centro de Apoio ao Trabalho. O “Manual do Trabalhador” é gratuito e pode ser retirado em um dos CATs. Fonte: assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Trabalho.

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 14

11/9/2009 18:28:22


Oportunidade

O site da Aliança Francesa de São Paulo, única instituição de ensino do idioma francês reconhecida pelo Ministério da Educação da França, possui um banco de empregos gratuito para profissionais que o dominam. Estagiários, trainees e até altos executivos encontram oportunidades no endereço www.aliancafrancesa.com.br/oportunidades. Para concorrer às vagas não é preciso ser aluno e o acesso é gratuito.

Mercado

Os executivos estão mais otimistas em relação ao cenário econômico para o segundo semestre deste ano. A Right Management, consultoria especializada em gestão de carreira e outplacement, realizou uma pesquisa sobre as espectativas dos profissionais, durante evento de estratégias de gestão, e descobriu que a maioria (55,5%) dos participantes espera um cenário mais favorável daqui para a frente e (38,5%) acreditam que o grande desafio do RH será engajar e reter talentos. Sobre o quadro de funcionários, grande parte crê que as empresas reposicionarão funcionários (45,9%) e classificam (64,4%) o clima organizacional do momento como regular.

Empreendedorismo

15

O Sebrae (SP), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo, disponibiliza um canal de orientação e informação ao público para celular, com dicas de gestão de negócios para futuros empreendedores e donos de micros e pequenas empresas. O serviço está disponível para aparelhos habilitados para o uso da Internet móvel (WAP). Do celular, o usuário tem à disposição conteúdos e serviços para as suas necessidades. O endereço é o mesmo do portal da entidade www.sebraesp. com.br. No site há instruções sobre como acessar o serviço. Fonte: Agência Sebrae de Notícias.

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 15

11/9/2009 18:28:24


+

+ saúde

por Dr. Maximo Asinelli

Alimente-se bem e viva melhor

16

Ser Mais saudável

A

alimentação tem influência direta sobre o bemestar e a qualidade de vida de cada pessoa. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, os ataques cardíacos, câncer e acidentes vasculares são responsáveis por 70% das mortes nos países desenvolvidos e o desequilíbrio nutricional corresponde à metade das causas dessas doenças. Vale lembrar que, fora as doenças já citadas, a taxa mundial de outras, também gravíssimas e mortais, como diabetes, hipertensão arterial e suas complicações aumenta assustadoramente. Essas ameaças alertam para a necessidade urgente da manutenção de hábitos alimentares saudáveis, principalmente em grandes centros urbanos, onde vários fatores como estresse e poluição agravam esse cenário. A primeira dica que passo é buscar sempre por pratos coloridos. A variedade de cores também significa variedade de nutrientes, antioxidantes, vitaminas e minerais. Então, seja criativo, capriche na salada, coma vários legumes e vegetais, experimente. E não abuse da carne e outros alimentos mais pesados. Por falar em carne, prefira as

brancas, principalmente a do peixe. Ela é rica em Ômega 3, uma substância com diversos benefícios ao organismo, como a diminição do colesterol ruim (HDL) e o aumento do bom (LDL), a proteção contra doenças cardíacas e o estímulo ao desenvolvimento da atividade cerebral. Então, quando passar pela peixaria, o salmão e o atum são as melhores pedidas. O suco de laranja deve estar diariamente no seu copo, pelo menos uma vez por dia. A vitamina C, proveniente da fruta, auxilia o organismo na absorção do ferro, tem o papel importante na defesa do organismo contra infecções, por aumentar a função bactericida no sangue e estimular a produção de anticorpos. Além disso, fortalece os vasos sanguíneos, os ossos e dentes, e é um excelente antioxidante. Outra dica é escolher o pão integral ao invés do tradicional pãozinho branco. Este contém quatro vezes mais fibra (que auxilia no bom funcionamento intestinal e no controle do colesterol), três vezes mais zinco (importante para saúde dos cabelos, pele e unhas e dos órgãos reprodutores), duas vezes mais ferro e 40% a menos de gordura.

Você não pode abrir mão das folhas no seu prato. As verdeescuras como couve, espinafre, agrião e rúcula possuem vitaminas A, B, C, ferro, cálcio e magnésio, elementos favoráveis ao sistema nervoso central e importantes para o controle da hipertensão arterial. A alface, por exemplo, é boa para o humor. É rica em folato, cuja falta pode ocasionar quadros de depressão, confusão mental e cansaço; e no talo se encontra a lactucina, que atua como um calmante natural. E não se esqueça das frutas, elas são fontes importantes de diversos nutrientes essenciais ao organismo, além de serem as melhores fontes de glicose. Por exemplo, a maçã e ótima para combater a ansiedade e estimular o relaxamento, possui fibras, diversas vitaminas, minerais como zinco, magnésio e selênio. O consumo da banana é uma das melhores maneiras de adquirir potássio, além de outras substâncias.

Dr. Maximo Asinelli

Médico Nutrólogo. E-mail: maximoasinelli@terra.com.br

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 16

11/9/2009 18:28:30


PNL para ser mais

+

por Fernando Dalgalarrondo

E

“de fora” sua postura física, expressões faciais, gestos, e compare-os com os da imagem projetada no espaço à sua direita, ou seja, onde você estava sem recursos internos adequados, e registre as diferenças. Em seguida “entre” fisicamente nessa imagem, experimentando, outra vez, esse estado de excelência da melhor forma possível. Retorne à metaposição e repita a experiência desse estado de excelência umas três vezes. Agora, a partir da metaposiçao, dirija-se ao espaço determinado para a experiência sem recursos, à direita, e associe-se a essa situação. Assim que começarem os primeiros sinais da experiência limitante, em termos de sentimentos, pensamentos ou sensações físicas, dê um salto rápida e imediatamente em direção à folha de papel à esquerda, onde você tem o estado de excelência, e permita que a experiência de recursos seja incorporada em sua postura, gestos e expressões. Repita este último passo pelo menos umas três ou quatro vezes. Finalmente, imagine-se em uma situação futura onde você poderia precisar desse estado de excelência, e visualize-se nessa situação tendo acesso a esse estado. Essa é uma estratégia simples e autoaplicável, no entanto é mais fácil aprendê-la junto a alguém que saiba e tenha experiência em aplicá-la.

17

m meu último artigo, falei sobre a importância das emoções em nossas vidas e sobre o fato de que, apesar de o mundo profissional privilegiar o pensamento lógico, desprovido das emoções, é justamente nelas que reside a causa da maioria de nossos problemas no trabalho. Disse – e repito – que é preciso saber educar nossa mente para automaticamente identificar quando estamos prestes a nos descontrolar e imediatamente interromper este processo, nos dando acesso a emoções equilibradas para que lidemos com desafios. Volto a falar neste tema porque prometi um exercício de Programação Neurolinguística que ajudasse neste controle. Vamos a ele: Vá a uma sala onde você tenha privacidade e algum espaço livre. Com uma folha de papel determine um espaço à sua frente, à direita. Agora imagine-se aí num estado emocional limitante, recordando uma situação onde sua respostas foram inadequadas devido ao surgimento de emoções “negativas” (raiva, ansiedade, etc.). A partir de uma “metaposição”, ou seja, recordando a situação de uma perspectiva externa, observe sua postura física, expressões faciais e gestos. Registre bem essas informações. Em seguida saia da “metaposição” e posicione-se sobre a folha de papel, “entrando” fisicamente na imagem recordada e experimentando novamente aquela situação, suas sensações, pensamentos e sentimentos. Registre-os na memória. Volte para a posição inicial e coloque outra folha de papel no chão à sua frente, à esquerda. Recorde-se numa situação onde se sentiu calmo, equilibrado, atento, perceptivo, seguro, criativo, etc. Observe

Ser Mais bem-sucedido

Estado de excelência: um exercício

Fernando Dalgalarrondo

é psicólogo e especialista em PNL (Programação Neurolinguística) com formação na Dynamic Learning Center (Califórnia - EUA). Ministra cursos no Brasil, Chile e Europa há mais de 25 anos. É coordenador de treinamento e estudos da ACTIUS. Contato para palestras e treinamentos, Site: www.actius.com.br e-mail: cursos@actius.com.br

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 17

11/9/2009 18:28:36


+

para sermais

por Carlos Cruz

DIVERSIDADE, A ESSÊNCIA DAS EQUIPES RUMO AO TOPO

18

Ser Mais inspirado

A

lgumas questões me mobilizam a explorar o potencial das equipes em diversos níveis hierárquicos em organizações com culturas ímpares e algumas das perguntas que costumo me fazer é: O que possui uma equipe que consegue altos índices de desempenho? O que faz uma equipe possuir estratégias eficazes e outras não? O que a faz criar, inovar e alcançar resultados surpreendentes e outras não? A primeira resposta surge com a palavra diversidade, que pode ser interpretada como variedade, diferença, dessemelhança, oposição e contradição. Peter Drucker dizia que “A melhor maneira de prever o futuro é criá-lo”. Hoje, para que as grandes organizações consigam criar esse cenário de sucesso, a diversidade pode ser considerada a matériaprima. Equipes multidisciplinares, formadas por profissionais que assumem papéis distintos ao longo de um dia de trabalho, são a base para uma empresa que deseja obter

bons resultados. Muito se fala em trabalho em equipe, mas já parou para pensar no momento em que ela nasce? Quando dois ou mais indivíduos, interdependentes e em interação, juntam-se visando a obtenção de um determinado objetivo temos o surgimento de uma equipe. Há décadas Henry Ford dizia: “Se duas pessoas pensam sempre exatamente iguais num time, uma delas é desnecessária”, ou seja, precisamos ter pessoas diferentes trabalhando juntas para que cheguem ao êxito. As Equipes Rumo ao Topo, que possuem como objetivo atingir os melhores resultados possíveis em seus trabalhos, são formadas por indivíduos com conhecimentos, perfis comportamentais e expectativas das mais variadas. Nesse grupo surge uma figura muito importante, o Líder Aprendiz. Como um Agente de Desenvolvimento, esse profissional é aquele que prioriza o aprendizado individual e o

desenvolvimento contínuo da equipe para o alcance das metas estratégicas. Para isso, é imprescindível que ele tenha flexibilidade para atuar com a liderança situacional, ou seja, atuar com o estilo necessário de acordo com o momento da equipe e do estágio de desenvolvimento de cada um. Uma característica fundamental do Líder Aprendiz é saber fazer perguntas inteligentes, para aprender a lidar com o funcionamento complexo da equipe e das partes, ou seja, estimular os membros a trabalhar com a diversidade, utilizando a intuição, a criatividade, o conhecimento e o talento individual para o desenvolvimento do grupo.

Carlos Cruz

é coach executivo e de equipes Site: www.carloscruz.com.br

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 18

11/9/2009 18:29:05


motivu15

Distribuição de 150 livros.

Eugenio

Cesar

Mussak

Romão

Caminhos da Mudança

Motivado a Aprender

19/02/09

31/03/09

09

2/20

19/0

09

3/20

31/0

Edna

É necessário um quilo de alimento não perecível, que será entregue ao Banco de Alimentos de São Paulo.

