Page 1


Guia médico

Revista Saúde Edição 13 | Junho . 2019 | João Pessoa.PB

Dr. Antonio Luís Ximenes Cirurgia Vascular | Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular CRM/PB 5953 | RQE 3581 - RQE 3603

Clínica Alfa Medical Rua Rio Grande do Sul, 1509 Bairro dos Estados - João Pessoa - PB (83) 3578-0103

Dr. Arthur de Sousa Pereira Trindade Otorrinolaringologista CRM/PB 8803 | RQE 5683

Eco Medical Center - R. Antônio Rabelo Júnior, 170 - 13º Andar - Miramar, João Pessoa - PB (83) 3022-4250

Dra. Camilla Bezerra da Cruz Maia Otorrinolaringologista CRM 6446 | RQE 4100 Clínica de Otorrino Eco Medical Center. Rua Antônio Rabelo Júnior, 170 - 13° andar - Miramar - João Pessoa - PB (83) 3022-4250 Unidade Centro: Av Maximiano de Figueiredo,44 (83) 3221-7110 Unidade Bessa: Avenida Governador Argemiro de Figueiredo, 2075 (83) 3022-4280

Dra. Diana Lacerda

Dermatologista CRM/PB 7047 | RQE 4448 Clínica Beaute Eco Medical Center - Rua Antônio Rabelo Jr, 170, Miramar - 19º andar Sala 1901 - João Pessoa/ PB 83 3508-8577 | 99840-8080

Dr. Camilo Bruno Alves Ramalho Nutrologia | Envelhecimento e Medicina Regenerativa CRM/PB 9933

Espaço Médico Avenida João Câncio, 798 - Sala 3 Manaíra - João Pessoa/ PB 83 3578-5453 | 99839-5553

Dra. Gabriela Diniz

Otorrinolaringologista CRM-PB 7252 | RQE 4544 Clínica de Otorrino Unidade Miramar Eco Medical Center - Rua Antônio Rabelo Júnior, nº 170, 13º andar, Miramar, João Pessoa-PB 83 3022-4250 Unidade Bancários Av. Sérgio Guerra, Nº 176, 1º Piso (Anexo a Cedrul) Bancários, João Pessoa-PB 83 8651-7651 | 3022-4270

Dermatologia Clínica, Cirúrgica e Estética CRM/PB 7662 - CRM/PE 19496 RQE 4051

Dra. Gabriele Fernandes Camilo

Dra. Jamille Lima Ribeiro Spegiorin

Alergista e Imunologista Pediátrica CRM/PB 8090 | RQE 5812 RQE 5563

Otorrinolaringologista CRM 9150 | RQE 4376

Instituto do cérebro Avenida São Paulo, 854, Bairro dos Estados João Pessoa-PB (83) 9 9982-2129 Cooped R. João Domingos, 91, Miramar João Pessoa/PB (83) 3244-7676

10

Dra. Candida Lucena

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

Liv Mall Avenida Gov. Flávio Ribeiro Coutinho Jardim Oceania - Salas 538 e 539 (83) 98183-2828 | (81) 3139-6001

Clínica de Otorrino Eco Medical Center. Rua Antônio Rabelo Júnior, 170 13° andar - Miramar - João Pessoa - PB (83) 3022-4250 Unidade Altiplano: Altiplex José Olímpio Av. João Cirilo da Silva, Altiplano, João Pessoa-PB (83) 3022-4290 Unidade Bancários: Av. Sérgio Guerra, N° 176 Bancários, 1º Piso (Anexo a Cedrul), João Pessoa-PB (83) 8651-7651 | 3022-4270


Guia médico

Revista Saúde Edição 13 | Junho . 2019 | João Pessoa.PB

Dra. Júlia Guedes Cardoso Otorrinolaringologista CRM/PB 7422 | RQE 4295

Cirurgião de Cabeça e Pescoço CRM/PB 5966 - RQE 3837

Clínica de Otorrino Eco Medical Center. Rua Antônio Rabelo Júnior, 170 - 13° andar - Miramar - João Pessoa - PB (83) 3022-4250 Unidade Centro: Av Maximiano de Figueiredo,44 (83) 3221-7110 Unidade Bessa: Avenida Governador Argemiro de Figueiredo, 2075 (83) 3022-4280

Endocentro - Av. Camilo de Holanda, 280 Centro (83) 3222-7300 Endocentro Bessa - Av. Argemiro de Figueiredo, 2075 - Bessa (83) 3022-4283 Oncovida - Av. Mato Grosso, 183 - Bairro dos Estados (83) 2107-2227 | 2107-2222

Dr. Jorge Vinícius Silveira Mendes

Dra. Lia Tácia Cavalcante de Holanda Sá

Urologia CRM/PB 7916 | CRM/SP 152.874

JOÃO PESSOA - EcoMedical Rua Antônio Rabelo Jr., 170 16º andar (83) 3185.8000 | 99643.4212 SÃO PAULO - Av. Angélica, 2491 9º andar (11) 3230. 3058

Prof. Dr. Luiz Victor Maia Loureiro

Clínica Médica e Oncologia Clínica CRM/PB 8766 | RQE 4323 RQE 4324 Clioncol R.Clemente Rosas, 360 – Torre, João Pessoa/PB (83) 3244-2515 | 98828-0090 Unidade de Oncologia – Unimed 3º andar do Hospital da Unimed Alberto Urquiza Wanderley - João Pessoa/PB (83) 2106-8660 Centro de Oncologia do Hospital Nossa Senhora das Neves Rua Etelvina Macedo de Mendonça, 531 - Torre João Pessoa/PB (83) 3565-9000 | 99831-0303

Dra. Mariana Pereira Roque Otorrinolaringologista CRM/PB 8669 | RQE 5271

Clínica de Otorrino Eco Medical Center. Rua Antônio Rabelo Júnior, 170 - 13° andar - Miramar - João Pessoa - PB (83) 3022-4250 Unidade Bessa: Avenida Governador Argemiro de Figueiredo, 2075 (83) 3022-4280 Unidade Altiplano: Altiplex José Olímpio Av. João Cirilo da Silva, Altiplano, João Pessoa-PB (83) 3022-4290

Dra. Priscilla Teixeira Antas Bezerra Oftalmopediatra CRM/PB 9378 | RQE 4464 Hospital Visão Rua Silvio Almeida, 821. Expedicionários (83) 3031-4555 Instituto Hospitalar de Tratamento da Visão Rua Deputado José Mariz, 1246. Tambauzinho (83) 3225-4025 Provisão - Ecomedical Rua Antônio Rabelo Júnior, 140, 11º andar. Miramar (83) 3022-8100

12

Dr. João Paulo de Medeiros Vanderlei

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

Otorrinolaringologista CRM/PB 6865 | RQE 4632 Unidade Miramar Eco Medical Center - Rua Antônio Rabelo Júnior, nº 170, 13º andar, Miramar, João Pessoa-PB (83) 3022-4263 Unidade Bessa Avenida Argemiro de Figueiredo, nº 2075, Bessa, João Pessoa-PB. (83) 3022-4280 Unidade Bancários Av. Sérgio Guerra, Bancários, nº 176, 1º Piso (Anexo a Cedrul), João Pessoa-PB (83) 8651-7651 / 3022-4270

Prof. Dr. Marcelo Gonçalves Sousa Cirurgia Videolaparoscópica Cirurgia do Aparelho Digestivo CRM/PB 5438 | RQE 3477 RQE 5106 Pátio Shopping Altiplano, 2° andar - Sala 66 (83) 3508-2963 | 99314-6423 Instituto do Cérebro da Paraíba Av. São Paulo, 854, Bairro dos Estados João Pessoa - PB (83) 3209-8000 | 99308-3979

Dra. Monique Valdek Dermatologista CRM/PB 5179 | RQE 3012

Dermacap Avenida Esperança 1340 - Manaira João Pessoa - PB (83) 3227-0215/99108-3434

Dra. Vivianne Araújo Dermatologista CRM/PB 5599 | RQE 2598

Rua Wandick Filgueiras 514 -Tambauzinho João Pessoa-PB (83) 3225-6706 | 991158530


Expediente

Revista Saúde Edição 13 | Junho . 2019 | João Pessoa.PB

REVISTA TRIMESTRAL Junho/2019 | ANO 4 | Nº 13 | João Pessoa - PB Editora Lopes e Rampani Ltda - CNPJ 07.986.256/0001-69 Franquia de João Pessoa - CJB Prestadora de Serviços Ltda - CNPJ 05.478.588/0001-07 ESCRITÓRIOS Umuarama (sede): Rua Paulo Pedrosa de Alencar, 4291 - Ed. Manhattan Garden - CEP: 87501-270 | Centro | Tel.: 44 3622-8270 e-mail: revistasaude@sempresaude.com.br - João Pessoa: Av. Ingá, 189 | Sala 001 | CETRAS | CEP 58038-250 | João Pessoa-PB Tel.: (83) 98750-7070 - e-mail: joaopessoa@sempresaude.com.br COLABORADORES LAYOUT E DIAGRAMAÇÃO: André Silva, Alison Henrique, Bruno Assunção, Dyego Bortoli, Jean Carlos, Marcio Garcia e Thiago Mantovani CORREÇÃO ORTOGRÁFICA: Professora Tallis Oliveira F Resende e Professora Maria de Fátima dos Santos FOTOGRAFIAS: Fernando Bronzeado Fotografias - 83-3226-8934 JORNALISTA RESPONSÁVEL: Caio Henrique dos Santos Rosa - 0011175/PR CIRCULAÇÃO: João Pessoa - PB

NOSSA CAPA - JOÃO PESSOA Cirurgia ortognática Corrige a Mastigação e Melhora a Estética Facial Dr. Talvane Sobreira Cirurgião Buco Maxilo Facial - CRO/PB 2262 Foto Capa Fernando Bronzeado - (83) 3226-8934

FRANQUIAS Apucarana/Arapongas-PR - Leandro Henrique | Paula Renatha Pontim - comercial@sempresaude.com.br - 43. 9611-5553 | 43. 9611-5563 - Araçatuba/Bauru-SP - Anderson Hernandes - aracatuba@sempresaude.com.br - 18. 99740-2777 - Boa Vista-RR - Julio Graziani Carlos boavista@sempresaude.com.br - 95. 99169-4071 - Cacoal/Ji-Paraná-RO - Flávio Junior Bezerra Paixão - paixao@sempresaude.com.br - 69. 99278-5703 - Campo Mourão-PR - Rafael Morimoto - rafael@sempresaude.com.br - 44. 9911-8081 | 44. 8811-6206 - Chapecó-SC - Fábio Bortolone - chapeco@sempresaude.com.br - 49. 9916-5719 - Cianorte-PR - Paulo Paixão - cianorte@sempresaude.com.br - 44. 3269-6430 | 44. 9922-0310 - Criciúma-SC - José Carlos Junqueira Alvarenga - criciuma@sempresaude.com.br - 48. 9912-5253 - Cuiabá-MT - Cristiana L. G. Donegá - cuiaba@sempresaude.com.br - 65. 8111-2423 | 65. 9640-2423 - Foz do Iguaçu -PR - Rosana Segovia - rosana@ sempresaude.com.br - 45. 9991-2500 - Florianópolis-SC - Paulo Victor Frasson Cordeiro - floripa@sempresaude.com.br - 48. 9133-3334 | 48. 9610-5357 - Goiânia-GO - Tiago Brito - goiania@sempresaude.com.br - 62. 9951-1899 - João Pessoa-PB - José Adriano Danhoni Neves | Ednéia Tenório - joaopessoa@sempresaude.com.br - 83. 98750-7070 | 83. 98812-7080 - Joinville-SC - Ana Paula de Campos - joinville@ sempresaude.com.br - 47. 9930-6364 - Londrina-PR - Leandro Henrique | Paula Renatha Pontim - londrina@sempresaude.com.br - 43. 9611-5553 | 43. 9611-5563 - Macaé/Rio das Ostras-RJ - Andreia Garcia | Paulo Cesar Ceranto - macae@sempresaude.com.br - 22. 988475455 | 22. 98842-9166 - Maringá-PR - Paulo Paixão - paulopaixao@sempresaude.com.br - 44. 3269-6430 | 44. 9922-0310 - Natal-RN Dirceu Filho - natal@sempresaude.com.br - 83. 98788-7070 - Palmas/Araguaína-TO - Jefferson Fila de Andrade | Rafael Thomaz - palmas@ sempresaude.com.br - 63. 98503-9960 | 63. 98426-2494 - Paranavaí-PR - Paulo Paixão - paranavai@sempresaude.com.br - 44. 3269-6430 | 44. 9922-0310 - Ponta Grossa-PR - Sérgio Oliveira | Mara Megda - pontagrossa@sempresaude.com.br - 42. 9987-8180 | 42. 8418-1290 Porto Velho-RO - Arthur Marandola | Rafael Morimoto - portovelho@sempresaude.com.br - 69. 9366-1466 | 69. 9366-1470 - Presidente Prudente-SP - Alexandre Lúcio Martins - prudente@sempresaude.com.br - 18. 98111-5145 - Ribeirão Preto-SP - Josy Vilela Le Senechal - ribeirao@sempresaude.com.br - 16. 99711-7770 - Rondonópolis-MT - Marcio Costa - rondonopolis@sempresaude.com.br - 66. 9683-1899 - São José dos Campos-SP - Marcelo Piai | Verônica Venâncio - sjcampos@sempresaude.com.br - 12. 99625.8005 | 12. 99625-1005 - São José do Rio Preto-SP - Renato Dias Renovato - riopreto@sempresaude.com.br - 17. 99669-1700 - Sinop/Sorriso/ Lucas do Rio Verde-MT - Emerson do Carmo - 66. 9.9994-2442 - rampani@sempresaude.com.br - Luiz Carlos Rampani - rampani@ sempresaude.com.br - 66. 9659-7210 - Uberaba-MG - Wander Marcio Rosada - uberaba@sempresaude.com.br - 34. 9990-2479 Uberlândia-MG - Wander Marcio Rosada - uberlandia@sempresaude.com.br - 34. 9990-2479 - Umuarama-PR - Ueslei Rampani | Marcelo Adriano - revistasaude@sempresaude.com.br - 44. 8407-0698 | 44. 9941-9930 | 44. 3622-8270

DIREÇÃO GERAL

Marcelo Adriano Lopes da Silva

FRANQUEADOS DESTA UNIDADE

Ueslei Dias Rampani

Adriano Danhoni

Ednéia Tenório

ENTRE EM CONTATO PARA MATÉRIAS E ANÚNCIOS Você também pode ler esta edição pelo aplicativo: REVISTA SAÚDE OFICIAL

José Adriano Danhoni Neves (83) 98750-7070 joaopessoa@sempresaude.com.br

www.rsaude.com.br

Facebook/revistasaudejoaopessoa

As matérias e imagens veiculadas são de responsabilidade dos seus autores.

14

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

revista_saude_joaopessoa


Índice 18 20 22 24 26 28 30 40

Revista Saúde Edição 13 | Junho . 2019 | João Pessoa.PB

Transplante de Fígado Prof. Dr. Marcelo Gonçalves Sousa

Você tem sorriso gengival?

64

Profa. Dra. Sheyla Christinne Lira

A Beleza só se completa com um lindo sorriso. Dra. Ingrid Garcia Ximenes Q. Dantas

Você sofre com calos nos pés? Dr. Ronald Jonas

Tratamento do Nódulo de Tireoide. O que há de novo? Dr. João Paulo de Medeiros Vanderlei

Benefícios da Lipo Enzimática Recessões gengivais e suas implicações na qualidade de vida Dr. Elson Fernandes

O coquetel de Myers e a origem de uma nova fronteira na prática da medicina integrativa: terapia nutricional endovenosa

Tecnologias Robóticas revolucionam a dermatologia estética

68

Harmonização Orofacial: Saúde e Equilíbrio

70

Dificuldades na deglutição: como diagnosticar?

Alergias: mitos e verdades Dra. Gabriele Fernandes Camilo

46

Uso de eletrônicos e a saúde ocular na infância

48

Dicas para as mulheres sobre a saúde dos homens

50

Rejuvenescimento e Estética em Homens

52

Dra. Priscilla Teixeira Antas Bezerra

Dr. Jorge Vinícius Silveira Mendes

Dra. Candida Lucena

ESPECIAL CAPA Cirurgia ortognática corrige a mastigação e melhora a estética facial Dr. Talvane Sobreira

Yohana Silveira Oliveira

72

Dra. Mariana Pereira Roque Dra. Camilla Bezerra da Cruz Maia Dra. Jamille Lima Ribeiro Spegiorin Dra. Júlia Guedes Cardoso

74

Tontura e zumbido: conheça as causas, relações e tratamentos.

76

Infecção de repetição de vias aéreas na criança

80

Microagulhamento Robótico Tecnologia a favor da beleza.

82

Fisioterapia Obstétrica: os exercícios que auxiliam no Pré, durante e no Pós-Parto.

Dra. Lia Tácia Cavalcante de Holanda Sá

Dra. Adriana França

84

Treinamento Funcional para Crianças e Adolescentes

86

O que é melhor: colocar um implante ou tratar o canal do dente? A Importância da análise ergonômica do trabalho para empresas

56

90

A importância da sexualidade humana e o prazer feminino

92

Cooperativa de serviços fisioterapêuticos completa 20 anos de atuação na Paraíba

60 62

ABA (Análise do comportamento) aplicada ao Autismo Karla Albuquerque de Brito Pereira

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

Dra. Elaine Dantas

Charlyne Lira Urtiga

Francisco de Assis Pinheiro Filho

Maeve Nóbrega

106

82

Regina de Mello

Programação Metabólica dos Pais – Usando o alimento para ter óvulos e espermatozoides saudáveis. Vasinhos na face. Como Tratar?

70

Priscila Cartaxo

Larissa Lins de Freitas Rodrigues

Médico x Gestão O que você precisa saber.