Perrotti Superdicas sobre a Nova Ortografia

Beneficiário

09

4/20

28/0

28/04/09

Içami

Waldez

Tiba

Ludwig

Famílias de Alta Performance

Aprender é a nova forma de trabalhar

30/06/09

19

28/05/09

09

5/20

28/0

INSCRIÇÃO GRATUITA SOMENTE PELO SITE: www.viadeacesso.org.br

Patrocínio

Apoio

Auditório Instituto Reinaldo Polito Rua Mariano Procópio, 226 - Vila Monumento Ipiranga - São Paulo, SP

Realização

11 3809-9400

www.viadeacesso.org.br a sua revista de inteligência e sucesso

SerMais_edicao07_02.indd 19

11/9/2009 18:29:16


+

para sermais

por Christian Barbosa

STRESS DIMINUI A PRODUTIVIDADE DO PROFISSIONAL

20

Ser Mais produtivo

S

egundo pesquisa realizada em mais de quatro mil postos de trabalho pela União Geral dos Trabalhadores (UGT), 73% dos profissionais sofrem de stress. Doença que, na maioria das vezes, é causada pelo acúmulo de muitas tarefas e a transformação de simples ações em urgências, consequência da má organização do tempo. O atraso, a pressão e o adiamento de tarefas desenvolve nos trabalhadores a preocupação. Uma das causadoras do temido stress, que pode ser percebida pela manifestação de alguns sintomas como fadiga, dor no pescoço e na cabeça, irritabilidade, sensação de angústia, insônia, falta de concentração e dificuldades da visão. Além de afetar a saúde do profissional, a doença interfere também nas relações sociais, importantíssimas em um ambiente de trabalho. É possível perceber que muitas equipes executam suas atividades estressadas e com falta de foco nos resultados. Tais atitudes, na maioria das vezes, são reflexo de um líder estressado, que não sabe organizar o tempo e nem disseminar as tarefas entre sua equipe. Todos esses fatores interferem diretamente na produtividade do profissional e da equipe. Afinal, como cobrar produtividade de um

grupo desfocado, cansado e talvez até desanimado? Moral da história: a doença vem a ser uma das vilãs da falta de produtividade de um profissional ou equipe. Nada bom para a carreira e muito menos para o desempenho da empresa. Dentro da mesma questão, não podemos esquecer de ressaltar também a perda de qualidade de vida ocasionada pela doença. Muitos profissionais não sabem separar sua vida profissional da pessoal e acabam levando para casa o stress adquirido no ambiente de trabalho, afetando ainda mais sua qualidade de vida. A análise de todos esses fatores nos faz perceber o quanto é importante a boa administração do tempo. Agora é hora de repensar como você organiza as horas do seu dia, como divide suas atividades para que não se torne mais um entre as pessoas estressadas e nem sofra as consequências dessa doença no campo profissional ou pessoal. Livros ou softwares de gestão de tempo podem ajudar nessa tarefa, mas com certeza, o maior desafio é a disposição para mudar.

Christian Barbosa

Especialistas em gerenciamento do tempo e produtividade pessoal e empresarial. Facilitador do programa de empreendedores do Sebrae/ONU Empretec. Site: www.christianbarbosa.com.br

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 20

11/9/2009 18:29:23


21

a sua revista de inteligĂŞncia e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 21

11/9/2009 18:29:23


+

jogo rápido

com Ary Handler

O engenheiro que virou psicanalista

Q

22

uando teve que escolher uma carreira depois de completar o primeiro grau (que, na época, se chamava ginásio), só existiam, na prática, três opções: medicina, direito e engenharia. “Como eu tinha medo de sangue, não era a favor das regras, e era bom em matemática, fui fazer engenharia...” Fez Engenharia Mecânica no ITA, pós-graduação em Sistemas na COPPE e Administração Financeira na FGV-SP. Trabalhou em várias empresas, de todos os tipos — multinacionais, estatais e familiares — e depois partiu para a consultoria. “Minha experiência com empresas de todos os tipos e portes me dá uma visão completa do que é, como funciona e deveria funcionar uma empresa”. Há seis anos, passou a fazer Coaching para executivos e empresários, e aí sentiu falta de saber como funciona a cabeça do ser humano. Fez então um curso de formação em Psicanálise, que o fascinou. Mas não se considera um psicanalista. “A psicanálise me dá os conceitos, a base, a forma para ‘escutar’ as pessoas. Poderia dizer que sou um psi-coach-analista”.

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 22

11/9/2009 18:29:42


+ O Mundo Não é dos Iguais! mais gestão & motivação

o longo de vários anos

pobres que são ex-ricos... O dinheiro

a necessidade de tecnologia na

realizando

no

não acaba, apenas muda de mão.

empresa.

as

Vai perder o mercado quem fizer

Existem dois tipos de pessoas no

mudam...

as coisas do mesmo jeito. Afinal, o

mundo, as que fazem e as que

A história continua a mesma. Ou

mundo não é dos iguais. Os conceitos

reclamam.

seja, muitos naufragaram, outros

mudaram e até o porteiro precisa

promovem dois tipos de situações

emergiram. E prevalece a ideia de

ser treinado para atender melhor

para

inovar ou morrer.

o cliente, afinal, quem garante o

mágicos ou trágicos.

As

Brasil,

palestras

percebi

personagens

grandes

que

seus

as

clientes:

empresas momentos

emprego dele é o cliente.

Vale perguntar: eu me identifico com

numa

Sam Walton, fundador da Wal-

qual das duas situações?

velocidade rápida. Mesmo porque

Mart, a empresa que tem o maior

A regra única de sucesso para todo

os caminhos que nos trouxeram até

faturamento do planeta, registrado

profissional e empresa, em qualquer

hoje não serão os mesmos que nos

no último balanço em 315 bilhões

parte do mundo é surpreender

levarão ao futuro.

de dólares, disse certa vez: “Clientes

o

podem

importante.

continuam

A

grande

transformações

Assim,

acontecendo

preocupação

não

é

demitir

todos

de

uma

mercado.

Nada

será

mais

mais com a mudança, mas com a

empresa, do alto executivo para

E para que isso aconteça, a outra

velocidade que ela ocorre. Existe

baixo, simplesmente gastando seu

regra é: comprometimento.

um oceano entre o saber e o fazer.

dinheiro em algum outro lugar”.

Os líderes no mundo apontam para

O sucesso é de quem faz. Inteligente

Em se tratando de um momento mais

85% como falta de motivação para

não é quem sabe tudo... É quem

difícil, vale a reflexão em outra frase

atingir seus desafios e objetivos. Não

aplica aquilo que sabe.

de Sam Walton em plena crise nos

existe negócio, não existem metas,

Quem ficar esperando para ver o que

Estados Unidos: “Ouvi falar muito

sequer objetivos, sonhos, pessoas

vai acontecer será simplesmente

ultimamente sobre recessão, fiz

felizes e ideais que se cumpram se

atropelado... Não vai dar nem tempo

uma reunião com a minha diretoria e

não tiver um pessoal motivado para

de saber se foi atropelado por uma

resolvemos não participar”.

aprender e comprometido para

carreta ou por uma locomotiva.

Entendo que nos dias atuais, mais do

buscar resultados.

O mundo é composto por novos ricos

que formar especialistas por áreas de

Pense nisso, um forte abraço e esteja

que

atuação, o ideal é criar uma cultura

com Deus!

são

novos

de pessoas motivadas para a vida.

23 23

pobres e

ex-

Ser Mais gestor

A

por Gilclér Regina

E isso é tão importante quanto

Gilclér Regina

formado em Administração de Empresas com especialização em Dinâmica Humana e Gestão de Pessoas nos EUA. Autor de vários livros, CDs e DVDs motivacionais. Palestrante de sucesso. Contatos para palestras e treinamentos: www.ceag.com.br ceag@ceag.com.br

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 23

11/9/2009 18:30:01


+

24

Ser Mais inspirado

capa por Julyana Rosa

P

edir, acreditar e receber. Três verbos simples e que aliados a determinação e esforço podem facilitar a conquista daquilo que cada um deseja. Este é o tema central do “O Segredo” da escritora australiana Rhonda Byrne, no qual a Lei da Atração trabalha com o universo para você alcançar o sucesso. A Lei da Atração, com o lançamento do livro, invadiu prateleiras em todo o mundo e, por aqui, não foi diferente, dados recentes da Ediouro, que o publica no País, indicam que foram vendidos 1,6 milhão de cópias, incluindo a sua edição comemorativa, lançada para celebrar a tiragem de 1,5 milhão. A marca trouxe novamente a discussão sobre o tema. O mundo ainda enfrenta a crise econômica e alguns dos princípios da Lei da Atração podem ser aplicados para superá-la. O que os especialistas teriam a dizer sobre a sua eficácia? Descubra o que psiquiatras e psicólogos pensam sobre o assunto e o que ensinam para controlar melhor a mente e alcançar objetivos, superando os tempos difíceis. Como base para a discussão com os entrevistados, serão apresentados, a partir do próximo subtítulo, o conceito de Lei da Atração e as etapas para aplicá-la segundo Rhonda. As definições serão usadas para seguir uma linha de raciocínio, cabe a cada um decidir sobre a aplicação delas.

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 24

11/9/2009 18:30:05


Entenda melhor o conceito Como nos negócios, quem deseja vencer, independente de da situação econômica do mundo, precisa ter objetivos e planejar. Além disso, precisa acreditar que o seu plano funcionará e, no fim, alcançará o que planejou. A Lei da Atração diz, resumidamente, que os pensamentos ditam a realidade na vida das pessoas. Além de trabalhar para que as coisas aconteçam, segundo ela, quem faz o pedido deve estar em sintonia com o que quer, e ter bons pensamentos. Imagine todas as imagens em sua mente, boas ou ruins. Pela lei, podem se tornar reais. Para entender melhor como ela funciona, volte aos três primeiros verbos da primeira página. Abaixo estão as etapas que compreendem cada um deles, com um exemplo diferente para contextualização, mas como são citados em “O Segredo”:

Pedir – Pense no que você quer. Visualize a imagem do que deseja. Se for um emprego, por exemplo, imagine -se trabalhando e o local onde estará. Reforce o pedido com fotos suas trabalhando, se as tiver. Deixe-as em um lugar em que sempre possa olhálas. Caso não tenha fotos suas, recorte de revistas, jornais e pense estar nelas.

Acreditar – Visualize o pedido sendo alcançado. Imagine, finja, aja e simule que está no trabalho. Escreva em um papel o cargo e a empresa em que quer atuar. Não contradiga o que pediu com pensamentos, palavras e atos. Tenha fé e concentre-se no desejo. Não se esqueça de mandar currículos também...

Receber – Sinta-se bem. Para receber o pedido é fundamental estar bem consigo. Ao sentir-se mal, poderá atrair pensamentos negativos que impeçam a conquista do emprego. Tenha pensamentos bons sobre o que deseja. Ao fazer isso, entrará na frequência do pedido. Não tenha pressa, espere pela entrega.

25

A entrega Após realizar todos esses passos, quanto tempo demorará para que o seu pedido seja entregue? Pelo livro, não há um prazo estipulado, mas para a autora, o Universo não demora para manifestar o que você quer. Só leva o tempo para sintonizar-se na frequência do que deseja. Ou seja, o tempo para alcançar as coisas dependerá de quem pede, do seu empenho, e do que a pessoa pede. Se alguém deseja conquistar um namorado, por exemplo, leva-se um tempo mínimo para que esta pessoa e a outra se conheçam, descubram se existem afinidades, para aí então decidirem se ficarão juntas. Ao pedir alguma coisa, antes de esperar ansiosamente para que ela seja entregue, é importante levar em conta o tempo que o universo leva para “entender” o pedido e o providenciar, ainda de acordo com a autora. Os conceitos foram explanados, é hora de entender melhor o momento pelo qual o mundo passa.

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 25

11/9/2009 18:30:09


+

capa por Julyana Rosa

26

Ser Mais inspirado

A crise existe de fato? Ao ver o sobe e desce das bolsas de valores pelo mundo, alguma vez teria passado pela sua cabeça que a crise apesar de ter afetado boa parte das grandes economias, pode ser só um boato? Igual aos que surgem e ganham voz pela especulação? Pense se todos os humanos se desesperassem. Olhassem os gráficos de projeção das vendas este ano e de crescimento das empresas e só vissem a desgraça. Se não existissem outros olhares enxergando oportunidades onde muitos viram a recessão, talvez não houvesse a recente recuperação econômica em alguns países. E empresas não teriam crescido, contrariando a maré de más previsões. A Hyundai,empresa automobilística coreana, foi a que mais cresceu em seu setor nos EUA na “recessão”. Na contramão das concorrentes, analisou o mercado e percebeu que os americanos estavam receosos para comprar automóveis e que, também, somente 2% da população poderia perder o emprego. Dessa porcentagem que poderia ficar desempregada, viu que pocos eram clientes.Aumentou os preços dos veículos, e lançou uma campanha para erradicar o medo. O

cliente que comprasse um veículo da marca, caso ficasse desempregado, e não tivesse condições de pagá-lo, nos 12 meses seguintes à sua compra, poderia levá-lo de volta para a loja, que o mesmo seria comprado de volta, sem nenhum prejuízo. O resultado, após a divulgação, veio, primeiro, em formas de críticas da concorrência e, após algum tempo, em crescimento. Enquanto a General Motors vendia 49% a menos só em janeiro, a empresa coreana, até mais de 14% no mesmo período, e 37% nos quatro primeiros meses do ano. O exemplo acima foi citado por Aldo Novak, palestrante e porta-voz do “O Segredo” no País. Para ele, a ‘crise’ não existe e deve ser encarada como uma oportunidade. “A ‘crise’ é um conceito autocentrado. Ela não existe por si. É apenas nossa interpretação de algo que acreditamos nos prejudicar. Entretanto, o mesmo movimento que nos prejudica ajuda outros. Tudo depende do ponto de vista e do lugar em que estamos no tabuleiro da vida. Mude sua posição e aquilo que parece uma crise para alguns, será uma bênção para você”, comenta.

Aldo Novak

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 26

11/9/2009 18:30:13


A Lei da Atração em prática: exorcizando os fantasmas dos tempos turbulentos Superar desafios impostos pela vida faz parte do cotidiano e pode não ser fácil para alguns. Levar o dia-a-dia com uma atitude positiva frente aos problemas, parece ser uma das maneiras de encará-los e não tornar-se vítima deles. Se pessoas que não possuem nenhum tipo de limitação sofrem durante períodos difíceis, imagine quem as têm, certo? Marcos Rossi, palestrante e funcionário de um grande banco, é a prova de que os limites podem ser superados. Portador da síndrome de Hanhart, que impede o desenvolvimento de braços e pernas, não deixou que o problema atrapalhasse as suas aspirações. Mesmo sem saber, durante parte de sua vida, aplicava a “Lei da Atração” e credita à ela, boa parte do que

alcançou. “Sempre utilizei a ‘Lei da Atração’ mas sem saber que poderia ser controlada e utilizada a meu favor. Tive o primeiro contato “oficial” quando foi lançado o filme ‘O Segredo’. Quando o vi, foi como se tivesse levado um tapa no rosto, algo do tipo: ‘Ei, acorda!’ Percebi que tudo que eu quisesse ser em minha vida dependia somente de mim”, explica. Antes de ser palestrante, Marcos sonhava com a profissão e se imaginava falando para o público. Durante um ano ensaiou, montou slides que seriam projetados e fez até cartões de visita, em que apresentava como palestrante, mesmo sem ter feito nenhuma apresentação. Passado esse tempo, foi convidado para fazer palestras em empresas. Além de bancário e

palestrante, Rossi é vocalista de uma banda, toca em uma bateria de escola de samba e pratica skubadiving (mergulho em alto-mar com cilindro de oxigênio). Aos preocupados com a crise, recomenda que continuem com as suas metas e desejos, e propõe um exercício simples que os poderá ajudar a alcançar o que desejam, mesmo em momentos difíceis. “Pela manhã, quando abrir os olhos, não permitam que o primeiro pensamento seja algo que deu errado no dia anterior. Agradeçam pelo menos três coisas boas que possuem. A gratidão é um elo entre os princípios da ‘Lei da Atração’ para que o universo dê o que é pedido. Façam o exercício por três semanas. As coisas começarão a mudar”, ensina.

27

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 27

11/9/2009 18:30:19


+

28

Ser Mais inspirado

capa por Julyana Rosa

A Lei da Atração e os especialistas De nada adiantaria falar sobre “O Segredo” e a “Lei da Atração” sem consultar psicólogos e psiquiatras para esclarecer o conteúdo das últimas páginas. Os comentários de quem conhece a fundo a psiquê humana são necessários para que o leitor entenda melhor como a mente trabalha frente aos desafios, crises. Alguns especialistas entendem que a tal lei é antiga e ganhou uma nova roupagem, adaptada a estes dias. Para o Dr. José Rui Bianchi, psiquiatra e especialista em PNL (Programação Neurolinguística), ela é antiga e válida. Pode ser um caminho facilitador para a resolução de “problemas”. Mas afirma que a mente é preguiçosa e estabelece hábitos para tudo, com a finalidade de evitar ter que pensar a cada vez que vai realizar uma ação.“Quando o hábito já

está estabelecido fica mais trabalhoso modificá-lo porque a mente resiste e se opõe à modificação. É necessário que o novo ofereça uma vantagem e que seja bastante repetido. O segredo está nas repetições. Só que as pessoas não fazem isso. Tentam resolver numa vez só e como não surtiu efeito, desistem”, diz. Resolver os empecilhos sem se esquivar deles e ficar parado no meio do caminho é possível, segundo Bianchi. Uma vez detectados, precisam ser encarados ou resolvidos de alguma maneira. Encará-los de forma positiva, para ele, é o correto, pois pensamentos positivos ampliam as possibilidades de solução. Ainda que o pensamento positivo não explique toda a “Lei da Atração” e faça parte de um dos passos para usá-la, o médico afirma que o pensamento negativo engessa o ser

humano, a ponto de ele pensar não haver solução. “O que a pessoa pensa é verdade para ela”, afirma. Mas, há quem pense diferente. Nem sempre a falta de ação para resolver problemas é resultante da preguiça da mente. Para Stephen Paul Adler, P.h.D em Psicologia, o que se chama de “preguiça” faz parte da resposta baseada no medo para a mudança. “Faz parte da herança humana desejar e se empenhar para resolver conflitos internos e mudar. Ainda assim, tem sempre uma parte de nós que resiste à mudança. O que nós percebemos ou chamamos de preguiça é parte da nossa resposta baseada no medo para a mudança. Nós congelamos e pode parecer que somos preguiçosos”, explica.

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 28

11/9/2009 18:30:24


Ainda sobre o medo, o psicólogo e palestrante, Rogério Martins, falou que o passo mais importante aos que têm uma meta, ou querem enfrentar problemas, é ter consciência dos próprios atos. Para quem possui dificuldades em cumpri-las, indica um exercício. “Um exercício simples e eficaz que passo aos meus alunos e pacientes é fazer uma lista daquilo

que dá medo. Como ele aparece no dia-a-dia. Quanto deste medo é real ou imaginário. E assim vai se levantando a origem e a base daquilo que paralisa a pessoa. Tendo consciência é mais fácil agir”, diz. Entrentanto, o psicólogo ressalta que o acompanhamento de um profissional pode ser recomendado em alguns casos, pois há quem não tenha condições emocionais para lidar sozinho com seus medos e dificuldades. Outras dicas para atingir metas foram dadas pelo coach Paulo Roberto Menezes de Souza, da YCB consultoria, especializada em Gestão de Competências pelo Coaching. Leia: - Específicas: Divida as metas em quantas vezes for possível, para facilitar o acompanhamento. Por exemplo, se você tem uma meta para o mês, divida-a em dias, o que e quanto tenho que fazer por dia para que no final do mês tenha atingido a meta.

Rogério Martins

- Mensuráveis: Se você não conseguir medir dificultará seu

acompanhamento e consequentemente o sucesso. - Temporal: sem data limite para finalizar você pode se perder e prorrogar seus objetivos. Tenha coragem e estabeleça um prazo. - Publique: além de traçar suas metas, divulgue-as para pessoaschave. Isso funciona como uma forma de “cobrança” e lhe compromete ainda mais com o processo. Ficou interessado no que os especialistas disseram sobre o tema? Aproveite para ler no site da Revista Ser Mais (www.revistasermais.com.br), na seção “Matérias”, a entrevista exclusiva com o psicólogo Luís Henrique Correa. Veja também um texto de sua autoria, que explica detalhadamento como a “Lei da Atração” é vista pela sua área de conhecimento. Alguns conteúdos do site são reservados para assinantes. Na continuação, confira os materias utlizados como fonte de pesquisa para este texto.

29

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 29

11/9/2009 18:30:28


+

capa por Julyana Rosa Material de apoio

Conheça os materiais consultados para a reportagem Livros

O Segredo- Edição Comemorativa – Editora Ediouro – Rhonda Byrne Sinopse: O livro ensina a usar o Segredo, que tem como princípio a Lei da Atração, em todos os aspectos da vida como: dinheiro, saúde, relacionamentos, felicidade e etc. Além do conteúdo da primeira edição lançada no Brasil, nesta versão especial o leitor encontrará duas novidades: um encarte com depoimentos de personalidades que tiveram suas vidas transformadas depois de conhecer “O Segredo”- dois entrevistados Aldo Novak e Marcos Rossi estão nesta edição, e a “Carta dos Sonhos”, uma espécie de carta de pedidos em que devem ser anotados o que cada um deseja alcançar nas vidas profissional e pessoal em um ano.

A Lei da Atração: O Segredo colocado em prática – Editora Nova Fronteira -Michael J.Losier Sinopse: O livro traz dicas, ferramentas e exercícios que ajudarão a compreender como funciona a Lei da Atração e influenciar o que acontece em sua vida, aumentando o impacto e a força do pensamento na realização dos seus desejos.

Filmes/ documentários

O Segredo (2006) – Art House Movies – Drew Heriot De maneira suscinta, transmite os mesmos conceitos do livro, por meio de depoimentos dos especialistas que apareceram na versão impressa.

30

Ser Mais inspirado

O Segredo para realizar seus sonhos – Editora Ediouro – Aldo Novak Sinopse: Chave para o completo entendimento de ‘O Segredo’, a obra tem uma linguagem simples, explica os conceitos da lei da Atração e como usá-los. Mostra fatos acontecidos no Brasil, que explicam cada aspecto do seu funcionamento.

Você atrai o que transmite (2008) – Dreamland Filmes – Marcelo Ferrão Neste filme, Aldo Novak, coach e porta-voz oficial dos filmes “O Segredo” e “Você Pode Curar sua Vida”, apresenta e resume as ferramentas que usa para ajudar a transformar as vidas dos brasileiros. Em “Você atrai o que transmite”, conhecerá as ideias e ferramentas necessárias para dar um salto na qualidade de vida e felicidade.

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 30

11/9/2009 18:30:32


seRHumano

+

por Julyana Rosa

Mulheres no mercado: como conciliar trabalho e família

O

conveniente, em harmonia com a família. A carreira, ao contrário, estimula a competição constante, pois remete ao trabalho e estar correndo contra alguém. De olho na trajetória profissional, a mulher deve adequar da melhor

maneira as duas vidas, em casa e no trabalho. Para isso, deve-se escolher bem com quem irá se casar. Decidir quem será o parceiro, de acordo com Nuria, é uma tarefa estratégica, que definirá se a profissional poderá ter uma vida fora de casa. E para os leitores do sexo masculino de plantão, ainda afirma, as tarefas domésticas devem, sim, fazer parte também das obrigações do cônjuge. Cada um pode fazer aquilo com que se identificar mais. “Quando me casei não tinha a mínima ideia de como cozinhar. Meu marido assumiu

a tarefa”, comenta. Morar perto dos pais, mesmo após o casamento, é outro ponto importante, não só na vida da esposa, mas do casal. Se houver um problema familiar, um dos dois adoecer por exemplo, os pais poderão ajudar. Se a profissional tiver um emprego estável, é mais coerente que more próximo de onde trabalha, mas se a empresa em que está não a permite uma vida balanceada, pode procurar outra ou até tentar uma mudança do ambiente trabalho para home-office. “Existem empresas familiarmente responsáveis que se importam com as condições de vida e trabalho de seus empregados e flexibilizam horários, levam em conta a realidade familiar de cada um”, explica. Para não perder tempo no trabalho e em casa, sem esquecer nenhuma atividade, mesmo para aquelas que possuem horários flexíveis, o ideal é organizar as tarefas do dia em uma agenda. Nuria alerta para a importância de manter o controle das atividades do dia-a-dia Se a pessoa não tem anotado o que deve fazer, não tem metas, outros compromissos podem aparecer e atropelar tarefas prioritárias. Saiba mais sobre a especialista e seu o trabalho em: www.nuriachinchilla. com

31

mercado de trabalho está repleto de mulheres que conquistaram altos patamares nas organizações.Cerca de 30% dos cargos de diretoria, no mundo, são ocupados por elas. Para muitas, chegar até lá significou abdicar ou postergar sonhos como construir uma família e a maternidade. Jovens profissionais em começo de carreira devem ter feito, conforme indicam os gurus da área, um planejamento para as suas aspirações na empresa e futuro. Mas, ao preparar o plano de carreira, algumas esquecem de que cedo ou tarde, o instinto materno pode vir à tona. O que fazer nessa situação? Como conciliar o atual trabalho e esse desejo? Planejamento, mesmo na idade madura, parece ser uma das melhores opções. Repensar prioridades e aquilo que realmente se espera para os anos seguintes, estão entre os itens que devem ser levados a sério. Trocar a palavra “carreira” por “trajetória profissional” também significa um avanço para quem busca equilíbrio entre família e trabalho. Segundo Nuria Chinchilla, doutora em Direção de Empresas pelo IESE Business School (Univ. Navarra), a trajetória permite que a mulher faça o seu caminho, conforme for mais

Ser Mais organizado

Especialista do IESE Business School, da Universidade de Navarra, dá dicas para as profissionais

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 31

11/9/2009 18:30:33


+

no alvo - rh Melhor CEO

Roberto Setúbal, presidente executivo do Itaú Unibanco, foi nomeado um dos melhores presidentes de empresas do mundo. A lista (TopGun CEOs), da qual participa, foi divulgada pela consultoria canadense Brendan Wood International e contempla executivos de 32 setores da economia. Além dele, está também na lista o brasileiro João Neves, presidente da AmBev. Para ser escolhido, o executivo deveria ter o maior número de indicações em seu setor de atuação, e a companhia em que trabalha deveria ter obtido uma nota pelo menos 10% maior que a obtida por seu concorrente no mesmo segmento no Índice de Confiança de Acionistas da BWI.