50

Dra. Monique Valdek

88

Dr. Antonio Luís Ximenes

46

Dr. Arthur de Sousa Pereira Trindade

Fisioterapia Dermato Funcional: um tratamento que vai além da estética

58

26

Dra. Diana Lacerda

54

Tayanne Nunes Sátiro Ferraz de Moura

16

Dra. Vivianne Araújo

Vacina para rinite funciona?

Dr. Camilo Bruno Alves Ramalho

44

Dr. José Anselmo do Nascimento Santos Filho

66

Dra. Gabriela Diniz

18

O aspecto natural das lentes de contato dentais

Divulgação da sua clínica através de um Digital Influencer – Saiba como formular uma parceria segura. Landoaldo Falcão de Sousa Neto

66 92


Transplante de Fígado

PROF. DR. MARCELO GONÇALVES SOUSA CRM/PB 5438 CIRURGIA VIDEOLAPAROSCÓPICA RQE 5106 CIRURGIA DO APARELHO DIGESTIVO | RQE 3478 • Doutor pela Universidade Federal de São Paulo/EPM; • Mestre pela Universidade Federal de São Paulo/EPM; • Professor de Gastrocirurgia da UFPB e FAMENE; • Habilitação e Qualificação em Cirurgia Oncológica do Aparelho Digestivo pelo CBCD/AMB; • Especialista em Cirurgia do Aparelho Digestivo pelo CBCD/AMB; • Área de Atuação em Cirurgia Bariátrica e Metabólica e Videolaparoscopia; • Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica; • Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva e Colégio Brasileiro de Cirurgiões; • Membro da International HepatoPancreato-Biliary Association; • Fellow em Transplante de Fígado e Pâncreas na UNIFESP - SP; • Estagiário do Hôpital Paul Brousse Paris, França; • Observership na Mayo Clinic, Jacksonville, Flórida.

18

A cirrose hepática é uma agressão irreversível das células hepáticas, sendo esta a condição mais frequente que leva ao transplante hepático em adultos e crianças. A cirrose ocorre quando o fígado normal é substituído por tecido de cicatrização, o que diminui a função do órgão. As situações que levam à cirrose e a consequente necessidade de transplante de fígado são a hepatite crônica por vírus B ou C, doenças que comprometem as vias biliares, hepatite alcoólica, hepatite autoimune, doença hepática por esteatose, tumores e hepatite fulminante por drogas ou vírus. Os pacientes candidatos ao transplante precisam ser avaliados para detectar se apresentam alguma doença que possa ser tratada com o procedimento, no entanto, em alguns casos, eles necessitam de outras opções terapêuticas associadas ao transplante. Além disso, é necessária uma investigação de outros problemas que podem impedir sua recuperação pós-transplante. É importante também avaliar se eles estão psicologicamente aptos e têm o apoio de amigos e familiares para realizar a substituição do fígado. Em casos em que a falência hepática é o resultado de abuso de álcool ou outras drogas, o paciente deverá ter um período de abstenção mínima de seis meses para ser considerado um candidato ao transplante. O paciente candidato ao transplante de fígado é colocado em uma lista única, auditada e confiável, de espera estadual para transplante, de acordo com a compatibilidade sanguínea (Sistema ABO). Desde 2006, no Brasil, o critério de espera na lista respeita um índice baseado na gravidade da doença, conhecido como MELD (Model for End-Stage Liver Disease). Esse índice corresponde a um valor numérico que varia de 6 a 40, e demonstra a urgência do paciente para o transplante. Os casos mais graves apresentam MELD mais elevados, e serão priorizados. Nos casos de transplantes em crianças, o sistema é chamado de PELD. Os casos urgentes (hepatite fulminante) têm prioridade absoluta na lista de espera do transplante. A sobrevida desses pacientes é muito curta e, por isso, devem ser operados com urgência, embora a necessidade de transplantes seja consideravelmente maior que o número de doadores com morte encefálica disponíveis. O procedimento de transplante hepático leva em média de cinco a oito horas. O fígado doente é retirado por uma incisão no abdômen superior. Posteriormente, o fígado do doador é colocado na cavidade abdominal e os vasos sanguíneos são ligados às respectivas estruturas do

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

receptor. A última etapa do transplante é a reconstrução de via biliar, que pode ser feita com o ducto biliar do receptor ou com um segmento de intestino, como nos casos de transplantes por atresia de vias biliares na criança. Após a cirurgia, os pacientes permanecem em uma unidade de terapia intensiva, não havendo quaisquer complicações clínicas ou cirúrgicas, eles são encaminhados ao apartamento. O tempo de internação hospitalar médio pós-transplante varia de uma a duas semanas. A chave para entender o tratamento pós-transplante é o conceito de que o órgão transplantado é um corpo estranho. O sistema imune do receptor vai atacar o fígado transplantado num processo chamado “rejeição”. Por esta razão, todos os pacientes transplantados devem receber medicações que combatam a rejeição, as chamadas drogas imunossupressoras. O uso de imunossupressores faz com que os pacientes estejam sujeitos a um maior risco de infecções oportunistas, causadas por vírus, fungos e bactérias. Por esse motivo, eles devem manter acompanhamento rigoroso, especialmente até o primeiro ano pós-operatório, para detecção precoce de eventuais complicações e intercorrências. O sistema de transplante hepático é totalmente confiável e seguro, e tem mudado a vida de muitos pacientes que já não tinham mais expectativas de vida. O apoio e a conscientização da sociedade são importantes para que haja mais doações de órgãos que possam salvar a vida de mais pessoas.


Você tem sorriso gengival? A aparência do sorriso é muito importante, afinal todos querem ter dentes alinhados, brilhantes e proporcionais. Um sorriso bonito é composto pela estética vermelha (gengiva) e a branca (dente) na proporção correta.

PROFA. DRA. SHEYLA CHRISTINNE LIRA CRO-PB 3925 • Doutorado em Periodontia; • Mestrado em Odontologia; • Especialização em Implantes Dentários; • Aperfeiçoamentos em Periodontia e Harmonização Orofacial; • Professora do Curso de Odontologia do Centro Universitário de João Pessoa – UNIPÊ.

O sorriso gengival corresponde a exposição exagerada da gengiva ao falar ou sorrir. Os sorrisos classificados como “atraentes” têm 2 mm ou menos de tecido gengival exposto. O diagnóstico é feito através da avaliação do sorriso com fotografias, sondagem periodontal e, em alguns casos, exames radiográficos e tomografias odontológicas. O padrão utilizado para a identificação do problema é a exposição de até 85% dos dentes anteriores ao sorrir, em que a única porção das gengivas que pode aparecer é a papila interdental. Medicações, respiração bucal, inflamações gengivais, higiene oral deficiente em pacientes

bios “desçam” e escondam parte da gengiva ex-

com aparelho ortodôntico ou a genética são

posta em excesso. No entanto, se você não está

os principais responsáveis pelo crescimento

disposto a esperar até lá, alguns procedimentos

exagerado da gengiva (hiperplasia gengival).

podem resolver esse problema.

Como a gengiva recobre os dentes, tem-se a

Procedimentos cirúrgicos simples como a

falsa percepção de que o paciente possui den-

gengivoplastia devolvem a naturalidade ao re-

tes pequenos. Lábio superior curto e hiperativo,

mover e redesenhar o contorno correto das

crescimento vertical em excesso da maxila e a

gengivas. Técnicas cirúrgicas minimamente in-

combinação destes fatores também podem oca-

vasivas podem ser indicadas em alguns casos

sionar um sorriso gengival.

para reestabelecer o sorriso do paciente. As

Os pacientes que procuram por mudanças

vantagens destas técnicas são um pós-operató-

estéticas de impacto como facetas ou lentes

rio mais rápido, menos doloroso e o fato de não

de contato são candidatos a correções prévias

necessitar de sutura (pontos).

de posicionamento e harmonia gengival. Sem a

A hiperatividade labial pode ser controlada

adequação estética gengival, os resultados po-

temporariamente através da toxina botulínica

dem ser frustrantes, não tanto pelo resultado

(botox). Cirurgias para reposicionamento labial

das facetas em porcelana – que agradam a pra-

e diminuição da dimensão vertical da maxila

ticamente todos os pacientes, mas sim porque o

também são opções de tratamento.

efeito poderia ser ainda melhor se os contornos

Para determinar qual a melhor opção de tra-

gengivais e comprimentos adequados dos den-

tamento e quais resultados podem ser obtidos,

tes fossem reestabelecidos.

faz-se necessário uma avaliação Odontológica

O sorriso gengival é mais frequente em mu-

precisa, com profissionais capacitados. Simula-

lheres e em indivíduos na faixa dos 20 aos 30

ções disponíveis em consultórios odontológicos

anos. Com o tempo, ocorre a perda do tônus dos

são excelentes auxiliares para previsão e análise

músculos labiais, e o aumento progressivo da

da influência dessas cirurgias no resultado final

flacidez dos tecidos da face faz com que os lá-

dos tratamentos dentários estéticos.

Av. Governador Flavio Ribeiro Coutinho, Manaíra, Shopping Liv Mall, 4° andar, sala 404 - João Pessoa - PB

(83) 98650-1061

20

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


A Beleza só se completa com um lindo sorriso.

DRA. INGRID GARCIA XIMENES Q. DANTAS CRO 4717/PB

E todo sorriso pode ser melhorado e se tornar mais belo, o que vem sendo cada vez mais procurado em nossa cultura.

Miramar - R. Antonio Rabelo Jr, 170 Sala 1405. Eco Medical Center João Pessoa-PB

simplesmente, fantásticos. Otimizamos ao máximo o tempo do pacien-

A odontologia estética e reabilitadora, é uma

te, fazendo com que o planejamento do trata-

área que, a cada dia mais vem crescendo e se

mento seja concluído o mais rápido possível.

aprimorando.

Geralmente, entregamos com oito dias úteis

Técnicas individuais como restaurações em

um tratamento complexo e se for algo simples,

resina composta, coroas, facetas e lentes de por-

como uma coroa, uma lente, uma faceta entre-

celana para dentes anteriores e posteriores, as-

gamos em no máximo 48 horas, dependendo da

sociadas e integradas a técnicas de clareamento,

situação que se encontrar o paciente”.

plástica gengival e até com outras especialida-

O consultório Dra. Ingrid Ximenes, com ati-

des odontológicas (Preventiva, Restauradora,

vidade em João Pessoa, possui uma concepção

Implantodontia, Periodontia, Endodontia, Or-

diferenciada de conforto e tecnologia nos trata-

todontia, Cirurgia, Etc) têm sido cada vez mais

mentos odontológicos.

conhecidas e procuradas pelas pessoas para que

Equipada com o que há de melhor e mais mo-

sua saúde bucal, no seu sentido físico e psicoló-

derno em equipamentos, materiais, conceitos

gico, seja melhorada.

e tecnologias, seu consultório é modelo 100%

Felizmente, todos esses benefícios propor-

planejado e construído em toda sua infraestru-

cionados pela odontologia estética vêm se tor-

tura física, para proporcionar biossegurança,

nando cada vez mais acessíveis à toda popula-

conforto e bem-estar para os pacientes. Desen-

ção, não sendo mais sinônimo de tratamentos

volve uma nova e duradoura concepção, filosofia

demorados e de acesso restrito. Esse fato tem

e realidade odontológica em relação aos proce-

contribuído, acima de tudo para melhoria na

dimentos, tecnologias, conforto e bem-estar de

qualidade de vidas das pessoas em todos os sen-

tratamentos odontológicos para reabilitação

tidos: pessoal, social e psicológico, fazendo com

estética e funcional do sorriso.

(83) 98607-0067

@dra.ingridximenes

22

que o custo-benefício dos tratamentos sejam

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


Você sofre com calos nos pés? Entenda as causas que podem levar ao aparecimento frequente de calos.

DR. RONALD JONAS FISIOTERAPEUTA CREFITO 177256-F • Especialista em Ortopedia e Traumatologia com Ênfase em Terapia Manual • Especialista em RPG e Pilates • Ex-Professor da Faculdade Asper • Podoposturologia e Confecção de Palmilhas Posturais • Formação em Tratamento de Escoliose Baseado em Evidências. • Formação em Disfunção da ATM e Trauma de Face

Rua Santos Coelho Neto, 337 - Manaíra João Pessoa-PB

(83) 99157-1739 (83) 98866-5804

Rua Mírian Barreto Rabelo, 591 - Bessa João Pessoa-PB

O calo é o espessamento das camadas da pele como resposta do nosso corpo a alguns estímulos externos, como o atrito e o aumento da pressão local. Esse espessamento acontece para proteger as camadas mais internas da região, onde se formam essas calosidades. Normalmente, os calos não causam dor, mas, em alguns casos, podem causar muito desconforto. Quando não tratados, podem afetar várias camadas da pele, se tornando profundos e doloridos. Com isso, o calo pode alterar o caminhar normal, fazendo com que o indivíduo altere sua pisada com o intuito de proteger a região acometida. Uma pesquisa recente mostrou que dentro de um ano mais de 46% dos brasileiros apresentaram calos nos pés, e que as mulheres têm duas vezes mais calos do que os homens. O surgimento dos calos, normalmente, está relacionado ao atrito do pé com o calçado ou um aumento da pressão exercida durante o caminhar ou correr. Em geral, as regiões mais suscetíveis estão sobre proeminências ósseas: na sola do pé (por causa de hiperpressão) e na parte de cima dos dedos (pelo atrito com os calçados). Principais causas • Calçados mal adaptados, que deixarão os pés sem espaço, causando atrito nos dedos ou calçados largos demais, que permitem deslocamento do pé dentro do calçado, causando mais atrito e calos; • Desalinhamentos durante o caminhar, que causam pressões maiores em determinadas regiões e, consequentemente, calos; • Tipo de ocupação, pois se o trabalho exigir longos períodos em pé, longas caminhadas ou exercícios com bastante carga e repetição, os pés podem ter mais atrito com os calçados ou pressões mais elevadas. • Atividades que exigem esforço excessivo de uma região específica do pé, como, por exemplo, bailarinas, motoristas de caminhão e bateristas, que desenvolvem os calos para proteção do local; • O uso constante de calçados com a caixa dos dedos estreita (bico fino), sapatos muito altos com grande inclinação do calcanhar em relação aos metatarsos e dedos; • Sobrepeso, que faz com que o indivíduo altere o equilíbrio da pisada e, consequentemente, aumente o impacto do pé ao solo; • Atividade física intensa associada ao calçado inadequado, ou praticantes de esporte de alto impacto que não utilizam palmilhas para correção da pisada.

(83) 3578-3000 24

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

O uso de palmilhas posturais realinha a pisada e redistribui as pressões na sola do pé, retirando os pontos de maior pressão que causam os calos através de peças específicas. Além disso, elas melhoram a aderência dos pés ao calçado, diminuindo o atrito e impedindo a formação de calos. Vários usuários de palmilha sob medida relatam o desaparecimento dos calos após o uso da palmilha, graças a redistribuição de pressão que ela promove. Durante a consulta, é realizada uma avaliação postural, fotografia, plantigrafia, podoscopia e o exame computadorizado da Baropodometria – aparelho que quantifica e compara as pressões desenvolvidas nos diferentes pontos da região plantar, tanto na posição em pé, quanto na marcha. Ele também mensura a oscilação do corpo durante a posição ortostática (capacidade do corpo de se manter estável em uma dinâmica de tensão muscular em direção ao equilíbrio).


Tratamento do Nódulo de Tireoide. O que há de novo?

DR. JOÃO PAULO DE MEDEIROS VANDERLEI CRM/PB 5966 - RQE 3837 Cirurgião de Cabeça e Pescoço • Mestre em Cirurgia de Cabeça e Pescoço pela Universidade de São Paulo- USP-RP • Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço - SBCCP • Active Member Of Latin American Thyroid Society • Professor Universitário do Curso de Medicina • Residência Médica em Cirurgia de Cabeça e Pescoço pelo HC da USP-RP

Os nódulos de tireoide são um problema muito comum, em que, na maioria das vezes, não requer tratamento. No entanto, quando surge a necessidade de alguma intervenção, a cirurgia convencional, até pouco tempo, era a única opção. O procedimento era realizado através de um corte no pescoço, onde era removida uma parte, ou toda a tireoide. Cicatrizes no pescoço e o hipotireoidismo (falta de hormônio da tireoide por completa remoção da glândula) eram as consequências inevitáveis da cirurgia. Com o advento de novas tecnologias, atualmente, é possível evitar essas consequências. Cirurgia da tireoide por vídeo - TOETVA Através de três pequenos cortes no lábio inferior do paciente, o cirurgião consegue introduzir tubos que darão passagem a uma câmera e aos instrumentos cirúrgicos para remoção da tireoide, sem a necessidade de cortes no pescoço. Com essa técnica, quaisquer nódulos tireoideanos, benignos ou malignos, podem ser operados, desde que não sejam exageradamente volumosos. O maior benefício da TOETVA é, sem dúvida, a ausência de cicatriz no pescoço. No lábio, as pequenas cicatrizes pelo lado de dentro ficam imperceptíveis. A tireoidectomia por vídeo mostrou-se completamente segura e eficaz, sem aumentar os riscos de complicações em relação a cirurgia convencional. O tempo de recuperação e os cuidados pós-operatórios são os mesmos. No mesmo dia da cirurgia, além de poder falar sem problemas, o paciente já volta a se alimentar normalmente por via oral. É importante ressaltar que a TOETVA não evita o hipotireoidismo, caso a glândula seja retirada por completo e, nesse caso, o paciente necessitará repor o hormônio. Ablação por Radiofrequência Apenas nódulos comprovadamente benignos podem ser tratados sem cirurgia por essa técnica. Guiada por ultrassonografia, uma fina sonda como uma agulha é introduzida através da pele até o interior do nódulo da tireoide. Um gerador conectado por fios à sonda, emite a energia de radiofrequência que percorre a sonda até sua ponta, onde gera calor suficiente para “queimar” apenas o nódulo. Todo o restante da glândula é preservado. Terminado o procedimento e estando recuperado da anestesia, o paciente já pode retomar suas atividades normais.