Telemarketing

A Atento Brasil, companhia especializada em contact center e BPO, foi a vencedora do XV Prêmio Abemd – Associação Brasileira de Marketing Direto. A empresa recebeu dois prêmios especiais: “Agência do ano” na especialidade Call Center e “O melhor dos melhores” com o case Acesso Ford para clientes realmente especiais. Foram apresentados quatro cases, três ouros e um bronze.

32

Microempreendedor

A Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo lançou há pouco tempo, por meio do Programa São Paulo Confia, o novo serviço de telemarketing para tirar dúvidas, oferecer assistência a clientes e apresentar os serviços a novos microempreendedores que desejam montar ou ampliar o seu próprio negócio. O atendimento é realizado das 7h às 18h pelo telefone (11) 3228-2545.

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 32

11/9/2009 18:30:38


Dança das cadeiras

A ALLIS S.A., empresa especializada no desenvolvimento de soluções para a gestão de pessoas, anuncia a contratação de dois novos executivos. Joelmir de Oliveira assume a superintendência da regional do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Nordeste. Fernanda Marioto é a nova gerente de contas da unidade de Temporários e Terceirizados e atuará na sede da companhia, em São Paulo. Consultor especializado em estratégias de remuneração e capital humano, Carlos Henrique Siqueira assume como diretor a liderança da prática Remuneração para a América do Sul do Hay Group, trabalhando diretamente com companhias brasileiras, multinacionais e globais. Vitor Bauab é o novo executivo de Estratégia e Planejamento em Vendas da CVC Turismo. Bauab possui 20 anos de experiência no setor de turismo e já integrou a equipe da empresa no início de sua carreira. A Suzano Papel e Celulose anunciou recentemente a contratação de Luciano Fernandes Lopes para assumir a diretoria industrial. Lopes é graduado em Engenharia Metalúrgica e é especializado em gestão. Conrado Engel assumiu, há pouco tempo, o cargo de presidente de CEO do HSBC Bank Brasil, em substituição a Shaun Wallis, nomeado para outra função na diretoria do banco em Hong Kong. A rede de idiomas Wizard acaba de contratar Roberto Massinelli Jr. para assumir a sua diretoria de Marketing. O executivo tem mais de 20 anos de experiência nos setores de educação e franchising. Nos últimos dois anos comandou a área de marketing do grupo SOS Computadores.

RH no microblog

O Twitter do site de carreira VAGAS.com.br (@vagas) lançado em abril alcançou recentemente 9 mil pessoas que acompanham suas notícias. Entre os canais de empregos e carreira é o que possui o maior número de seguidores. Por meio do serviço de microblogging o site traz informações e dicas sobre carreira e uma amostra das recentes oportunidades oferecidas por empresas do País.

Emprego 33

Candidatos à procura de novas oportunidades de trabalho e empregadores em busca de talentos possuem uma opção gratuita de página de empregos disponibilizada pelo Governo do Estado de São Paulo. O Emprega São Paulo (www.empregasaopaulo.spg.gov.br) é uma ferramenta para captação de vagas e candidatos que, para ambos, requer um simples cadastro. Para pessoas físicas, basta informar RG, CPF e endereço para ter acesso, às pessoas jurídicas (empresas) são solicitados CNPJ e endereço.

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 33

11/9/2009 18:30:40


+Vendedor ‘sapiens sapiens’

34

Ser Mais articulado

inteligência em vendas

O

nome sapiens sapiens vem da classificação biológica dos seres humanos. A espécie humana moderna é a Homo sapiens sapiens (do latim, homem duplamente sábio, racional). O vendedor duplamente sábio se condiciona a raciocinar com sabedoria e inteligência a serviço do crescimento de seus resultados de forma incessante. Um vendedor mediano, medíocre, que fica da média para baixo dos resultados maiores na empresa, se contenta com o fracasso regular, às vezes quebrado por eventuais conquistas de metas, ainda que incipientes ao objetivo global de sua empresa. O mercado clama por perfis sapiens sapiens, já que todos os seres humanos se enquadram nesta classe,

por Marcelo Ortega

mas alguns preferem usar toda a sua inteligência e criatividade para o mal, para justificar a incompetência, a falta de atitude e iniciativa. Segundo a antropologia, o ser humano se abastece de crenças e valores de sete em sete anos, em ciclos. Cabe mencionar isso para que você reflita a dimensão destas crenças nos comportamentos e resultados entre os povos e pessoas. O mundo se transforma a cada dia, mas algumas pessoas insistem em manter-se limitadas, obsoletas, acomodadas. No mundo dos negócios tão competitivo de hoje, ainda tem gente que acredita ser mais importante o produto que o cliente. Tem gente que age como futurólogo, em vez de estudar seu mercado. Tem vendedores e líderes que acham que vender é apenas atender, sem antes

entender o cliente. Tirar pedidos é uma prática antiquada e fora de cogitação, tanto no mundo do varejo ou empresarial, mas ainda assim tem equipes sendo treinadas com scripts prontos, falas robotizadas, argumentos manjados e nenhuma chance de pensarem no cliente, nas diferenças entre as pessoas e no jeito mais adequado de vender em cada caso. Se inteligência é um dom humano e divino, sejamos donos da sapiência que nos foi atribuída como característica para SER MAIS que a média, que os medíocres. Meu amigo leitor, quero que reflita em sua vida os seguintes pontos: - Há quanto tempo você não troca de carro? - Quando fez o último treinamento profissional?

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 34

11/9/2009 18:30:44


se colocar em sua agenda. Um dia, vendedor, sua energia vai diminuir e se seu raciocínio não for altamente estratégico, inteligente e acima da média agora, pode ser tarde demais. Reflita se a área de vendas o comove, traz paixão e realização, pois para mim não existe caminho melhor para se ter independência financeira, resultados extraordinários e muito sucesso. No entanto, poucos são convictos que podem vencer e por isso é que tenho que voltar a falar de crenças e valores, pois são estes fatores que determinam como a gente funciona. Você é aquilo que acredita e seu comportamento depende de seu pensamento, de sua atitude e de

como vem fazendo as coisas. Se algo limita você de acreditar que pode SER MAIS, mude isso praticando a ousadia de fazer, tentar, errar, aprender e fazer de novo até acertar. Não tema os erros, nem se limite pelos exemplos do passado. Nossos pais não tinham todas as explicações certas, muitas vezes, nos ensinaram a ver o mundo pelo ângulo limitado em que cresceram. Vá além, seja mais você e especialmente em vendas, seja o melhor, esteja entre os 03 melhores pelo menos. Inteligência a serviço do resultado, não da indolência e do comodismo.

35

- Desde quando não lê um livro, ou ainda, um bom sobre vendas (se você é vendedor)? - Quando foi que viajou com a sua família? - Se parar de trabalhar hoje, quanto tempo consegue sobreviver? São perguntas materialistas? Pelo contrário, são perguntas para provocar-te! Pois não acho que o dinheiro vem primeiro que o sucesso e o trabalho. Isso só ocorre no dicionário. Conheço gente que vive da mesma forma durante anos, considerando seus sonhos quase impossíveis, porque reclama, aceita o mínimo, trabalha com o desempenho de sempre. Muitos ficam frustrados porque não conseguem trocar de carro, viajar com a família, comprar sua casa, guardar dinheiro e principalmente,

Marcelo Ortega

é palestrante, consultor e autor dos livros Sucesso em Vendas, Inteligência em Vendas e de diversos DVDs de treinamento. Contatos para palestras e treinamentos Site: www.marceloortega.com.br E-mail: vendas@marceloortega.com.br

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 35

11/9/2009 18:30:48


+

seRHumano

por Vera Martins

Liderança assertiva é questão de sobrevivência Foco no resultado e respeito à individualidade humana, os pilares da liderança assertiva

36

Ser Mais assertivo

H

oje, convivendo com o paradigma “mudar é preciso” a credibilidade do líder não é mais conquistada por uma influência baseada no temor. Novos padrões indicam que a credibilidade não é imposta, ao contrário, é conquistada pela confiança que o outro deposita em você. O segredo da credibilidade está na maneira de usar o seu poder de influência. O líder assertivo dispõe de um capital de confiança tal que o time o delega, o poder da influência pois, seu poder de autoridade é equilibrado com o poder pessoal, baseado nas suas habilidades de envolvimento e comprometimento com o time. Sua força está na capacidade de criar vínculos com o time, de tal forma que, voluntariamente, as pessoas fazem o que o líder espera deles porque estão comprometidos com o resultado final. A credibilidade do líder assertivo é sustentada pela qualidade das suas relações interpessoais, nas

quais o time se sente confortável em concordar e discordar de suas ideias, e se sente livre para decidir quais serão suas escolhas, sem perder de vista os objetivos a serem atingidos. Estamos falando do diálogo genuíno apoiado no respeito às individualidades. Esse tipo de poder procura no espírito do outro uma disposição a algo que ele mesmo considera correto, é uma influência inspirada no consentimento do outro. No diálogo, a verdade se aplica a pessoas que se comunicam tal como elas são. Assim, uma pessoa tem credibilidade quando o seu interlocutor lhe atribui o conceito de ser e parecer verdadeiro. É a comunicação assertiva. Este é um grande desafio para a sobrevivência profissional de qualquer um, pois quem é assertivo tem mais credibilidade e é mais respeitado, com chances maiores de sucesso profissional. Mesmo com o risco de desagradar os não assertivos,

vale a pena apostar na assertividade da liderança, pois todos ganham. O time ganha porque as pessoas: - Expressam com tranquilidade suas opiniões, discordam entre si, sem com isso provocar inimizades; - Discutem um problema até encontrar uma solução que atenda aos interesses de todos os envolvidos; - Diante de um erro, procuram a causa e a solução, ao invés de procurar o culpado; - Levam a fofoca e boato a níveis baixos; - Sabem como está seu desempenho porque recebem feedback; - Lidam com os conflitos como algo natural e construtivo; A empresa ganha porque a assertividade na liderança reduz as tensões entre as pessoas, acelera a solução de problemas e contribui para o aumento da produtividade. E por que não falar do cliente? É claro

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 36

11/9/2009 18:30:52


que a qualidade final do produto ou serviço é impactada positivamente por um clima organizacional ético e focado em resultados. Dicas de uma liderança assertiva:

A opção por uma postura assertiva na qual se busca soluções ganha-ganha é uma forma inteligente de usar seu poder de influência. No final, o líder assertivo ganha parceiros comprometidos com os resultados do time. E você, é um líder assertivo? Mas lembre-se, antes de sê-lo, você precisa ser uma pessoa assertiva. Confira como está seu grau de assertividade: www.assertiva.com.br

37

» É contra rodeios e conversas improdutivas. Por isso, ele expressa suas ideias, sentimentos e necessidades com naturalidade, clareza e objetividade. » Ele é contra disfarces e dissimulações. É transparente nas suas intenções, deixando o time seguro e confiante para cumprir sua missão. » É contra a centralização do poder. Compartilha com o time o planejamento das metas a serem atingidas e juntos buscam alternativas de solução. » É contra a negatividade. Olha as ameaças com cautela e proatividade, transformando-as em oportunidades. » É contra a inflexibilidade e rigidez do pensamento, a intolerância e ser

o “dono da verdade”. Sabe ouvir seu time e quando alguém mostra uma opinião diferente e mais eficaz que a sua, não hesita em mudar de opinião e aderir à ideia dos outros, sem perder a autoridade. » É contra preconceitos que levam ao privilégio de uns e o desfavorecimento de outros. Faz a análise imparcial das situações, para sustentar suas decisões. » É contra depreciar pessoas, e por isso, quando precisa, sabe ser firme, sem ferir as pessoas, usando uma linguagem que foca o comportamento inadequado e não o indivíduo. » É contra o desperdício de tempo. É focado e determinado, e vai até o fim, dando-se por satisfeito quando o problema é solucionado definitivamente, evitando assim, o retrabalho. Essa postura coerente e verdadeira desenvolve no time a confiança e a vontade de estar junto ao líder.

Vera Martins

Diretora da Assertiva Consultores e autora do livro “Seja Assertivo!”. Site: www.assertiva.com.br

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 37

11/9/2009 18:30:58


+

para sermais

por Paulo Gaudencio

Gaudencio Responde

38

Ser Mais independente

S

ou gerente comercial de uma multinacional automotiva há cinco anos. Não tenho pós-graduação e minha formação é em administração de empresas. Ando meio preocupado com as demissões que ocorreram no primeiro trimestre desse ano na empresa e comecei a me preparar para concursos públicos. Tenho estudado bastante, mas gostaria de ter mais tempo para me dedicar ao que realmente vejo como carreira do futuro para mim. Sou solteiro e não tenho filhos, possuo uma boa base financeira para somente estudar por uns dois anos, mas estou com medo de deixar meu emprego. Há alguma solução para esse meu problema? Agradeço se puder ajudar-me. Fabiano Lario 35 anos.

Qual o problema? Você quer saber a fórmula para arriscar sem riscos. Infelizmente não há solução para tal problema. Bem que eu gostaria que houvesse jeito de escolher sem perder. Eu assumiria tal ajustamento. Mas, não há. Qualquer que seja o termo do conflito que você escolha, haverá perdas e ganhos. De um lado, a garantia do emprego que você tem. De outro, o risco do desemprego. Sei que a garantia do emprego não é garantida assim como não é garantido o sucesso nos concursos públicos. Vendo de fora parece que você tem uma opção feita. Tem estudado bastante e deseja estudar mais, tendo se preparado economicamente para isso, pois guardou dinheiro suficiente para dois anos de estudo. Se a opção

está feita, o que atrapalha? O medo. O medo de deixar o emprego sem garantia do sucesso no concurso. A ajuda que posso dar a você é lembrar que o medo é o sal da vida. Uma vida sem medo seria uma vida sem sal. Por que é o elemento básico do desafio, que é ao lado do reconhecimento uma das duas maiores causas de felicidade nos diferentes papeis. Se alguém lembrar de um período em que estava sendo feliz, certamente estava enfrentando uma encrenca enorme em qualquer papel. A ajuda que posso dar-te é lembrar que você pode estar vivendo um período feliz na vida. Você só se lembrará disso quando conseguir ter sucesso no término do conflito que escolheu.

Paulo Gaudencio é psiquiatra e ministra palestras de Gestão e Liderança. Tire suas dúvidas sobre vida profissional e liderança, escreva para : redacao@revistasermais.com.br

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 38

11/9/2009 18:31:01


seRHumano

+

por Julyana Rosa

Quero mudar de profissão, e agora?

Trocar de área abre portas para outros mercados e pode trazer a realização ainda não encontrada no âmbito do trabalho. Aproveite as próximas páginas para ler depoimentos de pessoas que mudaram completamente a sua atuação e de especialistas, sobre os motivos que levam os profissionais procurar caminhos distintos

39

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 39

11/9/2009 18:31:04


+

40

Ser Mais atualizado

seRHumano

P

por Julyana Rosa

ode ser que você ou um conhecido seu, alguma vez, tenha chegado à conclusão que está no título deste texto. Talvez seja por causa da escolha equivocada na adolescência, porque não se identifica mais com os valores do que exerce, por não estar satisfeito com os pisos da categoria, por estar cansado de fazer a mesma coisa todos os dias, ou qualquer outro motivo que o tenha feito pensar duas vezes se não seria melhor partir para outra. Discutir o assunto e deixá-lo no plano das ideias, sem

tomar uma atitude definitiva, pode acontecer e há quem prefira isso. Não dar este paço quando se está empregado, existe uma renda fixa e compromissos para honrar é mais simples. Mas, não é a solução para todos. Antes de apresentar a você pessoas que mudaram de profissão e colocar quais passos são importantes, segundo elas e um especialista em orientação profissional, se deseja seguir em frente, avalie alguns pontos. Será que não está insatisfeito somente com a empresa e o local de trabalho?

Mudar de emprego é diferente de trocar de profissão e exige um tipo de planejamento com outras características. A sua profissão dá a possibilidade de atuar em diversas áreas? Já passou e testou todas? Às vezes, a questão não é mudar totalmente, mas experimentar novos desafios para aquilo que já se está preparado. Enquanto reflete sobre essas questões, agora leia a opinião de um especialista sobre a escolha e troca de carreira.

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 40

11/9/2009 18:31:08


 Porque alguns mudam totalmente de carreira e atividade isso, muita gente muda de rumo, a identidade profissional é construída constantemente”, explica. O professor é especialista em orientação profissional e coordena um serviço gratuito da UNESP pela Internet para tirar dúvidas de jovens que prestarão vestibular. O atendimento é feito por mensageiro eletrônico, os horários disponíveis e contato estão no site www.assis. unesp.br/vestibunesp Apesar do serviço ser direcionado para jovens vestibulandos, qualquer um pode usufruir dele. A equipe que atende é formada por estudantes de Psicologia supervisionados por Motta e proporciona aos indecisos questionamentos que podem ajudar a tomada de decisão. No ano passado, segundo o professor, houve um caso de um jovem administrador de empresas de 30 anos, casado, pai de dois filhos que tinha o sonho de fazer Direito. Entrou em contato com a equipe e descobriu que não seria loucura cursar outra graduação, que não precisaria largar tudo para fazêla. Estuda à noite, continua com a família e o mesmo padrão de vida. Romper com o estabelecido é uma decisão pessoal e intransferível, apesar de difícil, pode ser bemsucedida se tomados alguns cuidados. Confira, na sequência, as dicas de um consultor empresarial, que mudou completamente de

profissão e foi executivo durante 20 anos.

Em busca de outros sonhos Teria sido mais fácil continuar com a carreira de executivo internacional do que trilhar novos caminhos para César Souza. Todos os sonhos aos quais aspirava, ao longo de duas décadas, já tinham sido realizados e a experiência adquirida poderia o ajudar na etapa da vida que se seguiria.

41

Após anos exercendo a mesma profissão, por mais que se ame o que se faz, existe a chance das atividades desempenhadas caírem na rotina. Quem nunca, no domingo à noite, achou que o final de semana passou rápido e que, no dia seguinte, segunda-feira teria que trabalhar, mesmo sem vontade? Se isso não acontece todos os dias, tudo bem, você pode estar só cansado. Mas e quem se martiriza, por que não vê a hora do expediente acabar e, quando termina, lembra que no dia seguinte ainda é um dia útil e tudo começará novamente? Pode ser só um momento de crise, mas se acontece com frequência, talvez seja a hora de repensar o que se quer daqui para a frente. Chega um momento da vida em que trabalhar só em uma profissão não proporciona todo o prazer desejado, segundo Paulo Motta, psicólogo e docente do Departamento de Psicologia Evolutiva da UNESP. E é aí que surge a vontade de mudar, mas nem mesmo a conhecida “vocação” ajuda na hora da nova escolha ou a frear a decisão de mudança. “Não existe a vocação, mas uma elaboração, a construção de uma identidade ocupacional ao longo da vida, e a pessoa aprende a gostar das coisas de acordo com o modo que vive. A família, a escola, os amigos, todos contribuem de algum modo para aquilo que cada um escolhe. Por

Para quem levou a construtora brasileira Odebrecht para o exterior e a posicionou, ocupou cargos como o de vice-presidente e sócio-diretor de um grande grupo, a mudança seria simples, não é?

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 41

11/9/2009 18:31:10


+ 

42

Ser Mais atualizado

seRHumano

por Julyana Rosa

Não exatamente. Souza teve que planejar bem para trabalhar com outras coisas que também gostava, consultoria, palestras e escrever, ainda que a sua popularidade no mercado o ajudasse. E pelo jeito o esforço valeu a pena, já faz dez anos que ele atua nas novas áreas, até uma empresa de consultoria própria possui, a Empreenda. Para os que pensam em novos caminhos, dá as dicas coragem, criatividade e saber aonde se quer chegar, necessárias para dar o giro de 360 graus na carreira e alcançar o resultado satisfatório. Ainda que a vida financeira pese na hora de virar o jogo, aconselha a mudança, mas sempre pensada com calma e um plano b, na hipótese das coisas não saírem conforme o planejado. “Os realizadores de sonhos quando mudam tem uma taxa de sucesso muito grande, porque passam a fazer o que gostam. É um encontro consigo mesmo e quando ele acontece, as pessoas têm mais retorno em termos financeiros, de saúde e felicidade. Mas recomendo fortemente que façam um Business Plan da carreira, trate-a como um negócio”, comenta. Entre as perguntas que elenca e podem ajudar você ou quem esteja indeciso sobre qual rumo tomar, estão: Estou feliz? Posso ser mais feliz? Faço o que gosto? O que de

fato me realizaria? Que passos tenho que dar para chegar aonde gostaria de estar em 2010? Além das dicas, como material de apoio, um de seus livros, recémlançado, pode iluminar o caminho daqueles que sonham com uma nova vida, profissional ou pessoal. “Você é do tamanho de seus sonhos” traz histórias de pessoas que conquistaram o sucesso, alcançando aquilo que sonhavam e também um passo-a-passo para direcionar a caminhada.

Sim, nós viramos a mesa! Conheça agora três mulheres, gente como você, que decidiram colocar um ponto final em suas antigas profissões para ir em busca de outros

horizontes. Aproveite a leitura e descubra se, a partir de outras experiências, está na hora de tomar as rédeas da sua vida.

Do consultório para a cozinha Entre os mínimos cuidados dispensados com um canapé e os detalhes da sua apresentação à mesa, existem poucas diferenças entre a habilidade para esta tarefa manual e para outra, que exige o mesmo grau de perfeição e a chef Márcia de Paula prefere nem lembrar. Há mais de um ano lidando com a gastronomia, não pensa em voltar a fazer implantes. Da antiga profissão, que exerceu por 20 anos, com especializações no exterior e uma bela carreira estabelecida, guarda o senso estético, a facilidade para lidar com ferramentas e objetos pequenos e o jogo de cintura para vender os seus serviços. Partir para a carreira solo, novamente, não foi fácil para a dentista. Com casa, marido, cachorro e filha para criar, precisou avaliar bem e montar um plano estratégico para que a mudança ocorresse da forma menos traumática possível. A formação técnica parra atuar na área nova, a gastronomia, era necessária, mas não queria passar três anos estudando antes de começar a empreitada. Pesquisou e

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 42

11/9/2009 18:31:10


 descobriu o curso ideal para as suas expectativas o de Chef de Cozinha Internacional do Institute of Culinary Education de Nova York, que possui a duração de um ano.

eventos corriqueiros como coffeebreak e menu de festas. Apesar do pouco tempo de empresa, diz já estar colhendo os frutos. Houve mês em que a chef comenta ter ganho tanto quanto uma pessoa formada em odonto e que prevê, em cinco anos, ganhar mais. “ Tive um retorno até que rápido do investimento que fiz nessa nova carreira. Claro que no começo não é simples, é preciso lutar e conquistar a clientela. Fiz alguns eventos e jantares em que quem me contratou gostou e recomendou para outras pessoas. Mas também já fiz algumas aulas expositivas em loja de utensílios domésticos para mostrar o meu trabalho, que também me rendeu bons contatos. Credito o meu retorno ao estar fazendo o que gosto e empenho ”, diz Paula. Quem quiser conhecer melhor o trabalho da chef pode acessar o seu site www.ideiagourmet.com.br

Os astros destino

reservam

outro

Quando Camila Colaneri escolheu cursar Direito, não sabia que iria exercer a profissão por um tempo limitado. Foram dez anos, dos quais boa parte passou mudando e tentando encontrar uma área que tivesse a ver com ela. Trabalhou em escritório de advocacia, lecionou, advogou, mas nenhum desses