26

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

Com o passar dos dias o nódulo vai regredindo até praticamente desaparecer ao fim de 6 meses. Em algumas situações, podem ser necessárias mais de uma aplicação, para se obter o resultado desejado. Como apenas os nódulos são “queimados” sem atingir a parte sadia da glândula, essa tecnologia além de não deixar cicatrizes, evita o hipotireoidismo da remoção completa da tireoide, pois preserva a glândula normal que permanece produzindo o hormônio tireoideano. Poucos efeitos colaterais são relatados pelos pacientes como dor leve ou desconforto na região da tireoide, que são tratados com analgésicos simples. O mais importante em qualquer caso é sempre consultar um cirurgião de cabeça e pescoço habilitado. Antes de escolher um profissional consulte seu currículo e confira suas habilitações.


Benefícios da Lipo Enzimática Cada vez mais, homens e mulheres estão em busca do corpo ideal, realizam dietas e atividades físicas e algumas vezes recorrem aos procedimentos estéticos para obterem um melhor resultado. A lipo enzimática é uma opção para quem não deseja se submeter ao procedimento

DRA. GABRIELA DINIZ

cirúrgico e está indicada para pessoas que estão

CRM/PB 7662 - CRM/PE 19496 DERMATOLOGIA CLÍNICA, CIRÚRGICA E ESTÉTICA - RQE 4051

no peso normal, mas têm gordura localizada, ou

• Formada em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba UFPB • Residência Médica em Dermatologia Universidade de Pernambuco (UPE) • Pós-Graduação em Cosmiatria, LASER e Procedimentos – Hospital Albert Einstein/SP • Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia - SBD • Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica -SBCD

indicada também para pacientes que se subme-

que estão apenas um pouco acima do peso. É teram a lipos, hidrolipos ou outros tratamentos para redução de gordura e não ficaram satisfeitas com os resultados. Mas afinal, o que é a LIPO ENZIMÁTICA? A lipo enzimática é uma técnica de origem francesa que consiste na aplicação de substâncias lipolíticas no tecido subcutâneo. Ela utiliza o ácido desoxicólico que atua na membrana das células adipócitas promovendo a ruptura e destruição da célula de gordura e intenso processo inflamatório local. Funciona, então, como um “detergente” de gordura. A aplicação é feita diretamente na região que se pretende tratar, o que torna possível resultados mais rápidos. Em média são indicadas de 3 a 6 sessões. Em quais regiões a LIPO ENZIMÁTICA pode ser feita?

opção para quem não deseja se submeter ao procedimento cirúrgico e está indicada para pessoas que estão no peso

As injeções podem ser aplicadas em qual-

normal, mas têm gordura

quer parte do corpo e na papada. Ou seja, áreas

localizada, ou que estão

com gorduras localizadas: submento, barriga,

apenas um pouco acima

culotes, coxas e costas são os locais mais indicados para aplicação. Qual a duração dos resultados da LIPO ENZIMÁTICA? Os resultados geralmente começam a ser observados a partir da 2ª/ 3ª sessão e a intensidade e duração dos resultados dependerão do estilo de vida de cada paciente. Hábitos saudáveis como uma dieta balanceada e práticas de exercícios físicos contribuirão para a manutenção dos resultados.

28

A lipo enzimática é uma

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

do peso.


Recessões gengivais e suas implicações na qualidade de vida DR. ELSON FERNANDES CRO/PB 4211 • Mestrando em Implantodontia (SL Mandic - Campinas -SP) • Especialista em Implantodontia (UNIPÊ - PB) • Pós Graduado em Odontologia Estética (ABO - RN ) • Membro SBOE - Sociedade Brasileira de Odontologia Estética • Membro ITI • Professor e Coordenador da Especialização de Implantodontia - Unipê

Cada vez mais, nos preocupamos com nossa aparência física, e o sorriso e a estética oral exercem uma grande importância nesse quadro. Compreender o aspecto gengival da odontologia restauradora é extremamente importante na harmonização da estética e da função. A estabilidade gengival ao redor de dentes e implantes exerce uma função relevante de proteção e estética. A migração da gengiva ex-

A migração da gengiva expondo a raiz, geralmente, é considerada um caso de recessão gengival, causando sensibili-

pondo a raiz, geralmente, é considerada um caso

dade dentinária, dificultando

de recessão gengival, causando sensibilidade

assim a escovação e tornando

dentinária, dificultando assim a escovação e tornando o local um ponto de retenção de biofilme bacteriano.

o local um ponto de retenção de biofilme bacteriano.

Quando não tratada, a recessão gengival pode levar a sérias consequências, como perda óssea, infecção, perda de inserção do dente e, por fim, a perda do elemento dentário. Dentre

Avenida Presidente Epitácio Pessoa, 753 - Sala 1216 - Edifício Central Park Bairro dos Estados João Pessoa - PB

(83) 99195-4528 | 3576-7019

as principais causas estão a escovação traumáti-

vernizes. Após isso, é importante determinar a

ca, inflamação gengival, mal posicionamento do

possibilidade de restauração com resinas com-

dente e bruxismo.

postas ou cirúrgicos, através de resultados pre-

O tratamento consiste principalmente em remover a causa e controlar a hipersensibilida-

Caso apresente alguns desses sinais clínicos

de, podendo fazer uso de colutórios (solução

acima, agende uma consulta, pois o diagnóstico

para bochechos), pastas dessensibilizantes e

precoce favorece um bom resultado.

98614-6447 @drelsonfernandes

30

visíveis desde que bem planejados.

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


FARMÁCIA E ESTÉTICA: UM NOVO RAMO PARA O REALCE DA SUA BELEZA. A preocupação com a imagem e o bem-estar físico e psí- tura capaz de fazer esse cenário crescer com resultados que traquico e a busca incansável de uma jovialidade e de um corpo tem não só a beleza, mas também a saúde. perfeito tem levado muitas pessoas à busca de alternativas

As Farmácias de Manipulação tem sido grandes aliadas para

não cirúrgicas para o realce da beleza. Pensando nisso, em trazer cada vez mais a ciência na estética, como também o pró2013, o Conselho Federal de Farmácia resolveu regulamen- prio profissional farmacêutico que tenha o título de estética, tar a atuação de farmacêuticos na estética. Devido ao amplo atuando de acordo com as resoluções que respaldam a “Saúde conhecimento em fisiologia humana e, também, na capaci- Estética”. dade de formular cosméticos com alta tecnologia, de forma individualizada para cada pessoa.

A Genuspharma assumiu o compromisso de atuar na promoção da saúde e na melhoria da qualidade de vida das pessoas.

De um lado, há pessoas procurando serviços que garan- Com atendimento qualificado, profissionais capacitados, uma loja tam rapidez e resultados e, do outro, o campo científico da sofisticada e laboratórios modernos e bem equipados. Estamos estética moldado pelos profissionais, fármacos direcionados prontos para atender as necessidades e entregar o melhor resulpara a estética e técnicas avançadas. Enfim, uma infraestru- tado aos nossos clientes.


DR. CAMILO BRUNO ALVES RAMALHO NUTROLOGIA | ENVELHECIMENTO E MEDICINA REGENERATIVA CRM/PB 9933 • Residência Médica em Cirurgia Geral (UFSC); • Fellow Medical School University of Chicago; • Envelhecimento e Medicina Regenerativa pela BARM/A4M; • Membro Regular Obesity Society.

John Myers foi um médico norte-americano

cil medir com precisão a quantidade de nutrien-

que propôs o uso de vitaminas e minerais de for-

te que vai parar no sangue e a quantidade que

ma endovenosa como proposta de tratamento

vai ser eliminado por não ter sido absorvido.

para uma enorme variedade de doenças. Após

Um exemplo utilizando a vitamina C. Quan-

sua morte, muitos pacientes continuaram bus-

do há ingestão diária de vitamina C, ela é aumen-

cando as famosas injeções de nutrientes, já que

tada em 12 vezes, de 200 mg/dia para 2.500 mg/

muitos deles estavam fazendo controle de suas

dia. A quantidade no sangue aumenta em 25%,

doenças com o médico há mais de 25 anos. Den-

atingindo um pico no sangue de 9,3 mg/dL. Já

tre os problemas que Myers costumeiramente

quando a administração é endovenosa, esse

tratava, estavam a fadiga, depressão, dor no pei-

pico passa a ser de 80 mg/dL no sangue. A partir

to e palpitações, que eram bem controladas com

disso, essas vitaminas e minerais exercem seus

as injeções.

papeis no organismo, com as doses adequadas

A composição do famoso coquetel era um

Dessa forma, é possível garantir que a quan-

ções e informações a respeito. Supunha-se, por

tidade ideal de nutrientes seja ofertada para o

relatos, que Myers aplicava por via endovenosa,

organismo, diferente da suplementação intra-

em uma seringa de 10 ml, uma combinação de

muscular ou oral. Assim, as funções fisiológicas

vitaminas, como tiamina, vitamina B6, C e B12

no corpo e o tratamento de doenças podem ser

e minerais como o gluconato de cálcio e o panto-

o mais efetivas possíveis. Acompanhe nossas pu-

tenato de cálcio.

blicações e fique ligado nas principais novidades

Com o tempo, os médicos sucessores de Myers foram adaptando o coquetel, ora eliminando o ácido clorídrico, ora aumentando a vitamina C, de forma empírica. Em um período de 11 anos, aproximadamente, 15 mil injeções foram administradas em quase 1000 pacientes. Dentre as doenças que tinham um ótimo controle com o Myers, estavam ataques de asma (chiadeira), enxaquecas, fadiga crônica (sensação de cansaço), fibromialgia, rinite, angina, alterações da glândula tireoide e dores menstruais. Durante as últimas duas décadas, inúmeros relatos de médicos que utilizam o Myers foram publicados, no entanto, faltam estudos científicos que sejam controlados e, a longo prazo, que comprovem de forma rigorosa o uso do coquetel. A grande vantagem da administração endovenosa dos nutrientes está relacionada à concentração destes no sangue. Essa é a chave para entendermos a terapia de nutrição endovenosa. Quando o nutriente entra no corpo pela via endovenosa, ele atinge o máximo possível de quantidade circulante no corpo pelo sangue. Sendo administrado pela via intramuscular ou pela via oral, há um limite para a absorção, por isso é difí-

40

calculadas e administradas pelos médicos.

mistério, já que havia uma escassez de publica-

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

relacionadas à área.

Referência - GABY, Alan R. Intravenous nutrient therapy: the” Myers’ cocktail”. Alternative Medicine Review, v. 7, n. 5, p. 389-403, 2002.

O coquetel de Myers e a origem de uma nova fronteira na prática da medicina integrativa: terapia nutricional endovenosa


Alergias: mitos e verdades DRA. GABRIELE FERNANDES CAMILO CRM/PB - 8090 ALERGISTA E IMUNOLOGISTA PEDIÁTRICA - RQE 5812 • Residência Médica em Alergia e Imunologia Pediátrica – Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) • Residência Médica em Pediatria – Secretária Estadual de Saúde do Distrito Federal (SES_DF) • Membro da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI) • Preceptora do Ambulatório de Alergia e Imunologia Pediátrica da Faculdade de Medicina Nova Esperança – FAMENE.

Chega o período de chuvas e inverno, e com isso uma série de doenças, dentre elas, as alergias. De acordo com a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), 30% da população brasileira sofre com alguma sensibilidade. De acordo com a Organização Mundial da Alergia, 40% da população mundial tem algum tipo de alergia. A organização ainda estima que, o número de asmáticos no mundo chegue à 400 milhões até 2025. Conheça alguns mitos e verdades que rondam o assunto. 1- A alergia é contagiosa? Não. As pessoas alérgicas, principalmente, as que têm asma, rinite e dermatite atópica, possuem uma condição genética que determina que reajam de forma exagerada a determinados estímulos, causando os sintomas alérgicos. 2- Tratar alergia é um procedimento eficaz? Embora não se possa alterar a herança genética que os alérgicos apresentam, os tratamentos disponíveis atualmente englobam medicamentos bastante específicos, com efeitos colaterais mínimos e que melhoram muito a qualidade de vida do paciente. 3- Todas as doenças alérgicas são incuráveis? Embora a alergia seja uma condição herdada geneticamente e, na maioria das vezes, definitivamente, existem doenças alérgicas em que há a possibilidade da resolução completa do quadro, como acontece a alergia ao leite de vaca, que se inicia, na maioria das vezes, na lactância ( bebê) e tende a desaparecer por volta 2-5 anos de idade. 4- Ar condicionado faz mal aos alérgicos? Os alérgicos podem permanecer em ambientes com ar condicionado. O importante é que a alergia esteja bem controlada e que os aparelhos estejam limpos. De preferência limpeza dos filtros a cada 15 dias. 5- Natação cura alergia? Natação é um excelente exercício físico e sua prática traz benefícios para as pessoas alérgicas, em especial, para os asmáticos. Entretanto, o exercício não é capaz de “curar” a asma e, em algumas condições alérgicas, pode até agravar o quadro como, por exemplo, rinossinusites crônicas. 6- Corticóide faz mal? A resposta não é simples, pois ... Depende! Assim como as alergias são diferentes, os corticoides também não são iguais, e assim, possuem riscos conforme seu tipo de absorção, potência,

44

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

dose, tempo de utilização. Mas existem formas e estratégias para o uso seguro dos corticoides? A resposta é... SIM! Converse com o profissional de saúde sobre qual a opção ideal para o seu caso. 7- Travesseiros e colchões “antialérgicos” não necessitam de capas impermeáveis? Todos os tipos de travesseiros e colchões devem ser revestidos com capas apropriadas (revestidas internamente com película impermeável) para evitar a proliferação de ácaros e fungos. 8- Sorvetes desencadeiam crises de alergia respiratória? O que desencadeia alergias respiratórias são, principalmente, as substâncias inaláveis, tais como os ácaros, fungos, baratas, epitélios de cão e gato, irritantes ambientais (poluentes, fumaça de cigarro, cheiros fortes...) etc. 9- Antialérgicos dão sono? Isso pode acontecer com certos medicamentos, principalmente os antialérgicos conhecidos como de primeira geração, mas não é uma regra. Já os mais modernos não têm esse inconveniente. Converse com o profissional de saúde sobre qual a opção ideal para o seu caso. 10- Purificadores de ar podem evitar crises alérgicas? Verdade. Purificadores de ar com filtros especiais são eficazes em remover pelos de animais, restos de insetos e outros deflagradores de surtos de espirro, coceira e afins. Para os alérgicos, os purificadores valem como um investimento. 11- Alergia ao leite é o mesmo que intolerância à lactose? Alergia ao leite e intolerância à lactose são duas coisas bem diferentes. A alergia é uma alteração imunológica e os sintomas são causados pelo contato com as proteínas do leite, do soro e do coalho, e suas manifestações podem ocorrer no corpo todo, assim como a anafilaxia. Já a intolerância é um problema do organismo com o açúcar do leite, a lactose, e suas manifestações são sempre gastrointestinais. 12- Pessoas com alergia a crustáceos também têm alergia a peixes? A pessoa pode ter alergia a crustáceos e não ao peixe, e vice-versa. O paciente alérgico ao camarão pode não tolerar outros crustáceos, mas não outros peixes.


Uso de eletrônicos e a saúde ocular na infância Há alguns anos, o acelerado desenvolvimen-

Tendo em vista todos esses problemas, a So-

to tecnológico vem colocando em nossa rotina

ciedade Brasileira de Pediatria lançou em outu-

a presença cada vez mais constante do uso das

bro de 2016 um Manual de Orientações com as

telas. E, seja através do computador, televisão,

recomendações para o uso de telas na infância.

tablet ou celular, as crianças não têm passado

Em resumo, orienta o seguinte: para crianças de

DRA. PRISCILLA TEIXEIRA ANTAS BEZERRA

imunes a esse “boom” digital.

0 a 2 anos, deve-se evitar o uso das telas; na faixa

CRM/PB 9378 OFTALMOPEDIATRA - RQE 4464

É cada vez mais frequente observarmos be-

etária de 2 a 5 anos deve limitar o uso ao máximo

bês assistindo vídeos em televisões, crianças

de 1 hora por dia; para crianças maiores, os pais

que ainda nem falam manipulando tablets e ce-

devem estabelecer os limites de tempo e horário

lulares com uma desenvoltura surpreendente,

• • Médica pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

de uso dos dispositivos digitais, bem como ter

escolares já selecionando seus vídeos preferidos

controle se o conteúdo está apropriado à faixa

• Residência em Oftalmologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

nas plataformas digitais. Nesse cenário, os pais

etária. Em abril desse ano, a Organização Mun-

sempre se questionam sobre os malefícios que o

dial de Saúde (OMS) divulgou recomendações

uso excessivo dos aparatos digitais pode causar.

semelhantes.

• Especialização em Oftalmopediatria pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) • Título de Especialista em Oftalmologia pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia

Já existem vários estudos científicos mos-

Na contra mão da tecnologia, vale lembrar

trando os prejuízos do uso sem controle da

que as atividades ao ar livre têm comprovado

tecnologia na infância como dificuldade de so-

efeito positivo no desenvolvimento visual e ge-

cialização, ansiedade, transtornos do sono e da

ral da saúde da criança, devendo ser estimuladas

alimentação, sedentarismo, problemas postu-

sempre que possível.

rais, entre outros.

46

Dessa forma, é importante que toda criança

E como fica a visão? Crianças muito expostas

faça um acompanhamento oftalmológico regu-

a telas podem desenvolver a síndrome do olho

lar, especialmente nos primeiros 7 anos de vida

seco e com isso queixa de ardência, sensação de

que é a fase na qual nossa visão está em desen-

areia nos olhos, aumento na frequência do pis-

volvimento. Não se deve esperar por alguma

car e embaçamento visual. O esforço para man-

queixa ou suspeita de dificuldade visual para

ter o foco pode gerar também fadiga, desconfor-

realizar a primeira consulta de oftalmopediatria

to visual e dor de cabeça. Além disso, a luz azul

porque as crianças pequenas nem sempre irão

emitida pelos eletrônicos pode estar relaciona-

queixar de dificuldade ou demonstrar claramen-

da a alterações retinianas a longo prazo.

te sinais de baixa visão.

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


Dicas para as mulheres sobre a saúde dos homens

DR. JORGE VINÍCIUS SILVEIRA MENDES CRM/PB 7916 | CRM/SP 152.874 Urologia - RQE 5908 • Título de Especialista em Urologia pela Sociedade Brasileira de Urologia (TISBU); • Pós-Graduação em Medicina Sexual pela Faculdade de Medicina do ABC, São Paulo • Pós-Graduação em Infertilidade Masculina e Reprodução Humana pela Faculdade De Medicina do ABC, São Paulo • Fellowship em Andrologia pela Faculdade de Medicina do ABC, São Paulo • Membro da International Society for Sexual Medicine (ISSM) • Membro da Equipe de Cirurgia do Hospital Universitário Lauro Wanderley

Toda mulher se preocupa com a sua saúde, e por que não se preocupar também com a do seu companheiro? Você, mulher, que pode procurar o ginecologista para tratar seus problemas, sabia que o público masculino também pode se direcionar a um especialista? É aí onde surge a Urologia e Andrologia, que tratam do sistema urinário e do sistema reprodutor masculino, respectivamente. Vamos falar aqui sobre seis doenças que atingem homens e que podem ser tratadas por um médico Urologista e Andrologista. Câncer de Próstata – é um tumor que ocorre em homens geralmente acima dos 50 anos e pode ser curado quando ainda está localizado. Realizar atividade físicas, não fumar, manter uma alimentação saudável e visitar regularmente o médico pode contribuir para a prevenção e detecção precoce desse câncer. Cálculo Renal – conhecido também como pedras nos rins. Geralmente afeta homens com idades entre 20 e 40 anos e os principais sintomas são dores muito fortes e agudas. Os tratamentos para eliminar as pedrinhas formadas variam dependendo do tamanho do resíduo. Doenças sexualmente transmissíveis – nos homens, as DST`s normalmente causam sintomas como coceira e secreção no pênis, aparecimento de verrugas ou feridas na região íntima e ardor ao urinar. Aqueles com vida sexual ativa devem ir pelo menos 1 vez por ano a uma consulta com o urologista, para que o aparelho repro-

48

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

dutor seja avaliado e as doenças sejam tratadas rapidamente. Infertilidade – alguns motivos que podem causar infertilidade nos homens são: varicocele, trauma testicular, uso de anabolizantes, uso de drogas, pacientes pós quimioterapia e pós cirurgia bariátrica. Um acompanhamento médico é o primeiro passo para o tratamento. Disfunção Erétil – pode provocar estresse, tensão no relacionamento e baixa autoconfiança. O principal sintoma é a incapacidade de um homem ter ou manter uma ereção firme o suficiente para a relação sexual. Hoje em dia existem medicamentos sublinguais, cápsulas e sprays que auxiliam no tratamento para disfunção, além de injeções e próteses penianas. Ejaculação Precoce - ocorre quando um homem tem um orgasmo mais cedo do que o esperado durante a relação sexual. Fatores psicológicos e biológicos geralmente estão envolvidos nas causas. O tratamento para esta disfunção requer o uso de medicamentos ou psicoterapia. É importante que você, mulher, também esteja atenta a saúde do seu companheiro e o incentive a consultas de rotina ao menos uma vez no ano com um profissional especializado em saúde masculina. Muitos problemas acometidos a eles podem ser tratados sem hesitação. O bem-estar do seu parceiro também influi na sua vida! Procure um especialista em Urologia e Andrologia.


Rejuvenescimento e Estética em Homens A dermatologia estética tem evoluído especialmente com foco no rejuvenescimento e harmonização facial do público masculino, sem

DRA. CANDIDA LUCENA CRM/PB 7047 Dermatologista- RQE 4448 • Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia. • Título de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. • Residência Médica em Dermatologia pela UFBA. • Mestranda em Ciências da Saúde pela FMABC (SP).

a perda das qualidades viris próprias ao gênero. Um dos procedimentos mais recomendados e procurados da atualidade envolve o uso de preenchedores, substâncias absorvíveis e biocompatíveis, para harmonização da face para correção de olheiras profundas, bigode chinês, projeção de queixo ou realce de ângulos da mandíbula. A toxina botulínica também é importante aliada, suavizando a contração muscular e evitando piora da progressão das rugas. Outro tratamento revolucionário são os bioindutores de colágeno, que auxiliam na melhora da qualidade da pele e da flacidez, desacelerando o processo de perda de sustentação facial conferido pela degradação do colágeno própria do processo de envelhecimento. Tratamento similar pode ser obtido com uso do ultrassom microfocado, tecnologia que, neste caso, dispensa o uso de agulhas. Atender aos desejos do público masculino requer especialização do profissional da dermatologia, que deve oferecer tratamentos minimamente invasivos e indolores, proporcionando resultados sutis e de naturalidade, com risco mínimo de formação de inchaço e equimoses, permitindo retorno imediato do paciente às tarefas cotidianas.

50

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


Especial Capa

Cirurgia ortognática corrige a mastigação e melhora a estética facial

Estamos em uma época em que as pessoas se veem muito, em redes sociais, através de fotografias, seja por “selfie”, seja por colegas e amigos em eventos e encontros e, por isso, percebem que seus rostos não estão de acordo com sua própria expectativa estética. Muitas pessoas procuram os dentistas que vão desde o sorriso, ao perfil, passando ainda pela vista frontal, na tentativa de melhorar. As fotos evidenciam a falta de harmonia quando mostram, por exemplo, um sorriso em que os dentes não aparecem, ou ainda evidência um queixo pequeno demais, ou grande demais. Mostram assimetrias transversas, muitas vezes, sorrisos tortos. Essas condições estão associadas, em sua maioria, a defeitos ósseos das arcadas dentárias que a pessoa desenvolve em seu crescimento. Nesses casos, a correção é a cirurgia A cirurgia ortognática é um ramo da cirurgia bucomaxilofacial que trata das deformidades da face, sejam elas decorrentes de síndromes congênitas ou defeitos adquiridos, como nos traumas faciais e as variações de desenvolvimento do indivíduo. Ela tem como objetivo corrigir a função mastigatória, a melhora da apneia obstrutiva do sono, problemas das articulações temporomandibulares e problemas de fonação, além de corrigir a estética facial. O desenvolvimento facial se dá durante o crescimento, quando no estágio final da puberdade essa fase se completa. Muitas vezes, esse crescimento, por algum motivo, é prejudicado ou mesmo interrompido, fazendo com que haja alterações de simetria na face. Algumas partes dos ossos faciais se desenvolvem mais do que outras, trazendo desarmonia ao conjunto.


Especial Capa Essa desarmonia que chamamos de deformidade facial é baseada em uma classificação de acordo com a oclusão do paciente, que nada mais é do que a nossa mordida. Quando a mordida está errada, ocorrem vários problemas queem alguns casos, se perdura por toda vida. Algumas doenças que podem ser ocasionadas por esse erro vão desde as doenças sistêmicas até as locais, como a doença periodontal e a doença

Quando a mordida

das articulações mandibulares. São duas articulações em um único osso,

está errada,

que funcionam juntas e ao mesmo tempo, por esse motivo, há tantos problemas relacionados.

ocorrem vários

Como uma porta, na qual as dobradiças foram

problemas que

instaladas sem alinhamento. Uma força errada será gerada e, consequentemente, dores apa-

em alguns

recerão. Existem vários tratamentos para o caso, porém um diagnóstico correto é imprescindível

O processo cirúrgico se dá em ambiente hos-

para a solução. Há casos em que a cirurgia não

pitalar e sob anestesia geral. Em média, a cirurgia

é necessária, por outro lado, necessita de mais

dura duas horas e meia. O paciente é internado

atenção e cuidado, como no caso da assimetria

no dia da cirurgia e recebe alta no dia seguinte,

facial com desvio lateral.

se alimentando normalmente pela boca com

Essa é a causa de muitas dessas dores, que

uma dieta pastosa e líquida nos primeiros quin-

só podem ser sanadas por meio da cirurgia. Para

ze dias, e semi-sólida até os trinta dias. São re-

tanto, o paciente é avaliado por uma equipe

alizadas consultas de acompanhamento a cada

multidisciplinar que exige a presença do orto-

semana na clínica para ajustes e orientações. A

dontista e, muitas vezes, de fonoaudiólogos, psi-

finalização do tratamento se dá quando o orto-

cólogos, além de implantodontistas, protesistas

dontista libera o paciente do aparelho e, conse-

entre outros.

quentemente, do tratamento.

DR. TALVANE SOBREIRA Cirurgião Buco Maxilo Facial - CRO/PB 2262 • Especialista em Cirurgia Bucomaxilofacial pela UFRJ • Mestre em Diagnóstico Bucal pela UFPB/ UFBA • Coordenador da Especialização em Cirurgia BucomaxiloFacial da UNIPE • Membro do Colégio Brasileiro de Cirurgia Bucomaxilofacial • Fellow of International Association of Maxillo Facial Surgeons

casos, se perdura por toda vida.


Fisioterapia Dermato Funcional: um tratamento que vai além da estética

LARISSA LINS DE FREITAS RODRIGUES Crefito 254511 F • Fisioterapia Dermato Funcional

A Fisioterapia Dermato Funcional atua na

Rua Engenheiro Clodoaldo Gouveia, 201 Centro - João Pessoa - PB

(83) 3222-7878 | 3021-1422 98650-5391 @pbfisio R. Herberto Pereira de Lucena, 195 Bessa - João Pessoa - PB

prevenção, promoção e recuperação do in-

Para preparar o protocolo para um trata-

divíduo que sofre de distúrbios metabólicos,

mento, o fisioterapeuta dermato funcional

dermatológicos, circulatórios e musculo esque-

analisa o peso, medidas e hábitos de vida e ali-

léticos que afetam direta ou indiretamente a

mentares dos pacientes. Essa avaliação deter-

pele, oferecendo tratamentos para disfunções

mina os recursos terapêuticos, a duração e a

estéticas e funcionais, promovendo melhorias

frequência do tratamento. Dessa forma, cada

da saúde e do bem-estar do paciente, elevando

paciente é estudado e o método é individua-

a autoestima e contribuindo com o equilíbrio

lizado.

emocional. Ela está ligada a uma abordagem

Dentre as principais indicações de procedi-

multidisciplinar, associando a fisioterapia com

mentos em um tratamento de fisioterapia der-

nutricionistas, profissionais de educação física,

mato funcional estão o pré e pós-operatório em

endocrinologistas, dermatologistas, angiologis-

cirurgias plásticas, a celulite, estrias rubras e al-

tas e cirurgiões plásticos, garantindo melhores

bas, envelhecimento cutâneo, flacidez muscular

resultados e satisfação ao paciente.

e tissular, dentre outras.

O especialista de dermato funcional está

Procure sempre um profissional especializado.

preparado para cuidar dos problemas relacionados a acne, gordura localizada, celulites, ru-

Afecções e tratamentos especializados

gas, manchas, cicatrizes, queimaduras e outras.

ESTRIAS BRANCAS E RUBRAS: As estrias

Além, claro, de possuir um papel fundamental

nada mais são do que “cicatrizes” que se formam

durante acompanhamento pré e pós-operatório

devido a ruptura das fibras elásticas na região,

(83) 3031-6542 54

das cirurgias plásticas.

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


geralmente, causadas pelo chamado “efeito san-

sentido de promover o equilíbrio da oleosidade

fona”. Especialistas indicam para o tratamento

excessiva, remover as possíveis lesões de acne,

de estrias a combinação de técnicas para a ob-

garantir ações bactericidas e controlar a infla-

tenção de um melhor resultado, como a micro-

mação. O primeiro passo do tratamento é fazer

dermoabrasão, juntamente com a intradermo-

uma limpeza de pele personalizada, de acordo

terapia.

com o grau de acne, para remover as lesões de

CELULITE OU HIDROLIPODISTROFIA GI-

pele de forma segura e sem a contaminação de

NÓIDE: A celulite surge devido ao acúmulo de

bactérias e sequelas. Após isso, a realização de

gordura, água e toxinas na pele, em células de-

peelings quinzenais são indicados para o contro-

nominadas adipócitos, fazendo com que essas

le da oleosidade.

células fiquem cheias e endurecidas deixando

PRÉ E PÓS OPERATÓRIO EM CIRURGIAS

o local com “nódulos”, o que faz com que nossa

PLÁSTICAS E REPARADORAS: É importante

pele fique com aqueles “furinhos” indesejados.

enfatizar a necessidade da atuação de um fi-

O tratamento realizado é feito por meio de pro-

sioterapeuta nos casos de pré e pós-operatório

tocolos que são traçados após uma minuciosa

de cirurgias estéticas para uma melhor recupe-

avaliação do paciente, podendo ser utilizado a ele-

ração dos tecidos e uma manutenção dos siste-

trolipólise em associação com a endermoterapia.

mas. O planejamento do trabalho fisioterápico

ACNE: É um dos problemas de pele mais

no pós-operatório é amplamente variável e de-

comuns, cerca de 70% das mulheres tem a pele

pende das características apresentadas na ava-

oleosa. A Fisioterapia Dermato funcional tem

liação, do tipo de cirurgia realizada e do tempo

um papel importante em reabilitar a pele no

de pós- operatório.

Dentre as principais indicações de procedimentos em um tratamento de fisioterapia dermato funcional estão o pré e pósoperatório em cirurgias plásticas, a celulite, estrias rubras e albas, envelhecimento cutâneo, flacidez muscular e tissular, dentre outras.

rsaude.com.br | Junho . 2019 | Revista Saúde

55


Programação Metabólica Fetal – Usando o alimento para ter óvulos e espermatozoides saudáveis. As maiores ferramentas de saúde dos bebês estão nas mãos dos pais. É de extrema importância que a mulher e o homem que pretendem ter

TAYANNE NUNES SÁTIRO FERRAZ DE MOURA CRN/PB: 6949 NUTRICIONISTA • Mãe de 3 meninos lindos e bem NUTRIDOS; • Formada em Nutrição; • Especialista em Saúde da Família; • Especialista em Nutrição MaternoInfantil e Pediátrica; • Especialista em Nutrição Esportiva; • Mestre em Ciências Empresariais com Foco em Empreendedorismo Nutricional.

um filho, preparem seu organismo para gestação. A mulher não gera um filho sozinha, portanto busca-se 100% de qualidade do material genético tanto da Mãe quanto do Pai até o momento da concepção. Nosso material genético pode ser modulado positivo ou negativamente, resultando em mais potencial de saúde ou doença. Através da Nutrição, preparamos os pais para a gestação, por meio de nutrientes essenciais para a formação e desenvolvimento do ser mais importante de suas vidas. O estado nutricional da futura mamãe e do futuro papai é fundamental para produção de óvulos e espermatozóides saudáveis. Alguns cuidados iniciais: • Procure adequar sua composição corporal; • Alimente-se melhor, coma alimentos mais naturais (preferencialmente orgânicos) e evite os industrializados; • Através da análise do seu recordatório alimentar, equilibre o consumo de nutrientes e se necessário (indicado por Médico ou Nutricionista), já inicie suplementação de vitaminas e/ou minerais; • Hidrate-se com água; • Pratique uma atividade física. Portanto, não subestime a sua NUTRIÇÃO! A saúde do seu filho agradece! Use o combustível certo para sua saúde e do seu bebê, NUTRIENTES. E se você é tentante, posso lhe afirmar que hoje você já pode começar a oferecer uma vida plena e saudável aos seus futuros filhotes! Para

Rua José Florentino Júnior, 263, Tambauzinho - João Pessoa-PB

isso, conte comigo!

(83) 99864-1034 @isenutricional isenutricional@gmail.com @tayannesatiro tayannesatiro@gmail.com

56

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


Vasinhos na face. Como Tratar? Semelhante ao que acontece nas pernas, po-

novas técnicas e tecnologias fossem desenvol-

demos ter a manifestação de varizes na face. Além

vidas para seu tratamento. O tratamento destes

da hereditariedade, outras causas podem favore-

vasos, na grande maioria das vezes, se faz com o

cer o aparecimento do problema, como a exposi-

uso do laser Nd: YAG 1064 (laser desenvolvido

ção solar e o próprio envelhecimento. O fato é que,

especificamente para o tratamento de telangec-

independentemente de sua origem, o seu apareci-

tasias e pequenas veias).

mento indesejado acaba prejudicando a estética

Portanto, para tratar os vasinhos no rosto

DR. ANTONIO LUÍS XIMENES

facial tanto de homens quanto de mulheres. Há duas formas de manifestações das va-

muito superficiais. Além disso, existe uma pe-

CRM/PB 5953 Cirurgia Vascular - RQE 3581 Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular - RQE 3603

rizes na face. Uma delas é o aparecimento na

quena extensão de pele entre a superfície e

forma de pequenas veias aparentes, geralmente

os vasos, o que facilita o tratamento. A eli-

esverdeadas ou azuladas, localizando-se, de forma

minação dos vasinhos é realizada na própria

mais comum, na região ao redor dos olhos, região

clínica.

temporal, pré auricular, e outras regiões da face.

o laser é uma opção muito eficaz, pois eles são

O resfriador de pele é um eficaz sistema de

A outra forma de manifestação são as te-

proteção epidérmica à base de resfriamento de

langectasias, nome científico dos vasinhos. Eles

ar. O uso deste aparelho proporciona um efeito

são vermelhos e finos, similares à desenhos com

de analgesia temporária. O paciente sente maior

caneta, e podem aparecer em qualquer lugar da

conforto, o que permite ao médico utilizar o la-

pele, como no rosto, no nariz, nas bochechas, ao

ser em sua totalidade de eficácia, diminuindo o

lado das narinas e no queixo.

tempo e o número de sessões, além, é claro, de

O crescente incômodo estético que as telangectasias de face causam, colaborou para que

prover ao paciente plena satisfação com os resultados do tratamento.