43

Como tinha a certeza de que era preciso mudar, estava decepcionada com a profissão, e queria estar preparada o quanto antes para enfrentar o novo mercado, partiu para os EUA, deixando então a família, a filha ainda adolescente, com apenas 15 anos. “Não foi fácil dizer para todos que eu seria chef de cozinha e que ficaria um ano longe de casa para me preparar... A pressão social é extremamente forte, ainda mais quando você tem uma profissão que te dá um certo status. A princípio as pessoas ficaram chocadas, acharam que era

loucura e depois algo passageiro. Tem uma amiga minha que até hoje me pergunta se não quero fazer implantes no consultório dela. Nem penso mais nessa possibilidade, no começo você até se pergunta, mas se toma a decisão de mudar tendo um bom planejamento, não desiste, além de que o trabalho hoje com comida me motiva, é uma experiência lúdica e divertida”, explica a chef. Apesar de ter deixado a casa durante um ano e seus entes queridos, eles foram os que lhe deram mais apoio. O marido viu que estava com coragem e deixou-a seguir sua nova atividade, pois como ela mesma afirma, achava que a sua esposa tinha estudado demais para não ser reconhecida financeiramente na mesma proporção, quando atuava como dentista. Durante o período de estudos, fez estágios em restaurantes renomados no exterior , como o DB Bistrô Moderne, do chef Daniel Boulud, sob a supervisão do chef Olivier Muller. Ao voltar para cá, criou a “Idéia Gourmet”, empresa que oferece serviços de gastronomia como assessoria para bares e restaurantes, visitas da chef em casas para preparar um jantar, por exemplo, no Chef a Domicílio, e a companhia dela para preparar as refeições nos passeios em alto mar, no Chef a Bordo. Além dessas novidades, também cuida de

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 43

11/9/2009 18:31:11


+ 

44

Ser Mais atualizado

seRHumano

por Julyana Rosa

setores a agradou por completo. Sentia tudo muito burocrático e não queria mais isso para a sua vida. Como estava insatisfeita, procurou atividades que tinha vontade de fazer para dar uma equilibrada. Aos poucos, viu-se novamente com a Astrologia, conhecida de longa data, desde criança sua mãe trabalhavana área. Apaixonou-se pelo assunto em uma aula e descobriu o que realmente a faria feliz, ser astróloga. Aos poucos preparou a família e trabalhou nas duas áreas, mas chegou uma hora em que não podia continuar. Anunciou que deixaria o Direito, causou incômodo em alguns colegas de trabalho e em seu pai, que levou alguns anos para aceitar. “Houve um certo preconceito no começo, quando disse que trabalharia com Astrologia. Algumas pessoas chegaram a me mandar e-mail dizendo que eu estava maluca, que ia jogar fora anos de estudo e a estabilidade financeira. Realmente, o lado financeiro pesa muito, mas fiz um planejamento e vi que podia mudar. Então, por que continuaria com algo que já não me fazia feliz?”, afirma. Na época, Camila já era casada, mas não sustentava a família e por isso, segundo ela, seria o momento apropriado para fazer outra coisa. Começou atendendo em casa, com a propaganda boca-a-boca com amigos e conhecidos, hoje atende pessoas de todo o País, possui um site na Internet (www.camilacolaneri. com.br) que é a porta de entrada

para muitos desses contatos. Há quatro anos se dedica a Astrologia e, em nenhum momento, pensou em voltar para o Direito.

Três mudanças e uma grande escolha Cláudia Belhasof precisou de duas formações diferentes e uma experiência fora das áreas para as quais tinha se preparado para descobrir o que gostaria de fazer. Cursou o antigo magistério e descobriu que não queria ser professora, nunca exerceu. Trabalhou como recepcionista, secretária, e atuou nessas áreas por alguns anos. Aos 33, após prestar serviços para uma multinacional, achou que seria uma boa administradora de empresas, começou a faculdade. Ao final do curso, começou a trabalhar com revisão e tradução de livros. Finalmente reconheceu a área que a faria feliz, afinal desde pequena é apaixonada pela leitura. Hoje se sente realizada profissionalmente, mas sempre em busca de novos desafios. “Sou uma eterna inconformada. Estou sempre em busca de novos desafios, até na mesma profissão. Estar realizada profissionalmente é fazer o que gosto, mas também ganhar dinheiro com isso. Um sem o outro não traz satisfação, apenas sustento”, comenta. Apesar de ter mudado bastante, Cláudia afirma que nenhuma de suas mudanças foi diretamente influenciada pela família, que

realmente fez o que desejava. No entanto, seus pais parecem ter servido de modelo para ela, sua mãe era professora primária e seu pai administrador de empresas e professor de inglês. Coincidência ou não, a profissional, que tem experiência em mudanças, alerta para o perigo da influência direta dos pais nas escolhas profissionais dos filhos. “Os pais não devem influenciar diretamente na escolha da profissão. Já vi muitas pessoas insatisfeitas (e até infelizes) porque seguiram as imposições profissionais. Eles devem mostrar caminhos, esclarecer dúvidas sobre as profissões e, se necessário, pedir a orientação de um profissional que os possa ajudar na tarefa. Jamais impor”, explica. A tradutora mantém um blog e quem quiser conhecer melhor o seu trabalho e até bater um papo sobre profissões pode acessar: www. claudiabelhassof.com.br.

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 44

11/9/2009 18:31:12


Lançamentos

A ESTRATÉGIA DE BARACK OBAMA O livro mostra o que os líderes de negócios podem aprender com a estratégia de campanha que deu a vitória ao presidente dos EUA. Os autores abordam a importância das redes sociais e apresentam diferentes tipos de estratagemas, táticas comprovadas e estratégias de vanguarda aplicadas pela equipe que conduziu Obama ao posto de homem mais poderoso do mundo. Barry Libert e Rick Faulk – Editora Campus-Elsevier – R$ 49,90

DESENHANDO O FUTURO – TRANSIÇÕES DE VIDA E CARREIRA Com mais de trinta anos de experiência na orientação profissional de executivos, a autora lança esta segunda edição, ampliada com um capítulo exclusivamente dedicado aos estados de exceção, a fase intermediária entre o fim de uma situação estabelecida e o início de uma nova etapa de carreira. O título detalha casos verídicos, demonstrando o processo de conscientização dos executivos quanto às escolhas profissionais e suas consequências para a carreira e vida pessoal. Mariá Giuliese– Qualitymark Editora – R$ 40,00

COMO OS GERENTES APRENDEM? O título deste livro é um questionamento em torno de uma temática relevante no mundo dos negócios: o processo de aprendizagem gerencial. Os gerentes são atores institucionais e exercem um papel determinante nas transformações organizacionais e o desenvolvimento de suas competências está intimamente relacionado ao aprendizado. Direcionado aos gerentes de qualquer área, assim como para acadêmicos e profissionais interessados em compreender o aprendizado de gerentes. Anielson Barbosa da Silva – Editora Saraiva - R$ 42,00

Ser Mais culto

+

invista + em você!

45

NAVEGANDO COM O SUCESSO Fazendo uma analogia entre as dificuldades da vida no mar e os desafios constantes do mundo dos negócios, o livro discute os princípios comuns às duas áreas enquanto narra as experiências que os Schürmann viveram ao conhecer povos e culturas diversos. Vilfredo leva o leitor numa viagem de volta ao mundo enquanto o faz refletir sobre o verdadeiro sentido de palavras como sucesso, família, liberdade, trabalho em equipe, perseverança e disciplina. Vilfredo Schürmann – Editora Sextante - R$ 24,90

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 45

11/9/2009 18:31:13


+

ser mais otimista

por Ômar Souki

Repensando a crise Reforçando o otimismo

46

D

aniel Goleman, autor do livro Inteligência Emocional, relata uma pesquisa feita entre 500 empresas europeias bem- sucedidas. Atuando em diferentes setores, essas empresas foram capazes de se destacar, mesmo em épocas de crise. O estudo teve como objetivo identificar a principal causa desse êxito. As organizações pesquisadas não eram isentas de problemas—mas o que fazia a diferença era que sabiam como lidar com as dificuldades de forma otimista. Isso ocorria porque eram lideradas por estrelas emocionais. O que são estrelas emocionais? São pessoas que se entregam de corpo e alma ao que fazem. São os líderes apaixonados pelas suas organizações e que estão dispostos a empurrar suas empresas rumo à excelência. Essas lideranças cultivam e valorizam 5 habilidades básicas: 1-Identificam suas emoções. 2-Administram-nas 3-Conseguem motivar a si e os outros 4-Reconhecem as emoções de cada um. 5 - Administram seus relacionamentos. Para identificar as emoções, é recomendado o uso da dissociação. Dissociar-se de uma situação difícil é saber tomar distância do

conflito—não deixar-se paralisar pela crise. Quando a situação se torna crítica, a estrela emocional sabe como sair de cena e buscar dentro de si. Sai para um passeio que pode ser simplesmente uma caminhada em um parque, ou apenas um passeio mental, se retirando, em sua imaginação, para seu local favorito de repouso. Não é uma fuga, mas a abertura de uma bolha de tranquilidade em meio à tormenta— que tem como função dar um tempo à mente e ao coração para que se acalmem. A paz interior obtida através da dissociação será o palco onde bailam as soluções para a crise. Administrar emoções é a habilidade de separar estímulo de resposta. Vivemos estimulados por péssimas notícias e ataques constantes—que são as críticas e julgamentos que os outros fazem sobre nós. Mas, em geral, nos esquecemos que podemos optar não responder aos ataques com ataque. O ataque pode ser um julgamento malicioso que alguém faz sobre nós, mas a nossa resposta não precisa ser a raiva, o ódio ou o contra-ataque. Podemos optar por responder com compreensão. Como compreender alguém que nos

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 46

11/9/2009 18:31:17


sentem. Nesses casos, basta atividades de meditação, oração prestar mais atenção à postura e à e relaxamento. Quando a pessoa forma com que elas se expressam faz o que gosta—quanto mais faz— do que ao conteúdo de suas falas. mais quer fazer, uma repetição Finalmente, as estrelas emocionais prazerosa que leva à melhoria conseguem ter maior domínio constante e superação. É o caso das sobre seus relacionamentos— estrelas emocionais que se dedicam são as verdadeiras lideranças. apaixonadamente ao crescimento Cultivam a iniciativa, o senso de saudável de suas empresas e missão, a criatividade, a capacidade obtém resultados surpreendentes— de comunicação, a energia e a mesmo em tempos difíceis. A boa disposição, assim como a motivação da equipe e o bom congruência no pensar, falar e agir. relacionamento passa pelo respeito Para encarar a crise e administrar aos semelhantes. Esse respeito em tempos difíceis, o verdadeiro se traduz em reconhecimento e líder valoriza seus relacionamentos. aceitação do estado emocional Vai além, identifica e administra dos colegas e colaboradores. Para seus estados emocionais dando saber o que os outros sentem, é direcionamento e estimulando importante observar a linguagem desempenhos de excelência em suas corporal deles. Enquanto a mente equipes. Estes são tempos difíceis—e racional usa palavras para expressarpor isso mesmo—oferecem incríveis se a mente emocional se comunica oportunidades de superação para por mensagens não-verbais. Essas todos aqueles que se estimulam com mensagens são transmitidas pelas os desafios e cultivam o otimismo na expressões faciais, pela postura e vida e nos negócios. pela tonalidade de voz. Em Ômar Souki é escritor, conferencista, professor da FGV, consultor certas situações, e Ph.D. em comunicação pela Universidade de as pessoas Ohio. Autor reconhecido internacionalmente, publicou os best-sellers: Liderança & Genialidade falam coisas que Empresarial, Paixão por Marketing, O Segredo em Vendas, Otimismo Sem Limites.Contato para não condizem palestras e treinamentos: com o que www.souki.com.br, omar@souki.com.br

47

ataca? Entendo que—na maioria das vezes—as pessoas que atacam estão apenas projetando suas frustrações em nós. E, isso se torna mais comum, à medida que a vida fica mais difícil com a crise econômica, social e ecológica. Essas pessoas nervosas não estão, na realidade, nos atacando, mas implorando por ajuda e compreensão. A pessoa que é uma estrela emocional sabe responder aos ataques com compreensão, sensibilidade e, antes de tudo, com abertura para o diálogo. Como motivar-se na crise? O que mais motiva o ser humano é, justamente, o desafio. A crise representa um enorme desafio. As organizações que conseguem o máximo de envolvimento e entusiasmo não são necessariamente as que oferecem melhores salários, mas as que oferecem melhores condições de crescimento pessoal, profissional e, também, espiritual para seus colaboradores. Há exemplos de várias empresas (Natura, Magazine Luiza, Banco do Brasil, Correios e outras) estimulando o crescimento espiritual de seus funcionários por meio de ações que levam a um maior envolvimento com

Ser Mais otimista

“O que são estrelas emocionais? São pessoas que se entregam de corpo e alma ao que fazem.”