O crescente incômodo estético que as telangectasias de face causam, colaborou para que novas técnicas e tecnologias fossem desenvolvidas para seu tratamento.

58

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


Médico x Gestão O que você precisa saber.

MAEVE NÓBREGA • Especialista em Marketing Médico e Saúde; • CEO na MKT e Valor, Empresa que Promove Orientação Empresarial; • Consultora em Gestão Empresarial, Marketing e Comunicação; • Filiada à ABRACEM - Associação Brasileira de Consultores Empresariais • Capacitada para promover o desenvolvimento de empresas que buscam se destacar na sua área de atuação com conhecimentos empresariais e de marketing; • Habilitada para fornecer cursos personalizados de acordo com necessidade de empresários que precisam de apoio para seu crescimento e reputação.

Diferente de muitas outras profissões, a ma-

gera a oportunidade do colaborador e médico

téria de Gestão não está ligada à grade curricu-

obterem os melhores resultados com atendi-

lar de Medicina, assim como as matérias deste

mento cordial, ágil e proativo aos pacientes,

curso não estão associadas à centenas de outros

gerando satisfação e fidelização. Selecionar e

que servem para a graduação de tantos indiví-

treinar as pessoas certas na empresa traz mui-

duos. No entanto, profissões se vinculam umas

tos resultados positivos, além de fortalecer a

às outras para promover qualidade de trabalho

imagem pela excelência e eficiência nos serviços

e resultados para pessoas e empresas. Neste

de modo geral. O profissional de RH pode propor-

texto, veremos o que podemos aprender com

cionar muita tranquilidade ao médico e gerar bons

Marketing, Comunicação, Recursos Humanos

resultados com o desempenho da equipe de apoio.

e Tecnologia para colaborar com os Médicos e Profissionais de Saúde.

4- Sistemas de Gestão de Pacientes Hoje no mercado temos muitas ferramentas

1- Gestão de Marketing

para fazer a gestão da informação. Sendo as-

O Gestor de Marketing é aquele que ficará

sim, na área do atendimento ao paciente, temos

sempre observando e agindo para o comporta-

sistemas que podem facilitar o arquivamento e

mento do público em questão, neste caso, os pa-

pesquisa das informações deles. Tais instrumen-

cientes, identificando os pontos mais frágeis do

tos podem conter ferramentas como o prontu-

serviço ou da comunicação que estão abalando

ário eletrônico, onde o médico pode acessar do

a empresa como Marca/Serviço. Com isso, ele

próprio celular, e a agenda virtual, para verificar

promoverá estratégias para conter e melhorar o

quantos pacientes já chegaram ao consultório.

que for necessário, envolvendo os profissionais

Esses tipos de recursos facilitam a administra-

do empreendimento e seus colaboradores. Nes-

ção do tempo para médicos, secretárias e for-

te ponto, também é trabalhado o que será di-

necem indicadores de resultados para o fluxo do

vulgado, de que maneira e quais serão os canais

consultório de maneira rápida e objetiva.

escolhidos para um excelente resultado. 2- Gestão da Comunicação

www.mktevalor.com.br

(83) 99684-0556 @maevenobrega

60

Se não há um especialista na sua cidade que

A escolha dos canais é importante para aten-

faça melhorias na sua empresa de saúde, isso

der aos objetivos da divulgação. Sem este co-

não é mais problema! Hoje a distância se tornou

nhecimento há a perda de recursos, resultados

bem menor com o avanço da tecnologia e mais

que não aparecem no tempo que deveriam. Em

de 90% dos serviços podem ser feitos via inter-

um universo com grandes escolhas de como co-

net, com a mesma qualidade do presencial. Isso

municar de forma eficiente, quem faz as melho-

minimiza os custos e fornece soluções para os

res sai ganhando.

problemas encontrados no dia a dia do médico. Na dúvida ligue para obter mais informações

3- Gestão de Recursos Humanos

com as empresas que estão divulgando serviços

As pessoas são o bem mais importante nas

interessantes para você. Para tudo há uma solu-

empresas. Em virtude desta verdade, a gestão

ção, procure-a e mantenha a reputação do seu

destas, quando realizada da forma adequada,

negócio em saúde.

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


ABA (Análise do comportamento) aplicada ao Autismo

KARLA ALBUQUERQUE DE BRITO PEREIRA Psicopedagoga - CBO/PB 2394-25 • Analista do Comportamento • Especialista em autismo

O autismo é um transtorno do desenvolvi-

É preciso mencionar que a esperança não

mento amplamente conhecido e identificado

está perdida para crianças com TEA. Todas as

em várias sociedades. Durante décadas, o autis-

crianças e adultos com autismo têm o direito à

mo foi considerado um distúrbio relativamente

educação e tratamento eficazes, com base na

raro, com uma taxa de ocorrência de 2 a 5 por

melhor evidência científica disponível. Com uma

10.000 pessoas. O número de crianças com

intervenção adequada, realizada por profissio-

diagnóstico do transtorno do espectro autista

nais qualificados, um número significativo de

(TEA), tem aumentado drasticamente na última

crianças pode florescer tanto quanto qualquer

década. Recentemente, foi estimado pelo Cen-

outra criança. É necessário que a sociedade faça

tro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC

jus à sua responsabilidade e use os analistas do

– Estados Unidos) que 1 a cada 68 crianças tem

comportamento em benefício das crianças com

autismo. No Brasil, estima-se que mais de 2 mi-

autismo em toda a extensão possível.

lhões de indivíduos possuem o diagnóstico de

Para isso, nossa clínica é composta de uma

TEA. Apesar de numerosos, os milhões de brasi-

equipe completa, desde analista do compor-

leiros autistas ainda sofrem para encontrar tra-

tamento até aplicadores ABA e Ats escolares

tamento adequado.

amplamente treinados para oferecer o melhor

O transtorno do espectro do autismo, geralmente, aparece nos três primeiros anos de vida e compromete as habilidades de comunicação, interação social, apresentação de desafios comportamentais e comportamentos repetitivos. Outro relatório publicado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) sugere que o autismo é muito mais comum do que se imagina. Não está claro se isso se deve a um aumento na taxa do transtorno ou à maior capacidade de diagnóstico do problema. A terapia ABA é baseada no conceito de que crianças com autismo têm grandes dificuldades com a aprendizagem, sendo difícil de aprender por imitação, além de dificuldades em seguir instruções. Inicialmente, a terapia ABA foi administrada em uma alta intensidade, ou seja, 40 horas semanais. Com seus estudos, O. Ivar Lovaas (1927-2010) comprovou que quase 50% dos indivíduos tratados, alcançaram melhorias significativas após 2 a 3 anos de intervenção, e mantiveram esses ganhos quando avaliados novamente aos 7 anos. Em sua pesquisa, Lovaas sugeriu que essas crianças não foram “curadas”, mas muitas mostraram comportamentos indistinguíveis de outras crianças neuro-típicas.

Pró Kids: Avenida Amazonas, 289 Bairro dos Estados - João Pessoa - PB

(83) 3512-4913 62

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

serviço em análise do comportamento (ABA) do estado.


O aspecto natural das lentes de contato dentais A estética é um conceito que trata sobre o julgamento e as percepções do que é belo e sublime. Apesar da subjetividade deste conceito, os padrões de beleza corporais e faciais estão cada vez mais exigentes e difíceis de serem alcançados.

DR. JOSÉ ANSELMO DO NASCIMENTO SANTOS FILHO CRO/PB 4587 Odontologia

A indústria da moda e a mídia estabelecem como modelo ideal um sorriso com dentes brancos, alinhados no arco e livres de qualquer desgaste e percepções de ocorrências como traumatismos dentários, alterações de cor, forma e

• Graduação em Odontologia pela Universidade Federal da Paraíba • Especialização em Implantodontia pelo NEAO • Credenciamento em Cirurgia guiada (Neodent) • Habilitação em L-PRF – Membranas Autólogas para aceleração da reparação tecidual • Telas de Titânio em maxilas atróficas • Aplicação da rhBMP-2 na Implantodontia • Reabilitações Estéticas com Cerâmicas Dentais • Imersão em Oclusão, Planejamento e plano de Tratamento em Reabilitação Oral Adesiva • Imersão Full Clinic em Laminados Cerâmicos • Imersão em restaurações laminadas e lentes de contato • Curso de aprimoramento em endodontia . • Curso em reabilitação estética com cerâmicas dentais

posição. Por esse motivo, nos tratamentos dentários com facetas ou laminados cerâmicos, mais conhecidos como “lentes de contato dentais”, devemos usar um substituto artificial que apresente características similares aos dentes naturais. Essa similaridade estética vai muito além de materiais, cores e formas. São através das texturas das superfícies que conseguimos individualizar cada sorriso, e por meio delas também ditamos o tom da exclusividade do resultado. Sulcos com diferentes profundidades, comprimentos e larguras, depressões horizontais que podem percorrer toda a superfície visível do dente, e as microtexturas horizontais são muito comuns em dentes naturais. Por que não utilizar essas características nos dentes artificiais? Devemos ser sensíveis e perceber as particularidades de cada paciente, com a observação de forma mais ampla, buscando informações que possam complementar a forma de esculpir o dente, tentando, sempre, copiar a natureza.

Solena Odontologia Av. João Câncio da Silva, 910 - Manaíra, João Pessoa - PB

(83) 3045-6590

www.solenaodontologia.com.br solena_odontologia

64

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


rsaude.com.br | Junho . 2019 | Revista SaĂşde

65


Tecnologias Robóticas revolucionam a dermatologia estética

DRA. VIVIANNE ARAÚJO CRM/PB 5599 Dermatologista - RQE 2598 • Membro Efetiva da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Cirurgia Dermatológica • Título de Especialista em Clinica Médica • Pós graduada em Dermatologia Estética pela Faculdade de Medicina do ABC- São Paulo • Cursos de Anatomia nos EUA e FRANÇA

Não é de hoje que as tecnologias robotizadas estão literalmente invadindo a medicina. Com o avanço da inteligência artificial, cada vez mais veremos equipamentos com estes atributos. A robotização traz uma maior precisão na aplicação do tratamento, e consequentemente diminui as variações técnico-dependentes. Porém, em contrapartida, exige uma maior habilidade e experiência do aplicador para saber dosar as energias específicas para cada problema a ser tratado. A plataforma Megaderme que chegou recente ao mercado, e já está disponível na Paraíba, traz a associação de 3 tecnologias consagradas na dermatologia. Ela associa diversas ponteiras: Eletroderme (microagulhamento robótico com radiofrequência), o Megafocus (ultrasom microfocado com disparos potencializados) e o Fataction (ultrasom macrofocado robotizado). E para que servem todos esses nomes estranhos? Cicatrizes de Acne, Rugas, Estrias, Melasma, Calvície Esses são alguns problemas tratados pelo microagulhamento robótico. A ponteira Eletroderme alia cartuchos descartáveis de microagulhas de ouro que penetram na pele em várias profundidades e injetam energia híbrida de radiofrequência e corrente galvânica, isto tudo aliado a um exclusivo sistema de vácuo sucção que diminui consideravelmente a dor. Essa precisão tecnológica potencializa os resultados no tratamento de cicatrizes de acne, estrias, rugas e poros dilatados. Além disso, este tipo de microagulhamento apresenta também ótimos resultados para o tratamento do melasma e calvície, pois permite a entrega de medicamentos específicos nas camadas da pele através dos microfuros. Contorno e Moldagem Facial, Flacidez Da Face, Papada Tratar a flacidez leve e moderada com técnicas não invasivas ou minimamente invasivas é uma tendência mundial que busca naturalidade e regeneração tecidual através do estímulo profundo de colágeno. O ultrasom microfocado Megafocus faz parte das tecnologias mais usadas para este fim, pois suas ondas penetram até o músculo, fazendo uma espécie de “ costura” que firma e adere as camadas superficiais na musculatura. Portanto, uma das maiores indicações desta tecnologia é moldar e definir o contorno da face e pescoço, sendo um grande aliado na flacidez da papada.

66

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

Celulite, Flacidez e Gordura Localizada O ultrasom macrofocado robotizado Fataction, tem uma exclusiva tecnologia que penetra no tecido subcutâneo causando a destruição da gordura e da célula gordurosa (apoptose). Além disso, por estar associado ao ultrasom microfocado, o Fataction também atua na flacidez e celulite ao mesmo tempo. Um dos grandes diferenciais do equipamento é que o paciente já pode perceber a diminuição de alguns centímetros no pós imediato e tardio do tratamento. Além de ser um tratamento com nenhum desconforto. O Megaderme, sem dúvida, é um importante avanço nos nossos tratamentos da Estética médica. A possibilidade de associar várias tecnologias consagradas de ponta para a correção de inúmeras queixas cosméticas é com certeza um grande diferencial deste equipamento. Nunca é demais reforçar que só o médico dermatologista é o profissional especializado para indicar qual o protocolo ideal para cada tipo de paciente, oferecendo assim um tratamento personalizado e recomendando com precisão a associação de técnicas necessárias para cada caso específico


Harmonização Orofacial: Saúde e Equilíbrio

DRA. YOHANA SILVEIRA OLIVEIRA CRO/PB 4249 • Pós Graduada em Harmonização Orofacial - MARC institute (MiamiEstados Unidos) • Pós Graduanda em Harmonização Orofacial ( INRO - São Paulo) • Especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial (COESP) • Especialista em Prótese Dentária (COESP)

Harmonização é um termo muito usado atualmente, e está diretamente ligado ao equilíbrio. Harmonização Orofacial é um conjunto de procedimentos que, além de promover o equilíbrio da face com os dentes, promovem o equilíbrio interior. Existem várias técnicas, produtos e procedimentos que completam esse processo. Harmonizar o sorriso com a face eleva a autoestima de forma imediata e, por consequência, pode proporcionar até uma melhora na saúde global, haja vista que saúde se define como bem-estar físico, mental, emocional e social. Na avaliação inicial, as proporções da face são analisadas de forma direta e com o uso de fotografias comparadas com medidas pré-estabelecidas, consideradas mais harmônicas Dentre os procedimentos que envolvem a harmonização orofacial, podemos destacar a aplicação da toxina botulínica. No Brasil, temos 6 marcas comerciais aprovadas, sendo a mais popular a marca Botox, não tornando as outras menos eficazes, pois o resultado depende mais da técnica utilizada pelo profissional e do conhecimento anatômico deste. A aplicação da toxina botulínica é uma das técnicas mais utilizadas no tratamento estético orofacial, para suavizar linhas de expressões dinâmicas através da redução da contração muscular. Sua ação, além de estética, diminui sinais de envelhecimento, pois as hiperatividades musculares, quando presentes, podem levar a vincos permanentes na pele, se não tratados. Além disso, a toxina também tem a função terapêutica funcional, ou seja, ajuda em problemas que comprometem a qualidade de vida dos pacientes, auxilia na redução de danos causados pelo bruxismo, nas dores de cabeça tensionais e no sorriso gengival. Destacam-se também os preenchimentos faciais, cujo objetivo é volumizar ou reestabelecer contornos naturais do rosto. Os mais utilizados, atualmente, são os preenchedores de ácido hialurônico (substancia produzida em laboratório), porém, presente no nosso organismo.

Pátio Shopping Altiplano - Rua Poeta Targino Teixeira - 1° andar - Sala 31 João Pessoa -PB

(83) 3024-3886 | 99194-0690 Rua Sinfrônio Nazaré, n° 11 - Centro Sousa - PB

Para a harmonia da face, podemos realizar o preenchimento da região malar (sustentação das bochechas), ângulo da mandíbula (contorno facial), sulco lacrimal (melhorar aspecto de olhos cansados), melhorar a projeção do mento (queixo), suavizar os sulcos nasolabiais (bigode chinês), destacando o preenchimento labial,

(83) 3521-2195 | 99174-8243 @dra.yohanasilveiraoliveira Yohanaso@institutoyso.com

68

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

que se tornou uma técnica muito conhecida nos últimos anos, após muitas pessoas da mídia recorrerem a esse procedimento para melhorar o contorno e a volumização dos lábios. Além dos procedimentos citados, também é importante destacar os laminados cerâmicos, que podem variar sua espessura desde os ultrafinos, que são as famosas lentes de Contato Dental, até os mais espessos, que são utilizados quando necessário esconder uma cor mais escura ou uma posição desfavorável. Eles proporcionam uma verdadeira plástica no sorriso. Algumas vezes esse procedimento é feito com desgaste mínimo, porém, em alguns casos, necessita de um desgaste maior. Podemos citar ainda a Bichectomia, os fios de sustentação, os bioestimuladores, a lipólise enzimática de papada (que é a degradação da gordura submentoniana através da aplicação de enzima), dentre outros. Os procedimentos devem sempre ser realizados por profissionais capacitados, pois, quando realizados com segurança, são de rápida recuperação e baixo risco. Atualmente, por meio de técnicas modernas e especiais, é possível equilibrar a parte funcional e estética da face, tudo isso dentro do consultório. A melhora da autoestima de quem se submete a esses procedimentos é bastante significativa, trazendo saúde, bem-estar e uma nova motivação na vida.


Dificuldades na deglutição: como diagnosticar? Disfagia orofaríngea é o nome dado à dificuldade de engolir os alimentos, os líquidos e

DRA. DIANA LACERDA CRM-PB 7252 Otorrinolaringologista - RQE 4544 • Graduação em Medicina pela UFPB • Residência Médica em Otorrinolaringologia pelo HUOL/ UFRN • Titulo de especialista pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia • Núcleo de Voz e Disfagia da Clínica de Otorrino

mento para o esôfago.

a própria saliva. Algumas de suas causas são o

Os sinais e sintomas são diversos, como di-

envelhecimento natural ou distúrbios de ordem

ficuldade em mastigar, segurar o alimento na

neurológica, mecânica ou psicológica. O proble-

cavidade oral e engolir, tosse, engasgos, regurgi-

ma pode acarretar sérios riscos à saúde, como

tação nasal, falta de ar e perda de peso.

desnutrição, desidratação e pneumonias por as-

A videoendoscopia da deglutição é uma

piração. Além disso, repercute na autoimagem,

ferramenta diagnóstica que faz a avaliação

na socialização e limita o prazer proporcionado

funcional da deglutição através de endoscopia

pelo ato de se alimentar, provocando impacto

nasofaríngea. Durante o exame, simula-se uma

negativo na qualidade de vida do indivíduo.

refeição, com oferta de diferentes consistências

O processo de deglutição é complexo e con-

alimentares e observa-se a passagem do alimen-

trolado pelo sistema nervoso central. É compos-

to pela garganta. Desse modo, é possível avaliar

to por três fases: oral, faríngea e esofágica.

a anatomia dessa região, a motilidade e a sensi-

Fase Oral: inicia-se com a mastigação e preparação do bolo alimentar para ser engolido. Esse processo ocorre devido à contração voluntária dos músculos da face e da cavidade oral.

70

Fase Esofágica: consiste na passagem do ali-

bilidade faringolaríngea e, principalmente, a visualização de penetração e aspiração laríngeas. Diante de um paciente disfágico, é fundamental uma abordagem multidisciplinar, além do envolvi-

Fase Faríngea: inicia-se com a chegada do

mento da família, no sentido de oferecer as melhores

bolo alimentar na faringe. Nessa etapa, o pro-

propostas terapêuticas, que podem envolver fono-

cesso de deglutição torna-se involuntário.

terapia específica, medidas clínicas e até cirúrgicas.

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


Vacina para rinite funciona?

DRA. MARIANA PEREIRA ROQUE CRM/PB 8669 Otorrinolaringologista - RQE 5271

A rinite alérgica é a inflamação da mucosa de

dados aliados a exames complementares, como

revestimento nasal caracterizada pela presença

exames de sangue e testes alérgicos cutâneos,

de um ou mais dos sintomas: obstrução nasal,

consegue-se chegar a um diagnóstico preciso da

coriza hialina, drenagem pós-nasal, espirros, co-

causa da rinite direcionando assim o tratamento

ceira nasal e redução do olfato.

especifico.

É uma doença que tem prevalência entre

A rinite, em virtude do ambiente em que se

10% a 40% da população, geralmente inicia-se

vive, pode ser algumas vezes de difícil controle,

na infância e tem forte relação com a história fa-

causando desânimo tanto nos pacientes como

miliar do paciente. Seus sintomas variam de in-

nos próprios médicos na persistência do trata-

tensidade entre cada indivíduo, podendo causar

mento, mas é muito importante salientar que o

sério impacto na sua qualidade de vida, levando

tratamento da rinite tem evoluído bastante nos

a alterações do sono, na realização das ativida-

últimos anos. Quando bem indicado e planejado,

des diárias, na vida social, no rendimento esco-

o tratamento se torna mais efetivo, com contro-

lar ou no trabalho.

le importante dos sintomas, além de ter se tor-

A maioria dos casos da rinite é alérgica, causada por uma reação do nosso organismo após

A maior evolução no tratamento da rinite,

a exposição a substâncias do ambiente, sendo

especificamente a alérgica, é a imunoterapia.

as principais delas ácaros de poeira, baratas,

A imunoterapia é único tratamento que muda

fungos, animais doméstico (especialmente cães

a progressão da doença, sendo possivelmente

e gatos) e pólen. Quando em contato com essas

curador. A imunoterapia tem comprovação cien-

DRA. CAMILLA BEZERRA DA CRUZ MAIA

substâncias, pessoas com predisposição genéti-

tífica inquestionável e taxa de eficácia que gira

ca, desenvolvem uma reação alérgica e sintomas

em torno de 80%. O objetivo do tratamento é

CRM/PB 6446

característicos da rinite.

diminuir a sensibilização do paciente as subs-

Otorrinolaringologista - RQE 4100

Também existem os casos de rinite não alérgica, sendo mais comum a causada por irritantes

DRA. JAMILLE LIMA RIBEIRO SPEGIORIN

tâncias que desencadeiam a resposta alérgica no seu organismo.

nasais, como variação climática, exposição a ar

A imunoterapia deve ser planejada de for-

condicionado, a cheiros fortes e a fumaça de ci-

ma individualizada para cada paciente, após

garro, além do uso constante de descongestio-

um estudo detalhado dos resultados dos tes-

nantes nasais.

tes alérgicos e da intensidade dos sintomas

Para o diagnóstico da rinite é de suma impor-

em cada exposição. Pode ser administrada de

tância a história clínica do paciente, uma consul-

forma injetável ou através de vacina em gotas

ta detalhada com estudo dos hábitos de vida,

sublingual, esta de fácil administração pelo pa-

ambiente em que vive, período do aparecimen-

ciente em sua própria casa sob orientação do

to e duração dos sintomas são essenciais. Esses

médico responsável.

CRM/PB 9150 Otorrinolaringologista - RQE 4376

A imunoterapia é o único tratamento que muda a progressão da doença, sendo possivelmente curador DRA. JÚLIA GUEDES CARDOSO CRM/PB 7422 Otorrinolaringologista - RQE 4295

72

nado mais prático para o paciente.

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


Tontura e zumbido: conheça as causas, relações e tratamentos.

DRA. LIA TÁCIA CAVALCANTE DE HOLANDA SÁ CRM/PB 6865 Otoneurologia Otorrinolaringologista RQE 4632 • Medica pela Universidade Federal da Paraiba -UFPB • Residência em Otorrinolaringologia pela Santa Casa de Misericórdia de Maceió- SCMM • Membro Titular da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial – ABORLCCF • Especialização em Otoneurologia pela Faculdade de Medicina da USP

74

No mundo da otorrinolaringologia, tontura e zumbido são sintomas que intrigam não só os pacientes, mas também os médicos. Esses problemas podem estar relacionados a vários fatores. A tontura, por exemplo, é a terceira queixa mais frequente em pronto atendimentos. Já o zumbido, por ser um sintoma com grau de incômodo ao paciente, às vezes, é comparado a uma dor intensa crônica. O que eles têm de semelhança é o fato de serem sintomas em que suas causas podem ser variáveis e podem até estar presentes numa mesma doença. Outra característica importante é que eles levam a uma piora na qualidade de vida do paciente, podendo desencadear quadros de transtorno de ansiedade e depressão, muitas vezes negligenciados pelos próprios profissionais da saúde que se limitam a dizer que os pacientes devem se acostumar com os sintomas. É importante ressaltar que nem sempre a tontura tem origem no labirinto, órgão localizado no ouvido, e um dos principais responsáveis pela manutenção do nosso equilíbrio. Também não se deve afirmar, em relação ao zumbido, que a única causa é uma lesão na cóclea, órgão também localizado no ouvido, e que tem sua função relacionada a audição. A tontura, por definição, é a sensibilização anormal do relacionamento físico do corpo com o espaço que ele ocupa. Ela pode se apresentar de diversas formas, como uma tontura rotatória, também conhecida como vertigem, um desequilíbrio, uma flutuação ou até mesmo uma sensação de cabeça pesada. Além de uma boa avaliação clínica, o exame otoneurológico vai auxiliar para identificar, por exemplo, se a causa é central ou periférica. Consiste em um exame indolor, não invasivo e sem irradiação, onde podemos avaliar as estruturas envolvidas no nosso equilíbrio O zumbido, por sua vez, é definido como um som percebido pelo indivíduo, porém não originado pelo meio externo. Ele pode se caracterizar com sons dos mais variados tipos, como apito, chiado, bater de asa de borboleta, atingindo um

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

ou ambos os ouvidos. Exposição a sons altos, infecções de ouvido, alterações metabólicas e musculares podem estar entre as várias causas. Avaliações auditivas com audiometrias são importantes para inicialmente nos guiar na identificação da causa. Porém, o grande segredo para um tratamento adequado tanto para tontura, como para zumbido está no diagnóstico correto. O tratamento consiste em terapias com ou sem medicamentos. A terapia medicamentosa pode abranger várias subclasses de remédios que serão indicadas de forma personalizada ao paciente atendido. Como exemplo de terapias não medicamentosas estão a reabilitação vestibular para as tonturas e as fisioterapias voltadas para o zumbido, onde, indicadas de forma coerente, tem resultados surpreendentes. Sintomas que sempre foram considerados incuráveis, nos dias de hoje, possuem realidades diferentes. A área da otoneurologia, uma subespecialidade da otorrinolaringologia, vem desafiando essas ideias de que o paciente “tem que se acostumar com determinado sintoma”. Os trabalhos e pesquisas científicas estão nos mostrando que a cura é possível sim, e que olhar o paciente como um todo faz com que se tenha mais sucesso no tratamento.


Infecção de repetição de vias aéreas na criança Otorrinolaringologista CRM/PB 8803 RQE 5683 • Graduado em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). • Residência Médica em Otorrinolaringologia na UFRN. • Membro da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial.

76

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

A maioria dos quadros de Infecções de Vias Aéreas Superiores (IVAS) é causada por vírus, estimando-se que, no primeiro ano da escola ou

DR. ARTHUR DE SOUSA PEREIRA TRINDADE

Durante o crescimento, é comum a criança se deparar com algumas infecções. Isso fica mais evidente no início da vida, após a entrada na escola ou creche, quando passa a ter um contato mais próximo com outras crianças e o risco de transmissão de infecções virais é aumentado. A maioria dos quadros de Infecções de Vias Aéreas Superiores (IVAS) é causada por vírus, estimando-se que, no primeiro ano da escola ou creche, o infante passe por 8 a 10 episódios de IVAS. Dentre os quadros mais frequentes, estão os resfriados comuns, as faringites e as otites. Em algumas ocasiões, esses quadros podem até aparecer juntos, causando sintomas como febre, dor no corpo, na face e na garganta, moleza, coriza, obstrução nasal, e outros. Contudo, tende a melhorar progressivamente em até 10 dias. Algumas situações clínicas que ultrapassem esses 10 dias ou que apresentem piora ao longo da evolução podem já estar relacionadas com quadros bacterianos, sendo necessário o uso de antibióticos. Alguns pacientes, por outro lado, apresentam a recorrência de infecções bacterianas, tendo quadros mais intensos e duradouros que a maioria. Esses são diagnosticados com infecção de repetição quando, por exemplo, apresentam 7 ou mais casos de faringite bacteriana em 1 ano, ou 5 episódios anuais em dois anos consecutivos; 3 ou mais quadros de otite bacteriana em 6 meses, ou 4 episódios em 12 meses. Existem algumas situações clínicas que podem predispor a essas infecções de repetição, cabendo ao médico, especialmente o otorrinolaringologista, identificar esses fatores e corrigi-los. Dentre os fatores que predispõem a essas infecções, estão as alterações inflamatórias e anatômicas da cavidade nasal e da faringe. Problemas nasais como rinite ou até mesmo um desvio de septo e aumento da adenoide podem favorecer a uma respiração oral por parte da criança. Isso promove uma fragilidade na barreira de proteção inicial do organismo e gera uma tendência a infecções. Finalmente, outro fator que também está envolvido em infecções de repetição e deve ser pesquisado é a imunodeficiência, a qual consiste na falha do sistema de defesa do organismo em reagir contra os vírus ou bactérias, quando esses conseguem entrar no corpo. Algumas crianças nascem com essas falhas e são essas as que mais sofrem com as IVAS, sendo uma condição grave, em algumas situações.

creche, o infante passe por 8 a 10 episódios de IVAS.

Uma vez identificado o problema, seja inflamatório, anatômico ou de imunodeficiência, o controle das infecções de repetição se torna possível, melhorando a qualidade de vida do paciente e acalmando a angústia dos seus pais. Temos ainda, a diminuição do uso de antibióticos, e assim, a criança consegue crescer mais saudável. Dessa forma, as IVAS têm impacto importante na vida dos pequenos e as suas causas devem ser investigadas e sanadas o mais breve possível. Caso o seu filho(a) apresente infecções de repetição das vias aéreas superiores, procure o seu médico otorrinolaringologista.


Microagulhamento Robótico

Tecnologia a favor da beleza. Esse é um assunto constante nos últimos congressos internacionais, o microagulhamento robótico, um aparelho de radiofrequência microagulhada, é uma evolução do tradicional microagulhamento que antes era feito através do rolinho de agulhas.

DRA. MONIQUE VALDEK

Sua ponteira contém várias microagulhas de

CRM/PB 5179 Dermatologista - RQE 3012

ouro, cuja profundidade de penetração na pele

• Formada em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba UFPB • Pós - Graduação em Dermatocosmiatria pela Faculdade de Medicina do ABC • Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia - SBD

mm, e a quantidade de radiofrequência utilizada

é ajustada digitalmente, variando de 0,5 a 3,0 também é passível de programação. Como funciona esse aparelho? A Radiofrequência tem a tecnologia 3DEEP,

Quais as indicaçõess? • Cicatrizes de Acne • Queimaduras

ou seja, o calor é dissipado uniformemente ao

• Estrias

redor de toda a agulha otimizando os resulta-

• Melasma

dos, essa energia é entregue de forma profunda

• Rejuvenescimento

na derme, reativando a produção natural de co-

• Envelhecimento Cutâneo

lágeno, promovendo melhora de rugas e percep-

• Flacidez

tível lifting e firmeza da pele.

• Hiperhidrose

Além disso o trauma local pela perfuração da

• Alopecia

pele também é indutor da produção de colágeno, além de abrir canalículos para penetração de

Como é o pós-procedimento?

ativos terapêuticos.

Os ativos colocados na pele devem ser mantidos por oito horas e depois a pele é lavada com

Como é realizado o procedimento?

sabonete suave. Deve – se evitar o sol nos pri-

Primeiramente é realizado uma avaliação

meiros dias e não ir à praia ou piscina por pelo

completa do local a ser aplicado o procedimento. É aplicado um anestésico tópico na pele do local do procedimento 30 a 45 minutos antes.

A técnica, tem um dowtime pequeno, ou seja, o paciente não precisa se afastar das suas

Escolhe – se a profundidade e nível de ra-

atividades habituais. O sangramento é mínimo,

diofrequência que será emitida, e, após isso é

já que a radiofrequência reduz o mesmo. No dia

realizado o procedimento. Terminado o microa-

seguinte a sessão o paciente já não sente qual-

gulhamento, na maioria dos casos, faz-se o drug

quer incomodo.

delivery, que é a colocação de ativos específicos conforme a queixa do paciente.

80

menos sete dias após o procedimento.

É uma técnica bastante estabelecida na Dermatologia Internacional pela sua eficácia e ver-

A sessão dura entre 30 e 45 minutos, e a

satilidade aliada ao baixo desconforto, em João

quantidade de sessões é variável entre 3 a 4,

Pessoa já podemos encontrar essa tecnologia

dependendo de cada tipo de pele. O intervalo

com todos seus benefícios para o realce da bele-

entre as sessões varia de 15 a 30 dias.

za feminina e masculina.

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


Fisioterapia Obstétrica:

os exercícios que auxiliam no Pré, durante e no Pós-Parto. A gestação é um momento único na vida da mulher e durante esse período o corpo sofre algumas modificações para permitir o desenvolvimento normal do bebê. Essas mudanças algumas vezes podem provocar desconfortos, limitações

DRA. ADRIANA FRANÇA CREFITO 219623-F FISIOTERAPEUTA PÉLVICA • Bacharel em Fisioterapia pela FCM-PB • Pós Graduação em Fisioterapia em Uroginecologia e Obstetrícia pelo IDE-PE • Supervisora Docente da Prática Clinica em Urologia e GinecoObstetrícia da UNINASSAU-JPA

na realização das atividades diárias e até mesmo dor. Devido ao crescente peso uterino, os músculos do assoalho pélvico (MAP) sofrem uma sobrecarga gradual e, por esse motivo, é indicado que a gestante busque um fisioterapeuta especializado no assunto. Após a liberação médica, a gestante deve iniciar um programa específico que favoreça o período gestacional no qual ela se encontra e que lhe oferte um parto tranquilo e humanizado, bem como, uma recuperação funcional no pós-parto. É importante lembrar que, mesmo que a gestante não apresente sintomas de desconforto, pode-se fazer um acompanhamento para prevenir possíveis disfunções. Os exercícios realizados vão desde a conscientização corporal e dos músculos perineais, fortalecimento dessa musculatura, mobilizações e exercícios respiratórios, até a preparação para o parto no terceiro trimestre, onde todo programa fisioterapêutico é voltado para esse momento. São realizados exercícios e posturas específicas para relaxar os músculos pélvicos e treinos de técnicas de relaxamento e expulsão, para que a mulher possa entender o que irá acontecer com ela durante do trabalho de parto. Independente da via de parto escolhida (normal ou cesárea), é importante que a gestante invista em exercícios para os músculos perineais, mas quando falamos especificamente do parto normal, a Fisioterapia Obstétrica vai

Após a liberação médica, a gestante deve iniciar um programa que favoreça o período gestacional que ela se encontra e que lhe oferte um parto tranquilo e humanizado, bem como, uma recupera-

preparar esses músculos, ensinando a mulher a controlá-los, o que é essencial para expulsão do bebê. Os exercícios pélvicos ajudam no ganho de elasticidade e força nos MAP, o que pode prevenir laceração perineal e evitar a episiotomia. Além disso, está relacionada com a diminuição do tempo de trabalho de parto. Centro Terapêutico Helizene Moura Maria Caetano F. de Lima, 185 Tambauzinho João Pessoa-PB

A Fisioterapia Obstétrica é uma excelente opção para a grávida que busca uma gestação tranquila, saudável e funcional.

(83) 3224-7742 (83) 9.9835-8421 @adrianaffisio

82

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

ção funcional no pós-parto.