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 47

11/9/2009 18:31:18


+

divirta-se /

-

4

#

$

%

' +

23 45 4 5 6 6 7 8 % * #

9

3

4

! ! !

! ! ! ! ! !

*

1

,- . # * / ,0 1 $% /

4 !

3

6

* % F

4

-

' &

*

!

#

5

$

$

4 !%

'

& ( )* @

/

& 4%

8L

(

# !

%

4 = /

: *

*

*

#

)

&

"

" - 866 6

= #

#

' & '

#

0

'

% * 3 * ;

' &

'

<

,

/

& (

! ! ! !

888 M 6

( #

%

# * &

#

!

' 3

! #

" %

$

.

3 K

$

?

* *

$

2

*

5

! ! ! %

* % 4 % #

&

4 &

6 L

% *

# $ ,4 4

O 4 ;

9 *

! ! ! "

5

O

P

$ 8

3 4

* &

! ! ! ! ! !

&

7 4

#

-

6

(

2

8% 4

' +

%

! ! !

R G J C

;* %

(

*

3

>

' & ?

4 <

B

3 3

' &

#

=

P H

$@

0

6 @ $=

$ Q

@

48

$ Q

67 $ P Q

S

#

(

3 K

$ 6

#

! ! ! ! #

# !

$=

*

*

8

! ! ! "

#

3

(

=

* %

8

8 T $

*

"

L

"

$7 Q

BBC

8 $ =

6 7 P $ P

BB

3

$

@

F

' +

8 -

@

3

#

T

*

$

0DE BB

+

7

6 0

#

$

=

6 =

4 A 6

@

* N

4 3 #

T 0 H$ -

0

$

: *

;

Q

6 8 P

! ! ! :

Q

$

"

#

$

6 = $ M 6

$ :

(

:

' 9

U @

Q

4

CJ

=

@

) #

@

Q

#

,-

$ =

' &

*

$ P $=

P #

A

@

1

# % #

& 6 BBG H I J 4+

!

BB

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 48

11/9/2009 18:31:27


49

a sua revista de inteligĂŞncia e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 49

11/9/2009 18:31:35


+

no alvo - tech Terceiro setor plugado

A Microsoft Brasil anunciou o lançamento de um guia para organizações sociais que têm a intenção de apresentar tecnologias de interesse do Terceiro Setor. A iniciativa inclui eventos, seminários e fóruns para discutir como a tecnologia pode ajudar as entidades do Terceiro Setor a desempenharem melhor seu papel, e para que as ONGS desenvolvam habilidades em tecnologia. O Guia de Novas Tecnologias para Organizações Sociais oferece informações sobre capacitação em tecnologia, soluções para ONGS, dicas de segurança, ferramentas de colaboração e comunicação, comunidades técnicas e acesso a recursos gratuitos.

Sistema operacional novo

Está disponível para download a versão de teste do Windows 7. O download do sucessor do Vista é gratuito e está liberado para uso por 13 meses. Especialistas da área afirmam que esta versão esteja muito próxima da que será comercializada e possui alguns benefícios em relação ao antecessor como: estabilidade, consumo de menos recursos e proteção contra espiões e outras ameaças O lançamento do novo Windows está previsto para dezembro deste ano. Para baixar, acesse: www.microsoft.com/windows/windows-7/

50

Teclado virtual a laser bluetooth

Foi lançado no exterior um teclado que deixará algumas pessoas curiosas quanto ao seu funcionamento. O teclado virtual a laser bluetooth é um teclado portátil que tem uma base que o projeta em qualquer superfície plana. O Laser Virtual Keyboard possui layout QWERTY (tamanho grande) com 63 teclas. Funciona com celulares, PDAs e computadores (com Windows Xp) que possuem o dispositivo bluetooth. É alimentado por bateria que dura 120 minutos de digitação contínua. Preço: $ 149.99. À venda no site www.thinkgeek.com

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 50

11/9/2009 18:31:38


Piano virtual

Quem gosta de se divertir tocando instrumentos agora tem mais uma opção, só que virtual. O virtual keyboard é um teclado na Internet que permite aos internautas tocarem piano, saxofone, flauta, guitarra, bateria, etc. Quem visitar a página poderá tocar usando as teclas do teclado do computador ou clicar com o mouse no virtual que aparece na tela. Para facilitar o acesso, entre no google (www.google.com) e digite virtual keyboard, o primeiro item da busca é o teclado. Para os que gostam de digitar, o link é: /www.bgfl.org/bgfl/custom/resources_ftp/client_ftp/ks2/music/piano/

Google

O Google disponibilizou há pouco tempo um novo filtro em sua busca de imagens. A novidade organiza os resultados da busca de acordo com a cor predominante das imagens. O recurso está disponível para todos os usuários do buscador, em qualquer idioma. Faça um teste!

Busca inovadora 51

Cansado de pesquisar sempre no mesmo buscador? Se você quer testar uma busca diferente, acesse beta.spezify. com. Nesse site a sua busca não é relacionada diretamente à sites, mas a textos e imagens que ficam na página de pesquisa e já mostram um pouco sobre o conteúdo que encontrará. Os textos aparecem como se fossem colunas de um jornal e as fotos dão um ar de “revista” para a página, o que torna a busca interessante e inusitada.

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 51

11/9/2009 18:31:40


+ O mundo “como o vejo” ser tech

por Tina Andrade

52

Ser Mais plugado

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 52

11/9/2009 18:31:43


»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

D

esde a entrada do Google Maps e do Earth Viewer no mundo interativo; a invasão dos sistemas de informação geográfica (GIS) e do dispositivo de posicionamento global (GPS) em veículos, celulares e até nas sofisticadas câmeras fotográficas, não paramos mais de etiquetar a superfície terrestre. Parece ironia, mas depois de quase não haver mais lugar inexplorado no mundo, eis que o mundo resolveu descobrir a Geografia!

Um novo verbo “Geotaggear” é uma forma de “superver” o que está pelo caminho e aprender a criar rotas de planejamento. Na prática, os benefícios sentidos são uma economia de tempo, dinheiro e

mais eficácia no funcionamento de pessoas e organizações, à medida que uma comunidade compartilha informações que facilitam o curso dos usuários de mapas interativos. ”Cruzo informações da lista telefônica com Google Maps, utilizo vários aplicativos do meu iPhone: para escapar dos congestionamentos; localizar meu carro no estacionamento de um shopping; ou encontrar um caixa 24 horas com capacidade para emitir cheques”, conta Victor Vieira, diretor de Mídias Interativas da agência de comunicação Fess’Kobbi. Essa coisa é mesmo “geo-nial”! Entre os mapas globais cito o Google Maps; Map24; Live Search Maps; Multimap.com; Ask.com Maps; MapQuest. Quanto aos locais, bons exemplos são o japonês MapFan; o francês Geoportail; o Italiano Seat Pagine Gialle; o espanhol Gipuzkoa Institutional Portal; o inglês Streetmap; e o americano TerraServer-USA, que por se

limitarem a apenas uma parte da superfície da terra, têm mais riqueza de detalhes. Lembro quando vi pela primeira vez minha casa por uma orthophoto (fotografia aérea geometricamente correta (“ortoretificada”), ou seja: a representação exata da superfície da terra). Para fazer esta imagem a potente câmera do satélite se inclina de modo que a lente se ajuste à deformidade topográfica. Posso dizer que enxerguei minha casa, a rua, o bairro, a cidade, o estado, o país e o mundo do ponto de vista de Deus! Perfeita é a união de geo e foto-grafia! Graças a editores como o Exif for Windows (Exchangeable Image File Format) – cujo padrão de armazenamento permite alterar e adicionar meta-informação às imagens – desde agosto de 2006 o Flickr suporta geotags e, junto com Yahoo! Mapas pode exibir a localização das fotos enviadas. O mesmo acontece em redes como Zooomr. Por ser mais uma ferramenta

53

Da primeira ideia do que seria um mapa (em Hank Sukus no ano 6.200 a.C.) até Hecateu de Mileto e Claudius Ptolomeu, nada foi tão capaz de representar o sentimento topofílico, quanto a possibilidade de utilizar coordenadas de latitude e longitude para etiquetar com precisão os lugares habitados por nossas lembranças e esperanças. Me refiro ao geotagging (ou geocoding) – ato de inserir metainformações para posicionar geograficamente tudo o que há. Na antiguidade, os mapas serviam para marcar fronteiras, indicar as terras férteis, a localização de água e as rotas de comércio. Na atualidade fico imaginando Humboldt, Ratzel, Ritter, La Blache, Hartshorne neste “lado de cá” da história...

organizacional do que qualquer outra

coisa e não melhorar a qualidade

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 53

11/9/2009 18:31:43


+

ser tech

por Tina Andrade

54

Ser Mais plugado

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»» da imagem em si, para a fotografia artística os benefícios de geotagging seriam quase inexistentes, não fosse o fato de tornar mais divertidas e indubitavelmente melhor planejadas as saídas fotográficas, tão apreciadas por fotoclubistas e amadores pelo mundo afora. Quanto aos equipamentos, os fabricantes não parecem muito interessados em investir em uma tecnologia que reflita nos preços. Câmeras com GPS estão mais para exceção do que regra, embora algumas poucas “topo de linha” já venham equipadas com o dispositivo. Em meu trabalho de memória, eu mesma tenho utilizado o Panoramio para associar fotos antigas a lugares recuperados com auxílio do Google Maps, que haviam perdido as referências originais: imóveis cujos números ou nomes de ruas foram alterados ou desaparecido do mapa convencional. Tendências Você vai encontrar seus amigos por coordenadas de latitude e longitude; e ao visitar um lugar pela primeira vez e informar sua localização, irá receber imediatamente um pacote de informações

turísticas, históricas, fotos e dicas, entregue pela Wikipedia. Vai poder carregar o celular com suas geotaggs preferidas e conquistar pontos ao facilitar a vida de todos. Geoblogs também começam a despontar. O inglês www. worldiswitness.org usa uma API do Google para exibir a localização de todos os textos publicados, incluindo os posts. Uma grande sacada que me remete à Geografia Humanística. O fenômeno da geografização é isto: um esforço coletivo para mapear, classificar e catalogar até chegar a uma nova Imago Mundi. Mas afinal, o que difere os descobridores modernos dos velhos descobridores? Por que demoramos tanto para reengenhar a Geografia? Talvez a resposta esteja na teoria do “Mein Weltbild”, ou seja, aquela imagem que fazemos do mundo, que não corresponde a uma experiência de vida. Mas nasce da relação entre uma coisa e outra como sendo nosso “ideal de vida”, que acreditamos tratar-se de um mundo perfeito – que nada mais é do que “o mundo como o vejo”.

Tina Andrade

é jornalista. E-mail: mensagemparatina@gmail.com

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 54

11/9/2009 18:31:49


»»»

55

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 55

11/9/2009 18:31:54


+

+ humor

www.guiadoscuriosos.ig.com.br

Curiosidades dos famosos

56

Ser Mais humorado

Quer se divertir e dar boas gargalhadas? Você está no lugar certo. Leia as mais engraçadas atitudes de algumas personalidades, publicadas pelo Guia dos Curiosos. Salvador Dalí

Elba Ramalho

Em 1936, o artista deu uma palestra inteira sobre artes vestido com uma roupa de mergulho, acompanhado de três cachorros russos.

“Fui chipada.” A frase é da cantora, que jura que ETs malvados implantaram um chip em seu corpo. “Os ETs implantaram um chip em meu corpo, que só foi retirado com a ajuda de seres celestiais ultra-supraluminosos.”

Winston Churchill O ex-primeiro-ministro britânico, na época da 2ª Guerra Mundial, ensinou seu papagaio a xingar o ditador Adolph Hitler. Mesmo após a morte do político, Charlie continuou praguejando o líder nazista e seus seguidores. Tony Blair

Angelo G

O primeiro-ministro Tony Blair declarou que, antes de fazer carreira em Direito, quis ser uma estrela de rock. O sonho o levou a Londres em 1971, onde a falta de dinheiro o obrigou a dormir uma noite em um banco de praça perto da estação de trens de Eunston.

A notícia saiu na edição on-line do Jornal do Brasil em julho de 2001: o mafioso italiano Angelo G. engoliu uma cópia de sua identidade falsa ao ser preso. Uma ordem de prisão internacional o acusava de assassinato, detenção ilegal e posse ilegal de armas de fogo.