Treinamento Funcional para Crianças e Adolescentes Uma alternativa para o sedentarismo da era digital Artur Braga

PRISCILA CARTAXO CREF 002406 G/PB PERSONAL TRAINER • Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica – SBCBM e do Capítulo Paraíba da Coesa – Saúde Física e Reabilitação • Pós Graduada em Musculação e Condicionamento Físico – UGF/RJ

• Docente no programa de pós graduação do Unipê: Obesidade e Emagrecimento; Medicina do Esporte e Treinamento Desportivo; • Docente da pós graduação Nikola Telas: Reabilitação de lesões e doenças musculoesqueléticas; • Preparadora Física do Centro de Treinamento Multidisciplinar da Obesidade – CTMO/PB • Certificada em Avaliação do Movimento pelo FMS - Functional Movement Screen – Level I e II • Certificada em Treinamento Funcional pelo CORE 360° • Proprietária da WE Fitness

Sofia Ramos

Há algumas décadas, a atividade física era

Arthur, com apenas 5 anos, estava

parte integral da vida diária. Com as mudanças

com sobrepeso, pressão e coleste-

no estilo de vida da sociedade atual, as crianças

rol altos. Encontramos na We fit-

e adolescentes estão se tornando, fisicamente,

ness o lugar para ele ficar saudável

inativos, reféns da era digital, e incapazes de

e brincar ao mesmo tempo. Nela

realizar tarefas que as gerações passadas consideravam simples, como brincar de pega-pega

temos a segurança e confiança,

e subir em árvores. Atrelada as mudanças do

no trabalho ali realizado... Dia de

mundo, em algumas cidades, a violência e a sen-

We fitness é dia de alegria aqui em

sação de insegurança limitam a atividade física

casa. Arthur já acorda entusiasmado. (Diana Braga)

em parques e locais públicos. Um estudo realizado pela Imperial College de Londres em parceria com a Organização

WE FITNESS – Avenida Umbuzeiro, nº 587, Manaíra. João Pessoa – PB (83) 99862-0413 (Studio) (83) 99991-7463 (Priscila Cartaxo)

84

• Pós Graduada em Reabilitação de Lesões e Doenças Musculoesqueléticas – ESTÁCIO/SP

Mundial de Saúde (OMS) revelou que a obe-

endoscopia digestiva e gastroenterologia, Hen-

sidade infantil atinge, atualmente, dez vezes

rique Eloy.

mais crianças e adolescentes do que na década

Pensando nisso, a WE Fitness desenvolveu

de 1970. Isso significa que nos últimos quaren-

turmas de treinamento funcional kids (6 a 10

ta anos o número de crianças e adolescentes

anos) com o objetivo de aprimorar as habilidades

obesos – entre 5 e 19 anos – aumentou dez ve-

motoras fundamentais e padrões de movimento

zes, correspondendo a 124 milhões de pessoas.

como: correr, saltar, rolar, agarrar, escalar, chu-

A Organização também estima que em 2022

tar, rebater, empurrar, puxar, agachar, arremes-

existirão mais crianças obesas do que abaixo do

sar, dentre outras atividades motoras comuns,

peso em todo o mundo.

com padrões específicos observáveis. Além dos

No âmbito sociocultural, a obesidade nas

pequenos, há também a turma teen (11 a 14

crianças e adolescentes vem sendo impulsio-

anos) com foco em dar um melhor suporte na

nada pelo aumento do consumo de alimentos

fase de crescimento e maturação corporal, me-

industrializados – fast food, comidas ricas em

lhorando postura e fortalecendo a musculatura

gordura e pobres em nutrientes, aliado ao se-

de forma geral, tudo isso de forma lúdica e dinâ-

dentarismo. “Com os avanços tecnológicos, as

mica de acordo com as necessidades correspon-

crianças passam mais tempo sentadas usando

dente a sua faixa etária.

aparelhos eletrônicos e praticam pouca, ou nenhuma atividade física”, explica o especialista em

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

Crianças ativas, adultos saudáveis.


O que é melhor: colocar um implante ou tratar o canal do dente?

REGINA DE MELLO CRO- 4801 PB Endodontista – 465 - IE • Cirurgiã Dentista com graduação pela Universidade de Uberaba - MG • Pós - graduação em Endodontia pela Universidade de Bauru – USP - SP

Esta é uma pergunta cada vez mais comum

• Dentes com perfurações;

em meu consultório. Muitos acreditam que o

• Dentes com calcificações;

implante é uma opção definitiva para problemas

• Limas fraturadas;

dentários, mas entre o tratamento de canal ou

• Reabsorções;

implante, o tratamento de canal é a opção mais

• Retratamentos (o importante não é se o dente foi tratado endodonticamente, mas sim de que forma o tratamento anterior foi conduzido);

recomendada sempre que houver a possibilidade de recuperação do dente. Os implantes dentários são indicados para substituir os dentes naturais nos casos onde a permanência do dente não é mais possível, como quando

Em muitos casos, os dentes que são indica-

ocorre fratura que impossibilita a reabilitação das

dos para extração e substituídos por implantes,

funções do dente, doença periodontal (da gengiva)

podem ser salvos, bastando utilizar a tecnologia

avançada ou outros fatores que possam compro-

e a expertise, conduzindo assim o tratamento de

• Curso de capacitação em Microscopia Operatória no Inmagne - Centro Avançado de Endodontia Salvador - BA

meter a estrutura óssea de suporte do dente.

forma adequada.

A endodontia é uma das especialidades da

Procure sempre um dentista especialista na

• Certificação em Laser pela Internacional Academy of Lasers in Dentistry - em andamento

odontologia que mais vem incorporando tecno-

área para realizar uma avaliação clinica precisa,

logia e agilidade aos tratamentos, tornando-os

considerando a previsibilidade de sucesso e ava-

cada vez mais eficazes e previsíveis. Uma dessas

liando as vantagens e limitações de cada técni-

tecnologias é o uso do microscópio operatório,

ca de tratamento, priorizando o que for melhor

aonde é possível solucionar casos complexos

para o paciente, de modo que ao final ele tenha

que antes seriam praticamente impossíveis,

dentes saudáveis (sem infecção), estéticos e com

como:

função mastigatória adequada.

• Curso de capacitação em Microscopia Operatória pela Clínica de Microscopia Santista – Santos - SP • Curso de Microcirurgia Parendodôntica pela Clínica de Microscopia Santista – Santos - SP

Liv Mall - Av. Gov. Flavio Ribeiro Coutinho, 500 - Sala 732 Jardim Oceania – João Pessoa - PB

(83) 3045- 9111 (83) 98840-1030

www.reginademello.com.br @reginademello

86

• Remoção de pinos (de fibra de vidro ou metálicos).

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


A Importância da análise ergonômica do trabalho para empresas A análise Ergonômica do Trabalho é um documento elaborado a partir do estudo de processos, do ambiente e do envolvimento de pessoas, com o objetivo de melhorar o local de trabalho atendendo às características psicofi-

DRA. ELAINE DANTAS Crefito: 127099-F Fisioterapeuta

siológicas dos trabalhadores. É um documento base para auxiliar o RH a montar uma matriz de capacitação e criar procedimentos de inclusão social, pois permite ao mesmo visualizar a lacuna que existe entre o trabalho prescrito e o trabalho real. Junto com o LTCAT, PPRA e PCMSO ele é a base mais importante no qual o profissional de SSO deveria focar suas ações e seu plano de gestão. O laudo quando bem elaborado gera informações como descrição dos processos, análise entre a tarefa X atividade e consequentemente a classificação do risco ergonômico, o que ajuda bastante ao setor jurídico da empresa em aspectos como: Caracterização quanto ao desvio ou acúmulo de funções, Nexo Técnico, FAP/SAT, abertura de CAT, bem como a contabilidade no preenchimento dos 58 itens do E- Social. É o maior investimento que uma empresa pode fazer para seus funcionários; dar condições de trabalho e garantir os recursos necessários para o desempenho da função. Com isso a empresa consegue os princípios

É um documento base para auxiliar o RH a montar uma matriz de capacitação e criar procedi-

de uma produção enxuta que reduz os aspectos que não agregam valor ao produto, quando

mentos de inclusão social, pois

a metodologia aplicada integra dois conceitos: Ergonomia + Melhoria do processo. Essa é a melhor forma de balancear produtividade com saúde e segurança, trazendo melhorias de conforto e adequação do ambiente. Além disso se tem ganhos com outros aspectos como a Ergonomia Cognitiva, Eficiência na prevenção de fadigas em trabalhos de precisão, bem como Rua Poeta Targino Teixeira, 500 2° andar, Sl 67- Shopping Pátio Altiplano Bairro Altiplano - João Pessoa - PB

ajudam os gestores na tomada de decisão.

(83) 3566-5330 | 99909-3528

Análise Ergonômica do Trabalho, procure um

@cmelainedantas

Agende agora mesmo uma visita, pensou em profissional capacitado.

Rua Siqueira Campos, 351- Bairro: Prata Campina Grande- PB

(83) 3201-1924 | 99909-5895 @cmesocampina

88

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

permite ao mesmo visualizar a lacuna que existe entre o trabalho prescrito e o trabalho real.


A importância da sexualidade humana e o prazer feminino De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) a sexualidade é considerada um aspecto central do ser humano e compreende o sexo, identidade e papéis de gênero, orientação

CHARLYNE LIRA URTIGA Especialista em Sexualidade Humana

e opção sexual, erotismo, prazer, intimidade e reprodução. Quando falamos em sexualidade humana,

• Psicopedagoga graduada pela UFPB

despertamos sentimentos diversos, pois há ta-

• Especialista em Sexualidade Humana

bus e pudores diante do assunto, em maioria

• Pós graduada em Educação Especial com ênfase em estimulação precoce

voltados as mulheres. Dessa forma, o tema em

• Pós graduada em AEE- Atendimento Educacional Especializado e a Psicomotricidade

bretudo quando entendemos que a sexualidade

• Pós graduanda em Gestão Escolar

questão é amplo e de extrema importância, soé a dimensão mais marcante do ser humano, enquanto ser multidimensionado (fisiológico, biológico, psicológico, social, etc). Por séculos, o sexo se tornou tabu e foi rigorosamente restrito até os dias de hoje em algumas famílias, despertando curiosidade e excessiva especulação em relação ao assunto, o qual

toconhecimento de seus corpos e desejos, ficando

deve ser conversado e orientado adequadamen-

o tema oculto, proibido entre as mulheres.

te. A busca por vezes é feita de forma irrespon-

Masturbação ou autoestímulo sexual é sau-

sável e deturpadas, em sites pornográficos ou

dável e não altera a anatomia corporal, sua prá-

experiências de outras pessoas. A sexualidade

tica permite entendimento do seu corpo e pode

envolve: bem-estar físico, emocional e social,

ser muito prazeroso, causando mais excitação,

formando a saúde global do ser, sendo propul-

servindo como preparação para prática sexual,

sora de qualidade de vida. Entretanto, muitos

sendo, dessa forma, importante manter higiene

reduzem sexualidade a sexo, sendo sexo multi-

de genitais e mãos, utilizar materiais próprios

dimensional e é primordial para edificação da

para função, evitando infecções, podendo ser

formação da personalidade, com características

realizada sempre que sentir vontade, em am-

próprias que não se confundem, nem se iguala

biente seguro e que não atrapalhe as atividades

aos outros seres, a sexualidade humana perso-

diárias e rotinas.

naliza e socializa os homens e mulheres.

(83) 99961-7020 @charlynelira

A prática proporciona entendimento de si,

Nesse contexto em que a sexualidade huma-

satisfação pessoal e autoestima elevada. Como

na tem relevância fundamental, é natural e faz

é uma questão de saúde, qualidade de vida e

parte do desenvolvimento sexual de todos, es-

bem-estar, devemos nos informar e aprimorar

colhemos o tema da masturbação feminina para

nosso autoconhecimento, além da satisfação

explanar e contribuir com a quebra desse para-

pessoal, podemos em conjunto com o parceiro

digma. Percebemos ao longo da vida, que nossa

elevar a intimidade, prazer e satisfação sexual.

sociedade naturaliza a masturbação masculina

Devemos pesquisar buscando entender nossos

desde a adolescência, entretanto, no caso das

pontos de prazer para que sejamos guias de nos-

meninas nem se comenta sobre o prazer ou au-

sos prazeres e contentamento.


Cooperativa de serviços fisioterapêuticos completa

20 anos de atuação na Paraíba FRANCISCO DE ASSIS PINHEIRO FILHO Crefito: 18269-f • Diretor presidente da Coofisio-PB; • Associado a ABRAFITO (Associação Brasileira de Fisioterapia Traumato – Ortopédica);

92

Cooperativa é uma associação autônoma de pessoas que se unem, voluntariamente, para satisfazer anseios e necessidades econômicas, sociais e culturais, por meio de uma empresa de propriedade coletiva e democraticamente gerida. Apesar dos desafios enfrentados pelo setor, as cooperativas de saúde têm conquistado espaço no mercado privado, ampliando constantemente a qualidade dos serviços prestados. Prova disso é a constante melhoria nos índices de desempenho das cooperativas, publicados pelo Ministério da Saúde e pela Agência Nacional de Saúde Suplementar. É esse mercado, cada vez mais competitivo, que fez com que as cooperativas da área de saúde se profissionalizassem ao longo dos anos e buscassem a adoção de regras de governança, qualidade e compliance, proporcionando um serviço cada vez de mais qualidade a todos os beneficiários. A Coofisio-PB, fundada em 26 de agosto de 1998 com 20 anos de tradição no mercado paraibano, consolidou-se como a mais completa rede de serviços fisioterapêuticos da Paraíba. São 84 cooperados e 26 clínicas parceiras das mais diversas especialidades o que os qualifica a proporcionar um atendimento diferenciado e personalizado ao cliente, suprindo suas necessidades terapêuticas e garantindo o melhor prognóstico e bem estar físico e mental. Democracia, igualdade, equidade, solidariedade, honestidade, transparência e responsabilidade social, são conceitos que a Cooperativa de Serviços Fisioterapêuticos da Paraíba Ltda carrega consigo e leva a todos os seus associados. De acordo com o seu presidente, Francisco de Assis Pinheiro Filho, a Cooperativa tem por objetivo a solução de problemas econômico-sociais de seus associados. “Baseado nos princípios e valores do cooperativismo, buscamos proporcionar a todos os membros que fazem parte de nosso grupo melhores condições de trabalho e técnicas financeiras para o exercício de suas profissões, tendo sempre em vista o seu aperfeiçoamento, o incremento de suas rendas, a melhoria de suas condições de vida e a integração dos seus profissionais cooperados”, explica.

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

“Apesar dos desafios enfrentados pelo setor, as cooperativas de saúde têm conquistado espaço no mercado privado, ampliando constantemente a qualidade dos serviços prestados.”


#curtas |

Revista Saúde Junho . 2019 João Pessoa . PB

CLÍNICA DE OTORRINO NA IV COMBINED MEETING ABORL CCF A quarta edição do Combined Meeting, que aconteceu entre os dias 23 e 25/05 na Câmara Americana de ComércioAMCHAM, trouxe o enfoque nas supraespecialidades de Rinologia, Plástica Facial, Estomatologia e Alergologia. O enfoque do Combined garantiu a atualização com o máximo de aprofundamento em cada área e contou com a presença dos Drs Leonardo Fontes, Orlando Schuler, Erich Madruga e Barbara Belmont, da Clínica de Otorrino.

PALESTRA NO BRASCRS 2019 Dr. Mario Augusto Chaves, diretor do Provisão Hospital Oftalmológico e Presidente da Sociedade Paraibana de Oftalmologia, esteve entre os dias 29/05 e 01/06, em Brasília, participando do X Congresso Brasileiro de Catarata e Cirurgia Refrativa(BRASCRS 2019) com a Palestra sobre Incisões em Cirurgia da Catarata.

SIMPÓSIO EM PORTUGAL Dr Marcelo Gonçalves, sempre em busca de inovação e capacitação, esteve em Lisboa entre os dias 22 e 25 de março, onde participou do Internacional Symposium on Innovative Expert Hepatobiliary Surgery. O evento aconteceu no Champalimaud Foundation Auditorium.

SERVPROL DA HOSPITALAR A Hospitalar é reconhecida como a mais importante vitrine do mercado nacional e internacional do setor, e o espaço ideal para a realização de lançamentos e apresentação de produtos inovadores, soluções e serviços. Sempre em busca de novidades para o mercado nordestino, os empresários Mário Neto, Valdir Júnior e Luís Carlos Alves, representantes do Grupo Servprol, marcaram presença na 26º edição da Feira Hospitalar, que ocorreu nos pavilhões do Expo Center Norte, em São Paulo, no período de 21 a 24 de maio 2019.

#estounocurtasdasaúde 96

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


#curtas |

Revista Saúde Junho . 2019 João Pessoa . PB

BELEZAS DA SUÍÇA Dr Landoaldo Neto, advogado do CRO e titular do escritório Falcão de Sousa Advocacia, aproveitou uns dias de folga e voou até a Suíça, juntamente com sua mãe, Lanuza Pinto, e irmã, Larissa Pinto, onde puderam curtir as belezas de Zermatt, na Suíça.

ASCO ANNUAL MEETING Dr Luiz Victor Maia Loureiro, médico oncologista e Coordenador do Centro de Oncologia do Hospital Nossa Senhora das Neves, esteve participando do ASCO Annual Meeting, o maior congresso de Oncologia do mundo promovido pela American Society of Clinical Oncology. O evento ocorreu no dia 07 de maio em Chicago, EUA.

INTERNATIONAL FERTILITY TALKS 200 participantes de toda região Nordeste e Norte, das especialidades de Ginecologia, Fertilidade, Andrologia e Embriologia estiveram em Recife, no mês de maio, para debater os temas mais atuais de Reprodução Assistida com alguns dos mais renomados speakers globais. O Dr. Jorge Mendes, médico andrologista, esteve lá para trazer inovação para os pacientes da Paraíba.

NUTRITION EXCHANGE TALKS A pediatra Marina Moura participou, no último dia 05 de maio, no Hotel Ranaissance, em São Paulo, no NEXT Nutrition Exchange Talks, O evento foi promovido pela Danone Nutricia e abordou temas sobre nutrição e alergias alimentares. Também houve muita troca de experiências clínicas entre os participantes sobre o papel dos pediatras nos desafios do crescimento.