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 56

11/9/2009 18:31:59


+ Tire o mĂĄximo de proveito ser tech

por Rafael Vinicius Videiro Rosa

do computador sem gastar dinheiro

Ser Mais digital

Dicas dos melhores programas grĂĄtis para fazer de tudo e com qualidade

57

a sua revista de inteligĂŞncia e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 57

11/9/2009 18:32:02


+

ser tech

por Rafael Vinicius Videiro Rosa

58

Ser Mais digital

T

ire da cabeça a preocupação por estar usando programas piratas. É possível ter um computador totalmente funcional sem gastar nem um centavo. Tudo o que você precisa é conhecer as boas opções de software grátis e de código aberto. Anote uma lista de programas de escritório e antivírus, players multimídia, editores de imagem e até jogos. Há muitas alternativas de programas grátis para deixar o computador pronto para fazer de tudo. Defina o que precisa e busque o que é imprescindível se ter na máquina. Comece pelo *OpenOffice.org*. Um pacote de aplicações grátis para trabalho de escritório tão completo quanto o Microsoft Office. Existe uma versão brasileira chamada *BrOffice.org* que nada mais é do que a tradução do programa original para o português do Brasil. Seguindo o roteiro, é hora de instalar um antivírus também grátis. De preferência poderoso e eficiente. O *AVG Anti-Virus Free Edition* é o campeão de downloads, seguido de perto pelo *Avast! Home*. Ambos estão em português e realizam a proteção do sistema em tempo real. O *Avira AntiVir Personal* é um antivírus mais leve que os concorrentes, mas nem por isso menos eficiente. Com as ferramentas de trabalho instaladas e a segurança sob controle,

dê uma olhada nos programas grátis para reproduzir músicas e vídeos. Os tocadores de áudio oficiais da

Microsoft e da Apple o *Windows Media Player* e o *iTunes*, respectivamente - entram na lista de alternativas grátis. Outros bons reprodutores são o *Winamp*, o *AIMP* e o *JetAudio*, que tocam de tudo sem problema. Quando o assunto é vídeo, existem reprodutores grátis para satisfazer todos os gostos. O *Windows Media Player* também aparece como alternativa para assistir aos filmes guardados no computador. O problema é que não traz na instalação a maioria dos codecs necessários para rodar os formatos mais comuns. O *VLC Media Player* e o *GOM Player* incluem tudo o que é preciso para que a imagem e o som apareçam sincronizados perfeitamente. O QuickTime* é a opção para ver arquivos em MOV e o *FLV Player* em FLV, o formato do YouTube. Além de reproduzir vídeos e tocar música, um computador que se preze tem que abrir e tratar arquivos de imagem. Com o *Picasa,* você tem as duas funcionalidades à mão de uma só vez. O forte do programa é a visualização e organização da biblioteca de fotos, mas também possui efeitos e comandos de edição. Outros programas que se destacam na hora de retocar e tratar imagens são o *PhotoScape*, o

*PhotoFiltre* e o *GIMP*. Este último é considerado o Photoshop de código aberto. Todos grátis e com configuração para uso em português. Existem muitas opções interessantes de jogos grátis de todos os gêneros e estilos. Só para se ter uma ideia do que há disponível, você pode assumir o papel de técnico de futebol (*Brasfoot 2009*), de treinador de Pokémons (*Pokémon GoldenSky*) ou de atirador de elite (*Combat Arms* e *Cross Fire*). Os emuladores de videogame ajudam a multiplicar a oferta para o computador e a viajar por todas as épocas e estilos de games. Navegar pela Internet pode ser bem confortável com navegadores potentes e grátis. Preste atenção também em conversores de formatos, utilidades para otimização de sistema, ferramentas de programação. A dica é vasculhar, baixar e instalar o que gostar e sentir necessidade.

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 58

11/9/2009 18:32:13


Serviço

59

Rafael Vinicius Videiro Rosa

Editor do do softonic.com.br, formado em Computação e Publicidade. E-mail: rafael.videiro@softonic.com

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 59

11/9/2009 18:32:35


+

ser mais inteligente

por Dr. Jô Furlan

A inteligência por trás do

60

Ser Mais esclarecido

“O Segredo” A

quilo que poderia ser mais uma vez fruto de um modismo, permanece e deixa marcado seu poder e sua influência. “O Segredo” continua sendo contado, discutido, questionado e avaliado. Por trás desse fenômeno existem princípios básicos, efetivos e transformadores que foram codificados nesse livro e assim popularizados para o mundo. A psicologia positiva, a física quântica entre tantas outras áreas da ciência contribuem para suas bases conceituais. Princípios aplicados, no que chamarei de ciência do êxito, são comunicados de forma clara, direta, pragmática e quase mística. Tenho acompanhado com muita atenção a repercussão esse tema na área acadêmica, nas empresas, nas famílias e nos indivíduos e percebo que, apesar do questionamento de alguns, a maioria se entrega a sedução do conceito e passa a tê-lo como uma referência expressiva em sua experiência de vida.

Acredito que com todo o arsenal tecnológico que dispomos hoje, ainda estamos apenas engatinhando no que diz respeito aos estudos da neurociência cognitiva. Com o avanço da tecnologia, cada dia mais conseguimos entender a importância de certos padrões mentais e sua influencia na nossa mente e no nosso corpo. A repercussão disso na vida de cada um de nós é observada em como vivemos, pensamos, sentimos e acima de tudo, o quanto realizamos. “O Segredo” se baseia no principio da Lei da Atração. Existe algo mais nesse conceito, afinal estamos falando de fato de lei da sintonia e da frequência. Quando desejamos sintonizar uma certa estação de rádio, buscamos no dial o número que desejamos, por exemplo 101 ou 90. Por sua vez, quando desejamos um canal específico fazemos a mesma coisa. Aqui também funciona assim, você decide qual frequência deseja sintonizar, seja construtiva ou destrutiva. Recentemente, em uma entrevista,

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 60

11/9/2009 18:32:37


“A mente humana é como um paraquedas, só tem validade se puder estar aberta!” a aplicação desses princípios para a realização. Acredito que se você realmente identificar o que deseja realizar na sua vida, experimentará um maravilhoso senso de propósito, que poderá fazer dela uma experiência fascinante – lembre-se de ter cuidado com o que deseja pois poderá conseguir. Um dos maiores responsáveis pelo insucesso das pessoas normalmente reside no fato que elas até sabem o que desejam, porém não se sentem merecedoras. Neste caso, vale muito o seguinte conceito: acredite (tenha fé, esperança, dedicação, desejo ardente) e provavelmente será capaz de realizar, duvide e com certeza fracassará. Na Medicina Comportamental e em outras áreas da neurociência cognitiva, todos os dias somos apresentados às evidências que consolidam alguns dos conceitos abordados pelo “O Segredo”. Seja no campo das crenças, dos valores, das emoções, outros padrões comportamentais, ou mesmo dentro de conceitos descritos que transcendem nossa compreensão e cujos mecanismos ainda não somos capazes de explicar. Muito do que encontramos no livro “O Segredo” poderá aumentar seu grau de realização, aprimorar sua capacidade de superação e contribuir para um aprimoramento contínuo da sua inteligência do sucesso. Dica: Se ainda não leu, leia. Se já leu, releia com outros olhos.

61

fui questionado se “O Segredo” não seria pura autoajuda. Respondi que sim, e que nessa vida ou as epessoas se ajudam ou se destroem. Você tem a escolha de trazer a informação que o ajudará a realizar o que deseja, reforçando seu poder pessoal, suas crenças construtivas, experimentando emoções saudáveis, ou o contrário, ativando padrões limitadores, destrutivos com grande capacidade de comprometer seu bem-estar e harmonia, restringindo inúmeras capacidades fundamentais para o processo de realização pessoal e profissional. Uma das maiores contribuições trazidas para o grande público no “O Segredo” é a ênfase naquilo que você deseja, na formulação de seus objetivos. Na Inteligência Comportamental Humana, costumo chamar isso de o S.O.M. do Sucesso – Sonhos – Objetivos e Metas. Tomando como sinônimos de sucesso, as palavras êxito ou realização, percebemos aqui a presença desse tipo de inteligência. Tendo por base a realização do que você deseja, ”O Segredo” afirma o quão fundamental é para a nossa vida saber exatamente o que desejamos, o que sonhamos realizar. “Afinal, aquele que não sabe o que procura, não será capaz de enxergar quando encontrar. “. Sinto que, às vezes, sou repetitivo em relação a esse conceito, mas estabelecer um alvo é a base para maximizarmos nosso poder de realização. A partir daí, escolherá qual será a sintonia durante essa viajem na direção do seu objetivo. Quanto mais acreditar que é possível, mais estará estimulando seu cérebro a perceber caminhos, aprimorar percepções e operar dentro de um padrão poderosamente construtivo. Quando você inicia uma jornada, talvez ainda não conheça todas as etapas, mas é necessário acreditar na sua capacidade de aprender – crescer e realizar. Mesmo com tudo que tem sido dito sobre “O Segredo”, tenho verificado que inúmeras pessoas ainda não desenvolveram a disciplina e nem estabeleceram o comprometimento necessário para

Dr. Jô Furlan

é especialista em liderança e precursor da inteligência comportamental. Site: www.drjofurlan.com.br

a sua revista de inteligência e sucesso SerMais_edicao07_02.indd 61

11/9/2009 18:32:39


+

com a palavra

por Reinaldo Polito

Reuniões nossas de cada dia com as circunstâncias, você poderá organizar suas reuniões em quatro etapas:

Inicie pela pauta - Reunião sem pauta é como um catado de futebol. Aqueles times montados às pressas, à medida que os jogadores são encontrados por acaso, sem nenhum critério. Parece óbvio demais, entretanto, muitas reuniões não funcionam bem por não haver pauta.

D) Recapitule Esta última parte da reunião é uma das mais importantes, pois ao rever as decisões que foram tomadas será possível eliminar possíveis dúvidas ou equívocos. Ainda nesta fase, se perceber que algum ponto não foi bem esclarecido, será possível retomá-lo.

Organize as etapas da reunião - Planeje as etapas da reunião com o objetivo de auxiliar a atuação dos participantes, facilitar a troca de informações, ajudar nas decisões e evitar possíveis dúvidas ou divergências. Com as alterações que julgar conveniente, de acordo

A) Fale sobre os assuntos da reunião Faça uma rápida exposição indicando com clareza quais as questões que serão discutidas, quais os objetivos a serem alcançados, quais os tópicos que já foram apurados, tudo, enfim, que for útil para proporcionar uma participação produtiva de todos os profissionais e a conquista dos resultados almejados. B) Discuta os temas Assim que orientar o grupo sobre os objetivos da reunião, dê início à discussão do primeiro assunto da pauta passando a palavra para os participantes debaterem, aprofundarem o problema, levantarem e sugerirem soluções.

Pl d c

C) Parta para as decisões Na fase das discussões algumas propostas são rejeitadas, enquanto outras sugestões sobrevivem às objeções e se mostram consistentes. Considere essas sugestões que resistiram ao debate para tomar as decisões.

In

Reinaldo Polito

é mestre em Ciências da Comunicação, palestrante, professor de Expressão Verbal e autor de 15 livros. www.polito.com.br

www.revistasermais.com.br SerMais_edicao07_02.indd 62

Fa

tre AF 0902-SM

62

Ser Mais humano

R

eunião, reunião, reunião. Você não aguenta mais tanta reunião. Dia sim, outro também você reúne a tropa para discutir os mais variados assuntos ligados à sua atividade. Algumas vezes você sai da sala com a sensação de que o resultado da conversa foi bom, outras nem tanto e há momentos em que a discussão foi tão infrutífera que sentiu vontade de jogar cada um dos colaboradores pela janela. Você já parou para pensar que muitos transtornos ocorridos nas reuniões são culpa sua? Dentro da nossa cultura corporativa é o superior hierárquico quem lidera as reuniões. Por mais que você queira delegar essa tarefa, pelo menos as mais importantes ficarão sob sua responsabilidade. Reflita um pouco - você se envolve para aumentar as vendas, fica atento à qualidade do produto, não tira o olho da concorrência para não ser surpreendido, controla o fluxo de caixa como se fosse o ar que respira, observa de soslaio a contabilidade, mas quase não se preocupa em planejar as reuniões. Se você tomar alguns cuidados poderá fazer de suas reuniões um recurso poderoso para tornar seu empreendimento ainda mais bem sucedido:

11/9/2009 18:32:52



Sermais edicao 07