#estounocurtasdasaúde 98

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


#social |

Revista Saúde Junho . 2019 João Pessoa . PB

MAGNETOMED No dia 21 de março, a MagnetoMed realizou um coquetel em sua unidade praia, para celebrar seus 10 anos de atuação. O evento reuniu personalidades, colaboradores e toda a direção da clínica. A ocasião marcou a mudança de posicionamento de Magnetom para MagnetoMed e apresentou o novo plano de atuação com mais serviços e o compromisso de atender de forma humanizada para gerar sempre o melhor resultado. 100

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


#social |

Revista Saúde Junho . 2019 João Pessoa . PB

CLÍNICA PROKIDS EM NOVO ESPAÇOS Em coquetel realizado no dia 16 de março de 2019, a Clinica PROKIDS celebrou a mudança de endereço. Procurando atender melhor as crianças, que necessitam de apoio no desenvolvimento, a clínica agora dispõe de um espaço mais amplo, aconchegante e também com número maior de especialistas. A PROKIDS é referência na Paraíba em análise de comportamento e desenvolvimento infantil. 102

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br


Guia de profissionais ALERGOLOGISTA

Dra. Gabriele Fernandes Camilo Instituto do cérebro Avenida São Paulo, 854, Bairro dos Estados João Pessoa-PB (83) 9 9982-2129

Cooped

Revista Saúde Edição 13 | Junho . 2019 | João Pessoa.PB

DERMATOLOGIA

Dra. Gabriela Diniz

CIRURGIA VASCULAR

Dra. Camilla Bezerra da Cruz Maia Clínica de Otorrino

Liv Mall - Avenida Gov. Flávio Ribeiro Coutinho

Eco Medical Center. Rua Antônio Rabelo Júnior, 170 - 13° andar

Jardim Oceania - Salas 538 e 539

Miramar - João Pessoa - PB

(83) 98183-2828 | (81) 3139-6001

(83) 3022-4250

Dra. Monique Valdek

Unidade Centro: Av Maximiano de Figueiredo,44 (83) 3221-7110

R. João Domingos, 91, Miramar - João Pessoa/PB (83) 3244-7676

OTORRINOLARINGOLOGIA

Dermacap Unidade Bessa: Avenida Governador Argemiro de Figueiredo, 2075 Avenida Esperança 1340 - Manaira - João Pessoa - PB

(83) 3022-4280

(83) 3227-0215/99108-3434

Dr. Antonio Luís Ximenes Clínica Alfa Medical

Dra. Diana Lacerda Dra. Vivianne Araújo

Rua Rio Grande do Sul, 1509 - Bairro dos Estados

Rua Wandick Filgueiras 514 -Tambauzinho - João Pessoa-PB

João Pessoa - PB

(83) 3225-6706 | 991158530

(83) 3578-0103

CIRURGIA DO APARELHO DIGESTIVO

NUTROLOGIA

Dr. Camilo Bruno Alves Ramalho

Pátio Shopping Altiplano, 2° andar - Sala 66 Avenida João Câncio, 798 - Sala 3 - Manaíra - João Pessoa/ PB (83) 3508-2963 | 99314-6423 83 3578-5453 | 99839-5553

OFTALMOPEDIATRA

Av. São Paulo, 854, Bairro dos Estados - João Pessoa - PB

CIRURGIÃO DE CABEÇA E PESCOÇO

Dr. João Paulo de Medeiros Vanderlei

Dra. Priscilla Teixeira Antas Bezerra Hospital Visão Rua Silvio Almeida, 821. Expedicionários

Endocentro - Av. Camilo de Holanda, 280 - Centro

(83) 2107-2227 | 2107-2222

DERMATOLOGIA

Dra. Candida Lucena Clínica Beaute

104

83 8651-7651 | 3022-4270

Dra. Jamille Lima Ribeiro Spegiorin Clínica de Otorrino Eco Medical Center. Rua Antônio Rabelo Júnior, 170 - 13° andar

(83) 3022-4250 Unidade Altiplano: Altiplex José Olímpio - Av. João Cirilo da Silva, Altiplano, João Pessoa-PB

Unidade Bancários: v. Sérgio Guerra, N° 176 - Bancários, 1º Piso (Anexo a Cedrul), João Pessoa-PB

(83) 3225-4025

(83) 8651-7651 | 3022-4270

Provisão

Dra. Júlia Guedes Cardoso

Rua Antônio Rabelo Júnior, 140, 11º andar. Miramar

Clínica de Otorrino

(83) 3022-8100

Eco Medical Center. Rua Antônio Rabelo Júnior, 170 - 13° andar Miramar - João Pessoa - PB

OTORRINOLARINGOLOGIA

Dr. Arthur de Sousa Pereira Trindade

Eco Medical Center - Rua Antônio Rabelo Jr, 170, Miramar

Eco Medical Center - R. Antônio Rabelo Júnior, 170 - 13º Andar

19º andar - Sala 1901 - João Pessoa/ PB

Miramar, João Pessoa - PB

83 3508-8577 | 99840-8080

(83) 3022-4250

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

João Pessoa-PB

(83) 3022-4290

Rua Deputado José Mariz, 1246. Tambauzinho

Oncovida - Av. Mato Grosso, 183 - Bairro dos Estados

Unidade Bancários

Instituto Hospitalar de Tratamento da Visão

Endocentro Bessa - Av. Argemiro de Figueiredo, 2075 - Bessa (83) 3022-4283

83 3022-4250

Miramar - João Pessoa - PB

(83) 3031-4555

(83) 3222-7300

13º andar, Miramar, João Pessoa-PB

Av. Sérgio Guerra, Nº 176, 1º Piso (Anexo a Cedrul) Bancários Espaço Médico

(83) 3209-8000 | 99308-3979

Unidade Miramar Eco Medical Center - Rua Antônio Rabelo Júnior, nº 170

Prof. Dr. Marcelo Gonçalves Sousa

Instituto do Cérebro da Paraíba

Clínica de Otorrino

(83) 3022-4250 Unidade Centro: Av Maximiano de Figueiredo,44 (83) 3221-7110 Unidade Bessa: Avenida Governador Argemiro de Figueiredo, 2075 (83) 3022-4280


Guia de profissionais

Revista Saúde Edição 13 | Junho . 2019 | João Pessoa.PB

OTORRINOLARINGOLOGIA

Dra. Lia Tácia Cavalcante de Holanda Sá Unidade Miramar

FISIOTERAPIA

Dra. Adriana França Centro Terapêutico Helizene Moura

Eco Medical Center - Rua Antônio Rabelo Júnior, nº 170, 13º andar, Miramar, João Pessoa-PB (83) 3022-4263

Rua Maria Caetano F. de Lima, 185 - Tambauzinho

ODONTOLOGIA

Dra. Ingrid Garcia Ximenes Q. Dantas Miramar - R. Antonio Rabelo Jr, 170 Sala 1405. Eco Medical Center - João Pessoa-PB (83) 98607.0067

(83) 3224-7742 | 99835-8421

Dr. José Anselmo do Nascimento Santos Filho Unidade Bessa Avenida Argemiro de Figueiredo, nº 2075, Bessa, João Pessoa-PB.

Dra. Elaine Dantas Rua Poeta Targino Teixeira, 500 - 2° andar, Sl 67- Shopping Pátio Altiplano - Bairro Altiplano - João Pessoa - PB

(83) 3022-4280

Solena Odontologia Av. João Câncio da Silva, 910 - Manaíra, João Pessoa - PB (83) 3045-6590

(83) 3566-5330 | 99909-3528

Regina de Mello

Unidade Bancários Av. Sérgio Guerra, Bancários, nº 176, 1º Piso

Rua Siqueira Campos, 351- Bairro: Prata - Campina Grande- PB

Liv Mall - Av. Gov. Flavio Ribeiro Coutinho, 500 - Sala 732

(Anexo a Cedrul), João Pessoa-PB

(83) 3201-1924 | 99909-5895

Jardim Oceania – João Pessoa - PB

(83) 8651-7651 | 3022-4270

Dra. Mariana Pereira Roque Clínica de Otorrino Eco Medical Center. Rua Antônio Rabelo Júnior, 170 - 13° andar Miramar - João Pessoa - PB (83) 3022-4250 Unidade Bessa: Avenida Governador Argemiro de Figueiredo, 2075 (83) 3022-4280 Unidade Altiplano: Altiplex José Olímpio - Av. João Cirilo da Silva, Altiplano, João Pessoa-PB (83) 3022-4290

UROLOGIA

Larissa Lins de Freitas Rodrigues

(83) 3045- 9111 | 98840-1030

Rua Engenheiro Clodoaldo Gouveia, 201 Centro - João Pessoa - PB

Profa. Dra. Sheyla Christinne Lira

(83) 3222-7878 | 3021-1422 | 98650-5391

Av. Governador Flavio Ribeiro Coutinho, Manaíra, Shopping Liv Mall, 4° andar, sala 404 - João Pessoa - PB

R. Herberto Pereira de Lucena, 195 - Bessa - João Pessoa - PB (83) 3031-6542

Dr. Talvane Sobreira Ronald Jonas Freitas de Brito

R. José Florentino Júnior, N° 157 - Tambauzinho - João Pessoa - PB

New Posture

(83) 3221-1926

Rua Santos Coelho Neto, 337 - Manaíra

Yohana Silveira Oliveira

João Pessoa - PB

Pátio Shopping Altiplano - Rua Poeta Targino Teixeira - 1° andar

(83) 3247-2034 | 99157-1739 | 98866-5804

Sala 31 - João Pessoa -PB

Dr. Jorge Vinícius Silveira Mendes

Ortotrauma Medical

JOÃO PESSOA - EcoMedical - Rua Antônio Rabelo Jr., 170 16º

Rua Mírian Barreto Rabelo, 591 - Bessa - João Pessoa-PB

andar

(83) 3578-3000

(83) 3185.8000 | 99643.4212 SÃO PAULO - Av. Angélica, 2491 9º andar (11) 3230. 3058

ADVOCACIA

NUTRIÇÃO

Rua José Florentino Júnior, 263, Tambauzinho João Pessoa-PB

Av. João Machado, 849 - Empresarial Monte Carlos - Sala 705

(83) 99864-1034

CONSULTORIA

Rua Sinfrônio Nazaré, n° 11 - Centro - Sousa - PB (83) 3521-2195 | 99174-8243

PERSONAL TRAINER

WE FITNESS – Avenida Umbuzeiro, nº 587, Manaíra. João Pessoa – PB (83) 98789-2022 | (83) 99862-0413 | (83) 99991-7463

PSICOPEDAGOGIA

Karla Albuquerque de Brito Pereira

Centro - João Pessoa - PB

(83) 3508-8543 | 99106-3876

(83) 3024-3886 | 99194-0690

Priscila Cartaxo Tayanne Nunes Sátiro Ferraz de Moura

Landoaldo Falcão de Sousa Neto

www.falcaodesousa.com.br

(83) 98650-1061

ODONTOLOGIA

Dr. Elson Fernandes Avenida Presidente Epitacio Pessoa, 753 - Sala 1216 - Edifício

Pró Kids: Avenida Amazonas, 289 - Bairro dos Estados João Pessoa - PB (83) 3512-4913

Maeve Nóbrega

Central Park - Bairro dos Estados

www.mktevalor.com.br

João Pessoa - PB

Charlyne Lira Urtiga

(83) 99684-0556

(83) 99195-4528 | 98614-6447 | 3576-7019

(83) 99961-7020

SEXÓLOGA

rsaude.com.br | Junho . 2019 | Revista Saúde

105


DIVULGAÇÃO DA SUA CLÍNICA ATRAVÉS DE UM DIGITAL INFLUENCER – SAIBA COMO FORMULAR UMA PARCERIA SEGURA.

LANDOALDO FALCÃO DE SOUSA NETO Advogado - OAB/PB nº 13544 • Especialista em Direito Contratual pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE • Sócio do Escritório Falcão de Sousa Advocacia com Atuação Especializada no Direito Médico, Odontológico e da Saúde • Advogado do Conselho Regional de Odontologia da Paraíba • Membro da Sociedade Brasileira de Bioética • Professor Convidado de Cursos em Especialização de Odontologia e Áreas de Saúde, Ministrando Áreas Relacionadas a Responsabilidade Civil, Deontologia e ao Estudo do Direito • Ex-Secretário Geral da Comissão de Direito Médico-Hospitalar e Planos de Saúde da OAB-PB

Lattes: http://lattes.cnpq. br/2546596890882358

Av. João Machado, 849 - Empresarial Monte Carlos - Sala 705 Centro João Pessoa - PB landoaldo@falcaodesousa.com.br

(83) 3508-8543 | 99106-3876 106

As mídias sociais impuseram uma mudança na forma de como o profissional de saúde pode se aproximar junto ao público-alvo, havendo uma literal ressignificação sob o viés da publicidade. As ferramentas convencionais e o “boca-a-boca” não sustentam uma demanda massificada, aliada ao anseio desmedido pela consolidação de “prestígio profissional”. Tal fato gera benefícios aos profissionais de saúde e a própria gama de pacientes, mas também, diametralmente, pode desencadear problemas. Os problemas vêm sendo paulatinamente serenados através de normativos específicos pelos Conselhos Profissionais, que vem buscando esmiuçar e estipular claramente os limites do que é possível e do que não é. Todavia, nosso foco estará restrito as formas de como viabilizar a publicidade e divulgação pelas mídias sociais. E para tanto, a figura criada como instrumento a dar efeito a ressignificação pelo viés da divulgação via mídias sociais seja a do Digital Influencer. Atualmente, a figura do Digital Influencer é utilizada corriqueiramente. Em muitos casos, é difícil encontrar um profissional ou instituição de saúde que já não tenha se utilizado, de alguma forma, desses serviços. É inegável que Digital Influencers têm sido capazes de direcionar de maneira mais efetiva uma decisão de seus seguidores, e aproximar a marca do seu público-alvo diante das modalidades convencionais de publicidade. Logo, as mídias sociais como ferramenta de publicidade, tendo o Digital Influencer como personagem, está em voga no âmbito da prestação de serviços em saúde. Até aí tudo bem. Mas se exigem cuidados para sua contratação. Vejamos. Sendo a figura do Digital Influencer, pessoa anônima ou não, capaz de reunir um número considerável de seguidores em suas mídias sociais, em que, através de seu lifestyle, consegue promover serviços, produtos e empresas, ou seja, implementar o marketing de influência perante o público-alvo mediante contrapartida, não fugirá ao conceito de ser um prestador de serviços de publicidade. A prestação de serviços do Digital Influencer nada mais é do que um conteúdo patrocinado ou um “publipost”. Todavia, por ser uma modalidade nova, o Digital Influencer, em regra, não possui uma regularização e organização adequada para o volume e tamanho de sua demanda para prestação de seus serviços. Apenas para se ter uma ideia, a modalidade de atuação do Digital Influencer, em sua grande maioria, se dá através de parceria por permuta, no qual recebe como contrapartida serviços ou produtos da empresa contratante. Tudo isso importa em informalidade e insegurança jurídica a ambas as partes que buscam a parceria. Crê-se que, majoritariamente, o profissional ou clínica de saúde desejam fazer uso do Digital Influencer a título de divulgação. Entretanto, estes esbarram em intermináveis dúvidas e receios no tocante a utilização da ferramenta publicitária, sobretudo por ser um ambiente em

Revista Saúde | Junho . 2019 | rsaude.com.br

que se detém pouco conhecimento a respeito. As dúvidas são inúmeras para utilização do serviço do Digital Influencer, tais como: forma de divulgação; quantidade e forma de posts (vídeos, stories, fotos) e o tempo de permanência das publicações; vínculo trabalhista ou societário; forma de pagamento via permuta ou comissão de vendas; responsabilidade pelas condutas; direitos de imagem. Temos que o profissional ou clínica de saúde, caso deseje fazer uso dos serviços do Digital Influencer, deverá observar inicialmente: • Contrato- Formação de Instrumento Contratual; • Influencer- Existência de afinidade com o seu público alvo e mercado de atuação; • Termo de uso e política de privacidade- Observância ao utilizar uma das redes sociais para divulgação da marca ou serviço; • Legislação- Observância da legislação seja médica, odontológica ou da profissão respectiva, e das disposições do CONAR no tocante ao conteúdo criado. Dos cuidados citados, o que demanda maior atenção é a formulação contratual. Constituindo-se como prestação de serviços mediante contrapartida, carecerá de formalização via instrumento contratual, no qual se estipulará os serviços, obrigações e remuneração/contrapartida. Desta forma, para evitar dores de cabeça ou controvérsias futuras (considerando ser uma modalidade nova), a confecção de um instrumento contratual é medida inafastável e que trará segurança jurídica a ambas as partes. Para tanto, é necessária fixação dos aspectos legais da parceria/contratação, a saber: a) Delimitação dos Serviços e do Conteúdo; b) Obrigações Contratuais; c) Obrigações Legais e Responsabilidade (Independência de Atividades); d) Contrapartida/Remuneração e sua Forma (Dinheiro, Permuta; Comissões); e) Vigência; f) Direitos de Imagem e de Propriedade Intelectual; g) Multas ou Cláusula Penal. Assim, deverá basicamente fixar a delimitação dos serviços e conteúdo, as contrapartidas remuneratórias, as autorizações para uso e exploração de imagem e conteúdo relacionados ao objeto de divulgação, eventuais multas por inadimplemento, bem como a obrigatoriedade de cumprimento da legislação aplicável, principalmente o CDC, Código de Ética e as normas do CONAR. Deverá estatuir também o livre exercício das atividades profissionais das partes, as responsabilidades pelas condutas, aliado a previsão ou não de exclusividade do Digital Influencer quanto a natureza da atividade do Contratante, e o sigilo e confidencialidade. Ademais, deve ser evitada, por ser insuficiente de comprovação e delimitação, a forma de contratação via whatsapp, e-mail ou até boca-a-boca.


Profile for Revista Saúde

REVISTA SAÚDE JOÃO PESSOA - EDIÇÃO 13 - 15/06/2019  

REVISTA SAÚDE JOÃO PESSOA - EDIÇÃO 13 - 15/06/2019